{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1


Resp. Técnico: Camila Emanoela - COREN PE 000.461220


Índice 10

Estratégias operatórias para o tratamento do câncer de próstata

12

Esporte na escola: benefícios comprovados já na primeira infância

14

Você sabe o que é Oncologia Intervencionista?

Dr. Gustavo Mendonça

Tiago Caldas Ribeiro

Dr. Márcio F. C. Medeiros

16

Preciso ter medo do cateterismo cardíaco?

18

Mitos e verdades sobre hemorroidas

20 22

Dr. Leilton Luna Júnior

Dr. Aline Apel

Angiotomografia das Artérias Coronárias

Dra. Roberta Rodrigues Nolasco Cardoso

Acupuntura aliada à Homeopatia Dra. Lílian Espíndola

26

A atuação da Nutrição Estética na promoção da saúde e do bem-estar

27

Assistência de enfermagem em domicílio ao paciente portador de feridas

Nathália Barbosa Malta Brandão

Rafaella Montenegro do Amaral Costa

28 32 33 34

Marketing digital para profissionais de saúde Diego Melo

Tratamento que evita a queda de cabelo provocada pela quimioterapia Oncoclínica

Câncer de mama: O diagnóstico precoce pode salvar vidas Oncoclínica

Especial Capa Alerta: Obesidade é uma doença Perspectivas de tratamentos e equipe multidisciplinar

Revista Saúde Edição 1 | Maio . 2019 | Maceió . AL

43

A importância da Música na vida de crianças com TEA.

44

O Papel dos Micronutrientes no Funcionamento do Corpo Humano

45

Entenda a importância da extração dos dentes do siso: quando e por que removê-los?

6

40 42

Diretivas Antecipadas de Vontade

Dr. Yuri Toledo Brandão

16

Dr. Alexandre Wanderley Alécio

46

Ansiedade: é possível vencer esse mal Não sofra sozinho(a), procure ajuda!

20

Hiury Francis Silva

47

Fisioterapia: Estudantes têm contato direto com a profissão

48

O que são médicos?

49

Lentes de contato dentais: O poder transformador do sorriso

50

A contabilidade a servço da área médica

52

O rim e o envelhecimento

53

Equipe multidisciplinar presta atendimento à mulher em situação de violência

Lucas de França

Dr. Hugo Cabral Tenório

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

26

36

49

Dra. Alyne Alves Leal da Cruz

Petrucio Augusto Pereira da Silva Júnior

Dra. Jane Cleide Lima

54

Prevenção e Tratamento das Doenças Renais

55

Ortodontia e periodontia

56

Novos Tratamentos e Diagnósticos via Tecnologia em Saúde “Mental”

57

Qual a época ideal para levar meu filho ao ortodontista?

58

Você realmente sabe o que é um psicólogo?

59

Os avanços da Odontologia Reabilitadora Estética.

Dra. Ana Katarina Lopes

52

Dr. Tássio Dória Filho

Natália Velasquez

Dra. Renata Lopes Lima

Sandra Moura Guedes

Dr. Rafael R. César Cavalcanti

Dr. Juliano Pessoa

22

Julia Nunes Santos

Dr. Bruno Mota

Implante Percutâneo de Válvula Aórtica (TAVI)

Amilton Marques

Prof. Dr. Wagner Sotero Fragoso

54


Expediente

Revista Saúde Edição 1 | Maio . 2019 | Maceió . AL

REVISTA TRIMESTRAL Maio . 2019 | ANO 01 | Nº 01 | Maceió.AL Editora Lopes e Rampani Ltda - CNPJ 07.986.256/0001-69 ESCRITÓRIOS Umuarama (sede): Rua Paulo Pedrosa de Alencar, 4291 - Ed. Manhattan Garden - CEP: 87501-270 | Centro | Tel.: 44 3622-8270 e-mail: revistasaude@sempresaude.com.br - Maringá: Av. Humaitá, 452 - Centro Empresarial Dalla Costa - Sala 303 CEP: 87014-200 | Zona 4 | Tel.: 44 3346-4050 - e-mail: artemaringa@sempresaude.com.br COLABORADORES LAYOUT E DIAGRAMAÇÃO: Alison Henrique, André Silva, Bruno Assunção, Dyego Bortoli, Jean Carlos, Marcio Garcia, Thiago Mantovani. CORREÇÃO ORTOGRÁFICA: Professora Tallis O. F. Resende e Maria de Fatima dos Santos FOTOGRAFIAS: Diego Melo 82 99919-2688 JORNALISTA RESPONSÁVEL: Caio Henrique dos Santos Rosa - 0011175/PR CIRCULAÇÃO: Maceió e Região FRANQUIAS Apucarana/Arapongas-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - comercial@sempresaude.com.br - 43. 99611-5553 | 43. 99611-5563 - Araçatuba/Bauru-SP - Anderson Hernandes | Carol Lopes - aracatuba@sempresaude.com.br - 18. 99740-2777 | 18. 99813-7777 - Boa Vista-RR - Julio Graziani Carlos - boavista@sempresaude.com.br - 95. 99169-4071 - Campina Grande-PB - Everton Barros | Victor Lima - campinagrande@sempresaude.com.br - 83. 99988-0372 | 83. 99988-0429 - Campo Mourão-PR - Rafael Morimoto - rafael@sempresaude.com.br 44. 99911-8081 | 44. 98811-6206 - Chapecó-SC - Fábio Bortolone - chapeco@sempresaude.com.br - 49. 99916-5719 - Cianorte-PR - Paulo Paixão | Andreia Gabriel - cianorte@sempresaude.com.br - 44. 99922-0310 | 44. 3346-4050 - Criciúma-SC - José Carlos Junqueira Alvarenga | Sandra Alvarenga - criciuma@sempresaude.com.br - 48. 99912-5253 | 48. 99914-0810 - Cuiabá-MT - Márcio Costa - cuiaba@sempresaude. com.br - 66. 99683-1899 - Florianópolis-SC - Paulo Victor Frasson Cordeiro - floripa@sempresaude.com.br - 48. 99133-3334 | 48. 996105357 - Foz do Iguaçu -PR - Rosana Segovia - rosana@sempresaude.com.br - 45. 99991-2500 - Goiânia-GO - Tiago de Souza Brito | Josiane Vicentim - goiania@sempresaude.com.br - 62. 99649-2036 | 62. 98326-2003 - João Pessoa-PB - José Adriano Danhoni Neves | Ednéia Tenório - joaopessoa@sempresaude.com.br - 83. 98750-7070 | 83. 98812-7080 - Joinville-SC - Ana Paula de Campos | Bruno Bellio - joinville@ sempresaude.com.br - 47. 99930-6364 | 47. 99930-7637 - Londrina-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - londrina@sempresaude. com.br - 43. 99611-5553 | 43. 99611-5563 - Macaé/Rio das Ostras-RJ - Andreia Garcia | Paulo Cesar Ceranto - macae@sempresaude.com. br - 22. 98847-5455 | 22. 98842-9166 - Maringá-PR - Paulo Paixão | Andreia Gabriel - paulopaixao@sempresaude.com.br - 44. 99922-0310 | 44. 3346-4050 - Natal-RN - Dirceu Filho - natal@sempresaude.com.br - 83. 98788-7070 - Palmas/Araguaína-TO - Fábio Lima - palmas@ sempresaude.com.br - 63. 98503-9960 | 44. 99829-0245 - Paranavaí-PR - Paulo Paixão | Andreia Gabriel - paranavai@sempresaude.com.br - 44. 99922-0310 | 44. 3346-4050 - Ponta Grossa-PR - Sérgio Oliveira | Mara Megda - pontagrossa@sempresaude.com.br - 42. 99987-8180 | 42. 98418-1290 - Porto Velho-RO - Arthur Marandola - portovelho@sempresaude.com.br - 69. 99366-1466 | 69. 99366-1470 - Ribeirão Preto-SP - Eduardo Borges - ribeirao@sempresaude.com.br - 16. 99711-7770 - Rio Verde-GO - Marcelo Piai | Verônica Venâncio - rioverde@ sempresaude.com.br - 64. 99625-8105 | 64. 99625-8305 - Rondonópolis-MT - Marcio Costa | Fernanda Lima - rondonopolis@sempresaude. com.br - 66. 99683-1899 | 66. 98139-7824 - São José dos Campos-SP - Marcelo Piai | Verônica Venâncio - sjcampos@sempresaude.com. br - 12. 99625.8005 | 12. 99625-1005 - São José do Rio Preto-SP - Renato Dias Renovato | Kelly Renovato - riopreto@sempresaude.com. br - 17. 99669-1700 | 17. 99669-7771 - Sinop/Sorriso/Lucas do Rio Verde-MT - Emerson do Carmo | Luiz Carlos Rampani - rampani@ sempresaude.com.br - 66. 99994-2442 | 66. 99659-7210 - Uberlândia-MG - Wander Marcio Rosada - uberlandia@sempresaude.com.br - 34. 99990-2479 | 34. 99967-1225 - Umuarama-PR - Ueslei Rampani | Marcelo Adriano - revistasaude@sempresaude.com.br - 44. 98407-0698 | 44. 99941-9930 | 44. 3622-8270

NOSSA CAPA Alerta: Obesidade é uma doença Dr. Bruno Mota - CRM/AL 4542 | RQE 2430 | RQE 3565 Cirurgia Videolaparoscópica | Cirurgia Bariátrica Dr. Paulo Victor Lima - CRM/AL 5584 | RQE 3754 Cirurgia Bariátrica Dr. Victor Cardoso - CRM/AL 5806 | RQE 3437 Cirurgia Bariátrica

Foto Capa Nathalia Calazans 82 9.9974-7764

DIREÇÃO GERAL

Marcelo Adriano Lopes da Silva

FRANQUEADO DESTA UNIDADE

Ueslei Dias Rampani

Ronalso Mello

ENTRE EM CONTATO PARA MATÉRIAS E ANÚNCIOS Você também pode ler esta edição pelo aplicativo: REVISTA SAÚDE OFICIAL

Ronalso Mello 81 99662 1103 maceio@rsaude.com.br

www.rsaude.com.br

instagram.com/rsaudemaceio

As matérias e imagens veiculadas são de responsabilidade dos seus autores.

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

7


Editorial

Revista Saúde Edição 1 | Maio . 2019 | Maceió.AL

Foto: Painel Urbano

É com orgulho, satisfação e respeito que chegamos a Maceió para mostrar a saúde de uma forma diferente e com a seriedade que ela merece.

Quando chegamos a Maceió com o objetivo de trazer a Revista Saúde® para esta capital, tínhamos enraizado em nossos corações o verso nº 8 do Salmo 121: “O Senhor protegerá a sua saída e a sua chegada, desde agora e para sempre.” E assim chegamos aqui para lançarmos essa marca de alto nível no segmento da Saúde, e mais uma vez, Deus nos abençoou. O resultado assim se fez e atualmente a Revista Saúde® já está entre os maiores e melhores veículos de comunicação da área da saúde em nível nacional. Maceió e Revista Saúde: um casamento perfeito! Somos especialistas na divulgação de anúncios e matérias na Área Médica e da Saúde. O que torna Maceió um terreno fértil e muito promissor, tendo em vista que essa cidade Respira Saúde. Aqui, possuímos verdadeiras referências nacionais e internacionais em vários campos da medicina. Somado a tudo isso, estão profissionais de altíssimo nível nas áreas de Odontologia, Farmácia, Nutrição, Psicologia, Fisioterapia, Fonoaudiologia e Esportes, que fazem de Maceió uma referência médica e também uma Capital da Saúde. 8

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

Mas por que a Revista Saúde® traz tanto resultado? Somos líderes nesse segmento, atualmente estamos distribuídos em mais de 40 cidades polos pelo Brasil. Temos 15 anos de “Know-how” e, durante este período, trabalhamos focados em resultados para nossos clientes, trazendo o que há de mais moderno nas impressões de alto nível e na sintonia fina com as mídias sociais. Dispomos de um portal super moderno e atualizado com o Guia Médico e Profissionais da Saúde. É comprovado que matérias ou anúncios em revistas segmentadas são reconhecidos como mídias eficientes e diretamente focadas na audiência, o que oportuniza resultado praticamente assegurado. A Revista Saúde® segue um padrão na formatação de seu conteúdo, que geralmente é escrito pelos próprios profissionais da Saúde, sempre seguindo as orientações dos órgãos e conselhos de classe de cada profissional da Saúde. Através de um modelo exclusivo e único de multiplataformas, a Revista Saúde® leva o conteúdo de cada edição através de quatro grandes pilares de divulgação:

O portal possui mais de 10 mil acessos mensais nas cidades em que atua, e justamente através deste modelo híbrido com um portal ultramoderno, com guia de profissionais da saúde sempre atualizado e mantendo um trabalho de alta qualidade no impresso é que a Revista Saúde se tornou o maior veículo sobre Saúde no País.


1º Revista Impressa – alto padrão de impressão e padronização a nível nacional, seguindo as orientações e regras dos órgãos e conselhos de classe dos profissionais da Saúde. A distribuição é feita com estratégia para que a informação possa se multiplicar para o maior número de pessoas. 2º Portal www.rsaude.com.br – todo conteúdo fica disponível no portal da Revista Saúde®, que tem altíssima compatibilidade com o Google, proporcionando ranqueamento orgânico para nossos clientes. 3º Facebook/Instagram Revista Saúde – usamos as mídias sociais amplamente na divulgação dos profissionais que estão presentes nas edições da Revista Saúde. Impulsionamos diversos conteúdos com objetivo de alcançar o maior número de pessoas, mantendo o foco no resultado dos nossos clientes, gerando maior número possível de leeds em nosso Portal. 4º Guia Saúde – Uma plataforma especializada em divulgar profissionais da área de saúde com mais de 22 mil profissionais cadastrados e possibilidade de agendamento de consultar via WhatsApp com muita facilidade para encontrar as informações que você precisa em sua região. A Revista Saúde® é uma marca patenteada e registrada, garantindo exclusividade em seu conteúdo, impressão e divulgação dos profissionais da Saúde com a credibilidade e seriedade que esta categoria merece. Fica aqui nosso muito obrigado a todos os profissionais e a toda população, pelo carinho e respeito que nos receberam, esperamos retribuir trazendo o melhor conteúdo da área da saúde e seus avanços, agregando com muita informação de primeira. Amamos o que fazemos, amamos ser Revista Saúde! Desejamos a todos uma ótima leitura.

Diretor da Franquia de Maceió Ronalso Mello 81 99662 1103 maceio@rsaude.com.br

Genura Marinho Wanderley Aranda, minha mãe Ronalso Mello


Estratégias operatórias para o tratamento do câncer de próstata

DR. GUSTAVO MENDONÇA UROLOGIA | RQE 3202 CIRURGIA GERAL | RQE 3201 CRM/AL 5340 • Urologista especialista em uro oncologia, tratamento do câncer de rim, próstata, bexiga, litíase e doenças obstrutivas do aparelho urinário; • Urologia / Cirurgia Robótica / Vídeolaparoscopia / Endourologia; • Urologista da Santa Casa de Misericórdia de Maceió; Mestrado pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

O câncer de próstata é uma patologia cada vez mais frequente após a 5ª década de vida, e tende a acometer homens que tenham fatores de risco, sendo o principal deles a hereditariedade – isto é, a presença de um familiar com histórico desta neoplasia. São utilizados alguns exames para identificar a patologia ainda em suas fases iniciais, e assim, possibilitando um tratamento mais eficaz que aumenta as chances de cura. Para que isso seja possível, recomenda-se a visita regular de homens com mais de 50 anos ao urologista, o qual solicitará exames de rastreio como o toque retal, PSA e a ultrassonografia de próstata. Quando a doença é identificada, ela precisa ser classificada conforme o seu grau de acometimento, para que a partir disso o tratamento seja planejado e realizado. Considera-se câncer quando o resultado da biópsia tem pontuação Gleason acima de 6 até 10, quanto mais próximo de 10, mais avançado encontra-se o tumor. Sinais do Câncer de Próstata Infelizmente, nem todos os homens fazem o rastreio do câncer anualmente, e apenas descobrem a doença em estágios avançados, quando os sintomas estão presentes, dentre as principais queixas estão: • Dificuldades para urinar, por conta da obstrução causada; • Necessidade de ir ao banheiro repetidas vezes, incluindo a noite; • Dores na região lombar; • Dores na uretra; • Diminuição da força ao urinar; • Dores nas costas ao urinar; • Presença de sangue na urina; • Disfunção erétil; • Dores nos ossos.

Mais Informações

10

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

Intervenção Cirúrgica Quando descoberto em fase precoce o câncer de próstata tem mais de 90% de chances de cura. O tratamento cirúrgico para remoção da próstata pode ser realizado por técnica minimamente invasiva, diminuindo as sequelas pós cirúrgicas. Além de quimioterapia e radioterapia, a cirurgia é frequentemente utilizada em pacientes com câncer de próstata, e como é de se esperar, tem como intuito remover as células tumorais do órgão, e quando necessário, dos tecidos vizinhos que também podem ser acometidos. Atualmente, existem modalidades de cirurgia minimamente invasiva, que como o próprio nome sugere, tendem a ser mais específicas, reduzindo as chances de complicações e facilitando o pós-operatório. Dentre tais técnicas, pode-se mencionar a cirurgia robótica que teve seu início no final do século XX, onde a cirurgia é realizada com 4 “braços” robóticos que operam de forma muito específica. O robô é controlado por um médico especialista e altamente treinado para realizar tal operação. Outro procedimento é a cirurgia videolaparoscópica, a qual também tem excelentes resultados, seu uso se iniciou na década de 80 e já recebeu grandes atualizações desde então. Ambos os procedimentos são minuciosos, realizados a partir da inserção de câmeras e aparelhos via próstata ou pequenas incisões (cortes), o que diminui a lesão de tecidos e órgãos próximos. Com isso, o paciente terá um pós-operatório com menos dores e desconfortos, não ficará com grandes cicatrizes (como ocorre com a cirurgia aberta), tem menores chances de sangramentos, e recupera-se em um menor espaço de tempo. Cirurgias minimamente invasivas reduzem as chances de sequelas, sendo que a incontinência urinária e a impotência sexual são vistas em poucos pacientes, quando se compara com a cirurgia aberta (“tradicional”).

Para mais informações a respeito do assunto e decisão da melhor forma de tratamento, consulte um urologista especializado.


UROCLÍNICA Rua Engenheiro Mário de Gusmão, 757 Ponta Verde. Maceió-AL. (82) 3231-7813 / 3377-9067 SANTA CASA DE MISERICÓRDIA Rua Dias Cabral, 414 - Centro - Maceió/AL. (82) 2123-6376 @urologista.dr.gustavomendonca (82) 98222-4190 www.drgustavomendonca.com.br


Esporte na escola: benefícios comprovados já na primeira infância “Atividades físicas desenvolvidas na Escola SEB Maceió proporcionam ganhos físicos, mentais e sociais para os estudantes, desde a Educação Infantil”

TIAGO CALDAS RIBEIRO EDUCADOR FÍSICO CREF 647 - G/AL.

• Licenciatura Plena em Educação Física, Pós-Graduado em Fisiologia do Exercício; • Coordenador de Esportes.

ESCOLA SEB MACEIÓ: Rua Sen. Rui Palmeira, 1200 Ponta Verde, Maceió/AL

12

Para as crianças, fonte inesgotável de brincadeiras. Para os professores especializados, correr, pular e se exercitar com os amigos é coisa séria: são formas de combater o sedentarismo na infância, prevenir a obesidade e possibilitar que os estudantes conquistem uma vida saudável. Na Escola SEB Maceió, as atividades físicas obedecem a fase de desenvolvimento em que os alunos se encontram. Já na Educação Infantil, os pequenos realizam aulas de Educação Física com foco na psicomotricidade e os benefícios das atividades são inúmeros, além de físicos, psicológicos e sociais. A interação com outras crianças da mesma faixa etária reduz a timidez e a introversão, estimula o bem-estar e incentiva o pensamento coletivo. Com 14 tipos diferentes de esportes e modalidades específicas para estudantes a partir dos três anos de idade, o departamento de Esportes da Escola SEB é cuidadosamente articulado para promover a evolução completa dos atletas. A preparação esportiva garante não apenas que eles estejam seguros de suas performan-

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

ces para participar de competições estaduais, nacionais e internacionais, como também ativa o senso de responsabilidade e compromisso, mantém a saúde mental – diminuindo riscos de ansiedade e depressão e melhora o rendimento em sala de aula, uma vez que os exercícios físicos beneficiam a memória, a percepção e a capacidade de raciocínio. Mas, diante do momento em que as crianças e jovens estão, cada vez mais conectados, como provocar o interesse pelos esportes? De acordo com o professor Tiago Caldas, coordenador do departamento de Esportes da Escola SEB Maceió, a solução está em dinamizar as aulas e fornecer protagonismo ao aluno. “Com casas cada vez menores, menos áreas verdes e a insegurança nas cidades, as crianças perdem espaço para brincar. As aulas de esportes são o momento ideal para se liberar toda a energia acumulada. Estamos sempre trazendo inovações e propostas atrativas e, dentro deste ambiente, o estudante é visto como construtor do seu desenvolvimento, sentindo vontade de fazer e voltar às aulas”.


Você sabe o que é Oncologia Intervencionista? É uma área de atuação médica, dedicada à realização de procedimentos minimamente invasivos para o diagnóstico e/ou tratamento de certos tipos de tumores malignos. Todo procedimento é realizado através do monitoramento simultâneo de exames de imagens tais como tomografia, ultrassonografia e radiografias. Assim é possível realizar procedimentos com a necessidade de pequenas incisões, usualmente menores que 2mm de diâmetro. Isso mesmo! 2 milímetros, o que torna este pequeno furo quase que imperceptível.

DR. MÁRCIO F. C. MEDEIROS RADIOLOGIA CIRURGIA VASCULAR E ENDOVASCULAR CRM/AL: 5031 | RQE: 2462/2463 

• Médico e Especialista em Cirurgia Vascular e Endovascular pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV); • Radiologia intervencionista e Angiorradiologia pelo Colégio Brasileiro de Radiologia (SOBRICE/ CRB).

Mais Informações

14

No caso dos procedimentos diagnósticos – chamados biópsia percutânea – uma agulha é inserida através da pele e é avançada diretamente no tumor, coletando amostras que são enviadas para o exame ao microscópio chamado histopatológico. Com isso é possível confirmar que um nódulo ou massa em determinado órgão é um tumor maligno ou benigno. Este tipo de biópsia pode ser realizado apenas com anestesia local e sedação leve e o paciente já pode ter alta após algumas horas de observação. Bem diferente das biópsias convencionais por cirurgia, que exigem anestesias mais complexas e incisões maiores, com tempo de recuperação mais prolongado. As biópsias percutâneas são frequentemente indicadas para lesões suspeitas localizadas nos pulmões, no mediastino, nos ossos, no fígado, no rim, no retroperitônio e em outras localizações profundas. Nesta área de atuação médica, podemos lançar mão de diversas opções de procedimentos terapêuticos, que podem tratar curativamente em alguns casos ou aumentar e melhorar a sobrevida do doente com câncer. Um dos tratamentos curativos realizados sem cirurgia convencional, é a ablação de tumores por radiofrequência. Nesta técnica, inserimos uma agulha específica até o interior do tumor. Então iniciamos a geração de calor na ponta da agulha que promove uma queimadura circunferencial que leva a morte das células tumorais. Todo o processo é bem controlado simultaneamente através do monitoramento por tomografia computadorizada e/ou ultrassonografia. Este Tipo de tratamento curativo pode ser realizado sob anestesia geral ou mesmo sob anestesia local e sedação. Esse mínimo grau de agressão que este tratamento impõe ao paciente, permite alta hospitalar precoce, usualmente no dia seguinte ao procedimento. São exemplos de tumores que podem ser tratados por esta

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

técnica: certos tumores pulmonares primários ou metastáticos, tumores ósseos, tumores de fígado primários ou metastáticos, tumores renais, dentre outros. Quimioembolização de tumores é outro tratamento que pode ser realizado para fazer um tumor regredir de tamanho, permitindo uma ressecção cirúrgica de um tumor antes irressecável ou para melhorar a qualidade de vida e aumentar a sobrevida do doente. É um tratamento usualmente realizado para tumores de fígado em estágio mais avançado, onde não existe a possibilidade de tratamento curativo por cirurgia ou por ablação por radiofrequência. O tratamento é realizado através de um pequeno furo no punho ou na virilha, por onde é realizado o cateterismo do fígado, chegando com um microcateter até o vaso que leva sangue para o tumor. Neste momento injetamos diretamente a medicação quimioterápica associado à injeção de pequenas partículas que obstruem a circulação para o tumor. Desta maneira, atuamos em duas frentes contra o tumor, retirando sua nutrição e injetando uma medicação tóxica para aquele tumor. Outro foco de atuação são os tratamentos da dor oncológica do abdome e da pelve. Quando existe difícil controle da dor, podemos realizar a alcoolização de feixes nervosos, promovendo o tratamento da dor de forma prolongada. Assim podemos oferecer mais conforto em pacientes oncológicos em estágios avançados. Todo procedimento pode ser realizado sob anestesia local e sedação leve, onde inserimos uma fina agulha até os plexos nervosos responsáveis pela dor. Assim atua a oncologia intervencionista, diagnosticando e tratando de maneira minimamente invasiva, pouco agressiva, permitindo recuperação mais rápida e com menores complicações.


Preciso ter medo do cateterismo cardíaco? Por muitas vezes presenciamos as pessoas tensas, pesquisando em redes sociais, discutindo com amigos ou trocando experiências e informações sobre um assunto que sempre traz um “frio na barriga”: O QUE É O CATETERISMO CARDÍACO?

DR. LEILTON LUNA JÚNIOR CARDIOLOGIA E HEMODINÂMICA CRM/AL 4274 RQE 2163 | RQE 3808 • Cardiologia e Cardiologia Intervencionista e Hemodinâmica; • Título de Especialista em Cardiologia e Hemodinâmica Pela Sbc e Sbhci, Respectivamente.

Mais Informações

16

É normal, diante do médico durante uma consulta, esquecer de tirar todas as suas dúvidas sobre determinada doença, exame ou procedimento. E quando se trata do cateterismo cardíaco, mesmo que o médico cardiologista explique a cada detalhe ao paciente, é natural pela ansiedade, que a memória falhe e o paciente esqueça as informações passadas. O cateterismo cardíaco é um EXAME para diagnóstico, e não uma CIRURGIA, como muitos pensam. Imaginem que, ao chegaram em suas casas no seu dia a dia habitual, o ambiente esteja diferente daquele que deixou antes de sair. Vocês certamente, antes de tomar uma atitude, iriam avaliar a cena. Pois bem... Trazendo para o nosso assunto, o cateterismo cardíaco é apenas isso: um exame que irá apenas avaliar “a cena”, estudar as alterações, mostrar ao médico o que está certo ou errado nos vasos sanguíneos que levam sangue ao coração (as artérias coronárias), informando sobre a existência ou não de obstruções arteriais, problemas nas válvulas cardíacas, entre várias alterações que podem ser encontradas no caso das doenças cardiovasculares. Com o desenvolvimento de técnicas cada vez menos invasivas, o cateterismo cardíaco hoje se tornou um exame habitual e seguro, rápido e bastante elucidativo, permitindo que através dele o médico especializado em cardiologia intervencionista e hemodinâmica retire informações essenciais que servirão para planejar a melhor forma de tratamento. O exame é realizado em unidades hospitalares habilitadas para alta complexidade em cardiologia, em setores comumente denominados LABORATÓRIO DE HEMODINÂMICA, semelhante a um centro cirúrgico, e em geral dura poucos minutos. É feito com anestesia local, podendo ser necessária leve sedação para o melhor conforto do paciente. Com o avanço dos dispositivos utilizados para a cateterização dos vasos sanguíneos, na grande maioria dos casos é utilizado o acesso da artéria radial, próxima ao pulso do paciente. Em alguns casos podem ser feitos por via arterial femoral, na região da virilha. A técnica radial permite uma alta hospitalar precoce após duas horas do término do exame, com a vantagem do paciente poder caminhar ao ser liberado. Já a técnica femoral geralmente exige um maior tempo de repouso (cerca de 6 horas). A escolha do local da realização da pun-

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

ção depende de fatores próprios do paciente e da escolha do tipo de cateterismo a ser realizado, de acordo com a patologia apresentada. Um catéter bastante fino é inserido no local da punção e levado até o coração, e através deste catéter o médico cardiologista intervencionista injeta uma pequena quantidade de contraste, permitindo a visualização dos vasos do coração. Os novos contrastes disponíveis permitem um exame seguro e com alta qualidade na imagem, sem desconforto ao paciente. Não existe contraindicação absoluta para o exame, a não ser a vontade do paciente. A idade e a presença de doenças associadas (diabetes, doenças renais, hipertensão, por exemplo) não são fatores limitantes, podendo ser realizado até mesmo em recém-nascidos para complementar diagnóstico das cardiopatias congênitas, assim como nos idosos. Através da técnica da cateterização cardíaca muitos procedimentos diagnósticos coadjuvantes podem ser realizados utilizando o acesso do catéter, tais como o ultrasson intravascular e a tomografia de coerência óptica, que permitirão imagens de alta qualidade intravascular. A cateterização cardíaca permite procedimentos terapêuticos (tratamento), como a desobstrução de artérias coronarianas através das angioplastias com stents e retirada de trombos. Esse tratamento pode ser agendado posteriormente ou ter a necessidade da intervenção imediata, após o cateterismo, como em casos de infarto agudo do músculo do coração. Implante de válvulas cardíacas, correção de malformações cardíacas na infância ou no adulto, e até mesmo o diagnóstico e tratamento de algumas arritmias mais complexas são outros tratamentos possíveis. O médico hemodinamicista, juntamente com o médico solicitante do exame, a equipe multidisciplinar, o próprio paciente e seus familiares, devem discutir qual a melhor estratégia de tratamento para que se obtenha o melhor resultado na recuperação.


Mitos e verdades sobre hemorroidas

DR. ALINE APEL COLOPROCTOLOGISTA CRM/AL 4293 | RQE 2318 • Coloproctologista e Colonoscopista na Santa Casa de Misericórdia de Maceió; • Membro Titular do Colégio Brasileiro de Coloproctologia.

A doença hemorroidária atinge acima de 50% da população mundial, mas nem todos sabem o que é essa doença, que se trata de uma dilatação de vasos sanguíneos presentes na região anal. O médico indicado para esse tipo de avaliação e tratamento é o coloproctologista ou, como antes era chamado, proctologista. Porém, ir para consulta com esse especialista gera resistência, por preconceito e tabu em grande parte dos pacientes, que acabam indo apenas quando os sintomas apresentados são agravados.

Muitas dúvidas surgem na consulta e podemos esclarecer se de fato são verdades ou mitos. Confira alguns dos questionamentos feitos:

- Sentar em assento quente ou andar de moto provoca hemorroidas: MITO! Quem já tem hemorroidas pode sentir piora dos sintomas pelo calor no local ou ao ficar muito tempo em pé ou sentado, mas o assento quente não provoca o aparecimento da doença. - Comer pimenta provoca hemorroidas: MITO! A pimenta, assim como alimentos muito condimentados, irrita a região anal, podendo causar ardência e queimação, mas também não provocam hemorroidas. - Hemorroidas precisam de tratamento cirúrgico: Podemos chamar de MEIA VERDADE! Mais ou menos 20% dos pacientes que apresentam sintomas de hemorroidas necessitam de tratamento cirúrgico, os demais, respondem muito bem ao tratamento conservador, ou clínico, sem necessidade de operar. - Usar papel higiênico pode piorar os sintomas de quem tem hemorroidas: VERDADE! A fricção do papel na pele pode piorar a irritação local e causar san-

Mais Informações

18

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

gramento, além de não ser eficaz na higiene. O ideal é fazer a limpeza local com água e sabonete adequado. - Hemorroidas podem virar câncer: MITO! A hemorroida é doença benigna e não sofre transformação maligna, mesmo se não for tratada adequadamente. Porém, o exame local é necessário para o diagnóstico preciso. - Gestação pode provocar e piorar as hemorroidas: VERDADE! O aumento do volume abdominal promove diminuição do retorno de sangue para o coração, o que faz que os vasos fiquem mais dilatados. Em grande parte dos casos os sintomas desaparecem após o parto. - Dieta rica em fibras previne o aparecimento de hemorroidas: VERDADE! Quanto mais macias estiverem as fezes, menor será o esforço para evacuar e, consequentemente, menor a possibilidade de ocorrer dilatação dos vasos nessa região. - Todos que têm hemorroidas apresentam sangramento: MITO! Alguns apresentam sintomas de prolapso, prurido, ou simplesmente incômodo, e muitos casos de sangramento tem outro motivo, por isso o ideal é procurar um especialista para avaliação, em caso de qualquer sintoma diferente na região anal. O coloproctologista é o especialista mais adequado para essa avaliação. O exame é rápido e não causa dor. Existem diversos tipos de tratamento clínico e cirúrgico. A escolha do método dependerá do sintoma apresentado e do tipo de hemorroida que o paciente tem. Um dos principais tratamentos não cirúrgicos utilizados é a ligadura elástica, que pode ser feita em consultório, sem anestesia, pois não causa dor importante.

“Quebre tabus e preconceitos! Quando se trata de saúde, prevenção ainda é o melhor remédio”.


INFORME PUBLICITÁRIO

Centro Médico do Maceió Shopping completa 15 anos Tendo o pioneirismo como uma

antecipando uma tendência que já

de suas marcas, o Maceió Shopping

acontecia em estados do Sul e Sudeste do país”, explica Robson Rodas, superintendente do Maceió Shopping.

completou, no último mês de abril, 30 anos de atuação, sendo responsável por

grandes

varejo

transformações

alagoano,

deixando

no

nossa

capital em posição semelhante a grandes centros comerciais do país. O primeiro shopping do Estado colocou à disposição dos consumidores um espaço reunindo lojas e serviços, proporcionando uma nova experiência, com conforto e comodidade para milhares de alagoanos. Foi também seguindo a missão de proporcionar as melhores experiências para seus clientes que, em outubro de 2004, o shopping inovou mais uma vez e inaugurou o seu centro médico, oferecendo consultas e exames de diver-

Comprovando que a intuição empresarial estava certa, o empresário Robson Rodas comemora a consolidação do centro médico do Maceió Shopping, que conta com a presença de profissionais destacados, oferecendo exames e consultas em diversas especialidades médicas, com técnicas modernas e equipamentos de última geração. “Trabalhamos para proporcionar uma experiência positiva para nossos clientes nas áreas de compras, lazer e prestação de serviços. Recebemos um público mensal superior a um milhão de pessoas e o centro médico, que comemora 15 anos em 2019, amplia nossa condição de empreendimento referência para os alagoanos”, analisa Rodas.

sas especialidades. “Fizemos algumas viagens e percebemos que a estratégia de ampliar a oferta de serviços era um dos diferenciais dos empreendimentos. Na época, algumas pessoas chegaram a questionar a iniciativa, alegando que shopping não era local para atender pacientes. Na verdade, estávamos

Maceió Shopping Av. Gustavo Paiva, 2990 Mangabeiras / Maceió - AL

Tel.: [82] 2126-1010 www.maceioshopping.com

No Centro Médico do Maceió Shopping é possível o atendimento, com consultas e exames, em especialidades como cardiologia, oftalmologia, pneumologia, otorrinolaringologia, dermatologia, gastroenterologia, fonoaudiologia, entre outras. Mais informações: 2126-1010.


Angiotomografia das Artérias Coronárias Método não invasivo para uma avaliação precisa do coração

DRA. ROBERTA RODRIGUES NOLASCO CARDOSO CARDIOLOGISTA CRM/AL 5793 | RQE 3549 • Formada em medicina pela Universidade Federal de Alagoas; • Formada em Clínica Médica pela Universidade de Taubaté; • Especialização em Cardiologia pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia; • Título de Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia; • Especialização em Imagem Cardiovascular pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia; • Diretora de Comunicação e Financeira da Sociedade Brasileira de Cardiologia - Estadual de Alagoas (2018-2019).

Mais Informações

20

A cardiopatia isquêmica é a principal causa de mortalidade no mundo. O diagnóstico precoce da doença coronária aterosclerótica é fundamental para direcionar o tratamento adequado e estabelecer medidas de prevenção de eventos cardiovasculares. A angiotomografia das artérias coronárias é um método não invasivo capaz de avaliar o coração e suas artérias de forma rápida e segura em equipamentos avançados de tomografia computadorizada com multidetectores (TCMD), que produzem imagens de alta qualidade e com baixas doses de radiação ionizante. Através desse exame é possível identificar a presença de placas de aterosclerose (placas de gordura) dentro das artérias, quantificar o grau de obstrução que elas provocam e as características que indicam maior risco de instabilização e ruptura das mesmas, principais responsáveis pelos quadros de dor torácica e infarto agudo do miocárdio.

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

É indicada na pesquisa de doença coronária obstrutiva, na avaliação de enxertos cirúrgicos, de “stents” coronários, na pesquisa de anomalias coronárias, da doença de Kawasaki, no diagnóstico diferencial de cardiopatia isquêmica versus não isquêmica e na suspeita de síndrome coronária aguda de risco baixo e intermediário. Recomendações internacionais vêm ressaltando a capacidade do método no diagnóstico precoce da doença arterial coronária não obstrutiva, o que permite modificações no tratamento clínico que influenciam diretamente no prognóstico e na prevenção de eventos cardíacos futuros. Estudos recentes evidenciaram que a investigação inicial com angiotomografia das coronárias demonstrou redução na incidência de infarto agudo do miocárdio e morte cardíaca em relação à utilização de outros métodos diagnósticos não invasivos.


Acupuntura aliada à Homeopatia O Que é a Homeopatia?

DRA. LÍLIAN ESPÍNDOLA ACUPUNTURA | HOMEOPATIA CRM/AL 2233 | RQE 2481 | RQE 630

• Médica com título de Especialista em Acupuntura e Homeopatia; • Membro do Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura-CMBA; • Membro da Associação Médica Brasileira de Homeopatia-AMBH; • Coordenadora do Programa de Homeopatia e do Bloco de Práticas Integrativas do SUS-Maceió (PAM Salgadinho).

Especialidade médica baseada no princípio vitalista e no uso da lei dos semelhantes. Foi enunciada por Hipócrates no século IV a.C. e desenvolvida por Samuel Hahnemann no século XVIII. Após estudos e reflexões baseados na observação clínica e em experimentos realizados na época, Hahnemann sistematizou os princípios filosóficos e doutrinários da Homeopatia em suas obras Organon da Arte de Curar e Doenças Crônicas. A partir daí, essa racionalidade médica experimentou grande expansão por várias regiões do mundo e hoje é praticada no Brasil por mais de 20 mil médicos, além de estar incluída no Sistema único de Saúde juntamente com a Acupuntura  como tratamentos de primeira escolha, assegurado aos usuários do SUS.  

O Que é a Acupuntura?

Especialidade médica originária da Medicinal Tradicional Chinesa, a acupuntura  compreende um conjunto de procedimentos que permitem o estímulo preciso

Mais Informações

22

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

de locais anatômicos definidos por meio da inserção de agulhas filiformes metálicas, para a promoção, manutenção e recuperação da saúde, bem como a prevenção de agravos e doenças. A estimulação de pontos de acupuntura  provoca a liberação no sistema nervoso central de neurotransmissores e outras substâncias responsáveis pelas respostas de promoção de analgesia, restauração de funções orgânicas e modulação imunitária. O consenso da National Institutes of  Heath dos EUA referendou a indicação da  acupuntura  de forma isolada ou como coadjuvantes no tratamento de várias doenças e agravos à saúde, como odontalgias pós-operatórias, náuseas e vômitos pós-quimioterapia ou cirurgia em adultos, dependências químicas, reabilitação após acidentes vasculares cerebrais, dismenorreia, cefaleia, epicondilite, fibromialgia, dor miofascial, osteoartrite, lombalgias, insônia, irritabilidade, distúrbios de ansiedade, asmas, alergias, entre outras.


Resp. Técnico: Dra Lílian Espíndola - CRM/AL 2233


A atuação da Nutrição Estética na promoção da saúde e do bem-estar A busca por orientação nutricional tem crescido de maneira exponencial em âmbito nacional – não somente nas redes básicas de saúde, como também em consultórios e até mesmo clínicas, que buscam se especializar cada dia mais.

NATHÁLIA BARBOSA MALTA BRANDÃO NUTRICIONISTA CRN6 9604 • Nutricionista clínica, estética e esportiva.

Uma das justificativas para tal é a ascensão da chamada Nutrição Estética, uma sub-área da nutrição que, além de atuar na melhora da saúde humana como um todo e contribuir fortemente com a longevidade e o bem-estar, tem como foco questões relacionadas à beleza e à autoestima, como o envelhecimento da pele, acne, celulites, flacidez cutânea e até carências que impactam na saúde das unhas e dos cabelos. Esta é uma área relativamente nova, mas cuja atuação requer profissionais altamente preparados e, principalmente, que não estejam alheios ao que se passa na mídia e utilizem a ciência para promover os resultados esperados por qualquer paciente. Algumas outras aplicações da Nutrição Estética podem ser facilmente identificadas em clínicas e consultórios de cirurgias plásticas, por exemplo, em que há um cuidado fundamental nos processos pré e pós-cirúrgicos. Quando se associam planejamentos nutricionais e funcionais nestes dois momentos, reduz-se drasticamente o risco de infecções durante e após os atos cirúrgicos e os resultados tornam-se comprovadamente mais evidentes. Já nas clínicas dermatológicas, também grandes exemplos, esta área da nutrição ajuda a melhorar as condições de problemas como alopecias e até dermatites, patologias muito comuns, cujos tratamentos podem ser potencializados quando os cuidados se estendem para a alimentação, ou seja, são aplicados de dentro para fora e atuam, muitas vezes, na origem do problema. Além de uma alimentação funcional específi-

Rua Jose pontes de Magalhães, 70 JTR Ed. Itália, sala, 410 (82) 99411-1414 nathaliamaltanutri@hotmail.com @nathaliamalta

26

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

ca para cada situação e perfil, os profissionais da área dispõem dos nutri cosméticos, suplementos alimentares que podem ter diversas funções, como reduzir a formação de radicais livres no organismo e retardar o envelhecimento das células, estimular a produção de colágeno para uma pele mais firme e hidratada e proteger a cútis de danos decorrentes da exposição solar. Além deles, existe uma gama de opções no que diz respeito aos fitoterápicos, medicamentos desenvolvidos com matérias-primas vegetais e manipulados por profissionais especializados, que também podem atuar no organismo humano de diversas formas e auxiliar fortemente no tratamento de inúmeros problemas, acelerando e até intensificando as resoluções de cada um deles. A Nutrição Estética é uma área rica e muito promissora, que nos permite ver os pacientes como “esculturas” e ajudá-los a se “moldarem” melhor mediante avaliação de suas condições clínicas e estéticas. O objetivo do profissional permeia várias questões, mas sempre perpassa pela melhora contínua do indivíduo e pela devolução de uma saúde plena, com muito bem-estar e qualidade de vida. Vale lembrar que, como em tudo relacionado à nutrição e à saúde, o acompanhamento de um profissional é indispensável – uma vez que somente um nutricionista especializado é capaz de analisar caso a caso com bastante clareza e oferecer soluções individualizadas e assertivas para cada queixa, que caibam no dia a dia dos pacientes e se encaixem perfeitamente em suas necessidades mais intrínsecas.


Assistência de enfermagem em domicílio ao paciente portador de feridas A prática de cuidados ao paciente portador de feridas é uma especialidade dentro da Enfermagem, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Enfermagem Dermatológica (SOBEND) e Associação Brasileira de Estomaterapia (SOBEST) e, tem sido um desafio que requer comprometimento com a qualidade do cuidado, habilidade e abordagem holística avaliando sempre os fatores intrínsecos e extrínsecos.

A avaliação geral do paciente é dos fatores mais importantes do processo de tratamento de feridas, atualmente são inúmeras as opções de curativos e coberturas existentes no mercado, no entanto, toda e qualquer proposta de intervenção deve-se levar em conta não só a lesão, mas o portador da mesma, com suas especificidades individuais. O tratamento tem como objetivo a proteção da lesão contra a ação de agentes externos físicos, mecânico e biológicos e o curativo é um recurso usado para cobrir a ferida com o objetivo de favorecer o processo de cicatrização e protegê-la contra agressões externas, mantendo-a úmida e preservando a integridade de sua região. No decorrer da assistência o acompanhamento contínuo e individualizado é fundamental, cada paciente é único e deve se sentir acolhido para minimizar a ansiedade, medo, angústia, baixa autoestima, queda na qualidade de vida, que muitas vezes são causados pela presença de exsudato, odor, edema e dor na área da lesão. O enfermeiro tem um papel importante e deve estar ciente de suas responsabilidades em relação ao conhecimento técnico, quantidade e qualidade de insumos utilizados para cada tipo de lesão. Nosso cuidado é integral e não se restringe a realizar curativos e sim, tem como foco a prevenção, promoção, recuperação e reabi-

RAFAELLA MONTENEGRO DO AMARAL COSTA ENFERMEIRA COREN/AL: 529281 • Graduada pela UNIT/AL; • Especialista em Saúde Pública com ênfase em ESF pela Uninter; Pós graduanda em Dermatologia CEFAPP.

litação da saúde do paciente, visto que a qualidade de vida é extremamente comprometida pela dor, dificuldade de locomoção, processo infeccioso, mau cheiro, uso de medicamentos prolongados entre outros.

Quais os benefícios para o paciente que escolhe receber essa assistência domiciliar?

São diversos, entre eles a aproximação do paciente, profissional e família, evita o deslocamento diante do quadro de dor, diminui custos financeiros, a escuta qualificada do profissional favorece o vínculo e o acolhimento, a busca da autonomia do paciente no processo de tomada de decisões sobre seu cuidado. No hospital, é o doente que se adapta ao meio; no domicílio, é o profissional que precisa se adaptar e abordar questões que vão além da doença física, contemplar os problemas sociais e emocionais, proporcionando orientações voltadas para as reais necessidades de saúde buscando singularidades na forma de cuidar. Realizamos um trabalho educativo e integrador onde a família tem papel fundamental e em relação ao paciente, quanto maior conhecimento da sua situação, maior será a adesão e comprometimento no tratamento, como por exemplo, mudança no hábito de vida, repouso adequado, dieta equilibrada contribuindo para restaurar a integridade da lesão.

(82) 98876-8898

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

27


Marketing digital para profissionais de saúde Primeiro: Conheça bem as limitações legais do marketing na área da saúde Médicos e outros profissionais da saúde podem divulgar seus serviços com muita qualidade e eficácia, porém, é preciso conhecer as limitações legais do marketing na DIEGO MELO EMPREENDEDOR, COACH E ESPECIALISTA EM MARKETING DIGITAL

área da saúde, consulte os limites definidos pelos conselhos das áreas para não ultrapassá-los, fique atento ao que pode e ao que não pode ser feito. O que o profissional de saúde deve fazer para trazer mais clientes para seu consultório? Estamos em tempos em que cada vez mais pessoas estão preocupadas com o bem estar e a saúde, e caso você seja um profissional da área de saúde, é necessário promover um conteúdo de qualidade nos seus canais de comunicação com o público, seja ele em suas redes sociais, blogs, portais de saúde a exemplo do www.rsaude. com.br, seu site, entrevistas e lives. Utilize os canais para tirar as dúvidas das pessoas, escrevendo artigos, fazendo postagens estáticas com respostas e de preferência produza vídeos.

Av. Dr. Antonio Gomes de Barros, 625, Empresarial The Square Park Office, Sala 322, Maceió / Alagoas 82 99919.2688 www.diegomelo.com.br contato@diegomelo.com.br @diegomelobr

28

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

Tenha uma página profissional na internet A tecnologia cresce de forma exponencial, com isso as mudanças são constantes e acontecem a todo momento. Uma página otimizada e bem-feita, faz com que você tenha uma posição privilegiada nos buscadores e mais que isso, é um local onde você pode adicionar todo o seu conteúdo, seu currículo, seus contatos e suas redes sociais, não se limitando as regras e condições das plataformas e ferramentas. Tenha uma agência parceira Uma empresa especializada pode te ajudar a obter os melhores resultados, promovendo marketing de conteúdo, criando uma identidade visual, fazendo a gestão das suas redes sociais, e-mail marketing, anúncios patrocinados, criando um site moderno com as melhores práticas e ferramentas para melhorar seu posicionamento digital, além da promoção de eventos e criação de aplicativos para você ou seu consultório. Invista em vídeos! Promover conteúdo de qualidade é essencial, mas se você fizer isso através de vídeos, você potencializa os resultados! Preocupe-se com o cenário, iluminação e com a qualidade de áudio e vídeo.


32

Revista SaĂşde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista SaĂşde

33


ALERTA: Obesidade é uma doença

Perspectivas de tratamentos e equipe multidisciplinar

DR. BRUNO MOTA CRM/AL 4542 CIRURGIA VIDEOLAPAROSCÓPICA RQE 2430 CIRURGIA BARIÁTRICA RQE 3565 • Formado pela Escola de Ciências Médicas de Alagoas, com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia Videolaparoscópica, Bruno Rocha Mota é Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) e da Sociedade Mundial de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (IFSO). Atualmente se dedica ao tratamento cirúrgico e endoscópico da obesidade e conta com uma equipe multidisciplinar que oferece todo o suporte necessário ao paciente. Mais Informações

Nessa entrevista exclusiva, Bruno Mota nos fala sobre a obesidade e os tratamentos que vêm mudando a vida de tantas pessoas no mundo inteiro. Junto à sua equipe multidisciplinar, ele foi responsável por quase 400 cirurgias bariátricas somente no ano passado (2018), o número ainda é pequeno frente à expansão da obesidade em todo o mundo.

Como surgiu o seu interesse por cirurgia bariátrica? BM - Meu interesse por Cirurgia Bariátrica foi despertado após a paixão pelas cirurgias por vídeo. Desde o início de minha residência em Cirurgia Geral, observei que a Cirurgia Bariátrica tinha um grau de complexidade maior e, além disso, o envolvimento com os meus pacientes sempre foi familiar, pois tenho o vínculo contínuo com cada um. Esse fato de cuidar, acompanhar e vibrar a cada conquista em relação aos resultados me motiva.

Por que a obesidade é considerada doença crônica? BM - A obesidade é uma doença crônica e multifatorial que vai desde o meio ambiente até as condições de alimentação, meios de saúde e genética. Por ser considerada uma doença crônica, se você parar de tratar, infelizmente volta. Ela é responsável por mais de 30 patologias como hipertensão, diabetes, colesterol elevado, infarto, acidente vascular cerebral e até câncer. Aos poucos, estamos caminhando para nos tornarmos um país com um grande número de pessoas obesas. Maceió, por exemplo, é a terceira capital com maior número de pessoas obesas do país. Em termos médicos, a obesidade é definida como um depósito de excesso de gordura que prejudica a saúde. O IMC é um dos parâmetros usados para diagnosticar se o indivíduo tem ou não excesso de peso ou obesidade, porém não é o único.

É possível dizer que a obesidade é um problema de saúde pública? BM - Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) para Alimentação e Agricultura (FAO) e da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), divulgados em 2017, indicam que mais da metade da população brasileira está com sobrepeso e a obesidade já atinge 20% das pessoas adultas. Com isso, houve um aumento de cerca de 200% nos casos de cirurgia bariátrica em 10 anos no país, segundo o Ministério da Saúde. Diante de dados tão alarmante, podemos dizer que sim, a obesidade é um problema de saúde pública que merece a atenção do governo.

34

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Há diferentes tipos de cirurgia bariátrica?

Do que se trata a técnica laparoscópica? BM - É uma técnica cirúrgica minimamente invasiva, realizada por meio de câmeras e monitores de vídeo, que permite o acesso a todos os órgãos do corpo humano. Durante a intervenção cirúrgica, é feita uma incisão de, aproximadamente, 10mm na região umbilical, por onde é inserida a fibra ótica com uma câmera de vídeo. Às vezes, é preciso fazer outras incisões pequenas, de três a cinco, dependendo da cirurgia, na cavidade abdominal. A via laparoscópica está associada a menos complicações na ferida operatória, dor, tempo de internação hospitalar e recuperação mais rápida, com a mesma eficácia da laparotomia. A escolha deve respeitar características do paciente e a experiência do cirurgião.

O que significa dizer que a cirurgia bariátrica é uma cirurgia metabólica? BM- A cirurgia bariátrica é considerada uma cirurgia metabólica porque ela melhora o controle do diabetes tipo 2. Inclusive muitos pacientes deixam de ser diabéticos após a perda de peso que ocorre com a cirurgia bariátrica. Então ela é uma cirurgia que, além de melhorar o diabetes, tem uma influência importante no controle da pressão arterial e, também, do controle do colesterol.

Quais são os critérios para as cirurgias em diabéticos tipo 2? BM - A cirurgia metabólica é uma modificação da cirurgia bariátrica que tem como objetivo principal controlar o diabetes, a hipertensão arterial e o colesterol alto, entre outras doenças em pacientes com menor índice de massa corporal (IMC). Já vigora uma resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM) que permite o uso dessa cirurgia para pacientes com obesidade grau I (IMC entre 30-35), se preencherem alguns critérios médicos pré-estabelecidos.

Por que cerca de 10% dos pacientes que se submetem à cirurgia para perda de peso voltam a engordar? BM - A falta de acompanhamento multi-

Nem toda pessoa obesa necessita ou está apta a submeter-se a uma cirurgia bariátrica. Quando o procedimento é indicado? BM - Primeiro de tudo: é muito importante que o paciente já tenha tentado perder peso no passado, com controle alimentar, atividade física e ajuda de profissionais especializados. Caso tente e não tenha sucesso, a cirurgia bariátrica está indicada nos paciente com obesidade grau III (mórbida IMC acima de 40 kg/m2) ou nos casos de grau II (IMC entre 35-40 kg/m2 com a presença de 2 ou mais comorbidades (doenças associadas), tais como diabetes, hipertensão, colesterol alto, problemas de joelho e coluna e apneia do sono estão aptos à cirurgia.

E s p e c i a l Capa

BM- Há quatro técnicas regulamentadas no país. As mais realizadas são o Bypass Gástrico e a Gastrectomia Vertical (Sleeve). Tentamos escolher, de forma individualizada, a melhor técnica para os nossos pacientes.

disciplinar antes e depois da cirurgia é um dos principais fatores. O acompanhamento com psicólogo, psiquiatra, nutricionista, fisioterapeuta e educador físico, como manda a lei brasileira, é fundamental para o sucesso do tratamento. Pode acontecer de o paciente faltar às consultas de avaliação e começar a desandar nos cuidados necessários por toda a vida, pois não adianta fazer a cirurgia e depois voltar a ter uma vida sedentária e com alimentação errada, é preciso cuidar da saúde durante a vida inteira.

Para saber qual o grau da obesidade é necessário calcular o Índice de Massa Corpórea – IMC (peso/alt ²): 1. IMC 30-35: obesidade grau I; 2. IMC 35,1-40: obesidade grau II; e 3. IMC >40,1: obesidade mórbida.

Como é escolhida a técnica da cirurgia para cada paciente? BM- A escolha depende de muitas variáveis, sendo as principais o IMC do paciente e as doenças associadas, mas também são analisados sexo, idade, tipo de alimentação, expectativa de perda de peso do paciente e, logicamente, a preferência do paciente em relação à técnica, desde que a equipe multidisciplinar esteja de acordo com essa escolha.

O acompanhamento multidisciplinar é para toda a vida? BM - De preferência sim. Nos primeiros 2 anos, essas visitas são mais frequentes e, após esse período, recomendamos uma visita anual a toda a equipe. Estudos demonstram que os pacientes que mantém esse acompanhamento a longo prazo são os que obtém os melhores resultados com baixa chance de reganho de peso.

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

35


E s p e c i a l Capa DRA. MARIA CLARA FERRO DE NOVAES PSIQUIATRA CRM/AL 5703 • Membro da Sociedade Brasileira de Psiquiatria.

CÉLIA MORAES CAMPELO PSICÓLOGA CLÍNICA E BARIÁTRICA CRP 15/2298 • Especialista em Transtornos Alimentares e Obesidade.

ELISA PEIXOTO PSICÓLOGA CLÍNICA E BARIÁTRICA CRP 15/0340

SYLMARA BULHÕES PSICÓLOGA CLÍNICA E BARIÁTRICA CRP 15/2202

WANISSE ELITA DA SILVA PSICÓLOGA CLÍNICA E BARIÁTRICA CRP 15/4491

INGRID AMARAL ASSISTENTE SOCIAL CRESS 1652/AL

36

Equipe multidisiciplinar no tratamento da OBESIDADE

A obesidade é uma doença que afeta a saúde de forma geral e deve ser trabalhada com a equipe multidisciplinar. É uma doença complexa e multifatorial que inclui em suas causas fatores genéticos, psicológicos, socioeconômicos, endócrinos e relacionados ao estilo de vida como alimentação e práticas de atividade física. Atualmente, a Cirurgia Bariátrica é reconhecida como a forma mais eficaz de tratar a obesidade mórbida, mas muitos fatores psicológicos surgem antes e principalmente depois da mesma, pois com a mudança corporal haverá restrições alimentares e físicas. O processo para uma cirurgia bariátrica passa por vários segmentos e um deles é a psicologia que serve para avaliar e preparar o paciente. O objetivo da avaliação é identificar o estado emocional e tratar algo que possa influenciar negativamente o processo tanto no pré, como no pós-cirúrgico. Nos atendimentos são trabalhadas também as questões emocionais relacionadas à obesidade, vida social e o entendimento da mudança corporal e de hábitos alimentares, pois a cirurgia provoca uma mudança a nível comportamental e psicológico do paciente que deve ser preparado previamente para o que irá enfrentar. A família tem um papel imprescindível, pois o entendimento das pessoas que o cerca quanto às mudanças e comportamentos do paciente também podem ser observados e pontuados no processo. No momento da cirurgia, o psicólogo também pode atuar na intenção de diminuir a ansiedade e angústia do paciente e até dos familiares que poderão apresentar dúvidas ou distorções de informações. Essas verbalizações proporcionam um clima de confiança em todos envolvidos e facilita com mais tranquilidade que todo o procedimento seja realizado de forma mais suave. Nos primeiros dias do pós-cirúrgico, a ansiedade se potencializa devido à falta de mastigação, diminuição da alimentação e até algumas

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

limitações físicas. Nessa fase, é experimentado na prática muito do que será sua nova realidade, podendo haver mudanças de humor e até isolamento social, prejudicando seus relacionamentos interpessoais, daí a importância da continuidade ao processo psicoterápico que irá avaliar as situações e facilitar a formação de novas bases psíquicas que servirá de suporte para toda a equipe multidisciplinar. O acompanhamento do psicólogo promoverá a melhor adaptação às mudanças que irão ocorrer no trato alimentar, social e corporal, sendo trabalhada para isso a autoestima, autoimagem, expectativas, ansiedades e angústias, inclusive diante de qualquer problema oriundo de outras fontes de estresse, pois é compreendido que tudo aquilo que interfere nas emoções do paciente o afetará direto ou indiretamente na vida de forma geral. Por isso, pode ocorrer a necessidade da interferência do psiquiatra, complementando os cuidados com a saúde mental do paciente. Portanto, para tratá-la precisamos ter um olhar cuidadoso no paciente como um todo, identificar os fatores envolvidos no processo de doença e tratá-los individualmente com abordagem multidisciplinar. Transtornos mentais e obesidade frequentemente co-existem, sendo mútuos fatores de risco. Exemplo disso é que indivíduos obesos possuem até três vezes risco maior de desenvolver depressão do que a população geral. Além dos transtornos do humor, outros transtornos comumente também associados são: transtornos ansiosos, de compulsão alimentar, de uso de substâncias e os transtornos de personalidade. Importante salientar é que a cirurgia bariátrica, quando bem indicada e conduzida no pré e pós operatório, tende a melhorar a saúde mental dos pacientes e junto com o tratamento multidisciplinar é um importante fator protetor. Portanto, não se deve responsabilizar o procedimento se houver um desfecho psiquiátrico desfavorável sem o acompanhamento adequado.


E s p e c i a l Capa Conheça o papel de cada profissional na Cirurgia Bariátrica O nutricionista A obesidade é considerada uma doença crônica, que tem atingido proporções epidêmicas, acarretando no aumento das comorbidades a ela associadas como, por exemplo, diabetes, hipertensão, esteatose hepática, distúrbios do sono e doenças, posturais, ortopédicas e cardiovasculares. A cirurgia bariátrica é atualmente o método mais eficaz no controle da obesidade, indicado para pacientes que não atingiram o sucesso com tratamentos prévios, como terapia medicamentosa, dietoterápica e mudança de estilo de vida A partir daí, dá-se a importância do acompanhamento nutricional ao paciente submetido à cirurgia bariátrica, que vai muito além da simples emissão do laudo. Podemos dividir então o papel do nutricionista em três períodos distintos: pré-operatório, pós-operatório imediato e educação alimentar contínua. O perfil alimentar do paciente obeso resume-se a uma alimentação hiperlipídica e hiperglicídica e com baixo aporte de vitaminas e minerais, tal perfil, implica muitas vezes em carências de vitaminas e minerais antes mesmos da cirurgia, que devem ser corrigidas no pré-operatório, evitando assim complicações em após a cirurgia. Além disso, o paciente deve ser conscientizado que simples mudanças nos hábitos alimentares necessitam ser incorporadas no período pré-operatório, como mastigação correta, redução no consumo de alimentos industrializados, seguir o plano alimentar proposto com o intuito de reduzir a esteatose hepática (gordura no fígado) e, principalmente, conscientização da necessidade de mudança do estilo de vida, o comprometimento com o tratamento se faz necessário em todas as etapas. A conduta nutricional em pós-operatório será individualizada, visando a técnica cirúrgica, bem como, as necessidades de cada paciente.

Dessa forma, serão prescritas as evoluções de consistência de dieta, orientações quanto ao uso do complexo vitamínico-mineral ao longo da vida, além de analisar os casos em que há necessidade de recomendações de macro e micronutrientes específicos. O nutricionista também possui o papel de educador, o paciente precisa entender a importância de cada alimento e seus nutrientes e as consequências da ingestão inadequada. A perda de peso adequada à sua manutenção após dois anos seguintes à cirurgia, a reversão ou controle de comorbidades, a prevenção e o controle de déficits nutricionais estão relacionados com modificações básicas de estilo de vida.

O fonoaudiólogo

A Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia define como sendo algumas das funções do fonoaudiólogo a melhor adequação das funções de respiração, mastigação, sucção, deglutição e fala. Dessa forma a Fonoaudiologia vem se desenvolvendo muito em suas interfaces, surgindo assim ligações com as mais diversas áreas das ciências da saúde, incluindo a Cirurgia Bariátrica e Metabólica. A sua atuação nessas equipes multidisciplinares vem sendo construída tendo em vista a frequência de queixas como engasgos, empachamentos e vômitos, secundárias às alterações digestivas provocadas pelo mau funcionamento da mastigação e da deglutição no pós-operatório. O objetivo principal da fonoaudiologia é facilitar o retorno à alimentação dos pacientes após o procedimento cirúrgico, realizando terapia e oferecendo orientações no pré e pós-operatório onde são trabalhadas adaptação para as novas necessidades de manejo dos alimentos na cavidade oral, desde a quantidade por porção, padrão mastigatório, deglutição de líquidos, pastosos e sólidos, bem como o fortalecimento dos grupos musculares que desempenham essas funções.

CATERINE FRAZÃO LOPES DE CARVALHO NUTRICIONISTA - CRN 2537- AL • Graduada em Nutrição pela UFAL (Universidade Federal de Alagoas) • Pós graduada em Clínica e Terapêutica Nutricional pela UNIGUAÇU • Membro da COESAS (Comissão de Especialidades Associadas) da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM)

VIVIAN BORGES NUTRICIONISTA - CRN 4043-AL • Especialista em Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Veiga de Almeida de MG; • Especialista em Nutrição Clínica e Terapêutica Nutricional, pelo Intituto Ponto Crítico de Ensino, Recife/Pe; • Educadora em Diabetes pelo Projeto Educando Educadores (ADJ/ SBD/ IDF), em Salvador-Ba; • Membro da (SBCBM) Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica; • Membro da (IFSO) International Federation For The Surgery Of Obesity And Metabolic Disorders.

CINTIA AMORIM NUTRICIONISTA - CRN6/4839 • Especialização em Nutrição Esportiva UGF-RJ; • Especialização em Nutrição Clinica IBPEX; • Membro Associado do COESAS – Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica; • Membro da IFSO.

THAMARA VIEIRA FONOAUDIÓLOGA CRFA4-12878 • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica.

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

37


Resp. Técnico: Dr. Bruno Mota CRM/AL 4542


Implante Percutâneo de Válvula Aórtica (TAVI) “Evolução da medicina permite o implante de uma valva aórtica sem a necessidade de cirurgia cardíaca com abertura do tórax.”

DR. RAFAEL R. CÉSAR CAVALCANTI CARDIOLOGISTA E HEMODINAMICISTA CRM/AL 5660 – RQE 3687 • Médico graduado pela Universidade Federal de Alagoas; • Graduado em Clínica Médica pela Universidade de Taubaté (UNITAU); • Graduado em Cardiologia pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia; • Graduado em Hemodinâmica pelo Instituto do Coração - InCor/ USP; • Estágio complementar em Cardiologia Intervencionista e Doenças Estruturais do Coração no Institut Universitaire de Cardiologie et de Pneumologie de Québec Université Laval - Canadá .

A medicina avança a passos largos e os ser-

os pacientes considerados inoperáveis têm uma

viços do Hospital do Coração de Alagoas acom-

saída para melhorar, não só os sintomas e a qua-

panha essa evolução. Um dos procedimentos

lidade de vida, mas também prolongar a sobre-

inovadores no tratamento da doença cardiovas-

vida”, ressalta o cardiologista/hemodinamicista

cular é a TAVI - Implante Percutâneo de Válvula

do Hospital do Coração, Dr. Rafael Cavalcanti.

Aórtica, e já faz parte dos serviços ofertados pelo Hospital. Esse procedimento é utilizado no tratamen-

ca e de cirurgia estão conjugadas para propor-

to da Estenose da Valva Aórtica, uma doença

cionar segurança absoluta ao paciente, com um

que provoca um estreitamento da válvula que é

time formado por cardiologistas especialistas,

responsável pelo fluxo adequado do sangue no

hemodinamicistas, cirurgiões, ecocardiografis-

corpo, ou seja, ela impede a válvula de abrir cor-

tas, anestesistas, radiologistas, intensivistas,

retamente, fazendo com que o coração trabalhe

enfermeiros, fisioterapeutas e psicólogos, asse-

sobrecarregado. “A TAVI é um procedimento

gurando o completo suporte ao paciente.

minimamente invasivo que se utiliza de alta

Segundo o hemodinamicista Dr. Rafael, por

tecnologia e permite a troca valvar do coração,

ser um procedimento minimamente invasivo

mesmo em pacientes com alto risco cirúrgico,

- muitas vezes não necessitando de anestesia

de idade muito avançada, como nonagenários

geral, apenas uma sedação leve, a recuperação

que já se beneficiaram deste procedimento re-

é mais rápida que a cirurgia convencional, após

alizado no Hospital do Coração de Alagoas. Isso

48h da realização da troca valvar, o paciente

significa que, ao invés da cirurgia convencional

pode ter alta hospitalar. “Está aí, então, um dos

que requer incisão no peito, as válvulas são tro-

grandes benefícios do procedimento, que se

cadas através de um cateter que navega pela

torna ainda mais importante por aumentar as

artéria femoral, permitindo levar uma prótese

chances de sobrevida dos pacientes, que antes

valvar até o coração para o seu devido implan-

desta técnica, não resistiriam a cirurgia conven-

te. Este procedimento, com a desobstrução da

cional, ou seja, a tecnologia a favor da vida”, de-

valva doente, reestabelece a passagem do fluxo

clara Cavalcanti.

sanguíneo do coração para todo o corpo, possi-

Texto: Cláudia Albuquerque

bilitando o retorno da circulação sanguínea ade-

Jornalista 1628 – MTE/AL

quada para todo o organismo. Desta maneira,

Mais Informações

40

O procedimento é realizado em um ambiente apropriado, em que uma sala de hemodinâmi-

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Diretivas Antecipadas de Vontade

DR. JULIANO PESSOA ADVOGADO E ADMINISTRADOR • Presidente da Comissão Estadual de Direito Médico e da Saúde da OAB-Alagoas; • Especialista em Direito Médico e da Saúde pela Universidade de Direito de Coimbra, em Portugal.

O que são as Diretivas Antecipadas de Vontade? É a possibilidade que todo cidadão dispõe de manifestar, de maneira prévia e expressa, o seu desejo sobre os cuidados e tratamentos que ele pretende, ou não, receber no momento em que já não estiver em pleno gozo de suas capacidades para que possa externar a sua vontade de forma livre e com plena autonomia.

Testamento Vital é a mesma coisa que Diretivas Antecipadas de Vontade? Não. Na verdade, trata-se de gênero e espécie. Ou seja, as Diretivas Antecipadas de Vontade constituem um gênero do qual o Testamento Vital e também o Mandado Duradouro são espécies, sendo assim, estão contidos nela.

Quais as diferenças práticas? As Diretivas Antecipadas de Vontade têm um espectro mais amplo. Desta forma, além de dispor sobre os tratamentos e cuidados que o paciente pretende, ou não, receber, ainda poderá tratar sobre a doação de órgãos, sobre a destinação do próprio corpo após o falecimento e também versar sobre a constituição de uma terceira pessoa (por meio do mandato duradouro) para representar o paciente no momento em que ele já não dispuser de sua autonomia e capacidade, decidindo, por este, sobre os cuidados médicos que ele irá receber.

Qualquer pessoa pode fazer as suas Diretivas Antecipadas de Vontade? Como toda regra, neste caso também existem ressalvas. Qualquer pessoa, desde que seja maior de 18 (dezoito) anos e esteja em pleno gozo de suas capacidades, dentro do que preconiza o Código Civil brasileiro. Empresarial The Square Park Office: Sala 816 - Maceió

82 3316 0433 | 9304 4444 42

Existe alguma exigência de forma para se confeccionar as Diretivas Antecipa-

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

das de Vontade? No Brasil nós não dispomos de uma legislação que trate especificamente das diretivas. Há um projeto de lei que tramita no Senado Federal atualmente e busca regular este caso específico, mas ainda sem prazo. Até o momento, conta-se com uma resolução do Conselho Federal de Medicina, de nº 1.995/2012, que disciplina. Segundo a citada resolução, o paciente pode externar até verbalmente a sua vontade e o médico poderá reduzir a termo em seu prontuário, sendo assim, não existe uma exigência de forma.

Apesar de não existir uma legislação específica, é importante ter a orientação de um advogado? Entendo ser extremamente indicado o paciente ser orientado por um advogado especialista na área, até porque, nas diretivas não poderá constar qualquer conteúdo que contrarie a legislação do nosso país. Além disso, é importante que um médico de confiança também atue. Por mais que não exista uma exigência específica de forma, pela nossa experiência prática, é recomendado a atuação destes profissionais. O advogado irá analisar as questões jurídicas sobre as disposições ali contidas e o médico trará os esclarecimentos sobre as questões ligadas à saúde do paciente, ou seja, são informações complementares.

Existe um prazo de validade e é possível alterar ou mesmo revogar as Diretivas Antecipadas de Vontade? No tocante ao prazo de validade, não há. Ficará válida até quando desejar o paciente. Sobre a possibilidade de alteração, existe sim. A qualquer tempo, inclusive, desde que em pleno gozo de suas capacidades, o paciente poderá alterar ou revogar o conteúdo expresso em suas diretivas.


A importância da Música na vida de crianças com TEA. A música tem se apresentado como um ótimo aliado no desenvolvimento de crianças, jovens e adultos que tem um diagnóstico de autismo. Sabe-se do gosto peculiar que esses têm pela música, de como se portam diante de um estímulo sonoro, musical, e através dessa abertura muitos outros objetivos têm sido alcançados, tais como a concentração, atenção, socialização, verbalização e em outros processos cognitivos. Diante da necessidade de ser realizado um trabalho musical específico com crianças dentro do espectro autista criamos a Musicalize, um espaço inovador onde desenvolvemos os três pilares da música, Melodia ( uso do canto, dos instrumentos melódicos como piano, xilofone, flautas), Harmonia ( uso de instrumentos como violão, piano, guitarra, dentre outros) e Ritmo ( uso de instrumentos de percussão e bateria).

Além da adesão de um conhecimento musical, instrumental ser desenvolvido de uma forma lúdica e massiva, a Musicalize disponibiliza mais dois espaços de atividades de desenvolvimento, a sala de dança, onde trabalha-se a dança, o conhecimento corporal, e a sala chamada sala branca, onde realizamos atividades pedagógicas musicalizando as letras, números, formas, dentre outras demandas que são apresentadas e são musicalizadas para uma melhor absorção das atividades propostas.

AMILTON MARQUES MÚSICO PROFESSOR • Musicalizador Infantil com ênfase em alunos especiais. • Criador e fundador da Musicalize – Sistema de Ensino Musical.

A Musicalize promove a cada ano um recital com todos os seus alunos, a culminância do projeto anual que é realizado, além de promover encontros com os alunos e assim promover a socialização que é de extrema importância para o desenvolvimento dos mesmos.

82 8838-5030

musicalizemcz@hotmail.com @musicalizemcz rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

43


O Papel dos Micronutrientes no Funcionamento do Corpo Humano Muitas pessoas passam a vida inteira sem se dar conta que não conseguem usufruir do máximo da sua saúde, performance e bem-estar porque vivem em estados carenciais. Dietas monótonas, com alimentos básicos e sem diversidade alimentar, associadas à ingesta excessiva de alimentos processados e ricos em gordura levam a esses quadros. DR. YURI TOLEDO BRANDÃO MÉDICO - CRM/AL 7250 • Mestrando em Modelagem Computacional do Conhecimento – IC/UFAL; • Pós-Graduação em Nutrologia – Centro Universitário Redentor. • Especialista em Medicina do Trabalho – FG Faculdades; • Curso “Harmonização Hormonal e Metabólica & Implantes Hormonais”;

Mais Informações

44

A harmonia do funcionamento do corpo humano impera pela necessidade de concentrações ideias de vitaminas e minerais. Irei descrever os principais micronutrientes que são necessários para a garantia do bom funcionamento celular e ajudam a prevenir importantes agravos de saúde. A vitamina A produz retinoides e essa família de compostos auxilia na melhora da resistência à insulina. Dessa forma, ajuda no controle glicêmico em pacientes diabéticos tipo II. Ademais, tem efeitos positivos com relação ao controle da pressão arterial nos pacientes hipertensos através da inibição de vias que poderiam aumentar os níveis pressóricos. Seu papel também envolve a modulação de alguns neurotransmissores, especialmente a serotonina, relacionando-se a desordens afetivas, como a depressão. Como um potente antioxidante, a vitamina C protege os órgãos endócrinos contra agentes tóxicos. Sua atividade biológica impede glicações proteicas, que são relacionadas ao estresse e dano oxidativo em biomoléculas, o que contribui para o desenvolvimento de diabetes e obesidade, por exemplo. Nesse sentido, a vitamina C impede a insulina de sofrer glicação, favorecendo à atuação de um hormônio biologicamente mais ativo, melhorando, assim, os níveis de glicemia. Vitamina K é muito falada na sua relação com os fatores de coagulação sanguínea. Porém, atualmente, sabe-se que é um cofator para formação de resíduos de y-carboxyglutamil em algumas proteínas, incluindo proteínas para formação óssea (como a osteocalcina). Isso mostra que esse micronutriente contribui para saúde óssea, favorecendo à formação e manutenção de ossos mais fortes. Lembrando que as mulheres menopausadas têm risco elevado para fraturas por fragilidade óssea; a cada duas mulheres a partir dos 50 anos de idade, uma sofrerá fratura desse tipo, o que representa uma elevada incidência nesse público. Por fim, destaco ainda a vitamina D. Conhecida pela sua participação no metabolismo do cálcio, essa vitamina tem sido estudada a fundo e as atuais evidências mostram que pessoas com

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

concentrações baixas de vitamina D estão mais susceptíveis ao desenvolvimento de resistência à insulina e síndrome metabólica. Indivíduos com depressão também parecem ter carência de vitamina D e sua reposição terapêutica pode contribuir no tratamento. Esses são alguns dos principais micronutrientes do ponto de vista metabólico. Trago essa informação para destacar a necessidade de avaliação permanente com seu profissional médico a fim de prevenir e tratar adequadamente os respectivos quadros carenciais. Percebam que as doenças que, hoje, estão acometendo as pessoas (diabetes, hipertensão arterial e obesidade) podem ser seguidas de concentrações menores de vitaminas e minerais e, portanto, cuidando dessas quantidades ajuda a diminuir os desfechos ruins.


Entenda a importância da extração dos dentes do siso: quando e por que removê-los? A cirurgia de extração do siso é um procedimento que visa a remoção dos dentes terceiros molares, que são os últimos dentes da boca, também conhecidos como dentes do siso, dentiqueiros ou dentes do juízo. Eles também são os últimos dentes a nascerem, geralmente aparecendo entre o final da adolescência e o início da vida adulta (entre 16 e 20 anos). DR. ALEXANDRE WANDERLEY ALÉCIO CIRURGIÃO-DENTISTA CRO/AL 4.561

Este tipo de cirurgia é realizado pelo Cirurgião-dentista, e pode ser feita quando estes dentes já nasceram completamente, parcialmente ou mesmo para dentes que ainda não nasceram, que são os dentes inclusos.

Por que devemos removê-los? O dente do siso é uma das principais preocupações no âmbito da cirurgia odontológica e saúde bucal. Por serem os últimos dentes a nascerem, na maioria das vezes não há espaço suficiente para eles erupcionarem corretamente, dando surgimento as complicações. A falta de espaço pode levar ao empurramento dos dentes vizinhos, gerando traumas ou perda do alinhamento dentário. Outra complicação é o fato de que esse dente pode ficar retido dentro da gengiva ou osso, o que pode ocasionar o aparecimento de cistos ou tumores, além de que sua presença pode levar a reabsorção das raízes dos dentes adjacentes, devido a sua íntima relação de proximidade com estes, colocando-os em risco. É possível ainda que tenha nascido apenas uma parte do dente, permanecendo a outra parte sobreposto pela gengiva e venha a desenvolver o que se chama de pericoronarite, que é uma inflamação gengival por muitas vezes de origem infecciosa, devido ao acúmulo de bactérias, com presença de dor e inchaço, podendo se transformar em abcessos. Por último, o dente pode ter erupcionado completamente e se encontrar totalmente visível na boca, mas não estar na posição correta, facilitando o acúmulo de alimentos e dificuldade de acesso da escova dental, levando a uma higienização deficiente, o acometimento de cáries e desenvolvimento de infecções.

Sintomas comuns Enquanto há pessoas que não apresentam qualquer sintoma do dente do siso, em outras a sintomatologia pode decorrer simplesmente do

• Cirurgião Oral Menor; • Reabilitador oral com ênfase em Dentística Estética e Cirurgia Plástica Periodontal; • Membro da Associação Brasileira de Odontologia – ABO/AL.

seu nascimento, sendo comum: • Dores de cabeça e enxaquecas; • Inchaço gengival; • Dores na região mais posterior dos dentes; • Dores durante a mastigação; • Dores na região do ouvido.

E em caso de inflamação, além dos sintomas acima, pode ocorrer: • Inchaço na região da bochecha; • Possíveis sangramentos; • Inflamação dos gânglios em região de pescoço e submandibular.

Quando devemos removê-los? Os sisos normalmente começam a erupcionar por volta dos 16 aos 20 anos, e devem ser retirados logo que diagnosticado a necessidade de sua remoção. Quanto mais jovem for o paciente submetido à cirurgia, melhor será a recuperação, bem como a extração será mais fácil, tendo em vista que com o passar do tempo há um aumento da calcificação das raízes, que eleva a dificuldade de remoção. O exame complementar mais utilizado no diagnóstico dos dentes do siso é a Radiografia Panorâmica. Este exame permite uma visão geral da maxila e mandíbula, e é importante para o Dentista visualizar a presença de dentes inclusos; avaliar o espaço presente para a erupção e o estágio em que se encontra; a posição do dente em relação aos outros; se há alguma alteração patológica; e a íntima relação dos sisos com estruturas adjacentes a serem preservadas, em caso de cirurgia. O ideal é que todas as pessoas passem por uma avaliação odontológica pelo menos uma vez, entre o fim da adolescência e o início da vida adulta, a fim de que o Dentista possa verificar a presença dos dentes do siso e realizar o diagnóstico adequado, indicando a necessidade ou não de sua remoção.

(82) 9.9991-3787

dr.alexandrewanderley@gmail.com

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

45


Ansiedade: É possível vencer esse mal? Não sofra sozinho(a), procure ajuda!

HIURY FRANCIS SILVA PSICÓLOGO | CRP/AL 15/4930 • • • • •

Psicólogo Clínico; Coach; Especialista em Gestão de Pessoas; Especialista em Terapia; Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental.

Todo ser humano apresenta alterações de humor em situações específicas, que visam equilibração e adaptabilidade ao meio. Então ter traços de ansiedade não é o mesmo que ser um ansioso transtornado ou patológico.

Av. Álvaro Otacílio, 3731, JTR - Ed. Espanha, sala 207 - Jatiúca - Maceió/AL hiuryfrancispsi@gmail.com @psicohiuryfrancis. (82) 98182-7472

46

No desenvolvimento humano, a ansiedade e o medo são sentimentos comuns e presentes desde muito cedo exercendo uma função protetiva necessária à sobrevivência, entretanto, a ansiedade patológica ocorre quando a emoção passa a ser disfuncional, trazendo prejuízo e sofrimento para o indivíduo. O Brasil tem a maior taxa de pessoas com transtornos ansiosos do mundo. Cerca de 18,6 milhões de brasileiros viviam com essa patologia em 2015, segundo a Organização Mundial da Saúde. Existem vários tipos de transtornos de ansiedade, sendo os mais comuns: transtorno de ansiedade generalizada (TAG), transtorno de pânico, fobia específica, fobia social e até mesmo transtorno misto ansioso e depressivo. Os sintomas como preocupação excessiva e antecipatória, inquietação, tensão muscular, dificuldade de concentrar-se, irritabilidade e alterações no sono e apetite estão entre os sintomas mais comuns e podem caracterizar um transtorno de ansiedade generalizada. Algumas manifestações físicas como taquicardia, falta de ar, dores epigástricas, diarreia e cefaleia também podem ser sintomas ansiosos, que diversas vezes serão confundidos e tratados

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

como doenças clínicas atrasando o diagnóstico correto e estendendo o sofrimento do paciente. O transtorno de pânico é um bom exemplo disso, pois se caracteriza por ataques de ansiedade de início súbito, no qual sensações físicas estão presentes associadas ao medo de perder o controle ou morrer, e a emergência médica será o local que o paciente buscará seu primeiro atendimento. Um pouco menos frequente, mas não menos importante, temos os quadros de fobias específicas (medo de chuva, avião, elevador entre outros) ou a fobia social (medo excessivo de falar, comer, expor-se em público) que provocam sofrimentos e prejuízos funcionais e sociais. Infelizmente muitos pacientes que sofrem de ansiedade postergam a busca pelo tratamento adequado e podem agravar seu quadro desenvolvendo sintomas depressivos associados. O diagnóstico e tratamento devem ser orientados por uma equipe multiprofissional (psiquiatra e psicólogo), que na maioria das vezes, contemplará o uso de medicação associado à psicoterapia, prática de exercícios físicos e hábitos e alimentações saudáveis, buscando a remissão dos sintomas.


Fisioterapia:

Estudantes têm contato direto com a profissão Desde os primeiros períodos os alunos participam de atendimentos na Clínica Escola de Fisioterapia, do Centro Universitário Tiradentes (Unit)

Nervosismo e ansiedade são palavras que definem bem o que a maioria dos alunos do curso de Fisioterapia passam durante seus primeiros atendimentos na Clínica Escola de Fisioterapia do Centro Universitário Tiradentes (Unit), em Maceió. A partir do 6° período, os alunos começam a praticar atividades envolvendo pacientes, entretanto, logo nos primeiros semestres de curso eles já podem observar todo o funcionamento da clínica, possibilitando um maior aprendizado e uma visão real do que ocorre na prática. Segundo o Professor Natanael Souza, essa inserção dos alunos o mais rápido possível na clínica, faz com que eles se deparem com situações reais de atendimento onde começam a ter essa vivência de qual postura se deve ter diante do paciente e como proceder em um tratamento. Na clínica, toda e qualquer atividade com pacientes, realizada pelos alunos, são supervisionadas pelos professores. Como em qualquer área de saúde, tratar pessoas é um assunto delicado, por isso, os docentes procuram auxiliar ao máximo os alunos. “Nós vamos observando os alunos durante o atendimento. Damos as orientações, as estratégias de como tratar o paciente e a partir daí vamos ajustando os pontos em que o aluno venha a ter deficiência. Pessoalmente eu tento deixar o aluno o mais relaxado possível sem ficar em cima deles, mas sempre estando ciente do que

ocorre durante o atendimento. No final, auxilio o aluno naquilo que ele deve melhorar” conta o Professor Vinicius Minatel, da disciplina de Fisioterapia Cardiovascular. O relacionamento com o paciente se torna vital para o crescimento profissional e pessoal do aluno, contudo, alguns casos mais graves afetam emocionalmente os estudantes. Por conta da maioria dos tratamentos serem longos, com atendimentos constantes na semana, é difícil não se criar um vínculo pessoal com os pacientes. “No começo do ano, nós tratamos uma paciente que tinha sofrido dois AVCs. Chegou aqui com uma dor no ombro, não conseguia nem estender roupas em casa, mas devido ao tratamento ela passou a realizar as tarefas diárias. Semanas atrás ela sofreu o terceiro AVC enquanto se preparava para vir à clínica e faleceu. Então isso acaba mexendo com a gente”, contou o aluno Marck Dyoclecio, do 7° período. Além disso, os alunos, juntamente com os professores, desenvolvem projetos. Um deles é o da natação terapêutica para crianças e adultos com Síndrome de Down, doença genética do cromossomo 21 que causa atrasos de desenvolvimento e intelectuais. As crianças adoram a natação. É nítida a felicidade delas e dos alunos ao realizarem os exercícios na água. Os pais também percebem como é prazeroso e os benefícios que as atividades trazem para os pequenos. “Ele andava cambaleando e agora está bem melhor. Os alunos também são ótimos, ele adora.”, conta Maria Tereza, a mãe do Gabriel de 5 anos, portador da Síndrome de Down. Ainda, a professora Priscila Vanin, responsável pelo projeto, diz que a natação terapêutica desenvolve um papel importante para os pacientes e para os alunos. “Devido à vivência dessa prática que não é muito explorada, os estudantes estão ganhando experiência numa área que pode ser muito aproveitada no estado e está em crescimento no Brasil, sendo reconhecida como especialidade da Fisioterapia há 4 anos”, destacou.

LUCAS DE FRANÇA ESTUDANTE DE JORNALISMO

lucasmello7@hotmail.com lucasmello7

82 99191-2061

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

47


O que são médicos? Médicos são profissionais formados a partir de um longo caminho de estudos e treinamentos. Estudam a Morfologia, a forma e estrutura de órgãos e tecidos e a Fisiologia que é como eles funcionam. Também estudam como as lesões ocasionam as doenças nas disciplinas relacionadas à Patologia. Na Semiologia, aprendem como estas doenças se manifestam e podem ser detectadas por técnica científica aprendida ao longo de milênios.

DR. HUGO CABRAL TENÓRIO CRM/AL 5348 MEDICINA DO TRABALHO RQE 3266 MEDICINA LEGAL E PERÍCIA MÉDICA - RQE 3541 • CEO do portal achamedico.com; • Graduando em Direito; • Pós Graduado em Direito Médico pela Universidade de Coimbra, Portugal; • Perito Médico Judicial.

Por fim, vem a Terapêutica: a arte, técnica e ciência de curar ou tratar. Com a graduação, conclui-se a primeira etapa. Forma-se o médico. Cerca de metade deles seguem o caminho da especialização por mais dois a cinco anos e estudam com mais profundidade determinado conjunto de doenças relacionadas aos órgãos e sistemas. O trabalho do médico é utilizar este conhecimento tão complexo para tratar o desconforto, a dor, o sofrimento, seja em seu consultório, seja nas emergência nos piores momentos das nossas vidas. Por mais que existam tecnologias, nada poderá substituir a segurança e o sentimento de proteção do tato, do olhar atencioso, do sorriso do seu médico, da boa relação médico paciente e da vibração deste profissional em ver que seu estudo e seu trabalho teve o efeito em seu paciente, seja em curar, tratar ou aliviar a dor da perda por uma morte com dignidade em que tudo o que era possível foi feito.

Mais Informações

48

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

O objetivo do site achamedico.com e propósito de vida de seu fundador é facilitar o acesso de pacientes que procuram por atendimento médico para que saibam se prevenir, tenham diagnósticos mais precoces e obtenham mais chance de cura e melhor qualidade de vida. Todos os médicos que anunciam possuem o conteúdo das informações auditadas. Não há neste site, falsos médicos ou especialistas sem comprovação. Os pacientes poderão avaliar seu médico e as informações serão mantidas em sigilo. A forma como os médicos se apresentam no site terão que estar rigorosamente dentro das normas éticas de publicidade, mais precisamente as Resoluções Nº 2.217/2018 e 1974/2011 elaboradas pelo Conselho Federal de Medicina, instituição criada por Lei que há mais de 60 anos estabelece os caminhos da Ética Médica, fiscaliza o seu cumprimento e defende com rigor a dignidade do paciente em todos os lugares do território nacional. Por fim, utilizem o site achamedico.com que é de todos os brasileiros. Procurem e achem o médico para chamar de seu amigo, seu anjo e seu protetor. E, para os médicos, façam já seu cadastro e conheçam as inovações que o sistema oferece. Tenho orgulho de ser médico e por ter como ferramenta de trabalho a técnica e o conhecimento para aliviar a dor e melhorar a vida das pessoas.


LENTES DE CONTATO DENTAIS: O poder transformador do sorriso As lentes de contato dentais são finas películas de porcelana que têm o poder de transformar o formato e a cor dos dentes, resultando em um sorriso perfeito, como aqueles vistos nos famosos. São assim chamadas pela similaridade com as lentes de contato oculares, o que permite a transformação do sorriso com pouco ou nenhum desgaste dental no momento do planejamento e execução do tratamento.

Mock up É o chamado “teste drive”. O paciente tem uma prévia de como ficará o novo sorriso através da aplicação de resina provisória sem que nenhum desgaste seja feito e ele poderá experimentar essa simulação e até mesmo passar alguns dias com ela, para se acostumar com o novo sorriso e ter a certeza de que deseja continuar com o processo.

Preparo dos dentes

A busca por tratamentos estéticos na Odontologia vem tomando proporções cada vez maiores. Segundo a Sociedade Brasileira de Odontologia Estética (SBOE), houve um aumento de 300% na procura por esse tratamento dental entre os anos de 2014 e 2018. Os pacientes buscam um sorriso mais atraente que, além de satisfazê-los pessoalmente, a eles proporcionem conforto no meio social em que vivem.

A superfície dos dentes precisa ser preparada para receber a porcelana sem que ocorra a fratura da mesma, portanto, são realizados pequenos desgastes. Em casos de dentes mais escuros, podem ser necessários desgastes maiores, para que a espessura da porcelana seja maior o suficiente para obter o resultado mais claro.

Um dos principais benefícios da transformação do sorriso é o aumento da autoestima dos pacientes que se sentem mais autoconfiantes e confortáveis ao sorrir. E muito além da estética, isso se reflete até na empregabilidade das pessoas e nas oportunidades de crescimento profissional.

Após o preparo, a boca é moldada para obtenção do modelo onde a porcelana será confeccionada. Essa moldagem pode ser feita por meio de moldagem convencional ou escaneada por uma câmera 3D sem uso de moldeiras. A partir daí, a lente é confeccionada em laboratório, de acordo com o que foi planejado pelo dentista em concordância com paciente.

Uma pesquisa realizada pela Faculdade Estadual do Sudoeste da Bahia e publicada no American Journal of Orthodontics & Dentofacial Orthopedics revelou que quem tem um sorriso bonito possui mais chances de conseguir um emprego. Durante a realização do estudo, os pesquisadores mostraram fotos de dez candidatos sorrindo para cem profissionais da área de RH. Os dez possuíam problemas dentais diversos, como diastema (espaço entre os dentes), mordida cruzada, entre outros. Os pesquisadores acrescentaram às fotos convencionais, as imagens desses mesmos candidatos com seus dentes corrigidos por um programa de computador, deixando-os mais alinhados e brancos. A análise apontou que os recrutadores, sem reconhecer que se tratava das mesmas pessoas, escolheram aqueles com sorrisos ideais.

DRA. ALYNE ALVES LEAL DA CRUZ CIRURGIÃ-DENTISTA CRO-AL 3716

• Especialista em Prótese Dentária; • Especialista em Implantes Dentários; • Atua em Estética Dental e Harmonização Orofacial.

Moldagem e confecção das porcelanas

Cimentação Esta última fase consiste na colocação das lentes, por meio de um cimento resinoso altamente resistente, colocado cuidadosamente, para não deixar excessos e evitar futuros problemas periodontais, como inflamação gengival. Assim, se você também tem o desejo de transformar o seu sorriso, pois possui afastamento avantajado entre os dentes, ou acha que os seus dentes não possuem o tamanho ideal, ou que possuem uma textura desagastada, ou que estão quebrados ou escurecidos, procure um profissional qualificado! As lentes de contato são, quando bem indicadas, um meio muito rápido e seguro para se obter um sorriso perfeito e renovado.

O processo O planejamento é muito importante e é a primeira etapa para a confecção das lentes. É feito por meio de fotografias e simulações digitais, criando-se o modelo ideal e personalizado para aprovação do paciente.

Rua João Gualberto Pereira do Carmo, 113. Empresarial Ponta Verde Sala 203. Bairro Ponta Verde

(82) 9.8829-8737 rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

49


50

Revista SaĂşde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


O rim e o envelhecimento

DRA. JANE CLEIDE LIMA CRM/AL 2390 NEFROLOGIA RQE 18560 CLÍNICA MÉDICA RQE 18559

Um dos desafios da longevidade é o envelhecimento dos sistemas e órgãos, entre eles os rins. Com o aumento da expectativa de vida em todo o mundo, a população de idosos vem crescendo gradativamente, tornando mais relevante o entendimento do processo de envelhecimento que é complexo e individual. Do ponto de vista renal, têm sido descritas na literatura alterações anatômicas e fisiológicas com o avançar da idade, entretanto, tais mudanças não são universais, podendo estar associadas ou não à presença de patologias ou injúrias subclínicas. A taxa de envelhecimento é bastante variada entre as pessoas. Estima-se que os genes desempenhem um papel importante em cerca de 25% da variação na longevidade, enquanto o ambiente e o acaso desempenham papéis muito maiores. O peso e volume renal diminuem em 20% a 30% entre as idades de 30 a 90 anos, assim como o número de glomérulos diminui em 30 a 50%, levando a uma disfunção renal. Estes processos podem ser acelerados por doenças que tendem a se acumular em pessoas idosas, como diabetes, câncer, hipertensão arterial e aterosclerose, principalmente porque os idosos tiveram mais tempo para adquirir essas doenças degenerativas, frequentemente relacionadas às influências ambientais (dieta, meio ambiente, hábitos pessoais, uso de anti-inflamatórios não esteroides, infecções, toxinas).

Mais Informações

52

O avanço da idade reduz modestamente a função renal em idosos saudáveis. Como medidas de prevenção da deterioração da função renal ao longo da vida, é importante o controle adequado das doenças como diabetes mellitus, hipertensão arterial, obesidade, dislipidemias, hiperplasia de próstata, cálculo renal, infecção urinária de repetição, assim como evitar automedicação, adotar hábitos alimentares saudáveis com ingestão de líquidos, sobretudo água, juntamente com a prática de atividade física regular. O diagnóstico é feito através de exames laboratoriais de rotina, com frequência mínima anual.

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

O diagnóstico é feito através de exames laboratoriais de rotina, com frequência mínima anual.


Equipe multidisciplinar presta atendimento à mulher em situação de violência Muitas mulheres que sofrem violência de seus companheiros têm dificuldades em denunciar abusos. Segundo um estudo realizado pelo Datafolha, nos últimos 12 meses, 1,6 milhão de mulheres foram espancadas no Brasil, enquanto 22 milhões de brasileiras passaram por algum tipo de assédio. Após sofrer uma violência, 52% das mulheres não denunciaram o agressor ou procurou ajuda.

Mas a AME (Associação Para Mulheres) acompanha vítimas em situação de violência e vem contribuído para que o ciclo seja quebrado. Com uma equipe formada por diversos profissionais que dão suporte jurídico, médico e estético.

Qual é o objetivo da Associação AME? A intenção da AME, inicialmente, era ajudar mulheres vitimadas por violência masculina, com orientação jurídica, como proceder, o que fazer, onde ir e como reagir a um ato violento. Hoje, nós crescemos, víamos a necessidade de amparar essas mulheres de uma forma mais completa. Com a AME as acolhemos dando um tratamento diferenciado com profissionais que trabalham o psicológico, a estética corporal, bucal e, até mesmo a alimentar, independente de classe social, faixa etária, raça e cor.

Qual é o momento que a mulher deve denunciar? Qualquer situação de violência imposta deve ser denunciada pela mulher. Todas em que ela for agredida, seja, verbal, moral, física e, até mesmo quando pressionada a fazer algo que ela não queira. Nós tentamos fazer com que esse abuso seja reconhecido pela vítima, que normalmente acha normal. Para ajudar na denúncia, nós da AME contamos com um aplicativo, que de uma forma discreta, as vítimas podem acionar a equipe de atendimento. Além de informar sobre os direitos da mulher, formas e locais onde podem denunciar.

Você acredita que a mulher está efetivamente amparada pelo poder público? Quando a mulher procura a tutela estatal não tem o acesso imediato. Isso, por não ter disponível, fora do horário comercial, fins de semana e feriados, uma delegacia especializada em atender às vítimas de violência masculina. Dessa forma, ainda hoje, mulheres encontram dificuldade para registrar boletins de ocorrência, já que estão fechadas. Infelizmente, o poder público não está amparando efetivamente as mulheres, seja na hora da denúncia, no acompanhamento e tratamento a essas vítimas.

JULIA NUNES SANTOS ADVOGADA (OAB-AL 13.486) • Presidente da Associação Para Mulheres (AME)

O acolhimento multidisciplinar, como é feito? Buscamos acolher a mulher agredida sem discriminação. A tratamos como ela realmente tem que ser tratada. Nossa equipe conversa com a mulher para saber como foi a agressão e quem foi o agressor. Ao ver a necessidade de um profissional específico a encaminhamos para um acompanhamento. Atendemos uma mulher que tinha as pernas marcadas por cicatrizes causadas pela ponta dos cigarros, tendo o seu esposo como agressor. Vendo aquela situação, a enviamos para um esteticista, cuidando das cicatrizes e levantando sua autoestima.

Qual o conselho para as mulheres vítimas de violência? Calar dói muito mais que denunciar. Desde a quase imperceptível violência, que destrói a autoestima até a violência física que destrói o corpo a mulher deve gritar e pedir socorro. Nós da AME iremos escutar, atender, acolher e resguardar seu direito.

julia_nunes_s@hotmail.com @associacaoame www.associacaoame.org.br rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

53


Prevenção e Tratamento das Doenças Renais

DRA. ANA KATARINA LOPES CLÍNICA MÉDICA CRM/AL 4130 | RQE 2607 • Título de especialista em Nefrologia pela Sociedade Brasileira de Nefrologia; • Título de especialista em Clínica Médica pela Sociedade Brasileira de Clínica Médica; • Responsável técnica do serviço de Nefrologia da Santa Casa de Misericórdia de São Miguel dos Campos / Diretora Administrativa da Renal CENTER Maceió.

Mais Informações

54

A Nefrologia é uma especialidade médica, relativamente nova, que trata das doenças renais, sendo a principal a Insuficiência Renal Crônica

As principais doenças renais: Insuficiência Renal Crônica, Litíase Renal, Rins Policísticos, Cistos Renais, Glomerulopatias, Insuficiência Renal Aguda, dentre outras. As principais causas de Insuficiência Renal Crônica são Hipertensão Arterial Sistêmica e Diabetes Melittus, doenças estas, crônicas e progressivas que levam à uma injúria Renal irreversível. A doença renal crônica é uma patologia progressiva e irreversível, seu tratamento se baseia num controle efetivo dos níveis pressóricos e glicêmicos retardando assim os danos renais. Já numa fase avançada o tratamento indicado é diálise ou transplante renal. Durante o tratamento conservador, ou seja os estágios iniciais da doença renal crônica, além de controle das doenças etiológicas, tratamos também as alterações que começam a aparecer como anemia crônica, proteinúria, distúrbios mineral-ósseo, dentre outros. A faixa etária mais atingida é en-

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

tre 40 e 70 anos, uma vez que, na grande maioria, a doença é consequente do aumento da expectativa de vida. A prevenção baseia-se num controle efetivo das doenças de base, ingesta hídrica adequada, controle de sal, controle do peso e atividade física! A equipe multiprofissional é de grande importância na patologia Renal, uma vez que o paciente necessita de controle nutricional adequado, principalmente com relação da perda proteica; apoio psicológico devido a mudança de vida e suas limitações e suporte do Serviço social para apoiar as necessidades relacionadas a estrutura sócio-econômica do paciente. A equipe de enfermagem é fundamental no início do tratamento Dialitico, com todas as informações e cuidados no  acompanhamento  semanal. As outras doenças também merecem cuidados, por isso, não exite!  procure um acompanhamento completo numa Clínica de Nefrologia.


Ortodontia e periodontia O que é ortodontia? É a especialidade da odontologia que objetiva diagnosticar, planejar e corrigir o mau posicionamento dos dentes, das má-oclusões e das alterações da face.

Qual a frequência que o paciente que faz uso de aparelho ortodôntico deve procurar o ortodontista? Geralmente o paciente realiza consultas mensais, entretanto, se ocorrer alguma intercorrência deve procurar o ortodontista o mais

Quando devo procurar um ortodontista? Quando o indivíduo se queixar de dentes tortos ou muito espaçados que além de comprometerem a estética do rosto e sorriso, também causam problemas na mastigação, fala e respiração, podendo até mesmo ocasionar dores de cabeça e outros incômodos.

breve possível.

PERIODONTIA O que é periodontia?

DR. TÁSSIO DÓRIA FILHO

É uma especialidade da odontologia que cui-

DENTISTA CRO/AL 3519

da de tudo que fica ao redor dos dentes, ou seja, gengivas, osso, fibras e ligamento.

Qual a faixa etária mais recomendada para a primeira consulta com o ortodontista?

Quem deve procurar o periodontista? Os indivíduos que estiverem com sangra-

A primeira consulta com o ortodontista

mento gengival; odor; dentes com mobilidade;

ocorre aproximadamente aos sete anos de ida-

sensação de dentes ásperos e/ou crescidos; e

de, geralmente indicada pelo odontopediatra. A

gengiva inchada.

avaliação precoce na fase infanto-juvenil permite uma melhor conduta terapêutica para obtenção de um resultado mais satisfatório.

Quais os tratamentos realizados pelo periodontista?

• Cirurgião-Dentista pelo Centro Universitário Cesmac/Alagoas; • Especialista em Ortodontia pela Faculdade São Leopoldo Mandic/Rio de Janeiro; • Pós-graduando em Periodontia pela Associação Brasileira de Odontologia/Sergipe; • Pós -graduando em Odontologia Hospitalar pela Associação Brasileira de Odontologia/Alagoas; • Co-autor do livro PHD Odontologia.

Após a avaliação do paciente o periodontista selecionará o melhor método para tratamen-

Quanto tempo dura o tratamento ortodôntico?

to, dentre os quais, promover saúde bucal; pro-

Cada indivíduo necessita de um tratamento

cirurgias gengivais corretivas (gengivectomia e

específico que atenda suas necessidades, logo a duração do tratamento depende tanto da complexidade do caso, de sua cooperação e da experiência do profissional ortodontista.

filaxia; raspagem e alisamento coronoradicular; gengivoplastia) e cirurgias plásticas do sorriso.

Qual o objetivo da cirurgia plástica do sorriso? E quando é indicada? A plástica do sorriso é um procedimento ci-

Quais os aparelhos ortodônticos mais comuns?

rúrgico indicado para pacientes que possuem o

Dentre os aparelhos ortodônticos mais co-

masiada), tal cirurgia visa à diminuição ou elimi-

mumente usados, destacam-se o aparelho fixo

nação total da exposição da gengiva ao sorrir e

metálico e fixo estético (porcelana-safira; apa-

falar. Por ser permanente, seu resultado é consi-

relho autoligado e aparelhos transparentes/ “in-

derado por alguns profissionais, mais eficaz que

visalign”).

o uso do botox para correção do sorriso gengival.

sorriso gengival alto (exposição da gengiva de-

(82) 9 9999-9486 doriatassio@outlook.com rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

55


Novos Tratamentos e Diagnósticos via Tecnologia em Saúde “Mental” “Últimas descobertas em Tecnologia em Saúde “HealthTech” abordam soluções nos tratamentos e diagnósticos na Saúde Mental”

NATÁLIA VELASQUEZ NEUROCIENTISTA - CRF 935 • PhD em Ciências; • Integrante do Laboratório de Neurociências Comportamental junto à Nicolaas Gosse Valle; • Pós-Doc Neurofisiologiafarmacologia.

doutoranvo@gmail.com Mobile profissional 99999661 Endereços profissionais: Harmony Center, sl 517- Jatiúca, Maceió-AL UFAL/ICBS, Tabuleiro dos Martins, Maceió-AL

56

O alto índice diagnóstico em Saúde Mental aponta Depressão, Ansiedade, Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDHA) e Alzheimer. A prevenção de tais transtornos e/ ou doenças sempre será prioridade. Porém após diagnóstico deve-se inserir ao tratamento precoce e intensivo evitando-se cronicidade (WFMH, 2019). No tratamento da depressão tem-se a esketamina, derivado anestésico, na depressão resistente em adultos. Países em regulamentação utilizam, porém prescrita como anestésico. A brexanolona atua na depressão pós-parto através de plataforma “REMS” monitorada à paciente. O software Deprexis permite autoavaliação do humor e sintomas depressivos com base cognitivo-comportamental (ANVISA, 2019; FDA, 2019) No tratamento para Ansiedade o Holístico “Reiki” embasado na teoria Físico-Quântica controla angústia reduzindo a dose de ansiolíticos sob supervisão médica (CARON, 2019). No tratamento do TDAH em pediatria tem-se o dispositivo “eTNS” não medicamentoso via baixa estimulação elétrica com neuroimagens abordando aumento das atividades -atenção,

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

emoção e comportamental- em regiões envolvidas no TDAH (FDA, 2019). No tratamento do Alzheimer tem-se teste de fármacos diminuidores da neurodegeneração e antioxidantes visando aumento da qualidade de vida e posterior cura (ALZ, 2019). O diagnóstico laboratorial quantificadores de derivados metabólitos de neurotransmissores sanguíneo auxilia o prescritor na escolha do fármaco ideal para vários transtornos e/ou doenças mentais (ANVISA, 2019). Inovações em Plataformas, Telemedicina e apps terapêuticos, como o “Luzz” auxilia diálogo seja emergencial ou em pacientes resistentes ao consultório entre paciente e terapeuta após triagem por automação sem perder humanização. Tecnologia em Saúde Mental serão ferramentas contínuas abordando o “novo” nos transtornos e/ou doenças mentais resultando em qualidade de vida e/ou melhora terapêutica dos pacientes. Referências Agencia de Vigilância Sanitária. www.portal.anvisa.gov.br/laboratórios 2019 Associação de Alzheimer Mundial. www.alz.org/news/2019 2019 Caron, E. Experimentações intensivas. USP, São Paulo, 2019 Federação Mundial em Saúde Mental. https://wfmh.global/ 2019 Food and Drug Administration. www.fda.gov 2019


Qual a época ideal para levar meu filho ao ortodontista? Muitos pais e mães acreditam que o primeiro contato da criança com o ortodontista só precisa acontecer quando todos os dentes permanentes já estão erupcionados. Isso não é verdade! O tratamento ortodôntico pode ser iniciado em qualquer idade, mas é recomendado pela Associação Americana de Ortodontia (AAO) que o primeiro ‘check-up’ ortodôntico seja feito em torno dos 6 anos de idade, quando a criança ainda tem os dentes de leite. Isso porque muitos problemas podem ser prevenidos ou corrigidos mais facilmente quando diagnosticados precocemente, ou seja, antes do crescimento estar completo. Os estudos mostram que a intervenção precoce diminui a severidade da má oclusão no percentual entre 57% e 76%1. Entre os problemas que devem receber atenção na primeira infância estão: 1. a perda precoce dos dentes de leite, pois é preciso manter espaço para que todos os dentes acomodem no arco; 2. a falta de espaço para todos os dentes que pode provocar impacção dental, ou seja, o dente permanente não nasce; 3. mordida aberta anterior que muitas vezes está relacionada com hábitos deletérios, como chupar dedo e chupeta; e, 4. mordida cruzada anterior e/ou posterior, pois são problemas que não se autocorrigem e podem agravar com os anos. Tais más oclusões podem ser tratadas com aparelhos ortopédicos funcionais removíveis ou fixos, desde que a criança tenha maturidade e seja colaboradora para receber tal tratamento. Essa primeira fase de interceptação tem os objetivos de: corrigir os desvios de crescimento entre os arcos superior e inferior; regular a função muscular dos lábios, língua e bochechas; evitar maiores comprometimentos funcionais, estéticos e faciais, bem como diminuir a complexidade dos problemas para posterior ortodontia corretiva com aparelhos fixos. Assim, é importante que a criança seja acompanhada desde bebê pelo odontopediatra, mas a avaliação com o especialista em ortodontia é fundamental para que seja feito o acompanhamento do desenvolvimento da oclusão das crianças, todas as trocas dentárias, identificando a necessidade de intervenção e possível uso de aparelhos.

É sempre melhor prevenir! E você já levou seu filho ao ortodontista?

DRA. RENATA LOPES LIMA CIRURGIÃ DENTISTA ORTODONTISTA • Cirurgião-Dentista pela Universidade Federal de Alagoas UFAL; • Mestre e especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUCMinas; • Membro da Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial – ABOR/AL; • Credenciada ao sistema COMPASS e TEETH ALIGNER (Alinhadores estéticos).

Av. Menino Marcelo. 9350, Empresarial Humberto Lobo, sala 1418, Serraria, Maceió/AL 82 9.9993-1323 drarenatalopesl@gmail.com drarenatalopeslima.wixsite.com/ ortodontia Dra. Renata Lopes Lima drarenatalopes rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

57


Você realmente sabe o que é um psicólogo? Vamos começar falando através de um exemplo simples: “Ao sentirmos uma dor, procuramos logo um remédio, para ter alívio desta dor, não é verdade?”

SANDRA MOURA GUEDES PSICÓLOGA CRP 15/2762 • Clínica, Pós Graduada em Jurídica e MBA de Gestão de Pessoa; • Gestalt-terapia; • Atende: Criança, Adolescente, Adulto e casais.

Daí você começa a sentir uma dor interior, muitas vezes sem explicação e que remédio nenhum tráz alívio, e agora? O que fazer? Pois bem, é aí que nós psicólogos entramos, usamos de várias técnicas para trazer alívio para tal dor. Mas, se você acha que o psicólogo só escuta e pronto, você está muito enganado! Para trabalhar esses combates internos, ele precisou de uma média de 5 anos de estudos para compreender o funcionamento da mente humana e os gatilhos mentais que levaram para tais conflitos. Os estudos sobre a psique são fundamentados em alguns especialistas, e após a formação, o psicólogo escolhe sobre qual teoria daquelas ele vai se embasar ao trabalhar com seus pacientes. E, falando em técnicas e teorias, irei explicar de uma maneira bem resumida um pouco das várias formas de trabalho, que nós psicólogos chamamos de “Abordagem”, citarei algumas aqui para vocês: 1- Gestalt-Terapia - Abordagem criada por Fritz Perls, um  psicoterapeuta e  psiquiatra de origem  judaica que junto com sua esposa Laura Perls, desenvolveu essa abordagem. Seu trabalho está voltado à relação terapeuta-paciente, onde desta relação, a tomada de consciência vai gerar o chamado “AQUI-AGORA”, ou seja, tornar consciente os motivos de tais “dores”, utilizando das “Figuras-fundos”, que nada mais é que tornar real o que está escondido. A Gestalt - Terapia defende que para se compreender as partes, é necessário compreender um todo. Utiliza método-fenomenológico existencial, não busca as causas para um sintoma, mas sim o seu entendimento sob vários aspectos. Dessa forma ela é aberta, não direcionada e visa que o paciente se desenvolva e encontre um jeito positivo de estar no mundo no momento presente.

2- Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) - foca no problema atual do paciente. A

Harmony medical center – Clínica Interage – Particular, 7 andar, sala 702. Harmony Trade Center Clínica Equilibrium - Plano de Saúde 3 andar, sala 320

58

TCC, como também é conhecida, acredita que não são os acontecimentos que definem nossa forma de agir e pensar, mas sim como os interpretamos, por isso o terapeuta cognitivo comportamental tem o objetivo de te ajudar a distinguir e intervir em pensamentos considerados “automáticos”, para daí alterá-los. A Terapia Cognitiva foi fundada no início dos anos 60 por Aaron Beck, Neurologista e Psiquiatra norte-americano. Quem trabalha com essa abordagem terá o seu foco voltado para mudar pensamentos  disfuncionais, ou seja, aqueles que nos

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

fazem “perder a fé” em nós mesmos, como o típico “eu nunca vou conseguir fazer isso” ou “eu não faço nada direito”. Normalmente, as sessões são estruturadas e têm efeito positivo em problemas pontuais, que vão desde a obesidade até a psicopatia. 3- Base Analítica - Essa abordagem  trabalha com o indivíduo em sua totalidade e em sua vida em comunidade, sempre dentro de um contexto coletivo e nunca isolado. Criada por Carl Gustav Jung, a psicologia analítica tem sua base na teoria da psicanálise desenvolvida por Freud, porém, com alguns contrastes em seus fundamentos. Nessa vertente, Jung discorda de algumas teorias de Freud. Aqui, o objeto de estudo principal são os sonhos e o terapeuta busca manter a conversa sempre em torno dos problemas que o levaram até ali. Quando sonhamos, imaginamos narrativas. E nelas são encontrados certos personagens que, de tempos em tempos, vão mudando. Para se aproximar destes personagens, utiliza-se o método da imaginação ativa. 4- Psicanálise - Fundada por Freud, médico psiquiatra, esta abordagem  preocupa-se em entender como funciona a mente humana, partindo do princípio de que muitos dos processos psíquicos são inconscientes. Na psicanálise, nossas emoções e atitudes são o resultado de fatores dos quais não temos consciência. ... A pessoa é vista como um todo na abordagem psicanalítica, essa teoria busca descrever as causas dos transtornos mentais, o desenvolvimento humano, sua personalidade e motivações. De acordo com ele, o ser humano funciona por meio de duas pulsões inatas, a sexual e a de morte. Essas e muitas outras abordagens são instrumentos de trabalho de todo psicólogo (a), todas elas possuem o mesmo objetivo, trazer alívio para sua dor, ou desconforto emocional. Não permita que seus sentimentos gerem situações de conflitos, ou até mesmo o levem a viver aprisionado em uma vida desconhecida. A psicologia é para todos, nosso alvo principal é o seu auto-conhecimento. Da mesma maneira que você procura ajuda para tratar seu corpo físico, a sua mente e seu emocional também precisam desses cuidados. Fazer terapia não é brincadeira, nem motivo de vergonha, mas sim uma ajuda fundamental para seu crescimento pessoal. Seja você a peça chave do seu auto-conhecimento, liberte-se! Espero ter ajudado Um grande abraço!


Os avanços da Odontologia Reabilitadora Estética. Cirurgião-dentista Wagner Fragoso, uma das maiores referências em reabilitação oral, fala das novidades que garantem um sorriso perfeito. Também explica a finalidade estética e funcional da odontologia reabilitadora para diversos casos que envolvem desde problemas simples à perda total dos dentes. Transformar o sorriso, devolver a auto estima de quem não conseguia sorrir, garantir não apenas a estética, mas também a funcionalidade dos dentes. Estas são algumas das funções da Odontologia Reabilitadora, uma área da odontologia que apresentou evoluções surpreendentes nos últimos anos graças a estudos cada vez mais intensos e tecnologias que garantem perfeição e total segurança. Responsável por um dos trabalhos mais respeitados e reconhecidos nesta área, o Dr. Wagner Fragoso recebe diariamente em seu consultório pacientes com diversas queixas, desde dentes quebrados, alterações nos formatos e cores dos dentes até mesmo a perda total. Segundo ele, a Odontologia Reabilitadora é ampla e surgiu exatamente para harmonizar o sorriso com laminados, sejam facetas ou lentes de contato. “A Odontologia reabilitadora tem finalidade estética e funcional. Trata desde casos mais simples, como formato e cor do dente, a casos mais complexos, onde o paciente apresenta perda de dentes em locais variados da boca ou até a perda total dos dentes. Assim conseguimos reabilitar com implantes, fazendo coroas de porcelana”, explicou o Dr. Wagner Fragoso Segundo ele, se antes os tratamentos mais simples duravam semanas ou meses para serem concluídos, hoje é possível sair do consultório com o sorriso perfeito em poucas sessões. “Trabalhando com laminados ou lentes de contato o resultado é rápido por causa da fabricação desses laminados, que é um sistema usando o sistema 3D, sistema de odontologia digital”, completou. Formado em Odontologia há 18 anos, Wagner Fragoso há 18 anos, no mercado alagoano desde 2007. Fez mestrado e doutorado na Unicamp-SP e hoje divide o consultório com a sala de aula, onde ministra aula no curso de Odontologia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Também é PreceptorShip da GOETHE DENTAL SCHOOL, na  Alemanha. “É importante buscar o conhecimento e estar antenado com as novidades que surgem na área da odontologia reabilitadora”, diz o dr. Wagner Fragoso. Ele ressalta que

nada se compara à satisfação de devolver o sorriso ao paciente. Sobre o uso da tecnologia, ele desta que que no seu consultório ele também trabalha com a tecnologia mockup. “Nesse método é possível prever o resultado do tratamento logo no início, nas primeiras consultas, e fazer as modificações que o paciente desejar”, afirmou. A solução para idosos que apresentam perda total dos dentes Em seu consultório o dr. Wagner Fragoso tem recebido grande número de pessoas acima de 50 e 60 anos que começam a apresentar perda dos dentes. Para esses casos ele destaca as técnicas de reabilitar com implantes. “A procura tem sido grande por pessoas de idade mais elevada para a instalação de próteses fixas sobre implantes. Neste caso utilizamos próteses em Porcelana que foram fixadas sobre implantes na maxila e mandíbula. A fixação ocorre por parafusamento. Em algumas situações as novas próteses podem substituir os dentes anteriores que tinham sido feitos em resina e se encontravam quebrados, por exemplo. A Porcelana garante melhor condição estética, resistência e função com grande durabilidade”, explicou o Dr. Wagner Fragoso. Ele destaca, ainda, os casos de reabsorção do osso da mandíbula após a perda de um ou mais dentes, o que pode causar, dependendo do grau, problemas na mastigação, digestão, estética da face e na fala. O dr. Wagner Fragoso explica que, além dos problemas na mastigação, a Atrofia Óssea Bucal atinge fortemente a auto estima, pois com o avanço do processo de reabsorção do osso ocorrem mudanças na face. O queixo se aproxima da ponta do nariz dando um aspecto de envelhecimento. “O implante dentário é a forma mais eficaz de deter a Atrofia Óssea Bucal, pois reconstitui o espaço deixado pela perda do dente e devolve a função ao osso”, completou. Quem tiver interesse em saber mais sobre a odontologia reabilitadora e as técnicas a disposição para os diversos casos podem entrar em contato com o Dr. Wagner Fragoso.

PROF. DR. WAGNER SOTERO FRAGOSO CIRURGIÃO DENTISTA CRO 2029 • Professor de Protese Dental da Universidade Federal de Alagoas; • Doutor e Mestre em Protese Dental pela UNICAMP – SP; • PreceptorShip pela GOETH DENTAL SCHOOL – Alemanha/Frankfurt; • Coordenador do Curso de Especializacao em Protese Dental OdontoClass;

Empresarial The Square, sala 508 - Jatiúca @drwagnerfragoso

3317-9675 / 99108-0805

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

59


#social |

Revista Saúde Maio . 2019 Maceió . AL

DIAGNOSE - DIA MUNDIAL DA SAÚDE (7.4) Um fim de semana de cuidados com a saúde e bem-estar. Em alusão ao Dia Mundial da Saúde (7.4), a Diagnose, em parceria com a Faculdade de Tecnologia de Alagoas (FAT) e o Centro Universitário Tiradentes (UNIT), realizou nos dias 6 e 7 de abril uma série de serviços gratuitos para a comunidade, no Maceió Shopping. Além de uma programação dedicada à leitura com a ‘‘Biblioteca de ideias’’ e palestras com escritores.  60

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


#social |

Revista Saúde Maio . 2019 Maceió . AL

ROSSANDRO KLINJEY DISCUTE RELACIONAMENTO ENTRE PAIS E FILHOS DURANTE PALESTRA EM MACEIÓ Psicólogo e escritor Rossandro Klinjey frisou que os adultos têm com as crianças uma relação pedagógica. Foi realizado uma palestra, no dia 30/04/2019 para 1000 pessoas no Teatro Gustavo Leite, no Centro de Convenções, em Maceió.

62

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Revista Saúde Maio . 2019 Maceió . AL

| #social

JOGOS INTERNOS NA ESCOLA SEB: RESPEITO AO ADVERSÁRIO É PRIMORDIAL Entre jogos coletivos e esportes individuais, são 14 modalidades disponibilizadas para os alunos. Os participantes são estudantes do 6º ano, do Fundamental II, ao Terceiro ano do Ensino Médio, e se enfrentam, ao longo de uma semana, nos chamados Jogos Internos, promovido pela Escola SEB Maceió no primeiro semestre do ano.

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

63


#social |

Revista Saúde Maio . 2019 Maceió . AL

ENCONTRO COM OS PACIENTES: NOITE DE SAÚDE E EMPREENDEDORISMO Encontro com os Pacientes realizado no dia 28 de março de 2019, no Hotel Best Western Premier, Pajuçara. A noite contou com bons momentos, pacientes compartilharam suas experiências, o especialista de mercado e estratégias João Moreira, falou da importância de ter conhecimento para tirar a ideia do papel e começar seu próprio negócio. 64

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Revista Saúde Maio . 2019 Maceió . AL

| #social

ENCONTRO COM OS PACIENTES: NOITE DE SAÚDE E EMPREENDEDORISMO Esssa foi a primeira edição da Barifeira e conquistou a , todos que visitaram. Nossos pacientes empreendedores tiveram a oportunidade de aumentar o seu networking, divulgar sua empresa e produtos. O sentimento que fica é de gratidão por ter pacientes e familiares tão especiais. Um agradecimento a Ethicon - Johnson & Johnson e a BRT Medical  por serem parceiros do evento. rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

65


#social |

Revista Saúde Maio . 2019 Maceió . AL

FUNDAÇÃO CORDIAL - CONHEÇA O BRAÇO SOCIAL DO HOSPITAL DO CORAÇÃO DE ALAGOAS A Fundação Cordial, braço social do Hospital do Coração de Alagoas, nasceu em 02/05/2007 com a visão de promover saúde e bem-estar dos pacientes do sistema único de saúde do Estado, por meio de linhas de cuidado. Suas ações sem fim lucrativo contam com apoio de voluntários e entidades parcerias, e tem como objetivo prestar atendimento eficiente e humanizado a população carente de Alagoas. Conheça mais acessando www.soucordial.com.br 66

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Revista Saúde Maio . 2019 Maceió . AL

| #social

ACIMA ESTÃO ALGUMAS FOTOS DO PROJETOS DESENVOLVIDOS PELA CORDIAL: Programa Coraçãozinho; Projeto Coração de Estudante; Expresso do Coração; Projeto Cuidar. Além desses projetos a CORDIAL junto com o Hospital do Coração de Alagoas em parcettria com o Governo do Estado disponibiliza aos alagoanos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) acesso à técnica mais avançada do mundo nos exames et tratamentos cardiovasculares. Saiba mais acessando www.soucordial.com.br

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

67


Profile for Revista Saúde

REVISTA SAÚDE MACEIÓ - EDIÇÃO 1 - 24/052019  

REVISTA SAÚDE MACEIÓ - EDIÇÃO 1 - 24/052019