Issuu on Google+

>> quinta-feira, 4 de novembro de 2010 CARLOS HAUCK/ESP. EM

raggadrops.com.br MSN >> raggadrops@hotmail.com Nathália Starling e Ana Carolina Horta estão sempre com iPhone na mão

David Guetta >> Sunny music >> Justin Bieber >> Shapes personalizados

Com os smartphones sempre na palma da mão, esse pessoal nunca está desconectado Páginas 4 e 5


ADD aí :: Oiee, galera do @raggadrops. Queria que vocês colocassem meu MSN aí na revistinha de quinta que vem: ivyshawty@hotmail.com. Ivynho Shawty, @ivy_shawty, pelo Twitter Aí está, Ivynho! Depois conta pra gente da galera que te adicionou. :)

MATÉRIA DE CAPA :: Acabei de receber uma ligação da Flávia da @revistaragga @ raggadrops sobre as perguntas sobre loucos por internet! Vlw :D Ilmar dos Santos, @ilmargermano, de BH, pelo Twitter

Foi um prazer conversar com você, Ilmar. A entrevista está na matéria Juventude conectada desta edição. Confere lá!

ADD aí :: E tem como não adorar o @raggadrops? Não tem né... adoroadoromuitomuito! *o* Rúbia Gonçalves, @rubi_a, pelo Twitter

A gente concorda plenamente Rúbia! Todo mundo aqui da redação curte o Ragga Drops demais! :D O que você está achando do Ragga Drops? Não quer sugerir alguma matéria para a gente? Escreva! Nosso e-mail é raggadrops@hotmail.com

Um advogado e sua sogra estão em um edifício em chamas. Você só tem tempo pra salvar um dos dois. O que você faz? Você vai almoçar ou vai ao cinema? Batman pegou seu bat-sapato social e seu bat-blazer. Aonde ele foi? A um bat-zado. Um maluco põe uma pedra em cima do rádio. O doutor vê e pergunta: — Porque a pedra sobre o rádio? — É para escutar músicas pesadas. Uma secretária virou pra outra e disse: — Nossa, como nosso patrão se veste bem. E a outra responde: — Bem e rápido!!!

POR Guilherme Torres

O melhor dos melhores Ser eleito pelo DJ Awards o melhor DJ de house music do mundo já é uma façanha e tanto para qualquer profissional da e-music. Mas não bastando o título, DAVID GUETTA ainda conquistou a coroa de terceiro melhor DJ do mundo, de acordo com a DJ Magazine em 2009. Ao lado dele no pódio, nomes como Tiesto e Armim Van Buuren. Tanta pompa e expressão embalam multidões pelo mundo e ele promete não fazer diferente em BH com a turnê One love, um disco pop com uma pegada de electro, gravado em 2009. O produtor e DJ francês fisgou em cheio a atenção e os ouvidos de grandes astros da música internacional que não hesitaram em ceder seu vocal para parcerias de sucesso como Akon, Will.i.am, NeYo, Kelly Rowland e Madonna. Além de outras futuras como Britney Spears, Rihanna e, claro, Lady Gaga. O último grande destaque do DJ foi sua participação na música I gotta feeling, do The Black Eyed Peas. O trabalho em conjunto resultou em um dos maiores (talvez o maior) hit do ano, que vendeu mais de 6 milhões de downloads na internet e ficou por 14 semanas no topo da parada da Billboard. Graças a isso, ele foi nomeado para nada menos que quatro categorias do Grammy Awards neste ano. A apresentação de Guetta em BH é especial, para comemorar os cinco anos do Circuito Peugeot de Música Eletrônica, um dos mais famosos festivais de e-music do Brasil, que contará também com a line-up do residente da naSala Válber, Ale Reis e Mário Fischetti

davidguetta.com

Onde: Espaço Folia // Rua Gabriela de Melo – Olhos d’Água Quando: Sábado, às 14h Classificação: 18 anos

EM 140 CHARLIE BROWN JR. Amanhã, tem Charlie Brown Jr. com turnê Camisa 10, no Chevrolet Hall. No show, a mistura de hip hop, rap, reggae, hardcore, dub e o rock que consagrou a banda. Mais: charliebrownjr.uol.com.br 25 ANOS BAT-CAVERNA Sucesso do carnaval de Diamantina, o grupo Bat-Caverna faz show de aniversário, sábado, no Music Hall. Mais de 50 integrantes da bateria comandam a festa de lançamento do CD comemorativo. Mais: batcaverna.com.br BLACK AND WHITE AFFAIR Amanhã, no Chalezinho, tem festa que promete atrair os opostos, que devem ir vestidos de branco ou preto. Esquentando a pista, o residente Siman, Fred Fortes, e Babi, com o melhor do house e hip hop. Mais: clubechalezinho.com

DARRIN ZAMMIT LUPI/REUTERS

Ragga agência de comunicação integrada

(31) 3225-4400

DIRETOR GERAL Lucas Fonda . DIRETOR DE MARKETING E PROJETOS ESPECIAIS Bruno Dib . DIRETOR FINANCEIRO J. Antônio Toledo Pinto . GERENTE DE COMERCIALIZAÇÃO E MARKETING Rodrigo Fonseca . EDITORA Flávia Denise de Magalhães . JORNALISMO Sabrina Abreu e Bruno Mateus . ESTAGIÁRIAS DE JORNALISMO Izabella Figueiredo Twitter: @raggadrops e Brenda Linhares . DESIGN Marina Teixeira, Anne Pattrice, Isabela Daguer e Bruno Teodoro . FOTÓGRAFOS Bruno Senna, Carlos Hauck e Ana Slika . NÚCLEO WEB estagiários Lucas Oliveira e Ricardo Lima . ARTICULISTA Lucas Machado. COLABORADORES Pílula Pop, Tomaz de Alvarenga e Guilherme Torres raggadrops@hotmail.com

ESTADO DE MINAS >> quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Interior CLUBE PRIVILÈGE COM JOÃO LEE – Juiz de Fora O DJ João Lee, filho da cantora Rita Lee, se apresenta sábado, no Clube Privilège. Na noite ele mostra o melhor das influências de Nic Fanciulli, Gui Boratto e outros com sets de house e suas vertentes. Mais: privilegenet.com.br


raggadrops.com.br MANDA O SEU

Confira essas e outras fotos da festa na dDuck no raggadrops.com.br FOTOS: ANA SLIKA/ESP. EM

NA DDUCK

..................................................................... Amanda Cransford (21) .............................................................................. Archana Bhakta (23) ................................. Roberta Queiroz (19) e Izadora Macedo (19)

........................................................................ Nathalia Lima (25) ......................................... Taissa Fernandes (21) e Samira Costa (21) ......................................................................................... Ravi Belardi (24)

................................................................................ Thiago Bernardo (20) ................................................................................. Sofia Lobato (21) ................................................................................................... Slen (22)

................................................................... Fernanda Pollesca (22) .................................................................................. Daniella Paiva (22) ........................................................................................ Felipe Gobbi (23)


ESTADO DE MINAS >> quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Leonardo Leite mantém contato com amigos da sala ao lado e de outras cidades pelo telefone

5 APPS DO IPHONE PARA AJUDAR NA ESCOLA Todo: Esse aplicativo é a versão moderna e digital das agendas. Além de caber no bolso do jeans, permite o agendamento de alarmes para aulas, deveres de casa e o que mais for necessário. Preço: US$ 4,99 The Elements: Essa versão da tabela periódica

ajuda até o aluno mais distraído a decorar os elementos. Para cada um há um texto explicando sua origem e onde é mais comumente encontrado, além de vídeos e fotos do elemento bruto e objetos feitos a partir dele. Preço: US$ 9,99

iPhisics Lite: Esse aplicativo transforma a matéria de física do colégio em jogos. As leis de Newton ficam muito mais fáceis de entender quando você tem um sistema de roldanas que realmente funciona na tela. Preço: US$ 1,99 Scientific Graphing Calculator: Basta

digitar a equação que o graphing calculator gera o gráfico instantaneamente. A calculadora também é boa para quem tem exercícios de geometria para resolver. Preço: US$ 0,99

Dropbox: Muito mais perigoso do que ter o trabalho final comido pelo cachorro é perder o arquivo porque o PC travou. Com esse aplicativo você salva tudo na “nuvem” e pode recuperar o arquivo de qualquer computador. Preço: Grátis

JUVEN CONEC

Computador, celular e smartp estão incorporando vários

Quando Ilmar Germano acorda, a primeira coisa que faz, antes mesmo do café da manhã ou do banho, é conferir o que rolou no Twitter enquanto dormia. O estudante da Fumec passa todos os minutos em que está acordado conversando com amigos no serviço de microblogging. E não tem problemas em revelar para o mundo que fica “uma média de 12 horas por dia twittando freneticamente”. A dedicação ao meio digital é tanta que Ilmar conversa com gente que está a poucos metros de distância pelo Twitter. “Fica eu e mais seis amigos, sentados na mesma sala, conversando.” Para ele, a troca de mensagens é uma forma discreta de comunicar com a galera. “Imagina várias pessoas conversando durante a aula”, explica. “Acabava atrapalhando muito mais.” Outro aficcionado pelo Twitter é Nelson Avelar. O estudante do colégio Rui Barbosa passa o dia on-line. “O tempo inteiro acesso o Twitter e de vez em quando acesso Orkut e Facebook”, explica. A conversa com os amigos continua até mesmo durante a aula. Ilmar e Nelson não são exceções. Na verdade, eles representam a

maioria dos adolescentes, de acordo com uma pesquisa do Pew Research Center sobre Internet & american life Project surveys (Projeto de pesquisa da Internet & vida americana), 86% das pessoas entre 18 e 29 usam redes sociais, contra 61% das pessoas entre 30 e 49 anos. A mesma pesquisa revelou que 93% dos jovens até 18 anos estão on-line. Para o professor da Faculdade de Comunicação e Artes da PUC Minas Eduardo de Jesus, a porcentagem de jovens conectados é um fenômeno cultural natural. “Faz parte da experiência contemporânea estar nos dois lugares (real e virtual)”, defende. Ele explica que, quanto mais o jovem for conectado no mundo virtual, mais conexões terá no mundo real, ou seja, mais amigos ele vai ter. A afirmação do professor é confirmada quando você conhece Leonardo Leite. O estudante de Formiga passa até seis horas por dia no telefone, sem contar as quatro horas que fica com o PC ligado quando chega em casa. O curioso é que essas 10 horas por dia não são passadas em solidão. O principal uso do celular é para mandar mensagens e quando está no PC divide o tempo entre jogos e Orkut.

OLHA ISSO >> Namoro pelo celular? Veja o que nos


raggadrops.com.br POR Flávia Denise de Magalhães

NTUDE CTADA NA TELA DO CELULAR Que todo mundo está conectado o tempo inteiro a gente já sabia, mas a grande diferença é em qual tela as pessoas se concentram. Enquanto muita gente ainda fala do “advento do computador” e a grande novidade que é a internet, adolescentes estão se distanciando dessa máquina de mesa, que demora pra ligar, e gastam cada vez mais tempo no smartphone. A estudante Nathália Starling admite que está conectada por meio do iPhone “24h por dia”. O envolvimento dela e de suas amigas com o aparelho é tanto que parou a entrevista para atender a ligação de uma amiga – que estava a 30 metros de distância. Ela e a amiga almoçavam com o celular no bolso. Ana Carolina Horta, a amiga de Nathália, é outra que não fica longe do seu iPhone. Só de mensagem – sua atividade preferida no gadget

– ela manda mais de 300 por mês. É muito texto para conversar com a galera, perguntar qual é a próxima aula e conferir o andamento do trabalho.

5 APPS DO IPHONE PARA DEPOIS DA AULA Doodle Jump: Joguinho altamente viciante, tem como objetivo fazer um pequeno personagem, que mais parece um desenho encontrado na carteira do colégio, pular de barra em barra, inclinando o telefone para um lado ou outro. Preço: US$ 0,99

E TER SMARTPHONE ATRAPALHA NA ESCOLA? “Cada geração usa a internet de uma forma”, explica Eduardo de Jesus. “E tecnologia não atrapalha o jovem”, completa. Para ele, a escola ainda não aprendeu a absorver o que já virou hábito entre os jovens. Apesar de defender a liberdade tecnológica, ele admite que, para os muito jovens, é importante colocar limites. Alice Horta está tentando diminuir o tempo que passa no celular. Como estava indo mal na escola, a coordenadora do colégio sugeriu que ela colocasse o celular na mochila em vez de deixar ele no bolso ou em cima da carteira. Alice seguiu o conselho e conta que a tática deu resultado. As notas melhoraram. A amiga de Alice, Gabriela Greco, também evita usar o celular na escola. Só quando a aula está mais tranquila ela pega o telefone e confere o seu perfil no Facebook – tudo muito rápido para não atrapalhar os estudos.

Street Fighter IV: Não importa quantos anos você tem, tenho certeza que você sabe o que é Street fighter. Para quem acabou de chegar de Marte, o jogo permite que você escolha um lutador e participe em lutas lendárias de três rounds. Preço: US$ 9,99 Guitar Hero: Esse game é um dos mais conhecidos e amados que existem hoje. Com ele, você pode acompanhar todo tipo de músicas com guitarra virtual. Preço: US$ 2,99

FOTOS: REPRODUÇÃO DA INTERNET

Até mesmo durante a aula ele continua em contato com amigos. Quando a aula está mais tranquila, troca mensagens com amigos da mesma turma, com amigos de outras séries e até mesmo com quem nem sequer está na mesma cidade.

FOTOS: CARLOS HAUCK/ESP. EM

phone: Como os jovens de hoje s gadgets no seu dia a dia

Alice Horta e Gabriela Greco evitam usar o aparelho durante a aula

Truco Brasil: Como eles conseguiram ensinar o celular a trucar é um mistério, mas o jogo funciona e é um ótimo passatempo para quem tem o horário livre. Preço: US$ 0,99 Forca Brasil: Para que brincar de forca no papel quando você pode fazer isso no iPhone? O aplicativo brasileiro pode ser usado por um ou dois jogadores. Preço: US$ 0,99

ssos entrevistados acharam disso no www.raggadrops.com.br OBS: Doodle Jump, Street Fighter IV e Guitar Hero só podem ser comprados no Brasil por quem tem Jailbrake no iPhone


ESTADO DE MINAS >> quinta-feira, 4 de novembro de 2010

ANDRÉ SCHECK/DIVULGAÇÃO

POR Tomaz de Alvarenga

@Tummus Hoje tem a confraternização dos terceiros anos na escola e eu não sei nem se vou fazer formatura. @LeoJaime Sendo bem claro. Para mim não tem PSDB ou PT, direita ou esquerda. Tem bandido e honesto. Competente e incompetente. @SergioMarone SOCORRO! Um povo subordinado é como uma boiada subserviente, a caminho do matadouro.

myspace. com/ peixoto. maxado

LET’S DANCE

@barbaraevans22 GENTE, COMO MUDA A FOTO DO TWITTER????

Peixoto & Maxado é muito mais do que uma dupla. Talvez seja o grande nome da “sunny music” nacional – calma, esse termo não existe. O termo “sunny” pode até remeter a algo mais obsceno, mas a banda serve como trilha para todos os atos, desde que se carregue um sorriso no rosto. Principalmente se o dia estiver ensolarado. O grupo é uma reunião de grandes músicos que tocam ska, reggae, dub, rocksteady, soul. Enfim, música alegre, ensolarada, dançante. Tudo está inserido no CD I wanna shoyu, que deve ser exibido e apreciado por todos. Esta trupe da diversão é composta por

Eduardo Faigueimboim, o Peixoto (voz), Felipe Machado, o Maxado (voz), muito bem acompanhados de Mauro Motoki (ukulele e guitarra), Fábio Pinc (guitarra), Meno Del Picchia (baixo), Agenor de Lorenzi (teclado), Marcelo Freitas (sax), Paulinho Viveiro (trompete), Jaaziel Gomes (trombone). A bateria está ora com Samuel Fraga, ora com Angelo Kanaan. Foram 386 caracteres escalando a banda por uma simples razão: merecem aplauso. Die in vain, pra sorrir. Mojo, pra gritar. I wanna shoyu, dançar. The bus, contemplar. Até em dias chuvosos, permita que o sol entre, basta se deixar levar.

@mabrafman Se você tem um namorado bonito, você é uma amiga relapsa. @marcoluque “Diga me com quem andas que lhe direi quem és”..... sou um alienígena?! http://plixi. com/p/53213877 @marcelostrike RT @rodrigostrike: Fiquei sabendo que o hotel em Vitória é de frente pra praia, delícia, tomara que esteja rolando um solzinho por lá! @tiodino A verdade está lá fora. E deve tá tomando cerveja com a vida. @pedroneschling Saindo da exposição de pintura contemporânea alemã com a sensação que eles são um povo de natureza bastante agressiva...

ROBYN BECK/AFP PHOTO

POR Renné França >> pilulapop.com.br

migre.me/1Oltu >> Ensaio de moda dos anos 60 ou da semana passada? migre.me/1OlKL >> Unhas inspiradas em True Blood! Haja esmalte vermelho!

CINEBIOGRAFIA TEEN O título, por sinal, é o nome de uma música que Bieber escreveu para a trilha sonora do remake de Karatê Kid, aquele com o filho do Will Smith que passou recentemente nos cinemas brasileiros. Os quase US$ 200 milhões que o filme arrecadou nas bilheterias americanas muito provavelmente vieram do bolso (dos pais) das Biebermaníacas, prévia do que deve acontecer com Never say never. O trailer do filme já saiu e você pode assistir, por sua conta e risco no:

www.pilulapop.com.br/2010/10/ cinebiografia-teen

migre.me/1Om4h >> Esse vídeo mostra de onde vêm as inspirações dos artistas. FOTOS: REPRODUÇÃO DA INTERNET

Do alto de seus 16 anos de idade, o senhor Justin Bieber ganhou uma cinebiografia. Logo, logo deverá receber um Grammy pelo conjunto da obra e aos 20 anos, homenagens dignas dos 70 anos do Pelé. Mas a não ser que os produtores do filme estejam certos de que a carreira do garoto vai acabar cedo, como é comum a tantas jovens celebridades, Never say never é só mais um desses caça-níqueis que, não poderia ser diferente, será lançado em 3D.

austinkleon.com >> Esse cara vai “deletando” palavras desnecessárias no jornal até só sobrar um poema.

migre.me/1OmI6 >> Já esse vídeo faz a procrastinação parecer uma forma de arte! migre.me/1On96 >> Qual é o tamanho real da África? Essa ilustração ajuda a dar uma noção.


raggadrops.com.br MANDA O SEU

PARA SEMPRE POR Flávia Denise de Magalhães

REPRODUÇÃO

dzai.com.br/blog/livrolivre @bloglivrolivre

Ever Bloom está deprimida há meses. Desde que seus pais e sua irmã mais nova morreram em um acidente de carro, a garota divide seus dias entre a casa da sua tia – que é grande demais para qualquer um se sentir confortável – e a escola, onde ela é a órfã que nunca se recuperou da perda de seus pais. Como se não bastasse o sofrimento de sobreviver a um acidente de carro que matou todo mundo que mais amava, ela começou a enxergar a aura das pessoas e a escutar seus pensamentos desde que acordou no hospital. Cada vez que toca uma pessoa, ela é sobrecarregada com tudo que essa pessoa sente e pensa.

A maldição acaba quando Damen começa a estudar na mesma escola que ela. Quando ele chega perto, o mundo fica silencioso e ela tem uma chance de viver a vida como uma adolescente normal. Porém, o garoto que faz as vozes se calarem é mais perigoso do que parece e guarda muitos segredos, incluindo a terrível verdade sobre o acidente da família de Ever e seus novos poderes. Para sempre é o primeiro livro da série Os Imortais de Alyson Noel. INFO Editora Intrínseca // 204 páginas // R$ 29,90

POR Izabella Figueiredo

O blog Listas Literárias consegue transformar todo tipo de assunto relacionado à literatura em uma lista dos melhores. Abaixo, a versão resumida das “6 maneiras de viajar para outros mundos segundo a literatura”: Pegando um trem (Harry Potter), atravessando o gampi (O segredo da plataforma 13), entrando em quadros (Crônicas de Nárnia), pegando o anel amarelo (Crônicas de Nárnia), seguindo o primeiro coelho apressado (Alice no país das maravilhas) e sendo sugado por um furacão (O mágico de Oz).

Continua no listasliterarias.blogspot.com por Douglas Eralldo GOSTOU? Mande seu blog pra gente! Vamos adorar gastar nossa tinta com suas palavras: raggadrops@hotmail.com

AMIGAS–IRMÃS A frase “vocês são tão amigas que até parecem irmãs” nem sempre faz sentido. Serem filhas do mesmo pai e/ou mãe não garante que duas meninas se deem bem. A ficção e a realidade estão cheias de exemplos de irmãs parceiras ou rivais. E existe até livro escrito sobre o assunto. Quer saber quais?

Vai lá: migre.me/1OkN7

MUNDOELA.COM.BR

“Em Belo Horizonte não tem nada para fazer.” Você mesmo já deve ter repetido esse mantra inúmeras vezes. Se “Belo Horizonte é um ovo e todo mundo está frito”, aquela regrinha de que “na nossa cidade todo mundo conhece todo mundo” deixa de ser implicância e realmente desespera os que saem “em busca de gente nova”. Em contrapartida, quem não pode reclamar são os O Boulevard é mais uma meca shopaholics de BH, já que de de compras da nossa capital setembro pra cá fomos presenteados com expansões comerciais e até mesmo com o surgimento de um shopping novinho em folha. A começar pelo Pátio Savassi, já passou da hora de você sair da porta do shopping ou se concentrar apenas na programação do Cinemark. Desde setembro que o piso L3 deixou de ser meio fantasma para abrigar lojas bacanas como Maria Filó e a carioca Eclectic (com inauguração prevista para novembro). Já o BH Shopping – que parecia não ter mais para onde crescer – ganhou um quarto piso repleto de marcas linda$ e metida$. O destaque fica para a suculenta Fnac, paraíso para os fãs de livros, DVDs e eletrônicos. Como se não bastasse, a inauguração de um novo shopping promete. O Boulevard é enorme e vale a pena dar moral para as mineiras Chouchou e Boundless. Aos que buscam distração na “cidade que não tem nada para fazer”, estamos até bem, não?

DIVULGAÇÃO

Como viajar entre mundos

JÁ QUE BEAGÁ NÃO TEM MAR, VOU PRO SHOPPING


SHAPE STYLE LONGE DE SEREM UNIFORMIZADOS, OS SHAPES PODEM SER PARTE DA PERSONALIDADE DO SKATISTA

CARLOS HAUCK/ESP. EM

raggadrops.com.br

ESTADO DE MINAS >> quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Marcelo Monteiro, de 12 anos, Renato Monteiro, de 16, e Arthur Santana são fãs de um shape customizado

AUTENTICIDADE É TUDO Você pode até não saber se equilibrar sobre uma prancha de compensado e deslizar sobre o solo ensaiando manobras radicais, mas com certeza acha bonito quando vê quem faz isso bem. E esse pessoal tem todo um estilo próprio de ser. Bonés, calças largas, gestos e expressões identificam os amantes dos esportes street. Se a originalidade funciona como prérequisito para ser um autêntico skatista, tem gente que dá um passo além e busca imprimir ainda mais sua identidade “skateboarder”. É aí que entram em cena os equipamentos. O shape é justamente aquela base de madeira onde o skatista se equilibra. São tantos modelos e inclinações que essa tábua aparentemente simples pode estabelecer um diálogo perfeito com a arte, já que basta um corte inusitado, como a forma de uma lata de spray, e bastante criatividade para que o skatista tenha uma peça única, que seja a cara do seu dono.

SKATE TAMBÉM É ARTE Matheus Queiroz, proprietário da De

Rua Skate Shop, é tão apaixonado pelo esporte que, além de trabalhar com a venda de roupas, acessórios e peças para skatistas, customiza shapes para o público. A idéia surgiu a partir da parceria de Matheus com um amigo que reciclava outro tipo de shape, chamado “dogtown”. “Do material reciclado surgiu o nosso shape exclusivo, que chamamos de vira-lata.” Com a base do shape garantida, o rapaz resolveu usar técnicas de grafite para montar um skate com a sua cara, criando uma obra de arte que seria usada para praticar o esporte. Não demorou para que Matheus começasse a receber encomendas. “As pessoas procuram esse serviço em benefício próprio e até para presentear alguém.” O shape personalizado custa em média R$ 90 e é “feito de acordo com os gostos da pessoa”. Na loja também é possível encontrar shapes com cortes inusitados como pés e latas de spray, mas apesar do visual bacana, as formas não tradicionais dificultam na hora das manobras. “O skate até desliza bem, mas manobrar é praticamente impossível”, observa Marcelo Monteiro, de 12 anos.

O MESTRE DAS CUSTOMIZAÇÕES Velho amante da arte de rua, o paulista Vinicius “Popó” é doutor na arte das customizações. Em meio a aplaudidas transformações coloridas de tênis, móveis, galochas e tudo mais que pode virar arte, Vinicius tem um carinho especial pela customização de shapes. Popó começou a carreira espalhando cartazes desenhados por ele e hoje tem um blog sobre customização na MTV. Para ele, “ter um shape customizado é uma demonstração de atitude”, uma vez que manifesta claramente a identidade do dono.

EM CIMA DE UMA OBRA DE ARTE Embora esteticamente bonito e diferente, a única polêmica que gira em torno da customização de shapes é se o dono vai ter coragem de usar a peça. Graças ao desgaste provocado após o uso, muita gente prefere deixar o shape como decoração. “Quando você tem um skate que é a sua cara, você vai acabar não usando só pra não estragar”, explica Matheus Queiroz. E você, seria capaz de pisar em uma obra de arte?

OLHA ISSO >> Leia a entrevista com Vinícius “Popó” na íntegra” no www.raggadrops.com.br


Ragga Drops #141