Page 1

Fevereiro 2013 - Ed. 08 - Distribuição gratuita

Cidade

Estância Turística de Itu - História e tradição no interior

Pág.

04

Itu é daquelas cidades que quando a gente chega dá a sensação de que voltamos no tempo. Pura nostalgia! Com seus mais de quatrocentos anos de história, preserva toda a tradição e arquitetura em um centro histórico charmoso e de ruas estreitas (ainda de paralelepípedos), casarões coloniais feitos de taipa, igrejas barrocas e fazendas monumentais da época de ouro da produção e dos “Barões do Café”.

Gastronomia

Pág.

03

Simplesmente irresistível

Sabe aquelas costelas cheirosas e supermacias que a gente enche a boca de água só de imaginar? Pois bem, encontramos e degustamos uma maravilha dessas.

Turismo

Pág.

06

Bichomania

Visitamos o Parque-Fazenda Bichomania, localizada em Caucaia do Alto, em Cotia, pouco mais de 40 quilômetros de São Paulo. É uma superdica de programa, baratinho e saudável. A Reserva Florestal conta com várias atrações interativas. Prepare suas crianças e divirta-se brincando entre os bichinhos.

Aventura Pág. 02 Adrenalina e preservação

Muita adrenalina e preservação ambiental são os principais ingredientes do turismo de aventura. Praticados fora dos grandes centros urbanos, fazem muito bem a saúde.


02 Aventura

Você sabe o que é turismo de aventura?

Pois bem, houve um tempo por volta dos anos 70, que sair por aí (“cabelo ao vento, gente jovem reunida”), pedindo carona pelas estradas era uma grande “viagem” de aventura. E era mesmo. Aliás, ainda é. Mas longe de ser o que hoje conhecemos como “Turismo de Aventura”. Esse se tornou um segmento próspero do negócio do

turismo no mundo. Saiba aqui do que se trata e caia na estrada. Viajar é bom e poder escolher é melhor ainda. Muita adrenalina e preservação ambiental são os principais ingredientes do turismo de aventura. Praticados fora dos grandes centros urbanos, fazem muito bem a saúde física, espiritual e mental. Ain-

da que se trate de superação, tem caráter recreativo e não competitivo. As atividades que podem ser feitas em terra, água ou ar, exigem algum preparo físico e coragem. Alguns mais outros menos, mas todas as atividades têm lá suas dificuldades. E é isso exatamente que tanto atrai e transforma a maioria em apaixonados pelo

segmento. Diz que quem experimenta, nunca mais deixa de praticar. A oferta é grande. Bons destinos no interior não faltam. Cabe ao visitante escolher a atividade que mais lhe agrada e o nível de dificuldade que pretende encarar. Mas atenção: só entre numa atividade dessas, monitorado por gente especializada e acompanhado.

Cachoeirismo

Rafting

Boiacross

Canionismo

O cachoeirismo é a descida de cascatas ou cachoeiras dentro d’água. Esse tipo de turismo emprega várias técnicas e equipamentos semelhantes ao rapel.

Um dos esportes radicais mais procurados pelos turistas, o rafting é a descida de rios com botes infláveis. Existem variantes da prática, como o rafting noturno.

O boiacross é a descida de rios e corredeiras em baias individuais. Assim como o rafting, existem opções mais e menos radicais, dependendo do tipo de rio.

O canionismo é a exploração a pé de corredeiras e pedras ao longo do curso de um rio. Pode haver tanto obstáculos horizontais como verticais.

Cavalgada

Arvorismo

Tirolesa

Quadriciclo

Dicas

Passeios curtos e baratos Tá disposto a fazer um bom passeio sem gastar tempo e nem muito dinheiro? São Paulo tem mil destinos (rurais, gastronômicos, culturais e de aventura), que você pode fazer em um final de semana ou até mesmo em um dia. Selecionamos boas opções para você.

Brotas

Localizada a 242 quilômetros da capital é ideal para quem gosta de aventura. Dentre as atrações destaca-se a Nascente Areia que Canta, uma piscina natural de águas claras; a cachoeira de Brotas; e o turismo de aventura, que conta com oito operadoras de rafting.

São Roque

A cidade, conhecida como a terra do vinho, fica a apenas 60 quilômetros da capital. A boa é o roteiro do vinho, com 10 quilômetros de estrada onde estão todas as vinícolas da cidade, além de restaurantes, pesqueiros e pousadas.

Boituva

A cavalgada é um passeio que pode se estender por vários dias. As trilhas envolvem visitas e percursos com cavalos por paisagens naturais e históricas.

Também visto em ambientes internos, como em shoppings, o arvorismo consiste na travessia de percursos em altura instalados em árvores ou outras estruturas.

A tirolesa é a travessia suspensa por um cabo entre dois pontos que ficam desnivelados para permitir o deslize e o desenvolvimento de velocidade, além da sensação de voo.

Passeio feito em um veículo de quatro rodas para até dois passageiros. O carrinho motorizado de rodas grandes passa por estradas de lama, rios e matas.

Balonismo

Trekking

Paraquedismo

Espeleoturismo

Conhecida como a capital nacional do salto de paraquedas, Boituva fica a 100 quilômetros da capital. A cidade conta com mais de seis escolas de paraquedismo. Outro forte da cidade é o balonismo, uma experiência única de 1 hora com vista de dezenas de quilômetros em todas as direções. EXPEDIENTE

Há balões com capacidade de transportar de um até 32 passageiros. Ele pode chegar a grandes altitudes, porém, os voos acontecem geralmente entre 300 metros e 500 metros.

O trekking é uma caminhada por trilhas com obstáculos naturais, como mata fechada, subidas e pedras no caminho. Em alguns casos, é preciso utilizar equipamentos de navegação para não se perder.

Com um paraquedas nas costas, o aventureiro salta de um avião ou de um balão. De avião, o salto é feito quando a aeronave atinge cerca de 3,7 mil metros. Com o equipamento aberto a navegação dura de 5 a 7 minutos.

Conhecido como turismo em cavernas, o Espeleoturismo é a exploração de grutas, lapas e tocas. Lembre-se de sempre fazer estes passeios com monitores e acompanhado.

Diretor: Robson Santana Editor: Alexandre Barroso Diagramação e artes: Fabiano Oliveira Jornalista: Marco Armando MTB 49.248 Revisão: Priscila Boccato Internet: Amanda Santana Tiragem: 25 mil exemplares Distribuição: Pedágios da CCR ViaOeste

Contato (11) 4784-3430 contato@grupohsv.com.br www.procurandoturismo.com.br


03 Gastronomia

Texto: Alexandre Barroso

Uma costela bovina de tirar do sério

Sabe aquelas costelas, cheirosas e supermacias que a gente enche a boca de água só de imaginar? Pois bem, encontramos (e degustamos, claaaro) uma maravilha dessas no Santa Costela Bar e Restaurante. Localizado na avenida principal de São Roque, interior de São Paulo, o restaurante que já teve unidades em São Paulo e Sorocaba, é bem charmosinho, tem bom atendimento, ar condicionado e tem ainda uma varanda bem arejada para quem prefere atendimento ao ar livre. Fomos em três pessoas, na hora do almoço. A sugestão da casa foi que degustássemos um Rechaud de Costela Bovina (generosíssimo, muito bem servido), com arroz de costela, farofa, polenta frita (torradinha) e uma saladi-

costela sem gordura não é costela, mas o que se pode dizer dessa é que ela vem para a mesa sem nenhum excesso, tenra, úmida, muito macia e muito, mas muito perfumada. Enche o ambiente de sabor aroma e alegria. Ninguém resite. Se você é daqueles que gosta da coisa, tá aqui uma dica boa. De ambiente agradável, com bom atendimento e preço bem razoável (um rechaud comem 3 pessoas com prazer e ainda sobra), visite São Roque e conheça o Santa Costela. O restaurante funciona da hora do almoço até a meia noite, de segunda a segunda e, ninguém perde a viagem. Rechaud de costela bovina com arroz de costela e polenta frita

nha de tomate com cebola picadinha. Acompanham umas torradinhas de alho e uma pimentinha de enrubescer qualquer gordinho. Hummm.

Em pouco menos de 15 minutos estávamos debruçados sobre um suculento prato de tirar do sério. Confesso que Varanda de frente para avenida nunca fui muito fã de

polenta, muito pelo contrário, sempre achei que polenta é a prima pobre da batata frita e do aipim, mas acompanhado daquela carne macia e o arroz “incrementado” com pedacinhos de carne desfiada e pedacinhos de alho frito, foi uma surpresa muito agradável! Joguei-me. E não me arrependi em nenhum momento, ainda

Serviço

que tenha ficado um tanto triste depois de me fartar e me entregar aos prazeres da carne. Sabor dos deuses.

Endereço: Av. Antonino Dias Bastos 37, Centro (Marginal) - São Roque/SP

Cheio de truques, o chef da casa me confidenciou que as carnes do Santa Costela são temperadas, assadas no bafo por volta de 30 horas, antes de chegar à mesa estalando de quente. Obviamente

Funcionamento: Seg - Dom: 11:00 - 24:00 Tel: (11) 4712-8022 www.santacostela.com.br facebook.com/santacostela


04 Gastronomia

Cidade

Churrascaria Plaza Grill

Ampla (250 lugares), moderna (tem Wi-Fi) , aclimatada com ar condicionado, sofisticada e charmosa, a Churrascaria Plaza Grill é uma daquelas que dá gosto de levar a família e os amigos. Vira um programa para qualquer ocasião e agrada todo mundo. Localizada ao lado do Plaza Shopping de Itu, tem um visual panorâmico magnífico para a cidade, amplo estacionamento e o melhor, comida variada e boa, carnes suculentas e uma mesa de saladas (de horta própria) de fazer inveja. Entre os atrativos gastronômicos temos o rodízio (bem servido) a R$ 49,90, a feijoada (“daquelas”) +buffet de salada (da casa) a R$ 34,90 e a pizza no período noturno por R$ 27,90 fazem

a alegria de quem gosta de comer bem em ambiente sofisticado e agradável. A minha dica de sobremesa (várias delícias) é o Petit Gateau, por R$12,50. Um espaço para crianças com TV e um playground garantem a tranquilidade de toda a família. Programe seu almoço, convide todo mundo e vá porque é boa. A gente garante! Serviço Tel: (11) 4013-0539 Av. Doutor Ermelindo Maffei, 1199 Plaza Shopping Itu - Itu/SP Horários: Seg - Sex: 11:30 - 15:30, 18:00 - 23:00 / Sáb: 11:30 - 23:00 Dom: 11:30 - 17:30 Mais informações: contato@plazagrillitu.com www.plazagrillitu.com www.facebook.com/plazagrillitu

Hospedagem

Chalés da Chácara da Felicidade

Situada em um belo parque todo arborizado e harmonioso, a Chácara da Felicidade é um daqueles recantos que só de ver já aliviam todas as tensões urbanas. Um verdadeiro colírio refrescante para os olhos e para a alma. Situada em Itu, pertinho do Kartódromo, tem o acesso todo de asfalto até a porta, fica pertinho da rodovia Marechal Rondon e dispõe de acomodações para todo gosto. Os chalés são rústicos, de madeira, bem aconchegantes, charmosos e de vários tamanhos: Uns grandes, com cozinha e sala de estar para grupos e famílias e outros menores, para casal (tem Wi-Fi gratuito). Na área de lazer, conta com uma piscina climatizada, campo de futebol, campo de vôlei de areia, salão de jogos e churrasqueira, além de uma pito-

resca capela. O café da manhã é daqueles cheios de bolinho, pães fresquinhos, frutas e manteiguinha das boas. Bem coisa de interior, simples e competente. D. Eugênia conta que um dos diferenciais da pousada é a integração entre os hóspedes: “Nossos clientes viram amigos, nós fazemos questão que eles se sintam em casa. Nós não temos dimensões gigantescas, mas garantimos o conforto e o bem estar”, garante a simpática proprietária.

Serviço Tels: (11) 4013-4583/ 97163-8957 Falar com André ou Eugênia. R. Paula Donaio Schincariol S/N Chácaras Agrícolas Bandeirantes Itu/SP Mais informações: pousadachales@terra.com.br www.chacaradafelicidade.itu.com.br

Texto: Alexandre Barroso

Itu - Uma cid

Orelhão Gigante e ao fundo a Igreja Nossa Senhora da Candelária

Itu é daquelas cidades que quando a gente chega dá a sensação de que voltamos no tempo. Pura nostalgia! Com seus mais de quatrocentos anos de história, preserva toda a tradição e arquitetura em um centro histórico charmoso e de ruas estreitas (ainda de paralelepípedos), casarões coloniais feitos de taipa, igrejas barrocas e fazendas monumentais da época de ouro da produção e dos “Barões do Café”. Considerada “Berço da República”, foi ali que se deram as primeiras grandes discussões sobre a Proclamação da República. Conhecida também como a “Cidade dos Exageros” ganhou notoriedade depois que o Brasil aprendeu a ver Francisco Flaviano de Almeida (o Simplício), vendedor, pipoqueiro, engraxate, jornaleiro e comediante, apresentando um quadro do programa “Praça da Alegria”,

Simplício - Comediante Ituano

na extinta TV Tupi, em que fazia um personagem que gostava de contar vantagens sobre sua cidade. No progra-

ma, ele dizia que lá “tudo é grande”, maior que em qualquer outro lugar. Um sucesso que a partir dos anos 60 fez a fama da pacata Itu. Entre os atrativos que ilustram essa boa história, até hoje se preserva um “Orelhão” gigante na praça principal do centro histórico de Itu (Praça Padre Miguel). Cedido pelo ex-ministro

centenárias e a região também faz parte da Rota dos Bandeirantes, um circuito histórico-turístico de 180 quilômetros que inclui Santana do Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus, cidades que serviram de passagem para os verdadeiros descobridores do interior do Brasil. Localizada, às margens do rio Tietê, e a pouco mais de 100 quilômetros de São Paulo, é destino certo para quem quer um programa cultural, com boa infraestrutura, repleta de bons restaurantes, equipamentos de lazer, praças e hospedagem farta. Boa dica é hospedar-se em uma das fazendas rurais (são muitas disponíveis) e fazer tours pela cidade com direito à visitação aos antiquários e o casario de arquitetura imperial local. São muitos e lindos. Realmente guardam a história do Brasil. Uma superviagem.

Museu Republicano

Semáforo gigante

das Comunicações, Higino Corsetti e instalado pela Telesp (operadora de telefonia da época), em 1973, ainda é motivo de curiosidade e atrai as lentes fotográficas de qualquer um que passe por lá. Imperdível. Na mesma praça encontram-se dezenas de lojinhas de souvenires voltadas ao comércio de objetos em tamanhos proporcionais. São centenas de itens, que vão desde chaveiros, lápis, borrachas, até utensílios de higiene pessoal em escala ampliada. Diversão garantida para presentear a garotada. Riquíssima em sua cultura e história, Itu preserva um número grande de igrejas

Construído em 1850, o sobrado abriga o Mu inaugurado em 1923 e ligado à Universidad São Paulo (USP) desde 1963. Há ali um ac de móveis e quadros que reconta a efervescê republicana ocorrida em 1873. Em 18 de desse ano, realizou-se a reunião de fazende comerciantes e profissionais liberais ligado café que redundaria na criação do PRP (Par Republicano Paulista) 16 anos antes de ocor Proclamação da República. A entrada é franc

Seminário de Nossa Senhora do Carmo

O conjunto da igreja, do convento e do seminár Nossa Senhora do Carmo é outro ponto interes te de se conhecer. O templo foi inaugurado em 1 Em 1828, a primeira torre da igreja ruiu. A atua 1861, assemelha-se a uma fortaleza. O interio prédio foi todo decorado com pinturas a óleo padre Jesuíno do Monte Carmelo, o mais im tante nome das artes plásticas paulistas no per


05

dade histórica que nunca sai da cena

useu, de de cervo ência abril eiros, os ao rtido rrer a ca.

rio de ssan1782. al, de or do eo do mporríodo

Praça da Independência - Igreja Nossa Senhora do Carmo

Alguns pontos turístico de Itu

colonial. Mestiço, ele pintou ali intencionalmente um anjo mulato, forma cifrada de protestar contra a discriminação racial.

Conjunto Arquitetônico do Século XIX

única memória que resta do imponente conjunto formado pelas edificações da Igreja São Luis de Tolosa, do Convento e da Igreja de São Francisco da Ordem Terceira, erguido pela Ordem Franciscana entre os séculos XVII e XVIII.

Luís até 1917, quando a instituição foi transferida para a avenida Paulista, na capital. Desde 1918, o imóvel hospeda o quartel do Exército.

Cidade das Crianças

Igreja Matriz Nossa Senhora da Candelária

altura), um boneco do Simplício em tamanho natural, duas formigas gigantes, duas joaninhas gigantes, um jogo de lápis gigante, um escorregador gigante, um interfone gigante, um caixa eletrônico gigante e uma trena no formato de escorregador. Muito legal. Não deixe de ir. A Praça dos Exageros pode ser visitada de terça a domingo, das 9 às 17 horas.

Parque do Varvito

O livro “A Província de São Paulo” publicado em 1888 nos informa que Itu, então, contava “com vários largos ajardinados, com ruas muito bem calçadas e os telhados das casas munidos obrigatoriamente de condutores d’água por numerosos marcos fontanários e iluminada por condutores de querosene”. É dessa época o conjunto arquitetônico que pode ser visto à Praça Padre Miguel, fazendo esquina com a Rua Madre Maria Theodora.

Cruzeiro de São Francisco

Construída em 1780, sob orientação do Padre João Leite Ferraz, a matriz de Nossa Senhora da Candelária ganhou o aspecto atual após várias reformas, destacando-se os trabalhos de Ramos Azevedo e de Paula Souza. Em seu interior, a igreja é ornada com acabamentos nos estilos Barroco e Rococó, abrigando obras de José Patrício da Silva, do Padre Jesuíno do Monte Carmelo e de Almeida Júnior.

Regimento Deodoro

É um parque de diversões despretensioso, mantido pela Prefeitura Municipal. Simples, mas charmoso, o parquinho é um “playground” mais criativo, com brinquedos de girar, casinhas imitando uma pequena cidade, gira-gira, banco de areia, Casa do Tarzan, pista de skate, Casa de Boneca, lanchonete, banheiros, coreto para apresentações infantis, lago e um muro castelo. Sombreado por lindas árvores é programa certo para crianças entre 7 e 14 anos. Terça a Domingo das 8h às 17h. Entrada Gratuita.

Praça dos Exageros

O Parque do Varvito, um verdadeiro monumento geológico. Patrimônio tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turismo do Estado de São Paulo), Varvito é o nome utilizado pelos geólogos para dominar um tipo de rocha sedimentar única, formada pela sucessão repetitiva de lâminas ou camadas, cada uma delas depositada durante o intervalo de um ano. Além de oferecer ambiente agradável em contato com a natureza e com paineis didáticos sobre a manifestação geológica, mantém outros atrativos para os visitantes como a gruta lágrima do tempo, bosques, lago, cascata, quiosques, playground, anfiteatro ao ar livre e espaço para exposições.

Como chegar a Itu

No antigo largo de São Francisco, atual Praça Dom Pedro I, um cruzeiro erguido em cantaria trabalho atribuído a Frei Antônio de Pádua, é a

Do mesmo período, o Regimento Deodoro, construção de 1867, deu guarida ao Colégio São

Inaugurado em 2012, a Praça dos Exageros é atração imperdível. A praça têm jogo de xadrez gigante (com peças de 50 à 80 centímetros de

Rod. Castello Branco saída 78 sentido (Campinas/Indaiatuba/Itu) pegar a Rod. Dep. Archimedes Lammoglia (SP75) entrar na saída 30A.


06

Parque-Fazenda Bichomania

Turismo Rural Texto: Alexandre Barroso

Tem coisas que a gente não pode deixar de fazer na vida quando a gente é pai de família, principalmente quando as crianças estão em plena fase de desenvolvimento. Levar as crianças no zoológico é quase obrigatório, fundamental. Mas, ainda melhor que um zoológico tradicional, são as fazendinhas ao ar livre que proporcionam o contato direto entre crianças, as plantas e os animais. A diversão é garantida para todas as idades. Visitamos o Parque-Fazenda Bichomania, localizada em Caucaia do Alto, em Cotia, pouco mais de 40 quilômetros de São Paulo. É uma superdica de programa, baratinho e saudável. A Reserva Florestal conta com mil atrações interativas como minifazenda, minizoo, labirinto, arborismo, horta, tirolesa, passeio de charrete, trilha na mata e até refeição caseira, preparada em fogão à lenha! É

O contato com os animais é um dos destaques da Bichomania

tudo de bom. As crianças vivem uma experiência inesquecível em contato com animais domésticos – Coelho, Cabra, Ovelha, Alpaca, Porco, Vaca, Cavalo, Galinha, Pato, Peru entre outros, e saem do passeio, vitaminadas, coradas e cheias de histórias pra contar. Energia pura. Em área reservada, o parque também tem um Minizoo, onde se pode conhecer algumas espécies silvestres da fauna, do tipo – Arara, Papagaio, Quati, Avestruz, Sagui, Jabuti, Macaco Prego, Coruja, e Gavião. O que você vai encontrar: Berçário de animais, Passeio de Charrete, Trilha na Mata Atlântica, Ordenha da Vaca, Labirinto, Playground (com escorregador de 15m), Horta Orgânica, Horta Hidropônica, Tirolesa, Oca do Índio, Restaurante, Arborismo. Então, tá sem programa para fazer no fim de semana? Tá aí uma boa sugestão para curtir a vida numa boa.

Serviço

Horário de Funcionamento: das 10:00 as 17:00hs. Aberto sábado, domingo e feriado. Menores de 2 anos e acima de 65 anos não pagam. End.: Estrada dos Pires, 282 - Caucaia do Alto - Cotia - São Paulo (Acesso pelo Km 39 da Rod. Raposo Tavares) Informações: Tel: (11) 4242-1116 Passeio de charrete

Oca do índio

Tem até refeição caseira preparada no fogão à lenha

www.bichomanianet.com.br


07 Turismo

A cidade dos Cânions e dos Sítios Arqueológicos no interior

Localizada a pouco mais de 250 quilômetros de São Paulo, Itapeva, surgiu no início do século XVIII como um bairro rural de Sorocaba. O povoamento da Vila teve seu início com a instalação de um pouso de tropeiros, muito comum na época dos Bandeirantes. Itapeva – que significa pedra chata em tupi guarani, tornou-se uma importante produtora de trigo, o que lhe conferiu status de “capital da triticultura” na década de 30. Já na década de 60, tornou-se a “capital dos minérios”, em 1970 tiveram início as atividades de reflorestamento e na década de 80 destacou-se pela intensa produção de feijão, conta hoje com aproximadamente 90 mil habitantes muito gentis e receptivos. A região tem como principais atrativos os Cânions Pirituba e Itanguá, hoje considerado o oitavo maior do

Vista aérea da cidade

Cânion Pirituba

mundo em extensão. Passeio mais que obrigatório para quem curte silêncio, aventura e paisagem. Aquele tipo de turismo que a gente faz só para guardar na memória e em fotos, as imagens incríveis que a natureza nos pro-

Confira algumas dicas de atrações para tornar a sua viagem inesquecível

Saltinho do Coqueiral - O distrito da Areia Branca é referência no município de Itapeva no cultivo de orgânicos. Localizado na divisa entre os municípios de Itapeva e Guapiara, o sítio preserva além da horta orgânica, uma linda cachoeira e pequenas Cachoeiras - O município conta com 45 trilhas que proporcionam um contato direcachoeiras, com cerca de 2 a 50 metros de to com a vida no campo. altura apropriadas para a prática de rapel e algumas podem ser visitadas mediante a Parque Rupestre Água Limpa - Distante autorização prévia. Informe-se na secreta- apenas 14km do centro de Itapeva, a Faria de turismo na prefeitura local e só entre zenda da “Nona” Zina Fraccaroli, é uma nesse tipo de programa acompanhado de propriedade produtora de grãos. Com seus agentes autorizados ou com especialistas. 330 alqueires de área, possui algumas joias Fazenda Pilão D’Água - Fazenda de relevante valor histórico. Abriga até hoje o Casarão, a Senzala, os muros de pedras e outros vestígios do tempo dos escravos, que os construíram.

porciona ao redor do planeta. Por lá encontram-se simplesmente 45 cachoeiras, cinco cavernas e oito sítios arqueológicos, dentre eles alguns com inscrições rupestres, além de importantes sítios históricos como a Fazenda Pilão como 90 alqueires de mata nativa com rica biodiversidade entre seus paredões rochosos, o rio Taquari-Guassú, uma linda cachoeira com 30 metros de queda e açudes. Seu diferencial é antigo abrigo indígena com inscrições rupestres que remetem aos povos Kaingangs que ocuparam a região sudoeste do estado a mais de 2000 anos. Cânion Pirituba - O Cânion Pirituba está localizado em Itapeva, numa área de transição entre Cerrado e Mata Atlântica. É aqui onde se localiza uma de suas extremidades que se estendem até o es-

Para mais dicas de atrações e outras fotos: www.procurandoturismo.com.br

Viagem ao tempo Fazenda Pilão D’Água

D’Água, Catedral de Santana, Capela do Carmo, Estação Ramos de Azevedo e Quilombo do Jaó. Destino mais que convidativo para os amantes do ecoturismo, turismo de aventura e do turismo histórico-cultural. tado do Paraná. Distante apenas a 40 km do centro da cidade, o Cânion é uma formação em arenito que constitui em um raro Sítio Geomorfológico no Brasil, é um depósito glacial marinho que se fundiu ao longo de milhares de anos. Neste passeio você poderá contemplar os mirantes com seus paredões de até 120 m de altura e se refrescar nas cachoeiras e piscinas naturais de águas cristalinas. Para este passeio há três níveis de roteiros: intenso, moderado e leve. Procure uma agência de ecoturismo local para acompanhá-lo, e divirta-se!

Inscrições rupestres dos Kaingangs

Como Chegar Partindo da capital do Estado de São Paulo, o acesso ao município pode ser feito através da rodovia Castello Branco, SP-280, até as cidades de Sorocaba ou Tatuí, seguindo à cidade de Itapetininga, ponto de encontro com a SP127, prosseguindo até Capão Bonito e posteriormente até Itapeva pela SP258, passando por Taquarivaí.


Jornal Procurando Turismo Ed. 08  

Jornal Procurando Turismo um verdadeiro guia, com as melhores opções para viagens curtas no interior paulista cheio de informações pessoais....

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you