Page 60

tendências

B

Por centro europeu Fotos Divulgação | ARTHUR ANDRADE

UM JEITO DIFERENTE DE ENSINAR E APRENDER

asta abrir a janela, espiar lá fora e um mundo de oportunidades se abre todos os dias! Resta saber qual delas aproveitar, qual o impacto da tecnologia sobre as escolha e com que velocidade se precisa estar preparado para as transformações que ocorrem no campo profissional. E como dar conta? Quem têm habilidades diferenciadas e objetivos específicos busca escola com método de ensino inovador, que alie o ensino teórico com as práticas do mercado para dar suporte no processo de lapidação do conhecimento. E na medida certa!

É para atender esse público que o Centro Europeu mantém cursos de profissões com duração de 12 meses. São áreas de forte apelo criativo – design de moda, design de interiores, fotografia e jardinagem – e que têm constante demanda no mercado de trabalho. Em sala de aula, a palavra de ordem é vivência. Professores (ou orientadores) estabelecem processos de trocas de experiências. O propósito é aguçar a curiosidade, favorecer a desenvoltura comportamental e atingir o máximo do conhecimento plural.

UMA VITRINE PARA A MODA

Quem gosta de criar roupas, bijuterias, calçados e acessórios, ou já trabalha no segmento da moda e quer fazer um up grade no currículo, tem no curso de design um caminho natural. A coordenadora do curso de design de moda do Centro Europeu, Byanca Bell, observa que o mercado da moda e toda a gama de atividades relacionada ao vestuário, não conhece a palavra crise. Além disso, o profissional encontra um leque de oportunidades no campo profissional. Uma das vertentes foi mostrada durante a Semana Casa Aberta realizada pelo Centro Europeu de 19 a 23 de fevereiro. O curso organizou um workshop sobre vitrinismo, um módulo que tem o propósito de enriquecer o currículo do profissional de moda, repassando orientações que vão ajudar a fazer a melhor escolha de acordo com cada habilidade.

BEM-ESTAR EM PRIMEIRO LUGAR

Um ambiente harmonioso, aconhegante e elegante é tudo e bom! Proporciona bem-estar e vontade de ficar ali. Elaborar locais com esse apelo faz parte das atribuições do desginer de interiores, um dos cursos de profissões oferecidos pelo Centro Europeu Joinville. Segundo a coordenadora, Susane Raiter, o design de Interiores é uma das profissões mais valorizadas pelo mercado de trabalho e uma das molas propulsoras é a expansão e valorização imobiliária. “O designer de interiores é um profissional multidisciplinar e dinâmico, atento às tendências e comprometido em agregar beleza, conforto e funcionalidade ao cotidiano das pessoas”, reforça.

60

revista PREMIER

Premier_Ed123  

Como já falamos aqui na edição passada, 2018 começa acelerando, decolando, a toda! Na matéria de capa desta edição conversamos com Marcelo H...

Premier_Ed123  

Como já falamos aqui na edição passada, 2018 começa acelerando, decolando, a toda! Na matéria de capa desta edição conversamos com Marcelo H...

Advertisement