Page 22

saúde

Cuidado com a

DOR!

O fisioterapeuta e especialista em coluna vertebral, Dr. Johny Jablonski, alerta para os sinais e diz que quase sempre a dor não é só um sintoma do dia a dia puxado. Por fabiane lima ribeiro Fotos divulgação

V

ocê com certeza já sentiu alguma dessas dores: na coluna após carregar mais peso do que está acostumado, nas pernas após uma caminhada mais prolongada ou em alguma outra região muscular após uma noite mal dormida. Pois é, isso é algo ainda mais comum do que se imagina. Segundo o fisioterapeuta, especialista em coluna vertebral e responsável geral pela clínica Fisiothera em Joinville e Balneário Camboriú, Dr. Johny William Jablonski, 90% das dores articulares do corpo humano são mecânicas.

Dor mecânica Jablonski explica que uma dor mecânica é um desequilíbrio do corpo, que faz que certa região opere mais e de maneira inadequada. “É algo que deveria estar num eixo e está fora dele. É como quando uma pessoa pisa torto no sapato e gasta mais a sola de um lado do que no outro. Este desequilíbrio, que aumenta a pressão e destrói a sola de um lado é o que a gente faz todos os dias com a coluna”, afirma. O fisioterapeuta diz que o problema acontece com mais frequência em regiões como ombro, quadril, joelho e tornozelo, mas que por uma série de hábitos incorretos pode surgir em qualquer área do corpo. “O ser humano tem uma disciplina perfeita para o erro. Todos os dias a gente deita errado, acorda errado, senta errado, come errado e por aí vai”. Para Jablonski, da mesma forma que o problema surge, ele deve ser tratado: “Se 90% dos problemas articulares são mecânicos, o tratamento também deve ser mecânico”. O fisioterapeuta garante que essa recomendação é importante, principalmente, para desmitificar a questão da automedicação ou da medicação com objetivo exclusivo de sanar a dor. “Estamos acostumados com o tratamento químico. Você sente dor e vai ao médico pedindo a ele para simplesmente reduzir o sintoma, quando, na verdade, o que temos que fazer é identificar o problema e tratá-lo para que não surja novamente”.

22

revista PREMIER

Premier_Ed123  

Como já falamos aqui na edição passada, 2018 começa acelerando, decolando, a toda! Na matéria de capa desta edição conversamos com Marcelo H...

Premier_Ed123  

Como já falamos aqui na edição passada, 2018 começa acelerando, decolando, a toda! Na matéria de capa desta edição conversamos com Marcelo H...

Advertisement