Page 1


FOTOS: LAMEGO


Dra. Elibel Carvalho recebe prêmio nacional da 3M em Campinas-SP: Excelência em Odontologia - Oral Care Platinum

O trabalho sério e comprometido desenvolvido no consultório Elibel Carvalho Odontologia Efetiva rendeu à dentista o prêmio de Excelência em Odontologia, concedido pela 3M: uma das mais respeitadas empresas multinacionais americanas que ocupa lugar no ranking entre as 30 empresas do Dow Jones Index Industrial (índice baseado na cotação das ações das 30 maiores e mais importantes empresas dos Estados Unidos).

6

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Texto por: Jessica Bachega Jornalista Com 110 anos no mercado e vendas em 200 países, a empresa 3M é lider nos 5 grupos de negócios que atua: • Industrial • Saúde • Consumo • Eletrônicos & Energia • Segurança & Gráficos O programa Oral Care Platinum 2018 celebra os profissionais com maior engajamento com o projeto, que inclui atendimento personalizado e a utilização de materiais de alta qualidade, o que demonstra o cuidado em oferecer os melhores resultados, através da utilização de produtos de excelência no tratamento de seus pacientes. 30 dentistas brasileiros, foram destaques e receberam o prêmio das mãos de Ricardo Campagnolli, chefe da divisão 3M Oral Care Brasil. “Me senti surpreendida e lisonjeada, em meio a tantos profissionais, ao ter sido selecionada, por uma empresa que é sinônimo de Excelência, e mais ainda por ser a única de MT”. A profissional recebeu o prêmio entre os mais de 317 mil dentistas inscritos no Conselho Federal de Odontologia (CFO). A 3M Division Oral Care oferece produtos odontológicos para prevenção, dentística, prótese e ortodontia, empregados no consultório da dentista. A 3M é também reconhecidamente, uma empresa líder em produtos de adesividade, sendo que um dos mais pioneiros são as famosas fitas crepe. Hoje a dentista se dedica exclusivamente à clínica Elibel Carvalho Odontologia Efetiva, tem 27 anos de experiência, com uma bagagem de 16 anos de aulas ministradas em cursos de graduação e pós-graduação nas Universidades de Cuiabá (Unic), Universidade de Várzea Grande (Univag) e na Associação Brasileira de Odontologia (ABO-MT). Ainda hoje, esporadicamente, ministra aulas como professora convidada. Formada pela Universidade de Uberaba (Uniube-MG), a profissional se aprofundou em pesquisas e conquistou os títulos de especialista e mestre em periodontia, além de especialista em implantodontia. Ainda, constantemente faz cursos de atualização e aperfeiçoamento voltados para a estética do sorriso.

“Atuamos no embelezamento do sorriso, com foco na promoção da saúde, pois, segundo o conceito de saúde definido pela Organização Mundial de Saúde, saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a ausência de doenças. Tendo este amplo conceito como nosso pilar, focamos na prevenção como rotina. Tenho certeza que esse modo de atuação é o segredo do nosso sucesso”, ressalta. Além de tratar da beleza do sorriso, o consultório da dentista oferece os serviços de periodontia (tratamento das doenças gengivais, cirurgias gengivais estéticas, enxertos ósseos e gengivais), dentística funcional e estética (restaurações em resina, lentes de contato, clareamento) e prótese (coroas de porcelana, reabilitação bucal). Para Elibel, “o segredo do sucesso é o investimento em conhecimento científico: o que me faz ter uma visão abrangente da Odontologia, desmistificando tratamentos mais complexos com resultados mais efetivos. Rapidez: adquirida através de 27 anos de muito trabalho. Pontualidade: por acreditar que todos devemos ser respeitados”.

Me senti surpreendida e lisonjeada, em meio a tantos profissionais, ao ter sido selecionada, por uma empresa que é sinônimo de Excelência, e mais ainda por ser a única de MT

Rua Manoel Garcia Velho, 368 - Bairro Bandeirantes - Cuiabá/M

Estacionamento Privativo - Acessibilidade para PNEs. 65 3624-8789 | 3322-4626 | 99983-2343 | 98112-2997

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

7


Guia médico

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

Dr. Adriano Bastos Pinho

M. Dr. Aires

Ortopedia e Traumatologia Cirurgia da Mão

Médico CRM/MT 4000

CRM/MT 5741 | RQE 2921 | RQE 3842

Hospital Sotrauma - 65 3624-9211 Av. Dom Aquino, 355 - Cuiabá/MT Hospital Santa Rita - 65 3026-1430 Av. São Paulo, 55 - Várzea Grande/MT

Clínica Aires Av. Miguel Sutil, 6274, Cuiabá Lar Shopping - Consil - Cuiabá/MT 65 3642-4000

Dr. Alex Santiago

Dr. Aleixo Petrenko

Ortopedia e Traumatologia

Ortopedia e Traumatologia

CRM/MT 4785 | RQE 1476

CRM/MT 3980 | RQE 1989

Centro Médico São Mateus Av. Aclimação, 135 – Bosque da Saúde Cuiabá/MT 65 3051-2389 | 65 3051-2222

Centro Médico São Mateus Av. Aclimação, 135 – Bosque da Saúde Cuiabá/MT 65 3051-2250 | 3051-2184 | 3051-2372 3051-2187 | 99914-3006 (WhatsApp)

Dra. Amanda Mara Callejas de Souza

Dra. Ana Caroline Dahmer da Silva

Pediatria e Nefrologia Pediátrica

Pediatria e Nefrologia Pediátrica

CRM/MT 7123 | RQE 4511 - RQE 4512

CRM/MT 6409 | RQE 3798 - RQE 3799

CTR - Clínica de Tratamento Renal Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 3023-2003 | 65 3025-7047

CTR - Clínica de Tratamento Renal Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 3023-2003 | 65 3025-7047

Dr. Andre Henrique Crepaldi

Dr. André Lourenço

Oncologia Clínica e Hematologia

Ortopedia e Traumatologia Cirurgia da Mão

CRM/MT 3135 - RQE 1375 - RQE 1002

CRM/MT 7244 | RQE 2875 | RQE 2876

8

Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701 a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT

Santa Rosa Tower Rua Miguel Sutil, 8000 - Santa Rosa Cuiabá/MT - 65 3054-5544

65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010 | 65 99903-0610

Av. Dom Aquino, 355 - Centro - Cuiabá/MT Hospital Sotrauma - 65 3624-9211

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Guia médico

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

Dra. Angelita Carlotto de Abreu Reumatologia | Acupuntura CRM/MT 3704 | RQE 1371 - RQE 1981

Dr. Augusto Aurélio de Carvalho Cirurgia Pediátrica | Medicina Legal e Perícia Médica CRM/MT 1578 - RQE 189 - RQE 444

Reumacentro Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT 65 3044-0100 | 65 3054-0100 Santa Rosa Tower Av. Miguel Sutil, 8000 - Sala 1106 - Cuiabá/MT 65 3027-6241 | 66 99650-6241

CirpedKids - Cirurgia Pediátrica Rua Corumbá, 538 - Hospital Femina Consultório 12 - 1º Andar - Baú Cuiabá/MT 65 2128-9000 | 3322-7587 99973-2112

Dr. Augusto Cesar Taques Saldanha

Dra. Beatriz Formighieri

CRM/MT 2559

CRM/MT 7270 | RQE 2902 CRM/SP 141293 | RQE 39424

Neurologia Pediátrica | RQE 317 Medicina do Sono | RQE 4175

Clínica do Sono de Mato Grosso Rua dos Lírios, 333 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 3321-0111

Cirurgia Plástica

Rua Traçaia, 262- Cuiabá/MT Rua da Begônias, 615- Cuiabá/MT Rua Mamede Untah, 127 Várzea Grande/MT 65 4101-0102 | 98118-0201

Cirurgia Geral

Dr. Carlos Augusto Costa Marques

CRM/MT 3784 | RQE 1782

Ortopedia e Traumatologia

Dr. Bernardo C. de Figueiredo

CRM/MT 8570 | RQE 3670 Centro Médico São Mateus Av. Aclimação,265 - Bosque da Saúde Cuiabá/MT - 65 3051-2222 | 65 3051-2389 Espaço Più Vita Rua Comandante Costa, 1300 Centro - Cuiabá/MT 65 3056-7800

Edifício Santa Rosa Tower Av. Miguel Sutil, 8000 - 9º andar - Sl 906 Cuiabá/MT - 65 2127-1300

Dr. Carlos Augusto L. B. Carvalho

Dr. Carlos Leonardo Abi Rached Cruz

Cirurgia Geral | Cirurgia Pediátrica

Médico

CRM/MT 4897 - RQE 2460 - RQE 2566

CRM/MT 6560

CirpedKids - Cirurgia Pediátrica Rua Corumbá, 538 - Hospital Femina Consultório 12 - 1º Andar - Baú Cuiabá/MT 65 2128-9000 | 3322-7587 99973-2112

MedCenter - Tangará da Serra Rua Antônio Hortolani, 327-N - Centro Tangará da Serra/MT 65 3326-0073 | 65 99619-7622

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

9


Guia médico

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

Dr. Cassio Luiz Vieira Cocate Ortopedia e Traumatologia Cirurgia da Mão CRM/MT 6315 | RQE 2393 | RQE 2749

Clínica Genus Rua Topázio, 789 - Bosque da Saúde Cuiabá/MT 65 3648-0700

Dra. Claudia de Ceni Britto Médica CRM/MT 9789

IPEC - Instituto de Psiquiatria e Estimulação Cerebral Clínica Nossa Senhora das Graças Rua dos Lírios, 525 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 99628-3207 | 65 99317-9639 65 2127-1275

Reumatologia | Densitometria Óssea CRM/MT 4370 | RQE 2314 - RQE 4520 Reumacentro Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT 65 3044-0100 | 65 3054-0100 GastroMT Rua das Begônias, 615, sala 02 - Cuiabá/MT 65 3054-5266 | 65 99646-9100

Dr. Eduardo Benevides Lindote Filho Reumatologia | Acupuntura CRM/MT 2954 | RQE 971 - RQE 1894 Reumacentro Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT 65 3044-0100 | 65 3054-0100 Edifício Work Tower Rua Barão do Melgaço, 2754, sala 1103 - Cuiabá/MT 65 3622-2005

Dr. Eduardo Sauter

Dr. Fabio Mendonça

Cirurgia Plástica

Ortopedia e Traumatologia

CRM/MT 4649 | RQE 3436

CRM/MT 5954 | RQE 6591

Da Pelle Spa Rua das Papoulas, 281 Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT 65 3025-3777 | 65 9 9223-6115 65 9 8117-0076

Centro Médico São Mateus Av. Aclimação, 135 – Bosque da Saúde Cuiabá/MT 65 3051-2389 | 65 3051-2222

Dr. Fabrício Lucena de Almeida

Dra. Fernanda de Lara Aires Faria Braga Batista

Cirurgia Plástica

Clínica Médica | Reumatologia

CRM/MT 7304 | RQE 2939

CRM/MT 6772 | RQE 4109 - RQE 4110

Clínica InPelle Rua General Neves, 111 - Duque de Caxias Cuiabá/MT 65 3623-3980 | 65 98468-3418

10

Dra. Christina Paesano Marques Garcia Zirondi

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

Reumacentro Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT 65 3044-0100 | 65 3054-0100


Guia médico

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

Dra. Gabriela Coutinho

Dra. Giovanna Sant’Ana Petterle

Nutrologia

Reumatologia CRM/MT 6625 | RQE 2540

CRM/MT 5862 | RQE 3046

Reumacentro Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT 65 3044-0100 | 65 3054-0100

Instituto La Vie Rua Brigadeiro Eduardo Gomes, 500, Popular - Cuiaba/MT 65 99932-8925

Clínica Petterle Av. São Sebastião, 3161, sala 104 - Cuiabá/MT 65 3023-9680 | 99283-2727

Medicina Esportiva

Dra. Hilda Maria Menna Barreto de Barros

CRM/MT 4340 | RQE 2074

Radiologia e Diagnóstico por Imagem

Dr. Gustavo Veiga

CRM/MT 2519 | RQE 3662

Clínica Médica do Exercício Físico Rua Traçaia, 262 - Jardim Primavera Cuiabá/MT 65 3052-9790 | 99906-1500

IMEDI Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto - Várzea Grande 3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá 65 3314 2400 | 65 99670 3432

Dra. Jaqueline Caetano Médica

Dra. Joizeanne Pedroso Pires Chaves

CRM/MT 9229

Mastologia | Ginecologia e Obstetrícia CRM/MT 5145 | RQE 3076 - RQE 3077

Hiperbárica Santa Rosa: Hospital Santa Rosa - Rua Adel Malouf, 119 - Santa Rosa- Cuiabá/MT 65 3626-3701 | 3626-3698

Dr. Jonas Lopes

MAC - Diagnósticos Médicos Rua Marechal Deodoro, 729 - Centro Cáceres/MT 65 3224-2448 | 65 99942-4558

Médico

Dra. Juliana Liberatti Candeias

CRM/MT 9545

Nefrologia CRM/MT 9257 | RQE 4159

IPEC - Instituto de Psiquiatria e Estimulação Cerebral Clínica Nossa Senhora das Graças Rua dos Lírios, 525 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 99628-3207 | 65 99317-9639 65 2127-1275

CTR - Clínica de Tratamento Renal Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 3023-2003 | 65 3025-7047 rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

11


Guia médico

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

Dr. Juliano Coelho Philippi

Dra. Lorena Andrade Dias

Alergia e Imunologia

Radiologia e Diagnóstico por Imagem

CRM/MT 3695 | RQE 1892

CRM/MT 4915 | RQE 2240

Edifício Saúde Av. Bosque da Saúde, 888 - Sl 17 Bosque da Saúde - Cuiabá/MT 65 3027-6062 | 65 99995-2008

IMEDI Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto Várzea Grande - MT 3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT 65 3314 2400 | 65 99670 3432

Dr. Lucas Bello

Dr. Lucas Coelho Miranda

Pneumologia | RQE 3294 Medicína do Sono | RQE 4176

Cirurgia Geral

CRM/MT 2572

Clínica do Sono de Mato Grosso Rua dos Lírios, 333 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 3321-0111

CRM/MT 7041 - RQE 3895 Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701 a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT 65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010 | 65 99903-0610

Dra. Luciana Orsi Ribeiro Pateiro

Dr. Luciano Florisbelo da Silva

Médica

Mastologia

CRM/MT 4215

CRM/MT 4029 - RQE 972

Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701 a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT

Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701 a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT

65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010 | 65 99903-0610

65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010 | 65 99903-0610

Dra. Luiza Leontina Radiologia e Diagnóstico por Imagem

Dr. Luiz Gonzaga de Figueiredo Filho

CRM/MT 2101 | RQE 1307

Nefrologia CRM/MT 6180 | RQE 3211

IMEDI Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto Várzea Grande - MT 3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT 65 3314 2400 | 65 99670 3432

12

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

CTR - Clínica de Tratamento Renal Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 3023-2003 | 65 3025-7047


Guia médico

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

Dr. Luiz Gustavo Barcelos Cirurgia Geral

Dr. Luiz Gustavo Castro Marques

CRM/MT 5719 - RQE 3534

Geriatria

Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701 a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT

CRM/MT 3696 | RQE 1540

65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010 | 65 99903-0610

Hospital São Mateus Av. Aclimação, 335 - 3º Andar - Consultório 1 Bosque da Saúde - Cuiabá/MT 65 3051-2223 | 98123-5555

Dr. Luiz Guilherme Baster de Figueiredo

Dr. Luiz Philippe Baster Figueiredo

Nefrologia

Nefrologia

CRM/MT 5552 | RQE 2022

CRM/MT 5859 | RQE 4137

CTR - Clínica de Tratamento Renal Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 3023-2003 | 65 3025-7047

Dr. Manoel Vicente de Barros Psiquiatra CRM/MT 8273 | RQE 4866

IPEC - Instituto de Psiquiatria e Estimulação Cerebral Clínica Nossa Senhora das Graças Rua dos Lírios, 525 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 99628-3207 | 65 99317-9639 65 2127-1275

CTR - Clínica de Tratamento Renal Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 3023-2003 | 65 3025-7047 Av. Flamboyant, 2128 - Jd. Paraíso Sinop/MT - 66 3532-2297

Dra. Mara Cristina da Silva Gonçalves Ortopedia e Traumatologia Cirurgia da Mão CRM/MT 5460 | RQE 3178 | RQE 3179 Hospital Ortopédico Rua Osório Duque Estrada - 15 Araés Cuiabá/MT 65 3314-1219/1215/1200 Hospital São Mateus - 65 3051-2376 Cuiabá/MT

Dra. Marcela Martello

Dr. Marcelo Borges Araujo

Médica

Cirurgia Torácica

CRM/MT 8978

CRM/MT 5576 - RQE 2801

IPEC - Instituto de Psiquiatria e Estimulação Cerebral Clínica Nossa Senhora das Graças Rua dos Lírios, 525 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 99628-3207 | 65 99317-9639 65 2127-1275

Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701 a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT 65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010 | 65 99903-0610

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

13


Guia médico

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

Dr. Marcelo Lobo

Dr. Marcelo Ramos Mendes

Ortopedia e Traumatologia Cirurgia da Mão

Mastologia

CRM/MT 5218 | RQE 2680 | RQE 4012

Hospital e Maternidade São Lucas Av. Rio Arinos, 713 - Centro, Juara-MT 66 3556-1211 | 3556-1455

CRM/MT 3500 - RQE 1496 Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701 a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT 65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010 | 65 99903-0610

Dr. Márcio José Munhoz Soares de Moraes

Dr. Marcos Araújo Chaves Jr.

Ortopedia e Traumatologia

CRM/MT 5770 | RQE 3222

Patologia

CRM/MT 5670 | RQE 2064

14

Hospital São Mateus Av. Aclimação,335 - Bosque da Saúde 4º Andar - Cuiabá/MT 65 99319-5754 | 65 3051-2391

MAC - Diagnósticos Médicos Rua Marechal Deodoro, 729, centro Cáceres/MT 65 3224-2448 | 65 99942-4558

Dra. Mariana Nascimento

Dra. Mariana Suzuki

Nutróloga e Clínica Médica

Médica

CRM/MT 4413 - RQE 2289 | RQE 2290

CRM/MT 7935

Espaço Milano Av. Erico Preza, 500 (antiga Av. Itália), Jardim Itália, Cuiabá/MT

Espaço Sullege Suzuki Rua João Bento, 170 - Bairro Quilombo, Cuiabá/MT

65 3621-7879 | 65 98111-3858

65 3641-2247 | 65 99231-3366

Dr. Mario Ardenes

Dr. Marlon Mendonça

Radiologia e Diagnóstico por Imagem

Ortopedia e Traumatologia

CRM/MT 2100 | RQE 1306

CRM/MT 4075 | RQE 3301

IMEDI Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto Várzea Grande - MT 3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT 65 3314 2400 | 65 99670 3432

CEAC Av. Bosque da Saúde, 888 Edifício Saúde, 2º Andar - Sala 25 Cuiabá/MT 65 2136-4788 | 65 99201-1230

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Guia médico

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

Dr. Marlus Andrade Dias

Dr. Maurício de Araújo Allet

Radiologia e Diagnóstico por Imagem

Ortopedia e Traumatologia

CRM/MT 6985 | RQE 3122

CRM/MT 3513 | RQE 1011

IMEDI Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto Várzea Grande - MT 3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT 65 3314 2400 | 65 99670 3432

Hospital Ortopédico Rua Osório Duque Estrada - 15 Araés Cuiabá/MT 65 3314-1200

Dr. Michel Patrick do Amaral Silva

Dra. Michele Andraus

Cirurgia Plástica

CRM/MT 5758 | RQE 3566

Nefrologia

CRM/MT 4414 | RQE 2714

Instituto Vivan Rua Comandante Costa, 1628, Centro Sul Cuiabá/MT 65 3623-4999 | 65 4104-0175 65 98148-7982

CTR - Clínica de Tratamento Renal Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 3023-2003 | 65 3025-7047

Dra. Naímma Ibrahim Campos Marques

Dr. Osvaldo César Pinto Mendes

Ginecologia e Obstetrícia

Cirurgia Pediátrica | Medicina de Tráfego

CRM/MT 5163 | RQE 2468

CRM/MT 1127 - RQE 544 - RQE 2212

Centro Médico São Mateus Av. Aclimação, 265 - Bosque da Saúde Cuiabá/MT 65 3051-2296 | 98477-9006

CirpedKids - Cirurgia Pediátrica Rua Corumbá, 538 - Hospital Femina Consultório 12 - 1º Andar - Baú Cuiabá/MT 65 2128-9000 | 3322-7587 99973-2112

Dra. Paloma Borges dos Santos Valk

Dra. Patricia N. Hostalácio

Hematologia e Hemoterapia

CRM/MT 5471

Médica

CRM/MT 5725 - RQE 3318 Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701 a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT 65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010 | 65 99903-0610

Clínica Médica do Exercício Físico Rua Traçaia, 262 - Jardim Primavera Cuiabá/MT 65 3052-9790 | 99906-1500

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

15


Guia médico

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

Dr. Paulo Custódio

Dr. Paulo Henrique Petterle

Ortopedia e Traumatologia

Cirurgia Vascular

CRM/MT 1653 | RQE 946

CRM/MT 4332 | RQE 28792

Hospital Ortopédico Rua Osório Duque Estrada - 15 Araés Cuiabá/MT 65 3314-1200

Clínica Petterle Av. São Sebastião, 3161 - Ed. Xingu Business - 1º Andar - Sala 104 - Bairro Quilombo - Cuiabá/MT 65 3023-9680 | 65 99283-2727

Dr. Paulo Márcio Espir da Fonseca

Dr. Paulo Spengler

Ortopedia e Traumatologia CRM/MT 3422 | RQE 907 | TEOT 6473

CRM/MT 3607 | RQE 1214

Hospital Ortopédico Rua Osório Duque Estrada, (próximo a Av. do CPA), 15, Bairro Araés, Cuiabá/MT 65 3314-1200

Hospital Ortopédico Rua Osório Duque Estrada, 15 - Cuiabá/MT 65 3314-1200

Ortoclin Rua 100, Quadra 01, Número 10 Bairro Jardim Imperial, Cuiabá/MT 65 2129-7720

Edifício Santa Rosa Tower Av. Miguel Sutil, 8000 - 9º andar - Sl 906 Cuiabá/MT 65 2127-1300

Dr. Pedro Henry Neto Médico

Dr. Rafael Sodre de A. V. Pereira

CRM/MT 1037 | RQE 2641

Cancerologia | Cancerologia Cirúrgica

Ortopedia e Traumatologia

CRM/MT 6990 - RQE 2794

Hiperbárica Santa Rosa: Hospital Santa Rosa - Rua Adel Malouf, 119 - Santa Rosa- Cuiabá/MT 65 3626-3701 | 3626-3698

Dr. Ricardo Massarolli

Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701 a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT 65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010 | 65 99903-0610

Oftalmologista

Dra. Ritamaris de Arruda Régis

CRM/MT 7337 - RQE 4174

Médica CRM/MT 2995

MedCenter - Tangará da Serra Rua Antônio Hortolani, 327-N - Centro Tangará da Serra/MT 65 3326-0073 | 65 99619-7622

16

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

Imagens Medicina Diagnóstica Avenida das Flores, 553 - Jardim Cuiabá Cuiabá/MT 65 4009-8001 | 65 99249-9026 65 99246-5990


Guia médico

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

Dr. Roberto Candia

Dr. Salvino Teodoro Ribeiro

Cardiologia

Ginecologia e Obstetrícia

CRM/MT 6214 | RQE 2600

CRM/MT 3469 | RQE 1491

IMEDI Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto Várzea Grande - MT 3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT 65 3314 2400 | 65 99670 3432

IMEDI Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto Várzea Grande - MT 3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT 65 3314 2400 | 65 99670 3432

Dra. Sarah de Freitas Novais

Dra. Soraya Rezende Rossie

Reumatologia | Acupuntura CRM/MT 3425 | RQE 1367 - RQE 2254

Infectologista CRM/MT 4314 | RQE 1807

Reumacentro Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT 65 3044-0100 | 65 3054-0100 Consultório Sarah Novais Av. Historiador Rubens de Mendonça, 2368 Cuiabá/MT 65 3052-0094 | 3052-8994

Guardiões - Cuidadores de Pessoas 65 99994-6800

Dra. Sullege Suzuki

Dra. Taísa Morete da Silva

Dermatologista

Reumatologia CRM/MT 8983 | RQE 4125

CRM/MT 4540 - RQE 1352

Espaço Sullege Suzuki Rua João Bento, 170 - Bairro Quilombo, Cuiabá/MT 65 3641-2247 | 65 99231-3366

Reumacentro Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT 65 3044-0100 | 65 3054-0100

Ortopedia e Traumatologia

Dr. Valeriano Luiz da Silva Filho

CRM/MT 9239 | RQE 4008 | TEOT 14472

Pediatria

Dr. Thiago Bonato de Amorim

CRM/MT 4233 | RQE 3538

Centro Médico Hospital São Mateus - Sala 11 - Cuiabá/MT 65 3051-2250 | 65 3051-2184 65 3051-2222

Santa Angela Clínica Pediátrica Rua Júlio Martinez Benevides, s/nº Centro | Tangará da Serra/MT 65 3311-1950

Dr. Victor Albuquerque

Dr. Vinicius Andrade

Cirurgia Plástica

Ortopedia e Traumatologia

CRM/MT 8623 | RQE 3790

CRM/MT 5722 | RQE 3531

Espaço Milano Av. Érico Preza, 500, Jardim Itália Cuiabá/MT 65 3365-5090 | 9 9605-1985

Centro Médico São Mateus Av. Aclimação 135 - Bosque da Saúde Cuiabá/MT 65 3051-2372 | 65 3051-2222 65 99243-8886 (WhatsApp)

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

17


Expediente

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

REVISTA TRIMESTRAL Maio 2019 | ANO 5 | Nº 18 | Cuiabá.MT Editora Lopes e Rampani Ltda - CNPJ 07.986.256/0001-69 Impacto Marketing MT Ltda - EPP - CNPJ 21.366.830/0001-07 ESCRITÓRIOS Umuarama (sede): Rua Paulo Pedrosa de Alencar, 4291 - Ed. Manhattan Garden - CEP: 87501-270 | Centro | Tel.: 44 3622-8270 e-mail: revistasaude@sempresaude.com.br - Cuiabá e Rondonópolis: Rua Barão do Rio Branco, 310 Vila Aurora, CEP: 78740-110 | Centro | Rondonópolis-MT | Tel.: 66 99670-1899 - e-mail: gerenciamt@sempresaude.com.br COLABORADORES

CAPA CUIABÁ

LAYOUT E DIAGRAMAÇÃO: Alison Henrique, André Silva, Bruno Assunção, Dyego Bortoli, Jean Carlos, Marcio Garcia, Thiago Mantovani CORREÇÃO ORTOGRÁFICA: Suellen Barbosa FOTOGRAFIAS: Raphael Moraes - 65. 99293-0068 | Real Collor (Cáceres) 65. 3223-5453 Celso Junior (Tangará da Serra) 65. 99964-4089 | Melissa Caroline Rocha Macedo - 65. 99687-7533 | Lamego Photography - 65 3326-9080 JORNALISTA RESPONSÁVEL: Caio Henrique dos Santos Rosa - 0011175/PR CIRCULAÇÃO: Cuiabá, Várzea Grande, Mirassol do Oeste, Cáceres, Campo Verde, Chapada dos Guimarães, Barra do Bugres, Rosário Oeste, Diamantino, Arenápolis, Tangará da Serra, Nova Mutum e Sapezal.

IPEC - Instituto de Psiquiatria e Estimulação Cerebral Dr. Manoel Vicente de Barros - PSIQUIATRA - CRM/MT 8273 | RQE 4866 Dra. Fabiana Martello - PSICÓLOGA - CRP 18/633 Dra. Cláudia de Ceni Britto - MÉDICA - CRM/MT 9789 Dr. Jonas Lopes - MÉDICO - CRM/MT 9545 Dra. Marcela Martello - MÉDICA - CRM/MT 8978

Foto

Raphael Moraes - 65 99293-0068

FRANQUIAS

CAPA CÁCERES MAC - Diagnósticos Médicos Dra. Joizeanne Pedroso Pires Chaves - MASTOLOGIA - CRM/MT 5145 | RQE 3076 Dr. Marcos Araújo Chaves Jr. - PATOLOGIA - CRM/MT 5770 | RQE 3222

Foto

Talison Neri - 65 99221-6886

Apucarana/Arapongas-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - comercial@sempresaude.com.br - 43. 99611-5553 | 43. 99611-5563 - Araçatuba/Bauru-SP - Anderson Hernandes | Carol Lopes - aracatuba@sempresaude.com.br - 18. 99740-2777 | 18. 99813-7777 - Balneário Camboriú-SC - Paulo Victor Frasson Cordeiro - balneariocamboriu@sempresaude.com.br - 47. 99282-2021 - Boa Vista-RR - Julio Graziani Carlos boavista@sempresaude.com.br - 95. 99169-4071 - Campina Grande-PB - Everton Barros | Victor Lima - campinagrande@sempresaude.com.br - 83. 99988-0372 | 83. 99988-0429 - Campo Mourão-PR - Rafael Morimoto - rafael@sempresaude.com.br - 44. 99911-8081 | 44. 98811-6206 - ChapecóSC - Fábio Bortolone - chapeco@sempresaude.com.br - 49. 99916-5719 - Cianorte-PR - Paulo Paixão | Andreia Gabriel - cianorte@sempresaude.com. br - 44. 99922-0310 | 44. 3346-4050 - Criciúma-SC - José Carlos Junqueira Alvarenga | Sandra Alvarenga - criciuma@sempresaude.com.br - 48. 99912-5253 | 48. 99914-0810 - Cuiabá-MT - Márcio Costa - cuiaba@sempresaude.com.br - 66. 99683-1899 - Florianópolis-SC - Paulo Victor Frasson Cordeiro - floripa@sempresaude.com.br - 48. 99133-3334 | 48. 99610-5357 - Foz do Iguaçu -PR - Rosana Segovia - rosana@sempresaude.com. br - 45. 99991-2500 - Goiânia-GO - Tiago de Souza Brito | Josiane Vicentim - goiania@sempresaude.com.br - 62. 99649-2036 | 62. 98326-2003 - João Pessoa-PB - José Adriano Danhoni Neves | Ednéia Tenório - joaopessoa@sempresaude.com.br - 83. 98750-7070 | 83. 98812-7080 - JoinvilleSC - Ana Paula de Campos | Bruno Bellio - joinville@sempresaude.com.br - 47. 99930-6364 | 47. 99930-7637 - Londrina-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - londrina@sempresaude.com.br - 43. 99611-5553 | 43. 99611-5563 - Macaé/Rio das Ostras-RJ - Andreia Garcia | Paulo Cesar Ceranto - macae@sempresaude.com.br - 22. 98847-5455 | 22. 98842-9166 - Maringá-PR - Paulo Paixão | Andreia Gabriel - paulopaixao@sempresaude. com.br - 44. 99922-0310 | 44. 3346-4050 - Natal-RN - Dirceu Filho - natal@sempresaude.com.br - 83. 98788-7070 - Palmas/Araguaína-TO - Fábio Lima - palmas@sempresaude.com.br - 63. 98503-9960 | 44. 99829-0245 - Paranavaí-PR - Paulo Paixão | Andreia Gabriel - paranavai@sempresaude. com.br - 44. 99922-0310 | 44. 3346-4050 - Ponta Grossa-PR - Sérgio Oliveira | Mara Megda - pontagrossa@sempresaude.com.br - 42. 99987-8180 | 42. 98418-1290 - Porto Velho-RO - Arthur Marandola - portovelho@sempresaude.com.br - 69. 99366-1466 | 69. 99366-1470 - Ribeirão Preto-SP - Eduardo Borges - ribeirao@sempresaude.com.br - 16. 99711-7770 - Rio Verde-GO - Marcelo Piai | Verônica Venâncio - rioverde@sempresaude.com. br - 64. 99625-8105 | 64. 99625-8305 - Rondonópolis-MT - Marcio Costa | Fernanda Lima - rondonopolis@sempresaude.com.br - 66. 99683-1899 | 66. 98139-7824 - São José dos Campos-SP - Marcelo Piai | Verônica Venâncio - sjcampos@sempresaude.com.br - 12. 99625.8005 | 12. 99625-1005 - São José do Rio Preto-SP - Renato Dias Renovato | Kelly Renovato - riopreto@sempresaude.com.br - 17. 99669-1700 | 17. 99669-7771 - Sinop/Sorriso/ Lucas do Rio Verde-MT - Emerson do Carmo | Luiz Carlos Rampani - rampani@sempresaude.com.br - 66. 99994-2442 | 66. 99659-7210 - UberlândiaMG - Wander Marcio Rosada - uberlandia@sempresaude.com.br - 34. 99990-2479 | 34. 99967-1225 - Umuarama-PR - Ueslei Rampani | Marcelo Adriano - revistasaude@sempresaude.com.br - 44. 98407-0698 | 44. 99941-9930 | 44. 3622-8270

DIREÇÃO GERAL

Marcelo Adriano Lopes da Silva

FRANQUEADO DESTA UNIDADE

Marcio Costa

Ueslei Dias Rampani

ENTRE EM CONTATO PARA MATÉRIAS E ANÚNCIOS Você também pode ler esta edição pelo aplicativo: REVISTA SAÚDE OFICIAL

Márcio Costa: 66 99683-1899 Cláudia Guth: 65 99911-4994 cuiaba@sempresaude.com.br

www.rsaude.com.br

Facebook/revistasaudecuiaba

As matérias e imagens veiculadas são de responsabilidade dos seus autores.

18

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Índice

22

Reposição Hormonal e o

44

Seu bebê chora excessivamente?

risco do CA de mama

Calma! A osteopatia pode ajudar

Dra. Naímma Ibrahim Campos Marques

Vanessa C. Zanchi

24

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

O desafio das Doenças Autoimunes

50

22

Angiotomografia Coronariana Roberto Candia

Reumacentro

26

Lesões musculares no

52

Cirurgião Pediátrico Dr. Augusto Aurélio de Carvalho

membro superior

Dr. Osvaldo César Pinto Mendes

28

Dr. Luiz Gonzaga de Figueiredo Filho

ESPECIAL CAPA CUIABÁ

Dr. Luiz Guilherme Baster de Figueiredo

DEPRESSÃO O MAL DO SÉCULO

Transplante e Tratamentos capilar em Mato Grosso Como estamos?

Dr. Manoel Vicente de Barros

54

Dr. Jonas Lopes

Dra. Marcela Martello

Rejuvenescimento Íntimo Monalisa Touch M. Dr. Aires

60

Dor Neuropática Dor do nervo com vida ruim Dr. Aleixo Petrenko

Dra. Sullege Suzuki

62

Dra. Beatriz Formighieri

20

Dr. Fabrício Almeida

64

Artrose de Joelho Tratamento com Ondas de Choque

42

A Rinoplastia pode melhorar a respiração?

Suas bolsas palpebrais incomodam?

Câncer de Mama

+ Viscossuplementação

Dra. Ritamaris de Arruda Régis

Dr. Paulo Márcio Espir da Fonseca

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

40

40

O avanço da tecnologia na dermatologia

34

Dra. Fabiana Martello Dra. Claudia de Ceni Britto

M. Dr. Aires

32

28 34

Para que servem os Rins?

30

26

Dr. Carlos Augusto L. B. Carvalho

Dr. Márcio Moraes

50


Índice

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

52

66

Como é feita a avaliação do sono?

84

Neste exato momento, uma

Dr. Augusto César Taques Saldanha

criança de 3 anos está gritando

Dr. Lucas Bello

“consegui!” pela primeira vez.

70

Ana Carolina Tondolo

Fome Emocional

Dra. Mariana Nascimento

54

ESPECIAL CAPA CÁCERES

72

MAC Diagnósticos Médicos

Câncer de mama em

Referência em Mastologia

mulheres jovens Dr. Luciano Florisbelo da Silva

86

em Cáceres/MT

74

OXIGENOTERAPIA HIPERBÁRICA

Dra. Joizeanne Pedroso Pires Chaves

Tecnologia moderna a

Dr. Marcos Araújo Chaves Jr.

serviço da saúde Dr. Pedro Henry Neto

90

Dra. Jaqueline Caetano

66

70

76

Você tem apelo sexual? Dr. Michel Patrick do Amaral Silva

92

Thelma M. Galindo

Atendimento Fisioterapêutico

Iara Rocha

94

Elizama Beltrão

80

Você sabia que vacinando o seu pet, você protege toda a sua família?

na Med Center

78

O que sua pele tolera? Dr. Juliano Coelho Philippi

78

e Anatomia Patológica

Mudando o olhar Dr. Bernardo c. De figueiredo

Como escolher a Prótese

96

Diástase e Exercício Físico

de Mama ideal

86

Fabi Moraes Dr. Eduardo Sauter

82

Envelhecimento e a necessidade do cuidado! Dra. Soraya Rezende Rossi

98

Hipersensibilidade nos Dentes: O que fazer? Dra. Andressa Carvalho Bianchi

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

21


Foto: Raphael Moraes

Reposição Hormonal e o risco do CA de mama A terapia de reposição hormonal (TRH) pode ser indicada com segurança, para mulheres saudáveis, que apresentam sintomas relacionados a menopausa (principalmente os fogachos ou calorões), com idade menor que 60 anos, que estão na menopausa há menos de 10 anos, e que não possuem nenhuma contra-indicação a essa terapia. DRA.NAÍMMA IBRAHIM CAMPOS MARQUES GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA | CRM/MT 5163 | RQE 2468 • Membro da Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia; • Formada em Medicina pela Universidade de Cuiabá/MT; • Residência em Ginecologia e Obstetrícia Universidade de Cuiabá/MT.

São contraindicações: história de câncer de mama, doença hepática, doença coronariana, tromboembolismo venoso ou infarto prévio. Uma das maiores preocupações das mulheres que desejam fazer a TRH está na associação entre o uso dos hormônios e sua relação com o CA de mama. A partir da publicação de estudos clínicos controlados, em especial, o WHI (WOMENS HEALTH INICIATIVE), as evidências mostraram que a exposição prolongada a altas concentrações de estrogênio e progesterona aumentam o risco de câncer de mama. Por outro lado, a terapia hormonal combinada (estrogênio e progesterona) durante pouco tempo (até 4 anos) não aumentou o risco de câncer de mama significativamente. Apesar de aumentar a densidade mamária e tornar a avaliação mamográfica mais difícil. O uso da TRH com estrogênio apenas (sem a progesterona associada) NÃO au-

mentou o risco de CA de mama no estudo WHI, com duração de quase 6 anos. Porém estudos observacionais sugerem um aumento do risco com o uso prolongado (por mais de 10 anos). No Endocrine Society Guideline Practice, o risco individual atribuído ao CA de mama, em mulheres de 50 anos, estimado através do estudo WHI foi de apenas 3 casos a mais para cada 1.000 pacientes, durante 5 anos de uso de estrogênio conjugado com acetato de medroxiprogesterona. Para 5 anos de uso com estrogênio conjugado (sem a progesterona) o risco estimado foi de 2,5 casos a menos. Sabemos das controvérsias e limitações do estudo descrito WHI e também de vários estudos mais recentes. Portanto, os riscos, benefícios, e tipo de reposição hormonal, devem ser avaliados individualmente para cada paciente, de acordo com o perfil, sintomas, história familiar e patologias associadas.

REFERÊNCIAS: UpToDate R (MARCA REGISTRADA) TOPIC 7392 Version 18.0 - Menopausal Hormone Therapy and the risk of breast cancer.

22

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


O desafio das Doenças

Autoimunes As doenças autoimunes são condições nas quais os nossos anticorpos (células de defesa) não reconhecem partes do nosso corpo como próprio e passam a atacá-los, causando danos em órgãos saudáveis e consequentemente, gerando diversas doenças. Existem mais de 100 tipos de doenças autoimunes, relacionadas entre si tanto por semelhanças quanto por associação simultânea, comprometendo diversos órgãos, como o sistema nervoso, aparelhos digestivo e respiratório, pele, sangue, olhos, articulações, glândulas, entre outros. Em seu conjunto atingem três vezes mais as mulheres que os homens, mas existem doenças, como o lúpus eritematoso sistêmico e a esclerodermia, em que essa proporção é bem maior, sendo uma das dez maiores causas de morte em mulheres com menos de 65 anos. Os sintomas podem ser variáveis e enganadores, apresentando diferentes comportamentos, podendo levar mais tempo para seu reconhecimento, uma vez que diferente de outras patologias, o diagnóstico das doenças autoimunes não é baseado somente em resultados de exames, mas no conjunto dos sintomas dos pacientes, nos sinais clínicos e físicos observados pelo médico durante a consulta e os nos resul24

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

tados de exames laboratoriais e/ou radiológicos.Muitas vezes temos os mesmos resultados de exames em diferentes doenças, e não é raro observarmos mais de uma doença, ou partes delas, num mesmo indivíduo, o que pode gerar muita dificuldade mesmo para médicos experientes. As principais doenças autoimunes da área reumatológica são a Artrite reumatóide, Lúpus eritematoso sistêmico, Esclerodermia, Artrite psoriásica, Espondilite anquilozante, Dermatopolimiosite , Síndrome de sjögren , Síndrome antifosfolípide , etc. Apesar de sua origem não ser bem compreendida e de não existir uma prevenção específica para as doenças autoimunes, atualmente existem vários tratamentos que revolucionaram e melhoraram muito a qualidade de vida e controle da atividade inflamatória dos portadores dessas patologias, como a Terapia Imunobiológica. O segredo de um bom resultado está na identificação precoce de uma doença autoimune e instituição do tratamento o mais breve possível.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Foto: Raphael Moraes

Lesões musculares no membro superior Nos últimos anos houve aumento da incidência das lesões musculares nos membros superiores, principalmente em esportes relacionados à atividade física intensa, como nos praticantes de musculação, além do suposto uso concomitante de esteroides anabólicos. Neste texto vamos tratar de duas lesões frequentes na prática da clínica da cirurgia do ombro e cotovelo. DR. MÁRCIO MORAES ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA CIRURGIA DO OMBRO E COTOVELO CRM/MT 5670 RQE 2064 - TEOT 10722 • Graduado na Faculdade de Medicina de Jundiaí-SP; • Ortopedia e Traumatologia pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP - EPM); • Especialização de Cirurgia do Ombro e Cotovelo pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP EPM); • Aperfeiçoamento em Cirurgia do Ombro em San Antonio, Texas-EUA; • Aperfeiçoamento em Cirurgia do Ombro e Cotovelo na Cleveland Clinic em Cleveland, Ohio, EUA; • Título de Especialista de Ortopedia e Traumatologia • Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia de Ombro e Cotovelo; • Membro Internacional da Academia Americana dos Cirurgiões Ortopédicos.

26

A lesão do tendão peitoral maior possui como mais frequente o mecanismo de lesão indireto, sendo mais comum nos atletas, tal como ocorre no levantamento de peso durante o exercício conhecido como supino. Alguns estudos demonstraram que na posição do exercício de supino, quando as fibras inferiores são estiradas em contração excêntrica, durante os últimos graus de extensão, ocorre a predisposição e lesão na junção miotendínea ou na inserção tendínea no córtex umeral. Geralmente, os atletas que visam a hipertrofia muscular realizam levantamento com sobrecarga de peso e poucas repetições. O mecanismo direto está relacionado a esportes de contato, sendo comum na prática esportiva do jiu-jitsu, afetando principalmente as fibras musculares. Clinicamente, o atleta pode apresentar dor, equimose e edema na região anterior do ombro e tórax, com limitação de movimento. A ressonância magnética deve ser utilizada com o objetivo de definir o local e a extensão da lesão. As lesões completas nos atletas e indivíduos ativos apresentam melhores resultados quando tratadas cirurgicamente. As rupturas do tendão do bíceps distal representam 3% das rupturas bicipitais. Acometem preferencialmente homens na quinta e sexta década de vida, ocorrem em sua maior parte no membro dominante, devido principalmente a um mecanismo de trauma por contração excêntrica do bíceps com cotovelo flexionado. A avaliação diagnóstica da lesão aguda do bíceps distal é iniciada através da anamnese e do exame físico. Entretanto, confirmamos a ruptura completa, bem como o grau de retração do coto tendíneo, e a presença de lesões associadas por meio dos exames complementares. A ressonância magnética é considerada o método padrão ouro para o diagnóstico definitivo, auxilia o planejamento cirúrgico e descarta lesões associadas. O tratamento conservador resulta em déficit de força, apresentando perda de força de supinação de aproximadamente 40% e de flexão de 30%, além de restrições para

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

as atividades da vida diária. Dessa forma, o tratamento não cirúrgico fica reservado para pacientes sem condições clínicas, para cirurgia e pacientes idosos de baixa demanda funcional. A conduta de escolha e o tratamento cirúrgico o mais precoce possível por permitir a recuperação e mobilização do tendão do bíceps distal retraído e, com isso, possibilitar a fixação anatômica do tendão na tuberosidade radial. Nesse texto abordamos essas duas lesões, mas existem outras lesões musculares no ombro e cotovelo que estão relacionadas a atividade física. Havendo algum sintoma, o ideal é procurar a avaliação médica especializada.

Clinicamente, o atleta pode apresentar dor, equimose e edema na região anterior do ombro e tórax, com limitação de movimento.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Foto: Raphael Moraes

Para que servem os Rins? Entre as inúmeras funções do rim, salientam-se as seguintes: • O rim é responsável pela eliminação dos resíduos tóxicos produzidos pelo nosso organismo como a ureia e o ácido úrico. É a sua função de filtração, de limpeza ou de depuração;

DR. LUIZ GONZAGA DE FIGUEIREDO FILHO NEFROLOGIA CRM/MT 6180 - RQE 3211

• O rim controla o volume do organismo, eliminando ou conservando os líquidos. Por exemplo, qualquer excesso de água no corpo é eliminado pela urina; é o chamado efeito diurético; • O rim exerce controle sobre os sais de nosso corpo, eliminando os seus excessos ou poupando-os nas situações de carência;

Foto: Raphael Moraes

• A partir do controle do volume (líquidos) e dos sais, ele exerce grande influência sobre a pressão arterial e venosa do nosso organismo; O rim produz e secreta hormônios como a eritropoetina, vitamina D e a renina. A eritropoetina interfere na produção dos glóbulos vermelhos e a sua falta pode levar a uma anemia de difícil tratamento. A vitamina D, calciferol, controla a absorção intestinal de cálcio. E a renina, junto com a aldosterona, controla o volume dos líquidos e a pressão arterial de nosso organismo. Assim, os rins regulam a pressão arterial, filtram o sangue, eliminam as toxinas, controlam a água e o sal no corpo, produzem hormônios e eliminam os excessos de medicamentos e outras substâncias ingeridas.

DR. LUIZ GUILHERME BASTER DE FIGUEIREDO NEFROLOGIA CRM/MT 5552 | RQE 2022

Quando procurar um Nefrologista? Deve-se procurar um nefrologista quando algum desses sintomas, abaixo relacionados, ou sinais de alterações de doenças renais estiverem presentes, ou se tiver familiares com doença renal, hipertensão, diabetes, cálculos e cistos renais, ou quando tiver alguma dúvida sobre esses sintomas e sinais:

• Micção alterada, por um jato fino, difícil e/ou sem força; quando a micção é acompanhada de dor, ardência, aumento da frequência ou mau cheiro. Levantar-se muitas vezes à noite para urinar sem razão, como por excesso de ingestão de líquidos; • Quando a urina apresenta coloração diferente do amarelo claro, por exemplo escura como coca-cola, sanguinolenta ou amarelo muito escuro ou quando ao urinar surgir grande quantidade de espuma; • Exame de urina que apresentar proteínas, sangue, glicose, pus, cilindros e bactérias; • Inchaço (edema) de mãos, pés ou olhos; • Dor lombar, com urina escura ou sanguinolenta. Dor em cólica com ou sem eliminação de cálculo. Dor permanente, sem modificações, nos flancos; • Pressão arterial elevada; • Palidez exagerada (cor de palha de trigo) ou anemia que não responde ao uso de medicamentos com ferro; • História de doença renal familiar. Exemplo: Rim policístico, cálculo renal, etc; • Todo portador de diabete mellitus com mais de 5 anos de evolução; • Portador de doenças colágeno, artrites (gota), lupus; • Exame de sangue com taxas altas de creatinina, ureia, ácido úrico, fósforo e cálcio; • Ecografia ou radiologia ocasional que mostre rins aumentados ou diminuídos, presença de cálculos, tumores ou cistos.

O rim produz e secreta hormônios como a eritropoetina, vitamina D e a renina. A eritropoetina interfere na produção dos glóbulos vermelhos e a sua falta pode levar a uma anemia de difícil tratamento.

28

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Transplante e tratamentos capilar em Mato Grosso Como estamos? A Calvície tem aumentado na população mundial acometendo cerca de 60% dos homens e 40% das mulheres.

M. DR. AIRES MÉDICO - CRM/MT 4000

Hoje Mato Grosso pode se orgulhar de ser um centro com capacidade técnica para realizar aqui um transplante com a mesma qualidade e satisfação que qualquer centro médico do país e porque não dizer do mundo? Tendo em vista que são inúmeros pacientes que vem a Cuiabá e até de outros países procurando um transplante FUE para recuperar aqui sua autoestima. A Aires Capilar vai além da simples colocação de fios, pois entende que a calvície é um processo, e muitos transplantados voltam a ficar calvos se não tratarem a causa e já não possuirão área doadora de fios para um próximo transplante. Por isso a responsabilidade de fazer o transplante e acompanhar os pacientes após é tão importante quanto a cirurgia em si. A Clínica em seu departamento Capilar trás para 2019 novos tratamentos, fruto de sua longa experiência médica e recentes participações em congressos mundiais de estética e terapia capilar, inclusive este ano o Dr. Aires esteve ministrando aulas sobre transplante capilar em SP em importante congresso nacional. Os tratamentos são tão importantes que nem todos pacientes necessitam de transplante, muitos apenas tratando já consegue ótimos resultados. As novidades então são: Tratamentos Tópicos e Orais: Além dos novos medicamentos, surgiram também novas formas de aplicação, como os SmartPen® . SmartRoller ® dispostitivos de aplicação que permite os fármacos passarem diretamente para camada profunda da pele. Uma vez lá onde os pêlos estão doentes os remédios promovem crescimento destes. Tratamentos Capilares: • MesoHair capilar Muito eficaz em homens e mulheres, estas microinjeções permitem aplicar as substâncias diretamente na raiz dos cabelos, bloqueando a morte acelerada dos fios e fazendo-os crescer novamente.

30

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

• LED HAIR - Laser de baixa intensidade. Por mecanismo de fotobioestimulação o Laser tem ação anti-inflamatória e vasodiladora, é excelente para casos de calvície causados por estresse e casos genéticos. Ele faz parte da novidades deste ano e foi fruto das pesquisas do Dr. Aires no último Congresso Americano de Dermatologia (AAD 2019 ) e já foi adquirido pela clínica. • Transplante Imediato Capilar Fue-Ticap®: É uma nova técnica (FUE) de obtenção individual dos fios da área doadora, sem necessidade de cirurgia. Os cabelos para o transplante são selecionados e extraídos fio a fio, usando recursos de realidade aumentada com potentes aparelhos de microscopia óptica. A técnica requer normalmente afastamento de um dia do serviço e o paciente já sai com todos os fios transplantados na área calva, na área doadora eles voltam a crescer normalmente e é quase impossível hoje reconhecer quando o paciente faz. O FUE esta indicado para qualquer grau de calvície, deixando resultados naturais e com rápida recuperação.

Vantagens do Transplante Imediato Capilar TICAP-FUE ® Cuiabá • Não deixa uma cicatriz linear na área posterior possibilitando o uso de cabelos bem curtos após a cirurgia. • Maior adesão pelos pacientes. • Perfil de implante compatível com o homem brasileiro. • Acompanhamento local e tratamento da causa. • Alta cobertura capilar numa única sessão. • Sem efeito “cabelo boneca”. • Naturalidade na distribuição dos fios. • Recuperação pós-operatória mais rápida. • Capacitação técnica constante de toda equipe fora do país.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Rejuvenescimento

Monalisa Touch

Íntimo

Todas as mulheres passam por modificações em seu corpo com o decorrer da idade. O envelhecimento ocorre em todas as partes do corpo. Na região íntima ocorre a chamada atrofia vulvovaginal, caracterizada por:

• Secura vaginal; • Estímulo frequente para urinar; • Diminuição do tônus e prazer vaginal; • Coceira e ardor na área intima; • Falta de lubrificação e dor durante o ato sexual; • Alteração do PH vaginal com consequente mudança do odor e sabor vaginal. Muitas vezes por falta de informação ou até mesmo vergonha, muitas mulheres perdem a qualidade de vida sexual e urinária por não realizarem o tratamento específico para esses sintomas. Monalisa Touch® é um tratamento feito com o laser de CO2 fracionado desenvolvido pela marca italiana Deka especificamente para a intimidade da mulher. Ele é realizado na mucosa vaginal interna quanto na região genital externa como: clitóris, grandes e pequenos lábios. O procedimento é conhecido como Rejuvenescimento Íntimo por promover o estímulo do colágeno e de fibras elásticas que, por sua vez, promovem a melhora da hidratação, vascularização e dos tônus da mucosa vaginal, além de clarear a região perineal. Normalmente são recomendadas 3 ou 4 sessões mensais e repetidas quando a paciente julgar necessária. O número de sessões pode variar de acordo com o grau de atrofia vaginal a ser tratada. O procedimento é realizado na clínica exclusivamente por profissional médico habilitado e não tem cortes ou afastamento do serviço.

Após o tratamento com Monalisa Touch® podem ser observadas vários benefícios como: • Clareamento e tratamento da flacidez da região genital. • Melhora da contração vaginal e consequentemente do prazer do casal. • Melhora dos sintomas de incontinência urinária leve, decorrente do envelhecimento natural, partos normais e alterações de peso. • Oferece uma nova opção de tratamento aquelas mulheres que não desejam de forma alguma fazer a perineoplastia. • Controle da urgência e incontinência urinária. • Melhora da hidratação e do tônus vaginal. • Tratamento da dor e ardência na relação. Com o Monalisa Touch® ocorre na maioria das vezes melhora da qualidade de vida sexual, da auto-estima da mulher.

Muitas vezes por falta de informação ou até mesmo vergonha, muitas mulheres perdem a qualidade de vida sexual e urinária por não realizarem o tratamento específico para esses sintomas.

32

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Dor Neuropática

Dor do nervo com vida ruim Texto: Dr. Aleixo Petrenko

Certos problemas de saúde são graves por causa da dificuldade de diagnóstico e tratamento e pela maneira como interferem na qualidade de vida de quem convive com eles. É o caso da dor neuropática, um desconforto de alto grau, crônico, que não tem ligação com feridas, etc. O problema é presença constante e afeta o dia-a-dia das pessoas que sofrem dele de diversas maneiras. “É bastante debilitante por fazer com que a pessoa sinta diferentes sensações de dor, além de causar dificuldades para responder aos tratamentos. Para que se tenha uma ideia da gravidade do problema, basta ver a posição que ele ocupa no sistema utilizado para medir a dor. “Usamos uma escala que vai de 0, onde não existe nenhuma dor, até 10, quando é insuportável. A dor neuropática fica próxima dos 10”. O exame clínico é fundamental para identificar os dermátomos acometidos, descobrindo quais sítios neurológicos estão danificados. A eletroneuromiografia mostra acometimentos periféricos (importante nos diabéticos), a ressonância magnética e tomografia computadorizada são úteis para descartar patologias da medula espinhal. A grande maioria dos pacientes relata dor espontânea e somente a minoria relata dor somente após algum estímulo. Em história clínica detalhada podemos verificar que normalmente a dor é contínua e só a intensidade dela é que varia. Exceção é a neuralgia trigeminal e glossofaríngea que caracteristicamente são paroxísticas com duração de poucos segundos e frequência altíssima. A avaliação por um médico que atua na área é fundamental para o tratamento correto pois o não tratamento adequado pode deixar sequelas sem possibilidade de cura. 34

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Foto: George Dias

Suas bolsas palpebrais incomodam? A blefaroplastia é um tratamento cirúrgico realizado na região das pálpebras superiores e inferiores com o intuito de retirar a sobra de pele e gordura da região. Para isso, durante a técnica, são retirados e eliminados os excessos de pele e capa adiposa para rejuvenescer a área em torno dos olhos.

DRA. BEATRIZ FORMIGHIERI CRM/MT 7270 CIRURGIA PLÁSTICA - RQE 2902 CRM/SP 141293 CIRURGIA PLÁSTICA - RQE 39424 • Graduação em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná- PUCPR; • Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário Cajuru - Curitiba –PR; • Especialização em Cirurgia Geral Avançada pelo Hospital Universitário Cajuru - Curitiba – PR; • Residência Médica em Cirurgia Plástica no Serviço de Cirurgia Plástica Oswaldo Cruz-MandaquiSão Paulo- SP; • Membro Associado da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP); • Título de Especialista pela SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) e AMB ( Associação Médica Brasileira); • Membro Internacional da ISAPS (Internacional Society of Aesthetic Plastic Surgery); • Fellow em Cirurgia de Contorno Corporal Pós Grandes Perdas Ponderais pela Universidade da Califórnia, USA, Irvine; • MBA Executivo em Gestão de Saúde com Ênfase em Clínicas e Hospitais pela Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP).

Essa cirurgia é recomendada para pessoas que apresentam bolsas de gordura na região, ptose, que significa queda das pálpebras superiores por conta do excesso de pele, e queda da pálpebra por causas musculares. Além disso, esse procedimento pode tratar também o ectrópio palpebral, que é a eversão da pálpebra inferior. A técnica pode ser feita com anestesia local e sedação ou anestesia geral. Os locais onde serão retirados os excessos de

pele e gordura são marcados e retirados com um bisturi. O procedimento dura, em média, de uma hora e meia a duas horas. O procedimento é feito no hospital e o paciente é liberado no mesmo dia. A cirurgia deixa uma cicatriz discreta, pois fica localizada exatamente na dobra da pálpebra superior e bem embaixo dos cílios inferiores. O aparecimento de queloides é raro nesta região, porém, pode acontecer.

A cirurgia deixa uma cicatriz discreta, pois fica localizada exatamente na dobra da pálpebra superior e bem embaixo dos cílios inferiores.

40

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Câncer de Mama O Câncer de mama resulta do crescimento desordenado de células com potencial invasivo, que se dá a partir de alterações genéticas (hereditárias ou adquiridas). Existem vários tipos de câncer de mama, sendo que alguns evoluem de forma rápida e outros são menos agressivos. Segundo dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer), estima-se 59.700 casos novos de câncer de mama no biênio de 2018/2019.

DRA. RITAMARIS DE ARRUDA RÉGIS MÉDICA CRM/MT 2995 • Radiologista especialista em Diagnósticos Mamários; • Revisora do Medicine Journal em Imagens Mamárias; • Fellowship em Breast Imaging no Johns Hopkins Hospital- Baltimore - 2014; • Fellowship em Breast Imaging no BWH - Harvard 2016; • Fellowship in Breast Imaging na Università Degli Studi Di TorinoTurim 2018; • Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT; • Residência em Radiologia e Diagnóstico por Imagem - HUJM; • Título de Especialista em Radiologia e Diagnóstico por Imagem pelo Colégio Brasileiro de Radiologia; • Atuação Profissional em Radiologia e Diagnóstico Por Imagem.

É o câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil (depois do câncer de pele não melanoma), respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. É a 1ª causa principal de morte por câncer da mulher no Brasil (INCA) e a chance de sobrevida depende diretamente do estágio em que se é detectado, se no início, o índice de sobrevida em 5 anos é maior que 95%. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando 1% do total de casos da doença. Múltiplos fatores estão envolvidos na etiologia do câncer de mama. Segundo a American Cancer Society, considera-se que o grupo de risco está relacionado a história familiar de câncer de mama ou ovário (com idade menor que 50 anos), fator genético (mutação de Gene BRCA 1 e 2), idade da primeira menstruação abaixo de 12 anos (menarca precoce), menopausa após 55 anos de idade, mulheres que nunca engravidaram ou nunca tiveram filhos (nulíparas), primeira gravidez após os 30 anos, uso de alguns tipos de hormônios anticoncepcionais e de reposição na menopausa especialmente por tempo muito prolongado, exposição a radiação ionizante (radioterapia, por exemplo), consumo de bebida alcoólica, dieta hipercalórica e sedentarismo. Entretanto, a presença de um ou mais destes fatores não significa que a mulher

necessariamente terá a doença. Os sintomas podem ser variáveis e a mulher deve estar atenta a qualquer sinal diferente como retração ou saliência na pele, qualquer retração do mamilo, ferida no mamilo que não cicatriza, nodulação na mama, saída de secreção pelo mamilo (fora do período da lactação), endurecimento da mama ou da axila. A SBM (Sociedade Brasileira de Mastologia) recomenda fazer mamografia anual após os 40 anos de idade. Mas se a mulher estiver dentro do grupo de alto risco ela deve começar entre 30-35 anos de idade esse rastreamento. Com a evolução tecnológica, houve um aprimoramento dos mamógrafos com a aquisição da Mamografia 3D (Tomossíntese), uma avançada aplicação da mamografia digital que possibilita uma maior sensibilidade no exame. Além da mamografia 3D, existem outros métodos de exames realizados para diagnósticos mamários: • Ultrassonografia Mamária • Ressonância Magnética Mamária • Biópsia de mama Diante deste arsenal de exames radiológicos, há um crescente aumento no diagnóstico precoce do câncer de mama, melhorando as taxas de sobrevida, cirurgias menos mutilantes e maior qualidade de vida para a mulher.

Recomendações para rastreamento: Realizar o autoexame mensalmente; Consultar com ginecologista anualmente; Fazer a mamografia anual.

42

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


CONHEÇA NOSSA NOVA UNIDADE

JARDIM DAS AMÉRICAS

Mais uma opção para realizar seus exames de Ressonância Nuclear Magnética e Tomografia Computadorizada, com conforto e atendimento humanizado, nossa marca registrada.

Endereço

Av. Haiti, 282, Centro Comercial América Golden Jardim das Américas

Informações (65) 4009-8000 Agendamentos (65) 4009-8001

www.imagenscuiaba.com.br Diretor Técnico Médico: Dr. Roberto Luis Marques de Freitas | CRM/MT 2936 - RQE 587

Ver você feliz, nossa melhor imagem.


Seu bebê chora excessivamente? Calma! A osteopatia pode ajudar Um choro inconsolável. Um corpinho todo se contorcendo de dor. A sensação de impotência dos pais é terrível e o desespero acaba surgindo. Mas sempre há uma solução, diz a Dra Vanessa C. Zanchi.

Mesmo um corpinho tão frágil já tem sua complexidade e sua capacidade de se reorganizar, se equilibrar e se ajustar para sentir-se melhor.

44

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

Para avaliar de forma integral esse ser tão delicado e cheio de mistérios existe o Osteopata, que com toques suaves, é capaz de sentir, detectar e corrigir alterações estruturais, membranosas, sistêmicas e fluídicas, ajustando de forma natural seu organismo. O Osteopata Pediátrico trata de problemas relacionados à amamentação (dificuldade na sucção/abertura da boca), refluxo, cólicas, intestino preso, torcicolo congênito, irritabilidade, choro excessivo, alterações do sono e assimetrias cranianas. Mesmo um corpinho tão frágil já tem sua complexidade e sua capacidade de se reorganizar, se equilibrar e se ajustar para sentir-se melhor. Por isso, a osteopatia pediátrica é um caminho natural, possível e bem-vindo para os bebês. Converse com seu Pediatra, a Osteopatia aliada ao tratamento clínico pediátrico pode ser a peça que faltava no seu quebra-cabeça. Agende uma avaliação para seu bebê!


Foto: RaphaelMoraes

Angiotomografia Coronariana De acordo com dados do Ministério da Saúde somente no ano passado mais de 300000 pessoas morreram em decorrência de doenças relacionadas ao coração, e ocorreram quase 100000 infartos. ROBERTO CANDIA MÉDICO CARDIOLOGISTA CRM/MT 6214 - RQE 2600 • Especialista em Tomografia e Ressonância Cardíaca; • Cardiologista pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia; • Doutorado em Cardiologia pela USP; • Atual presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia de Mato Grosso.

50

A prevenção, a mudança do estilo de vida com dietas e pratica de atividade física são extremamente importantes para se reduzir o aparecimento das doenças cardiovasculares. Outro fator importante é o diagnóstico precoce pois permite que o tratamento, seja medicamentoso ou com mudança do estilo de vida, reduza o número de mortes. A angiotomografia coronariana é um exame que permite a avaliação das artérias coronárias, de maneira rápida, não invasiva e sem necessidade de internação hospitalar. É necessário para a realização do exame um jejum de 4 horas o exame tem duração em torno de 15 minutos e, após o procedimento, o paciente poderá realizar as suas atividades normalmente. Uma de suas grandes vantagens é que ela permite a detecção das placas ateroscleróticas, que são as placas de gordura que levam ao entupimento dos vasos sanguíneos, na sua fase inicial mesmo em casos de obstruções pequenas. O que possibilita que o médico que solicitou o exame prescreva medicações que possam reduzir ou diminuir a velocidade de crescimento destas placas.

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

A angiotomografia é realizada em duas etapas: 1 A primeira etapa as imagens do coração são feitas sem contraste, aonde é feito um somatório da quantidade de cálcio nas artérias coronárias. A avaliação feita nesta etapa é considerada como o melhor exame para se classificar o risco cardiovascular; 2 Na segunda etapa, quando é injetado o contraste, são realizadas as imagens do coração em 3 dimensões, permitindo a identificação e quantificação das placas ateroscleróticas. Em um estudo recente apresentado no Congresso Europeu de Cardiologia e, publicado simultaneamente em uma das mais importantes revistas médicas científicas do mundo, mostrou que a utilização da angiotomografia na rotina diagnóstica de um paciente com dor no peito estável, de baixo a intermediário risco, reduziu em quase 40% os casos de morte por infarto nesta população. A angiotomografia coronariana é realizada no Imedi desde 2010, os exames são realizados em um tomógrafo moderno de 128 canais, (que permite a aquisição de imagens milimétricas de maneira mais rápida), com melhor qualidade das imagens e com protocolo de redução de radiação, que permite uma dose até 83% mais baixa que a realizada em aparelhos semelhantes.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Foto: Melissa Rocha

Cirurgião Pediátrico O Cirurgião Pediátrico é um cirurgião treinado e habilitado para lidar com as doenças congênitas, que são aquelas que ocorrem durante a formação do bebê, podendo ocorrer durante toda a formação do embrião. Como a grande maioria das patologias, sempre que diagnosticadas e tratadas precocemente o resultado é positivo e as consequências podem ser minimizadas ou até mesmo evitadas. DR. AUGUSTO AURÉLIO DE CARVALHO CRM/MT 1578 CIRURGIA PEDIÁTRICA - RQE 189 MEDICINA LEGAL E PERÍCIA MÉDICA - RQE 444

Foto: Melissa Rocha

• Membro Titular da Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica; • Mestre FOP/UNICAMP; • Membro Fundador da Academia de Medicina de Mato Grosso; • Supervisor de Internato Faculdade de Medicina Univag.

DR. CARLOS AUGUSTO L. B. CARVALHO CRM/MT 4897 CIRURGIA GERAL - RQE 2460 CIRURGIA PEDIÁTRICA - RQE 2566

Foto: Gilberto Galdino

• Especialista em Cirurgia Pediátrica (CIPE) e Videocirurgia (SOBRACIL); • Mestre em Ciências da Saúde pela UFMT; • Professor da Faculdade de Medicina da UNIVAG.

DR. OSVALDO CÉSAR PINTO MENDES CRM/MT 1127 CIRURGIA PEDIÁTRICA - RQE 544 MEDICINA DE TRÁFEGO - RQE 2212 • Residência Médica em Cirurgia Pediátrica no Hospital Souza Aguiar/ RJ; • Professor Faculdade de Medicina Univag.

52

Dentre as inúmeras doenças congênitas, a criptorquidia se caracteriza pela ausência de testículo na bolsa testicular (saquinho), sendo mais frequente do lado direito porém podendo ocorrer dos dois lados. Sua incidência é cerca de 3% das meninos que nascem a termo (entre 38 e 42 semanas ) e 21% nos meninos pré termo (nascidos antes de 38 semanas), portanto é uma doença com uma prevalência importante nas crianças do sexo masculino. O testículo é formado abaixo do rim (dentro do abdome) por volta da 7ª semana após a fecundação; durante o desenvolvimento fetal ele migra para a bolsa estimulado por diversos fatores e por volta da 34ª semana já está fixado na sua posição final, dentro da bolsa testicular. Os testículos devem ficar na bolsa porque a temperatura desta é mais baixa que a temperatura corporal, o que permite o desenvolvimento normal das células testiculares. A criptorquidia ocorre quando por qualquer motivo ocorre a interrupção da descida testicular, ficando este estacionado no canal inguinal (virilha) ou ainda dentro do abdome. Normalmente os pais percebem que o “saquinho” está vazio durante o banho, e o médico faz esta confirmação durante o exame clínico, observando a bolsa testicular vazia, em geral atrofiada e palpando o testículo fora do seu habitat. Em geral não são necessários exames complementares, como o Ultra-som, para o diagnóstico. Quando diagnosticada, a criptorquidia tem indicação cirúrgica a partir dos seis meses de idade (idade ideal para cirurgia: 6-12 meses), porque a partir de um ano o fato de não estar em local apropriado pode ser nocivo ao desenvolvimento dos mesmos, podendo gerar infertilidade ou predispor a neoplasia testicular no futuro.

Existem duas situações que podem ser confundidas com a criptorquidia, uma delas é o testículo retrátil, em que o testículo fica fora da bolsa temporariamente porém no exame físico o cirurgião consegue colocá-lo na sua posição habitual, neste caso não há indicação cirúrgica - exceto em situações muito específicas; a outra situação é o testículo ectópico onde o mesmo fica fora da região inguinal, por exemplo localizado na coxa ou na lateral do quadril; neste caso o tratamento é semelhante ao da criptorquidia: cirurgia aberta. Bom como toda doença que tem indicação cirúrgica o ideal é nao protelar a abordagem, pois os resultados tem melhorado muito depois que os pacientes começaram a ser operados entre seis meses e um ano (sucesso em torno de 95%); sabe-se que nessa fase a liberação do testiculo é mais fácil e o lactente apresenta pronta recuperação pós-operatória.

Em caso de dúvidas procure um cirurgião pediátrico, a CIRPED Kids possui cirurgiões com larga experiencia no assunto e habilitados para oferecer o melhor tratamento adequado ao seu filho.

A cirurgia tem duas abordagens diferentes: a) Quando o cirurgião consegue palpar o testículo, a cirurgia é feita por uma incisão de aproximadamente 3 cm na região inguinal (cirurgia aberta) e o testículo fixado na bolsa testicular por uma segunda incisão no escroto. b) Quando o testículo não é palpado, o mesmo pode não existir, ser muito pequeno ou estar na cavidade abdominal, então nesse caso a melhor opção é uma videolaparoscopia (colocação de uma câmera no abdome) para localizar o testículo e definir o diagnóstico, e se ele estiver intra-abdominal, a sua colocação na bolsa pode ser feita também por videolaparoscopia.

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


ESPECIALCAPA

DEPRESSÃO

O MAL DO SÉCULO O mundo vive uma epidemia de depressão. No Brasil as estimativas são de que pelo menos 15% da população apresentará algum episódio depressivo durante a vida. Os principais sintomas são tristeza, cansaço, falta de prazer ou interesse nas atividades diárias, isolamento, alterações do sono e do apetite. Todos sabemos que a depressão causa um prejuízo enorme na qualidade de vida da pessoa, como também aumenta o risco de infarto do coração, derrame cerebral, diabetes, enxaqueca, entre outros. A situação mais temida é o suicídio, um risco sempre presente em pacientes deprimidos. Para evitar esse desfecho trágico, não devemos medir esforços no combate à depressão. O tratamento tradicional, baseado em medicações antidepressivas, alivia os sintomas de uma parcela dos pacientes, mas está longe de resolver todos os problemas. O combate efetivo à depressão ainda é um desafio para a medicina. De cada 10 pacientes deprimidos, 4 não apresentam melhora significativa com as medicações. Isso faz com que sejam muito comuns os casos de portadores de depressão que, mesmo após anos de tratamento com várias medicações, continuam apresentando sintomas graves. Mesmo nas pessoas com boa resposta aos remédios, muitos ainda têm que conviver com efeitos colaterais como ganho de peso, dificuldade de concentração e perda da libido. O objetivo do tratamento é sempre a melhora total dos sintomas. Se algumas queixas ainda estão presentes, o tratamento deve ser repensado. 54

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

Tecnologia e segurança no combate à depressão O IPEC - Instituto de Psiquiatria e Estimulação Cerebral - surgiu há quatro anos com o objetivo de trazer para Cuiabá o que há de mais moderno no tratamento da depressão: Estimulação Magnética Transcraniana (EMT). O êxito e a segurança oferecidos pela Estimulação Magnética no tratamento da depressão foram comprovados por dezenas de estudos científicos, levando a técnica ao Nível A de eficácia (o maior nível existente). O procedimento, que não envolve medicações controladas ou antidepressivas, já é utilizado rotineiramente nos mais renomados centros de saúde mental do mundo, principalmente no Canadá - aprovado pela Health Canada em 2002- nos EUA, pelo Food and Drug Administration (FDA) em 2008 e na Europa - Consenso Europeu 2014. No Brasil, centros de referência como o Hospital das Clínicas da USP e o Hospital Sírio-Libanês utilizam a técnica em seus pacientes. O tratamento é indicado aos portadores de depressão, principalmente os que mantêm sintomas após medicações antidepressivas ou que tiveram efeitos colaterais.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


ESPECIALCAPA

COMO FUNCIONA O TRATAMENTO A EMT combate a depressão por meio da estimulação de regiões do cérebro que vinham sendo inibidas pela doença. O estímulo magnético melhora o funcionamento dos neurônios, aumentando a concentração de substâncias como serotonina, dopamina e noradrenalina, cuja falta causa sintomas depressivos, como tristeza, cansaço e desânimo. É importante não confundir Estimulação Magnética Transcraniana com a Eletroconvulsoterapia, vulgarmente conhecido como “eletrochoque”, que consiste em desencadear crises convulsivas no paciente após sedação. São duas técnicas completamente diferentes. Na EMT nada disso acontece. Pelo contrário, os pacientes passam a sessão toda conscientes, totalmente lúcidos, geralmente conversando ou tirando um cochilo. Todas as sessões são acompanhadas por um médico e não há necessidade de levar acompanhante, pois não se usa nenhum tipo de sedativo. Após o fim da sessão o paciente é imediatamente liberado, podendo voltar para casa ou trabalho, dirigindo, se quiser. Em geral, o sono e o desânimo são os primeiros a melhorar. Cada pessoa é avaliada individualmente pelo Dr. Manoel Vicente de Barros. Nesse momento será feito o diagnóstico e definida a estratégia de tratamento. Dependendo do caso, essa estratégia pode envolver a estimulação magnética, medicação ou ambos, além de outras abordagens, como a psicoterapia cognitivo comportamental.

SELETIVIDADE E SEGURANÇA A estimulação magnética age diretamente nas áreas do cérebro afetadas pela depressão, sem atingir outros órgãos do corpo, sem induzir interações medicamentosas nem os efeitos colaterais das medicações psiquiátricas. EMT

Medicação Antidepressiva

Praticamente Isenta de Efeitos Colaterais

Risco de sonolência, ganho de peso, perda da libido, dificuldade de concentração, impotência sexual, etc.

Sem risco de interação medicamentosa

Pode interferir com outras medicações utilizadas pelo paciente

CONHEÇA O PROCEDIMENTO

• Através de testes neurofisiológicos é determinado o ponto exato da estimulação; • As sessões duram aproximadamente 30 minutos; • Durante a sessão o paciente fica confortavelmente sentado em uma poltrona, lúcido e consciente, geralmente conversando ou tirando um cochilo, sem qualquer sedativo ou medicação anestésica; • Não é necessária a presença de acompanhante; • Todas as sessões são acompanhadas por um médico; • A frequência das sessões é determinada de forma individualizada.

A resposta ao tratamento pode variar de pessoa para pessoa. rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

55


ESPECIALCAPA

TRATAMENTO RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE

PAÍSES QUE UTILIZAM A ESTIMULAÇÃO MAGNÉTICA TRANSCRANIANA

As técnicas de tratamento da depressão utilizadas no Instituto de Psiquiatria e Estimulação Cerebral (IPEC) seguem os parâmetros do mais importante centro de Estimulação Magnética do mundo, a Universidade de Toronto no Canadá. É um serviço de ponta, com protocolos que são replicados em centros de referência norteamericanos e europeus. O Dr. Manoel Vicente de Barros realizou Observership no Programa de Estimulação Magnética Transcraniana da Universidade de Toronto, onde aperfeiçoou seus conhecimentos nos aspectos técnicos e de segurança da Estimulação Magnética Transcraniana, tendo retornado ao Brasil há 3 meses.

Foi uma experiência inspiradora. É gratificante voltar para Cuiabá e replicar o modelo canadense de tratamento em minha terra natal Dr. Manoel Vicente de Barros

56

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


ESPECIALCAPA


ESPECIALCAPA

A ESTIMULAÇÃO MAGNÉTICA TRANSCRANIANA NO TRATAMENTO DA DEPRESSÃO NO IDOSO Idosos são particularmente vulneráveis à depressão. Nessa população a doença se manifesta de forma diferente do adulto jovem. É comum relatos de esquecimentos, cansaço e piora da concentração serem vistos como características do envelhecimento normal e podem passar despercebidos por familiares e profissionais de saúde. O tratamento convencional, com medicações antidepressivas que podem causar efeitos colaterais até mesmo em pessoas jovens, tem ainda mais impacto sobre a população idosa. Existe maior dificuldade dos rins e fígado metabolizarem essas medicações, podendo haver sobrecarga desses órgãos. Além disso, é comum que idosos façam tratamento para outras doenças (hipertensão, diabetes, osteoporose, etc.) e as diferentes medicações interajam com os antidepressivos, prejudicando ambos tratamentos. Sabemos também que o risco de suicídio é aumentado em idosos com depressão, portanto o tratamento deve ser eficiente, seguro e iniciado o quanto antes.

ALTERNATIVA SEGURA NA GRAVIDEZ E AMAMENTAÇÃO O período da gravidez é naturalmente estressante para as mulheres, de forma que aumenta o risco de transtornos depressivos e ansiosos tanto nesse período quanto após o parto. É fundamental o tratamento rápido dessa doença, que pode prejudicar a saúde tanto da mãe quanto do bebê. A Estimulação Magnética Transcraniana é uma alternativa segura para uso durante a gravidez e amamentação. Como age localmente, não possui risco de passar pela placenta nem pelo leite materno, como as medicações. A melhora efetiva sem uso de medicação controlada é uma possibilidade para a mulher grávida e amamentando tratada com a Estimulação Magnética Transcraniana, podendo a resposta variar caso a caso.

58

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


ESPECIALCAPA

EMT

ESTIMULAÇÃO MAGNÉTICA TRANSCRANIANA • Praticamente isenta de efeitos colaterais • Tratamento não invasivo, não requer anestesia ou sedação • Paciente permanece lúcido e consciente • O tratamento é definido individualmente com cada paciente • Não é preciso interromper o uso de medicação para iniciar a EMT • A melhora do humor, do sono e do desânimo costuma ocorrer de forma rápida, dentro das duas primeiras semanas de tratamento • Segurança durante a gestação e amamentação • Seguro para uso em idosos

O IPEC - INSTITUTO DE PSIQUIATRIA E ESTIMULAÇÃO CEREBRAL Referência no combate à depressão em Mato Grosso. Nossos resultados são fruto da combinação de um competente corpo clínico com a eficácia e segurança da Estimulação Magnética Transcraniana.

Clínica Nossa Senhora das Graças Rua dos Lírios, 525 - Jardim Cuiabá - Cuiabá - MT 65 99628-3207 / 99317-9639 / 65 2127-1275 ipec.med@gmail.com | @dr.manoelvicente | www.ipec.med.br


Foto: RaphaelMoraes

O avanço da tecnologia na dermatologia A dermatologia enfrenta uma nova era, uma “Nova Dermatologia”, uma sociedade de 100 anos de história e evolução. Porém nada evoluiu tanto como a entrada das tecnologias para o dermatologista, e nesse pequeno espaço, vamos falar um pouco sobre os lasers.

DRA. SULLEGE SUZUKI DERMATOLOGISTA CRM/MT 4540 | RQE 1352 • Graduada em Medicina pela UFRR; • Título de Especialista em Dermatologia pela SBD; • Membro profissional do Colégio Brasileiro de Medicina e Cirurgia Estética; • Imersão em alta tecnologia e associações no tratamento íntimo; • Certificado de capacitação no atendimento com técnicas MD Codes; • Certificado em capacitação avançada “international advanced anatomy e surgical training cosmetic dermatology”; • Certificado em treinamento multidisciplinar em anatomia para grandes injetores – Miami; • Várias participações em eventos nacionais e internacionais; • Membro da Academia Americana de Dermatologia; • Participação no Galderma Aesthetic Injector Network (GAIN) + MARC.

Lasers são dispositivos que emitem radiação eletromagnética, e são usados em várias áreas da medicina, na dermatologia eles vieram como um grande arsenal para rejuvenescimento, tratamento de cicatrizes, flacidez de pele entre outros O laser de co2 é usado para pequenas cirurgias, mas também é usado no rejuvenescimento cutâneo tanto no modo normal, em que a pele é atingida de forma uniforme pelo feixe laser, como no modo fraccionado, em que o feixe laser emite radiação como se fosse um chuveiro, isso permite uma recuperação mais rápida do paciente. Mais recentemente surgiram lasers de rejuvenescimento cutâneo que actuam na derme com atingimento mínimo da epiderme. São os chamados sistemas não ablativos. O resultado final é mais lento que os ablativos como o Co2, porém menos agressivos e mais seguros. Os lasers são classificados pelo poder de atingir um alvo, seja ele pigmento (clareamentos, tatuagens), vasos (micro varizes faciais, aspecto avermelhado da pele), ou renovação da área a ser tratada, quanto mais profundo maior poder de rejunescimento, porém não necessariamente melhor poder de clarear. Hoje o dermatologista dispõe de muitos lasers para atingir o melhor resultado para o que seu paciente procura, e na maioria das vezes a união dessas tecnologias é que darão um resultado mais satisfatórios.

Num clima como o nosso, quente e seco, deve-se tomar cuidado com os lasers mais agressivos devido à grande irradiação solar, já que ao trocar essa pele, temos que ter um cuidado redobrado na proteção devido à falta de proteção natural que essa pele se encontra . Na nossa rotina diária, optamos pelos lasers mais leves e mais sessões pela segurança que eles oferecem, explicando ao paciente que o resultado virá mais lentamente, mas em contrapartida sem maiores problemas. Os lasers de tatuagens e manchas são os mais procurados, pois são tecnologia que não emite tanto calor e sim faz uma destruição do pigmento deixando-o mais fácil de ser destruído pelo próprio organismo, são lasers que necessitam de várias sessões (ex: Q-swit). O melhor laser vai depender da indicação e de quem opera essas tecnologias, pois são todos, operadores dependentes exigindo, estudo e treinamento.

Mais recentemente surgiram lasers de rejuvenescimento cutâneo que actuam na derme com atingimento mínimo da epiderme. São os chamados sistemas não ablativos.

60

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Foto: Raphael Moraes

A Rinoplastia pode melhorar a respiração? A rinoplastia é a cirurgia plástica do nariz. Este nome está muito associado a cirurgia que melhora a sua forma e os seus contornos. Além disto, esse procedimento pode melhorar a função nasal, a respiração.

DR. FABRÍCIO ALMEIDA CIRURGIÃO PLÁSTICO CRM/MT 7304 - RQE 2939 • Graduação em Medicina na UFTM (Universidade Federal do Triângulo Mineiro) Uberaba - MG; • Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo; • Residência Médica em Cirurgia Plástica no Hospital SOBRAPAR, em Campinas - SP; • Estágio de Aprimoramento em Cirurgia Craniofacial na UCLA (University of California at Los Angeles), nos Estados Unidos; • Pós-Graduação em Reconstrução de Mama no Hospital Pérola Byington, em São Paulo - SP; • Título de Especialista pela SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), AMB (Associação Médica Brasileira) e MEC (Ministério da Educação e Cultura); • Professor da Faculdade de Medicina da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), em Cuiabá - MT.”

As alterações na forma do nariz podem implicar em obstáculos à passagem de ar. Pacientes com o nariz “torto”, normalmente têm um desvio de septo associado, que pode ser responsável pela obstrução em um dos lados ou até mesmo em ambos. Alguns podem apresentar um fechamento das asas do nariz quando respiram profundamente, impedindo a passagem adequada de ar. O fluxo pode ser ainda dificultado por estreitamentos nas cartilagens da válvula interna do nariz, observados por fora como um “pinçamento” no dorso, logo acima da ponta.

Outras alterações da função nasal não estão relacionadas a sua forma, mas podem ser corrigidas durante este procedimento, por exemplo o aumento dos cornetos, conhecido como “carne esponjosa”, e a presença de pólipos. Desta maneira percebemos que a rinoplastia é muito mais que um instrumento de resgate a autoestima. É uma possibilidade de melhora da qualidade de vida. Além de intensificar a harmonia facial, pode restaurar algo essencial à vida, a respiração.

A rinoplastia é muito mais que um instrumento de resgate a autoestima. É uma possibilidade de melhora da qualidade de vida.

62

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Foto: Mellissa Rocha

Artrose de Joelho Tratamento com Ondas de Choque + Viscossuplementação A artrose, conhecida também como osteoartrose ou ostetoartrite, é uma doença de caráter inflamatório e degenerativo das articulações (juntas) do organismo que ocorre em função do desgaste das cartilagens que revestem as extremidades ósseas. Além de causar dor, pode levar a deformidades. DR. PAULO MÁRCIO ESPIR DA FONSECA ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA CRM/MT 3422 TEOT 6473 – RQE 907 • Especialista Membro Titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT); • Membro Titular da Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé (ABTPé); • Membro Titular da Associação Brasileira de Avaliação Óssea, Osteoporose e Osteometabolismo (ABRASSO); Artrose de Joelhos e Patologias da Coluna Vertebral; • Membro da Sociedade Médica de Terapia por Ondas de Choque; • Membro da Sociedade Brasileira para estudo da dor (SBED); • Tratamento da Dor Musculoesquelética Crônica (Fibromialgia, Tendinites, Bursites, “Esporão”); • Atua na Área de Longevidade e Ortogeriatria.

As articulações mais atingidas são as que suportam peso, como a coluna vertebral, os quadris e os joelhos. Quando o assunto é artrose de joelhos, estimativas apontam que mais de 80% das pessoas acima de 75 anos são acometidas pelo problema, que costuma aumentar com a idade. As mulheres têm o dobro de chances de desenvolver a doença, que pode ser classificada como primária (quando não tem uma causa identificável) e secundária (quando há identificação). As causas incluem o excesso de peso e lesões crônicas de menisco e ligamento. A artrose pode ser prevenida com hábitos saudáveis, como controlar o peso, manter uma alimentação variada e equilibrada e mudar de postura com frequência, visando evitar posições que sobrecarreguem as articulações. A prática de exercícios, como caminhar, nadar, pedalar e fazer ginástica a um ritmo moderado, também contribuem para prevenir a doença.

As radiografias simples são indispensáveis para o diagnóstico e classificação das artroses. Outros exames de imagem, como a tomografia computadorizada, a ressonância magnética e o ultrassom auxiliam no diagnóstico diferencial de lesões por outras doenças. Entre as técnicas modernas utilizadas para melhoria da artrose, está o Tratamento por Ondas de Choque (ESWT) associado à viscossuplementação ( Aplicação de Ác. Hialurônico ) . A aplicação de ondas de choque auxilia no controle da dor, promovendo aumento da circulação de células de defesa no local, o que ajuda na melhora do processo inflamatório e restaura parcial ou quase totalmente, a função da articulação doente. A infiltração com Ácido Hialurônico, além de ter um efeito lubrificante na articulação, também possui ação anti-inflamatória e estimula a produção dessa substância pela própria articulação, ajudando no controle da dor e na mobilidade do joelho.

O procedimento é feito com anestesia local, em consultório, e dura cerca de 15 minutos. Trata-se de um procedimento simples, com baixíssimos índices de complicações. Seus efeitos colaterais são raros, bem menores que os de uso de remédios anti-inflamatórios por via oral.

64

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Como é feita a avaliação do sono? Para poder avaliar a qualidade e quantidade de sono, a pessoa passa uma noite inteira numa das suítes da Clínica do Sono.

DR. AUGUSTO CÉSAR TAQUES SALDANHA MEDICINA DO SONO CRM/MT 2559 - RQE 4175

DR. LUCAS BELLO MEDICINA DO SONO

Este exame chama-se POLISSONOGRAFIA e pode ser realizado qualquer dia da semana, incluindo sábados, domingos e feriados. O ambiente da suíte tenta reproduzir o quarto da casa da pessoa para que ela se sinta confortável e segura. São oferecidas as condições ideais para um sono de qualidade. Todas as suítes têm banheiro privativo e o exame pode ser interrompido sempre que o paciente desejar. Avaliação do Sono (Polissonografia) está indicada se você tem: • Ronco; • Engasgos ou paradas respiratórias durante o sono; • Dificuldade para iniciar o sono; • Dificuldade para manter o sono; • Despertares ao longo da noite; • Sensação que não dormiu o suficiente ao despertar pela manhã; • Cansaço ao despertar ou ao longo do dia; • Sono agitado; • Sonolência diurna excessiva; • Dificuldade para leitura, concentração e/ou aprendizado; • Memória prejudicada; • Queda do desempenho profissional, físico ou sexual; • Dor de cabeça pela manhã;

• Movimentos corporais anormais enquanto dorme; • Falta de atenção e/ou acidentes frequentes; • Facilidade para ganhar peso; • Irritabilidade; • Alteração do humor; • Estresse, ansiedade e/ou depressão.

Apneia do Sono é mais comum em: • Homens acima dos 40 anos; • Mulheres após menopausa; • Fumantes; • Obesos; • Diabéticos; • Hipertensos; • Portadores de doenças cardíacas; • Portadores de arritmia cardíaca; • Afrodescendentes; • Descendentes de asiáticos; • Portadores de alterações craniofaciais.

CRM/MT 2572 - RQE 4176

Entenda as diferenças! Ronco Som desagradável observado durante o sono em muitas pessoas. É uma situação comum, mas não é normal. O ruído é produzido pela vibração que a passagem do ar provoca nas estruturas da garganta durante a respiração. O ronco resulta em sérias perturbações para as pessoas mais próximas, dificultando a convivência e, muitas vezes, causando isolamento conjugal e social. Apneia do Sono Interrupção da respiração durante o sono que pode prejudicar a oxigenação do organismo, trazendo graves consequências respiratórias, cardíacas e neurológicas. Muito frequente nas pessoas que roncam, as apneias podem se repetir centenas de vezes durante uma noite, impedindo o sono profundo e reparador porque o cérebro precisa acordar para que a pessoa volte a respirar após cada pausa respiratória. Como esse despertar não é consciente, o portador de Apneia do Sono pensa que dormiu a noite inteira e não entende porque no dia seguinte se sente cansado e sonolento. Insônia Pode ser definida como dificuldade em iniciar e/ou manter o sono ou pela presença de sono não reparador, ou seja, insuficiente para manter uma boa qualidade de alerta e bem-estar físico e mental durante o dia, com o comprometimento consequente do desempenho nas atividades diurnas. 66

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Foto: Raphael Moraes

Fome Emocional Tente se lembrar das suas refeições na última semana. Quantas vezes você estava efetivamente com fome antes de se alimentar? Alguma vez você se percebeu comendo para aliviar a ansiedade? Já iniciou uma comilança por estar com raiva, insônia, ou simplesmente tédio? Essa vontade de comer, em que não há sensação de fome física, é chamada de fome emocional. Ela tem a ver com as nossas necessidades psicológicas, e não com as nossas necessidades biológicas.

DRA. MARIANA NASCIMENTO CLÍNICA MÉDICA | NUTRÓLOGA CRM/MT 4413 RQE 2289 | RQE 2290 • Médica formada pela UFMT; • Residência em Clínica Médica pela Santa Casa de São Paulo; • Residência em Nutrologia pela USP Mestre e Doutoranda em Ciências da Saúde pela UFMT; • Professora da Faculdade de Medicina do Centro Universitário UNIVAG.

As refeições desencadeadas pela fome emocional geram um “prazer imediato” e que alivia, só momentaneamente, sentimentos considerados negativos, como tristeza, angústia e solidão, entre tantos outros. Nessas situações é comum sentir o desejo urgente de comer um alimento específico e, na maioria das vezes, bem calórico, como por exemplo um doce, um hambúrguer, um chocolate ou uma fritura. Além disso, o consumo desse alimento é feito com voracidade e rapidez, sem a possibilidade de usufruir com atenção dos deliciosos sabores que aquele produto poderia oferecer. A sensação é sempre de que aquela porção acabou muito rápido e a gente “nem aproveitou”. A fome emocional nos leva a comer mais, ainda que já estejamos satisfeitos. Só conseguimos parar quando “não cabe mais nada”. Resultado: repetimos, repetimos e repetimos, sem controle, e ainda com a impressão de que nada satisfaz. E não satisfaz mesmo, afinal a verdadeira causa daquele desconforto emocional não foi resolvida. Se você estiver usando a comida para preencher lacunas em sua vida ou para lidar com sentimentos difíceis, saiba que esse hábito é muito mais comum do que você imagina.

Ansiedade

Usar comida para acalmar

Tédio

Comer para fazer alguma coisa

Estresse

Comer para ter alívio

Suborno

“Acabe a tarefa e você ganha algo”

Vazio

Comer por falta de sentido espiritual

Excitação

Comer como algo divertido

Solidão ou falta de amor

Usar comida como companhia

Frustação, raiva

Usar comida como liberação emocional (catarse)

Perdendo as “rédeas”

Comida como válvula de escape de perfeccionismo

Tristeza

Usar comida como consolo

Procrastinação

“Vou fazer depois de comer algo”

Prêmio

“Eu mereço”

Nesse exato momento, tem muita gente tentando aliviar uma emoção negativa, comendo de maneira exagerada. É bastante importante que a fome emocional seja diagnosticada e acompanhada em todos os pacientes que desejam melhorar seus hábitos alimentares. Reconhecer a fome emocional e adquirir um repertório de estratégias individuais para lidar com ela, são habilidades muito trabalhadas no Programa ACOMPANHA, que desenvolvo com pacientes em meu consultório. Trata-se de um Programa de Apoio e Convivência Médica Permanente para Assimilação de Novos Hábitos Alimentares, que se fundamenta na ciência da Nutrição Comportamental e utiliza técnicas de coaching e mindful eating. Se você tem tido frequentes experiências de fome emocional, talvez seja um ótimo momento para iniciar o Programa ACOMPANHA. A cada tentativa de mudar nossos hábitos alimentares, muitos dos desafios que surgem podem ser enfrentados com maior desenvoltura se não estivermos sozinhos. Então, dê o primeiro passo e vamos fazer essa caminhada juntos.

Fonte: Tribole & Resch. The Intuitive Eating Workbook, 2017

70

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Foto: Gilberto Galdino

Câncer de mama em mulheres jovens O câncer de mama representa a segunda neoplasia maligna mais frequente entre as mulheres, apresentando-se atrás apenas da neoplasia de pele, porém é o responsável pelo maior número de óbitos por câncer entre as mulheres no Brasil. Possivelmente, é a neoplasia mais temida pelas mulheres, uma vez que a sua ocorrência causa grande impacto psicológico, funcional e social. DR. LUCIANO FLORISBELO DA SILVA MASTOLOGISTA CRM/MT 4029 - RQE 972 • Médico Assistente Clínica Oncolog; • Médico Assistente Hospital de Câncer Cuiabá.

72

Em pacientes abaixo dos 35 anos de idade, a doença é incomum, consequentemente o diagnóstico necessita de um alto índice de suspeição clínica. Aproximadamente, apenas 6% de todos os casos diagnosticados de câncer de mama ocorrem nessa faixa etária. Alguns estudos demonstraram que a mulher jovem com carcinoma de mama apresenta um pior prognóstico em consequência de uma doença mais avançada no momento do diagnóstico ou devido a divergências na biologia tumoral. Sugere-se que o câncer de mama de início precoce esteja relacionado a diferentes fatores. No Brasil, observa-se aumento tanto da incidência como da morbidade e mortalidade, uma vez que ainda existem inúmeras barreiras que perduram desde o acesso às ações de detecção precoce até às dificuldades de utilização dos recursos diagnósticos e dos tratamentos indicados. Existem diversos fatores de risco relacionados a essa neoplasia, entre os quais: idade, duração da atividade ovariana, hereditariedade, hábitos de vida (tipo de alimentação, consumo de bebida alcoólica e de tabaco), medicamentos (anticoncepcionais, repositores hormonais), localização geográfica. Alterações genéticas também estão relacionadas ao desenvolvimento de câncer de mama principalmente nas pacientes mais jovens, a exemplo das mutações nos genes BRCA1/BRCA2.Observa-se maior taxa de mortalidade e menor sobrevida livre de doença em pacientes jovens quando comparadas às pacientes no período da pós-menopausa. A maior vulnerabilidade de mulheres jovens ao diagnóstico avançado pode ser justificada pela falta de ações de rastreamento e dificuldade de leitura e interpretação dos resultados monográficos devido à alta densidade mamária. Outro fator que pode colaborar é a falsa percepção, por muitos profissionais de saúde, de que mulheres jovens não possuem risco de desenvolver câncer, desvalorizando sinais e sintomas iniciais da doença. O diagnóstico de câncer de mama em mulheres jovens traz grandes desafios, pois essas geralmente encontram-se na sua fase reprodutiva, constituindo família e iniciando sua carreira profissional. O tratamento da doença nesse período da vida pode trazer efeitos negativos sobre a estética, fertilidade e graves implicações psicológicas. Desde que a atriz norte-americana Ange-

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

lina Jolie declarou, em 2013, ter realizado um exame que apontava um risco aumentado de desenvolver câncer de mama, muitas mulheres vêm considerando o teste genético que detecta alterações no DNA que podem levar ao surgimento de tumores malignos como uma espécie de pré-diagnóstico. A hereditariedade um dos fatores de risco para casos de câncer de mama principalmente nas mulheres jovens, mas vale lembrar que a genética familiar representa um percentual baixo de todos os diagnósticos da doença. Vale ressaltar que exames como o realizado por Angelina Jolie indicam uma alteração que aumenta à predisposição ao câncer de mama, mas isso não é um diagnóstico da doença em si. É um indicativo de probabilidade aumentada, que pode ou não se concretizar. O exame é recomendado quando há um histórico familiar de câncer que sugira a possibilidade de mutação genética hereditária. Isso porque a análise se tornará muito mais assertiva. Para se ter uma ideia, em 2017, o Brasil somou 60 mil novos casos de câncer, de mama entre mulheres. Isso quer dizer que de toda a população feminina diagnosticadas com a condição neste ano, em média seis mil contam com um proponente genético importante que poderia ser identificado de maneira precoce diante dos resultados dos estudos de DNA e, eventualmente, até evitado a partir de cirurgia preventiva. Os benefícios são inúmeros, considerando a importância do diagnóstico precoce na luta contra o câncer. Ao identificarmos a presença de mutação em uma paciente com tumor de mama, tornamos muito mais preciso o direcionamento de medidas para detecção dessa mesma mutação em outras gerações da família. É importante que a paciente saiba que não basta ter o desejo de fazer o mapeamento genético. É preciso que um médico geneticista, ou mastologista, seja consultado previamente para que avalie a história familiar e com base nisso, se necessário, gere um pedido médico para realização do exame laboratorial, em casos bem selecionados para realização dos testes genéticos podemos desta forma identifica as mulheres com maior risco de desenvolver o câncer de mama e tomar as medidas necessárias o mais precoce possível.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Foto: Raphael Moraes

OXIGENOTERAPIA HIPERBÁRICA

Tecnologia moderna a serviço da saúde “Um tratamento complementar que acelera a cura de feridas e infecções”.

DR. PEDRO HENRY NETO CRM/MT 1037 – RQE 2641

Oxigenação O Oxigênio Hiperbárico, administrado através de uma Câmara Hiperbárica provoca um “stress oxidativo” que determina uma série de efeitos benéficos no organismo. Provocando uma hiperoxigenação nos diversos tecidos e órgãos, uma série de efeitos terapêuticos se manifestam no organismo, determinando reações que facilitam a cura de diversas doenças. Assim, tecidos ou órgãos que estejam em sofrimento quer pela falta de oxigenação (hipóxia), por traumas, por inflamação, por isquemias (falta de irrigação sanguínea) ou por infecções podem receber tensões maiores de oxigênio, melhorando sua performance e permitindo o restabelecimento de suas funções de forma mais rápida e eficiente.

Reconhecimento O Conselho Federal de Medicina, desde 1995, reconhece o tratamento hiperbárico através da Resolução nº 14 57/95, e recomenda seu uso para as aplicações clínicas constantes no quadro abaixo. Informe-se sobre as demais indicações de uso, as contraindicações e os possíveis efeitos colaterais no site da empresa – www.hiperbaricasantarosa.com.br ou na Sociedade Brasileira de Medicina Hiperbárica www.sbmh. com.br .

TRATO

INÍCIO

INDICAÇÃO

Nº SESSÃO

Doença descompressiva

IMEDIATO

EMERGÊNCIA

CONDIÇÃO

PRINCIPAL

Foto: Raphael Moraes

Resolução CFM 1457/95 – Usos clínicos reconhecidos

Embolia traumática pelo Ar Embolia gasosa Envenenamento por Monóxido de Carbono ou inalação de fumaça

2a5 (95%)

Envenenamento por Cianeto ou derivados cianídricos

IMEDIATO

(CONFORME CONDIÇÕES CLÍNICAS)

Outras infecções necrotizantes de tecidos moles: celulites, fasciites, miosites-(inclui infecção de sítio cirúrgico) Isquemias agudas traumáticas: lesão por esmagamento, síndrome compartimental, reimplantação de extremidades amputadas e outras Vasculites agudas de etiologia alérgica, medicamentosa ou por toxinas biológicas: (aracnídeos, ofídios e insetos)

PLANEJADO

Lesões refratárias: úlceras de pele, pés diabéticos, escaras de decúbito, úlceras por vascullite auto-imune e deiscência de suturas Lesões por radiação: radiodermite, osteoradionecrose e lesões actínicas de mucosa Retalhos ou enxertos comprometidos ou de risco Anemia aguda nos casos de impossibilidade de transfusão sanguínea

Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Hiperbárica

74

10 a 30 (95%)

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

30 a 60 (95%)

Osteomielite IMEDIATO

ADJUVANTE ADJUVANTE

ESPECIAL

CRM/MT 9229

Síndrome de Fournier

Queimaduras térmicas e elétricas

ELETIVO

DRA. JAQUELINE CAETANO

ADJUVANTE

URGÊNCIA

Gangrena gasosa

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17

10 a 40 (95%)


Você tem apelo sexual? A tradução livre da expressão “sex appeal” é “ apelo sexual”, contudo o significado vai muito além do físico como pode parecer

DR. MICHEL PATRICK DO AMARAL SILVA CIRURGIÃO PLÁSTICO CRM/MT 4414 | RQE 2714 • Pós-Graduação em Reconstrução de Mama no Hospital Pérola Byington, em São Paulo - SP; • Pós-Graduação em Dermatocosmiatria na Faculdade de Medicina do ABC, em Santo André - SP; • Título de Especialista pela SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), AMB (Associação Médica Brasileira) e MEC (Ministério da Educação); • Médico Cirurgião Plástico do Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande; • Professor da Faculdade de Medicina da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), em Cuiabá-MT.

Vocês já devem ter visto aquela pessoa que nem é tão bonita assim, mas tem um charme todo especial. É isso que chamamos de sex appeal. É a capacidade que alguém possui de atrair a atenção para ela, de forma enigmática, parecendo até um imã. Em seu livro, Capital Erótico- Pessoas Atraentes São Mais Bem-Sucedidas -A ciência garante, a autora Catherine Hakim desenvolveu uma ousada teoria: a de que pessoas que possuem a mistura de charme, elegância, beleza e sex appeal deveriam usá-lo sem ressalvas para avançar na vida e na carreira. . E o mais interessante de tudo isso é que podemos, com algumas dicas, turbinar essa tão poderosa arma de conquista. A cirurgia plástica pode ajudar em alguns aspectos nessa empreitada, principalmente ajudando na melhora da auto-

estima das pessoas. Sabe-se que com a confiança elevada, o indivíduo consegue se relacionar melhor e defender seu ponto de vista com mais convicção. . Mas nem tudo é beleza. Tem a ver com muito mais. É a somatória de muitas variáveis. O perfume escolhido, a maneira de se vestir, o jeito de olhar, gesticular, até de andar. Mulheres por exemplo gostam de homens inteligentes com uma pitada de humor. Homens já preferem mulheres que tenham na medida certa, um grau médio de neurose. É sério! Tudo muito certinho, também enjoa. . Então para alavancar o seu poder de conquista, saia da inércia e mãos à obra. Cuide do seu visual, sem exageros, mas se você não se achar atraente, quem mais o fará. E aí, como eu posso te ajudar a melhorar o seu sex appeal hoje?

Sex Appeal é a capacidade que alguém possui de atrair a atenção para ela, de forma enigmática, parecendo até um imã.

76

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Foto: Jonathan Souza

Atendimento Fisioterapêutico na Med Center A fisioterapia é a ciência que estuda, diagnostica, previne e recupera pacientes com distúrbios cinéticos funcionais intercorrentes em órgãos e sistemas do corpo humano. IARA ROCHA FISIOTERAPEUTA CREFITO 260970 - F

Foto: Jonathan Souza

• Graduação em Fisioterapia pela Unic - Universidade de Cuiabá; • Formação em Terapia Analgésica Funcional de Ação Rápida - TAFAR (Elo Cursos São Paulo); • Facilitadora da Terapia Quântica - Barra de Access.( Acess Consciousness); • Curso de Pilates Completo(solo, bola, aparelhos) pelo grupo Voll.

ELIZAMA BELTRÃO FISIOTERAPEUTA - CREFITO 260637-F • Graduação em Fisioterapia pela Unic - universaidade de Cuiabá; • Formação em Terapia Analgésica Funcional de Ação Rápida- TAFAR. Elo Cursos - São Paulo; • Formação em Introdução de medicina chinesa: ventosa, moxa e magnetoterapia. Elo Cursos - São Paulo; • Obstetrícia e Uroginecologia Fisioterapia aplicada a saúde do homem e da mulher por Baracho EC - Belo Horizonte; • Tratamento das disfunções sexuais femininas com ênfase em vaginismo e vulvodínia por Faculdade Inspirar - Curitiba.

Na Med Center a Fisioterapeuta Iara Rocha atua na área da fisioterapia ortopédica, que visa tratar disfunções osteomioarticulares e tendíneas resultantes de traumas e fraturas e suas consequências imediatas e tardias, lesões por esforço repetitivos e patologias associadas. São utilizados recursos como eletroterapia, terapia manual e cinesioterapia (movimentos ativos e passivos de caráter terapêutico) na reabilitação do paciente. Indicações: • Entorses; • Contraturas; • Tendinites e bursites; • Pré e pós Operatórios; • Disfunções de Membros Superiores: ombros, cotovelos, punhos e mãos; • Disfunções de Membros Inferiores: quadril, joelhos, tornozelos e pés. Contamos também na Med Center com o atendimento da Fisioterapeuta Elizama Beltrão, que atua na área Pélvica. O assoalho pélvico também conhecido

como períneo, tem como função a sustentação de órgãos importantes como a bexiga, útero ou próstata, intestino, controle de esfíncteres anal e vaginal, desenvolve também um papel importante na relação sexual e durante a gestação é o assoalho pélvico que sustenta o peso do bebê e auxilia na expulsão do mesmo no trabalho de parto. Essa área da fisioterapia atua diretamente na prevenção e tratamento de patologias causadas por disfunções do assoalho pélvico, entre elas: • Anismo; • Incontinência fecal; • Incontinência urinaria; • Prolapsos urogenitais; • Preparação para o parto normal; • Reabilitação perineal pré e pós prostatectomia; • Reabilitação em Uropediatria; • Disfunções sexuais; • Vaginismo; • Vulvodínea; • Dor pélvica crônica; • Síndrome da bexiga dolorosa.

Rua Antônio Hortolani, 327-N, Centro Tangará da Serra/MT 65 3326-0073 | 65 99619-7622

78

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Foto: Raphael Moraes

Como escolher a Prótese de Mama ideal DR. EDUARDO SAUTER CRM/MT 4649 CIRURGIA PLÁSTICA | RQE 3436

1. Inicialmente deve-se observar as características físicas de cada paciente como altura, peso, largura de ombros, tipo de tórax. Muitas vezes um implante de 350ml fica excelente para umas, grande para outras ou até pequeno em determinados casos. 2. Projeção dos implantes e formatos também geram dúvidas. É comum se ouvir que esta ou aquela técnica é melhor, ou ainda, submuscular é melhor que subglândular. Na verdade, existe a técnica que é indicada para determinado caso, pois o que é bom para um determinado corpo nem sempre é bom para outros. Considere as orientações do seu cirurgião. 3. Gosto pessoal é muito importante. Outro aspecto que abordo com minhas pacientes é gosto pessoal, cada uma gosta de uma forma. Tem pacientes que gostam de mamas grandes, marcadas, já outras preferem discretas, naturais. Tentamos ajudar a não se arrependerem depois, e vale lembrar que é mais comum a insatisfação por terem colocado volumes menores do que volumes maiores. 4. Outro caso importante é a flacidez de pele e estrias, pois favorecem uma queda mais rápida da mama. Muitas vezes a paciente deseja volumes maiores para não tirar pele, porém, pode acontecer flacidez precoce mesmo assim. Ouça com atenção as considerações do seu cirurgião plástico, faça a escolha certa e seja muito feliz.

80

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


82

Revista SaĂşde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


INFORME

Neste exato momento, uma criança de 3 anos está gritando “consegui!” pela primeira vez. É por momentos assim que o Kumon acredita que começar desde cedo faz a diferença. Nos primeiros anos de vida, a criança tem uma incrível capacidade de aprendizado. O método aproveita isso de forma leve e natural. O foco não é decorar palavras e contas. O objetivo é fazer com que a criança crie desde cedo familiaridade com números e o gosto pela leitura, o que trará muitas vantagens mais tarde. Iniciando o método na idade pré-escolar, o aluno vai criando gosto pelo aprendizado desde cedo.

Clara, 4 anos. Aluna do Kumon

Kumon Funciona O Kumon está no Brasil há mais de 40 anos, mas é um método que nasceu no Japão e que tem resultados em todo o mundo. O foco do Kumon é descobrir o potencial de cada aluno, ampliando a autoconfiança e sua capacidade de aprender sozinho. Com o Kumon, as crianças desenvolvem habilidades essenciais, como o hábito de estudo e a capacidade de concentração e raciocínio.

Método global eleva a capacidade de aprendizado das crianças brasileiras.

Orientação individualizada, no ponto ideal No Kumon, o orientador analisa as características de cada criança, seu ritmo e sua capacidade. Assim, cada aluno tem um plano e uma programação de estudo feita só para ele, que aprende sem sobrecarga ou estresse. O aluno sente seu avanço e orgulha-se dele. Isso se reflete na escola. A criança avança com mais autonomia e autoconfiança.

Ritmo certo É consequência do ponto ideal. No Kumon nenhum aluno avança de nível sem estar 100% confortável e sem ter absorvido por completo o conteúdo anterior. Não ficam lacunas de aprendizado, que é mais sólido e duradouro.

Avanço além da série escolar O método Kumon não se prende à idade ou série escolar. No Kumon, cada aluno estuda no ponto mais adequado à sua capacidade, podendo avançar além dos conteúdos da sua série escolar. A proposta do método é justamente desenvolver a capacidade de cada um ao limite máximo, mas de forma tranquila e suave. Assim, o aluno passa a ter prazer de aprender.

Material didático O material didático é autoinstrutivo. Por meio de dicas e exemplos, o aluno evolui dos conteúdos simples aos mais complexos, passo a passo, de acordo com sua capacidade e seu ritmo. Os orientadores do Kumon são as pessoas responsáveis por olhar cada aluno individualmente, e atuam como guias para conduzir os alunos a fazerem as próprias descobertas.

Período promocional de isenção de matrícula:

22/4 à 20/06. ANA CAROLINA TONDOLO ORIENTADORA PROPRIETÁRIA

65 3326-2816 MATEMÁTICA - PORTUGUÊS - INGLÊS

84

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

65 99668-7605

Av. Ismael José do Nascimento, 52- N, Centro Tangará da Serra/MT


ESPECIALCAPA

MAC Diagnósticos Médicos

Referência em Mastologia e Anatomia Patológica em Cáceres/MT Especializada em mastologia e anatomia patológica, há cinco anos a MAC Diagnósticos Médicos atende pacientes de Cáceres e região. Com foco no trabalho humanizado e consultas individualizadas, a clínica dispõe do que há de mais avançado na área de saúde, oferecendo serviços rápidos e precisos.

Fruto do sonho de dois universitários em fundar uma empresa altamente especializada, com bases sólidas na ciência, mas sem perder o acolhimento e humanidade nos atendimentos, a clínica se consolida como referência na saúde de Mato Grosso. Com equipe altamente qualificada, liderada pela médica mastologista e ginecologista Joizeanne Pedroso Pires Chaves e pelo patologista Marcos Araújo Chaves Jr. a MAC segue uma trajetória se seriedade e compromisso com seus pacientes. Sob a responsabilidade da médica Joizeanne, o setor de mastologia e ginecologia da Mac dispõe de consultas personalizadas, exames por imagem e biopsia mamária com rapidez e segurança, fatores que contribuem grandemente para o diagnóstico precoce do câncer de mama. Descoberta que potencializa a chance de cura do paciente. A identificação da doença possibilita o tratamento cirúrgico tradicional e oncolplásticos (cirurgia que utiliza técnicas de plásticas para realização de cirurgia oncológica), resultando em um tratamento eficaz, com melhora significativa na auto estima, o que auxiliar positivamente no tratamento e consequente cura dessas pacientes . 86

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

A MAC Diagnósticos Médicos realiza: Exames: • Anatomia Patológica que engloba: Biópisa, peça cirúrgica; • Citopatológico: Citologia convencional papanicolau, citologia em meio líquido, citologia de raspados e líquidos cavitários e punção aspirativa; • Patologia molecular: imuno-histoquímica, captura híbrida e PCR; • Ultrassonografia: ultrassonografia de mama, ultrassonografia de órgãos e estruturas superficiais, ultrassonografia de abdome total, ultrassonografia de próstata, ultrassonografia obstétrica e ginecológica. Procedimentos: • Biópsia de mama; • Punção aspirarativa por agulha fina; • Cirurgia mamária convencional e oncoplástica e estética (realizada no Hospital São Luiz, em Cáceres).

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


ESPECIALCAPA

DRA. JOIZEANNE PEDROSO PIRES CHAVES CRM/MT 5145 | MASTOLOGIA - RQE 3076

DR. MARCOS ARAÚJO CHAVES JR. CRM/MT 5770 | MÉDICO PATOLOGISTA - RQE 3222


ESPECIALCAPA

DRA. JOIZEANNE PEDROSO PIRES CHAVES CRM/MT 5145 - MASTOLOGIA - RQE 3076 • Residência Médica em Ginecologia e Obstetricia pela Faculdade Federal de Cuiabá – UFMT; • Residência Médica em Mastologia pelo Hospital São Cristóvão – SP; • Título de Ginecologista e Obstetra pela Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetricia; • Título de Mastologia pela Sociedade Brasileira de Mastologia; • Título de Habilidade de Mamografia pelo Colégio Brasileiro de Radiologia; • Especialização de Oncoplastia no Instituto Europeu de Oncologia, Milão-Itália; • Participante de um seleto grupo de mastologista brasileiros capacitados a executar a cirurgia Oncoplástica; • Mestranda pela Universidade Brasil - São Paulo/SP; • Preceptora da Faculdade de Medicina da Universidade do Estado de Matogrosso (UNEMAT).

Dra. Joizeanne Pedroso Pires Chaves é Graduada em Medicina pela Universidade de Cuiabá- UNIC, residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia pela Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT, residência médica em Mastologia pelo Hospital e Maternidade São Cristóvão em São Paulo. Possui título de especialista pela Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, título de especialista em Mastologia pela sociedade brasileira de Mastologia e título de Mamografia pelo colégio brasileiro de radiologia. Preceptora do internato do curso de medicina da

Universidade Estadual do Matogrosso – UNEMAT. Dra. Joizeanne também passou um período no Instituto Europeo di Oncologia (IEO), em Milão na Itália, onde aperfeiçoou a técnica de Oncoplastia, procedimento este que possibilita a retirada do câncer e reconstrução imediata da mamas, quando possível ou reconstrução tardia com técnica de plástica. Assim, faz parte de um seleto grupo de mastologista brasileiros capacitados a executar a cirurgia Oncoplástica. Atualmente está cursando mestrado pela Universidade Brasil – São Paulo/SP

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


ESPECIALCAPA

DR. MARCOS ARAÚJO CHAVES JR. CRM/MT 5770 MÉDICO PATOLOGISTA - RQE 3222 • Residência Médica em Anatomia Patológica pelo AC Camargo Câncer Center; • Especialização em Dermatopatologia pelo Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da USP; • Observership em Patologia Gastrointestinal na Mayo Clinic - Rochester/USA; • Título de Especialista em Patologia pela Sociedade Brasileira de Patologia; • Doutorando em Oncologia pelo AC Camargo Câncer Center; • Professor do Curso de Medicina da Universidade do Estado do Mato Grosso (UNEMAT).

Dr. Marcos Chaves é um entusiasta em desvendar os mistérios da medicina diagnóstica. Especialista em Patologia, especialidade médica que pode ser considerada a base da medicina moderna, estruturou o setor da MAC Diagnósticos Médicos, especializado em diagnóstico em anatomia patológica e Citopatologia. Com formação pelo AC Camargo Cancer Center, principal referência da America Latina em ensino, pesquisa e tratamento de cancer e aperfeiçoamento em grandes centros de excelência diagnóstica mundialmente renomados – Mayo Clinic em Rochester (Estados Unidos) e Instituto Europeu di Oncologia – IEO em Milão (Itália); ainda possui especialização em Dermatopatologia pela Faculdade de Medicina da USP.

Atualmente ainda permanence vinculado ao AC Camargo Cancer Center como doutorando em oncologia e também atua como professor efetivo do Curso de Medicina da Universidade Estadual do Mato Grosso. “Realizamos com frequência reuniões clínicas multidisciplinares com dermatologistas, gastroenterologistas, oncologistas, entre outros médicos parceiros, visando a busca pelo diagnóstico mais correto e preciso, proporcionando aos pacientes a melhor conduta possível, fazendo sempre um tratamento individualizado”, afirma o médico Dr. Marcos Chaves. Além de diretor da MAC Diagnósticos Médicos, Marcos Chaves é professor do curso de Medicina, na Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


O que sua pele tolera? Você já percebeu o espaço que os produtos de beleza e cuidados com a pele têm ocupado nas farmácias e lojas do ramo? Na última década, os avanços tecnológicos levaram a uma enorme diversificação dos produtos de proteção cutânea, higiene e embelezamento. E essa diversificação é vista também na composição dos produtos, que utilizam componentes cada vez mais inusitados. Ou seja, estamos usando em nosso corpo cada vez mais produtos e com composições mais variadas.

DR. JULIANO COELHO PHILIPPI CRM/MT 3695 ALERGOLOGIA E IMUNOLOGIA | RQE 1892 • Residência Médica em Clínica Médica pela UFMT; • Residência Médica em Alergia e Imunologia pelo Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo; • Membro da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia;

A diversificação traz um risco oculto, pois, mesmo “dermatologicamente testados”, esses produtos têm levado a um aumento significativo das reações de pele, as Dermatites de Contato. Dermatites de Contato são inflamações de pele causadas pelo contato direto com substâncias líquidas, sólidas ou até gasosas, que podem estar escondidas na composição dos mais variados produtos. Além de cosméticos, produtos de higiene pessoal e produtos de limpeza, alguns tipos de roupa, equipamentos, móveis e até plantas também podem causar as dermatites. Essas reações podem se desenvolver em qualquer fase da vida, mesmo em pessoas que já tiveram contato prévio com aquela substância. É o caso de muitas pessoas que sempre usaram uma mesma tintura de cabelo e que, de repente, começam a apresentar coceira, descamação do couro cabeludo e até queda de cabelo após o uso do mesmo produto. Na verdade, quanto maior a frequência do contato a uma substância, maior a chance de se desenvolver reação. Bom, então, se a reação pode aparecer em qualquer fase da vida, mesmo com produtos “dermatologicamente testados”,

como você pode prevenir uma Dermatite de Contato? Nessa hora é fundamental seu acompanhamento com um médico especialista que poderá utilizar-se de testes alérgicos específicos. Um valioso recurso para a investigação das Dermatites de Contato é o teste de contato alérgico de leitura tardia. Este teste utiliza as substâncias suspeitas, manipuladas em concentrações específicas, para indicar quais delas poderão causar, ou já causam reação. A realização do teste segue critérios rigorosos e deve ser individualizada, procurando reproduzir as condições necessárias para o aparecimento da reação. São utilizadas as substâncias puras com maior chance de serem a causa da reação. Em alguns casos utilizamos outros fatores para chegar ao diagnóstico, como a aplicação de Luz UV nas Dermatites de Contato foto alérgicas. Depois de concluída toda a investigação, você poderá saber qual substância foi a culpada pela reação e assim, escolher produtos sem a mesma. A partir desse momento, quando você já souber a verdade sobre sua alergia, a diversidade de produtos só vai ajudar, propiciando a você uma maior liberdade de escolha sem medo.

Dermatites de Contato são inflamações de pele causadas pelo contato direto com substâncias líquidas, sólidas ou até gasosas, que podem estar escondidas na composição dos mais variados produtos.

90

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


O CEDIC CEDILAB

FACILITA PARA

OS SEUS PACIENTES.

Tradição em cuidar de pessoas. Com mais de 3 mil exames, equipamentos de alta tecnologia e uma equipe médica especializada, o Cedic Cedilab possui cobertura nos principais convênios. E mais, paciente sem plano de saúde encontra as melhores condições de pagamento com a qualidade que só a gente tem. Para mais informações entre em contato e se surpreenda.

ATENDIMENTO AO CLIENTE:

(65) 3319-3319

www.cediccedilab.com.br

Siga-nos no Facebook.

Responsável Técnico Cedic: Dr. Luís Gustavo Saad Melo CRM MT- 4084. Responsável Técnico Cedilab: Dra. Natasha Slhessarenko CRM MT-2909.


INFORME PUBLICITÁRIO Foto: Lamego

Você sabia que vacinando o seu pet, você protege toda a sua família? Os nossos pets são membros da nossa família, eles sempre nos apoiam nos momentos de tristeza e comemoram conosco nossas alegrias. Dividimos tantas coisas com eles que algumas doenças podem ser transmitidas dos pets para nós e de nós para eles também!

THELMA M. GALINDO MÉDICA VETERINÁRIA CRMV/MT 4590

O termo zoonose significa: doenças que podem ser transmitidas de forma natural entre os animais e o homem, seja por meio de um vetor (carrapatos e mosquitos) ou por contato direto. As quantidades de zoonoses são inúmeras e para a maioria delas não existe vacina para nós humanos, mas algumas foram desenvolvidas especialmente para os cães e gatos. Portando manter o seu animal com as vacinas anuais em dia é proteção para eles, para nós e toda a nossa família. Zoonoses a serem evitadas com vacinas para cães e gatos Leptospirose – a cepa presente nas vacinas polivalentes, essências para os cães. Essa doença causada por uma bactéria, transmitida pela urina do rato, pode ser letal para nós e para eles. Raiva – vacina antirrábica também é essencial para os nossos pets. A raiva é uma doença causada por um vírus letal, não existe cura. Giardíase – a vacina contra este protozoário é opcional. É comum crianças sofrerem o contágio na escola. Este parasita causa forte dores abdominais, diarreia com muco e sangue, vômitos e em casos muito graves pode levar a morte.

Fazer uma vacina de qualidade garantida é a melhor opção, mesmo que seja necessário investir um pouco mais. 92

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

Leishmaniose – também é uma vacina opcional disponível no mercado. A leishmaniose pode se apresentar nas formas visceral e tegumentar, podem causar feridas ulceradas que não cicatrizam, aumento do baço e fígado, podendo levar o indivíduo a morte. Em alguns casos a eutanásia em animais de companhia pode ser sugerida. Lembre-se sempre de procurar orientação com o seu médico veterinário. Fazer uma vacina de qualidade garantida é a melhor opção, mesmo que seja necessário investir um pouco mais. As vacinas éticas são aplicadas pelo médico veterinário, após um exame físico realizado em seu animal de maneira gratuita, no qual após a aplicação ele assina e atesta a realização da mesma, validando o procedimento. Invista sempre no melhor, o médico veterinário cuida da família inteira!


Foto: Mellissa Rocha

Mudando o olhar Eu realmente acredito que podemos olhar para a nossa saúde de forma diferente. Muitas pessoas buscam um profissional de saúde com a esperança que ele

O mais penoso de tudo é constatar

resolva um problema que o aflige. Por

que, muitas vezes, essa dor é o resulta-

melhor que este profissional seja e se

do de nossas próprias ações ao longo de

empenhe, em pouco tempo começamos

muito tempo.

a perceber que nada vai mudar se nós DR. BERNARDO C. DE FIGUEIREDO MÉDICO – CRM/MT 3784 CIRURGIA GERAL - RQE 1782 • Médico Formado pela UFMS; • Residência Médica em Cirurgia Geral pela UFMT.

não mudarmos.

Frequentemente desrespeitamos o nosso corpo, nossa mente e nossa alma.

O que mais as pessoas desejam quan-

Esse trio é muito resistente, mas um dia

do chegam com uma dor na frente do mé-

ele se cansa. E quando se cansa a “doen-

dico é tomar um comprimido que acabe

ça” surge.

de vez com ela. E de preferência que seja em uma única dose e não custe muito.

Eu acredito numa medicina diferente. Acredito que cada ser humano pode en-

A dor é um sinal, é um alerta. Mais im-

contrar o seu ponto de equilíbrio. Uma

portante que tirar a dor é compreender

forma de viver que harmonize o corpo,

porque ela surgiu. Somente compreen-

a mente e a alma. Eu acredito na saúde

dendo a dor se poderá ir ao foco real do

além da cura.

Conheça mais em www.meupontodeequilibrio.com

ou capture essa imagem com a câmera do seu celular.

94

problema. É fundamental observá-la.

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

A função do médico é ajudar as pessoas a encontrarem o seu ponto de equilíbrio. Cada um tem o seu, e somente a pessoa pode encontrá-lo. Minha função é de auxiliá-lo.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA DAS PÁGINAS 8 A 17


Foto: Melissa Rocha

Diástase e Exercício Físico A gravidez é um período em que a mulher passa por intensas modificações em seu corpo, trazendo alterações importantes que repercutem na postura e na funcionalidade. Com o crescimento do volume uterino, pode provocar o estiramento da musculatura abdominal, atingindo principalmente o músculo reto-abdominal.

FABI MORAES PERSONAL TRAINER CREF/MT 3371 • Treinamento Especializado para Mulheres

Na medida que o processo gestacional progride, existem alterações biomecânicas necessárias para acomodar o crescimento do útero podendo causar o enfraquecimento da musculatura abdominal, frouxidão e separação de um músculo do outro na região do reto-abdominal, causando assim a Diástase. O grau desse “afastamento”, ou seja, da diástase, irá depender do ganho de peso da gestante, do tamanho do feto e até mesmo das condições maternas antes do período gestacional. A diástase acima de três centímetros é considerada prejudicial, podendo interferir na capacidade da musculatura abdominal de estabilizar e movimentar o tronco, manter a postura, além de favorecer o acúmulo de gordura abdominal. Em diversos casos com um afastamento acima de quatro centímetros o caso se resolve somente cirurgicamente. Nos primeiros 45 dias após o parto, é necessário a intervenção de um fisioterapeuta para a avalição e tratamento para a redução da diástase, melhorando a funcionabilidade do músculo. Logo após esse período, a liberação do médico

e fisioterapeuta, os exercícios podem ser aplicados por um Profissional de Educação Fisica, objetivando o fortalecimento e condicionamento da musculatura do abdômen, como também reduzir as alterações causadas pelo período gestacional, dentre elas o que mais incomoda na mulher: o ganho de peso. A boa notícia é que existem exercícios simples que ajudam na recuperação do músculo reto abdominal, dentre eles os abdominais com elevação das pernas, pranchas frontais e laterais, elevação do quadril e até mesmo uma caminhada. Em alguns casos, não se deve realizar exercícios abdominais tradicionais e até mesmo os abdominais oblíquos para que não piore a diástase. Vale lembrar que todas as mulheres devem estar sem restrições médicas para iniciar a prática de exercícios, não devem de queixar de dor durante a prática e todos os exercícios devem ser prescritos de acordo com o condicionamento físico, individualidade biológica e anatômica de cada mulher. Consulte um Profissional de Educação Física registrado no Conselho Regional de Educação Física.

Abdômen normal

Abdômen com Diástase

Atendimento Personalizado 65 99223-0211 96

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Foto: Raphael Moraes

Hipersensibilidade nos Dentes:

O que fazer?

A hipersensibilidade dentária, cientificamente denominada Hipersensibilidade Dentinária (HD), é um problema comum que afeta grande parte da população adulta, podendo causar desconforto a ponto de criar restrições alimentares na rotina de uma pessoa. Se você sente seus dentes hipersensíveis quando ingere bebidas e alimentos frios, quentes, doces ou ácidos, saiba que existe tratamento para tal condição, e, que é importante tomar alguns cuidados para impedir o avanço do quadro e ganhar mais qualidade de vida.

DRA. ANDRESSA CARVALHO BIANCHI CRO/MT 7510 CIRURGIÃ-DENTISTA • Especialista em Dentística Estética e Restauradora - UNESP; • Pós-Graduada em Estética Avançada; • Atendimento Infantil.

A Hipersensibilidade Dentinária ocorre quando há perda patológica do esmalte protetor dos dentes ou quando há retração gengival com exposição da raiz – em ambos os casos, ocorre exposição da dentina, parte mais interna do dente, composta por milhares de túbulos onde encontramos as terminações nervosas, que são prolongamentos dos nervos encontrados na polpa dentária. Esses nervos, em contato com frio, calor, ácido ou doce, ao inspirar ar frio ou até mesmo durante a escovação, são ativados e desencadeiam uma dor aguda e breve. O primeiro passo para um correto tratamento é, com o auxílio do cirurgião dentista, identificar a causa. Entre elas podemos citar • Escovação inadequada; • Negligência no uso do fio dental gerando doenças periodontais; • Uso de cremes dentais abrasivos; • Ingestão excessiva de bebidas ácidas; • Distúrbios gástricos; • Má oclusão; • Bruxismo; • Clareamentos dentais incorretos; • Alguns estilos de vida, como de atletas que possuem o hábito de apertar os dentes durante os exercícios, acelerando o processo de hipersensibilização.

65 3627-1020 Av. Tancredo Neves, 300 - Jd. Kennedy - Cuiabá/MT Instituto Bianchi de Odontologia Instituto Bianchi www.institutobianchi.com.br

98

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

O primeiro passo para um correto tratamento é, com o auxílio do

cirurgião dentista, identificar a causa.

Em nossa clínica propomos um tratamento que abrange esse caráter multifatorial da HD. Realizamos um protocolo que engloba: • Orientações e medidas simples como reduzir o consumo de alimentos ácidos (refrigerantes, café, chimarrão, chá verde, energéticos e sucos cítricos), correta técnica de escovação com escovas macias, não apertar os dentes (há aplicativos de celular que despertam a cada 30 minutos alertando para o hábito), • Intervenções como o uso de protetores bucais, e, • Aplicações de protocolos clínicos que associam substâncias químicas que auxiliam na remineralizarão do esmalte, obliteram túbulos dentinários, inibem a condução do impulso nervoso, à Laserterapia que traz excelente efeito analgésico, sempre em busca de uma melhor qualidade de vida à nossos pacientes.


#curtas |

Revista Saúde Maio . 2019 Cuiabá . MT

PALESTRA EM BRASÍLIA A Personal Trainer, Fabi Moraes, realizou uma palestra dia 06 de abril em Brasília, para estudantes de Educação Física, com o tema: "Treinamento para Mulheres, o que você precisa saber".

CURSO DE NUTRIÇÃO Nos dias 27 e 28 de abril, Drª Mariana Nascimento participou do 2º curso ‘’Nutrição da Mente’’, realizado na cidade de São Paulo.

DIGITAL PRINT 2019 / FESPA 2019 O principal momento da impressão digital no ano chegou! Serão nos dias 22 e 23 de março, a FESPA Brasil | Digital Printing 2019, no Pavilhão Azul do Expo Center Norte. De quarta a sexta, a feira fica aberta das 13h às 20h; no sábado, das 10h às 17h.

#estounocurtasdasaúde 100

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


#curtas |

Revista Saúde Maio . 2019 Cuiabá . MT

EM SÃO PAULO Dr. Aires palestrando evento para especialistas em São Paulo.

II CAMPEONATO MEDTRUCO Aconteceu o II MedTruco, em Cuiabá, com as duplas participantes concorrendo a prêmios. Muita diversão e emoção entre todos que estavam presentes. A Revista Saúde marcou presença no evento como patrocinador, e para nós da revista foi uma alegria fazer parte desse campeonato!

CURSO DE LASERESCULTURA Dr.Michel Patrick Cirurgião Plástico em um curso de laserescultura da região íntima (ninfoplastia com laser) em Brasília no mês de abril!

EVENTO BENEFICENTE ''Cuiabá 300 anos, muitos sorrisos" foi um evento beneficente organizado com o objetivo de angariar fundos para a fundação internacional Smile Train. Na foto estão o Dr. Fabrício Almeida (cirurgião plástico e coordenador do programa de Fissuras Labiopalatinas do HUJM), Troy Reinhart (Vice-presidente da Smile Train), Mariane Goes (Diretora para a América do Sul) e Menotti Grigi (organizador do evento).

#estounocurtasdasaúde 102

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Guia de profissionais ALERGIA E IMUNOLOGIA

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

CIRURGIA DA MÃO

Dr. Juliano Coelho Philippi

Dr. Maurício de Araújo Allet

Dr. Marcelo Borges Araujo

Edifício Saúde

Hospital Ortopédico

Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia

Av. Bosque da Saúde, 888 - Sl 17 - Bosque da Saúde - Cuiabá/MT

Rua Osório Duque Estrada - 15 Araés

e Oncologia LTDA

65 3027-6062 | 65 99995-2008

65 3314-1200

Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701

CARDIOLOGIA

Dr. Paulo Custódio Hospital Ortopédico

Dr. Roberto Candia

Rua Osório Duque Estrada - 15 Araés

IMEDI

65 3314-1200

Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto - Várzea Grande - MT 3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT 65 3314 2400 | 65 99670 3432

CANCEROLOGIA / CANCEROLOGIA CIRÚRGICA

Dr. Rafael Sodre de A. V. Pereira Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701 a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT 65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010

CIRURGIA PLÁSTICA

Dra. Beatriz Formighieri Clínica Formighieri Rua Traçaia, 262- Cuiabá. Rua da Begônias, 615- Cuiabá. Rua Mamede Untah, 127- Várzea Grande.

Dr. Adriano Bastos Pinho

Da Pelle Spa Rua das Papoulas, 281 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT 65 3025-3777 | 65 9 9223-6115 | 65 9 8117-0076

Clínica InPelle Rua General Neves, 111 - Duque de Caxias 65 3623-3980 | 65 98468-3418

Dr. Michel Patrick do Amaral Silva

65 3624-9211

Instituto Vivan Rua Comandante Costa, 1628, Centro Sul - Cuiabá/MT 65 3623-4999 | 4104-0175 | 98148-7982

65 3026-1430

Dr. Victor Albuquerque

Dr. André Lourenço

Espaço Milano

Santa Rosa Tower

Hospital Sotrauma - 65 3624-9211

Dr. Augusto Aurélio de Carvalho

Rua Topázio, 789 - Bosque da Saúde - Cuiabá/MT

1º Andar - Baú - Cuiabá/MT

65 3314-1200

65 2128-9000 | 3322-7587 | 99973-2112

Dr. Carlos Augusto L. B. Carvalho

CLÍNICA GERAL

Av. Miguel Sutil, 6274, Cuiabá Lar Shopping - Consil Cuiabá/MT 65 99630-7007 | 3642-4000

Dr. Bernardo C. de Figueiredo Espaço Più Vita Rua Comandante Costa, 1300 - Centro - Cuiabá/MT 65 3056-7800

Dr. Lucas Coelho Miranda Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701 a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT 65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010 65 99903-0610

Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701 a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT 65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010 65 99903-0610

DERMATOLOGIA

Dra. Sullege Suzuki Espaço Sullege Suzuki

CirpedKids - Cirurgia Pediátrica

Rua João Bento, 170 - Bairro Quilombo, Cuiabá/MT

Rua Corumbá, 538 - Hospital Femina - Consultório 12

65 3641-2247 | 65 99231-3366

1º Andar - Baú - Cuiabá/MT 65 2128-9000 | 3322-7587 | 99973-2112

Hospital São Mateus - 65 3051-2376

Dr. Marcelo Lobo

65 3023-9680 | 65 99283-2727

e Oncologia LTDA

CIRURGIA PEDIÁTRICA

Rua Corumbá, 538 - Hospital Femina - Consultório 12

Rua Osório Duque Estrada - 15 Araés

Sala 104 - Bairro Quilombo - Cuiabá/MT

Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia

Clínica Genus

Hospital Ortopédico

Av. São Sebastião, 3161 - Ed. Xingu Business - 1º Andar

Dr. Luiz Gustavo Barcelos

CirpedKids - Cirurgia Pediátrica

Dra. Mara Cristina da Silva Gonçalves

Clínica Petterle

65 3365-5090 | 9 9605-1985

Dr. Cassio Luiz Vieira Cocate

65 3648-0700

Dr. Paulo Henrique Petterle

Av. Érico Preza, 500, Jardim Itália, Cuiabá/MT

Rua Miguel Sutil, 8000 - Santa Rosa 65 3054-5544

CIRURGIA VASCULAR

Clínica Aires

Av. Dom Aquino, 355 - Cuiabá/MT

Av. São Paulo, 55 - Várzea Grande/MT

65 99903-0610

Dr. Eduardo Sauter

Hospital Sotrauma

Hospital Santa Rita

65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010

M. Dr. Aires

Dr. Fabrício Lucena de Almeida CIRURGIA DA MÃO

a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT

65 4101-0102 | 98118-0201

65 99903-0610

106

CIRURGIA TORÁCICA

GERIATRIA

Dr. Osvaldo César Pinto Mendes

Dr. Luiz Gustavo Castro Marques

CirpedKids - Cirurgia Pediátrica

Hospital São Mateus

Hospital e Maternidade São Lucas

Rua Corumbá, 538 - Hospital Femina - Consultório 12

Av. Aclimação, 335 - 3º Andar - Consultório 1

Av. Rio Arinos, 713 - Centro, Juara-MT

1º Andar - Baú - Cuiabá/MT

Bosque da Saúde - Cuiabá/MT

66 3556-1211 | 3556-1455

65 2128-9000 | 3322-7587 | 99973-2112

65 3051-2223 | 98123-5555

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Guia de profissionais

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA

MEDICINA

MEDICINA ESPORTIVA

Dra. Joizeanne Pedroso Pires Chaves

Dra. Claudia de Ceni Britto

Dr. Gustavo Veiga

MAC - Diagnósticos Médicos

IPEC - Instituto de Psiquiatria e Estimulação Cerebral

Clínica Médica do Exercício Físico

Rua Marechal Deodoro, 729, centro - Cáceres/MT 65 3224-2448 | 65 99942-4558

Clínica Nossa Senhora das Graças: Rua dos Lírios, 525 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT

Dra. Naímma Ibrahim Campos Marques

65 99628-3207 | 65 99317-9639 | 65 2127-1275

Centro Médico São Mateus

Dra. Jaqueline Caetano

Av. Aclimação, 265 - Bosque da Saúde Cuiabá/MT

Rua Traçaia, 262 - Jardim Primavera - Cuiabá/MT 65 3052-9790 | 99906-1500

MEDICINA DO SONO

Dr. Augusto Cesar Taques Saldanha

Hiperbárica Santa Rosa:

Clínica do Sono de Mato Grosso

Hospital Santa Rosa - Rua Adel Malouf, 119

Dr. Salvino Teodoro Ribeiro

Rua dos Lírios, 333 - Jardim Cuiabá

Santa Rosa- Cuiabá/MT

65 3321-0111

IMEDI

65 3626-3701 | 3626-3698

65 3051-2296 | 98477-9006

Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto - Várzea Grande - MT

Dr. Jonas Lopes

3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT

IPEC - Instituto de Psiquiatria e Estimulação Cerebral

65 3314 2400 | 65 99670 3432

Clínica Nossa Senhora das Graças: Rua dos Lírios, 525 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT

HEMATOLOGIA E HEMOTERAPIA

Dra. Paloma Borges dos Santos Valk Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701

65 99628-3207 | 65 99317-9639 | 65 2127-1275

Dra. Luciana Orsi Ribeiro Pateiro

65 99903-0610

65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010

MASTOLOGIA

Dr. Luciano Florisbelo da Silva Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701 a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT 65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010 65 99903-0610

NEFROLOGIA

Dra. Juliana Liberatti Candeias CTR - Clínica de Tratamento Renal 65 3023-2003 | 65 3025-7047

a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT

65 99994-6800

65 3321-0111

Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT

65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010

Guardiões - Cuidadores de Pessoas

Rua dos Lírios, 333 - Jardim Cuiabá

e Oncologia LTDA

a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT

Dra. Soraya Rezende Rossie

Clínica do Sono de Mato Grosso

Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia

Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701

INFECTOLOGIA

Dr. Lucas Bello

65 99903-0610

Dr. Luiz Gonzaga de Figueiredo Filho CTR - Clínica de Tratamento Renal Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT 65 3023-2003 | 65 3025-7047

Dra. Marcela Martello

Dr. Luiz Guilherme Baster de Figueiredo

IPEC - Instituto de Psiquiatria e Estimulação Cerebral

CTR - Clínica de Tratamento Renal

Clínica Nossa Senhora das Graças: Rua dos Lírios, 525 - Jar-

Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT

dim Cuiabá - Cuiabá/MT

65 3023-2003 | 65 3025-7047

65 99628-3207 | 65 99317-9639 | 65 2127-1275

Dr. Luiz Philippe Baster Figueiredo

Dra. Mariana Suzuki

CTR - Clínica de Tratamento Renal

Espaço Sullege Suzuki

Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT 65 3023-2003 | 65 3025-7047

Rua João Bento, 170 - Bairro Quilombo, Cuiabá/MT 65 3641-2247 | 65 99231-3366

Dra. Patricia N. Hostalácio Clínica Médica do Exercício Físico

Av. Flamboyant, 2128 - Jd. Paraíso - Sinop/MT 66 3532-2297

Dra. Michele Andraus CTR - Clínica de Tratamento Renal

Dr. Marcelo Ramos Mendes

Rua Traçaia, 262 - Jardim Primavera - Cuiabá/MT

Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT

Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia

65 3052-9790 | 99906-1500

65 3023-2003 | 65 3025-7047

e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701

Dr. Pedro Henry Neto

a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT

Hiperbárica Santa Rosa:

65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010 65 99903-0610

MEDICINA

Dr. Carlos Leonardo Abi Rached Cruz

Hospital Santa Rosa - Rua Adel Malouf, 119 Santa Rosa- Cuiabá/MT 65 3626-3701 | 3626-3698

Dra. Ritamaris de Arruda Régis

NEFROLOGIA PEDIÁTRICA

Dra. Amanda Mara Callejas de Souza CTR - Clínica de Tratamento Renal Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT 65 3023-2003 | 65 3025-7047

Dra. Ana Caroline Dahmer da Silva

MedCenter - Tangará da Serra

Imagens Medicina Diagnóstica

CTR - Clínica de Tratamento Renal

Rua Antônio Hortolani, 327-N - Centro - Tangará da Serra/MT

Av. das Flores, 553 - Jardim Cuiaba, Cuiabá/MT

Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT

65 3326-0073 | 65 99619-7622

65 4009-8001 | 65 99249-9026 | 65 99246-5990

65 3023-2003 | 65 3025-7047 rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

107


Guia de profissionais NUTROLOGIA

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA

RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

Dra. Gabriela Coutinho

Dr. Paulo Márcio Espir da Fonseca

Dra. Hilda Maria Menna Barreto de Barros

Instituto La Vie

Hospital Ortopédico

IMEDI

Rua Brigadeiro Eduardo Gomes, 500, Popular - Cuiaba/MT

Rua Osório Duque Estrada, (próximo a Av. do CPA), 15

65 99932-8925

Dra. Mariana Nascimento

Bairro Araés, Cuiabá/MT 65 3314-1200

3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT

Rua 100, Quadra 01, Número 10

65 3314 2400 | 65 99670 3432

Bairro Jardim Imperial, Cuiabá/MT

Av. Erico Preza, 500 (antiga Av. Itália), Jardim Itália, Cuiabá/MT

65 2129-7720

OFTALMOLOGIA

Dr. Ricardo Massarolli MedCenter - Tangará da Serra Rua Antônio Hortolani, 327-N - Centro - Tangará da Serra/MT

Dr. Paulo Spengler Hospital Ortopédico Rua Osório Duque Estrada, 15 65 3314-1200 Edifício Santa Rosa Tower Av. Miguel Sutil, 8000 - 9º andar - Sl 906 66 2127-1300

65 3326-0073 | 65 99619-7622

ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA

Dra. Lorena Andrade Dias IMEDI Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto - Várzea Grande - MT 3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT 65 3314 2400 | 65 99670 3432

Dra. Luiza Leontina IMEDI

Dr. Thiago Bonato de Amorim

Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT

Centro Médico Hospital São Mateus - Sala 11

Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto - Várzea Grande - MT

65 3051-2250 | 65 3051-2184

3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT

Dr. Aleixo Petrenko

65 3051-2222 | 65 99938-1984 (WhatsApp)

Centro Médico São Mateus

Dr. Vinicius Andrade

Av. Aclimação, 135 – Bosque da Saúde

Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto - Várzea Grande - MT

Ortoclin

Espaço Milano

65 3621-7879 | 65 98111-3858

Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT

Centro Médico São Mateus

65 3051-2250 | 3051-2184 | 3051-2372

Av. Aclimação 135 - Bosque da Saúde

3051-2187 | 99914-3006 (WhatsApp)

65 3051-2372 | 65 3051-2222 | 65 99243-8886 (WhatsApp)

65 3314 2400 | 65 99670 3432

Dr. Mario Ardenes IMEDI Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto - Várzea Grande - MT

Dr. Alex Santiago Centro Médico São Mateus Av. Aclimação, 135 – Bosque da Saúde 65 3051-2389 | 3051-2222

Dr. Carlos Augusto Costa Marques

ONCOLOGIA CLÍNICA E HEMATOLOGIA

Dr. Andre Henrique Crepaldi

65 3314 2400 | 65 99670 3432

Oncolog Clínica de Tratamento e Pesquisa em Hematologia

Dr. Marlus Andrade Dias

e Oncologia LTDA Av: Miguel Sutil, 8000 Ed. Sta Rosa Tower, 7º andar - sala 701

IMEDI

a 705 - Bairro Sta Rosa - Cuiabá/MT

Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT

Centro Médico São Mateus

65 3622-4610 | 3622-4614 | 3622-4615 65 9631-6010

Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto - Várzea Grande - MT

Av. Aclimação,265 - Bosque da Saúde

65 99903-0610

3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT 65 3314 2400 | 65 99670 3432

65 3051-2222 | 3051-2389 Edifício Santa Rosa Tower Av. Miguel Sutil, 8000 - 9º andar - Sl 906 66 2127-1300

PATOLOGIA

Dr. Marcos Araújo Chaves Jr. MAC - Diagnósticos Médicos Rua Marechal Deodoro, 729, centro - Cáceres/MT

Dr. Fabio Mendonça

65 3224-2448 | 65 99942-4558

Av. Aclimação, 135 – Bosque da Saúde 65 3051-2389 | 3051-2222

Dr. Marcio José Munhoz Soares de Moraes Hospital São Mateus

PEDIATRIA

Dr. Valeriano Luiz da Silva Filho Santa Angela Clínica Pediátrica Rua Júlio Martinez Benevides, s/nº - Centro | Tangará da Serra/MT 65 3311-1950

Av. Aclimação,335 - Bosque da Saúde - 4º Andar - Cuiabá/MT 65 99319-5754 | 65 3051-2391

Dr. Marlon Mendonça CEAC

REUMATOLOGIA

Dra. Angelita Carlotto de Abreu Reumacentro Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT

Centro Médico São Mateus

108

3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT

PSIQUIATRIA

Dr. Manoel Vicente de Barros IPEC - Instituto de Psiquiatria e Estimulação Cerebral

65 3044-0100 | 65 3054-0100 Santa Rosa Tower Av. Miguel Sutil, 8000 - Sala 1106 - Cuiabá/MT 65 3027-6241 | 66 99650-6241

Dra. Christina Paesano Marques Garcia Zirondi Reumacentro Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT 65 3044-0100 | 65 3054-0100

Clínica Nossa Senhora das Graças: Rua dos Lírios, 525 - Jar-

GastroMT

Av. Bosque da Saúde, 888 - Edifício Saúde, 2º Andar - Sala 25

dim Cuiabá - Cuiabá/MT

Rua das Begônias, 615, sala 02 - Cuiabá/MT

65 2136-4788 | 99201-1230

65 99628-3207 | 65 99317-9639 | 65 2127-1275

65 3054-5266 | 65 99646-9100

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Guia de profissionais

Revista Saúde Edição 18 | Maio . 2019 | Cuiabá.MT

REUMATOLOGIA

FISIOTERAPIA

ODONTOLOGIA

Dr. Eduardo Benevides Lindote Filho

Vanessa C. Zanchi

Filipe Amorim Bertholdo de Souza

Reumacentro

Dr. Hérnia

Sorria Mais Clínica Odontológica

Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT

Avenida Brasília, 1224, Jardim das Américas - Cuiabá/MT

Av. Tenente Coronel Duarte, 267 - Prainha - Centro - Cuiabá/MT

65 3365-2281 | 99698-2070

65 3046-6717 | 65 99805-7432

65 3044-0100 | 65 3054-0100 Edifício Work Tower Rua Barão do Melgaço, 2754, sala 1103 - Cuiabá/MT 65 3622-2005

Dra. Fernanda de Lara Aires Faria Braga Batista Reumacentro

Rua Pernambuco, 13A, Quadra 1B - CPA II - Cuiabá/MT

MEDICINA VETERINÁRIA

Thelma M. Galindo É O Bicho - Pet Shop & Veterinária

Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT

Rua Benedito Pereira de Oliveira, 730-W - Centro

65 3044-0100 | 65 3054-0100

Tangará da Serra/MT 65 99617-5653 | 65 3326-2359

REUMATOLOGIA

Dra. Giovanna Sant’Ana Petterle

Instituto Bianchi de Odontologia Av. Tancredo Neves, 300 - Jd. Kennedy | Cuiabá/MT

Karina Nunes Morais

Tangará da Serra/MT 65 99617-5653 | 65 3326-2359

Clínica Petterle

Dra. Sarah de Freitas Novais

Hélcio Ap. Bianchi

É O Bicho - Pet Shop & Veterinária

Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT

65 3023-9680 | 99283-2727

65 3362-3967 | 65 99805-7417

65 3627-1020

Rua Benedito Pereira de Oliveira, 730-W - Centro

Av. São Sebastião, 3161, sala 104 - Cuiabá/MT

Rua Ary Paes Barreto, 1810C - Cristo Rei - Várzea Grande/MT

Bibiana Felix da Silva

Reumacentro 65 3044-0100 | 65 3054-0100

65 3054-2944 | 65 98123-0256

Odontologia Karim Rua Três, 818 - Boa Esperança (ao lado do Colégio Master Júnior) - Cuiabá/MT 65 3057-9500 | 99670-9500

NUTRIÇÃO

Karoline Aparecida Ferreira Morini

Marcia Aparecida Abrantes US Enfermagem

Reumacentro

CTR - Clínica de Tratamento Renal

Rua Manoel Dionísio Sobrinho, 262 S

Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT

Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT

Centro - Tangará da Serra/MT

65 3044-0100 | 65 3054-0100

65 3023-2003 | 65 3025-7047

65 3325-3038 | 99688-6108

Consultório Sarah Novais Av. Historiador Rubens de Mendonça, 2368 - Cuiabá/MT 65 3052-0094 | 3052-8994

Dra. Taísa Morete da Silva Reumacentro Travessa Léo Edilberto Griggi, 75 - Cuiabá/MT 65 3044-0100 | 65 3054-0100

ODONTOLOGIA

Dra. Adriana Nogueira

Adriana de Almeida Espírito Santo Andrade CTR - Clínica de Tratamento Renal Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT 65 3023-2003 | 65 3025-7047

(ao lado do Colégio Master Júnior) - Cuiabá/MT 65 3057-9500 | 99670-9500

65 3054-7752 | 99972-7752

Fabi Moraes

Av. Tancredo Neves, 300

Atendimento Personalizado:

Jardim Kennedy - Cuiabá/MT

65 99223-0211

65 3627 1020

Cyra Maria P. Carvalho Bianchi Av. Tancredo Neves, 300 Jardim Kennedy - Cuiabá/MT

CTR - Clínica de Tratamento Renal

65 3627 1020

65 3023-2003 | 65 3025-7047

Elian Bertholdo de Souza Sorria Mais Clínica Odontológica

FISIOTERAPIA

Elizama Beltrão MedCenter - Tangará da Serra Rua Antônio Hortolani, 327-N - Centro - Tangará da Serra/MT 65 3326-0073 | 65 99619-7622

Iara Rocha MedCenter - Tangará da Serra

PERSONAL TRAINER

Instituto Bianchi de Odontologia

Sulwey de Oliveira Costa Lopes Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT

Rua Três, 818 - Boa Esperança

Av. das Flores 945 Sala 1201 Edificio. SB Medical - Cuiabá-MT

Instituto Bianchi de Odontologia

ENFERMAGEM

Odontologia Karim

Adriana Nogueira Odonto Design

Andressa Carvalho Bianchi ASSISTÊNCIA SOCIAL

Michelly Karim

Av. Tenente Coronel Duarte, 267 - Prainha - Centro - Cuiabá/MT 65 3046-6717 | 65 99805-7432 Rua Pernambuco, 13A, Quadra 1B - CPA II - Cuiabá/MT

PSICOLOGIA

Ana Raphaella Hugueney Queiroz CTR - Clínica de Tratamento Renal Rua das Orquídeas, 399 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT 65 3023-2003 | 65 3025-7047

Fabiana Martello IPEC - Instituto de Psiquiatria e Estimulação Cerebral Clínica Nossa Senhora das Graças: Rua dos Lírios, 525 - Jardim Cuiabá - Cuiabá/MT 65 99628-3207 | 65 99317-9639 | 65 2127-1275

65 3054-2944 | 65 98123-0256 Rua Ary Paes Barreto, 1810C - Cristo Rei - Várzea Grande/MT 65 3362-3967 | 65 99805-7417

Elibel Carvalho

Larissa Andrade Dias IMEDI Santa Rosa Tower - Av. Miguel Sutil, 8000 Térreo - Cuiabá - MT Av Fillinto Muller, 370 - Jd Aeroporto - Várzea Grande - MT

Rua Antônio Hortolani, 327-N - Centro - Tangará da Serra/MT

R. Manoel Garcia Velho, 368 - Bairro Bandeirantes - Cuiabá/MT

3T - Av. Miguel Sutil, 9880 - Cuiabá - MT

65 3326-0073 | 65 99619-7622

65 3624-8789 | 3322-4626 | 99983-2343 | 98112-2997

65 3314 2400 | 65 99670 3432 rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

109


Profile for Revista Saúde

REVISTA SAÚDE CÁCERES - EDIÇÃO 18 - 22/05/2019  

REVISTA SAÚDE CÁCERES - EDIÇÃO 18 - 22/05/2019