Page 1

Janeiro 2013 - Ed. 07 - Distribuição gratuita

Cidade 04 Estância Turística de Piraju: Lazer e esportes náuticos ao seu alcance Pág.

Distante pouco mais de 300 quilômetros da capital de São Paulo, programe-se para uma viagem de pelo menos dois dias para desfrutar do melhor de Piraju. Além de charmosa, muito bem cuidada, cheia de atrativos naturais e bem dotada de equipamentos turísticos, tem em sua característica principal uma gente muito acolhedora e hospitaleira. Todo mundo lá é feliz o que por si só já faz do passeio um bom motivo para a gente querer ir.

Turismo 06 Templo Zu Lai Pág.

O Templo Zu Lai, localizado a pouco mais de 30 quilômetros de São Paulo, é um entre muitos templos do Monastério Fo Guang Shan espalhados pelo mundo. Tem suas raízes no Budismo Mahayana.

Saúde Gastronomia Pág. 07 Pág. 03 Águas que prometem cura Restaurante com cara do interior

Considerada cidade-saúde, sendo a única Estância brasileira construída com a finalidade específica de ser um local de cura e lazer, dispõe de equipamentos turísticos públicos dos mais variados.

Santo Caldo, um casarão com fogão a lenha e panelas de barro fumegantes no meio do salão, além de ser charmoso e bem decorado, é muito, muito aconchegante.


02 Dicas de viagem O que pode até lhe parecer óbvio, nem sempre é levado a sério quando a gente sai para viajar. Entrar em “roubadinhas” é muito comum a todos nós quando estamos a Deus dará. Vira até história para contar, mas na hora “H”, ninguém gosta de pagar mico. Veja aqui algumas dicas “bobinhas”, mas importantes de se observar antes de cair na estrada.

Exposição

Texto: Paula Saletti

3ª Mostra de Orquídeas de Verão

1) Quando for para o interior, consulte o nosso site : www.procurandoturismo.com.br

Um site feito para você, com câmeras ao vivo das estradas da nossa região, atualizado diariamente, com mil sugestões e matérias de destinos, equipamentos turísticos, restaurantes, parques, eventos, endereços e programas legais para se desfrutar. 2) Procure se informar sobre as datas comemorativas do lugar que pretende visitar, tais como festas típicas e comemorativas, festivais, shows, temporadas artísticas e outros eventos que se repetem. Assim, você pode aproveitar melhor a cultura local. Geralmente, nessas ocasiões as opções se multiplicam e são gratuitas. 3) Ao chegar ao destino, procure sempre o centro de informações turísticas e pegue um mapa da cidade, além de panfletos com a programação cultural. Procure andar com o mapa durante toda sua estadia. Ele faz você economizar um tempo precioso. 4) Ao visitar casas artísticas, como museus e teatros, prefira o primeiro ou último horário e evite a todo o custo os fins de semana. No caso de museus é comum que em um dia da semana o ingresso seja gratuito. Informe-se com os locais para economizar. 5) Procure fazer apenas com guias os passeios em trilhas, visitas a cachoeiras, cavernas e as atividades que envolvam riscos naturais. Normalmente há agências nas cidades turísticas que oferecem o serviço, assim como guias locais (em geral um nativo treinado e credenciado por órgãos públicos). Escolha um ou outro, mas não se aventure sozinho por lugares que você não conhece e que oferecem risco. E outra: sozinho nunca. Ande sempre acompanhado.

Esta é uma boa opção de passeio para o feriado de aniversário de São Paulo. A exposição conta com diversas espécies e oferece curso gratuito sobre o cultivo de orquídeas. Acontece entre os dias 25, 26 e 27 de janeiro, em São Roque – cidade localizada há apenas 55 quilômetros da capital paulista – a 3ª Mostra de Orquídeas de Verão. O evento contará com dois espaços distintos: um para a venda de mudas e flores e outro para a exposição de diversas espécies de orquídeas de coleção. A tradicional exposição de orquídeas de São Roque tem entrada franca e durante os três dias de evento o visitante terá a oportunidade de comprar desde peEXPEDIENTE Diretor: Robson Santana Editor: Alexandre Barroso Diagramação e artes: Fabiano Oliveira

quenas mudas até plantas adultas floridas, além de participar do curso gratuito de cultivo das orquídeas, que acontece no sábado e domingo, em horários alternados. No local haverá a venda de adubos, substratos, vasos e orquídeas com preços a partir de R$5,00 (mudas) e R$15,00 (floridas). Um dos destaques deste ano fica por conta da belíssima orquídea Stanhopea, espécie típica da estação e que chama a atenção por seu acentuado perfume e formato diferenciado, com flores grandes e vistosas. Popularmente conhecida como ‘orquídea passarinho’, a Stanhopea deve ser plantada em vasos suspensos e que tenham furos na parte de baixo.

Jornalista: Marco Armando MTB 49.248 Tiragem: 25 mil exemplares Distribuição: Pedágios da Concessionária Via Oeste

Contato (11) 4784-3430

Serviço 3ª Mostra de Orquídeas de Verão Local: Recanto da Cascata Endereço: Av. Antonio Maria Picena, 34 - Junqueira - São Roque - SP Fone: (11) 4712-5664 Data: 25 a 27 de janeiro de 2013 - das 10h às 19h. Entrada Franca Aulas gratuitas sobre cultivo de orquídeas no sábado e domingo, às 10h e às 15h (não é necessário fazer inscrição).


03 Gastronomia

Texto: Alexandre Barroso

Santo Caldo um restaurante com o charme do interior

Sabe aqueles cenários típicos do interior de Minas, com casinha rústica no alto da montanha, fogão a lenha, cheirinho de comida boa, gente alegre e ambiente familiar? Pois bem, é tudo isso que encontramos no Santo Caldo. Um restaurante charmosíssimo, com clima de fazenda, localizado na área rural de Ibiúna, a pouco mais de 70 quilômetros de São Paulo. Ao descer do carro já deu fome. O aroma da boa gastronomia envolve a gente desde o estacionamento. Tem cheirinho de comida caseira no ar. Antes mesmo de entrar na casa já dá água na boca. O casarão com fogão a lenha e panelas de ferro fumegantes no meio do salão, além de ser charmoso e bem decorado, é muito, muito aconchegante. Fomos lá atraídos por um cardápio bem diferente: Era

Galinhada

a noite da “galinhada”. Uma espécie de risoto de galinha servido em panelão de ferro, acompanhada de guisado de quiabo, milho na manteiga, polenta e outras delicinhas bem típicas do interior. Inenarrável. Repeti duas vezes de tão bom que tava. Foi difícil... Sofri com tanta coisa boa. Quando pensamos que é hora de parar, dona Teca (a proprietária) aparece com mil e uma novas receitas para a gente degustar: dona de um criativo cardápio (a La Carte ou

no Buffet), ela oferece uma coleção de saladas incríveis: salada Carolina, ervilha torta com tomates recheados, salada colorida, salada refrescante de repolho e um mousse de queijo de tirar do sério. Os caldos, como se pode imaginar, são a especialidade da casa, toda noite tem no mínimo 3 opções deliciosas. Na noite do sábado em que estivemos por lá, ela nos serviu caldo de mocotó, caldo verde e uma sopa húngara de deixar qualquer um de queixo caído. Uma loucura. Entre uma conversa e outra,

apuramos que o cardápio do buffet varia de um fim de semana para o outro. Se neste encontramos a galinhada, nos próximos poderíamos encontrar, por exemplo, vaca atolada, moqueca ou carne seca na moranga. O restaurante disponibiliza o cardápio da semana pelo Facebook e pelo site. Em volta do fogão a lenha escuta-se boa música brasileira ao vivo e o atendimento dá gosto. Por R$ 28,90 é possível comer a vontade o buffet de saladas, caldos e o prato do final de semana ou enca-

rar um cardápio a La Carte muito generoso e saboroso, com precinho bem camarada. Destaque para pratos como o escondidinho da roça, baião de dois com carne seca e o salmão relaxado. Petiscos interessantíssimos também fazem a nossa festa: Sugerimos o filé mafioso, os folheadinhos de alcachofra e o bolinho de macaxeira produzidos pela Chef Nenê. Indicado para noites românticas, o Santo Caldo é puro charme. Gastronomia de gente grande com jeitinho simples do campo. Um restaurante feito pra quem gosta de sentir os prazeres da vida no interior e de comer bem. Aconchegante e muito gostoso, é ótimo para levar a família e para desfrutar de um um encontro saboroso entre amigos. Vai que é mais que boa. Vale a pena conferir e deixar-se encantar pelos sentidos.

Serviço Mais informações pelo Facebook – Santo Caldo ou www.santocaldo.com.br Estrada do Campo Verde, km 3 - Ibiúna - SP Tel: (15) 3248 4408


04

Piraju: Lazer e diver

Cidade

Texto: Alexandre Barroso

Estância Turística desde 2002, Piraju que já foi destaque internacional durante a primeira metade do século passado por sua produção de café de alta qualidade é uma daquelas cidades que vale a pena conhecer, visitar e se hospedar. Distante pouco mais de 300 quilômetros da capital de São Paulo, programe-se para uma viagem de pelo menos dois dias para desfrutar do melhor de Piraju. Além de charmosa, muito bem cuidada, cheia de atrativos naturais e bem

dotada de equipamentos turísticos, tem em sua característica principal uma gente muito acolhedora e hospitaleira. Todo mundo lá é feliz o que por si só já faz do passeio um bom motivo para a gente querer ir. Sossego, tranquilidade e alto astral nunca é demais para qualquer ocasião. Banhada pelas águas do Rio Paranapanema, um dos poucos não poluídos do estado de São Paulo, Piraju reúne ainda as represas de Jurumirim, Xavantes, Paranapanema e Piraju II. Nem é preciso dizer o quanto

são valorizados os recursos naturais e principalmente os esportes náuticos. Além de se encontrar belíssimas paisagens, cachoeiras (disponíveis para banho), vales e cascatas, passeios de barco, canoagem, boia-cross e jetski garantem diversão o ano inteiro. Hotéis, pousadas, camping e restaurantes bem aconchegantes não faltam na região. Aproveite este período de verão e férias escolares da criançada para agitar junto com os amigos e a família. É hora de cair na estrada e se divertir.

Usina Paranapanema

Praça Benedito Silveira Camargo

Nada mais interior que andar a cavalo

Passeio de barco


05

rsão para qualquer um! Veja aqui as nossas dicas e lazer em Piraju Arte da Roça

Represa de Jurumirim

Encontro de Motociclistas

Trata-se de um simpático receptivo construído em estilo rústico, cercado de generosa área verde, belas paisagens e muito bom gosto. Você poderá degustar o melhor café de Piraju, doces e bolos caseiros, comidinhas tradicionais do campo, além de encontrar boa variedade de artesanato e suvenires produzidos na Estância. Localizado no Sítio Neblina, às margens da Estrada Velha Piraju-Sarutaiá, ao lado da Cachoeira do Castelo, a 4 km da cidade. Tel: (14) 3351-2811

A represa Jurumirim é a maior localizada em Piraju e fica a 17 km da cidade, com uma área de 530 quilômetros e capacidade de 7,2 bilhões de m3 de água (maior que a Bahia de Guanabara). A capacidade da usina é de 100 kwa e a rodovia que dá acesso a ela é toda asfaltada. Vale a pena ver de perto. Conta também com uma prainha e um camping.

Desde a fundação do Independente Moto Clube de Piraju, a cidade realiza um dos maiores encontros de motociclistas do estado, concentrando aqui motociclistas de todo país. A festa que conta com shows e provas de motociclismo é realizada no mês de março e desde então se encontra no calendário da estância turística de Piraju.

Usina Paranapanema

Pesca

A Usina Paranapanema pertence à Companhia Brasileira de Alumínio e está localizada dentro da cidade de Piraju, um dos pontos mais bonitos da estância. A queda d’ água impressiona e pode ser vista de um ponto localizado ao lado da ponte. É sem dúvida uma atração. Prepare a câmera fotográfica.

Piraju sempre esteve associado à pesca até pelo nome da cidade que em Tupi guarani é Peixe Amarelo, em referência a muitos dourados que habitam o rio. Um dos lugares mais propícios à pesca é a Ponte de Cerqueira, onde se pode pegar além de lambaris, também piaparas, mandi, capineiros, pacus e curimbatás. Outro trecho de pesca no Rio Paranapanema é o Parque do Dourado, muitos pescadores profissionais passam por lá para fisgar o famoso Peixe Dourado. Aliás, se não for outra daquelas famosas histórias de pescador, consta que em julho de 2008 foi pego um surubi de 17k por lá. Acredite se quiser.

Rafting, Boia Cross e Caiaque 2 horas de pura diversão em descidas de Rafting, Boia Cross ou Caiaque pelas corredeiras do rio, com monitoramento e instrutores da GoldFish Ecoturismo & Adventure, incluído boias, barcos e equipamento de segurança. Tel: (14) 33515088/8134-9456/ 8117-1617

Faça um passeio de barco com aproximadamente 1 hora e meia pela represa nos finais de semana e feriados. Programa imperdível. Tel: (14) 3351 4387

A Prainha é uma visita bem divertida. Um dos pontos mais conhecidos pelos turistas por conta de suas águas calmas. O local é propício para um banho bem bom no verão e para pessoas de toda idade. Entre outras atividades, durante o verão são realizados eventos com shows e competições de futebol e vôlei.

Pirakanoa

Cachoeira Palmital

Esse é um programa e tanto. A Canoa Havaiana é novidade para a maioria dos brasileiros. Divertidíssima, a prática diária proporciona um tipo de atividade física que além de saudável (queima calorias, melhora a frequência cardíaca e a resistência muscular e ajuda o condicionamento físico) encanta pelo tipo de embarcação que se utiliza. Um barato. As aulas são ministradas diariamente na plataforma do Pirabar. A aula experimental é gratuita. Tel: (14) 3351 4387

A Cachoeira Palmital é uma das mais belas do sudoeste do estado e fica localizada no bairro Palmital, entre Piraju e Timburi. A queda d’ água é de mais de 50 metros e do alto impressiona pela sua beleza. O acesso é pela estrada de Timburi e muito utilizado por praticantes de rappel.

PiraBarco Pirakanoa

Rural Tur

Cachoeira Palmital

Prainha

Aluguel de cavalo para você, um trole ou um poney para seu filho pequeno e vamos ao que interessa. Nada mais interior que andar a cavalo. Local: Recinto da FECAPI aos sábados, domingos e feriados a partir das 14 horas.

Carnaval O carnaval de Piraju é tido como um dos melhores da região, tanto na rua quanto em clube. Piraju tem orgulho de ter carnavalescos dedicados na cidade. Tem hoje três escolas de samba: Juventude Alegre, Unidos do Bairro Alto e Estação da Tibiriçá. O sucesso é tão grande que os hotéis da cidade ficam completamente tomados pelos turistas na época.

Parque do Dourado Preciosidade do município, fica localizado apenas a 3 km do centro da cidade. O local conta com churrasqueira coberta e um imenso bosque. Os visitantes tem que tomar cuidado com a água, pois o local tem uma forte correnteza e não é apropriado para nadar. No Parque do Dourado pode-se visitar também o Posto Agropecuário, que conta com um viveiro de flores e plantas nativas, além de coelhos, carneiros e um macaquinho muito simpático, para a alegria da criançada.

Para mais informações: www.procurandoturismo.com.br

Como chegar Rod. Raposo Tavares acesso no Km 326. Rod. Castello Branco saída 288B pegar a Rod. Osni Mateus ( SP-261) em direção a Águas de Sta. Bárbara/ Cerqueira Cesar depois de passar por estas cidades continuar até a Rod. Raposo Tavares.


06 Turismo Religioso Texto: Alexandre Barroso

Conhecer um templo budista é o tipo de programa que todo mundo deveria fazer um dia. Mesmo que você não seja praticante e ainda que não pretenda ser devoto, ter a oportunidade de vivenciar um lugar desses é perfeito por diversos motivos: contemplar, passear, conhecer a cultura e fazer um balanço de vida. Respira-se tranquilidade num templo budista e isso além de não fazer mal nenhum ainda proporciona boas reflexões, meditações e paz de espírito. O Budismo é uma filosofia de vida baseada integralmente nos ensinamentos de Buda que pretende revelar “a verdadeira face da vida e do universo”. Segundo consta, quando pregava, Buda não pretendia converter as pessoas, mas iluminá-las. É uma religião de sabedoria, que defende a generosidade, onde conhecimento e inteligência predominam. O Budismo traz paz interior, felicidade e harmonia a milhões de pessoas durante sua longa história de mais de 2.500 anos. É mesmo uma filosofia de vida, um outro modo de ver as coisas do cotidiano e que busca a paz, serenidade, alegria, sabedoria, liberdade e compaixão para com o mundo. O Templo Zu Lai, locali-

Zu Lai, um templo Budista aberto a visitação em Cotia flores e os jardins, as esculturas monumentais e um clima equilibrado e harmonioso fazem do passeio mais que uma viagem. Um espetáculo bonito de se ver, gostoso de sentir. Impressiona! Entre os atrativos mais procurados e que a gente (por mais céticos que seja) não deixa de fazer é atirar moedinha na fonte dos desejos (eu não perdi a oportunidade). Segundo a crença, atrai bons fluídos. O templo tem restaurante (vegetariano, claro) aberto até a hora do almoço e é muito bem recomendado. A lanchonete fica aberta o dia todo com pão chinês, quibe vegetariano, esfiha de escarola e yakissoba.

Ou seja, pra quem gosta, um prato cheio. E para quem nem conhece esse tipo de alimentação, é uma divertida descoberta de novos prazeres gastronômicos.

zado a pouco mais de 30 quilômetros de São Paulo, é um entre muitos templos do Monastério Fo Guang Shan espalhados pelo mundo. Tem suas raízes no Budismo Mahayana, cuja tradição enfatiza que a natureza búdica está ao alcance de todos. Seus praticantes empenham-se em aplicar os ensinamentos do Buda no cotidiano, advindo daí a de-

nominação: Budismo Humanista. Seu objetivo é propagar os princípios do Monastério Fo Guang Shan, divulgando o Budismo e beneficiando a todos, através de quatro estâncias básicas da vida: Educação, cultura, beneficência social e purificação espiritual. Aberto a visitação pública de terça a domingo, sugerimos aqui que você faça uma visita para

conhecer o conceito e o lugar mágico que é. Podem-se ouvir palestras, conhecer mais a fundo os ensinamentos, assistir a vídeos documentários ou apenas admirar a magia desse lugar. Já vale a pena a viagem só pela arquitetura do templo e pela paisagem toda (aliás, rende ótimas fotografias). Os grandes espaços vazios, as

Serviço Templo Zu Lai Estrada Municipal Fernando Nobre, 1.461 Cotia - SP Tel: (55 11) 4612-2895 www.templozulai.org.br


07 Saúde

Uma cidade construída para oferecer lazer, diversão e cura

Águas de São Pedro é destino certo para todas as gerações. Qualquer um se diverte e tem o que fazer por lá. Considerada cidade-saúde, sendo a única Estância brasileira construída com a finalidade específica de ser um local de cura e lazer, dispõe de equipamentos turísticos públicos dos mais variados. Vai desde roteiros de caminhada rural, feirinha de artesanato, quadras de bocha e banhos medicinais até aventuras radicais como rapel, descidas em cachoeiras e passeios bucólicos de charretes e trenzinhos. Tudo muito bem planejado, numa cidade limpinha e super cuidada. Realmente adorável, uma típica cidade de interior bem arrumada. Quem vai, quer voltar. Obviamente, o maior atrativo da cidade são as águas medicinais e o balneário mu-

nicipal Dr. Octavio Moura Andrade é um dos destaques. Totalmente gratuito, é um ambiente reservado para o bem estar, estética e principalmente tratamento da saúde a base das águas. O banho principal é o de imersão com a água da Juventude (água sulfurosa), realizado em banheiras individuais com box privativo (dura de 15 a 20 minutos). Há também diversos banhos alternativos (relaxante, esfoliante, aromatizante, estimulante, terapêuticos) prontinhos para degustação, assim como sauna, massagens e estética. Não existe indústria e nem zona rural em Águas de São Pedro, a cidade é absolutamente voltada para o turismo, o que significa lazer, prazer e diversão para quem quiser ser feliz. Oba! Vamos lá?

Balneário Municipal

Mini Horto

Praça Matriz

Praça Octávio Moura Andrade

Ponto dos cavalos

Atrativos turísticos da cidade Balneário Municipal Dr. Octavio Moura Andrade - Av. Carlos Mauro, s/ nº - Fone: (19) 3482-1333 Monumento das Águas - Monumento, com esculturas dos primeiros a se beneficiarem das águas medicinais da cidade. A entrada é franca. Aberto ao público 24h. Parque das Águas - Entretenimento, esporte, lazer e natureza. 6400 m² de

jardins e gramados em harmonia com ambientes para a prática de exercícios físicos: pista de cooper, rampa de skate e ciclovia. A entrada é franca. Aberto ao público 24 h. Mini Pantanal - Área de manguezal às margens do Rio Araquá, encostas gramadas e arborizadas; lagoa com jacarés, capivaras e aves aquáticas; belvedere de onde se podem avistar diversas espécies

de aves como patos do mato, marrecos e gansos. Parque Municipal Dr. Octavio Moura Andrade - Área de mais de um milhão de m², com várias espécies de árvores, bom local para caminhadas (5 km de trilhas leves), cavalgadas, passeios com trenzinho e charretes; lago com gansos e patos; dentro deste grande parque encontra-se o Grande Hotel São Pedro, o

Balneário, o Fontanário e o Monumento das Águas. A entrada é franca. Av. Carlos Mauro, s/nº - Fone: (19) 3482-1811 Rancho dos Cavalos (Saloon) e Charretes - O local dispõe de cavalos, pôneis, charretes e charretinha infantil e as pessoas podem alugar para passeios no bosque, Mini-Horto, city tour, Apiário, entre outros. Parque Municipal Dr. Octavio Moura Andrade.

Trenzinho Turístico

Como Chegar Rod. Castello Branco saída 78 em direção a Itu pegar a Rod. Dep. Archimedes Lammoglia (SP-075) até a entrada para Capivari/Piracicaba na saída 37 seguir na Rod. do Açúcar até Piracicaba. Já em Piracicaba acessar a Rod. Geraldo de Barros (SP-304) até Águas de São Pedro.


Jornal Procurando Turismo Ed. 07  

Jornal Procurando Turismo um verdadeiro guia, com as melhores opções para viagens curtas no interior paulista cheio de informações pessoais....

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you