Page 19

Nazismo

Acervo: Vicente Salles - Ângelus Nascimento

A partir da ascensão de Hitler a Chanceler, começou a nazifícação da Alemanha, acelerada em 1934 quando também assumiu o poder presidencial. As mudanças na estrutura

jurídica do Estado foram acompanhadas do fechamento dos demais partidos, adotando-se o monopartidarismo. A polícia secreta do Estado, a Gestapo, começou a enviar milhares de opositores para os campos de concentração, inclusive Olga Benário, judia, companheira de Luiz Carlos Prestes que foi presa no Brasil, grávida e enviada para a Câmara da Morte. Em 1933, a pretexto de que “os comunistas tinham incendiado o Reichstag”, os nazistas promoveram monstruosa “caça às bruxas” e dissolveram o Reichstag (parlamento). Os próprios dissidentes nazistas, liderados por Roehm, capitão das tropas de assalto, as SA, que se opunham à aproximação de Hitler com os setores da grande indústria, constituindo um exército paralelo, foram eliminados em grande massacre: a Noite dos Longos Punhais (l934). Em pouco mais de seis meses de gestão como Führer, Hitler iniciou a organização do Terceiro Reich. Em 1935, pelas leis raciais de Nuremberg, os judeus, considerados pertencentes à “raça infe-

19

rior”, foram excluídos do direito de voto, eliminados dos empregos públicos, sendo perseguidos ferozmente. A emigração foi maciça, pois a propaganda oficial, estimulando a histeria popular, atiçou a população contra os judeus, ocorrendo a destruição de suas propriedades, o incêndio de sinagogas e o envio em massa para os campos de concentração. A doutrina era dirigida por Goebbels, que suprimiu a liberdade de imprensa e controlou todos os meios de comunicação, impossibilitando a transmissão daquilo que não se referisse favoravelmente ao nazismo e ao seu chefe. A propaganda oficial dava ênfase aos temas racistas, defendendo a superioridade da raça ariana encarnada pelo povo alemão, ameaçado pelos judeus, eslavos e latinos, “inferiores” e “degenerados”. A juventude e os trabalhadores foram enquadrados em organizações controladas pelos nazistas, ao mesmo tempo que se fundavam corporações de patrões e empregados, sendo a greve proibida. A educação voltou-se basicamente para os esportes e se realizaram grandes obras públicas, visando a dar o “pleno emprego” prometido.

www.revistapzz.com.br

www revistapzz com br  

Edição Especial da Revista PZZ sobre a militância política de Dalcídio Jurandir

www revistapzz com br  

Edição Especial da Revista PZZ sobre a militância política de Dalcídio Jurandir

Advertisement