Page 1


Índice

14

Água alcalina Dr. André Reis

16

Revista Saúde Edição 15 | Maio . 2019 | Araçatuba.SP

Conquistar a liberdade de deixar de usar óculos... Agora aqui em Araçatuba

42

PROJETO MATERNIDADE

44

Cirurgia Plástica Pós-Gestação

46

Odontologia Moderna: Avanços

48

Tecnológicos e Novas Técnicas

para Reabilitação com Implantes Dr. Daniel Mattos Zanatti

22

Lesão do ligamento cruzado anterior do joelho

50

Spinning Juliana Garcia Vicente da Silveira

Pelle Day Hospital vai contar

Brasil, o Dr. Paulo Miranda

54

56

surto de doenças perigosas!

Prevalência e riscos do Ronco

Dra. Andréia Stankiewicz

32

A importância do ácido fólico na gestação

34

Infertilidade na mulher: alguns aspectos psicológicos Mariana de Toledo Chagas

60

Laserterapia na odontologia para seu bem-estar e saúde Profa. Dra. Eloá R Luvizuto

Estou gestante, posso praticar atividade física?

46

Nathália Tozin

62

Probiótico pode ajudar nas cólicas do bebê Dra. Tatiana B. V. Terçariol

64

Você sabe o que é sarcopenia? Dr. Rodrigo Albertini

66

Experiência 5S Adriana Prado Vaz Paludetto

ESPECIAL CAPA ContabilMed - Contabilidade para médicos e profissionais da área da saúde Ulisses Pereira

10

“Amamentasono”

e Apneia entre os gêneros Dr. Antonio Fagnani Filho

38

26

Lívia dos Santos Ananias

58

22

Cremesp alerta para risco de Dra. Regina M. Marquezine Chammes

34

18

Dr. Paulo Miranda

32

Estou gestante, posso fazer Tratamento Estético? Gabriela de Souza Canata Rodrigues

com um dos maiores nomes do Transplante Capilar no

30

Por que “ensinar” habilidades socioemocionais?

28

Dra. Ana Laura Guilhem Rosa Ferreira

52

14

A ultrassonografia na gestação

Susana Fregonesi

Dr. Mauricio Martins Perina

26

Meu filho é autista E agora? Priscila Didone Neves

Dr. Fabrício Teno Castilho Braga

18

Dr. Fernando Suguita

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

68

A Psiquiatria no século XXI Dra. Juliana Giacomelli

70

Atenção Farmacêutica ao Paciente com Diabetes Isabela Grigoleto Risk

70


Expediente

Revista Saúde Edição 15 | Maio . 2019 | Araçatuba.SP

REVISTA TRIMESTRAL Maio/2019 | ANO 4 | Nº 15 | Araçatuba.SP Editora Lopes e Rampani Ltda - CNPJ 07.986.256/0001-69 Anderson Hernandes Brito - ME, CNPJ. 23.528.527/0001-99 ESCRITÓRIOS Umuarama (sede): Rua Paulo Pedrosa de Alencar, 4291 - Ed. Manhattan Garden CEP: 87501-270 | Centro | Tel.: 44 3622-8270 | e-mail: revistasaude@sempresaude.com.br Maringá: Av. Humaitá, 452 - Centro Empresarial Dalla Costa - Sala 303 | CEP: 87014-200 | Zona 4 Tel.: 44 3346-4050 | e-mail: artemaringa@sempresaude.com.br COLABORADORES LAYOUT E DIAGRAMAÇÃO: Alison Henrique, André Silva, Bruno Assunção, Dyego Bortoli, Jean Carlos, Marcio Garcia, Thiago Mantovani. CORREÇÃO ORTOGRÁFICA: Prof. Tallis O. F. Resende, Prof. Maria de Fátima dos Santos FOTOGRAFIAS: Nick Dalla - 18 99693-7877, Plínio Jr. 18 99704-6484, Andrea Alves 18 98115-9480 JORNALISTA RESPONSÁVEL: Caio Henrique dos Santos Rosa - 0011175/PR CIRCULAÇÃO: Araçatuba, Birigui, Penápolis e Andradina/SP. FRANQUIAS Apucarana/Arapongas-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - comercial@sempresaude.com.br - 43. 9611-5553 | 43. 9611-5563 - Araçatuba/ Birigui-SP - Anderson Hernandes - aracatuba@sempresaude.com.br - 18. 99740-2777 - Boa Vista-RR - Julio Graziani Carlos - boavista@sempresaude.com. br - 95. 99169-4071 - Cacoal/Ji-Paraná-RO - Flávio Junior Bezerra Paixão - paixao@sempresaude.com.br - 69. 99278-5703 - Campo Mourão-PR - Rafael Morimoto - rafael@sempresaude.com.br - 44. 9911-8081 | 44. 8811-6206 - Chapecó-SC - Fábio Bortolone - chapeco@sempresaude.com.br - 49. 99165719 - Cianorte-PR - Paulo Paixão - cianorte@sempresaude.com.br - 44. 3269-6430 | 44. 9922-0310 - Criciúma-SC - José Carlos Junqueira Alvarenga - criciuma@sempresaude.com.br - 48. 9912-5253 - Cuiabá-MT - Cristiana L. G. Donegá - cuiaba@sempresaude.com.br - 65. 8111-2423 | 65. 96402423 - Foz do Iguaçu -PR - Rosana Segovia - rosana@sempresaude.com.br - 45. 9991-2500 - Florianópolis-SC - Paulo Victor Frasson Cordeiro - floripa@ sempresaude.com.br - 48. 9133-3334 | 48. 9610-5357 - Goiânia-GO - Tiago Brito - goiania@sempresaude.com.br - 62. 9951-1899 - João Pessoa-PB - José Adriano Danhoni Neves | Ednéia Tenório - joaopessoa@sempresaude.com.br - 83. 98750-7070 | 83. 98812-7080 - Joinville-SC - Ana Paula de Campos joinville@sempresaude.com.br - 47. 9930-6364 - Londrina-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - londrina@sempresaude.com.br - 43. 9611-5553 | 43. 9611-5563 - Macaé/Rio das Ostras-RJ - Andreia Garcia | Paulo Cesar Ceranto - macae@sempresaude.com.br - 22. 98847-5455 | 22. 98842-9166 - Maringá-PR - Paulo Paixão - paulopaixao@sempresaude.com.br - 44. 3269-6430 | 44. 9922-0310 - Natal-RN - Dirceu Filho - natal@sempresaude.com. br - 83. 98788-7070 - Palmas/Araguaína-TO - Jefferson Fila de Andrade | Rafael Thomaz - palmas@sempresaude.com.br - 63. 98503-9960 | 63. 984262494 - Paranavaí-PR - Paulo Paixão - paranavai@sempresaude.com.br - 44. 3269-6430 | 44. 9922-0310 - Ponta Grossa-PR - Sérgio Oliveira | Mara Megda - pontagrossa@sempresaude.com.br - 42. 9987-8180 | 42. 8418-1290 - Porto Velho-RO - Arthur Marandola | Rafael Morimoto - portovelho@sempresaude. com.br - 69. 9366-1466 | 69. 9366-1470 - Presidente Prudente-SP - Alexandre Lúcio Martins - prudente@sempresaude.com.br - 18. 98111-5145 - Ribeirão Preto-SP - Eduardo Borges - ribeirao@sempresaude.com.br - 16. 99711-7770 - Rondonópolis-MT - Marcio Costa - rondonopolis@sempresaude.com.br - 66. 9683-1899 - São José dos Campos-SP - Marcelo Piai | Verônica Venâncio - sjcampos@sempresaude.com.br - 12. 99625.8005 | 12. 99625-1005 - São José do Rio Preto-SP - Renato Dias Renovato - riopreto@sempresaude.com.br - 17. 99669-1700 - Sinop/Sorriso/Lucas do Rio Verde-MT - Emerson do Carmo - rampani@sempresaude.com.br - 66. 99994-2442 - Luiz Carlos Rampani - rampani@sempresaude.com.br - 66. 9659-7210 - Uberaba-MG - Wander Marcio Rosada - uberaba@sempresaude.com.br - 34. 9990-2479 - Uberlândia-MG - Wander Marcio Rosada - uberlandia@sempresaude.com.br - 34. 99902479 - Umuarama-PR - Ueslei Rampani | Marcelo Adriano - revistasaude@sempresaude.com.br - 44. 8407-0698 | 44. 9941-9930 | 44. 3622-8270

NOSSA CAPA CONTÁBILMED Há 31 anos contabilizando o sucesso de nossos clientes. Ulisses Pereira Diretor

Foto Capa

Nick Dalla - 18 99693-7877

DIREÇÃO GERAL

Marcelo Adriano Lopes da Silva

FRANQUEADOS DESTA UNIDADE

Ueslei Dias Rampani

Anderson Hernandes Brito

Carol Lopes

ENTRE EM CONTATO PARA MATÉRIAS E ANÚNCIOS Você também pode ler esta edição pelo aplicativo: REVISTA SAÚDE OFICIAL

Anderson Hernandes 18 99740-2777

Carol Lopes 18 99813-7777

aracatuba@sempresaude.com.br

www.rsaude.com.br/aracatuba

@revistasaudearacatuba

@revistasaudearacatuba

As matérias e imagens veiculadas são de responsabilidade dos seus autores.

12

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Água alcalina

DR. ANDRÉ REIS MÉDICO CRM/SP 58.677

Quando falamos em água alcalina, precisamos antes entender que o pH (potencial para hidrogênio) é o nível de acidez que ela possui e varia de 0 a 14.

Mais Informações

14

Quando se tem muitos íons de hidrogênio, significa que menos oxigênio está disponível para as células, o que leva a uma maior acidez, o que é prejudicial à saúde. Quando se tem menos íons de hidrogênio significa que mais oxigênio está disponível, levando a um estado mais alcalino ou básico. Uma água alcalina está com seu pH entre 7 a 10. O consumo da água alcalina ajuda a reequilibrar nosso corpo e faz uma espécie de limpeza para que esses males não possam ficar instalados nele. A água alcalina oferece mais minerais que o corpo necessita para

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

funcionar bem , como o potássio, sódio, cálcio e magnésio. Se você consome por exemplo, legumes e frutas orgânicas inteiras, deixará o corpo mais alcalino e pode protegê-lo de acidose, bem como ajudá-lo a perder peso. O consumo de alimentos ácidos deve ser evitado ao máximo, procurando sempre consumir alimentos que possuam o pH acima de 7, ou seja, alcalinos. Quando nascemos, somos alcalinos e à medida que envelhecemos, nos tornamos mais ácidos, este é um dos fatores que nos deixa vulneráveis à doenças como câncer, hipertensão, diabetes, gastrites, etc.. Nosso sangue é levemente alcalino, ficando entre 7,35 e 7,45, e quando por algum motivo seu corpo está acidificando, ele busca se alcalinizar usando o magnésio e cálcio para isso. As doenças precisam, em geral, de um meio ácido para se manterem e propagarem, por esse motivo uma dieta acidificante é tão prejudicial. Procure manter-se alcalino!


INFORME PUBLICITÁRIO

Conquistar a liberdade de deixar de usar óculos... Agora aqui em Araçatuba DR. FABRÍCIO TENO CASTILHO BRAGA CRM/SP 84036 - RQE 44614 OFTALMOLOGIA

A cirurgia refrativa é um procedimento a LASER que permite que as pessoas fiquem independentes do uso de óculos ou lentes de contato. É um procedimento bastante seguro e previsível, quando bem indicado pelo especialista. Corrige a MIOPIA, a HIPERMETROPIA e o ASTIGMATISMO.

• Formado e Especializado pela UNICAMP; • Título de Especialista pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia; • Membro das Sociedades Brasileira e Americana de Catarata e Cirurgia Refrativa; • Ciências Básicas em Oftalmologia pela Stanford University-USA; • Pai da Ana Luiza e Marido da Vanessa.

Quais os principais benefícios da cirurgia? • Liberdade para a realização de esportes, trabalhos e hobbies. • Visão com campo lateral mais amplo e com menos aberrações. • Estética facial livre das armações.

Mais Informações

16

A cirurgia é realizada em pacientes com mais de 20 anos de idade e sem mudanças no grau por pelo menos 2 anos. A boa notícia é que o Dr. Fabrício e um grupo de médicos investiram na aquisição de um equipamento e espaço especializado para a realização deste procedimento aqui em nossa cidade. A Oftalmolaser foi criada por este grupo de médicos e parceiros que acreditam que Araçatuba é uma cidade próspera e que merece há muito tempo esta tecnologia. O Dr. Fabrício Teno Braga se dedica a este procedimento há mais de 20 anos contando com uma grande experiência e atualizando-se frequentemente. Neste mês de maio esteve na ASCRS2019 em San Diego-USA, no maior congresso do mundo dedicado a esta atividade.

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

“O congresso da ASCRS reúne especialistas do mundo todo discutindo assuntos relacionados a cirurgias de córnea e catarata. É um congresso que frequento anualmente há 10 anos e que além de confirmarmos que estamos fazendo a coisa certa, ainda nos mantém atualizado para todas as novas modalidades de tratamento. Agora que temos a cirurgia em nossa cidade, fico muito entusiasmado em poder tratar dos meus pacientes aqui em casa mesmo!” Procure um Oftalmologista Especialista em Córnea e Cirurgia Refrativa para entender qual a melhor opção para o seu caso ou de seus familiares!


Odontologia Moderna: Avanços Tecnológicos e Novas Técnicas para Reabilitação com Implantes “Com certeza um dos maiores avanços da odontologia são os implantes dentários e a forma como é confeccionada os dentes.”

DR. DANIEL MATTOS ZANATTI CRO/SP 95331 CIRURGIÃO DENTISTA • Formado pela Universidade do Sagrado Coração; • Especialista em Cirurgia e Implantodontia pela APCD Bauru; • Pós-Graduação em REABILITAÇÃO FACIAL ESTÉTICA; • Florida Hospital Nicholson Center | Orlando - EUA; • Pós-Graduação em Reabilitação Facial Estética e Habilitação em Agregados Plaquetários. SOEPAR; • Curso: Reabilitação Facial Estética, Preenchimentos Faciais e Fios PDO de Sustentação. FDU BRASIL; • Membro da SOCIEDADE BRASILEIRA DE TOXINA BOTULÍNICA E IMPLANTES FACIAIS NA ODONTOLOGIA.

Mais Informações

Implantodontia Cirurgia Bucal Harmonização Facial

18 3305-6570 18 98140-2604 Rua Euclides da Cunha, 91, Bairro das Bandeiras - Araçatuba/SP

18

Durante muitos anos, os dentes perdidos foram repostos com prótese fixa, removível, dentaduras, causando grande mal-estar aos pacientes por ter necessidade de tirar, dificuldade de higienizar, trazendo grande desconforto e baixa autoestima aos usuários desses dispositivos. Estes pequenos parafusos de titânio são capazes de devolver os dentes perdidos tanto do ponto de vista funcional e estético. Casos como a perda de parte ou total de dentes superiores e inferiores, dificuldade de mastigação, prejuízo estético, fonético, falta de suporte, dando origem a problemas digestivos, dores de cabeça ou articulação tempo mandibular(ATM), além de alterações na face, causando dano estético facial, além do funcional. Com o avanço da tecnologia e dos estudos, e acessibilidade dos pacientes ao tratamento odontológico com implantes, é possível dizer que os implantes e os dentes modernos feito por programa de computador, de materiais de alta qualidade de força e estética, revolucionaram o conceito de tratamento, uma vez que a execução dos procedimentos cirúrgicos e protéticos permitem restabelecer, com perfeição, a perda de um dente ou de todos os dentes no caso de pacientes que usam dentadura como é o caso da prótese TIPO PROTOCOLO. Hoje com a indicação correta e o bom planejamento um paciente pode ser reabilitado com implantes e próteses de porcelana ou zircônia em apenas 72 HORAS. Devolvendo função, estética e autoestima ao

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

paciente, e tudo isso no consultório com sessões de aproximadamente 50 minutos. Os maiores desafios que a odontologia, e principalmente a implantodontia enfrentava era o uso de enxertos para obtenção de resultados, retirados do próprio paciente, causando ao paciente preocupação, medo dos procedimentos e pós-operatórios. COM A TECNOLOGIA atual geralmente isso não se faz mais necessário, pois os defeitos ósseos podem ser corrigidos por meio de enxerto de osso artificial ou procedimentos regenerativos, não mais sendo necessário remover do paciente, trazendo conforto e tranquilidade. A TECNOLOGIA não para por aí, com evolução dos implantes e as diversas formas de reabilitação, da mesma forma os dentes também podem ser confeccionados através da tecnologia 3D, dentes perfeitos, de porcelana pura (sem metal), zircônia e acrílico, devolvendo o sorriso e autoestima ao paciente. Ficando assim disponível para todas as classes sociais, dependo da escolha do paciente e planejamento do profissional. O instituto IROE, liderado pelo Dr. Daniel Mattos Zanatti tem apresentado técnicas e tecnogia de ponta para diagnóstico, planejamento e tratamento, uma vez que o cirurgião entende que, para alcançar resultados estéticos plenos, a clínica precisa possuir uma equipe qualificada como no instituto IROE, composto por dentistas, enfermeira, secretárias, excelência no atendimento e tecnologia de ponta.


Lesão do ligamento cruzado anterior do joelho O ligamento cruzado anterior (LCA) é uma estrutura fibrosa, constituída por dois feixes ou bandas, situada no interior do joelho que funciona como um grande estabilizador mantendo os ossos Femur e Tíbia estáveis do ponto de vista anteroposterior e rotacional. O que é a lesão de LCA? DR. MAURICIO MARTINS PERINA CRM/SP 139382 - RQE 63901 ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA • Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto/USP; • Residência Médica em Ortopedia e Traumatologia pelo Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto/USP; • Especialização em Cirurgia do Joelho e Trauma de Membros Inferiores no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto/USP; • Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia; • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho; • Membro AOTrauma América Latina.

A lesão do LCA nada mais é do que o estiramento ou ruptura das fibras do ligamento cruzado anterior. Essa lesão pode ocorrer de forma completa, na qual as duas bandas do LCA são rompidas ou de forma parcial, na qual uma das bandas é rompida e a outra continua íntegra.

Quais as Principais causas de ruptura do LCA?

A ruptura do LCA geralmente ocorre após desacelerações bruscas, colisões, mudanças rápidas de direção e entorses. O mecanismo mais comum é o torcional e ocorre quando o paciente roda o seu corpo e o seu pé permanece fixo no chão. Esse movimento é muito comum durante a prática esportiva, por isso os atletas recreacionais e mesmo os atletas profissionais são os que mais sofrem esse tipo de lesão.

Quais os sintomas ?

Durante a fase aguda os sintomas são dor, edema e mobilidade reduzida e posteriormente a principal queixa é a sensação de instabilidade ao andar ou exercer atividades físicas.

o ligamento patelar e o ligamento quadricipital, os quais são obtidos do próprio paciente. Existe também a possibilidade da utilização de tendões de cadáveres, mas essa menos praticada no Brasil devido ao pequeno número de bancos de tecidos disponíveis. A escolha da técnica e de qual enxerto utilizar envolve fatores como as propriedades biomecânicas, resposta à cicatrização, capacidade de incorporação biológica do enxerto, lesões ligamentares associadas e a experiência do cirurgião.

Como é a reabilitação pós-operatória?

Um ponto fundamental de extrema importância após a cirurgia é a reabilitação pós-operatória. Durante essa fase entra em cena o trabalho do fisioterapeuta e do educador físico, para proporcionar o retorno da amplitude de movimento da articulação, reestabelecer a força muscular, a função proprioceptiva, a estabilidade dinâmica do joelho e levar a readaptação para atividade esportiva. O tempo total da reabilitação não dura menos do que 6 a 9 meses. E em 95% dos casos cirúrgicos os pacientes retomam a suas atividades esportivas.

Qual o tratamento para ruptura do LCA?

Esse tipo de lesão pode ser abordado de forma conservadora (reabilitação fisioterápica), porém a cirurgia para reconstrução do ligamento cruzado anterior acaba sendo o mais aconselhado. Alguns fatores tais como a idade do paciente, o nível de atividade física, presença de outras lesões e de falseio e as expectativas futuras do paciente, são de extrema importância para a tomada de decisão sobre indicar ou não o tratamento cirúrgico.

Como é realizado o procedimento cirúrgico?

Mais Informações

22

A cirurgia para reconstrução do LCA vem sofrendo modificações nas últimas décadas. Isso para que se tenha uma reconstrução o mais anatômica e menos invasiva possível, ou seja, o mais próxima do ligamento original. Hoje, a cirurgia é realizada por videoartroscopia sendo realizada por pequenos cortes e existem diferentes técnicas cirúrgicas que consistem basicamente em substituir esse ligamento lesionado por um enxerto. Os enxertos de tecido mais utilizados para substituição do ligamento cruzado anterior são: os tendões flexores do joelho,

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

RX pós operatório de reconstrução do LCA com enxerto de flexores


Spinning Conhecido como o detonador de calorias, o spinning é uma das aulas mais procuradas atualmente e não é por menos, ele queima gorduras, fortalece os músculos, trabalha membros superiores e de quebra aumenta a resistência cardiovascular e respiratória. Por ser um exercício de baixo impacto, o ciclismo indoor é ótimo também para pessoas que estão voltando de uma lesão, ou se recuperando de um problema de saúde.

DICAS DE SAÚDE

i A Farma Sorelle traz nessa edição uma excelente dica da educadora física Juliana Garcia Vicente da Silveira (051847-G/SP) de como se manter em excelente forma.

01

É bom para o corpo todo e não só para as pernas? Por ser uma bicicleta estacionária, as aulas de spinning também o desafia em exercícios de flexão (sobre o guidão) e de mudanças de pegada, que trabalham força e equilíbrio dos membros superiores, seu abdômen durante as posturas fica involuntariamente contraído durante todo o tempo, sem contar que é um ótimo exercício cardiovascular. As aulas também incorporam o uso de halteres para exercícios de fortalecimento de ombros, bíceps e tríceps.

02

Qual o gasto energético durante as aulas? O gasto energético varia de 500 a 700 calorias por hora, dependendo da intensidade da aula e do condicionamento físico do praticante.

03

Qualquer um pode fazer a aula de spinning? Se você nunca pedalou e não sabe se conseguirá manter o ritmo da aula, não se preocupe; o mais importante é você ir no seu limite. O mais legal é você acompanhar a sua evolução. Com mais aulas conseguirá acelerar mais, colocar mais carga no pedal e pedalar em pé por mais tempo.

04

Experiência única. As aulas de spinning privilegiam treinos intervalados, de alta intensidade, em outras palavras, é um treino de qualidade. As aulas lhe darão outra noção de como pedalar, respirar e pensar no seu corpo, sem contar que você entra em uma viagem interior conectando seus movimentos com a batida das músicas que são compostas basicamente de um pop eletrônico. 26

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Com a inauguração deste novo complexo médico de alto padrão em São José do Rio Preto, a Pelle Day Hospital trará serviços de excelência em outras áreas da medicina, além da Dermatologia.

E uma dessas novas áreas dentro do Grupo Pelle será a cirurgia plástica, onde a partir de abril de 2019, o renomado Dr. Paulo Miranda passará a integrar o corpo clínico de uma das maiores referências em Dermatologia a nível nacional e internacional. O Dr. Paulo Miranda atualmente é reconhecido como um dos nomes mais importantes dentro do Transplante Capilar, com inúmeras cirurgias realizadas por este Brasil afora.

Possui consultórios nas cidades de São José do Rio Preto, Cacoal, Porto Velho e Cuiabá. Sua experiência dentro deste segmento da cirurgia plástica é muito grande, mas mesmo diante do forte nome nesta área de atuação, o Dr. Paulo Miranda busca atualização constante nos maiores congressos e eventos sobre Transplante Capitar no Brasil e também em outros lugares do mundo.

Além de atuar com larga experiência no transplante capilar, o Dr. Paulo Miranda vai levar para a Pelle Day Hospital todo seu portfolio em cirurgias plásticas, como: • Abdominoplastia • Blefaroplastia • Lipoabdominoplastia • Lipoaspiração • Lipoescultura • Lipolaser • Lifiting Facial

• Mamoplastia de Aumento ou Redução • Ninfoplastia • Preenchimento Facial • Otoplastia • Rinoplastia • Toxina Botulínica

DR. PAULO MIRANDA CRM/SP 108.754 - RQE 36851 - CIRURGIA PLÁSTICA • Membro da Associação Brasileira de Cirurgia da Restauração Capilar - ABCRC; • Especializado em Transplante Capilar pela ABCRC.

IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS, NÃO SIGNIFICANDO PROMESSA DE RESULTADOS

Pelle Day Hospital vai contar com um dos maiores nomes do Transplante Capilar no Brasil, o Dr. Paulo Miranda


Conheça um pouco mais sobre Transplante Capilar pela técnica FUE: indolor e com aspecto natural As palavras Transplante ou Implante de cabelos são usadas para designar o procedimento cirúrgico no qual os cabelos são retirados de uma área doadora e levados para outra área calva (receptora). Esse cabelo transplantado cresce por toda a vida. Existem duas técnicas básicas para o transplante - a FUT e a FUE. Hoje vamos abordar a técnica FUE, sendo esse o procedimento mais utilizado atualmente, onde as unidades foliculares são extraídas fio a fio da área doadora deixando microcicatrizes praticamente imperceptíveis. Quando essa técnica é realizada por profissionais experientes, são retiradas grandes quantidades de unidades foliculares possibilitando uma aparência bastante natural no pós-operatório. Por ser minimamente invasiva, a técnica FUE possibilita o retorno às atividades cotidianas muito rapidamente (2 a 3 dias são suficientes). É uma técnica praticamente indolor e pode ser indicado para homens e mulheres. A idade ideal deve ser avaliada individualmente e possibilita também a retirada de fios de outras áreas do corpo para o transplante (barba e pelos corporais). A cirurgia da calvície vai muito além da retirada de fios de uma área e implantá-los em outra, trata-se de uma arte e deve ser realizada por cirurgiões especializados que dedicam estudo e conhecimento nessa área para que se obtenha resultados naturais e satisfatórios.

O que você precisa saber sobre a Técnica FUE para transplante de Cabelo

A técnica FUE, minimamente invasiva,

• Hoje o procedimento

hoje é amplamente

mais utilizado para este evento é o

utilizada para

transplante fio a

transplante capilar e

fio, chamado de FUE (Extração de

veio para preencher uma importante lacuna que causava medo

Unidades Foliculares) • A técnica FUE

aos pacientes que não queriam se submeter a técnica FUT (do corte).

é minimamente invasiva • A técnica FUE não deixa cicatrizes lineares na área doadora • O transplante é feito

A aparência mais próxima do natural é o principal desejo dos pacientes que realizam a técnica FUE, desde que a mesma seja feita por profissional médico capacitado e com ampla experiência neste procedimento.

com uma grande quantidade de fios, sendo praticamente indolor • O planejamento pré-operatório é fundamental

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

29


INFORME PUBLICITÁRIO

Cremesp alerta para risco de surto de doenças perigosas! DRA. REGINA MARIA MARQUEZINE CHAMMES

Aumento de casos de sarampo indica redução na cobertura vacinal e pode abrir precedentes para outras doenças evitáveis.

MÉDICA - CRM/SP 108.600 • Conselheira Responsável

Recentemente, um navio atracou no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, com 13 tripulantes de diversas nacionalidades que foram diagnosticados com sarampo após exames. O Ministério da Saúde, em conjunto com as Secretarias de Saúde envolvidas e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), vacinou passageiros com idade entre seis meses a 49 anos. De acordo com a Organização PanAmericana da Saúde (OPAS), o sarampo é uma doença grave, altamente contagiosa e está entre as principais causas de morte de crianças em todo o mundo. Cerca de 110 mil pessoas morreram em decorrência do sarampo em 2017 – a maioria crianças com menos de cinco anos. De 2000 a 2017, a vacinação contra esse vírus evitou cerca de 21,1 milhões de óbitos, tornando a vacina um dos melhores investimentos em saúde pública.

A doença tem preocupado profissionais e entidades de Saúde uma vez que, além de ser perigosa, abre precedentes para a reaparição em surtos mais agressivos de outras doenças como a rubéola e a caxumba. O sarampo, que estava praticamente erradicado no Brasil, ressurgiu no norte do país e está migrando para outras regiões, como a sudeste e já colocou o país entre os três primeiros -- dos 10 países responsáveis por 74% do aumento de casos de sarampo no mundo --, com mais de 10 mil casos registrados, atrás apenas das Filipinas e da Ucrânia. Os dados são de um levantamento recente, realizado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), divulgado no final de fevereiro deste ano.

quando reaparecem, podem colocar em risco um grande número de vidas. No caso recente, do navio que atracou em Santos, 13 pessoas de diferentes nacionalidades estavam contaminadas e circularam em um ambiente com cerca de nove mil indivíduos, entre passageiros e tripulantes. É um prato cheio para o vírus e receita certa para um surto”, analisa a doutora Regina Marquezini. O Cremesp recomenda à população, principalmente aos responsáveis por crianças menores de idade, que sempre busquem informações junto aos órgãos competentes, como postos e Secretarias de Saúde, além de consultar um médico sempre que tiverem dúvidas sobre vacinação e suas eventuais contraindicações.

Vacinação segura A tríplice viral é a vacina que protege contra o sarampo, a rubéola e a caxumba. Ela é segura e disponibilizada gratuitamente na rede pública. “É um número muito alto, considerando-se principalmente o fato de que essa doença não é nova, tampouco sua vacina”, comenta a doutora Regina Marquezini, Conselheira do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp). Para a otorrinolaringologista, dois grandes gatilhos para o ressurgimento do sarampo no Brasil são as fake news -- que propagam diversas mentiras sobre o tema, incluindo falsas reações e até mesmo a associação destas com outras doenças -- e a falta de conhecimento dos pais que, muitas vezes, acreditam não ser preciso vacinar os filhos, pois a doença já estaria erradicada. “Geralmente, as pessoas se esquecem que muitas das doenças evitadas pela vacinação,

Mobilização No início deste ano, o Cremesp iniciou uma campanha para pedir aos médicos paulistas que passem a usar seus perfis em redes sociais para combater qualquer tipo de boato referente aos temas de saúde. A sugestão do Conselho aos quase 143 mil médicos que atuam no Estado de São Paulo é que, ao receber uma notícia falsa, o médico produza um esclarecimento rápido, objetivo e técnico sobre o tema em questão e responda diretamente ao remetente da mensagem. Além disso, o Cremesp solicitou aos médicos que repliquem em suas redes o número de Whatsapp que o Ministério da Saúde disponibilizou, gratuitamente, para checar informações que circulam nas redes: 61 9.9289.4640. A ideia principal dos conselheiros é focar esforços no apoio ao calendário vacinal deste ano, para estimular o aumento da vacinação.

18 3622-6194 | 3622-9559 - drata@cremesp.org.br Rua Conselheiro Oscar Rodrigues Alves, 55, conjunto 210, Centro – Araçatuba/SP 30

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Prevalência e riscos do Ronco e Apneia entre os gêneros O sono é algo tão natural em nossas vidas que, quando dormimos bem, nós não o valorizamos e mal pensamos sobre como dormimos.

DR. ANTONIO FAGNANI FILHO CIRURGIÃO-DENTISTA CRO/SP 28.090 • Especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares; • Pós-Graduação em Ortodontia e Ortopedia Facial e Odontologia do Sono; • Professor Assistente dos Cursos de Especialização e de Atualização em Ortopedia Funcional dos Maxilares do NEOM-RB em SP; • Membro da ABS - Associação Brasileira do Sono e da ABROS – Associação Brasileira de Odontologia do Sono.

18 3622-3358 | 99672-3358 Rua Cussy de Almeida Jr, 765-A Centro - Araçatuba-SP vivavitaa www.vivavita.com.br fagnani@vivavita.com.br VIVAVITA Odontologia e Saúde 32

Com o envelhecimento, os indivíduos ficam mais suscetíveis às desordens do sono, sendo que as mais frequentes são o ronco e a Síndrome da Apneia e Hipopneia Obstrutiva do Sono (SAHOS), que caracteriza-se pelo colapso faríngeo repetitivo (apneia), dificultando a passagem do ar durante a respiração, ou estreitamento das vias aéreas superiores (hipopneia) durante o sono limitando o fluxo respiratório, levando a hipoxemia (diminuição da oxigenação sanguínea), e a hipercapnia (aumento do gás carbônico no sangue), causando a fragmentação do sono que, por sua vez, leva a sonolência diurna e aumento do risco de acidentes automobilísticos e ocupacionais (no trabalho e domésticos). Muitos estudos fornecem evidências claras de que os distúrbios respiratórios do sono (DRS), são um fator de risco forte e independente para a hipertensão arterial, com consequente morbidade cerebral e cardiovascular (AVC e infarto do miocárdio) e alta mortalidade, além de sequelas neurocognitivas como perda de memória, dificuldade de concentração e aprendizado, alterações de humor e hormonais, entre outras. Impacto do gênero sobre o sono De acordo com a literatura científica, o sono entre gêneros se diferencia em muitos aspectos. As mulheres normalmente apresentam mais queixas e transtornos do sono, como a insônia, do que os homens, devido à influência da variação hormonal fisiológica e cíclica do organismo feminino, ocorrendo quase duas vezes mais nelas do que nos homens. Por outro lado, nos homens o distúrbio mais comumente descrito é o ronco, e têm seu repouso noturno prejudicado mais vezes devido a problemas respiratórios, como a síndrome da apneia obstrutiva do sono, e a sonolência diurna excessiva são algumas das queixas mais relatadas. A perda de sono resultante do estilo moderno de vida, aumento da pressão no trabalho e estresse psicológico também podem ter muitas repercussões desconhecidas na saúde e no bem-estar dos indivíduos. Muitas vezes esse problema pode ser mais impactante para mulheres, já que em muitos casos estas desempenham a dupla função de mãe/ dona de casa e profissional, trabalhando durante períodos em que deveriam estar descansando. Além disso, pesadelos são duas vezes mais prevalentes em mulheres do que em homens. A prevalência de distúrbios respiratórios do sono (DRS) é notavelmente alta entre adultos de meia-idade, com estimativas chegando a 9% para mulheres e 24% para homens. Entretanto, a prevalência de SAHOS em mulheres na

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

pós-menopausa, que não fazem uso de terapia hormonal, aproxima-se da incidência da doença em homens. As razões para isso estão possivelmente associadas à diminuição da produção de hormônios femininos endógenos como o estradiol e a progesterona, alterações na distribuição de gordura corporal e funcionamento das vias aéreas. Isso mostra que os riscos para as mulheres se tornam equivalentes ao dos homens no período pós-menopausa, merecendo os mesmos cuidados e atenção a qualidade do sono. A obesidade, em qualquer idade e gênero, assume papel fundamental no aparecimento e agravação desses distúrbios. Tratamentos O padrão-ouro para o tratamento da SAHOS grave é o CPAP - Pressão Positiva Contínua nas vias Aéreas, que proporciona melhora na hipertensão sistêmica e tem ótima eficácia terapêutica. No entanto, a sua eficácia clínica é frequentemente limitada pela baixa aceitação e tolerância por muitos pacientes. Assim, como principal alternativa para o tratamento de DRS está a terapia com o Aparelho Intra Oral (AIO), utilizado pelo Dentista do Sono, que é cada vez mais prescrita como uma alternativa não invasiva de primeira linha ao CPAP. Os AIOs atuam durante o sono promovendo um avanço mandibular, aumentando o espaço na faringe e permitindo a normalização do fluxo respiratório. Sua eficácia tem sido demonstrada em muitos trabalhos científicos, e há evidências emergentes sobre seus efeitos cardiovasculares benéficos. A terapia com AIO é indicada em indivíduos que não toleram o CPAP na SAHOS grave, sendo um tratamento de primeira linha em roncadores e pacientes com SAHOS leve a moderada, podendo também ser considerada como uma opção após falha da cirurgia de vias aéreas superiores. A apneia é uma patologia séria! O sucesso do seu tratamento prolonga a sobrevida dos seus portadores com muito mais segurança, conforto e qualidade de vida!


Laserterapia na odontologia para seu bem-estar e saúde PROFA. DRA. ELOÁ R LUVIZUTO CRO/SP 86536 CIRURGIÃ-DENTISTA • Cirurgiã-Dentista com formação multidisciplinar • Graduada pela Faculdade de Odontologia de Araçatuba/UNESP (FOA-UNESP). • Professora Colaboradora do curso de Mestrado em Implantodontia da UNIARA. • Professora do Curso de Capacitação em Harmonização OroFacial (Toxina botulínica, Preenchimento com Ácido Hialurônico, bichectomia, lipólise de papada, fios faciais, sculptra, etc) na Odontologia. • Especialista em Implantodontia, • Periodontia pela Faculdade de Odontologia de Araraquara/UNESP. • Mestre e Doutora em Odontologia, área de Clínica Integrada pela FOAUNESP. • Pós-Graduada pela Universidade de Medicina de Viena/Áustria. • Pós-Doutorado em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial pela FOA-UNESP. • Membro da Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica e Implantes Orofacial. • 2010-2018: Professora do Departamento de Cirurgia e Clínica Integrada da Faculdade de Odontologia de Araçatuba - UNESP;

34

Hoje, a prática odontológica Saúde não se restringe apenas à Bucal, atualmente ela compõe todos os cenários da Harmonização Orofacial. Afinal, compreendemos que qualidade de vida é o equilíbrio entre a saúde mental, física e biológica, sendo a aparência física um dos fatores que mais contribui na relação de estar bem consigo mesmo. E isto não é um problema. Trabalhamos no equilíbrio da harmonização orofacial justamente para que as pessoas venham a se sentir seguras e felizes, sabemos que um sorriso bonito aumenta a satisfação e confiança pessoal e isto sempre vai refletir nas outras esferas de sua vida como aumento de sua autoestima. Conheça dois modernos equipamentos usados pela Professora Doutora Eloá Luvizuto em seu consultório odontológico, que trazem saúde e rejuvenescimento para quem usufrui de suas técnicas. O equipamento LASER Therapy EC possui diversas funções dentre elas: reparação tecidual após um procedimento cirúrgico ou reparação de uma lesão ocasionada por algum tipo de vírus (ex: lesão de herpes), bactérias, aftas ou traumatismos. Este equipamento também pode ser aplicado em casos de hipersensibilidade dentinária,

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

• Terapia ILIB

dentre outras indicações. A terapia com o LASER terapêutico vermelho melhora microcirculação periférica (maior angiogênese), biomodula processos inflamatórios, aumenta endorfinas e encefalinas, estimula o sistema imunológico, estimula reparo de feridas. Além da sua aplicação local, também podemos aplicar a laserterapia sistêmica que é chamada:

ILIB – A laserterapia da vitalidade

Do termo em inglês Intravascular LASER Irradiation of Blood, esta técnica consiste na irradiação do sangue com LASER vermelho ou infravermelho para ativação celular, potente anti-oxidante vascular, aumenta saturação de oxigênio, estímulo ao adequado sistema imunológico, controle do limiar da dor (endorfinas), biomodulação de reparos (cicatrização), ação anti-inflamatória e aumento da circulação sanguínea.


A terapia ILIB é indicada para prevenção e coadjuvante no tratamento de doenças autoimunes e degenerativas, doenças cardiovasculares, pulmonares, diabetes e indicado na terapia anti-envelhecimento, por favorecer a prevenção do envelhecimento celular, combater os radicais livres e melhorar a oxigenação das células e tecidos, promovendo saúde, bem estar, relaxamento, disposição, ânimo e qualidade de vida. Para simplificar a compreensão, podemos usar o termo “laserpuntura”, uma espécie de acupuntura, onde há a substituição de agulhas pelo LASER. Este é aplicado no pulso, onde há alta vascularização, estimulando desta forma pontos específicos otimizando atividades do coração, pulmão, sistema circulatório, imunológico e metabólico, libido, entre outros. O tratamento com o LASER, porém, é indolor e a sessão dura cerca de 30 a 60 minutos.

EQUIPAMENTO ELITE DUO

Odontologia para um sorriso completo

É a solução mais completa de fototerapia. ÚNICO NO MUNDO com 5 comprimentos de onda no mesmo equipamento: LED Violeta, LED Azul, LED Âmbar, LASER Vermelho e LASER Infravermelho. É prático, inovador e multifuncional. Indicado no tratamento de acnes, manchas na pele, olheiras, marcas de expressão, rejuvenescimento facial, hidratação dos tecidos faciais, iluminação facial, clareamento facial, efeito reparador do colágeno e clareamento dental. Para tanto, o aparelho emite derivadas luzes com funções específicas: Sua luz vermelha acelera a regeneração tecidual e estimula a síntese de colágeno, tendo também ação anti-inflamatória; A luz violeta é responsável pela geração do oxigênio molecular tendo assim efeito bactericida contra os anaeróbios, otimizando a ação curativa e reparadora; A luz azul ajuda na hidratação local,

tem ação bactericida em microrganismos com porfirina intracelular e menor absorção de luz visível, promovendo assim um efeito de clareamento da pele e dos dentes, usado também no tratamento da acne vulgar; A luz infravermelha também leva ao estímulo da síntese de colágeno, auxiliando assim no tratamento das marcas de expressão. Tendo maior função em ossos, cartilagem e sistema nervoso estimulando a cicatrização das mesmas; A luz âmbar promove não só a síntese de proteínas como também de elastina, melhorando a elasticidade da pele. Quando associada à luz infravermelha, sua incrível capacidade de estimular a síntese de colágeno aumenta significativamente! O Clareamento dental a LASER, com Elite duo Dmc, possui várias vantagens comparado aos demais equipamentos e técnicas como: maior conforto ao paciente, nenhuma ou pouquíssima sensibilidade, clareamento mais intenso e sessões com menor tempo.

Clínica Santa Elisa 18 3623-2301 18 99716-7177 Rua Rio de Janeiro, 446 - Araçatuba/SP www.dentistaaracatuba.com.br www.eloaluvizuto.com.br

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

35


ESPECIAL CAPA

ContabilMed - Contabilidade para médicos e profissionais da área da saúde Há 31 anos o Escritório Nacional inova a atuação do Contador frente ao mercado e as necessidades dos seus clientes.

Ser um bom empresário é muito mais do que estar atento ou envolvido com sua área de atuação. Para garantir um atendimento eficiente e eficaz ao cliente e, ao mesmo tempo, fazer o próprio negócio expandir, é preciso estar integrado com as tendências de mercado e inovar. E foi exatamente isso que o contador Ulisses José Pereira fez com o Escritório Contábil Nacional ao idealizar o ContabilMed, departamento com especialidade em atendimento na área de saúde. Ao ampliar o atendimento segmentado para o Escritório Contábil Nacional surgiu o ContabilMed, um departamento especializado em contabilidade para clínicas médicas, odontológicas (pessoa jurídica ou pessoa física) e laboratório de análises clínicas. Como os impostos impactam no custo e na lucratividade e a não utilização da legislação a favor da empresa ou utilizar de forma incorreta pode desfavorecer a situação econômica.

Tratando-se especificamente do seguimento da saúde, médicos, dentistas e outros profissionais da área devem ficar atentos, pois dependendo do MOMENTO PROFISSIONAL em que se encontra uma situação tributária especifica pode ajudá-lo a ter um impacto tributário menor sobre seus rendimentos. No caso de um profissional em início de carreira, cujo foco de atendimento é o plano de saúde e os planos de descontos de consultas com pouco atendimento particular o livro caixa inicialmente é o mais adequado. Este profissional na maioria dos casos vai atender em salas de clínicas de terceiros dividindo despesas, neste momento ficar atento aos rateios das despesas e também a obter notas fiscais das despesas próprias pode reduzir sua carga tributária a níveis suportáveis. Após esta fase inicial da carreira com o volume de consultas aumentando inclusive particulares, uma análise comparativa deve

ULISSES PEREIRA Diretor do Escritório Contábil Nacional

38

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


ser feita para verificar se já não é a hora de constituir uma Pessoa Jurídica. Esta análise deve ser estudada comparando como se comportou a situação tributária na Pessoa Física no ano anterior e como se comportaria neste mesmo ano se estivesse já com uma Pessoa Jurídica tributada pelo Simples Nacional com e sem fator “R” e também no Lucro Presumido, ou seja, fazer a seguinte análise comparativa: 1. PF x Simples Nacional com fator R 2. PF x Simples Nacional sem fator R 3. PF x Lucro Presumido Feita esta análise comparativa usando como base o ano imediatamente anterior pode-se projetar o melhor cenário para o futuro. Explicando o fator R: Fator R é o nome dado ao cálculo realizado mensalmente para saber se uma empresa será tributada no anexo III ou V do Simples Nacional. Conforme citam os parágrafos §§ 5-J e 5-M do Art.18 da Lei Complementar N°123, se a razão entre a folha de salários ou folha de pagamento (incluído o pró-labore) dos últimos 12 meses e a receita bruta da pessoa jurídica dos últimos 12 meses for igual ou superior a 28% (vinte e oito por cento), dependendo da atividade econômica, a empresa deixará de ser tributada no anexo V e passará a ser tributada no anexo III. Vale ressaltar que se atingido o Fator R a tributação é mais amena, ou seja, quem mais emprega e gasta com folha de salários paga seu imposto por uma alíquota menor. Ainda explorando a parte técnica, uma das situações que muitos não se atentam é para os casos em que equipes médicas terceirizam um determinado seguimento ou contrato junto a Santas Casas ou a Prefeituras Municipais. Nestes casos o profissional que detém o contrato precisa contratar médicos para compor sua equipe de atendimento e não são comunicados que podem se utilizar de uma SOCIEDADE EM CONTA DE PARTICIPAÇÃO, onde o profissional que detém o contrato poderá atuar como sócio ostensivo e os demais como sócios participantes da SCP, evitando assim a tributação em cascata ou muitas vezes o repasse de recursos sem registro contábil. Vale ressaltar que empresas tributadas pelo Simples Nacional não podem participar de SCP. Neste momento é que estar assessorado por uma empresa contábil com departamento especializado pode fazer a diferença. A contabi-

lidade segue guardadas as proporções à mesma regra da medicina, da odontologia e de outros seguimentos de saúde, onde a PROCURA POR UM ESPECIALISTA minimiza sofrimentos (neste caso gastos desnecessários). Além de ser especializado em contabilidade na área médica, o Escritório Nacional também atua em Araçatuba e região com departamentos específicos para: • Postos de combustíveis; • Laboratório de Análises Clínica; • Holding Patrimonial; • Comércio e Prestadoras de serviços de outras profissões regulamentadas. Quanto a HOLDING PATRIMONIAL vale ressaltar para o profissional que já esta com sua carreira consolidada que cuidar de sua sucessão natural através de uma Pessoa Jurídica onde ele pode colocar seu patrimônio. Além de minimizar custos podem-se criar regras para proteger seus herdeiros e o patrimônio da família. Nesta situação o Escritório Nacional tem parceria com Advogados de Araçatuba e Presidente Prudente para tratar de assuntos delicados quanto a regras da empresa. Ao longo dos trabalhos efetuados percebemos que por estarmos em uma cidade onde todos conhecem todos, ter um profissional de fora favorece a tratativa dos detalhes, pois nem sempre os patriarcas se sentem a vontade a expor situações específicas para conhecidos. A estrutura física é privilegiada e reforça a estrutura organizacional da empresa, o ambiente é agradável e a música ambiente proporciona mais leveza aos colaboradores e clientes. Adquirir conhecimento e ampliar novos horizontes sempre foi muito importante para o empresário Ulisses, por isso o Escritório Nacional conta com um auditório que permite a realização de cursos online e presenciais. Ao oferecer um serviço baseado no relacionamento e na qualidade do atendimento, o Escritório Contábil Nacional busca cada vez mais, gerar uma assessoria contábil e financeira de forma diferenciada, com responsabilidade, envolvimento e excelência, oferecendo soluções inovadoras, agregando valor aos negócios e com foco na satisfação do cliente. Além de departamentos com especialidades, nosso diferencial é o envolvimento de nossa equipe junto aos problemas dos clientes. Aqui, o seu problema é nosso problema, suas dificuldades são nossos desafios e o bom relacionamento é nossa meta.

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

39


42

Revista SaĂşde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Cirurgia Plástica Pós-Gestação DR. FERNANDO SUGUITA CRM/SP 109199 CIRURGIÃO PLÁSTICO • Formado na Faculdade de Medicina de Marília - FAMEMA; • Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica; • Residência Cirurgia Plástica na FAMERP | (Serviço do Dr Bozola); • Residência Médica em Cirurgia Geral na FAMERP; • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Após os nove meses de gestação e o período de amamentação, muitas mulheres se incomodam com a gordura localizada na região do abdômen e percebem que os seios não são mais os mesmos.

Diante disso, muitas procuram a lipoabdominoplastia (cirurgia que remove a pele flácida e a gordura localizada do abdômen) e a mamoplastia (cirurgia que realiza a reconstrução da região mamária). A lipoabdominoplastia, além de remover a pele flácida, elimina as estrias da região retirada e oferece uma melhora acentuada da silhueta das mamães. A cirurgia pode ser realizada após seis meses que a mãe parou de amamentar. Para cada pessoa existe um tratamento ideal e adequado e, nos casos em que se faz necessária a intervenção cirúrgica, é realizado um planejamento completo do procedimento. Assim, esta prática cirúrgica pode variar de uma miniabdominoplastia a uma abdominoplastia associada ou não à lipoescultura. Quanto à mamoplastia, procedimento comum realizado por quem quer aumentar ou diminuir os seios, e existem três tipos de cirurgia pós-gestação: • Aumento; • Redução; • Mastopexia. 44

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

A mamoplastia de aumento é indicada para as pacientes com mamas pequenas ou que após a amamentação tiveram uma grande redução do volume mamário, sem que houvesse a queda da mama. A prótese de silicone em si não sofre com uma nova gravidez ou com um novo período de amamentação, pois não interfere no crescimento mamário durante a gravidez e a amamentação. A gravidez é um importante fator na aceleração da queda mamária. A mamoplastia de redução tem como objetivo reverter este quadro, suspendendo a mama e retirando o excesso de pele e tecido mamário existente. Já a mastopexia é indicada para quem deseja apenas levantar a mama, sem reduzir ou aumentar o volume. Como a mulher deve evitar esforços nos 30 primeiros dias após a cirurgia e também não pode movimentar os braços em excesso, ela irá precisar de auxílio para tomar conta do bebê. O ideal é procurar um cirurgião plástico para uma avaliação, para que o especialista faça as orientações necessárias com relação aos procedimentos mais indicados para o seu caso.


MEU FILHO É AUTISTA E agora? Quando um casal recebe o resultado positivo de uma gravidez, experimenta muitos sentimentos ao mesmo tempo em que nutrem uma expectativa muito grande em relação ao bebê que está a caminho. PRISCILA DIDONE NEVES CRP 06/103620 PSICÓLOGA • Graduada Bacharel em Psicologia pela Universidade Paulista de Araçatuba (2010). • Especialista em Psicologia Clínica Fenomenológico-Existencial pela Universidade do Sagrado Coração de Bauru - em parceria com o SOBRAPHE/São Paulo (2013). • Especialista em Educação de Pessoas com Transtorno do Espectro Autista e/ou com Atraso no Desenvolvimento: Contribuições da Análise do Comportamento Aplicada (ABA) pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) (2018).

18 99748-9885 @psicologaprisciladidone Clínica Renova Intervenção Comportamental

Rua Anhanguera, 251 - Birigui/SP

46

Após o nascimento, a família aguarda ansiosamente por todas as fases de desenvolvimento da criança: ficar firme no colo, a interação, o sentar sozinho, começar a engatinhar, depois a andar e, é claro, o “começar a falar”. E quando a fala não surge ou está muito atrasada? Surgem inúmeras dúvidas, angústia e a busca por profissionais se inicia. Por esse motivo, geralmente, o Fonoaudiólogo é o primeiro profissional consultado. Infelizmente, ainda é muito comum em nossa sociedade ouvirmos: “Ah, ele tem o tempo dele, espera que ele vai falar!”, ou “Menino demora mais mesmo, espera...” Isso, tanto de pais, quanto de alguns profissionais da saúde (desatualizados, é claro!). A demora em notar os sinais do Transtorno do Espectro Autista (TEA), acaba trazendo o diagnóstico tardio e isso leva a um atraso no início das intervenções, afetando ainda mais o desenvolvimento da criança. Com a atualização do DSM-V (2013), que foi feito para facilitar o diagnóstico, isso está mudando e trazendo um prognóstico melhor nos casos de TEA, pois se pode dar início às intervenções muito precocemente, que é o ideal. O ideal também seria que médicos e demais profissionais da saúde, assim como escolas e profissionais da educação, estivessem bem informados e atualizados acerca do Autismo para que em qualquer ambiente e sob qualquer avaliação, estas crianças possam ser identificadas e logo encaminhadas para as intervenções necessárias. Os médicos especialistas devem estar sempre atualizados acerca de medicações que possam auxiliar no controle dos comportamentos problema, que são barreiras de aprendizagem para o desenvolvimento adequado da criança.

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

Em resumo, a família deve procurar um Psiquiatra Infantil, ou Neuropediatra e também um Psicólogo Analista do Comportamento (ABA), todos capacitados para fazer esse diagnóstico. Ainda que os médicos solicitem exames neurológicos ou genéticos, ambos são com o intuito de investigar ou descartar outras síndromes ou patologias, já que o diagnóstico de Autismo é fundamentalmente clínico e observacional (não existe exame para o diagnóstico de TEA). Instituições como a Associação de Amigos do Autista (AMA), a Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (APAE) oferecem atendimento especializado e também podem ser procuradas pela família. Como se sabe, os pais esperam encontrar a resposta para suas dúvidas nessa busca infindável por tantos profissionais e precisam ser informados o quanto antes de uma hipótese de TEA. Entretanto, a hipótese diagnóstica deve ser dada de forma amorosa, devido às inúmeras dificuldades cotidianas que as famílias encontram no cuidado das pessoas com autismo. Sendo assim, o primeiro passo a ser dado após o recebimento do diagnóstico é a escolha da metodologia das intervenções e tomar cuidado com terapias ecléticas: deve-se definir uma linha de tratamento e segui-la. O TEA ainda é uma questão que gera muitas dúvidas, não somente entre os pais, mas na população em geral. Fazer o diagnóstico não é tarefa fácil e, apesar do avanço da ciência, o Autismo ainda não tem suas causas definidas. Ainda assim, é possível realizar uma intervenção com equipe multidisciplinar e que certamente contribuirá para uma melhora na qualidade de vida da criança e de sua família.


A ULTRASSONOGRAFIA NA GESTAÇÃO Toda mulher, quando engravida, e também sua família, quer ver o ultrassom (US) do seu bebê para saber se tudo está bem. E é uma alegria e felicidade enorme saber que está tudo OK! Os US necessários sempre dependerão da avaliação do obstetra, mas alguns deles são mais importantes na rotina: DRA. ANA LAURA GUILHEM ROSA FERREIRA CRM/SP 120836 MÉDICA • Médica da TOMOSON especialista em Diagnóstico por Imagem; • Membro Titular do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem; • Pós-Graduação em Medicina Fetal e Cardiologia Fetal, Membro Efetivo do Fetal Medicine Foundacion (FMF).

A PARTIR DE 6 SEMANAS Após seis semanas de atraso menstrual, o US TRANSVAGINAL é indicado. Permite visualizar o saco gestacional e o embrião, saber se é gestação única ou gemelar, ver os batimentos cardíacos e avaliar o tempo de gestação. ENTRE 11 E 14 SEMANAS É o principal US. É conhecido por US MORFOLÓGICO DO 1º TRIMESTRE. Nessa fase, são avaliadas condições que permitem detectar alterações, algumas malformações fetais, risco de pré-eclâmpsia materna e de parto prematuro. ENTRE 18 E 24 SEMANAS US MORFOLÓGICO DO 2º TRIMESTRE. Avalia a anatomia fetal a fim de diagnosticar patologias diversas. A sensibilidade de detecção de malformações gira em torno de 85%. EM TORNO DE 28 SEMANAS Época onde se faz a ECOCARDIOGRAFIA FETAL. Não é estudo obrigatório no Brasil. Avalia a anatomia e a função cardíaca em detalhes e pode detectar malformações de gravidade variável, sendo que algumas podem ser acompanhadas, outras têm tratamento intrauterino e, as mais graves, têm de ser encaminhadas para acompanhamento em centros especializados em cardiologia neonatal. ENTRE 28 A 32 SEMANAS US OBSTÉTRICO COM DOPPLER. Reavalia a anatomia fetal, já que algumas patologias envolvendo aparelhos digestivo e urinário normalmente têm manifestação mais tardia. Avalia-se ainda se o crescimento fetal e o fluxo sanguíneo feto-placentário e materno-fetal estão normais. US 3D E 4D

Mais Informações

48

É exame que traz muita satisfação pessoal para os pais e familiares. Em nosso serviço temos equipamento de US que permite o envio de imagens diretamente para o celular da família. Traz muita alegria para todos ver o rostinho do bebê e identificá-lo com o papai ou com a mamãe. O bebê começa a ficar bonitinho a partir de 26 semanas, mas esse exame depende muito da posição do bebê no dia, da sua movimentação ou não, e eventualmente, é necessário um retorno para aquisição de imagens de maior plasticidade. É um exame que depende muito da qualidade técnica do equipamento, da destreza e experiência do médico que o realiza. Para nós, é sempre uma forte emoção e alegria podermos participar desse período tão mágico e singular.

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


• EMBRIÃO 7 SEMANAS E 5 DIAS

• PÉ FETAL COM 30 SEMANAS E 2 DIAS

• FETO COM 15 SEMANAS

• FETO COM 12 SEMANAS E 6 DIAS

• FETO COM 30 SEMANAS

• ANATOMIA - CÂMARAS CARDÍACAS

Unidade I 18 2103-3000 Rua Tiradentes, 879

• FLUXO SANGUÍNEO

Unidade II 18 2103-3000 Rua Floriano Peixoto, 497

Unidade Birigui 18 3211-8800 Rua Getúlio Vargas, 505


Por que “ensinar” habilidades socioemocionais? “Mais do que um ser que pensa, somos um ser que sente e precisa expressar o que sente. O humano é um ser com uma imensa capacidade de sentir e uma limitada capacidade de elaborar o que sente”. Viviane Mosé SUSANA FREGONESI • Diretora do Colégio Geração Raízes

50

A educação está sempre passando por transformações. Os desafios atuais nos mostram que o desenvolvimento da criança como indivíduo vai determinar que tipo de cidadão ela se tornará. Muito além do conhecimento acadêmico, é papel da escola saber como as crianças aprendem, como entendem as informações e como as emoções influenciam no processo de aprendizagem. Crescer com autonomia, responsabilidade, capacidade de enfrentar frustrações, conviver e respeitar o diferente fazem grande diferença no progresso da sociedade. Quando refletimos sobre o desenvolvimento e a transformação da sociedade, pensamos na escola, na sala de aula, na relação ensino-aprendizagem. Se tivermos a capacidade de trocar ambientes frios e estressantes que desestimulam o prazer de aprender, de conviver e de sonhar por um ambiente acolhedor, saudável, cooperativo e solidário, com certeza teremos uma escola que fará a diferença na vida de alguém e, consequentemente, na sociedade e no mundo. Nossas emoções influenciam de maneira decisiva o processo de aprendizagem. O estado emocional e o aprendizado estão diretamente conectados. Todos nós lembramos as emoções vividas nos anos da escola, daquele professor capaz de nos entusiasmar. É mais fácil lembrarmos de emoções do que de conteúdos. São as emoções que constroem a nossa identidade e de quem acreditamos ser. Por isso, é urgente olharmos e exercermos a habilidade emocional em nossas crianças. Todo educador deve tornar as relações cooperativas e solidárias, criando ambientes propícios à aprendizagem e que desenvolvam as potencialidades humanas, mesmo diante das dificuldades e dos desafios que vão surgindo no percurso. Estou falando de autoconfiança, porque, sem ela, somos incapazes de lutarmos pelos nossos sonhos.

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

Estou falando de comunicação, porque os alunos devem ter voz e se sentirem à vontade para se expressar. Estou falando de empatia, porque precisamos respeitar a necessidade do outro. Estou falando de coragem, porque é necessário entender nossos medos. Estou falando de tolerância à frustração, porque é com doses de frustração que a criança vai superando os problemas sem se deixar abater. Estou falando de autoconhecimento, porque assim as crianças descobrem do que gostam e pensam sobre seus valores e interesses. Estou falando de persistência, porque eles vão entender que os desafios sempre vão aparecer e que não podemos desistir de enfrentá-los. Da mesma forma que as crianças devem aprender a ler, escrever e resolver problemas de matemática, elas devem aprender a entender seus sentimentos. As habilidades socioemocionais ajudam as crianças a persistirem nas tarefas mais desafiadoras, a pedirem ajuda quando precisam, a criarem laços de cooperação, a desenvolverem a atenção. Desta forma, tornam-se indivíduos preparados para fazerem a diferença no mundo e serem protagonistas da própria realidade e autorrealização. Chegou um novo tempo que exige de nós uma formação completa e abrangente.


Estou gestante, posso fazer Tratamento Estético? GABRIELA DE SOUZA CANATA RODRIGUES

A gestação é um período de grandes mudanças fisiológicas para a mãe.

CREFITO 146765-F FISIOTERAPEUTA • Fisioterapeuta Licenciada no Método Blindado Europeu; • Mestre em Fisioterapia; • Especialização em Fisioterapia Dermatofuncional; • Capacitação em Ciência da Estética com Alta Tecnologia - Porto | Portugal; • Docente.

18 3621-8391 18 99793-4912 gabriela_canata@hotmail.com fisioterapeuta_gabrielacanata Gabriela Canata Rodrigues Fisioterapeuta Rua Bandeirantes, 702 Centro – Araçatuba-SP

52

A ação de inúmeros hormônios e o útero em crescimento produzem mudanças visíveis e não visíveis no organismo e metabolismo, as quais devem ser consideradas pelos profissionais que atuarão na saúde da gestante. É um momento vivenciado pela mulher, em que a prioridade é a saúde da mãe e do bebê em formação. Diante destas verdades e de um olhar pautado na segurança, os questionamentos em relação a alterações visíveis, inestéticas e a desconfortos do período gestacional, muitas mulheres procuram por serviços voltados à saúde, bem-estar e estética. O mais importante é: quando, como, em quem é, e o que pode ser feito durante a gestação e período de lactação? Devemos levar em consideração que o bem-estar físico, mental e social também são considerados saúde pela organização Mundial de Saúde (OMS) Desta forma, para que uma gestante receba qualquer técnica profissional, é importante que ela esteja segura e ciente da formação e âmbito de atuação do profissional procurado. Além disso, é vital que o profissional seja habilitado, esteja alinhado ao obstetra responsável quanto ao estado de saúde da paciente e quais os efeitos fisiológicos as técnicas podem desencadear. Na gestação, técnicas como a drenagem linfática manual pode trazer benefícios comprovados na ciência, além de bem-estar para a gestante que a recebe. Sabe-se que gestantes que estão indicadas a receber a técnica, ou seja, as de baixo risco, podem se beneficiar de redução do edema (inchaço), alívio de dores nos membros inferiores, alívio da sensação de “peso” e cansaço, prevenção de varizes e microvasos, além do relaxamento proporcionado,

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

já que a técnica exerce efeito sedativo para o sistema nervoso devido aos critérios respeitados nas manobras empregadas. Técnicas manuais são muito bem vindas, portanto, existem técnicas como limpeza de pele, hidratação da face, hidratação do corpo e massagens relaxantes podem ser utilizadas desde que evite-se o uso de equipamentos de eletroterapia e priorize-se cosméticos apropriados para não fornecer riscos. Sabe-se que a ANVISA restringe o uso de algumas substâncias tóxicas, sobretudo devido ao aumento da microcirculação sanguínea no período gestacional. Com o avanço da cosmetologia, existem linhas totalmente livres de substâncias químicas prejudiciais e inclusive específicas para gestantes, já que o mercado vem sinalizando esta demanda. De qualquer forma, a gestante ou lactante precisa estar ciente que procedimentos para tratar alterações estéticas mais específicas e crônicas, devem aguardar o fim da lactação, sobretudo pelo fato de a mãe ainda sofrer alterações hormonais por meses após o parto. Enquanto as alterações hormonais específicas da gestação não normalizarem, o organismo da mulher não estará apto a receber intervenções que envolvam equipamentos e cosméticos específicos para estas disfunções. A sociedade e os profissionais jamais devem se esquecer que estética e bem-estar nunca devem vir antes da saúde, portanto, qualquer procedimento que interfira nesta, é absolutamente contraindicado. Em suma, qualquer intervenção deverá ser autorizada pelo médico responsável e ser iniciada após o término do primeiro trimestre da gestação.


“Amamentasono” Como a associação entre Amamentação e Sono beneficia mães e bebês?

DRA. ANDRÉIA STANKIEWICZ CRO/SP 93816 CIRURGIÃ-DENTISTA • Cirurgiã-Dentista Formada pela UFRGS; • Especialista em Odontopediatria; • Especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares; • Especialista em Aleitamento Materno; • Pós-Graduação em Odontologia Hospitalar e Intensiva; • Pós-Graduação em Odontoneonatologia; • Pós-Graduação em Respiração Bucal; • Pós-Graduação em Laserterapia; • Membro da Associação Brasileira de Odontologia Neonatal e Aleitamento Materno; • Doula e Educadora Perinatal/ Parental; • Instrutora de Shantala; • Mãe da Luiza e do Pedro. Mais Informações

Atendimento em consultório, domicílio e hospital. vivavitaa www.vivavita.com.br andreia@vivavita.com.br /VIVAVITA - Odontologia e Saúde

18 3622-3358 | 99672-3358 Rua Cussy de Almeida Jr, 765-A Centro - Araçatuba/SP

54

“Breastsleeping” é o termo criado pelo renomado pesquisador norte-americano Dr. James McKenna, coordenador do laboratório comportamental do sono maternoinfantil da Universidade de Notre Dame, que descreve a prática de amamentar durante a noite, dormindo próximo do bebê de forma segura. Este é o arranjo de alimentação e sono mais antigo e bem sucedido para a espécie humana, segundo o professor McKenna. A Academia Americana de Pediatria, desde 2016, recomenda que o bebê durma no mesmo quarto dos pais, no mínimo durante os primeiros 6 meses ou idealmente durante o primeiro ano de vida, para prevenção da síndrome da morte súbita infantil (SMSI). O bebê humano é o mais vulnerável e dependente de todos os mamíferos primatas, aquele que mais precisa de contato e que se desenvolve mais lentamente. Isso acontece principalmente porque os humanos nascem neurologicamente imaturos, em comparação com outros mamíferos primatas. Um recém-nascido nasce com apenas 25% do volume cerebral de um adulto. Isso quer dizer que seus sistemas fisiológicos não são capazes de apresentarem um funcionamento ótimo sem contato com o corpo da mãe, que continua a regular o recém-nascido de modo semelhante ao que fazia durante a gestação. Dormir próximo da mãe, pode proteger o bebê, quando ligado à amamentação. Se realizada de forma segura, a partilha da cama beneficia a família inteira e exerce efeitos positivos sobre o desenvolvimento. Segundo a antropóloga Ashley Montagu, os bebês humanos são exterogestados. E o toque favorece a sua respiração, temperatura corporal, taxa de crescimento, pressão sanguínea, glicemia, níveis de estresse e secreções hormonais. Para o bebê, um ambiente de sono solitário representa uma crise neurobiológica, pois esse microambiente é ecologicamente incapaz de atender às suas necessidades fundamentais. De fato, dormir sozinho em um quarto e não ser amamentado hoje são reconhecidos como fatores independentes de risco para a SMSI. O “amamentasono” está associado à promoção do aleitamento materno, aumentando a duração da amamentação e reduzindo a necessidade de suplementação com fórmula. Hà melhor qualidade e maior tempo de sono para as mães, bem como uma percepção menor de problemas de sono infantil; existe uma interação fisiológica entre a mãe e o bebê que regula o sono de ambos. Prevenção da SMSI. Maior conforto e redução do choro do bebê, atuando sobre a regulação positiva do cortisol, prevenindo respostas disfuncionais ao estresse ao longo da vida. E ainda promove melhoria das habilidades sócio-emocionais (independência, ansiedade, comportamento, autoestima e saúde mental). A ideia de que os bebês precisam aprender a se acalmar sozinhos não passa de uma construção cultural, sem nenhuma fundamentação científica, de acordo com o dr. McKenna. Segurar um bebê nos braços, carregá-lo e dormir com ele não é apenas uma ideia social agradável, mas uma importante contribuição para o bem-estar do bebê.

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

Não existe um bebê – existe um bebê e alguém. (Donald Winnicot, pediatra e psicanalista)

DICAS DE SEGURANÇA • Pais não devem ser fumantes ou obesos. • Evitar uso de álcool, drogas ou medicamentos que provoquem sedação. • Bebê saudável, a termo e amamentado. • Colocar o bebê de costas (posição supina). • Roupas leves, tomando cuidado com excesso de travesseiros, cobertores, etc. • Superfície segura.


A importância do ácido fólico na gestação

LÍVIA DOS SANTOS ANANIAS CRN/SP 48835 NUTRICIONISTA • Especialização: Fitoterápico, Funcional e Esportivo (Instituição GANEP - Nutrição Humana); • Graduação Universidade Paulista - UNIP.

18 3623-1244 18 99681-8488 @sua_nutri R. Bandeirantes, 1041 - Centro

56

A gestação é um período de crescimento e desenvolvimento rápido do feto, que impõe à mãe imensas necessidades fisiológicas, metabólicas e emocionais. A nutrição adequada durante a gravidez é importante para a promoção do crescimento, desenvolvimento mental e físico pleno do feto. É crença geral que a nutrição fetal é crítica para o bem-estar do recém nascido, além de influenciar a saúde durante a infância e a vida adulta, com possíveis efeitos nas gestações seguintes.

As gestantes são suscetíveis à inadequação nutricional, pelo aumento da demanda de energia, macro e micronutrientes, que ocorrem durante a gravidez, a fim de se garantir a saúde materno-fetal. A qualidade da alimentação e o estado nutricional antropométrico da mulher, antes e durante a gravidez, afetam o crescimento e o desenvolvimento fetal, bem como a evolução da gestação. O estado nutricional é determinado, principalmente, pela ingestão de nutrientes, seja em termos de micro ou macronutrientes; portanto, um inadequado aporte energético da gestante pode levar a uma competição entre a mãe e o feto, limitando a disponibilidade dos nutrientes necessários ao adequado crescimento fetal. Para tanto, dentre os nutrientes importantes durante o período gestacional, alguns merecem destaque, como o ácido fólico, que tem um papel essencial no processo da multiplicação celular, sendo, portanto, indispensável durante a gravidez. Além disso, o ácido fólico interfere com o aumento do número de eritrócitos, produzido na eritropoiese, o alargamento do útero e o crescimento da placenta e do feto. O ácido fólico é requisito para o crescimento normal, na fase reprodutiva (gestação e lactação) e na formação de anticorpos. Atua como coenzima no metabolismo de aminoácidos (glicina) e síntese de purinas e pirimidinas, síntese de ácido nucleico DNA

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

e RNA e é vital para a divisão celular e síntese proteica. Consequentemente, sua deficiência pode ocasionar alterações na síntese de DNA e alterações cromossômicas. A deficiência de ácido fólico na gestação está associada com a anemia megaloblástica, causada pela produção anormal de hemácias, além da incidência aumentada de malformações congênitas, incluindo fenda labial e palatal e DTN (Defeito no Tubo Neural). Alguns fatores interferem nos baixos níveis séricos de ácido fólico tais como, alimentos preferidos, armazenamento dos alimentos, perda na cocção, entre outros. As gestantes são propensas a desenvolver deficiência de ácido fólico, provavelmente, devido ao aumento da demanda desse nutriente para o crescimento fetal e tecidos maternos. Outros fatores que colaboram para deficiência deste nutriente são a dieta inadequada, hemodiluição fisiológica gestacional e influências hormonais. Estudos metabólicos apontam que a ingestão dietética de 600 μg/dia de ácido fólico mantém uma concentração normal nas células vermelhas, sendo, portanto, adequado para garantir um nível normal de ácido fólico em mulheres grávidas. Por isso, além de procurar médico especializado, procure um nutricionista para poder te ajudar nesta fase tão importante e que pode gerar um grande impacto na sua vida e de seu bebê!


Infertilidade na mulher: alguns aspectos psicológicos

MARIANA DE TOLEDO CHAGAS PSICÓLOGA - CRP 06/130355 • Graduada pela Universidade Estadual de Londrina (UEL); • Mestre em Análise do Comportamento pela mesma Instituição; • Realiza Atendimentos de Crianças, Adolescentes e Adultos e Supervisões.

18 3301-9717 18 98121-0696 inpac.ata@gmail.com inpac.ata Facebook: inpac.ata Rua Gov. Pedro de Toledo, 508. Araçatuba-SP 58

Até a Bíblia já afirma: “Crescei e multiplicai-vos!” Mas o que fazer quando o casal apresenta dificuldades para engravidar?

A infertilidade é definida como a falta de gravidez após 12 meses de tentativas sem uso de nenhum método contraceptivo. Calcula-se que até 20% dos casais em idade reprodutiva já apresentaram, em algum momento, esta dificuldade e que, até o ano de 2025, só nos EUA haverá um índice de 5,4 a 7,76 milhões de mulheres com infertilidade. Há um consenso na área de saúde de que a causa da infertilidade é multifatorial, devendo ser levados em conta aspectos físicos, emocionais e sociais do casal para seu tratamento. O acompanhamento médico, com realização de entrevistas e exames que busquem causas fisiológicas para o quadro é um primeiro passo essencial. No entanto, a busca por outros profissionais, como fisioterapeuta, enfermeiro e psicólogo pode ser de grande valia. Apesar de muitas vezes ser um problema do casal, ainda é comum que a mulher seja vista como responsável pelas dificuldades reprodutivas, o que gera estigmas e reações emocionais, tais como culpa, vergonha e baixa autoestima. A mulher que não consegue engravidar pode sentir-se inferiorizada por não responder às demandas sociais, além de sentir raiva de si, medo da rejeição do parceiro, entre outros. A infertilidade pode interferir, ainda, na comunicação e ajustamento do casal, levando ao distanciamento entre ambos.

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

Estudos mostram que, por estas questões, a infertilidade feminina está muito relacionada a problemas como ansiedade, depressão e estresse. Estes transtornos podem aparecer como causa ou mesmo como sintoma do quadro de dificuldade para engravidar. Isso não significa que todas as mulheres com problemas psicológicos terão infertilidade, mas que esses dados merecem atenção. Ainda há uma resistência na busca por ajuda psicológica por casais ou indivíduos inférteis, sendo a procura facilitada quando há encaminhamento médico e quando é explicado que o tratamento das questões emocionais pode favorecer o alívio das angústias geradas pelo problema. Apesar de o tratamento psicológico, nestes casos, poder ser realizado de maneira focado ao problema da infertilidade, é comum serem trabalhadas outras demandas da mulher e do casal que podem vir a surgir, tais como autoimagem, ideias sobre maternidade, motivações para a escolha de ter filhos, valores, vínculo conjugal, desejo sexual, entre outros. A psicoterapia, nestas situações, configura-se como espaço de acolhimento e escuta para ajudar indivíduos inférteis a lidarem com medos e fantasias, e auxiliar na tomada de decisões referentes à dificuldade para engravidar, favorecendo maior bem estar e qualidade de vida.


Estou gestante, posso praticar atividade física? A Personal Trainer Nathália Tozin, fala sobre sua experiência com grávidas: NATHÁLIA TOZIN CREF: 095414-G/SP PERSONAL TRAINER • Graduada em Licenciatura e Bacharelado - UNORP; • Especialização em Musculação e Treinamento de Força - CEFIT; • Credenciada pelo Método Coach4.1 de Personal Trainer Premium; • Credenciada pelo Método Trainer1.

18 3519-4444 18 99735-6500 R. Cândido Portinari, 209 Bairro Nova Iorque, Araçatuba-SP.

60

Primeiramente sou mãe e como Profissional de Educação Física consegui vivenciar a maternidade de forma extremamente ativa e colocar em prática em mim todos os conhecimentos adquiridos e praticados ao longo dos meus 10 anos de experiência na área. Estudei muito e desenvolvi uma certa destreza para trabalhar com este público e me encanto com o grande benefício que os exercícios proporcionam tanto para a mãe como para a criança, no qual é repercutido para toda a vida. Com relação a atividade física de modo geral, a tendência é que as gestantes diminuam o nível, se movimentando menos devido à falta de tempo e às várias mudanças que ocorrem neste período. Então, são muitas barreiras a serem quebradas e um dos principais motivadores é a saúde do feto, e posteriormente da criança! Especificamente falando do feto e dentro do processo de gestação, é verificado melhora da viabilidade da placenta, aumento dos níveis de fluído amniótico, melhora na função antioxidante e na vasodilatação que pode proteger contra pré-eclâmpsia. Para a mãe, os benefícios são melhora na função cardiovascular, diminuição dos riscos de diabetes gestacional, melhor controle da pressão arterial, aumento da força, da massa magra, melhora no sono, prevenção de perda óssea e redução do desconforto físico. E pensando no bem-estar da mãe no caso da gestação, existem várias modificações hormonais, no estilo de vida, tensões, ansiedade pelo que vai vir no futuro, aumenta o risco de transtornos de humor e há estimativas de que a prevalência de depressão em gestantes varie entre 7 a 20%. O que é muito alto, e no caso da gestante, as alterações fisiológicas associadas à depressão podem causar problemas gravíssimos no feto e na criança um tempo depois. Por exemplo, no feto é detectado hiperatividade, frequência cardíaca irre-

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

gular e aumento de morte prematura. No recém-nascido, é percebido altos níveis de cortisol e noradrenalina, redução da dopamina, obesidade, alteração no eletroencefalograma que sugere afetividade negativa, comportamento estressado, depressivo e até criminoso na adolescência. Ou seja, é preocupante, pois são alterações que trazem consequências para toda a vida! E o que isso tem a ver com exercícios físicos? Muita coisa! Estudos verificaram que o escore de depressão nas grávidas que se exercitaram caíram pela metade simplesmente tirando elas do sedentarismo e inserindo a prática de exercícios físicos. A restrição de movimento e a não realização de atividade física já é um fator de risco para a depressão, e além disso existem alterações metabólicas como diabetes gestacional e o risco de desenvolver obesidade. Se a mãe não controlar o ganho de peso e a glicemia na gestação e estando com o IMC (Índice de Massa Corporal) alto, a chance dessa criança nascida desse quadro ser obesa no início da puberdade é quase 6 vezes maior, o que é associado a problemas metabólicos como hipertensão e diabetes. Ficou com alguma dúvida? Venha fazer uma aula experimental comigo.


Probiótico pode ajudar nas cólicas do bebê Estudos recentes apontam que os micro-organismos vivos reduzem a inflamação intestinal e podem trazer alívio para os pequenos.

DRA. TATIANA B. V. TERÇARIOL CRF/SP 56417-8 FARMACÊUTICA BIOQUÍMICA • Graduada pela Universidade Paulista de Campinas.

18 99650-7444 18 3304-9007 18 3304-9008 Rua Tiradentes, 808 - Araçatuba-SP

62

O choro compulsivo de um bebê que sofre com cólicas é uma tortura para muitos pais. Passar por essa situação é realmente desesperador e desafiador, mas a boa notícia é que já existem alguns estudos e pesquisas recentes que comprovam a redução da inflamação intestinal com o uso de probióticos.

De acordo com a Legislação Brasileira, probiótico é definido como suplemento alimentar microbiano vivo, que afeta de maneira positiva o organismo por repor a microbiota. A fonte mais conhecida destes pequenos seres vivos são os iogurtes, mas nem todos eles têm probióticos. E mesmo os que têm devem ter seu consumo orientado pelo médico, especialmente se destinado à crianças. Existem várias espécies de probióticos, e cada uma delas tem uma indicação farmacológica específica. E atenção, nem todas elas funcionam para alívio da cólica e de outras doenças do trato intestinal. O principal probiótico estudado com essa indicação é o lactobacillus reuteri (L reuteri) que já é prescrito por pediatras do mundo todo há algum tempo para alívio dos desconfortos dos bebês que sofrem com as cólicas, e é o único que teve a segurança e eficácia comprovadas. Um dos estudos realizados comprova a redução do choro do bebê em 50% no de-

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

correr de um mês, e isso se dá porque o lactobacillus reuteri modifica a flora intestinal do bebê e diminui a inflamação. O lactobacillus reuteri (L reuteri) é comercializado no Brasil e normalmente é administrado em gotas. A ingestão diária de 5 gotas fornece 108 UFC (100.000.000 de Unidades Formadoras de Colônias) auxiliando no controle das bactérias presentes no intestino, ao inibir o crescimento das bactérias nocivas ao organismo. Ele pode ser encontrado industrializado ou pode ser manipulado de acordo com a necessidade individual de cada criança. E embora esse probiótico do bem seja isento de prescrição médica, é importante ressaltar que qualquer tratamento deve ser orientado e acompanhado pelo médico para que este possa estabelecer a dose e o tempo de tratamento seguros para o seu bebê. E além disso, evitar que os pais administrem medicamentos desnecessários e muitas vezes até prejudiciais às crianças.


Você sabe o que é sarcopenia? Sarcopenia, o termo refere-se a perda muscular progressiva e generalizada relacionada à idade. Fazendo um paralelo, seria a “osteoporose do músculo”.

DR. RODRIGO ALBERTINI CRM/SP 125690 | RQE 69035 TEOT: 12112 ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA • Formado pela Faculdade de Medicina de Catanduva; • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia; • Membro Titular da Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé;

A perda pode ser de massa, força ou função muscular, sendo que o diagnóstico é feito quando ocorre 2 das 3 possibilidades acima. Os resultados são muito adversos, afetando negativamente a qualidade de vida. Há pessoas que perdem grande parte de sua capacidade física em razão da sarcopenia. Como na maioria das vezes o músculo é substituído por gordura (Lipossubstituição) o peso total do paciente não é um bom parâmetro para avaliação. Está enganado quem acha que músculos só servem para aumentar a autoestima diante do espelho. Sem eles, o corpo de qualquer ser humano acaba ruindo. E por trás da perda de massa e força muscular se esconde uma condição que pode incidir sobre todo mundo e, se não for contida, reduzir a expectativa e a qualidade de vida.

Mais Informações

Quais os sinais de sarcopenia? • Dificuldade em realizar atividades físicas, anteriormente consideradas fáceis, como subir e descer escada, trocar uma lâmpada e carregar malas; • Dificuldade em sentar e levantar, abaixar e pegar um objeto que caiu ao chão. Como todo processo associado ao envelhecimento, alguns fatores do prejuízo ao tônus muscular se devem a alterações fisiológicas esperadas, como a redução nos

64

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

níveis de certos hormônios. A escassez de testosterona, por exemplo, repercurte na síntese de proteína, fundamental na formação de músculos. Nas mulheres a partir da menopausa, o baque é ainda maior. Neles e nelas, caem ainda as taxas de hormônio do crescimento. Fora que aumenta a tendência a acúmulo de gordura na barriga, sobretudo nos homens, e nos quadris, nas mulheres, quadro frequentemente acompanhado de resistência à insulina, situação que precede o diabete. Todo esse pacote entra na conta do declínio muscular conhecido como sarcopenia primária, ou seja, sem outra causa a não ser a quantidade de velinhas apagadas a cada aniversário. A versão secundária da chateação, por sua vez, está relacionada a doenças que costumam acometer os mais velhos, como desnutrição, distúrbios cardiovasculares, gastrointestinais, renais e neurológicos. O tratamento da sarcopenia envolve exercícios de resistência, realização de atividade física e boa alimentação, são medidas preventivas e terapêuticas. Nos casos de doença mais avançada pode ser necessário suplementação proteica. As atividades físicas devem ser sempre supervisionadas por um profissional da área, e a dieta e suplementação prescritas por especialista e de maneira individualizada.


Experiência 5S Criado para inspirar pessoas a adotarem um estilo de vida mais saudável e saboroso por meio de uma experiência de emagrecimento sustentável e eficaz.

ADRIANA PRADO VAZ PALUDETTO CREFITO: 57742-F FISIOTERAPEUTA • Coach em Emagrecimento; • Fisioterapeuta Dermato Funcional.

18 3624-8552 18 99676-1246 @adrinapradoestetica Rua Machado de Assis, 120 Vila São Paulo - Araçatuba/SP

66

A partir da associação de estratégias terapêuticas, neuropsicológicas e nutricionais, o 5S permite uma experiência de emagrecimento diferenciada e inspiradora, estimulando, como consequência, a adoção de um estilo de vida mais saudável. Nosso compromisso é com a saudabilidade. Não adotamos quaisquer padrões estereotipados, nem ido-

latramos a magreza ou incentivamos a busca por padrões estéticos implantados pela sociedade, nosso objetivo é estimular transformações que proporcionem mais leveza, autoestima e felicidade à vida das pessoas, respeitando suas limitações e valorizando e enaltecendo a beleza natural e a diversidade das formas corporais.

Uma história de superação que impactou 27 mil vidas e comprovou cientificamente que é possível perder peso de forma rápida, saborosa e sem atividades físicas Parece sonho, mas é verdade! Uma verdade comprovada cientificamente, inclusive. Todo mundo pode perder peso de forma rápida e sem comprometer à saúde. Isso não é uma promessa. Uma pesquisa publicada recentemente na maior revista especializada sobre o assunto verifica e atesta essa hipótese. É óbvio que um estilo de vida saudável gera emagrecimento, e isso é o que todos devem buscar. Mas existem casos em que há necessidade urgente de um tratamento mais ágil e efetivo, e mudar todo um estilo de vida leva tempo, esforços e adaptações. Nestes casos, submeter-se a um procedimento cirúrgico pode ser uma opção, mas o processo envolve muitos mais riscos e muito mais sofrimentos que o tratamento desenvolvido pela Dr. Edivana Poltronieri. Uma capixaba que, em função do seu sobrepeso, não se conformou com as alternativas existentes e foi estudar para desenvolver uma maneira menos dolorosa, mais eficaz, rápida e sem tantos riscos. E foi o seu próprio emagrecimento - 24 quilos em 3 meses – que gerou o interesse das pessoas, que a procuravam incessantemente com o objetivo de vivenciar a mesma experiência. “Eu estava infeliz e esperava um milagre. Até que ouvi: Quer um milagre? Então seja o milagre. Percebi que só eu mesma poderia mudar a minha vida. Então eu fui estudar, pesquisar. Minha dedicação foi intensa e desenvolvi um programa para mim mesma e o resultado foi sensacional.” – Comenta Edivana Edivana não tinha afinidade com atividades físicas, e entendeu que a academia e outros esportes eram muito distantes da sua realidade e da realidade de muitos obesos. Então todo o tratamento não evidencia a prática de exercícios, eles não são fundamentais nessa primeira etapa. Há que se compreender que, primeiro, o paciente precisa passar por uma reprogramação. Uma pessoa que nunca correu, malhou ou praticou atividade física, precisa primeiro emagrecer uns quilos para depois sentir-se minimamente apta a realizar os exercícios, caso contrá-

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

rio, há uma enorme possibilidade de frustações e desmotivações ao colocá-la diante de suas incapacidades. Outra hipótese importante comprovada pelo estudo foi a reprogramação do hipotálamo. Em linhas gerais, o aumento no consumo de açúcares e gorduras saturadas desregula as funções do hipotálamo gerando diversos desequilíbrios e consequentemente, a obesidade. Atentar a essa questão foi fundamental. Sendo assim, diante do imenso interesse gerado nas pessoas pelo seu emagrecimento, a Edivana desenvolveu um curso e ensinou a metodologia para diversas pessoas. Mas percebeu que ensinar as etapas do tratamento não garantia que ele fosse seguido de maneira fidedigna, e isso impactava os resultados. Foi um período difícil, mas que a fez reformular a divulgação da técnica e foi assim que virou um tratamento licenciado, padronizado, com acompanhamento de equipe multidisciplinar das áreas da saúde. Hoje a experiência 5S é a mesma em qualquer lugar. Com o modelo de franquia store in store, todo atendimento, produtos e suporte são idênticos em todo o país. Uma experiência que mudou a sua vida e que hoje já mudou a vida de 27 mil pessoas. Em nenhum momento o objetivo é dar às pessoas um corpo dentro dos padrões estéticos disseminados pelas mídias e sim devolver a saúde, a autoestima, e a capacidade de realizar atividades básicas da vida como sentar nas poltronas dos aviões, cruzas as pernas, pegar os filhos no colo e brincar com eles, praticar esportes e voltar a viver normalmente. “Reduzir riscos de infartos, diabetes e outras doenças é o que move toda equipe 5S. Temos casos de pessoas que pesavam, por exemplo, 120 Kg e hoje pesam 30 kg a menos. Elas ainda não são referências magras. Mas voltaram a viver de maneira digna, feliz e conquistaram finalmente, como consequência de tudo isso, um estilo de vida saudável”, comenta Edivana.


Revista Saúde Maio . 2019 Araçatuba/SP

CONGRESSO Fernanda Cazerta Del Nery participou do 4º Congresso da Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica e Implantes Faciais no Palácio das Convenções Anhembi-SP.

VIAGEM Dr. Daniel e Dani Zanatti em férias nos EUA.

| #curtas

CONFERÊNCIA DE MEDICINA CARDIOVASCULAR Os Drs da Pró Cardio Birigui, Dr. Francisco e Dr. André presentes na maior Conferência de Medicina Cardiovascular, American Heart Association (AHA) 2018.

DR. ANTONIO FAGNANI FILHO Falando de Odontologia do Sono para alunos vindos do Equador e Colombia e para os professores do curso de pós graduação do curso de ortodontia da UnicSul Liberdade em SP, Felipe Rodrigues da Silva, Diogo M Pedico, Camila M Girondi, Alexandre Hacl. E com os amigos Alexandre P Cardellicchio e Gerson Paulino dos Santos.

#estounocurtasdasaúde rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

67


A PSIQUIATRIA NO SÉCULO XXI DRA. JULIANA GIACOMELLI CRM/SP 145.311 PSIQUIATRIA - RQE 61191 • Psiquiatra Titulada pela Associação Brasileira de Psiquiatria; • Especialização em Psiquiatria pelo Hospital Regional de Presidente Prudente; • Graduada pela Faculdade de Medicina de Catanduva.

“O ano de 2019 tem sido tão pesado e trágico...”, dizem muitos por aí. De fato, calamidades coletivas estão vindo à tona e sendo debatidas diariamente pelos meios de comunicação, sob diversas ópticas. Mas seriam apenas estas as tragédias que estão acontecendo? Vamos olhar mais atentamente...

Mais Informações

68

Um senhor com aspecto de morador de rua, acompanhado de seu fiel escudeiro canino, pedindo entre os carros algo que possa amenizar sua dor, por pelo menos aquele instante. Do outro lado da rua, um grupo de amigos sentados, conversando descontraidamente e, ao mesmo tempo, uma das pessoas à mesa sentindo-se só, no meio da multidão. Talvez nem devesse estar ali hoje. Seu escape é o celular. Um casamento aparentemente promissor ao pé do altar, em que a esposa sucumbe à cama desde a perda de um dos filhos, não consegue mais enxergar o seu próprio lar. Um ataque de pânico levado ao pronto-atendimento, com o seguinte diagnóstico: “Você não tem nada, mas procure um cardiologista”. Uma criança com dificuldades de aprendizagem escolar, que recebe diversas opiniões, rótulos e mesmo bullying por não se enquadrar aos padrões esperados. Um líder religioso recorrendo à ciência para continuar a exercer seu papel social.

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

E aí, estamos exercitando nossa empatia? Se você conseguiu enxergar um pouco da dimensão do caos humano no dia a dia, irá entender o quanto é importante recorrermos ao profissional psiquiatra. Esta matéria não tem por finalidade descrever cientificamente como são os mecanismos químicos cerebrais envolvidos em cada patologia. Afinal, este tema é bastante extenso e varia entre cada indivíduo. A boa relação médico-paciente pode ajudar a solucionar estas dúvidas. Hoje estamos aqui para debater, mais uma vez, sobre preconceitos, medos e a conscientização de que a vida pode e deve ser mais “leve”. Assim como diabetes e disfunções hormonais são tratados com o endocrinologista, com o uso de medicamentos apropriados (em comprimidos ou injetáveis), por que não cuidar da saúde da mente com o especialista? Psiquiatra não é “coisa de louco”. Não é “médico de tarja preta”. Não vai “dopar”. Perante todos os estudos e avanços tecnológicos, estes estigmas não cabem mais em pleno século XXI.


Revista Saúde Maio . 2019 Araçatuba/SP

EQUIPE CDI ARAÇATUBA

EQUIPE PRÓ-CÁRDIO BIRIGUI

EQUIPE IOB BIRIGUI

EQUIPE WIDEX ARAÇATUBA

| #curtas

#estounocurtasdasaúde rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

69


Atenção Farmacêutica ao Paciente com Diabetes O farmacêutico ao avaliar o estado de saúde do paciente tem como incentivá-lo a aderir ao tratamento prescrito pelo seu médico.

ISABELA GRIGOLETO RISK CRF-SP 87936 FARMACÊUTICA • Farmacêutica na associação de diabetes juvenil de Birigui; • Pós-Graduanda em Farmacologia Clínica na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto- FAMERP.

Referências: Sociedade Brasileira de Diabetes e Conselho Federal de Farmácia.

70

Existem cerca de 12 milhões de brasileiros diabéticos, segundo ao IDF - International Diabetes Federation (Atlas Diabetes – 6th Edition), e o Brasil se encontra na quarta colocação em número de diabéticos no mundo, perdendo somente para a China, Índia e EUA. O diabetes é um sério problema de saúde pública em todo o mundo e mesmo com o surgimento de novas tecnologias, sem conhecimento, o tratamento fica comprometido, podendo levar ao surgimento de complicações inerentes do descontrole glicêmico como: retinopatia, neuropatia, nefropatia, doenças cardiovasculares, amputação e disfunção erétil. O tratamento do Diabetes requer uma equipe multidisciplinar constituída por médico, nutricionista, educador físico, psicólogo, enfermeiro e também o farmacêutico, pois este profissional está apto para fazer muito mais do que simplesmente dispensar medicamentos. É papel do farmacêutico orientar quanto ao uso correto de medicamentos; atentar para que, ao longo do tratamento as reações adversas aos medicamentos (RAMs) sejam minimizadas; mostrar a importância de alguns cuidados para o tratamento e prevenção. Incentivar a atividade física; orientar para que o medicamento, prescrito pelo médico, tenha o efeito desejado. O grande número de farmácias e droga-

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br

rias existentes no Brasil, a frequência com que o paciente diabético vai até a farmácia e a facilidade em ser atendido por um profissional da área de saúde, coloca o farmacêutico na linha de frente e com um papel fundamental no tratamento do diabetes. O paciente diabético ou seu cuidador frequenta a farmácia no mínimo 1 vez ao mês em busca de seus medicamentos de uso contínuo e insumos para controle da doença. Sendo assim o farmacêutico pode fazer a diferença, pois se encontra bem posicionado para aconselhar e educar seus pacientes sobre o controle do diabetes e a prevenção. O farmacêutico ao avaliar o estado de saúde do paciente tem como incentivá-lo a aderir ao tratamento prescrito pelo seu médico, além de detectar possíveis interações medicamentosas. O papel do farmacêutico como educador pode ser desempenhado, através de sua atuação, orientando o paciente nos mais diferentes aspectos da doença e, em particular, em relação ao uso racional de medicamentos. Quando nos referimos à educação, não estamos falando apenas da transmissão de informações, mas da construção de um processo que promova uma mudança nas atitudes do paciente, que permita um controle mais adequado da doença, proporcionando assim ao paciente uma melhora na qualidade de vida.


Revista Saúde Maio . 2019 Araçatuba/SP

| #social

COLÉGIO ALAMEDA Alunos do Colégio Alameda explorando os espaços da escola. Conhecendo novos sabores e realizando atividades lúdicas, cheias de significado.

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

71


#social |

Revista Saúde Maio . 2019 Araçatuba/SP

CDI Diretoria, Equipe Médica e Operacional da Clínica CDI - Centro de Diagnóstico por Imagem.

72

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Guia de profissionais

Revista Saúde Edição 15 | Maio . 2019 | Araçatuba.SP

EDUCAÇÃO FÍSICA

ODONTOLOGIA

Juliana Garcia Vicente da Silveira

Dra. Andréia Stankiewicz

Rua Tupinambás, 555, Araçatuba-SP

Rua Cussy de Almeida Jr, 765 A - Centro - Araçatuba/SP

18 3304-2567

18 3622-3358 | 99672-3358

FARMACIA

Dr. Antonio Fagnani Filho

Isabela Grigoleto Risk

VIVAVITA

ADJ

Rua Cussy de Almeida Jr, 765-A Centro, Araçatuba-SP

Rua João Galo, 1091, Centro - Birigui/SP

18 3622-3358 | 99672-3358

18 3642-1929 | 18 3642-7207

Dr. Daniel Mattos Zanatti

Dra. Tatiana B. V. Terçariol

IROE

Phitofarma

Rua Euclides da Cunha, 91, Bairro das Bandeiras-Araçatuba/SP

Rua Tiradentes, 808 - Araçatuba-SP

18 3305-6570 | 98140-2604

PERSONAL TRAINER

Nathália Tozin Class Prime R. Cândido Portinari, 209 - Bairro Nova Iorque, Araçatuba - SP 18 3519-4444 | 18 99735-650

PSICOLOGIA

Priscila Didone Neves Clínica Renova Intervenção Comportamental

Clínica Santa Elisa

Mariana de T. Chagas

Rua Machado de Assis, 120 - Vila São Paulo - Araçatuba/SP

18 3623-2301 | 99716-7177

Dr. Fábio Astolphi de Carvalho

InPAC Rua Gov. Pedro de Toledo, 508. Araçatuba-SP 18 3301-9717 | 18 98121-0696

Defi-Dento

Rua Bandeirantes, 702 - Centro – Araçatuba-SP

Rua Bernardino de Campos, 618

18 3621-8391 | 99793-4912

18 3301-1096 | 98185-0159

NUTRICIONISTA

18 3622-4733 | 18 99817-0646

18 99748-9885

Rua Rio de Janeiro, 446 - Araçatuba/SP

Gabriela de Souza Canata Rodrigues

R. Cussy de Almeida Júnior, 72 - Centro, Araçatuba - SP

Dra. Eloá R Luvizuto Adriana Prado Vaz Paludetto 18 3624-8552 | 18 99676-1246

Clínica Del Nery

Rua Anhanguera, 251 - Birigui/SP

18 99650-7444 | 18 3304-9007 | 18 3304-9008

FISIOTERAPIA

Dr. Silvio Turi Del Nery

Dr. Felipe Mazzei

Lívia dos Santos Ananias

IROE

R. Bandeirantes, 1041 - Centro

Rua Euclides da Cunha, 91, Bairro das Bandeiras-Araçatuba/SP

18 3623-1244 | 18 99681-8488

18 3305-6570 | 98140-2604

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

73


#social |

Revista Saúde Maio . 2019 Araçatuba/SP

LANÇAMENTO LIVRO ARQUITETURA FACIAL Autora: Profa. Dra. Eloá Luvizuto - Cirurgiã-Dentista.

74

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Revista Saúde Maio . 2019 Araçatuba/SP

| #social

CAFÉ DA MANHÃ, EM HOMENAGEM AS MAMÃES A empresária Sandra Silva, recebeu suas clientes e amigas, na Translado Store com um charmoso café da manhã, em homenagem as mamães.

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

75


#social |

Revista Saúde Maio . 2019 Araçatuba/SP

INAUGURAÇÃO DA NOVA PRÓ-CÁRDIO BIRIGUI Os diretores, Dr. André, Dr. Fransciso e Dr. Paulo, em coquetel de inauguração do novo prédio da Pró Cárdio Birigui.

76

Revista Saúde | Maio . 2019 | rsaude.com.br


Revista Saúde Maio . 2019 Araçatuba/SP

| #social

INAUGURAÇÃO DA NOVA PRÓ-CÁRDIO BIRIGUI

rsaude.com.br | Maio . 2019 | Revista Saúde

77


Profile for Revista Saúde

REVISTA SAÚDE ARAÇATUBA - EDIÇÃO 15 - 20/05/2019  

REVISTA SAÚDE ARAÇATUBA - EDIÇÃO 15 - 20/05/2019