PQN60

Page 1

ENTREVISTA

Guilherme Schneider conta um pouco da Forum Model na estreia de Prosa Boa.

VALÉRIA FLORES

Voluntários da Vale entregaram alimentos ao longo da Estrada de Ferro Carajás. É o Natal Sem Fome!

CINEMA NO ESCURINHO

“Homem-Aranha - Sem volta para a casa” é o melhor filme da trilogia estrelada por Tom Holland.

PÃO DE QUEIJO NOTÍCIAS

DEZEMBRO 2021 ANO XVII

Nº 60

Flávia Rios, CEO & Founder da Rede Comunicação de Resultado, em BH

Depois de um período de angústias, o setor da comunicação corporativa voltou a ampliar as equipes de trabalho graças à crescente demanda de serviços gerados pela necessidade de comunicar-se com públicos diversos. Porém, a pandemia ainda não acabou e dá sinais de uma nova onda de contaminações em todo o mundo.

Cautela e euforia com o futuro!


Anuário PQN 2022.

Pubblicità

leão a m a IN

N BOU

AR DM

KET

IN G

Lilly

Cerimonial

COMUNICAÇÃO & MARKETING

Comunicação Total

jornal de belô

www.anuariopqn.com.br


Co DIAR nt IO D ag E em ´

Cássia Andre´´ COMUNICAÇÃO

As melhores Assessorias de Comunicação reunidas em um único catálogo do setor em Minas Gerais. Sua empresa precisa estar entre as melhores!

Garanta a sua participação!

VAPOR COMUNICAÇÃO

LIGUE: (31) 98428-3682


Um ano difícil, mas cheio de oportunidades Mais de 600 mil mortos pela Covid-19 no Brasil! Tantos amigos e entes queridos que se foram. Tantos comunicadores que partiram. Podíamos ficar horas e horas aqui listando motivos, mas é triste demais reviver tudo novamente. Para quem fica, resta a saudade, o carinho, as boas lembranças e o dever de nos imunizar e não colocar em risco nossos amigos, familiares, vizinhos, colegas de trabalho, ou seja, todos aqueles que fazem parte da nossa rotina pessoal, social e de trabalho. Então, vacina já! 1, 2, 3, 4, 5 doses caso seja necessário! Mesmo com todas as adversidades e perrengues que passamos em 2021, o ano foi cheio de oportunidades em termos profissionais. A internet proporcionou-nos novas formas de comunicação, além de encurtar mais a distância que seria quebrada só daqui a uns 15 anos. Muitos procedimentos profissionais de hoje como reuniões virtuais, home office, teleconferência estratégias laborais que a gente nem imagina que chegaria para ficar! O que de fato, humanizou o processo de comunicação e aproximou-nos mais dos outros - tanto clientes como funcionários. Quebrou muros e egos! Com a pandemia, muitas empresas viram a comunicação como essencial para chegar aos públicos interno e externo. Isso demandou novos serviços, contratos e a geração de emprego. Conseguimos ótimas oportunidades de negócios e mostramos o quanto a comunicação corporativa é importante para todos os setores da sociedade. Ainda não podemos baixar a guarda. A pandemia não acabou e corremos um sério risco de ela entrar em 2022 um pouco mais crítica. Entretanto, quero falar disso não! Quero falar com você sobre metas, objetivos, desempenho e amor. Sim, amor, porque não? Amor ao que fazemos, amor à profissão, amor aos colegas. Ter empatia é também uma forma de amor. Ser educado, respeitoso, afetuoso, ético, transparente, também é uma forma de amor ao próximo. Foi pensando nisso, que foquei todos os meus esforços na PQN neste 2021 que está indo embora. Nossa publicação agora é mensal (ufa...consegui) e está mais dinâmica, mais a nossa cara. Foi por amor a tudo que eu faço, que consegui conquistar ainda mais você! Nossa revista está linda, ganhou mais anunciantes, novos colunistas e até mesmo resgatou antigos parceiros como Augusto köech, nosso colunista da região Sul do Brasil. Ele está de volta e com sangue nos olhos para divulgar a PQN para esse importante mercado da comunicação. Seja bem-vindo Guto!

EXPEDIENTE CEO: Robhson Abreu EDITORA: Valéria Flores REVISÃO: Conrado Santos Nelo PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO: Pubblicitá Comunicação DIREÇÃO DE ARTE: Dokttor Bhu COLABORADORES Alexandre Slivnik - Fernando Andreazi - Marcela Brito Marcos Guerra - Nair Prata - Maristela Bretas Valdeci Ferreira

SUCURSAIS VALE DO AÇO: William Saliba TRIÂNGULO MINEIRO: Mirna Tonus NORDESTE: Marcelo Chamusca RIO DE JANEIRO: Janaína Salles SUL: Augusto Köech BRASÍLIA: Tânia de Miranda “Todos os textos publicados na revista PQN tiveram seus direitos autorais doados pelos seus autores, não tendo esta publicação qualquer ônus por parte de cada autor/colaborador”.

PUBLICIDADE Para anunciar: (31) 98428-3682 CLARO (31) 2127-4651 Netfone publicidade@pqn.com.br comercial@pqn.com.br ASSINATURA DIGITAL assinar@pqn.com.br Mensal - R$ 9,00 Semestral - R$ 50,00 Anual - R$ 90,00 CARTAS À REDAÇÃO E SUGESTÕES DE PAUTA: cartas@pqn.com.br ACESSE:

www.pqn.com.br www.twitter.com/revistapqn www.facebook.com/revistapqn www.issuu.com/revistapqn www.anuariopqn.com.br www.instagram.com/revistapqn

E como temos aprendido a cada edição da PQN. Entrevistados, colunistas, colunáveis, colaboradores e anunciantes deram um show ao longo de 2021 e continuarão a surpreender-nos ainda mais em 2022. Quero convidar você a ser um colaborador da PQN com seus maravilhosos artigos e com reportagens que enchem nossos olhos. Basta entrar em contato comigo pelo robsonabreu@pqn.com.br . Vamos conversar, se não der certo, pelo menos garantimos um bom papo e ótimas risadas. A vida é feita de encontros. Então vamos nos encontrar mais neste 2022. O encontro somente com a terceira dose em dia. Não podemos colocar ninguém em risco! Então é isso! Feliz Natal e um maravilhoso Ano Novo para você! Robhson Abreu CEO

4

PÃO DE QUEIJO NOTÍCIAS

Desde 2004 A Revista PQN - Pão de Queijo Notícias é uma publicação da PQN Editora Ltda. Avenida Augusto de Lima, 134 loja 11 Centro CEP: 30190-001 BH/MG

/Revista PQN

@revistapqn

issuu.com/revistapqn


Sumário

Capa

28

A pandemia causada pela Covid-19 trouxe e consagrou inúmeras mudanças sociais para todos os setores. Foi preciso, de um dia para o outro, reinventar e aprender novas formas de trabalhar em cada tipo de atividade prestada à sociedade. Hoje, às vésperas de uma possível onda de contaminação com a variante Ômicron, que vem se espalhando rapidamente pelo mundo e ainda, impactada pela gripe Influenza (H3N2), com a cepa Darwin, a comunicação corporativa precisa, mais do que nunca, debater o futuro do setor e como as agências se comportarão diante de mais um confronto político/sanitário/social, mesmo que não tão preocupante com o que se assolou o mercado em meados de 2020. Capa: Flávia Rios Foto: Divulgação

Prosa Boa

10

Empreendedor, palestrante, influenciador digital e agente de modelos e artistas. Este é Guilherme Schneider, paulista de 33 anos, está à frente de uma das maiores agências de modelos do Brasil, a Forum Model Management. Confira a estreia da nossa prosa boa!

Cinema no Escurinho

40

Marcela Brito Alexandre Slivnik Fernando Andreazi Marcos Guerra

17 26 35 47

COLUNAS

ARTIGOS

Chega às telonas “Homem-Aranha - Sem Volta Para Casa”. O filme traz o personagem mais maduro, assumindo seu papel de herói e enfrentando o multiverso do Doutor Estranho. O terceiro filme do Homem-Aranha está atraindo milhares de fãs em todo o mundo e é acima de tudo um longa nostálgico de super-herói, cheio de grandes emoções, frases e situações que remetem a produções passadas e claro, muita ação!

Nair Prata Robhson Abreu Valéria Flores Mirna Tônus William Saliba Pro Lar! PQN Agro Bibliotecando Eu Quero! Tânia de Miranda Augusto Köech Marcello Chamusca SuperMercado Janaína Salles Etílico Poesie-se!

06 08 12 16 18 19 22 23 24 34 38 42 43 46 48 49 5


Arquivo Pessoal

PESQUISADORES

nairprata@uol.com.br

EVENTO CIENTÍFICO

A 45ª edição do maior evento científico da comunicação do país, o Congresso da Intercom, será realizado de 5 a 9 de setembro de 2022, em João Pessoa, na Paraíba, com promoção da Universidade Federal da Paraíba. A submissão de artigos será aberta logo no início do semestre, então é bom ficar de olho nos prazos. O encontro reúne anualmente pesquisadores, professores, estudantes de graduação, de pós-graduação e profissionais do mercado da comunicação que participam de dezenas de fóruns, palestras, mesas, oficinas, minicursos e sessões de apresentação de artigos. Informações em breve: www.intercom.org.br

Você sabia que existe no Brasil uma rede de pesquisadores que se dedica a estudar exclusivamente a ficção televisiva? Criado em 2007, o grupo Obitel Brasil (Rede Brasileira de Pesquisadores da Ficção Televisiva), é composto por investigadores que atuam em universidades e centros de pesquisa de vários estados brasileiros e que contam com apoio financeiro das agências de fomento à pesquisa. E o Obitel lançou o livro Criação e inovação na ficção televisiva brasileira em tempo de pandemia de Covid 19, disponível para download gratuito (http://obitelbrasil.blogspot. com/). A obra foi organizada por Maria Immacolata Vassallo de Lopes e Lourdes Ana Pereira Silva.

Divulgação

GRUPOS DE TRABALHO

A Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação (Compós) realizará, mais uma vez, a reciclagem dos seus grupos de trabalho. Por todo o país, já está ocorrendo uma intensa movimentação dos proponentes de GTs em busca de pesquisadores que queiram assinar as propostas. É importante lembrar: 1) Pesquisadores só podem ser signatários de, no máximo, duas propostas de criação de GTs na Compós; 2) Podem subscrever como proponentes: docentes de programas de pós-graduação associados à Compós; discentes de programas de pós-graduação associados à Compós; pesquisadores que já tenham participado, com apresentação de trabalho, de pelo menos um encontro anual da Compós. Divulgação

CONGRESSO

A Associação Latino-Americana de Investigadores em Comunicação (ALAIC) abriu chamada para pesquisadores que queiram oferecer oficina no congresso da entidade, que será realizado de 26 a 30 de setembro de 2022, em Buenos Aires, na Argentina. O objetivo da atividade é aproveitar a presença de pesquisadores durante os congressos da ALAIC, para estabelecer dinâmicas de discussão do conhecimento, recuperação de trabalhos em andamento e reflexões em torno de temas de interesse comum. As propostas devem ser enviadas até 20 de fevereiro. Informações: www.alaic.org Divulgação

LANÇAMENTO

A Editora Insular acaba de lançar Tópicos em jornalismo: Redação e Reportagem, organizado pelos competentes Angela Zamin e Reges Schwaab. Disponível para download gratuito (https://resto.jor.br/), o livro apresenta 43 verbetes, assinados por 40 autoras e autores, com foco na prática laboratorial e experimental em Jornalismo, inspirados pela própria experiência de ensino e do exercício profissional em cada tópico. A obra está organizada em quatro partes: Princípios e etapas da produção; Gêneros jornalísticos; Jornal e Revista; Editorias, seções e abordagens especializadas. Cada verbete sinaliza como fazer, mas também aponta como pensar, questionar, inferir e sentir jornalisticamente, o que pode ajudar na experiência de ser jornalista.


BLINDE-SE


Roberto Caiafa

SOLIDÁRIAS

robsonabreu@pqn.com.br

Divulgação

MEDALHISTA

O diretor da Start Comunicação, o jornalista Ailson Santos, participou da XXII Volta Internacional da Pampulha, realizada em BH, no último dia 12 de dezembro, data em que se comemora o aniversário da capital mineira. Contabilizando todas as suas participações em corridas, essa é a sua 10ª medalha alcançada. E segundo Ailson, essa foi a mais difícil até agora. Parabéns por todo o esforço e que venha a São Silvestre! Se preparem quenianos que ele está chegando!

As Agendas Solidárias do Hospital da Baleia já estão disponíveis nas unidades da Drogaria Araujo em BH e Região Metropolitana. São mais de nove mil exemplares da nova edição que ajudarão na arrecadação financeira da instituição filantrópica. Além de ser uma ótima opção para presentear, a doação de R$35,00 ajuda no tratamento de milhares de pessoas. A capa é fruto de uma parceria com a artista mineira, Maria Raquel Bolinho, grafiteira e criadora do personagem Bolinho. Em outras edições, a capa foi criada por artistas como Ronaldo Fraga, Caraminholas, Thiago Mazza, Dan Arrows e Greco Design. Divulgação

MERCEARIAS

O jornalista gastronômico Daniel Neto, o Nenel, está fazendo a curadoria do interessante Mercearias de Beagá – Circuito Histórico. O projeto visita cinco casas, em quatro regionais de BH, para registrar em vídeo e em fotografias as histórias e os cenários destes estabelecimentos, todos com mais de 40 anos de serviços prestados à população da capital mineira.

MISSÃO SOCIAL

Conhecida no mercado corporativo por fazer parcerias inusitadas, Daniela Robledo é o novo nome da SOL. Ela será a líder do time de comunicação da marca, que quer ser reconhecida como a maior empresa de energia solar do país em um ano. A missão é desenvolver um grande legado sustentável e social para o Brasil. a Infinito Fotografi

PREMIAÇÃO

O projeto Viva Sua Idade, do laboratório Hermes Pardini, venceu o Prêmio Aberje Nacional 2021 na categoria Sociedade. Idealizado pela Árvore - Laboratório de Comunicação Corporativa, o projeto foi desenvolvido em 2020 e 2021 tendo em vista os idosos como grupo prioritário fortemente afetado pela pandemia. Diversas iniciativas foram preparadas em um movimento de conexão do Pardini com esse público, como lives com atrações diversas, uma websérie em 10 episódios, o patrocínio à iniciativa Arte nos Lares do Movimento Gentileza, cursos de história da arte, caderno de colorir e revista de passatempos.

HOMENAGEM MERECIDA

O Sempre Um Papo, do jornalista Afonso Borges, recebeu da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, uma homenagem pelos seus 35 anos de fundação. Criado em 1986, o Sempre Um Papo é reconhecido como um dos programas culturais de maior credibilidade do País. Em sua história, já ultrapassou os limites de Belo Horizonte e chegou a 30 cidades, oito estados, além do Distrito Federal. Tendo sido realizado também em Madri, na Espanha. O projeto realiza encontros entre grandes nomes da literatura e personalidades nacionais e internacionais com o público, ao vivo, em auditórios e teatros. Agora, durante a pandemia, os encontros estão acontecendo em formato virtual. Nestas três décadas e meia de trabalho, aconteceram mais de sete mil eventos, que reuniram um público superior a dois milhões de pessoas.

8


Divulgação

BONS RESULTADOS

A LAM Comunicação, agência de PR fundada por Luiz Antonio Magalhães, está comemorando o bom desempenho obtido em 2021 – novos clientes e colaboradores e dobro do faturamento. A empresa cresceu muito durante a pandemia, mesmo com o time em home office. E mês passado, a LAM inaugurou sua sede na Avenida Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo. Com menos de três anos de operações, a agência já atendeu mais de 50 clientes com uma aposta personalizada de relacionamento em assessoria de imprensa, gestão de crise e soluções em comunicação corporativa, além de oferecer serviços de marketing digital e gestão de redes sociais. Na esteira da expansão, um novo site também foi lançado. Confira: www.lamcomunicacao.com

PRÊMIO ABERJE I

A Aberje anunciou o resultado dos ganhadores do seu cobiçado Prêmio Aberje. A premiação é composta por 16 categorias, subdivididas em três eixos: Foco no Tema, Foco em Públicos e Foco em Meios. O primeiro eixo teve como foco projetos de comunicação inscritos de acordo com o seu tema e contempla cinco categorias. Na categoria Diversidade & Inclusão o prêmio ficou com a mineira Localiza. Já em Ética, Integridade e Compliance, houve um empate entre a Klabin e a BRF. Em Gestão de Crises, o prêmio foi para a BRF. Na categoria Marca, o vencedor foi a SulAmérica Seguros. Em Memória Organizacional, o primeiro prêmio ficou com Norsk Hydro e na categoria Sustentabilidade Organizacional, a premiação foi para a Natura. Merecido! Arquivo Pessoal

PRÊMIO ABERJE II

No eixo que agrupa os projetos inscritos de acordo com os Públicos a que eles se destinaram, os vencedores foram: na categoria Consumidor/Cliente quem levou o prêmio foi a mineira Cemig SIM. Na categoria Imprensa e/ou Influenciadores, o primeiro lugar ficou com a Câmara Brasileira do Livro. Em MultiPúblicos, a premiação foi para a LATAM Airline Brasil e na disputada categoria Público Interno, outro empate: White Martins Gases Industriais e Ifood.

ISSO A GENTE JÁ SABIA!

Mara Bianchetti, repórter do jornal Diário do Comércio, em BH, está entre os 50 jornalistas +Admirados da Imprensa de Economia, Negócios e Finanças do Brasil, premiação concedida pelo portal dos Jornalistas & Cia. Formada há 13 anos, Mara cobre a área de Economia há mais de uma década e é uma das repórteres mais respeitadas na capital mineira. Parabéns, mas a gente já te admira faz tempo!

COMEMORAÇÕES

A Rede Minas está celebrando seus 37 anos com uma programação mais dinâmica, diversa e cada vez mais próxima das raízes do estado. E as comemorações já começaram com a estreia de novo programa e novas temporadas que dialogam com as cores, sabores, saberes, aromas e histórias da cultura popular - Sabor & Afeto, Estações, Minas da Gente, Mulhere-se, Palavra Cruzada. Além dos ótimos Jornal Minas 1ª Edição e 2ª Edição e os programas Meio de Campo e Opinião Minas que têm como cenário uma redação reestruturada, com novo desenho de iluminação e maior interatividade.

PRÊMIO ABERJE III

No terceiro, que agrupa projetos com foco em Meios, a primeira categoria, a de Eventos, premiou a Neoenergia. Já na categoria Mídia Audiovisual, a premiação foi para o Serviço Social do Comércio – Sesc Pantanal. Na categoria Mídia Digital, a vencedora foi a Energisa e, em Mídia Impressa, o prêmio ficou com a AngloGold Ashanti. Finalizando as 16 categorias, o vencedor de Publicação Especial foi a Nissan do Brasil, com sua HQ anunciando o lançamento de seu carro elétrico. Um trabalho digno do prêmio mesmo! Arquivo pessoal

NA TERRA DO TIO SAM

O jornalista mineiro Pedro Aquino Paiva, enfim, chegou aos Estados Unidos. Ele se destacou no ano passado cobrindo as eleições americanas de forma simples e divertida pelo seu Instagram (@pedroaquinopaiva). Desde dezembro de 2020, ele também é produtor do América News da Globo Internacional e apresentador do TOP 5 do GloboPlay Internacional. A viagem que era para ter acontecido na posse de Biden só foi possível agora, com a reabertura das fronteiras. Pedro é sobrinho da multitalentosa escritora e jornalista Luciana Aquino, que recentemente lançou o bestseller “Para além do meu olhar”.

9


Prosa Boa

Retendo audiências! Empreendedor, palestrante, influenciador digital e agente de modelos e artistas. Este é Guilherme Schneider, paulista, 33 anos, empresário que está à frente de uma das maiores agências de modelos do Brasil - a Forum Model Management. Tendo trabalhado como modelo e conhecendo profundamente o mundo artístico, ele agora aposta em novo modelo de negócios para aqueles que trabalham com as mídias sociais e precisam aprender a manter a audiência e ainda, reter com maior êxito as suas audiências. Confira essa prosa boa!

ROBHSON ABREU 1- Como e quando você decidiu fundar a Forum?

eles os incentivadores mais ferrenhos por trás dessa causa.

Eu era gestor em uma agência de modelos e depois de algumas divergências de ideias, em uma conversa com três colaboradores, entendemos que se não fosse para fazer um projeto grande como a Forum, acabaríamos mudando de ramo.

2 - Como a Forum está lidando com a ascensão de visibilidade dos influenciadores digitais para o mercado publicitário?

Creio que todos aqueles que vendem qualidade permanecerão. As agências sérias têm suas vantagens e diferenciais que os influenciadores (principalmente os pequenos) não possuem. Oferecemos assessoria jurídica para todos os contratos, fazemos as verificações e precificações corretas de cachês, estudamos se o posicionamento do influenciador tem sentido com as marcas que estão procurando-o, e se

Fred Magno

Essa conversa aconteceu no início de setembro de 2014 e no dia 3 de novembro, menos de dois meses depois, a Forum abria suas portas na capital paranaense. E com muito orgulho, tenho a sorte de trabalhar com o Júnior, o Rubem e a Ermínia. Foram

Hoje estamos otimizando uma divisão voltada somente para os influenciadores digitais por entender que a demanda por eles é algo que tem um ritmo diferente dos modelos e atores. Além disso, temos um projeto de desenvolvimento de novos influenciadores. O objetivo é acelerar o crescimento da carreira deles e gerar audiência qualificada.

3 - Você acredita que essa nova fase seja positiva para as agências ou um entrave, tendo em vista que muitas marcas negociam diretamente com os influenciadores digitais?

10


pessoal Fotos: Arquivo Guto e Guilherme: uma parceria que deu certo, gerando audiência e lucro para todos

isso agrega para o crescimento de ambos. Além de fazermos toda a interveniência administrativa e financeira. Algumas vezes, as agências são tratadas como um seguro. As pessoas relutam em investir, mas quando o sinistro acontece, o nosso telefone é o primeiro a tocar. 4 - O que a Forum vem fazendo para se adaptar a este novo cenário? Estamos investindo sempre no desenvolvimento do nosso casting por meio de lives, palestras e reuniões individuais. O novo mercado está baseado na audiência do indíviduo e quem não souber trazer e reter audiências, estará fadado a não ser lembrado pelo nome. 5 - Quais os diferenciais do novo núcleo de trabalho da Forum? Estamos trabalhando com grandes empresas do setor que já atuavam a mais tempo que a gente com o marketing de influência. Assim, conseguimos gerar mais possibilidades de contratos para os nossos agenciados. Separamos os influenciadores dentro da empresa entre os que estão consolidando imagem e os que já estão posicionados no mercado. Direcionamos a captação de trabalho de acordo com este quesito. 6 - O mundo da moda tem gerado muitos influenciadores digitais. Como você enxerga este mercado

hoje no Brasil, e especialmente na região na Sul? O mercado de moda está passando por uma grande transformação no conceito das marcas e principalmente trazendo a diversidade para a vida real. Sempre se falou sobre diversidade de tamanhos e estilo de peças, mas nunca isso foi tão presente como agora. Ainda tem um caminho longo para as marcas entenderem e representarem de fato seus consumidores, mas estamos avançando. O Sul é uma potência, grandes marcas nacionais fabricam no Vale do Itajaí, no Noroeste do Paraná e no Rio Grande do Sul, e por serem regiões tradicionais na produção têxtil grandes inovações começam aqui. E isso tem atraído os profissionais especializados no assunto moda, principalmente na fabricada aqui na região. E por consequência, a região Sul é um mercado muito visado pelo Brasil todo. Então as tendências na forma de apresentar essa moda fazem toda a diferença. E os influenciadores digitais têm um papel fundamental, colaborando em inspirar o mercado

nacional, mostrando o nosso potencial em ditar moda em todo o mundo. 6 - A Forum tem em seu casting algum comunicador como influenciador digital? Sim. Estamos trabalhando a gestão de redes sociais do jornalista Guto Köech. Inclusive foi com ele que demos esse start no serviço. Köech é um empresário à frente da marca que leva o seu nome, a GK. Ele é um cara de visão empreendedora, o que facilita nosso trabalho, tanto como modelo quanto como influencer. Um exemplo de profissional que cativa sua audiência e busca novos horizontes na carreira.

11


Arq

uivo

pes

soa

l

PREMIAÇÃO

valeriaflores@pqn.com.br Divulgação

NATAL SEM FOME

Voluntários da Vale entregaram alimentos ao longo da Estrada de Ferro Carajás durante a campanha Rede Voluntária Vale e Natal Sem Fome 2021. Mais uma vez, a mineradora, que desenvolve ampla ação de combate à fome junto à ONG Ação da Cidadania, mobilizou seus voluntários nesta causa e pretende entregar 770 mil refeições para os brasileiros até o Natal. A campanha é inspirada na ação contra a fome, mobilizada pelo sociólogo Herbert de Souza, o Betinho. A iniciativa já levou alimentos para mais de 20 milhões de pessoas em todo o Brasil desde seu lançamento em 1994.

A excelência da Pif Paf Alimentos na gestão de pessoas recebeu novos reconhecimentos. Por meio de um projeto desenvolvido pela Fundação Mendes Costa (FMC), instituição sem fins lucrativos, mantida pela empresa, ela foi agraciada na 20ª edição do Prêmio Ser Humano, oferecido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos, seccional Minas Gerais (ABRH-MG). Trata-se de um reconhecimento às ações implementadas pelo Programa Inspirar, vencedor na categoria Sustentabilidade. A cerimônia de premiação evidenciou práticas diferenciadas e inovadoras voltadas para o enfrentamento da crise gerada pela pandemia da Covid-19. Divulgação

CAUSA ANIMAL

A ONG Animal Equality tem a missão de agir para acabar ou mitigar o sofrimento dos animais no planeta. De acordo com dados levantados, o manejo rural nas fazendas industriais presente em todos os países contribuem para aumentar o sofrimento dos animais – da criação ao abate. A prática é sempre a mesma, independentemente de sua localização. Para provar isso, o reconhecido filantropo e empresário americano, Ariel Nessel, empenhou-se em uma verdadeira jornada voluntária, como investigador, para mostrar a realidade mundo afora. Com coragem, ele se arriscou, mas conseguiu gravar e registrar toda a sua experiência. Conheça e apoie a causa: https://www.youtube.com/watch?v=nCvUrD0fqno e também https:// animalequality.org.br/minha-experiencia-como-investigador/

MIGRAÇÃO

Dezembro é lembrado como o Mês Internacional dos Migrantes e traz a oportunidade de reiterar a todos, que migrar é um direito e que a situação humanitária vivida pelos venezuelanos no Brasil é gravíssima. A ONG internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) leva cuidados de saúde à população de migrantes e solicitantes de asilo venezuelanos no Brasil desde 2018. Este ano, as equipes atenderam a um total de 37.517 pacientes em todos os serviços prestados nas duas localidades fronteiriças, Pacaraima e na capital de Roraima, Boa Vista. As equipes de saúde mental registraram que 69% dos pacientes sofrem com depressão, ansiedade e estresse agudo, tendo como causas principais o deslocamento, a separação de familiares e as experiências violentas. Divulgação

PILARES

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou o plano estratégico para o quinquênio 2021-2025. Entre os cinco pilares do plano, que atuam na sustentação para implantação do conjunto de estratégias da companhia, está a máxima: segurança, saúde e respeito às pessoas e ao meio ambiente. O texto do documento ressalta o compromisso da empresa em ser a melhor organização de energia na geração de valor para o acionista, com foco em óleo e gás e com segurança. Além do respeito às pessoas e ao meio ambiente, com vistas à eliminação do paradigma gap de performance, que a separa das melhores empresas globais de petróleo e gás (conceito Mind The Gap - que impacta diretamente os colaboradores que, para alcançar um alto desempenho devem acompanhar o ritmo de mudanças impostas pelo mercado). E também por apresentar o modelo de dupla resiliência: econômica, à cenários de baixos preços de petróleo, e ambiental, com foco em baixo carbono.


A ASSEMBLEIA FISCALIZA E O RESULTADO APARECE PARA VOCÊ. A Assembleia fiscaliza e exige que os serviços públicos prestados a você sejam cada vez melhores. Por isso, as deputadas e os deputados trabalham todos os dias para defender seus direitos e cobrar as melhorias que você merece. Um trabalho que acontece na educação, na saúde, na segurança, em iniciativas como as CPIs da Tragédia de Brumadinho, dos Fura-Filas da Vacina e da Cemig.

Saiba mais em almg.gov.br/fiscaliza


Praça da Liberdade, um dos mais belos cartões postais de Belo Horizonte.


Robhson Abreu

jornal de belô


Arquivo pessoal

AGRO SHOPPING

pqn@pqn.com.br Divulgação

BYE BYE

O jornalista Lucas Papel, egresso da segunda turma de Jornalismo da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e ex-aluno desta colunista, deixou o Globo Esporte (GE) Triângulo, da TV Integração, em Uberlândia, após seis anos de casa. Foram várias matérias redigidas, muitas histórias contadas e inúmeras coberturas esportivas (locais, estaduais, nacionais e internacionais). Agora, ele parte para um novo desafio profissional na comunicação corporativa, mas manterá seu lado de mestre cervejeiro e de escritor. Boa sorte e conte sempre com a gente!

Foi inaugurado o primeiro shopping do agronegócio do País, o Agro Shopping Uberlândia. Com 150 mil m2 e R$126 milhões de investimento, o complexo tem capacidade para abrigar mais de 1.600 lojas e módulos, 60 quiosques, estacionamento para 2.600 automóveis e heliponto. O empreendimento, localizado em um ponto estratégico e forte para o segmento (Av. Rui de Castro Santos, 1991 - Mansões Aeroporto), reúne, em um só local, produtos, materiais e espaços onde produtores, empresários e compradores possam encontrar soluções para suas necessidades de negócios. Além disso, também é um ambiente de lazer, perfeito para um passeio com toda a família. Valter de Paula

HONRARIA

Algumas pessoas e entidades que contribuem com o desenvolvimento social e econômico de Uberlândia foram agraciados pela Prefeitura Municipal com a Grande Medalha Ary de Castro Santos, criada em homenagem aos 100 anos de nascimento deste importante uberlandense. Um dos agraciados foi o Grupo Paranaíba, criado por Ary e formado, atualmente, por duas emissoras de rádio e uma de TV, sendo essa a primeira com transmissão totalmente em cores do Triângulo e também a pioneira na implantação de programação 100% HD. A honraria, entregue por Odelmo Leão, será concedida anualmente pelo Prefeitura no dia 17 de dezembro. Durante a solenidade, na sede da empresa, foi inaugurado o Memorial Ary de Castro Santos.

NOVOS DESAFIOS

A GA Comunicação assumiu a gestão e produção da comunicação interna da Callink, empresa de soluções tecnológicas, em Uberlândia. A agência é parceira da empresa há mais de dez anos, sendo responsável pela assessoria de imprensa e produção de textos para comunicação com o público externo por meio do site e dos perfis em mídias sociais. Para o novo desafio, foi ampliada a equipe de colaboradores, contando com pessoas que já atuavam na Callink. Divulgação

BOM RESULTADO

A Câmara dos Deputados Deputados, em Brasília, divulgou o Ranking de Universidades Empreendedoras (RUE) 2021. 2021 Esta é a quarta edição do levantamento feito pela Brasil Júnior, Júnior iniciativa da Confederação Brasileira de Empresas Juniores (Movimento Empresa Júnior). Júnior) Dentre as 126 universidades públicas e privadas ranqueadas, a Universidade Federal de Uberlândia ficou na 22ª colocação no ranking geral (18ª entre as federais). Ela é a 10ª na região Sudeste e 5ª em Minas Gerais. Na avaliação da Extensão, a UFU ficou na 9ª colocação

16

TECNOLOGIA 5G

Uberlândia entra para a história como uma das primeiras cidades do Brasil, junto a Uberaba e Franca, no interior do Estado de São Paulo, a iniciar as operações da tecnologia 5G. O anúncio foi feito em evento realizado na Prefeitura urbelandense, com a participação do prefeito Odelmo Leão e do vice-presidente de negócios da Algar Telecom, Osvaldo Carrijo. A tecnologia de quinta geração tem sido amplamente discutida em todo o mundo. Na prática, os moradores da cidade que tiverem celulares compatíveis com a nova tecnologia terão uma velocidade de navegação até 40 vezes maior que a 4G, permitindo, ainda, mais usuários conectados sem perda de qualidade.


Divulgação

*Mentora de Carreiras e Marcas Pessoais Globais. É co-founder e sócia da Iventys Educação Corporativa.

MARCELA

BRITO

O poder das pessoas magnéticas

E

xiste algo mágico nas pessoas que olham nos olhos, algo ainda mais instigante naquelas que escutam com interesse e vontade de dar ao outro a oportunidade de se expressar em sua verdade. E nada é mais atrativo do que alguém que sorri com os olhos em lugares com muitas pessoas. Sabe aquela sensação de estar perdido e, subitamente, vislumbrar um ponto de luz que irá guiá-lo em meio à multidão? É proeza das pessoas que atraem. Essas são as pessoas magnéticas. Aquelas que trazem para perto de si os perdidos, os confusos, os desanimados, os que se sentem só. Você nunca se sente perdido perto de alguém assim. Muito mais do que carisma e atratividade, elas exalam claramente um poder que somente os mais observadores conseguem perceber: elas fazem você se sentir à vontade por ser quem você é. Em um mundo que gira em torno de aparência, índices de vaidade que vertiginosamente crescem no ambiente virtual, frio (e tantas vezes cruel) da internet, encontrar um magnético é encontrar um porto seguro, um instrumento para você se reconectar com a sua essência. Os magnéticos doam luz, energia e calor aos que padecem na escuridão e sombra de um mundo que premia aqueles que buscam atalhos para fugir de si mesmos. Quando uma pessoa se reconecta consigo mesma, ela presenteia o universo. É como se nesse bailar de consciência e clareza, ela não suportasse mais viver na superfície.

Viver na luz é uma experiência profunda, ela ofusca quem por muito tempo viveu na obscuridade. Os magnéticos são especialistas em compartilhar um dos segredos mais bonitos da existência: a luz é privilégio dos que entendem a importância da sombra. Portanto, brilhar é condição exclusiva dos que compreendem que a sombra é parte de si mesmo. Somos feitos dos dois. Luz e sombra. Logo, temos a liberdade de escolher com qual vamos prosseguir na vida. A sombra marca o reconhecimento da dor, da fragilidade, da mortalidade da matéria. Entretanto, a luz confirma nossa ascendência divinal, nosso propósito e a imortalidade que nosso brilho pode gerar a partir do momento que brindamos outras vidas. Ser magnético não é uma dádiva e, sim, uma decisão. Você pode permanecer no lugar escuro e frio da solidão, da não estima pelo ser que você é ou pode escolher sair desse lugar, enfrentar a intensidade da luz e somar-se a ela. Ao somar-se à luz, você enxerga que tudo o que você precisava fazer era brilhar. Foi para isso que você nasceu. Quando você brilha, você revela aos demais que a escuridão nada mais é do que o lugar onde reside uma pessoa que não sabia que podia brilhar. Uma pessoa magnética espalha luz quando brilha, então, essa é uma escolha diária. Eu escolho continuar brilhando!


Arquivo pessoal

PARABÉNS

pqn@pqn.com.br

A Fundação São Francisco Xavier (FSFX), braço social da Usiminas nas áreas da saúde e educação, completou em dezembro, 52 anos de uma trajetória marcada pela excelência em assistência à saúde, compromisso com a educação e tratamento humanizado em todas as regiões onde atua, seja no Vale do Aço, em Itabira ou em Cubatão.

CONFRATERNIZAÇÃO

Divulgação

O presidente da Usiminas, Sérgio Leite, e alguns diretores, receberam profissionais da imprensa na aconchegante Casa de Hóspedes, no bairro Castelo, para um almoço de confraternização de final de ano. Sempre muito carismático, Sérgio agradeceu a todos pela parceria ao longo dos anos. O presidente apresentou recordes de produção em diferentes áreas de negócio da siderúrgica, além do bom desempenhao na produção de aço bruto em Ipatinga e de laminados, tanto na Usina de Ipatinga quanto na de Cubatão, na Baixada Santista, interior de São Paulo. O ano de 2021 foi marcado por importantes investimentos como o Centro de Memória Usiminas, entregue em outubro; o projeto de empilhamento a seco da Mineração Usiminas, inaugurado no início de dezembro; e o anúncio da reforma do alto-forno 3 da Usina de Ipatinga. Assim, a companhia encerra 2021 como o melhor ano em resultados nas últimas duas décadas. Que continue assim! Divulgação

JOGOS PEDAGÓGICOS

Alunos dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Católica do Leste de Minas Gerais (Unileste) criaram jogos educativos que auxiliam crianças a identificar, se cuidar e a proteger seus pares em situações de abuso sexual infantil. A partir da disciplina Criatividade e Inovação, o coordenador dos cursos de comunicação e professor do Unileste, Rodrigo Cristiano Alves, propôs aos estudantes a abordagem do tema por meio da criação de produtos. Foram criados jogos de cartas, memória e tabuleiro, de forma lúdica e criativa, com linguagem próxima às crianças para gerar uma identificação e maior compreensão do público-foco (crianças e adolescentes). Os protótipos foram apresentados à coordenadora do curso de Pedagogia, Maria Aparecida de Souza Silva, que testou junto aos estudantes da graduação, a eficácia das peças frente aos objetivos propostos pelos jogos. E os resultados foram surpreendentes. Parabéns pela interessante iniciativa!

MANSÃO

Divulgação

O empresário Anderson Franco abriu as portas da sua recém-inaugurada mansão no Condomínio Village, em Ipatinga, para receber a imprensa da Região Metropolitana do Vale do Aço. O imóvel, com 6.550 m2 de área construída, é o maior de Minas e um dos 10 maiores do Brasil. Tem três pavimentos, com heliponto licenciado pela Anac e hangar para seu helicóptero. O projeto arquitetônico é de Carol Zancanaro. Ainda completam a casa um cinema para 20 pessoas, dois salões de jogos, academia, duas salas de jantar, 12 banheiros, duas garagens para até 40 carros, adega inspirara em Dubai e um salão aberto para realização de shows e eventos .

18

CAPACITAÇÃO

A Fundação Aperam Acesita, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), fecha o ano com balanço positivo. Em 2021, foram promovidas quase 5 mil horas de capacitação. Foram 25 cursos realizados em quatro semestres resultando na formação de mais de 300 alunos. Os cursos foram realizados nos formatos online e presencial.


PRO LAR! pqn@pqn.com.br

Divulgação

BANHEIRAS

Para você que gosta de banheira, que tal o lançamento da série Sabbia de banheiras da Portobello. A linha traz três opções de design - Angra, Bahia e Sampa. Disponíveis nas cores branco fosco, cinza rústico fosco e nude rústico fosco. Com formas contemporâneas, as banheiras possuem acabamento acetinado em Duramatt, material composto por minerais naturais e resinas, extremamente resistente, térmico, higiênico e não poroso. Seu design atemporal e minimalista a torna uma escolha eficiente para diferentes projetos. Disponível no tamanho 162x73x62cm. Divulgação

PURIFICADOR

Se você está cansado dos filtros de barro, que tal dar uma modernizada na sua cozinha com os purificadores da Lorenzetti. Prático e de fácil instalação, o purificador Versatille pode ser retirado da torneira da cozinha e ser inserido na torneira da varanda ou da área da churrasqueira e vice-versa.

Divulgação

AQUECEDOR

Para os dias friozinhos, nada melhor do que ter um aquecedor elétrico em casa. O modelo Versátil, da Lorenzetti, se diferencia por ser uma alternativa eficaz e prática ao fornecer maior conforto durante os dias frios. O aquecedor possui duas saídas de água (fria e quente) e pode ser instalado em pias, bidês e lavatórios.

Divulgação

ASSENTO SANITÁRIO

Mais que uma peça de decoração, o assento sanitário é um acessório fundamental. A peça , conhecida popularmente como tampa de privada, garante conforto em um momento íntimo, decora, além de garantir maior higiene ao banheiro, protegendo-o da proliferação bacteriana, uma vez que ele isola a dispersão de bactérias. O vaso sanitário pode ser um local anti-higiênico mesmo com a limpeza em dia, devido à pressão da água da descarga que escoa pela porcelana da louça, favorecendo a saída de gotículas e a dispersão de micro-organismos no ar. A Astra possui a mais completa linha do mercado em assentos sanitários, com os mais diversos acabamentos, cores e formatos - são cerca de 95 modelos de assentos e mais de 100 cores disponíveis que cabem em todos os bolsos.

19


“Eu sou Belôzeiro, vim pra cair na folia! ” Alex Rodrigues


Hanna Gabriela


pqn@pqn.com.br Divulgação

AGRO

CAFEICULTURA

A Embrapa Café, na coordenação do Consórcio Pesquisa Café, lançou a décima quinta publicação da série Embrapa Documentos intitulada Cultivares de café resistentes à ferrugem: alternativa viável para a cafeicultura das Matas de Minas. A publicação é de autoria dos pesquisadores Antonio Carlos Baião de Oliveira, Antonio Alves Pereira, Eveline Teixeira Caixeta, Marcos Deon Vilela Resende e Marcelo de Freitas Ribeiro. Baixe gratuitamente: https://www. infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/bitstream/ doc/1138046/1/Embrapa-Cafe-Documentos-15.pdf

REPOSICIONAMENTO

AGRICULTURA FAMILIAR

A partir do dia 10 de janeiro de 2022, os produtos da safra de verão amparados pelo Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF) terão novos preços de garantia. O reajuste, aprovado recentemente pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), tem validade de um ano e foi publicado no Diário Oficial da União. Os valores atualizados serão utilizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para o cálculo do bônus oferecido mensalmente pelo programa. Divulgação

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio do Serviço Florestal Brasileiro, lançou o Módulo de Regularização Ambiental do Sistema de Cadastro Ambiental Rural (Sicar). A tecnologia possibilitará ao produtor rural que tiver o Cadastro Ambiental Rural (CAR) analisado elaborar uma minuta de proposta de adesão ao Programa de Regularização Ambiental (PRA) e acessar os benefícios estipulados pelo Código Florestal Brasileiro. Na live de lançamento do módulo, a ministra Tereza Cristina destacou que o MRA é uma ferramenta decisiva para que o país avance na agenda da regularização ambiental das propriedades e posses rurais, garantindo a efetiva implementação do Código Florestal brasileiro.

PORTO

Cerca de 20% das exportações de milho do país são realizadas pelo Porto de Barcarena (PA). Das 16,99 milhões de toneladas do cereal embarcadas entre janeiro e novembro deste ano, 3,36 milhões tiveram como destino o porto do município paraense. É o que revela o Boletim Logístico produzido pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O documento ainda mostra que Barcarena também tem ganhado espaço nos embarques de soja. Neste ano, cerca de 10% do volume exportado da oleaginosa foi realizado neste porto do Arco Norte.

AGTECH

Usar inteligência artificial e Big Data na cadeia do agronegócio é hoje um grande desejo das indústrias do setor, por isso, startups que oferecem inovação e análise de grandes volumes de dados estão cada vez mais no radar dos investidores. Nesta direção, a SciCrop, uma das maiores plataformas de integração, dados e algoritmos do agronegócio brasileiro, acaba de captar, em apenas 10 dias, R$ 2 milhões através da EqSeed, a maior plataforma de equity crowdfunding do país. A Agtech já conta com investidores de peso, como o ex-secretário de política econômica do Ministério da Fazenda e um dos economistas mais influentes do país, Luiz Carlos Mendonça de Barros. O economista também integra o board da empresa.

Divulgação

LIVE

A Aperam BioEnergia promoveu o 1º Dia de Campo online, trazendo o que há de melhor no mercado florestal relacionado a melhoramento genético. A apresentação foi feita por meio de uma live no canal de YouTube (youtube.com/aperambrasil). Participaram dessa conversa Luanna Pereira, coordenadora de melhoramento genético, Claudilene Pena, coordenadora do viveiro, e Matheus Aguiar, analista de vendas. Todos o conteúdo já está disponível aos interessados.

22


o d n a c e t o i l b Bi m.br

pqn@pqn.co

Divulgação Divulgação

Divulgação

UNS E OUTROS – HISTÓRIAS DE DUPLAS

João Anzanello Carrascoza e Nelson Cruz Editora: Maralto Preço: R$ 49,90 Na parceria inédita entre os autores, estão reunidos 22 contos, escritos por Carrascoza, que são acompanhados pelas ilustrações de Cruz. O enredo traz narrativas interessadas nos episódios da vida que, à primeira vista, parecem pequenos e insignificantes, mas que assumem uma outra dimensão na escrita do paulista. Junto aos textos, o artista apresenta uma série de ilustrações, criadas a partir de uma mesclagem de técnicas diferentes e da experimentação com materiais inusitados, como o papelão, a madeira e o ferro. A obra também traz um formato inovador, com duas capas, uma delas na metade do livro. Ao chegar nesse ponto, o leitor deve virar o livro de ponta-cabeça para continuar saboreando a leitura. Sobre o processo de trabalho do livro, Cruz explicou que começou a elaborar os desenhos depois do contato com as histórias que já tinham sido escritas por Carrascoza e que a ideia da duplicidade permeia a obra em todos os aspectos. Sua referência para a composição foi o próprio diálogo entre escrita e ilustração e, ao mesmo tempo, o diálogo com o olhar do leitor. Nelson Cruz venceu o prêmio Jabuti este ano nas categorias infantil e livro do ano por ‘Sagatrissuinorana’, feito em parceria com João Luiz Guimarães.

O DIÁRIO SECRETO DE BIA

Ricardo de Moura Faria Editora: Leia Preço: R$ 40,00 mourafaria@hotmail.com

O romance narra o cotidiano da personagem Ana Beatriz e a acompanha da adolescência até a fase adulta. Mas quem é a Bia? É uma moça belo horizontina que vive de forma completamente livre suas aventuras amorosas e, claro, escreve tudo em seu “diário”. A obra é uma verdadeira “viagem” por lugares famosos da capital mineira como as praças da Liberdade e do Papa, bem como pelas cidades vizinhas (Ouro Preto, Sabará, Diamantina, São João del Rei, Tiradentes) nas quais Bia – que é uma moça linda, estudiosa e consciente, diga-se de passagem – estuda, trabalha ou somente se diverte. Nestes tempos obscuros, acompanhar as aventuras dessa moça, que apesar de ser uma mineira ao “pé da letra”, ou seja, um pouco tímida, mas nem tanto, vive sua liberdade sexual sem pudores (mas com responsabilidade), é como sentir o frescor de tempos nos quais fomos, nós brasileiros, mais esperançosos e otimistas. É preciso ressaltar que Bia é uma moça engajada nas lutas pela preservação do meio ambiente, tanto que faz dessa “luta”, escolha profissional; e também não foge de nenhuma discussão considerada “polêmica”. Assuntos que envolvem política, religião, sexualidade, feminismo, poluição ambiental, entre muitos outros, são sempre temas de acalorados debates entre ela e todos que a rodeiam.

CULTURA!

Eleonora Santa Rosa Preço: R$ 40,00 No livro a especialista na área de projetos, gestão e patrocínio cultural apresenta 54 textos escritos entre 2016 e 2021 – publicados não só na Dom Total como em outros periódicos – integralmente dedicados à gestão, planejamento, captação e implantação de projetos e equipamentos, com ênfase em museus e patrimônio cultural. A obra desperta o interesse de todos os setores comprometidos com a causa da Cultura, além de contribuir para a bibliografia dos estudos na área de gestão cultural. A jornalista e curadora, Maria Arlete Gonçalves, responsável durante mais de uma década pelo referencial e bem-sucedido Instituto Cultural da Oi Futuro, assina o prefácio dessa publicação, que define como um “livro-manifestoemocional-político-visceral dos estados da cultura do Brasil nos últimos cinco anos”. A autora aborda questões sensíveis que o setor enfrenta e que foram agravadas pela pandemia. Além de propor debate sobre alternativas para desafios recorrentes, como limitações orçamentárias, fragilidades no planejamento e composição das políticas culturais, precariedade dos quadros técnicos e marginalização do setor. “É importante compreender que a estratégia é um elemento fundamental para o desenvolvimento da cultura, que necessita de uma profissionalização em todos os âmbitos”, afirma Eleonora.

23


EU QUERO! pqn@pqn.com.br

FÉRIAS GOSTOSAS Divulgação

Em janeiro, os bolos Abacaxi com Coco e Delícia de Leite I terão preços especiais em todas as unidades da Sodiê Doces. Os sabores fazem parte da promoção Bolos do Mês. Pedidos podem ser feitos diretamente nas lojas, pelo aplicativo Sodiê Doces Oficial ou pelo iFood. O Bolo #37 Abacaxi com Coco é composto por massa branca, com mousse branca de abacaxi e cocada. Na cobertura, marshmallow, coco ralado e cerejas. E o Bolo #17 Delícia de Leite é produzido com massa de chocolate, recheios de mousse de leite em pó, cobertura de mousse branca, raspas de chocolate preto, finalizado com leite em pó e cerejas.

Divulgação

PREÇO: a partir de R$ 74,90 ONDE ACHAR: www.sodiedoces.com.br/lojas

HOMENAGEM

A TAG Heuer acaba de lançar o Formula 1 Senna Special Edition. Um dos símbolos máximos de elegância e atemporalidade, o relógio carrega a história do ídolo nacional Ayrton Senna. O modelo vem com uma pulseira que já nasce icônica, no design característico e único em forma de S, com destaques em amarelo e preto - cores emblemáticas do Senna. O relógio também apresenta uma luneta de cerâmica preta ultra resistente, novamente acentuada por uma delicada borda amarela que sublinha a elegância deste TAG Heuer.

Divulgação

PREÇO: R$ 17.890,00 ONDE ACHAR: www.tagheuer.com

MONSTROS

DIVERTIDA A Bonnie é uma lhama Divulgação muito divertida e com personalidade marcante! Essa segunda edição da Shakin’Lhama da Candide, aparece toda moderna e repaginada, com novo look nas cores do arco-íris, três novas músicas incríveis e novos passos de dança, incluindo giros de 360º: a combinação perfeita para ser o centro das atenções em uma pista de dança! PREÇO: R$ 349,99 ONDE ACHAR: www.candide.com.br

24

Susto, surpresa e diversão juntos! As criaturas Treasure X da Candide chegam em embalagens em forma de caixão e também conta com um incrível laboratório. São várias etapas para conseguir transformar os monstrinhos. O processo para libertá-los é uma diversão à parte, pois cada etapa a seguir é uma surpresa. Além disto, possibilita encontrar um tesouro banhado a ouro de verdade! Sensacional para quem ama uma monstruosidade! PREÇO: R$ 99,99 ONDE ACHAR: www.candide.com.br

ESTILOSOS

A nova coleção Lacoste Eyewear carrega o DNA da marca, com silhuetas casuais, esportivas e sofisticadas, em cores e acabamentos diversos – características que são complementadas pela alta qualidade dos materiais e um avançado desenvolvimento de produto, um savoir-faire da Maison, que tem como fabricante e distribuidora global da divisão de óculos a Marchon Eyewear. Um destaque em muitos modelos é o crocodilo icônico da marca, presente nas hastes e lentes.

PREÇO: não informado ONDE ACHAR: www.lacoste.com

Divulgação


As empresas mais relevantes do setor estão aqui.

Participe!

31| 98428-3682

anuariopqn@pqn.com.br


rlleti

Carmine Fu

*Diretor executivo do IBEX – Institute for Business Excellence

RE SLIVNIK

ALEXAND

Os perigos do excesso de autoconfiança e do ego no ambiente de trabalho

Q

uando se fala sobre autoconfiança é possível e fácil enxergar esse atributo de forma positiva. Em contrapartida, o ego é visto da forma contrária e quase sempre com razão. Muitas vezes, especialmente em espaços corporativos, o ego pode ser um fator negativo e destrutivo para a construção de um ambiente agradável para todos os colaboradores. Eu tenho estudado o ego há muitos anos, porque é uma característica do ser humano e garanto: o excesso de ego pode prejudicar as pessoas dentro do ambiente de trabalho, uma vez que pode gerar um excesso de autoconfiança. Uma boa reflexão sobre o assunto foi feita pelo filósofo Aristóteles ao dizer que gente grande de verdade sabe que é pequena e por isso cresce, enquanto os pequenos que se acham grandes costumam diminuir outras pessoas. E o ego tem tudo a ver com isso. Se você usa o seu ego para reduzir outras pessoas, ele vai prejudicar a sua carreira definitivamente. Por essa razão, é fundamental distinguir a autoconfiança do egocentrismo. O reconhecimento no trabalho é uma parte importante do desenvolvimento profissional, no entanto é preciso diferenciar o reconhecimento da pessoa e o comportamento. Enquanto o reconhecimento do comportamento gera autoconfiança, o da pessoa gera um ego inflado. Imagine que eu diga a um jogador que ele possui uma habilidade e controle de bola incríveis. Certamente ele vai ficar autoconfiante com o elogio. Mas se eu disser que ele é o melhor jogador da história, o cenário é diferente. Quando eu elogio a atitude, a competência, a tendência é que ele seja

26

autoconfiante. Quando eu elogio o ser humano ou a pessoa, a tendência é que ele tenha excesso de autoconfiança. Quando um indivíduo tem excesso de confiança, pode começar a pisar em outras pessoas e o ego se torna prejudicial. Com base nisso, o tom e a forma como se comunica, podem passar uma imagem arrogante. Atualmente, um dos pontos importantes no ambiente profissional é o altruísmo, o pensamento no bem coletivo. Qualquer desvio dessa qualidade acaba impactando negativamente o espaço de trabalho. Uma outra questão imposta pelo ego é que ele também pode gerar problemas de hierarquia, porque muitas pessoas que são lideradas e tem o ego inflado, normalmente não aceitam decisões dos seus líderes e o contrário também acontece, muitos líderes descartam sugestões dos seus colaboradores, pensando que manda quem pode, obedece quem tem juízo. Mas vale ressaltar que esse tipo liderança ficou no passado. Quando você se acha o melhor naquilo, normalmente pode perceber, é o momento que as pessoas começam a se afastar de você. É o momento que você vai se sentir mais sozinho. Portanto é um momento para você refletir. Ainda assim, existe o ego que é positivo, aquele que é usado como estímulo para a evolução e autodesenvolvimento. O ego também pode ser um combustível para continuar fazendo o melhor que pode. Mas é preciso ter cautela para evitar excessos, mantendo sempre a busca constante por aperfeiçoamento de ações e desenvolvimento. Afinal, como diz o escritor mineiro Guimarães Rosa: “O animal satisfeito dorme!”



Capa

Cautela e euforia com o futuro! Depois de um período de angústias, o setor da comunicação corporativa voltou a ampliar as equipes de trabalho graças à crescente demanda de serviços gerados pela necessidade de comunicar-se com públicos diversos. Porém, a pandemia ainda não acabou e dá sinais de uma nova onda de contaminações em todo o mundo. VALÉRIA FLORES

E

A pandemia trouxe e consagrou inúmeras mudanças sociais para todos os setores. Foi preciso, de um dia para o outro, reinventar e aprender novas formas de trabalhar em cada tipo de atividade prestada à sociedade, principalmente na área da comunicação. Hoje, às vésperas de uma possível onda de contaminação com a variante Ômicron, que vem se espalhando rapidamente pelo mundo e ainda, impactada pela gripe Influenza (H3N2), com a cepa Darwin, a comunicação corporativa precisa, mais do que nunca, debater o futuro do setor e como as agências se comportarão diante de mais um confronto político/ sanitário/social, mesmo que não tão preocupante com o que se assolou o mercado em 2020. Para a jornalista Flávia Rios, CEO da Rede Comunicação de Resultado, os impactos da pandemia iniciada em 2020 ainda não foram completamente sanados. A empresa vive dias de muitos desafios, administrando medos, angústias, além de misturar o lado profissional com o pessoal, tanto com os clientes, quanto com os Flávia Rios: nossa equipe permanece muito parecida com a que tínhamos no início da pandemia. Nossa opção foi permanecer com o quadro de colaboradores, mesmo com os desafios da pandemia.

28

Arquivo

m novembro de 2020, a revista PQN, em sua edição de número 47, conversou com os CEOs das principais assessorias de comunicação corporativa, sediadas em Belo Horizonte, para saber o que eles esperavam para o futuro comprometido pela pandemia da Covid-19. Passados mais de 365 dias, constatamos que o que era previsão, tornou-se realidade e a grande maioria adaptou-se bem ao chamado de “novo normal”. Novas contratações de equipes, reduções de custos operacionais e lucratividade são apenas algumas das palavras mais ouvidas atualmente, contrariando um passado recente marcado pelo medo, insegurança, falência, desemprego e a perda de negócios.


colaboradores que estão 100% no sistema home office. Para o primeiro trimestre de 2022, é possível que seja adotado o modelo híbrido de trabalho. Muitas reuniões permanecerão online, assim como treinamentos e encontros casuais. Mesmo em casa, as demandas de trabalho aumentaram consideravelmente na assessoria. Porém, fees mensais e remunerações de clientes/colaboradores não ganharam tanto impulso, já que alguns contratos precisaram ser renegociados.

Nathália Diniz

A executiva afirma que as mudanças na rotina alteraram o escopo de trabalho, o que permitiu novas interações e

uma entrega mais ampla, mais 360º. “Implantar um modelo de gestão 360º em uma empresa significa observar os departamentos como partes de um todo, com processos padronizados, com dados confiáveis e análises em tempo real, além da implementação de uma cultura de resultados”, ensina Flávia. Por outro lado, ocorreram fatos que marcaram positivamente a atuação da Rede no mercado da comunicação. A agência ganhou prêmios com seus clientes no gerenciamento de informações da Covid-19, como no caso da CNH Industrial e RHI Magnesita, somados a dois cases dos clientes Drogaria Araujo e RHI Magnesita que garantiram o cobiçado Prêmio Aberje. O departamento de audiovisual da assessoria consolidou-se ainda mais. “Isso mostra que, apesar de todas as adversidades, é possível crescer como empresa e como profissionais”, comemora. De acordo com os dados do Monitor de Mercado Abracom, que apurou a movimentação econômica e as tendências de negócios de 45 agências do setor de comunicação corporativa, de sete estados diferentes e variados portes, o terceiro trimestre de 2021 (julho a setembro) foi de crescimento no volume de faturamento de 68,9% das assessorias. Dessas, 56,3% apuraram aumento de até 10%, 25% cresceram entre 10% e 15% e 18,8% tiveram aumento de mais de 15% no faturamento. Para 28,9% das agências que responderam à pesquisa, feita entre os dias 29 de outubro e 4 de novembro, o trimestre apresentou estabilidade no faturamento e apenas 2,2% apontaram queda e prejuízo no período. A lucratividade também foi maior para 60%

das empresas, enquanto 22,2% tiveram lucro igual ao período anterior e 15,6% perderam lucratividade. O aumento do lucro concentrou-se na faixa de até 10% em mais de 70% das assessorias. Já aquelas que registram diminuição da lucratividade apontaram queda de até 5% com mais frequência. O MOMENTO AINDA REQUER MUITA ATENÇÃO Para Flávia Presoti, diretora da Presoti Comunicação, evitar aglomeração, usar máscara e tomar todas as medidas sanitárias (álcool e medição de temperatura) ainda devem fazer parte da rotina de todas as empresas. Os óbitos decorrentes da Covid-19 estão diminuindo, mas na segunda quinzena de dezembro os casos de contaminação voltaram a crescer em todo o mundo. “A vacina chegou, mas há pessoas sendo contaminadas pelo coronavírus, principalmente aquelas que relutam em ser imunizadas. Então todo cuidado é pouco”, afirma. Admilson Resende, diretor da Zoom Comunicação, afirma que além da pandemia não estar totalmente superada, o mercado ainda não está pronto para um movimento econômico que possa ser considerado normal. Empresas reduziram seu quadro de funcionários, enquanto outras fecharam suas portas e, a maioria segue sobrevivendo, mas com dificuldades. Mesmo com a crescente imunização, muitos infectologistas alertam que não é momento de baixar a guarda. “A mídia veicula notícias sobre novos surtos do coronavírus em diversas partes no mundo, deixando claro que a situação está longe de ser controlada. Diversos países não vacinaram toda a sua população, o que compromete o mercado cada vez mais global”, pondera. A retomada da economia e o possível fim da pandemia, com novas demandas dos clientes, foram os fatores mais mencionados como motivadores do crescimento no setor, segundo o Monitor de Mercado Abracom. Para

Flávia Presoti: chegamos a criar novos cargos, pensando em um futuro próximo. Os cortes aconteceram apenas nas áreas que dependiam de 100% presencial, como serviços gerais, recepcionista, etc.

29


Divulgação

Campanha: peças criadas para receber os funcionários da Prefácio

e resistir às tentações de tevê, internet, séries, filmes e livros, também se mostrou como um grande dificultador para alguns”, esclarece o executivo.

Resende, o cenário brasileiro pode até parecer animador, mas ainda é cedo demais para se comemorar e muito menos acreditar que a economia está sendo retomada exponencialmente. O desafio enfrentado pelos gestores para manter em sintonia os trabalhadores em home office ou até mesmo em um sistema híbrido está no gerenciamento adequado que vá garantir uma produtividade que possa gerar resultados satisfatórios. A maioria das empresas registrou dificuldades em manter a produtividade, qualidade e, consequentemente, o faturamento. O ato de manter os funcionários trabalhando em casa abriu uma alternativa para equilibrar as receitas e as contas, já que as despesas em infraestrutura foram reduzidas em até 47%. HÍBRIDO, PRESENCIAL OU HOME OFFICE: VALE TUDO! Pelo visto, o sistema de trabalho continuará sendo avaliado para cada tipo de negócio, considerando as

30

diversas atividades e funções de cada um. Na Zoom Comunicação, por exemplo, o trabalho híbrido foi adotado e deve crescer ainda mais como alternativa para preservar a atividade profissional. “São várias as adversidades que enfrentamos, como a ausência de infraestrutura em equipamentos e tecnologia, principalmente um plano de internet adequado na residência do colaborador”, aponta o diretor Admilson Resende. Mais de um ano depois, alguns assessores ainda não se adaptaram ao home office, já que a infraestrutura é completamente diferente do cotidiano das empresas. Em alguns casos, trabalhar em casa impactou negativamente na produtividade. Se por um lado, avalia Resende, esses profissionais ganham por eliminar o tempo e o estresse no trânsito, por outro eles perderam com várias situações que enfrentam pela falta de estrutura adequada e das complexidades nas rotinas. “A questão de manter um rígido horário de trabalho

A pandemia vem sendo um período de grande aprendizado para todos. O maior impacto foi certamente no início, quando gerou medo e incerteza. “Nós já trabalhávamos processos e timesheets em uma plataforma online e, pouco antes de tudo fechar, havíamos migrado nossos servidores para a nuvem da Microsoft. Isso nos deu agilidade na transferência dos funcionários para home office”, enfatiza Celuta Utsch, diretora da Prefácio. Na assessoria foram estabelecidas reuniões de alinhamento semanal, além de adotar a prática de ligar para os colaboradores para conversar e entender suas dificuldades. Foram promovidas pesquisas internas para aferir o ânimo da equipe. “Participamos de pesquisas realizadas pela Associação Brasileira de Comunicação (Abracom) e de outras entidades. Organizamos palestras com especialistas sobre saúde mental e intensificamos o endomarketing”, disse ela. Do segundo semestre para cá, passado o pico da pandemia e o início da flexibilização do comércio e serviços, algumas assessorias retomaram a


rotina e convocaram suas equipes para o trabalho presencial. “Percebemos que muitos não queriam voltar. Então foi preciso uma imposição da diretoria para o retorno em sistema híbrido”, recorda Celuta. Para motivar os funcionários e tornar a volta mais agradável, a empresa investiu em uma ação interna de endomarketing. “Fizemos uma campanha super bonitinha de volta para casa e preparamos toda a agência para receber os funcionários, respeitando, claro, todas as normas sanitárias. Hoje apesar da nossa bancada fixa, cada um ocupa o lugar que quiser e ficam juntos apenas para a reunião. Não registramos tumultos e tudo está correndo bem tranquilo”, comemora a jornalista.

Arquivo pessoal

Resende afirma que as empresas precisam implantar programas de meritocracia para manter as equipes em casa, estimulando uma bonificação por mérito. O sistema permite que à medida que um colaborador alcança metas e resultados satisfatórios, ele seja capaz de crescer na empresa, na mesma proporção. Assim o aumento de os resultados organizacionais torna-se cada vez mais frequentes. O

colaborador tem motivo de sobra para se dedicar. O relacionamento com os funcionários e os clientes mudou, especialmente porque as reuniões passaram a ser virtuais. Segundo o diretor, os profissionais que ocupam cargos de liderança enfrentam desafios para ajudar e acompanhar a equipe que, por sua vez, acredita que a chefia ficou distante e se sentem “sozinhos” em suas atuações e decisões. Flávia Presoti, CEO da Presoti Comunicação, afirma que durante o pico da doença a assessoria funcionou 100% no formato home office. Nos últimos meses, passou a atuar no modelo híbrido. Mesmo antes de tudo, a agência já adotava o esquema híbrido. “Então, por isso, não acredito que tenha sido uma mudança muito assustadora para a equipe. Esse modelo já vinha sendo aplicado pelos colaboradores”, diz ela. Para José Renato Lara, diretor da Interface Comunicação, toda a situação gerou temeridade nos negócios. Com a volta das atividades dentro deste “novo normal”, a ideia é aumentar a frequência dos funcionários na empresa, pelo menos três vezes por semana. Com flexibilidade para quem reside distante da sede em Nova Lima. Para ele, a ruptura total da presença física do colaborador na empresa não é interessante, pois há perda de entrosamento, espírito corporativo e na identidade com a agência. “Esse processo pode não ser percebido a curto e médio prazos, mas com certeza terá impactos a longo prazo”, diz o executivo. COMUNICAÇÃO EM ALTA Um ponto positivo para o mercado da comunicação corporativa foi que, com a pandemia, várias empresas viram a importância de comunicarem constantemente com seus públicos. Com isso, as organizações demandaram novos serviços em comunicação, principalmente a interna. Isso foi o que ajudou muitas assessorias a

não fecharem as portas, aumentar faturamento e a contratar funcionários. Depois de um período de estabilidade, de acordo com o Monitor de Mercado Abracom, a comunicação corporativa voltou a ampliar as equipes de trabalho. Cerca de 51,1% das empresas contrataram mais do que demitiram no trimestre, enquanto 44,4% delas registraram estabilidade e apenas 4,4% fizeram mais demissões. O crescimento no número de postos de trabalho foi de até cinco novos profissionais em 58,3% dos casos, enquanto 25% contrataram acima de 10 novos funcionários e 16,7% entre cinco e 10 novos colaboradores. “Quando as empresas começaram a sair da onda roxa e a voltar a funcionar, observamos um aumento na procura por nossos serviços. Estavam interessadas em estabelecer um novo diálogo entre o mercado e os públicos interno e externo. Com essa nova demanda, fomos buscar no mercado profissionais de comunicação com perfil solicitado, que pudessem dar o suporte necessário ao que as organizações estavam almejando. Conquistamos novos clientes e o faturamento retornou aos níveis anteriores à pandemia”, ressalta Flávia. Na Prefácio Comunicação, informa Celuta, em abril de 2020 foram feitas poucas suspensões de contratos e cortes. A partir de julho, com a forte reação das empresas em comunicar o que estava acontecendo em seus negócios, foi preciso fazer novas contratações para atender a demanda. Hoje a assessoria está com 45 colaboradores na equipe, cinco a mais que o registrado no início do ano passado. A equipe foi dividida em turmas - assessoria de imprensa, comunicação interna e marketing digital -, e reúnem-se quando os coordenadores estão presentes na empresa. Tudo vem dando certo. “Claro que a reunião presencial, olho no olho, é importante, mas com certeza o dia a dia pode ser resolvido por vídeo, sem perda de resultado e otimização do tempo”, diz.

Celuta Utsch : mantivemos o nosso escritório no mesmo lugar. Ficamos um ano e oito meses com a casa fechada, apenas com uma pessoa no local, e agora estamos de volta, para alegria de toda a equipe que gosta muito do nosso espaço.

31


Para 2022, a assessoria está montando o orçamento em bases extremamente conservadoras. “Em quase 30 anos na comunicação corporativa, pela primeira vez, não estamos precisando convencer o cliente, o tempo todo, que o trabalho de comunicação é importante e essencial”, destaca a jornalista. VACINAÇÃO E MUITA RESPONSABILIDADE Em novembro de 2021, o ministro do Trabalho e Previdência editou uma equivocada Portaria MTP nº 620 que, resumidamente, proíbe o empregador, na contratação ou na manutenção do emprego do trabalhador, exigir comprovante de vacinação contra qualquer enfermidade. Além disso, considera prática discriminatória a obrigatoriedade de apresentação de certificado de vacinação em processos seletivos de admissão de trabalhadores, assim como a demissão por justa causa em razão da não apresentação de certificado de vacinação. A inconstitucionalidade formal e material dessa portaria ministerial, assim como tantas outras já publicadas pelo Governo Federal, foi questionada no Supremo Tribunal Federal (STF), porque trata de medidas que limitam o acesso à relação de trabalho ou à sua manutenção, as quais só podem ser objeto de lei federal e não de ato normativo infralegal que não tem, nesse caso, autorização legislativa para criar obrigações.

Existe uma série de normas legais que impõe aos empregadores o dever de reduzir os riscos inerentes ao labor, mediante a adoção de normas de saúde e segurança no trabalho. Os trabalhadores, por sua vez, têm o dever de colaborar com as empresas quanto a observância de normas de saúde e segurança no trabalho. Trata-se, portanto, de um direito-dever dos trabalhadores, cuja inobservância injustificada constitui ato faltoso, conforme parágrafo único do art. 158 da CLT. A portaria ministerial, que invoca o direito à liberdade, à igualdade, dentre outros, visando aparentemente proteger os trabalhadores contra práticas discriminatórias, para efeitos de admissão ou de manutenção do emprego, bem como proteger as suas liberdades individuais, parte da premissa de que o direito à vacinação é um direito individual contra o qual a coletividade não pode impor nenhum tipo de restrição, sendo que no direito do trabalho o interesse particular não prevalece sobre o interesse coletivo (art. 8º da CLT). Na Interface Comunicação, informa José Renato Lara, não foi necessário impor a vacinação, porque todos os colaboradores tomaram a iniciativa de se vacinar espontaneamente. Já na Prefácio Comunicação, Celuta Utsch diz que ainda não está exigindo de ninguém a imunização. Quem não está vacinado não pode trabalhar presencialmente ou visitar clientes. Para 2022, todos os formatos serão reavaliados e, com certeza, voltarão a ser 100% presencial. Porém, os colaboradores sem estarem vacinados com as duas doses, está fora de

Admilson Resende: para os colaboradores a consequência, em muitos casos, foi o aparecimento de problemas de saúde mental, principalmente depressão e ansiedade, sendo necessário o acompanhamento de especialistas e medicamentos.

32

cogitação o trabalho presencial e visitas aos clientes. Atualmente, a agência conta com uma colaboradora que não quis se vacinar e está de home office total por motivo de segurança. Celuta diz que não perguntou o motivo, mas se ela preferiu ficar em casa, então está tudo bem! “Cada um é cada um. Acho um absurdo a pessoa não querer se vacinar por não acreditar na vacina. Em um universo de 45 pessoas, só uma não se vacinou, por enquanto, está bom. Até porque a gente tem dois outros casos, como o de um transplantado, um que mora em Cachoeira do Campo (distrito de Ouro Preto) e colaborador um que

Daniela Sawada

Segundo a diretora, a Prefácio sofreu o impacto inicial da pandemia, mas já no segundo trimestre de 2020 houve uma reação do mercado e a agência encerrou o ano com crescimento de 10% no faturamento. “Em 2021, acreditamos que devemos fechar o ano com bons resultados. Porém, somos cautelosos quanto ao futuro. O ambiente de negócios segue hostil e inseguro, com alta da inflação e sem crescimento econômico”, avalia Celuta.


tem dois filhos e precisa cuidar deles em casa. Logo a agência está avaliando caso por caso”, defende a executiva. MUITO APRENDIZADO

Marco Aurélio de Lima

Flávia Rios, CEO da Rede Comunicação de Resultado, acredita que todos aprenderam muito e de várias formas com a pandemia. A evolução da comunicação é, sem dúvida, o grande desafio para o setor. Pensando de uma forma mais ampla, afirma, o maior aprendizado foi de que as pessoas

continuam sendo a base da nossa sociedade. “A evolução tecnológica trouxe grandes avanços, mas é o ser humano equilibrado, motivado e inserido que continuará fazendo o nosso mundo girar”, pontua.

e interação com a tecnologia, além da retenção/motivação de todos. “Acredito que esses últimos tópicos permanecerão como maiores desafios, mesmo com a flexibilização da pandemia”, diz a jornalista.

Até o relacionamento com os clientes mudou um pouco, principalmente no que diz respeito às possibilidades de escopo de trabalhos captados, realizados e entregues. Todas as empresas tiveram que aprender novas formas de atuação, gerar demandas maiores de serviço e a serem desafiadas constantemente para tentar prever os próximos passos a serem dados. A Rede expandiu alguns trabalhos, ampliou suas atuações, mas também perdeu clientes. “A exigência do cliente aumentou muito e isso foi sentido em todas os departamentos da agência”, admite Flávia.

Para Admilson Resende, diretor da Zoom Comunicação, ainda é cedo para falar de segurança em relação ao futuro. Para ele, todos, líderes ou equipes, ainda estão se adaptando a essas mudanças, inclusive pelo fato de atuarem, numa área cujo negócio é B2B, envolve outras empresas e pessoas diferentes, além do consumidor final. São muitas variáveis interferindo nesse processo e observa, que os envolvidos estão aprendendo a como entender e usar melhor a tecnologia nessas situações.

Neste contexto, a comunicação corporativa ganhou mais voz e vez. A aceleração nos negócios foi percebida a olhos nus e, consequentemente, toda essa velocidade trouxe desafios enormes para as assessorias, como a adaptação das equipes em novo sistema de trabalho, remodelagem dos atendimentos, novo jeito de se comunicar, adaptação

As empresas estão reaprendendo a como estabelecer novas relações trabalhistas eficientes, já que a situação impactou na perda e contratação de colaboradores. A relação de comprometimento linkado a resultados, vem estabelecendo nova formas de remuneração. “Alguns comunicadores retornaram ao mercado de trabalho em busca de rendimentos mais altos, além de benefícios que agreguem valor”, pontua Resende. Ainda há muito o que se aprender sobre a comunicação corporativa em tempos de crise e de pandemia, entendendo que o setor é fundamental para manter o crescimento e a sustentabilidade de qualquer negócio. “Quando as empresas recuam seus investimentos na área, é hora de pensar e reavaliar estrategicamente, que, para avançar é preciso investir em comunicação. A história já nos deu muitos exemplos disso”, alfineta o jornalista.

José Renato Lara: a pandemia inaugurou uma nova era na relação de trabalho, ou seja, entre empresa, colaborador e cliente. Agora existe mais liberdade e principalmente a possibilidade de as pessoas trabalharem em casa.

33


Arquivo pessoal

PARABÉNS

Ana Dubeux, diretora de redação do Correio Braziliense, venceu o Troféu Mulher Imprensa na categoria Liderança, diretora de Redação ou fundadora de projetos jornalísticos. Ela disputou o prêmio com Carla Jiménez, editora executiva do El País Brasil; Kátia Brasil, cofundadora e editora executiva da Agência Amazônia Real; Renata Afonso, CEO da CNN Brasil; e Vanessa Adachi, fundadora e editora-chefe da Capital Reset. A disputa nacional contabilizou mais de 43,6 mil votos válidos, para 15 categorias. O prêmio foi transmitido em 10 de dezembro, Dia dos Direitos Humanos, no canal do YouTube e no site do Troféu Mulher Imprensa.

taniademiranda@pqn.com.br

Fábio Vieira/Metrópoles

PREMIAÇÃO

O Metrópoles recebeu Menção Honrosa no Prêmio IREE de Jornalismo, pela reportagem Maceió está Afundando, de Raphael Veleda e Igo Estrela, na categoria Economia. Ela conta a história de um movimento do solo que condenou diversos bairros e segue provocando a remoção emergencial de milhares de famílias em Maceió. Em sua segunda edição, o prêmio é promovido pelo Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa, organização independente voltada à promoção do debate democrático para o aperfeiçoamento da interação dos setores público e privado.

Divulgação

ELDO NO AR!

Eldo Gomes está com nova temporada de reportagens exclusivas em seus perfis no Instagram (@EldoGomes) e no Twitter. Em linguagem jovem e dinâmica, o material, também disponível em www.EldoGomes.com.br, incrementa os quadros Eldo Visita, Vem com Eldo e Eldo Entrevista.

Divulgação

DE CASA NOVA

João Porto é o novo consultor de Relações com a Imprensa da TIM Centro-Oeste. Ele chega para estreitar os laços da empresa com os veículos de mídia da região, bem como divulgar ações aos consumidores e tirar dúvidas de jornalistas. Ele já atuou como repórter do Jota, assessor de imprensa na Câmara dos Deputados e editor de texto na TV Brasília.

CONVITE APOSENTADORIA

Maristela Sant’Ana, apresentadora dos programas Expressão Nacional, Câmara Debate, Palavra Aberta e O Tema É, da TV Câmara, anunciou sua aposentadoria para dezembro.

34

Veruska Donato é a nova contratada da Record TV, em Mato Grosso do Sul, sua terra natal. Ela deixou a Rede Globo após 21 anos de casa. Começou como estagiária na Globo em 2000. Foi apresentadora do Jornal das Dez até se fixar como repórter. De 2012 a 2016 comandou o bloco Sala de Emprego, do Jornal Hoje.

TROCANDO DE CIDADE

Adriano Pinzon Garcia transferiu-se da Máquina CW, onde esteve por quase três anos e meio no atendimento à Abear, para a Weber Shandwick, como coordenador na área de public affairs. A mudança abrangeu também a troca de cidades: de São Paulo para a capital federal.

CONTRATADA

Laiza Carneiro, que mora em Campo Grande, onde atuou para organizações locais, foi contratada há algumas semanas como redatora sênior da Midiaria.com.


Divulgação

*Diretor criativo do estúdio de estratégia e criação Rebu

ZI O ANDREA D N A N R E F

A importância do naming para uma marca

N

aming é uma das áreas mais difíceis de um trabalho de branding porque já nasce com uma promessa. Ainda não existe logo, cor, site, existe apenas uma palavra que vai ter que ser pronunciada por pessoas de todo tipo para comunicar uma ideia. E palavras têm uma potência muito grande e percepções muito distintas de pessoa para pessoa. Se alguém disser que existe uma fórmula para criar um nome de marca, é mentira. Não existem regras e nem suposições. Existem nomes longos ou curtos, complexos ou simples, formais ou informais que funcionam bem. E o que é funcionar bem? É responder aos desafios, anseios e personalidade de marca que ele nomeia, seja para o nome de uma empresa, produto, ONG ou lugar, e esteja essa marca no Brasil ou pronta para o mundo. Até 1890, poucos fabricantes enfatizavam nomes de marcas e quase não havia um mercado de mídia e marketing. A maioria dos fabricantes operava em mercados locais e muitas vezes vendiam produtos para os varejistas. Os varejistas, por sua vez, os repassavam sem marca ou com o nome da loja. O desenvolvimento de uma marca que ressoe com os clientes é um grande desafio de marketing, especialmente em uma era em que as marcas competem em diferentes países, culturas e sistemas de valores. Os sistemas linguísticos que dependem de diferentes fonéticas, semióticas e semânticas - definidas como linguagens logográficas - exacerbam os desafios de nomenclatura de marcas. Por exemplo, a complexidade do chinês como idioma logográfico torna difícil escolher um nome de marca que atua globalmente. Não existem nomes completamente abstratos. Uma palavra sempre trará significados. Mesmo Haagen Dazs que não significa absolutamente nada, indica uma marca de origem e personalidade escandinava.

único. Se todo mundo gostar do mesmo nome em uma reunião de apresentação de naming, pode duvidar: pode ser um sinal de que falta personalidade e potência para aquele nome. Um bom nome precisa causar desconforto em alguém e talvez essa seja a única regra de naming. Ao contrário do que muitos pensam, naming não é e não deve ser a primeira etapa de um processo de branding. O nome é muito mais uma consequência de uma personalidade e definição construída do que a origem da marca. Se você vai começar seu negócio ou produto, primeiro tente definir a personalidade da marca para depois pensar em nomes que possam expressar essa personalidade. Marca é uma soma de experiências. Ou seja, o nome não vai funcionar sozinho e não deve ter a responsabilidade de comunicar tudo sobre uma marca. Ou seja, não adianta ter um nome incrível e uma execução de design e comunicação frágeis. A marca não vai funcionar e o nome pode acabar levando a culpa. E quando considerar mudar de nome? Quando a marca tem mais a ganhar do que a perder com essa mudança. No caso do Facebook, a empresa já não cabia mais nesse nome e se tornou maior do que as associações diretas a uma rede social já enferrujada. Goste ou não do nome Meta, a marca precisava existir para endossar. Quando participei do processo de criação e escolha do nome Latam, também existia essa necessidade de dizer que aquela empresa não seria nem Lan e nem Tam. É algo maior, é algo novo. Criar nomes é uma alegria e é impossível fazer isso sem poesia, sem criatividade. Tem nome que nasce pronto, tem nome que ganha vida. Tentar engessar qualquer processo criativo é restringir possibilidades e, pra quem gosta de negócios, perder oportunidades gigantes de surpreender.

Tem uma frase que diz “acreditar em sinônimos é ser um daltônico verbal”. Sim, cada palavra é única e cada nome é

35


Cenários /revistacenariominas

@revistacenariominas

/revistacenario


Cená Rev ista Digi tal

rios Nº 5 3

Tem pora da 2 022 Orqu es nova tra Fila prog rmôn ram ica d ação e Mi para nas G o an erais o qu e ve lança m.

- DE ZEM BRO 2021


CASA NOVA

Arquivo Pessoal

Lana Martins começou sua nova jornada como analista de assessoria de imprensa na Unimed do Estado do Paraná. Antes, ela teve passagens pela Literal Link e, por pouco mais de dois anos, na Santa Casa de Curitiba.

pqn@pqn.com.br

LIVRO

MUITAS MUDANÇAS

Divulgação

Klécio Santos lançou a segunda edição de seu livro Sonhos de Pedra, produzida pela editora Cabrionobra, que reúne relatos da Engenharia Marítima. A edição é bilíngue (português/inglês), com tradução de Adriano Migliavacca. A obra é fruto de três anos de pesquisa e traz mapas, cartões- postais, documentos raros e relatos de viajantes.

Tulio Milman deixou as funções editoriais do Grupo RBS para dedicar-se ao relacionamento institucional da empresa, em paralelo a outros projetos pessoais. Ele também não participará mais como comentarista do Jornal do Almoço, na RBS TV. Com a saída dele, Juliana Bublitz assume a coluna Informe Especial em Zero Hora. Já a editoria de Opinião do jornal será de responsabilidade de Dione Kuhn, editora-chefe do veículo.

COMEMORATIVA

PRÊMIO

O Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Sul (Corecon-RS) elegeu Maria da Graça Marques, editora de economia do jornal Diário Popular, de Pelotas, como a Jornalista de Economia do Ano. Pela primeira vez uma jornalista do interior do Estado é agraciada pela premiação. A escolha foi feita por uma comissão julgadora indicada pela entidade e por faculdades gaúchas que oferecem o curso de Comunicação Social/Jornalismo no Rio Grande do Sul. O prêmio contou com o apoio da Associção Riograndense de Jornalismo (ARI) e do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado. Leocadia Costa

EMPOSSADA

A revista digital Parêntese, veículo que integra o Grupo Matinal Jornalismo, lançou uma versão impressa para marcar seus dois anos de existência. Com 100 páginas, a edição reúne os melhores textos e imagens publicados na publicação com colaborações de Cláudia Tajes, Cláudia Laitano, Eduardo Bueno, Humberto Gessinger, Jeferson Tenório, José Falero, Juarez Fonseca, Julia Dantas, Moisés Mendes, Nathallia Protazio, entre outros. A revista já está em pré-venda, com exemplares limitados e a distribuição já começou!

A empresária Martha Becker, da agência Martha Becker Connections, tomou posse na diretoria estadual da Abracom do Rio Grande do Sul. Ela sucederá Beti Sefrin, da Insider2, que coordenou a diretoria estadual nos últimos quatro anos. A posse foi virtual e contou com palestra virtual do presidente do Conselho Gestor da Abracom, Daniel Bruin, que falou das tendências de mercado e dos projetos em andamento na entidade, especialmente das campanhas Comunicação Essencial e Manifesto Abracom por concorrências justas e transparentes. Após, Beti fez um balanço de sua gestão e Martha anunciou seus planos de trabalho.

38

Divulgação

LANÇAMENTO

O fotógrafo Leonid Streliaev lançou o livro O Rio Grande de Erico Verissimo - Edição Especial, que traz uma releitura fotográfica de um dos maiores clássicos da literária gaúcha, com 575 fotografias do Rio Grande do Sul, trechos de O Tempo e o Vento, de Erico Verissimo, e depoimentos de diversas personalidades. A obra é a segunda edição de O Rio Grande de Erico Verissimo, lançado pelo fotógrafo em 2005 para comemorar o centenário do autor.


DIAGRAMAÇÃO + INFOGRAFICOS + ILUSTRAÇÕES

Nelson Flôres

DIAGRAMAÇÃO + INFOGRAFICOS + ILUSTRAÇÕES

Nelson Flôres


Cinema no Escurinho

O melhor de Miranha! “Homem-Aranha - Sem Volta Para Casa” traz o personagem mais maduro, assumindo seu papel de herói e enfrentando o Multiverso do Doutor Estranho. MARISTELA BRETAS E JEAN PITER MIRANDA www.cinemanoescurinho.com.br

"O

melhor filme da trilogia interpretada por Tom Holland, o super-herói mais jovem dos Vingadores!” Esta é a minha opinião sobre Homem-Aranha - Sem Volta Para Casa (Spider-Man: No Way Home) em cartaz nos cinemas de todo o país. “Tom Holland está incrível, entrega sua melhor atuação. Ator e personagem amadureceram juntos e ficou ótimo. Ele deixou de ser o garoto que tinha medo de ser herói para assumir seu destino”, diz meu amigo e colaborador Jean Piter, que também participa dessa crítica. É lindo também ver Holland formando o par romântico com Zendaya e juntos lutando nas batalhas contra os vilões. A química entre os dois é muito maior e melhor do que a mostrada em Duna (pelo menos no primeiro filme), ao lado de Timothée Chalamet. Ela entrega uma MJ simpática e carismática, seja contracenando com o herói ou com Jacob Batalon, no papel de Ned, o fiel amigo chiclete que nunca desgruda do casal. Um trio verdadeiramente nerd que agrada a todos.

40

O terceiro filme do Homem-Aranha está atraindo milhares de fãs em todo o mundo. Aqui no Brasil, nas sessões de pré-estreia, não foram poucos aqueles que se fantasiaram de “Miranha”, como é chamado por muitos fãs. Camisetas com as mais diversas estampas dominaram as salas e as redes sociais. E essa ansiedade continua a mesma, dias depois com os fãs na entrada das salas de exibição. E é bom mesmo, porque ninguém sai decepcionado da sessão. A sensação que dá é de que valeu a pena esperar e atendeu muito ao que era esperado!

Além de Holland e Zendaya, o elenco conta novamente com a participação de outros conhecidos da franquia, como Marisa Tomei (tia May), “que ganhou mais espaço no filme e brilhou”, afirma Jean Piter, fã de carteirinha da atriz. Cabe a ela ajudar o sobrinho “aranhudo” a avaliar sua postura diante da vida e das responsabilidades que precisa assumir. Outro essencial a toda a trama é Benedict Cumberbatch, que também faz uma atuação impecável como Doutor Estranho. Consegue ser um tiozão disposto a puxar a orelha do jovem e impetuoso Homem-Aranha. Mas tem seus momentos de afagos e de comentários sarcásticos. Ele dará o tom ao que podemos esperar para seu próximo filme solo, Doutor Estranho no Mutiverso da Loucura, previsto para estrear somente em maio de 2022. SEM SPOILER Difícil falar sobre este terceiro filme do “amigo da vizinhança” sem dar spoiler. A cada cena surge uma surpresa que leva os fãs ao delírio. O multiverso da Marvel, onde tudo é possível, brinca com a nostalgia e com a cabeça do público, que está ansioso desde que começaram


a ser divulgados os primeiros trailers do longa apresentando vilões do passado, fora do universo da Marvel, com seus atores originais. O que esperar de um filme que reúne Duende Verde (Willem Dafoe), Doutor Octopus (Alfred Molina), Homem Areia (Thomas Haden Church), Lagarto (Rhys Ifans) e nada menos que Electro (Jamie Foxx)? Com isso, criou-se a expectativa de ver juntos os “três aranhas” que passaram pelos cinemas: Tobey Maguire, Andrew Garfield e Tom Holland. O diretor Jon Watts (Homem-Aranha: de Volta ao Lar - 2017 e Homem-Aranha: Longe de Casa - 2019) soube explorar bem a computação gráfica. “Os efeitos especiais são ótimos, as cenas de ação, de luta corporal, explosões e destruição estão muito realistas”, completa Jean Piter.

y Pictures Fotos: Son

A trilha sonora não fica para trás, entregue aos cuidados do premiado Michael Giacchino, compositor dos outros dois filmes do Homem-Aranha, das franquias Jurassic World - 2015 e 2018; Planeta dos Macacos - 2013 e 2017; de animações como Viva - A Vida é Uma Festa - 2017; Divertida Mente- 2015; Os Incríveis 2 - 2018 e dezenas de outros sucessos. E mesmo com tanta ação, um dos pontos fortes foi a emoção. Peter Parker terá de fazer escolhas que vão interferir em sua vida e na de todos ao seu redor. Especialmente após ter tido sua identidade revelada por Mysterio (Jake Gyllenhall) no segundo filme. A partir daí, ele passa a ser perseguido pela morte do alienígena e seu maior acusador é o jornal Clarim Diário, dando início a história deste filme. Tratado por alguns como herói e por outros como vilão, Parker pede ajuda ao Doutor Estranho para que use magia e faça com que todos esqueçam sua identidade. Mas o feitiço dá errado e vilões de outras versões são atraídos para a dimensão do atual Homem-Aranha. Agora, ele não só terá de deter estes monstros como fazer com que voltem para seu universo original. E a todo o momento há sempre alguém que aparece para lembrá-lo de que “com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”. Homem-Aranha - Sem Volta Para Casa é acima de tudo um filme nostálgico de super-herói, cheio de emoções, frases e situações que remetem a produções passadas e claro, muita ação! Mas depois dele, o que podemos esperar para as próximas produções da MCU, especialmente com as distorções provocadas pelo multiverso? É aguardar para ver, com muito otimismo e ansiedade. Até agora, o que foi entregue aos fãs merece todos os aplausos! E pelas duas cenas pós-créditos, o mundo dos super-heróis vai virar de cabeça para baixo e nunca mais será o mesmo.

FICHA TÉCNICA: DIREÇÃO: Jon Watts ROTEIRO: Amy Pascal, Avi Arad, Kevin Feige, Victoria Alonso PRODUÇÃO: Marvel Studios/Columbia Pictures/Sony Pictures EXIBIÇÃO: Nos cinemas DURAÇÃO: 2h30 PAÍSES: EUA GÊNERO: Ação/Aventura NOTA: 4.8

41


Arquivo pessoal

ANALISTA

pqn@pqn.com.br

Divulgação

Analú Ribeiro, ex-Texto & Cia, integra atualmente a comunicação da Rede Bahia, na função de analista de comunicação corporativa.

BIG CONGRESSO

A Universidade Federal da Bahia (UFBA), para comemorar os seus 75 anos de sucesso, promoveu no início de dezembro um grande congresso com 1.150 mesas, 2.200 vídeo-pôsteres e 165 intervenções artísticas. Este é o sétimo e maior evento dessa natureza já realizado na instituição de ensino. Seis mil membros da comunidade universitária participaram diretamente das atividades do Congresso – número que supera em 10% das mais de 50 mil pessoas que integram a comunidade UFBA, entre professores, estudantes, técnicos e terceirizados. De fora, participaram personalidades de expressão nacional da ciência, da cultura e das artes, além de mais de 30 dirigentes de universidades e entidades científicas de todo o país. A abertura do Congresso foi marcado com a conferência magna Democracia e Cosmopolitismo, proferida pelo filósofo Francis Wolff, da École Normale Supérieure (Paris). Intelectual francês de grande expressão, ele é autor de vários livros como Pensar com os Antigos (Unesp), entre outros títulos. Divulgação

NA RÁDIO

NOVOS ARES

Monique Dieb, que foi coordenadora de marketing na Yssa por dois anos e quatro meses, está desde outubro na Ketchum como analista de marketing de influência. Ela reside em Fortaleza.

CASA NOVA

Milena Melo de Almeida integrou-se à equipe da Profile PR, localizada em João Pessoa. Ela foi por quase oito anos e meio da Porto Seguro, em SP, período em que atuou na comunicação corporativa e no marketing institucional.

Divulgação

O Tribunal de Contas do Estado do Ceará firmou parceria para veiculação do podcast Conexão Cidadão na grade da programação da Rádio Fortaleza - FM 90.7. O acordo foi assinado pelos presidentes do TCE Ceará, conselheiro Valdomiro Távora, e da Câmara Municipal de Fortaleza, vereador Antônio Henrique. Os episódios vão ao ar semanalmente, todas as sextas, às 9h30 e 20h, e às segundas, às 20h.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

A Escola de Comunicação da Universidade Católica do Salvador (UCSal) lançou, em evento transmitido pelo canal do YouTube, o Centro de Jornalismo José Marques de Melo (CJor). Uma agência de notícias, que atua com a produção e divulgação de conteúdo para todos os meios (TV, rádio, impresso e internet). A proposta do CJor é gerar notícias nacionais e internacionais abordando os mais variados assuntos, em especial, assuntos relacionados a UCSal. O CJor foi idealizado por este colunista que vos escreve, e tem a coordenação do professor Dr. Haroldo Abrantes. O Centro conta com a participação de 20 estudantes do curso de Jornalismo envolvidos na produção dos conteúdos. Acesse: www.cjor.com.br

42

EMPOSSADA

Tomou posse, no final de novembro, a nova diretoria da Faculdade de Comunicação da UFBA para gestão 2021/2025. O professor e produtor cultural Leonardo Costa assumiu a diretoria junto com o professor e jornalista, Washington de Souza Filho, eleito vice-diretor. a nova gestão assume com o compromisso de dar continuidade as ações desenvolvidas pela direção anterior.


SUPER

pqn@pqn.com.br

Divulgação

DELÍCIA

Para os torcedores mineiros Nescau trouxe uma grande homenagem: latas litografadas especiais do Atlético Mineiro e do Cruzeiro. Os produtos já estão disponíveis nos principais supermercados. Os tradicionais clubes ganharam um pack com uma lata personalizada e mais dois sachês de 730 gramas, além de mais cinco latas de 370g exclusivas e colecionáveis com artes para cada time. A ação promocional segue até o início de 2022 ou até quando durarem os estoques. PREÇO: R$ 22,90 ONDE ACHAR: Supermercados

DE SAL PRO NATAL

Divulgação

A N.OVO, startup que produz alimentos à base de plantas, lançou sua linha de frangos com cinco novas alternativas para a substituição da carne de origem animal. A novidade conta com versões empanadas de filé de peito, empanadinhos (tipo ‘nuggets’) e coxinha, e outras duas para grelhar de filé de peito de frango em cubinhos. Todos são feitos a base de proteínas vegetais e ingredientes criteriosamente selecionados para serem únicos na categoria. PREÇO: a partir de R$ 25,00 ONDE ACHAR: www.ovosmantiqueira.com.br/conheca-o-n-ovo/ Divulgação

DELICIOSOS

Para os apaixonados por chocolate, a Flormel apresenta a sua linha Yow que nada mais são do que deliciosos drageados cobertos por chocolate que podem ser encontrados nos sabores de Crispie de Quinoa com cobertura de chocolate ao leite, sem adição de açúcares, sem adoçantes ou corantes artificiais trazendo uma deliciosa crocância; Amendoim na sua forma natural coberto com chocolate; e Cranberry com chocolate.

PREÇO: R$ 5,90 ONDE ACHAR: Supermercados de todo o Brasil Divulgação

NOSTALGIA

A Seven Boys, reconhecida marca de pães, apresenta os novos Bolos Casa de Vó.. Eles estão disponíveis em três versões: Chocolate, uma das opções de maior sucesso do segmento; Milho, um dos sabores mais tradicionais da culinária do Brasil; e Laranja com pedaços de laranja, que promove uma experiência sensorial única. Todos foram desenvolvidos para trazer gostos diferenciados do que há disponível no setor hoje. Com 280g cada, os novos itens têm uma formulação caseira, que se destaca pela maciez. Além disso, possuem tamanho família e formato redondo, sendo ideais para todos que buscam um produto prático e gostoso para reunir a família no café da manhã ou da tarde. PREÇO: R$ 12,99 ONDE ACHAR: Supermercados

43




Arquivo pessoal

PARCERIA

pqn@pqn.com.br Divulgação

FAVELIVRO

A jornalista carioca Flávia Oliveira inaugurou, como patrona, uma biblioteca comunitária no Morro da Congonha, em Madureira, Zona Norte do Rio. O espaço, que agora leva o nome da comentarista da Globonews, foi montado pela Favelivro – projeto criado em 2012 pelo livreiro Demézio Batista e pela professora e curadora Verônica Marcílio. A Favelivro, dentre outras ações, tem inaugurado bibliotecas em comunidades do Rio e convida personalidades sugeridas pelos moradores a serem padrinhos. A jornalista Míriam Leitão também inaugurou a sua, na comunidade de Higienópolis, complexo de Manguinhos. Outros colegas já foram homenageados, como Luciana Savaget e Luis Erlanger.

Divulgação

COLETIVO

O coletivo @digitaispretas, criado pela gaúcha de Gramado, Néllys Correa, quer ser um espaço na rede de fortalecimento das mulheres pretas. Das pouco mais de 80 integrantes do grupo, 25% são da cidade ou do estado do Rio de Janeiro, como Luana Bandeira, musa da escola de samba Unidos do Viradouro, e a fotógrafa Cinthia Pidova. São artistas, empreendedoras, jornalistas, fotógrafas e professoras, só para citar algumas funções, que se apoiam e querem ampliar seus espaços como influenciadoras, incentivando outras mulheres negras .

PARABÉNS

A International School of Administration Business (ISAB) concedeu o prêmio de Destaque à MF Press Global, empresa do neurocientista, PhD e jornalista Dr. Fabiano de Abreu. A escolha foi em razão do relevante aporte profissional desenvolvido pela agência nas áreas de jornalismo, mídia social, publicidade, marketing e consultoria, além de atuar em diversos países. Muito merecido!

PÓS-CONFINAMENTO

Divulgação

CASA NOVA

A Paramount Pictures Brasil anunciou Juliana Branco como sua nova gerente de imprensa. Ela tem 11 anos de experiência no mercado de entretenimento, cinema e streaming. Ela trabalhou por seis anos na agência Febre e respondia pelo planejamento e execução de estratégias de clientes como Canal GNT, Sony Music, Sony Pictures, Paramount Pictures, Fox Film, e Festival do Rio, entre outros. Mais recentemente, integrou a equipe de relações com a imprensa da Netflix Brasil.

46

A sambista Mart’nália lançou o single Samba da Água. A música marca a parceria da cantora e compositora com a Águas do Rio, concessionária da Aegea que começou as operações no Rio em novembro. A empresa será responsável pelo esgotamento sanitário e abastecimento de cerca de 10 milhões de cariocas e fluminenses, de 27 municípios. O vídeo exalta o Rio, cenas do dia a dia dos moradores usando a água.

A rede de idiomas CCAA, que contratou recentemente a carioca Agnes Engiel como nova gerente de marca, lança a sua primeira campanha pós-confinamento. A tradicional escola, com 60 anos de sucesso, tem como desafio uma campanha inovadora na linguagem, com textos e imagens que atingem crianças, jovens e seus pais. Além disso, explora conceitos do mundo conectado às diferentes mídias – da TV aberta às redes sociais como Instagram, Tiktok e YouTube.


Divulgação

*Superintendente de Receita e Marketing na Pontaltech

MARCOS

GUERRA

Cinco tendências em mobile marketing para 2022

O

marketing foi uma das áreas que mais teve que se transformar nos últimos anos, especialmente durante a pandemia. Reclusos em nossos lares, os aparelhos eletrônicos se tornaram o único meio de comunicação entre as empresas e seus consumidores, criando enormes oportunidades especialmente para o mobile marketing. Um dos maiores aprendizados desse período, foi a importância dos avanços tecnológicos no aprimoramento do relacionamento entre as companhias e os clientes. Muito mais do que identificar as plataformas nas quais os usuários estão, saber como alcançá-los por meio de mensagens personalizadas e únicas se mostrou vital para as empresas. Segundo uma pesquisa realizada pela Open Text, mais de 70% dos consumidores voltam a comprar com as marcas que os tratam de forma individualizada, destacando a relevância da personalização das estratégias de marketing. Essa e muitas outras ações devem ser tendência em 2022. Veja as que considero mais relevantes: #1 Redes sociais: Não há sombra de dúvidas do poder que as redes sociais ganharam durante o isolamento social. Mais do que meros canais de entretenimento, hoje elas são importantes meios de comunicação entre as empresas e seus clientes. Foram mais de 2.77 bilhões de usuários mensais registrados em aplicativos de mensageria em 2020, segundo dados do eMarketer – o que as torna canais indispensáveis para qualquer negócio, independentemente de porte ou segmento. #2 SMS: Com tantas tecnologias sofisticadas, é comum quem estranhe a importância do SMS para o marketing nos dias de hoje. Mas, ele é um dos meios que possibilita um relacionamento mais próximo e interativo, com envio de mensagens praticamente instantâneo e, ainda, a possibilidade de ser personalizado e segmentado. Segundo o relatório do Simple Texting de 2020, quase 80% dos consumidores gostam de receber ofertas por texto, em conjunto com 53% que preferem se relacionar com marcas que utilizam SMS.

#3 RCS: Considerado como uma das maiores evoluções no sistema de mensageria, o RCS (Rich Communication Service) proporciona uma experiência rica e personalizada aos usuários. Com um novo padrão de comunicação no mercado, aceita recursos multimídia, como imagens, vídeos, áudios e gifs, tornando a comunicação mais leve e atrativa. Esse meio deve crescer significativamente em 2022. #4 Google Business Messages: Esta é, talvez, uma das maiores apostas do Google para um maior engajamento com os clientes, possibilitando que o consumidor entre em contato diretamente com uma empresa pela página de pesquisa na plataforma. Ainda, com confirmação de leitura, ele permite o envio de um carrossel completo de imagem, texto e figurinhas – uma quantidade enorme de features que favorece a fidelidade com a marca – fator altamente relevante em mercados competitivos. #5 Ominchannel: Cada uma dessas estratégias, por si só, é extremamente vantajosa para os negócios. Mas, quando integradas, trarão ainda mais benefícios para a comunicação com os clientes. A estratégia omnichannel no mobile marketing visa a multiplicidade da oferta de canais aos consumidores, de forma que possam escolher onde preferem conduzir sua jornada de compra. Podendo, assim, ter uma experiência contínua, fluída e com grandes chances de voltarem a comprar da marca no futuro. Favorecidos pelos avanços tecnológicos, hoje temos diversas opções modernas e completas para o desenvolvimento de excelentes estratégias de mobile marketing. Seja qual for o meio escolhido, lembre-se sempre de evitar qualquer comunicação abusiva. Respeite seu público e mantenha uma comunicação clara, limpa e leve – possibilitando que o cliente tenha o poder da escolha. No final, o que irá determinar o sucesso dessas ações é a experiência personalizada de seus consumidores.

47


Divulgação

Etílico Etílico CRIATIVIDADE

A Trilha Cervejaria e o estúdio de estratégia e criação Rebu lançaram a Trilha Rebu, uma saborosa Juicy IPA com notas de coco. Além de ser distribuída pelo Rebu aos seus colaboradores, a bebida estará disponível para todo o público, à venda nos canais da Trilha – Taproom, delivery e loja online (https://loja.trilhacervejaria.com.br/), com entrega para todo o Brasil. A cerveja será vendida em latas de 350ml, com direção criativa do Rebu. PREÇO SUGERIDO: R$ 26,00

Divulgação

LONG-NECK

A Lunatic Brew Cervejas Artesanais lançou a Ryewine, uma cerveja potente com maltes de centeio, encorpada e aveludada. A Ryewine está disponível em três versões diferentes - Maturada em madeira de amburana e vinho do porto branco; Baunilha de Madagascar e também a Maturada em madeira de castanheira e conhaque. Duas passaram por longa maturação em madeiras tradicionais brasileiras e a terceira recebeu um toque de baunilha para agradar também os fãs das sobremesas. PREÇO SUGERIDO: a partir de R$ 25,00

MUITO ELEGANTE

Com a chegada do fim de ano, a marca de espumantes alemã Henkell coloca no mercado uma garrafa especial - o novo Henkell Trocken Gold Limited Edition, com um toque de frutas frescas persistentes no paladar. A novidade impressiona pelo design da garrafa em filigrana em ouro nobre e com toques cintilantes, que atrai a atenção de todos. Possui certificação vegana concedida pela União Vegetariana Europeia (EVU). PREÇO SUGERIDO: R$ 69,90

Divulgação

Divulgação

Evite o consumo excessivo de álcool. Beba com moderação! Se beber não dirija! Proibida a venda de bebida alcóolica para menores de 18 anos.

Gustavo Paiva

LITERATURA GOSTOSA

48

PARA O VERÃO!

A Cervejaria Wäls acaba de lançar a versão long neck da sua Session Citra, uma cerveja leve, encorpada, amargor moderado, aroma explosivo e super refrescante. Contém ainda massiva quantidade de lúpulo americano Citra, uma agradável base de malte e baixo teor alcoólico, uma IPA ideal para ser consumida no Verão! Combina muito bem com com queijos, comidas apimentadas, churrasco e bacon. Possui teor alcoólico de 3,9 e IBU de 30. PREÇO SUGERIDO: a partir de R$ 5,50

O professor de Português, Pablo Jamilk, se uniu à Cervejaria The Pub Beer, e juntos lançaram três cervejas especiais inspiradas em em obras clássicas: Camoniana, uma India Pale Ale de cor castanho claro, encorpada, com lúpulos ingleses de amargor e maltes Pilsen e Viena, sabor cítrico e floral. Teor alcoólico de 7% e IBU de132,9; Machadiana, uma cerveja escura, feita especialmente para o inverno. Leva maltes torrados de café e cacau em pó na composição. Harmoniza muito bem com doces e sobremesas em geral. Teor alcoólico de 8% e IBU de 45; Gramatiqueira, uma cerveja que mistura a suavidade de uma Pale Ale de cor clara com o doce do mel e um leve sabor ácido de pimenta que é sentido no final da degustação. Teor alcoólico de 4,7% e IBU de 25. PREÇO SUGERIDO: R$ 27,90


Poesie-se!

Poema de Natal

Valdeci Ferreira

Relações Públicas e Diretor da Escola Nedi

Tentei saber o que é natal perguntando a outras pessoas... Um velho disse que era quando vinham visitas, mas filho não aparecia. Uma criança pobre disse que era quando presentes não recebia. O mendigo respondeu que ele bebia e esquecia. A mulher amargurada chorando repetia... NataL serve pra nada... Só encher a casa de gente vazia...

Assim casa estará com almas boas. Pra mulher sem capricho. Abrindo a janela vai poder ver uma lua acessa. E talvez ver que alegria é ter todos a mesa.

Continuei perguntando... Ouvi de um homem preso pelo passado, Que natal era bom no tempo de menino. Que era comer rabanada, mas hoje é estômago roncando. Prato que vê o fundo... E somente em outro tempo que era bom o mundo.

Então natal é pra toda vida ser franco com franqueza. Ser verdadeiro com verdade. Carinhoso com ternura. E ser bom com bondade.

Então via que natal seria a verdadeira falta de certeza. Mas poderia ser um dia lindo. Se quisermos ajudar os outros em suas fraquezas.

Natal é fazer dessa e de qualquer hora... A melhor hora da eternidade.

Perguntei pra gente rica... O que é natal pra quem tem tudo? A questão beirou o absurdo... Da resposta que me calou. “Natal era poder ter ainda mais pra acumular em dias escuros” Arquivo

Minha pesquisa ia sem direção. Sem explicação pro que o natal era. Estava sem condições de espera. Quem me daria uma resposta sincera? Percebi então que a todos que perguntei, A resposta foi de verdade... Não existia maldade. Natal era o que se vivia pela situação de necessidade. Cada qual que lhe falte o que queira. No natal daria ao outro que esperneia. Ao velho que nos tornaremos, visitemos nossos pais mesmo todo momento. Esteja na vida de quem é rico ou pobre. Sendo criança ou homem feito. De a luz em dia escuro pro avarento. E brincadeira de roda, pique esconde ou queimada, Pra quem na infância ainda não entende o afastamento.

49


Seja sempre a luz de alguém! Ilumine-se!


Pu bblicità

O nosso muito obrigado a todos os leitores da revista PQN! Um Natal Maravilhoso e um 2022

surpreendente!

jornal de belô


O Zé vai animar as suas festas! Experimente nossos deliciosos pasteis de angu. TEMOS OPÇÕES DE RECHEIOS SEM CARNE! Entregamos em toda BH. Consulte taxa de entrega!

(31) 98404-2715