Page 1


Guia médico

Revista Saúde Edição 12 | Março . 2019 | João Pessoa.PB

Dr. Adriano Menezes Psiquiatra CRM/PB 6316 | RQE 4388 Logos - Centro de Terapia Cognitivo Comportamental Av. Rui Carneiro, 962 - Brisamar João Pessoa/PB (83) 98166-0092 | 3566-6226 adrianomed@hotmail.com Empresarial Medical Center Rua Fenelon Bonavides S/N 1° andar - Sala 107 Bairro Brasília - Patos/ PB (83) 99833-4251

Dr. Aracoeli Ramalho Cirurgião Plástico CRM/PB 3490 | RQE:1225

Dr. Camilo Bruno Alves Ramalho Nutrologia | Envelhecimento e Medicina Regenerativa CRM/PB 9933

R. Silvio Almeida, 653 - Expedicionários, João Pessoa/PB (83) 3224-8056 | 99313-9393

Dra. Gabriela Diniz

Dermatologia Clínica, Cirúrgica e Estética CRM/PB 7662 - CRM/PE 19496 RQE 4051

Espaço Médico Avenida João Câncio, 798 - Sala 3 Manaíra - João Pessoa/ PB 83 3578-5453 | 99839-5553

Dra. Gabriele Fernandes Camilo

Alergista e Imunologista Pediátrica e Pediatria CRM/PB 8090 | RQE 5812 RQE 5563

Liv Mall Avenida Gov. Flávio Ribeiro Coutinho Jardim Oceania - Salas 538 e 539 (83) 99986-2619 | (81) 3139-6001

Dr. Jorge Vinícius Silveira Mendes Urologia CRM/PB 7916 | CRM/SP 152.874

JOÃO PESSOA - EcoMedical Rua Antônio Rabelo Jr., 170 16º andar (83) 3185.8000 | 99643.4212 SÃO PAULO - Av. Angélica, 2491 9º andar (11) 3230. 3058

Dr. José Franklin Gomes Dantas Otorrinolaringologia CRM/PB 6141 CRM/BA 22875 | RQE 5265 Clínica de Otorrino Eco Medical Center. Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13° andar - Miramar - João Pessoa - PB (83) 3022-4250 Unidade Bessa: Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, 369 (83) 3022-4280

10

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

Instituto do cérebro Avenida São Paulo, 854, Bairro dos Estados João Pessoa-PB (83) 9 9982-2129 | 3271-1380 Cooped R. João Domingos, 91, Miramar João Pessoa/PB (83) 3244-7676

Dr. José Cassimiro Neto Ortopedista e Traumatologista CRM/PB 7801 CRM/RN 9631 RQE 3297

R. Herberto Pereira de Lucena, 195 Jardim Oceania / Bessa João Pessoa- PB (83) 3031-6542 | 99972-3300

Dr. Josenildo Rodrigues Dermatologista CRM/PB 5397 - RQE 2879 Harmonic Clínica Rua Antonio Gama esquina com Rua Silvino Olavo, 15. Expediconários - João Pessoa/PB (83) 3578-4746 / 98188-4746 Harmonic Clínica Rua João Machado, 18. Prata Campina Grande-PB (83) 3341-4420 / 98827-9304


Guia médico

Revista Saúde Edição 12 | Março . 2019 | João Pessoa.PB

Dra. Júlia Guedes Cardoso Otorrinolaringologia CRM 7422 | RQE 4295 Clínica de Otorrino Eco Medical Center. Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13° andar - Miramar - João Pessoa - PB (83) 3022-4250 Unidade Centro: Av Maximiano de Figueiredo,44 (83) 3221-7110 Unidade Bessa: Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, 2075 (83) 3022-4280

Prof. Dr. Marcelo Gonçalves Sousa Cirurgia Videolaparoscópica Cirurgia do Aparelho Digestivo

Prof. Dr. Luiz Victor Maia Loureiro

Clínica Médica e Oncologia Clínica CRM/PB 8766 | RQE 4323 RQE 4324 Clioncol R.Clemente Rosas, 360 – Torre, João Pessoa/PB (83) 3244-2515 | 98828-0090 Unidade de Oncologia – Unimed 3º andar do Hospital da Unimed Alberto Urquiza Wanderley - João Pessoa/PB (83) 2106-8660 Centro de Oncologia do Hospital Nossa Senhora das Neves Rua Etelvina Macedo de Mendonça, 531 - Torre João Pessoa/PB (83) 3565-9000 | 99831-0303

Dr. Mateus Souto Cirurgião Plástico CRM/PB 10567 | RQE 4944

CRM/PB 5438 | RQE 3477 RQE 5106 Pátio Shopping Altiplano, 2° andar - Sala 66 (83) 3508-2963 Instituto do Cérebro da Paraíba Av. São Paulo, 854, Bairro dos Estados João Pessoa - PB (83) 3209-8000 | 99308-3979

Clínica de Otorrino Especialidades Eco Medical Center - Rua Antônio Rabelo Júnior n°170, 7º andar - Sala 704 - Miramar João Pessoa - PB (83) 3022-4298

Dr. Orlando Schuler de Lucena

Dr. Rafael de Arruda

Otorrinolaringologista | Medicina do Sono

Urologia e Cirurgia Geral

CRM/PB 8039 | RQE 5093

CRM/PB6700 CRM/SP 165447 CRM/PE 24534 RQE 5272 RQE 5273

Eco Medical Center. Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13° andar - Miramar - João Pessoa - PB (83) 3022-4250 Unidade Bancários: AV Sérgio Guerra, 176 (83) 3022-4270 Unidade Bessa: Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, 2075 (83) 3022-4280

Clínica Juarez Dornelas Av. Maranhão, 385 - Bairro dos Estados João Pessoa/PB (83) 3244-1211 | 3244-1288 | 99185-2792 98888-3301

Dra. Tatiana Almeida

Dr.Thiago Chianca Ferreira

Otorrinolaringologista

Otorrinolaringologista e Medicina do Sono CRM/PB 5964 | RQE 3805 Clínica de Otorrino Rua. Antônio Rabelo Júnior, 170, 13°andar, Miramar. Eco Medical Center. João Pessoa – PB (83) 3022-4250 Unidade Centro Maximiano Figueiredo, 44. João Pessoa – PB (83) 3221-7110 Unidade Bessa Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, N°369 - João Pessoa – PB (83) 3022-4280

CRM/PB 6785 | RQE 4136

OTOCP - Clínica de Otorrrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço Rua Antônio Rabelo Júnior, 170, 9°andar, Sala 902 . Miramar . Eco Medical Center. João Pessoa – PB (83) 3506-9600 / 98666-6309

Dr. Thiago Lino Cirurgião Plástico CRM/PB 6368 - RQE 3000

Clínica Litotricia Paraíba Rua Carlos Gomes, 35 - Torre- João Pessoa/PB (83) 3224-2200

Dr. Vitor Hugo de Oliveira Nascimento Geriatria CRM/PB 11975

Harmonic Clínica Rua Antonio Gama esquina com Rua Silvino Olavo, 15. Expedicionários - João Pessoa/PB (83) 3578-4746 / 98188-4746 Harmonic Clínica Rua João Machado, 18. Prata Campina Grande-PB (83) 3341-4420 / 98827-9304

12

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

Cuidare Med Rua Poeta Targino Teixeira, 251 -1º andar, Shopping Pátio Altiplano, Altiplano Cabo Branco- João Pessoa - PB (83) 3506-7507 | 99633-7484


Expediente

Revista Saúde Edição 12 | Março . 2019 | João Pessoa.PB

REVISTA TRIMESTRAL Março/2019 | ANO 3 | Nº 12 | João Pessoa - PB Editora Lopes e Rampani Ltda - CNPJ 07.986.256/0001-69 Franquia de João Pessoa - CJB Prestadora de Serviços Ltda - CNPJ 05.478.588/0001-07 ESCRITÓRIOS Umuarama (sede): Rua Paulo Pedrosa de Alencar, 4291 - Ed. Manhattan Garden - CEP: 87501-270 | Centro | Tel.: 44 3622-8270 e-mail: revistasaude@sempresaude.com.br - João Pessoa: Av. Ingá, 189 | Sala 001 | CETRAS | CEP 58038-250 | João Pessoa-PB Tel.: (83) 98750-7070 - e-mail: joaopessoa@sempresaude.com.br COLABORADORES LAYOUT E DIAGRAMAÇÃO: André Silva, Alison Henrique, Bruno Assunção, Dyego Bortoli, Jean Carlos, Marcio Garcia e Thiago Mantovani CORREÇÃO ORTOGRÁFICA: Professora Tallis Oliveira F Resende e Professora Maria de Fátima dos Santos FOTOGRAFIAS: Fernando Bronzeado Fotografias - 83-3226-8934 JORNALISTA RESPONSÁVEL: Caio Henrique dos Santos Rosa - 0011175/PR CIRCULAÇÃO: João Pessoa - PB

NOSSA CAPA - JOÃO PESSOA Hipnoterapia Fábio A. F. Maia de Araújo Psocólogo Hipnoterapeuta - CRP - 13/5522 Foto Capa Fernando Bronzeado - (83) 3226-8934

FRANQUIAS Apucarana/Arapongas-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - comercial@sempresaude.com.br - 43. 9611-5553 | 43. 9611-5563 - Araçatuba/Bauru-SP - Anderson Hernandes - aracatuba@sempresaude.com.br - 18. 99740-2777 - Boa Vista-RR - Julio Graziani Carlos boavista@sempresaude.com.br - 95. 99169-4071 - Cacoal/Ji-Paraná-RO - Flávio Junior Bezerra Paixão - paixao@sempresaude.com.br - 69. 99278-5703 - Campo Mourão-PR - Rafael Morimoto - rafael@sempresaude.com.br - 44. 9911-8081 | 44. 8811-6206 - Chapecó-SC - Fábio Bortolone - chapeco@sempresaude.com.br - 49. 9916-5719 - Cianorte-PR - Paulo Paixão - cianorte@sempresaude.com.br - 44. 3269-6430 | 44. 9922-0310 - Criciúma-SC - José Carlos Junqueira Alvarenga - criciuma@sempresaude.com.br - 48. 9912-5253 - Cuiabá-MT - Cristiana L. G. Donegá - cuiaba@sempresaude.com.br - 65. 8111-2423 | 65. 9640-2423 - Foz do Iguaçu -PR - Rosana Segovia - rosana@ sempresaude.com.br - 45. 9991-2500 - Florianópolis-SC - Paulo Victor Frasson Cordeiro - floripa@sempresaude.com.br - 48. 9133-3334 | 48. 9610-5357 - Goiânia-GO - Tiago Brito - goiania@sempresaude.com.br - 62. 9951-1899 - João Pessoa-PB - José Adriano Danhoni Neves | Ednéia Tenório - joaopessoa@sempresaude.com.br - 83. 98750-7070 | 83. 98812-7080 - Joinville-SC - Ana Paula de Campos - joinville@ sempresaude.com.br - 47. 9930-6364 - Londrina-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - londrina@sempresaude.com.br - 43. 9611-5553 | 43. 9611-5563 - Macaé/Rio das Ostras-RJ - Andreia Garcia | Paulo Cesar Ceranto - macae@sempresaude.com.br - 22. 988475455 | 22. 98842-9166 - Maringá-PR - Paulo Paixão - paulopaixao@sempresaude.com.br - 44. 3269-6430 | 44. 9922-0310 - Natal-RN Dirceu Filho - natal@sempresaude.com.br - 83. 98788-7070 - Palmas/Araguaína-TO - Jefferson Fila de Andrade | Rafael Thomaz - palmas@ sempresaude.com.br - 63. 98503-9960 | 63. 98426-2494 - Paranavaí-PR - Paulo Paixão - paranavai@sempresaude.com.br - 44. 3269-6430 | 44. 9922-0310 - Ponta Grossa-PR - Sérgio Oliveira | Mara Megda - pontagrossa@sempresaude.com.br - 42. 9987-8180 | 42. 8418-1290 Porto Velho-RO - Arthur Marandola | Rafael Morimoto - portovelho@sempresaude.com.br - 69. 9366-1466 | 69. 9366-1470 - Presidente Prudente-SP - Alexandre Lúcio Martins - prudente@sempresaude.com.br - 18. 98111-5145 - Ribeirão Preto-SP - Josy Vilela Le Senechal - ribeirao@sempresaude.com.br - 16. 99711-7770 - Rondonópolis-MT - Marcio Costa - rondonopolis@sempresaude.com.br - 66. 9683-1899 - São José dos Campos-SP - Marcelo Piai | Verônica Venâncio - sjcampos@sempresaude.com.br - 12. 99625.8005 | 12. 99625-1005 - São José do Rio Preto-SP - Renato Dias Renovato - riopreto@sempresaude.com.br - 17. 99669-1700 - Sinop/Sorriso/ Lucas do Rio Verde-MT - Emerson do Carmo - 66. 9.9994-2442 - rampani@sempresaude.com.br - Luiz Carlos Rampani - rampani@ sempresaude.com.br - 66. 9659-7210 - Uberaba-MG - Wander Marcio Rosada - uberaba@sempresaude.com.br - 34. 9990-2479 Uberlândia-MG - Wander Marcio Rosada - uberlandia@sempresaude.com.br - 34. 9990-2479 - Umuarama-PR - Ueslei Rampani | Marcelo Adriano - revistasaude@sempresaude.com.br - 44. 8407-0698 | 44. 9941-9930 | 44. 3622-8270

NOSSA CAPA - CAMPINA GRANDE Bem-Estar: Saúde Associada a Estética Dr. Josenildo Rodrigues Dermatologia - CRM/PB 5397 - RQE 2879 Foto Capa Fernando Bronzeado - (83) 3226-8934

DIREÇÃO GERAL

Marcelo Adriano Lopes da Silva

FRANQUEADOS DESTA UNIDADE

Ueslei Dias Rampani

Adriano Danhoni

Ednéia Tenório

ENTRE EM CONTATO PARA MATÉRIAS E ANÚNCIOS Você também pode ler esta edição pelo aplicativo: REVISTA SAÚDE OFICIAL

José Adriano Danhoni Neves (83) 98750-7070 joaopessoa@sempresaude.com.br

www.rsaude.com.br

Facebook/revistasaudejoaopessoa

As matérias e imagens veiculadas são de responsabilidade dos seus autores.

14

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

revista_saude_joaopessoa


Revista Saúde Edição 12 | Março . 2019 | João Pessoa.PB

Editorial

15 anos de Revista Saúde. 3 anos de Paraíba. A inovação está em nosso DNA. Somos Multiplataforma! Estamos completando, agora em março, 3 anos de atividades em João Pessoa. São 12 edições trazendo informações a respeito da área de Saúde e os melhores profissionais e empresas para o leitor da Paraíba. Nesta edição, estamos levando a Revista Saúde para Campina Grande também. Os leitores de lá poderão desfrutar de tudo que temos de melhor na área. E a estréia em Campina Grande será o Dr. Josenildo Rodrigues, da Clínica Pele. A Revista Saúde é um dos principais veículos de comunicação voltado para a área da saúde no Brasil. Há mais de 15 anos no mercado, leva informação e qualidade de vida, por meio de plataformas digitais, veículos impressos e eventos segmentados. A Revista Saúde expandiu seu eixo de atuação com mais de dois milhões de edições impressas a nível nacional. Agora mais do que nunca estamos presentes nas plataformas digitais, inovando e apresentando alternativas de interagirmos e trazermos cada vez mais resultados ao nosso público alvo. Atendendo à nova realidade social exigente de informação ágil e eficiente, o Guia Saúde e o Novo Portal Revista Saúde, aproximam o leitor do conteúdo editorial, oferecendo-lhe a possibilidade de se inteirar junto aos temas mais relevantes da saúde contemporânea. Novo Design Layout redesenhado com foco na experiência do usuário.

Ednéia Tenório veste Adriano Danhoni veste

Landing Page personalizada Perfil completo do profissional com convênios atendidos, especialidades, fotos da clínica/consultório, vídeos e formulário de contato. Agendamento de consulta via whatsapp Possibilidade de agendamento de consulta diretamente no WhatsApp da clínica/consultório. Profissional em destaque Agora com os novos planos é possível optar por uma posição de destaque no guia. Ferramenta que só em 2018 contabilizou mais de 2.500.000 acessos em todo território Nacional, convertidos em motivo de orgulho e fonte de inspiração para o prosseguimento desta missão. A inserção da Revista Saúde no Mundo Digital vem ganhando cada vez mais força. Sendo assim, nossos veículos de informação, Impressa e Digital, caminham juntos para estar sempre em constante Inovação e Evolução, tendo como núcleo o melhor conteúdo e o compromisso de gerar resultados significativos na vida dos nossos leitores. Uma ótima leitura. Grande Abraço!

Adriano Danhoni e Ednéia Tenório Franqueados da Revista Saúde João Pessoa/PB rsaude.com.br | Março . 2019 | Revista Saúde

15


Índice 18

Você sabe o que é a Síndrome do Ninho Vazio? Entenda como lidar com a saudade dos filhos.

Revista Saúde Edição 12 | Março . 2019 | João Pessoa.PB

58

Dr. Adriano Menezes

20

Neuropsicologia: uma avaliação atual

22

Dra. Ingrid Ximenes comemora 10 anos de carreira inovando com a odontologia digital

Ana Clotilde Z. Lombardi Vilar

Dra. Ingrid Garcia Ximenes Q. Dantas

24

Fome ou vontade de comer? Saiba diferenciar a fome fisiológica da emocional. Katianne Targino

26

62

Lombalgia Sintoma que acomete grande parte da população e interfere diretamente na qualidade de vida. Dr. José Cassimiro Neto

28

Você ou seu filho tem Joelhos Valgos?

30

Você sabe o que é Alzheimer? Uma doença impactante que atinge mais de 1 milhão de pessoas no Brasil.

Dr. Ronald Jonas

66 70 72

32 34 36

Cirurgia bariátrica é uma opção segura contra obesidade? Prof. Dr. Marcelo Gonçalves Sousa

Tomar colágeno realmente faz bem?

76

38 40

ESPECIAL CAPA Hipnoterapia

46

Prótese Peniana. O que você precisa saber?

50

Rinite Alérgica: o que você precisa saber

52

Tratamento ortodôntico para cirurgia ortognática

54

Rejuvenescimento sem cirurgia: conheça as novidades

Dr. Jorge Vinícius Silveira Mendes

Dr. Aracoeli Ramalho

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

Rodrigo Ferreira

Plástica gengival. Prós e contras da cirurgia que corrige sorriso gengival

18

Dra. Thais Lígia Sales de SOuza

Emagrecimento de dentro para fora: como a Terapia Cognitivo Comportamental pode contribuir no processo de emagrecimento? A Importância da equipe multidisciplinar na intervenção dos Atrasos no desenvolvimento infantil.

80

ESPECIAL CAPA Bem-estar: saúde associada a estética

26

Maeve Nóbrega

38

Dr. Josenildo Rodrigues

84

O que você precisa saber sobre transplante capilar

86

A importância da drenagem linfática no pós-operatório de cirurgia plástica.

Dr. Thiago Lino

76

50 70

Letícia Paz

88

Blefaroplastia A Plástica das Pálpebras

90

A importância da fisioterapia antes e após uma cirurgia.

92

O uso não prescrito de anabolizantes: cuidado com a demência!

Dr. Mateus Souto

Antonio Rodrigues de Souza

80

Dr. Camilo Bruno Alves Ramalho

94 98

Dra. Júlia Guedes Cardoso

Dra. Jaqueline Marinho

Lentes de Contato Dentais

78

Fábio A. F. Maia de Araújo Icaro Jasub Damaceno de Lima

Dulciana Cordeiro

Dúvidas sobre Marketing para Médicos

Dra. Gabriele Fernandes Camilo

Implante Dentário: Mitos e Verdades

A audição e os avanços tecnológicos em aparelhos auditivos.

Karla Albuquerque de Brito Pereira

Dra. Gabriela Diniz

Imunodeficiências Primárias: fique alerta!

44

16

Dr. Elson Fernandes

Dra. Lêda Priscilla B. de Melo Carvalho

Taisa Taithiana Vasconcelos

Dr. Vitor Hugo de Oliveira Nascimento

Enxertos ósseos e a implantodontia

Osteopatia no tratamento da Enxaqueca

Treinamento Funcional para 3ª Idade Priscila Cartaxo

Para cada câncer, um tratamento: oncologia de precisão. Prof. Dr. Luiz Victor Maia Loureiro

Ronco e Apnéia do Sono, você sofre desse mal?

104 Dr. Thiago Chianca Ferreira Dr. Orlando Schuler de Lucena

114

Infertilidade e Esterilidade: você conhece a diferença? Dr. Rafael de Arruda

98


Você sabe o que é a Síndrome do Ninho Vazio? Entenda como lidar com a saudade dos filhos. Os quadros de sofrimento de ordem psíquica são cada dia mais comuns na sociedade atual.

DR. ADRIANO MENEZES CRM/PB 6316 PSIQUIATRA RQE 4388 • Membro Titular da Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP; • Mestrando em Ciências da Saúde na Faculdade de Medicina do ABC - SP; • Professor Titular de Psiquiatria da UNIPE; • Membro do Comitê de Avaliação da Residência Médica na Paraíba pela (ABP).

Os fatores originários variam e atingem pessoas de sexo, idade e classes sociais diferentes. A Síndrome do Ninho Vazio é um desses casos e tem sido muito estudada pela área da psiquiatria. É um problema caracterizado pelo surgimento de um quadro depressivo que atinge, na maioria das vezes, as mães. O incentivo para que os filhos deixem suas casas e adquiram suas capacidades funcionais e emocionais para iniciar uma vida independente acaba deixando um vazio existencial na vida dos pais, gerando sofrimento. A Síndrome também pode se dar na fase da velhice, onde a solidão e o sentimento de abandono são muito comuns para muitos idosos. Em ambos os casos os sintomas geralmente são a depressão, distúrbios de sono, distúrbios alimentares, raiva, diminuição da libido, dentre outros. Existem maneiras de tentar conviver com essa realidade. Uma delas é fazer com que o idoso passe a encerrar e recomeçar novos ciclos, ajudando-o a entender que a saída dos filhos de casa não é o fim de tudo, pelo contrário, pode até proporcionar a vivência de novas experiências. A Síndrome do Ninho Vazio é um problema real e cada vez mais comum, onde há uma necessidade de readaptação, portanto, é importante entender que é um processo que requer atenção e que, em muitos casos, precisa do acompanhamento de um profissional. A psiquiatria está acompanhando o surgi-

“A Síndrome do Ninho Vazio é um desses casos e tem sido muito estudada pela área da psiquiatria. É um problema caracterizado pelo surgimento de um quadro depressivo que atinge, na maioria das vezes, as mães. “

mento dessas novas situações. Ao perceber qualquer alteração similar aos sinais da Síndrome do Ninho Vazio, é importante buscar ajuda profissional. Os psiquiatras estarão sempre a postos para aliviar o sofrimento e trazer saúde mental e qualidade de vida à população.

18

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


Neuropsicologia: uma avaliação atual Atualmente, a Neuropsicologia está em plena expansão em todo o país. Ela é definida como uma ciência que estuda o funcionamento cerebral, os processos cognitivos superiores e suas relações com o comportamento humano. O Neuropsicólogo tem a função de correla-

ANA CLOTILDE Z. LOMBARDI VILAR PSICÓLOGA CLINICA E NEUROPSICÓLOGA CRP: 13/ 3798

cionar as alterações observadas no comportamento do paciente com as possíveis áreas cerebrais envolvidas, realizando, essencialmente um trabalho de investigação clínica utilizando-se de vários instrumentos neuropsicológicos (testes,

• Psicoterapia Cognitivo Comportamental (adolescente, adulto e idoso); • Especialista em Neuropsicologia Clínica (avaliação neuropsicológica criança, adolescente, adulto e idoso)

escalas, outros).

• Avaliação Cirurgia Bariátrica.

cionamento mental dos pacientes. As hipóteses

A avaliação neuropsicológica é uma estratégia investigativa que visa identificar, obter e proporcionar dados e informações sobre o fundiagnósticas mais comuns que se encontram suscetíveis de investigação são: Alzheimer, Escleroses, Demências, TDAH (Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade), Transtorno de Comportamento Disruptivo/Desafiador Opositor, Transtorno do Desenvolvimento Intelectual, Transtornos da Aprendizagem, Transtorno do Humor, entre outras. Outro tipo de indicação para fazer este tipo de avaliação seriam os indivíduos diagnosti-

A avaliação neuropsicológica é uma estratégia investigativa que visa identificar, obter e proporcionar dados e informações sobre o funcionamento mental dos pacientes.

cados com algum tipo de lesão cerebral com sequelas. Através desta avaliação é possível identificar o grau de integridade e comprometimento das funções a serem avaliadas (ex: memó-

sofreu algum tipo de transtorno e/ou sequela, é

ria, atenção, função executiva, ...).

a grande maioria; entretanto, existe uma peque-

A avaliação neuropsicológica na Doença

na parcela que procura o Neuropsicólogo por

de Alzheimer é um dos principais instrumen-

preocupações de desempenho cognitivo, como

tos para diagnosticar o tipo e a intensidade dos

por exemplo, um esquecimento, ou uma falta de

distúrbios de atenção, memória e desempenho

concentração em atividades, gerando assim um

intelectual, permitindo acompanhar, em exames

campo que poderia ser chamado como “Neurop-

sucessivos, a progressão mais rápida ou lenta

sicologia Preventiva”.

desta doença, oferecendo, nas fases iniciais, a

A Avaliação Neuropsicológica contribui de

possibilidade de diferenciar os sintomas da Do-

forma significativa em diversos contextos clíni-

ença de Alzheimer e da depressão.

cos, fornecendo importantes colaborações para

A maioria da população que procura um

o entendimento e o planejamento da conduta te-

Neuropsicólogo, vem encaminhada por Psicó-

rapêutica nos diferentes quadros neurológicos.

logos, Psiquiatras, Neurologistas, Geriatras,

Quanto mais cedo o paciente for diagnosticado,

Pediatras, dentre outros. Essa população que

melhor será o prognóstico para a reabilitação.

Av. Nossa Senhora dos Navegantes, 415 Empresarial Navegantes - Sala 406 Tambaú - João Pessoa - PB

(83) 99692-0501 20

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br


Dra. Ingrid Ximenes comemora 10 anos de carreira inovando com a odontologia digital Especializada em prótese dentária, estética bucal e clínica geral, a dentista usa em seu protocolo as novas tecnologias para atingir a excelência no tratamento de seus pacientes

DRA. INGRID GARCIA XIMENES Q. DANTAS CRO 4717/PB

Com 10 anos de carreira, na Capital paraibana, Dra. Ingrid Ximenes é uma das pioneiras no uso da Odontologia Digital, com excelência em prótese e estética. Seu protocolo de atendimento exclusivo e inédito na área, vem alcançando um nível de qualidade diferenciado, que proporciona resultados satisfatórios, trazendo de volta a alegria de sorrir para pacientes que procuram o melhor em termo de materiais usados no tratamento e rapidez na conclusão dos procedimentos. Pensando em entregar o melhor para seus pacientes, a odontóloga criou seu próprio protocolo de atendimento. Exclusivo e individual, essencialmente realizado através da Odontologia Digital, já na primeira consulta dra. Ingrid realiza todo o diagnóstico dos seus pacientes. “Diante do dia a dia do consultório, mediante vários relatos de insatisfações que chegavam dos pacientes que já vinha de outras clínicas, eu comecei a criar o meu próprio protocolo de atendimento. Quando o paciente chega fazemos uma anamnese, os exames clínicos e radiográficos – sempre que necessário – então, já marcamos o escaneamento digital e logo em seguida iniciamos a preparação a realização dos procedimentos”, destaca. “Eu sempre procurei me colocar no lugar dos pacientes, se fosse eu na cadeira do dentista, o que era queria que fizessem por mim. Então, cada caso que eu atendo é único. Tento resolver da melhor forma possível o desejo dos meus pacientes”, acrescenta a Dra. Ingrid. O fator tempo é primordial nos procedimentos realizados na clínica Dra. Ingrid Ximenes. Tudo é feito de forma digital, não só o planejamento, a prévia e a confecção dos elementos dentários, como também a conclusão do sorriso

Miramar - R. Antonio Rabelo Jr, 170 Sala 1405. Eco Medical Center João Pessoa-PB

(83) 98607-0067

@dra.ingridximenes

22

final que o paciente irá obter. O resultado do tratamento é alcançando muito antes do que os pacientes estão acostumados a esperar. “O nosso diferencial é que os pacientes sairão com o

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

10 ANOS DE SUCESSO NA ODONTOLOGIA Em relação à sua profissão, Dra. Ingrid faz questão de ressaltar seu caminho percorrido até ser considerada uma das mais inovadoras dentistas de João Pessoa. “Completar minha primeira década como dentista é uma satisfação muito grande, porque na verdade era um sonho de infância, desde os seis anos de idade eu sempre dizia que ia ser dentista e sempre vislumbrei a profissão”. A dentista relembra o caminho percorrido até alcançar o reconhecimento profissional, após ter concluído o curso de Odontologia na Universidade Potiguar, em Natal-RN. “Então, depois de formada, fiz pós-graduação de próteses e estética, morei alguns anos em Pernambuco e logo depois retornei à Paraíba e daí eu ingressei aqui na minha clínica. Hoje, estou em um patamar que sempre quis estar, ser dentista é uma carreira muito difícil, ainda mais quando se preza pela qualidade, para que as pessoas possam ter uma confiança em você. Isso eu alcancei ao longo desses 10 anos de trabalho e dedicação”. “Penso que todo dia temos que procurar crescer e melhorar. Posso dizer que estamos na melhor fase da odontologia, em termos de qualidade de materiais e procedimentos. Durante esses dez anos acompanhamos uma evolução gigantesca dos materiais odontológicos, antes usávamos muito metal, e hoje trabalhamos com uma cerâmica pura, de excelente resistência”, acrescenta.


sorriso dos seus sonhos, em pouco tempo. Bem diferente de outras clinicas que às vezes demora anos para concluir um tratamento bucal. Otimizamos ao máximo o tempo do paciente, fazendo com que o planejamento do tratamento seja concluído o mais rápido possível. Geralmente, entregamos com oito dias úteis um tratamento complexo e se for algo simples, como uma coroa, uma lente, uma faceta entregamos em no máximo 48 horas, dependendo da situação que se encontrar o paciente”. Toda a preparação e o tratamento são feitos com as novas tecnologias usadas na odontologia. “Eu posso confeccionar o trabalho digitalmente, feito 100% no computador e impresso. A odontologia digital, trata tanto na questão da precisão, acabamento e adaptação dos materiais das peças, como na qualidade; é uma inovação no tratamento em que os pacientes ficam com o aspecto de dentes naturais, otimizando o tempo e a qualidade dos serviços”. Em que o paciente não precisa mais passar por todos aqueles procedimentos de modelagem, usados antigamente. Afinal, a falta de saúde bucal pode sim afetar a autoestima e atrapalhar a vida das pessoas. Por isso, a Dra. Ingrid Ximenes trata seus pacientes de formas exclusiva e humanizada. “A situação psicológica dos pacientes é primordial, a gente pega muitos pacientes com problemas, que não falam direito, com vergonha de sorrir, até mesmo com depressão, por conta da saúde bucal. Em nossa clínica, fazemos com que nosso paciente nem se lembre que está em um consultório odontológico, temos um ambiente confortável que mais parece uma sala de estar, para que eles se sintam em casa. Nossa intenção também é contribuir para que a ansiedade dos pacientes seja resolvida. Com um serviço perso-

em conjunto para que seja otimizado o tempo do

nalizado e de qualidade”, frisa a dentista.

paciente”, explica a odontóloga.

Uma outra comodidade para quem procura

As tecnologias existentes e um protocolo

um tratamento completo de saúde bucal é que

humanizado da clínica atraem pacientes de di-

na clínica da Dra. Ingrid, os pacientes não pre-

versas regiões. “Nós atendemos muitas pessoas

cisam se deslocar para outro consultório para

de outras cidades da Paraíba, outros estados

fazer outros procedimentos. “visamos o bene-

brasileiros e até clientes do Chile, Estados Uni-

fício do paciente, temos todas as especialidades

dos, Canadá e da Europa”, ressalta Dra. Ingrid,

da odontologia. Então, sem precisar se ausentar

que não esconde a satisfação de poder reabilitar

da clínica, o paciente será atendido por todas as

o sorriso de seus clientes com a exclusividade

áreas que ele necessita, fazendo o planejamento

oferecida por ela.

rsaude.com.br | Março . 2019 | Revista Saúde

23


Fome ou vontade de comer? Saiba diferenciar a

fome fisiológica da emocional.

KATIANNE TARGINO NUTRICIONISTA – CRN 5794 • Especialista em Emagrecimento

A fome é a necessidade de comer desenca-

possível, porém, requer acompanhamento de

deada pela falta de energia e pode ser dividida

um profissional qualificado e disciplina. É neces-

em dois tipos: a fome fisiológica, que é a sensa-

sário principalmente, voltar a dar atenção aos

ção física e não relacionada a alimentos especí-

sinais que o nosso corpo apresenta quando pre-

ficos, e o apetite relacionado ao prazer e recom-

cisa de nutrientes.

pensa, e que ocorre mesmo sem a deficiência de energia.

ao mesmo tempo. Além de que, um cardápio

aquela fome no turno da noite, antes de dormir

“prazeroso” é comumente associado como não

é, verdadeiramente, fome? Muitas das vezes, é

saudável e proibido. O fato é que o conceito de

uma vontade incontrolável de comer por diver-

alimentação saudável não pode ser associado

sos fatores e emoções.

apenas a privações ou até mesmo grandes sacrifícios.

gica. A mesma é gerada por uma série de fatores

Lembrando que comer não é apenas um

emocionais que nos fazem pensar em comida

processo fisiológico, mas é de modo igual a uma

e comer ansiosamente, ato que muitas vezes é

ação afetiva e sociocultural. É importante res-

acompanhado de um profundo sentimento de

gatar o relacionamento saudável com a comida,

culpa.

compreendendo que o problema não é o ingre-

Com isso gera a compulsão e a busca inces-

diente ingerido, mas sim, o desequilíbrio no con-

sante por conforto na comida, contribuindo as-

sumo dos ingredientes. Uma alimentação balan-

sim para o aumento de peso.

ceada é fundamental para um estilo de vida mais

Identificar os diferentes tipos de fome é

(83) 3031-6542 | 3024-1499 katiannetargino

24

mas pessoas conseguem sentir prazer e culpa

Você sabia que nem sempre quando bate

Ela não é uma fome real, como a fome fisioló-

Medprime Center R. Herberto Pereira de Lucena, 195 Jardim Oceania - Bessa João Pessoa-PB

A comida pode ter vários significados. Algu-

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

saudável.


Lombalgia

Sintoma que acomete grande parte da população e interfere diretamente na qualidade de vida.

DR. JOSÉ CASSIMIRO NETO ORTOPEDISTA E TRAUMATOLOGISTA CRM/PB 7801 CRM/RN 9631 RQE 3297 • Graduado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba-FCMPB • Residência Médica em Ortopedia e Traumatologia pela Santa Casa de Misericórdia de Marília-São Paulo • Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia - SBOT • Título de Especialista Pela Associação Médica Brasileira - AMB

26

A lombalgia é um sintoma referente à dor na região da coluna lombar. Estudos epidemiológicos demonstram que 80% dos indivíduos adultos apresentam lombalgia em algum momento de suas vidas. Ela pode ser categorizada como inespecífica, associada à compressão radicular ou estenose, ou secundária, associada à doenças infecciosas, tumorais ou deformidade. Pode também ser referida de outros órgãos e sistemas. Aproximadamente 85% das lombalgias são classificadas como inespecíficas ou primárias. Entretanto, a história e o exame físico são fundamentais para a identificação dos 15% dos doentes com causa identificável para a origem da dor e, principalmente, reconhecer aqueles com doença grave que necessitam de tratamento na urgência. É importante estar atento a algumas características da dor como localização, presença e território de irradiação, fatores de melhora ou piora, instalação e tempo de evolução da dor e a presença de sintomas neurológicos. Outros sinais alarmantes como a presença de dores noturnas, febre ou perda de peso, antecedentes oncológicos ou história de traumatismo devem ser encaminhados para investigação imediata por exames de imagem. A lombalgia aguda é uma condição auto limitada, ou seja, ela permanece por um curto período de tempo. Cerca de 90% dos doentes recupera-se espontaneamente em torno de 4 semanas. Apesar da recuperação relativamente rápida, há uma tendência de recorrência dos sintomas dolorosos. Mais de 50% dos doentes com episódio agudo de lombalgia podem apresentar novos episódios de dor durante o período de um ano. Diversas são as causas de risco relacionadas ao desencadeamento da lombalgia. Entre eles estão fatores ocupacionais como a sobrecarga pelo levantamento de peso, exposição ao estresse vibratório e a manutenção da posição sentada por períodos prolongados. Dentre os fatores relacionados ao indivíduo, estão os emocionais, a falta de condicionamento físico, a má postura, a fraqueza da musculatura abdominal e a obesidade. É importante ressaltar que os fatores psicossociais também são importantes em relação aos pacientes portadores de dor lombar. O objetivo do tratamento do doente com lombalgia é o alívio da dor e a melhora funcional, com retorno às atividades profissionais e habituais. Esses pacientes devem ser orientados quanto ao prognóstico favorável nos casos de lombalgia aguda e de origem inespecífica.

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

“Muitos pacientes se automedicam e fazem uso prolongado de anti-inflamatórios, essa prática deve ser evitada pelo risco de sérios efeitos colaterais, a exemplo de comprometimento gástrico, renal e hepático.” Como relatado, a maior parte tem evolução auto limitada e o tratamento conservador (sem necessidade de cirurgia) é satisfatório para o qual o trabalho de reabilitação intensivo se mostra efetivo, a exemplo da realização de fisioterapia para alongamento e fortalecimento da musculatura da região da coluna lombar. A orientação postural, ergonômica e da forma adequada para dormir são fatores importantes para o tratamento. O repouso para tratamento da lombalgia aguda deve ser em torno de 3 dias. Indica-se um retorno precoce às atividades, respeitando-se a tolerância e as particularidades de cada paciente. O uso de medicações analgésicas, anti-inflamatórias, relaxantes musculares são opções terapêuticas que podem ser prescritas, sempre com orientação médica do ortopedista, considerando-se a eficácia e segurança de cada medicação, intensidade da dor e perfil de cada paciente. Muitos pacientes se automedicam e fazem uso prolongado de anti-inflamatórios, essa prática deve ser evitada pelo risco de sérios efeitos colaterais, a exemplo de comprometimento gástrico, renal e hepático. Sempre que necessário, o paciente deve procurar um ortopedista que irá conduzi-lo da forma adequada e realizar o tratamento específico para o seu caso. MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


Você ou seu filho tem Joelhos Valgos? Você sabia que a pisada errada pode influenciar na alteração do Joelho? Pois o uso de Palmilhas Posturais pode ser a solução. Joelho valgo é a projeção dos joelhos para dentro da linha média do corpo. Há um aumento da separação entre os tornozelos ao aproximarmos as pernas uma da outra, isso leva a uma sobrecarga nas regiões internas dos pés, podendo

DR. RONALD JONAS FISIOTERAPEUTA CREFITO 177256-F • Especialista em Ortopedia e Traumatologia com Ênfase em Terapia Manual • Especialista em RPG e Pilates

acarretar em estresse excessivo na região lateral dos joelhos e dores nessa articulação, além dos pés, dos tornozelos, dos quadris e na coluna, dentre outras alterações posturais, que pode causar inúmeros problemas ortopédicos. Com isso você pode sentir dores por todo o corpo e a

• Ex-Professor da Faculdade Asper

causa pode ter origem no(s) pé(s).

• Podoposturologia e Confecção de Palmilhas Posturais

idade, ela nem sempre precisa fazer tratamento

• Formação em Tratamento de Escoliose Baseado em Evidências. • Formação em Disfunção da ATM e Trauma de Face

Quando a criança tem menos de 4 anos de específico para corrigir os joelhos valgos, pois é normal que a criança tenha um pé plano e tenha tendência a levar a joelho valgo, quando a alteração é leve pode desaparecer com o tempo. Porém, em caso mais avançado é interessante consultar o médico e/ou o fisioterapeuta especializado o quanto antes para iniciar o tratamento. O tratamento com Palmilhas Posturais vem apresentando bons resultados, PREVENINDO, TRATANDO, CORRIGINDO E/OU ALIVIANDO DORES, provenientes das disfunções causadas pelas alterações dos pés. As Palmilhas têm como função de reprogramar a tonicidade muscular,

Quando a criança tem menos de

ou seja, melhor a correção dos pés com a esti-

4 anos de idade, ela nem sempre

mulação de alguns pontos específicos na planta do pé através de peças específicas.

Rua Santos Coelho Neto, 337 - Manaíra João Pessoa-PB

(83) 3247-2034 (83) 99157-1739 (83) 98866-5804

A consulta é composta por uma avaliação

para corrigir os joelhos valgos,

postural, fotografia, plantigrafia, podoscopia

pois é normal que a criança tenha

mais o exame computadorizado da Baropodometria – aparelho que realiza exames, no qual

um pé plano e tenha tendência

quantifica e compara as pressões desenvolvidas

a levar a joelho valgo, quando a

nos diferentes pontos da região plantar, tanto na posição em pé, quanto na marcha. Também mensura a oscilação do corpo durante a posição Rua Mírian Barreto Rabelo, 591 - Bessa João Pessoa-PB

(83) 3578-3000

ortostática (capacidade do corpo de se manter estável em uma dinâmica da tensão muscular em direção ao equilíbrio).

Rua Rosa Lima dos Santos,125 - Ed. Tarumã 302 Bancários - João Pessoa-PB

(83) 3224-8558 | 98750-2594 28

precisa fazer tratamento específico

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

alteração é leve pode desaparecer com o tempo.


Você sabe o que é Alzheimer? Uma doença impactante que atinge mais de 1 milhão de pessoas no Brasil. DR. VITOR HUGO DE OLIVEIRA NASCIMENTO CRM/PB 11975 • Geriatria/ Qualidade de Vida/ Atendimento Domiciliar • Médico Responsável Técnico da Cuidare Med • Diretor Geral da Cuidare João Pessoa

Também conhecida por Mal de Alzheimer, é

Idosos acometidos por essa afecção, em es-

caracterizada por uma perda cognitivo-compor-

tágios mais avançados, necessitam de uma su-

tamental, ou seja, déficits de memória, atenção

pervisão constante e cuidados personalizados.

e orientação, causa prejuízos ao trabalho e co-

Um dos problemas enfrentados pelas famílias,

tidiano, dificultando a realização das atividades

comumente conversado no consultório, é em

de vida diária. A demência de Alzheimer é pro-

relação aos cuidados gerais com esses idosos no

gressiva e debilitante, diferente do envelheci-

momento em que eles perdem a autonomia e in-

mento e do lapso de memória normal, sendo

dependência de forma parcial ou total. Uma so-

uma doença degenerativa, progressiva e que

lução para evitar o afastamento do idoso do seu

provoca atrofia cerebral, acometendo principal-

lar e do seio familiar, como em casos de interna-

mente idosos a partir dos 65 anos de idade.

mento em Instituições de Longa Permanência, é

Apesar de ser bastante estudada, as causas

a contratação de Cuidadores de Idosos a Domi-

ainda não foram totalmente esclarecidas. Atu-

cílio, onde profissionais realmente capacitados,

almente, considera-se que está ligada a uma

através de uma assistência física e emocional,

associação entre fatores genéticos e questões

contribuem para a melhoria da qualidade de

socioambientais. Podemos citar como fatores

vida e reabilitação da pessoa cuidada, no confor-

de risco: idade maior que 65 anos, histórico fa-

to do seu próprio lar.

miliar de Demência de Alzheimer antes dos 60 anos, Síndrome de Down, baixa escolaridade e presença de Apolipoproteina E4 no Cromossomo 19. Geralmente, existe uma lacuna de 2 anos entre o início da doença e o diagnóstico com tratamento adequado, para evitar um diagnóstico tardio, responda às seguintes questões relacionadas ao idoso: • Troca o nome das coisas de forma inadequada? • Dificuldade em reconhecer familiares? • Não encontra o caminho de casa? • Perde a capacidade de aprendizado? • Mudanças de comportamento ou humor? • Está desinibido socialmente? • Esquece informações recentes? • Tem alta frequência de esquecimentos considerados normais, onde colocou objetos, coisas que se lembrava antes? Se a resposta for SIM para 2 ou mais perguntas, desconfie da demência de Alzheimer e procure um médico de confiança, um diagnóstico precoce faz toda diferença na evolução da doença.

30

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


Enxertos ósseos e a implantodontia Nossa estrutura óssea está sempre em processo de formação e reabsorção, em um estado de equilíbrio dinâmico. Quando perdemos um dente, iniciam-se algumas alterações que resultam no desequilíbrio desse sistema, levando a

DR. ELSON FERNANDES CRO/PB 4211 • Mestrando em Implantodontia (SL Mandic - Campinas -SP) • Especialista em Implantodontia (UNIPÊ - PB) • Pós Graduado em Odontologia Estética (ABO - RN ) • Membro SBOE - Sociedade Brasileira de Odontologia Estética • Membro ITI • Professor e Coordenador da Especialização de Implantodontia - Unipê

reabsorção ou à atresia do osso alveolar. A reabsorção óssea alveolar pode ser ocasionada por fatores como a perda precoce dos dentes, próteses removíveis, traumas, extrações dentárias e doenças periodontais. Isso interfere na reabilitação oral por meio de implantes, comprometendo assim o posicionamento correto dos dentes, a estética, a biomecânica e a funcionalidade dos dentes. Muitos pacientes que tem indicação para a reabilitação com implantes deverão se subme-

Quando perdemos um dente, iniciam-se algumas alterações que resultam no desequilíbrio desse

ter a algum procedimento reconstrutivo ósseo

sistema, levando a reabsorção ou à

para sua correta instalação. Os enxertos podem

atresia do osso alveolar.

ser realizados no momento da remoção do dente, antes da instalação dos implantes ou simultaneamente. Os tipos de enxerto podem ser divididos em

rializados por impressoras 3D, baseando-se no

autógeno, ou seja, removidos pelo próprio pa-

planejamento tomográfico, adequando-se pre-

ciente, com áreas doadoras intra e extra bucal;

cisamente ao defeito para indicação de melhor

homólogo (banco de ossos) e biomaterial (subs-

tipo de enxerto.

titutos ósseos). O avanço da tecnologia tem

A demora na busca pelo atendimento pode

demostrado excelentes resultados tanto isola-

ser um fator agravante nos casos que neces-

damente quanto associados ao osso do próprio

sitam de enxerto. Caso apresente alguma das

indivíduo, proporcionando um tratamento com

causas de reabsorção óssea e deseja sorrir com

menor morbidade e menor tempo cirúrgico.

segurança, procure um especialista para diag-

As pesquisas com biomateriais estão avanAvenida Presidente Epitácio Pessoa, 753 - Sala 1216 - Edifício Central Park Bairro dos Estados João Pessoa - PB

çando positivamente onde, em um futuro não

(83) 99195-4528 98614-6447/ 3576-7019 @drelsonfernandes

32

muito distante, os ossos sintéticos serão mate-

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

nóstico, planejamento e execução do procedimento, com conforto e bem-estar.


Cirurgia bariátrica é uma opção segura contra obesidade?

PROF. DR. MARCELO GONÇALVES SOUSA CRM/PB 5438 CIRURGIA VIDEOLAPAROSCÓPICA RQE 5106 CIRURGIA DO APARELHO DIGESTIVO | RQE 3478 • Doutor pela Universidade Federal de São Paulo/EPM; • Mestre pela Universidade Federal de São Paulo/EPM; • Professor de Gastrocirurgia da UFPB e FAMENE; • Habilitação e Qualificação em Cirurgia Oncológica do Aparelho Digestivo pelo CBCD/AMB; • Especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo pelo CBCD/AMB; • Área de Atuação em Cirurgia Bariátrica e Metabólica e Videolaparoscopia; • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica; • Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva e Colégio Brasileiro de Cirurgiões; • Membro da International HepatoPancreato-Biliary Association; • Fellow em Transplante de Fígado e Pâncreas na UNIFESP - SP; • Estagiário do Hôpital Paul Brousse Paris, França; • Observership na Mayo Clinic, Jacksonville, Flórida.

34

A obesidade atinge todos os estratos etários da população, sendo um dos maiores problemas de Saúde Pública. No Brasil, metade das pessoas apresentam excesso de peso e 18,9% apresentam obesidade. Apesar da genética e dos estímulos para ingestão de comida, a obesidade é reflexo direto dos hábitos da vida moderna, ausência de atividade física e alimentação calórica, sem qualidade nutricional. As taxas de mortalidade entre os obesos são altas, pois o excesso de gordura agrava problemas de saúde e gera doenças físicas e psicológicas, como câncer, limitações físicas, derrame, refluxo, cirrose, infarto, hipertensão, colesterol alto, diabetes, doença renal, infertilidade, artrite, apneia do sono, destruição da autoimagem e cobranças sociais, diminuindo assim o tempo e qualidade de vida do indivíduo. Para classificar a obesidade, usamos a relação do peso com a altura através do Índice de Massa Corporal (IMC), mas avaliações dos distúrbios metabólicos, doenças associadas e distribuição corporal também são importantes para definir o tratamento. A primeira opção é o tratamento clínico, que inclui uma dieta saudável, exercícios físicos, medicação, acompanhamento com endocrinologista, educador físico, nutricionista e psicólogo. O objetivo é trocar o cenário de sedentarismo e da má alimentação por atividade física e uma dieta balanceada. Quando a obesidade prejudica a saúde e o tratamento clínico apresenta falhas, a cirurgia, conhecida como “redução de estômago” é a melhor opção. Além de reduzir o estômago ou desviar o intestino, ela age também no controle do metabolismo e modifica a saciedade. O preparo pré e pós cirúrgico deverá ser feito por uma equipe multidisciplinar, esse é o segredo para o bom resultado. Os pacientes aptos à cirurgia apresentam falhas no tratamento clínico e IMC acima de 40kg/ m² ou entre 35 kg/m² e 40 kg/m², com problemas relacionados ao excesso de peso, como diabetes, pressão alta, refluxo, distúrbio do sono, esteatose hepática e outros. Alguns pacientes ainda não contemplados pelas normas atuais do Conselho Federal da Medicina, CFM para cirurgia bariátrica (diabéticos ou obesos grau 1) são beneficiados, em recentes estudos, por situações especiais, através da técnica da cirurgia metabólica. Há algumas modalidades aprovadas de cirurgia bariátrica, mas bypass gástrico e gastrectomia vertical (sleeve) são as mais realizadas e estudadas, cabendo ao médico apresentá-las ao

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

By pass gástrico

paciente e recomendar a mais apropriada para cada caso, baseando-se nos exames, em como será o seguimento do pós-operatório, na previsão da perda de peso e na saúde do paciente. Diabetes e refluxo são pontos importantes a serem considerados na escolha da técnica. Atualmente, técnicas laparoscópicas, consideradas menos invasivas, ou robóticas, oferecem melhor visualização e acesso das estruturas anatômicas, diminuindo a dor, reduzindo tempo de internação e possibilitando um retorno mais rápido as atividades. O paciente deverá entender as novas necessidades dietéticas, a importância do controle das carências nutricionais, a rotina de exercícios e a compreensão das mudanças, adquirindo um estilo de vida saudável, de forma fácil e suave, já no pré-operatório. A cirurgia é uma parte do tratamento e, para manter o resultado, é importante a manutenção de um apoio multidisciplinar. A cirurgia bariátrica é, continuamente, aperfeiçoada para melhorar resultados e minimizar riscos, sendo segura e eficaz. Com as técnicas pouco invasivas, os resultados melhoraram muito e os riscos diminuíram consideravelmente. O peso perdido depende de alguns fatores como idade, peso inicial, comorbidades, tipo de cirurgia, exercícios, dieta, motivação e cooperação da família e amigos. A equipe é fundamental, tirando dúvidas, diminuindo riscos, colaborando para um bom resultado e reduzindo as chances de ganhar peso novamente. Os benefícios da cirurgia com a perda de peso são o controle das doenças associadas, diminuição da mortalidade, longevidade e qualidade de vida. Os riscos são os mesmos de outras cirurgias abdominais, devendo ser realizada em um hospital com boa estrutura e por médicos comprovadamente capacitados, atualizados e que pratiquem os procedimentos regulamentados pelo CFM e pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


Tomar colágeno realmente faz bem?

DRA. GABRIELA DINIZ CRM/PB 7662 - CRM/PE 19496 DERMATOLOGIA CLÍNICA, CIRÚRGICA E ESTÉTICA - RQE 4051 • Formada em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba UFPB • Residência Médica em Dermatologia Universidade de Pernambuco (UPE) • Pós-Graduação em Cosmiatria, LASER e Procedimentos – Hospital Albert Einstein/SP • Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica -SBCD

Dietas com suplementação de colágeno têm sido propostas para promoção da síntese de

grande como o colágeno pode ser absorvida no intestino e ser transportada até a pele.

colágeno na pele. Mas será que isso realmente

A novidade é que estudos publicados em

acontece? Ou é apenas mais um novo modismo?

revistas sérias têm mostrado que o consumo di-

O colágeno é a proteína mais importante do

ário de 5 a 10 g de colágeno fragmentado em pe-

corpo humano, correspondendo a aproximada-

quenos pedaços (colágeno hidrolisado ou peptí-

mente 30% da proteína do nosso corpo e está

deos de colágeno) proporciona efeitos positivos

presente na pele, no tecido conjuntivo, cartila-

em tecidos humanos que contenham colágeno

gens, ossos e vasos sanguíneos. Na pele, o co-

– como, por exemplo, a pele. Não é um modismo,

lágeno se organiza em fibras que conferem ao

mas as pessoas precisam ficar atentas, pois al-

órgão força e resistência.

guns produtos têm baixa dosagem.

Pessoas jovens possuem, de maneira ge-

O colágeno hidrolisado é facilmente absorvi-

ral, fibras mais espessas. Quando ficamos mais

do no intestino e, quando chega na pele, aumen-

velhos, nossa pele vai se tornando muito fina,

ta o diâmetro das fibras de colágeno e a densida-

frágil, flácida e enrugada. Isso acontece porque

de dos fibroblastos. Ou seja, auxilia na obtenção

a pele vai perdendo a capacidade de sintetizar

de uma pele mais forte e previne a formação de

colágeno e vai sofrendo degradação das suas

rugas profundas através do estímulo à síntese

fibras através da exposição ao sol, má alimenta-

de colágeno.

ção, cigarro, sono de má qualidade e baixa ingestão de água.

Os resultados tornam-se mais visíveis quando a suplementação é realizada em associação com procedimentos que estimulam a produção

36

Mas afinal, tomar colágeno é ou não eficaz?

de colágeno. Hoje em dia, dispomos de produtos

Historicamente, os cientistas buscam uma

injetáveis (bioestimuladores) e tecnologias que

forma eficaz de suplementação do colágeno

induzem uma resposta inflamatória controlada

pela alimentação. A indústria fez inúmeras ten-

que culminam com o depósito de colágeno na

tativas para criar produtos que fossem efetivos.

pele e melhora do tônus e da elasticidade e hi-

Mas é difícil compreender como uma proteína

dratação cutânea.

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


Imunodeficiências Primárias: fique alerta!

DRA. GABRIELE FERNANDES CAMILO CRM/PB - 8090 ALERGISTA E IMUNOLOGISTA PEDIÁTRICA - RQE 5812 PEDIATRA – RQE 5563 • Residência Médica em Alergia e Imunologia Pediátrica – Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) • Residência Médica em Pediatria – Secretária Estadual de Saúde do Distrito Federal (SES_DF) • Membro da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI) • Preceptora do Ambulatório de Alergia e Imunologia Pediátrica da Faculdade de Medicina Nova Esperança – FAMENE.

38

O que são Imunodeficiências Primárias (IDP)? São doenças, em que parte do sistema imunológico está ausente ou não funciona adequadamente. São causadas por defeitos genéticos, que na grande maioria das vezes foram herdados (isto é, transmitidos de pais para filhos). Assim, as crianças nascem com a doença, porém algumas formas podem se tornar aparentes somente mais tarde e até mesmo na vida adulta. Sua prevalência geral é de 1 caso para cada 2000 nascimentos, com predominância no sexo masculino e em populações com alta frequência de consanguinidade. Apesar de ainda ser consideradas doenças raras, a IDP vêm sendo cada vez mais diagnosticadas, melhor estudadas e tratadas. Até o momento, somam mais de 300 formas diferentes. Mesmo assim, estima-se no mundo todo que 7090% das IDP não estão sendo diagnosticadas. E de acordo com a estimativa da Sociedade Latina Americana de Imunodeficiências, o Brasil apresenta milhares de pacientes sem diagnóstico. As IDP são muito variáveis em gravidade, contemplando desde doenças que geram sintomas mais leves até doenças muito graves, que podem levar ao óbito precoce se não diagnosticas e tratadas. Sabendo que o principal papel do sistema imune é nos defender contra invasores, fica fácil compreender que a principal característica deste grupo de doenças é a maior predisposição a infecções. Os pacientes sofrem com infecções recorrentes, como por exemplo, infecções de ouvido, sinusites, pneumonias, diarreias e/ou infecções de pele. Entretanto, alguns pacientes podem não ter essas infecções de repetição, e sim, uma primeira infecção muito grave ou causada por um germe que não comumente causa doença em indivíduos saudáveis. A dificuldade de crescimento e ganho de peso nas crianças também podem ser um problema para esses pacientes. O diagnóstico e o tratamento precoces destas doenças são essenciais para garantir a sobrevida e prevenir sequelas. Além disso, a identificação do defeito genético responsável pela IDP torna possível o aconselhamento destas famílias e o diagnóstico pré-natal e do estado de portador do defeito.

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

Os 10 Sinais de Alerta para Imunodeficiência Primária na Criança !!! 1. Duas ou mais Pneumonias no último ano. 2. Quatro ou mais novas Otites no último ano. 3. Estomatites de repetição ou Monilíase por mais de dois meses. 4. Abcessos de repetição ou ectima. 5. Um episódio de infecção sistêmica grave (meningite, osteoartrite, septicemia) 6. Infecções intestinais de repetição / diarreia crônica / giardíase 7. Asma grave, doença do colágeno ou doença auto-imune 8. Efeito adverso ao BCG e/ou infecção por Microbactéria 9. Fenótipo clínico sugestivo de síndrome associada à Imunodeficiência 10. História familiar de imunodeficiência.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


ESPECIAL CAPA

HIPNOTERAPIA O que é o mundo senão aquilo que imaginamos dele?

40

De acordo com a American Psychological

A partir da segunda metade do século XX,

Association – APA, a hipnose é um estado alte-

estudos a respeito da hipnose passam a ganhar

rado de consciência que envolve atenção focada

relevância, muito em função dos tratamentos

e consciência periférica reduzida, caracterizada

psicológicos em vítimas de guerra e seu uso

por uma maior capacidade de resposta à suges-

em odontologia e em obstetrícia. A Associação

tão. Seu uso com propósitos terapêuticos é co-

Médica Americana (American Medical Asso-

nhecido como “Hipnoterapia”.

ciation), desde 1958, declarou a hipnose como

Cercado por mitos e estudos científicos, a

uma forma válida de terapia, tendo um lugar re-

pesquisa a respeito desse fenômeno psíquico

conhecido no arsenal médico e uma técnica útil

desenvolveu-se gradativamente com a contri-

no tratamento de certas doenças. Os estudos

buição de estudiosos, preponderantemente a

da medicina e da psicologia tornaram-se mais

partir do século XVIII. Sigmund Freud, pai da psi-

intensos, trazendo resultados impressionantes

canálise e grande nome da psicologia, influen-

que, infelizmente, ainda são pouco divulgados

ciou tanto o interesse quanto os estudos sobre

no Brasil.

o assunto – sua dificuldade em induzir pacientes

Contudo, o ceticismo acerca desta práti-

ao transe foi estímulo para aprimorar e enrique-

ca ainda é perceptível, visto que, para parcela

cer este conhecimento. Assim como a anestesia

da população, a hipnose ainda é, muitas vezes,

química na cirurgia substituiu a hipnose como

associada a apresentações de entretenimento

uma modalidade mais “compreensível” ao pa-

em que indivíduos são submetidos, até mesmo,

ciente, a psicanálise de Freud foi desenvolvida à

a situações vexatórias, muito em razão da falta

medida que o próprio Freud enfrentava a frus-

de conhecimento dos resultados dos estudos

tração de conduzir com sucesso os pacientes a

científicos desenvolvidos nas últimas décadas.

um estado hipnótico.

A crença em que as pessoas serão submetidas a

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

O fenômeno da regressão de memória permite o ‘resgate’ de necessidades não transcendidas.


ESPECIAL CAPA

um sono profundo e inconsciente, onde conta-

cognitivo-comportamental, facilitando uma di-

rão de forma involuntária os segredos, ficando

nâmica mais prática e eficiente. Terapeutas da

vulneráveis durante o processo é muito comum.

abordagem humanista também se beneficiam,

A ideia que se tem é de que as pessoas jamais re-

uma vez que o fenômeno da regressão de me-

tornarão à consciência, ficando presas num esta-

mória permite o ‘resgate’ de necessidades não

do desconhecido e incerto pelo resto de suas vidas.

transcendidas, da mesma forma psiquiatras

Apesar disso, a técnica continuou progredin-

também podem obter bons resultados com as-

do e novas formas de aplicação mais rápidas e

sociação de psicofármacos.

eficazes foram se aprimorando, alcançando ou-

Assim, é preciso considerar que a hipnose

tros patamares – a exemplo das regressões de

deve ser colocada em seu devido lugar, sendo

memória e ressignificação fazendo, além da ava-

utilizada como uma técnica que pode e deve ser

liação dos sintomas, o tratamento diretamente

usada para potencializar os resultados clínicos

na causa dos problemas.

em que, em alguns casos, seriam simplesmente

Em uma das mais importantes e conhecidas

inalcançáveis por meio de psicoterapias con-

pesquisas realizadas no campo da hipnose e sua

vencionais. Embora o termo Hipnoterapia possa

eficácia, o Dr. Alfred Barrios, da Universidade

sugerir uma teoria ou abordagem psicológica

da Califórnia, publicou, em 1970, um estudo em

específica, trata-se de uma ferramenta, sendo

que pacientes submetidos à Psicanálise conven-

imprescindível a sua associação a embasamen-

cional apresentaram uma taxa de recuperação

tos teóricos complementares.

de 38% após, aproximadamente 600 sessões;

Atualmente, a Hipnoterapia é regulamenta-

72% para a Terapia Comportamental após uma

da pelo Conselho Federal de Psicologia – CFP,

média de 22 sessões e, para a hipnoterapia, al-

por meio da resolução 13/2000 e, “reconhe-

cançava-se 93% de recuperação após uma mé-

cida como valiosa prática médica, subsidiária

dia de 6 sessões.

de diagnóstico ou de tratamento, devendo ser

Com base nisso, psicanalistas fazem bom uso

exercida por profissionais devidamente qualifi-

da técnica, pondo em evidência fatores incons-

cados e sob rigorosos critérios éticos”, conforme

cientes e permitindo acesso a novas percepções.

Parecer nº. 2.172/97 do Conselho Federal de

Observamos a aplicação associada à terapia

medicina – CFM.

FÁBIO A. F. MAIA DE ARAÚJO Psicólogo Clínico Cognitivo-Comportamental e Hipnoterapeuta CRP 13/5522 • Membro do Instituto Brasileiro de Hipnose de Desenvolvimento Mental – IBHDM

Empresarial Master Clinic & Office - Av. Euzely Fabrício de Souza, 445 - Manaíra, João Pessoa - PB (83) 3245-8983 fabiomaia_hipnoterapeuta


ASILEIRO D BR E

ASILEIRO D BR E

PB PARA FUNDO ESCURO

INST IT UT

SE

SE

O Instituto Brasileiro de Hipnose e DesenvolCOLORIDO

NO IP

NO IP

INST IT UT

O

H

Você, profissional da área IBHDM IBHDM da saúde, torne-se um hipnoterapeuta O

H

SE

IBHDM

NO IP

INST IT UT

ASILEIRO D BR E H

O

nencial de profissionais que vêm buscando esse

PB PARA FUNDO CLARO

vimento Mental – IBHDM, sediado na Paraíba,

tipo de conhecimento para utilizarem em suas

vem sendo o elo entre vários profissionais da área

respectivas áreas de atuação.

da saúde mental de todos os estados do país e do

Um dos nossos objetivos é trazer para a Pa-

exterior, trazendo o que há de mais inovador e pro-

raíba e estados vizinhos o conhecimento dessas

missor em técnicas de desenvolvimento pessoal e

técnicas de maneira mais acessível e confortá-

mental, como Hipnose, Coaching, PNL, Análise de

vel, não se fazendo necessário o deslocamento

Comportamento e afins, sendo auxiliares em tra-

para grandes centros econômicos do país ou até

tamentos convencionais alopáticos.

mesmo para fora dele.

Tais ferramentas ganham cada vez mais es-

Para saber mais sobre o IBHDM e todos os

paço no Brasil e no mundo, com resultados ani-

nossos eventos, acesse o site: ibhdm.com.br, e

madores, o reflexo disso é o crescimento expo-

tire suas dúvidas, não fique de fora.

Como exemplo dessa política, o IBHDM realizará nos dias 25, 26, 27 e 28 de abril de 2019, um dos maiores eventos sobre o tema no Brasil, o curso INTEGRATIVE HYPNOSIS 2.0: THE NEXT LEVEL, ministrado por uma das maiores autoridades mundiais no assunto, a norte-americana Melissa Tiers, conhecida na atualidade como a maior hipnoterapeuta do mundo e três vezes ganhadora do prestigiado Prêmio Pen e Quill da International Medical and Dental Association. Também é autora dos livros Integrative Hypnosis: An Integral Course in Change; Keeping the Brain in Mind: Practical Neuroscience for Hypnosis Technicians, Therapists, and Practitioners e Integrative Hypnosis for Children and Teens: Playing for Change. A imersão consiste no aprendizado da integração de técnicas avançadas de Hipnose para a quebra de hábitos disfuncionais, utilizando as mais recentes pesquisas em neurociências, cognição incorporada, epigenética e medicina mente-corpo. Todo o evento será traduzido simultaneamente pelo intérprete César Melo. Faça sua inscrição pelo site: www.ibhdm.com.br Para maiores informações: (83) 99645-6703 | 98877-4157 | 99610-7000

Ícaro Leite Hipnoterapia

Fábio Maia Hipnoterapia

Armando Lopes Hipnoterapia

Melissa Tiers Hipnóloga


Implante Dentário: Mitos e Verdades

ICARO JASUB DAMACENO DE LIMA CRO/PB 4489 CIRURGIÃO BUCOMAXILOFACIAL IMPLANTODONTISTA • Graduação em Odontologia pela Universidade Estadual da Paraíba • Especialista em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofaciais • Especialista em Implantodontia • Credenciamento em Cirurgia Guiada (Neodent) • Capacitação em uso de Toxina Botulínica • Habilitação em L-PRF – Membranas Autólogas para Aceleração da Reparação Tecidual • Telas de Titânio em Maxilas Atróficas • Aplicação da rhBMP-2 na Implantodontia • Reabilitações Estéticas com Cerâmicas Dentais • Imersão em Oclusão, Planejamento e plano de Tratamento em Reabilitação Oral Adesiva • Imersão Full Clnic em Laminados Cerâmicos

Muitos casos de reabilitações em odontologia requerem o uso de implantes dentários, os mesmos são constituídos por um artefato de titânio implantado no osso, possuindo a função da raiz do dente. As dúvidas sobre esse tipo de tratamento são muitas, por isso, se você quer esclarecer o que é mito e verdade sobre o implante dentário, fique atento ao texto abaixo! A idéia de usar um implante ainda é muito associada aos idosos, que muitas vezes perdem os dentes ao chegar na terceira idade, mas outros fatores podem trazer a necessidade desse tipo de tratamento.

Na verdade, o implante é recomendado para qualquer pessoa com mais de dezesseis anos de idade que tenha perdido algum dente. Acidentes, doenças que afetam os dentes, uma alimentação inadequada e problemas ósseos podem causar a queda dos dentes e, assim, surgindo a necessidade de colocar um implante.

Na verdade, o implante é recomendado para qualquer pessoa com mais de dezesseis anos de

ser tranquilo, caso você tome todos os cuidados

idade que tenha perdido algum dente. Aciden-

indicados pelo dentista. No geral, recomenda-se

tes, doenças que afetam os dentes, uma alimen-

o uso de analgésicos e anti-inflamatórios.

tação inadequada e problemas ósseos podem

Hoje, os riscos nas cirurgias para implantes

causar a queda dos dentes e, assim, surgindo a

dentários são muito baixos. Mesmo assim, é im-

necessidade de colocar um implante.

portante procurar uma clínica de qualidade e

Após sua instalação, aguardamos um prazo entre 2 a 6 meses para colocar a coroa protética,

Solena Odontologia Av. João Câncio, 910 - Manaíra João Pessoa

(83) 3045-6590

solena_odontologia solenaodontologia.com.br

44

com recomendações e, claro, um dentista qualificado para tal trabalho.

dependendo da necessidade ou não de enxertos

Como quase tudo que envolve saúde, o pro-

ósseos. Esse prazo pode diminuir caso seja usa-

cesso de implantação dentária também tem vá-

do um implante de superfície ativada, como o

rios mitos. Um deles é quanto a rejeição do im-

caso dos implantes suíços Straumann, nos quais

plante pelo organismo. É importante esclarecer

a espera da cicatrização é de 21 a 42 dias, tudo

que esse risco não existe, pois os implantes são

isso graças à tecnologia e técnicas diferenciadas.

feitos de um material que tem alta compatibili-

Um dos maiores medos dos pacientes que

dade com o osso.

necessitam de próteses e implantes está relacio-

Se você teve a recomendação odontológica

nado à dor. Se esse é seu caso, fique tranquilo!

para receber um implante dentário e ainda fica

Antes do procedimento, o paciente recebe anes-

receoso, lembre-se que o procedimento é muito

tesia local. O pós-operatório também costuma

seguro e o resultado estético é ótimo.

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br


Prótese Peniana. O que você precisa saber?

DR. JORGE VINÍCIUS SILVEIRA MENDES CRM/PB 7916 | CRM/SP 152.874 • Título de Especialista em Urologia pela Sociedade Brasileira de Urologia (TISBU); • Pós-Graduação em Medicina Sexual pela Faculdade de Medicina do ABC, São Paulo • Pós-Graduação em Infertilidade Masculina e Reprodução Humana pela Faculdade De Medicina do ABC, São Paulo • Fellowship em Andrologia pela Faculdade de Medicina do ABC, São Paulo • Membro da International Society for Sexual Medicine (ISSM)

A disfunção erétil acomete 50% dos homens após os 40 anos. No entanto, homens cada vez mais jovens têm tido essa experiência negativa, ocasionando perda de autoconfiança e conflito nos relacionamentos. Em um estudo publicado no Journal of Sexual Medicine, eles descobriram que aproximadamente um em cada quatro homens pode sofrer de algum tipo de disfunção erétil, com metade dos casos sendo severos. O uso de determinadas medicações, diabetes, doença cardíaca, colesterol elevado, sedentarismo, má alimentação, testosterona baixa, sono inadequado, escape de fluxo sanguíneo no pênis, cirurgia de próstata podem ser algumas das causas orgânicas. Trauma de relacionamentos anteriores, ansiedade e insegurança entram nas causas psicogênicas, em que a terapia sexual/psicoterapia é fundamental no tratamento. Seguem algumas dúvidas comuns sobre a prótese peniana: 1- QUEM PRECISA DE PRÓTESE? As próteses penianas estão indicadas para os pacientes com disfunção erétil severa, ou seja, que não respondem às medicações orais (Tadalafila, Sildenafila) e as injeções penianas, ou não podem utilizá-las. Hoje, existe ainda a Terapia com Ondas Mecânicas para melhorar a função erétil.

Maleável (Semi-rígida)

Inflável

2- QUAIS OS TIPOS? Existem basicamente, dois tipos: Maleável (Semi-rígida) e Inflável.

“A qualidade de Vida Sexual aumenta a sobrevida do Homem e do Casamento.’’

3- QUAL A MELHOR ESCOLHA? As duas próteses têm como objetivo: permitir a penetração vaginal e recuperar a qualidade de vida sexual do indivíduo e do casal. O índice de satisfação é maior que 90% nos portadores. O tipo de material e tecnologia utilizados em cada uma delas interferem nos custos e na estética, basicamente. Enquanto as semi-rígidas têm custos mais acessíveis, elas mantêm o pênis em ereção permanente e restringem determinado uso de roupas, para evitar constrangimentos. As infláveis, por sua vez, são caras e permitem desfazer a ereção após a relação sexual. 4- A PRÓTESE AUMENTA O TAMANHO DO PÊNIS? Muitos homens consideram seu pênis pequeno e querem implantar a prótese com esse objetivo, mas infelizmente a prótese peniana não aumenta o tamanho, e por isso não está indicada para esse fim.

46

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

5- QUANTO TEMPO APÓS A CIRURGIA PODE TER RELAÇÃO SEXUAL? Esse período geralmente varia de 30-40 dias. 6- É POSSÍVEL EJACULAR E TER ORGASMO? Embora sejam dois processos diferentes e que geralmente ocorrem simultaneamente, a ejaculação acontece desde que o paciente não tenha sido submetido à cirurgia para câncer de próstata. A sensibilidade na glande e o orgasmo são preservados.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


Rinite Alérgica: o que você precisa saber

DRA. JÚLIA GUEDES CARDOSO CRM/PB 7422 OTORRINOLARINGOLOGIA RQE 4295 • Médica pela Universidade Federal da Paraíba; • Residência Médica em Otorrinolaringologia pelo Hospital Universitário Onofre Lopes / UFRN; • Membro Titular da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvicofacial.

O nariz é parte integrante das vias aéreas su-

alergia e as condições do ambiente em que o

periores e o primeiro contato do corpo com o ar

paciente vive/trabalha/estuda. O exame otor-

inspirado. Ele executa muitas funções importan-

rinolaringológico é fundamental, assim como a

tes, incluindo a de filtrar e umidificar o ar e é o

realização de exames complementares (dentre

responsável pelo sentido do olfato. Encontra-se

eles a videonasofibroscopia, rinomanometria,

interligado a várias estruturas das vias aéreas,

teste alérgico cutâneo de hipersensibilidade e

incluindo os ouvidos, os seios paranasais e os

dosagens de IgE séricas específicas). Estes auxi-

olhos, além das vias aéreas inferiores.

liam no diagnóstico, determinam a gravidade da

A rinite alérgica é a mais comum das doenças

doença e direcionam o tratamento.

alérgicas e é considerada um problema de saúde

O tratamento da Rinite Alérgica é baseado

pública mundial. Embora não seja uma doença

no controle do ambiente, farmacoterapia, imu-

grave, é capaz de alterar significativamente a

noterapia específica e orientações. A redução/

qualidade de vida dos pacientes, seu desempe-

eliminação dos alérgenos é considerada funda-

nho e produtividade no trabalho e seu aprendi-

mental e a maioria dos pacientes necessitam

zado escolar. Comumente, a rinite alérgica está

de tratamento farmacológico para controle dos

associada a outras condições, como asma, sinu-

sintomas e melhora na qualidade de vida. Pro-

sites, otites, polipose nasal, infecções de vias aé-

cure um otorrinolaringologista, o diagnóstico

reas inferiores e dermatite atópica, aumentando

precoce é fundamental para que se possa esta-

de sobremaneira o impacto socioeconômico da

belecer um programa de tratamento.

doença. Assim como as outras alergias, a rinite alérgica apresenta forte caráter genético, com in-

A Rinite Alérgica costuma ser

cidência maior entre indivíduos cujos pais são

desencadeada ou agravada

alérgicos. Sem preferência por gênero ou raça,

pela exposição a aeroalérge-

pode iniciar-se em qualquer idade, sendo mais frequente na criança e no adolescente. É uma

nos, mudanças bruscas de

doença caracterizada principalmente por sinto-

temperatura, inalação de ar

mas, como o prurido nasal/ ocular, espirros em salva, obstrução nasal, coriza hialina e diminui-

frio e seco.

ção do olfato. Esses sintomas são resultantes da ação de mediadores químicos no organismo, cuja liberação pode estar associada a mecanismos imunológicos ou não. É caracterizada por uma reação de hipersensibilidade tipo I, mediada por IgE. A Rinite alérgica costuma ser desencadeada ou agravada pela exposição a aeroalérgenos, mudanças bruscas de temperatura, inalação de ar frio e seco. Os principais aeroalérgenos são os ácaros da poeira, baratas, fungos e de outras fontes alergênicas (epitélio, saliva e urina de animais domésticos); os odores fortes e a fumaça de tabaco são os principais poluentes intradomiciliares. A ocorrência dos sintomas pode ser sazonal ou perene, persistente ou intermitente, agravando-se nos períodos de outono/inverno. O diagnóstico da rinite alérgica deve ser feito pelo especialista e é basicamente clínico, incluindo a história clínica pessoal e familiar de 50

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


Tratamento ortodôntico para cirurgia ortognática

DRA. JAQUELINE MARINHO CRO/PB 5396 ORTODONTISTA • Especialista em Ortodontia, FAMOSP Presidente Prudente/SP; • Credenciamento em Técnica de Ancoragem Esquelética com Mini-parafusos para Tratamento Ortodôntico, FAMOSP – Presidente Prudente/SP; • Invisalign Doctor, Recife/PE; • Credenciamento em Alinhadores Ortodônticos Estéticos, Recife/PE.

A Ortodontia e a Ortopedia Facial é uma especialidade da Odontologia que visa a correção do posicionamento dentário e do esqueleto da face com a finalidade de uma mordida ideal, adequando funcionamento dos músculos e ossos. Quando o paciente tem assimetria facial, apresenta um desequilíbrio entre as bases: maxila e mandíbula. Caso o tratamento seja iniciado ainda na infância é possível reverter a posição incorreta dos ossos e da mordida. No entanto, em adultos a correção verdadeira das discrepâncias esqueléticas apenas com recursos ortodônticos é praticamente impossível, sendo necessário considerar a possibilidade de realização de um tratamento combinado com Cirurgia Ortognática, que compreende no procedimento cirúrgico com caráter funcional – melhora da mastigação, respiração, fala, entre outros – e estético – a correção do posicionamento das bases ósseas proporciona harmonia facial. A ideia de que o tratamento é voltado para a estética existe pelo fato de que o rosto do paciente muda para melhor com a correção do problema. Esse tratamento é chamado de Orto-Cirúrgico, pois envolve as especialidades de Ortodontia e Cirurgia Bucomaxilofacial; e alguns casos podem envolver também: Fonoaudiologia, Fisioterapia, Psicologia e Otorrinolaringologia. Quando é indicado o tratamento Orto-Cirúrgico? Este tratamento é indicado em casos de Perfil Retrognata ou Classe II (queixo curto) e Perfil Prognata ou Classe III (queixo grande). Outra indicação é para portadores da Síndrome da Apneia e Hipopneia Obstrutiva do Sono (SAHOS), que é associada a pacientes portadores do perfil retrognata, tendo como característica a parada do fluxo de ar durante o sono que ocasiona microdespertar. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Odontologia, estima-se que 25 a 30% da população apresenta algum grau de desarmonia facial.

Ed. Eco Medical Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 Miramar João Pessoa - PB 58032-090 Brasil Clínica Restaurar Andar P1, Sala 009

Como é realizado o tratamento? Antes de realizar o tratamento solicitamos documentações ortodônticas: radiografias, tomografia, fotos da face e intrabucais, e modelo das arcadas; devendo ser minunciosamente planejado pelos Especialistas, seguindo um

(83) 9648-0991 | 3247-3887 Instituto de Implante Dentária Diogo Menezes Andar 8º, Sala 807

(83) 9154-1353 52

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

“A ideia de que o tratamento é voltado para a estética existe pelo fato de que o rosto do paciente muda para melhor com a correção do problema.”

protocolo individual para cada paciente, o qual envolve passos técnicos que possibilitam o diagnóstico, planejamento e prognóstico. O tratamento inicia com a instalação do aparelho para alinhar e nivelar os dentes; concluída esta fase, pode seguir para a segunda etapa que é a cirurgia propriamente dita em ambiente hospitalar e por último são executados ajustes ortodônticos na mordida e remoção do aparelho. Podemos assegurar que o tratamento Orto-Cirúrgico evoluiu bastante nos últimos anos, se tornando um procedimento mais previsível e seguro, oferecendo aos pacientes uma melhora funcional e estética, podendo beneficiar a autoestima e qualidade de vida.


Rejuvenescimento sem cirurgia: conheça as novidades DR. ARACOELI RAMALHO CIRURGIÃO PLÁSTICO CRM/PB 3490 RQE: 1225 • Residência em cirurgia Geral pelo Hospital dos Servidores do Rio de Janeiro • Residência em Cirurgia Plástica pelo Instituto Nacional de Câncer do Rio de Janeiro • Membro Especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica • Médico Staff do Serviço de Cirurgia Plástica do HULW e do Hospital Santa Isabel. • Diretor da Aesthetic Day Clinic

54

A possibilidade de rejuvenescimento facial sem a utilização de procedimentos cirúrgicos, tem levado os pacientes a procurarem cada vez mais esses métodos nos consultórios dos cirurgiões plásticos. A grande maioria das pacientes está entre 30 e 50 anos, e percebem que podem manter a aparência mais jovem por um bom tempo e sem a utilização da cirurgia conhecida como lifting facial. Atualmente, vários procedimentos estão sendo utilizados para retardar a realização de qualquer procedimento cirúrgico para o rejuvenescimento facial. Dentre as técnicas mais utilizadas estão os preenchimentos e a utilização de substâncias bioestimuladoras, com a intenção de aumentar a produção de colágeno. Os preenchimentos podem ser utilizados com a função de repor o volume de gordura e de osso que os pacientes perdem com o decorrer dos anos, como também tem a função de harmonizar a face, deixando o paciente com o rosto mais simétrico. O preenchimento, normalmente, é utilizado com o ácido hialurônico, através do método do MD Codes, que também funciona como bioestimulador, porém, sua função como preenchedor é mais significativa. O ácido hialurônico é uma substância contida no nosso organismo e é produzida pelos laboratórios de uma forma sintética, dessa forma, dificilmente provoca reações alérgicas no paciente. Os preenchimentos que mais estão sendo utilizados são os procedimentos da empresa farmacêutica pioneira no uso de botox, Allergan, através da linha de injetáveis da Juvederm. Há três preenchimentos básicos. O Voluma,

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

que é utilizado para estruturas mais profundas e serve também para aumentar as estruturas ósseas, chegando a durar até um ano e oito meses. O segundo tipo é o Volift, que é um ácido hialurônico de média densidade e é utilizado em preenchimentos da região de gordura, muito usado no famoso “bigode chinês”. O terceiro é o Volbella, usado para rugas superficiais, lábio superior e inferior, trazendo um resultado bem natural, com duração de oito meses há um ano. Os bioestimuladores são aqueles que podem agir como preenchedores, mas que tem como função principal a produção de colágeno. Dois exemplos importantes são o Radiesse, hidroxiapatita e o Sculptra, ácido poliláctico. O Sculptra tem uma função estimuladora e é considerado, atualmente, o preenchedor mais potente e mais forte em produção de colágeno. O Radiesse também é um estimulador que age de maneira parecida, estimulando o preenchimento e produção de colágeno. Ambas as substâncias têm a finalidade de retardar a realização do lifting facial. O lifting facial não é uma cirurgia tão agressiva como antigamente. Hoje em dia a cirurgia é realizada com anestesia local e se utiliza da cola de fibrina, reduzindo o edema pós-operatório e fazendo com que o paciente se recupere mais rápido. A cirurgia é indicada em casos de flacidez facial e muscular. Normalmente os pacientes apresentam a indicação cirúrgica após os 50 anos, por isso, é importante que os pacientes que se interessam pelos procedimentos, procurem os consultórios antes mesmo de atingir a idade indicada, para dispor da possibilidade de manutenção do rejuvenescimento facial, adiando assim a necessidade da cirurgia plástica.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


Formação e Inovação A EXPERTISE é uma escola promotora de cursos de educação continuada, com foco na área de saúde. Tem trazido para João Pessoa e para o Nordeste, cursos de alta qualidade, com abrangência nacional e internacional. A missão da EXPERTISE - Formação e Inovação em Saúde é qualificar com excelência a assistência à saúde na Paraíba e Região, tendo como valores principais, a oferta de um aprendizado de alto nível, atual e aplicável, pautado na ética e na garantia da satisfação de seus clientes. A visão é se tornar um centro de referência em formação e qualificação a nível nacional. Cursos já Realizados: • Estética Periodontal e Perimplantar com o Prof. Marcelo Faveri (SP); • Laminados Cerâmicos com o Prof. Daniel Hiramatsu (SP); • Cirurgia Guiada com o Prof. Cícero Dinato (RS); • Alinhadores Estéticos com os Professores Mauro Melo (RN) e Stenyo Tavares (PE); • Morfologia e Escultura Dental com Andreia Souza (DF); • Harmonização Orofacial com Bruno Bastos (DF) e Ramara França (RN); • Reconstrução Tecidual, com o Prof. Peter Moy (UCLA-USA), considerado uma das maiores autoridades em Implantodontia mundial. Cursos em Andamento • Aprofundamento em Implantodontia, coordenador pelos Professores Elson Fernandes (PB) e Diogo Menezes (PB); • Aprofundamento em Cirurgia Buco-Dental, com os professores Davi Costa (PB) e Lucas Morais (PE); Com previsão de abertura de novas turmas em Fevereiro de 2020.

Cursos Programados • Fotografia, com Alan Queiroz (PB) e Bruno Maia (RN); • Estratificação de Resinas com Cristian Higashi (SP); • Odontologia Miofuncional com Paulo Soares (SE); • Laminados Cerâmicos com Andre Callegari (SP) e Juliana Dornelles (SP); • Mini-Implantes com Stenyo Tavares (PE) e Mauro Melo (RN); • Imersão na Técnica All-on-4 com Abílio Coppedê (SP); • Prótese Fixa com Júlia Magalhães (PB) e Fernanda Campos (PB); • L-PRF na regeneração de tecidos - Habilitação em Venopunção com Leonel Oliveira (DF); • DSD Course com Rafael Poczataruk (RS); • Precificação e Parcerias Financeiras entre Dentistas com Flávio Ribeiro (PE), em parceria com a Pense Far. Oferece cursos de imersão e os modulares do tipo aprofundamento, com duração de 10 a 12 meses. Além de novas edições de cursos de Harmonização Orofacial, Escultura e Morfologia Dental, e novas oportunidades em Endodontia com Instrumentos Rotatórios, Reabilitação Oral sobre Implantes, Alinhadores Estéticos e Próteses Removíveis. Um outro foco da EXPERTISE é a qualificação da gestão de consultórios e clínicas, através da oferta de eventos de aperfeiçoamento dos profissionais que fazem a gestão destes modelos de negócios. O CQEO/QUALIATEND é um programa de qualificação de gestores desenvolvido pelos Professores Francisco Fabiano (PE) e Luciana Costa (PE). A primeira edição está voltada aos profissionais de clínicas e consultórios odontológicos - ASBs, TSBs, Recepcionistas, Secretárias, Gestores de Consultórios e Dentistas.


Osteopatia no tratamento da Enxaqueca

DRA. LÊDA PRISCILLA B. DE MELO CARVALHO CREFITO: 87858-F • Fisioterapeuta • Osteopatia - Terapia Manual - Pilates • Docente de Fisioterapia do IESP • Coordenadora da Especialização de Terapia Manual aplicada à Fisioterapia (IESP)

Quem sofre com crises de enxaqueca sabe

O primeiro passo para tratar a enxaqueca é

o quanto é doloroso e perturbador, às vezes

o diagnóstico. O diagnóstico osteopático é fei-

até incapacitante. A enxaqueca é uma doença

to de forma criteriosa, onde o profissional irá

neurológica caracterizada por crises fortes de

analisar o paciente como um todo, buscando a

cefaléia (dor de cabeça), acompanhada por náu-

origem dos sintomas, em quais circunstâncias

seas, vômito, irritabilidade, fotofobia e/ou fo-

as dores aparecem, localização e intensidade da

nofobia. Pode acontecer sem aura ou com aura,

dor, assim como demais sintomas, duração e pe-

nesta última, o indivíduo relata pontos brilhan-

riodicidade. Em seguida, baseado na avaliação, é

tes ou escuros podendo, em casos mais graves,

traçado o tratamento.

ocorrer fadiga, dormências e formigamentos. Há uma periodicidade entre as crises e estas podem durar de horas a dias. As causas exatas da enxaqueca ainda são desconhecidas, porém, sabe-se que estão relacionadas com alterações do cérebro. A patologia inicia quando células nervosas, em estado de hiperexcitabilidade, reagem a algum gatilho (normalmente externo), causando uma constrição vascular seguida de uma vasodilatação e liberação de substâncias inflamatórias que cau-

sa da enxaqueca e estimular a auto cura do organismo através da homeostase (equilíbrio). A Osteopatia usa técnicas manuais em diversos tecidos, de forma suave, indolor e sem provocar riscos ao paciente. As disfunções musculoesqueléticas e viscerais serão corrigidas, assim como as alterações cranianas e miofasciais e do sistema nervoso neurovegetativo. Se houver interferência emocional, o osteopata trabalha-

sam dor. O padrão de crise é sempre o mesmo

rá em interdisciplinaridade com o psicólogo ou

para cada indivíduo, variando apenas em inten-

psiquiatra.

sidade. Os principais gatilhos são: estresse, je-

Cada dor de cabeça ou enxaqueca é diferen-

jum prolongado, dormir a mais ou a menos que o

te e o objetivo final do tratamento será diminuir

de costume, cheiros fortes, esforço físico, luzes

a dimensão dos sintomas, ou curá-los e reduzir

ou sons intensos, traumas, cirurgias, abuso de

recorrência das crises no futuro. A Osteopatia

medicamentos, alterações hormonais, fatores

possui resultados positivos e com efeitos dura-

nutricionais (alimentos ou bebidas).

douros.

Med Prime -Rua: Herberto Pereira de Lucena, N 195 - Bessa - João Pessoa - PB

(83) 3031-6542 | 99839-0695

58

O tratamento Osteopático visa tratar a cau-

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br


A audição e os avanços tecnológicos em aparelhos auditivos.

DULCIANA CORDEIRO CRFa 7325 FONOAUDIÓLOGA E AUDIOLOGISTA • Diretora da Otomais, representante exclusivo Oticon em João Pessoa, Campina Grande e Fortaleza

A audição é responsável por um dos principais meios de relação humana, a comunicação verbal. Ainda na gestação o bebê já possui a capacidade de perceber os sons do ambiente. Já nos primeiros anos de vida, a habilidade em perceber e distinguir as diversas características dos sons permite a interação da criança com o mundo e a aquisição da fala. Com o passar dos anos, a audição fica mais refinada, mais precisa. Ela permite que tenhamos acesso a um mundo de sons, todos com alguma mensagem, sons que nos trazem sensações. É por isso que qualquer tipo de alteração auditiva, interfere não somente na comunicação, mas também na forma como nos relacionamos com os outros e com mundo.

João Pessoa - PB Av. Edson Ramalho 883- Lj.4 - Manaíra

(83) 3241-7020

Fortaleza - CE Av. Padre Antônio Tomás 719/Lj.2 - Aldeota

(85) 3109-7020

Campina Grande - PB Rua Duque de Caxias 603 - Lj.3 - Prata

(83) 3065-1246

otomaissolucoesauditivas otomaissolucoesauditivas otomais.com.br

62

Os Maus Hábitos Auditivos É muito importante que hábitos auditivos diários sejam observados. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 1,1 bilhão de jovens em todo o mundo corre risco de sofrer perda auditiva devido à exposição ao barulho. Além disso, existem inúmeras causas para a perda auditiva. “A presbiacusia, por exemplo, pode acontecer naturalmente como consequência do nosso envelhecimento. Mas existem diversas doenças que podem afetar a nossa audição em qualquer fase da vida”, explica a fonoaudióloga da Otomais, Dulciana Cordeiro. Com a perda auditiva, o cérebro precisa de mais esforço para dar sentido ao som. Esse esforço redobrado pode deixá-lo esgotado no final do dia. Os Aparelhos Auditivos Mais Modernos do Mundo: Um dos tratamentos para a perda auditiva, indicado pelo médico otorrinolaringologista após avaliação, é o uso de aparelhos auditivos. Nesse aspecto podemos contar com um ex-

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

celente instrumento: a tecnologia. Os avanços nessa área não param. A Oticon, por exemplo, empresa dinamarquesa fundada em 1904, mantém um centro de desenvolvimento tecnológico com mais de 100 engenheiros de todo o mundo dedicados a desenvolver as melhores soluções auditivas. Desse estudo intenso surgiu o Oticon Opn™, considerado hoje o mais moderno do mundo. “Com Oticon Opn™, a tecnologia tradicional de aparelhos auditivos tornou-se coisa do passado. A tecnologia revolucionária do aparelho processa o som 50 vezes mais rápido do que a geração anterior, escaneia o ambiente 100 vezes por segundo e, com precisão, distingue entre a fala e o ruído de fundo, permite identificar diversos sons, ajusta continuamente o volume para manter o equilíbrio dando ao cérebro uma imagem sonora completa. Coloca o usuário, e não seu aparelho, no comando de quais sons focar”, explica Dulciana, representante exclusiva Oticon no Ceará e Paraíba. “A pesquisa mostra que o Opn™ pode reduzir o esforço de escuta, permitindo que o usuário do aparelho auditivo tenha mais energia ao longo do dia. O resultado é um maior domínio das conversações com menos esforço, ouvir melhor e lembrar mais”, diz. Conectado à internet O Opn ™ é o único aparelho auditivo conectado à Internet e com a tecnologia made for iPhone, permitindo assim que o usuário escute a chamada telefônica e sons produzidos pelo IPhone. “Existem ainda outras 450 formas de conectar aparelhos auditivos Oticon Opn ™ a dispositivos inteligentes: desde campainhas e máquinas de café até luzes e muito mais. É uma modernidade que tem transformado a vida de muitas pessoas e isso nos deixa muito felizes”, finaliza a fonoaudióloga Dulciana Cordeiro.


Lentes de Contato Dentais Especialista Rodrigo Ferreira fala sobre a técnica que conquistou o mercado estético da odontologia

Assim como a medicina, a odontologia evoluiu muito, nos últimos anos, seja em tecnologia, como em tratamentos e rapidez no atendimento. E uma das opções que mais vêm ganhando um lugar de destaque nos consultórios especializados, para se conquistar um sorriso perfeito, são as Lentes de Contato Dentais. No entanto, mesmo sendo um dos tratamentos mais procurados, algumas dúvidas sobre os benefícios, durabilidade e cuidados ainda existem.

Ele é um dos profissionais do

Pensando nisso, convidamos o dentista Rodrigo Ferreira, considerado o Mago dos Sorrisos, para esclarecer alguns pon-

mercado paraibano que já ga-

tos. Ele é um dos profissionais do mercado paraibano que já ganhou a admiração da

nhou a admiração da sociedade e

sociedade e vem revolucionando a odontologia local pela excelência dos seus trabalhos.

vem revolucionando a odontolo-

Especialista em lentes de contato dentais, ele trouxe o que há de melhor e mais

gia local pela excelência dos seus

moderno, para o mercado local, e está sendo responsável pelos sorrisos mais bonitos e harmoniosos da capital, com trabalhos

trabalhos.

realizados até para celebridades nacionais, como, por exemplo, o jogador Hulk. Confira a entrevista na íntegra.


Rodrigo Ferreira, o que são as Lentes de Contato Dentais? São proteções criadas para cobrir a superfície frontal dos dentes e melhorar sua aparência. O material mais utilizado hoje é o dissilicato de lítio, bem mais resistente do que as porcelanas tradicionais, e recebe esse nome porque são extremamente finas, medindo entre 0,2mm e 0,6mm. E mesmo finas são extremamente duráveis. Acima dessa espessura, chamamos de Faceta. Qual a indicação para o uso das Lentes de Contato Dentais? Essa técnica pode mudar tamanho, cor, formato ou comprimento dos dentes normais e é indicada para melhorar o visual dos dentes que estão mal posicionados, separados (diastemas), quebrados, escurecidos e desgastados pelo bruxismo. Além de proporcionar dentes mais brancos e resolver problemas mastigatórios e de oclusão, sem, muitas vezes, necessitar de aparelhos ortodônticos. Qual o primeiro passo ao decidir realizar este procedimento? Primeiro, procurar um profissional especializado, que irá saber os motivos detalhados da consulta e conduzir o tratamento de acordo com o perfil do cliente. Depois disso, é tudo com o dentista responsável, que fará a moldagem dos dentes e o correto planejamento do projeto do novo sorriso. Tudo visualizado e discutido com o paciente que aprovará cor, formato, tamanho e posição. Depois, passamos para a etapa de final de produção das lentes de contato. Por ser manual, o protético pode influenciar no resultado final do tratamento? Sem dúvida. O resultado final, quando se tem um profissional qualificado e comprometido com o seu trabalho, é 100% satisfatório. Atualmente, os maiores problemas das Lentes de Contato Dental e a frustação dos pacientes vêm da baixa qualidade dos ceramistas ou laboratórios utilizados. Mas, também ressalto que a falta de cuidado do próprio dentista pode influenciar no resultado final. Minhas lentes

de contato, lindíssimas e extremamente naturais, são confeccionadas artesanalmente pelo ceramista Wellington Ribeiro, com exclusividade, para mim, nos estados da Paraíba e Pernambuco. Como é realizada a colocação das lentes de contato? Aparentemente, é simples para o paciente, mas muito complexa para o dentista. O encaixe tem que ser preciso, para não gerar problemas a longo prazo, como cáries e infiltrações. A junção das porcelanas com os dentes é feita através de cimentos de alta tecnologia, que impedem de descolá-las. Mas, vale ressaltar que, havendo alteração muito grande na cor do dente ou posicionamento, é necessário fazer um desgaste um pouco maior no dente antes de realizar o procedimento. Os resultados são fantásticos, e os pacientes ficam extremamente satisfeitos. É possível fazer um “test drive” do sorriso, antes da colocação final? Sim. O cliente recebe um mock-up (maquete), que podemos chamar de “dentes provisórios”. Com esta técnica, é possível fazer uma prévia real de como ficará o novo sorriso, trabalhando com 100% de previsibilidade, o que favorece resultados mais satisfatórios e ainda passa segurança ao paciente. Quanto tempo as Lentes de Contato duram? Se for utilizada correta técnica por parte do profissional e se o paciente tiver os devidos cuidados, podem durar até 30 anos. Há alguma restrição em usá-las? Pode comer de tudo, quentes e gelados, inclusive café e vinho, pois porcelanas são mais resistentes e não amarelam ou escurecem. Mas deixo o meu alerta para as pessoas que têm o hábito de roer unhas ou de morder objetos. Vale ressaltar ainda que essa técnica não protege os dentes contra cáries e placa bacteriana. Portanto, é fundamental escovar após as refeições, usar o fio dental diariamente e visitar o dentista, periodicamente, para as consultas de rotina. por Ceres Leão


Plástica gengival. Prós e contras da cirurgia que corrige sorriso gengival Cirurgia plástica gengival é o nome dado às cirurgias reconstrutoras da gengiva. São cirurgias para melhorar a estética vermelha, ou seja, estética da gengiva, que tem que estar em harmonia com a estética branca, os dentes em si.

DRA. THAIS LÍGIA SALES DE SOUZA CRO/PB 6417 • Cirurgiã Dentista • Especialista em Implantodontia e Estética

Indicações da plástica gengival A cirurgia plástica gengival está indicada em casos de gengivas muito grandes (sorriso gengival), retrações gengivais (exposição excessiva das raízes), é indicada também para a harmonização do sorriso em casos assimétricos, sendo um dos primeiros passos para o alinhamento, mesmo em casos de implantes, próteses e laminados estéticos como lentes e facetas de cerâmica. Pré-requisitos para a plástica gengival Para que a cirurgia plástica gengival seja realizada e tenha um índice bom de sucesso é necessário que o paciente tenha boa saúde geral e gengival. Possíveis contraindicações para a plástica gengival O tabagismo, a diabete descompensada, a hipertensão descompensada, problemas na coagulação sanguínea, problemas gengivais não tratados, HIV com carga viral fora do limite seguro, gravidez, podem adiar ou inviabilizar o procedimento plástico gengival. Como é feita a plástica gengival? Existem diversas técnicas de cirurgia plástica gengival, mas, basicamente, são cirurgias onde se desloca suavemente a gengiva, sempre preservando as papilas (triângulo que fica entre os dentes), deslocando-a para cima, para baixo ou para o lado, dependendo do objetivo da cirurgia, ou até mesmo retirando um pouco de tecido do palato (céu da boca) e enxertando o tecido em outro lugar da gengiva para criar espessura ou volume. A anestesia utilizada nos procedimentos de cirurgia plástica gengival é local e infiltrativa, adequada ao paciente, suas particularidades, sua anamnese, exame clínico e história pregressa.

Master Clinic & Office Av. Euzely Fabrício de Souza, 445 Manaíra, João Pessoa - PB

(83) 3245-8983

(83) 99848-1668

70

Tempo médio da cirurgia gengival Uma cirurgia plástica gengival simples, bem como um aumento de coroa clínica, pode durar em torno de 30 minutos, já em casos de cirurgia plástica para sorriso gengival, este tempo poderá se estender à 90 minutos.

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

Pré-operatório O pré-operatório de uma cirurgia plástica gengival consiste basicamente em controle de placa bacteriana de forma rigorosa, anti-inflamatórios e antibióticos prescritos pelo cirurgião-dentista. Pós-operatório O pós-operatório depende muito da colaboração do paciente, com relação à higiene bucal, alimentos leves, uso correto dos medicamentos prescritos, controle das doenças sistêmicas, como diabetes, mas, em geral, leva de 15 a 20 dias para ter uma boa cicatrização. Alguns cuidados no pós-operatório É muito importante que o paciente coopere nesse período, seguindo à risca algumas recomendações essenciais, que são: • Evitar exposição solar, esforços físicos e ingestão de bebidas alcoólicas nos primeiros sete dias após o procedimento; • Evitar falar excessivamente nas primeiras 24 horas após a cirurgia, não escovar ou manipular a área tratada até a remoção das suturas; • Alimentar-se de forma leve, dando preferência a alimentos frios, de consistência pastosa/líquida, coados e livres de fibras nos primeiros 7 dias após o procedimento; • Higienizar a região tratada com produtos específicos para este fim, prescritos pelo profissional, ingerir corretamente as medicações prescritas. A cirurgia plástica gengival é minimamente invasiva, por isso não costuma causar inchaço e dor.


Emagrecimento de dentro para fora: como a Terapia Cognitivo Comportamental pode contribuir no processo de emagrecimento? Nos últimos anos a Terapia Cognitivo Comportamental cresceu e se tornou uma das psi-

TAISA TAITHIANA VASCONCELOS

coterapias mais utilizadas no mundo. É estru-

CRP03/5914 PSICÓLOGA CLÍNICA | LIFE COACH

pelo psicólogo e paciente, focada no presente

• Psicóloga Graduada pela Universidade de Uberaba (MG) UNIUBE • Especialista em Avaliação Psicológica • Terapeuta Cognitivo Comportamental • Life Coach • Mentora do Programa: EMAGREÇA A MENTE (Treinamento Cognitivo e Comportamental para Emagrecimento)

diversos (ansiedade, depressão, estresse), com-

turada, diretiva, possui metas claras e definidas e utilizada para tratar problemas emocionais portamentos disfuncionais (compulsão, impulsividade, agressividade), dificuldades de relacionamento interpessoal, tomada de decisão, ou aprendizagem de novas habilidades. Baseia-se fundamentalmente, no conceito de que mudar as cognições é possível num breve tempo, o que leva a mudanças comportamentais. Para esta abordagem, as emoções e o comportamento de um indivíduo estão diretamente ligados à forma como este avalia suas experiências no mundo. Ou seja, é a forma como cada pessoa vê e pensa com relação à uma situação, que causa desconforto, dor, tristeza ou qualquer outra sensação negativa. Por isso ela propõe desenvolver no

Conflitos emocionais podem ter como efeito a obesidade, assim como a obesidade pode causar diversos conflitos.

paciente a flexibilidade cognitiva através da intervenção sobre as suas cognições. Para a TCC

as reações e padrões que as sustentam, criamos

é importante que seu cliente aprenda a: 1) Re-

formas inconscientes de extravasar. A ansie-

conhecer as conexões entre cognição, afeto e

dade e outras emoções podem estar presentes

comportamento; 2) Substituir cognições ten-

como “causa” da alimentação excessiva ou como

denciosas por interpretações mais orientadas à

efeito da própria obesidade.

realidade; 3) Aprender a identificar e alterar as

Muitas pessoas querem emagrecer, mas não

crenças disfuncionais que o predispõe a distor-

conseguem isso na prática. Por alguma razão

cer suas experiências.

que desconhecem, sabotam a própria dieta. Por-

Na atualidade, diversos estudos apontam a

tanto, Emagrecimento saudável não é somente

eficácia de intervenções breves cognitivo-com-

uma alteração do peso, é uma mudança compor-

portamentais na diminuição de peso, em pesso-

tamental. Para mudar de peso você tem que mu-

as com excesso de peso e obesidade. Em 2004,

dar de comportamento!

pesquisadoras brasileiras evidenciaram que os

Med Prime: Rua Herberto Pereira de Lucena, 195 - Bessa - João Pessoa /PB psicologa_taisa_vasconcelos

(83) 3031-6542 (73) 991838334 72

E a Psicoterapia pode te ajudar a...

fatores emocionais influenciam na instalação e/

Identificar fatores psicológicos que podem

ou manutenção da obesidade (pacientes estu-

estar associados à dificuldade de perder peso,

dados, utilizaram-se do comer em excesso como

a reestruturação cognitiva com enfoque na mu-

um mecanismo para aliviar suas ansiedades,

dança de atitude ao comer, auxiliar no cumpri-

referentes aos vários aspectos de suas vidas:

mento de metas e motivação, clarificar as dife-

conflitos familiares, afetivos, sociais, sexuais e

renças entre fome e vontade de comer, resgatar

insatisfação com sua própria imagem). Em ou-

a autoestima, ajudando na modificação da forma

tras palavras, quando não temos consciência de

de se relacionar com a comida e na manutenção

como as emoções agem em nossas vidas e quais

de corpo e mente saudáveis.

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br


CLÍNICAS E CONSULTÓRIOS INVESTEM EM TECNOLOGIAS PARA MELHORAR O ATENDIMENTO Com o crescimento da demanda por serviços na área de saúde, são cada vez mais frequentes as seguintes situações: 1) Clínicas e consultórios possuem horários chamados de pico para atendimento aos pacientes. Nesses horários é necessário muito foco e dedicação da equipe e, por vezes, as ligações se perdem, gerando prejuízos para o estabelecimento. 2) Em tempos de WhatsApp, decidiram por divulgar o número para contato por voz e o do aplicativo para conversas diretas. Além de terem que divulgar dois ou mais números de contato, os administradores não têm o controle da qualidade do que é respondido para o cliente. 3) Outra situação, não menos importante, é na gestão da espera do atendimento presencial, quando na chegada à clínica o cliente tem que enfrentar uma fila para começar a ser atendido. Atualmente, existem soluções tecnológicas acessíveis que melhoram significativamente a experiência de atendimento dos pacientes e melhoram o dia-a-dia dos administradores de clínicas e consultórios. A empresa ZÊNITE TECNOLOGIA desenvolveu uma central telefônica especializada para o segmento de saúde que permite a automatização simultânea de vários atendimentos, sem a necessidade de se ter uma pessoa dedicada para essa tarefa. Com essa tecnologia é possível divulgar e se passar a se comunicar com os clientes através de um só

número da clínica, ou seja, o mesmo número de contato do telefone fixo, será também do WhatsApp. Assim, facilita muito a comunicação, através de um só número que normalmente já é o conhecido pelos pacientes. Com o sistema implantado, um Serviço de Atendimento Automatizado toma à frente dos atendimentos fazendo uma triagem prévia, tirando dúvidas e até confirmando agendamentos. Os pacientes passam até a receber chamadas de retorno das ligações que anteriormente eram perdidas por desistência, pois tais ocorrências eram desconhecidas. No atendimento por mensagens ocorre o mesmo, todos os contatos são previamente atendidos por um Robot, que fará a triagem e passará a conversa para um humano, caso necessário. Essa tecnologia de ponta que está disponível agora para consultórios e clínicas possui um tempo reduzido de implantação e por se tratar de tecnologia em nuvem, é descomplicada e fácil de usar. Todos os atendimentos são registrados para um futuro controle de qualidade. Redução de custos Uma pergunta que sempre ocorre é: “Mas como uma pequena clínica conseguirá bancar tamanha tecnologia? Minhas despesas com telefonia aumentarão com isso?” A resposta é simples: como a tecnologia em nuvem, é hospedada em grandes datacenters, torna possível dividir esses custos por

diversas empresas, tornando essa solução economicamente viável e acessível para todos. Quanto às despesas com telefonia, elas reduzirão, pois junto com a solução também pode ser agregado um equipamento que baixará o custo mensal imensamente, utilizando o benefício dos planos de chamadas ilimitadas por celulares, que todas as operadoras oferecem hoje em dia. Com o atendimento e agendamento automatizados consegue -se um aumento do fluxo de clientes. Para isso, é importante melhorar também o atendimento presencial com um sistema de gestão de fila com totens. Totem para filas de atendimento: Os totens digitais são modernos e agilizam os a t e n d i m e n t o s presenciais. Pois existem alternativas que permitem ser acionados diretamente pelos médicos, de dentro do consultório, informando na TV/monitor da clínica, ou diretamente para o celular do paciente. A gestão on-line melhora o desempenho dos colaboradores, com a monitoração através dos registros de atendimento sem perda de tempo. Enfim, com o bom uso das novas tecnologias, aliada a uma boa administração, é possível atender melhor os pacientes, reduzir os custos mensais, com baixo investimento.

Exemplo de clínicas que já utilizam: Fone/ZAP: (83)3044-2770 www.ZIPpabx.com.br ZIP@ZeniteBR.com


O melhor atendimento automatizado para clínicas e consultórios Integração PABX + WhatsApp + SMS Gravação de chamadas Relatórios de atendimentos Implantação rápida

SMS ...

Divulge apenas um número para Telefone e WhatsApp !

Central de atendimento: Fone e WhatsApp

(083) 3044-2770

ZIP

www.ZIPpabx.com.br


A Importância da equipe multidisciplinar na intervenção dos atrasos no desenvolvimento infantil.

KARLA ALBUQUERQUE DE BRITO PEREIRA PSICOPEDAGOGA • Diretora Clínica da Prokids • Psicopedagoga Clínica • Especialista em Autismo • Capacitada Aba, Teacch, Pecs • Terapeuta DIr Floortime ICDL EUA • Pós Graduanda em Análise Aplicada do Comportamento • Coordenadora Nacional do Movimento Orgulho Autista Brasil MOAB

Pro Kids: Avenida Amazonas, 289 Bairro dos Estados - João Pessoa - PB

Os “atrasos no desenvolvimento” podem ser considerados quando uma criança não atinge alguns dos marcos do desenvolvimento com a idade esperada, mesmo já levando em conta as variações individuais. Estudos já mostraram a ocorrência de atrasos do desenvolvimento em 10 a 15% das crianças de menos de 3 anos, portanto, trata-se de um problema relativamente comum. Entre os atrasos apresentados, estão as dificuldades de aprendizado, de se comunicar, de se movimentar e até de brincar. Cerca de 40 por cento das crianças que têm algum atraso no desenvolvimento, possuem também um outro atraso em uma outra área. Somente 2% possuem três tipos ou mais desses atrasos. Quanto mais rapidamente a criança receber terapias adequadas e especializadas, maiores são as chances de diminuir o impacto do atraso de desenvolvimento. O trabalho em equipe multidisciplinar consiste numa forma especial de organização, que visa principalmente a ajuda mútua entre profissionais de diferentes áreas, propondo a construção de um determinado trabalho, tendo em vista um objetivo comum e permitindo que todas façam parte de uma mesma ação. A troca de conhecimento entre uma equipe é determinante nas relações humanas, pois motiva a buscar de forma coesa os objetivos traçados. Tratando-se de clínica especializada em desenvolvimento Infantil, são notórios os benefícios de um planejamento direcionado para a multidisciplinaridade, pois o desenvolvimento de crianças com atipia, depende muito do planejamento de intervenção feito para ela. Pensando nisso, a clínica Prokids traz a João Pessoa a maior e melhor estrutura do estado da paraíba nesse conceito, que vem dando muito certo em países como EUA e Alemanha, apostando nas benfeitorias trazidas pela união de profissionais, com estratégias voltadas para a sua área de atuação, na formação/reformação das funções do desenvolvimento infantil. Nossas terapias são baseadas em ciências que comprovam evidências científicas,de forma interdisciplinar para melhoria do desenvolvimento de nossos pequenos guerreiros.

(83) 3512-4913 76

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br


Dúvidas sobre Marketing para Médicos

MAEVE NÓBREGA • Especialista em Marketing Médico e Saúde; • CEO na MKT e Valor, Empresa que Promove Orientação Empresarial; • Consultora em Gestão Empresarial, Marketing e Comunicação; • Filiada à ABRACEM - Associação Brasileira de Consultores Empresariais • Capacitada para promover o desenvolvimento de empresas que buscam se destacar na sua área de atuação com conhecimentos empresariais e de marketing; • Habilitada para fornecer cursos personalizados de acordo com necessidade de empresários que precisam de apoio para seu crescimento e reputação.

Muitas dúvidas sobre o Marketing são encontradas nas consultorias de médicos e profissionais de saúde. E uma das formas de colaborar com o crescimento deles é mostrando como o Marketing, bem feito, poderá proporcionar um crescimento firme e constante para o futuro destes seres humanos tão voltados ao bem e à maior riqueza das pessoas: a saúde. Com isso, coloco neste artigo cinco destas dúvidas para ajudá-los a ter mais noção de como o Marketing é um investimento seguro, se feito com boa orientação. 1- Quais os benefícios do Marketing para um médico? Primeiro é a avaliação que um Profissional de Marketing pode fazer para identificar o que deve ser melhorado e o que deve ser seu diferencial. Só o Marketing consegue fazer um paralelo sobre “o que é” e o“como deve ser” do Ciclo de Vida do Paciente no Consultório Médico. Com estas informações, será possível planejar a estratégia de atitudes e ferramentas que o Médico usará para atingir seu objetivo. O Médico pode ter como objetivo: aumento do fluxo de pacientes, melhorar a imagem ou ser referência em algo.

www.mktevalor.com.br

(83) 99684-0556 @maevenobrega

78

2- Quais as ferramentas usuais do Marketing para a área da saúde? São todas as ferramentas de comunicação, mas as mais conhecidas são: Rádio, TV, Revistas, Outdoor e Mídias Sociais (Facebook e Instagram). Ferramentas também são as Agências de Publicidade, Freelancer’s, Agências de Mídias Sociais e Empresas de Sites. Dependendo da estratégia que o Profissional de Marketing desenvolve para o Médico, é que se escolhem as ferramentas que serão utilizadas para melhor resultado.

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

3- O que seria a primeira coisa que o Marketing avaliaria em um médico? Como está sua comunicação junto ao cliente. Se forem encontradas lacunas que podem tornar o cliente insatisfeito, o Marketing realiza as devidas correções para que o Médico não seja prejudicado e perca pacientes, o que pode gerar uma queda do fluxo no futuro e perdas financeiras incalculáveis. 4- O médico que não tem perfil para usar as mídias sociais com vídeos e stories está fadado ao fracasso? Claro que não. O Marketing não vai impor a nenhum Médico que ele faça o que não quer, mas poderá mostrar novas alternativas de comunicação que colaborem com os resultados. O Médico poderá resolver em qual caminho gostaria de seguir e será orientado pelo Profissional de Marketing a usar o seu potencial em seu benefício. Todo Planejamento é feito de acordo com o perfil do Médico. 5- Qual o ideal de exposição nas Mídias Sociais para um Médico? O ideal será avaliado pelo seu Marketing, alguns podem tirar benefícios do uso das mídias sociais e outros se não orientados, promoverão a ruína do seu nome. Mas há algumas regras que devem ser respeitadas para não expô-lo demais e prejudicar sua imagem em vez de colaborar com sua reputação. Cuidado com as fotos que posta, nada de fotos que possam ir de encontro com a imagem que os pacientes devem ter de você. Fotos em banheiros, sem roupas adequadas, tiradas em elevadores ou na sua intimidade, muito cuidado com a divulgação. O instagram e Facebook ajudam na disseminação do seu nome mas, se seu posicionamento for errado, só lhe trará problemas.


Bem-estar:

saúde associada a estética A dermatologia é uma área que tem se desenvolvido rapidamente ao longo dos últimos anos. Os cuidados com a pele, nos dias de hoje, vão além dos procedimentos clínicos e cirúrgicos, pois a área da dermatologia estética vem ganhado espaço no mercado e no gosto dos pacientes. Dentro das especialidades da medicina, a área da dermatologia é uma das mais apontadas quando o quesito é inovação, não só na questão de pesquisas e novos procedimentos, como também e, principalmente, na área da tecnologia. A procura, inicialmente, era muito concentrada no público feminino. Hoje em dia, com procedimentos voltados para o tratamento capilar, por exemplo, os homens têm buscado cada vez mais as opções que essa área oferece. Um dos grandes nomes da dermatologia estética, na Paraíba, é o médico Josenildo Rodrigues. Durante sua graduação, permaneceu em Campina Grande, sua cidade natal. No 6º ano de curso, o médico se especializou em clínica geral e UTI e dermatologia, em São Paulo. Em 2002, decidiu voltar à cidade natal para implementar todos os conhecimentos adquiridos em suas formações.


EspecialCapa O Dr. Josenildo explica que na área da der-

com 70 anos, antigamente, era fisicamente ido-

matologia, os médicos precisam, constantemen-

sa. Hoje em dia, as pessoas estão cada vez mais

te, se atualizar, estando por dentro das pesqui-

ativas e buscando sempre uma boa aparência,

sas e participando de congressos na área, pois

pois essa tem sido uma característica de peso

com o desenvolvimento tem sido muito rápido e

em muitos aspectos da vida”, conta.

é necessário que os profissionais sejam capazes de acompanhar o ritmo.

O Dr. Josenildo explica que, atualmente, muitos dos tratamentos estéticos realizados,

Fixado em Campina Grande, e com um gran-

podem ser caracterizados como tratamentos de

de número de pacientes, integrou-se a colegas

cunho preventivo. Em muitos casos, a procura

de outras especialidades, formando a clínica

do paciente pela dermatologia estética permi-

Pele, que com o passar do tempo estendeu uma

te que ele descubra problemas até mais graves,

unidade na capital.

como o câncer de pele, por exemplo. Daí a ne-

A clínica Pele, brevemente, passará a se chamar Harmonic, por já abrigar especialidades

cessidade de procurar, com determinada frequência, o consultório médico.

nas áreas de: (Dermatologia, Cirurgia Plástica,

O médico explica que os Estados Unidos

Ginecologia Estética e Nutrologia), compondo

ainda é o país líder em pesquisas e inovações

assim uma abrangência maior de especialidades

voltadas para a dermatologia estética, mas fe-

médicas.

lizmente, o Brasil encontra-se entre os quatro

O Dr. Josenildo explica que com a diversida-

primeiros países, tanto do ponto de vista de pro-

de de opções para tratamento, as técnicas hoje

cedimentos estéticos, quanto do ponto de vista

têm um alcance maior de público. “Antigamente,

de profissionais capacitados. “Alguns nomes de

os procedimentos estéticos eram mais procura-

profissionais brasileiros da dermatologia e da ci-

dos por pessoas de poder aquisitivo maior. Hoje

rurgia plástica são referência internacional, isso

em dia, há tratamentos mais acessíveis”, relata.

é motivo de orgulho. Em se tratando de câncer

O médico rebate as críticas das pessoas que

de pele, o médico explica que na mesma propor-

desaprovam a área da dermatologia estética. Ao

ção que há um aumento do número de casos, há

seu ver, a auto estima do paciente também deve

também o aumento do número de médico espe-

ser levada em conta. “Hoje em dia, o conceito de

cializados para o tratamento. “Os cânceres de

saúde é muito mais amplo. Saúde não é o antô-

pele, a maioria estão diretamente relacionados

nimo de doença. A saúde é física, mas também é

ao efeito cumulativo da radiação ultravioleta

mental e espiritual. Já recebi relatos belíssimos

do sol ao longo da vida. As incidências de raios

de pessoas que tinham problemas de auto esti-

ultravioleta tendem a aumentar, mas como o nú-

ma baixa e que melhoraram seu modo de vida

mero de médicos dermatologistas estão aumen-

após determinados procedimentos”, explica.

tando, há também o descobrimento precoce”,

O dermatologista atribui a longevidade o

explica.

grande aumento na procura por procedimen-

Em breve, as cidades de João Pessoa e Cam-

tos de fins estéticos. Hábitos de vida saudável

pina Grande contarão com uma unidade da clí-

e alimentação rica e balanceada também fazem

nica Harmonic, proporcionando maior acesso

parte da preocupação das pessoas. “A longevida-

aos procedimentos estéticos mais inovadores e

de está aumentando cada vez mais. Uma pessoa

tratamentos clínicos cada vez mais precisos. Por Elisa Damante

DR. JOSENILDO RODRIGUES CRM/PB 5397 - RQE 2879 DERMATOLOGISTA • Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.

Dentro das especialidades da medicina, a área da dermatologia é uma das mais apontadas quando o quesito é inovação, não só na questão de pesquisas e novos procedimentos, como também e, principalmente, na área da tecnologia.


O que você precisa saber sobre transplante capilar O transplante capilar, também chamado de implante de cabelo ou cirurgia da restauração capilar, consiste na transferência de várias unidades foliculares de uma região do corpo para outra. O transplante das unidades foliculares pode ser realizado para tratamento de áreas calvas

DR. THIAGO LINO

do couro cabeludo (tratamento cirúrgico da

CIRURGIÃO PLÁSTICO CRM: 6368/PB - RQE: 3000

calvície); preenchimento de falhas, de toda bar-

• Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP • Membro da Associação Brasileira de Cirurgia da Restauração Capilar - ABCRC

sobrancelhas ou mesmo de cílios. Lembrando

ba ou bigode; preenchimento ou correção de que esta cirurgia é um procedimento médico e deverá ser executada por cirurgião plástico habilitado quando indicado, visto que também existem tratamentos clínicos para casos de queda de cabelo. Atualmente existem 2 técnicas para a extração das unidades foliculares que são: FUT (Follicular Unit Transplant) e FUE (Follicular Unit Extraction). Em ambas as técnicas as unidades foliculares são transplantadas uma a uma, conferindo, assim, uma maior naturalidade do resultado. Nossa equipe é apta para a realização das 2 técnicas, a depender da indicação e do interesse do paciente, sendo certo que temos observado nos últimos anos uma maior procura pela técni-

lares que foram retiradas e que permanecerão

ca FUE em relação a FUT.

praticamente imperceptíveis. Também é possí-

Na técnica FUT é retirado uma faixa de couro cabeludo da região posterior (occipital) e

foliculares.

essa região será fechada com suturas simples,

O procedimento cirúrgico demora algumas

ficando apenas uma cicatriz linear que perma-

horas e não necessita de internação hospitalar.

necerá escondida por baixo dos cabelos. Essa

Por este motivo, realizamos, na grande maioria

faixa de couro cabeludo é levada a microscópios

das vezes, a técnica FUE na nossa própria clínica

estereoscópicos para a separação das unidades

sob anestesia local e monitorização. Já a técni-

foliculares que podem conter de 1 a 4 fios de ca-

ca FUT, em função da retirada da faixa do couro

belo. Apesar da cicatriz, que fica praticamente

cabeludo, é realizada em ambiente hospitalar,

imperceptível por baixo dos cabelos, é possível

geralmente com liberação pouco tempo depois

transplantar uma quantidade grande de unida-

do termino da cirurgia.

des foliculares.

84

vel colocar uma grande quantidade de unidades

O retorno às atividades habituais do pa-

Na técnica FUE as unidades também são

ciente, após a cirurgia, é rápido. Os cabelos

retiradas da região posterior (occipital) indivi-

transplantados caem em até quinze dias após o

dualmente, não havendo a necessidade da ci-

procedimento e começam a crescer cerca de 3

catriz linear, mas existirão pequenas cicatrizes

meses após o procedimento, podendo levar até

puntiformes substituindo as unidades folicu-

1 ano para o crescimento de todos os folículos.

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


A importância da drenagem linfática no pós-operatório de cirurgia plástica.

LETÍCIA PAZ FISIOTERAPEUTA CREFITO 142239-F • Graduanda em DermatoFuncional • Consultora de saúde (Physio Consultinng) • Membro da ABRAFIDEF (Associacao Brasileira de Fisioterapia DermatoFuncional)

A constante busca por cirurgias plásticas tem crescido de forma impetuosa. Dentre as mais procuradas estão a lipoaspiração, abdominoplastia, ginecomastia, mamoplastia, blefaroplastia, ritidoplastia e lifting. Tais cirurgias pedem um tratamento estético complementar, que é de suma importância na recuperação mais rápida do paciente. A Drenagem Linfática Manual é um recurso terapêutico manual no pósoperatório dessas cirurgias. Vamos entender como tudo acontece e “por quê’’ a Drenagem Linfática é tão importante nesse momento? Quando nosso organismo é submetido a uma cirurgia plástica, sangue, soro fisiológico e outras secreções se acumulam entre as células, retendo líquido naquela área. O caminho natural é a eliminação através da forma que o seu organismo achar melhor. O inchaço vai acontecer quando o corpo acumular mais líquido do que o organismo consegue expelir, por isso a Drenagem Linfática é tão importante. A Drenagem Linfática Manual (DLM) age retirando o acúmulo de líquidos da região cirurgiada, eliminando as toxinas e nutrindo os tecidos, melhorando a ação antiinflamatória fazendo com que o período de recuperação do pós-operatório seja muito mais rápido, prevenindo fibroses e longas limitações. O início do tratamento do pós operatório varia de acordo com o cirurgião que realizou a cirurgia plástica, alguns encaminham seus pacientes entre 5 e 8 dias pós cirurgia, outros encaminham do 6º ao 15º dias, quando as células estão na fase proliferativa do processo cicatricial, mas é recomendado que seja iniciado o tratamento de pós operatório no período de 72 horas à 15 dias após o ato cirúrgico, realizando o tratamento de acordo com a fase que o paciente se encontra, seja ela de inflamação, proliferativa ou reparadora. No mínimo, devem ser feitas dez sessões de drenagem linfática, podendo chegar a trinta sessões o tratamento total, sempre em dias alternados e cada sessão deve durar cerca de uma hora. A presença de um profissional qualificado e com conhecimento sobre a fisiologia e anatomia é indispensável para obter um bom resultado no pós-operatório. O Fisioterapeuta Derma-

Healthfisio - Shopping Pátio Altiplano 2° andar - Sala 68 - João Pessoa - PB

(83) 98660-4202 @leticiapazfisio

86

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

tofuncional é o mais indicado para aplicar tal procedimento. É essencial uma integração (parceria-confianca) do Cirurgião Plástico com o terapeuta, pois a técnica deverá ser realizada com extremo cuidado na área operada, próximo aos pontos, com movimentos mais delicados, afim de que tanto a dor pós operatória quanto a inflamação local possam ser diminuídas. A drenagem é parte essencial do tratamento cirúrgico, portanto, tem que ser bem realizada, caso contrário, poderá atrapalhar o resultado da cirurgia. A DLM não traz risco algum para o paciente de pós-operatório de cirurgias plásticas, somente se for mal aplicada, sendo utilizada muita força, rapidez excessiva, ou então direção errada. As contra indicações da DLM no Pós-Operatório de Cirurgia Plástica incluem tumores malignos, tuberculose, infecções agudas, reações alérgicas agudas, edema sistêmico de origem cardíaca e insuficiência renal.

Se você passou ou irá passar por um procedimento cirúrgico que necessitará de sessões de Drenagem Linfática, procure um profissional confiável para que o resultado de sua cirurgia seja ainda melhor.


Blefaroplastia A Plástica das Pálpebras Com o passar dos anos, nós percebemos a mudança que acontece com a nossa face em relação ao envelhecimento, e um dos pontos que mais chama a atenção é a região periorbitária, ou seja, a área dos olhos. Devido a isto, uma das cirurgias plásticas mais realizadas é o rejuvenescimento desse local, à qual damos o nome

DR. MATEUS SOUTO

de Blefaroplastia, podendo ser realizada na pál-

CRM/PB 10567

pebra superior, inferior ou em ambas no mesmo

Cirurgião Plástico - RQE 4944

ato operatório.

• Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Essa cirurgia, quando se trata da pálpebra superior, consiste na remoção do excesso de pele, o que além do benefício estético, melhora o campo visual dos pacientes, que em alguns casos encontra-se prejudicado devido à queda excessiva da pele. Já na pálpebra inferior, além da pele removida, conseguimos tratar as famosas bolsas de gordura, que deixam os pacientes com um aspecto de cansados. Essa cirurgia é realizada a nível ambulatorial na nossa prática, não necessitando de internação hospitalar, sendo a anestesia local associada a uma sedação leve para um maior conforto dos nossos pacientes. Ela é praticamente indolor. O pós-operatório deste procedimento é considerado de baixa complexidade, tendo o paciente que guardar um repouso relativo nas primeiras 48 horas pós-cirurgia, fazendo o uso de compressas nos olhos e das medicações prescritas. Os pontos são retirados entre 5 e 7 dias, dependendo da cicatrização individual de cada um,

O pós-operatório deste procedimento é considerado de

podendo assim retornar as suas atividades labo-

baixa complexidade, tendo

rais após esse período. A cicatriz dessa cirurgia

o paciente que guardar um

é praticamente imperceptível, já que são feitas

repouso relativo nas primei-

nos sulcos naturais da pele do paciente. Com essa rápida recuperação, obtemos tam-

ras 48 horas pós-cirurgia,

bém um resultado final do procedimento consi-

fazendo o uso de compres-

derado rápido, em torno de 3 meses, sendo que

sas nos olhos e das medica-

a grande maioria dos pacientes já apresentam

ções prescritas.

ótimos resultados com 1 mês de cirurgia. Para uma avaliação individualizada agende uma consulta e lembre-se: Cirurgia Plástica é com Cirurgião Plástico.

88

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


A importância da fisioterapia antes e após uma cirurgia. A Fisioterapia nos dias de hoje se faz tão importante, que em muitos casos participam do atendimento multidisciplinar oferecido aos pacientes antes de se submeter a uma cirurgia,

ANTONIO RODRIGUES DE SOUZA Crefito: 144.705-f • Graduação em Educação Física e Fisioterapia pelo Centro Universitário de João Pessoa • Pós-Graduado em Ortotrauma Desportiva e Medicina do Esporte. • Doutorando em Ciências da Saúde Atualmente. • Ex-Membro da Comissão Médica do COB (Comitê Olímpico Brasileiro)

durante sua estadia em uma Unidade de Terapia Intensiva, ou no leito hospitalar e na fase pós-cirúrgica ainda dentro do ambiente hospitalar ou fora dele, com o objetivo de evitar complicações respiratórias e motoras. Na fase pré-operatória A atuação da fisioterapia em pacientes que irão se submeter a uma cirurgia, está indicada como forma preparatória de toda a estrutura corporal. A importância desta fase do tratamen-

• Ex-Fisioterapeuta da Sec. de Esporte do Estado de São Paulo Técnico do PBHand

to está correlacionada na manutenção e até na

• Professor da Prefeitura Municipal de João Pessoa e do Governo do Estado da Paraíba

quer cirurgia, desde as mais simples, até mesmo

• Proprietário da pb fisio - Centro de Reabilitação Fisioterapêutico LTDA

melhora do paciente que irá se submeter a qualas de maior complexidade, pois ajuda a manter a elasticidade dos tecidos, assim como o trofismo

além de evitar as complicações pós - cirúrgicas,

muscular, a mobilidade articular e o treinamento

como a trombose venosa profunda, infecção,

cardiorrespiratório, evitando assim muitas com-

aderências cicatriciais e embolia pulmonar,

plicações e facilitando muito o trabalho cirúrgico e pós-cirúrgico.

A padronização do tratamento de reabilitação inclui protocolos desde a preparação para a cirurgia quanto após a alta hospitalar, até ser

Na fase de internação hospitalar e pós-cirúrgica

Por tratar-se de uma área da saúde ainda em

A imobilização no leito traz ao paciente uma

expansão, existe por parte da área médica um

série de complicações como: mudança no qua-

certo receio quanto a ação dos profissionais da

dro psicoemocional, diminuição da circulação

fisioterapia em pacientes cirurgiados imediatos

corporal e da força muscular, comprometimento

ou que venham a se submeter a uma cirurgia, re-

articular pela falta de uso, perda da propriocep-

ceio este justificado pelo possível comprometi-

ção e da massa óssea e ainda podem aparecer

mento futuro da ação cirúrgica realizada.

complicações respiratórias devido ao longo pe-

Porém, com a evolução de técnicas e equi-

ríodo que poderá a vir passar em um leito hos-

pamentos utilizados na reabilitação, já existem

pitalar, além da diminuição da capacidade ae-

profissionais médicos que atuam em conjunto

róbica e da resistência a fadiga, sendo assim, o

com profissionais da fisioterapia, pois entendem

principal objetivo da fisioterapia nessa fase é au-

a importância desse profissional, aonde se ob-

xiliar na manutenção e melhora das capacidades

servam resultados positivos quando se atua em

motoras e cardiorrespiratória de um paciente,

conjunto.

Rua Eng. Clodoaldo Gouveia, 201, Centro, João Pessoa – PB

(83) 3222-7878 | 3021-1422 Med Prime: Rua Herberto Pereira de Lucena, 195 - Bessa - João Pessoa /PB

(83) 3031-6542 90

atingida a total recuperação funcional.

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br


O uso não prescrito de anabolizantes: cuidado com a demência! Os hormônios esteroides são produzidos pelas glândulas supra-renais e pelas gônadas, que são os ovários nas mulheres e os testículos nos homens. Os esteroides (ou anabolizantes) são

DR. CAMILO BRUNO ALVES RAMALHO NUTROLOGIA | ENVELHECIMENTO E MEDICINA REGENERATIVA CRM/PB 9933 • Residência Médica em Cirurgia Geral (UFSC); • Fellow Medical School University of Chicago;

hormônios da classe dos androgênios, responsáveis pelo desenvolvimento de características relacionadas à masculinidade, como a fertilidade e os caracteres masculinos. No grupo dos anabolizantes, a substância que tem mais destaque é a testosterona e seus derivados, naturais ou sintéticos. Os principais efeitos relacionados à mas-

• Envelhecimento e Medicina Regenerativa pela BARM/A4M;

culinização promovida pela testosterona são

• Membro Regular Obesity Society.

crescimento do pênis, engrossamento das cordas vocais, aumento do desejo sexual, aumento dos pelos pelo corpo e na face, e uma distribuição masculina dos pelos na região genital. Já

Com a popularização dos efeitos de

os efeitos anabólicos, aqueles relacionados ao

hipertrofia dos anabolizantes, o abuso

crescimento, são o aumento da massa muscular (efeito mais desejado por aqueles que praticam

da substância, principalmente no meio

atividade física hipertrófica), aumento da he-

esportivo, tem causado inúmeros efei-

moglobina, que é a substância responsável por

tos adversos como alterações compor-

transportar oxigênio pelo sangue, aumento do cálcio nos ossos e a redução da porcentagem de

tamentais, agressividade, hostilidade e

gordura no corpo.

alterações cognitivas como a distração,

A partir da década de 50, os anabolizantes começaram a ser mais prescritos pelos médicos

esquecimento e a confusão mental.

para o tratamento de algumas doenças como o hipogonadismo, que é a alteração onde há uma baixa produção de androgênios pelo corpo, cau-

vimento da Doença de Alzheimer, uma das mais

sando micropênis, atraso da puberdade e cresci-

prevalentes demências atualmente. De forma

mento retardado. Com a popularização dos efei-

bem simples, as alterações que acontecem são

tos de hipertrofia dos anabolizantes, o abuso da

o acúmulo de duas proteínas (chamadas Beta-

substância, principalmente no meio esportivo,

-amiloide e Tau) no cérebro que causam destrui-

tem causado inúmeros efeitos adversos como

ção de áreas relacionadas à memória.

agressividade,

Então, fiquem atentos! Evite utilizar esteroi-

hostilidade e alterações cognitivas como a dis-

des anabolizantes sem que haja recomendação e

tração, esquecimento e a confusão mental.

prescrição médica. As pessoas que utilizam ana-

alterações

92

comportamentais,

Justamente nesse contexto, o estudo de

bolizantes necessitam de acompanhamento por

Kanayama (2019) demonstrou que o uso dos

médicos, e o uso indiscriminado deve ser comba-

anabolizantes em doses androgênicas (em doses

tido, devido a poder levar a um aumento drásti-

que promovem a hipertrofia do músculo) causa

co no risco do desenvolvimento da Demência de

alterações muito semelhantes àquelas achadas

Alzheimer e outras doenças e alterações com-

nas pessoas que têm risco alto para o desenvol-

portamentais graves.

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


Treinamento Funcional para 3ª Idade Prevenção e qualidade de vida na melhor idade De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o número de pessoas com idade superior a 60 anos chegará a 2 bilhões até 2050, isso representará um quinto da população mundial. Segundo dados do Ministério da Saúde, o Brasil, em 2016, tinha a quinta maior população

PRISCILA CARTAXO

idosa do mundo, e em 2030, esse número ultra-

CREF 002406 G/PB PERSONAL TRAINER

passará o total de crianças entre 0 e 14 anos.

• Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica – SBCBM e do Capítulo Paraíba da Coesa – Saúde Física e Reabilitação

está acontecendo em ritmo acelerado, além dis-

• Pós Graduada em Musculação e Condicionamento Físico – UGF/RJ

muscular, flexibilidade, do equilíbrio, do tempo

• Pós Graduada em Reabilitação de Lesões e Doenças Musculoesqueléticas – ESTÁCIO/SP

outros, também estão associados ao envelheci-

• Docente no programa de pós graduação do Unipê: Obesidade e Emagrecimento; Medicina do Esporte e Treinamento Desportivo; • Docente da pós graduação Nikola Telas: Reabilitação de lesões e doenças musculoesqueléticas; • Preparadora Física do Centro de Treinamento Multidisciplinar da Obesidade – CTMO/PB • Certificada em Avaliação do Movimento pelo FMS - Functional Movement Screen – Level I e II • Certificada em Treinamento Funcional pelo CORE 360° • Proprietária da WE Fitness

No Brasil, o envelhecimento da população so, o declínio da aptidão física devido a fatores como a diminuição da capacidade aeróbia, força de reação, agilidade, coordenação e força, entre mento humano, em consequência das doenças e da inatividade física. (RESENDE & RASSI, 2008). O American College of Sports Medicine (ACSM) afirma que a sarcopenia (diminuição da massa muscular) é o principal fator responsável pela redução da capacidade funcional do idoso,

Por se tratar de um treinamento integrado,

pois ocasiona diminuições na força muscular, no

multiarticular e multidirecional é o que mais se

equilíbrio, na flexibilidade e na resistência ae-

adéqua a osteoporose, com o critério de remo-

róbia. Essas alterações, por sua vez, dificultam

delação óssea, pois possibilita aplicar cargas

a realização de tarefas simples presentes no

crescentes e podendo proporcionar estímulos

cotidiano dos idosos, tais como caminhar, subir

a todos os seguimentos do corpo, (SILVIA, OSO-

escadas, carregar pequenos objetos e sendo um

RIO E MONTEIRO, 2007). Dentre os benefícios,

dos principais fatores de quedas e osteoporose.

os principais são: ganhos de força, aumento da

Dentre as principais doenças que acometem

massa muscular, aumento da densidade mineral

essa fase está a osteoporose, que é uma patolo-

óssea, melhora no equilíbrio e postura, controle

gia que causa perda de massa óssea, onde a ação

de peso, perda de gordura, melhora a coordena-

osteoclástica é maior do que a osteoblástica, ou

ção e agilidade, flexibilidade e autonomia.

seja, há mais destruição do osso do que construção. (KRAMER, 2017).

No studio WE Fitness, que é pioneiro no Treinamento Funcional na Paraíba, nossos alu-

O treinamento funcional é um sistema de

nos, antes de iniciarem os treinos, é realizado

treino que aborda várias capacidades físicas,

uma avalição física/funcional, onde traçamos

tais como equilibrio, coordenação, força, flexi-

o panorama atual de cada indivíduo, com esses

bilidade, agilidade, velocidade e potência, além

dados conseguimos montar um planejamento

de adaptar-se às necessidades específicas de

de atividade física mais eficaz, de acordo não

cada indivíduo de forma integrada e combinada.

só com o seu objetivo, mas com suas reais ne-

(ACMS, 2009)

cessidades.

WE FITNESS – Avenida Umbuzeiro, nº 587, Manaíra. João Pessoa – PB (83) 99862-0413 (Studio) (83) 99991-7463 (Priscila Cartaxo)

94

Dentre as principais doenças que acometem essa fase está a osteoporose, que é uma patologia que causa perda de massa óssea, onde a ação osteoclástica é maior do que a osteoblástica, ou seja, há mais destruição do osso do que construção. (KRAMER, 2017).

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br


Para cada câncer, um tratamento: oncologia de precisão.

PROF. DR. LUIZ VICTOR MAIA LOUREIRO CRM/PB 8766 CLÍNICA MÉDICA – RQE 4323 ONCOLOGIA CLÍNICA – RQE 4324 • Residência em Oncologia Clínica – Hospital Albert Einstein • Doutorado pela Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo • Membro especialista pela Sociedade Brasileira de Oncologia (SBOC) • Membro efetivo da American Society of Clinical Oncology (ASCO)

98

Já pensou no tratamento do câncer sem o emprego de quimioterapia? E a possibilidade de usar um remédio específico para cada tipo de câncer? Estas possibilidades já são realidade e fazem parte do que hoje se chama oncologia de precisão. Graças aos extraordinários avanços no entendimento da genética do câncer e, especialmente, nas múltiplas interações do sistema imunológico com a doença, tivemos nos últimos anos a ampliação das possibilidades de tratamento do câncer com o emprego de drogas inteligentes capazes de atuar em “alvos moleculares” específicos de cada tumor e também, mais recentemente, a incorporação da imunoterapia. Somadas, essas novas estratégias têm permitido um controle mais eficaz da doença e mesmo casos em estágios mais avançados têm apresentado excelentes resultados, com menos efeitos colaterais. Falar de oncologia de precisão é conversar sobre a biologia do câncer. É necessário entender que o câncer é uma doença que está em constante transformação. Conceitualmente, o câncer surge quando uma célula qualquer sofre uma mudança em seu código genético e passa a crescer e se multiplicar de forma desordenada. Essas transformações são diversas e geram variados tipos de células o que significa dizer que nem todo câncer é igual. Na prática, câncer são várias doenças que respondem pelo mesmo nome. São essas diferenças que explicam porque tumores de mesma origem se comportam de forma diversa em pessoas diferentes e, adicionalmente, porque alguns pacientes respondem bem às terapias, enquanto outros nem tanto. Sabedores dessas disparidades, os oncologistas alinharam os avanços do conhecimento genético e descobriram que não é mais possível que todos os pacientes com um tipo específico de câncer e estágio recebam o mesmo tratamento. As tecnologias mais recentes são capazes

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

de estudar e mapear os genes das células tumorais e identificar alvos para os quais existem terapias específicas. Em outras palavras, já é possível identificar a fechadura (alvo-molecular) e escolher a chave certa (terapia-alvo). Isso significa dizer que o tratamento é capaz de atuar mais especificamente sobre a célula do tumor e, menos provavelmente, em células sadias. Em última análise, isso aumenta a eficiência do tratamento e reduz os efeitos colaterais. Inúmeras drogas-alvo já foram desenvolvidas e estão disponíveis comercialmente no Brasil, tanto na rede privada quanto na pública. Cânceres de mama, colorretal, rim, pulmão já são largamente tratados com base nos alvos genéticos e moleculares. Para sabermos se o paciente pode se beneficiar dessa estratégia é necessário se certificar que o tumor tem um alvo específico. Isto é normalmente verificado testando uma amostra do tumor obtida por meio de uma biópsia ou durante uma cirurgia. Cada vez mais teremos novos alvos moleculares identificados pela ciência e, portanto, novos medicamentos desenvolvidos capazes de atuar de forma mais eficaz. Saiba, portanto, que é possível se beneficiar de terapias com maior impacto no controle do câncer e que podem ser usadas por longos períodos com efeitos colaterais toleráveis. Já somos, portanto, capazes de tratar o câncer com maior precisão.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


Ronco e Apnéia do Sono, você sofre desse mal?

DR. THIAGO CHIANCA FERREIRA CRM 5964 / RQE 3805 OTORRINOLARINGOLOGISTA MÉDICO DO SONO • Médico Formado pela UFPB com Residência Médica em Otorrinolaringologia no Hospital do Servidor Municipal de São Paulo • Medicina do sono no Instituto do Sono de São Paulo • Especialista em Otorrinolaringologia e Medicina do Sono pela Associação Médica Brasileira (AMB)

DR. ORLANDO SCHULER DE LUCENA CRM 8039 / RQE 5093 OTORRINOLARINGOLOGISTA MÉDICO DO SONO • Médico pela UFPB com Residência Médica em Otorrinolaringologia pela Beneficência Portuguesa de São Paulo • Membro Titular da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia cervico-facial • Membro da Associação Brasileira de Sono (ABS)

104

Fluxo de ar

Dormimos em média 8 horas por noite, o que Palato mole Língua corresponde 1/3 das 24 horas do nosso dia. Tal divisão, acontece “diariamente”em nossas vidas. Geralmente, esse período de sono é esquecido Úvula Amígdalas por nós quando falamos em saúde ou doença. Existem vários distúrbios relacionados ao sono Via aérea superior aberta Via aérea superior fechada e, entre os principais estão o ronco e a apneia do sono, que acometem cerca de 30% da população Fluxo de ar mundial. O ronco é um ruído provocado por estrei- Palato mole Língua tamento ou obstrução nas vias respiratórias superiores (nariz e garganta) durante o sono. Esse estreitamento dificulta a passagem doÚvulaar Amígdalas e provoca a vibração dessas estruturas. Quando Viaconsiderado aérea superior aberta Via aérea superior fechada ocorre de forma isolada o ronco é apenas um problema social, porém em muitos casos ele é um dos principais sintomas da ApO diagnóstico de ronco e apneia do sono é neia obstrutivo do Sono (AOS), caracterizada pela obstrução total e recorrente do fluxo de ar feito através da história clínica do paciente, exapara os pulmões, levando a paradas de respira- me otorrinolaringológico completo e do exame padrão-ouro que é a polissonografia. ção (sensação de engasgos) durante o sono. O tratamento é direcionado para cada caso Indivíduos com essa patologia apresentam péssima qualidade de sono, sono não restaura- e existem várias modalidades e com ótimos resultados. Podem ser orientadas medidas para dor e sonolência diurna excessiva. Apesar de a maioria das pessoas não perce- perda de peso, tratamento com medicações inberem, a apnéia tende a atrapalhar o rendimen- tra-nasais, realização de procedimentos cirúrgito durante o dia, provocando sintomas como cos, uso de aparelhos intra-orais ou aparelhos de cansaço, sonolência diurna, irritação e dificul- ventilação com pressão positiva (CPAP). Caso apresente sintomas, o importante é dade de raciocínio. Além disso, pacientes com essa patologia sofrem importantes distúrbios que o paciente procure um médico especializahormonais e no metabolismo normal, facilitan- do para ser avaliado e com disponibilidade de do assim o ganho de peso, desenvolvimento de recursos para um diagnóstico, tratamento e sediabetes e hipertensão, aumentando o risco de guimento precisos de maneira individualizada para cada paciente. doenças cardiovasculares, como infarto e AVC.

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


#curtas |

Revista Saúde Março . 2019 João Pessoa.PB

CARNAVAL EM VENEZA O cirurgião plástico Dr. Mário Medeiros e sua namorada, Juliana Lyra, viajaram para a Itália onde puderam curtir o carnaval de Veneza e conhecer as belezas do local.

NOVA CLÍNICA NO SHOPPING PÁTIO ALTIPLANO Dr. Marcelo Gonçalves inaugurou sua nova clinica no Shopping Pátio Altiplano. O espaço, agradável e confortável, foi pensado em todos os detalhes para melhor atender seus pacientes.

INTERNATIONAL MASTER COURSE ON AGING SCIENCE Sempre pensando em inovação nos atendimentos, a dermatologista Dra. Gabriela Diniz, viajou a Paris, em fevereiro, para participar do maior congresso médico de estética do mundo, o IMCAS 2019.

ENTREVISTA À RADIO CBN Dra. Júlia Guedes, médica otorrinolaringologista, participou no mês de janeiro de uma entrevista na rádio CBN, esclarecendo dúvidas sobre Otites para os ouvintes.

#estounocurtasdasaúde 108

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br


#curtas |

Revista Saúde Março . 2019 João Pessoa.PB

37° CIOSP No último mês de fevereiro o cirurgião dentista, Dr. Elson Fernandes, viajou para São Paulo para participar do 37° Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo - CIOSP. Além de se atualizar no que há de mais moderno na área da odontologia, Dr. Elson aproveitou para rever os amigos Dalton Marques e Sócrates Tavares.

BODAS DE ROSAS Dra. Jana Toscano e seu marido dr. Walter Mendes, diretores do Hospital de Olhos Santa Madra, completaram no mês de fevereiro Bodas de Rosas. Para comemorar essa data tão especial viajaram para a Itália e aproveitaram para conhecer o Vaticano.

NOVO DIRETOR TÉCNICO DO HOSPITAL JULIANO MOREIRA Dr. Adriano Moura, psiquiatra, foi nomeado, nesse mês de março, como novo Diretor Técnico do Complexo Psiquiátrico do Hospital Juliano Moreira, referência em tratamento psiquiátrico no estado da Paraíba.

COSTA MEDITERRÂNEA Dr. Victor Perrusi e Dra. Virginia Lemos deram um tempo na agenda e juntamente com as suas filhas embarcaram para uma viagem pela costa mediterrânea a bordo do navio MSC Meraviglia.

#estounocurtasdasaúde 110

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br


Revista Saúde Março . 2019 João Pessoa . PB

| #social

INAUGURAÇÃO DA CLÍNICA CUIDARE MED Os empresários Dr Vitor Hugo e Dra Jéssica Ramalho inauguraram no último mês de dezembro a Clínica Cuidare Med no Shopping Pátio Altiplano. Para marcar a data foi realizado um evento que contou com cerca de 80 convidados, entre médicos, empresários, advogados, jornalistas e influenciadores digitais. O coquetel contou com a participação da cantora Deisiella Rodrigues que animou a festa com voz e violão, e, teve ainda a benção do Frei Júnior, que falou sobre a importância da união da equipe. rsaude.com.br | Março . 2019 | Revista Saúde

111


Guia de profissionais ALERGOLOGIA

Revista Saúde Edição 12 | Março . 2019 | João Pessoa.PB

DERMATOLOGIA

Dra. Gabriele Fernandes Camilo

Dr. Josenildo Rodrigues

Instituto do cérebro

Harmonic Clínica

Avenida São Paulo, 854, Bairro dos Estados João Pessoa-PB (83) 9 9982-2129 | 3271-1380

R. João Domingos, 91, Miramar - João Pessoa/PB (83) 3244-7676

CIRURGIA DO APARELHO DIGESTIVO

Dr. José Cassimiro Neto R. Herberto Pereira de Lucena, 195 - Jardim Oceania / Bessa

Rua Antonio Gama esquina com Rua Silvino Olavo, 15 Expediconários - João Pessoa/PB (83) 3578-4746 / 98188-4746

Cooped

ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA

Harmonic Clínica Rua João Machado, 18. Prata

João Pessoa- PB (83) 3031-6542 | 99972-3300

OTORRINOLARINGOLOGIA

Dra. Júlia Guedes Cardoso

Campina Grande-PB (83) 3341-4420 / 98827-9304

Clínica de Otorrino Eco Medical Center. Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13° andar

Prof. Dr. Marcelo Gonçalves Sousa

FONOAUDIOLOGIA

Instituto do Cérebro da Paraíba

Dulciana Cordeiro

Av. São Paulo, 854, Bairro dos Estados - João Pessoa - PB

João Pessoa-PB -Av. Edson Ramalho 883- Lj.4 - Manaíra

(83) 3209-8000 | 99308-3979

(83) 3241-7020

Pátio Shopping Altiplano, 2° andar - Sala 66 (83) 3508-2963

CIRURGIA PLÁSTICA

Dr. Aracoeli Ramalho R. Silvio Almeida, 653 - Expedicionários, João Pessoa/PB (83) 3224-8056 | 99313-9393

Fortaleza-CE - Av. Padre Antônio Tomás - 719/Lj.2 - Aldeota

Miramar - João Pessoa - PB (83) 3022-4250

Unidade Centro: Av Maximiano de Figueiredo,44 (83) 3221-7110

(85) 3109-7020

Unidade Bessa: Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, 2075

Campina Grande-PB - Rua Duque de Caxias 603 - Lj.3 - Prata

(83) 3022-4280

(83) 3065-1246

GERIATRIA

Dr. Vitor Hugo de Oliveira Nascimento Cuidare Med

Dr. Orlando Schuler de Lucena Eco Medical Center. Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13° andar Miramar - João Pessoa - PB (83) 3022-4250

Dr. Thiago Lino

Rua Poeta Targino Teixeira, 251 -1º andar, Shopping Pátio

Harmonic Clínica

Altiplano, Altiplano Cabo Branco- João Pessoa - PB

Unidade Bancários: AV Sérgio Guerra, 176

(83) 3506-7507 | 99633-7484

(83) 3022-4270

Rua Antonio Gama esquina com Rua Silvino Olavo, 15 Expedicionários - João Pessoa/PB

NUTROLOGIA Unidade Bessa: Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, 2075

(83) 3578-4746 / 98188-4746

Dr. Camilo Bruno Alves Ramalho

Harmonic Clínica

Espaço Médico

Rua João Machado, 18. Prata Campina Grande-PB (83) 3341-4420 / 98827-9304

Dr. Mateus Souto Clínica de Otorrino Especialidades Eco Medical Center - Rua Antônio Rabelo Júnior n°170, 7º andar

Avenida João Câncio, 798 - Sala 3 - Manaíra - João Pessoa/ PB 83 3578-5453 | 99839-5553

ONCOLOGIA CLÍNICA

OTORRINOLARINGOLOGIA

Dr.Thiago Chianca Ferreira Clínica de Otorrino

Prof. Dr. Luiz Victor Maia Loureiro

Rua. Antônio Rabelo Júnior, 170, 13°andar, Miramar.

Clioncol

Eco Medical Center. João Pessoa – PB

R.Clemente Rosas, 360 – Torre, João Pessoa/PB

(83) 3022-4250

(83) 3244-2515 | 98828-0090 Unidade Centro

Sala 704 - Miramar - João Pessoa - PB (83) 3022-4298

(83) 3022-4280

Unidade de Oncologia – Unimed

Maximiano Figueiredo, 44. João Pessoa – PB

3º andar do Hospital da Unimed Alberto Urquiza Wanderley

DERMATOLOGIA

112

João Pessoa/PB

(83) 3221-7110

Dra. Gabriela Diniz

(83) 2106-8660 | (83) 3022-4280

Liv Mall - Avenida Gov. Flávio Ribeiro Coutinho

Centro de Oncologia do Hospital Nossa Senhora das Neves

Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, N°369

Jardim Oceania - Salas 538 e 539

Rua Etelvina Macedo de Mendonça, 531 - Torre- João Pessoa/PB

João Pessoa – PB

(83) 99986-2619 | (81) 3139-6001

(83) 3565-9000 | 99831-0303

(83) 3022-4280

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

Unidade Bessa


Guia de profissionais

Revista Saúde Edição 12 | Março . 2019 | João Pessoa.PB

PSIQUIATRA

Dr. Adriano Menezes Logos - Centro de Terapia Cognitivo Comportamental Av. Rui Carneiro, 962 - Brisamar - João Pessoa/PB (83) 98166-0092 | 3566-6226 Empresarial Medical Center Rua Fenelon Bonavides S/N 1° andar - Sala 107 Bairro Brasília

FISIOTERAPIA

ODONTOLOGIA

Letícia Paz

Dra. Thais Lígia Sales de SOuza

Healthfisio - Shopping Pátio Altiplano 2° andar - Sala 68

Master Clinic & Office

João Pessoa - PB

Av. Euzely Fabrício de Souza, 445 Manaíra, João Pessoa - PB

(83) 98660-4202

(83) 3245-8983 | 99848-1668

Ronald Jonas Freitas de Brito

PERSONAL TRAINER

Patos/ PB

Rua Santos Coelho Neto, 337 - Manaíra - João Pessoa - PB

Priscila Cartaxo

(83) 99833-4251

(83) 99157-1739 | 98866-5804

WE FITNESS – Avenida Umbuzeiro, nº 587, Manaíra. João Pessoa – PB

UROLOGIA

Dr. Jorge Vinícius Silveira Mendes JOÃO PESSOA - EcoMedical - Rua Antônio Rabelo Jr., 170 16º andar

HIPNOTERAPIA

Fábio A. F. Maia de Araújo Empresarial Master Clinic & Office Av. Euzely Fabrício de Souza, 445 - Manaíra, João Pessoa - PB

(83) 3185.8000 | 99643.4212 SÃO PAULO - Av. Angélica, 2491 9º andar (11) 3230. 3058

Dr. Rafael de Arruda

(83) 3245-8983

NUTRIÇÃO

Katianne Targino

Clínica Juarez Dornelas

Medprime Center

Av. Maranhão, 385 - Bairro dos Estados - João Pessoa/PB

R. Herberto Pereira de Lucena, 195 - Jardim Oceania - Bessa

(83) 3244-1211 | 3244-1288 | 99185-2792 | 98888-3301

João Pessoa-PB

Clínica Litotricia Paraíba Rua Carlos Gomes, 35 - Torre- João Pessoa/PB (83) 3224-2200

ASSESSORIA EM MARKETING

Maeve Nóbrega www.mktevalor.com.br (83) 99684-0556

FISIOTERAPIA

(83) 3031-6542 | 3024-1499

(83) 98789-2022 | (83) 99862-0413 | (83) 99991-7463

PSICOLOGIA

Ana Clotilde Z. Lombardi Vilar Av. Nossa Senhora dos Navegantes, 415 - Empresarial Navegantes - Sala 406 - Tambaú - João Pessoa - PB (83) 99692-0501

Dra. Jaqueline Marinho Ed. Eco Medical Center Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 Miramar João Pessoa - PB

ODONTOLOGIA

Dr Elson Fernandes

58032-090 Brasil

Avenida Presidente Epitacio Pessoa, 753 - Sala 1216 - Edifício

Clínica Restaurar

Central Park - Bairro dos Estados

Andar P1, Sala 009

João Pessoa - PB

(83) 9648-0991 | 3247-3887

(83) 99195-4528 | 98614-6447 | 3576-7019 Instituto de Implante Dentário Diogo Menezes

Icaro Jasub Damaceno de Lima

Antonio Rodrigues de Souza Solena Odontologia - EPAO 324 PB Rua Eng. Clodoaldo Gouveia, 201, Centro, João Pessoa – PB

Andar 8º, Sala 807 (83) 9154-1353

Av. João Câncio, 910 - Manaíra - João Pessoa - PB (83) 3222-7878 | 3021-1422 Med Prime: Rua Herberto Pereira de Lucena, 195 - Bessa

(83) 3045-6590

Dra. Ingrid Garcia Ximenes Q. Dantas

João Pessoa /PB Miramar - R. Antonio Rabelo Jr, 170 (83) 3031-6542 Sala 1405. Eco Medical Center - João Pessoa-PB

FISIOTERAPIA

(83) 98607.0067

Dra. Lêda Priscilla B. de Melo Carvalho Med Prime -Rua: Herberto Pereira de Lucena, N 195 - Bessa

Dr. Rodrigo Ferreira

Taisa Taithiana Vasconcelos Med Prime: Rua Herberto Pereira de Lucena, 195 - Bessa João Pessoa /PB (83) 3031-6542 | (73) 99183-8334

PSICOPEDAGOGIA

Karla Albuquerque de Brito Pereira

João Pessoa - PB

Av. Coronel Miguel Sátiro, 343 - Cabo Branco - João Pessoa.PB

Pró Kids: Avenida Amazonas, 289 - Bairro dos Estados - João Pessoa - PB

(83) 3031-6542 | 99839-0695

(83) 99309-8842

(83) 3512-4913

rsaude.com.br | Março . 2019 | Revista Saúde

113


Infertilidade e Esterilidade: você conhece a diferença? Infertilidade e esterelidade são, comumente, confundidos quando a intenção é se referir a casais que não conseguem ter filhos. Você sabe a diferença entre os dois termos? Muitas vezes, utilizamos as duas palavras de maneira inadequada por acreditar que se tratam

DR. RAFAEL DE ARRUDA

de sinônimos, no entanto, os conceitos são dife-

CRM/PB 6700 CRM/SP 165447 CRM/PE 24534 UROLOGIA - RQE 5272 CIRURGIA GERAL - RQE 5273

rentes e cada um deles necessita de uma abor-

• Graduado em Medicina pela Universidade Federal da Paraiba • Residencia Médica em Cirurgia Geral pela Universidade Federal da Paraíba • Residência Médica em Urologia pela Universidade do Estado do Rio de • Janeiro - UERJ • Urologista - Membro Titular da Sociedade Brasileira de UrologiaSBU • Especialista em Infertidade Masculina e Técnicas de Reprodução Humana • pela Faculdade de Medicina do ABC • Pós Graduação Lato Sensu em em Andrologia e Reproduçao Humana pela • Faculdade de Medicina do ABC

infértil o casal que realiza tentativas após um

dagem médica específica para o tratamento. A infertilidade está relacionada as dificuldades encontradas para engravidar. É considerado ano de vida sexual contínua, sem o uso de métodos contraceptivos. O problema está relacio-

Outros exames que podem ser realizados para

nado a uma disfunção dos órgãos reprodutores

buscar respostas em casos específicos são: ava-

dos gametas ou do concepto.

liação do muco cervical, avaliação hormonal, ava-

A esterilidade, por sua vez, trata da impossi-

liações genéticas, biópsia endometrial, culturas

bilidade de engravidar, ou seja, um dos parceiros

cervicais, pesquisa de anticorpos anti-espermato-

tem dificuldade em produzir gametas ou zigotos

zoides, exames imunológicos e laparoscopia.

viáveis. Em casos como esse, por se tratarem de fatores físicos, como a má formação do sistema

O que deve ser feito?

reprodutor, doenças congênitas e outras causas,

Como dito, em casos de infertilidade, é pos-

os casos são irreversíveis. O tratamento reali-

sível recorrer a tratamentos que possibilitam a

zado é mais específico, como a substituição do

recuperação dos próprios gametas. Há casos em

útero e a doação de gametas.

que a indução da ovulação ou o coito programa-

Dessa forma, podemos dizer que um casal é

do, por exemplo, são medidas possíveis. Em ou-

infértil quando há uma diminuição nas chances

tros casos, porém, é necessário recorrer a cirur-

de gravidez, que podem ser contornadas por

gias ou a fertilização in vitro (FIV).

procedimentos médicos, e é estéril, quando há incapacidade de gerar filhos.

A esterilidade, no entanto, é uma condição irreversível. Entretanto, é possível viabilizar

Estatisticamente, a infertilidade decorre em

gravidez através da doação de gametas ou ces-

torno de 40% dos casos por fatores masculinos,

são temporária de útero. Nesse caso, a fertiliza-

40% por fatores femininos e 20% de ambos. O

ção é realizada com sêmen ou óvulos doados por

diagnóstico consiste em uma investigação deta-

outras pessoas, que devem ser anônimas. Outra

lhada do casal, enfocando na histórica clínica de

possibilidade é a transferência dos embriões para

ambos, realizando exames físicos e complemen-

outra mulher, de preferência alguém da família.

tares. É muito importante conhecer a diferença Alguns exames que ajudam no diagnóstico das causas de infertilidade e esterilidade são:

114

entre esses dois termos para vencer o medo de não poder engravidar, buscar o tratamento adequado e evitar frustrações desnecessárias. Vale

• Ultrassonografia transvaginal

ressaltar que a procura de um especialista deve

• Histerossalpingografia

ocorrer assim que notada a dificuldade. Com o

• Histeroscopia

passar do tempo e o avanço da idade do casal, os

• Espermograma

problemas podem se agravar impossibilitando a

• Ultrassonografia testicular com doppler

gravidez.

Revista Saúde | Março . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 10 E 12.


Profile for Revista Saúde

REVISTA SAÚDE CAMPINA GRANDE - EDIÇÃO 12 - 26/03/2019  

REVISTA SAÚDE CAMPINA GRANDE - EDIÇÃO 12 - 26/03/2019