Issuu on Google+

quinta-feira, 16 de julho de 2009

MSN raggadrops@hotmail.com

Vai viajar? Leia antes algumas dicas do Ragga Drops

Página 2

Notícias populares Os Melhores do Mundo estão de volta a BH

FOTOS: CHAHESTIAN/DIVULGAÇÃO

Página 8

a d n e z a f A Está no ar o maior quebra-pau da televisão brasileira

Páginas 4 e 5


ESTADO DE MINAS

quinta-feira, 16 de julho de 2009

BREVE LEITURA DE FÉRIAS

MAIS MÚSICA!

Amo de paixão o Ragga Drops, podia ter todo dia. (Rs) Quero parabenizar a equipe e deixar minha sugestão: mais matérias sobre música. Coleciono desde a primeira edição e amo quando vocês aparecem no meu colégio. Beijos!!!

Turista e viajante são sinônimos apenas no dicionário. Turistas são afeitos a crachás e bonés com nome de alguma empresa. Mesmo que viajem à paisana, é possível reconhecê-los, porque fazem questão de peregrinar ansiosamente por todos-os-pontos-turísticos-e-maisalguns. Eles acham que se não tirarem foto de tudo, tudo, tudo e não subirem incontáveis e cansativas escadarias (do Convento da Penha, em Vitória, à Torre Eiffel, em Paris) a viagem não estará completa.

Ana Luiza (14), de BH, Colégio Magnum, pelo MSN Obrigado pela sugestão, Ana! Pode deixar que ainda vamos falar muito sobre música aqui no Ragga Drops! MAIS CULTURA!

Fala, galera! Gostaria que o Drops tivesse um espaço sobre o que rola de cultura em Minas, principalmente das bandas independentes. Abraços!

Adriano Carmo (26), vocalista da banda Liv (myspace.com/musicliv), de Sabará, pelo MSN Valeu pela dica, Adriano. Vamos preparar uma matéria sobre bandas independentes logo, logo. MAIS ANAHÍ!

Ah, o Ragga Drops é a melhor parte do jornal (na minha opinião). Acho que devia ter todos os dias da semana e com mais páginas. Gostaria muito que vocês falassem dos shows que a Anahí vai fazer em BH. Ariel Thêmis da Silva Campos (16), do Colégio Padre Curvelo, Felixlândia, pelo MSN Oi, Ariel. Todos os dias da semana e com mais páginas é um pouco complicado, mas com o tempo a gente chega lá! ;)

www.raggadrops.com.br MANDA O SEU:

raggadrops@hotmail.com agência de expedienteragga comunicação integrada (31) 3225-4400 Lucas Fonda Bruno Dib DIRETOR FINANCEIRO J. Antônio Toledo Pinto REPÓRTERES Bernardo Biagioni, Bruno Mateus e Sabrina Abreu DESIGNERS Anne Pattrice, Marina Teixeira e Maytê Lepesqueur ILUSTRADOR Matheus Dias ESTAGIÁRIOS DE REDAÇÃO Daniel Ottoni e Izabella Figueiredo FOTÓGRAFOS Bruno Senna e Carlos Hauck ARTICULISTA Lucas Machado DIRETOR GERAL

DIRETOR DE MARKETING E PROJETOS ESPECIAIS

POR Sabrina Abreu, editora da Revista Ragga

www.raggadrops.com.br

Tudo que você precisa é de óculos escuros, um bom livro, alguns olhares fotográficos e um celular (só para emergências). A lei é esvaziar a mente e encher o corpo de novas sensações. Isabela Daguer (19), de Belo Horizonte

O primeiro passo é escolher o lugar. Tem que ser um lugar bom, com um clima bacana e que dá para se divertir. Antes de ir, vale se programar, pensar em tudo que pode acontecer para se prevenir. No mais, é curtir a viagem, sempre com muita responsabilidade. Luciletti Lana (19), de São Pedro dos Ferros

Tem que visitar todos os pontos turísticos e tirar muitas fotos para recordar e mostrar. E, claro, andar pelas ruas é sempre bom para conhecer novas pessoas e novas tribos. Quando chegar na escola, tem que contar tudo pros amigos. Assim sua viagem será perfeita. Kessia Suellen (14), de Itaúna

Mas viajar vai além do circuito mais conhecido de cada cidade e dos álbuns de fotos que serão preenchidos na volta para casa. Os viajantes sabem. Por isso, apesar de ser bacana conhecer os monumentos históricos, eles preferem abrir mão de certas atrações para curtir outros prazeres: tomar um café observando as pessoas que passam; se embrenhar no meio do mato, numa trilha que nem mesmo a população local conhece direito; ou andar pelas ruas, sem pressa, prontos para se deparar com alguma surpresa pelo caminho – pode ser uma loja de discos antigos ou a lanchonete com o melhor hambúrguer de todos os tempos. Na verdade, é injustiça dizer que quem viaja em meio a grandes grupos, caracterizado por um boné e um crachá, não é um viajante. Fica difícil fazer afirmações desse tipo, porque o que diferencia o turista do viajante é algo invisível: uma postura diante da vida, uma curiosidade genuína pelo mundo, pela sociedade, pela natureza. Uma postura que se traduz na humildade de se adaptar ao ritmo e à cultura do novo local, em vez de ser só um observador impermeável que se contenta em tirar fotos e comprar um monte de suvenires (não que eu não goste de levar uns presentinhos para minha família). É tão legal ser um viajante. Por isso, sempre desconfiei de que o que leva as pessoas a se tornarem um turista é porque é mais fácil seguir à risca o guia que algum jornalista escreveu sobre uma certa cidade do que buscar um caminho alternativo. Mas vale a pena optar pela opção mais complexa, sendo um viajante. A boa notícia é que dá para fazer isso onde quer que você vá: na cidade do interior onde parte de sua família mora ou num outro continente. Basta aproveitar a oportunidade para se comunicar com quem mora noutra cidade, experimentar novas comidas, formas de lazer, formas de viver. O mais legal é que, se comportando assim, a gente volta para casa um pouco diferente. E essa é a melhor parte de qualquer viagem.

E você? É viajante ou turista? Acesse o blog do Põe na roda e deixe sua opinião.

dzai.com.br/raggadrops/blog/poenaroda


ESTADO DE MINAS

quinta-feira, 16 de julho de 2009

manda o seu!

PROMOÇÃO

Confira as fotos da RAGGA DROPS galera que faturou o MANITU CD da banda Manitu.

+

Alexandre, vocalista da banda Basquiat Bruna Nogueira (14), de Carlos Chagas

Mu, Lulu e Regininha, de Lagoa Santa

Marcos Vinicius (17), de Luz

Raylla Carolina, na Serra do Caraça

Pedro Scatolino (16), de BH

Felipe Santos, de Lagoa Santa

Matheus Fraga (18), BH

Sofia Jorge Emiliano (16), de Lagoa Santa Pablo Lages (15), de Novo Cruzeiro Banda Epicentro, de Aimorés

Luianny Marques (15), de Santa Bárbara

FOTOS: ARQUIVO PESSOAL

José Maurício Soares, de Itabira

Galera do Rony Valgas, de Contagem

Galera da Maria Eugênia


ESTADO DE MINAS

quinta-feira, 16 de julho de 2009

www.raggadrops.com.br

Zona rural Porque todo barraco é pouco

Amontoe subcelebridades loucas por seus 15 minutos de fama em uma chácara com vacas, porcos e galinhas. Adicione barracos, gritaria e sessões intermináveis de fofoca de dar inveja a qualquer comadre. Finalize com o apresentador Britto Junior, que mais parece professor estressado em sala de aula zoneada em véspera de vestibular. E o mais importante: um milhão de reais para quem sobreviver a essa loucura. Eis a fórmula do reality show A fazenda, que acabou se transformando em sucesso justamente pelo nível extremo de tosquice. Afinal, quem não gosta de um barraco? Originalmente sueco e adaptado para mais de 20 países, o programa não tem nada de muito distinto em relação a outros realities shows. A maior diferença é o ambiente rural em que os confinados estão sujeitos a viver e os desafios a serem cumpridos, como ordenhar vacas e dar banho em cavalos. No mais, tudo muito parecido com o que já estamos cansados de ver: em vez do líder, o fazendeiro; em vez do “paredão”, o “tá na roça”. Mas, o que faz um programa com um formato tão conhecido parecer tão diferente? Bom, as

Por Izabella Figueiredo

celebridades escolhidas para entrar no reality show não são tão celebridades assim (muitas delas nunca nem ouvimos falar a respeito) e parecem menos contidas com as câmeras do que os anônimos inexperientes do Big brother. Ou seja, não pensam duas vezes na hora de lavar a roupa suja para o Brasil inteiro ver. Algumas falhas da produção, como a divulgação do primeiro eliminado antes de as votações serem encerradas, e um apresentador pouco à vontade, que até já ensaiou algumas discussões ao vivo com um dos participantes. Pronto, aí está a receita do sucesso de A fazenda. Entre rasgações de verbo, gostosonas de biquíni e romances meia-boca, ninguém se destacou mais do que o ator Théo Becker. Pouco conhecido antes de entrar na casa e eliminado na terceira semana, o cara brigou com quase todo mundo, pediu desculpas, chorou de arrependimento, deu o nome da ex-namorada a uma égua que se tornou para ele uma espécie de guru, ganhou um quadro em sua homenagem no programa Pânico na TV e, principalmente, salvou todos nós, espectadores, do tédio. Em entrevista ao Ragga Drops, Théo diz que está feliz com a repercussão de sua par-

ticipação no programa. “Li em um livro que entre vários atores, só um deles vai brilhar. E, no caso de A fazenda, quem brilhou fui eu.” Théo reclama que os demais participantes se juntaram contra ele mas, mesmo assim, acha que saiu do programa tranquilo. “Criei minha marca registrada, que é a bandana vermelha (em homenagem ao roqueiro Cazuza), e a munhequeira. Estou recebendo homenagens até de lutadores de jiu-jítsu.” O ator também diz que tinha como favoritos Carlinhos ou Pedro, mas “depois de ver as coisas que eles falavam de mim pelas costas, passei a não torcer por mais ninguém”. Quando questionado sobre as zoações do programa Pânico, Théo é só elogios: “Pra mim é uma honra ser interpretado pelo ator Paulinho Serra (do grupo de comédia stand-up Deznecessários). Estou achando bárbaro”. No confinamento ainda restam Carlinhos, Dado, Daniele Samambaia, Danni Carlos, Fabiana Alvarez, Jonathan, Luciele, Mirella e Pedro Leonardo. Muita coisa ainda deve acontecer, já que, ao contrário do que todos pensavam, a baixaria não parou depois da saída de Théo. E você, já elegeu seu favorito?

Os participantes

DADO DOLABELLA: o mais famoso entre os confinados. Mesmo assim, já andava meio decadente devido à fama de pitboy.

MIRELLA SANTOS: ex-dançarina do Domingão do Faustão e namorada do Latino.

DANIELE SOUZA: exMulher Samambaia, do programa Pânico na TV.

FÁBIO ARRUDA: quem? Ah! Consultor de moda e etiqueta.

FRANCI ex-Zorra quadro “d


manda o seu!

BABI XAVIER: atriz, modelo e cantora. Tudo em decadência.

LUCIELE DI CAMARGO: irmã da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, atriz e filha de Francisco.

Top 5

Barracos de A Fazenda Pode reparar que Théo Becker tem presença marcante em todos.

1. http://migre.me/3rKt DANNI CARLOS: cantora assassina de sucessos da música internacional.

BÁRBARA KOBOLDT: modelo e apresentadora de TV. Não aguentou a pressão do confinamento e foi substituída.

Théo fica pelado na frente de todo mundo da casa. Miro se ofende e Pedro Leonardo chora.

2. http://migre.me/3rKQ

Théo provoca Fábio Arruda, que se irrita e prolonga a briga.

3. http://migre.me/3rLo

Luciele posa de fina até o momento em que Théo cita a família da moça.

4. http://migre.me/3rLC

Théo se irrita com o banho demorado de Jonathan.

5. http://migre.me/3rLV

Théo insinua que Mirella se ofereceu a ele no passado, mas ele não quis pegar.

IELLY FREDUZESKI: Total. A morena do dá uma subidinha”.

THÉO BECKER: participou das novelas Os mutantes e Escrava Isaura.

(E olha que o programa ainda está longe de acabar) FOTOS: CHAHESTIAN/DIVULGAÇÃO

FABIANA ALVAREZ: substituiu Bárbara. Modelo e exmulher do cantor Luciano.

CARLOS ALBERTO DA SILVA: mais conhecido como Carlinhos, ex-mendigo do Pânico na TV e ex-Sabrina Sato.

JONATHAN HAAGENSEN: o “Madrugadão” de Cidade dos homens e o “Cabeleira” no Cidade de Deus.

MIRO MOREIRA: modelete. Participou da propaganda da Helman’s. Pode procurar que ele tá lá.

PEDRO LEONARDO: filho do cantor Leonardo e membro da dupla Pedro & Thiago.


ESTADO DE MINAS

conta aí!

www.raggadrops.com.br

//////////Dicas da Chima//////////////////////////

quinta-feira, 16 de julho de 2009

VEST

POR Daniel Ottoni

Apesar do sucesso, tudo começou por acaso. Os integrantes se encontravam apenas para mandar um som, sem muita pretensão. E essa é a dica de Rafael para quem busca viver de música. “O mais importante é gostar do que faz e não esperar resultados. Fazer pelo prazer de tocar e não por causa de dinheiro ou fama. Só depois de algum tempo é que a coisa se torna profissional”, indica. Palavra de quem está na estrada há quase 10 anos.

MARCOS HERMES/DIVULGAÇÃO

Algumas bandas foram citadas, mas Rafael acha injusto falar de uma ou duas, sendo que o Brasil está recheado de grupos bacanas. De influências as mais diversas, tanto de dentro como de fora do

país. Por aqui, Paralamas, Cidade Negra e Skank são e sempre serão referências. Lá fora, os ritmos preferidos da galera da Chima têm sempre uma relação com o reggae. “Curtimos algumas vertentes, como ragga e dance hall. E, é claro, Bob Marley”, conta.

Dicas importantes

Quem passou por Belo Horizonte na semana passada foi a banda de reggae Chimarruts. O grupo, também conhecido por Chima, nasceu em Porto Alegre e veio para a capital mineira, pela segunda vez, para divulgar seu último trabalho, o DVD Chimarruts ao vivo. Para o vocalista Rafael Machado, a cena de reggae no Brasil é muito boa. “Com certeza, é melhor hoje do que quando começamos. Muitos estados têm seus representantes e tem muitos grupos de reggae surgindo por aí”, aponta.

solta estas no intervalo! O camarada vai trabalhar em uma obra como ajudante de pedreiro. Logo no primeiro dia, o mestre de obras chama a sua atenção: — Os outros serventes levam 10 tijolos de cada vez. Por que você leva só cinco? — Sei não. Acho que eles têm preguiça de fazer duas viagens.

Na recepção do dentista, um homem aborda o companheiro de espera: — Qual é o seu nome? — Bond, James Bond. — O meu é Noel, Manoel.

PREPARE-SE PARA MESCLAR QUALIDADE DE VIDA AOS ESTUDOS POR Regiane Santos,

jornalista e blogueira

Embora julho seja sinônimo de férias para uma considerável parcela de estudantes, o mês, para os vestibulandos, deve estar associado à preparação para a criteriosa seleção. Mas enganam-se aqueles que adotam uma maçante rotina para se debruçar sobre os livros. A preparação para ingressar na universidade deve mesclar estudo à qualidade de vida. É necessário que o estudante preze por uma alimentação equilibrada que inclua porções de proteínas, carboidratos, vegetais, frutas e cereais. Também é importante a prática de atividades físicas e o convívio social, preferencialmente associado ao lazer. Além de frequentar o curso preparatório para o vestibular, o jovem que almeja uma vaga na universidade deve programar-se para estudar, diariamente, cerca de quatro horas. É preciso ainda manter-se atualizado sobre os acontecimentos lendo jornais e revistas. Incorporar tal atitude à rotina de estudos contribui para a compreensão da geopolítica atual, conteúdo cobrado especialmente nas provas de história, geografia e língua portuguesa. Assistir a documentários, ver programas de entrevistas e ler atentamente as páginas de opinião dos periódicos consolidam, por meio de dados e informações, as opiniões que serão expressas na redação. Adotar tais práticas contribui para a elaboração de um programa de estudos que garante bem-estar físico e mental nos meses que antecedem ao vestibular. A seleção não deve ser temida pelo jovem, mas encarada como um desafio a ser vencido para inaugurar uma nova fase na vida.

AGENDA

Quer saber das melhores baladas de BH e interior de Minas? Acesse: raggadrops.com.br


ESTADO DE MINAS

quinta-feira, 16 julhode de2009 2009 4 dedejunho

manda o seu!

Brincadeira sem graça Constrangedor e humilhante para quem sofre, o bullying, aquelas zoações idiotas e preconceituosas típicas de gente sem noção, é um exemplo de quando a intolerância passa dos limites e beira o inaceitável. Tema de matérias em todo o Brasil, agora foi a vez dos alunos do curso de comunicação social da Universidade Federal de Varginha fazerem um rádiodocumentário sobre o assunto. Todos os personagens são jovens que já sofreram algum tipo de preconceito. Fica aí a dica.

Vai lá:

http://migre.me/3rmE

Manifeste seu mundo. Publique um blog, notícia, vídeo, foto ou podcast no Dzaí. A gente está de olho, e quem sabe seu conteúdo não vem parar no jornal?

“Quando a mulher tem orgasmo, ela também ejacula? Ou o esperma só existe nos homens?”

PIPOCA

O esperma existe somente nos homens. Muitas mulheres, quando atingem o orgasmo, liberam um líquido diferente daquele dos homens. É uma espécie de lubrificação da vagina, mas não tem nenhuma relação com a substância que existe nos homens.

3 VÍDEOS QUE VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE ASSISTIR

Quem inventou o moonwalk?

http://migre.me/3odQ

Dúvidas sobre sexo? Pergunta pra gente no raggadrops@hotmail.com. A coluna é respondida pela psicóloga Claudia Marques, especializada em sexualidade humana e sexologia clínica.

Depois da morte de Michael Jackson, esse vídeo voltou a circular pela internet com mais força ainda. O dançarino de sapateado Bill Bailey desperta uma dúvida antiga da cultura pop mundial: Seria o moonwalk uma invenção de 1955?

Bebês, a alma do negócio

http://migre.me/3ojS

Doadores de alegria

Em menos de uma semana, a propaganda da marca de água natural francesa Evian conseguiu mais de duas milhões de visitas no YouTube. O comercial traz alguns dos bebês mais “fofos” do mundo dançando em cima de patins a música Rapper’s delight, do produtor de hip hop Dan the Automator.

POR Alícia Mourão de Pinho, aluna do 3°B e representante de turma

O terceiro ano integrado do Colégio Batista, de BH, exige dos alunos uma dedicação muito grande, pois passamos a maior parte do dia na escola. O tempo que em outros anos seria para o descanso, no ano em que prestamos vestibular/Novo Enem, tem que ser para o estudo. Para a comunicação com a escola funcionar melhor, são escolhidos pelos estudantes os representantes de turma. Sou uma representante. Fazemos reuniões para discutir as aflições dos alunos em relação aos conteúdos, relacionamento com professores, planejamento do Dia V (Dia do Vestibulando, em que os alunos participam de atividades de lazer para “desestressar”) e o projeto Doadores de Alegria (que tem como público-alvo crianças em situação de vulnerabilidade social). Decidimos juntar o que seria só um momento de diversão com a ação social efetiva. ARQUIVO PESSOAL

No primeiro semestre, foram coletados mais de 200 brinquedos, além de roupas e agasalhos destinados a diversas instituições. Fazemos com prazer o “dever de casa” que beneficia a sociedade. Não é uma forma inteligente e saudável de terminar o ensino?

O melhor clipe de todos os tempos da última semana http://migre.me/3on9 A banda japonesa Sour convidou fãs de todo o mundo para participarem do clipe da música Hibi no niero. O resultado, uma coleção de imagens coletadas por webcams, é surpreendente.

ROLOU NA INTERNET: Pessoas que odeiam Michael Jackson Para quem sempre amou o Michael, ou passou a amar agora, o UAI lançou um site especial do cantor, com dezenas de curiosidades, vídeos, fotos e matérias bem bacanas. É só acessar uai.com.br e procurar por “Michael Jackson” no menu lateral do portal.

100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30%

Quer se manifestar?

Mande um e-mail pra raggadrops@hotmail.com com seu nome completo, idade, cidade e, claro, o que você quer divulgar. Manda o seu!

20% 10% 0%

24 DE JUNHO

25 DE JUNHO


ESTADO DE MINAS

quinta-feira, 16 de julho de 2009

www.raggadrops.com.br

Por Bernardo Biagioni

METRALHADORA DE PIADAS!

De volta a BH, Os Melhores do Mundo não vão perdoar ninguém

Em 2002, um ano depois dos atentados de 11 de setembro, a tragédia já não escapava da “metralhadora” de piadas do grupo de teatro Os Melhores do Mundo. Mesmo o jornalista Millôr Fernandes, conhecido pelo seu humor ácido, ainda não tinha ousado brincar com a ação terrorista mais famosa da história. “E olha que o Millôr não respeita nem a própria família”, lembra o ator Ricardo Pipo, um dos francoatiradores da companhia de teatro brasiliense, que conversou com o Ragga Drops por telefone, direto da capital federal. “Na época, a gente pensou: ‘Vamos fazer piada com isso antes que alguém faça’. E conseguimos arrancar graça do fato com inteligência, sem tomar partidos”, aponta. Há, inclusive, quem diga que a tragédia é a melhor amiga da piada. “Ninguém ri de alguém caminhando. Você ri é de alguém tropeçando e caindo”, exemplifica Ricardo. Dez de setembro é uma das cenas da peça Notícias populares, que estará em Belo Horizonte neste sábado e domingo, no Palácio das Artes. Sucesso na internet e responsável por salas de teatro abarrotadas pelos quatro cantos do país, o espetáculo chega à capital mineira com seu principal objetivo: divertir. Confira a seguir o que Ricardo Pipo tem a dizer sobre teatro, humor e a terceira passagem do grupo por BH.

O PERSONAGEM JOSEPH KIMBLER (http://migre.me/3yP9) A cena foi escrita quando estava entrando no Brasil o american way of life, aquele sentimento de “vá em frente”. Os 10 livros mais vendidos eram de autoajuda. Livros bem cara de pau, aquela coisa: “Como ganhar dinheiro, ser bom de cama e 10 nomes maravilhosos para o seu filho”. Um livro para resolver todos os problemas da vida. A gente resolveu fazer uma sátira a isso. E é uma cena que a gente não colocava muita fé, porque é um assunto delicado, tem um humor mais negro, mas as pessoas entenderam de forma inteligente.

Cena do personagem Joseph Kimbler, sucesso absoluto na internet HUMOR Humor é inteligência pura. Ele não pode ter emoção envolvida, senão você não vai conseguir nada. O humor é do contra, é mau, sujo e perverso. Não existe humor a favor de alguma coisa. Somos francoatiradores. A gente não toma partido, não temos preferência religiosa ou política e criticamos tudo que está no entorno, desde que a graça seja alcançada. BELO HORIZONTE Quando a gente chegou a Belo Horizonte pela primeira vez, fomos tão bem recebidos que realmente gostamos da cidade. Hoje já temos uma vivência aí, já sabemos onde ir, como andar nas ruas e tudo mais. E, por esse conhecimento, a gente consegue personalizar nosso espetáculo para a cidade. A gente cita lugares que só os belo-horizontinos conhecem e as coisas ficam mais íntimas, mais envolvidas.

NICOLAU EL MOOR/DIVULGAÇÃO

NOTÍCIAS POPULARES A peça tem muitos anos de existência, mas é cíclica. A gente aborda temas que se repetem, como a violência, corrupção, carnaval e até o futebol. O Notícias populares é um pano de fundo para a gente falar do cotidiano. A primeira cena, por exemplo, é um assalto. O assaltante pega os reféns e vai eliminando cada um deles a cada erro de português cometido pelos policiais. É uma cena muito conhecida na internet (http://migre.me/3yOx). A negociação é uma verdadeira chacina. Rs.

NOTÍCIAS POPULARES Quando: dias 18 e 19 (sábado e domingo), às 21h Onde: Grande Teatro do Palácio das Artes

(Av. Afonso Pena, 1.537, Centro – Belo Horizonte)

Ingressos: Setor I – R$100 e R$50 (meia-entrada) Setor II – R$90 e R$45 (meia-entrada) Plateia superior: R$80 e R$40 (meia-entrada) Classificação: 16 anos Outras informações: (31) 3264-2423


Ragga Drops #73