Page 1


Guia médico

Revista Saúde Edição 27 | Fevereiro . 2019 | Ponta Grossa.PR

Dra. Adriana Lopes Ginecologia e Obstetrícia CRM/PR: 13.515 | RQE: 5985

Rua Paula Xavier, 940 - Centro Ponta Grossa - PR 42 3223-0121

Dr. Alexander Rodrigo Hasimoto Oftalmologia CRM/PR 23982 | RQE 1788

Rua Benjamin Constant, 788 - Centro Ponta Grossa/PR 42 3224-0126

Dra. Angeli Cristine Kaiser Psiquiatria CRM/PR: 22919 | RQE 18982

Dr. Alessandro Both Oftalmologia CRM/PR 18683 | RQE 12147

IVPG - Instituto da Visão de Ponta Grossa Rua Nestor Guimarães, 111, Edifício Corporate Center, 6º Andar, sala 601 Ponta Grossa - PR 42 3229-0919

Dra. Aline Filippin Cardiologia CRM/PR 29779 | RQE 19031

ISPON Rua Cel. Francisco Ribas, 638 – Centro – Ponta Grossa – PR 42 3026-5400

Dra. Cynthia Holzmann Koehler Oncologia Clínica CRM/PR: 24.783 | RQE: 17.606

Clinical Tower Rua Coronel Dulcídio, 1317 / Edifício Clinical Tower - 2º Andar: Sala 26 - Ponta Grossa - PR 42 3086-2150 | 99936-2682

ISPON

Dra. Daniele de Araujo

Dr. Fábio Viegas

Rua Cel. Francisco Ribas, 638 - Centro 42 3026-5400

Nutrologia CRM/PR 15496 | RQE 19777

Neurocirurgia

Clínica Corpo e Arte Rua Coronel Dulcídio, 8 - Ponta Grossa/PR 42 3223-4101 | 99127-5270

ISPON Rua Cel. Francisco Ribas, 638 - Centro Ponta Grossa - PR

CRM/PR 25867 | RQE 19049

42 3026-5400

8

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


Revista Saúde Edição 27 | Fevereiro . 2019 | Ponta Grossa.PR

Dr. Felipe Skupien Cirurgia Vascular CRM/PR 25791 | RQE 16306

Guia médico Dr. Fábio Postiglione Mansani Ginecologia e Obstetrícia Mastologia CRM/PR 9390 | RQE 6817 | RQE 2476

Vaskupien Rua Nestor Guimarães 77,- Ed. Infinity, sala 104 Estrela - Ponta Grossa - PR 42 3028-9191 | 42 99841-5674 Castromed Castro - PR 42 3232-5665

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Dr. Gianlucca C. Mansani

Dr. Francisco Barros

Radioterapia CRM/PR 32831 | RQE 23.564

ISPON Rua Cel. Francisco Ribas, 638 – Centro – Ponta Grossa – PR 42 3026-5400

Dr. Humberto Akira Nakamura Guerzoni Radioterapia CRM/PR 23086 | RQE 1241

Otorrinolaringologia CRM/PR 9676 | RQE 3035

Rua Padre Ildefonso, 475 (Esq. com Coronel Dulcídio) - Centro Ponta Grossa - PR 42 3122-9600

Dr. José Koehler Hematologia e Hemoterapia Cancerologia Clínica CRM/PR 6673 | RQE 14331- RQE 14332

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro Ponta Grossa/PR

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro Ponta Grossa/PR

42 3026-5400

42 3026-5400

Dra. Janiceli B. C. Hablich Silvestre

Dra. Leilane Hoffmann Nogueira

Cancerologia Cirúrgica Mastologia

Alergia e Imunologia

CRM/PR 18028 RQE 13117 | RQE 13555

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

CRM/PR 31064 | RQE: 23799

O1 Saúde Rua Padre Ildefonso, 475 - Centro – Ponta Grossa, PR (42) 3122-9600 rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

9


Guia médico

Revista Saúde Edição 27 | Fevereiro . 2019 | Ponta Grossa.PR

Dr. Lucas E. F. Calafiori

Dr. Luciano Valadares

Radiologia e Diagnóstico por Imagem

Cirurgia Geral

CRM/PR 25629 | RQE 15923

CRM/PR 36159 | RQE 20799

Centro de Saúde São Camilo Rua Senador Pinheiro Machado,563 Ponta Grossa – PR Clínica da Imagem Rua Francisco Ribas, 712 – Centro Ponta Grossa/PR 42 3220-9400

42 3225-5289 Hospital de Caridade de Palmeira Rua Cel. Otoni Ferreira Maciel, 166 Palmeira – PR 42 3252-3435

Dr. Mário Augusto Cray da Costa

Dr. Pedro César Blum Filho

Cirurgia Cardíaca

CRM/PR 29616 | RQE 22500

Oftalmologia

CRM/PR 13550

Clínica Cray da Costa Rua Luiz Gama, 13 - Oficinas - Ponta Grossa - PR 42 3028-9494

Blum Rua Dr. Paula Xavier, 686 - Centro Ponta Grossa - PR 42 3028-2500

Dr. Rubens Adão da Silva

Dra. Tatiana Donadello Gava

Cancerologia Cirúrgica

CRM/PR 20.162 Alergia e Imunologia - RQE: 19990

CRM/PR 10493 | RQE 14323

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro Ponta Grossa/PR

10

42 3026-5400

Rua Nestor Guimaraes, 77 - Edifício Infinity - Sala 203 - Ponta Grossa – PR 42 3224-3704 | 99857-1111

Dra. Tatiana Sabedotti

Dra. Ursula Zarpellon

Radiologia e Diagnóstico por Imagem CRM/PR 13533 | RQE 5548

Oftalmologia

Clínica Corpo e Arte Rua Coronel Dulcídio, 8 - Ponta Grossa/PR 42 3223-4101 | 99127-5270

Rua Sant’Ana, 741 - Centro Ponta Grossa/PR

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

CRM/PR 17456 | RQE 11665

42 3028-2888


Índice

16

18

Dicas para prevenir alergias no verão

Dra. Tatiana Donadello Gava

20

22

24

26

28

30

32

36

38

40

42

44

45

Otorrinolaringologia Novos Rumos a Partir da Medicina Integrativa – II A Cura Através do Ponto de Equilíbrio.

Tratamento do câncer e saúde capilar

Dra. Cynthia Holzmann Koehler

Cisto Epidérmico

Dr. Luciano Valadares

46 47

48

50

52

Dra. Tatiana Cristina Neves Bosi

O que é ceratite?

Dr. Alessandro Both

Dor na relação sexual? Dra. Adriana Lopes

Aneurisma de aorta é uma doença grave? Dr. Felipe Skupien

54

Saúde Ocular Malformações Oculares congênitas

58

60

61

62

Dra. Angeli Cristine Kaiser

SCULPTRA®: o novo queridinho do rejuvenescimento e flacidez

66

Dra. Daniele De Araujo

Visão e Tecnologia

Dr. Alexander Rodrigo Hasimoto

PODOPEDIATRIA A saúde dos pés dos bebês começa com a prevenção!

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

Dr. Thomas Guilherme Ludke

Nutrição e saúde

Dr. Massamiti Munefaça Junior

16 24

Melhore sua vida sexual Priscila Martins Calil

Implantes sem cortes A realidade através da cirurgia guiada

ESPECIAL CAPA

Novidades na cirurgia refrativa a laser

26

28

32

46

Um cenário que se renova anualmente Katia Moro

Radioablação como ferramenta no tratamento do câncer Dr. Lucas E. F. Calafiori

Queda de cabelo? Pode ser alopecia areata. Conheça o problema!

CORE 2019: Academia Core Treinamento Funcional Centro especializado de treinamento individualizado. Vitor Hugo B. Oliveira Kelly Leandro

Síndrome do túnel do carpo Dr. Fábio Viegas

Lifting facial sem corte

Irani Corrêa Costa

Dra. Ursula Zarpellon

A chegada do bebê! nem tudo são flores

Rúbia Daniele Novatski Ambrosi

Dr. Pedro César Blum Filho

Alergia tem cura?

Dra. Leilane Hoffmann Nogueira

Qual melhor exercício para fazer?

Dra. Paola Hass Dr. Renan Bordini

Harmonização facial

Mariciane Melo 12

Dr. Francisco Barros

Revista Saúde Edição 27 | Fevereiro . 2019 | Ponta Grossa.PR

68

70

O direito empresarial e seu novo momento.

João Paulo Capella Nascimento João Vitor Ribatski

Médicos Precisam de “consulta” de Investimentos? João Guilherme Penteado

Informe Científico: Universidade Estadual de Ponta Grossa UEPG

50 52


Expediente

Revista Saúde Edição 27 | Fevereiro . 2019 | Ponta Grossa.PR

REVISTA TRIMESTRAL Fevereiro/2019 | ANO 7 | Nº 27 | Ponta Grossa.PR Editora Lopes e Rampani Ltda - CNPJ 07.986.256/0001-69 Franquia de Ponta Grossa/PR: G.S. Editora Ltda - ME - CNPJ 17.625.660/0001-60 ESCRITÓRIOS Umuarama (sede): Rua Paulo Pedrosa de Alencar, 4291 - Ed. Manhattan Garden - CEP: 87501-270 | Centro | Tel.: 44 3622-8270 e-mail: revistasaude@sempresaude.com.br - Ponta Grossa: Rua Julia Wanderley, 398, CEP 84.010-170 | Centro Tel.: 42 3301-9750 - e-mail: pontagrossa@sempresaude.com.br COLABORADORES LAYOUT E DIAGRAMAÇÃO: Alison Henrique, André Silva, Bruno Assunção, Dyego Bortoli, Jean Carlos João Zequim, Marcio Garcia, Thiago Mantovani CORREÇÃO ORTOGRÁFICA: Professora Vera Lúcia Pimentel Maia Ribeiro FOTOGRAFIAS: Frederico de Mário | Mariana de Mario | 42 3222-2000 JORNALISTA RESPONSÁVEL: Caio Henrique dos Santos Rosa - 0011175/PR CIRCULAÇÃO: Ponta Grossa e Região FRANQUIAS

NOSSA CAPA Novidades na cirurgia refrativa a laser Foto Capa Mariana de Mário 42 3222-2000

Fotos Frederico de Mário 42 3222-2000 Mariana de Mário 42 3222-2000

Apucarana/Arapongas-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - comercial@sempresaude.com.br - 43. 99611-5553 | 43. 996115563 - Araçatuba/Bauru-SP - Anderson Hernandes | Carol Lopes - aracatuba@sempresaude.com.br - 18. 99740-2777 | 18. 99813-7777 - Boa Vista-RR - Julio Graziani Carlos - boavista@sempresaude.com.br - 95. 99169-4071 - Campina Grande-PB - Everton Barros | Victor Lima - campinagrande@sempresaude.com.br - 83. 99988-0372 | 83. 99988-0429 - Campo Mourão-PR - Rafael Morimoto - rafael@sempresaude.com.br - 44. 99911-8081 | 44. 98811-6206 - Chapecó-SC - Fábio Bortolone - chapeco@sempresaude.com.br - 49. 99916-5719 - Cianorte-PR - Paulo Paixão | Andreia Gabriel - cianorte@sempresaude.com.br - 44. 99922-0310 | 44. 3346-4050 - Criciúma-SC - José Carlos Junqueira Alvarenga | Sandra Alvarenga - criciuma@sempresaude.com.br - 48. 99912-5253 | 48. 99914-0810 - Cuiabá-MT - Márcio Costa - cuiaba@sempresaude.com.br - 66. 99683-1899 - Florianópolis-SC - Paulo Victor Frasson Cordeiro - floripa@sempresaude.com. br - 48. 99133-3334 | 48. 99610-5357 - Foz do Iguaçu -PR - Rosana Segovia - rosana@sempresaude.com.br - 45. 99991-2500 - Goiânia-GO - Tiago de Souza Brito | Josiane Vicentim - goiania@sempresaude.com.br - 62. 99649-2036 | 62. 98326-2003 - João Pessoa-PB - José Adriano Danhoni Neves | Ednéia Tenório - joaopessoa@sempresaude.com.br - 83. 98750-7070 | 83. 98812-7080 - Joinville-SC - Ana Paula de Campos | Bruno Bellio - joinville@sempresaude.com.br - 47. 99930-6364 | 47. 99930-7637 - Londrina-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - londrina@sempresaude.com.br - 43. 99611-5553 | 43. 99611-5563 - Macaé/Rio das Ostras-RJ - Andreia Garcia | Paulo Cesar Ceranto - macae@sempresaude.com.br - 22. 98847-5455 | 22. 98842-9166 - Maringá-PR - Paulo Paixão | Andreia Gabriel - paulopaixao@sempresaude.com.br - 44. 99922-0310 | 44. 3346-4050 - Natal-RN - Dirceu Filho - natal@sempresaude.com.br - 83. 98788-7070 - Palmas/Araguaína-TO - Fábio Lima - palmas@sempresaude.com.br - 63. 98503-9960 | 44. 99829-0245 - Paranavaí-PR - Paulo Paixão | Andreia Gabriel - paranavai@sempresaude.com.br - 44. 99922-0310 | 44. 3346-4050 - Ponta Grossa-PR - Sérgio Oliveira | Mara Megda pontagrossa@sempresaude.com.br - 42. 99987-8180 | 42. 98418-1290 - Porto Velho-RO - Arthur Marandola - portovelho@sempresaude. com.br - 69. 99366-1466 | 69. 99366-1470 - Ribeirão Preto-SP - Eduardo Borges - ribeirao@sempresaude.com.br - 16. 99711-7770 - Rio Verde-GO - Marcelo Piai | Verônica Venâncio - rioverde@sempresaude.com.br - 64. 99625-8105 | 64. 99625-8305 - Rondonópolis-MT - Marcio Costa | Fernanda Lima - rondonopolis@sempresaude.com.br - 66. 99683-1899 | 66. 98139-7824 - São José dos Campos-SP - Marcelo Piai | Verônica Venâncio - sjcampos@sempresaude.com.br - 12. 99625.8005 | 12. 99625-1005 - São José do Rio Preto-SP Renato Dias Renovato | Kelly Renovato - riopreto@sempresaude.com.br - 17. 99669-1700 | 17. 99669-7771 - Sinop/Sorriso/Lucas do Rio Verde-MT - Emerson do Carmo | Luiz Carlos Rampani - rampani@sempresaude.com.br - 66. 99994-2442 | 66. 99659-7210 - Uberlândia-MG - Wander Marcio Rosada - uberlandia@sempresaude.com.br - 34. 99990-2479 | 34. 99967-1225 - Umuarama-PR - Ueslei Rampani | Marcelo Adriano - revistasaude@sempresaude.com.br - 44. 98407-0698 | 44. 99941-9930 | 44. 3622-8270

DIREÇÃO GERAL

Marcelo Adriano Lopes da Silva

FRANQUEADOS DESTA UNIDADE

Ueslei Dias Rampani

Você também pode ler esta edição pelo aplicativo: REVISTA SAÚDE OFICIAL

Sérgio Oliveira

Mara Megda

ENTRE EM CONTATO PARA MATÉRIAS E ANÚNCIOS Sérgio Oliveira : 42 99987-8180 Mara Megda: 42 99835-0400 pontagrossa@sempresaude.com.br

www.rsaude.com.br

Facebook/revistasaudecamposgerais

As matérias e imagens veiculadas são de responsabilidade dos seus autores. rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

13


Dicas para prevenir alergias no verão Reforce a proteção da pele com o uso contínuo de protetor solar com fatores de proteção UVA E UVB, protetor com amplo fator de proteção, com no mínimo de FPS 30 a cada 2 – 3 horas.

O verão para algumas pessoas é

Como proteger a pele no verão se

sinônimo de praia e diversão, para ou-

você tem alergia ao sol

tros, porém é sinônimo de incômodo,

• Reforce a proteção da pele com o

não só por causas do calor, mas tam-

uso continuo de protetor solar com

bém por ser a estação do ano que mais

fatores de proteção UVA E UVB,

combina com o surgimento de alergias

protetor com amplo fator de pro-

variadas, tanto em adultos como em

teção, com no mínimo de FPS 30 a

crianças.

cada 2 – 3 horas;

Alergia é uma resposta exagerada

• Tomar banho de sol em horário

do próprio indivíduo após a exposição

apropriado (antes das 10 horas e

a um determinado antígeno (substân-

após as 16 horas);

cia estranha a ele), que costuma ocor-

• Cobrir partes do corpo mais sen-

rer nas vias respiratórias, nos olhos,

síveis (rosto, pescoço, braços, ore-

na pele e em outras regiões do corpo.

lhas, com roupas de algodão ou com proteção ultravioleta) e uso de bonés; • Evite uso de perfumes e cosméticos com álcool, pois podem manchar a pele e fazer queimaduras; • Use protetor labial com fator de proteção solar; • Use óculos de sol com filtro especial nas lentes, para proteger os olhos dos efeitos dos raios ultravioletas (óculos com proteção solar e não apenas óculos escuros); • Evite se expor ao sol ao lidar com frutas cítricas (tipo limão, laranja) e plantas , pois podem causar reação na pele; • Pacientes com dermatite atópica devem usar hidratantes contínuos e no mínimo duas vezes por dia; • Perfumes,

protetores

solares,

hidratantes, desodorantes, maquiagens, repelentes podem dar alergia, portanto, poderá usar com indicação de um médico. 16

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


Pernilongos. Como se prevenir? Usando repelente na pele (de acordo com a cidade), usar mosquiteiros nas camas de crianças, telas nas janelas contra insetos , inseticidas, etc. E alergia aos frutos do mar e camarão? Quem nunca teve uma reação alérgica, infelizmente não é possível prever se um dia terá! Porém, se já é conhecida a alergia deverá fazer restrição do alimento que é alérgico. Em caso de contato acidental ou caso apresente alergia durante a refeição, deve-se imediatamente interromper o consumo do alimento, procurar atendimento médico imediato ou realizar as orientações médicas sobre plano de ação no caso de emergência, caso já saiba que é alérgico . Alergias respiratórias como prevenir? • Casas de praia devem ser limpas e arejadas antes do uso, para evitar mofo e poeira, de preferência com produtos sem odor forte.

Enfim, caso apresente alguma re-

• Evite cortinas, carpetes e cobertores de pelo.

posteriormente um médico alergista

• Lavar toda roupa de cama e banho antes do uso.

ação alérgica, não hesite em procurar para orientação adequada ao seu caso. Aproveite o verão!

DRA. TATIANA DONADELLO GAVA CRM/PR 20162 | RQE 19990 ALERGOLOGISTA (ADULTO E CRIANÇAS)

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10

rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

17


Otorrinolaringologia Novos Rumos a Partir da Medicina Integrativa – II A Cura Através do Ponto de Equilíbrio.

Um dos ensinamentos que médicos cirurgiões têm durante o seu período de treinamento é de que se está tendo dificuldade no procedimento cirúrgico, deve-se parar e retomar os passos desde o início da cirurgia. A prática da medicina integrativa requer exatamente isso, só que de maneira diferente. Ela instiga o médico a buscar os ensinamentos do pai da medicina, Hipócrates, que dizia: Antes de curar alguém, pergunta-lhe se está disposto a desistir das coisas que o fizeram adoecer! De uma maneira geral, o nosso corpo sabe exatamente o que tem que fazer para curar-se, pois através da nossa evolução foi programado para isto. Mas para isto é necessário que se aplique o enunciado de Hipócrates, bem como se forneça ao corpo aquilo que precisa para reparar a lesão. Sempre faço a comparação da nos-

sa saúde com um boneco João Bobo, aquele que você empurra e ele volta sozinho a posição de equilíbrio, por conta do peso que está na sua base. Quando acordamos e pomos o pé pra fora da nossa cama, já tem coisas nos tirando do equilíbrio. Acontece com todos nós! O segredo então está no fortalecimento da base do nosso boneco. Tal qual uma mesa que tem quatro pernas, a base do nosso boneco é sustentada por quatro pontos. No artigo anterior comentamos do sucesso da medicina ao prolongar a vida das pessoas, e que a palavra de ordem agora é colocar vida nestes anos! Lembre-se, 20% da nossa velhice é ditada pela nossa genética e 80% pelo nosso estilo de vida! O primeiro destes pontos é a dieta. Estamos comendo mal! Tanto pela qualidade dos alimentos como pela maneira (rapidez) como o fazemos. Deveríamos descascar mais e desembalar menos o que comemos. Se seguirmos esta dica já estaremos dando um bom passo no fortalecimento da base do nosso boneco. Segundo, atividade física. Um exemplo bem fácil de como mudou a

nossa vida e que os mais velhos vão poder confirmar. Como era TV? Para que funcionasse você tinha de ir até o aparelho e apertar ou girar um botão. Aí você sentava no sofá começava a assistir, porém percebia que o programa estava chato, o que fazia? Levantava, caminhava até o aparelho e trocava de canal. Voltava a sentar. Mas o som daquele canal estava muito baixo. O que você fazia? Dica: se caminhar 10.000 passos por dia, você sai da classificação de sedentário. O terceiro ponto é o sono. Pra encurtar nossa conversa. Se sono não fosse importante seria um dos maiores erros da natureza. Já pensou que dormimos 1/3 da nossa vida? Tem que ter qualidade. E por último temos de cuidar melhor da nossa mente. Não vejo maneira mais simples, eficaz e barata do que a prática da meditação, e digo isto porque sou um praticante convicto! Vários são os trabalhos científicos que tem reforçado este conceito. Peça orientação do seu médico quanto a estas e outras várias situações em que a medicina integrativa pode te ajudar!

DR. FRANCISCO BARROS OTORRINOLARINGOLOGIA CRM/PR: 9676 - RQE 3035

18

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


Tratamento do câncer e saúde capilar O tratamento do câncer tem por finalidade a cura e o controle ou alívio dos sintomas relacionados à doença. E, dependendo do tratamento instituído (quimioterapia, cirurgia, radioterapia, etc), surgirão efeitos colaterais que variam de paciente para paciente. Vários fatores podem influenciar no surgimento, na intensidade e na duração dos sintomas. Um dos efeitos adversos é a perda de cabelo (alopecia), que pode ocorrer em todo o corpo. Certamente, apesar de não colocar a vida do paciente em risco, é uma experiência desafiadora, psicológica e emocionalmente, afetando a autoimagem e a qualidade de vida. O cabelo pode cair de uma vez só, ou de forma gradativa. No entanto, a perda do cabelo é temporária e ele volta a crescer após o término do tratamento. A radioterapia afeta apenas o cabelo das regiões dentro da área irradiada e depende da dose da radiação. Em relação à quimioterapia, nem todos os medicamentos utilizados provocam a alopécia. E, em geral, não é imediata e a quantidade de perda varia entre os pacientes. Aprender a lidar com a queda dos cabelos e falar sobre o assunto proporciona conforto. Algumas medidas simples podem auxiliar no cuidado com o cabelo e com o couro cabeludo: 1. Xampu suave; 2. Escova de cabelo macia para o cabelo remanescente; 3. Protetor solar no couro cabeludo 4. Proteger do frio nos meses mais frios; 5. Evitar secar o cabelo com altas

temperaturas; 6. E vitar o uso de tinturas e demais produtos químicos; 7. Evitar trançar, amarrar com elásticos (preferir fitas); 8. Fronhas de travesseiro macias (seda ou cetim). Outra tecnologia disponível hoje, no Brasil e no Complexo ISPON, é a Capelli. Trata-se de uma touca rígida feita em plástico de engenharia ABS, revestida de espuma térmica de células fechadas conectada a um equipamento gerador de ar extremamente frio, o Freddo. Este sistema foi vencedor do Desafio Pfizer 2017 inovação do ano na área médica. Assim, através de um sistema de resfriamento do couro cabeludo consegue-se minimizar a queda de cabelo durante o tratamento quimioterápico. Os testes iniciais do produto, comparando-se com os métodos atuais, mostraram superioridade de performance

do Capelli na manutenção do cabelo. Todo este sistema está registrado na ANVISA e certificado pelo INMETRO. Não existem contraindicações absolutas, entretanto, deve-se evitar seu uso em pacientes com baixa performance clínica e/ou comprometimento do couro cabeludo. As pacientes que irão utilizar o Capelli receberão orientações específicas sobre os cuidados, mas de modo geral, seguem as orientações acima citadas. Estudos recentes mostram que a maioria das pacientes deseja camuflar e/ou prevenir a alopecia, transformando o resfriamento capilar em uma intervenção válida. As estatísticas atuais também demonstram um aumento progressivo do uso deste tipo de tecnologia, refletindo a maior acessibilidade e o comprometimento de clínicas e hospitais, como o Complexo ISPON, na qualidade de vida e no bem estar dos pacientes.

DRA. CYNTHIA HOLZMANN KOEHLER ONCOLOGIA CLÍNICA CRM/PR: 24.783 | RQE: 17.606

• Médica Oncologista Clínica no Complexo ISPON; • Membro da ASCO (American Society of Clinical Oncology) desde 2014; • Membro da ANCP desde 2017 (Academia Nacional de Cuidados Paliativos); • Membro da SBOC (Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica) 2017; • Membro do corpo clínico do Complexo ISPON; • Chefe do Serviço de Oncologia Clínica e Cuidados Paliativos HGU- Ponta Grossa - PR.

20

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


Cisto Epidérmico Trata-se de um nódulo benigno que pode surgir em qualquer área do corpo, porém é mais comum na face, pescoço e tronco, que são regiões com maior acúmulo de glândulas sebáceas.

Sintomas Nódulo visível e palpável, de consistência fibroelástica e da cor da própria pele. Em alguns casos, pode ser mais visível e ter uma coloração amarelada. Pode ser doloroso, dependendo de sua localização no corpo, mas isso não é muito comum. Se houver infecção, o cisto pode ficar avermelhado, quente, doloroso e

O que é?

sofrer saída de secreção purulenta.

Existem diferentes tipos de cistos, o mais frequente é o epidérmico. Tra-

Tratamentos

ta-se de um nódulo benigno que pode

O tratamento não traz grandes reper-

surgir em qualquer área do corpo, po-

cussões. Há uma cápsula que retém

rém é mais comum na face, pescoço

secreção sebácea e queratina, no en-

e tronco, que são regiões com maior

tanto, pode haver períodos de expul-

acúmulo de glândulas sebáceas. São

são. Ou seja, a secreção sai e o cisto

desencadeados por uma alteração es-

“esvazia”, mas depois incha e esvazia

trutural na composição folicular. Tam-

de novo. Para resolver a situação e eli-

bém podem ser de origem traumática:

minar o cisto, o procedimento deverá

as células que estão na camada mais

ser cirúrgico. Será feita uma incisão e

superficial da pele (epiderme) acabam

a retirada do material inclui a cápsula,

indo para a derme, gerando essa for-

que é como uma capa que recobre o

mação cística. É mais comum de ocor-

conteúdo. Costuma ser um procedi-

rer em adultos, sendo considerados

mento simples, dependendo do tama-

raros os casos em crianças.

nho e da localização do cisto. São feitas anestesia local, incisão e remoção, o que gera uma cicatriz.

DR. LUCIANO VALADARES CIRURGIA GERAL - CRM/PR 36159 | RQE 20799

22

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10

Para resolver a situação e eliminar o cisto, o procedimento deverá ser cirúrgico. Será feita uma incisão e a retirada do material inclui a cápsula, que é como uma capa que recobre o conteúdo.


Harmonização facial

24

Harmonização Facial é um con-

estética trabalhando nos dentes e em

junto de técnicas combinadas para o

algumas regiões da face. Desta forma a

equilíbrio estético e funcional da face.

procura por um rosto mais belo e har-

Hoje, os cirurgiões-dentistas atuam

mônico ficou mais fácil e acessível a to-

neste sentido, com novas técnicas e

dos. Afinal, se temos a confiança no pro-

produtos avançados para se obter a

fissional em tratar nossos dentes, por

melhor proporção facial.

que não a beleza do nosso rosto?

Atualmente no Brasil, a harmoni-

Assim, pensando na qualidade

zação facial está cada vez mais avan-

dos serviços oferecidos em nossos

çada, com técnicas menos invasivas

métodos e serviços, a Cia do Sorriso

e métodos com maior tecnologia.

investiu nessa área, na qual estamos

Os métodos mais utilizados para a

buscando novas e avançadas qualifi-

harmonização facial são: Lipo de Pa-

cações em Harmonização Facial.

pada, MD Codes, Toxína Botolínica,

Estamos utilizando, para melhor

Preenchimentos, Lifting, bichecto-

satisfação do nosso paciente, a mais

mia, Fio Russo, Fio de PDO, Full Face

avançada técnica que é a Proto Coll

e o Proto Coll.

- Terapias Efetivas de Indução de Co-

Em relação ao profissional, o cirur-

lágeno que são alterações cutâneas

gião dentista restabelece a função e a

(sinais do envelhecimento). O proce-

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

Atualmente no Brasil, a harmonização facial está cada vez mais avançada, com técnicas menos invasivas e métodos com maior tecnologia. Os métodos mais utilizados para a harmonização facial são: Lipo de Papada, MD Codes, Toxína Botolínica, Preenchimentos, Lifting, bichectomia, Fio Russo, Fio de PDO, Full Face e o Proto Coll.


dimento é realizado através de um mi-

melasma, pele flácida, peles somente

croagulhamento com um novo méto-

com manchas, etc..

do pouco encontrado no Brasil “meso

O método Proto Coll após a apli-

gun” e materiais importados, onde é

cação tem uma melhor absorção e

utilizado a associação da toxina intra-

durabilidade do produto, sendo re-

muscular e intradérmica, infusão de

alizada uma nova aplicação a cada

ativos com toxina intradérmica, apli-

ano, sendo o resultado observado

cação de ácidos em uma única sessão

em 7 dias, estimulando o colágeno e

otimizando o resultado.

o rejuvenescimento da pele.

A otimização é a de tempo e poder fazer diversos procedimentos em um único lugar são grandes ganhos para os pacientes e para nós, da odontologia.

Em nosso protocolo, cada paciente passa por uma avaliação à qual estipu-

Orientações pós aplicação:

la-se o melhor método considerando

• Proteger-se do sol;

a característica de pele, para determi-

• Seguir as orientações prescritas

nar os produtos adequados e específi-

pelo profissional, visando assim

cos conforme avaliação, por exemplo:

um bom resultado.

DRA. TATIANA CRISTINA NEVES BOSI ODONTOLOGIA - CRO/PR 21741

• Bacharel em Odontologia, Centro de Ensino Superior do Campos Gerais Faculdades Integradas, Cescage. Em Ponta Grossa/2011; • Especialização em Ortodontia , Faculdade de Ensino Ingá. Maringá/2016; • Aperfeiçoamento de Fios no Instituto Tereza Scardua-SP/2018; • Aperfeiçoamento de Harmonização Facial com Toxina Botulínica e Preenchedores, Instituto Odontologia Vetor - Lapa/2018; • Aperfeiçoamento em terapias de Indução de Colágeno Dérmico, São Paulo/2018; • Concursando Especialização em Oro Facial, instituto Tereza Scardua - SP.

(42) 3225-7272 Rua Tiradentes, 876 - Centro - Ponta Grossa - PR cia_sorriso@hotmail.com rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

25


O que é ceratite? A doença pode começar como algo sem importância e, no entanto, levar a consequências sérias. A ceratite, basicamente, é uma inflamação da córnea, aquela parte de estrutura cristalina localizada em frente ao olho, que envolve a pupila, e através da qual todos nós conseguimos enxergar as coisas ao nosso redor. Ela pode ou não estar associada a algum tipo de infecção causada por bactérias, vírus, fungos ou parasitas. Quando não infecciosa, a sua causa pode estar numa lesão por vezes pequena como, por exemplo, quando se usa lentes de contato por muito tempo ou quando um corpo estranho acaba perdendo-se em nossos olhos. Para sermos mais específicos, portanto, podemos listar algumas razões que levam ao aparecimento da ceratite, começando por esta última que

acabamos de citar. Se algum objeto arranhar ou ferir a superfície da córnea, uma ceratite não infecciosa pode vir a ocorrer. No entanto, tal lesão pode permitir que microrganismos tenham acesso à córnea ferida, ocasionando uma ceratite infecciosa. Outra situação associada ao aparecimento da ceratite é o uso de lentes de contato contaminadas. Bactérias, fungos ou parasitas podem habitar a superfície de uma lente de contato ou estojo de lentes de contato. Desse modo, a córnea pode acabar contaminada ao unir-se à lente que está no olho, ocasionando também uma ceratite infecciosa. Além disso, o uso excessivo das lentes expõe os olhos à ceratite da mesma forma. No caso da ceratite ser viral, curiosamente o vírus mais comum que causa a inflamação da córnea é o vírus da herpes (Herpes simplex), o que pode vir como uma grande surpresa para alguns que o associam a outras situações e ignoram essa possibilidade. Quando bacteriana, uma das bactérias capaz de gerar ceratite é a mesma causadora da gonorreia (Neisseria gonorrhoeae). Outra situação para a qual devemos nos atentar é para a água contaminada – principalmente

agora no verão, em que todo mundo está atrás de piscinas ou rios para se refrescar. As bactérias, fungos e parasitas presentes na água podem entrar em nossos olhos enquanto nadamos, tendo por consequência o surgimento da ceratite. Contudo, ainda que você esteja exposto a essas bactérias, fungos ou parasitas, a probabilidade de uma córnea saudável ser infectada é muito remota, a menos que a superfície da sua córnea já tenha sentido algum dano a essa exposição e mostre-se vulnerável. Assim, é preciso que nos mantenhamos vigilantes em relação a qualquer alteração em nossa visão, uma vez que as complicações relativas à ceratite podem levar inclusive à cegueira. Dentre os sinais ou sintomas mais comuns associados a essa condição, temos: vermelhidão e dor dos olhos, lacrimejamento, dificuldade em abrir a pálpebra por conta de dor ou irritação, visão embaçada e diminuída, sensibilidade à luz (fotofobia) e sensação de que há algo no olho. Se uma dessas situações começar a incomodar, procure o seu oftalmologista de confiança para que possa averiguar o tipo de ceratite, se esse for o seu caso, e o tratamento mais adequado.

DR. ALESSANDRO BOTH OFTALMOLOGISTA - RQE 12147 | CRM/PR 18683

• Fellow em Córnea e Catarata na Oftalmoclínica Curitiba; • Fellow em Retina e Vítreo na Oftalmoclínica Curitiba; • Mestrado em Cirurgia na PUC-PR; • Professor Adjunto da Disciplina de Clínica Cirúrgica II – Oftalmologia UEPG.

26

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


Dor na relação sexual? Por diversas vezes, nos questionamos frente a alguma situação de desconforto sexual, “O que está acontecendo de errado comigo??” ou “Sempre senti dor na relação, deve ser normal!!” Seu ginecologista pode auxiliar a responder tais questões. É importante você desenvolver um vínculo de confiança com este profissional, pois será uma boa pessoa para lhe auxiliar neste momento. Devemos pensar em algumas situações, quando recebemos tal queixa no consultório. É preciso salientar que existem fatores externos envolvidos, tais como: cultural, educação, religião, eventualmente traumas emocionais ou físicos a que esta mulher pode ter sido exposta. Dificilmente resolvemos a dor na relação, conhecida por Dispareunia, somente com conversa, ou tratamento isolado. Existe o envolvimento de diversos profissionais que busquem o

mesmo objetivo. Terapeutas, médicos, fisioterapeutas, focando na liberação de traumas ou bloqueios que levem a essa dificuldade na relação sexual. Por parte do ginecologista, conseguimos auxiliar muito nestas situações de dor, quando isso ocorre por contração excessiva do músculo, que se localiza na entrada da vagina, conhecido por VAGINISMO, dificultando a penetração e consequentemente a lubrificação vaginal, afinal não há lubrificação sem prazer, e não há prazer com dor. O Botox vaginal, auxilia em muito o relaxamento desta musculatura, causando uma paralisação deste músculo e permitindo a penetração natural, após isso, consequentemente a lubrificação e a possibilidade de se atingir o orgasmo. A participação em cursos de sexualidade auxilia em muito a liberação do

se auto conhecer, através de toques, que muitas vezes, entendemos como “errados”, porém nos permitem saber o que gostamos e o que não gostaríamos que nosso parceiro praticasse, para auxiliar a atingirmos o êxtase. Tais cursos são multiprofissionais e desenvolvidos pensando em cada dificuldade que a mulher pode ter, individualizando desta maneira, sua restrição. A mulher precisa entender que o prazer na relação é fundamental para atingirmos nossa plenitude e bem-estar físico e emocional, fortalecendo dessa maneira o vínculo com seu parceiro. Conhecer a si mesma, é algo fundamental para nossa paz interior, o que em consequência nos permitirá demonstrar que vivemos nossa vida sexual e não simplesmente passamos por ela como mera observadora.

DRA. ADRIANA LOPES GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA CRM/PR 13.515 | RQE 5985

28

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


Aneurisma de aorta é uma doença grave? Aneurisma é a dilatação de um vaso sanguíneo que pode ocorrer em vários locais do corpo. Um dos mais comuns é a Aorta (nosso vaso circulatório de maior tamanho). O grande problema do Aneurisma de Aorta é o risco de ruptura (situação de extrema gravidade em que o risco de óbito é muito grande), e não é comum que o aneurisma cause sintomas antes de sua expansão ou ruptura. Então, respondendo à pergunta, Aneurisma de aorta é sim uma doença grave, que gera poucos sintomas, e daí a importância da avaliação com o cirurgião vascular, principalmente se houver histórico de aneurismas na família. Como é o diagnóstico? Primeiramente a consulta e o exame clínico com especialista são fundamentais para o diagnóstico, esclarecimento de dúvidas e opções de tratamento. De uma maneira geral, todos exames de imagem podem ser úteis no diagnóstico e, algumas vezes, aneurismas são descobertos de maneira oca-

sional em exames de imagem realizados por outros motivos. Mas no caso de uma suspeita, o especialista irá escolher a melhor opção de imagem tanto para o diagnóstico, quanto para o acompanhamento e para o planejamento do tratamento. A boa notícia Com o diagnóstico precoce, muitas vezes é possível acompanhar e prevenir situações de urgência e de alto risco. E quando necessitamos de intervenção, atualmente, podemos tratar de forma muito menos agressiva, sem cirurgia aberta.

O tratamento Através da Cirurgia Endovascular, é realizado um “revestimento” por dentro da área dilatada (aneurisma) que protege da ruptura do aneurisma, e muitas vezes, isso é possível realizar até de forma percutânea (ou seja, sem cortes), permitindo uma recuperação mais rápida, com menos complicações e com tempo de internamento e recuperação muito reduzidos. Para isso, é inevitável analisar cada caso individualmente e buscar tratamento com profissional especializado. Busque conversar com seu cirurgião vascular de confiança.

DR. FELIPE SKUPIEN CRM/PR: 25791 CIRURGIA VASCULAR - RQE: 16306 ECOGRAFIA VASCULAR - RQE: 18820 ANGIORRADIOLOGIA E CIRURGIA ENDOVASCULAR - RQE: 19850

30

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


Alergia tem cura? Alguns tipos de alergias podem ser doenças crônicas (duram anos ou até a vida toda), e assim como toda doença crônica vem sempre a dúvida do paciente: alergia tem cura? O mais importante é sempre buscar o controle da doença e proporcionar uma melhor qualidade de vida ao alérgico. Isso se dá através da identificação dos fatores desencadeantes das alergias, o afastamento deles e a realização do tratamento correto para cada patologia. Por tratar-se de uma doença crônica a terapêutica será o uso contínuo (diário) das medicações (como é o caso do hipertenso que toma remédio todo dia para diminuir a pressão senão ela aumenta e traz consequências sérias). Usar medicações todos os dias pode ser algo incômodo e difícil para muitos pacientes.

Alergia é um termo amplo que engloba diversas doenças as quais, atualmente, há cada vez mais pacientes diagnosticados.

E existe alternativa para isso? A alternativa é a imunoterapia, popularmente conhecida como “vacina para alergia”, que pode oferecer a chance do paciente, a longo prazo, ficar sem sintomas mesmo sem uso de medicações contínuas. Essa modalidade terapêutica só é possível para um grupo de alergias que são as IgE mediadas, dentre elas as principais são: rinite alérgica, conjuntivite alérgica, asma alérgica, dermatite atópica e em reações graves a picadas de insetos ( abelha, marimbondo, vespa e formiga).

Todo mundo que tem essas doenças pode fazer o tratamento? Não. Primeiro tem que descobrir qual ou quais alérgenos específicos estão causando a alergia do paciente e isso se faz através de testes alérgicos, pois a imunoterapia será direcionada com base no resultado (com exames negativos o tratamento não é indicado). Também deve haver uma relação com a história clínica do paciente; uma avaliação da relevância do alérgeno e avaliar possíveis contraindicações específicas. Como é realizada a imunoterapia? Ela é feita em forma de injeção ou de gotinhas embaixo da língua. É composta por extrato do alérgeno identificado pelo teste, iniciando numa dose bem diluída que vai ficando cada vez mais concentrada com a evolução da terapia. Este tratamento é extremamente individualizado. Deve ser feito por um profissional especializado e capacitado, com extratos confiáveis, sob supervisão e nas doses corretas. Tem duração total de 3 a 5 anos. Cada um pode ter uma resposta diferente ao tratamento, tudo depende do comprometimento do paciente; em fazer o tratamento dentro das condições adequadas e em como o sistema imunológico irá reagir a tudo isso. Dentre os pacientes com boa resposta os benefícios podem permanecer durante o tempo do tratamento ou durarem a vida toda.

DRA. LEILANE HOFFMANN NOGUEIRA ALERGIA E IMUNOLOGIA CRM/PR 31064 | RQE: 23799

• Título de especialista em Alergia e Imunologia pela Associação Brasileira de Alergia e Imunologia - ASBAI; • Mestranda em clínica médica pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo FMRP- USP; • Residência em Clínica Médica pelo Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais- UEPG; • Residência em Alergia e Imunologia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo FMRP- USP.

32

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


Saúde Ocular

Malformações Oculares congênitas A malformação humana esteve presente desde os primórdios da humanidade. Era representada dentro das primeiras escritas (2000 a.C), no folclore, em forma de deuses (6.500 a. C.), histórias mitológicas e mesmo das artes. Antes do século passado uma a cada cinco crianças nascidas, sucumbia com doenças próprias da infância. A malformação era uma das causas, mas não chamava tanto a atenção naquela época. Entre as malformações congênitas da face, as anomalias oculares representam um grave problema aos portadores porque causam deficiência visual, problemas sociais como discriminações, rejeições e distúrbios psicológicos devido a dificuldade de adaptação e sociabilização do indivíduo. Algumas crianças nascem com más-formações nos olhos devido a comprometimentos durante determinada fase embrionária. Esta malformação pode gerar problemas visuais como a aniridia (ausência da formação da íris), colobomas de nervo óptico, retina e pálpebra, entre outros. Coloboma ou síndrome dos olhos de gato É uma malformação congênita ocular que pode ser hereditária ou causada por uso de drogas pela mãe durante a gravidez, ou por doenças infecciosas adquiridas durante o período de gestação. Também pode ser associada a traumas oculares ou cirurgias. A patologia afeta uma a duas pessoas em cada dez mil, podendo acometer um ou os dois olhos.

As principais doenças associadas ao coloboma são: • Síndrome do olho do gato (Cri Du Chat); • Trissomia do 13; • Trissomia do 18; • Síndrome de Marfan; • Síndrome de Rubinstein-Taybi; • Doença de Sturge-Weber; • Síndrome do nevo das células basais • Variação do normal (algumas colobomas podem ser herdadas como um traço autossômico dominante). Trata-se de um defeito no fechamento da fissura embrionária, estrutura importante na formação do olho humano. Esse fechamento ocorre entre o 1º e o 2º mês de gestação. Se o fechamento for incompleto, pode ocorrer formação de uma fenda em alguma estrutura do globo ocular, como íris, pálpebra, retina, nervo ótico e coróide. Se a fenda se formar na pálpebra ou na íris, não há prejuízo para a visão. Mas se o defeito ocorrer na retina ou no nervo ótico pode ocasionar cegueira.

A doença pode ocorrer de forma isolada, ou pode ser acompanhada por glaucoma, como conseqüência. A aparência do globo ocular depende da estrutura do olho que foi acometida pelo defeito congênito. Os sintomas podem ser visão embaçada e diminuição da acuidade visual, além do achado de um “buraco” no olho ou de uma pupila de formato incomum. O tratamento e diagnóstico correto das malformações oculares é feito por parte de uma equipe multidisciplinar incluindo diversas especialidades médicas como o ginecologista obstetra, radiologista, oftalmologista, pediatra e após o nascimento dependendo da severidade do diagnóstico, auxiliares da reabilitação e estimulação visual. Um bom pré-natal gestacional acompanhado de aconselhamento genético e multidisciplinaridades, ajudam no trânsito das descobertas das malformações congênitas.

DRA. URSULA ZARPELLON OFTALMOLOGIA - CRM/PR: 17456 | RQE 11665

• Fellow no Hospital Infantil Pequeno Príncipe Paraná; • Fellow Estrabismo Fundação Hilton Rocha em Belo Horizonte - MG; • Internacional Fellowship The Hospital for Sick KIds - Toronto - CA; • Research Fellowship no The Smith Kettlewell Eye Research Institute, San Francisco - EUA.

36

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


A chegada do bebê! nem tudo são flores

Entendendo a maternidade como um momento especial da vida da mulher, do casal, da família, é preciso compreender e se preparar para viver este momento da vida com conhecimento, pois assim as dificuldades podem ser minimizadas e se necessário buscar auxílio profissional para melhor resolução do que for preciso, seja aconselhamento psicológico, seja medicamentoso. BLUES PUERPERAL OU BABY BLUES: este é o evento emocional mais comum desta fase pós parto imediato acometendo aproximadamente 60% das mulheres; iniciando nas primeiras 24 horas após o nascimento do bebê e com duração de 4 a 6 semanas, coincidindo com o período da “dieta”/ “resguardo”/ “quarentena”. E por que é tão comum? E por que acontece? Sabe-se que o período gestacional é caracterizado por uma série de alterações hormonais, físicas, metabólicas e emocionais na mulher, afinal algo muito complexo e maravilhoso está acontecendo: a formação do bebê. Sendo assim, ao nascimento ocorre toda uma instabilidade global da mulher, então até se reestabelecer o equilíbrio físico-hormonal-emocional à nova vida (de sono, alimentação, mudanças do corpo, aprendizado em lidar com as emoções do bebê, traduzir choro em necessidades, maior confiança aos cuidados básicos: dar banho, trocar fraldas, dar mama, fazer dormir, perceber o que acalma o bebê, criar uma forma própria de mãe para sentir-se suficientemente boa, aprender a filtrar as interferências externas, criar uma rede de apoio, rotina) e tudo se encaminhar favoravelmente. Alguns sintomas podem Acontecer: • As emoções de insegurança: “não vou dar conta”/ “isso nunca vai passar”/ “nunca mais vou dormir à noite”/ “eu não sei o que fazer”; • Choro imotivado; • Angústia, desconforto; • Cansaço excessivo; • Vergonha e culpa de não estar linda, bela e feliz como as “famosas”. Se, apesar de tudo isso, existir uma manutenção aos cuidados consigo, com o bebê, vontade de cuidar, dar amor e querer ficar bem e a cada dia sentir que está menos difícil, então 38

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

é muito provável que seja apenas o Baby Blues e vai passar! O tratamento consiste em: • Rede de apoio operante (pai, avó materna e/ou paterna, ou figura materna (tia, madrinha, amiga), de preferência pessoas calmas, positivas e que já tenham passado e/ou entendam este momento; • Visitas, apenas se entender que inicialmente está confortável para receber, senão, protelar para outro momento; • Procurar se alimentar, ingerir bastante líquido e descansar (tentar dormir) quando o bebê dorme. O descanso favorece a produção de leite e ajuda a sentir-se melhor e mais disposta para cuidar, quando o bebê está acordado. • Muita paciência consigo mesma; • Pensar positivo e saber que por pior que possa estar, normalmente passa; • Imunizar-se de culpa e excesso de auto cobrança (ser mais amiga de si mesma);

• Amar-se e sentir-se capaz de amar. Como regra, se os sintomas são leves e a puérpera (mamãe) consegue manter o funcionamento mesmo que com certa dificuldade, a medicação geralmente não se faz necessária.

DEPRESSÃO PÓS-PARTO: este acometimento já requer um cuidado e encaminhamento o mais rápido possível ao psiquiatra. Os principais sintomas seriam todos os citados no Blues Puerperal mas com um maior acometimento e intensidade, prejudicando sobremaneira o funcionamento da mãe no cuidado consigo e com o bebê. Acontece: • Um esgotamento, perda de energia física/ mental; • Insônia/ hipersonia (sono excessivo); • Evitabilidade aos cuidados com o bebê; • Culpa persistente e excessiva; • Labilidade emocional;

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


• • • • •

Tristeza; Sensação de impotência; Falta de vontade de viver; Perda do sentido da vida; Alteração no apetite (inapetência/ hiperfagia); • Desasseio pessoal e com o bebê. Neste diagnóstico, os sintomas também variam de intensidade, mas para ser depressão deve existir um prejuízo funcional persistente, que não vai passando ao longo dos dias. Geralmente vai agravando, daí a importância de quem estiver na rede de apoio identificar e, na dúvida, pedir aconselhamento médico. O tratamento inclui todos os citados no Baby Blues e medicação antidepressiva específica e segura para mãe e bebê, além de acompanhamento com psicoterapia e nos casos refratários (que não respondem ao tratamento) deve ser feito internação e Eletroconvulsoterapia (ECT).

PSICOSE PUERPERAL: quando não existe história prévia pré-gestacional de psicose materna, o quadro psicótico ocorre dentro do 1º mês pós parto e geralmente quando tratado adequadamente e precocemente costuma, embora sendo grave, se resolver em até um mês de tratamento (transtorno psicótico breve). Caracteriza-se por: • Delírios; • Alucinações; • Discurso desorganizado (confuso); • Comportamento desorganizado ou catatônico. Sem dúvida é grave, sendo o quadro psíquico pós parto mais temido, pelo risco de vida que representa para a vida da mãe e do bebê (risco de infantocídio), caso não seja diagnosticado a tempo. Neste caso, o tratamento é afastar o bebê da mãe até que os sintomas remitam. Em casos mais leves,

com rede de apoio adequada, opta-se pelo tratamento em domicílio com um cuidador para o bebê e um cuidador com supervisão 24 horas para a mãe. Quando não há resposta ou sintomatologia, é iminentemente grave e desadaptada a opção e internação e ECT (eletroconvulsoterapia).

ANSIEDADE PUERPERAL: • Mulheres com história de perdas (aborto) e/ou dificuldade para engravidar; • Mulheres com história prévia na gestação ou anterior de ansiedade tradada ou não; • Gestações conturbadas por questões inerentes à gestação (risco de perda, diagnóstico intra-útero de malformações fetais, doenças congênitas, etc); • Traumas gestacionais, econômicos, físicos, emocionais, conjugais; • “Mães de primeira viagem”. Todas estas situações favorecem e muito o aparecimento da ansiedade no puerpério. A questão é que ansiedade é inerente a esta fase, ou seja, todas as mulheres sentem neste período, por todas as razões adaptativas que acontecem neste momento. Mas, o problema é a intensidade dela.

Nestes casos, provavelmente se está diante do quadro ansioso, podendo aparecer no pós parto imediato ou ao longo do tempo. Tratamento: psicoterapia além de medicação ansiolíotica e reasseguramento emocional. Com todas as informações expostas, ao contrário de querer nublar a beleza deste momento tão especial para a vida, principalmente da mulher, é poder colaborar para que saiba que não será menos mãe se vier a precisar de um auxilio especializado e sim, que isto poderá ser importante para aliviar o sofrimento muitas vezes maior que a capacidade de superar sozinha.

Sendo assim: • Um excesso de ansiedade que imobiliza, paralisa, bloqueia as ações; • Sentimentos de impotência, culpa excessiva por não estar sendo boa mãe, esposa, mulher; • Sintomas físicos (disparo do coração, nó na garganta, náusea, diarreia); • Medo de morrer ou que o bebê morra; medo de doença grave; • Insegurança de não saber cuidar, de estar fazendo tudo errado; • De sentir-se mal, mesmo estando tudo bem; • Sentir-se a pessoa mais ingrata do mundo; • Ansiedade que causa sofrimento.

DRA. ANGELI CRISTINE KAISER PSIQUIATRIA - CRM/PR: 22919 | RQE: 18982 MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10

rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

39


Síndrome do túnel do carpo Tratamentos minimamente invasivos A Síndrome do Túnel do Carpo (STC) é a mais frequente neuropatia de etiologia compressiva da espécie humana. O tratamento cirúrgico convencional desta afecção provou ser altamente resolutivo, além de simples e seguro. A abertura do ligamento transverso do carpo por via aberta permite completa resolução dos sintomas do paciente e, quando realizada por cirurgiões experientes, apresenta baixíssimo risco de sequelas. Porém, o procedimento exige uma incisão sobre

às estruturas - alvo e a consequente

Por ser uma técnica minimamen-

o punho, o que pode trazer problemas

manipulação dos tecidos. Tudo isso

te invasiva, tem como potenciais be-

ocasionais, como dor na cicatriz, dimi-

com o principal objetivo de tentar di-

nefícios a diminuição da morbidade

nuição da força de preensão da mão

minuir a dor e o tempo de recuperação

pós-operatória, como diminuição da

operada, deiscência de ferida operató-

após os procedimentos. Esta evolução

dor após o procedimento e retorno

ria ou até mesmo, em casos extremos,

já é observada em diversas áreas da

mais rápido às atividades de trabalho

síndrome de punho congelado.

Medicina, como cirurgia abdominal,

melhor resultado cosmético além de

A evolução das técnicas cirúrgi-

torácica, ortopédica e inclusive na

recuperação mais rápida da força de

cas faz com que os cirurgiões tenham

própria neurocirurgia, em que técni-

preensão.

tendência a desenvolver intervenções

cas endoscópicas já são utilizadas para

Procure um especialista e tire suas

cada vez menos agressivas, que pos-

tratamento de algumas doenças intra-

dúvidas! É a tecnologia trazendo cada

sam diminuir os corredores de acesso

cranianas e da coluna vertebral.

vez benefícios maiores aos pacientes.

DR. FÁBIO VIEGAS CRM/PR 25867 | RQE 19049 NEUROCIRURGIA / CIRURGIA DE NERVOS PERIFÉRICOS

40

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


42 3223-4101 | 99127-5270 Rua Coronel Dulcídio, 8 – Ponta Grossa - PR clinicacorpoearte.com.br

Diretora Técnica Médica: Dra. Daniele de Araujo - CRM/PR 15496 RQE 19777


SCULPTRA : ®

o novo queridinho do rejuvenescimento e flacidez Apesar de ter sido lançado há quase uma década, o Sculptra® vem ganhando mais e mais fãs a cada dia, pois todo mundo que já ouviu falar ou que já fez esse tratamento impressionase com seus resultados!

Sculptra® é um tratamento mé-

insere o ácido em determinada re-

da ou terceira sessão, sendo que

dico estético muito eficiente em

gião do corpo com a ajuda de uma

a produção de colágeno perma-

se tratando de rejuvenescimento

agulha fininha, ou pequena cânula,

nece ainda por mais tempo, man-

da pele, encontrado nas melhores

com anestésico. O ácido vai atuar

tendo os resultados por volta de

clínicas de medicina e estética do

de dentro para fora, suavizando os

18 a 24 meses.

mundo.

sinais de envelhecimento e trazendo

Ele é um bioestimulador, chamado ácido Poli-L-Lático, que é

Indicações do Sculptra®

uma aparência muito natural.

• Na face, é aplicado para melho-

aplicado sob a pele para criar um

O local da aplicação pode ficar

rar seu contorno, devolvendo a

aumento na produção do coláge-

levemente inchado e vermelho,

jovialidade do rosto, onde a pele

no. A principal ação do ativo desse

melhorando em 2 a 3 dias e é ne-

ganha mais estrutura e firmeza,

método, é tratar flacidez e marcas

cessário massagear o local 10 mi-

atenuando inclusive linhas de

na pele, trazendo resultados visí-

nutos ao dia na primeira semana,

expressão e marcas indesejadas

veis logo nas primeiras sessões da

pois o estímulo de colágeno é in-

trazidas pela idade.

aplicação do produto.

tenso na região.

É um procedimento minimamente invasivo em que o médico 42

rigidez para a flacidez, sempre com

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

Geralmente,

• Excelente na reestruturação os

resultados

aparecem logo a partir da segun-

da flacidez e linhas do pescoço, bem como do colo;

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


desníveis e outras diferenças entre ambos, incluindo volume e flacidez; • Indicado para quem está pretendendo

engravidar,

pre-

parando a pele do abdome e coxas, prevenindo estrias e já fazendo um banco de colágeno extra na região; • Pode ser aplicado em áreas fundas, de flacidez de muitos anos. A pele do local a ser tratado deverá estar saudável, sem lesões ou infecções. A quantidade de produto, bem como o número de sessões e intervalos entre as mesmas podem variar de pessoa para pessoa, tanto por questões de tipo de pele e objetivos, e também de acordo com a área

Na face, é aplicado para melhorar seu contorno, devolvendo a jovialidade do rosto, onde a pele ganha mais estrutura e firmeza, atenuando inclusive linhas de expressão e marcas indesejadas trazidas pela idade.

• Tem resultados impressionan-

da aplicação. Não há necessidade

tes no tratamento do rejuve-

de teste prévio, pois é uma subs-

nescimento das mãos;

tância biocompatível com a nos-

• Um dos melhores tratamentos para celulite, inclusive em graus mais avançados;

so organismo, sendo um procedimento muito seguro e natural. Com o passar do tempo, a

• Reduz a flacidez nos braços,

quantidade de colágeno diminui

melhorando muito aquele fa-

inevitavelmente, e o Sculptra® aju-

moso “tchauzinho”;

da justamente nisso, estimula o au-

• Perfeito para devolver rigidez

mento da formação de colágeno,

ao abdômen, umbigo triste, in-

com resultados muito favoráveis e

clusive após situações como

de aspecto natural.

parto ou pós-operatório; • Ajuda a diminuir a flacidez nas partes internas das coxas; • Auxilia na melhora do aspecto geral dos glúteos, corrigindo

DRA. DANIELE DE ARAUJO NUTROLOGIA - CRM/PR 15496 | RQE 19777 • Graduação em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Brasil (1996); • Especialização em Medicina Estética pela Universidade Souza Marques, RJ; • Pós-graduação Master em Ciências Anti-Aging, pela Universidade Anhembi Morumbi, SP; • Título de Especialista em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN); • Curso de Modulação Hormonal Bioidêntica Masculina e Feminina pela Word Anti-Aging Academy of Medicine. MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10

rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

43


Visão e Tecnologia

É comum o contato com o computador no trabalho, na educação e nos momentos de lazer. De acordo com dados do IBGE, ele está presente em mais da metade (57,8%) das residências. O computador faz parte da rotina, o problema é o exagero ou o uso inadequado.

Muito é dito sobre o uso inadequado da tecnologia, principalmente no que diz respeito à visão. Os computadores estão cada vez mais inseridos nas atividades da população. É comum o contato com o computador no trabalho, na educação e nos momentos de lazer. De acordo com dados do IBGE, ele está presente em mais da metade (57,8%) das residências. O computador faz parte da rotina, o problema é o exagero ou o uso inadequado. Sabe-se que a leitura em telas eletrônicas é lenta, exige mais fixações por linha, diminuição da taxa de piscações levando à fadiga visual. Com o intuito de reduzir o cansaço dos olhos e aumentar a sensação de bem-estar no período de exposição às imagens emitidas pelas telas, a Philips investiu na tecnologia LightFrameTM. Essa tecnologia baseia-se no princípio científico de que uma luz azul a passar pelo terceiro receptor ocular revigora o seu relógio biológico, fornece energia e proporciona

uma maior sensação de bem-estar. Através da utilização de materiais exclusivos desenvolvidos especificamente para o efeito, a tela LightFrame da Philips emite uma luz azul com um comprimento de onda específico a partir da sua moldura para o ajudar a reduzir a fadiga ocular e a melhorar a sua concentração, mesmo depois de passar longos períodos de tempo em à frente da tela. Outras tecnologias: • SmartImage é uma tecnologia que analisa o conteúdo apresentado na sua tela, proporcionando um desempenho de apresentação que optimiza, de forma dinâmica, o contraste, a saturação da cor e a nitidez das imagens e vídeos para um desempenho de imagem excelente. • O SmartTxt consiste num algoritmo sofisticado que melhora a leitura em aplicações baseadas em texto, como documentos PDF ou ebooks, que, normalmente, requerem mais concentração.

DR. ALEXANDER RODRIGO HASIMOTO OFTALMOLOGIA CRM/PR: 23982 - RQE 1788

• Título de Especialista pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia ; • Fellowship em Cirurgia Refrativa e Cirurgia de Catarata pelo HOPR.

44

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


PODOPEDIATRIA

A saúde dos pés dos bebês começa com a prevenção! “A podologia infantil é o tratamento e diagnóstico da saúde dos pés da criança de zero a doze anos. Esse cuidado é fundamental para assegurar um crescimento correto e prevenção de possíveis disfunções que possam surgir ao longo dos anos.”

O choro frequente de um bebê pode estar relacionado a uma unha encravada que inflamou? Bebê com unha encravada? Acontece? Sim, e é uma situação relativamente comum. Seja por conta do formato da unha dos recém-nascidos e bebês, que predispõe ao problema, ou seja pelo corte inadequado feito pelos pais ou responsáveis. No momento de aparar as unhas da criança deve ser de atenção redobrada, a fim de evitar lesões importantes e até infecções. Além do corte das unhas inadequado, o uso de calçados e roupinhas justas, assim como o constante atrito do pezinho em cadeirinhas e carrinhos de bebê, podem desencadear o problema. Os três primeiros anos são muito importantes, pois estabelecem a for-

ma básica dos pés, é preciso uma preocupação especial às extremidades do pé dos recém-nascidos, pois é um local onde se recebe e perde-se mais calor. Na maioria das vezes, as alterações nos pés são herdadas, mas também existem casos em que surgem devido à posição que a criança adota ao dormir ou podem também iniciar na gestação devido à posição fetal em que se encontram as pernas. Os pés dos bebês são muito macios e flexíveis e qualquer pressão anormal pode causar deformidades e isso será notado apenas quando a criança começar a andar. Ao observar alguma alteração, devese procurar orientação de um podólogo para uma análise detalhada do problema, que engloba: • Avaliação dos pés quanto à anatomia, forma, tipo de pisada;

• Acompanhamento biomecânico da criança; • Patologias da pele e unhas; • Orientações quanto aos cuidados com os pés e calçados; • Cuidados a serem tomados no corte das unhas da criança. O tratamento consiste em cuidados e orientações aos pais sobre a forma correta e a periodicidade de corte da unha. O diagnóstico e tratamento especializado do pé da criança são fundamentais para assegurar um crescimento correto e prevenir o aparecimento de alterações estruturais e funcionais.

MARICIANE MELO PODÓLOGA

• Especialista em Diabéticos; • Especialista em Geriatria; • Atendimento Unissex Infantil; • Atendimento Domiciliar; • Atendimento Hospitalar.

42 3028-0236 | 99999-3637 | 99121-0237 Rua Francisco Ribas, 972 - Centro | Ponta Grossa/PR rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

45


Qual melhor exercício para fazer? A resposta é depende, mas uma

rer, bicicleta, pratique algum esporte

coisa é certa, você deve praticar al-

seja na rua da sua casa ou na academia.

guma atividade física. Dados afirmam

Na academia, quando as pessoas

que somente no Brasil morrem cerca

querem iniciar suas atividades pedi-

de 300 mil pessoas por ano por causa

mos para que seja feita uma avaliação

do sedentarismo.

física, onde iremos nos conhecer. Sa-

Hipertensão, diabetes, doenças

ber seu histórico de atividades, assim

cardíacas entre muitas outras fazem

como o de lesões, uso de medicamen-

parte da vida das pessoas que não se

tos, sono, quanto tempo dispõe para

movimentam e grande parte das pes-

as atividades, seus objetivos, entre

soas disseram não praticar atividade

outros. Após termos uma ideia do que

física por falta de tempo ou até mesmo

se busca e de termos uma noção da

porque não gostam.

sua composição corporal (quantidade

Voltando ao assunto sobre qual o

de massa gorda, muscular, óssea e re-

melhor exercício para fazer, precisa-

sidual) iremos fazer uma proposta de

mos responder com outra pergunta,

exercícios para você, exclusiva, que

para qual objetivo?

certamente será diferente se for um

Outro ponto que devemos res-

cardiopata, sedentário, idoso,... busca

saltar é FAÇA ALGUMA ATIVIDADE

emagrecimento, hipertrofia ou melho-

QUE GOSTE! Seja dançar, andar, cor-

ra na qualidade de vida.

Cuide-se, tenha o seu tempo! Sim, sei que temos muitas coisas para resolver durante o dia, trabalho, casamento, filhos. Deixo o pensamento de Lair Ribeiro “Aquele que não tem tempo para cuidar da saúde, vai ter que arrumar tempo para cuidar da doença”.

RÚBIA DANIELE NOVATSKI AMBROSI EDUCAÇÃO FÍSICA - CREF 010789-G/PR

• Graduada pela UEPG; • Pós-Graduada em Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Estácio de Sá.

42 3229 6132 Rua Balduíno Taques, 1565 - Ponta Grossa - PR Facebook/prattique 46

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


Lifting facial sem corte Com o passar dos anos vamos perdendo a sustentação anatômica do rosto, sobrancelhas, pálpebras, complexo jugal, complexo de bichat, queda do canto da boca, queda da linha de marionete e queda da ponta do nariz. Conhecendo a anatomia do envelhecimento é possível o profissional fazer o rejuvenescimento anatômico, através da suspensão cirúrgica. O Programa MIPPS HRT, veio para revolucionar a estética facial, através do lifting facial não cirúrgico,

mais

complemento

com toxina e preenchedores. Nessa nova técnica usamos um ponto de elevação tecidual em

As Vantagens dessa técnica em relação as outras são:

ambos os lados do rosto.

• Suspensão sem fio;

Nesse método e suspenso os

• Levantamentos do smas e não só da pele;

músculos e a face, trabalhando so-

• Mais durável e menos invasivo;

mente a área temporal, e tem dura-

• Mais segurança para o paciente.

ção de três a quatro vezes a mais do que os fios de PDO.

DR. THOMAS GUILHERME LUDKE CRF 16206/P

Rua Souza Dantas, 830 42 3301-6937 | 42 98853-8225 | 42 99900-8182 rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

47


Nutrição e saúde A preocupação com a saúde, estética e boa forma nunca estiveram tão em foco quanto nos últimos anos. A procura por academias e procedimentos estéticos aumentaram e com eles a pressa por resultados imediatos, o que pode ser uma armadilha chegando a oferecer riscos graves a saúde do indivíduo. Neste sentido, as pesquisas na área da Nutrição têm avançado muito, novos produtos, suplementos e estratégias que conseguem trazer resultados concretos, em tempo adequado e sem colocar a saúde em risco. Emagrecimento saudável e definitivo: além da reeducação nutricional, você pode também contar com suplementos naturais que controlam a absorção dos carboidratos evitando os picos de açúcar no sangue indesejados, prebióticos que recuperam o equilíbrio da microflora intestinal (fundamental para o emagrecimento) além de estimulantes não adrenérgicos (que não disparam ansiedade como a cafeína), são excelentes auxiliares para atingir seus objetivos de emagrecer e manter a dieta, permitindo algumas refeições recreativas sem prejuízos ao objetivo, tornando muito mais fácil a adesão à dieta. O Jejum intermitente pode ser uma ferramenta poderosa na queima de gordura e controle do Diabetes descompensado, desde que não haja histórico de depressão ou ansiedade, pois nestes casos esta estratégia não é recomendada e pode ser muito danosa. A dieta com baixo índice glicêmico (Low Carb) consegue controlar os níveis de insulina no sangue, o que diminui a fome, a retenção de líquido e o transporte dos excessos de gordura para os reservatórios, ganhando tempo para queima-los.

Nutrição e estética: Quando se ouve “Você é o que você come”, isso é verdade. Claro que temos uma carga genética, mas esta pode ser amenizada com a presença de nutrientes adequados. A falta de micronutrientes específicos leva a síntese ineficiente de colágeno, ocasionando cabelos fracos e opacos, finos, queda de cabelo, unhas fracas, descamação das unhas, flacidez da pele e músculos, cicatrização não uniforme e estrias. A famosa celulite pode ser tratada também com o cuidado Nutricional, pois trata se de uma condição inflamatória, em grande parte pela dieta inadequada e excesso de gordura corporal. Nutrição e envelhecimento: A alimentação excessiva, a prática de atividades físicas perto dos limites do organismo, são condições que aceleram o processo de envelhecimento do organismo, pela produção acelerada de radicais livres. Logo, abusar das calorias e correr para academia para queimar as calorias excessivas pode acelerar o seu envelhecimento. Mas existem várias alternativas para atenuar e até inibir boa parte desses radicais livres, uma dieta equilibrada (com calorias suficientes) e rica em alimentos naturais e com muitas cores é uma das alternativas, assim como lançar mão de suplementos antioxidantes.

DR. MASSAMITI MUNEFIÇA JUNIOR NUTRIÇÃO CRN 8 - 6567

Clínica Cray da Costa Rua Luiz Gama, 13 - Oficinas - Ponta Grossa

42 3028-9494 | 99101-9484 48

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

Libido e fertilidade: A falta de libido em ambos os sexos, pode ter influência direta da dieta. As necessidades nutricionais são individuais, e os fatores que levam a perda de nutrientes são muito variados, por isso o atendimento individualizado é tão importante e uma investigação minuciosa é necessária nesses casos. O estresse é um dos maiores vilões do bom desempenho de um organismo em qualquer que seja a situação. O estresse leva a depleção (perda) de nutrientes essenciais para a saúde sexual masculina e feminina. Nutrição no esporte: o praticante de esporte de alta intensidade ou atletas de alto rendimento podem ter suas necessidades aumentadas. A necessidade de vitaminas e minerais é maior, o volume calórico em alguns casos também é aumentada, assim como as quantidades de proteínas, carboidratos e gorduras, são muito diferentes entre as diferentes modalidades, entre os sexos e ciclo de vida. Suplementos são elementos fundamentais porém devem ser utilizados com a orientação correta e associados a uma dieta equilibrada. Sendo assim, o acompanhamento do profissional Nutricionista é fundamental para o sucesso em sua busca por Saúde, Resultado Esportivo ou Estético.


Melhore sua vida sexual Fisiosexologia, Sexologia Somática, Fisioterapia Pélvica Integrativa e Microfisioterapia podem te ajudar de forma surpreendente. A sexualidade, mesmo sendo uma atividade corriqueira na vida das pessoas, é um tema que ainda gera muitas dúvidas. Elaboramos algumas perguntas sobre esse tema, mostrando como funciona esse trabalho e os benefícios que as pessoas têm ao procurar ajuda especializada nesta área tão importante e essencial na vida de todos nós.

fica e se torna cada vez mais eficaz. A confiança e segurança em si mesmo aumentam, elevando a autoestima. O nível de intimidade e conexão do casal se amplia a níveis muito superiores, elevando o amor, respeito e a dedicação de um pelo outro.

Como a vida sexual das pessoas pode melhorar com as técnicas utilizadas nesses tratamentos? • Nos 19 anos dedicados ao trabalho da sexualidade, atendi centenas de homens, mulheres e casais com dificuldades sexuais e vi suas vidas mudarem em muitos aspectos. A sexualidade faz parte da vida das pessoas de uma forma que raramente se valoriza e quando algo muda no comportamento sexual das pessoas, a vida delas começa a mudar também.

Quais as principais dificuldades que as mulheres apresentam em nível sexual e que podem melhorar com as técnicas utilizadas? • A sexualidade feminina é complexa e extremamente empoderadora quando bem desenvolvida nos aspectos eróticos, libidinais e orgásticos. Mulheres com dificuldades de chegar ao orgasmo, dores na relação, vaginismo, diminuição da lubrificação, atrofia vaginal e disfunções do desejo podem se beneficiar muito com as técnicas e mudar sua vida e a vida de relação com o (a) parceiro (a).

Quais as mudanças que uma pessoa pode observar quando melhora sua sexualidade? • Nossa sexualidade está no corpo todo, não somente restrita aos genitais. Quando uma pessoa tem uma disfunção sexual, todo um corpo está afetado e a partir do momento que a função erótica começa a se desenvolver, o corpo começa a melhorar. A pessoa tem modificações em sua postura, em sua forma de falar e se comunicar, pois sua expressão corporal modi-

E os homens? • Se a sexualidade feminina foi massacrada em todos estes séculos de educação sexual falha, a do homem sofreu muito mais, o que faz com que eles busquem se tratar mais que as mulheres, pois é algo que lhes fere o ego e traz ansiedade, medo e angústia. Homens com ejaculação precoce e disfunção erétil se beneficiam tremendamente com as técnicas que utilizo, pois elas tratam a causa de seus problemas de forma natural.

Quais os outros tratamentos oferecidos? • Há muitas pessoas que não têm dificuldades sexuais, mas que desejam melhorar seu prazer, ampliando sua sexualidade. Para estas pessoas existem os treinamentos de pompoarismo e desenvolvimento genital, que trazem ótimos resultados para homens e mulheres.

PRISCILA MARTINS CALIL FISIOTERAPEUTA - CREFITO 26851/F

• Fisioterapeuta com Formação Internacional em Uroginecologia; • Fisiosexologia e Educação Sexual Somática; • Coaching de Relacionamento; • Microfisioterapia. Tratamentos para: Ejaculação Precoce - Disfunção Erétil - Dificuldades de orgasmo em homens e mulheres - Dores no momento da relação (dispaneuria) - Vaginismo - Diminuição de lubrificação e atrofia vaginal - Liberação de vergonhas, medos e traumas sexuais - Treinamento para empoderamento feminino e masculino - Coaching sexual para casais, com técnicas para ampliação da intimidade, reconexão corporal e emocional com o parceiro - Pessoas com vício em pornografia.

Rua Engenheiro Schamber, 42 - Centro Ponta Grossa - PR - 42 3323-4123 Av. Visconde de Guarapuava, 2764 (anexo à Clínica VitVitá) - Curitiba - PR - 41 3015 8486 50

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


IMPLANTES SEM CORTES

A realidade através da cirurgia guiada Os implantes são instalados imediatamente após a realização da anestesia e instalação da guia cirúrgica. Desta forma, o ato cirúrgico se torna extremamente simplificado e mais rápido. A cirurgia é de alta precisão e com um pós-operatório muito mais confortável para os pacientes, durante o período de cicatrização.

A busca pela otimização das técnicas cirúrgicas com implantes é constante. Nos últimos anos, os implantes dentários passaram a ser cada vez mais, uma alternativa segura e previsível para as ausências dentais. Recentemente, o avanço das tomografias computadorizadas e das técnicas de prototipagem 3D, trouxeram uma nova filosofia para reabilitação com implantes: a cirurgia guiada ou também chamada de implante dentário sem corte. É uma técnica inovadora que possibilita muito mais conforto e rapidez. Ela substitui a cirurgia convencional com eficiência e precisão. A cirurgia de implantes guiada, é a cirurgia planejada previamente no

feito em acrílico, por uma impressora

micro orifícios minimamente invasi-

computador, de forma personalizada

3D.

vos somente no local correto. Os im-

e com base em imagens de tomografia

Este guia fornece a posição exata

plantes são instalados imediatamente

computadorizadas do paciente. Neste

de instalação, inclinação, tamanho e

após a realização da anestesia e insta-

planejamento será avaliado o melhor

posicionamento dos implantes, para

lação da guia cirúrgica. Desta forma, o

implante a ser usado, levando em con-

que no momento da cirurgia não seja

ato cirúrgico se torna extremamente

sideração o tipo e qualidade do osso

necessário a incisão e o descolamento

simplificado e mais rápido. A cirurgia

em cada área. As imagens são manipu-

da gengiva para visualização do leito

é de alta precisão e com um pós-ope-

ladas na tela do computador, utilizan-

cirúrgico, como é feito na técnica con-

ratório muito mais confortável para os

do um software específico, que per-

vencional com uso de bisturi em toda

pacientes, durante o período de cica-

mite a confecção de um guia cirúrgico

a área a ser operada, mas sim apenas

trização.

DRA. PAOLA HASS CRO/PR: 26.169 PRÓTESE DENTÍSTICA HARMONIZAÇÃO FACIAL IMPLANTODONTIA

Rua: Dr. Paula Xavier. Nº 176, Vila Estrela - CEP: 84040-010 42 3323-5120 | 99804 7426 52

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


Hoje em dia, além de mais segurança e conforto nos procedimentos, pacientes exigem a mais alta qualidade e excelência nos resultados estéticos, com um número mínimo de consultas. Para satisfazer estas expectativas, a cirurgia de implantes guiada permite que haja um planejamento digital prévio ao tratamento, definindo a estética dental antes mesmo do procedimento ser realizado. Esta inovação, juntamente com uma abordagem da equipe multidisciplinar, aumenta a qualidade do trabalho final, a eficiência cirúrgica e reduz o número de consultas. Após a cirurgia de implantes guiada, o pós-operatório e recuperação do paciente é mais simples se comparada a uma cirurgia convencional. O fato também de haver um planejamento prévio, permite que o paciente possa colocar os dentes no mesmo dia, na maioria dos casos, e que se alimente normalmente logo nos primeiros dias. É sempre bom ressaltar que cada pessoa terá seu plano de tratamento individualizado e suas necessidades e limitações serão respeitadas para a

Para satisfazer estas expectativas, a cirurgia de implantes guiada permite que haja um planejamento digital prévio ao tratamento, definindo a estética dental antes mesmo do procedimento ser realizado.

melhor execução do procedimento, onde buscamos atingir a excelência nos resultados funcionais e estéticos.

DR. RENAN BORDINI CRO/PR: 23.453 CIRURGIA BUCOMAXILOFACIAL IMPLANTODONTIA

Rua: Dr. Paula Xavier. Nº 176, Vila Estrela - CEP: 84040-010 42 3323-5120 | 99804 7426 rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

53


Especial Capa

Novidades na cirurgia refrativa a laser Conhecida pelos ótimos resultados, esta técnica tem avançado a partir de novas tecnologias. Recentemente foi desenvolvido um sistema, que atingiu resultados surpreendentes, nunca antes alcançados na Cirurgia Refrativa a Laser.

54

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

A Cirurgia Refrativa a Laser é um dos procedimentos realizados para corrigir miopia, hipermetropia e astigmatismo. Além de rápida e segura, não exige internamento para sua realização. Conhecida pelos ótimos resultados, esta técnica tem avançado a partir de novas tecnologias. Recentemente foi desenvolvido um sistema, que atingiu resultados surpreendentes, nunca antes alcançados na Cirurgia Refrativa a Laser.

De forma semelhante com aparelhos capazes de reconhecer impressões digitais de cada indivíduo, essa nova tecnologia detecta até 22.000 pequenas elevações únicas dos olhos de cada pessoa. Realizando um mapeamento com molde preciso do contorno do olho, que permite assim um tratamento personalizado, corrige além do grau dos óculos, pequenas irregularidades da córnea (superfície anterior do olho).

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


Especial Capa

Em um estudo nos Estados Unidos com 212 pacientes com até 9 graus de miopia e/ou 6 graus de astigmatismo, submetidos ao novo procedimento, foi constatado que 92,6% ficaram com a visão de 20/20 considerada normal, 64,8% ficaram com a visão de 20/16, considera melhor do que a visão normal. Sendo que 98,4% se mostraram completamente satisfeitos com o resultado. Estes pacientes relataram também melhoras em muitos sintomas visuais comumente associados a óculos e

lentes de contato como: sensibilidade a luz, dificuldade de leitura, halos de ofuscamento e queixas com dificuldades para dirigir a noite. Para realização deste procedimento, é muito importante fazer uma consulta com um médico oftalmologista, devidamente habilitado, assim como exames complementares para uma indicação cirúrgica precisa e segura.

Estes pacientes relataram também melhoras em muitos sintomas visuais comumente associados a óculos e lentes de contato como: sensibilidade a luz, dificuldade de leitura, halos de ofuscamento e queixas com dificuldades para dirigir a noite.

DR. PEDRO CÉSAR BLUM FILHO OFTALMOLOGIA - CRM/PR: 29616 | RQE: 22500

• Medicina pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR; • Especialização em Oftalmologia pelo Hospital de Olhos do Paraná - HOPR; • Título de especialista pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia - CBO; • Fellowship em Segmento Anterior com ênfase em Cirurgia Refrativa a Laser e Cirurgia de Catarata pelo Hospital de Olhos do Paraná - HOPR.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10

rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

55


Especial Capa


Especial Capa


Um cenário que se renova anualmente Cada ano que inicia traz novas oportunidades de aprimorar a docência e as práticas que norteiam o fazer pedagógico. Os protagonistas da grande peça educacional que inicia em fevereiro e acaba em dezembro são alunos e professores, e é ali, na interação diária, na troca afetuosa de, às vezes abraço, às vezes recusa, (normalmente na segunda-feira) que acontecem as maiores construções tanto dos conceitos cognitivos quanto o amadurecimento emocional. As professoras não esquecem nem por um instante de que as crianças com carinhas curiosas que sentam nas cadeirinhas não são só crianças, são pessoas em formação e enquanto estiverem sobre suas tutelas, elas são responsáveis pelo que dizem e fazem. Outro dia uma “mãe nova” (dizemos isto de uma mãe que acaba de chegar em nosso colégio) nos perguntou se a professora do filho dela era “séria” porque ela queria uma professora carinhosa para a criança que tinha apenas 3 anos, e ao perguntar nos parecia um pouco sem graça. Aproveitamo-nos da pergunta desta mãe e já respondemos para todas as outras mães que ficaram com vergonha de perguntar: Sim! As professoras são carinhosas, gostam de cantar, de conversar em rodinha, de dançar e fazer cosquinha. As professoras pegam no colo, dão beijinho no dodói e incentivam os amigos a darem abraços quando percebem um

comportamento indócil, se abaixam para falar com as crianças e ouvem com atenção e carinho o tatibitati dos pequenos. Acontecem pausas nas atividades para conversar sobre as boas atitudes, sobre como viver harmoniosamente em sociedade, sobre ser gentil, honesto e generoso. A professora da criança pequena acaba sendo um pouco mãe, não tem como negar, e por isso, em alguns momentos acaba sobrando para ela o papel chato de chamar a atenção ou repreender. Ela, assim como as mães, ensina a vestir o casaco, a desvirar a meia no parque, a puxar a descarga, a guardar os brinquedos, a dizer muito obrigada, com licença e por favor. Por receberem formação universitária e estarem constantemente refletindo sobre as suas práticas em formação contínua, reuniões pedagógicas e palestras, as professoras sabem que é lá, no corre-corre do parquinho que as crianças constroem os primeiros conceitos de partilha, doação, generosidade, cuidado, convivência, entre outros, e toda vez que a professora presencia tais conceitos ela os valoriza pois sabe que ao verbalizar, concretiza as boas ações. Assim, dia a dia, mês a mês, alunos e professores vão construindo um

cenário consistente e perdurável que envolve aprendizado, interação e formação cidadã, critérios que fazem do nosso colégio um exemplo de ensino em nossa cidade, dando aos nossos alunos uma formação completa e incomparável.

KATIA MORO • Pedagoga pela Universidade Estadual de Ponta Grossa/PR; • Mestre em Educação pela Universidade do Minho – Portugal; • Coordenadora Pedagógica – Educação Infantil - Colégio Sepam /Ponta Grossa/PR.

42 3225 - 2677 | Rua General Carneiro, 1171, Centro Centro | Ponta Grossa-PR 58

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


Radioablação como ferramenta no tratamento do câncer Técnica permite destruir células tumorais preservando os tecidos adjacentes A utilização de métodos de imagem para guiar procedimentos tem permitido ampliar as possibilidades de tratamentos oncológicos. A radioablação consiste na utilização de aplicações de energia térmica para a destruição de células tumorais. Para tal, uma agulha especial, acoplada a um sistema gerador de energia, é posicionada dentro do tumor e ondas de energia produzem calor a fim de induzir a necrose tumoral. Esta técnica é aplicada em alguns tipos de tumores notadamente em neoplasias do fígado. O procedimento pode ser realizado através da parede abdominal ou associado a uma

a necessidade do posicionamento pre-

desconforto, fadiga e prostração, que

cirurgia. Com o objetivo curativo ou

ciso do equipamento dentro da lesão a

costumam durar de dois a três dias

de controle da doença a radioablação

ser tratada.

após o procedimento e são facilmente

tem resultados promissores em lesões com até 3cm.

A radioablação percutânea é um

controladas com medicações.

procedimento seguro e com baixas

As indicações dos procedimentos

Tomografia computadorizada e ul-

taxas de complicações. Na maioria dos

ditos ablativos são bastante amplas

trassonografia são os métodos de ima-

casos, não requer internações prolon-

dentro do cenário oncológico, no en-

gem mais utilizados para guiar este

gadas, nem anestesias profundas, e

tanto, seu emprego deve ser ampa-

tipo de procedimento uma vez que há

é bem tolerada pelos pacientes, que

rado por ampla discussão multidis-

podem retornar às suas atividades

ciplinar entre todos os especialistas

rotineiras em pouco tempo. Cerca de

envolvidos no tratamento do câncer:

40% dos pacientes apresentam rea-

oncologistas, cirurgiões, radiotera-

ções passageiras como febre baixa,

peutas e radiologistas.

DR. LUCAS E. F. CALAFIORI RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM - CRM/PR 25629 - RQE 15923

60

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 8,9 E 10


Queda de cabelo? Pode ser alopecia areata. Conheça o problema! “Fios que caem sem parar são um sinal de alerta do organismo. Descubra as causas por trás do problema e veja como tratá-lo.” Ressecamento, pontas duplas, frizz. As queixas sobre o estado do cabelo podem ser muitas. Só que nem sempre esses problemas estão relacionados ao jeito que se cuida do cabelo. Às vezes, eles são manifestações de algo mais profundo que está ocorrendo dentro do nosso organismo. É o caso da alopecia areata. Antes de mais nada, é importante lembrar que a queda é algo comum e faz parte de um ciclo de renovação, vale lembrar que é normal a queda de 100 fios por dia. Deve-se preocupar apenas se perceber que há um número relativamente maior de fios caindo. Se estiverem mais finos e se surgirem áreas sem pelo ou cicatrizes, também é bom investigar a causa. Quais os sintomas da alopecia areata? Basicamente a queda dos fios. A área atingida não coça, não dói e não fica avermelhada. Se a alopecia for leve,

surgem apenas algumas “áreas circulares” na cabeça. Nos casos mais graves acomete toda a região da nuca e do couro cabeludo. Também pode ser generalizada afetando todo o corpo. Normalmente, é associada a determinados gatilhos, como: estresse, infecções, períodos de muito cansaço ou uso de algum tipo de medicação. Também há o componente genético, embora a doença não seja ligada estritamente ao DNA. Na maioria das vezes, não se consegue determinar a causa. Pode acometer todos os sexos e todas as idades, porém, as crianças que já têm alergias como bronquite, rinite e eczema de pele, cujos pais também tem a doença, tendem a desenvolverem um quadro pior. No centro do tratamento do couro cabeludo, alopecia e cálvice de Ponta Grossa, são utilizadas tecnologias avançadas para o tratamento do alopecia, cujos resultados são altamente satisfatórios.

IRANI CORRÊA COSTA ESTETICISTA

Kaloo Estética Centro Especializado no Tratamento do Couro Cabeludo, Alopécia e Calvície

42 3323-2506 | 42 99152-0052 facebook.com/kaloo Rua Francisco Burzio, 597 - Centro - Ponta Grossa/PR rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

61


CORE 2019

Academia Core Treinamento Funcional Centro especializado de treinamento individualizado. A Core Treinamento funcional não é apenas uma academia, mas sim um centro de excelência em treinamento físico, com o propósito de oferecer sempre treinamento individualizado, levando em consideração o objetivo, necessidade e o potencial de cada aluno. Para individualizar o treino de cada atleta nos baseamos nos seguintes princípios: • objetivo - o que o atleta quer; • necessidade - o que o atleta precisa; • potencial - o que o atleta pode alcançar. Os pilares que sustentam a academia são: • treinamento físico; • controle alimentar; • saúde mental; • qualidade regenerativa; • diversão. O equilíbrio desses pilares geram saúde, qualidade de vida e performance!!! Nossos valores foram criados em conjunto com todos da equipe: • família; • amizade; • empatia; • otimismo; • pontualidade; • organização; • compromisso.

62

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


Pensando em otimizar seu treinamento nós agregamos algumas modalidades:

Marathon - Personal + Assessoria de Corrida Indicado para: Atletas que desejam iniciar na modalidade de corrida e para atletas que desejam gerar performance. A combinação promove extrema eficiência para você corredor!

Zen - Personal + Yoga Indicado para: Atletas que buscam melhorar capacidades como: reeducação respiratória, concentração, força, flexibilidade e uma melhor gestão das suas emoções.

On Fire - Personal + HIT Indicado para: Atletas que buscam aumentar o gasto calórico semanal, aumentando também a capacidade cardiorrespiratória, gerando emagrecimento com condicionamento físico.

Relax - Personal + Massagem relaxante Indicado para: Atletas que buscam o equilíbrio dos exercícios físicos a um bom relaxamento dos músculos. Melhorando a capacidade de contração muscular.

Venha conhecer nosso espaço!!!

VITOR HUGO B. OLIVEIRA CREF 18617

KELLY LEANDRO CREF 18871

42 3025-6992 Rua Emilio de Menezes, 853 - Estrela Ponta Grossa - PR rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

63


INFORME PUBLICITÁRIO

O DIREITO EMPRESARIAL E SEU NOVO MOMENTO. Há ventos de mudança no ar. A sociedade, nos últimos tempos, exausta com as mazelas e abusos do Estado Leviatã, não aguenta mais tanta interferência, tanta burocracia, tanto tributo sem a correspondente contraprestação por parte do governo. Neste contexto, a corrente liberal chancelada pelas últimas eleições do dia 07/10/2018 toma força. No direito empresarial não é diferente. Estamos no início de uma verdadeira modificação paradigmática. Percebe-se isto, por exemplo, da recente reforma trabalhista, a qual veio flexibilizar as relações de trabalho, permitindo uma maior possibilidade de negociação entre as partes envolvidas, empregado e empregador. Além disso, há um movimento social amplo por uma simplificação de todo o sistema tributário. Isto principalmente em razão de que os empresários e demais profissionais encontram-se sufocados com o pagamento de tantos impostos. Sem contar o emaranhado de regras impostas pelo fisco, o que faz com que seja dedicada muita energia pelas empresas para auxiliar o Estado na arrecadação, em detrimento de suas

JOÃO PAULO CAPELLA NASCIMENTO joaopaulo@jpna.com.br

verdadeiras funções de produzir e gerar empregos. Porém, não obstante a tendência liberal, diante dos inúmeros casos de corrupção que diariamente chegam ao nosso conhecimento, principalmente envolvendo grande empresas, torna-se necessária a adoção de uma postura mais rígida de controle dos atos de seus administradores e empregados. Para tanto, as empresas devem criar regras de governança corporativa e compliance, o que ganhou relevância após a aprovação da Lei Anticorrupção (Lei 12.846/2013). Outra importante mudança é o surgimento de novas ferramentas para a prática do direito empresarial, o que é totalmente diferente da disciplina do direito comercial ensinada nos cursos de direito. Tais ferramentas são a jurimetria e a análise econômica do direito. A primeira, mediante a obtenção de dados junto aos tribunais brasileiros, analisa estatisticamente as decisões do judiciário, permitindo ao empresário optar por estratégias de gestão empresarial sempre com vistas a minimizar os riscos de sua atividade. Basicamente, a jurimetria antecipa a

análise de um conflito, para, num segundo momento, munir o administrador de informações que o possibilitam planejar a melhor forma de solução, com a menor insegurança jurídica que for possível. Já a segunda dá diretrizes para que o empresário opte pelo caminho que lhe gere uma maior eficiência econômica. Partindo da premissa que o ser humano sempre adotará uma postura racional, a Análise Econômica do Direito indica que as tomadas de decisões, em qualquer cenário – e principalmente no empresarial, que tem foco no lucro – terá como objetivo maximizar a utilização de seus recursos, os quais, sabe-se, são limitados. O que se verifica de uns tempos para cá é que o direito empresarial não é mais o mesmo. Isto exige do profissional que atua nessa área um amplo conhecimento, inclusive acerca de temas que extrapolam os limites jurídicos. Deve-se ter um conhecimento do mundo corporativo como um todo, o que permite aos advogados orientar adequadamente o seu cliente/empresário a enfrentar as armadilhas do dia a dia.

- OAB/PR Nº 20.340

JOÃO VITOR RIBATSKI - OAB/PR Nº 62.370 joaovitor@jpna.com.br Ambos integrantes do escritório JOÃO PAULO NASCIMENTO & ASSOCIADOS - ADVOGADOS E CONSULTORES. 66

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


GRAFICA


INFORME PUBLICITÁRIO

Médicos Precisam de “consulta” de Investimentos? A rotina de um médico não é nem um pouco fácil. São várias consultas

• No Banco: R$3.310.204,48 • Na Corretora: R$4.202.574,03

especialistas por este péssimo hábito? É devido a esta necessidade e falta

e cirurgias, a todo momento traba-

Quem não se cansa de olhar seu

de tempo que a assessoria em investi-

lhando com bisturis, estetoscópios,

saldo na conta poupança e ver que o

mentos tem se tornado cada vez mais

oxímetros, catéteres, entre várias ou-

valor cresce tão pouco? Ou aquela sua

necessária e importante na vida das

tras ferramentas. Mas em meio a tanta

renda fixa rendendo abaixo do CDI?

pessoas. Ter um assessor continua-

correria, onde fica o tempo disponível

Ou ainda, o que é CDI? Isso afasta

mente perto de você e dos seus inves-

para cuidar da sua “saúde financeira”?

você da tão sonhada liberdade finan-

timentos, tirando dúvidas, apontando

Home broker, CDB, LC, Debentures,

ceira: poder viver apenas dos juros de

riscos, apresentando oportunidades e

ações, etc são um mundo à parte.

seus investimentos.

produtos alinhados ao seu perfil de in-

Parar termos uma ideia, se hoje

vestidor é essencial para uma boa apo-

Joãozinho tivesse R$1.000.000,00

A diferença se torna R$892.369,55

sentadoria. Tudo isso é possível a um

no banco e o mesmo valor em uma

(26,96%) incrível, não é mesmo?

custo zero, pois a remuneração desses

corretora de investimentos e durante

E se for possível aumentar esta dife-

profissionais é paga pelas gestoras e

os próximos 10 anos ele investir no

rença de 0,1%? Isso fica ainda mais in-

bancos parceiros das corretoras.

banco com uma taxa de juros de 0,5%

teressante, certo?

ao mês e na corretora 0,6% ao mês, ao

Contudo, vale sempre ressaltar

Entendemos que deixar de lado

que é necessário buscar um profissio-

final dos 10 anos, Joãozinho terá:

cirurgias e consultas para estudar

nal com experiência e conhecimen-

• No Banco: R$1.819.396,73

investimentos, pode acabar saindo

to no mercado de capitais para uma

• Na Corretora: R$2.050.018,05

caro, dado o custo de oportunidade.

orientação adequada e que sirva aos

• Apenas 0,1% ao mês, trouxe

Também sabemos que procurar sobre

seus objetivos.

uma diferença de R$ 230.621,32

investimentos na internet pode ser

Dúvidas? Entre em contato através

(12,68%) ao final dos 10 anos. E

tão arriscado quanto procurar diag-

do email joao@apolloinvestimentos.

se alongarmos este prazo para

nósticos de doenças no Google. Afinal,

com.br ou pelo telefone (42) 3028-

20 anos?

quantos pacientes deixam de procurar

2847. Será um prazer auxiliá-lo!

JOÃO GUILHERME PENTEADO joao@apolloinvestimentos.com.br • João Guilherme Penteado é administrador, pós-graduado em Gestão de Negócios e gestor das empresas Apollo Brasil e Apollo Investimentos, escritório credenciado à XP Investimentos CCTVM S.A.

68

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


70

Revista SaĂşde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista SaĂşde

71


72

Revista SaĂşde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista SaĂşde

73


#social |

Revista Saúde Fevereiro . 2019 Ponta Grossa . PR

I FEIRA DE INOVAÇÃO – FARMÁCIA EFICÁCIA BRASIL A Farmácia Eficácia Brasil organizou no dia 22 de novembro, a I Feira de Inovações, com a presença de 2 palestrantes renomados: a médica pontagrossense Dra Acylina Falavinha Barros e o nutricionista, reconhecido a nível nacional, Dr. Paulo Marconi. O evento contou com a participação de mais 150 estudantes e profissionais da área. Também houve espaço para expositores que contribuíram com a feira, trazendo o que há de mais moderno na área. 74

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


#social |

Revista Saúde Fevereiro . 2019 Ponta Grossa . PR

CANTATA DE NATAL CLÍNICA CORPO E ARTE A magia do Natal tomou conta da Clínica Corpo e Arte Medicina e Estética que contou com uma decoração especial e virou palco para a segunda Cantata de Natal realizada no dia 20 de dezembro de 2018. Nas sacadas iluminadas houve apresentações das crianças do Coral Irmãos Cavanis, das Escolas Municipais, destaque especial para o solo de Luiz Gustavo que emocionou com a canção Aleluia. O Papai Noel surpreendeu a todos, com aparições enquanto o Coral Bom Pastor se apresentava nas escadas da clínica. Um espetáculo de luz, cor e som, o que tornou a noite maravilhosa e inesquecível para o público presente. 76

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


Revista SaĂşde Fevereiro . 2019 Ponta Grossa . PR

| #social

MRIMAGENS A MRIMAGENS Treinamento e Assessoria promoveu a I Jornada de Tecnologia em Radiologia em Ponta Grossa

rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista SaĂşde

77


#social |

Revista Saúde Fevereiro . 2019 Ponta Grossa . PR

MARATONA INTELECTUAL O Rotary Club de Ponta Grossa promoveu, no final de outubro/2018, a Cerimônia de Premiação da 63ª Edição da Maratona Intelectual Olavo Alberto de Carvalho. O evento que ocorreu no Cine Teatro Ópera, contou com a presença de inúmeras autoridades e mais de 200 alunos que participaram das provas deste ano de 2018. 78

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


Revista Saúde Fevereiro . 2019 Ponta Grossa . PR

| #social

O SEPAM APRESENTA: OS INCOMPARÁVEIS! A instituição de ensino é o 1º lugar em aprovação na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), tanto no Processo Seletivo Seriado (PSS) como no Vestibular de Verão, com destaque em direito, na saúde e nas engenharias. Além de ser o Colégio que mais aprova em medicina na UEPG, em 11 anos de PSS, das 100 vagas, 53 são do Sepam. O resultado é reflexo de uma equipe competente, a melhor estrutura da cidade e o melhor material didático. As aulas do semiextensivo iniciaram em 25 de fevereiro, o extensivo e o terceirão começaram em 04 de fevereiro. rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

79


#curtas |

Revista Saúde Fevereiro . 2019 Ponta Grossa . PR

3ª CONVENÇÃO REVISTA SAÚDE Aconteceu nos dias 4 e 5 de janeiro a 3ª Convenção Revista Saúde, na ocasião foi lançada a multiplataforma digital, ampliando assim nossos resultados. Os franqueados de Ponta Grossa receberam o prêmio “Unidade campeã em

seguidores do Facebook!”

CONGRESSO INTERNACIONAL A Dra. Cynthia Holzmann Koehler esteve participando do VII Congresso Internacional de Cuidados Paliativos realizado em novembro/2018 em Belo Horizonte.

ÓTICA DINIZ Em parceria com a Secretaria Municipal de Políticas Públicas Sociais (SMPPS), a Ótica Diniz entregou mais uma remessa de armações e lentes para crianças e idosos que necessitavam de auxílio na correção de alguma distorção visual. Em um ano trabalhado juntos, 287 pessoas receberam, gratuitamente, o material.

#estounocurtasdasaúde 80

Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br


Guia de profissionais ALERGOLOGIA E IMUNOLOGIA

Revista Saúde Edição 27 | Fevereiro . 2019 | Ponta Grossa.PR

CARDIOLOGIA

Dra. Aline Filippin

Dra. Juliana Hecke Tramontin

O1 - Rua Pe Ildefonso, 475 - esq Coronel Dulcídio

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

42 3122-9600

Dra. Tatiana Donadello Gava Rua Nestor Guimaraes, 77 - Edifício Infinity - Sala 203 Ponta Grossa – PR 42 3224-3704 | 99857-1111

ANESTESIOLOGIA

Dra Camila Cilião Saad ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Dr. Cesar Augusto Bandeira ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Dr. Felipe de Souza La-Rocca ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Dr. Henrique Felde Maia ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

CANCEROLOGIA CIRÚRGICA

Dr. André Scartezini Marques ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Dr. Carlos Eduardo Marques ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Dr. Rodrigo Cardoso ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Dr. Rubens Adão da Silva ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

CANCEROLOGIA CIRÚRGICA E MASTOLOGIA

Dr. Roberto Tarabini Castellani Clínica Cray Costa Rua Luiz Gama, 13 - Oficinas - Ponta Grossa - PR 42 3028-9494

CIRURGIA TORÁCICA E CARDIOVASCULAR

Dr. Mário Augusto Cray da Costa Clínica Cray Costa Rua Luiz Gama, 13 - Oficinas - Ponta Grossa - PR 42 3028-9494

CIRURGIA GERAL

Dr. Luciano Valadares Centro de Saúde São Camilo Rua Senador Pinheiro Machado,563 Ponta Grossa – PR 42 3225-5289 Hospital de Caridade de Palmeira Rua Cel. Otoni Ferreira Maciel, 166 Palmeira – PR 42 3252-3435

CIRURGIA PEDIÁTRICA

Dr. Renato Van Wilpe Bach ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

CIRURGIA VASCULAR

Dr. Bruno Figueiredo Pançan ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Vaskupien Rua Nestor Guimarães 77,- Ed. Infinity, sala 104 Estrela Ponta Grossa - PR 42 3028-9191 | 42 99841-5674 Castromed - Castro - PR 42 3232-5665

GINECOLOGIA

Dr. Sadi Martins Calil

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA

Dra. Cynthia H. Koehler

Dra. Adriana Lopes

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Rua Paula Xavier, 940 – Centro – Ponta Grossa - PR 42 3223-0121

Dr. Jose Koehler

Dra. Carolina Bacila de Souza Medina

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

HEMATOLOGIA E HEMOTERAPIA

CANCEROLOGIA PEDIÁTRICA

Dra. Mônica Godinho Lankszner ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400 Revista Saúde | Fevereiro . 2019 | rsaude.com.br

MASTOLOGIA E GINECOLOGIA

Dr. Fábio Postiglione Mansani ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

MEDICINA NUCLEAR

Dr. Fábio Kiy Clínica da Imagem Rua Francisco Ribas, 712 - Ponta Grossa - PR 42 3220 9400

NEUROCIRURGIA

Dr. Fábio Viegas ISPON Rua Cel. Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa - PR 42 3026-5400

NUTROLOGIA

Dra. Daniele de Araujo Corpo e Arte Rua Coronel Dulcídio, 8 - Ponta Grossa - PR 42 3223-4101

OFTALMOLOGIA

Dr Alessandro Both IVPG Rua Nestor Guimarães, 111 - Ed Corporate - 6 andar/601 Ponta Grossa/PR 42 3229-0919

Dr. Alexander Rodrigo Hasimoto Rua Benjamin Constant, 788 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3224-0126

Dr. Pedro César Blum Filho Dr. Felipe Skupien

Dra. Janiceli Blanca Carlotto Hablich Silvestre

CANCEROLOGIA CLÍNICA

84

HEMATOLOGIA E HEMOTERAPIA PEDIÁTRICA

Dra. Leilane Hoffmann Nogueira

Dr. José Koehler ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Rua Dr Paula Xavier, 686 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3028-2500

Dra. Ursula Zarpellon Rua Sant’Ana, 741 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3028-2888

OTORRINOLARINGOLOGIA

Dr. Francisco Barros Rua Padre Ildefonso, 475(Esq. com Coronel Dulcídio) Centro - Ponta Grossa - PR 42 3028-8883

PSIQUIATRIA

Dra. Angeli Cristine Kaiser Clínica Tower Rua Coronel Dulcídio, 1317 / Edifício Clinical Tower - 2º Andar: Sala 26 - Ponta Grossa - PR 42 3086-2150 | 99936-2682

Dra. Rafaela Olíveira Morena Marinho ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

RADIOLOGIA

Dr. José Luiz Vieira Junior Clínica da Imagem Rua Francisco Ribas, 712 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3220-9400


Guia de profissionais

Revista Saúde Edição 27 | Fevereiro . 2019 | Ponta Grossa.PR

RADIOLOGIA

ENFERMAGEM

FONOAUDIOLOGIA

Dr. Lucas Eduardo Ferreira Calafiori

Graziella Grybowski

Taís Andressa Lascoski

Clínica da Imagem Rua Francisco Ribas, 712 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3220-9400

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Cray da Costa Rua Luiz Gama, 13 - Oficinas

Dr. Ricardo Pedrosa Clínica da Imagem Rua Francisco Ribas, 712 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3220-9400

Dr. Roberto Umeda Clínica da Imagem Rua Francisco Ribas, 712 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3220-9400

Dr. Sebastião Cezar Mendes Tramontin Clínica da Imagem Rua Francisco Ribas, 712 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3220-9400

Dra. Tatiana Sabedotti Corpo e Arte Rua Coronel Dulcídio, 8 - Ponta Grossa - PR 42 3223-4101

RADIOTERAPIA

Dr. Humberto Akira Nakamura Guerzoni ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Dr. Gianlucca Correia Mansani

Wandy Maria Schultz ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

ANÁLISES CLÍNICAS E BIOQUÍMICA

Irani Corrêa Costa Kaloo Estética Rua Francisco Burzio, 597 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3323-2506

FARMÁCIA

Alexandre Augusto Simon Pereira Laboratório de Análises Clínicas Oscar Pereira Rua Francisco Camerino, 99 - Jd. Carvalho - Ponta Grossa/PR 42 3026-1671

Marian Simon Pereira Laboratório de Análises Clínicas Oscar Pereira Rua Francisco Ribas, 650 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-1650

Oscar Pereira Junior Laboratório de Análises Clínicas Oscar Pereira Rua Francisco Ribas, 650 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-1650

EDUCADOR FÍSICO

Rúbia Daniele Novatski Ambrosi Prattique Academia Rua Balduíno Taques, 1565 - Centro 42 3229-6132

ENFERMAGEM

Dayana Cristina de Lima Barbosa ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Massamiti Munefiça Jr. Cray da Costa Rua Luiz Gama, 13 - Oficinas - Ponta Grossa/PR 42 3028-9494

ODONTOLOGIA

Carolina Koga Plodek

Dra. Ana Flávia Cruziniani

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

STUDIO 32 Rua Dr. Paula Xavier, 176 - Vila Estrela - Ponta Grossa - PR 42 3323-5120

Juliana Parente Menezes Ribeiro Eficácia Manipulação Rua Dr. Francisco Burzio, 687 - Ponta Grossa - PR 42 42 3028-2800

Morgana Koppen ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Morgana Crasnhak Jasko ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Alceu de Oliveira Toledo Jr Clínica Cray da Costa Rua Luiz Gama, 13 - Oficinas - Ponta Grossa/PR 42 3028-9494

NUTRIÇÃO

Grazielly Bobato Regailo

ESTÉTICA

ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

42 3028-9494

Susan Danielle Kochmann ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Thomas Guilherme Ludke Rua Souza Dantas, 830 42 3301-6937 | 98853-8225 | 99900-8182

Dra. Nicole de Melo STUDIO 32 Rua Dr. Paula Xavier, 176 - Vila Estrela - Ponta Grossa - PR 42 3323-5120

Dra. Paola Hass STUDIO 32 Rua Dr. Paula Xavier, 176 - Vila Estrela - Ponta Grossa - PR 42 3323-5120

Dr. Renan B. Cardoso STUDIO 32 Rua Dr. Paula Xavier, 176 - Vila Estrela - Ponta Grossa - PR 42 3323-5120

Dr. Sidnei Luiz Bosi Cia do Sorriso Rua Tiradentes, 876 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3225-7272

Dra. Tatiana Cristina Neves Bosi Cia do Sorriso Rua Tiradentes, 876 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3225-7272

PEDAGOGIA

Katia Moro SEPAM

FISICA MÉDICA

Maria Nuria Pujol Andres ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

FISIOTERAPIA

Larissa Louise Campanholi Marques ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Centro - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Priscila Martins Calil Perfecto Rua Engenheiro Schamber, 42 - Centro - Ponta Grossa - PR Av. Visconde de Guarapuava, 2764 (anexo à Clínica VitVitá) - Curitiba - PR 41 3015 8486 - 42 3323-4123

Rua General Carneiro, 1171 - Ponta Grossa/PR 42 3225-2677

PERSONAL TRAINER

Kelly Leandro Core Rua Emílio de Menezes, 853 - Estrela - Ponta Grossa/PR 42 3025-6992

Vitor Hugo B. Oliveira Core Rua Emílio de Menezes, 853 - Estrela - Ponta Grossa/PR 42 3025-6992

PSICOLOGIA

Deuza Maria de Avellar ISPON Rua Cel Francisco Ribas, 638 - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

FONOAUDIOLOGIA

Érica Martins Pio

Bruna de Almeida

ISPON Rua Franscisco Ribas, 638 - Ponta Grossa/PR 42 3026-5400

Cray da Costa Rua Luiz Gama, 13 - Oficinas 42 3028-9494

PODOLOGIA

Mariciane Stadler Rua Francisco Ribas, 978 - Centro 42 3028-0236 rsaude.com.br | Fevereiro . 2019 | Revista Saúde

85


O Óleo Ozonizado é um óleo de girassol natural extra virgem enriquecido com Ozônio (O3), um gás bastante reativo e com diversos benefícios à saúde da pele, fabricado com alta tecnologia no processo de ozonização, mantém as propriedades especiais do ozônio no produto final.

Alguns benefícios do uso do Óleo de Girassol Ozonizado: Aumenta as Defesas imunológicas: Rico em antioxidantes, esse óleo é um excelente aliado das defesas naturais do organismo, combatendo os radicais livres e diversos agentes responsáveis por provocar doenças na pele e em outras partes do corpo. O uso do Óleo Ozonizado apresenta excelentes resultados no tratamento de: seborreia, infecções na pele, psoríase, herpes labial e demais problemas. Ajuda a Eliminar Celulite e Estrias: Os benefícios do óleo ozonizado são notáveis quando aplicado à estética do corpo. Poderoso na eliminação de celulite e estrias, ele é perfeito para a realização de massagens nas regiões afetadas. Essas massagens podem ser realizadas até mesmo em casa, sendo que os resultados são visualizados logo nas primeiras semanas.

Alivia Dores Musculares: As propriedades anti-inflamatórias do Óleo Ozonizado atuam no alívio de dores musculares provocadas por esforço intenso, estresse ou posições inadequadas de trabalho. Para usufruir desse benefício, a melhor maneira é utilizá-lo na realização de massagens. Funciona como Desodorante Natural: Os benefícios do Óleo Ozonizado se estendem para a higiene pessoal, já que ele atua como um desodorizante natural utilizado na região das axilas. Nas Farmácias Eficácia Brasil manipulamos com o Óleo de Girassol Ozonizado! • Cosméticos • Cremes dentais sem flúor • Supositórios • Óvulos vaginais • Cremes labiais • Shampoos e condicionadores capilares


Profile for Revista Saúde

REVISTA SAÚDE PONTA GROSSA - EDIÇÃO 27 - 08/02/2019  

REVISTA SAÚDE PONTA GROSSA - EDIÇÃO 27 - 08/02/2019