Issuu on Google+

>> quinta-feira, 23 de setembro de 2010

raggadrops.com.br

FOTOS: BRUNO SENNA E CARLOS HAUCK/ESP. EM

MSN >> raggadrops@hotmail.com

Banda Done >> Pelada com Skank >> Filmes 2010 >> Brazilian day

A Ragga colocou Hélio Costa e Anastasia para falar na semana passada. A gente quer ajudar você a votar direito Páginas 4 e 5


Ragga agência de comunicação integrada

DEBATE Fui ao debate do @raggadrops com o @HelioCosta15 :D Muuuuuuuuuuito bacana! Lorena Castro, @lorysays, pelo Twitter

Qual é o nome de um homem sensível, bonito e inteligente? Boato.

@raggadrops Parabéns por fazer os debates. Diego Sans, @DiegoSans, pelo Twitter Participei de sabatina com jovens no jornal Estado de Minas. Também sou @raggadrops! http://twitpic.com/2o1nrz Antonio Anastasia, @Prof_Anastasia, pelo Twitter As sabatinas foram tão bacanas que a gente resolveu até colocar na capa do caderno. Quem não pôde aparecer, corre lá nas páginas 4 e 5 que vai dar pra ter uma ideia de como foi.

SIGA OS BONS Seção Clica aí do @raggadrops de hoje teve indicação boa: @carpinejar! *o* Rúbia Gonçalves, @rubi_a, pelo Twitter

Qual é o aspecto semelhante entre os homens que vão a bares para solteiros? Todos são casados. Quando os homens mostram seus planos para o futuro? Quando compram três caixas de cerveja. O que disse Deus depois de criar o homem? Preciso ser capaz de fazer coisa melhor.

E agora a gente deixa outra boa indicação: @rubi_a. (: O que você está achando do Ragga Drops? Não quer sugerir alguma matéria para a gente? Escreva! Nosso e-mail é raggadrops@hotmail.com

POR Guilherme Torres

Menos cor, mesmo talento Na estrada há menos de um ano, mas a todo vapor, a BANDA DONE (“feito” ou “pronto”, em português) vem mostrando que ainda há espaço para o novo estilo de bandas coloridas que caiu no gosto da moçada com seu power pop e estilo inconfundíveis. Formada pelos mineiros de BH Gui Coacci (vocalista), Moe (guitarrista), João (baixista) e Caio (baterista), a banda surgiu entre amigos e desde então vem ganhando espaço com esforços próprios: “Gravamos nossas músicas em casa, cortávamos nosso cabelo, até já chegamos a fazer nossas camisas, mas hoje temos o mesmo personal stylist do Restart, porém com outro estilo de roupa”, explica o vocalista Gui. Os fãs vieram por meio de redes sociais como Twitter e Facebook e, com a força dos internautas, pularam para os palcos de BH, e já tem no currículo participações em shows como das bandas Restart, Steven e Etna, de São Paulo, e da banda Cine, no show que rola na capital mineira no dia 2. Mas antes disso, eles se apresentam neste domingo, no Music Hall, ao lado do Bonde da Stronda. Com repertório de sete canções próprias e remake de hit baiano que será surpresa, a inspiração, o vocalista garante, não é somente das bandas coloridas: “Antes de Restart e outras bandas do gênero, já tínhamos nossas músicas. Não estamos pegando carona, temos uma inspiração com um pouco do rock dos Jonas Brothers, o instrumental da Demi Lovato e o eletrônico, com os efeitos dos anos 1980, do grupo Cash Cash”, conta Gui. Inusitadas, mas se forem escutadas em uma sequência correta, todas as canções da banda formam uma única história de amor. “E as fases da relação continuam daqui pra frente. É como se fosse a segunda temporada de uma série”, explica o vocalista.

myspace.com/donerock

Onde: Music Hall // Avenida do Contorno, 3.239 – Santa Efigênia Quando: Domingo, às 17h Classificação: 14 anos

EM 140 BELATRIZ Até domingo, a companhia teatral Caixa de fósforos apresenta o espetáculo Belatriz. No palco, o encontro poético, com clima realista, entre um mendigo e um traficante. Mais: ciacaixadefosforos.com.br PLANETA BRASIL Skank, Pato Fu, Maria Gadú, Jorge Ben Jor e Lulu Santos agitam BH neste sábado, no Festival Planeta Brasil. A edição 2010 abrange ainda gastronomia, esporte e solidariedade. Mais: festivalplanetabrasil.com.br Interior TRIÂNGULO MUSIC 2010 – Uberlândia Amanhã e sábado, Uberlândia recebe a maior micareta do Triângulo Mineiro. No palco, Claúdia Leite, Hori, João Bosco & Vinicius, Jota Quest, Ivete Sangalo, Victor & Léo, NX Zero e Restart. Mais: triangulomusic.com DIVINA LIGHT 2010 – Divinópolis Com supershows do cantor Tomate e da dupla sertaneja Jorge & Matheus, sábado rola mais uma edição do Divina Light 2010. A festa contará com quatro espaços especiais entre pista e camarotes. Mais: (31) 3209-0505

SKYE S./DIVULGAÇÃO

(31) 3225-4400

DIRETOR GERAL Lucas Fonda . DIRETOR DE MARKETING E PROJETOS ESPECIAIS Bruno Dib . DIRETOR FINANCEIRO J. Antônio Toledo Pinto . GERENTE DE COMERCIALIZAÇÃO E MARKETING Rodrigo Fonseca . JORNALISMO Bernardo Biagioni, Sabrina Abreu, Bruno Mateus, Izabella Figueiredo e Lucas Oliveira DESIGN Marina Teixeira, Anne Pattrice e Isabela Daguer . FOTÓGRAFOS Bruno Senna e Carlos Hauck . ARTICULISTA Lucas Machado COLABORADORES Pílula Pop (pilulapop.com.br), Tomaz de Alvarenga, Júlia Andrade, Marcella Brafman, Brenda Linhares e Guilherme Torres

Twitter: @raggadrops raggadrops@hotmail.com

ESTADO DE MINAS >> quinta-feira, 23 de setembro de 2010


raggadrops.com.br MANDA O SEU

FOTOS: CARLOS HAUCK/ESP. EM

NO FUTEBOL DO PLANETA BRASIL

................................ Bernardo Borges (21) e Isabela Delucca (18) ........................................ Camila Araújo (21) e Carla Rocha (21) .............................. Tiago Fernandes (21) e Frederico Guerra (21)

TUDO DO BRASIL Oficialmente, a segunda edição do Planeta Brasil só rola no sábado. Porém, desde o mês passado que Belo Horizonte vem recebendo algumas atrações, como os Falcões e os Loucomotivos, que tocaram por aqui no dia 27. No domingo, rolou até uma pelada com a galera do Skank contra um time de artistas convidados, lá no Campo do Reinando. Foi um sucesso. A festa continua depois de amanhã com Pato Fu, Maria Gadú, Lulu Santos, Jorge Ben Jor e Skank. A programação completa você confere aqui: ............................................... Cadu Costa (21) e Bruninho Aguiar (21) ..................... Fernanda Regatas (21) e Maurinho Gabriel (27)

festivalplanetabrasil.com.br

Lucas Machado (22), Leonardo Lima (21) e Fernando Galuppo (22) ..................................... Lucas Guerra (21) e Renata Mellem (21) .......................... Ana Carolina (20) e Gustavo Cambraia (27)

.............................. Rafael Mendes (25) e Igor Campolina (25) .................................... Gregorio Kuwada (21) e Raul Sampaio (21) ... Eduardo Reuter (22), Guto Guerra (22) e Bernardo Lima (22)


ESTADO DE MINAS >> quinta-feira, 23 de setembro de 2010

VAI EM

O Ragga Drops bombardeou os dois princ uma sabatina bem bacana. Quem sab

BRUNO SENNA/ESP. EM

Já está chegando o momento em que o Brasil se mobiliza mais uma vez para eleger governadores, deputados, senadores e o presidente. E a gente tá ligado que muitos dos nossos leitores vão votar pela primeira vez em outubro. Por isso, o jornal Estado de Minas, a Revista Ragga

ANTONIO ANASTASIA

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> EDUCAÇÃO

O senhor vai promover o passe livre para os estudantes?

satisfeitos. O que ocorre com a verba da educação, que é tão mal distribuída?

Pergunta de Rafael Heleno, estudante

Pergunta de Larissa Souza, estudante

É bom lembrar o que pode fazer o presidente da República, o governador e o prefeito. O passe livre nas cidades é de responsabilidade dos prefeitos. Cabe à Câmara Municipal votar e deliberar sobre a questão. Sou totalmente favorável, mas para adotá-lo temos de saber que haverá uma compensação no preço da passagem. Se há um benefício, uma isenção, a lei é clara: a passagem deverá ter uma compensação. Essa compensação tem que ser discutida entre os donos das empresas, os concessionários e a prefeitura, que, nesse caso, é o poder que delega. Acho que é uma luta que os estudantes, principalmente os secundaristas, têm há muitos anos e acredito que é chegada a hora de se conceder, porque o custo do transporte é alto e os alunos têm dificuldade.

O grande desafio do gestor hoje é devolver a qualidade ao ensino. Temos que voltar ao padrão de excelência do passado. Para isso, temos de atacar em diversas etapas. A primeira é a estrutura física. Nos últimos anos, conseguimos reformar quase todas as escolas do estado. Fizemos quadras, laboratórios de informática em praticamente 100% das escolas. É claro que sempre haverá necessidades e sabemos disso. A segunda questão é de metodologia, de conhecer como se dá aula, quais são os métodos de aprendizagem e como podemos evoluir. O terceiro ponto, e mais delicado, é tornar a carreira do magistério mais atraente e trazer cada vez mais pessoas que trabalhem felizes. Nosso primeiro grande esforço foi botar ordem na casa, pagar em dia. Tudo dentro da realidade orçamentária do estado. Tínhamos o problema da evasão escolar e conseguimos reduzir em 56%. Temos que continuar semeando e estimulando para que nossa educação frutifique.

Eu, como aluna, gostaria de ter um ambiente agradável, com professores

e o Ragga Drops promoveram na semana passada uma sabatina com os dois candidatos ao governo do estado mais bem posicionados, no Centro Cultural do Estado de Minas, na sede dos Diários Associados. Antonio Anastasia (PSDB) e Hélio Costa (PMDB) responderam às perguntas

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> O JOVEM E A POLÍTICA

O que o senhor pensa em relação à descrença do jovem quando o assunto é política? Pergunta de Maria Eduarda Ávila, estudante Acho que esse pensamento existe, é uma realidade, mas tem que ser afastado, e só pode ser afastado por uma coisa: com bons exemplos. Porque se o jovem na sua formação olha para o mundo político e só vê notícia ruim, maus exemplos, desvio, corrupção, politicagem no baixo sentido, isso desilude. O jovem, por natureza, é idealista. Essa ideia do bom exemplo é que os jovens têm de participar. As pessoas de bem têm que participar, debater, cobrar, criticar e não podem perder a esperança. Vocês aqui esta manhã e os milhares acompanhando pela internet são um sintoma positivo de que os jovens estão se interessando novamente e isso é muito bom. Vivemos em uma democracia, e a democracia só vai se consolidar plenamente se os jovens de hoje participarem, porque daqui a alguns anos um de vocês vai estar sentado aqui como candidato.


raggadrops.com.br

QUEM?

de jovens da Escola Estadual Presidente Antônio Carlos, Colégio Marista Dom Silvério, Colégio Arnaldo, Fundação Torino, Colégio Santo Antônio e Colégio Santo Agostinho e também dos internautas que acompanharam via transmissão ao vivo do Portal em.com.br. O resultado não po-

deria ser mais positivo, já que os jovens compareceram em peso e apresentaram indagações mais do que necessárias. Para você que não pôde estar presente, selecionamos os principais momentos da nossa sabatina. Quem sabe assim o seu voto fica mais fácil?

CARLOS HAUCK/ESP. EM

cipais candidatos ao governo de Minas em be você não escolhe o seu voto agora?

HÉLIO COSTA

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> EDUCAÇÃO

>>>>>>>>>>>> POLÍTICAS PARA A JUVENTUDE

No seu governo, que política seria feita para garantir o ensino público superior de qualidade?

O Brasil está em terceiro lugar no ranking de países com maior extermínio de jovens. Quais são as políticas de juventude que o senhor pretende criar e implantar se for eleito?

Qual o diferencial que seu governo trará? Por que eu deveria votar no senhor?

Bruno Mateus, subeditor da Revista Ragga

Aluno anônimo da Fundação Torino

Vamos começar voltando àquela história de eu querer ser governador porque quero repetir em Minas tudo que o Lula fez pelo Brasil no social e, principalmente, pela educação. Veja bem, um presidente que não tem sequer o curso superior, que não passou do primário, fez 216 institutos federais de ensino no Brasil. Inclusive em Minas Gerais, onde nunca se pensou que ia ter como ocorreu no Vale do Jequitinhonha. Lá em Teófilo Otoni, vamos inaugurar os prédios da Universidade do Jequitinhonha, que coisa maravilhosa. Uberaba, Uberlândia, Juiz de Fora, nunca a universidade pública federal teve tanto apoio e recursos como teve no governo Lula. Dentro da nossa proposta, estamos deixando bem claro que voltaremos no ensino médio com os cursos profissionalizantes, porque o nosso ensino médio está ultrapassado, defasado. Ou o governo do estado assume essa responsabilidade ou tudo vai ficar muito difícil. Ou investimos nos nossos jovens e damos a eles oportunidades ou não teremos futuro.

Tenho uma pequena biografia e fico muito honrado de dizer que sou filho de trabalhador, de gente muito simples. Depois que tive muito sucesso como jornalista internacional, decidi ser constituinte. Fui deputado, eu queria fazer uma obra social. Queria que o meu mandato fosse exclusivamente para ajudar as pessoas carentes que não têm privilégios. Por essa razão, me sinto tão gratificado em ser político, de ser senador da República, e de dizer para você que, se votar em mim, você sabe que está elegendo um governador que, muito embora seja tecnológico, que tenha um iPhone aqui do lado, que tenha dois computadores em casa, que fala no Skype, que fala por SMS, fará um trabalho voltado para as pessoas. Você vai ser lembrado não porque é tecnológico, não porque conhece todos os mundos. Você vai ser lembrado porque você é uma pessoa. Acho que é essa sensibilidade que as pessoas que têm vida pública, que estiveram no Congresso, têm que outras não têm.

Lorena Castro, estudante O jovem é a principal vítima da violência. E se for negro, é a principal vítima, o principal sofredor, é aquele que não tem amparo, que não tem absolutamente ninguém a recorrer. Precisamos fazer alguma coisa, criar as políticas para a juventude, abrir uma oportunidade, criar espaços para que ele possa ter uma convivência saudável. Temos 7 milhões de jovens em Minas Gerais, dois milhões estão matriculados na escola. O primeiro emprego é uma das coisas mais difíceis de conseguir no nosso estado, e no Brasil todo. Uma das coisas que queremos instituir é: a empresa que der o primeiro emprego ao jovem vai ter benefícios fiscais, porque é uma forma de o estado participar desse esforço de realmente encontrar o melhor caminho para o jovem.

Confira a galeria de fotos desta matéria no site raggadrops.com.br


ESTADO DE MINAS >> quinta-feira, 23 de setembro de 2010

EDUARDO FONSECA/DIVULGAÇÃO

POR Tomaz de Alvarenga

@LadyGonga Você tem várias tarefas atrasadas. O motivo disso é que você não sai do Twitter. Muito bonito! @MussumAlive Acabei de ver dois palitos com um azeitona na pontis... Ah nãozis! São os colíriozis! #VMB @laranjudo Sou contra a vaia ao Restart por uma questão de educação, bicho. “Posso estar bêbado, mas sou educado.” Isso é lema de vida.

OFERTA IMPERDÍVEL Você gosta de rock ‘n’ roll, indie rock, hardcore, tem no mínimo 16 anos e não aguenta mais fazer as mesmas coisas nos fins de semana? Seus problemas acabaram! Sábado ocorre a 14ª edição do Flaming Night, o evento já tradicional de Belo Horizonte, que não deixa a cena independente cair no marasmo. Nos últimos anos, este é um festival que está cada vez mais consolidando o nome da produtora 53hc na cidade, com uma fórmula vencedora: sempre apostando na convergência de bandas de renome no underground, com bandas mais novas. E sempre mesclando estilos. Pela primeira vez em BH, os baianos do Vivendo do Ócio estão ansiosos para

mostrar para o seu público o porquê de ser uma das mais promissoras bandas do país. De São Paulo, Vespas Mandarinas, de Chuck Hippolitho (já elogiada neste espaço), pisa pela primeira vez em BH endossada por indicações no VMB, da MTV. Jogando em casa, o Skacilds (também já apresentado por aqui) vai incendiar o Music Hall desde os primeiros minutos. Os capixabas do Mukeka di Rato, com 15 anos de estrada, apresentaram o CD novo, Carne, enquanto o MATANZA mata a saudade de seu fiel público com sua mistura de rock, hardcore e country, já apresentando músicas novas. Acesse já o site e confira todos os detalhes: 53hc.com

@vickalvernaz Eu acho que o cara que controlava a música do VMB não gosta de Restart. Quando a galera começou a vaiar ele tirou a música e deixou o barulho. @osprimitivos Sabe onde o brasileiro é mais rápido? No fim do trabalho. Não tem um país que ganhe da gente na hora de partir pra casa. @m_vasconcellos Minha depiladora chegou aqui anunciando que vai realizar o sonho da vida dela. Casar de vestido roxo e chapéu. @lucioribeiro A nova Kids. Banda neozelandesa faz a música do ano: http://popload.com.br @srtafiaux Ihh voltou a moda de filmes de cachorro falando... @opiordomundo “Canadá apresenta carro elétrico com carroceria de fibra de maconha” – Parece que é um carro D2 lugares.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

POR Daniel Oliveira >> pilulapop.com.br

migre.me/1kCPC >> Versão de Glee para Empire state of mind. migre.me/1kDzf >> Bebês chupando limão pela primeira vez.

FUTURO PROMISSOR ao humor e intimismo de Encontros e desencontros para a cineasta Sofia Coppola. • BLACK SWAN: Darren Aronofsky (O lutador) assombrou os sonhos de quem viu essa mistura de drama e terror: Natalie Portman é uma bailarina tão obcecada em protagonizar o Lago dos Cisnes que pode estar... criando asas. • 127 HOURS: James Franco protagoniza a história real do alpinista Aron Ralston que, numa escalada, ficou com o braço preso sob uma pedra durante o período do título e teve que cortá-lo para sobreviver. Angustiante, assustador e emocionante são alguns dos adjetivos usados para o filme do diretor Danny Boyle, de Quem quer ser um milionário.

migre.me/1kDHF >> Você sabia que as gêmeas Olsen têm outra irmã? migre.me/1kHfE >> Game inspirado em Michael Jackson para Wii. FOTOS: REPRODUÇÃO DA INTERNET

Da bola de cristal do Pílula, quatro filmes que você não vai querer perder nos próximos meses: • A REDE SOCIAL: Semibaseado em fatos reais, o longa de David Fincher conta a história do nascimento do Facebook. Quem viu disse que pode ser o filme que “define esta década”. Previsão de estreia no Brasil para 3 de dezembro. • SOMEWHERE: O vencedor do Festival de Veneza traz um ator entediado que recebe a filha de 11 anos no famoso Hotel Chateau Marmont, onde vive, em Beverly Hills. Com Phoenix e Strokes na trilha, a crítica disse que é a volta

migre.me/1kFCK >> Você em Star wars. migre.me/1kHW6 >> Vejo rostos em todo o lugar.


raggadrops.com.br MANDA O SEU

Assombro POR Flávia Denise de Magalhães

Assombro faz jus ao seu nome. Do mesmo autor de Clube da luta, este é o livro mais perturbador que já li. Depois do primeiro capítulo, foram necessárias algumas horas de TV antes de criar coragem de ir dormir. E, enquanto o livro não acabou, fui incapaz de prestar atenção em qualquer outra coisa. A história consome toda a sua capacidade de concentração. Porém, se você gosta de bizarrices, mistério e terror esse é o livro para você. A história é contada em uma forma não linear. Um grupo de pessoas resolve participar de um retiro isolado para se concentrar e escrever suas obras-primas. Cada um tem uma história e o autor intercala contos do passado

REPRODUÇÃO

dzai.com.br/blog/livrolivre @bloglivrolivre

de cada personagem com o tempo “presente”, no qual estão vivendo dentro do retiro. Logo no começo é possível perceber que esse é um grupo incomum. Todos têm passados que mais parecem histórias de terror, mas ainda assim conseguem criar um presente pior. Chuck Palahniuk é o grande mestre do perturbador. O Clube da luta, seu maior sucesso, pode ser considerado comedido quando comparado aos seus outros trabalhos, mas Assombro é sua grande obra-prima. Só prepare o estômago antes da leitura. INFO Rocco // R$ 49,50 // 388 páginas

POR Izabella Figueiredo, Júlia Andrade e Marcella Brafman :: @ragga_hypers

Meu nome é Homem. Meus pais preferiram não me dar nome específico nenhum. Quando nasci fui apelidado de “Bebê”; depois, quando fui crescendo, de “Criança”, depois “Adolescente” e hoje, “Adulto”. Logo, logo serei chamado de “Velho”. Tenho uma irmã mais nova que se chama Mulher, mas seu apelido atualmente é “Menina”. Mas não tenho um nome que signifique algo em especial devido à época, moda, homenagens, classe social, idolatria, credo político ou religioso, falta de bom senso e gostos específicos. Meu nome é Homem.”

Continua no adolargangorra.blogspot.com por Adolar Gangorra GOSTOU? Mande seu blog pra gente! Vamos adorar gastar nossa tinta com suas palavras: raggadrops@hotmail.com

SPOOLER AO VIVO Tá no Dzaí o clipe da música Entre iguais, da banda belo-horizontina Spooler. Dá até para juntar os seus amigos em casa, aumentar o som, e deixar rolar o som estranhamente confortável do grupo, que se autodenomina de “rock dançante e despreocupado”, com “influências da new rave, do pós-punk e do que há de pior na disco music”. Você vai curtir. Pode acreditar.

Vai lá: migre.me/1jSc1 DZAI.COM.BR

É difícil encontrar um time de fanáticos por tecnologia que ovacione todo e qualquer lançamento como os applemaníacos. Exercendo um papel de celebridade classe A no mundo tecnológico, tudo que o “artista” Apple lança é devorado com vontade pelos consumidores. O que mais surpreende é que o número de afetados pelo vírus da maçã só cresce. Na última sexta-feira, a marca liberou para compra um dos gadgets mais esperados do ano: o iPhone 4. Com a promessa de revolucionar o mercado da telefonia celular, o aparelho provocou filas nas portas das operadoras, que, estrategicamente, promoveram eventos exclusivos para liberar o novo iPhone para compra com algumas horas de antecedência só para clientes vips. Nós, Hypers, estivemos na festa oferecida pela operadora Vivo e pudemos brincar com a pequena maravilha antes mesmo dos primeiros compradores. Sim, o iPhone 4 é mesmo incrível. De todas as novidades, a que mais nos chamou a atenção foi o recurso FaceTime, no qual você pode ver a pessoa enquanto conversa com ela. Maravilhada com o que tinha em mãos, Fernanda Reis, de 25 anos, aguardava ansiosamente o sorteio de dois aparelhos pela Vivo: “Ainda não tenho um iPhone, mas vou ter”. Infelizmente, nossa entrevistada não foi sorteada. Nem a gente, diga-se de passagem.

Fernanda Reis foi prestigiar o lançamento do Iphone 4, mas não levou o grande prêmio da noite JULIANO SACRAMENTO/ESP. EM

Meu nome é homem

O BICHINHO DA MAÇÃ


raggadrops.com.br

FOTOS: DANIEL PAIXÃO/ESP. EM

ESTADO DE MINAS >> quinta-feira, 23 de setembro de 2010

FARRA BRASILEIRA NO TIO SAM NOSSO COLABORADOR VIU O BRAZILIAN DAY, EM NOVA YORK, DE PERTO E MANDOU NOTÍCIAS DE LÁ POR Daniel Paixão

Camisas verde-amarelo por toda a cosmopolita Nova York já anunciavam a festa que ocorreria naquele ensolarado 5 de setembro. Por um domingo inteiro se ouvia em solo americano mais expressões em nosso fatídico português do que em inglês, normalmente predominante. O Brazilian day – maior festival brasileiro no exterior – rolou, como de costume, na Rua 46, conhecida como Little Brazil. Milhares de brasileiros, entre convidados, turistas e moradores de Nova York e estados vizinhos, se reuniram para celebrar a cultura tupiniquim em solo americano. Quem marcou presença no evento pôde conferir os shows de Margareth Menezes, Zezé di Camargo & Luciano e Carlinhos Brown, além de apreciar comidas e bebidas típicas em diversas barraquinhas nos arredores da 46th st. A estudante mineira Débora Evelyn, há 3 meses trabalhando em Nova York, destacou a relevância da festa, pois representa a cultura brasileira, em suas diversas vertentes, em uma das cidades mais importantes do mundo. “É legal ver essa mistura de estilos, como o sertanejo e a música baiana no Brazilian day. Assim, o

Anualmente, o Brazilian day reúne milhares de brasileiros em Nova York. Este ano, Carlinhos Brown deu o ar da graça na 46th street

pessoal daqui não fica achando que o Brasil é só samba e futebol”. A modelo catarinense Carol Baumgartne, há um ano e meio em Nova York, acha maravilhoso que o Brasil tenha um espaço deste porte em outro país: “A gente vê todas as culturas, de diferentes lugares do Brasil, se encontrando no mesmo lugar, no mesmo dia. Acho que é uma diversão pura!”. Carol conquistou o segundo lugar no concurso Musa do Brazilian day, evento paralelo que exalta a beleza da mulher brasileira. Estrangeiros curiosos também curtiram a festa, como a estudante colombiana Andrea Sterling, que confessou apreciar muito mais a festa brasileira do que a de seu país. “A festa do Brasil é muito mais alegre, a comunidade brasileira em Nova York é muito maior e boa parte deles vem pra cá”. No último show da noite, Carlinhos Brow convidou um garoto da plateia para recitar uma poesia para toda a comunidade. O mineiro de São Geraldo da Piedade Edinho Poeta – como gosta de ser chamado – declamou o Poema do imigrante e emocionou todos os presentes, que, por um dia inteiro, tiveram a oportunidade de se sentir novamente no Brasil.


Ragga Drops #135