Page 1

Ano I | Ed. 1 | Março de 2017

QUAL É A CARA DO NOVO PIERGING? O mundo do piercing vive um momento de reconhecimento e glamorização

p i e rce r li fe R E V ISTA PA R A PIERCERS PROFIS S IONA I S

Editorial

Conheça o GEP

Brasileiros na LBP

Amamos tattoos, mas aqui vamos

Conheça mais sobre o Grupo de Estudos

Aconteceu em novembro de 2016 o

falar só de piercing, para piercers e

de Piercing que vem revolucionando o

maior evento para piercers da América

amantes da body modification.

cenário brasileiro.

Latina e o Brasil foi destaque.

E muito mais conteúdo!


t i t âni o rosca i nterna cer t i fi cação qual i dade segurança


p i e rce r l i fe A Revista Piercer Life é uma publicação independente, idealizada por Andre Fernandes e Tatiana Rodrigues, dedicada à disseminar informações e as boas práticas do universo do body piercing para profissionais e entusiastas desta área. Intenso em tudo que faz, Andre Fernandes é um piercer comprometido em compartilhar o melhor com todos que buscam por conhecimento.

Tatiana Rodrigues é jornalista e designer gráfico. Faz mais mil e uma coisas ao mesmo tempo, além de embarcar nas loucuras do Andre.

Co laborador es d est a ed içã o: Emilia Aratanha é nossa historiadora e pesquisadora preferida. Amiga de todas as horas, traduziu todos os textos desta edição para o inglês. :O

ÍNDICE 04

Editorial

06 Somos todos latinos Somos todos LBP

09 Qual é a cara do novo piercing?

12 Entrevista

14 Conheça o GEP

Matias Tafel, um dos mais conhecidos piercers do mundo e o “Amore” do Andre, escreveu uma matéria educativa para clientes. :)

T. Angel é o nosso artista. Escreveu uma matéria maravilhosa, mas que tivemos que dividir em três partes. Escreve muito esse grande amigo. <3

17 Sobre as mídias especializadas - Parte 1

18 Customer - Esterilização

Organização: Andre Fernandes Design gráfico e conteúdo: Tatiana Rodrigues Jornalista Responsável: Tatiana Rodrigues - MTB 35.508 Foto da capa: Sacred Symbols Jewelry Tiragem: 1.000 exemplares Distribuição: Gratuita Contato: piercerlife@gmail.com

19 #piercerlife


Editori al

Amamos tattoos, mas aqui vamos falar só de piercing Só quem tem paixão pelo universo do Body Piercing consegue entender o que é ter que decidir deixar de trabalhar com o que ama porque muitas pessoas que não tem essa paixão, prejudicaram a indústria do piercing. Só quem tem paixão pelo Body Piercing sabe que esse amor não acaba, ele apenas se renova. E foi assim, depois de um periodo sabático, repensando como eu poderia ainda continuar atuando no mundo em que eu acredito, que vivo e que tenho como paixão, que eu decidi contribuir e fortalecer a arte do Body Piercing brasileiro. Essa decisão aconteceu na APP de 2015, onde fui surpreendido com a recepção calorosa dos melhores piercings do mundo. Só quem tem paixão pelo universo do Body Piercing sabe que informar, compartilhar e aprender são fundamentais para a expansão desse mercado no nosso país. Pensando nisso, criamos a Piercer Life, uma revista que vai falar de piercing para piercers. Uma revista que tem como foco colaborar com todos que tem essa paixão, que assim como eu, sabe quem é de verdade e quem é de mentira neste meio. Vamos falar só de Piercing?

Andre Fernandes

piercer life

4

B em-vind


We love tattoos but here we are only going to talk about piercing. Only someone who is passionate about the world of Body Piercing understands having to stop working with it because a lot of people don’t have that passion and end up harming the industry. Only someone who is passionate about Body Piercing knows that that love never ends, it just renovates itself. And that was what happened with me, after a sabbatical away from piercing. I tried to reimagine how could I continued in an industry that I believe in, that I am passionate about. That’s how I decided to contribute and strengthen the art of Brazilian Body Piercing. This decision happened during the APP convention in 2015, where I was surprised with the warm welcome from the best piercers in the world. Only someone who is passionate about the world of Body Piercing knows that educating, sharing and learning are fundamental to the expansion of this market in our country. Taking that into consideration, we created Piercer Life, a magazine that addresses piercing to piercers. A magazine that has as one of its main focuses to collaborate with all who share this passion that, like me, knows who is for real and who is not in this industry. Let’s just talk about piercings? Welcome to Piercer Life. Andre Fernandes

dos à P i er cer L if e!


Somos todos latinos. Somos todos LBP.

Foto: Autumn Swisher

Em novembro de 2016 aconteceu a 4º edição do Congresso da LBP - Latinoamérica Body Piercing AC, em Tlaxcala, no México.

We a r e a l l L a t i n o s .

Nesta edição, os piercers brasileiros foram a maioria entre todos, o que gerou contentamento, homenagens e maior visibilidade do Brasil na comunidade de piercers.

The 4th edition of the LBP - Latinoamérica Body Piercing AC Conference took place in November 2016 in Tlaxcala, México.

Para entender melhor como funciona a LBP e como foi a participação o dos brasileiros no evento, a Piercer Life entrevistou o atual presidente da associação, Mario Oliva, que desde 1999 atua na indústria da perfuração e trabalha no estúdio Zona Buster, localizado em Texcoco, México.

We a r e a l l L B P.

In this one, most attendants were Brazilians. That lead to enjoyment, tributes and larger visibility of Brazil in the piercer community. To better understand how LBP works and how was the Brazilian participation in the event, we interviewed Mario Oliva, who has worked in the piercing industry since 1999 and now works at the Zona Buster studio in Texcoco, Mexico.

“A oportunidade de ser presidente da LBP me deixou muito feliz, trouxe uma enorme responsabilidade e muito cansaço, porém faço tudo com muito gosto. Estou satisfeito por sermos uma grande equipe que dá o máximo de si para a realização deste evento”, diz Mario.

“I am very happy with the opportunity to be president of the LBP. It brought an enormous responsibility and fatigue but I do everything with appreciation. I am very satisfied that we are a big team that gives their best to achieve this event”, says Mario.

Mario Oliva Presidente da LBP piercer life

6


Sobre a LBP e o congresso A LBP - Latinoamérica Body Piercing AC - foi fundada em 2013 pelos profissionais Mario Oliva, Axayacatl Nochipa, Mauricio Torres, Ana Paula Escalante, Danny Verna, Charly Pastrana e Guillermo Reyes, com o apoio da APP (Associação dos Profissionais Piercers). Desde 2016, Mario Oliva ocupa o cargo de presidente da associação. O Congresso, que acontece em cinco dias, leva onze meses para ser preparado. A logística é o maior desafio na preparação deste evento, pois as entregas de cada item devem seguir o cronograma determinado para garantir o resultado final. Muitas pessoas são envolvidas na realização do Congresso, mas os grandes responsáveis são os organizadores, que dedicam seu tempo voluntariamente, sem ganhar dinheiro ou salário, fazem tudo por amor ao Body Piercing.

A b o u t L B P a n d t h e Co n fe r en ce The LBP - Latinoamérica Body Piercing AC was founded in 2013 by Mário Oliva, Axayacatl Nochipa, Mauricio Torres, Ana Paula Escalante, Danny Verna, Charly Pastrana and Guillermo Reyes, with the support of the APP. Since 2016, Mario Olive holds the job of president of this association. The Conference, that happens in a five-day period, takes eleven months to be prepared. The biggest challenge is the logistics because the delivery of everything must follow a tight schedule to guaranty the end result. A lot of people ate involved with the realization of the Conference but the responsibility falls to the organizers that dedicate their time voluntarily, without money or a salary. They do it all for their love of body piercing.

Los hermanos brasileños A participação dos piercers brasileiros na LBP 2016 foi uma enorme surpresa para todos. O grupo superou até mesmo o número de chilenos, que sempre estiveram em maioria no evento. Para Mario, a participação brasileira demonstra o quanto a indústria do piercing está ficando mais forte no país. Segundo Oliva, existe um respeito aos profissionais brasileiros, os quais possuem muito conhecimento e habilidades únicas, assim como as empresas fabricantes de joias que já possuem qualidade internacional. Atualmente uma única piercer do Brasil é membro, Viviane Silva, de Belo Horizonte.

Th e B raz i l i a n H e r m a n o s The participation of Brazilian piercers in the 2016 LBP was an enormous surprise to all. They even surpassed in number the Chilean group, which are usually most attendees. To Mário, this shows us how much stronger piercing is getting in Brazil. According to Oliva, there is a lot of respect towards the Brazilian professionals. They have a lot of unique knowledge and abilities, there are also jewelry manufacturers with international quality. As of this moment, there is only one piercer from Brazil who is a member, Viviane Silva from Belo Horizonte. piercer life

7


Sobre o 5º Congresso da LBP Já virou tradição o Congresso da LBP acontecer no período da Festa do Dia de Los Muertos, no México, uma data muito importante para todos do país. Por isso, neste ano o evento será realizado na mesma época, entre 30/10 e 03/11. Também é tradição o Congresso oferecer classes com os melhores conteúdos da atualidade e em 2017 não será diferente, porém os detalhes oficiais ainda não foram divulgados. Algumas mudancas no formato podem acontecer, como um novo lugar para realizar o Congresso. Tudo isso é pensado para melhor acolher os participantes e realizar um evento surpreendente. “Lamento não poder dar mais detalhes do Congresso 2017, porque ainda não temos nada confirmado e 100% aberto. Mas convidamos todos para participar do nosso 5º Congresso LBP, pois é sempre uma honra e um prazer receber a comunidade brasileira, um povo encantador’, finaliza Mario.

A b o u t t h e 5 t h Co n fe r e n ce JIt has become tradition for the Conference to happen during the Dia de Los Muertos festivities, a very important holiday in Mexico. This year it will be done the same time of the year, between the 30th of October and the 3rd of November. The offering of classes with good content is also a tradition and in 2017 it won’t be any different, even if the details aren’t available yet. Some changes regarding the format might occur: like a new venue for the Conference. Everything is thought out to better welcome the attendees and achieve an amazing event. “I’m sorry I can’t divulge the details of the 2017 Conference because things aren’t 100% confirmed. But we invite everyone to participate of the 5th LBP Conference. It’s always an honor to receive the charming Brazilian community”, says Mario.

piercer life

8


Qual é a cara do novo piercing? O mundo do piercing vive um momento de reconhecimento e glamorização Nos anos 90, o mercado do piercing teve um “boom” com o surgimento dos clubbers, que usam os piercing de maneira extravagante e em grande quantidades de perfurações, especialmente no rosto. Já em meados dos anos 2000, a indústria do piercing caiu na desvalorização por conta da comercialização de joias de aço cirúrgico de péssima qualidade e preços baixos, feitas na Ásia. Diante deste cenário, muitos piercers aderiram aos baixos preços fazendo com que o mercado caísse em degradação. Assim, a maioria das perfurações resultavam em problemas para o cliente, tais como cicatrizes, abcessos, infecções e até necroses. Mesmo diante das dificuldades, alguns profissionais insistiram no trabalho como piercer e criaram um novo mundo para este segmento. Surgiram parcerias de empresas idôneas com profissionais conscientes para resgatar a qualidade e a valorização do piercing.

Foto: Sacred Symbols Jewelry

W h a t’ s th e fa ce of t h e n ew p i e r c i n g ? The world of piercing is living through a moment of acknowledgement and glamour. In the 90’s, the piercing market had a boom with the clubber scene. They used a high number of extravagant perforations, specially in the face. In the mid 2000’s, the piercing industry saw a decline due to the commercialization of low quality and low price surgical steel jewelry from Asia. Faced with this situation, a lot of piercers started charging lower prices making the market fall into degradation. Most of those perforations resulted in problems for the clients, such as scars, abscesses, infections and, sometimes, necrosis. Even in the face of such difficulties, some professionals insisted on working as piercers and created a new world for that segment. Partnerships began with honest companies with conscientious professionals to regain the quality and value of piercing. piercer life

9


Hoje, vemos que muitos profissionais em todo o mundo estão se organizando em associações, workshops, congressos, na busca por avanços e melhorias de trabalho para todos. Também existe um investimento na qualidade de criação e confecção das joias, devido ao grande número de fábricas especializadas em desenvolver os “novos piercings” com uma identidade de luxo e alta qualidade, usando ouro e titânio na fabricação das peças.

Foto: Sacred Symbols Jewelry

A nova do cara do piercing vem do reconhecimento da sociedade por esta arte, que existe há tempos, e que agora é valorizada por todos.

Foto: Júnio Dinâmica

investimento na qualidade, criação e confecção das joias

A retomada já acontece há cerca de 10 anos, porém, atualmente a indústria vem se ampliando de tal forma que o piercing está sendo glamorizado por todos, inclusive pelos clientes e pela mídia.

piercer life

10


A nova do cara do piercing vem do reconhecimento

Foto: Júnio Dinâmica

da sociedade por esta arte, que existe há tempos, e que agora é valorizada por todos.

The resurgence has been happening for about 10 years but lately the industry has grown in such scale that piercing is already being glamourized by all. Even clients and the media. Today we can see that professional worldwide are organizing themselves into associations, creating and attending workshops and conferences, in search of improvements for all. There is also an investment in creating quality jewelry since many factories are specializing themselves in the development of these “new piercings” with luxury identity and high quality, using materials such as gold and titanium. The new face of piercing comes from the acknowledgment of this art, that exists for a long time, by society and now is valued by all.

piercer life

11


Ent r e vi sta

A cada edição da Piercer Life vamos apresentar um piercer que vem se destacando no Brasil, tendo como critérios sua história, evolução e perfurações. Nesta edição apresentamos Cainã Moreira, um jovem sergipano de 24 anos e que em apenas dois anos de trabalho está ganhando a admiração da velha guarda do body piercing profissional.

I n te r vi ew Ca i n ã M o r e i ra

Each issue of Piercer Life will contain an interview of a piercer who has been contributing for the development of Brazil’s piercing industry. We will be considering their history, evolution and perforations.

Nun c Grav i da

Aliq ua m F eli s .

Cainã Moreira PL: O que te levou a querer ser piercer? Cainã: Desde criança eu era fascinado por piercings, aos 15 anos já possuía 11 perfurações em meu corpo. No ano de 2014 fui contratado para trabalhar no Estúdio Real Traço como recepcionista, foi quando houve a oportunidade de fazer um curso profissionalizante e me tornar perfurador corporal. PL: Quais profissionais te inspiraram? Cainã: Hilton Lemos (Aracajú), Fredão (Aracajú), Dudu Pezzi (Caxias do Sul), Thiago Fontoura (Porto Alegre), Eduardo Bez (Brasília), Rafael Andrade (Minas Gerais), Viviane Silva (Minas Gerais), André Fernandes (São Paulo), Matias “Rata” (Argentina) e Thiaguinho (Curitiba) são alguns dos perfuradores que me inspiraram e inspiram até hoje. PL: Como foi participar da LBP, no México, no ano passado? Cainã: Foi uma experiência incrível, onde pude conhecer e trocar informações com perfuradores de todo o mundo. Tive a oportunidade de prestigiar classes de excelente qualidade, onde nos foi permipiercer life

In this issue, we introduce Cainã Moreira, a young 24-year-old man from Sergipe that in only two years of work is already gaining the admiration of the professional body piercing old guard.

tido conhecer novas técnicas de perfurações, esterilizações, procedimentos e manejo de materiais. PL: Onde você busca aprendizado sobre perfuração corporal? Cainã: Costumo me atualizar e buscar conhecimento em artigos científicos, workshops, seminários e trocando informações diárias com os amigos de profissão. PL: Qual seu desejo de futuro? Cainã: Desejo para o futuro que nossa profissão seja regulamentada no Brasil, que possamos trabalhar dentro dos padrões internacionais de perfuração corporal, joalheria fina e clientes em busca de profissionais capacitados. PL: Como você vê a indústria do piercing brasileiro? Cainã: Acredito que a indústria do piercing brasileiro além de estar sendo fortalecida pela facilidade em comprar materiais de qualidade, também conta com perfuradores amantes do que fazem e éticos, não esquecendo de citar os clientes que estão se tornando conhecedores da nossa profissão e a respeitando. PL: Deixe uma frase para nossos leitores “Não importa o quão rápido você anda, mas a força de vontade para nunca parar” (Confúcio). 12


PL: What influenced you to became a piercer? Cainã: Since I was a kid I was fascinated about piercings. When I was 15 I already had 11 perforations in my body. In 2014 I was hired to work at the Real Traço studio as a receptionist. That’s when I had the opportunity to take a professional piercing course and to became a body piercer. PL: Which professionals do you look up to? Cainã: Hilton Lemos (Aracaju), Fredão (Aracaju), Dudu Pezzi (Caxias do Sul), Thiago Fontoura (Porto Alegre), Eduardo Bez (Brasília), Rafael Andrade (Minas Gerais), Viviane Silva (Minas Gerais), André Fernandes (São Paulo), Matias “Rata” (Argentina) e Thiaguinho (Curitiba) are some of the piercers that inspired me and continue to do so until today. PL: How was the experience in LBP in México last year? Cainã: It was an incredible experience. I could meet and exchange information with piercers from everywhere. I had the opportunity to attend quality courses, where we could get to know new techniques for perforations, sterilization, procedures and handling of materials. PL: Where do you go to learn about body piercing? Cainã: I usually keep myself up-to-date and searching new knowledge in academic papers, workshops, seminars and exchanging daily information with friend who are also piercers. PL: What are your hopes for the future? Cainã: I hope that our profession will be regulated in Brazil. Also, that we can work within the international guidelines of body piercing, fine jewelry and clients who search for professionals with good qualifications. PL: What are your views regarding the Brazilian body piercing industry? Cainã: I believe that the Brazilian body piercing industry is being strengthen by easier access to quality material and supplies. There’s also passionate and ethical piercers. And not forgetting to bring up the clients who are now becoming well informed and respecting our profession. PL: Leave a phrase for our readers “It does not matter how slowly you go so long as you do not stop.” (Confucius)

piercer life

13


Conheça o GEP Grupo de Estudos de Piercing O GEP – Grupo de Estudos de Piercing, foi criado em 2015 com o objetivo de promover estudos, diálogos críticos e intercâmbios de conhecimentos a acerca da perfuração corporal no Brasil. Em 2016, o GEP realizou o seu primeiro workshop em parceria com a TattooWeek, maior evento de tatuagem da América Latina. As aulas foram ministradas por piercers brasileiros e estrangeiros, como Andre Fernandes (BRA), Matias Tafel (ARG) e Javier Guerra (VEN). Porém, o GEP inovou ao colocar na programação profissionais de outras áreas para aumentar o conhecimento dos piercers sobre outros temas importantes, sendo eles: T. Angel, historiador; Emilia Aratanha, marketing; Júnior Dinâmica, joalheria; Rogério Gomes, fotografia e Marcos Mota, advogado. Mais de 60 piercers e entusiastas participaram deste evento, sendo o maior público de todos os workshops de piercing da história da TattooWeek. Em novembro do mesmo ano, o GEP organizou mais um workshop e desta vez trouxe Jesus Cabana Sala – Sala Bodymod - um dos melhores piercers da atualidade. A participação dos piercers neste evento também foi grande e assim mais um seminário de nível internacional aconteceu no Brasil.

Get to kn ow G EP – G r upo d e E s t u d o s d e P iercing ( Pi e r ci n g S tudy Gr o u p ) GEP – Grupo de Estudos de Piercing (Piercing Study Group) created in 2015 with the goal to promote studies, critical thinking, dialogue and exchange of knowledge about body piercing in Brasil. In 2016, GEP carried out their first workshop in partnership with TattooWeek, the biggest tattoo event in Latin America. The classes ministered by Brazilian and foreign piercers, such as André Fernandes (BRA), Matias Tafel (ARG) nd Javier Guerra (VEN). For the first time in the Brazilian industry, it was multidisciplinary workshop including classes on other related subjects that are important to piercers. These classes were given by T. Angel, history; Emilia Aratanha, marketing; Júnior Dinâmica, jewelry; Rogério Gomes, photography; and Marcos Mota, attorney. Over 60 piercers and other enthusiasts of the subject participated in this event, being the largest attendance in all workshops ever done in TattooWeek. In November of the same year, GEP organized one more workshop with Jesus Cabana Salaverria – Sala Bodymod, a very renowned body artist, as a guest speaker. The attendance was also big and it was another event with international quality in Brazil. piercer life

14


piercer life

15

ap re nder e ap ren der

Fotos: Val Coe e RogĂŠrio Gomes


Em 2017 o GEP vem com tudo!

Este ano o GEP está realizando o maior evento já visto em terras brasileiras, o 1º Congresso Internacional de Piercers Profissionais do GEP. Novamente em parceria com a TattooWeek, o congresso acontecerá entre os dias 13, 14 e 15 de julho e terá classes com os maiores nomes do body piercing mundial:

2017 is promising! This year, GEP is striving to achieve the biggest event ever seen in Brazilian territory: the 1st GEP’s International Conference of Professional Piercers. Again with the partnership of TattooWeek, the Conference will occur during the 13th, 14th and 15th of July and will have classes ministered with some of the biggest names in piercing worldwide:

O 1º Congresso do GEP conta com o apoio da LBP - Asociación Latinoamericana de Body Piercing AC. A próxima edição da Piercer Life publicará um especial sobre o 1º Congresso Internacional do GEP, com informações sobre as classes que serão ministradas, sobre o jantar de gala, performances e entrevistas com os palestrantes. Aguarde!

º 1

CONGRESSO do Gep INTERNACIONAL

DE PIERCERS PROFISSIONAIS

13, 14 e 15 de julho São Paulo / Brasil / 2017

The 1st GEP Conference has the support of LBP - Asociación Latinoamericana de Body Piercing AC. In the next issue of Piercer Life, there will be a special article regarding the Conference, with information on the topic of classes, the gala dinner, performances and interviews with the guest lecturers.

Inscrição disponível no site:

www.millenniumjewelry.com.br/congressogep

piercer life

16


Breve análise sobre as mídias que abordam as modificações corporais p o r T. A n g e l Uma nova revista sobre modificação corporal chega para nós em 2017, a Piercer Life. Uma publicação voltada especificamente para o body piercing, como seu próprio nome sugere. É a primeira publicação do gênero no Brasil, o que se faz muito importante dizer. Então, nada melhor que começar a jornada que teremos nessa coluna, pensando sobre as mídias que abordam ou abordaram as práticas de modificações corporais, entendendo-as como forma de documentar as nossas histórias e colaborar na proliferação dessas práticas culturais. A intenção aqui é a de que foquemos na produção nacional, muito embora em alguns momentos precisaremos escapar ao recorte espacial inicialmente proposto, como justificaremos mais abaixo. Não é de agora que temos dedicado a atenção para esse assunto. No livro A modificação corporal no Brasil – 1980-1990, publicado em 2015, trouxemos duas propostas para falarmos sobre as mídias, foram elas:

It’s not only now that we are dedicating attention to this subject. In the book “A modificação corporal no Brasil – 1980-1990” (Body-Modification in Brazil – 1980-1990), published in 2015, we proposed two ways of viewing the media - Specific Media: those which specialize in the themes surrounding body modification; - Generic Media: those which do not specialize in body modification, including powerful mass media; In the next edition, we will focus on this first type of media, the Specific Media, taking into consideration the motivation for this text: the launch of a new and specialized publication Piercer Life.

- Mídia Específica: seriam aquelas especializadas nas temáticas das modificações corporais; - Mídia Genérica: seriam aquelas não especializadas nas temáticas das modificações corporais, incluindo aqui as grandes e poderosas mídias de massa; Na próxima edição, vamos focar nesse primeiro momento na chamada mídia específica, levando em consideração que a motivação para este texto é o lançamento de uma nova e especializada publicação, a Piercer Life.

A brief analysis on media that tackle body modification. A new magazine about body modification arrives in 2017 – Piercer Life. A publication dedicated specifically to body-piercing, like its name suggests. It’s important to note that Piercer life is the first one in its genre. There is nothing more fitting then to start this column with a reflection on the media that tackles the practices of body-modification, understanding them as a form of documenting our own histories and to collaborate in the proliferation of our cultural practices. Our intention here is to focus on Brazilian sources, even though, in certain moments, we’ll have to escape it. piercer life

17


Customer

p or Mati a s Ta fe l

Você sabia que...

Quando vai a uma loja para colocar um piercing, deve exigir que joia (piercing) seja esterilizada por uma Autoclave (aparelho com sistema de esterilização à vapor capaz de remover vírus, fungos, germes e bactérias)?

Para saber se a joia foi esterilizada corretamente pela autoclave, atente-se a alguns procedimentos para garantir que a prática será segura para o seu corpo: As joias esterilizadas são embaladas em pacotes com indicadores que mudam de cor quando o ciclo de esterilização foi realizado. Por isso é muito importante verificar, pois o piercing pode ter sido embalado e ainda não ter sido esterilizado. Verifique está informação na embalagem. Não se deixe enganar!

Au to c l ave

Existem ciclos de esterilização falsos, que são feitos por meios rápidos usando desinfectantes líquidos na limpeza da joia, o que é completamente errado para este caso, uma vez que não é eficaz na eliminação dos vírus. Alguns estúdios, não profissionais, infelizmente retiram as joias da vitrine, fazendo apenas esta falsa esterilização. As joias (piercings) devem ser limpas por ultrassom para remover graxa, pasta de polir e outra sujeiras. Depois de embaladas, devem passar pelo ciclo de esterilização da Autoclave e etiquetadas com a data da realização do procedimento, que tem validade de 07 dias. Sempre exija joia esterilizada. Não coloque sua saúde em risco.

Embalage m não e s te r ilizada

D esi nfecção

Do you kn ow th a t. . . When you go to a studio to get a piercing, you should demand a jewelry (piercing) that’s sterilized by an Autoclave (a steam sterilization device that can remove viruses, fungi, germs and bacteria)? To know if a piece of jewelry was properly sterilized by the autoclave, you should pay attention to certain procedures to guarantee safe piercing: The sterilized jewelry is wrapped in packages with and indicator that changes color when the sterilization cycle is complete. It’s very important to check that because the piercing might be packed but not sterilized yet. Verify this information on the packaging. Don’t be fooled! piercer life

Embalagem e s te r ilizad a

There are fake sterilization procedures like the “quick” ones using liquid disinfectants to clean the jewelry, which is completely wrong. It doesn’t eliminate viruses (Picture – liquids). Some studios, not the piercers, take out the piercing from the display case and only do this fake sterilization. The jewelry (piercing) must be cleaned via ultrasound to remove grease, polishing paste and other filth. After they are packed, they should go through and autoclave cycle and labeled with the date of the procedure, that has a lifetime of 7 days. Always demand properly sterilized jewelry. Don’t put your health on risk. 18


#piercerlife Use a hastag #revistapiercerlife no instagram e apareรงa aqui, mas o trabalho tem que ter qualidade!

Use the hashtag #revistapiercerlife on instagram and show up here, but the work has to have quality!

piercer life

19


w w w.s pectrum jo ias .com.br contato@spectrumjoias.com.br facebook.com/spectrumjoias 55 11 3903 4951

Profile for Revista Piercer Life

Revista Piercer Life - Ed. 1 Março 2017  

A Revista Piercer Life é uma publicação independente, idealizada por Andre Fernandes e Tatiana Rodrigues, dedicada à disseminar informações...

Revista Piercer Life - Ed. 1 Março 2017  

A Revista Piercer Life é uma publicação independente, idealizada por Andre Fernandes e Tatiana Rodrigues, dedicada à disseminar informações...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded