Page 1

MS DOURADOS

INOVAÇÃO Confira a Realidade Aumentada em nossas páginas Pg. 92 e 94

PERSONALIDADE A cantora Tânia Mara fala sobre seu novo trabalho Pg. 30

CIRURGIA PLÁSTICA Harmonia entre Saúde e Estética Pg. 70

Dr. Carlos Augusto F. Moreira Cirurgião Plástico CRM/MS 6498 - RQE 5060


M Ó V E I S

E

D E C O R A Ç Õ E S

67 3421.0257 | 3421.8053 Rua Major Capilé, 1589 - Centro Dourados - MS

Fotos: Cristiano Vieira


ÍNDICE

16

18

28

30

PEDIATRIA Infecção Urinária na Infância • Dra. Simone Soares França

COLOPROCTOLOGIA Sangramento anal • Dr. Juliano Paredes Gil

20

BELEZA Mulher e o poder da sua beleza interna! • Maria Guilhermina Pereira Ortiz.

FONOAUDIOLOGIA Conheça o aparelho auditivo mais inteligente do mundo • Nelson Lam K. Fook

PERSONALIDADE A cantora Tânia Mara fala sobre seu retorno aos palcos e seu novo trabalho • Tânia Mara

40

DIREITO Nova terapia contra câncer, é mais eficaz que quimioterapia e o plano de saúde é obrigado a pagar. • Dra. Thays C. T. Violin

42 44

CURIOSIDADES Acerte na escolha Revelamos algumas dicas para fazer bonito na festa de amigo-oculto

PSICOLOGIA Estresse: Como lidar nos dias de Hoje • Juliana Pelegrinelli

46

NEUROLOGIA Entendendo a epilepsia • Dra. Bianca Ribeiro Morais


48

50

NEUROLOGIA O que é enxaqueca • Dr. Juvenal Rodrigo Padilha

BABY & KIDS Amamentação Veja dicas para alimentar seu bebê com conforto, segurança e muito amor

52

ODONTOLOGIA A influência da saúde bucal na qualidade de vida • MEREGE - Centro Odontológico Especializado

54

MODA E BELEZA Paz e purificação Osklen Alto Verão 17 Forum apresenta fragrância compartilhada Red Denim • Luiz Gugliatto

56

OBESIDADE OBESIDADE UMA VISÃO ORTOMOLECULAR • Dr. Frederico de Oliveira Weissinger

58

GINECOLOGIA Os novos métodos contraceptivos • Dr. Wanderley Bastos

62

FISIOTERAPIA Osteopatia • Rodrigo Deller

63

PSIQUIATRIA Insônia • Dr. Thiago Pauluzi Justino

64

TURISMO O que levar na mala? Separamos sete dicas para ajudar a organizar a mala nas viagens de fim de ano


ÍNDICE

76

70

GASTRONOMIA Acerte na ceia de Natal

ESPECIAL CAPA Crurgia Plástica Abdominoplastia Rinoplastia • Dr. Carlos Augusto F. Moreira

82

CULTURA Testemunha ocular Aos 58 anos de carreira, Roberto Higa registrou quase todos os fatos da história recente de Campo Grande, e de toda a história do Estado, desde sua criação

84

ODONTOLOGIA Aparelhos Autoligados: Tratamentos mais rápidos e mais estéticos • Dra. Lais Suzana Barbara

86

ESTÉTICA Blefaroplastia: rejuvenescimento do olhar • Dra. Nádia Mari Namiuchi

90

PERFIL REGIONAL Não estou aqui para fazer política na saúde, e sim política de saúde

100

MODA E BELEZA Paz e purificação Osklen Alto Verão 17 Forum apresenta fragrância compartilhada Red Denim • Luiz Gugliatto


REVISTA PORTAL SAÚDE - EIRELI - ME CNPJ: 23.487.969/0001-34 Campo Grande - MS Rua Amazonas, 715 - Monte Castelo CEP 79.010-060 - Tel: 67 3365.1000 São Paulo - SP E-Tower - Rua Funchal, 418 - 35º andar Vila Olímpica - CEP 04551-060 Tel. 11 3521.7318

EXPEDIENTE Revista Trimestral: Dezembro/2016 | Ano 1 | Edição 02 Dourados - MS Direção de Arte: Thiago Britez Assistentes de Arte: João Filho Uimer Ronald Freire

Capa: CIRURGIA PLÁSTICA Harmonia entre Saúde e Estética Dr. Carlos Augusto F. Moreira Cirurgião Plástico CRM/MS 6498 - RQE 5060 Foto Capa: Cristiano Vieira

TENHA UMA BOA LEITURA Matérias e Anúncios: Junior Favoreto | 67 3365.1000 | 99207.0330 campogrande@revistaportalsaude.com.br www.revistaportalsaude.com.br Baixe nosso aplicativo: As matérias e imagens veiculadas são de responsabilidade dos seus autores.

12

Portal Saúde

Fotógrafos: Andrea Bitencourt Arlindo Namour Cristiano Vieira Guilherme Molento Lincoln Gabriel Marcos Vollkopf Marcus Moriyama Revisão Ortográfica: Thais Soares Rocha Jornalista Responsável: Anny Malagolini - DRT 1272 Circulação: Dourados e Região MS Colaboraram com esta edição: Adriana Estivalet Luis Gugliatto Dr. Nelson Tavares Ricardo Hara Roberto Higa Tânia Mara


Portal SaĂşde

13


Foto por Guilherme Molento

EDITORIAL

Inovar Sempre

Quando a Revista Portal Saúde foi oficialmente lançada, em setembro último, adotamos como lema de nosso trabalho o termo “bem-vindo ao novo”. A ideia foi frisar aos nossos leitores e parceiros que estamos aqui para inovar sempre, e não apenas produzir mais uma entre tantas publicações no mercado. A melhor forma de proporcionar boas vindas às novidades constantes de nosso trabalho foi oferecer, logo de início, itens que muitas publicações que estão há vários anos no mercado ainda não disponibilizam, como, por exemplo, aplicativo para smartphones e tablets, um trabalho estruturado de comunicação nas redes sociais, além de uma das melhores impressões do mercado, com materiais gráficos de primeiríssima qualidade. Tudo isso, oferecido de forma gratuita ao nosso leitor. Nossa inovação também é constante no que diz respeito ao relacionamento com leitores e parceiros comerciais. Estamos sempre presentes. E esta rapidez de comunicação faz uma diferença enorme, tanto para nós, que oferecemos ótimas oportunidades, quanto para nossos clientes, que buscam resultados. Para manter uma de nossas características mais marcantes, também inovamos nesta segunda edição da Revista Portal Saúde. Trouxemos parte de nosso mundo virtual para o papel e somos a primeira publicação de Mato Grosso do Sul a oferecer o conceito de realidade aumentada a nossos leitores. Basta colocar a câmera do smartphone sobre algumas de nossas páginas para visualizar o conteúdo em realidade aumentada, além de informações adicionais contidas nas páginas. Este conceito inovador une a tradição da comunicação impressa, criada por Gutemberg na Idade Média, com a comunicação eletrônica, inovação dos dias atuais. A realidade aumentada tem potencial para ser forma de comunicação e relacionamento social predominante nos próximos anos, e temos muita satisfação de trazê-la, em primeira mão, ao Estado. Foi por causa do trabalho incansável de nossa equipe em sempre levar ao leitor o que há de melhor neste segmento editorial, que a adesão de nossos parceiros tem nos impressionado. Por causa da grande procura, as edições têm sempre superado as 200 páginas, que será nosso limite a partir de 2017, para proporcionar uma leitura mais confortável e dinâmica. Nossa outra característica marcante, o conteúdo de qualidade, também está imperdível nesta edição. Em nossas páginas, você encontrará matérias especiais relacionadas ao fim de ano, nas áreas de comportamento, gastronomia, moda, curiosidades e turismo. Também entrevistamos a atriz e cantora Tânia Mara, que está lançando nova música de trabalho, em parceria com a dupla Marcos & Belutti, e fala para seu público de Mato Grosso do Sul sobre sua carreira na televisão e nos palcos. Boa leitura! Junior Favoreto

14

Portal Saúde


Qualidade e Elegância ao seu alcance

Fotos: Cristiano Vieira

Papéis de Parede Nacionais e Importados

3423.2475 | 99978.3222 ambiartcortinas@hotmail.com

Persianas

Rua Toshinobu Katayama, 805 - Sala D Centro - Dourados - MS

Cortinas em Tecidos Acessórios para Cortinas

ambiartcortinas.com.br


PEDIATRIA

INFECÇÃO URINÁRIA NA INFÂNCIA Infecção do trato urinário (ITU) é causa habitual de febre em crianças e, possivelmente, a maior causadora de lesão renal, sendo uma das infecções bacterianas mais frequentes e de maior risco, principalmente em lactentes. Os agentes etiológicos mais frequentes das infecções do trato urinário são as enterobactérias ou as bactérias Gram-negativas, destacando-se em 80% dos casos a Escherichia coli Uropatogénica, assim como Proteus, Enterococcus faecalis e Klebsiella. O Staphylococcus saprophyticus é mais comum em adolescentes. A ITU predomina no sexo feminino, na razão de 3 a 4 até 20:1, em relação ao sexo masculino. Porém em neonatos e lactentes jovens até o sexto mês de vida poderá incidir preferencialmente em meninos, enquanto nas meninas mantém uma frequência elevada ao longo de toda vida. O diagnóstico preciso da infecção urinária é essencial para prevenir a lesão renal na infância. Infecções urinárias não adequadamente diagnosticadas e tratadas podem levar a perda de função renal e complicações como Hipertensão Arterial Sistêmica e Doença Renal Crônica. Os principais fatores de risco para ITU na infância são: infecção materna do trato urinário, aleitamento artificial, sexo feminino, constipação intestinal, alteração do padrão miccional normal, esvaziamento incompleto da bexiga, história familiar de litíase renal,

Dra. Simone Soares França CRM/MS 8230 Pediatria RQE 4542 Nefrologia Pediátrica

16

Portal Saúde

alteração da flora vaginal normal, higienização íntima inadequada e fatores anatômicos: mielomemeningocele, disrafismos espinhais, ureterocele, refluxo vesicoureteral, válvula de uretra posterior, fimose (meninos), sinéquia de pequenos lábios (meninas), além de cateterismo vesical de demora. Em crianças, com controle esfincteriano (após 24 a 36meses), os sintomas urinários são: dor ao urinar, aumento da frequência urinária, sensação de não esvaziamento da bexiga e urgência miccional, que podem estar associados a: falta de apetite, prostração, febre, vômitos, dor abdominal e irritabilidade. Em crianças menores de 18 a 24 meses, dificilmente os sintomas urinários são reconhecidos. Pode haver alteração no aspecto e odor na urina e choro na micção. Febre sem foco aparente é, na prática, o principal achado da ITU entre os lactentes, podendo ser o único sintoma. O exame de sedimento urinário (Urina I) pode estar alterado em 80% dos casos, porém não é suficiente para o diagnóstico. Urocultura é o único exame para confirmação de ITU. Antibióticos úteis e eficazes são apontados pelo antibiograma O método preferencial de coleta de urina em crianças com controle esfincteriano é o jato médio de forma asséptica. Em crianças sem controle esfincteriano, realiza-se punção supra púbica ou sondagem vesical. O diagnóstico precoce, tratamento adequado, identificação dos fatores de risco e exames complementares de imagem são essenciais na investigação da ITU para prevenir a Doença Renal Crônica.


BELEZA

MULHER E O PODER DA SUA BELEZA INTERNA! Beleza é qualidade do que é belo, é harmonia, é perfeição das formas. A beleza hoje não tem sexo, raça, nem classe social, todos procuram estar bem, quer consigo mesmo, quer com todos aqueles que os rodeiam no dia-a-dia, estando assim prontos para um dia após o outro. Cada um busca a beleza à sua maneira e isto sempre será belo! A mulher moderna sabe o tamanho da dificuldade de dar conta dos filhos, trabalho, casa e, além de tudo, combater os inimigos da pele, rugas, manchas, celulite. Por isso é muito importante ter Autoestima. A Autoestima é a opinião e o sentimento que cada pessoa tem por si mesma, é a capacidade de respeitar, acreditar e amar a si mesma. É um trabalho diário e exige dedicação na mesma proporção que se dá aos filhos, ao companheiro, ao conhecimento, à carreira, à saúde e à beleza. Para manter a Autoestima, a mulher deve fazer para si o mesmo que faz aos outros: incentivar, admirar, elogiar, desejar o melhor, tratar bem, tratar com carinho e dar atenção. A Autoestima vem de dentro, mas o que podemos fazer por fora que nos ajuda a ficar cada vez mais bonitas? Cuidar de nós! É de senso comum que a hidratação é fundamental para um aspecto saudável da pele. Existe uma série de fatores que agem contra esta hidratação, isto a gente já sabe, mas podemos usar ativos cosméticos que auxiliam a reverter ou impedir esta situação. Rugas, flacidez, marcas de expressão, envelhecimento, também são fatores que conhecemos e que igualmente dispomos de ativos cosméticos que nos ajudam a driblar estes inimigos da beleza.

Maria Guilhermina Pereira Ortiz.

18

Portal Saúde

Um grande aliado é o Eye 3D®, um ativo super moderno que atua combatendo os danos sofridos pela pele ao redor dos olhos. Possui ação antioxidante, clareadora, vasoconstritora, confere firmeza e elasticidade e ainda minimiza o aparecimento de bolsas e olheiras. Outro ativo natural revolucionário que atua na renovação celular é o Renew Zyme®, trata-se de um peeling enzimático da romã que reúne propriedades anti-inflamatória, antioxidante e emoliente. Promove hidratação imediata, manutenção do equilíbrio hídrico da pele, estimula a produção de colágeno e previne os danos causados pela radiação UV. Para finalizar o protocolo de aliados da beleza apresento o SNAP 8®, ativo capaz de reduzir a profundidade das rugas causadas pela contração dos músculos da expressão facial, principalmente na testa e ao redor dos olhos. Manter a beleza interna e externa depende de nós mesmos, devemos saber identificar os aliados e nos juntarmos a eles! A modernidade nos traz muitas novidades no ramo cosmético, mas para sua pele irradiar toda essa beleza a luz tem que vir de dentro! Ame-se mais, cuide-se sempre! Desejo a todos um final de ano maravilhoso, comemore com aqueles que você ama. Um Feliz Natal! Que o ano de 2017 seja bom, com paz, saúde e alegrias.


Conheça o aparelho auditivo mais inteligente do mundo A

Prologic

Danavox

oferece

os

aparelhos auditivos ReSound LiNX 2™ com Made for iPhone, o que significa que eles se conectam diretamente ao seu iPhone™, iPad™ ou iPod touch™, para fazer os seus aparelhos auditivos

Surpreendentemente pequeno. Espantosamente potente.

funcionarem como fones de ouvido Bluetooth estéreos sem fio.

Converse sem problemas com seus amigos, familiares ou colegas. Use no WhatsApp, Facebook, Youtube e nas chamadas de vídeo Face Time para trazer as pessoas que estão longe próximas de você.

E Imagine um som estéreo de suas músicas, seus filmes favoritos, chamadas de áudio ou de vídeo com as pessoas que você ama, ajustados com precisão à sua perda auditiva.

Conexão fácil e direta com tudo, proporcionando a nitidez da fala e do som.


Adote a audição inteligente Agora você terá a oportunidade para conectar e ouvir. Na compra de dois aparelhos 961 ou 761

Você leva um IPhone 5S

Validade da campanha LINX2 961 ou 761 e IPhone 5S 16 G enquanto durar o estoque.

DOURADOS - MS 67

3421.0015 | 99207.2906

Av. Presidente Vargas, 855 - Sala 4 Galeria Dourados Center CAMPO GRANDE - MS 67

3325.6686 | 99207.2907

Rua 13 de Junho, 167 Centro prologicdanavox@outlook.com www.prologicdanavox.com.br

Agende um horário e solicite um teste sem o compromisso de compra.


COLOPROCTOLOGIA

SANGRAMENTO ANAL O sangramento anal é um evento extremamente angustiante para quem o experimenta. Pode se apresentar através de sangue vivo, em coágulos e ainda na forma oculta nas fezes. Acomete todas as faixas etárias, aumentando a sua incidência proporcionalmente ao aumento da idade. Varia ainda conforme a quantidade, podendo ser maciço, moderado ou leve. A origem pode estar desde a cavidade oral até o ânus, porém abordaremos as causas de hemorragia digestiva baixa, que incluem o intestino delgado, cólon, reto e ânus. As principais causas de sangramento intestinal baixo são as doenças orificiais (anais), particularmente a hemorroida e fissura anal, seguidas pelas doenças colorretais como a doença diverticular, angiodisplasia, colite isquêmica, doenças inflamatórias intestinais, pólipos e câncer colorretal, proctite actínica e endometriose intestinal. Hemorroidas são a causa orificial mais comum de sangramento intestinal baixo. O sangramento geralmente é indolor, vermelho vivo, de pequena a moderada quantidade. A fissura anal, que se evidencia como um “corte” no canal anal, se apresenta normalmente com dor aguda e intensa na região do ânus e com sangramento de aspecto bem vivo. Ambas as patologias são diagnosticadas através de exame proctológico, podendo ter tratamento clínico ou cirúrgico. A doença diverticular é responsável por pelo menos 50% dos sangramentos intestinais baixos. Divertículos são projeções saculares da parede do cólon. Acometem em sua grande maioria pessoas acima de 50 anos. Além do sangramento podem levar a sintomas como constipação e dor abdominal. As angiodisplasias são malformações arteriovenosas que podem ocasionar sangramento de grande monta. Sangramento proveniente de pólipos ou câncer colorretal (CCR) tende a ser oculto. Porém, alguns

22

Portal Saúde

pacientes apresentam sangramento visível. No Brasil, encontra-se em quarto lugar entre os principais tumores malignos. A idade é o fator de risco mais importante do CCR esporádico e sua incidência aumenta bastante após os 40 e 50 anos. Outro fator muito importante é a história familiar da doença. A colonoscopia é considerada padrão-ouro no diagnóstico de CCR e lesões pré-neoplásicas (pólipos), assim como na angiodisplasia e doença diverticular. Tem como vantagem ser também terapêutica, como no caso de remoção de pólipos intestinais. Deve ser realizada a partir dos 50 anos, como exame de rastreio do CCR. A ocorrência de qualquer sangramento anal deve levar o paciente a procurar auxílio médico o mais rápido possível, para que seja definida sua causa e instituído o tratamento adequado a cada caso individualmente.

Dr. Juliano Paredes Gil Coloproctologista - CRM/MS 7850 - RQE 4315 Foto: Cristiano Vieira


PSICOLOGIA

Foto: Cristiano Vieira

OS DESAFIOS DA ADOLESCÊNCIA Jessyka Matiussi Mendonça Psicóloga Clínica. CRP/MS 14/06316-3 Pós Graduada em Psicologia Infantil

A adolescência é um período de transição entre a infância e o estado adulto, onde o/a jovem procura um sentido para a vida, a qual experimenta e confronta-se com tarefas essenciais à formação da sua identidade e à construção da sua autonomia. E, por isso, muitas vezes este é um percurso complicado, cheio de dúvidas, inseguranças e questões que, quando não encontram as respostas adequadas, geram angústias e agitações, razões básicas para o aparecimento de distúrbios ansiosos. Deste modo, a adolescência configura-se como um período da vida onde a ansiedade patológica ocorre com frequência, começando muitas vezes a estruturar-se nesta idade, podendo provocar um mal-estar e/ou interferência no meio social, profissional, familiar ou escolar do indivíduo. Na adolescência é comum encontrarmos jovens estudantes com altos níveis de ansiedade, porém com dificuldades de concentração, memória, fato que deve ser melhor investigado. Sem saber o real motivo de estar assim, a maioria dos adolescentes acabam se desvalorizando em suas capacidades, não acreditando mais em si próprios e, por isso,

24

Portal Saúde

abandonam, desistem e evitam as situações que os desafiam, desenvolvendo reações emocionais desajustadas, ansiedade, depressão, entre outros. O medo também pode manter-se como parte da angústia desta fase, revelando níveis de ansiedade que provocam a desestruturação do comportamento ou o evitamento de situações sociais que levam o/a jovem a isolar-se cada vez mais, podendo conduzir ao desenvolvimento de uma fobia social. São várias as causas que podemos chamar de “medo sem sentido”, um medo que se alimenta dos nossos pensamentos e é por meio deles que determinamos de que forma enxergamos a nossa vida: “incertezas, angústias”. A adolescência é uma fase de suma importância para o indivíduo, porém deve-se proporcionar aos jovens as ferramentas necessárias para a sua resolução, para que a ansiedade não permaneça nas suas vidas enquanto fator incapacitante. Por isso, em casos como esses, é recomendável a busca por orientação do profissional psicólogo, no sentido de auxiliar pais e filhos a lidarem com o novo período que se inicia.


ANGIOLOGIA

CHECK-UP VASCULAR SAIBA O QUE É E COMO PREVENIR

Com o objetivo de alertar a população sobre doenças vasculares que não apresentam sintomas e diagnosticá-las precocemente, a Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) lançou o Check-up Vascular - programa que incentiva a população a fazer exames anuais de prevenção. Entre as 10 doenças que mais matam no mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), estão o acidente vascular cerebral - que ocorre devido à obstrução das carótidas - e a diabetes - que causa a obstrução dos vasos das pernas levando ao pé diabético. Existem também outras doenças vasculares que podem levar à morte ou provocar sequelas, como a trombose venosa profunda, o aneurisma da aorta e o periférico e a doença arterial obstrutiva periférica (DAOP). Essas doenças são muitas vezes silenciosas, pois seus sintomas só aparecem num estágio avançado, causando a morte ou a incapacidade parcial ou permanente. O objetivo do Check-up Vascular é identificá-las e diagnosticá-las na fase inicial ou pré-existente e evitar sua evolução. Assim, é possível diminuir o número de casos, complicações e mortes por doenças vasculares.

26

Portal Saúde


Segunda causa de morte mundial, também chamado de derrame, ocorre quando há o entupimento ou rompimento de um vaso que leva sangue ao cérebro. Prevenção: é preciso evitar os fatores de risco para a doença que são: hipertensão, diabetes e obesidade.

Pé Diabético A diabetes má controlada causa, ao longo do tempo, alterações no sistema nervoso e a pessoa pode perder a sensibilidade dos pés. Uma das características do pé diabético é o ressecamento. Ao ter alguma ferida nos pés, a pessoa não sente e essa ferida também não cicatriza, e se não for tratada pode gerar a amputação do membro. Prevenção: controlar o diabetes com alimentação e exercícios, fazer constantemente exames de sangue para medir a glicemia, além do exame dos pés diariamente em busca de feridas e machucados, caso diabético.

Trombose Venosa Profunda Doença causada pela coagulação do sangue no interior das veias - vasos sanguíneos que levam o sangue de volta ao coração. As veias mais comumente acometidas são as dos membros inferiores (cerca de 90% dos casos) e os sintomas mais comuns são o inchaço e a dor. De acordo com a literatura científica, a doença atinge entre 44 a 145 pessoas a cada 100 mil. Prevenção: evitar os fatores de risco que são tabagismo, permanecer sentado, deitado (acamado) por muito tempo, saber se tem hipercoagulabilidade genética, realizar cirurgias de grande porte, gravidez, estar com câncer ou em tratamento, ter insuficiência cardíaca, entre outros. Exercícios, medicamentos e uso de meias elásticas podem auxiliar na prevenção.

co, pois a doença é assintomática. Entre os fatores de risco estão: idade superior a 65 anos, tabagismo, hipertensão, aterosclerose (acúmulo de gordura e outras substâncias no vaso) e histórico familiar.

Aneurisma Periférico É a dilatação anormal da parede de artérias periféricas, como a femoral, a carótida, e a poplítea. É mais difícil de romper, mas pode gerar um coágulo e impedir a passagem de sangue, comprimir um nervo ou uma veia próxima. Prevenção: assim como o aneurisma de aorta, não há prevenção. É preciso realizar exames de diagnóstico. Costuma ser descoberto em exames de check-up ou na investigação de outras doenças, por isso é importante um exame clínico detalhado.

Doença Arterial Obstrutiva Periférica Caracteriza-se pela dificuldade de passagem do sangue devido a placas de gordura, cálcio e pela própria degeneração da parede do vaso ao longo dos anos. De acordo com o Center of Disease Control and Prevention, nos Estados Unidos, 50% dos pacientes com DAOP são assintomáticos. Um dos sintomas é a dor na batata da perna ao caminhar (claudicação intermitente). Prevenção: não fumar, já que o tabagismo aumenta em quatro vezes o risco para a doença, controle da aterosclerose e praticar atividade física. Para mais informações consulte nosso Portal Médico.

Foto: Lincoln Gabriel

Acidente Vascular Cerebral

Aneurisma de Aorta É a dilatação anormal da parede da aorta, maior artéria do corpo e responsável por transportar sangue rico em oxigênio para todo o organismo. Ao se romper pode causar a morte. As estimativas apontam que o problema acomete 5% dos homens e 1% das mulheres acima de 55 anos. Prevenção: não há prevenção, é preciso verificar seus fatores de risco e realizar exames de diagnósti-

Dr. Rodrigo Dafico Cirurgia Vascular e Endovascular - RQE 4800 / RQE 4801 Formado pela UFG, Residência Médica pela USP-RP CRM/MS 8518

Portal Saúde

27


PERSONALIDADE

A cantora Tânia Mara fala sobre seu retorno aos palcos e seu novo trabalho

30

Portal Saúde


Depois da pausa na carreira para cuidar da filha Maysa, a cantora e compositora Tânia Mara está de volta com um trabalho que tem tudo para emplacar em todo o Brasil. A música “Teu Lugar”, gravada juntamente com a dupla Marcos e Belutti, já é sucesso em plataformas digitais como YouTube, Spotify, Apple Music, entre outras. A música, com promessa de integrar um novo álbum em 2017, chega dez anos depois do maior sucesso de Tânia Mara, o hit “Se Quiser”, que integrou a trilha sonora da novela “Páginas da Vida” e vendeu 100 mil cópias. A cantora está empolgada com o retorno aos palcos. É o que ela conta à Revista Portal Saúde. “Teu Lugar” é sua nova música de trabalho, em parceria com a dupla Marcos e Belutti. Vimos que a quantidade de acessos no YouTube do clipe da música tem sido muito boa. Fale um pouco mais sobre este trabalho.

Sou de Brasília e trabalho desde os 9 anos de idade. Tenho paixão pelo País, tenho paixão pelo que eu faço e tenho paixão pela música brasileira em geral. Independentemente de estilo. Nossa música realmente é a melhor do mundo. Os temas que sempre falam de amor, de uma forma que acaba tocando as pessoas lá fora. Fiz turnê fora do país. Fiz Estados Unidos, fiz Angola, fiz Portugal... E a gente vê o carinho das pessoas com a música brasileira. Tenho paixão pelo Mato Grosso do Sul, já estive aí algumas vezes e sempre fui muito bem recebida. Não vejo a hora de voltar. Tomara que seja logo. Além da música de trabalho atual, tem um novo álbum a caminho? Sim. Acredito que no ano que vem a gente lance um novo álbum. Só não sei se será um EP (álbum mais curto), um CD, ou um DVD.

O trabalho com o Marcos e o Belutti foi incrível, surpreendente. Os meninos são muito talentosos, muito parceiros.

Isso tudo dependerá muito de como será o processo. A gente sempre diz que vai fazer um EP, se empolga com o repertório e acaba saindo um CD.

A música ficou linda, mais do que eu imaginava.

Mas no ano que vem acredito que saia um CD inédito. E no meio do ano um DVD sim, com participações especiais. Será incrível. Estou muito animada e já preparando tudo.

Quando eu compus essa música com o Thiago Gimenes e o Danilo, pensamos logo nos meninos (Marcos e Belutti), que se identificaram de pronto e demos início ao projeto. Estou muito feliz com a repercussão do clipe. Até por ser um canal novo meu na Vevo (plataforma digital de vídeos).

Além de cantora, também já atuou como atriz e apresentadora. Como este outro lado de seu trabalho artístico? Algum novo projeto?

Tenho meu canal no YouTube e a gente começou num canal do zero.

Já fui apresentadora. Talvez essa seja minha segunda profissão, porque me identifiquei e voltaria a fazer. Mas atuar, não.

As pessoas só falam coisas boas da música do clipe, e foi uma parceria de sucesso. Graças a Deus. Você é brasiliense, nascida na Região Centro-Oeste, e agora conta com a participação especial de uma dupla sertaneja em seu trabalho mais recente. Aqui em Mato Grosso do Sul, temos muitos admiradores de seu trabalho. Gostaria que falasse da importância do interior do Brasil no mercado de música atual.

Nunca fui atriz e nem pretendo ser. Fiz uma participação no Acampamento do Renato Aragão. A parte de atuar eu deixo para meus irmãos, que sempre estudaram e foram apaixonados pela atuação: a Roberta Almeida e o Rafael.

Portal Saúde

31


PERSONALIDADE

Como é conciliar a carreira de cantora e os cuidados com a filha, Maysa? Hoje é tranquilo, a Maysa está bem mais mocinha, já entende o meu trabalho e tem a rotina dela da escola. Aliás, ela é superestudiosa, está fazendo piano, balé. E ela é muito ativa, mas isso demorou um tempo, por conta da pausa que eu dei na minha carreira pra cuidar dela. Foram cinco anos e não me arrependo de nada. Sinto-me bem mais segura hoje, para voltar para uma agenda enlouquecida, até porque ela já entende, tem a rotina dela e já está bem mocinha. Ter várias pessoas na família ligadas ao meio artístico na família (O marido Jayme Monjardim, o irmão Rafael Almeida e a irmã Roberta) contribui de que forma com a carreira? Tenho a família de artistas e isso contribui porque a gente acaba um apoiando ao outro. Dando opinião mesmo. Isso enriquece muito o trabalho, porque além de eu ter pessoas que entendem, que têm talento, são pessoas que só querem o meu bem. Ninguém pode me querer tão bem quanto eles. É sempre muito enriquecedor ouvir e dividir o trabalho com o Jayme, com o Rafael, com a minha irmã, Roberta. Você considera a música importante na busca por bem-estar e qualidade de vida? Acho que a música movimenta o mundo. A música relaxa, faz as pessoas se animarem e terem uma outra visão da vida. A música enche o coração de alegria. E com certeza enriquece muito a alma do ser humano, inclusive quando estamos praticando atividade física. Não consigo fazer nada sem música, inclusive malhar. Pratico muay thai, com aula funcional, sempre com a música altíssima e animada, dançante. A música, de fato, realmente muda a vida das pessoas e contribui muito para o bem-estar.

32

Portal Saúde


Photo: Carlo Locatelli Makeup: Pedro Villar Stylist: Arno Jr

Portal SaĂşde

33


(67) 3384.1626 | 98403.5224

(65) 3052.6434 | 99966.2152

www.uniaudiobrasil.com.br

(66) 3532.7090 | 99997.3571


www.uniaudiobrasil.com.br


DIREITO

NOVA TERAPIA CONTRA CÂNCER

É MAIS EFICAZ QUE QUIMIOTERAPIA E O PLANO DE SAÚDE É OBRIGADO A PAGAR. Apesar de a célula cancerosa ser doente, ela ainda guarda semelhanças com as células normais do corpo e usa essa característica como uma espécie de disfarce para enganar o sistema imunológico – e assim não ser atacada por ele. Duas novas classes de medicamentos prometem acabar com esse disfarce e aumentar a capacidade do sistema imunológico de combater o câncer, são os inibidores de CTLA4 (Ipilimumab, nome comercial Yervoy) e os inibidores de PD1 (Pembrolizumab e Nivolumab, nomes comerciais Keytruda e Opdivo respectivamente). Além de aumentar o tempo de vida dos pacientes, essas terapias também melhorou a qualidade de vida deles. Os pesquisadores notaram que apenas 13% dos pacientes que fizeram o novo tratamento tiveram efeitos colaterais – como enjoo e falta de apetite – em comparação com 35% dos voluntários que passaram pela quimioterapia. Cientistas desenvolveram um novo tratamento que promete aumentar o tempo de vida de pacientes com tipos agressivos de câncer. O estudo revelou que os voluntários que receberam a droga imunoterápica Nivolumab viveram, em média, dois meses a mais do que aqueles que receberam quimioterapia tradicional. A pesquisa, que foi publicada no New England Journal of Medicine, teve a participação de 361 pacientes com câncer de cabeça e pescoço. Todos eles já haviam passado pelo tratamento quimioterápico e não mostraram melhora. De acordo com o estudo, 600 mil casos da doença são diagnosticados todo ano no mundo, sendo que os pacientes nessa condição vivem cerca de seis meses.

Dra. Thays de Castro Trindade Violin OAB - MS 15.879 Pós Graduada em Direito Médico Especialista em direito à saúde das pessoas portadoras de necessidades especiais, portadores de doenças crônicas e do direito do idoso. Caso tenha alguma dúvida envie para: thays@ctvadvogados.com.br 67 99997.6922 ou 67 3015.6193

40

Portal Saúde

Dos 361 voluntários, 240 foram tratados com Nivolumab e 121 receberam tratamentos com um de três tipos diferentes de quimioterapia durante quase dois meses. De todos os participantes que receberam a droga imunoterápica ao longo de um ano, 133 morreram (55,4%), enquanto 85 pessoas (70,2%) das que fizeram quimioterapia faleceram. A pesquisa também revelou que, em média, a taxa de sobrevivência dos pacientes que tomaram o Nivolumab foi de 7,5 meses, enquanto a mesma taxa das pessoas que fizeram o tratamento quimioterápico foi de 5,1 meses. Kevin Harrington, um dos autores do estudo, disse em um comunicado que os resultados indicam que a os médicos agora têm um novo tratamento que pode prolongar significativamente a vida dos pacientes com câncer de cabeça e pescoço. “Eu estou ansioso para vê-lo (o tratamento) nas clínicas.” Os planos de saúde não podem negar tratamentos e medicamentos. O Nivolumab, pembrolizumab e o ipilimumab fazem parte de um grupo de medicamentos chamado de inibidores de checkpoint. Eles bloqueiam a ligação entre receptores nas células imunológicas e suas proteínas irmãs – essa inativa as células de defesa do corpo. Esse bloqueio faz com que as células imunológicas identifiquem as células cancerosas e as destruam. Essa não é a primeira vez que cientistas fazem pesquisas com o Nivolumab para o tratamento de câncer. Um estudo, também publicado no New England Journal of Medicine, mostrou que pessoas com câncer de pulmão que receberam o medicamento viveram, em média, 3,2 meses a mais do que aqueles que receberam quimioterapia. A Anvisa concedeu registro aos medicamentos, muitos planos de saúde ainda negam o fornecimento deste fármaco ao paciente. A pesquisa de eficácia reforça a obrigatoriedade dos convênios disponibilizarem estes tratamentos ao beneficiário. Portanto, no caso de recusa destas terapêuticas, o consumidor deve buscar seus direitos junto ao Judiciário.  Faça valer o seu direito e saiba que o bem mais precioso é a sua saúde.


PRO ESTHETIC, SOLUÇÃO EM LOCAÇÕES.

X-WAVE

Ondas de Choque

DUET LIGHTSHEER CRIOFREQUÊNCIA

DOUBLO

I-LIPO

LIGHTSHEER ET

POWER SHAPE

COOL SHAPING

COOL TECH

67 99923.3299 | 67 98123.1383 67 99188.3663 | 67 3015.7640

Em breve: • Harmony • Vela Shape II

Whatsapp para agendamentos 67 99877.3299 contato.proesthetic@gmail.com egles.proesthetic@gmail.com


CURIOSIDADES

42

Portal Saúde


Acerte na escolha Revelamos algumas dicas para fazer bonito na festa de amigo-oculto

Tão certo como os festejos de Natal e Réveillon nos finais de ano, são as brincadeiras de amigo-oculto. A ideia é muito válida: ela faz com que toda turma ou família seja presenteada, com cada pessoa comprando um presente apenas. Como todo mundo normalmente entra na brincadeira, familiares, amigos, colegas de trabalho e até mesmo o próprio o chefe, separamos algumas dicas para evitar o constrangimento. Se não for para acertar no presente – o que nem sempre é fácil – que pelo menos a escolha não seja transformada em uma “saia justa”. No trabalho Tirou o chefe? Nada de tentar aproveitar a oportunidade para puxar saco ou mandar indireta durante a revelação. Presentes caros são dispensáveis. Compre sem distinção e use o mesmo critério caso o amigo-oculto fosse um colega da empresa. Dica: Presenteie com algo que ele possa usar no cotidiano, ou até mesmo relacionado a um hobby, como futebol, colecionáveis. Aliás, é sempre importante estipular um preço para os presentes, para que todos possam participar. Lembre-se que o intuito da brincadeira é aproximar as pessoas. Vestuário Se o presente é roupa, cuidado com o tamanho. O presenteado pode se sentir ofendido, caso o número seja maior ou menor que a medida usada por ele. Para não errar, vale tirar a dúvida com pessoas próximas do seu amigo-oculto. A orientação é a mesma para quando não se conhece o amigo sorteado. Peça dicas e use seu bom senso. Neste caso, as principais recomendações de presentes são: livros, agendas e objetos que possam ser usados no cotidiano. Por mais próximo que você seja do seu amigo, este não é o momento de presentear com artigos íntimos, como biquínis, por exemplo.

Vale presente Para quem não tem segurança do que pode ser dado, o vale presente sempre será a melhor opção. O problema é que para muitos, a alternativa pode não agradar, pois pode ter conotação de desprezo quanto ao gosto do presenteado. Para evitar erros, observe o comportamento de seu amigo-oculto. Se ele é daqueles que nos anos anteriores andou reclamando de alguns presentes recebidos, ou se é extramente peculiar em suas preferências, use o vale presente sem medo algum. Revelação Chegou o grande dia. Comidas, bebidas e congraçamento. As festas para se revelar o amigo-oculto tem como característica a celebração e como valor principal o encontro, fora da rotina, daquelas pessoas que convivemos na família, no trabalho e entre os amigos. E é no momento da revelação que as chances de passar por constrangimento se concentram. Portanto, mais algumas dicas: ao revelar seu amigo-oculto, mantenha o foco nas virtudes dele e deixe sempre os defeitos para trás. Não é hora para “lavar roupa suja”. Não use características físicas para descrever o presenteado: “baixinho”, “alto”, “gordinho”, “nariz grande”, “careca”. Todas estas, e outras semelhantes, devem ser evitadas. Tente não justificar a escolha do presente com frases do tipo: “não conheço muito o meu amigo”, “é simples, mas é de coração”, “não sabia o que presentear, então comprei isso”. Construções como estas, além de demonstrar insegurança de quem presenteia, transmitem falta de interesse com o presenteado. Feitas estas observações, aproveite a festa e a companhia dos seus familiares e amigos. O presente nunca deve ser a atração principal do encontro, ele é apenas um pretexto para colocar o papo em dia e celebrar tudo o que foi vivido no ano ao lado daqueles que convivemos.

Portal Saúde

43


PSICOLOGIA

ESTRESSE: COMO LIDAR NOS DIAS DE HOJE

A vida moderna é cheia de aborrecimentos, prazos, frustrações e demandas. Para muitas pessoas, o estresse é tão comum que se tornou um estilo de vida. O estresse é um sintoma muitas vezes indescritível; ele pode ser caracterizado por sensações de medo, desconforto, preocupação, irritação, frustração, indignação, nervoso e pode ser motivado por diversos motivos distintos. Além disso, muitas vezes, a causa para o estresse é desconhecida. O stress é uma reação do organismo com componentes psicológicos, físicos, mentais e hormonais. Ele ocorre quando surge a necessidade de uma grande adaptação a um evento ou uma situação de importância, quando o organismo precisa lidar com situações que exijam um grande esforço emocional para serem superadas. As situações que causam stress podem ser positivas ou negativas. Muitas mudanças na vida, ao mesmo tempo, mesmo que para melhor, podem ter um efeito somatório de produzir estresse. Sintomas de estresse psicológico: • Ansiedade, angústia, nervosismo, preocupação em excesso • Irritação, medo, impaciência, tontura • Problemas de concentração e de memória • Desorganização, dificuldade em tomar decisões • Cometer mais erros que o habitual, esquecimentos • Sensação de perda do controle Sintomas físicos do estresse: • Problemas cardíacos e gastrointestinais • Facilidade em ficar doente • Alergias, asma, insônia • Tensão muscular, mãos frias e suadas • Dor de cabeça ou enxaqueca, problemas de pele • Queda de cabelo anormal

Tratamentos Atualmente existem diversas formas de tratamento para o estresse, dentre elas podemos destacar: • Psicoterapia • Práticas de relaxamento • Exercícios físicos • Reestruturação de aspectos emocionais • Alimentação • Tratamentos médicos e medicação O Psicólogo irá trabalhar a questão do estresse com as pessoas que o procuram, indo além da cura e alívio dos sintomas, fazendo com que a pessoa entenda o processo em que ela está inserida e o que a leva a sofrer com o estresse. Dessa forma, com uma maior compreensão sobre fatores externos e internos, a pessoa poderá escolher e decidir o que pode ser melhor para sua vida. É importante procurar ajuda profissional e um tratamento adequado às suas necessidades, além de poder pensar sobre si e sobre como o estresse está afetando sua saúde, decidir o que realmente vale a pena e buscar alternativas que possam trazer a qualidade de vida desejada.

Juliana Pelegrinelli Psicóloga CRP 14/04246-0 Formada em Psicologia Unigran Especialiesta em Psicologia Hospitalar USP/SP Especialista em Psicologia Organizacional Formação em Leitura Biologica pelo Intituto Salgado Filho Londrina/Pr Formação em Constelação Sistemica.pelo IAP/ Campo Grande. Edifício Monte Alegre Rua Monte Alegre,2115 - Sala 02 setor C -Térreo Vila Tonani - Dourados - MS Atendimento do convênio Unimed Foto: Marcos Vollkopf

44

Portal Saúde


NEUROLOGIA

ENTENDENDO A EPILEPSIA Crise epiléptica é definida como a ocorrência transitória de sinais e/ou sintomas decorrentes de uma atividade excessiva ou síncrona dos neurônios (células nervosas) no cérebro. É, portanto, uma alteração temporária e reversível do funcionamento do cérebro: durante um período de segundos ou minutos, uma parte do cérebro emite sinais incorretos. Denomina-se epilepsia a predisposição persistente do cérebro para gerar crises epilépticas recorrentes. Atualmente, estima-se que há mais de 50 milhões de pessoas com epilepsia no mundo. Existem vários tipos de crises epilépticas, com diferentes manifestações. Nas crises de ausência, por exemplo, a pessoa apenas apresenta-se “desligada” por alguns instantes, geralmente retomando o que estava fazendo em seguida. Já nas crises tônico-clônicas generalizadas, ocorre perda de consciência, frequentemente com queda, rigidez do corpo e movimentos rítmicos e rápidos dos membros, ca-

racterizando o que é conhecido popularmente por “convulsão”. As crises parciais, por sua vez, ocorrem quando os impulsos elétricos anormais ficam restritos a apenas uma região do cérebro, gerando sintomas variados, dependendo da área cerebral afetada, como movimentos involuntários repetitivos de uma parte do corpo. A epilepsia pode ser secundária a um defeito genético, a lesões estruturais do cérebro (como as decorrentes de um acidente vascular cerebral, traumatismo cranioencefálico, infecções) ou pode ter causa desconhecida. O diagnóstico de epilepsia é feito baseado na história clínica do paciente, sendo muito importante o relato das pessoas que presenciam as crises epilépticas, uma vez que o paciente muitas vezes não se lembra das crises. Exames como o eletrencefalograma (EEG) e ressonância magnética do encéfalo são fundamentais para auxiliar no diagnóstico, porém resultados normais não excluem a possibilidade da pessoa ser epiléptica. O tratamento da epilepsia é feito com o uso de medicamentos que evitam as descargas elétricas cerebrais anormais. É de extrema importância tomar os medicamentos de forma correta, conforme indicado pelo neurologista, e manter um acompanhamento regular, possibilitando que as doses das medicações sejam ajustadas à necessidade individual, de forma a obter o controle das crises epilépticas.

Dra. Bianca Ribeiro Morais CRM-MS 8427 I RQE 4690 I 4691 Neurologista e Neurofisiologista Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) Residência médica em Neurologia pelo Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) Residência médica em Neurofisiologia Clínica com atuação em Epileptologia, Eletrencefalografia e Medicina do Sono pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HC FMRP-USP) Foto: Cristiano Vieira

46

Portal Saúde


Fotos: Andrea Bitencourt


NEUROLOGIA

O QUE É ENXAQUECA A enxaqueca ou migrânea não é apenas uma dor de cabeça – trata-se de uma doença neurológica, genética e crônica, bastante comum e incapacitante. A pessoa com enxaqueca apresenta episódios de cefaleia (dor de cabeça) recorrentes, manifestando-se em crises que duram de quatro a 72 horas. As características típicas da enxaqueca são: localização em apenas um lado da cabeça, caráter pulsátil ou latejante, intensidade moderada ou forte, exacerbação por atividade física rotineira (como caminhar ou subir escada), associação com náuseas e/ou vômitos e intolerância a luz e a barulhos. Algumas pessoas que sofrem de enxaqueca apresentam, antecedendo a crise de dor, fenômenos neurológicos transitórios, chamados de aura. As auras mais comuns são as visuais, podendo se manifestar como luzes, manchas e linhas no campo visual ou, até mesmo, perda de visão. Os sintomas da enxaqueca são gerados no cérebro e ocorrem devido a disfunções em várias substâncias denominadas neurotransmissores. Apesar do caráter genético, muitos fatores podem ser desencadeantes das crises de enxaqueca, como dormir mal, alterações de humor, preocupações excessivas, falta de exercícios físicos, uso abusivo de analgésicos e determinados alimentos, como chocolate, bebidas alcoólicas, café, frutas cítricas, alimentos gordurosos ou condimentados.

Dr. Juvenal Rodrigo Padilha CRM/MS 6217 I RQE 4645 I 4733 Neurologista e Neurofisiologista Graduação em Medicina pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) Residência médica em Neurologia pelo Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) Residência médica em Neurofisiologia Clínica com atuação em Eletroneuromiografia pelo Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) Foto: Cristiano Vieira

48

Portal Saúde

O tratamento correto da enxaqueca, orientado pelo neurologista, é fundamental para o controle das crises, pois a automedicação e o uso indiscriminado de medicações analgésicas podem agravar as dores de cabeça. De acordo com a frequência e a intensidade das crises de enxaqueca pode ser instituído apenas o tratamento abortivo, ou seja, uso de medicações para cessar a dor ou o tratamento abortivo aliado ao tratamento profilático, que visa a prevenção das crises de enxaqueca.


㘀㜀 ㌀㐀㈀㄀⸀㌀㘀㔀 

刀甀愀 䴀漀渀琀攀 䄀氀攀最爀攀Ⰰ ㈀ 㤀  䨀搀⸀ 䄀洀攀爀椀挀愀Ⰰ 䐀漀甀爀愀搀漀猀ⴀ䴀匀Ⰰ 䈀爀愀猀椀氀


BABY & KIDS

Amamentação Veja dicas para alimentar seu bebê com conforto, segurança e muito amor

O ato de amamentar é um dos principais elementos na criação do ser humano e de todos os outros mamíferos. Além de prover o melhor alimento, amamentar significa dar carinho, conforto e a segurança que os pequenos tanto precisam nesse mundo novo. Os bebês sentem cheiro da mãe, escutam as batidas do coração e também se aquecem com o calor de seu corpo. Mas para que esse momento seja prazeroso e tranquilo, é necessário tomar alguns cuidados básicos. Separamos algumas dicas para garantir que tudo corra bem na amamentação de seu filho. Antes disso, lembre-se: se seu bebê se alimentou o suficiente, ele estará tranquilo, satisfeito e pronto para dormir ou brincar. O leite materno é o alimento ideal para fornecer para os bebês os nutrientes que precisam para um crescimento e desenvolvimento saudáveis.

1 - Para fortalecer preparar e lubrificar seus mamilos, você só precisa de: ar, seu próprio leite, água e sol. Deixe os mamilos bem ventilados sempre que possível (isso significa não usar nada quando estiver em casa), faça a higiene com água, passe uma gota do seu próprio leite após cada mamada e tome 15 minutos de banho de sol quando puder. 2 - Não é recomendável esperar o bebê ter muita fome, porque ele pode ficar irritado e pegar o peito com mais força, podendo te machucar. Procure oferecer os seios assim que o bebê manifestar o primeiro sinal de que está com fome. Se já estiver muito irritado, tente acalmá-lo primeiro. 3 - É fundamental procurar uma posição cômoda, e suas costas e braços devem estar bem apoiados. Coloque o bebê encostado “barriga com barriga” com você para que ele não precise virar a cabeça para mamar. O corpo do bebê deve estar perto do seu em uma altura na qual o nariz se encoste no seu peito. A cabeça e coluna devem estar alinhadas, formando uma linha reta, e o bumbum bem apoiado. 4 - Com uma mão, segure a mama: com os quatro dedos pegue por baixo e com o polegar sustente a parte de cima, formando um C. Então, toque seu mamilo entre o nariz e a boca do bebê. Isso ajuda o bebê a abrir a boca, abocanhando grande parte da auréola e não apenas o mamilo. Se seu filho se prende só ao mamilo, não irá estimular o suficiente a saída do leite, provocando queda na produção - e também aumentará o risco de o mamilo rachar.

50

Portal Saúde


5 - É preciso conferir se o bebê está fazendo a “pega” correta: as bochechas ficam arredondadas (não pode haver um furinho no meio), ele abocanha boa parte da aréola, seu queixo e nariz encostam na mama e ele não emite estalos durante a sucção. Se a pega não estiver correta, respire fundo, tire-o da mama e comece tudo outra vez. 6 - É recomendável que seu bebê mame apenas um seio a cada mamada, intercalando um por vez. Se a mama esvaziar e você notar que ele ainda quer mamar, ofereça a outra. 7 - Quando retirar o peito da criança faça-o com cuidado. Coloque seu dedo mínimo entre a mama e a boca do bebê para tirar o vácuo e evitar um puxão dolorido.

8 - A Organização Mundial da Saúde recomenda que os bebês devem mamar apenas o leite materno (sem oferecer água ou chás) nos primeiros 6 meses de vida e em livre demanda, ou seja, durante o tempo que desejarem, quantas vezes quiserem. Os bebês recém-nascidos costumam mamar entre 8 e 12 vezes ao dia, sem um horário fixo para cada mamada. 9 - Amamente também durante a madrugada, sempre que o bebê acordar. É neste período que a mulher tem o pico da prolactina. Por isso, é fundamental estimular as mamas para manter uma adequada produção de leite. 10 - Todo cuidado é pouco com bicos artificiais como: chupetas, mamadeiras e bicos de silicone eles podem promover o desmame precoce.

Portal Saúde

51


ODONTOLOGIA

A INFLUÊNCIA DA SAÚDE BUCAL NA QUALIDADE DE VIDA Os conceitos e os procedimentos odontológicos estão em grande número nos meios de publicidade, todavia, você já foi informado de como eles podem melhorar e interferir na sua qualidade de vida ? De acordo com a Organização Mundial da Saúde, qualidade de vida é a percepção do indivíduo sobre sua posição nos âmbitos físico, psicológico, social e em relação ao ambiente. Pode-se afirmar que, no campo da saúde, ela pressupõe um equilíbrio físico e mental. Nesse artigo vamos focar na Saúde bucal e suas consequências. A saúde bucal constitui parte da saúde geral e é considerada essencial para uma vida saudável. A condição de vida é considerada um indicador de saúde e as preocupações do indivíduo estão relacionadas à função, conforto e estética. Quando tais fatores não estão agradando a expectativa do paciente, respostas psicossociais como ansiedade, insegurança, redução da autoestima e introversão podem ser desencadeadas. A autoimagem está relacionada a um padrão ideal imposto pela sociedade, devido a isso, a expressão “o principal na pessoa é o rosto” revela a importância da imagem perante aos padrões sociais. O sorriso humano tem a importância de dizer sobre os aspectos psicológicos, como forma de expressar emoções. Assim a pessoa que não dispõe de um sorriso harmonioso, fisiologicamente e esteticamente, deixa de sorrir e manifestar suas emoções, podendo interferir em seus relacionamentos interpessoais. Em relação aos idosos, eles apresentam ausência parcial ou total de dentes e esta condição interfe-

re na mastigação, fonação e na estética. Os alimentos não são processados corretamente, resultando em uma digestão insatisfatória, além de restringir a consistência dos alimentos, sendo mais adequados os alimentos líquidos e pastosos. Quando o paciente tem restabelecida sua oclusão com as próteses dentárias, sua autoestima aumenta assim como sua função mastigatória em consequência da ingestão de alimentos e absorção de nutrientes essenciais, melhorando significativamente sua vida. Sobre as doenças sistêmicas, a saúde bucal também tem capacidade de influenciar, na prevenção das endocardite bacterianas, assim como nas disfunções temporomandibulares e cefaleia, além de integrar uma digestão salutar orientando os leitores que a digestão começa pela boca. Pesquisas recentes sugerem que a relação entre doenças gengivais e diabetes é uma via de mão dupla, não somente as pessoas com diabetes são suscetíveis às doenças gengivais, mas esta pode ter o potencial de afetar o controle glicêmico no sangue e contribuir para a progressão do diabetes, devendo esses pacientes terem um controle e cuidado maior junto com seus cirurgiões dentistas. Existem vários métodos de progressão da qualidade de vida por meio da saúde bucal, tanto estéticos quanto funcionais, você pode encontrar um grande número deles no Centro Odontológico Especializado Parizi Merege, tais como: lentes de contato, clareamento dental, implantes dentários, próteses sobre implantes tipo protocolo, próteses em geral, cirurgia oral menor, ortodontia, odontopediatria entre outros. É importante que o paciente procure sempre estar melhorando sua vida e aprimorando aspectos que não o fazem bem, lembrando que um profissional capacitado é uma das chaves para a engrenagem de uma vida saudável.

Dr. Elias Abujabra Merege Neto CRO/MS 1477 Dra. Silvia Elisa Parizi Merege CRO/MS 1477 Dra. Lais Farah Parizi Merege CRO/MS 5857

52

Portal Saúde


Fotos: Cristiano Vieira


COMPORTAMENTO

ANO NOVO, NOVAS METAS Quando o ano vai terminando, é inevitável para a maioria de nós fazer um balanço da nossa vida profissional. Isso pode ser muito saudável; podemos avaliar onde acertamos e o que poderíamos ter feito de forma diferente, melhorar ainda mais para obter resultados positivos. Uma das ferramentas que ajudam muito nesse balanço é o feedback, seja dos clientes, da equipe ou dos parceiros. O feedback é um presente que recebemos, mesmo que seja uma crítica negativa, porque nos dá a oportunidade de observar algum ponto do nosso trabalho com mais atenção e aperfeiçoá-lo. Estabelecer metas para o ano que se inicia é necessário para o crescimento organizado. Se sabemos para onde ir e o que queremos alcançar, as coisas fluem com mais naturalidade e eficácia. Essas metas podem também girar em torno do comportamento profissional. Pontos básicos, até, que não estão fluindo de forma satisfatória. Existem alguns comportamentos profissionais aos quais devemos ficar atentos ao seu exercício, pois impactam muito a imagem de todo profissional.

A pontualidade é um deles. Chegar atrasado aos compromissos ou atender os clientes com demasiado atraso demonstra falta de organização e descaso com o tempo dos outros. Transmite a imagem de um profissional desorganizado e poucoconfiável. Cumprir prazos. Ao se comprometer a entregar algo, seja produto ou serviço, em determinado tempo: cumpra! A credibilidade está diretamente ligada ao cumprimento dos compromissos no tempo avençado e, se possível, até antes. Ter comprometimento com a sua empresa e seus clientes. Isso é algo que as pessoas sentem, tanto a equipe como os clientes. Demonstra que não se trabalha somente pelos frutos monetários, mas também por querer realizar algo maior. Ser comprometido com os valores e princípios do seu trabalho. Objetivos a longo prazo. Significa planejar a carreira, direcioná-la para onde se quer chegar e quais os possíveis caminhos. Oferecer soluções pelas quais possa se responsabilizar. Apontar erros é fácil, mas se debruçar sobre eles e propor soluções para saná-los é um grande diferencial para todo profissional. Escutar mais as pessoas. Muitas vezes o profissional quer resolver rapidamente uma demanda ou transmitir um conceito no qual acredita e acaba esquecendo de ouvir o que um colega ou cliente realmente está precisando naquele determinado momento. A cada ano que passa, evoluímos em nossas vidas pessoais e profissionais. Cabe a nós filtrarmos o que foi bom e ruim e ter a humildade de reconhecer que somos meros aprendizes, ano após ano. Desejo um 2017 incrível para você!

Adriana Estivalet Consultora de Imagem Pessoal e Corporativa AICI Member contato@adrianaestivalet.com.br Foto: Guilherme Molento

54

Portal Saúde


NATAÇÃO

AQUÁTICA CIRCUITO HIDROMIX Além de uma equipe de profissionais qualificados, a aquática oferece treino para grupos reduzidos de alunos, podendo ser em piscina aquecida para melhor atendê-los, onde podem contar com total dedicação do treinador e aparelhos exclusivos que não se encontram em outras academias de Dourados e, tudo isso, com preço acessível. Diferencial de treinar dentro da Água A principal diferença é o impacto, quando se realiza atividades físicas dentro da água, reduzimos o impacto geralmente sofrido nos exercícios de solo, por exemplo. Por ser uma atividade que trabalha com a resistência da água, os resultados são visíveis mais rapidamente, como drenagem linfática, melhora da celulite e do tônus muscular, e pode ser indicado para todas as pessoas de todas as idades, idoso, gestante, criança, por não causar lesões que podem ocorrer em uma academia normal. Quais os aparelhos que a aquática tem, qual o diferencial com as outras e sua função? · Hidro Elíptico Equipamento multifuncional patenteado que permite o treino simultâneo dos membros superiores e inferiores. Reproduz uma forma de caminhar ou correr em “antigravidade”. · Esteira Aquática É parecida como as que vemos em qualquer academia, porém por ser dentro da água o seus benefícios são bem melhores, o gasto calórico é até 140% superior ao dos exercícios realizados em uma esteira convencional, o impacto nas articulações dos membros inferiores é cerca de 45% menor do que na corrida no asfalto ou na esteira.

· Hidrocycle Desenvolvida para aperfeiçoar os benefícios proporcionados pelo ciclismo, aliado aos benefícios da atividade física realizada na água. Melhoras no funcionamento do sistema cardiovascular, ganho de força, flexibilidade, melhoria da qualidade de vida, assim como redução do estresse da vida diária. A Hidrocycle é também indicada e prescrita nos programas de reabilitação física em sessões de hidroterapia. E para quem não se adapta 100% aos exercícios da Aquática Circuito Hidromix, temos também o nosso Studio Pro Fitness. · Studio Pro Fitness As atividades são de musculação, treinamento funcional e fisioterapia, as aparelhagens são da linha Edge Movement e Linha de pesos Ziva. O ambiente é com ar condicionado, oferecendo o atendimento de personal trainer em grupo.

Circuito Hidromix

Fotos: Cristiano Vieira

Portal Saúde

55


OBESIDADE

OBESIDADE UMA VISÃO ORTOMOLECULAR A Organização Mundial de Saúde aponta a obesidade como um dos maiores problemas de saúde pública no mundo. A projeção é que, em 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos estejam com sobrepeso e mais de 700 milhões, obesos. No Brasil, a obesidade vem crescendo cada vez mais. Alguns levantamentos apontam que mais de 50% da população está acima do peso, ou seja, na faixa de sobrepeso e obesidade. Entre crianças, estaria em torno de 15%. Atualmente é reconhecida como uma patologia predominantemente pró-inflamatória, liberando citocinas que vão interagir desencadeando ou recidivando doenças inflamatórias autoimunes, agredindo o endotélio das paredes das artérias, levando ao processo de arteriosclerose. É um fenômeno de alta morbimortalidade já que, dependendo dos fatores de risco associados, pode desenvolver doenças como: Cardiovasculares, Câncer, Patologias Inflamatórias, Alterações endócrino-metabólicas, particularmente a diabetes, entre outras. Uma pergunta que todos fazem: Por que as pessoas estão engordando? A resposta até parece óbvia: a causa fundamental da obesidade e do excesso de peso, diagnosticados pela Organização Mundial de Saúde, é um desequilíbrio energético entre as calorias consumidas e as despendidas. Resumindo: ou comemos demais, ou somos sedentários demais, ou as duas coisas. Portanto, a solução também é óbvia: comer menos e exercitar-se mais. Porém, esse raciocínio vem sendo questionado, afinal, esta receita está sendo difundida por aproximadamente 40 anos e ainda assim, a obesidade atingiu seu ápice. Em termos mundiais, mais de meio

bilhão de pessoas são obesas, pois outros fatores influenciam diretamente o ganho de peso como, por exemplo, genética, disbiose intestinal, insônia, hipotireoidismo, aumento do cortisol sanguíneo, déficit de minerais que fazem parte do metabolismo de carboidratos e lipídios. Logo podemos pensar que o entendimento da obesidade está errado e, consequentemente, as constantes orientações de tratamento podem estar defasadas ou não adequadas ao corpo como um todo, a nível molecular. Por fim, a obesidade é uma doença multifatorial e, neste cenário, devemos tratar o paciente de forma multiprofissional, recebendo suporte necessário para atividade física, orientações nutricionais, psicológicas e aconselhamento médico/bioquímico, sendo este último o foco da prática ortomolecular com o intuito de reequilibrar o organismo, prevenir e parar o dano causado por esse desequilíbrio, provocado pela obesidade.

Dr. Frederico de Oliveira Weissinger CRM/MS 8352 Médico - Sócio da Associação Médica Brasileira de Prática Ortomolecular

Dr. Felipe Soares de Almeida CRM/MS 7996 Médico - Sócio da Associação Médica Brasileira de Prática Ortomolecular

56

Portal Saúde


Fotos: Cristiano Vieira


GINECOLOGIA

OS NOVOS MÉTODOS CONTRACEPTIVOS No decorrer da história as mulheres usavam o anticoncepcional com a única função de se proteger da gravidez indesejada. Com o avanço da sociedade e o avanço tecnológico o motivo não é apenas esse, pois o perfil da mulher brasileira mudou completamente quando comparado com o das gerações anteriores. Acompanhando esse novo perfil da mulher moderna, na última década surgiram novos métodos anticoncepcionais, proporcionando mais conforto e alívio dos sintomas pré-menstruais ou, simplesmente, os abolindo. Entender qual é o método que mais se adapta à paciente é importante não só para o sucesso da contracepção, mas também para que ela sinta-se à vontade para usá-lo de forma prolongada. Conheça a seguir alguns métodos aplicados pela Clínica Modena. Implanon: Esse método moderno, revolucionário e seguro, tem conquistado seu espaço de forma ascendente e definitiva como escolha para esse novo perfil de mulheres, sendo hoje a primeira escolha de contracepção em mulheres na Europa. Trata-se da implantação subdérmica de um dispositivo com a capacidade de liberar baixas doses de hormônio (progesterona) de forma precisa para inibir a ovulação. Além de muito eficaz e duradouro (pode ser usado por 3 anos), leva a boa fama de possuir poucos efeitos colaterais, menor risco de doença tromboembólica, diminui sintomas pré-menstruais (TPM, cólicas, dores de cabeça e nas mamas), além de estar livre das pílulas. Uma das vantagens é a fácil implantação: é realizada uma microcirurgia no próprio consultório ginecológico; é um método rapidamente reversível e a fertilidade ocorre logo após a retirada do implante.

tero, onde ocorre a liberação de progesterona no endométrio (camada interna do útero). É diferente do anticoncepcional oral ou injetável, onde há hormônios circulantes na corrente sanguínea, a ação local faz com que a paciente não tenha um risco significante para doenças tromboembólicas (AVC, trombose), outra vantagem é que não há ganho de peso. Indicado para pacientes que procuram um método tranquilo e duradouro (duração de 5 anos), aquelas com fluxos menstruais intensos, as que sofrem com TPM e cólicas, portadoras de endometriose, portadoras de miomas ou simplesmente que não se adaptam ao uso diário das pílulas, injeção ou adesivos. Nuvaring: Trata-se de um anel composto de plástico bem flexível, que se insere dentro da vagina (posicionado pela própria paciente) e libera gradualmente hormônios (estrógeno e progesterona) promovendo a anticoncepção. Nuvaring deve ter seu uso no início do ciclo menstrual até o final da terceira semana, sendo então retirado pela paciente, que realiza uma pausa de 7 dias (onde ocorre a menstruação) e aplica um novo anel a seguir. A tecnologia aplicada aos métodos contraceptivos fez com que os novos métodos evoluíssem de forma rápida e eficiente, tentando acompanhar a nova geração em seu alto padrão de exigência, garantindo confiança e qualidade com resultados satisfatórios. É importante lembrar que há contraindicações ao uso de métodos, como, por exemplo, doenças hepáticas, sangramento vaginal sem diagnóstico, suspeita de gravidez, tumores dependentes de progestágenos, entre outros. Por isso é de extrema importância que antes de escolher um novo método contraceptivo, a paciente procure seu ginecologista.

Adesivo Transdermicos: É um adesivo que libera de forma gradual os mesmos hormônios presentes na pílula. Tem como vantagem a paciente não se tornar refém do uso diário de pílula. Possui fácil aplicação (pode ser colocado na barriga, parte interna no braço ou costas) e deve ser trocado semanalmente por 3 semanas, na quarta semana a mulher faz uma pausa, ficando 7 dias sem o adesivo. Tem como sua desvantagem a dificuldade de adaptação para algumas pacientes e a possibilidade de sangramentos de escape. Diu de Mirena : É um dispositivo pequeno em forma de T revestido por hormônio, inserido intraú-

58

Portal Saúde

Dr. Wanderley Bastos Ginecologista e Obstetra CRM/MS 7430 - RQE 5016 Fotos: Cristiano Vieira


FISIOTERAPIA

OSTEOPATIA Criada pelo médico americano Andrew Taylor Still, a Osteopatia é uma especialidade fisioterapêutica que utiliza de um rigoroso sistema de avaliação e tratamento, com objetivo principal de reestabelecer a função das estruturas do corpo através de técnicas manuais sobre os tecidos (articulações, músculos, ligamentos, fáscias, nervos, vísceras e ossos do crânio). Uma vez identificado em quais dos tecidos encontra-se a disfunção, o osteopata passa a trabalhar de forma detalhada na origem do problema, aplicando técnicas específicas para cada estrutura, o que diferencia o método de outros tratamentos convencionais que procuram apenas alívio dos sintomas. Apesar da Osteopatia entender o funcionamento do corpo como um todo, beneficiando os pacientes de forma surpreendente, ela pode ser dividida em 03 linhas de abordagem terapêutica: Osteopatia Estrutural, Visceral e Craniana.

• • • • •

Zumbidos do Ouvido e sinusites; Problemas relacionados ao estresse e tensão; Dificuldades emocionais; Déficit de atenção e hiperatividade; Fibromialgia e várias outras condições.

Tratamento As sessões de Osteopatia são realizadas de forma individualizada, sempre por um profissional de fisioterapia especializado na área, a frequência do tratamento geralmente é de, no máximo, duas vezes por semana com duração aproximada de uma hora. Dependendo do caso, alguns pacientes se referem ao alívio dos sintomas em poucas sessões, melhorando desta forma sua qualidade de vida - o que comprova a eficácia da técnica.

Osteopatia Estrutural Aborda o tratamento das queixas relacionadas ao sistema musculoesquelético, sendo a causa mais comum de procura nos consultórios. Envolvem problemas ortopédicos clássicos como: • • • • •

Dores de Coluna (cervicalgias, dorsalgias e lombalgias); Dores de cabeça (Cefaleia Tensional); Bursites e Tendinites; Protrusões e Hérnias Discais; Dores Ciáticas.

Osteopatia Visceral e Craniana Estas abordagens terapêuticas acreditam que o bom movimento dos órgãos vicerais e ossos cranianos são fundamentais para saúde do corpo. Os prováveis motivos de diminuição da mobilidade dessas estruturas podem ser relacionados com alterações posturais, incisões cirúrgicas, traumatismos mecânicos e, até mesmo, comprometimento de ordem emocional. As técnicas de correções utilizam um toque bastante sutil e agem nos desarranjos destes sistemas que muitas vezes são responsáveis pelas causas de doenças, dores e disfunções, incluindo: • • • •

62

Distúrbios gastroesofágicos em recém-nascidos e adultos; Constipações intestinais; Aderências pós-cirúrgicas de abdômen; Disfunções da Articulação Temporomandibular (ATM);

Portal Saúde

Rodrigo Deller Fisioterapeuta CREFITO 13 - 158525 - F Osteopatia estrutural, postural, visceral, craniana e informativa pelo Instituto Docusse de Terapia Manual e Osteopatia - IDOT. (Dourados, MS, Jacarezinho, PR, Presidente Prudente , SP) Conceito Maitland (Campinas, São Paulo) Kinesio Tape Neuromuscular: conceito e Aplicação (Dourados, Ms) Fotos: Cristiano Vieira


PSIQUIATRIA

INSÔNIA A insônia é definida como uma dificuldade de iniciar e/ou manter o sono, podendo também ocorrer despertar precoce e sono não reparador, causando prejuízo significativo em áreas importantes da vida do indivíduo. No DSM-5, define-se o diagnóstico caso esta dificuldade ocorra ao menos 3 noites por semana e esteja presente, no mínimo, durante 3 meses. Ela é classificada, de acordo com a duração, em: insônia transitória (1 mês ou menos); subaguda (1 a 6 meses) e crônica (maior que 6 meses). A doença tem uma alta prevalência no mundo, aproximadamente 10% da população relata sofrer com o problema1. Alguns fatores de risco para insônia são: estresse, transtornos ansiosos e depressivos, sexo feminino, menopausa, idade (presente em 50% das pessoas acima de 65 anos), pessoas divorciadas e/ou viúvas e o desemprego. Os sintomas apresentados no período principal de sono são: dificuldades em adormecer e em permanecer dormindo, despertar precoce e sono não reparador. Os sintomas diurnos são: fadiga, déficit de atenção, concentração e memória, irritabilidade, sonolência, propensão a acidentes no trabalho ou dirigindo, cefaleia e disfunção social, profissional ou acadêmica. A insônia leva um aumento na secreção do ACTH e do cortisol, o hormônio do estresse, e pode contribuir para o desenvolvimento de transtornos psiquiátricos como depressão, abuso no uso de bebida alcoólica e ansiedade. Alguns estudos epidemiológicos também demonstraram que a doença associa-se com o aumento no risco de apresentar doenças cardiovasculares, infecções virais, dores crônicas, transtornos gastrointestinais, cefaleias, obesidade visceral e síndrome metabólica2.

O tratamento inclui técnicas psicoterápicas, medidas de higiene do sono e uso de medicamentos. A terapia de controle de estímulos, técnicas de relaxamento e restruturação cognitiva são algumas das possíveis técnicas psicoterápicas utilizadas. As medidas de higiene do sono incluem: evitar o uso de cigarro, álcool e cafeína; exercícios físicos regulares, não dormir durante o dia, quarto escuro e fresco. Os medicamentos que podem ser utilizados no tratamento farmacológico são os agonista MT1 e MT2, benzodiazepínicos, agonistas seletivos GABA A, e alguns antidepressivos. Como a associação da insônia com transtornos ansiosos e depressivos, alcoolismo e bipolaridade é frequente, a avaliação psiquiátrica é fundamental para o diagnóstico e tratamento adequado dos pacientes com a doença, reduzindo o sofrimento e melhorando sua qualidade de vida 3,4. Bibliografia 1; Roth T., Roehrs T. Insomnia: Epidemiology, characteristics, and consequences. Clin. Cornerstone. 2003;5:5– 15. doi: 10.1016/S1098-3597(03)90031-7 2. Katz DA, MacHorney CA. Clinical correlates of insomnia in patients with chronic illnes. Arch Intern Med. 1998;158:1099-107 3. Breslau N, Roth T, Rosenthal L, Andreski P. Sleep disturbance and psychiatric disorders: a longitudinal epidemiological study of young adults. Biol Psychiatry. 1996;39:411–8. 4. Ohayon MM. Epidemiology of insomnia : what we know and what we still need to learn. Sleep Med Rev. 2002;6:97–111

Dr. Thiago Pauluzi Justino CRM/MS 5310 Psiquiatra - RQE 3737 Graduação em Medicina pela UFGD Residência Médica pela FAMEMA/SP Professor e Coordenador do Curso de Medicina da UFGD

5. Simon GE, Von Korff M. Prevalence, burden, and treatment of insomnia in primary care. Am J Psychiatry. 1997;154:1417–23.

Fotos: Cristiano Vieira

Portal Saúde

63


TURISMO

O que levar na mala? Separamos sete dicas para ajudar a organizar a mala nas viagens de fim de ano

64

Portal SaĂşde


Uma viagem marcante combina com uma porção de momentos agradáveis e incontáveis descobertas. Os aborrecimentos devem ser evitados, sempre. Para este fim de ano, época em que as pessoas mais viajam, normalmente mais de uma vez, separamos sete importantes dicas para organizar a mala, levando o necessário para curtir o passeio, sem que a bagagem torne-se um incômodo.

Portal Saúde

65


TURISMO

1-Faça uma lista, com antecedência A melhor maneira para evitar levar roupas e artigos desnecessários, e também não esquecer aquela roupa que você tanto gosta, um pente ou mesmo um cinto, é fazer uma lista.

Os itens devem ser relacionados pelo menos três dias antes do embarque. Os especialistas comprovam que todas as listas feitas de última hora são maiores e nelas itens imprescindíveis são deixados para trás.

2-Acompanhe a previsão do tempo Checar como estará o tempo no destino é essencial para evitar aborrecimentos. O risco de ter levado somente roupas leves para

dias frios, ou de levar muitas blusas e casacos e passar calor deve ser evitado.

3-Quantidade de peças A quantidade de peças depende do objetivo da viagem e também do destino. Em cidades com praia ou balneários, roupas de banho são itens obrigatórios.

66

Portal Saúde

Se você vai para uma festa, ainda que com família e amigos, defina com antecedência a roupa que usará no encontro. Não viaje com dúvidas, porque elas pesam na mala.


4-Encaixe

Escolhidos os itens que serão levados na viagem, o ideal é que as peças mais pesadas e que dificilmente amassam, como sapatos, calças jeans, roupas de ginástica e de praia, casacos de inverno, sejam colocados na parte debaixo. Por cima, coloque blusas, camisetas e, por último, as camisas.

devem ser guardados em compartimentos específicos. Para cosméticos, perfumes, shampoos e sabonetes prefira sempre as nécessaires. Evite levar grandes embalagens, com mais de 100 ml. Se necessário, compre pequenos compartimentos para estes produtos.

Itens como roupas íntimas, meias e biquínis

5-Bagagem de mão

Para quem viajará de avião, uma pequena mala ou mochila como bagagem de mão é imprescindível. Nela devem ser levados,

com segurança e em compartimentos específicos, documentos, itens de higiene pessoal e uma muda de roupa.

6-O que deve ser evitado Independentemente da duração da viagem, evite levar joias e poupe-se de aborrecimentos causados por extravios e até mesmo furtos ou roubos.

As mulheres também não devem levar maquiagem em excesso. Somente o que for

necessário deve ser colocado na bagagem. Se a viagem for de lazer, evite transportar produtos eletrônicos e de informática como notebooks. O smartphone, no máximo um tablet, com seus devidos carregadores e fones de ouvido são mais que suficientes.

7-Conforto

Independentemente do destino, seja de carro ou de avião, escolha trajes e calçados confortáveis. Evite sapatos que machucam o pé. Nessas horas, os tênis são a melhor opção.

Portal Saúde

67


Especial Capa

70

Portal SaĂşde


CIRURGIA PLÁSTICA ABDOMINOPLASTIA Procedimento em que se remove o excesso de gordura e de pele e, na maioria dos casos, restaura os músculos enfraquecidos ou separados, criando um perfil abdominal mais suave e tonificado. Ter um abdômen liso e tonificado é algo que muitos de nós nos esforçamos para ter através de exercícios físicos e controle de peso, no entanto, às vezes, exercício físico e controle de peso não são suficientes para que alcancemos nossos objetivos. Mesmo pessoas com peso corporal e proporção normais podem desenvolver um abdômen protuso, frouxo e flácido. As causas mais comuns destas situações incluem: • Gravidez, • Envelhecimento, • Oscilações significativas no peso, • Hereditariedade, • Cirurgia prévia. A abdominoplastia é um procedimento altamente individualizado e você deve fazê-lo para si mesmo, não para satisfazer os desejos de outra pessoa ou para se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal. Este procedimento é uma opção viável para pacientes saudáveis, sem patologias que possam prejudicar a cicatrização ou aumentar o risco da cirurgia, pacientes não fumantes, e para você que tem perspectivas positivas e expectativas realistas sobre a cirurgia. Lembro que, na maioria dos casos, podemos associar lipoaspiração à abdominoplastia com o intuito de melhorar o contorno corporal, possibilitando resultados mais harmônicos e satisfatórios. É importante ressaltar que a cirurgia do abdômen não é um substituto à perda de peso ou ao programa adequado de exercício físico. Ademais, a abdominoplastia não corrige estrias, embora possam ser removidas ou melhoradas ligeiramente se estiverem localizadas em áreas de pele adicional que será removida, em geral, nas áreas tratadas abaixo do umbigo. Após a cirurgia, curativos ou bandagens

podem ser aplicados sobre as incisões e você pode ser envolto em uma bandagem elástica ou compressão para minimizar o inchaço e sustentar os novos contornos do abdômen à medida que cicatrizam. Um dreno pode ser temporariamente colocado sob a pele para drenar qualquer excesso de sangue e de fluido que possam acumular. Repouso após o procedimento faz parte do plano de tratamento e pode ser variável, dependendo da recuperação de cada paciente e das atividades a serem realizadas. Atividades físicas são liberadas gradativamente. Complicações pós-operatórias podem ocorrer, tais como acúmulo de líquido (seroma), cicatrizes inestéticas, dormência/formigamento no local da cirurgia, dentre outras. Converse com seu cirurgião sobre todas as possíveis complicações. Lembre-se que a escolha do cirurgião e a confiança no profissional também ajudarão no sucesso da sua cirurgia.

Dr. Carlos Augusto Ferreira Moreira Cirurgião Plástico - CRM/MS 6498 - RQE 5060 Médico formado pela Universidade Gama Filho - UGF (RJ) Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Federal do Andaraí (RJ) Foto: Cristiano Vieira

Portal Saúde

71


Especial Capa

CIRURGIA PLÁSTICA RINOPLASTIA A Rinoplastia, ou cirurgia do nariz, melhora a aparência e a proporção do nariz, realçando a harmonia facial e melhorando a autoestima. A cirurgia do nariz também pode corrigir dificuldade respiratória causada por anormalidades estruturais no nariz. A rinoplastia pode mudar: • O tamanho do nariz, em relação a demais estruturas faciais, • A largura do dorso nasal, • O perfil do nariz, • A ponta do nariz, que pode ser grande, caída ou muito arrebitada, • Narinas grandes, largas ou arrebitadas, • Assimetria nasal e desvio. A decisão de se submeter à cirurgia é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão os seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis. As técnicas operatórias evoluíram e, como opção, podemos executar a Rinoplastia aberta (estruturada) ou Rinoplastia fechada, sendo minha opção a técnica aberta, a qual fazemos uso de cartilagens do próprio paciente para reforçar a estrutura e anatomia nasal, buscando assim resultados mais previsíveis e satisfatórios. Ressalto que a melhor técnica cirúrgica é aquela cujo cirurgião apresenta maior habilidade e experiência. É muito comum os pacientes apresentarem fotos de artistas durante a consulta, desejando um resultado pós-operatório igual ou próximo ao nariz

referenciado, porém, é preciso que o cirurgião esclareça que cada paciente apresentará um resultado diferente e individualizado de acordo com as queixas de cada indivíduo. Pode levar vários meses para que o inchaço desapareça completamente e até um ano – e às vezes mais – para o resultado da cirurgia ser percebido em sua totalidade. Embora os resultados da rinoplastia sejam, geralmente, permanentes, a cartilagem pode continuar a mover e remodelar o tecido, alterando o resultado ao longo do tempo. Após a finalização do procedimento, uma espécie de gesso ou uma placa de polipropileno maleável, tampão interno e curativo com Micropore poderão ser colocados no nariz para apoiar e proteger as novas estruturas durante a cicatrização inicial. Devido à manipulação dos tecidos nasais, pode ser que o edema (inchaço) provoque dificuldade respiratória, a qual pode ser controlada com uso de medicamentos. Repouso relativo é necessário e o retorno as atividades normais ocorre gradativamente e de maneira rápida. Lembre-se de que expectativas irreais quanto ao resultado da cirurgia aumentam as chances de frustração no pós-operatório, por isso é de extrema importância conversar exaustivamente com seu cirurgião e tirar todas suas dúvidas durante as consultas que antecedem o procedimento. A escolha de um profissional habilitado para a realização do procedimento aumenta as chances de sucesso da cirurgia. Dr. Carlos Augusto Ferreira Moreira Cirurgião Plástico - CRM/MS 6498 - RQE 5060

72

Portal Saúde


Portal SaĂşde

73


Especial Capa


GASTRONOMIA

Acerte na ceia de Natal A Revista Portal Saúde separou algumas dicas para não errar ao receber família e amigos em um dos momentos mais importantes das festas de fim de ano

76

Portal Saúde


O Natal está se aproximando e ainda não sabe como servir a ceia na sua casa? Ainda não sabe por onde começar com os preparativos? Calma. Se tudo for organizado com antecedência, seguindo algumas dicas básicas, é possível se sair bem e ter uma noite agradável. A Revista Portal Saúde reuniu alguns dos cuidados necessários para este momento especial.

CONVIDADOS Primeiro faça um convite formal para o evento, porque é importante ter a confirmação de quem vai. Assim pode organizar de maneira adequada o cardápio, o tipo de serviço, a quantidade de louças. Quanto mais antecedência, menos imprevistos. ORGANIZAÇÃO Em uma ceia formal, mesas e cadeiras para todos são essenciais, sendo que as crianças podem ter uma mesa só para elas, inclusive com um cardápio diferenciado. No jantar informal, caso o número de convidados seja grande, faça duas mesas de ceia para que todos possam se servir, ou uma mesa central com circulação de todos os lados.

Quanto à escolha de talheres e pratos, deve-se usar os melhores jogos de inox ou prata. Evite a informalidade dos descartáveis. Sabemos que é mais prático, mas é muito ruim saborear uma ceia de Natal com acessórios frágeis. BEBIDAS Para saber a quantidade de bebidas que deve comprar, é preciso ter em mãos a lista de convidados. Uma garrafa de vinho serve seis pessoas; uma de cerveja, duas; uma de espumante, três; uma de uísque, 15 pessoas. É importante também ter refrigerante (500 ml por pessoa) e água (250 ml por pessoa). Mas se sua família ou seus convidados gostarem mais de uma ou outra bebida, tenha garrafas extras.

Faça mesas separadas de entrada, ceia de salgados e das sobremesas. Vale deixar uma mesa ou aparador com pratos, talheres, copos e guardanapos.

Portal Saúde

77


GASTRONOMIA

PRESENTE É delicado da parte do anfitrião presentear os convidados. Não precisa ser nada caro, apenas uma lembrança, como um cupcake com temática de Natal. Sempre tenha dois ou três presentes de reserva para algum convidado não-programado. Aos convidados é elegante levar algum presente ao anfitrião; deve ser preferencialmente natalino, mas também pode ser uma bebida, como vinho, uísque e licor. MESA Se não tiver mesas para todos aposte em aparadores para copos para servirem de apoio durante a ceia ou em bandejas de colo. Leve carnes e outros itens já previamente cortados para a mesa da ceia, facilitando para os convidados se servirem. Lembre-se de que deve ter cadeiras para todos os convidados. A mesa deve ser montada com ao menos cinco horas de antecedência. Assim, haverá tempo de cuidar da finalização dos pratos e de

78

Portal Saúde

se aprontar para a ceia sem correria. Já deixe toda a louça, talheres e copos limpos e separados de véspera. Toalhas, centros de mesa e apoios também. Separe forros impermeáveis para colocar sob as toalhas. Procure caprichar na harmonia das cores, nos detalhes (como dobras de guardanapos ou prendedores de guardanapos), sousplats, composição de taças, itens natalinos e disposição dos talheres. Mas não passe da dose na decoração: menos é mais! Quando seus convidados chegarem, sua mesa deve estar pronta e decorada, apenas faltando a finalização com os alimentos, e esses só vão pra mesa no horário que você definir para ser a ceia. MÚSICA No quesito música, não precisa ser necessariamente com o tema Natal. Sempre temos alguém na família que está mais ligado às músicas do momento e que pode fazer uma seleção eclética que agrade a todos. Mas é preciso considerar que, ao menos para o Natal, sendo uma data de celebração religiosa, se evite excessos em relação ao volume, respeitando vizinhos e seus momentos de orações.


COMIDAS Monte um cardápio equilibrado. Aposte em entradas leves, não exagere nas carnes gordurosas e conte com sobremesas que agradem a todos, tendo sempre a opção de frutas, fartas nessa época, para aqueles que não comem doces. A ceia deve ser farta e, normalmente, todos querem experimentar um pouco de tudo. Tenha em mente que alguns convidados podem faltar, mas outros podem chegar de última hora. Esteja prevenido, mas não se esqueça de evitar o desperdício. Por pessoa, recomenda-se três colheres (sopa) de patês, três colheres (sopa) de farofa e três colheres (sopa) de salada de maionese. Uma tigela grande de salada verde serve 15 pessoas e um copo americano de arroz, cinco. Separe 200g por pessoa de cada tipo de carne. Por exemplo, um peru de 4 kg servirá 20 pessoas, assim como pernil, chester e tender. No caso dos doces, indica-se 200 g por pessoa.

PREPARO Organizar-se para não errar no tempo de preparo de cada prato natalino é fundamental. Algumas carnes ou peixes podem e devem ser assados de véspera, e serem aquecidos e fatiados na hora de servir porque ficam com mais sabor e pegam melhor o tempero, como é o caso do pernil e até do bacalhau. O tender tem um tempo de preparo curto e também pode ser servido frio. Como se costuma servir muitos tipos de carne, e provavelmente não há forno para tudo isso em sua casa, a dica é procurar uma padaria ou rotisserie que asse as iguarias. Se assar em algum lugar ou em casa mesmo, lembre-se de deixar para dar aquela douradinha um pouco antes de servir. Asse antecipadamente as carnes na noite anterior e pela manhã. Um pernil dianteiro de 7 kg irá demorar sete horas no forno, por exemplo. Coloque na virada do dia 23 e ele passará a noite assando em forno médio. Quando for apenas esquentar, comece pelas peças maiores. Elas ficarão quentes por mais tempo e servirão mais pessoas quando colocadas à mesa. E mesmo para esquentar uma peça grande demora, então pode começar a esquentá-las por volta das 19h30 para uma ceia servida entre 21h e 21h30. HORÁRIO DA CEIA A ceia deve ser servida à meia-noite? Isso depende muito de cada família, mas comer muito tarde pode ser indigesto. Geralmente os grupos são compostos por idosos e crianças e, com isso, a opção de servir antes é a mais indicada. Um bom horário é por volta das 21h. Assim, à meia-noite, os idosos não estarão impacientes e as crianças estarão alerta para a espera dos presentes e, se for o caso, do Papai-Noel.

Portal Saúde

79


Foto: Cristiano Vieira


CULTURA

Testemunha ocular

Aos 58 anos de carreira, Roberto Higa registrou quase todos os fatos da história recente de Campo Grande, e de toda a história do Estado, desde sua criação

A trajetória do repórter fotográfico Roberto Higa, 65 anos, confunde-se com a história do fotojornalismo em Campo Grande. Desde 1968, ano em que começou a fotografar, praticamente todos os eventos históricos ocorridos foram registrados por suas lentes. Em seus 48 anos de carreira, são milhares de fotografias, centenas de negativos e dezenas de equipamentos fotográficos que integram, certamente, um dos mais ricos e completos acervos visuais de Mato Grosso do Sul. “Ainda não digitalizei tudo, mas guardo o que tenho com muito carinho e organização. À medida que os envelopes com as fotos ficam amarelados, eles são trocados”, afirma o repórter fotográfico que continua em atividade, com o mesmo vigor de quando sua carreira teve início, aos 17 anos de idade.

Início

Higa começou em 1968, no Diário da Serra, publicação ligada aos Diários Associados, do empresário Assis Chateaubriand, grupo que também comandava empresas como a TV Tupi, O Estado de Minas e Correio Brasiliense. O diário introduziu na cidade de Campo Grande o conceito de fotojornalismo. “Até então, todos os jornais de Campo Grande, mesmo os diários, tinham como foco mais a opinião e menos o relato dos fatos. No que diz respeito às fotografias, elas eram encomendadas. Se havia um acidente, havia a necessidade de ir a um laboratório fotográfico revelá-la”, conta. “Com a chegada do Diário da Serra isso mudou. Tínhamos um laboratório próprio e uma equipe de fotógrafos dedicada à produção do conteúdo jornalístico”, complementa.


No Diário da Serra, Roberto Higa teve a oportunidade de ser a testemunha ocular da história de Campo Grande a partir do fim da década de 1960; ele lista alguns fatos curiosos daquela época, como, por exemplo, a inauguração da primeira escada rolante, item que hoje é comum em lojas e edifícios da cidade. “Como a solenidade de inauguração ocorreu na parte de cima da loja, as autoridades tiveram de bloquear a descida pelo equipamento, caso contrário, ninguém se importaria com o evento. As pessoas queriam mais era subir e descer, sem parar”, lembra. Este fato foi registrado pelas lentes de Higa. Em 1970, depois do tricampeonato na Copa do Mundo realizada no México, boa parte da população campo-grandense foi à Rua 14 de Julho, nas proximidades do relógio que existia no cruzamento com a Avenida Afonso Pena. Higa também testemunhou o fato. Em 1977, nova festa na Rua 14 de Julho, desta vez, uma chuva de papel picado celebrou a criação do Estado de Mato Grosso do Sul, festa que Higa presenciou.

Personalidades

As personalidades sul-mato-grossenses, como artistas plásticos, escritores e cantores também não escaparam das lentes de Roberto Higa. O registro mais célebre do poeta Manoel de Barros, por exemplo, é dele. “Logo depois que tive um acidente vascular cerebral, em 2006, fui fazer um trabalho com o poeta, que também havia passado por um problema de saúde na época. Na ocasião, pedi que ele fizesse algo inusitado, como a língua para fora de Einsten. Ele não sabia o que fazer e, sem camisa, brincou, fortalecendo os braços. Registrei o momento”, lembra o repórter fotográfico. Foi a fotografia que ajudou Higa a recuperar-se do acidente vascular cerebral. “À medida que eu olhava meu acervo, me lembrava das pessoas que apareciam nas fotos, o que me ajudou a recuperar minha memória”, afirma. Roberto Higa também fotografou a natureza exuberante de Mato Grosso do Sul. Uma de suas atividades recentes é voltar a locais do Pantanal e do cerrado fotografados por ele no passado. “Há um local próximo ao Rio Paraguai, por exemplo, que antes era todo inundado. Hoje está seco”, compara.


ODONTOLOGIA

APARELHOS AUTOLIGADOS: Tratamentos mais rápidos e mais estéticos Aparelho autoligado não precisa de ligas elásticas (borrachinhas) No aparelho ortodôntico convencional o arco (fio metálico) é preso aos bráquetes por pequenas ligaduras elásticas, as famosas borrachinhas coloridas. Já no aparelho ortodôntico autoligado o fio é passado pelos slots de cada bráquete, que é uma espécie de canaleta, e preso por pequenas travas que já fazem parte dos bráquetes, dispensando o uso de borrachinhas. Através do seu design moderno e menos volumoso, este tipo de aparelho se torna mais discreto, apresentando peças menores do que os aparatos ortodônticos convencionais. Além disso, nesse modelo os bráquetes podem ser confeccionados com material translúcido (cerâmica ou safira) na parte frontal do aparelho, tornando-os praticamente imperceptíveis. Tratamentos mais rápidos com aparelhos autoligados Trabalhos científicos comprovam que o tratamento ortodôntico com o sistema autoligado pode ser mais rápido, levando até metade do tempo de tratamento em relação ao aparelho ortodôntico convencional. Essa vantagem se deve ao menor atrito entre os bráquetes e o fio, a força é distribuída de forma contínua nesse modelo, o que faz com que a movimentação dentária seja mais rápida. As visitas ao consultório odontológico se tornam menos frequentes, pois não há necessidade de manutenções mensais, podendo haver um intervalo de até 2 meses (45 a 60 dias) entre as consultas, ao contrário do convencional, pois as borrachinhas perdem a sua

Dra. Lais Suzana Barbara CRO - 5033/MS Graduada Pelo Curso De Odontologia da Unigran- (Dourados-MS) 2011 Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial’ pela Unicsul- SP 2014 Atua nas Áreas de Estética, Lentes de Contato e Clínica Geral

84

Portal Saúde

propriedade elástica e sua força com o tempo, e precisam ser trocadas mensalmente, obrigatoriamente. O aparelho autoligado também exige uma menor necessidade de extrações dentárias para se conseguir um resultado satisfatório, pois possibilita maior expansão do arco dentário. O aparelho autoligado é mais confortável e higiênico As peças ortodônticas menores proporcionam um maior conforto, e a ausência das borrachinhas facilita a higienização bucal, diminuindo o acumulo de resíduos alimentares e a degradação sofrida pelas borrachinhas, podendo evitar problemas como halitose (mau hálito) e cáries. O paciente também não corre o risco de perder borrachinhas durante o tratamento e acabar soltando parte do fio. Indicações dos aparelhos auto ligados e estéticos Cada dispositivo ortodôntico tem sua indicação, que varia de acordo com os problemas apresentados pelo paciente. Os aparelhos ortodônticos autoligados e estéticos podem ser indicados para resolver diversos problemas ortodônticos, principalmente em tratamentos que necessitem de expansão da arcada (abertura do sorriso) e não tem limite de idade para se realizar esse tipo de tratamento. Agende uma consulta e venha conhecer o que a ortodontia moderna lhe proporciona.


Clínica Integrada Odontológica

Dr. Sandro Ricardo Barbara CRO/MS 1182 Graduado pela Faculdade de Odontologia da Unoeste-SP 1984 Especialista em cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial pela USP de Bauru-SP 1994 Atua nas áreas de implantes, próteses, estética (lentes de contato) e clínica geral

Dra. Rosangela Aparecida Suzana Barbara CRO/MS 4761 Graduada em Odontologia pela Universidade da Grande Dourados-MS 2010 Especialista em Endodontia pela ABCD - 2014 Atua nas áreas de Dentística, Estética e Clinica Geral

Dra. Lais Suzana Barbara Fotos: Cristiano Vieira

CRO/MS 5033 Graduada em Odontologia pela Universidade da Grande Dourados-MS (Unigran) 2011 Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial pela Universidade Cruzeiro do Sul-SP (UNICSUL)-2014 Atua das áreas de Estética, Lentes de Contato e Clínica Geral

67 3421.5115

67 3032.2554 l 99919.3877

Rua João Cândido Câmara, 1290 Edifício Talismã - Dourados - MS

Rua Monte Alegre, 2055 Edifício Talismã - Dourados - MS

Clínica Odontológica Integrada


ESTÉTICA

BLEFAROPLASTIA: REJUVENESCIMENTO DO OLHAR As pessoas normalmente dizem que os olhos são as janelas da alma. O olhar espelha todos os sentimentos, entretanto, perde o brilho e a luz com o tempo. À medida que envelhecemos, a pele ao redor dos olhos começa a ganhar flacidez, devido à perda da elasticidade e ao deslocamento das bolsas de gordura. Essas alterações podem levar a uma aparência envelhecida, triste e cansada podendo influenciar inclusive na perda parcial do campo visual e irritações oculares constantes. Nas pálpebras inferiores, as bolsas de gordura podem tornar-se mais salientes, fazendo um volume indesejável na região, o que contribui para uma aparência cansada e “pesada”. A blefaroplastia é uma cirurgia que corrige essas alterações, retirando o excesso de pele e gordura e tratando a flacidez muscular. A cirurgia tem como objetivo restaurar o posicionamento normal das estruturas ao redor dos olhos, devolvendo à região, uma aparência mais jovial. Este procedimento é realizado através de incisões (cortes) localizadas nas linhas naturais das pálpebras superiores e logo abaixo dos cílios nas pálpebras inferiores. As suturas (pontos) são realizadas com fios finos e delicados. A cicatriz final geralmente resume-se a uma linha tênue, cuidadosamente posicionada pelo cirurgião nos sulcos e dobras naturais da região, e tende a tornar-se imperceptível após alguns meses. Do ponto de vista estético, o ideal é que a cirurgia seja realizada quando o paciente estiver incomodado com o aspecto de suas pálpebras, o que ocorre mais comumente após a terceira e quarta década de vida. Já do ponto de vista funcional, deve-se avaliar a existência de alterações anatômicas que exigem reparo como, o ectrópio (pálpebras inferiores caídas), assimetrias, flacidez muito acentuada com dificuldade de leitura ou ptose palpebral, ou seja, pálpebras superiores caídas.

Dra. Nádia Mari Namiuchi CRM/MS 5722 Cirurgia Plástica RQE 4487

86

Portal Saúde

Os riscos da blefaroplastia são os mesmos inerentes a todo o procedimento cirúrgico. É importante ter em mente que a blefaroplastia não proporciona rejuvenescimento geral à face, quando executada isoladamente. Este procedimento permite atenuar o aspecto cansado e envelhecido do olhar. Com uma abertura palpebral mais livre, o olhar perde a sensação de peso e inchaço comum no período matinal. O rejuvenescimento da região periorbital envolve a avaliação do posicionamento da sobrancelha e da bochecha permitindo a análise estética global da face. No entanto, procedimentos estéticos podem associar-se a cirurgia, como o ácido hialurônico, que é utilizado para corrigir a volumetria, e a toxina botulínica, utilizada em casos de movimentação muscular excessiva da dinâmica facial, apagando as linhas de expressão que invariavelmente aparecem com o tempo e acabam revelando a idade. Também é utilizada para levantar a ponta do nariz e arquear as sobrancelhas, tornando o olhar mais atraente. Ablefaroplastia também engloba a cirurgia de ocidentalização. Realizadas em pacientes de descendência oriental que procuram uma aparência maior dos olhos e sulcos palpebrais mais definidos. Atualmente a cirurgia de plástica palpebral não visa transformar a fisionomia da pessoa, o objetivo é rejuvenescer sem tirar a expressão do olhar e também equilibrar a idade mental com a idade fisiológica. O procedimento traz benefício na qualidade de vida e aumenta a autoestima de pacientes que estão em idade ativa. Como em qualquer procedimento, é muito importante que se conheça a procedência do seu cirurgião. Você pode encontrar informações no site da sociedade brasileira de cirurgia plástica: www.cirurgiaplastica.org.br.


Fotos: Cristiano Vieira

Portal SaĂşde

87


PERFIL REGIONAL

Não estou aqui para fazer política na saúde, e sim política de saúde

Nelson Tavares - Secretário de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul

Médico cardiologista, intensivista, Nelson Barbosa Tavares aceitou, em 2015, mais um dos grandes desafios de sua carreira ao ser convidado pelo governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), para assumir a Secretaria de Estado de Saúde. A missão de levar atendimento a toda população, sobretudo aos mais necessitados, não é fácil, mas está sendo cumprida. A aprovação de programas como a Caravana da Saúde chega a 95% e a meta de zerar a fila por cirurgias eletivas está sendo concretizada. Mesmo com a satisfação demonstrada pela população, segundo Tavares, ainda há muito a se fazer. Durante a Caravana da Saúde, projeto que teve início em 2015, foram realizadas 50 mil cirurgias em todo o Estado, sendo que dez mil eram eletivas. Pessoas que chegaram a esperar quatro anos por um procedimento, foram atendidas.

Nelson Barbosa Tavares é médico cardiologista, nasceu em Presidente Prudente (SP), concluiu o ensino médio em Nebraska (EUA). É médico do Hospital Universitário, integra a junta médica da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Na década de 1990, já foi secretário de Saúde do município de Campo Grande e do Estado de Mato Grosso do Sul, cargo que voltou a ocupar em 2015.

Foto: Arlindo Namour

90

Portal Saúde


Você tem origem na iniciativa privada e aceitou mais um desafio na carreira de gerenciar a saúde pública. Os conceitos do setor privado podem ser aplicados na esfera governamental? Sou uma pessoa da iniciativa privada. Passo para a área pública quando vejo que existe no governante uma perspectiva de tratar a saúde como prioridade. Não estou aqui para fazer política na saúde e sim política de saúde. Vale a pena trazer este espírito de eficiência que a gente tem na área privada, para compartilhar no setor público, para que possamos romper algumas barreiras e proporcionar mais resolutividade e equação financeira para custear a saúde pública. Eu costumo dizer que não sou secretário do SUS (Sistema Único de Saúde), eu sou o secretário de saúde, onde também se inclui a saúde suplementar, a saúde privada e também a saúde pública. E o conceito “pública” se refere a povo. Não porque é estatal. Como tem sido romper estas barreiras históricas para levar mais eficiência no atendimento à população? Há quem seja contrário ao conceito de gestão que estamos implementando, mas a minha responsabilidade é com a saúde do cidadão sul-mato-grossense. Sou gestor, autoridade sanitária. Nós vacinamos a crianças de todas as classes. O mesmo mosquito transmissor da dengue pode ir à casa de quem é atendido pelo SUS, pela Cassems ou pela Unimed, ele não faz esta distinção. Nós também não. Obviamente que quando se trata de assistência médica, temos de privilegiar as pessoas que tem mais necessidade, que naturalmente são as pessoas mais pobres. Temos feito um esforço muito grande. O que levou a Caravana da Saúde a ser bem recebida pela população sul-mato-grossense? Aqui na Secretaria de Saúde tenho uma responsabilidade, que é entregar serviço para a população de forma permanente. Temos também uma questão de urgência e emergência, mas os serviços têm de ser duradouros. A Caravana fez o que era mais urgente: atendeu milhares de pessoas que precisavam que seus casos fossem resolvidos, algo que o poder público negou por uma vida inteira. Estamos acabando com a chamada “fila da vergonha”

E fazer 50 mil cirurgias, sendo que 10 mil delas são eletivas, só foi possível também porque parte da iniciativa privada acreditou. Temos mais de 40 parceiros, entre empresas e organizações, que estão conosco neste projeto, trabalhando sem cobrar nada. Como os pacientes, que chegaram a esperar três anos na fila por uma cirurgia de alta complexidade, reagiram ao saber que seriam, finalmente, atendidos? Tem um caso que me emociona. Estamos promovendo cirurgias ortopédicas de alta complexidade nos hospitais do Pênfigo e Santa Marina, em Campo Grande. E agora neste mês de outubro, um paciente, ao ser consultado, num sábado, ficou surpreso ao saber que seu procedimento estava marcado para a quarta-feira seguinte. Ele pensou que era um trote. Não era, é um trabalho sério que estamos fazendo e que está custando dez vezes mais barato que o normal. Para se ter uma ideia do conceito de resolutividade que estamos implantando, todo ano, em todo o Estado de Mato Grosso do Sul, eram realizadas 24 cirurgias eletivas. Agora fazemos 116, só na área de ortopedia, todos os meses. Coluna, prótese de fêmur, joelho, prótese de quadril. Nós estamos fazendo. Além da resolutividade, quais são os outros pilares da gestão de saúde no governo do Estado? A regionalização e, por consequência, descentralização. Vamos aumentar a eficiência dos hospitais do interior do Estado para que só os casos mais complexos cheguem às maiores cidades. Para nós, o paciente é o que existe de mais importante. Apesar de falarem que as organizações sociais configuram terceirização, não é isso que de fato ocorre. Terceirização existe no modelo atual, em que o poder público precisa contratar maternidades, hospitais como a Santa Casa. Nas organizações sociais é o governo quem determina a quantidade de cirurgias e os tipos de atendimentos que serão feitos, a organização tem apenas de cumprir o contrato. O modelo deu certo no mundo inteiro por sua eficiência.

Portal Saúde

91


De uma forma simples a REALIDADE AUMENTADA é uma tecnologia que permite que o mundo virtual seja misturado ao real. Assim, se você pensava que objetos pulando para fora da tela eram elementos de filmes de ficção científica, está na hora de mudar seus conceitos.

INOVE A COMUNICAÇÃO DA SUA EMPRESA Com a Realidade Aumentada você apresenta novos multimeios que interagem e facilitam a comunicação entre cliente e usuário.


Aliás, o que acontece com a REALIDADE AUMENTADA é o contrário: você pulará para dentro do mundo virtual para interagir com objetos que só estão limitados à sua imaginação.

GASTRO NOMIA A Realidade Aumentada voltada para a Gastronomia torna a experiência de comer bem mais atrativa, reforçando a percepção de inovação atrelada ao produto, com receitas e dicas de encher os olhos e dar água na boca.


BREVES

O Príncipe Luiz Antônio arrasou no aniversário de 1 aninho, vestindo Look Baby Store. Obrigada Polliana e Leandro Bertuzzo pela confiança.

Equipe comercial da Criare Móveis Planejados na festa de encerramento da promoção GRANDES PARCEIROS.

A G3 Turismo agradece a presença de Antônio Passoni e parceiras Giogia Demaman e Joane Demaman no coquetel de inauguração que aconteceu no dia 20 de Outubro de 2016.

Entrega de prêmios para os ganhadores da festa da promoção GRANDES PARCEIROS de 2016 realizada no restaurante Kanoa.

96

Portal Saúde


Dra. Silvia Parizi Merege e Dra. Laís F. Parizi Merege desfrutando da Viagem à Europa, Pas S. Bernardino, Alpes Suíços - Suíça.

Stela Alegria Hespanhol ao lado do palestrante Márcio Yara Buscatti na palestra sobre Novos recursos de interpretação e planejamento em Odontologia por meio de Tomografia computadorizada.

Willian Rorato juntamente com o Sr. Edson Moreira (Edinho), responsável por trazer o Torneio Open de Squash para Dourados, o evento ocorreu nos dias 10,11 e 12 de Novembro e contou com mais de 70 participantes.

Alunos da pós graduação nas áreas de Odontologia da Universidade Cruzeiro do Sul em Dourados.

Portal Saúde

97


MODA E BELEZA

by

LUIZ GUGLIATTO gugliatto@hotmail.com

Paz e purificação Lingerie branca para seguir a tradição no Réveillon? Saber de onde vem a tradição da roupa branca no Réveillon não é uma tarefa simples. O mais provável é que o costume seja herança da cultura afro-brasileira, mais precisamente, das comemorações da virada do ano nas praias do Rio de Janeiro, em que praticantes de religiões afro usam roupas brancas, sinal de paz e purificação, para levar flores à rainha do mar e saudar o novo ano. Verdade ou não, o importante é que o costume ganhou força e a roupa branca tornou-se quase obrigatória para quem quer se purificar das energias antigas e atrair boas energias para o ano que se inicia. E, não se pode negar, que a escolha é acertada! A cor branca reúne todas as cores juntas e inspira paz, calma, pureza, esperança no bem... Para quem quer seguir a tradição, a DeMillus lança o Body Chaleur, em elastano control com leve compressão, que, além de fazer jus ao figurino da noite tão especial, ajuda a modelar o corpo. Outra novidade da marca para o Réveillon é o requintado conjunto Purisme branco, em renda sofisticada, com taças sem espuma.

Osklen Alto Verão 17 A fila A do desfile da Osklen ontem durante o SPFWTRANSN42 foi, mais uma vez, uma das mais disputadas da temporada. A editora internacional da Vogue Suzy Menkes, o editor de moda da Vogue América Hamish Bowles, o ator Juliano Cazarré, o cineasta Bruno Barreto, o stylist e apresentador de TV Arlindo Grund, o estilista Marcelo Sommer e as influencers Mariah Bernardes e Bruna Tenório foram alguns dos nomes que assistiram à apresentação do Alto Verão 17 de Oskar Metsavaht inspirada nos balneários chics com os quais ele tem uma relação biográfica e que influenciam os códigos de lifestyle do seu universo. Em continuidade aos trabalhos apresentados na temporada do Verão 17, a Osklen trouxe um ambiente cool e sofisticado, com formas amplas e fluídas, cores quentes e estampas de palmeiras, margaridas e listras, sempre respeitando o DNA da marca. Na passarela, destaque para Felipe Metsavaht, filho do estilista, que pela primeira vez desfilou para a marca num look all black e chapéu.

Forum apresenta fragrância compartilhada Red Denim O tom vermelho traz calor, sensualidade e sedução, e por esse motivo foi eleito pela Forum para ser protagonista de sua nova fragrância compartilhada Red Denim. Com notas quentes e amadeiradas, o perfume intenso provoca sedução à flor da pele e pode ser considerado um elixir da paixão. O perfume Forum Red Denim é jovial e moderno representando a sensualidade feminina e masculina em um único frasco. “Red Denim é a versão sexy da linha ”Denim” das fragrâncias de Forum. A combinação olfativa dessa fragrância é muito interessante, pois traz uma combinação quente e fresca ao mesmo tempo, com notas amadeiradas, orientais e frescas. Costumo dizer que é um perfume que exala atitude e intensidade”, afirma Olindo Jr, gerente de marketing de fragrâncias Forum. O lançamento complementa a linha de fragrâncias Forum “Denim”, que assim como o jeans, é divertida, despretensiosa e descolada, além de serem ideais tanto para homens como para mulheres. O destaque das notas aromáticas vai para bergamota, limão, mandarina, canela, caramelo e sândalo. O portfólio de fragrâncias da divisão ”Denim” conta ainda com Forum Classic Jeans, Forum Jeans 2, Forum Jeans in Blue e Over Denim. Seguindo a linha das fragrâncias da família Forum “jeans”, Red Denim traz a embalagem em papel especial envernizado na cor vermelho com degrade preto, conferindo sensualidade a fragrância. 100

Portal Saúde


PORTAL SOCIAL

Bem-vindo ao novo!

A Revista Portal Saúde teve uma festa de lançamento à altura de seu alcance e de sua aprovação pelo público de Campo Grande, Dourados e região. Em 22 de setembro último, no Espaço La Zucca Eventos em Campo Grande, o empresário Junior Favoreto e sua equipe apresentaram aos profissionais de saúde, da mídia e para várias pessoas que fazem a diferença na sociedade campo-grandense, seu mais novo trabalho: a Revista Portal Saúde e todos os produtos que a acompanha, como o aplicativo para Smartphones e Tablets, seu portal na internet e sua plataforma de redes sociais. No evento, a Revista Portal Saúde mostrou que está no mercado para inovar sempre e presenteou seus convidados com sorteios de prêmios como uma caneta Mont Blanc em parceria com a Lívari Joalheiros e uma viagem com acompanhante para Las Vegas nos Estados Unidos com tudo pago, incluindo um cheque no valor de 3 mil reais, em parceria com o construtor e arquiteto Josias Peixoto Acosta, para desfrutar uma noite nos Cassinos. Ao mostrar a publicação que foi sucesso de vendas e que manteve as características do trabalho de Junior Favoreto e equipe como distribuição gratuita e dirigida, padrão de conteúdo, acabamento e impressão inconfundível.

102

Portal Saúde


Portal SaĂşde

103


PORTAL SOCIAL

Um casamento com um ritual marcante

Assim foi o casamento dos doutores Eder e Barbara Iguma. A festa foi de uma delicadeza ínfima, com uma linda decoração de José Nilton Pires, Assessoria de DZM Eventos e a animação ficou por conta do DJ Felipe Ribeiro. O que não faltou foi emoção e alegria das pessoas envolvidas na festa. Todos os convidados estavam muito contentes com a união do casal.

104

Portal Saúde

Malibu Bartender

Make Up Artist: Nerinho (Espelho Meu)

Maria Elizabeth Bem Casados

Música cerimônia: Sandro Nunes

Buffet: Luzly

Vestido Noiva: Lisie Iriê

Fotografia: Marcus Moriyama

Vídeo: Caio Filmes


PORTAL SOCIAL

Casamento de

Eduardo e Luana A união de duas pessoas sempre mostra que algo de sublime, perfeito, sensível e eterno ainda existe. Eduardo e Luana escolheram o dia 29 de Outubro para celebrar seu casamento com seus amigos e familiares, a cerimônia aconteceu na igreja São Francisco e a recepção no Espaço JM com cerimonial de Thais Kohler. Fotos por Cristiano Vieira

106

Portal Saúde


PORTAL SOCIAL

Reinauguração da Nova Loja

Quimisul

Reinaugurou no dia 3 de Novembro a nova Loja da Quimisul Produtos para Limpeza, agora com mais novidades e comodidade para você! A Quimisul está no mercado há 22 anos, e é referência em Dourados e Região no seguimento de produtos e materiais para limpeza: Doméstica, Automotiva, Industrial, Hospitalar e Descartáveis e também uma completa linha de lixeiras, coleta seletiva, carros funcionais e contentores. Parabéns família Sakai pela nova conquista!

108

Portal Saúde


2 semanas de curso de inglês em Toronto Acomodação em residencial estudantil Café da manhã e jantar Passeio de 1 dia a Niagara Falls Passeio de 4 dias na parte francesa - Quebec e Montreal Atividades culturais, esportivas e de lazer, diariamente Guias Intercultural acompanhando o grupo Seguro de viagem

Parcele em até

10x Intercultural Holiday Dourados-MS dourados@intercultural.com.br 67 3423-1632 Rua Quintino Bocaiuva, 1370, Jd. América

sem juros


PORTAL SOCIAL

No dia No 16 diade 16Setembro de Setembro inaugurou inaugurou na cidade na cidade de Dourados de Dourados a lojaainfantil, loja infantil, Look Baby Look Store, Baby Store, trazendo trazendo um novo um novo conceito conceito em moda em moda bebê e bebê infantil, e infantil, com muito com muito conforto conforto e beleza e beleza para nossos para nossos pequenos. pequenos.

110

Portal Saúde


PORTAL MÉDICO Dr. Ajax de Oliveira Leite

Dr. Célio Kazuyuki Mioshi

CRM/MS 3855 Oftalmologia - RQE 1686

CRM/MS 4004 Oftalmologia - RQE 2267

Hospital dos Olhos Dourados: Rua Melvin Jones, 1190 Vila Progresso - Dourados - MS 67 3033.9292

Hospital dos Olhos Dourados: Rua Melvin Jones, 1190 Vila Progresso - Dourados - MS 67 3033.9292

pág 06

Dr. Alexandre Augusto Basso Fialho CRM/MS 5736

pág 06

Dr. Daniel Nogueira CRM/MS 5728 Oftalmologia - RQE 3333

Oftalmologia - RQE 4693 Hospital dos Olhos Dourados: Rua Melvin Jones, 1190 Vila Progresso - Dourados - MS 67 3033.9292

Hospital dos Olhos Dourados: Rua Melvin Jones, 1190 Vila Progresso - Dourados - MS 67 3033.9292

pág 06

Dra. Bárbara S. Freitas Iguma

pág 06

Dr. Eder Iguma

CRM/MS 7991 Médica Endoscopista do Aparelho Digestivo

CRM/MS 7960 Médico Endoscopista do Aparelho Digestivo RQE 4450

Endogastro: Rua Hayel Bon Faker, 3445 Centro - Dourados - MS 67 3421.7474 | 3421.5454

Endogastro: Rua Hayel Bon Faker, 3445 Centro - Dourados - MS 67 3421.7474 | 3421.5454 pág 19

pág 19

Dra. Carolina Alves Paredes

Dr. Felipe Soares de Almeida

CRM/MS 7959 Psiquiatra

CRM/MS 7996

Rua Oliveira Marques, 1409 4°Andar - Sala 503 Jardim Central - Dourados - MS 67 3033.3136 | 99911.2504

Edifício MedCenter: Rua Melvin Jones, 920 Jardim América - Dourados - MS 67 3421.3692

Médico

pág 23

Dr. Carlos Augusto Ferreira Moreira

Dr. Frederico de Oliveira Weissinger

CRM/MS 6498 Cirurgião Plástico - RQE 5060

CRM/MS 8352 Médico

Clínica C|A: Rua João Rosa Góes, 1545 - Vila Planalto - Dourados - MS 67 3038.1111 Ponta Porã: 67 3431.0802

Edifício MedCenter: Rua Melvin Jones, 920 Jardim América - Dourados - MS 67 3421.3692

pág 70

112

Portal Saúde

pág 56

pág 56


Dr. Guilherme F. R. Silva CRM/MS 6536 - Cirurgião do Aparelho Digestivo - RQE 3828 Rua Oliveira Marques, 1409 4°Andar - Sala 503 Jardim Central - Dourados - MS 67 3033.3136 | 99911.2504

Dr. Rodrigo Dafico Bernardes de Souza Borges CRM/MS 8518 Cirurgia Vascular e Endovascular RQE 4800 / RQE 4801 Angioclin: Rua João Rosa Góes, 981 Rua João Rosa Góes, 700 67 3423.7518 | 3416.4700

pág 23

pág 26

Dr. Juliano Paredes Gil

Dra. Simone Soares França

CRM/MS 7850 Coloproctologista - RQE 4315

CRM/MS 8230 Pediatria RQE 4542 Nefrologia Pediátrica

Rua Oliveira Marques, 1409 4°Andar - Sala 503 Jardim Central - Dourados - MS 67 3033.3136 | 99911.2504

Clínica do Rim Cened: Av. Weimar Torres,1175 Centro - Dourados - MS 67 3033-1002

pág 22

pág 16

Dr. José Hubert Catelan

Dr. Thiago Pauluzi Justino

CRM/MS 288 Oftalmologia - RQE 31

CRM/MS 5310 Psiquiatra - RQE 3737

Hospital dos Olhos Dourados: Rua Melvin Jones, 1190 Vila Progresso - Dourados - MS 67 3033.9292

Clínica Modena: Rua Olinda Pires de Almeida, 1535 Dourados - MS 67 3423.1037 | 98185.7733

pág 06

Dra. Letícia Mendonça Cattelan CRM/MS 6130 Oftalmologia - RQE 4331 Hospital dos Olhos Dourados: Rua Melvin Jones, 1190 Vila Progresso - Dourados - MS 67 3033.9292

pág 63

Dra. Viviane Yance CRM/MS 5085 Endocrinologista - RQE/SP 34834 Edifício MedCenter: Rua Melvin Jones, 920 Jardim América - Dourados - MS 67 3421.3692 | 99976.0333

pág 06

pág 57

Dr. Wanderley Bastos

Dra. Renata Cesário Chaves

CRM/MS 7430 Ginecologia e Obstetrícia - RQE 5016

CRM/MS 2424 Oftalmologia - RQE 1522 Hospital dos Olhos Dourados: Rua Melvin Jones, 1190 Vila Progresso - Dourados - MS 67 3033.9292 pág 06

Clínica Modena: Rua Olinda Pires de Almeida, 1535 Centro - Dourados - MS 67 3423.1037

pág 58


PORTAL DOS PROFISSIONAIS FARMACÊUTICA/FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO Maria Guilhermina Ortiz

Dr. Francisco Nascimento

Espaço Farmácia: Rua João Rosa Góes, 696 - Centro - Dourados - MS

67 3423.4020

Rodrigo Deller Rua Hayel Bon Faker, 3995 - Vila Planalto Dourados - MS

67 3038.3838

Alice Borges da Rocha

Keyla Cristhina de M. Castro Uniaudio: Rua Marechal Rondon, 2264 Centro - Campo Grande - MS

67 3421.0015

67 3384.1626 67 98403.5224

67 3325 6686

NUTRIÇÃO Luciana de Souza Penhalbel Silva Clínica Invicto: Rua Oliveira Marques, 1409 - 4ºAndar - Sala 503 Dourados - MS Ellen Cristina Schinestzki Nutribel: Rua João Rosa Góes, 1556 Centro - Dourados - MS

67 3033.3136

67 3421.3363

PSICOLOGIA Dra. Jessyka Matiussi Mendonça Rua José Roberto Teixeira, 1253 (Prolongamento da Av. Weimar) Dourados - MS Dra. Juliana Pelegrinelli Rua Monte Alegre, 1560 - Sala 14 Vila Progresso - Dourados - MS

67 3033.1526

67 99976.2190

ODONTOLOGIA Dr. Alexandre Sevilha Sevilha Odontologia: Rua Firmino Vieira de Matos , 813 - Centro - Dourados - MS Dra. Cintia Cardoso Corrêa Ed. Med Center: Rua Melvin Jones, 920 Jardim América - Dourados - MS

67 3421.1430

67 3421.3692 67 99976.0333 67 99991.0109

67 3032.2554 67 3421.5115

67 3421.0964

PRODUTOS DE FISIOTERAPIA E ESTÉTICA

egles.proesthetic@gmail.com

Prológic: Av. 13 de Junho, 167 - Centro Campo Grande - MS

67 3421 2555

Parize Odontologia: Rua Toshinobu Katayama, 1457 - Dourados - MS

Pro Esthetic

Nelson Lam Kowai Fook

Portal Saúde

Rua João Cândido Câmara, 1290 Edificio Talismã - Dourados - MS Rua Monte Alegre, 2055 - Edificio Talismã Dourados - MS Dr. Elias Abujabra Merege Neto Dra. Silvia Elisa Parizi Merege Dra. Lais Farah Parizi Merege

FONOAUDIOLOGIA

Prológic: Av. Presidente Vargas, 855 Sala 4 - Galeria Dourados Center Dourados - MS

Oral Sin: Rua João Rosa Góes, 1146 Vila Progresso - Dourados - MS Dr. Sandro Ricardo Babara Dra. Rosangela Aparecida S. Barbara Dra. Lais Suzana Barbara

FISIOTERAPIA

114

ODONTOLOGIA

67 3015.7640 67 99923.3299


Fotos: Cristiano Vieira


Revista Portal Saúde - 2ª Edição - Dez/2016 - Dourados/MS  
Advertisement