Page 1


PRA VOCÊ

ISSN 1983760-7

conteúdo de primeira www.felizcidade.net

Quem Somos

Com distribuição semanal em todos os Campi e Igrejas da Cidade, nossa revista tem como objetivo trazer matérias que informem, sensibilizem e tragam satisfação ao leitor. Nosso foco é levar boas notícias da nossa região e da família PIB, qualidade editorial e excelência quanto a forma, linguagem e conteúdo.

Conselho Gestor

Carlito Paes - Erich Prates - Fabrício Correia José Luiz Ovando - Lázaro Carvalho – Marcos Madaleno

Editores

Erich Prates - Mariana Madaleno

Coordenação Executiva Erich Prates

Jornalista Responsável

Talyta Grandchamp – MTB 57.760

Clima de Romance

Revisores

Aline Costa, Viviane Godoy e Lázaro Carvalho

Direção de Arte Felipe Cavalcanti

Projeto Gráfico

Allan Marcel - Erich Prates

Designers

Lucas Anacleto - Júlio César Silva - Wagner Bonfim - Thamara Ranciaro

Fotos

Acervo de fotografia Felizcidade | Foto de Capa: Adriana Fernandes

Anuncie (12) 3911-2228

anuncie@felizcidade.net

Informações

(12) 3941-4108 - contato@felizcidade.net Rua Euclides Miragaia, 548 - Centro – CEP: 12245-820 São José dos Campos - SP A Revista FelizCidade é uma publicação semanal da Editora Inspire em parceria com a PIB em São José dos Campos. As publicidades contidas nesta edição são de única e exclusiva responsabilidade dos anunciantes, não cabendo a Editora Inspire qualquer obrigação de responder sobre o conteúdo e veracidade de tais peças. Fica também a critério da Editora Inspire selecionar as propagandas que serão veiculadas. O conteúdo e informações contidos nas matérias e artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos articulistas.

Circulação

Caçapava, Caraguatatuba, Jacareí, Jambeiro, Paraibuna, São José dos Campos, Taubaté, São Paulo e Rio de Janeiro.

Impressão

Allcor Gráfica

Distribuição

4.200 exemplares Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização prévia. Para solicitar autorização envie e-mail para revista@felizcidade.net

Auditagem __________________________________________________

Diretor Executivo João Carlos Pupio

Diretor Comercial Márcio Keske

Diretora de Redação

Mariana Ceruks Madaleno

Coordenação Editorial Viviane Godoy

Informações

(12) 3911 2228 contato@editorainspire.com.br www.editorainspire.com.br

O

Mariana Madaleno faz parte da equipe editorial da Revista Felizcidade, conecte-se com ela facebook.com.br/mariceruks @mari_crks

friozinho se aproxima e traz com ele todas as memórias dessa deliciosa época do ano. Uma de suas datas mais apreciadas é o Dia dos Namorados. Enquanto alguns escolhem a dedo um presente especial, outros brincam com o fato de estarem solteiros por mais um ano. E ainda, outros se perguntam porque uma data tão comercial ganhou tanta importância em nossos dias. Nossa matéria de capa fala sobre este tempo tão especial que é o namoro – não com o intuito de fazer pessoas gastarem um pouco mais, mas sim, refletir sobre seu real sentido e propósito. Mais do que levantar uma bandeira do namoro cristão que não contempla o sexo, a matéria mostra que quando ele acontece em limites saudáveis, em todas as áreas, o namoro torna-se uma experiência enriquecedora, prazerosa e reveladora, capaz de construir uma base sólida para um casamento feliz. Se falamos dentro de um contexto capitalista e ocidental repletos de datas para movimentar o comércio, também adentramos nessa edição numa realidade bem diferente. Nossa editoria Conheça o levará ao Egito, um país de heranças milenares e relíquias da antiguidade, mas que hoje vive sob profunda perseguição religiosa e crises políticas. É nesse contexto que um dos ministros da PIB em SJC participa de uma Conferência de Oração e Encorajamento naquele país. Leia e sinta-se incentivado a orar por aquele povo. De volta às terras brasileiras, sabemos que o frio não traz só o romance e o bom paladar. A região luta contra um surto da gripe H1N1, com números recordes de casos e mortes. Nossa entrevistada da semana, a Dra. Juliana Assumpção, dá todas as dicas de como se cuidar e até mesmo evitar contatos desnecessários em ambientes de risco, como os próprios hospitais. Se até na saúde precisamos respeitar nossos limites, que dirá em nossos relacionamentos. Que vivamos em sabedoria, respeitando a nós mesmos e aos outros. Aí sim, o amor estará no ar! Aproveite!

felizcidade.net | 3


DIZ AÍ expressão e atitude

REVISTA DE QUALIDADE

Queremos sua participação no conteúdo da revista FelizCidade. Envie suas sugestões de matérias e faça parte da revista.Você pode estar na proxima edição. Você também pode acessar as edições anteriores da revista FelizCidade pelo site www.felizcidade.net e conferir todo conteúdo.

“Gostaria de parabenizar a equipe da Revista FelizCidade pela excelente qualidade das matérias dessa semana, em especial a receita da feijoada, uma ótima dica para saborear em comunhão com nosso Pequeno grupo. Parabéns.” Fernando Lopes - Publicitário

#EuLeioFelizcidade

revista@felizcidade.net

revistafelizcidade

NESTA EDIÇÃO

07

Pastoral Uma igreja que ama sua cidade

21

Família Qual jogo meu filho pode jogar?

09

Quem? Juliana Lima: médica fala sobre a H1N1

22

Conteúdo Conferência Felizcidade: amor para todas cidades

11 13 15 20

Imagine Um sonho em obras

24 26 31 34

Conheça PIB na ajuda aos perseguidos do Egito

Hummm Os sabores da Nigéria Eles Decisão Estar Bem Colesterol um vilão para muitos

Conheça ECA e Conselho Tutelar você conhece sobre eles? Solidariedade Conheça o projeto do novo Centro Social do Jd Primavera Reflita Maneiras para o homem liderar a família

17

CAPA

Dia dos Namorados: o amor na medida certa


6 | felizcidade.net


PASTORAL juntos somos melhores

UMA IGREJA QUE AMA SUA CIDADE “Trabalhem para o bem da cidade para onde eu os mandei [...] Orem a mim, pedindo em favor dela, pois, se ela estiver bem, vocês também estarão.” Jr. 29.7 NTLH

A

PIB na cidade de São José dos Campos e a nossa Rede de Igrejas da Cidade, desenvolvem uma visão de servir e alcançar nossas cidades, servimos de dentro para fora. Somos inclusivos e não exclusivistas. Em especial estamos contribuindo com o desenvolvimento espiritual, social, solidário, familiar, relacional, cultural e esportivo. Desde 1942 nossa igreja está estabelecida aqui, e hoje contribuímos diretamente com o bem estar de nossa cidade das seguintes maneiras:

• Desenvolvendo uma rede de quase 500 Pequenos Grupos espalhados em toda cidade e região interagindo com atos de bondade e abençoando vidas; • Através de ministérios, da juventude Eleve, com eventos como o Reação durante o carnaval e o Eleve Resgate, que todos os sábados atua pela cidade na porta de baladas e shows ajudando jovens que precisam de apoio. • Através da manutenção da Rádio Cidade AM 1120, que diariamente serve a cidade com serviço de notícias, esporte, prestação de serviço comunitário e conscientização social. Sendo a mais tradi• Orando diariamente pelos governantes cional rádio AM da região estabelecida e pela população. Semanalmente através desde 1946. de diferentes celebrações, apresentando • Através de programas de inclusão mensagens bíblicas, ensinando valores e sócio-educativos com crianças, juniores, corrigindo distúrbios de caráter e atitudes, adolescentes e juventude, atingindo e assim integrando melhor as pessoas as diretamente 2.000 vidas através de ativisuas famílias e a sociedade em geral. dades sociais e culturais, como dança e • Cuidando diretamente de mais de quase esportes. 10.000 vidas, sendo 2.500 famílias, 8.000 • Através de uma rede de 156 ministémembros batizados e mais 1.500 crianças rios onde atuam 1.200 voluntários, que da nossa comunidade (aconselhando, dentre eles destacamos o R.U.A.S. e intermediando conflitos, apoiando sócio- CASA AMOR (atendendo moradores de -financeiramente, ensinando sobre amor, rua), BELAS (atendendo profissionais do paz, perdão e esperança). sexo), POSITIVO (portadores de AIDS/ • Atendendo 1.500 pessoas por mês nos HIV Soro Positivo). 18 programas sociais da ABAP; • Através do programa CR – Celebrando • Incluindo 200 famílias no programa a Recuperação que atualmente conta social do Mercado Solidário; com cerca de 600 pessoas que estão • Servindo e cuidando de mais de 400 percorrendo os 12 passos em busca da crianças com as nossas Creches Jardim liberdade contra maus hábitos, desvios Flamboyant e Jardim Primavera; convemorais, dependências ou codependência. niadas com a Prefeitura da cidade. • Através da Rede de quase 400 empre-

Carlito Paes Pastor Sênior da PIB em SJC e da Rede de Igrejas da Cidade facebook.com/carlitopaesoficial @carlitopaes

sários (em especial pequenos e micros), denominado Negócio Fechado, que semanalmente se reúne para inspirar, educar e encorajar a vida destes empreendedores. • Abraçando de forma solidária iniciativas como a campanha do Abrace o GACC e a Escola Ágape. • Incentivando arrecadação de alimentos para famílias carentes, como foi o caso do Auto de Páscoa, que arrecadou 20 toneladas de alimentos que foram doadas a diversas entidades sociais da cidade. • Elegendo 2013 como o Ano da Doação e, assim, mobilizando voluntários para causas sociais em toda cidade. Queremos fazer muito mais, com o envolvimento de toda nossa comunidade, porque juntos somos melhores! Que nossa igreja continue sendo uma igreja que vive o evangelho integral nas cidades!

felizcidade.net | 7


O MINISTÉRIO IGNIÇÃO (0 A 8 ANOS) FUNCIONARÁ NORMALMENTE


QUEM vida que faz a diferença • Texto Talyta Grandchamp e Mariana Madaleno

Na luta contra o H1N1

J

uliana de Assumpção Lima é médica, formada pela UNITAU e especializada em Medicina de Família e Comunidade, com residência na Faculdade de Medicina do ABC. Hoje atua no Pronto Socorro do Hospital e Maternidade São José e compartilha com a FelizCidade sobre a situação do crescimento de casos da gripe H1N1 e como se prevenir. A gripe H1N1 chegou mais cedo esse ano? Não podemos apontar para apenas um foco, mas ela realmente chegou mais cedo, temos constatado este fato. Um dos fatores que pode ter causado isso, foi a antecipação também das temperaturas mais amenas. Estamos enfrentando uma epidemia? Há motivos para preocupação? Ainda não chega a ser uma epidemia, mas existe o estado de alerta pelo número de casos. Há motivos para se precaver, cuidar da saúde e tomar a vacina, especialmente nos grupos de alto risco. Estamos hoje em uma situação de alerta, os profissionais de saúde estão olhando com mais cuidado para as síndromes gripais. Ao apresentar qualquer sintoma relacionado, o paciente precisa procurar ajuda. Quais as melhores formas de prevenção? A transmissão do vírus acontece através de gotículas de pessoa para pessoa, por contato direto, como beijos, apertos de mãos e abraços. Se você está com gripe, tem que tampar a boca na hora de espirrar ou tossir. É recomendado a todos que sempre lavem as mãos e ter sempre álcool em gel ao alcance. Além disso, evitar lugares fechados e aglomerados, com muita gente. Todos esses fatores facilitam a transmissão do vírus. Para se prevenir, é importante também manter uma vida saudável, com uma alimentação com muita vitamina C e Zinco, que ajudam na imunidade.

O que diferencia a gripe comum da H1N1? Os sintomas são parecidos com a da gripe comum, mas a febre normalmente é mais alta e seu início é súbito. Na H1N1, não há muita obstrução nasal, o que já é comum na gripe comum. Outros sintomas específicos são uma tosse mais seca e a falta de ar. Ao apresentar muita prostração, falta de ar, febre alta e súbita, acima de 38 graus, é preciso procurar assistência imediatamente. Crianças podem apresentar diarreia e vômito. Também podem surgir complicações mais graves como pneumonia causada pelo próprio vírus ou por infecção bacteriana sobreposta, dificuldade respiratória aguda, edema pulmonar, o que ocorre principalmente nos “grupos de risco”. As pessoas que foram vacinadas correm o risco de serem contaminadas? A vacina diminui o risco de contaminação, mas não impede que a pessoa venha a adquirir o vírus. A partir do momento da vacinação, são necessários dez dias para que o efeito desejado aconteça. A pessoa vacinada pode vir a pegar a doença, mas como já possui imunidade a ela devido à vacina, ela combate o vírus mais rapidamente e evita os seus efeitos mais graves. Quem não é do grupo de risco é recomendado se vacinar também? O Ministério da Saúde tem recomendado a vacina apenas para o grupo de maior risco, mas se a pessoa tem a possibilidade de se vacinar, é recomendado, sim. Quais são os grupos de risco que devem tomar a vacina? Crianças de seis meses a dois anos, gestantes, profissionais da área de saúde, idosos e pessoas com doenças crônicas. Precisam entrar em contato com a Prefeitura para descobrir quais os postos têm a vacina.

#CONECTE

juassumpcao@yahoo.com.br www.sjc.gov.br

felizcidade.net | 9


IMAGINE vida em comunidade

ANDAMENTO DA OBRA DO BATISTÉRIO

O Sonho em obras

O

projeto do Batistério já começou a sair do papel. O processo de escavação iniciou. Também foram feitas as marcações totais dos gabaritos. Com um contrato fechado com as empreiteiras que vão colocar a mão na massa e transformar esse sonho em realidade, essa semana as atividades já começam. Faça parte você também desse projeto!

felizcidade.net | 11


EC M OS

DISPE

DISPEMEC, UMA EMPRESA QUE VAI LONGE.

N

25 A Siga a Dispemec no Facebook: www.facebook.com/Dispemec

www.dispemec.com.br

A tradição reconhecida no mercado de autopeças já vem de longa data, mas está sempre de olho no futuro, preparada para atender as necessidades de seus clientes, com qualidade e eficiência.


HUMMM bom apetite • Texto Chef Marco Antonio

Nigéria

C

om a chegada da Copa das Confederações em nosso país, aproveite para conhecer mais da culinária dos países participantes. A Nigéria, por exemplo, teve um destaque especial por ser um país e uma cultura pouco conhecidos por nós brasileiros. Os tira gosto são servidos em abundância em toda a Nigéria. No interior você pode experimentar os magníficos iogurtes feitos pelas mulheres fulani; o costume é servir em um tigela de cabaça e misturar com bolas de milho moído. Entre os pratos típicos, destaque para uma espécie de molho picante feito com inhame, pimentão vermelho, pimenta malagueta e tomate. Chamado de sopa, o prato ainda ganha bastante carne de vitela ou cabra, alguns preferem colocar o peixe. Já o “Dodo”, feito com pedacinhos de banana frita, é bastante consumido por lá. Eles consomem também: carne de boi, peixe assado na brasa, bacalhau seco, arroz, legumes, frango, azeite de dendê e extrato de tomate. Na Nigéria e nas zonas costeiras da zona Oeste africana, as malaguetas são muito utilizadas, juntamente com peixes marinados em gengibre, tomate e pimenta de caiena, cozidos em óleo de amendoim. Se você não gosta de pimenta, tome cuidado! Mas se você gosta, a culinária nigeriana é uma ótima pedida.

1 xícara (chá) de arroz 3 colheres (sopa) de azeite 1 colher (chá) de cominho 1 colher (chá) de curry 1 colher (café) de noz-moscada 1 cebola picada 2 dentes de alho picados quanto baste de gengibre ralado 1 pimentão verde picado 2 colheres (sopa) de extrato de tomate 2 tomates em cubos pequenos 1 cenoura em cubos pequenos 500 gr de alcatra em cubos médios 1/2 xícara de ervilha 1/2 xícara de vagem quanto baste de sal quanto baste de cúrcuma 200 ml de caldo de legumes Preparo: Aqueça uma panela e adicione o azeite. Adicione a cebola e o alho picados. Acrescente o pimentão verde, o gengibre, a carne, cenoura, tomate, todos os temperos. Doure bem tudo. Depois coloque o arroz e misture com tudo isso. Acrescente o caldo de legumes. Depois mexa e cozinhe. Logo em seguida com o arroz quase cozido acrescente a ervilha, vagem, cúrcuma e corrija o sal. 

www.aboacozinha.com facebook.com/aboacozinha.gastronomia aboacozinha@hotmail.com

Imagem meramente ilustrativa

#CONECTE

Arroz Jollof

felizcidade.net | 13


ELES uma jornada de conhecimento • Texto Diogo Andrade

DECISÃO

Seja o seu ‘sim’, ‘sim’, e o seu ‘não’, ‘não’. Mateus 5.37

P

recisamos tomar decisão o tempo todo. Algumas são simples e não exigem muito de nós. Já outras, é preciso parar um pouco para pensar. Decisões por exemplo, de com quem se casar e quantos filhos ter, requer de nós uma atenção especial. As coisas a nossa volta acontecem rápido demais e dependendo do tempo que levamos para decidir, seja pelo sim ou pelo não, podemos perder oportunidades. Como seres humanos, fomos dotados de tal capacidade. Em Jesus, recebemos a liberdade de dizer “Sim” e também “Não”. Já a responsabilidade por cada decisão que tomamos, depende apenas de nós. Por mais influências que possamos receber e independente de onde elas venham, a decisão é sempre pessoal e intransferível. Nós homens, fomos chamados por Deus para decidir. A próxima ação depende de uma decisão nossa em dar ou não o próximo passo. Nunca saberemos ao certo quais as consequências ou riscos de uma decisão. Mas fato é, que, precisamos decidir o tempo todo. A omissão não foi uma característica dada por Deus aos homens. Muito menos a passividade. Como homens, precisamos decidir dizer sim para Deus e não para o pecado. Sim para o que nos aproxima de Deus e não para o que nos afasta Dele. Sim para resolver conflitos e não para as brechas do silêncio. Em um relacionamento afetivo, nós homens precisamos ser os primeiros na tomada de decisão para a busca diária de uma vida de devoção a Jesus. Precisamos ser os que chamam nossas esposas e namoradas para orar. Precisamos ser os que dizem sim para um relacionamento A3. Por mais apoio que possamos ter de nossas parceiras, não podemos esperar que elas tomem iniciativa. Essa capacidade foi a dada por Deus, a nós. Podemos ver nossas famílias sendo afligidas pelo pecado e inconstância. Pelo medo e insegurança. Mas a decisão de ver tudo acontecer e nos manter apáticos, é nossa. Não podemos mudar a maioria das circunstâncias que nos envolvem. Mas podemos fazer parte da mudança, enquanto a geramos em oração.

Não temos a capacidade de mudar as outras pessoas, mas podemos lançar presentes espirituais através da oração para qualquer pessoa. Seja alguém que nos feriu ou mesmo alguém que amamos. Podemos profetizar mudanças, cura emocional, transformação de caráter. A decisão é nossa. Como homens, como filhos de Deus. Decisão pela apatia e passividade ou a decisão de posicionar como profetas e agentes de transformação. A decisão de não nos conformar com o que vemos, e, mesmo com o que acontece diante dos nossos olhos. A decisão de chamar a existência o que não existe, como quem vê pelos olhos da fé e não com a nossa visão humana limitada. Temos uma decisão a tomar, hoje, agora. Continuar a viver do mesmo jeito que vivemos até aqui ou nos levantar e fazer diferente. Fazer algo novo. Profetizar sobre aqueles com quem convivemos. Os que nos fazem bem ou mal. Ou podemos tomar a decisão de continuar do mesmo jeito, agindo insanamente, pensando que uma hora as coisas se ajeitam. Como se não dependesse de nós. A pergunta que precisamos responder hoje como homens, talvez seja: Será que estou onde as minhas decisões me levaram, ou cheguei até aqui enquanto evitava tomar qualquer decisão? A vida com Jesus é uma vida de constante movimento, e nós decidimos se vamos caminhar ou ficar estagnados. Deus lhe chamou para continuar no mesmo lugar que você está? Ou hoje, você pode ouvi-lo lhe chamar para tomar uma nova decisão?

felizcidade.anet | 15


CAPA • Texto Mariana Madaleno

Para se apaixonar O dia dos namorados movimenta o comércio a cada ano. Mais do que presentes e romance, casais têm escolhido viver o namoro segundo o padrão de Deus

D

a segunda semana de Junho, as vitrines das lojas e as propagandas ficam repletas de corações e flores. O Dia dos Namorados se aproxima. A data que remete à tradição europeia do Dia de São Valentim, e que hoje ganha um caráter extremamente comercial no Brasil, movimenta o varejo e as emoções de muita gente. Mesmo com tantas mudanças sociais, apaixonar-se ainda marca a vida dos jovens. Muitos deles têm escolhido viver o namoro de forma diferente do que o proposto pelas convenções pós-modernas e creem num casamento feliz.

felizcidade.net | 17


CAPA

D

esejo de estar junto, compartilhar experiências e firmar um compromisso, ainda que não o matrimonial. Tudo isso define o que é considerado namoro pelos jovens de hoje. Pesquisas mostram que o jovem brasileiro em média, namora e deseja o casamento, mas não necessariamente tem o compromisso de namoro com alguém pensando neste objetivo. O número de casamentos formais têm crescido no país e têm acontecido mais tarde: a média de idade de mulheres se casando é de 28 anos, e para os homens, 26, segundo o IBGE. O namoro é algo aceito e propagado em nossos dias, porém, há muitas formas de namorar e se relacionar. Jovens cristãos têm se posicionado com cada vez mais clareza sobre a forma como escolhem se relacionar, na contramão das tendências prevalecentes. O movimento Eu Escolhi Esperar, liderado pelo pastor Nelson Junior, por exemplo, tornou-se um verdadeiro fenômeno no Brasil, trazendo palestras sobre como ter um namoro saudável, sexualmente puro e voltado ao casamento. Se existe a liberdade de escolher, milhares de jovens têm escolhido esperar pelo casamento para terem relações sexuais. Mas o namoro cristão vai muito além da abstinência sexual antes do casamento. O pastor Marcos Madaleno, da juventude da PIB em SJC, aponta que, apesar do conceito do namoro não estar literalmente na Bíblia, é possível encontrar princípios que o norteiam. “A base do romance alto padrão é o amor de Deus fluindo em nossas vidas (...). É um relacionamento que funciona em duas vias, existe uma admiração mútua, um amor sincero e aberto, existe pureza e fidelidade”, cita Madaleno em seu livro Minha Vida Não é Cinema (Ed. Inspire), que fala sobre o tema.

E completa: “o namoro é um tempo de conhecimento, de compromisso e amizades mais profundas, mas deve acontecer em pureza, com bons conselhos e muita conversa e oração. Existem casais que têm no namoro um envolvimento próprio somente para o casamento, seja nas emoções, no sexo, até mesmo financeiramente. Criam problemas e feridas profundas. Quando terminam, não é de se admirar que sofrem como se tivessem se divorciando. O padrão de Deus é sempre o melhor para nós.” Existem muitos casais escolhendo viver dessa forma. Ananda (26) e Bruno (31) namoram há cerca de um ano e ficaram noivos alguns meses. A história de amor entre os dois começou na igreja, onde se conheceram e se tornaram amigos. “Fazíamos a Campanha da Alvorada no mesmo horário, e ela dava aulas de inglês logo depois. Sempre conversávamos depois do culto e fomos nos tornando grandes amigos”, conta Bruno. “Mas ele logo deixou claro que não queria apenas uma amizade”, relembra Ananda. “Conversamos com o nosso pastor, que nos encorajou e aconselhou. Passamos por um período de oração de 50 dias e começamos a namorar.” O casal não se arrepende da escolha que fez. “Já namorei fora da igreja e sei que isso envolve ciúmes, insegurança e chantagem emocional, além do isolamento. ‘Não cuide da minha vida’, é algo muito comum. Na igreja, temos um apoio, o que dá segurança e visão. Sei para onde correr quando tenho um problema, não me sinto coagida, mas cuidada. Hoje eu acredito no casamento”, diz ela. “Foi essencial o tempo que tivemos para conversar, num ambiente legal, se conhecendo. As coisas fluíram naturalmente. Minha intenção sempre foi o casamento. Logo no início do namoro fiz uma poupança com um valor simbólico, mostrando quais eram as minhas reais intenções, e as confirmações foram chegando”, completa Bruno.

Série de mensagem especial no mês de junho

Eleve Extreme (13 a 18 anos) - “Puro Sexo Puro” Eleve Livre (19 a 29 anos) e Eleve Up (30+) - “Minha Lovestory: Como na Vida Real” Eleve A3 (jovens casais de namorados, noivos ou recém-casados) - “Resoluções”


Dia dos Namorados

Hoje essa é uma das principais datas comerciais do ano, começou no Brasil justamente como uma estratégia de marketing. Em 1949, o publicitário João Dória decidiu trazer para o Brasil a tradição do Valentine’s Day, comemorado em fevereiro na Europa e Estados Unidos, incentivando casais de namorados a presentearem-se. Até então, Junho era um dos meses mais fracos para o varejo. A estratégia deu certo: atualmente, a data é comemorada em todo o país. Em São José dos Campos, a expectativa dos comerciantes para esse ano é de vendas 5,3% maiores do que o mesmo período do ano anterior, segundo pesquisa da Associação Comercial e Industrial da cidade. Entre os artigos mais cotados, estão roupas e calçados. A pesquisa ainda aponta que 60% dos comerciantes realizam promoções específicas para a data.

Séries de Mensagens sobre Namoro

O assunto de namoro, sexo e casamento sempre gera diversas dúvidas entre os jovens e adolescentes. Neste mês de Junho, a juventude Eleve, da PIB em SJC, realiza séries de mensagens voltadas especialmente a esse tema. Os adolescentes do Eleve Extreme (13 a 18 anos), na série “A Verdade Nua e Crua”, vão falar sobre os anseios, perguntas e escolhas próprias dessa fase da vida. O Eleve Livre (19 a 29 anos) e o Eleve UP (30+) terão uma série toda especial: “Minha Lovestory: Como no Mundo Real”, que vai trazer a tona o processo de conhecer alguém, o namoro e a decisão de se casar. Já o Eleve A3, voltado a jovens casais namorados, noivos e recém-casados, realiza a série “Resoluções”, sobre como fazer o relacionamento dar certo, do jeito de Deus. Todos os encontros do Eleve acontecem aos sábados, às 19h, no Campus Colina. Encontros também acontecem no mesmo dia e horário nas extensões da PIB em SJC na Zona Norte e Zona Sul, além das Igrejas da Cidade.

felizcidade.net | 19


Família as relações que importam • Texto Douglas Santos

Qual jogo meu filho pode jogar?

N

os últimos meses tenho sido procurado por diversos pais com dúvidas sobre quais jogos os seus filhos estão aptos a jogar. Eu particularmente gosto muito de videogame. Tenho duas plataformas em casa e quando tenho um tempinho de lazer, acabo desfrutando dos jogos que tenho e que também empresto de amigos. Este questionamento é muito válido, pois uma criança não pode entrar no cinema para assistir um filme se a classificação for contrária a sua faixa etária. Ela só pode assistir ao filme acompanhada por um responsável legal que assuma que está sobre os cuidados dele. O processo de classificação indicativa adotado pelo Brasil considera a corresponsabilidade da família, da sociedade e do Estado na garantia à criança e ao adolescente dos direitos à educação, ao lazer, à cultura, ao respeito e à dignidade. O modelo brasileiro conta com a participação de órgãos públicos e da sociedade civil. É exercido de modo objetivo e democrático, para possibilitar que todos os interessados na informação possam participar do processo. A política pública de proteção de crianças e adolescentes deve acompanhar a velocidade dos avanços tecnológicos e estar em constante atualização. Tudo isso, para explicar um simples tema, que a meu ver, parece banalizado no nosso país: os jogos possuem classificação etária! Assim como filmes, programas na TV, nem todo jogo é para todo mundo. Se o usuário final é uma pessoa com menos de 18 anos, cabe ao responsável verificar se o jogo é adequado ou não. Ninguém melhor do que os pais para julgar se o seu filho pode ou não lidar com violência simulada, insinuações sexuais ou uso de bebida alcoólica. Os jogos influenciam! Respeite a classificação que os órgãos reguladores do nosso país estipulam. Esta é uma das provas para saber se o seu filho está apto a jogar ou não. Outra importante que não deve ser descartada é o que o Espírito Santo ministrar em seu coração!

#CONECTE

www.brasil.gov.br

felizcidade.net | 21


CONTEúDO amplie seu conhecimento • Texto Talyta Grandchamp

Conferência FelizCidade: igrejas transformando cidades Um feriado para ficar marcado na história da PIB em SJC, sua Rede de Igrejas da Cidade e de todos os participantes. A Conferência que veio para ficar ressalta o chamado da Igreja às cidades

A

Adoração, paixão, aprendizado, fé, comunhão, esperança, sonhos. Um despertar do amor em cada coração e da visão de Deus para as cidades.. Assim foi a primeira edição da Conferência FelizCidade da Primeira Igreja Batista em SJC e Rede de Igrejas da Cidade, no feriado de 29 de maio a 1 de junho, no Campus Colina. Além dos 1.200 inscritos, mais de 3.000 pessoas participaram dos quatro dias pela internet. As igrejas internacionais como IC Mount Vermont (NY) e IC Cascais (Lisboa/ Portugal) acompanharam tudo ao vivo, pela web, e puderam receber o mesmo que quem esteve presente sentiu.

Amor às Cidades

O frio não foi capaz de esfriar o ânimo de ninguém. Cerca de 800 pessoas marcaram presença na abertura do evento, que contou a participação especial da cantora Heloísa Rosa, da Igreja Batista de Contagem. Heloísa aqueceu e emocionou com suas canções de adoração. Seguindo na mesma temperatura, o pastor sênior Carlito Paes trouxe uma mensagem para inspirar a todos a cuidarem da cidade, da família, de si, do trabalho e da vida. Lembrou a todos sobre a importância de cuidarmos do local que vivemos e agirmos pelo bem dessa sociedade. Já na manhã gelada de quinta-feira, quem enfrentou a preguiça e saiu da cama não se arrependeu. A pastora Viviam Ribeiro falou sobre o MDA (Meu Discípulo Amado) – uma história de amor, altruísmo e fé, com embasamento bíblico e exemplos de vida. A pastora mostrou a importância da vida na vida, do 1+1. “É um momento saudável que acontece geralmente no contexto do PG, com pessoas do mesmo sexo e idades compatíveis, gerando portanto um lugar de encorajamento e prestação de contas”, ressaltou. A pastora de Discipulado explicou sobre as conversas que ocorrem neste ambiente, relacionamento com Deus, com a família, com a sociedade e consigo mesmo. Baseada no livro “O Grito das Incluídas”, de Nancy Dusilek, a Pastora Leila Paes trouxe logo em seguida um tema importante, “As Mulheres da Linhagem de Jesus”, que mostra quanto somos importantes e inclusos, assim como foram estas mulheres na história de Jesus. Assim como Tamar, Raabe, Rute, Bete-Seba e Maria, ela explicou que não devemos nos render diante da injustiça mas permanecer e ter fé para que Deus transforme nossa história. Precisamos desfrutar do amor ágape de Deus, e buscar Nele a restituição de todas as perdas e humilhações sofridas.

22 | felizcidade.net


Exemplos de vida e lealdade

Depois de um momento especial de comunhão, o período da tarde de quinta foi recheado de conhecimento, edificação e intercessão, com o Pastor Hernandes Dias Lopes, da Primeira Igreja Presbiteriana de Vitória (ES). O pastor, um dos mais reconhecidos estudiosos da Palavra no país, abordou a vida de Elias e mostrou como Deus primeiro trabalha em nossa vida para depois atuar por meio dela. Destacou ainda que o deserto que podemos passar está na agenda de Deus, no qual o Espírito Santo ministra e forja o caráter de líderes. “Deus está mais preocupado com que você é do que com o que você pode oferecer e fazer em sua Obra. Ele quer moldar o seu caráter!”, destacou o pastor. Hernandes Lopes ainda ressaltou que Deus não unge métodos, mas homens para pregar o evangelho. Finalizou confrontando os participantes, ao questionar onde estão os “Elias do Senhor”. Pela noite, o pastor Hernandes compartilhou uma impactante mensagem sobre a vida do Apóstolo Paulo. Mais do que um vasto e profundo conhecimento bíblico, o pastor pôde transmitir o exemplo de vida, caráter e amor a Deus que Paulo demonstrou em sua caminhada. O casal Joab e Denise Beti ficou emocionado e animado com a palavra que ouviram. “Foi um despertar sobre a essência do evangelho, um ministério evangelista, motivado pelo amor a Cristo, sem interesse pessoal, com verdadeira conversão”, conta Joab. “Foi impactante também o alerta sobre não nos acomodarmos, pois, se olharmos para história de Paulo descobrimos que ainda há muito para amadurecer na peregrinação cristã. Como disse o pastor Hernandes ‘No que diz respeito a vida Cristã não há como se formar e nem se aposentar’”, lembrou Denise. Na sexta-feira de manhã, o pastor Fabiano Ribeiro liderou um momento de quebrantamento e oração com a mensagem sobre a vida de Davi, com o tema “Lealdade e Deslealdade”. Lembrou aos participantes que precisamos seguir o caminho de vida baseado na Palavra, também em relação às autoridades estabelecidas por Deus em nossas vidas. Junto com os demais pastores da Rede de Igrejas da Cidade presentes, todos oraram pelas diversas áreas da vida como: família, política, violência, entre outros assuntos cotidianos. O pastor Marcos Madaleno finalizou a conferência de sexta-feira de manhã, com uma mensagem de incentivo para os jovens. Com o tema “Inspirando e mobilizando a juventude para o ministério”, falou sobre a importância de ser missionário, ainda que dentro de casa, além do crescimento pessoal e espiritual que o ministério traz para cada um que participa dessa obra. No sábado de manhã, o médico e deputado estadual Carlos Alberto Bezerra Jr relembrou a todos do chamado

de Deus à igreja para influenciar as cidades de forma ampla e incisiva. Com base no texto de Jeremias 29.7, lembrou da responsabilidade do povo de Deus em orar por sua cidade, indo na contramão do consumismo e individualismo que invadem a sociedade, mas vivendo com consciência ambiental, social e cívica. Em uma Conferência tão feliz como essa, o encerramento não poderia ser diferente Com momento de comunhão na Ceia e uma palavra inspiradora, com o tema “Deixe a visão desta igreja contagiar você”, o pastor Carlito Paes falou da importância em ser uma pessoa corajosa, comprometida, ousada, com uma vida desprendida, espiritual e convicta para fazer parte de uma grande história, escrita por cada um em seu ministério. Para a enfermeira Raquel Scarinzi, a Conferência FelizCidade mostra a visão da PIB para a conquista e, principalmente, para o crescimento de cada cidade da Região Metropolitana do Vale do Paraíba. “Este foi um momento importante de intercessão para todo o Vale do Paraíba. Acredito também que este é um tempo de levantar líderes para estar a frente desta expansão”, destaca. A Conferência encerrou com a certeza de que, apesar de a primeira edição ter sido excelente, a próxima será ainda melhor. “Temos certeza que no próximo ano será ainda melhor. As ministrações foram muito especiais, culminando com um número significativo de vocacionados, que foram abençoados e enviados para o ministério. A participação das Igrejas da Cidade foi muito especial também, demonstrando a unidade da Igreja de Cristo e da concretização da visão – uma Igreja muitos lugares, onde todos estão unidos em ganhar todas as pessoas para Jesus”, conta a ministra Carmen Rangel.

Como igreja podemos:

• modificar as regras do jogo da vida • mudar o coração das pessoas • curar a alma ferida pelas mágoas do pecado • transformar o ódio em amor • levar as pessoas ao arrependimento • ajudar as pessoas a saírem do álcool, das drogas, do tráfico, do roubo, da prostituição, da corrupção e da mentira • ser voz profética e condenar a injustiça social • anunciar a volta de Jesus *Mensagem de sábado - pr. Carlito Paes

felizcidade.net | 23


CONHEÇA fique por dentro • Texto Talyta Grandchamp

Mais um membro da PIB no Egito Dessa vez, o ministro Glaubert Cantuária foi o escolhido para atravessar o oceano. A realidade deles é triste, com grande pressão e sofrimento, mas muitos encontram forças no amor sobrenatural de Deus para superar

U

m país marcado pelos séculos, com registros de seu povo no livro mais antigo e lido do mundo, a Bíblia. Desde aquela época já se via a perseguição que o povo sofria. Apesar de o cristianismo ter alcançado o Egito no primeiro século depois de Cristo, e o islamismo séculos depois, o islã arrastou uma grande massa com ele. Atualmente o Egito tem 83,6 milhões de pessoas, apenas 10% delas são cristãs. De acordo com pesquisa da organização Portas Abertas (ONG internacional em favor dos cristãos perseguidos pelo mundo) , é o 25o país, na lista dos mais perseguidos.

24 | felizcidade.net

Egito

Com território quatro vezes maior que o Estado de São Paulo, pouco é aproveitado, já que grande parte é deserto. Apenas 3% da terra é aproveitada, às margens do Rio Nilo, a grande fonte desse povo. A Península do Sinai território estratégico que é a única ligação entre a África, a Europa e o Oriente Médio - também está em território egípcio. Além disso, é o Egito quem controla o Canal de Suez, a ligação marítima que permite o caminho mais curto entre o Oceano Índico e o Mar Mediterrâneo. Com uma economia baseada na agricultura, exportação de petróleo, taxas alfandegárias cobradas de navios que transitam pelo Canal de Suez e de turismo. O Egito também tem grande participação no mercado de energia bem desenvolvido, com base no carvão, petróleo, gás natural e hidroelétricas. Para se ter uma ideia dessa produção, no nordeste do Sinai os depósito de carvão chegam a produzir 600 mil toneladas ao ano. Com enormes reservas de gás. Cerca de 43% da população vive em áreas urbanas, mas as condições de vida são bem degradantes em algumas regiões. Com temperaturas que podem ultrapassar os 400 e chances que chegam a zero de chuva, esse povo vive de forma surreal comparada a nossa.


Perseguição

O sofrimento dos que fazem a escolha por outra religião, senão o islamismo, vai longe. A descriminação já começa na língua falada. Apesar de o árabe ser a língua oficial, existe uma distinção na comunicação do pais. Os que falam o inglês e francês fazem parte da elite culta, já o copta (uma versão modificada do alfabeto Grego) é usado pela minoria de cristãos em práticas religiosas. Os muçulmanos que optam pela conversão ao cristianismo sofrem severas perseguições, são marginalizados pela sociedade, presos, torturados e até mortos. Isso tudo acontece com o apoio do governo, já que não reconhece outra religião no país que não seja o islã. Felizmente, mesmo com toda essa perseguição, muitos muçulmanos se convertem a cada ano, mas para viverem, escondem essa decisão. Quando resolvem se casar, são obrigados a fazerem a cerimônia de acordo com a sharia (lei islâmica) e as crianças recebem toda orientação religiosa islâmica nas escolas. A pressão partidária e a violência tem levado muitos cristãos a fugir do país, pesquisa realizada pela World Watch Monitor, agência de notícias da Portas Abertas, mostra que desde 2011 milhares de cristãos foram embora. Apesar de para muitos especialistas, o Egito estar em um momento crucial entre o extremismo religioso e a democracia, muitos acreditam que possa ser essa a hora da mudança. De acordo a organização Portas Abertas, há dois anos, desde a deposição do presidente Hosni Mubarak (que todos presenciamos pela mídia, as manifestações e mortes), o Egito tem vivido maior liberdade de expressão. Desde que a revolução aconteceu o povo consegue falar, consegue dar sua opinião. Enquanto houver esse espaço há esperança.

Apoio

É nesse conceito de levar apoio aos que querem uma vida cristã e de apresentar Jesus Cristo aos muçulmanos, que igrejas do mundo todo fazem parcerias a favor do Egito. A Primeira Igreja Batista em SJC está presente nessa ajuda. A primeira viagem, foi realizada pelos pastores Carlito e Leila Paes, que participaram de reuniões da Global Kingdom, para tentarem encontrar soluções e formas de ajudar esse povo. No ano seguinte, foram os ministros Yan David Lima e Márcio Keske, acompanhados de Ipergnon e Marcos Trigueiro, que levaram o jiu-jitsu. Dessa vez, eles foram participar do Acampamento Beit-Eo Wadi realizado no período de férias escolares em uma região distante do centro do Cairo, pela Igreja Kasr El Dobara (parceira da PIB). Lá os voluntários ajudam a levar o esporte, contam seus testemunhos de vida e ajudam os jovens convertidos a encontrarem forças para seguirem a vida cristã, além de conquistarem muitos muçulmanos para Jesus. Outro trabalho realizado nos anos seguintes foi com o pastor Thomas Turley, pastor Conrado Pfannemuller e nesse ano pelo ministro Glaubert Cantuária acontece na Conferência de Oração e Encorajamento, também realizado pela igreja Kasr. Eles seguem para o mesmo acampamento, se juntam a pastores do Brasil e do mundo, para orar e interceder por esse povo. Também ouvem muitos testemunhos de encher o coração. “Tem sido surpreendente o que Deus tem feito em minha vida com os testemunhos que tenho ouvido nesse lugar. É impressionante ver como Deus tem se movido no Egito e em outras partes do Oriente Médio. Realmente não tem como vir para esse lugar e continuar da mesma forma. Tivemos vários ensinamentos e testemunhos. Recebemos um panorama geral do que Deus tem feito no Egito, tivemos palestras focadas em áreas especificas. Segundo o pastor, vivemos aqui um tempo muito mais difícil do que há um ano, porém toda essa repressão e dificuldade, tem permitido que a igreja revele o amor verdadeiro para essa nação. É impressionante como a forma que Deus usa nesse lugar é por sinais da manifestação da sua presença. Começo a entender que pedir os sinais de Deus para honra e Glória Dele. Ele nos dará. O povo conhece a verdade por amor revelado e por manifestação de Deus na individualidade das pessoas. Eles tem um encontro sobrenatural que os leva a procurar o caminho, sendo assim, a igreja revela o amor de Deus com atitudes acolhedoras”, conta o ministro de louvor da PIB, Glaubert.

Depósito Betânia Materiais para Construção

Tel: (12) 3907-6786 e-mail: depositobetania@gmail.com Estrada do Bairrinho, no 1.300 - Santa Hermínia - São José dos Campos-SP felizcidade.net | 25


Conheça fique por dentro

• Texto Talyta Grandchamp

O trabalho em defesa das crianças e adolescentes A atenção às crianças e adolescentes é constantemente discutida em toda sociedade. Os direitos delas são garantidos pelo ECA e apoiados pelo Conselho Tutelar. Você os conhece e sabe a importância deles? Descubra!

C

riança é sinônimo de fragilidade, que precisa de cuidado, carinho e atenção. Quando adolescentes exigem uma educação contínua do que foi aplicado quando pequenos, para que se tornem adultos centrados, maduros e capazes de amar e respeitar o próximo. Infelizmente nem todos pensam assim, e no passado era ainda pior. Por muitos anos as crianças e adolescentes foram tratados como seres inferiores, eram forçados a trabalhar desde muito pequenos e os mais pobres sofriam discriminação, sem qualquer direito ou amparo pelo Poder Público. Um exemplo disso foi uma das primeiras Leis que tratavam exclusivamente das crianças, o extinto Código de Menores de 1979 (Lei 6.697). Ele associava a pobreza à “delinquência” e ignorava os reais problemas das crianças dessa classe social. Foram muitos anos de sofrimento até começarem a ver esses pequenos como pessoas com direitos. No Brasil em 1988 a Constituição Federal já delineava traços de direitos absolutos

26 | felizcidade.net

dados às crianças, mas ainda não era o ideal. Foi em 1989 com a promulgação da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança, que este assunto se tornou de interesse mundial, recebendo o valor merecido. Com essas iniciativas não se podia voltar atrás, então em 1990 foi criado o ECA – Estatuto da Criança e Adolescente, que além de dar a importância devida à infância e juventude inseriu o dever da ação conjunta do Estado, família e sociedade na criação das crianças. Fazem parte do estatuto as crianças desde a concepção, ainda na barriga da mãe até 12 anos incompletos, o adolescente de 12 a 18 anos podendo em alguns casos ainda ser aplicado a jovens de 18 a 21 anos Depois da implantação do ECA, ao longo desses 20 anos, foram inseridas algumas alterações em seu texto, como por exemplo, a nova Lei da Adoção de 2009 que alterou uma série de artigos do ECA e a Lei 12.696 de 2012 que considerou a função do Conselheiro Tutelar como serviço público relevante ao considerar sua eleição no âmbito nacional.


O papel do Conselho Tutelar

Esses profissionais zelam pelos direitos das crianças e adolescentes. A lei determina que em cada um dos 5.564 municípios brasileiros seja criado ao menos um Conselho Tutelar, formado por cinco membros escolhidos pela comunidade e independente em relação ao Poder Público. Embora o município tenha a obrigação de garantir recursos no orçamento para funcionamento do Conselho Tutelar, este é autônomo, não é subordinado a nenhum ente público. A Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH) divulgou em 2007 que 90% dos municípios brasileiros contam com Conselho Tutelar. Apesar de ser um dado importante, eles ainda sofrem com pouco infraestrutura e apoio. O Conselheiro Tutelar estuda cada caso que envolva violações dos direitos infanto-juvenis. Isso pode acontecer através de denúncias, queixas, reclamações, reivindicações e solicitações podendo vir de qualquer cidadão, da família, de profissionais da área e também da própria criança ou adolescente. O conselheiro também pode assessorar o poder público na proposta orçamentária para a situação dos direitos infanto-juvenis, e contribuir para o planejamento e a formulação de políticas e planos municipais de atendimento à criança, ao adolescente e às suas famílias.

O conselheiro tem o papel fundamental para apoiar as famílias na educação dessa faixa etária. Casos de abandono, de rebeldia ou violência que envolvam eles, são tratados com o Conselho Tutelar. São José dos Campos conta hoje com dois Conselhos divididos entre Sul e Centro. De acordo com dados do CMDCA, de dezembro de 2011 a novembro de 2012, o Conselho Tutelar do Centro registrou 4.442 denúncias e a Sul 5.146. “A função do conselheiro é de extrema importância, pois busca restaurar famílias, indo além da simples proteção de crianças e adolescentes. É se espelhar no maior conselheiro de todos, Jesus. Se doando, sendo simples e acreditando que todos valem a pena”, explica Valeska Bega, advogada e administradora, graduanda em pedagogia. Esse trabalho tem ganho maior destaque nacional. Por isso, diferente dos anos anteriores, em que as eleições para a presidência do Conselho Tutelar acontecia de acordo com o estabelecido por cada município, esse ano a eleição é Federal, ou seja, as mesmas regras valem para todo Brasil. Dessa forma, o eleito lidera por quatro anos. Faça parte você também de mais esse passo da democracia e vote para que nossas crianças e adolescentes possam ter o cuidado e atenção que merecem. Elas são nosso presente e futuro, cuidar delas é cuidar de nós.

Apoio social

ELEIÇÃO PARA O CONSELHO TUTELAR - SJC - 16 DE JUNHO

Faculdade Bilac (Rua Francisco Paes, 84, Centro) das 8h às 17h São Francisco Xavier: Núcleo de Ed. Infantil (Rua 13 de maio, Centro) das 8h às 14h Para votar a pessoa precisa levar o titulo de eleitor (que precisa ser de SJC) e um documento com foto. Mais informações: www.cmdca.org.br

A PIB em SJC se preocupa com essa geração e sabe a importância em acompanhar os passos dela. Por isso, o Ministério Ignição realiza a Escola de Pais. Com presença de aproximadamente 100 pais, inicialmente foi formatado em módulos, um encontro por mês durante nove meses, onde juntos os pais aprendiam a assumir cada um o seu papel. Através de palestras, com troca de experiências e tarefas a serem cumpridas em casa, a Escola de Pais conseguiu melhorar a vida de muitas famílias que se dispuseram a virar o jogo na relação pais e filhos. “Se Deus nos deu essa função Ele também nos capacita, precisamos apenas estar disponíveis! E para 2013 teremos uma nova versão da Escola de Pais, o conteúdo será o mesmo, porém a forma de frequentar será online. Estamos acertando os últimos detalhes para divulgar”, explica Valeska Bega, uma das coordenadoras do projeto Escola de Pais. Esse trabalho de apoio só pode render bons resultados. “Fomos enriquecidos de conhecimento na Escola de Pais, pois meu marido e eu, aumentamos mais a atenção no que nosso filho fala ou pergunta. Entendendo o que ele realmente quer expressar no dia a dia”, conta Sara Coimbra, mãe de Lucas Gabriel de 8

felizcidade.net | 27


felizcidade.net | 29


SOLIDARIEDADE o que vale é a ação

• Texto Talyta Grandchamp

Do sonho para realidade O projeto de um Grande Centro Social para o Jd. Primavera ganha seus traços e pode ser visto como algo que vai se concretizar

A

expansão do Centro Social e Esportivo do Jardim Primavera ganha seus traços e o desenho já dá a noção da realidade que vamos ter na região em breve. O projeto é realizado pela Primeira Igreja Batista em SJC através da ABAP (Associação Beneficente de Ajuda ao Próximo) e visa ampliar o atendimento para comunidade do Jd. Primavera e região. No Ano da Doação da PIB em SJC uma notícia chegou para reforçar o caminho certo que toda comunidade PIB traça. A área já de propriedade da igreja de 580 m2 ganhou uma expansão. Isso mesmo, ganhou, um senhor que não quer ser identificado, doou a área vizinha de onde é a igreja atualmente, são 480 m2. Um ato que só pode ser transformado em mais amor. É com a soma dessas duas áreas que nasce esse lindo e grande projeto, que em cada linha e medida traz o sonho das pessoas envolvidas nesse trabalho, das que são e serão atendidas por ele. Do papel para a prática, ainda nesse mês as obras devem iniciar.

30 | felizcidade.net

Centro Social

O espaço reservado atualmente para a igreja, em uma área de 580 m2, com pouco dela usada, vai ganhar muito dinamismo. Um prédio de dois andares, com área útil de 280 m2, será construído no local. Nele a comunidade vai ter a disposição ferramentas para mudar a realidade profissional e social. A ABAP vai oferecer seus cursos profissionalizantes, já reconhecidos por toda sociedade pela qualidade, para os moradores dessa região. Como padaria, salão de beleza, inclusão digital e o sonho de um escola de construção civil. Atendimentos odontológicos, médicos e psicólogos também completam a assistência aos moradores.


Ginásio e igreja

Hoje a área de 480 m2 possui apenas um pequeno campo de futebol. Nesse local será construído um ginásio, que será o Centro Poliesportivo. A ideia é oferecer todo recurso esportivo possível para a comunidade, proporcionando assim opção de lazer para jovens e crianças da região. Uma escola de Futebol será desenvolvida, além de Rúgbi, Vôlei, Basquete e Ciclismo. Esse projeto será completo, do esporte para cultura e arte. Já em desenvolvimento está a Orquestra Primavera que soma vozes e talentos musicais de jovens, adolescentes e crianças do bairro. Além de grupos de dança e teatro. O ginásio e toda essa movimentação durante a semana, dá espaço para as Celebrações no fim de semana. Com capacidade para receber 70 pessoas, atualmente, a nova área vai oferecer espaço para 400 pessoas.

felizcidade.net | 31


TÔ DE FOLGA cultura, lazer e afins

• Texto Fabrício Correia

Os Miseráveis

blue-ray

Tom Hooper Quem diria que um musical de quase três horas de duração fizesse tanto sucesso frente ao público de hoje? Os Miseráveis, filme baseado em um dos musicais mais aclamados da Broadway, inspirado na obra de Victor Hugo, arrecadou quase meio bilhão de dólares em bilheterias ao redor do mundo. O diretor Tom Hooper não esconde suas raízes teatrais. Temos a impressão que estamos na plateia de um teatro, quando assistimos ao filme. Há muitos acertos nesta versão cinematográfica, a começar pela escolha de Hugh Jackman, que já contava com experiência em musicais na Broadway. Ele vive o personagem Jean Valjean, um homem que, de procurado pela polícia, passa para uma posição elevada na classe social, depois de alguns anos longe de Paris e de ter mudado de identidade. Seu grande inimigo é o persistente inspetor Javert, interpretado por Russell Crowe. Anne Hathaway e Amanda Seyfried estão muito bem. Há canções belíssimas e bem interpretadas: me emocionei ao ouvir Hathaway, que ganhou o Oscar de atriz coadjuvante interpretando I Dreamed a Dream, cuja melodia é retomada posteriormente em momentos oportunos. Me surpreendi também com a participação extraordinária de Samantha Barks em On My Own, nem a dupla de trapaceiros vivida por Sacha Baron Cohen e Helena Bonham Carter conseguiu me irritar. Gostei do filme, embora seja excessivamente longo. Entretenimento de saltar aos olhos e fazer bem aos ouvidos.

Antônio Ermírio de Moraes Memórias de um Diário Confidencial

livro

José Pastore Sempre gostei de biografias, imagine minha satisfação em ver Antônio Ermírio de Morais, um dos executivos mais influentes desse país, que não contente em ser “apenas” um dos homens mais ricos, se envolveu ativamente com o noticiário político. Sendo aliado ou crítico de comandantes do Poder Executivo durante toda a sua carreira como presidente e membro do conselho de administração do Grupo Votorantim. Escrita pelo imortal da Academia Paulista de Letras, o cientista social José Pastore, amigo de Antônio Ermírio há 35 anos, Antônio Ermírio de Moraes – Memórias de um Diário Confidencial é um registro importante sobre a trajetória de uma das figuras diferenciadas da história do Brasil contemporâneo. Conhecemos do menino brincando no Pacaembu, nos anos 30 ao patrão de 60 mil empregados do Grupo Votorantim na década de 90, passando pela vida como marido, pai, empresário, político e dramaturgo. Ermírio fez 85 anos, no último dia 4 de junho, mesmo diante de delicado estado de saúde, luta há anos contra o mal de Alzheimer e se mantém ativo intelectualmente. felizcidade.net | 33


REFLITA valores para vida

11 Maneiras Práticas para Homens Liderarem Suas Famílias

C

omo homens, carregamos uma grande responsabilidade diante de Deus pelo bem estar de nossas famílias e igrejas. Nossas esposas e filhos deveriam florescer através de nossa liderança amável. Pela graça de Deus, você pode ser quem Deus te chamou para ser, fazer o que Deus lhe chamou para fazer e amar como Deus tem amado. Como homens, nós nunca iremos experimentar a perfeição, mas, pela graça de Deus, nós podemos progredir todos os dias. Portanto, não se abata, não peque, não se acomode, mas, ao invés disso, permaneça! 1. Como líder da família, seja um modelo de humildade, honestidade, arrependimento, serviço, estudo e adoração. Sua vida prega tão alto quanto suas palavras, portanto, ensine e seja um modelo de vida cristã humilde, pela graça de Deus. 2. Assegure-se de que cada um em sua família tenha uma Bíblia boa e da faixa etária apropriada para que leiam regularmente. Leia você a sua Bíblia e leia também com eles para que se sintam encorajados a lerem por si mesmos. 3. Certifique-se de que você tenha algumas ferramentas básicas de estudo bíblico disponíveis para sua família, tanto impressas como digitais, e que todos aprendam a usá-las. Se você não sabe por onde começar, peça ao seu pastor ou seu líder espiritual dicas de coisas como um bom comentário, uma concordância, um dicionário ou Atlas.

34 | felizcidade.net

4. Compre bons livros cristãos para todos da sua família. Inclua nessa seleção algumas biografias cristãs. 5. Escolha bons livros que você e sua esposa possam ler juntos, inclua livros da Bíblia e discuta o que vocês estão aprendendo. 6. Se há em sua igreja Estudo Bíblico, participe com sua família. 7. Use o tempo de trajeto do trabalho para casa para ouvir no seu rádio ou MP3 boas pregações e palestras. Muitas podem ser baixadas gratuitamente pela internet. 8. Jante com sua família todas as noites se possível use esse tempo para orarem juntos. Mantenha um diário de pedidos de oração por outras pessoas, leia a Bíblia e conversem a respeito. 9. Ore por cada membro de sua família todos os dias e deixe-os saberem que você está orando por eles. 10. Coloque sua mão na cabeça de cada um de seus filhos todos os dias e ore por eles. Então, beije-os e certifique-se de que eles recebam um abraço amoroso com frequência. 11. Enquanto você e sua esposa estiverem juntos, ore por ela e lembre-se de incluir as razões pelas quais você é grato a Deus por ela naquele dia. Se estas coisas não têm sido comuns em sua casa, é bem provável que sua família esteja ansiando por isso e será muito grata por sua liderança amorosa como o cabeça de sua casa.

Mark Driscoll Pastor e co-fundador da igreja Mars Hill Church em Seattle, Washington, co-fundou a Rede Atos 29 e tem contribuído para a seção “Fé e Valores” do jornal The Seattle Times facebook.com/pastormark @pastorMark

“Se estas coisas não têm sido comuns em sua casa, é bem provável que sua família esteja ansiando por isso e será muito grata por sua liderança amorosa como o cabeça de sua casa.”


Revista ed 23 internet  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you