Issuu on Google+


PRA VOCÊ

ISSN 1983760-7

conteúdo de primeira www.felizcidade.net

Quem Somos

Com distribuição semanal em todos os Campi e Igrejas da Cidade, nossa revista tem como objetivo trazer matérias que informem, sensibilizem e tragam satisfação ao leitor. Nosso foco é levar boas notícias da nossa região e da família PIB, qualidade editorial e excelência quanto a forma, linguagem e conteúdo.

Conselho Gestor

Carlito Paes - Erich Prates - Fabrício Correia José Luiz Ovando - Lázaro Carvalho – Marcos Madaleno

Editores

Erich Prates - Mariana Madaleno

Coordenação Executiva Erich Prates

Jornalista Responsável

Talyta Grandchamp – MTB 57.760

A Verdade Pascal Mariana Madaleno faz parte da equipe editorial da Revista Felizcidade, conecte-se com ela

Revisores

Aline Costa e Viviane Godoy

Direção de Arte Felipe Cavalcanti

facebook.com.br/mariceruks @mari_crks

Projeto Gráfico

Allan Marcel - Erich Prates

Designers

Lucas Anacleto - Júlio César Silva - Wagner Bonfim

Fotos

Acervo de fotografia Felizcidade

Anuncie (12) 3911-2228

anuncie@felizcidade.net

Informações

(12) 3941-4108 - contato@felizcidade.net Rua Euclides Miragaia, 548 - Centro – CEP: 12245-820 São José dos Campos - SP A Revista FelizCidade é uma publicação semanal da Editora Inspire em parceria com a PIB em São José dos Campos. As publicidades contidas nesta edição são de única e exclusiva responsabilidade dos anunciantes, não cabendo a Editora Inspire qualquer obrigação de responder sobre o conteúdo e veracidade de tais peças. Fica também a critério da Editora Inspire selecionar as propagandas que serão veiculadas. O conteúdo e informações contidos nas matérias e artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos articulistas.

Circulação

Caçapava, Caraguatatuba, Jacareí, Jambeiro, Paraibuna, São José dos Campos, Taubaté e São Paulo

Impressão

Allcor Gráfica

Distribuição

4.000 exemplares Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização prévia. Para solicitar autorização envie e-mail para revista@felizcidade.net

Auditagem __________________________________________________

Diretor Executivo João Carlos Púpio

Diretor Comercial Márcio Keske

Diretora de Redação

Mariana Ceruks Madaleno

Coordenação Editorial Viviane Godoy

Informações

H

á dias para se guardar no coração. Assim são os dias de Páscoa, emblemático para os cristãos em todo o mundo, e, de certa maneira, para pessoas de todas as culturas e credos. É tempo de renascimento, de esperança e de novos ciclos. Os acontecimentos na vida de Jesus Cristo comemorados aqui, e que constituem o cerne de nossa profissão de fé, vem a coroar, num sentido espiritual e profundo, esse cenário de novidade. Revelam a verdade de que, por conta do sacrifício de um homem, é possível renascer.  Nossa matéria de capa conta um pouco mais sobre esta importante data judaico-cristã: suas origens bíblicas, seu desenvolvimento durante a história do cristianismo e como ainda nos toca na atualidade, suas tradições e sentidos.  A história escrita pelos homens mostra a realidade, como interferimos drasticamente na dinâmica climática da Terra e seus ciclos naturais. Lidamos em nossos dias com tristes notícias sobre fortes chuvas e enchentes que tem assolado muitos em nosso país. Em Conteúdo, leia mais sobre como famílias que vivem em locais de risco têm sido afetadas em cidades do litoral paulista e na região serrana do Rio de Janeiro, deixando também um chamado para a doação e o envolvimento.  Bem, casa com o que argumentamos sobre o real sentido da Páscoa nossa entrevista da semana. Irmão Lázaro relata como, após um encontro com Jesus, deixou uma vida destruída pelas drogas e recomeçou uma história de vitórias e novos começos – não somente para si, mas para sua família e centenas de outras pessoas que também lutam com o grande mal da dependência química.  “A Páscoa nos lembra de que podemos colocar a verdade num túmulo, mas não conseguimos mantê-la ali”, disse Clarence Hall. Justa constatação. Ele vive, e por isso, nós vivemos. E nada poderá enterrar essa verdade.   Aproveite!

(12) 3911 2228 contato@editorainspire.com.br www.editorainspire.com.br

felizcidade.net | 3


DIZ AÍ expressão e atitude

Revista e capa

“Eu li a revista e pensei em comentar sobre alguma reportagem. Mas todos os textos estão muito legais, e claro, a matéria de capa contando a história do Auto me cativou primeiro! Glórias a Deus por termos uma igreja tão visionária com uma revista dessa qualidade que é um atrativo àqueles que resistem a entrar em uma igreja! A revista é a PIB ambulante!” - Tânia Barbosa Reis 

Errata

Na edição passada divulgamos conta corrente errada para doações ao GACC, a correta é: Banco do Brasil 001 Ag. 5702-9 C/C: 3496-7

Queremos sua participação no conteúdo da revista FelizCidade. Envie suas sugestões de matérias e faça parte da revista.Você pode estar na proxima edição. Você também pode acessar as edições anteriores da revista FelizCidade pelo site www.felizcidade.net e conferir todo conteúdo.

revista@felizcidade.net facebook.com/revistafelizcidade

NESTA EDIÇÃO

06 08 11 13 15 20 21

Pastoral Auto de Páscoa: arte e serviço no Reino de Deus Quem? Irmão Lázaro: em busca do sentido da vida Humm Delícia Gelada Elas Sonhos renovados Igrejas da Cidade Próxima parada: Rio de Janeiro Imagine Campanha 2013 Expressão Eu ainda acredito

22 24 25 29 31 33 34

Conteúdo Prejuízos das chuvas na região Reconquistas Do que me recuperar? Cabide Tendências Outono/ Inverno 2013 Pequenos Grupos A Páscoa no PG Solidariedade Trilhas da profissão Tô de folga e Entre Aspas Comentários de filmes, livros e frases da semana Reflita O verdadeiro amor

17

CAPA

A essência da Páscoa


PASTORAL juntos somos melhores

Auto de Páscoa: Arte a serviço do Reino de Deus “Pois Deus é o rei de toda a terra; cantem louvores com harmonia e arte.” Sl 47.7

R

ealizar o Auto de Páscoa é um privilégio, um presente que foi dado à nossa igreja. De fato é algo a ser destacado: de tantas igrejas, em tantos lugares, o Senhor ter nos escolhido para realizar essa obra é algo digno de nota. E, a partir da PIB, tem multiplicado essa alegria à muitas outras igrejas em nossa nação. Acreditamos que o Auto nos foi dado como uma ferramenta poderosa para materializar o amor de Jesus diante dos olhos e coração das pessoas, a fim de que, muitas sejam ganhas para Ele. Cremos que, fazendo assim, Ele tem sido usado para resgatar as artes para o Senhor Criador. Deus é um artista. Criou todas as cores e formas, e todos os dias faz lindas obras primas nos céus. Fez a beleza, os sons, tudo para a nossa alegria e para o louvor de Sua glória. Por obra da maldade, as artes foram tomadas para a deformação, e para honrar outras coisas que não o Senhor! O que era belo e para embelezar chega a ser usado para plantar sementes de destruição e corrupção no coração dos homens. Através do Auto de Páscoa, temos o privilegio de resgatar as artes para o Senhor, para o louvor de Sua glória! A música é trazida para o lugar onde, vindo do Seu Coração, aquece o nosso e nos mostra o Seu amor, tanto na voz de muitos quanto através dos dedos e sopros de tantos músicos. O teatro ganha

a forma da expressão viva do significado maior desse amor. A maquiagem é usada para emoldurar tudo isso, bem como a cenografia, os figurinos, a iluminação, o som e as artes em multimídia, todas colocadas nas mãos de Seu Criador, o qual reconhecemos ser, na verdade, a fonte de todas elas! Nada mais justo que sejam usadas para os seus propósitos cheios de amor e graça! O cenário é construído por artesãos habilidosos, cada corte na madeira, cada pincelada, o colocar de cada objeto é uma canção ao Senhor. Os maquiadores trarão beleza e destaque à expressão de rostos que amam a Deus, para comunicar esse amor. No teatro, cada gesto vem para mostrar aos olhos o que Deus fez, a tanto tempo, por amor real a cada um dos seres humanos. As histórias no palco são as histórias de cada um de nós, de como Deus nos encontra e nos preenche com Sua Presença. O coro entoará cada nota para trazer uma boa notícia, e os músicos tocarão cada compasso para que a emoção abençoada tome o lugar da emoção distorcida. A dança proclamará a santidade do Senhor e a alegria que Ele faz nascer no coração que O conhece e experimenta de Sua Paz. O lindo é que, ao fazermos isso, usarmos as artes do Senhor para o Senhor, o nosso coração é aquecido, alimentado e fortalecido. O Senhor nos fala, nos alimenta, e nos sustenta a cada passo dessa obra tão grandiosa e, saímos dela com grandes presentes de Deus –

Leila Paes Pastora de Adoração e Artes da Primeira Igreja Batista em SJC www.facebook.com/leila.paes.16 @leilapaes

especiais para cada um de nós – tesouros de paz e benção que serão desfrutados pela vida toda. Sonhamos e continuaremos trabalhando para que todas as artes estejam resgatadas para o Senhor. Fotografia, escultura, multimídia, recursos tecnológicos, som, luz, música, dança, maquiagem, cenografia e pintura – Tudo Dele, por Ele e para Ele, para todo sempre, amém! Cremos na redenção das artes, cremos que a expressão assim materializada do amor do Pai transforma e cura! Sabemos que o homem criado à imagem e semelhança de Deus encontra nas artes a expressão de sentimentos profundos e, não distorcidos nem contaminados, crescem para transbordar o amor de Deus e Seus Frutos a todos os homens ao alcance de nossa voz, imagem, expressão de louvor à gloria do Pai. Deus abençoe sua criatividade, seu amor ao Pai e sua doação neste Auto de Páscoa 2013, “Entrega”.

felizcidade.net | 7


QUEM vida que faz a diferença • Texto Talyta Grandchamp Colaboração: Luma David

A busca pelo verdadeiro sentido da vida Irmão Lázaro fala sobre a trajetória do sucesso e drogas até o encontro com Jesus

I

rmão Lázaro: é assim que ele gosta de ser chamado, sequer divulga seu nome de registro. Filho de Waldemar Silva e Nilza Batista Silva, nasceu em Salvador (BA). Foi lá que descobriu o amor pela música e os prejuízos que as más escolhas podem trazer. Foi também na terra baiana que descobriu uma saída para o caminho de drogas em qual estava e encontrou o verdadeiro sentido de viver, ao lado de Jesus. A música continua a pulsar nele, só que agora de outra maneira. Hoje comemora mais de 1 milhão de CDs vendidos com o título: Quem Era Eu, que traz também uma autobiografia. Como foi sua conversão? Eu já estava no fundo do poço. Um rapaz que morava próximo da minha casa, com quem ainda mantenho contato, sempre me falava do amor de Jesus, mas devido à cegueira em que me encontrava a vontade era sempre a mesma, mandar o crente embora. Um dia vi aquele rapaz que sempre me falava das maravilhas que Jesus fez na vida dele perder a cabeça com uma pessoa que falou mal do seu Salvador, ele partiu para cima, não foi uma atitude correta, mas ao ver a força usada na defesa de Jesus, fui tocado e decidi abrir a guarda. O que buscava logo no início da conversão? Quando me converti só pensava em pedir perdão e morrer, porque achava que não tinha mais saída, afinal devia para traficantes, tinha dívidas com mães de santo, estava todo enrolado, mas Deus me surpreendeu e me deu vida. Esse foi o início da minha nova vida. Meus familiares ficaram chocados no começo, mas hoje para honra e glória de Deus estão na mesma caminhada que eu. Assim como seu sucesso atual, quem era o Lázaro? Eu não sabia de nada, não era nada. Minha juventude foi marcada pelo meu envolvimento com a música e os ritmos da Bahia, passei por vários grupos musicais de referência e sucesso no Brasil e no exterior. Em pouco tempo, estava à frente do grupo

8 | felizcidade.net

Olodum, que na época era o principal grupo do segmento, com sucessos nas rádios em todo o país e uma intensa agenda de eventos e grandes shows que reuniam milhões de pessoas. O sucesso subiu à cabeça, era o que achava que sonhava para minha vida, mas aos poucos esse sonho se transformou em pesadelo. Vi minha vida desmoronar com o uso de drogas. Precisei chegar ao fundo do poço para entender que o sonho para minha vida está nas mãos de Deus. Quem é o Lázaro hoje? Hoje descobri que tenho que depositar minhas expectativas em Deus, meus planos, tudo está entregue nas mãos Dele. Não tento entender o que Ele quer fazer e os caminhos que usa, porque sempre que pensei que estava entendendo, Deus me mostrou que não era nada do que eu estava pensando, desconstruiu e construiu tudo de novo. Hoje tenho uma estranha vontade de viver, de ver minha filha crescer, aliás, minha família está em primeiro lugar e, para servir a Deus, preciso antes de qualquer outra coisa, cuidar bem dos meus familiares. Como começou a produção de música gospel? Depois de alguns anos gravando CDs de forma independente, resolvi gravar um CD e DVD relatando minha trajetória de vida, meu testemunho. Entre uma música e outra, narrei minhas experiências pessoais e, principalmente as que tive com Deus. Esse projeto, lançado sem maiores pretensões, acabou chegando a uma proporção que não esperava, sendo o principal produto do mercado gospel nacional, com venda de mais de 1 milhão de cópias. Minha agenda ficou intensa com mais de 20 shows por mês reunindo milhares de pessoas a cada apresentação. Hoje minha carreira é de sucesso na música gospel, algo que faço não para mim, mas para quem é maior que todos nós: Deus. Além disso sou membro e pastor da Igreja Batista Lírio dos Vales em Salvador. 


“Deus me mostrou que não era nada do que eu estava pensando, desconstruiu e construiu tudo de novo.”

Como foi o desenvolvimento desse novo CD? Em 2012 iniciamos parceria com a Sony Music para o lançamento do projeto inédito “Quem Era Eu”, gravado ao vivo em Feira de Santana/BA, local onde moro e mantenho um projeto de ressocialização de dependentes químicos com mais de 20 internos, mantidos exclusivamente pelo nosso trabalho artístico. Participei da produção do novo CD, que foi todo produzido por Levi Miranda, foi gravado ao vivo e tem como destaque, além das canções, os momentos de ministração. Procurei manter um conceito bastante pessoal neste trabalho. As ministrações são tão importantes para mim como qualquer outra canção! Quando comecei a pensar nesse projeto não tinha um direcionamento definido, mas aos poucos, Deus foi me mostrando que deveríamos falar abertamente sobre as questões das drogas. Esse é um problema que vem assolando nosso país. Em muitos lugares onde canto, em meio à multidão, recebo pessoas que querem se livrar das drogas. Como tive essa experiência em minha vida, entendo bastante o desespero das pessoas e sei que minha vida e minha história poderão ajudar a muitos. Como decidiu escrever sua autobiografia? O livro surgiu de uma necessidade que sentia de lembrar as coisas, tenho a memória prejudicada, talvez por conta do uso de drogas na época em que ainda não conhecia Jesus. Passei de três a quatro meses reunindo lembranças para colocar no papel, muitas dessas memórias me surpreenderam. Para ler o meu livro é preciso orar antes, pois se trata de um testemunho forte, com coisas bem espirituais e impactantes, para as crianças recomendo o acompanhamento dos pais durante a leitura. Como se sente quando fala de Deus? Acredito que levar Deus para as pessoas é um “mistério”, algo que não é possível traduzir em palavras, uma vez que você se relaciona com Deus é impossível voltar atrás. Jesus é a porta, Ele nos ensina verdades eternas, com Ele aprendemos a sentir alegria na tristeza e sorrimos chorando.

#DICA

www.irmaolazaro.com.br

felizcidade.net | 9


HUMMM bom apetite • Texto Chef Marco Antonio

Uma delícia gelada Sorvete de Gelatina de Morango Ingredientes

250 ml de água fervendo 1 pacote de gelatina em pó sabor morango com 35 g 200 ml de água gelada 1 lata de leite condensado 1 lata de creme de leite sem soro

Preparo

1. Em uma tigela, coloque 250 ml de água fervendo, 1 pacote de gelatina em pó sabor morango (ou do sabor de sua preferência) e misture bem até a gelatina dissolver completamente. Adicione 200 ml de água gelada e misture. 2 - Transfira a gelatina derretida para o liquidificador e adicione a lata de leite condensado, a lata de creme de leite sem soro e bata bem. Coloque em um pote e leve ao freezer até ficar consistente (+/- 3 h). 3 - Retire a mistura do freezer, coloque na batedeira e bata bem por 10 minutos. 4 - Volte a mistura novamente no pote e leve ao freezer até endurecer (+/- 4 h). Retire do freezer 10 minutos antes de servir. Faça bolas e sirva com calda de sua preferência.

#CONECTE

www.aboacozinha.com facebook.com/aboacozinha.gastronomia aboacozinha@hotmail.com

felizcidade.net | 11

Imagem meramente ilustrativa

L

embro-me como se fosse hoje, quando visitei uma fábrica de sorvetes e fiquei maravilhado com as máquinas produzindo centenas de sorvetes por minuto. Um dia decidi preparar o meu também raspando o gelo do congelador e misturando leite condensado e groselha. Que delícia! Infelizmente passei muito mal logo depois! Não façam isso em casa. O primeiro relato sobre o sorvete data de mais de 3 mil anos atrás, e tem sua origem no Oriente. Os chineses costumavam preparar uma pasta de leite de arroz misturado à neve. O Imperador Nero, há cerca de 1.900 anos atrás, mandava seus escravos às montanhas buscarem neve, que era utilizada para o congelamento do mel, polpa de frutas ou sucos. No século 14, o veneziano Marco Polo voltou de sua famosa viagem ao Oriente. Além de introduzir o macarrão na Europa, Polo trouxe uma receita para fazer sorvetes de água, muito parecidos com os atuais. No século 17, quando o monarca Francisco I esteve em campanha na Itália, decidiu levar para seu filho, o Duque de Orleans, uma noiva, Catarina de Médicis. A ela atribui-se a introdução do sorvete na França. Neste mesmo país, em 1660, Procopio Coltelli inaugurou, em Paris, a primeira sorveteria do mundo. A neta de Catarina de Médicis casou-se em 1630 com Carlos I da Inglaterra e, segundo a tradição da avó, também introduziu o sorvete entre os ingleses. Os colonizadores britânicos levaram o sorvete para os Estados Unidos. Em 1851 os Estados Unidos viveram um dos momentos mais importantes da história do sorvete: o leiteiro Jacob Fussel abriu em Baltimore a primeira fábrica de sorvetes, produzindo em grande escala e sendo copiado por outros em Washington, Boston e Nova York. A primeira sorveteria brasileira nasceu em 1835, quando um navio americano aportou no Rio de Janeiro com 270 toneladas de gelo. Dois comerciantes compraram o carregamento e passaram a vender sorvetes de frutas. Na época, não havia como conservar o sorvete gelado, por isso ele tinha que ser consumido logo após o preparo. As sorveterias anunciavam a hora certa de tomá-lo. Evoluindo a passos curtos, esta guloseima só teve distribuição no país em escala industrial em 1941, quando foi fundada na cidade do Rio de Janeiro a U.S. Harkson do Brasil, nos galpões alugados da falida fábrica de sorvetes Gato Preto. Seu primeiro lançamento, já com o selo Kibon, foi o Eski-bon. Desde então, a população foi se tornando cada vez mais adepta: dados recentes apontam que o país consome cerca de 200 mil toneladas de sorvete por ano.


ELAS um caminho de determinação

• Texto Diná Carrilho

SONHOS RENOVADOS

C

omo não se alegrar com uma conquista, um sonho realizado? Algo que foi projetado na mente, desceu para o coração e tomou conta de todo o nosso ser. Os sonhos nos motivam, nos impulsionam a avançar. Quando deixamos de sonhar, nos tornamos como cegos, restritos ao espaço e paredes que nos cercam. Ficamos limitados aos fatos e não enxergamos tudo o que a visão de um sonho pode alcançar. Deus nos deu capacidade sonhadora. Os sonhos que Deus projetou para nós, cada uma em particular, são únicos. Eu e você somos únicas, exclusivas e tudo que diz respeito à nossa vida e futuro já foi projetado no céu. Deus nos conhece antes mesmo de sermos geradas e sonhou conosco. Através de um relacionamento com Aquele que nos criou, podemos reconhecer nosso real valor e tudo que podemos alcançar. Ninguém pode sonhar por você, seu sonho será o seu desafio de fé, de coragem, de transformação, de criação e genialidade. Quantas coisas ainda estão por vir? O sonho não apenas nos transporta, mas nos coloca em lugares onde nunca imaginamos chegar. Os sonhos nos desafiam e nos chamam ao desbravamento. Eles nunca se colocam diante de nós sozinhos, pois há uma série de coisas e detalhes que os envolvem. Portanto, a realização de um sonho é a conquista de vários obstáculos – às vezes pequenos e por vezes, grandes. Nós somos conquistadoras, por isso podemos sonhar sempre. Deus nos dotou de características sonhadoras desde pequenas. Ele sonhou conosco como pessoas doadoras, com capacidade de gerar vida. Não só de cuidar de vidas, mas de gerá-las. Por isso, é tão natural sonharmos com filhos. Mas mesmo que você não os tenha, é possível experimentar a alegria de ser mãe. Com seu modo de ser: sua simplicidade ou arrogância; seu modo de falar - manso ou grosseiro: se você para ou não para ouvir as outras pessoas; com suas atitudes - todas, você está influenciando pessoas ao seu redor. Seus valores serão repassa-

dos, mesmo que você não perceba. Você está gerando vida ou morte, dependendo de suas palavras. Saiba que o sonho de ser mãe pode ser realizado sempre que você transfere algo de sua vida. Esses filhos assim gerados, irão se projetar e irão muito mais longe do que você sonhou chegar. Os sonhos de estudar, se realizar profissionalmente, também podem ter sido frustrados por falta de oportunidade, condições econômicas ou outras quaisquer. Saiba que nunca é tarde para retomar um curso, atualizar-se, renovar os sonhos. Talvez estes sonhos estejam adormecidos dentro de você. Mas sempre é tempo de despertá-los! Quando as oportunidades surgirem, não as desperdice. É preciso esforço para a realização de um sonho. Reveja suas prioridades. Busque a Deus através da oração e Sua Palavra. Procure direção sábia através de pessoas que Deus tem colocado perto de você para orientá-la. Ouça os mais experientes na fé, aqueles que já têm ultrapassado os obstáculos da vida e vencido. Muitas mulheres sonham com a formação de uma família feliz, equilibrada e abençoada. Isso só é possível quando você busca a Deus e descansa em Suas promessas. Quando permanece confiando, apesar das adversidades, da demora. Houve um homem, Abraão, que enquanto esperava a concretização da promessa de Deus em lhe dar um filho, ele glorificava a Deus. É um desafio nesse tempo das coisas rápidas, esperar e se alegrar na espera. Aquelas que procuram pular as etapas da vida – que são necessárias ao crescimento e felicidade, se decepcionarão com o sabor azedo, do fruto colhido fora do tempo. No entanto, aquela que – em confiança, espera pelo processo natural das coisas, terá a alegria de ver seu sonho realizado. Tire seus sonhos, seus valores preciosos do freezer. Enquanto eles descongelam, prepare-se para alcançar coisas novas, que vão lembrar que você está viva, tem forças sobrenaturais e todas as possibilidades de vencer!

felizcidade.net | 13


IGREJA DA CIDADE vida em movimento • Texto Talyta Grandchamp

Próxima parada: Rio de Janeiro Igreja da Cidade agora para os cariocas

P

lano de Expansão da Primeira Igreja Batista em SJC não para. Depois de implantar oito Igrejas da Cidade em 2012, este ano começou a todo vapor. A capital paulista recebeu a IC em fevereiro e já soma muitas conquistas liderada pelo pastor Maxwell Rosa e sua esposa. Logo em seguida foi inaugurada a IC em Cascais, liderada por Murilo Neves. Agora chega a vez dos cariocas receberem uma nova casa para celebrar a vida em Jesus. A inauguração ainda não está definida. A igreja está em oração para escolha do local, mas o Pequeno Grupo com 15 pessoas já celebra as vitórias de Deus. A IC será liderada por Ricardo e Renata Rezende. “A proposta é inaugurar a Igreja da Cidade no Rio de Janeiro assim que acabar os 40 Dias de Doação”, conta o pastor da Redes de Igrejas, Paulo Mizoguchi.

felizcidade.net | 15


CAPA

• Texto Talyta Grandchamp

Páscoa: a celebração do amor de Deus por nós Essa é a festa maior entre os cristãos para celebrar a doação de Jesus por nós. Uma festa com mais de 3.500 anos de história

O

momento mais marcante da história da humanidade: essa é a história comemorada na Páscoa, celebrada por cristãos em todo o mundo. Essa celebração traz à memória a Ressurreição de Jesus, após sua morte na cruz, quando momentos de dor e humilhação foram superados em amor a todos nós. A Páscoa judaico-cristã pode ser resumida nisso: a entrega do maior presente de Deus por nós. A lembrança dos marcantes dias entre a morte e a ressurreição de Cristo traz com ela a essência de quanto Ele nos ama. Muitos cristãos aproveitam esse período para fazer reflexões sobre a vida e Deus. É com esse intuito que a PIB em SJC resgata o sentido da Quaresma, uma tradição cristã, quando nos quarenta dias que antecedem a Páscoa incentiva a igreja a um tempo especial de aprofundamento nas Escrituras, jejum, oração e renovação de compromissos.

felizcidade.net | 17


CAPA História

Apesar de a Páscoa, um feriado judaico-cristão, estar intimamente ligada a Ressurreição de Cristo e tudo que a antecedeu, sua celebração já acontecia muito antes dos dias de Jesus. Pelas Escrituras, a primeira Páscoa aconteceu há 3.500 anos. No livro de Êxodo 12, é retratado o momento em que Deus fala com Moisés no Egito para salvar o povo israelita da escravidão. Foi nesse período que os hebreus realizaram a ceia com o carneiro e marcaram a porta de suas casas com o sangue, como marca para libertação e salvação do povo judeu. O versículo 14 registra que deveriam então comemorar a Festa da Páscoa para sempre. “A festa marcou a saída de Israel do Egito, por isso todos participaram da mesma, prontos para a fuga, isto é, vestidos e calçadas para viagem que começaria ainda naquela noite”, conta o pastor e teólogo, Gilson de Almeida Pinho. Muitos trechos bíblicos relatam a participação de Jesus na Festa da Páscoa e até os dias de hoje os judeus comemoram a Pessach (passagem, em hebraico) como o dia da liberdade, com pães sem fermento, ervas amargas e carneiro ou cabrito assados. “Para os israelitas, a Páscoa é até hoje a sua principal solenidade religiosa e cultural. Além de indicar a saída do Egito, a festividade indica também a identidade judaica do povo. Ao longo desses 3.500 anos de história muitos povos e impérios importantes desapareceram, mas os israelitas conservam sua identidade nacional através de sua fé, tradições e solenidades”, explica Gilson Pinho. Para os cristãos, a celebração da Páscoa ganha seu sentido completo com o sacrifício e ressurreição de Jesus. Nesse sentido, é emblemático o momento em que Jesus realiza a Santa Ceia com seus discípulos, antes de ser crucificado, quando deixa claro que, conforme as profecias bíblicas acerca do Messias, Ele era o cordeiro de Deus. Nesse famoso encontro, Jesus apresenta o pão como representação de Seu corpo e o vinho, Seu sangue, derramado por nós na cruz. “No cristianismo a Páscoa deve ser vista como um acontecimento solene, que marca de maneira histórica e cronológica o momento do sacrifício de Cristo. Embora em toda cerimônia de ceia, e mesmo em toda refeição, nós nos lembramos (ou pelo menos deveríamos nos lembrar) do sacrifício de Cristo. Na Páscoa, isso fica mais evidente e solene”, conta o teólogo. Os cristãos celebram a festa com um cálculo de 46 dias após a quarta-feira de cinzas, somando 40 dias até o domingo de Ramos, que antecede em uma semana a Páscoa. Muitos se perguntam, porque Quaresma? Pois bem, em muitos livros bíblicos encontramos a referência de 40 dias para os feitos de Deus, inclusive, durante a vida de Jesus. Quaresma quer dizer quadragésimo dia. De acordo com historiadores, o início de abril e começo da primavera também era a época em que muitas culturas comemoravam o início de novos ciclos de colheita, como egípcios e persas, que presenteavam amigos e parentes com ovos coloridos com as cores da primavera.

18 | felizcidade.net


Essência

De acordo com o pastor e teólogo, Gilson Pinho, Deus teria estabelecido esse período por causa do simbolismo tipológico envolvido nisso. O povo era escravo no Egito – nós éramos escravos no mundo de pecado. Um cordeiro foi sacrificado para que os israelitas não morressem e fossem livres. “Jesus morreu por nós para que não soframos a morte eterna e possamos escapar da condenação eterna. O sacrifício da Páscoa indicava um acordo entre Deus e o povo de Israel – o sacrifício de Cristo indica um novo acordo entre Deus e todo aquele que nele crê. Vários outros paralelos poderiam ser feitos, mas o mais importante que Jesus queria mostrar a Israel é que a verdadeira libertação não ocorreu quando eles saíram do Egito, mas só ocorreria se cressem em Jesus como seu Messias”, enfatiza. Com tantos séculos de comemoração da Páscoa, muitas coisas se transformaram somente em tradições ou contextos para o consumismo, deixando de lado o sentido bíblico da festa, que é rememorar o sacrifício de Cristo, ter um momento de comunhão com os irmãos e celebrar a vida que Jesus conquistou na cruz a todos que confessam Seu nome. Tradicionalmente, a data é comemorada no primeiro domingo de lua cheia após o início do outono no Hemisfério Sul (ou início da primavera no Hemisfério Norte). Jesus ressuscitou no dia 16 do mês de Nissan (no nosso calendário isso ocorreu possivelmente no dia 13 de abril). “Símbolos como o coelho da Páscoa, os ovos de chocolate e outras práticas, nada têm a ver com a verdadeira Páscoa. Isso não quer dizer que você não possa comer seu chocolate. Coma à vontade! Mas lembre-se que seu foco deve estar em Jesus”, lembra o teólogo.

Símbolos e comércio na Páscoa

A entrega dos ovos de galinha decorados como forma de celebrar o novo e desejar boas novas a pessoa que recebia-os foi associada à Pascoa através dos cristãos primitivos da Mesopotâmia. Para os historiadores essa prática mudou para ovos de chocolate, devido a muitos cristãos fazerem jejum de carne no período da Quaresma. Chegou à Europa no século XVI com grande aceitação e substituição completa pelos franceses no século XVIII. Em 1830 o crescimento da indústria de chocolate na Inglaterra fez com que o consumo ampliasse. Em muitos países os ovos de chocolate coloridos são escondidos pelas casas e juntam grupos para buscá-los. Essa prática faz com que muitos relacionem a Páscoa somente aos ovos de chocolate e ao coelho, que entrou como um símbolo de fertilidade e missão de propagar a Palavra de Deus a todos. A cada ano o comércio registra mais aumento nas vendas. Para esse ano, por exemplo, a expectativa é de crescimento de 11% nas vendas de ovos de Páscoa no Vale do Paraíba, em relação ao ano passado, de acordo com pesquisa realizada pela ACI (Associação Comercial e Industrial) e Sincovat (Sindicato do Comércio Varejista). “O consumidor continua com renda disponível para o consumo e a Páscoa vai movimentar diversos setores do comércio, pois é uma data muito tradicional, no qual as pessoas se presenteiam e se reúnem para comemorar em família”, explica Dan Guinsburg, presidente do Sincovat. Apesar desse imenso movimento no comércio gerado pela Páscoa, o principal sentido sempre deve ser lembrado e colocado em destaque. Para a igreja esse período serve para alcançar o maior número possível de pessoas – muitas das quais vivem na total ignorância do verdadeiro sentido da comemoração. “Todos precisam saber que Deus existe e que nossa vida não se resume apenas ao materialismo aqui da terra. Em segundo lugar, leva às pessoas a verdadeira mensagem de Cristo: mensagem de salvação, de fé, de esperança e de transformação de vidas. Em terceiro lugar, isso serve para que as pessoas vejam a igreja como algo diferente daquela imagem tradicional. A PIB em SJC é dinâmica, ativa e um lugar onde as pessoas podem assistir algo que realmente vale à pena ser assistido, como o Auto de Páscoa com o tema desse ano: Entrega”, conclui o pastor e teólogo Gilson Pinho.

felizcidade.net | 19


EXPRESSÃO arte em movimento • Texto Dj Naldo de Sá- @djnowdoo

EU AINDA ACREDITO - JEREMY CAMP

C

omo a maioria das pessoas, antes eu tinha a impressão ao ver um artista cantando ou tocando lá em cima de um palco ou púlpito, que aquela pessoa com certeza não tinha tantos problemas como eu e, teve uma vida bem mais fácil que a minha. Creio que essa é a imagem que institivamente temos quando vemos alguém em destaque, quer seja cantor, ator ou pastor. Quem já ouviu o Cantor Jeremy Camp com certeza não imagina que muitas de suas canções foram compostas em meio a lutas e provações. Quando Jeremy Camp ainda era completamente desconhecido, nem havia gravado nenhum CD, fazia parte do Ministério de Louvor da Faculdade onde estudava e, foi nessa época que ele conheceu Melissa e o próprio Jeremy disse: “Eu admirava essa mulher que claramente amava a Deus”, e cedo começaram a namorar. Porém o que parecia ser mais um daqueles contos de fadas que você já deve ter ouvido na igreja sobre casais, se tornou uma prova de fé e acabou levando Camp a passar a maior parte do seu tempo sentado ao lado de uma cama de hospital. Após seis meses de namoro, Melissa foi diagnosticada com câncer e durante uma noite no hospital disse que não tinha medo de morrer, mas que gostaria que pelo menos uma pessoa conhecesse a Cristo através de sua morte. Camp teve um impacto muito grande porque era tudo o que ele não esperava ouvir naquele momento. Saindo dali Camp disse a Deus: “Se você quer que eu case com ela, então me casarei, Senhor”. Cinco meses depois a saúde de Melissa melhorou e os dois finalmente se casaram. Seria maravilhoso se a história acabasse aqui, porém ainda na lua de mel Melissa se sentiu mal e no hospital ficou sabendo que o câncer havia voltado com força e que ela teria apenas alguns meses de vida. Durante os meses seguintes Jeremy Camp passou os dias no hospital ao lado da esposa, fazendo o que melhor sabia fazer, cantar suas músicas. Foi nesse período que ele compôs boa parte das músicas das quais mais tarde viriam ser gravadas e ouvidas por milhares de pessoas. Nesse mesmo período Camp disse: “Descobri que a música não era a coisa mais importante pra mim, mas sim o que eu poderia fazer com ela, música não é minha vida, minha vida é Cristo”. Após a morte de Melissa ele escreveu a canção “I Still Believe” (Eu ainda acredito) que fala das lutas que enfrentou ao lado da esposa, gravou seu primeiro álbum e esta música foi 1º lugar em todas as rádios. Camp saiu em turnê e sempre que conta a história por detrás desta música e a morte da Melissa, centenas de pessoas têm entregado sua vida a Cristo. O desejo de Melissa foi realizado! Não apenas uma, mas milhares de pessoas têm tido uma nova vida com Jesus através do testemunho dessa canção. Da próxima vez que vir alguém sobre uma plataforma seja empunhando um instrumento, cantando ou pregando, pense nisso, ou melhor, repense o modo como você o vê.

Depósito Betânia Materiais para Construção

Tel: (12) 3907-6786 e-mail: depositobetania@gmail.com Estrada do Bairrinho, no 1.300 - Santa Hermínia - São José dos Campos-SP felizcidade.net | 21


CONTEÚDO amplie seu conhecimento • Texto Talyta Grandchamp

Mais de 3 mil pessoas atingidas pela chuva Cidades do Litoral Norte e Sul e da região Serrana do Rio de Janeiro contabilizam os prejuízos e esperam a solidariedade das pessoas para recuperarem tudo que perderam

A

tentar dia e noite para qualquer alteração na estrutura da casa, barulhos ou sinais de corrosão. É assim que famílias que vivem em áreas de risco vivem nesse período de chuvas. A terra encharcada é um risco eminente. De acordo com especialistas, todo solo se movimenta, inclusive aquele sob as casas, o que dificulta em alguns casos de que os próprios moradores percebam o problema e que muitas vezes só é visto tarde demais. Ano após ano, os problemas se repetem. Famílias deixam suas casas e correm para fugir da tragédia que a força da chuva pode causar. Durante o último fim de semana o Litoral Norte e Sul sofreram com essa situação. São Sebastião foi a mais atingida. A cidade têm mais de 100 áreas de risco, a maioria na Costa Sul. O volume de chuva foi 70% do esperado para todo o mês de março. Sem estrutura para suportar tanta água, cerca de 400 casas foram alagadas, 2000 pessoas foram afetadas e uma criança morreu. A situação de perigo cresce a cada ano com a chegada de famílias que constroem novas moradias em áreas impróprias. A população alega que o poder público não faz a parte de fiscalização para evitar esse tipo de construção. Com o município em estado de calamidade pública, a Prefeitura admitiu que o trabalho de prevenção está falho. O problema estaria na falta de agentes para fiscalizar as encostas. De acordo com a Defesa Civil seriam necessários 120 agentes, enquanto hoje a cidade conta com apenas 15. “A necessidade que temos são de dois tipos de fiscalização: precisaria de pelo menos oito equipes, são 120 agentes fazendo fiscalização 24 horas para ter 100% de fiscalização ou ainda fazer monitoramento por meio de helicóptero com sobrevoo diário. Não temos verba para isso», disse o prefeito da cidade, Ernane Primazi. Enquanto os entraves públicos não são resolvidos, famí-

22 | felizcidade.net

lias que estão em áreas de risco ficam de olho na previsão do tempo e em tudo à sua volta. E a previsão dos próximos dias é de mais chuva. As famílias de Juqueí estão em estado de alerta. De acordo com o coordenador da Defesa Civil em São Sebastião, Eduardo Santos, o morro do Esquimó é o mais crítico. Lá existem 58 famílias cientes de que, se a chuva continuar, terão que ser retiradas. Até o momento 300 pessoas dos bairros Cambury, Baleia, Maresias e Boiçucanga, na costa sul, continuam desalojadas. Algumas estão em casas de parentes e outras foram levadas para o Ginásio de Esportes de Boiçucanga. A Vila Lobo Guará, em Cambury, foi a mais atingida, as famílias tiveram que ser removidas das casas de barco. Um dos acessos ao bairro Maresias está isolado, com queda de seis barreiras. Nove pontes na cidade foram danificadas. A rodovia Rio-Santos também ficou interditada entre o Km 157 e o Km 159 e segue com passagem controlada devido ao risco de mais quedas. Com tantos problemas, o Governo do Estado de São Paulo liberou R$ 1,5 milhão para aplicar na recuperação da cidade. A liberação dessa verba depende que a Prefeitura apresente os documentos necessários para aplicação específica em cinco obras: na retirada de pedras no Cambury; na reconstrução de duas pontes, uma na costa sul e outra na estrada do Cascalho; na reconstrução de duas passarelas na costa sul e para o trabalho de desobstrução das estradas. Em entrevista coletiva em São Paulo realizada no início da semana passada, o prefeito de São Sebastião se comprometeu a liberar duas áreas para construção de casas para essas famílias que vivem em áreas de risco. “O governador já pediu prioridade para a análise dessas áreas primeiro. Hoje o secretário de Habitação, Silvio Torres se comprometeu em verificar uma terceira área que seria desapropriada pelo Estado para aumentar o número de residências construídas e assim realocar essas pessoas em uma área mais segura”, conclui.


Chuvas em outras regiões

Caraguatatuba também foi atingida pelos chuvas, com mais de 200 pessoas de sete bairros prejudicados pela cheia do rio Juqueriquerê. A Defesa Civil da cidade informou que a área mais crítica é a do Morro do Algodão, onde muitas pessoas perderam tudo que tinham. Cerca de 109 pessoas estão desalojadas e só devem voltar depois que o nível do rio baixar. Em Petrópolis, região Serrana do Rio de Janeiro, a situação é mais preocupante. Já são mais de 30 mortes e algumas pessoas continuam desaparecidas, após a chuva do último domingo. Cerca de 1230 pessoas estão desalojadas. O jardineiro José Ventura Fernandes espera que um dos corpos encontrados seja o do irmão, Pedro Ventura Fernandes, que morava na Vila São Joaquim, na Rua Espírito Santo. “ Estou sem dormir desde domingo. Já enterrei dois sobrinhos e uma cunhada, vítimas do desabamento na Vila São Joaquim. Agora tento achar meu irmão”, declarou ele emocionado ao site G1.com. Ainda de acordo com ele, já tinha pedido ao irmão para deixar o local, mas Pedro gostava de morar lá. A Prefeitura de Petrópolis já contabiliza um prejuízo de R$ 120 milhões, o número é 26 vezes maior que o registrado em 2011 com morte de 70 pessoas.

Apoio a quem precisa

Ver tanto sofrimento nos desperta para o cuidar das pessoas. No Ano de Doação da Primeira Igreja Batista em SJC, a igreja incentiva a todos que exerçam sua compaixão e doação da forma que puder: tempo, alimentos, roupas, móveis, utensílios domésticos, carinho, atenção ou uma oração. Em tantas tragédias que infelizmente registramos, a PIB procura sempre fazer sua parte, enviando equipes e doações para quem precisa. Faça você também sua parte, entregue um pouco do seu amor para o próximo.

Necessidades - material de limpeza e higiene como: sabonete, papel higiênico, fraldas geriátricas, desinfetante, sabão em pó, além de colchonetes, alimento, água e roupas.

Doações em São Sebastião • Ginásio de esportes de Boiçucanga: rua Cascalho, 690 • Sede da Defesa Civil: Praia do Balneário • CRAS de Boiçucanga: rua Sargento Felisbino da Silva, 200, na Costa Sul • Secretaria de Segurança Urbana: av. Guardamor Lobo Vianna, 1064, Centro (em frente à Petrobras) • Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo - Base: avenida Manoel Teixeira, 15, bairro São Francisco e na Praça Simão Faustino, 17, bairro Juquehy. | Telefone: 3862 0811

Doações em Caraguatatuba

• Polícia Militar Ambiental - Base: avenida Horácio Rodrigues, 607, bairro Martin de Sá. | Telefone: 3882-2499.

Doações em Ubatuba

• Polícia Militar Ambienta - Base: rua Antônio Marques do Vale, 241, bairro Silop. | Telefone: 3832-6088.

Doações em Petrópolis

Rua Doutor Sá Earp, no Centro da cidade.

felizcidade.net | 23


RECONQUISTAS vidas restauradas • Texto Claudio Lopes

DO QUE ME RECUPERAR?

O

Programa Celebrando a Recuperação da Primeira Igreja Batista em SJC se destina a todos os tipos de maus hábitos, mágoas, vícios e obsessões. Alguns programas de recuperação trabalham apenas com álcool, drogas ou outros problemas individualmente. Mas o CR, como é conhecido, é um enorme “guarda-chuva” sob o qual não existe limite de problemas que podem ser tratados. Pense nos seguintes aspectos para identificar sua área: • Exemplifique primeiro os motivos de maior conscientização que são temas de necessária recuperação: Ira, Dependência Química (drogas, álcool, cigarro e remédios), Depressão, Distúrbios na Área Sexual (compulsão sexual, pornografia, adultério, homossexualidade), Mulheres Dependentes de Relacionamentos Destrutivos, Distúrbio Alimentar (compulsão alimentar, bulimia e anorexia). • Analise os temas que não conhecia e os que não sabia que precisava buscar por recuperação: Codependência, Procrastinação, Autocomiseração, Baixa Autoestima, Medo, Impaciência, Compulsão por Compras, Julgamento, Murmuração, Maledicência, Ressentimento, Culpas Falsas, Falsidade, Mentira, Rebeldia, Egoísmo e Materialismo. • Considere os temas que nem considerava como errados: Perfeccionismo, Trabalho Excessivo (Workaholic), Timidez e Religiosidade (Farisaísmo). Tudo sobre o qual você não pode falar já está fora de controle em sua vida!

24 | felizcidade.net

A decisão é sua e depende de uma única escolha: você quer agradar aos homens ou a DEUS? Deus tem um plano singular para você! Nunca se esqueça: você não é o seu pecado e sim um filho amado de DEUS! Você precisa querer se livrar de toda a bagagem desnecessária. A máscara não reflete a Glória do Senhor, somente a nossa face para as pessoas. “Não é tolo aquele que abre mão, do que não pode reter, para ganhar o que não perder.” Jim Elliot

O CR já começou mais ainda dá tempo!

Essa semana inicia o primeiro estudo do guia do participante “Negação”. Não fique de fora do agir de Deus neste ciclo e de tudo que Ele separou para os seus filhos que tomaram a decisão de priorizar sua recuperação. Venha fazer parte do marco que, em nome de Jesus, esse Ciclo será para nossa vida e Igreja! Toda sexta às 19h30 no Campus Colina Aos domingos às 17h CR Jovem, Campus Colina

ChurrasCO do CR

Dia 05/04 a partir das 18h, no Campus Colina. Convites para adultos R$12 e para crianças R$10


CABIDE fique por dentro • Texto Paula Talmelli

Inspire-se nas tendências Outono/Inverno 2013: Cores

A

s temperaturas começam a baixar – é o Outono que se aproxima! A cada nova estação a moda nos apresenta diversas novidades. E quais serão as cores mais usadas?

• Neutras escuras: Teremos as básicas que não saem de moda como o preto, cinza e marrom. Mas este ano o azul marinho aparece também como uma alternativa. Você pode usá-lo no lugar do preto, por exemplo, ou pode combiná-lo com o preto, como Yves Saint Laurent, que nos mostrou que esta combinação é possível, e é bem chique. • Neutra clara: Usar cor clara no inverno agora é chique. E a cor eleita é o “off-white” – também conhecido como champanhe ou marfim bem clarinho. É quase um branco sujo. Use um terninho off-white com cinto preto sobre o blazer marcando a cintura e sapatos preto de verniz. Um cuidado para não parecer profissional da saúde: se você estiver com um look off-white, nunca use sapato, cinto ou bolsa branco, marfim, champanhe ou em qualquer tom que lembre o branco. • Cores: - Verde oliva – que traz junto a tendência de roupas com estilo Militar. - Roxo – básico de todo ano. - Amarelo, mostarda, dourado e coral – algumas marcas ousaram com cores mais alegres. Você verá muito destas cores em rendas e bordados que marcam o estilo Barroco. - Burgundy – conhecido como bordô é a cor queridinha da estação. Aparece em roupas, sapatos, bolsas e também na maquiagem – esmaltes e batom. É uma cor bem oponente, e combinada com preto cria looks bem sofisticados.

#CONECTE

www.glammais.com.br facebook.com/paulatalmelli

Nas próximas edições traremos mais tendências do Outono/Inverno 2013.

felizcidade.net | 25


RADAR fique ligado

• Texto Mônica Barbosa

O caminho de uma identidade saudável “Rumo a uma caminhada de descoberta”, esse é o nome dado a trilha realizada no último sábado, 16, para os homens do Eleve UP 30+. Buscando despertar o olhar masculino para a convivência dessa faixa etária, a programação foi pensada na busca por novos comportamentos e atitudes. “A trilha começa com a submissão de vocês”, assim começou um percurso de descoberta, ministração, partilha e uma avaliação pessoal, sem saber o que aconteceria. Levados a enxergar uma identidade masculina saudável, cerca de 60 homens foram conduzidos pelo pr. Fabiano Ribeiro ao processo da iniciação masculina. No início da trilha, cada um levou um graveto ou pedaço de pau simbolizando o “seu Izaque”, que representava o orgulho, a ira ou a insubmissão, durante todo o trajeto até a entrega do pecado que o aprisionava, ao final. Para Sandro Oliveira, líder do ministério, esse é o início de um projeto sonhado. “Nesse ambiente, novas amizades foram firmadas, com tempo de comunhão, e uma mudança de comportamento e atitude”, diz. Outro ponto de atenção também foi a saúde física. Em um ambiente que exige condicionamento físico e preparo, muitos ali se viram em falta com o corpo. Perceberam a necessidade do exercício físico, boa alimentação e uma qualidade de vida elevada. O processo de transformação de quem participou já começou ali mesmo dentro do ônibus na volta, é o que disse

Sérgio Silva ao ouvir de um deles. “Eu sempre fiz aventuras assim, trilhas, acampamentos, mas eu nunca tinha enxergado algo nessa perspectiva. Curti tudo vendo o que Deus fez tudo para desfrutar a jornada masculina. Foi um marco em minha vida e o quanto Deus espera da masculinidade e a responsabilidade”, conta.

Eleve Resgate EM AÇÃO

Um grupo de 35 jovens do Eleve Resgate de SJC e Caçapava, estiveram na última 2ª feira, dia 18, atuando na porta do Estância Nativa. Com abordagens que levavam amor, jovens eram impactados com uma conversa informal, mas que levava a verdadeira esperança que é Jesus. No total foram 13 decisões de conversão. Experiências como a venda de ingressos sem a pessoa entrar no show, pedido de oração entre outros, impactaram o grupo. Alguns jovens disseram só estar ali por ter saído de casa brigado com os pais.

Podostet

Zilene de Oliveira Podóloga

Clínica de Podologia

Av. Andrômeda, 693 - sala 4 1º andar - Espaço Andrômeda Jd. Satélite - SJCampos - SP

Tel.:(12)3021.3050 Cel.:(12)8174.6057

felizcidade.net | 27


PG vida em comunidade • Texto David Tiburcio

O SIGNIFICADO DA PÁSCOA NOS PEQUENOS GRUPOS

al

ueno G Peq

o rup

E

stamos vivendo a semana mais significativa para os cristãos de todo o mundo, a semana da Paixão de Cristo. Muitos param nesse período para refletir sobre a vida, paixão, morte e ressurreição de Jesus. Quase 3 bilhões de pessoas em mais de 200 países relembram a saga da renúncia, amor e entrega que o filho de Deus fez, por amor a cada um de nós. É impressionante que 2000 ano-s depois, Jesus continue atraindo bilhões de pessoas em toda terra, igrejas continuam cheias, a fé cristã continua rompendo barreiras e sendo a maior religião de toda humanidade, apesar dos erros e pecados de cada cristão. Vale lembrar que a maior festa do cristianismo, a Páscoa, começou com a libertação dos judeus. Foi justamente nesse período que Jesus passou por todo sofrimento e ressurreição. Para os cristãos essa data passou a ter o sentido de libertação dos pecados, devido à Paixão de Jesus. A nossa casa ou família é um ambiente seguro, de proteção, unido por laços afetivos, que quando tem Cristo no centro o mal não pode tocar, pois está protegida pelo sangue do cordeiro, assim também é o Pequeno Grupo. É um lugar

Igreja Lo c

us Jes or

ja do Sen h Igre

MDA

Meu Discípulo Amado

seguro para se sentir amado e poder amar, é o lugar do reconhecimento das nossas diferenças, que gera transformação e renovação de valores e do nosso caráter. Ele é constituído por relações de amor. No PG desenvolvemos nossa personalidade, nele crescemos como cristãos e encontramos o verdadeiro sentido de vivemos os propósitos de Deus. Baseado nisso, posso afirmar enfaticamente que o PG é uma verdadeira família! Lugar de respeito mútuo, amor e troca de ideias através de muita conversa e diálogo, propiciando dessa forma um ambiente saudável para crescimento de todos. Então nesses dias de Páscoa use estratégias para trazer novas pessoas para o seu PG. Convide-os para assistirem o 10º Auto de Páscoa da PIB, troque os ingressos e doe para eles! Depois os estimule a irem ao Dia do Amigo no seu PG, preparando algo especial! Iremos alcançar os alvos nesses 40 dias de Doação de multiplicação, conversões e batismos. Creia que Jesus é nossa Páscoa, nossa vida. E Ele fez tudo por você e por mim. Cristo escolheu os cravos e a cruz por amor! Que nesta semana, ao meditar sobre a Paixão de Cristo, não se esqueça de que toda essa linda história de amor foi por você!

Participe de um PG

Se você ainda não faz parte de um PG entre no site da Primeira Igreja Batista www. pibnet.com.br vá até “Conecte” e depois clique em “Encontre um PG”. Você também pode enviar um e-mail para keola@pibnet.com.br solicitando um pequeno grupo. Coloque seu nome, bairro onde mora ou em quais bairros você poderia ir para participar e o perfil desejado (jovem, adulto, casais, etc.). Caso queira falar diretamente conosco por telefone, ligue para: 4009-4300. Não importa de onde você seja, se de São José dos Campos, tem um PG perto da sua casa, se de uma das igrejas da Cidades, temos um PG, ou qualquer lugar do mundo temos um PG online que você pode participar!

felizcidade.net || 29 29 felizcidade.net


30 | felizcidade.net


SOLIDARIEDADE o que vale é a ação • Texto Sergio Ivo

TRILHAS DA PROFISSÃO

O

Projeto “Trilhas da Profissão” atua na área de educação para qualificação profissional. Consiste em capacitar profissionalmente 180 jovens com idade entre 18 e 29 anos, a cada ano, das comunidades carentes de São José dos Campos, nos seguintes cursos: • Auxiliar de cozinha • Auxiliar de panificação e confeitaria • Auxiliar de cabeleireiro São 40 vagas para cada curso onde além da formação específica, os alunos serão capacitados também em noções de cuidados com a apresentação pessoal, higiene, manipulação de alimentos e postura profissional, habilidades para lidar com as pessoas, com ética, senso analítico e crítico. Ao final de cada curso, os alunos estarão preparados para o mercado de trabalho com conhecimentos específicos de cada área e em noções de ética, direitos humanos, sociais e de cidadania com possibilidades grandes de empregabilidade. Os alunos serão selecionados por meio de uma triagem, onde deverão comprovar que se enquadram nos critérios socioeconômicos do público que projeto atende. A ABAP realiza até o dia 29 de março inscrições para participação dos cursos com início em 1o de abril de 2013. Novas turmas serão formadas. Os cursos são gratuitos e patrocinados pela Petrobras,

Você pode comprar produtos e fazer doações com seu cartão de débito no estande da ABAP no Campus Colina. ABAP – Associação Beneficente de Ajuda ao Próximo Registro de Utilidade Pública Municipal: Lei n° 5.758 de 05 de outubro de 2000. Registro de Utilidade Pública Estadual: Lei nº 13.520 de 29 de abril de 2009. Avenida Deputado Benedito Matarazzo, 8333. Vila Betânia - São José dos Campos/SP. Contato: (12) 3923-1544/3308-1354

dentro do Programa Desenvolvimento & Cidadania que vai oferecer todo material didático, uniforme e passagem de ônibus para os alunos, que receberão certificado de conclusão emitido em conjunto com a Escola Methodo, certificada pelo MEC. Ajude a ABAP a divulgar estes cursos em sua rede de influência. Os interessados devem comparecer pessoalmente para agendar entrevista com Assistente Social da ABAP ou pelos telefones 3923-1544/3923-1363.

Trilhas da profissão, o melhor caminho para o mercado de trabalho. Você profissional em uma dessas áreas tem a possibilidade de trabalhar em parceria com a ABAP nesses projetos. Precisamos de profissionais da área de beleza, como cabeleireiros, manicures para trabalhar no IBA – Instituto de Beleza ABAP. Venha nos visitar e participar desse projeto.

Contribua para a continuidade dos projetos. Banco Bradesco: Agência: 2858-4 Conta Corrente: 19780-7 CNPJ da ABAP 01.372.496/0001-97

www.abapsjc.org.br facebook.com.br/abapsjc

felizcidade.net | 31


32 | felizcidade.net


TÔ DE FOLGA cultura, lazer e afins • Texto Fabrício Correia

blue-ray/DVD

The Muppets: BLUe-ray/dvd

007 – Operção Skyfall

O maior espião da história do cinema completa 50 anos de adaptação para as telas. Personagem de Ian Fleming, James Bond chega a sua 23ª aventura em 007 – Operação Skyfall. Em uma Londres chuvosa, com desfiles nostálgicos de modelos de carros clássicos, o filme conta com um elenco afinado. Daniel Craig está de volta como 007. Albert Finney ator de rara sensibilidade, traz um elo com o passado escondido de Bond. Ralph Fiennes e a excepcional Judi Dench como a famosa M, completam o time que ainda conta com o vilão bem elaborado de Javier Bardem e a música premiada de Adele, feita especialmente para a trama. O roubo de um HD contendo informações valiosas sobre a identidade de diversos agentes, infiltrados em células terroristas espalhadas ao redor do planeta, faz com que James Bond (Daniel Craig) parta atrás do ladrão. A perseguição segue pelas ruas de uma cidade na Turquia e acaba em cima de um trem. Precisando impedir que a peça seja levada, M (Judi Dench) ordena que a agente Eve (Naomi Harris) dispare, mesmo sabendo que o tiro pode atingir Bond. A partir daí a história ganha várias reviravoltas. My name is Bond. James Bond.

Por falar em Oscar de melhor canção, ano passado foi este filme que derrotou Carlinhos Brown e Sergio Mendes e sua canção “Real in Rio”. “Man or Muppet” foi a melhor música para cinema de 2011. O filme é uma delícia. Entretenimento garantido para pais e filhos. De férias em Los Angeles, Walter (Peter Linz), o maior fã dos Muppets em todo mundo, seu irmão Gary (Jason Segel) e a namorada dele Mary (Amy Adams), de Smalltown, EUA, descobrem um nefasto plano do explorador de petróleo Tex Richman (Chris Cooper) para destruir o teatro onde os bonecos se apresentavam e extrair o petróleo do subsolo. Para salvar o local, eles resolvem montar um programa de TV e arrecadar os US$ 10 milhões necessários, além de ajudar Kermit (Steve Whitmire) a reunir os Muppets, que tinham tomado rumos diferentes. Participações especiais de Jack Black, Whoppi Goldberg e Selena Gomez. Diversão garantida.

ENTRE ASPAS

felizcidade.net | 33


REFLITA valores para vida

o verdadeiro amor

O

que é amar e ser amado? Todo mundo busca o verdadeiro amor, homens, mulheres, crianças, jovens, adultos e idosos. Vemos nas comédias românticas um amor do sonho, forte nas mulheres, mas também compartilhado por muitos homens, mesmo que eles neguem. Sem dúvida todos buscamos o verdadeiro amor. Mas o que é esse amor que tanto buscamos? Temos sido bombardeados por um padrão de felicidade e de amor que não corresponde a realidade. Muitos desejariam ter pelo menos um último capítulo de novela em sua vida a cada ano, onde tudo vai para o seu “lugar”. Os maus são punidos. Os doentes são curados. Os pares românticos ficam juntos e felizes para sempre. Todo mundo se casa e coisas do tipo. Mas na real, vivemos em um mundo onde há dor, doenças, violência, mal, lutas e dificuldades que parecem não ter fim. Tenho certeza que você já passou e pode até estar passando por uma dor muito grande hoje. A vida não é uma novela ou um filme. Mas diante deste padrão do mundo, há uma busca de forma insana por alívio, paz e principalmente amor. Uma preocupação apenas consigo mesmo e, em nome da busca da felicidade individual, muitos casamentos são desfeitos, deixando sequelas para todos os lados. Divórcio é 100% de perda, tanto para o casal, quanto para os filhos e toda a família. As crianças gritam por atenção e amor dos pais. Você já assistiu a Super Nanny? O que mais me impressiona neste programa é como tantos pais não conseguem ser amorosos com seus filhos e têm como resultado uma rebeldia, e um clamor por atenção, carinho, amor.

34 | felizcidade.net

Tenho certeza que quem não consegue amar, é porque também não foi amado primeiro. Você não tem como dar daquilo que não recebeu. A busca pelo amor verdadeiro é legítima e colocada no nosso coração por aquele que melhor nos conhece. Há um amor verdadeiro, capaz de dar alívio e trazer aceitação, cura e esperança. Um amor de uma pessoa, muito especial, perfeita e que anseia por ser o seu amado. Nós fomos criados por Ele, para sermos amados e amar. Fomos criados para receber o amor de Deus. Amor de amante, de amigo, de Pai. Um amor que preenche, capacita a amar o outro e lança fora todo o medo. O único amor que é completamente altruísta. Que ama sem querer nada em troca. Que escolhe e decide em favor do outro e, não de si próprio. O amor que não é sentimento, mas atitude, ação em prol do outro. Independentemente dos atos, obras e comportamentos, Deus te ama. Você só pode amar, quando recebe amor. O mundo tem buscado amor, em fontes que não saciam. Existe apenas uma fonte capaz de nos suprir: aquele que nos amou primeiro. Essa é uma fonte inesgotável: Deus. Deus é como uma grande cachoeira, tipo Cataratas da Foz do Iguaçu. Ele derrama sobre nós uma quantidade imensa de amor e, é o único amor que pode nos suprir, nos consolar no luto, na dor, nos libertar da rejeição, nos levar a relacionamentos saudáveis e nos capacitando para amar verdadeiramente o outro. Mas como vamos a Deus? Temos ido com um conta-gotas embaixo deste abundante fonte, recebendo quase nada e nosso reservatório está sempre vazio. Deus não retém nada. Ele quer que você receba, receba, receba e possa ser

Carmen Rangel Ministra do Propósito Serviço da Primeira Igreja Batista em São José dos Campos

suprido em suas mais profundas carências. Ele deseja derramar sobre você do bálsamo curador. Ele é fonte e fonte permanente à sua disposição. Isso não é uma promessa de falta de dificuldades, mas é a garantia de que podemos escolher o melhor da vida, amar e ser amados por Deus. A dor é inevitável. Passar por desilusões, perdas, luto, ser ferido, ser abusado, ser rejeitado, ter fome, ter sede, estar preso, são realidades deste mundo. Todos vamos passar por muitas destas coisas. Mas quero te dizer uma coisa: o que você faz com essa dor é uma escolha. Você pode alimentar o sofrimento, com autocomiseração, alimentando a ira, o ódio, a vingança, ou escolher correr para a fonte, receber de forma abundante e inesgotável todo o amor Daquele que é amor. Deus te ama como você é, mas não te deixa como está. Aproxime-se Dele e receberá tudo o que precisa. Tenha seu caráter e vida transformados por esse amor e, assim como filho, será mais parecido com seu Pai, amando e sendo amado, vivendo o verdadeiro amor.


OS

DISPE

EC M

N

25

A

DISPEMEC, UMA EMPRESA QUE VAI LONGE. A tradição reconhecida no mercado de autopeças já vem de longa data, mas está sempre de olho no futuro, preparada para atender as necessidades de seus clientes, com qualidade e eficiência.

Siga a Dispemec no Facebook: www.facebook.com/Dispemec

www.dispemec.com.br



Revista FelizCidade #12