Issuu on Google+

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

MSN raggadrops@hotmail.com

Dzaí A plataforma já está pronta. Agora, falta você começar a usar. Pra facilitar sua vida, conversamos com um dos criadores. Conheça o Topô

CARLOS HAUCK/ESP. EM

Páginas 6 e 7

Profissões Turismo

Página 3

Gerar conteúdo Como produzir vídeo e áudio

Página 11

BH Music Station Ele voltou!

Página 12


ESTADO DE MINAS www.raggadrops.com.br

Divã

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Ragga Drops

Meus pais não me entendem Para ouvir enquanto lê: Me Vale, RBD

PROFISSÕES (por orkut) Pryscilla Thatian Oi galera da Ragga, tudo bem? Vim parabenizar vocês pelo trabalho que sempre está ótimo! Amo todos os cadernos da Ragga. Quinta é o melhor dia da semana por dois motivos: está próximo ao fim de semana e tem RAGGA DROPS!!!!! Gostaria também de confirmar meu pedido de matéria sobre a profissão turismo. Gostaria muito de saber mais. Vlw ADORO VCS GALERA DO RAGGA DROPS!!!! BJXXXXXXXXX Resposta: Ei Pryscilla, Muito obrigado pelo fanatismo. Hehehe Seu pedido é uma ordem. Já pra página 3!

www.raggadrops.com.br MANDA O SEU:

raggadrops@hotmail.com agência de expedienteragga comunicação integrada (31) 3225-4400

DIRETOR GERAL Lucas Fonda DIRETOR DE MARKETING E PROJETOS ESPECIAIS Bruno Dib DIRETOR FINANCEIRO J. Antônio Toledo Pinto EDITORA Thaís Pacheco SUBEDITORA Sabrina Abreu DESIGNERS Maíra Miranda Filogônio,

Marina Teixeira e Maytê Lepesqueur ILUSTRADOR Rafael Quick ESTAGIÁRIOS DE REDAÇÃO Bernardo Biagioni e Daniel Ottoni FOTÓGRAFOS Bruno Senna e Carlos Hauck COLABORADORES Lucas Machado, Guilherme Torres e Sebah Rinaldi

Se muitas vezes nós mesmos não nos entendemos, o que podemos dizer dos nossos pais? Eles viveram em outra época, completamente diferente da nossa, com outro estilo de vida, outras influências e realidade, tudo muito diferente. Então, é compreensível que eles tenham um pouco de dificuldade pra entender tudo o que acontece na sua vida nos dias de hoje. Eles não são obrigados a entender, mas é sempre bom quando rola um respeito. De ambas as partes. Mas tudo dentro de um limite. Nada de chutar o balde e achar que seus pais devem entender e aceitar qual-

quer coisa. Infelizmente, família a gente não escolhe. Então, o respeito deve estar sempre presente. Por mais que seja difícil, uma boa dica é tentar conversar. Seus pais são pessoas mais experientes, sabem um monte de coisas bacanas, já passaram por milhares de situações inusitadas e, com certeza, têm bons conselhos pra te passar. Tente conversar com eles numa boa, expor seus pensamentos, suas vontades, tudo de um jeito bem sensato, sem brigas. Eles, com certeza, sabem que os tempos de hoje são outros e que as coisas não acontecem da mesma forma que há 20 ou 30 anos. Além do fato deles quererem o melhor pra você, antes de qualquer outra coisa. Se nada der certo, não esquenta. Deixa a poeira abaixar e espere porque outras oportunidades virão. Pode ser difícil pra seus pais entenderem de primeira tudo o que acontece hoje ao seu redor. Aos poucos, eles vão vendo como tudo funciona e que seu mundo é diferente do deles quando tinham sua idade. Pode parecer batido, mas não existe remédio melhor que o tempo pra que a compreensão e o respeito possam aparecer, mesmo que aos poucos. ATENÇÃO: O divã do Ragga Drops não é respondido por nenhum profissional da área! Isso aqui é um papo de amigos. Se conselho fosse bom, a gente vendia... Mas aqui a gente dá mesmo. Quer um? Manda a pergunta – raggadrops@hotmail.com.

GADGETS AiGuru SV1: Skype pra levar

Como se já não bastasse ser o Skype uma das mais práticas invenções da comunicação, agora, o software tem atraído a galera que produz aparelhos de telefones. A empresa Asus acaba de criar um aparelhinho que se conecta por wi-fi ou cabo de rede. A tela tem sete polegadas e o brinquedinho consegue fazer conferência entre três pessoas. Por enquanto, está em teste só na Inglaterra e é vendido por U$ 220 na loja da Skype.

DIVULGAÇÃO

GALO (por orkut) Gih Oiiie! Galera da Ragga, muito obrigada mesmo por terem publicado minha homenagem no Eu leitor. Nem acreditei quando li. Heuehuhe Fiiquei muuuiiitoo feeelizz mesmo ! =] Nossa vlw mesmo :D BeeeeeeejO ! muuuitoo suuceesso pra vocês *-*] Resposta: Oi Gih, A gente tava crente que ia chegar uma manifestação de algum cruzeirense, mas nada... Hehehehe. Então fica só o Galo mesmo.


quinta-feira, 27 de novembro de 2008

manda o seu!

PROFISSÕES

Turismólogo A cada ano, o turismo movimenta trilhões em todo o mundo. O Brasil tem vocação pra ser um grande destino turístico, graças à sua natureza exuberante e à cultura popular tão rica. Mas o extenso litoral, com mais de 2 mil praias, a Mata Atlântica, a Floresta Amazônica, a gastronomia e os ritmos variados não são o bastante pra atrair visitantes. Pra realizar nosso potencial, é necessário pensar na infra-estrutura, identificar os pontos fortes de cada região, formar mão-de-obra capaz de dar assistência ao turista. O profissional indicado pra desempenhar tais funções é o turismólogo. Foi em 1970 que surgiu a primeira graduação brasileira em turismo. Mas, ainda hoje, muita gente desconhece o fato de o bacharel nesse curso ser chamado “turismólogo”. Apesar disso, ao longo das últimas três décadas, o reconhecimento da profissão só tem crescido. A razão é a crescente demanda do mercado por um profissional capaz de elaborar políticas de turismo em nível municipal, estadual e federal e fomentar novos negócios, tendo o turismo como atividade principal. Por não ser uma profissão regulamentada, o turismólogo compete no mercado de trabalho com graduados noutras faculdades. Mas essa realidade tem mudado, de acordo com o coordenador do curso de turismo da PUC Minas, Enaldo Souzalima: “O mercado entendeu que não dá pra continuar no amadorismo. É preciso um profissional capacitado e, por isso, o turismólogo tem sido valorizado”, garante. A faculdade de turismo mescla conhecimentos de geografia, história, administração, ciências sociais, arte, patrimônio e estatística. Inclui também assuntos em voga, como ecologia, meio ambiente e responsabilidade social. A formação é complementada com estágios nos diferentes setores que a atividade abrange: do hotel àquela ONG que promove a formação técnica das comunidades que recebem os turistas. Vem daí, aliás, a grande importância social do turismólogo. Se for implementado com competência, o turismo gerará renda para o município, mais oportunidades pra comunidade local e ajudará a preservar o meio-ambiente. Ao capacitar a mãode-obra nativa, haverá condições de dar assistência ao turista. Satisfeito, o visitante volta ou faz propaganda positiva da cidade. “Não basta levar pessoas a algum lugar. É fundamental que o impacto da atividade turística seja positivo pra natureza e a sociedade”, resume Enaldo. Trabalhos de campo e viagem também fazem parte da formação do estudante. Nesse ponto, é bom deixar claro: o turismólogo deve ter paixão, sim, pela viagem. É importante entender o hábito de viajar como atividade geradora de renda, cultura e, até mesmo, de transformação pra sociedade. Entretanto, não vale confundir o turismólogo com um mochileiro. Enquanto se relacionam com o conteúdo da faculdade ou com obrigações do trabalho, as viagens, ainda que prazerosas, envolvem outro tipo de comprometimento. É viajando que o turismólogo desenvolve sua sensibilidade e entra em contato com potencialidades e dificuldades do mercado nacional ou internacional. Ter um repertório de exemplos,

de como o setor hoteleiro ou as prefeituras são organizadas nas diferentes cidades do Brasil e do mundo, pode servir de base pra futuros projetos. Mas a viagem não pode ser útil sem o conhecimento teórico. Tradicionalmente, o turismólogo trabalhava em agências e operadoras de viagem, companhias de transporte, hotéis ou restaurantes. Esses são ainda espaços que ele ocupa, mas, hoje, o profissional circula também por outras áreas, como nas secretarias municipais, estaduais e outros órgãos públicos, empresas de promoções e eventos, nas ONGs. “A presença do turismólogo serve não apenas pra promover e organizar locais que já têm potencial turístico, como também pra criá-los”, explica o coordenador. Como? “Pode-se intervir numa região, valorizando sua gastronomia, história ou uma dança típica”, exemplifica. Escolher o turismo é ter a chance de se enveredar numa atividade em expansão e com grande importância econômica, cultural e social. É preciso ter esses três fatores em mente, dentro da faculdade e no dia-a-dia da profissão. O turismólogo é importante pra ajudar a gerar riquezas, sem descuidar da preservação das cidades relacionadas com sua atividade, ou com o bem-estar das comunidades envolvidas. A coordenadora do curso da UFMG, Fabiana Andrade Bernardes Almeida, afirma sobre o perfil do profissional da área: “Ele deve ser empreendedor e estar comprometido com a sociedade”. Se você preenche esses requisitos, a faculdade de turismo pode ser a porta de entrada pra sua vida profissional.

QUANTO GANHA

“Não dá pra continuar no amadorismo. É preciso um profissional capacitado”

VESTIBULAR

Sabrina Abreu

A profissão de turismólogo não é regulamentada. Teoricamente, isso significa que mesmo os graduados em outros cursos podem seguir a carreira de turismólogo. Entretanto, o mercado tem se especializado e dado preferência a quem faz faculdade de turismo. Em Minas Gerais, há várias escolas que oferecem o curso. Algumas delas são a Unileste e a Ufop, no interior, a PUC Minas, a UFMG e a Newton Paiva, na capital.

Não há piso salarial, já que não é regulamentada.

Devo escolher esta carreira?

TESTE

POR

Vale a pena ser turismólogo, porque... a) Falto muito à aula, então, nos dias em que vou ao colégio, todos me chamam de “turista”. Aí já viu, de turista a turismólogo, é só um pulo. b) Gosto de viajar, quero curtir as cidades históricas, os municípios do litoral brasileiro, as grandes capitais do mundo, os desertos, os montes nevados, as florestas, as savanas, as... c) É uma atividade econômica muito importante, acho que levo jeito para a coisa e a carreira tem futuro. O que é necessário para que a atividade turística seja bem-sucedida? a) Infra-estrutura, atrativos naturais ou criados e mão-de-obra especializada, capaz de atender os visitantes. b) Alguém querendo viajar. Uma cabeça aberta, capaz de encontrar uma viagem no livro à sua frente, numa montanha ou, simplesmente, no raio de sol batendo na janela, logo pela manhã. c) Precisa de mulher pelada no cartão-postal do país. Quer saber? Puritanismo não vende. Sacou? Quando for turismólogo, eu... a) Viajarei pelas cidades históricas, municípios do litoral brasileiro, grandes capitais do mundo, desertos, montes nevados, florestas, savanas... b) Vou incentivar a construção de pousadas quase dentro das cachoeiras. Preservação é coisa de ecochato. Se a natureza está acabando, a gente tem mais é que faturar antes que acabe. c) Trabalharei junto às comunidades locais dos municípios de Minas. Quero que estejam preparadas para receber os turistas e que lucrem com isso, de diversas maneiras. Se marcou c/a/c, você tem futuro.

ESTADO DE MINAS


conta aí!

ESTADO DE MINAS

www.raggadrops.com.br

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

agenda agenda

Mercado Santa Tereza

POR

Gui Torres

guitorres@hotmail.com

A prefeitura de Belo Horizonte faz, até o dia 5, um concurso pra ocupação do Mercado de Santa Tereza. É um projeto inédito na capital mineira, que reunirá as artes visuais, música, teatro, dança, cinema, moda, oficinas de qualificação e inserção profissional, incubadora de empresas artísticas e um mercado de tecnologias socioambientais. A idéia também é oferecer uma praça de eventos com dois cinemas e um palco de arena multiuso. Na área externa, feiras semanais de flores e orgânicos, artesanato, antiguidades e economia solidária. Belo Horizonte será a primeira cidade do país a ter um centro de excelência em artes e meio ambiente. E sabe quem escolhe qual dos projetos – da iniciativa privada – será o responsável por cuidar do mercado? Você. Pra conhecer os projetos e votar no que você julga melhor, acesse mercadosantatereza.com.br.

BH MUSIC STATION

Está de volta à capital o BH Music Station trazendo, durante um mês, música para as estações de metrô, sempre aos sábados, depois da meia-noite. A estréia do festival conta com Arnaldo Antunes e Edgar Sandurra, Chico Amaral e Nação Zumbi. Além dos shows, rolam performances, esquetes teatrais, poesia e circo. Os shows rolam dentro das estações e a entrada é sempre pela estação Central. Os ingressos custam R$ 30 (meia) e a classificação é 18 anos. Confira a programação completa: bhmusicstation.com.br POWER SUB 17 DIVULGAÇÃO

Imagem 3D de um dos projetos pra ocupação do mercado

“Bem me quer, mal me quer” é o próximo de Érika Por Sebah Rinaldi

Ela é cantora, artista plástica, amiga de Marina Machado e Fernanda Takai, tem um grande carisma e acredita que o MySpace é o orkut da música. Pouco tempo depois de colher os louros do primeiro álbum, No cimento, Érika Machado, de 31 anos, está em vias de finalizar o segundo disco, que deve se chamar Bem me quer, mal me quer. A produção é de John Ulhôa e repete o mesmo formato do anterior. Ou seja, letras fofas e sutis, acompanhadas por melodias redondinhas e adocicadas. Terá faixas como Três por quatro, Rosa e uma canção homônima ao álbum. Infelizmente, nenhuma dessas está disponível pra audição no myspace.com/erikamachado. Pra ouvir ou assistir mais, jogue Secador, maçã e lente no YouTube e confira o clipe, feito de zoação pra irmã (foi ela quem disse). Acesse também erikamachado.com.br e veja como é legal o site oficial de Érika. Quer saber mais ou palpitar? Acesse babyboombh.blogspot.com e converse com a galera.

SEXO? “Qual é a idade certa pra começar a transar?”, “Será que sou gay?”, “Quando devo ir ao ginecologista?”, “Meu pênis é pequeno?” Chega dessas dúvidas. A partir de agora, todas as semanas, o Ragga Drops vai responder toda e qualquer pergunta que você tenha sobre sexo e sexualidade. E quem escolhe o tema é você. Manda pra gente no raggadrops@ hotmail.com, ou liga no (31) 3225-4764. Em nenhum momento, e sob hipótese alguma, vamos publicar o nome de quem fez a pergunta. Por isso, fique à vontade pra fazer contato. Ninguém vai saber que foi você...

Neste sábado, a Power Club Sub17 traz sua mais famosa festa entre a moçada, o Stronda fes. Desta vez serão quatro atrações vindas do Rio de Janeiro, especialmente pra a festa: Stronda bangers, Irmandade da Stronda, MDS Stronda e DJ Wallace mandando ver na pick-up. A festa rola a partir das 14h, os ingressos custam R$ 20 (preço único) e só entra quem tem entre 12 e 17 anos. xoreieventos.com.br Rua Major Lopes 719 – São Pedro Informações: (31) 3077-7551 GAMA GT LANÇA CD

Domingo, a banda de Divinópolis Gama GT apresenta, em BH, o primeiro CD, que leva o nome do grupo formado por Edinho Abreu, Flávio Mendes, Daniel Alvim, Luciano Baiano e Anderson Paulista. No repertório do show, o melhor do pop rock e músicas do álbum de estréia. O show rola a partir das 19h e a entrada é franca. Basta pegar os ingressos na bilheteria do Teatro. Teatro da Maçonaria Avenida Brasil, 478 - Santa Efigênia Informações: (31) 3213-4959

Esquema Light OLHAR VIAJANTE

A casa Fiat de Cultura promove, até o dia 18, a exposição Olhar Viajante. Quem curte história vai se amarrar. Por meio de uma seleção de 182 obras ela propõe uma visão sobre a contribuição estrangeira à arte brasileira do século 19. A mostra compõe ainda uma visão do Brasil a partir de três segmentos. A entrada é gratuita e a classificação é livre. casafiatdecultura.com Casa Fiat de Cultura Rua Jornalista Djalma de Andrade, 1.250 – Belvedere Informações: (31) 3289-8900

Pará de Minas - BARTUCADA

Quem passar pela Girus disco show neste sábado vai conferir altos sows, nos três palcos e nas pistas com DJs. Pra ninguém botar defeito, a programação da noite inclui Bartucada, Koxambra, Carne Nua e Black Jack. Nas pick-ups o DJ Psyfullohms e o residente Coruja. girusdiscoshow.com.br Rua Oito de Maio, 181 – Centro Informações: (37) 3231-6633


aí. z d ou g e h tão C l a t r po Um eito que uj ê. e c s o v o d por o t i é fe

rtal o po r i e m o pri stra é í e mo Dza u s q úsica tivo a m r o s ue colab mundo. A das q ws a l a b u s s sho e. a o , , r o se a i t os de tim ocê g staria s do seu o g u que v ia vai o notíc s você a , e do cidad onteú a c u s o a, d da lteros Além A V aT ps, ivo d s u a Dro l g c g a ex as a, R e Min d Ragg o e, d Esta cliqu , i , u e q s A ces jornal Cada umndo. ni. A a r a o.u edm mo udm te o Gu i d á u a e R de, ponhManifesdte soí.esue. o o t u a m é o Dz o site n , l a n i Af


ESTADO DE MINAS

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

www.raggadrops.com.br

Colaborar

Por Thaís Pacheco

“Com quantos gigabytes se faz uma canoa que veleje nesse infomar?”

Quem aí lembra da música do Gilberto Gil? “Criar meu website, fazer minha homepage [...] Eu quero entrar na rede, promover um debate, juntar via internet um grupo de tietes de Connecticut...” O ex-ministro da cultura já andava bem informado em 1996, quando escreveu a música. Agora, a gente vai mostrar pra ele – e pra você – com quantos gigabytes se faz essa jangada. E olha: nunca foi tão fácil. No Dzaí, por exemplo, o conteúdo não tem limite. Pode mandar quantas fotos, vídeos ou arquivos de áudio quiser. Pode escrever à vontade. O espaço não acaba nunca. Cabe de tudo: vídeos, blogs, fotos, notícias, podcasts. Tudo junto e misturado. E, como diz a própria apresentação: “No Dzaí é possível guardar conteúdos que podem ser publicados ou privados. Outro diferencial é que o Dzaí pertence aos Diários Associados, um dos grupos de comunicação mais respeitados do país e que pretende, a partir desta nova ferramenta, trazer o internauta pra perto da produção das notícias, estimular a livre iniciativa e debater os grandes temas nacionais”. Aí, a pergunta que fica é: você vai ficar fora disso? Pra esclarecer tudo, o Ragga Drops foi conversar com Alexandre Magno, que é o gerente de projeto convergente dos Diários Associados, e um dos grandes responsáveis pela criação do Dzaí. Aliás, Alexandre Magno é bondade nossa. Todo mundo chama o cara de Topô. Pode chamar também ;-)

O que é o Dzaí? Não é só uma rede social. É um produto de convergência de mídia, colaboração de conteúdo e tem, também, alguma coisa de rede social. Mas é uma rede criada em cima de geração de conteúdo. O que é diferente do orkut e outras comunidades em que o conteúdo é gerado a partir de discussões sociais, relações de amizade... O nosso é um pouco diferente, vai mais na linha do YouTube, porque lá, você publica seu conteúdo, vê as pessoas lá dentro, mas quando elas se encontram, discutem o conteúdo que estão publicando e consumindo. Mas tem lista de amigos, por exemplo? Já foi lançado. Mas a gente não chama o Dzaí de site. É uma plataforma de desenvolvimento eterno. Ele é eternamente beta, nunca está pronto. Isso é uma tendência. Somos guiados pelos usuários que geram as demandas e a gente desenvolve. E como é o conteúdo?

A idéia de trabalhar em cima do conteúdo tem a ver com a natureza do grupo (Diários Associados). Somos um grupo de mídia, o que a gente faz de melhor é gerar e publicar conteúdo. Qualquer pessoa que gerar informação, mesmo que não seja jornalista, pode ter seu conteúdo publicado na capa do portal uai.com.br? Tem chance de ir pra capa do Uai, para o jornal Estado de Minas. Se for um vídeo, tem chance de aparecer no jornal da Alterosa, que são veículos responsáveis, com conteúdos mais rigorosos. Isso já aconteceu: um mecânico queria fazer uma denúncia de uma rua onde não pode passar caminhão e ele conseguiu filmar um caminhão que tentou subir e não conseguiu.

CARLOS HAUCK/ESP. EM

Tem quem trabalhe no Dzaí só pra olhar o que está sendo publicado o tempo todo?

Alexandre Magno, o Topô, um dos criadores do Dzaí

Por trás do Dzaí tem uma equipe e um ambiente de administração, onde temos controle de todo conteúdo que foi publicado. É um produto de convergência de 360 graus, de conteúdo, pessoas, mídias, é o elo entre a TV, a internet, o jornal... Qual é a grande vantagem de cada ferramenta? Blog :: Tem muita coisa bacana, mas o mais interessante é a possibilidade de fazer blog colaborativo. Você cria e convida outras pessoas pra escreverem com você, no seu blog. Vídeo :: Pode mandar vídeo em vários formatos, wmv, mpeg, avi. Qualquer coisa que você mandar ele vai converter. A nossa dica é que os vídeos tenham, no máximo, até três minutos, pra que os outros assistam mesmo. Fotos :: O interessante é a facilidade de mandar a foto, não tem que ter preocupação com formato, pode ser até tif. E não tem limite. Pode mandar quantas fotos quiser, do tamanho que quiser. Notícias :: No blog você tem uma página, um layout diferenciado, é mais pessoal, uma relação de colunista mesmo. A notícia, você pode fazer uma coisa menos pessoal, usando um vídeo que você ou outra pessoa postou no Dzaí. Ela é mais detalhada, tem mais texto. Podcast :: A ferramenta é muito simples. Você preenche alguns campos de formulário, procura o arquivo digital na sua máquina e, independentemente do formato você joga para o Dzaí que ele vai converter para o padrão. Agora, vamos falar de uma coisa importante: Por que Topô? É de Topo Gigio (aquele rato, personagem de TV), porque eu andava de bicicleta. Então, ficava só de cabeça raspada e tinha umas orelhas pra fora... Rs


manda o seu!

Intuitivo:

Produza conteúdo

Produzir conteúdo no Dzaí é fácil. Aliás, tudo é conteúdo. O vídeo da festa da sua prima, as fotos de um acidente que você viu, uma análise pessoal de um fato que você gravou com sua voz, um texto sobre qualquer assunto que se queira no seu blog. Daí a tornar esse conteúdo público é rápido, fácil e o melhor: as ferramentas são puramente intuitivas. Se você não sabe, vai aprender agora. Acesse dzai.com.br, faça seu cadastro e se liga no passo a passo:

BLOG Para fazer um blog é preciso escolher apenas um comando: o botão “blogar”. Após o login, na barra de baixo, à direita, coloque o mouse em cima do botão “blog”. Na janela que se abre, clique em blogar. Depois, crie um título para o seu post. Post é cada novo texto que você publica no blog. Pra atrair mais visitantes, use diversas tags ligadas ao tema sobre o qual você está escrevendo. Tags são palavras-chave utilizadas pelos sistemas de busca. Então, escreva seu texto à vontade. Se quiser ilustrar com uma foto, basta clicar no ícone de adicionar imagem e escolher um arquivo do seu computador, que o sistema te ajuda a encontrar, ou uma imagem da internet, que, para usar, basta colocar o link (mas não vá desrespeitar direitos autorais e sair usando foto dos outros sem permissão, hein?!) Pra formatar o texto ou imagem, seja no tamanho, na cor ou na fonte, basta usar as mesmas ferramentas que você está acostumado a usar no Word. Assim como as fotos, também é possível inserir vídeos, links e emoticons. Pra finalizar, defina as permissões de comentários no seu post: qualquer um pode comentar, você deve aprovar o comentário etc. Decida se vai publicar na hora ou agendar a publicação, pra entrar no ar no dia e hora que você quiser e salve. Pronto. Está feito seu blog. Agora, só falta manter o blog atualizado, produzindo conteúdo sempre.

VÍDEO, FOTOS, PODCAST

NOTÍCIAS

O mesmo processo feito pra publicar um post no blog é usado pra publicar um vídeo, uma foto ou um podcast. Basta acessar a barra de baixo, passar o mouse por cima do botão e clicar em “enviar”. Se você não sabe produzir esse tipo de mídia, vá até a página 11. Lá, a gente dá dicas de softwares freewares (os programas que não são pagos) pra você baixar e usar à vontade, links pra aprender a usar e ainda libera umas dicas de hierarquia da informação pra você se tornar um verdadeiro jornalista, ou fotógrafo, ou designer, ou diretor de cinema...

A notícia é como um post de blog. A diferença é que ela é curta e exclusiva: apenas uma notícia por página e permite um debate ali mesmo, nos comentários abaixo dela. Já o blog é mais temático, permite mais elucidações sobre um tema específico e para ler e fazer comentários é preciso clicar na caixa de comentários.


ESTADO DE MINAS

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

www.raggadrops.com.br

MANDOU MANDOUBEM BEM

Diddy

O rapper Sean “Diddy” Combs resolveu dar mais pinta na mídia e aceitou um convite pra participar do seriado CSI: Miami. Ele vai dar as caras em um episódio interpretando um fiscal que não se dá bem com o tenente Horatio Caine, do ator David O capítulo será doeseulixopormusica. Caruso. transmitido ainda este org.br mês, pela CBS.

Fernanda Cunha

Pivô da separação de Susana Vieira e o sanguessuga Marcelo Silva, a estudante Fernanda Cunha apagou o perfil do orkut. Agora, além da fama de destruidora de lares, ninguém mais pode fuçar na vida dela nem deixar scraps pentelhando.

MANDOU MAL MANDOU MAL

FOTOS: DIVULGAÇÃO E TIM WIMBORNE/REUTERS

Rolou no Rio de Janeiro o evento Doe seu lixo, que apresentou shows de 17 bandas, entre elas Charlie Brown Jr. A festa, organizada pela ONG Doe Seu Lixo estava trocando ingressos por lixo reciclável. Pra saber mais:

Nicole Kidman

Claro que Nicole é mais elegante que Britney´s e Pari´s que andam por aí então, provavelmente, ela não sairia sem calcinha. Agora, por descuido – ou por maldade – na semana passada, a ex de Tom Cruise apareceu com um tomara-que-caia que quase caiu. Resultado: Nicole Kidman pagou peitinho.

Quer se manifestar? Mande um e-mail pra

raggadrops@hotmail.com com seu nome completo, idade, cidade e, claro, o que você quer divulgar. Manda o seu!

POR Bernardo

Biagioni

Hoje, o Aumenta o Som dá três dicas de bandas mineiras pra você escutar e ser feliz neste fim de semana. Anota aí e pode confiar.

A Rede

Daniel (voz e violão), André (voz e baixo) e Fred (bateria) fazem samba sem perder a força do rock e, é claro, também fazem rock sem abrir mão da sonoridade do samba. Além das composições próprias, A Rede ainda leva para os palcos Lenine, Nação Zumbi e Pedro Luís e a Parede. Escuta lá no bandaarede.com.

Utopia

Misture um tanto de Los Hermanos com dosagens moderadas de Arctic Monkeys e The Strokes. Por enquanto, são só quatro músicas próprias, mas não faltam razões pra ouvir cada uma delas. E olha que os moleques têm lá seus 16, 17 anos. Acesse o purevolume. com/utopia_ e pode começar pela faixa Deixa.

Black Sonora

É pra agradar a qualquer um que gosta de Tim Maia. Esta é a pedida certa pra quem quer muita energia e suingue, algumas das mais nobres características da música negra. Black Sonora é o que há de melhor na fusão da cultura mineira com os sons que vem de Cuba. Entre no myspace.com/blacksonora e desfrute.

DE: Ludmila Anjos

Godoy DE: Felipe Nogueira

João Luiz, história só fizeMinha vida e minha te conheci... ram sentido quando assim, mas já Não faz tanto tempo ecemos e estiparece que nos conhtoda... vemos juntos a vida r que a vida é Vc me fez percebe e imagina, me mais do que a gentque já não fazia fez sentir de novo o sentido. e nunca, posE, hoje, mais do que mudou (pois m o nã so dizer q vc mo sempre fui. ainda continuo co ar as coisas à Apenas aprendi a olhpouco mais de minha volta com um mpletou, pois alegria), mas me co nças e semesão as nossas difere a gente dar tão lhanças que fazem certo assim!!!!!! a Deus por ter te Meu lindu agradeço elhor coisa que encontrado. Vc é a m a vidinha!!! já aconteceu na minh

e sou de Olá, tenho 19 anos pra um Sete Lagoas. Escrevo s.blogsnte blog, o garfosemde artes er faz do pot.com. Preten stive rei Fa G. M visuais na UF bular este ano. DA com a NTES ARREPENDI Queria me manifestar strado FADA DOS DE ilu os conto esse conto. minha arte, um conto sonesto esse do qual de r Se i: va aí a, em po nem sexo definido, em forma de Ele, ou ela, não tem nem grito. o, nem amigo do infinit m um zumbido no ouvido. co r iza ern inf s no de Gosta anças é FADA. cri las O nome usado pe a. chamar de mal-amad Pra mim, poderia se , ez ss ca es de ento Certa vez, num mom óprio dente de uma vez. pr o ca an arr e qu eis ela s em troca do ca Arrumou uns tro ta. fal fez e insano, do dente qu nsciência depois do ato Burrice! Gritou sua co . ano, um engano não menos que prof Um consolo. Pesado como tijolo. Feliz esteve outrora, nte a deixava triste agora. de porém a falta de um

!!!! TE AMO PAIXãO!!! 4ever, ever Aishiteru pra xuxú!!

ipe Godoy) (texto e desenho: Fel

FOTOS: A REDE/DIVULGAÇÃO, VICENTE MONTEIRO E TOMÁS ARTHUZZI/DIVULGAÇÃO, E MARCUSSANTIAGO/DIVULGAÇÃO

Lixo por música


ESTADO DE MINAS

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

NO NUMBER ONE

Unidade Pampulha

Unidade Caiçara

Unidade Santa Inês

Unidade Planalto

Unidade Funcionários

Unidade Sesiminas

Unidade Prado

o

Unidade Coração Eucarístic

Unidade Belvedere

Unidade Ouro Preto/ Bandeirantes

Unidade Buritis

FOTOS: BARBARA DUTRA/ESP. EM, BRUNA ZANETTI/ESP. EM E MARCELO FONDA/ESP. EM

Unidade Santo Antônio


ESTADO DE MINAS

Estilo:

www.raggadrops.com.br

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

óculos no Oi Mega Rampa

Curiosidades super (in)úteis

teste : :

Fonte: Guinness World Records 2008

Você na galera!

Fim de ano

tos. E viva comemorar vários even de ra ho a do an eg ch cê sabe por Está ço de um novo. Mas vo me co e o an um de o fim comemorando? que, exatamente, está

1. Dia 1o dbae dteezaemqubraol dé oeDniaçaM? undial dea) CCâom ncer de mama

b) Aids c) Tendinite d) Câncer de próstata

2. O que seo? comemora no dia 25 a) Morte de Judas Maria e Cristo b) Casamento entre us Cristo c) Nascimento de Jes Santa Ceia d) Fim do jantar da

rizonte a)Aniversário de Belo Ho ceno mu po Ne o São Joã b) Independência de spo onte riz Ho lo Be c) Aniversário do arcebiItabirde ros Cla tes on M e a d) Fim da guerra entre

12 de dezem

3. a // 4. c

Karin Cristina Soares tem 14 anos e foi flagrada em São Paulo, no Oi Mega Rampa. Mandou avisar que o apelido é Kah e, de vez enquando, dá umas “trombadas” de skate por aí. Aliás, está sempre nos campeonatos e as baladas preferidas são shows de punk rock que ela vai com a galera. O que Kah mais curte no skate é a interação que o esporte promove.

3. O que ébrcoo?memorado no dia

RESPOSTAS: 1. b // 2. c //

FOTOS: BRUNO SENNA/ESP. EM

de dezembr

4. QualtedescotenssuamliidmoenntoosNéatrtaal?dicionalmen

a) Pernil b) Coelho c) Peru d) Frango assado

FOTOS: BRUNO SENNA/ESP. EM

Mariana Martins

Em 2006, o alemão Dirk Gion praticou esqui aquático, durante cinco minutos, em uma velocidade de 32km por hora. O grande lance do recorde é que quem puxou o esquiador foi um transatlântico de 175m de comprimento. Nada de barquinhos pra Gion.

Natieli Coghi

Dave Cornthwaite fez, em 2007, a viagem mais longa em cima de um skate. Foram 5.823km de Perth a Brisbane, na Austrália.

Erick Oliveira

Andrew Rotz é o recordista em pular cordas. O cara ficou duas horas e 10 minutos na função e mandou mais de 11 mil saltos. E olha que nem precisava de tantos pra bater o último recorde, que era de “apenas” 4 mil.


ESTADO DE MINAS

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

manda o seu!

ÁUDIO E VÍDEO: LIBERE O ARTISTA QUE HÁ EM VOCÊ POR Thaís Pacheco

Editar áudio e vídeo não é difícil e a ordem para produzir continua a mesma: processo intuitivo. Aliás, se você aprender a fazer isso, pode ter certeza de que vai agregar valor ao seu currículo. Já pensou que diferença enorme na hora de uma seleção de emprego? Todo mundo manda um papel impresso em um envelope e você manda um e-mail, com o link para o seu “vídeo-currículo”? Os comandos são os mesmos que se usa em qualquer ação no computador: abrir, editar, recortar, colar, arrastar... Isso, é claro, nos processos básicos. Se quiser ser um profissional na área, convém procurar um curso, ler alguns tutoriais e assistir alguns vídeos que ensinam. Sabia que no YouTube existem vários vídeos que dão aulas? No melhor estilo “faça você mesmo”, tem um monte de gente bacana que se presta a gravar e narrar todo o processo de edição e utilização de um programa pra poder ensinar aos outros. Inclusive, os melhores estão no raggadrops.com.br.

VÍDEO :: WINDOWS MOVIE MAKER

ÁUDIO :: AUDACITY Pra editar áudio e criar seu podcast é muito fácil. Vá até audacity.sourceforge.net e baixe este programa, o Audacity.

Ele é levinho, gratuito e está disponível pra Windows, Mac e Linux. Depois, vá até o YouTube e veja a aula do professor Carlos de Lima. O esquema de edição é igual ao do vídeo. É bom que você tenha um microfone em casa pra gravar suas idéias, caso contrário, só poderá brincar com áudio que já existe. E cuidado, hein? Na música também existem direitos autorais e não é legal usar uma música inteira sem licença do autor ou sem pagar o que se deve...

YOUTUBE.COM/REPRODUÇÕES DA INTERNET - 20/11/08

Pra editar um vídeo, você pode usar o Windows movie maker. Ele vem em qualquer versão do Windows, a partir do XP, que é de 2001. Pra editar seu vídeo, basta abrir um novo arquivo e importar as imagens e faixas de áudio que queira usar. Depois, é só jogar tudo no storyboard lá embaixo e ir editando, no bom e velho esquema “arrasta – recorta – cola”. Pra gravar imagens, até celular serve. Uma lição superdidática já foi publicada pelo usuário Lucasloko e tá no site do Drops. Se interessou, confere lá.


ESTADO DE MINAS

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

www.raggadrops.com.br

SETE RAZÕES PRA

NÃO PERDER O

BH MUSIC STATION POR Bernardo Biagioni

Dezessete shows, dezenas de performances teatrais, circo, dança e algumas doses de poesia. O Belo Horizonte Music Station volta à capital mineira, depois de sete anos, pra cumprir seu propósito inicial: promover uma programação cultural diversificada e em um local inusitado. As apresentações rolam durante quatro fins de semana seguidos (dias 29 de novembro e 6, 12 e 20 de dezembro) e serão divididas entre quatro estações de metrô da cidade: Vilarinho, Central, Santa Inês e Minas Shopping. Existem inúmeras razões pra você sair de casa durante o BH Music Station. O Ragga Drops lista sete delas.

>>Passa lá no

bhmusicstation.com.br

e fique por dentro do evento.

>>Entre no raggadrops.com.br e saiba como ganhar um dos três pares de ingressos que a gente vai liberar.

2. Móveis Coloniais de Acaju, um espetáculo à parte

1. Shows •Lokua Kanza e Vander Lee •Marina de la Riva •Marina Machado •Movéis Coloniais de Acaju •Nação Zumbi •O Teatro Mágico •Tattá Spalla •The Dead Rocks •Tom Zé

Um caldeirão que mistura ska, rock, samba, teatro e uma postura muito circense em cima dos palcos. Com direito à interação com o público, os brasilienses são famosos por seus shows extremamente eletrizantes.

3. Conhecer o metrô de BH Se você ainda não passeou no metrô da sua cidade, pode ter certeza que não terá uma chance melhor.

4. Preço Por muito menos que você costuma pagar em um único show, o BH Music Station oferece quatro apresentações por noite. E olha que ainda tem circo, teatro, dança e muita gente bacana pra conversar.

5. Diversidade Em um único dia você pode escolher se quer ouvir jazz, MPB, pop ou rock. Também dá pra ficar na dúvida entre um recital de poesia e alguns minutos de descanso.

6. Conhecer FABRICIO OFUJI/DIVULGAÇÃO

•Ana Cañas •Arnaldo Antunes e Edgard Scandurra •Bossacucanova •Chico Amaral •Clube do Balanço •Érika Machado •Fino Coletivo •Jack Tequila

Da maravilhosa voz de Ana Cañas até o surf music do The Dead Rocks. Além das atrações nacionais, dá pra conhecer um pouco a produção musical mineira.

7. Estrutura Entre uma apresentação e outra, você pode pegar um metrô e se locomover até a estação seguinte, onde irá começar outro espetáculo. Mas, durante a viagem, dá pra conferir nos vagões as performances dos grupos de circo, dança e teatro.


Ragga Drops #40