Page 1


Editorial Chegamos à última edição de 2012, um ano muito especial para a revista Por Aqui. Alcançamos novos objetivos, inclusive, aumentando a revista, tanto no número de páginas, como na tiragem. Entramos em novas cidades e hoje já temos pontos de distribuição em Volta Redonda, Barra Mansa, Quatis, Porto Real, Resende e Itatiaia. Agradecemos profundamente aos nossos leitores e patrocinadores que acreditaram em nosso projeto e prometemos o mesmo empenho para o próximo ano, trazendo notícias exclusivas e de relevância para a população do Sul Fluminense. Nesta edição, traremos entrevistas exclusivas com os prefeitos eleitos de Quatis e Porto Real, e com o prefeito reeleito de Itatiaia. Trata-se de Bruno da Padaria (PR), Cida (PDT) e Luis Carlos Ypê (PP), respectivamente. Falaremos também da transição de governo em Barra Mansa e das novidades de seu cenário político. Traremos uma entrevista com o Delegado Regional do PSDB-RJ, Ricardo Maciel, que fará uma análise das eleições 2012 aqui na região. Além disso, teremos as colunas de moda, “Tá na Moda, Tá Por Aqui”, e de saúde, “Vida Nova”. Aproveitamos a oportunidade para desejar um Feliz Natal e um Ano Novo de muito trabalho, paz, saúde e realizações. Que 2013 seja ainda melhor que 2012! É o que deseja toda a equipe da revista Por Aqui! Boas Festas!

Índice 05

Entrevista com Bruno da Padaria (Prefeito eleito em Quatis)

07

Entrevista com Cida (Prefeita eleita em Porto Real)

09

Entrevista com Luis Carlos Ypê (Prefeito reeleito em Itatiaia)

11

Novidades no cenário político de Barra Mansa

12

Entrevista com Ricardo Maciel (Delegado Regional do PSDB-RJ)

13

É Festa!

14

A solução definitiva para o fim do sedentarismo

Expediente Revista Por Aqui - CNPJ: 11.737.916/0001-45 Site: www.revistaporaqui.com.br Redes Sociais: www.twitter.com/revistaporaqui www.facebook.com/poraquirevista

Diretor Geral / Jornalista Responsável: Diego Campos Raffide - MTB 0032199/RJ

E-mail: contato@revistaporaqui.com.br / diego@revistaporaqui.com.br MSN: diegoraffide@hotmail.com Telefone: (24) 3323-3613 / (24) 9999-0645 / 7836-3387 / ID: 12*8190

Presidente de Honra: Dr. Gabriel Altino Campos – gabriel@revistaporaqui.com.br Diretor de Arte: Eduardo Ávila – eduardo@revistaporaqui.com.br Contato Comercial: Alice Alves – alice@revistaporaqui.com.br Mayara Valiante – mayara@revistaporaqui.com.br Max Maia – max@revistaporaqui.com.br Vitor Guera – guera@revistaporaqui.com.br Web Developer: Migliore Publicidade Fotografias: Jean Luiz Souza - xeanx@revistaporaqui.com.br

• • • PARA ANUNCIAR NA REVISTA POR AQUI • • • Ligue: (24) 3323-3613 / (24) 9999-0645 7836-3387 / ID: 12*8190 ou mande e-mail: contato@revistaporaqui.com.br

Colunistas: Renata Liporaci - reliporaci@revistaporaqui.com.br Gabriel Torres - gabriel.torres@fitnova.com.br

Destaque do Mês - Virtual (Quatis-RJ) Silmara, Mônica e Thomas


ENTREVISTA COM BRUNO DA PADARIA Prefeito eleito em Quatis Foto: Jean Luiz Oliveira

Por Diego Raffide

diego@revistaporaqui.com.br

Prefeito, nas eleições passadas, a primeira de sua carreira como candidato, o senhor não foi eleito por diferença de pouquíssimos votos. Neste ano, enfim, foi eleito com tranquilidade. Qual a sensação de ter conseguido buscar uma meta e quais são os planos iniciais para o seu governo a partir de janeiro? Bruno: Em 2008 nós perdemos por 52 votos. Éramos iniciantes e inexperientes em eleições. Terminando este pleito, mesmo perdendo, fomos para as ruas agradecer às pessoas que nos ajudaram. As que votaram e também as que não votaram mas torceram pra gente. E já começamos o nosso trabalho para 2012. Na verdade tudo começou em 2006, com o deputado Felipe Bornier o qual nós apoiamos e foi eleito. Teve 551 votos aqui em Quatis e, dali em diante, a ideia do grupo se transformou em um projeto. Meu nome, de 2006 até o presente momento, representa um projeto que nós temos para o município de Quatis. Foram se juntando ao nosso grupo mais pessoas que procuravam uma mudança no cenário político da cidade. Com isso nós tivemos este ano uma grandiosa vitória com 1.573 votos a mais que o nosso oponente, representando a verdadeira mudança que a população queria e desejava. O detalhe é que nós, com poucos recursos, fizemos uma campanha “pé no chão”, com humildade de conversar com o eleitor, saber de seus anseios, mas sem promessas. E deu no que deu. Agora nós temos um grande desafio a partir de 1º de janeiro, nosso plano de governo foi feito todo pensando na população. Ouvindo o povo, fizemos nosso plano de governo, simples e exequível. Sabemos que a arrecadação de nosso município é pequena e vamos ter problemas sérios na saúde, na educação e de falta d’água também. E esse é o grande desafio que nós temos. Junto com o nosso grupo faremos uma grande diferença para a cidade no período de 2013 a 2016. Já que o senhor comentou sobre recursos para a cidade, como tentará trazer mais recursos para Quatis? Acredita que por ser do PR, partido de liderança do ex-governador Garotinho, que é oposição ferrenha ao atual governador Sérgio Cabral (PMDB), o senhor poderá encontrar alguma dificuldade? Bruno: Nós vamos tentar trazer para o nosso município, pequenas e médias empresas para tentar aumentar a arrecadação de ISS e CMS. Já sobre a questão partidária eu me filiei ao PR em virtude de um pedido do meu padrinho político, o deputado federal Nelson Bornier (PMDB), que agora foi eleito prefeito de Nova Iguaçu e vai exercer durante o mesmo período que eu, de 2013 a 2016. A gente é oposição até final do período eleitoral, depois o governador tem que ser governador dos 92 municípios, a presidenta tem que ser presidenta do Brasil todo, então não pode existir isso. Vamos encontrar barreiras? Vamos, mas nós temos parceiros, como o deputado federal De-

ley (PSC), que vai nos ajudar a abrir as portas, o prefeito de Resende, ao qual eu agradeço muito, José Rechuan (PP), que também nos ajudará a abrir as portas para o governo do estado e também o próprio deputado federal Nelson Bornier, que é do PMDB e que foi o primeiro secretário do PMDB em âmbito nacional. Qual será a prioridade do seu governo? Bruno: Sem dúvida nenhuma a saúde, que é o calcanhar de Aquiles da maioria dos municípios brasileiros. Vamos tentar investir o máximo possível, além do que a lei nos obriga a investir. Fazer com que haja uma humanização na saúde, embora nosso hospital seja particular e tenhamos que fazer convênio. Vamos fazer a política da boa vizinhança com o administrador do hospital, que é uma excelente pessoa, com os funcionários, enfermeiros, médicos, para tentarmos sanar este grande problema que assola todos os municípios do país. Quatis é muito pequena para estar passando por problemas em relação à saúde. O senhor já tem alguns nomes para ocupar as secretarias? Essas pessoas serão da cidade ou haverá pessoas de fora da cidade, ligadas ao seu partido, o PR? Bruno: Ainda não definimos os nomes, estamos em momento de transição. Não tenho compromisso com o PR estadual nem em lugar nenhum. Vou escolher a maioria, todos se possível, do município de Quatis. Todos os cargos serão ocupados por pessoas de Quatis. A que pé está a transição de governo? Tem encontrado dificuldades com a atual administração? Bruno: A transição esta caminhando tranquilamente. O atual prefeito já abriu as portas para nós e já indicou a pessoa que vai representar o poder executivo na transição. Nós também já indicamos a professora Zélia Duque, que estará presidindo nossa comissão de transição de governo. Já temos a pauta com nossos questionamentos para todas as secretarias. Acredito que vai ser da melhor forma possível, na maior harmonia possível. Sabemos que o prefeito esta aí há 12 anos e não vai tentar esconder fato nenhum. Sabemos que vamos encontrar dívidas e alguns empecilhos, mas isso é normal.

5


7

Entrevista com Cida (PDT) Prefeita eleita em Porto Real Por Diego Raffide

Foto: Dorinha Lopes

diego@revistaporaqui.com.br

Prefeita, neste governo que iniciará em 2013, quais serão suas prioridades para Porto Real? Cida: Nosso programa de governo que foi apresentado à população durante a campanha engloba investimentos em todas as áreas. Investimentos que visam manter, melhorar e ampliar o que foi feito até o momento e promover novas conquistas em prol da cidade e dos moradores. Todas as áreas da administração pública vão ser tratadas com muito carinho e sem discriminação. Não vamos deixar nenhum setor de lado para priorizar este ou aquele. Vamos continuar a promover a melhoria constante nas áreas de educação, saúde, infraestrutura e saneamento básico, investir na geração de trabalho e de renda, na cultura, no esporte e no lazer, bem como na preservação do meio ambiente, fomentar o desenvolvimento dos setores de comércio e de serviços, incentivar a instalação de novos empreendimentos empresariais, oferecer condições para que os moradores possam se capacitar por meio da realização de cursos técnico-profissionalizantes, prosseguir com a política de valorização do funcionalismo público, entre outros. Podemos citar, por exemplo, a construção de creches em Bulhões, São José, Freitas Soares, Jardim Real e Ettore; de centro cultural no Bairro de Fátima; de campo de futebol e área de lazer na Vila Real; de unidades de saúde da família nos bairros Colinas e no Parque Mariana; do estádio municipal; de áreas de lazer no Parque Mariana e na Vila Romana; da nova sede do Caps no Freitas Soares e de escola no Bairro Ettore; a modernização da rede de esgoto e água potável do Novo Horizonte; a revitalização do bairro Nova Colônia; a reestruturação do trânsito no Centro; a urbanização e área de lazer nas lagoas do Village e do Jardim das Acácias; e a implantação do Centro Municipal de Educação, Esporte e Lazer. Em relação ao secretariado, já tem alguns nomes definidos? Serão mantidos nomes da atual administração? Como será o critério de escolha? Cida: A escolha da equipe que vai trabalhar comigo e com o meu vice José Roberto vem sendo feita com base no conhecimento técnico-administrativo. No entanto, a divulgação só será feita a partir de janeiro de 2013. Qualquer nome que seja “ventilado” até lá será mera especulação. No momento, não tenho essa preocupação em divulgar nomes. Estou trabalhando no processo de transição, que, aliás, vem sendo feito de forma natural e tranquila, e tenho uma missão até 31 de dezembro, que é de

vice-prefeita, assim como meu vice, que é vereador. Porto Real se tornou uma cidade referência em arrecadação. Diante desta afirmação, o que a senhora pretende fazer para dar continuidade a isto? Espera anunciar novas empresas para o município a partir de 2013? Cida: Vamos continuar com a política de geração de renda e de emprego que tem dado certo até o momento. Para isso, vamos oferecer todas as condições para que novas empresas venham a se instalar no município. Prova disso é o Polo Empresarial, que vai abrigar diversas empresas de pequeno e médio porte e que dentro de pouco tempo estará funcionando a todo vapor. Nosso governo também vai procurar meios para desenvolver os setores do comércio e de serviços. As expectativas são muito boas e, por isso, esperamos anunciar novas empresas logo no primeiro ano de governo. A senhora vem de origem humilde, mas sempre teve prestígio e atitude no cenário político de Porto Real, inclusive já tendo sido eleita vereadora e vice-prefeita. Agora que conquistou o cargo mor na cidade, qual a sensação? Quais riscos a senhora pode correr com toda esta visibilidade? Cida: O fato de ser de origem humilde e de ter passado por dificuldades na vida só vem contribuir para um olhar macro acerca da realidade da nossa cidade e do seu povo. O cargo de prefeita não me fará diferente do que sempre fui, vou continuar sendo a Cida que todos conhecem, amiga de todos. Aliás, por estar ocupando um cargo tão importante como é o de chefe de Executivo de uma cidade como Porto Real é que necessito estar ainda mais perto da população, ouvindo seus anseios e necessidades e procurando meios para atendê-los. Por isso, não vejo riscos que possam estar relacionados à visibilidade do cargo.


ENTREVISTA COM LUIS CARLOS YPÊ (PP) Prefeito reeleito em Itatiaia Por Diego Raffide

diego@revistaporaqui.com.br

Prefeito, qual será a prioridade para Itatiaia no início de seu governo? Ypê: A prioridade continua sendo a educação e a saúde. Mas junto delas estão: cultura, esporte, desenvolvimento econômico, turismo... É um conjunto, mas sem dúvida a prioridade é saúde e educação. Inclusive no resultado que saiu no jornal “O Globo”, dia 02 de dezembro, da Firjan, em relação ao IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) dos municípios, Itatiaia deu um salto significativo nos últimos dois anos e pulou da 41ª posição para a 17ª. Isso mostra que estamos no caminho certo. As três áreas medidas por esse índice, educação, saúde, e emprego e renda, todos elas tiveram crescimento. Isso foi bom. Essa medida é de 2010, ainda temos 2011 e 2012, em que vamos crescer ainda mais nas próximas pesquisas da Firjan. Vamos continuar priorizando saúde e educação, mas sem esquecer as outras áreas, como segurança, esporte etc. Vamos manter um trabalho em que possamos valorizar todas as áreas. Em relação ao seu secretariado, haverá alteração para oxigenar alguma pasta ou você vai manter os que já estão? Ypê: Ainda não defini. Eu tenho até esse final de ano e o início do ano que vem para fazer essa avaliação, fazer o levantamento de toda a situação. As coisas que foram boas, as coisas que precisam melhorar. Mas ainda não defini. Às vezes não precisa mudar a pessoa para resolver o problema, tem que mudar a maneira de fazer. Sabemos que você tem um hotel na cidade e o turismo é um dos pontos fortes de Itatiaia, devido a sua beleza natural. O que o senhor pretende fazer para alavancar ainda mais este segmento na cidade? Ypê: Em relação ao turismo, nós temos que nos organizar melhor, pois o movimento dos turistas aqui na região aumentou muito. Por exemplo, muitos hotéis e restaurantes de Penedo ficam lotados mesmo durante a semana. Precisamos melhorar nosso calendário de eventos, com novos atrativos, para estimular novos turistas. Hoje temos um número muito grande de executivos e pessoas que trabalham em empresas aqui durante a semana e, no final de semana, temos o turista de lazer. Temos que incrementar mais, como estamos fazendo com a criação da estrada Parque, que liga a Dutra até

Foto: Walter Barros

a Vila de Mauá. E agora já foi licitado da Vila de Mauá até Maringá. Isso vai ser um salto bem grande na facilidade de acesso do turista, que era um grande problema. Também temos que trabalhar rapidamente na qualificação do serviço das pessoas, para melhorar o atendimento. Às vezes a pessoa vem pra cá, não só pelas belezas naturais, mas também por outros atrativos. Nós temos um projeto de revitalização de todo o centro de Penedo. Esta obra deve começar logo depois do verão. Com a continuação da estrada Parque, isso vai impulsionar mais ainda o turismo. Já tem alguma negociação com alguma empresa para chegar a Itatiaia neste próximo ano? Ypê: Além das que já estão terminando as obras, temos a Michelin que já entrou em operação, a Procter & Gamble, esta em operação, a Hyundai entra em operação em março, produzindo a sua primeira máquina, a Ibrame, (de cobre) que está prevista para agosto do ano que vem, a Pátria Investimentos, que já está com a licença aprovada e daqui a dois ou três meses começa o trabalho de terraplanagem. O ano de 2013 vai ser de continuidade deste desenvolvimento que está acontecendo em Itatiaia. Claro que a partir de agora vão ser mais bem avaliadas as empresas que chegarem ao município, teremos mais critérios para a chegada de novas empresas, pois haverá uma transformação na cidade, porque só com estas empresas que já citei, serão mais de 2000 novos empregos no município nos próximos três anos. Temos que preparar a cidade para este impacto, com a melhora da infraestrutura, da educação, da saúde... O desafio é muito grande. Não é só trazer novas empresas, temos que nos adequar a esta situação. Estamos fazendo uma série de trabalhos, como revisão do plano diretor, o saneamento básico, para acompanhar este desenvolvimento.

9


Aconteceu Por Aqui Por Diego Raffide - diego@revistaporaqui.com.br

BARRA MANSA TROCA NO LEGISLATIVO O vereador eleito Chris (PC do B) pedirá licença de seu mandato para ocupar a titularidade da Secretaria Municipal de Esportes. Chris, que já ocupou cargo similar no final do governo Roosevelt Brasil, tem muita afinidade Chris com a pasta, que sempre foi um de seus objetivos políticos. Com isso, Jaime Alves (PRB), que era o primeiro suplente da coligação “Mudar pra ser feliz”, ocupará uma cadeira no legislativo em 2013. TRANSIÇÃO A transição do governo em Barra Mansa está tranquila. Ao que tudo indica, o clima pesado das eleições ficou apenas nas eleições! As comissões formadas por representantes do Executivo atual, presidida pelo Dr. Ronaldo Barbosa, e do prefeito eleito, presidida pelo irmão de Jonas, Jonathan Marins, vêm realizando reuniões constantes. À medida que os futuros secretários são indicados, reúnem-se com os responsáveis atuais das pastas para os esclarecimentos solicitados. ARTICULAÇÃO Jonas Marins não está exclusivamente focado na transição de governo, ele vem também articulando com outros partidos. Recentemente selou uma parceria com o Partido dos Trabalhadores para 2013. O PT fará parte da situação e ganhará a Secretaria de Habitação. O nome escolhido para assumir a pasta foi do administrador e especialista em Gestão de PoJuarez líticas Públicas e Governo Juarez Magalhães. Esta parceria entre os dois partidos pode se estender à Câmara Municipal, pois o vereador Marcelo Cabeleireiro (PT) está cotado para ser o líder do Executivo na Câmara a partir da próxima legislatura.

Lista completa do secretariado de Jonas Marins - Administração: Jonathan Marins - Governo: Tim Naves (vai acumular a Assessoria de Comunicação, que Jonas vai transformar em secretaria) - Fazenda: Douglas Durant - Educação: Lusia Melchiades - Saúde: Dr. Maurício Amaral - Desenvolvimento Econômico: Antônio Cesar e Silva (Tuca) - Planejamento: Ronaldo Alves - Susesp: Giovani Moreira - Saae: Engenheiro Horácio Guimarães Delgado - Habitação e Interesse Social: Juarez Magalhães - Ordem Pública: Ebison Diettrich - Meio Ambiente: Adaucto Neves - Desenvolvimento Rural: Leandro Machado - Esporte: Chris Vieira - Cultura: Claudinho Chiesse - Promoção Social: Maria José Marins - Consultor Jurídico: Dr. Ronaldo Ramos - Controladoria: Élcio Gomes - Fundo de Previdência Social: Paulo César Alves dos Santos

11


12

ENTREVISTA COM RICARDO MACIEL Por Jean Oliveira xeanx@revistaporaqui.com.br

Foto: Divulgação

R

icardo Maciel é advogado, militante desde 1976 na política, filiou-se ao MDB (Movimento Democrático Brasileiro), no qual permaneceu até fundar o PL (Partido Liberal), em1986, e depois o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira), partido do qual é delegado regional e milita desde 1994. Ricardo foi vereador e presidente da Câmara Municipal de Barra Mansa (1985/1986/1994/1995). Hoje é vice-presidente do PSDB (Barra Mansa) e ainda atua no estado de São Paulo, auxiliando o deputado Bruno Covas em várias cidades, em coordenação política. Nas últimas eleições participou ativamente de campanhas em 86 municípios no Estado do Rio e São Paulo. Qual a sua análise sobre as eleições em Barra Mansa e região? Ricardo: Barra Mansa mudou! Jonas, no contexto, representava o novo, mesmo que um pouco morno, mas a eleição de quem nunca esteve no poder era a meta da maioria dos eleitores, 45 mil pelo menos queria isto. Na região, entendo que o grande perdedor foi o PMDB e o governador Sérgio Cabral, que não conseguiu eleger prefeitos seus afilhados e pupilos, tais como Fernando Jordão em Angra, José Renato em Barra Mansa e José Laerte em Quatis. Foi a reboque em Resende, Itatiaia, Porto Real e ainda, teve que pedir socorro a Dilma e Michel Temer para eleger o Neto em 2º turno. Aliás, faço uma observação aqui, em Volta Redonda acho que o Neto se reelegeria mais fácil no 1º turno se o Cabral tivesse ficado no Rio. O governador, arrogantemente, menosprezou o deputado Zoinho e isto atrapalhou o Neto. O que você espera da nova administração em Barra Mansa? Ricardo: Espero que o Jonas faça um bom governo, cumprindo suas promessas de campanha e não loteando a prefeitura com pessoas e partidos sabidamente despreparados e incompetentes. Ele (Jonas) representa muito para a população, que depositou confiança em suas propostas. Servidores públicos, moradores de bairros, professores, empresários e comerciantes em geral, esperam ações que tragam a cidade para o centro das discussões políticas que geram desenvolvimento e renda. A que você se refere especificamente? Ricardo: Jonas vai herdar uma dívida monstruosa, além de falta de investimentos federais e estaduais de verdade, não esta maquiagem do pátio de manobras ou CTC eleitoreiros. Precisa resolver o grave problema do funcionalismo, que está há 16 anos sem aumento ou plano de cargos/

O senador (MG) Aécio Neves (PSDB) ao lado de Ricardo Maciel

carreiras e salários. Buscar parcerias para que os governos Federal e Estadual invistam na cidade. Não concordo, por exemplo, com a aproximação com o PT da deputada Inês. Veja bem, ela já foi condenada por improbidade e se confirmada a sentença em Colegiado (Tribunal) ficará inelegível por cinco anos. Por que trazê-la para o governo? Quando Jonas estava alinhado com Inês sua candidatura não deslanchava, foi só ele afastar-se dela que começou a subir até ganhar as eleições. Aliado a tudo isto temos a lembrança da péssima administração dela na PMBM, e seus indicados são os mesmos que participaram daquele malfadado governo 1997/2000. O povo não concordou com as propostas dela e por isto ela ficou em último lugar. Aliar-se a ela pode gerar desconfianças e afastar colaboradores. O Sr. seria um destes colaboradores que se afastariam? Ricardo: Não. Eu não estou com tempo para o governo Jonas, com ou sem Inês. Tenho outros compromissos e planos. Tenho tempo para Barra Mansa, não para governos. Estes compromissos dizem respeito ao PSDB? Ricardo: Sim! O PSDB é o segundo partido em prefeituras no Brasil, atrás somente do PMDB. Foram 693 prefeitos em todo o Brasil, inclusive recuperando áreas importantes no Nordeste e Norte do País. Mesmo perdendo em São Paulo, ainda ficou a frente de seu maior adversário, o PT. Sei que no Estado do Rio de Janeiro e em Barra Mansa o PSDB tem dificuldades eleitorais. Mas vejo com alegria a formação de novos quadros, e a renovação, sempre ouvindo nossa liderança legislativa, representada pelo Vereador José Luiz Vaneli (Leiteiro), além do Luiz Amaral, Paulo Cosenza e outras lideranças importantes, tais como nossos candidatos.


13

É festa! Por Renata Liporaci

reliporaci@revistaporaqui.com.br www.reliporaci.blogspot.com

E o fim de ano chegou!!! E claro que a maior preocupação de fim de ano é: que roupa vou vestir no Natal? E no réveillon? Até porque o resto nem importa, deixe os problemas para o ano que vem. Querendo ou não todo mundo no final acaba pensando assim. Então vamos às dicas para usar a roupa certa, na festa certa. Começando pelo Natal, quando normalmente estamos com a família e amigos. Mesmo em casa a ocasião pede uma roupa mais arrumada, mas dê preferencia àquelas com bastante conforto e sem aqueles detalhes que temos que ajeitar a todo momento, o verdadeiro puxa daqui, ajeita dali. Pensando que vamos dar muitos abraços e estar bem próximas às pessoas e que elas poderão ver todos os detalhes da peça e do nosso corpinho. Abuse das cores e acessórios, coloque as pernas de fora com vestidos, shorts e saias, peças bem leves, afinal estamos no verão! Se for repetir uma peça já usada, tente dar uma cara nova a ela, abusando dos acessórios, sobrepondo com outras peças ou até mesmo customizando com pedrarias e lantejoulas. Estamos em uma época em que pulseiras e max colares estão mega em alta...abuse!!! Coloque uma peça mais básica e encha o braço com muitas pulseiras... elas são capazes de mudar qualquer visual! E para o réveillon? Eu particularmente gosto de entrar o ano com tudo novo!!! Nada de peças ou acessórios já usados antes. Mas para quem não se importa muito com isso pode usar aquele branquinho coringão que já

tem no armário, que tá valendo também. Se for passar na praia, com o pé na areia, prefira os modelos de peças curtas, pois os longos irão manchar e estragar a barra. Tecidos finos e leves, acessórios que não soltem cor ou se desprendam caso você resolva tomar um banho de mar, mas POR FAVOR, coloque uma lingerie bem linda para não “pagar mico” caso sua roupa fique transparente depois, lembrando que uma mulher deve sempre sair de casa linda por baixo, pois se você está segura com sua lingerie, estará segura e linda para arrasar em qualquer lugar. Se for para a casa de um amigo ou até mesmo a uma festa bem badalada capriche na produção e coloque aquele mega salto no qual você consegue olhar todos por cima. Sempre indico vestidos, pois é chique, feminino e basta escolher o modelo que combine com seu biotipo e arrasar... não tem erro! Nessa ocasião dê preferência aos acessórios mais delicados, peças mais finas e requintadas, uma linda carteira de mão, a qual pode ser bem colorida para dar o ponto de luz na produção. Aproveite a tendência do furta-cor e monte um look para qualquer uma dessas ocasiões, pois ele reúne todas as cores em um tecido só e assim você terá todas as boas vibrações das cores em 2013. Independente de onde você for, da cor de sua roupa, do salto alto ou pé no chão, coloque uma maquiagem bem linda, valorize os cabelos e o olhar, abra um lindo sorriso e tenha ótimos desejos para que 2013 seja o melhor de todos os anos que você já viveu! E que possamos trocar muitas figurinhas Por Aqui nesse lindo e glamoroso mundo da moda... Feliz Natal e um Ano Novo repleto de positividade e paz!!! Até ano que vem...


14

A Solução Definitiva para o Fim do Sedentarismo

Por: Gabriel Torres Site: www.fitnova.com.br

Novas alternativas para o treinamento físico estão surgindo ao redor do mundo, mas apesar de o Brasil ser o 2º maior mercado mundial do Fitness, com mais de 30.000 academias e 230.000 profissionais, estas alternativas ainda estão nascendo por aqui. Você está pronto para transformar seu corpo e sua vida? Entãovamos lhe ajudara chegar lá... Com programas de treino personalizados baseados em seus objetivos e seus horários a Fitnova desenvolveu ferramentas voltadas para organizar, controlar e acompanhar a prática de atividades físicas, sem a necessidade de um professor presencial, através de uma alternativa simples, barata e a qualquer hora do dia e da noite. Encontrar um treinamento que se encaixe perfeitamente em seu estilo de vida pode ser difícil. E depois de tudo, mesmo que você consiga gerenciar seu tempo e incluir a prática de exercícios físicos em sua agenda, inevitavelmente você perderá sua paciência em alguns momentos de treinamento e nestes momentos uma pergunta é bem comum: “Porque não posso ter uma rotina de treinamento adaptada às minhas necessidades?” A Fitnova tem como principal funcionalidade a geração de programas de treinamentos personalizados, baseados em respostas relacionadas a seu corpo, seus objetivos, tempo e aos equipamentos disponíveis. Descubra a classificação de seu nível de condicionamento físico atual respondendo sobre sua experiência anterior com as atividades físicas; sua rotina de treino atual; e seus hábitos de alimentação, sono e estresse. Depois defina a duração do treinamento, o local (na academia ou em casa), os equipamentos disponíveis, seus objetivos (emagrecimento, ganho de massa, saúde, manutenção e performance) e os grupamentos musculares que pretende dar foco. E imediatamente a Fitnova indica na tela Movimente-se um programa completo, com diferentes treinos diários, divididos em fases (exercícios preparatórios em geral, a parte principal e a volta à calma). Todos os exercícios recebem a orientação completa sobre a carga de treinamento incluindo: séries, repetições/ duração, intensidade, velocidade, intervalo, densidade e frequência. Todos os programas de treinamento são organizados de acordo com o nível do aluno e com seu objetivo. Os exercícios podem se repetir nos programas, mas a carga de cada um deles será totalmente diferente dentre as 16.000 possibilidades. Tudo isso baseado em um catálogo de exercícios com mais de 1000 vídeos oferecendo um guia minucioso sobre os movimentos, incluindo diversas categorias e gráficos que apresentam exatamente os grupamentos musculares envolvidos, por exemplo. Os alunos e professores podem ter acesso a novos

exercícios e experimentar algo novo em seus treinamentos. Com estas ferramentas a Fitnova pretende levar treinamentos de qualidade para os locais mais distantes do Brasil e do mundo. Desta forma o aluno poderá treinar com os melhores professores de cada modalidade, mesmo sem estar em um grande centro e sem ter que pagar um fortuna por uma academia ou personal. “Um aluno que esteja em Manaus, ou mesmo na Austrália, poderá treinar com um professor de São Paulo se ele quiser, por exemplo”. Nunca foi tão fácil manter-se envolvido na busca por uma vida mais saudável. E você, vai continuar ai parado? Movimente-se e pratique saúde com a Fitnova!


REVISTA POR AQUI - Dezembro/2012  

REVISTA POR AQUI - Dezembro/2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you