Page 1

petpop revista

ano 01 • edição 08 • junho |2014

ribeirão

Gucci Brincalhão, lindo e afetuoso, é a alegria de toda a família.

Diz aí, Doutor Vet

Dê banho em seu pet sem prejudicar sua pele e pelo.

Homeopatia Informações sobre a doença do carrapato e possíveis tratamentos.

Nutrição Pet Alimentos comuns no nosso dia a dia e proibidos para cães.

Turismo Pet Dicas para você e seu pet desfrutarem do destino escolhido. Raça do Mês

Guia Pet

Saiba mais sobre o Rottweiller, um cão fiel e amigável.

Relação de serviços pet localizados mais perto de você.


Expediente

Editorial

Diretor e Editor Luis Inácio do Amaral Galvez Jornalista Responsável Márcia Rosseto Mtb: 21.701.90-45-SP Consultora de Conteúdo e Revisão Patrícia Teixeira de Almeida Fotografia Shutterstock Foto de Capa Melissa Bosi Projeto Gráfico e Editoração Krearis Editorial

Olá a todos os amigos e leitores.

CNPJ 18.861.145/0001-42

Tiragem: 3.000 exemplares Impressão e Acabamento Brussegraf Fale conosco Pelo Facebook: RevistaPetpop Por e-mail: revistapetpop@gmail.com Faça o download da revista pelo ISSUU através do link: www.issuu.com/revistapetpop Anuncie Para anunciar na Revista Petpop Ribeirão ligue para (16) 98161-8048 ou (16) 99131-9339 ou se preferir envie um e-mail para revistapetpop@gmail.com A Revista PetPop Ribeirão é uma publicação mensal de Krearis Editorial, e é distribuída gratuitamente em pet shops, clínicas veterinárias, padarias, academias e lugares de grande circulação de pessoas em Ribeirão Preto. Não nos responsabilizamos pelos conceitos emitidos nos artigos assinados ou por qualquer conteúdo publicitário e comercial, sendo estes de inteira responsabilidade dos anunciantes. Reservamo-nos o direito de não publicar qualquer conteúdo não condizente com a linha editorial definida. Ninguém além de seu editor tem autorização pra falar em nome da Revista PetPop Ribeirão. É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem autorização escrita do editor. © 2013 Krearis Editorial.

Nesta edição escolhemos como Petpop do Mês uma raça pouco conhecida, o Spitz Italiano, também chamado de Spitz de Florença, Volpino Italiano ou de Cane de Quirinale. Tomamos conhecimento do Gucci enquanto conversava com o pessoal da Spazio Animale sobre cães pouco comuns, e quando mostaram sua foto, decidimos na hora que ele seria a próxima capa. Durante a sessão fotográfica com a Melissa Bosi, Gucci demonstrou ser um cãozinho extremamente afetuoso e brincalhão, divertindo a todos no estúdio. Para a Raça do Mês, o escolhido foi o Rottweiller, e a razão dessa escolha foi a de justamente desfazer um pouco a associação que as pessoas em geral tem de que a raça é violenta. O perfil descrito é bem fiel ao comportamento do Rottweiller, e mostra que sendo devidamente educado, e tendo sua natureza compreendida, podemos ter um relacionamento mais harmonioso, e descobrir nele, características como fidelidade e sociabilidade. E falando em compreender melhor a natureza de nosso pet, o Dr. Leandro Zaine nos descreve quais os alimentos que ingerimos no nosso dia a dia, e que são tóxicos a cães e gatos. É um alerta que nos faz refletir sobre o erro de pensar que “o que é bom para nós, também é bom para eles”. Também com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de nosso pet, a Dr. Lucimara Girão de Carvalho, dá importantes informações sobre a incidência e tratamento da “doença do carrapato” sob o ponto de vista da homeopatia. E no Manual do Pet Viajante vamos ficar sabendo como devemos proceder para que tenhamos uma ótima estadia ao chegar no nosso destino final. Espero que gostem desta edição e que tenham uma ótima leitura,

Diretor e editor


Índice

04

Diz aí, Dr. Vet

06

Homeopatia Vet

08

Nutrição Pet

09

Turismo Pet

10

Raça do mês

12

Guia de serviços

16

Petpop do Mês

Cuidados com o pelo e pele de seu pet na hora do banho.

A doença do carrapato e a abordagem homeopática.

Saiba quais alimentos são tóxicos para seu bichinho.

Você acabou de chegar no seu destino. E agora ?

Rottweiller, uma raça muito temida e pouco compreendida.

Saiba aonde estão os pet shop e clínicas mais perto de você.

Foto: Melissa Bosi

Gucci, olhar encantador e jeito brincalhão.


Diz aí, Doutor Vet Doença do Carrapato “Erlichiose Canina” Por Dra. Lucimara Vilela Carneiro Girão de Carvalho

A Erlichiose canina é uma enfermidade que acontece em praticamente todas as regiões do Brasil. Ela é causada pela bactéria Ehrlichia canis, e é transmitida pelo carrapato marrom do cão, Rhipicephalus sanguineus ou em transfusões sanguíneas.

Em filhotes, fêmeas gestantes ou lactantes, é recomendável o uso de talcos carrapaticidas. A Homeopatia via oral através da água de beber tem uma eficácia grande, segura e pode ser utilizada para todos os animais, idades e fases.

Sua maior incidência é no verão. O período de incubação pode variar de 1 a 3 semanas após a transmissão, podendo o agente agressor ficar incubado em órgãos de defesa, como os linfonodos, o baço, o fígado e a medula óssea, até que, oportunamente, outro fator cause a queda da imunidade, para desencadear a patologia na corrente sanguínea.

Em casos onde o animal já estiver infectado, o tratamento consiste no uso de antibióticos, antianêmicos e com a homeopatia via oral e injetável. Em casos graves são realizadas até mesmo as transfusões sanguíneas.

Os sintomas mais comuns são: apatia, anorexia (falta de apetite), letargia (perda de sensibilidade), anemia, palidez de mucosas, hipertermia (febre alta) e petéquias (pontos vermelhos).

É uma doença de incidência altíssima na nossa região, onde a prevenção se torna necessária o ano todo. E deve ser feita pelo controle do agente transmissor, o carrapato, no ambiente e no próprio animal. Em caso de dúvida, recomenda-se que procure sempre um médico veterinário.

O diagnóstico pode ser feito através do histórico clínico e do exame físico do paciente, juntamente com os exames laboratoriais como Hemograma, PCR e Sorologia. Sua principal prevenção é feita pelo controle do agente transmissor, o carrapato, utilizando produtos químicos à base de Fipronil (em Spray ou Top Spot) e Piriprol (em Sp ot on), indicados para animais que tomam banhos semanalmente. E Deltametrina ou Propoxur (nas coleiras), para animais que tomam banhos esporádicos mensais ou intervalos maiores.

04

petpop

Dra. Lucimara Vilela Carneiro Girão de Carvalho. CRMV SP -11.961. Médica Veterinária especializada em Homeopatia, Cardiologia, Terapia Floral e Reiki. É proprietária da Melhor Amigo Clínica Veterinária & Pet Shop. lucimaravet@uol.com.br


Desenvolvendo soluções

INJETÁVEIS HOMEOPÁTICOS

A INJECTCENTER é uma farmácia de manipulação com injetáveis e produtos estéreis, instalada com as BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO EM FARMÁCIA (BPMF) e regulamentada de acordo com as normas exigidas pela ANVISA. Os INJETÁVEIS HOMEOPÁTICOS desenvolvidos pela INJECTCENTER são resultados da união dos conhecimentos da homeopatia tradicional com a tecnologia inovadora e com pesquisas na área. Estas preparações já são utilizadas há 10 anos por profissionais experientes da área e com excelentes resultados, devido à praticidade da aplicação e à rápida resposta do animal.

Vários casos crônicos e agudos têm sido revertidos e controlados com o tratamento. Diversos tipos de neoplasias em animais têm sido tratadas com os injetáveis homeopáticos e a resposta é muito positiva. Foram verificadas melhorias na qualidade de vida do animal, tais como, retorno do apetite, vitalidade, maior disposição, levando ao aumento geral na expectativa de vida, além da ausência de efeitos colaterais. A empresa conta com uma equipe de profissionais qualificados e capacitados atendendo às necessidades comerciais do mercado.

Rua Alfredo Benzoni, n° 33 - Jd. Iguatemi CEP 14091-520 - Ribeirão Preto - SP (16) 4009-9600 / 3624-1787 atendimento@injectcenter.com.br injectcenter@injectcenter.com.br www.injectcenter.com.br


Nutrição Pet Alimentos proíbidos para pets. Por Dr. Leandro Zaine

Em uma consulta nutricional não temos como fugir das perguntas: “o que seu cão/ gato come?” “e petiscos?”.

relato de caso de gato que foi intoxicado por comer papinha de criança que apresentava 0,3% de cebola em pó.

Certa vez, em uma consulta, quando perguntada sobre o que seu poodle Flufy gostava de comer, a proprietária prontamente disse: “Ele adora chocolate e bala”. Preocupados, explicamos os riscos do chocolate e doces aos pets, ao que ela insistiu: “Mas ele adora! Nem um pedacinho?”, mas quando a informamos que seu Flufy poderia morrer por este pedacinho ela compreendeu a gravidade.

Uva e Uva passa

Situações como esta, nos fazem refletir, e perceber que os proprietários nada mais querem do que fazer seus pets felizes. Por isso, resolvemos escrever este artigo com alguns alimentos comuns à nutrição humana, mas que aos nossos amiguinhos causam danos muito sérios.

Chocolate Possui teobromina, uma substância que é rapidamente absorvida pelo trato digestório e bloqueia os receptores de adenosina, o que é crítico para a produção de energia celular e outras funções. Como consequência pode-se observar em cães e gatos que comeram chocolate: vômito, diarreia, hiperexcitação, aumento da micção, aumento dos batimentos cardíacos, broncodilatação, convulsões e morte.

Cebola Contém compostos sulfurados que têm alta reatividade oxidativa e é responsável pela oxidação da hemoglobina, que provoca anemia e pode ser fatal. A intoxicação pode ocorrer pela ingestão de cebola crua, desidratada, cozida ou produtos contendo cebola em pó. Os gatos são mais suscetíveis à intoxicação por cebola que os cães. Já houve

06

petpop

Esta fruta apresenta um composto não identificado que sobrecarrega os rins e pode provocar insuficiência renal aguda. Existem suspeitas de que os fungos presentes na uva e suas toxinas como a ocratoxina, ou os resíduos de pesticidas utilizados na produção possam ser os responsáveis pela falência renal, porém até o momento, nenhuma evidência foi encontrada a este respeito. Nas primeiras 24h os cães geralmente apresentam vômito como primeiro sinal clínico. Eles podem ainda apresentar fraqueza, desidratação, oligúria, anúria e falência renal.

Doces Os doces podem, principalmente, levar o seu amiguinho à obesidade. Além disso, pode aumentar o risco de adquirir Diabetes. Principalmente para os gatos e, menos comum, para os cães se observa essa relação de intolerância à glicose e hiperinsulinemia com o aumento do peso corporal. A forma de Diabetes que afeta a maioria dos cães é semelhante à Diabetes tipo I Humana, ou insulino-dependente. Já a Diabetes mellitus Felina, se assemelha à Diabetes tipo II Humana. O importante é que o quadro de hiperglicemia pode ser revertido, se o seu cão ou gato retornar ao seu peso normal, com cautela e acompanhamento médico. Evite que seu pet fique obeso ou com sobrepeso. Procure um Nutrólogo!

Leandro Zaine, Médico Veterinário, Doutor em nutrição de cães e gatos pela FCAV-UNESP – Jaboticabal. Atua como especialista em nutrição veterinária na região de Ribeirão Preto. www.petnutri.com.br


ANOS COM VOCÊ

Fundada em 1975

Primeira Farmácia Homeopática de Ribeirão Preto e Região

Manipulação Florais - Homeopatia Alopatia - Fitoterapia Ortomolecular - Odontologia Veterinária - Cosmética Produtos Naturais Oligoelementos

Drogaria

Genéricos - Referência Perfumaria em Geral

Central de Atendimento

16 2101-5497

Serviço de entregas em domicílio

www.homeocenter.com.br Loja 1 - Rua Florêncio de Abreu, 1112 Centro - CEP 14015-060 Loja 2 - Shopping Rodoviária - Box TI 07 e 14 Centro - CEP 14010-040


Turismo Pet Manual do Pet Viajante • parte 07 Desfrutando do destino escolhido. Por Turismo 4 patas

Deixe-o desfrutar das áreas livres, encher de carrapicho, rolar na grama, sujar de lama, nadar, correr bastante….Cada um aproveita o momento como mais gosta. Esse é o jeito dele aproveitar. Não tire essa oportunidade e, lembre-se que a viagem deve ser inesquecível para todos. Respeite os limites e as afinidades de seu pet para com as atividades e programação que você deseja. Cuidado para não sobrecarregá-lo fisicamente, e não causar nenhum trauma ou mesmo trazer algum problema de saúde. É bem possível que você encontre outros pets, por isso é preciso que eu seja um pet sociável. Não será nada agradável se ele se meter em confusão ou arranjar brigas. Animais rurais e silvestres também poderão surgir no caminho, especialmente se o destino for campo ou montanha. Não deixe que ele persiga os bichinhos. Eles podem se assustar e fugir da propriedade ou ainda machuca-lo. Na praia, verifique se é bem-vindo. Infelizmente, não existe, no Brasil, nenhuma praia oficialmente liberada para animais de estimação. Alguns municípios litorâneos, chegam a aplicar penalidades que vão de multas até a apreensão do animal, caso a pessoa insista em permanecer na faixa de areia com um pet. Mas, se o destino for flexível nesse ponto, escolha os horários de menor movimentação, como o início da manhã ou o final do dia. Após os mergulhos no mar, dê um banho com água doce e seque bem para evitar problemas causados pela umidade. Os ouvidos também devem ser bem sequinhos, para impedir a inflamação. E você sabia que ele também pode ficar queimado de sol? Evite esse desconforto deixando-o na sombra nos horários mais quentes e mantendo-o sem-

08 petpop

pre bem hidratado. Se a pelagem for clara, é preciso levar filtro solar, pois a exposição ao sol pode ser prejudicial à saúde. Use somente produtos adequados a pets. Piscina com cloro também merece atenção especial. É preciso uma boa ducha para tirar o cloro e secar bem o pêlo. Se o pet tiver estômago sensível, leve também água mineral para evitar que fique com diarréia. Misture com a água do local visitado, até que ele se acostume. A mudança de ambiente também pode ser um fator de estresse. Durante os dias de férias, é importante manterem a rotina de alimentação e necessidades. Se ele estiver acostumado com tapetes higiênicos ou jornal, é recomendável que os mesmos sejam colocados à disposição. Se ele tiver o costume de fazer suas necessidades na rua, mantenha o seu horário rotineiro para isso. É importante que você mantenha também sua dieta normal. Se ele come certa marca de ração, não mude durante a viagem. Se ele se perder, não deixe o tempo passar. Entre logo em contato com os órgãos públicos de controle de zoonose, as entidades de proteção aos animais e os veterinários localizados num raio de até 100km da região em que ele desapareceu. Espalhe cartazes com a sua descrição e o telefone do hotel. O ideal é ter sempre à mão uma foto dele, para poder copiá-la e exibi-la para as pessoas.

Texto originalmente publicado por Turismo 4 Patas Para maiores informações acesse: www.turismo4patas.com.br contato@turismo4patas.com.br

petpop 09


Raça do mês Rottweiller Por Dr. Ricardo Tubaldini

Usado como cão pastor desde a Idade Média, o Rottweiler ganhou mais notoriedade a partir da Primeira Guerra Mundial, e passou a ser utilizado como cão de polícia logo após esse período – sendo uma raça considerada entre as melhores para atuar como cão de guarda, realizando a defesa e a proteção de pessoas e propriedades das mais diversas. Comportamento Sua principal característica é ser um cão muito dominante. Não tolera outros cães e tem um instinto para a luta. A fêmea é muito mais tolerante, tem melhor integração com a vida familiar e tem um senso protetor com as crianças. Se você for assaltado, cães dessa raça entram em fúria, defendendo-lhe até o fim da briga e sem receio algum de choques ou ameaças das mais variadas. No entanto, o Rottweiler é calmo, amigável, familiar, amoroso, tranquilo e não late muito. Conforme citado anteriormente, boa parte da personalidade da raça será formada a partir do tipo de criação que lhe for oferecida – sendo, portanto, totalmente possível condicionar um animal da raça a desenvolver mais o seu lado amoroso e de companhia. Além de todas as características já expostas, a raça também é dona de uma inteligência altíssima, ocupando a posição de número 9 no ranking dos cães mais espertos, sendo capaz de assimilar bem qualquer tipo de comando e adestramento. Dono de uma natureza bastante territorial, pode se tornar agressivo quando sente alguém invadindo o seu espaço.

10

petpop

Cuidados Específicos O Rottweiler autoritário precisa de um proprietário que possa tratá-lo e dominá-lo. Requer foco em treinamento e socialização para prevenir o desenvolvimento de comportamento agressivo ou nervoso. É

aconselhável monitorar a dieta, oferecendo uma alimentação balanceada e sem exageros para evitar que engorde. Sendo a natureza do Rottweiller de bastante trabalho e atividade, é essencial que a raça viva em um local que conte com espaço suficiente para a prática de exercícios físicos constantes. O ideal é que a raça possa praticar atividades cerca de duas vezes ao dia, sendo que ele deve ser levado para fora de casa – mesmo que para o quintal – para que esse tipo de exercício seja realizado. Além de poder destruir a casa com suas brincadeiras, os cães Rottweiler tem uma grande tendência a se tornar acomodado e preguiçoso enquanto no conforto do lar e, por isso, leva-lo para ambientes diferentes e abertos é sempre a melhor opção para incentivar o nível de energia e atividades do cachorro. Saúde O Rottweiler é um cão de boa saúde, no geral, mas problemas de displasia da anca, torção de estômago ou parvovirose podem ocorrer ao longo de sua vida. Conforme citado anteriormente, a alimentação dos cães da raça deve ser bem controlada e nunca exagerada – já que esse tipo de falta de controle é o tipo de fator que aumenta bastante as chances de que o animal possa sofrer com a torção gástrica. Por contar com uma pelagem curta e de manutenção bem simples, a raça deve ser escovada para que sejam retirados os pelos soltos e não deve ser banhada com muita frequência – já que isso pode tirar a oleosidade natural do animal e influenciar no aparecimento de dermatites de pele. Em muitos casos, os banhos secos nos cães da raça podem ser uma ótima opção para evitar esse tipo de problema. Dr. Ricardo Tubaldini - CRMV- SP 23.348 Médico Veterinário formado pela UNIP, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.


Pet Shop • Banho e Tosa

De pequenos a grandes animais.

20% DESCONTO • PARA A COMPRA DO 2º SACO DE RAÇÃO (acima de 10kg) PARA CÃES E GATOS

Lata de Patê Bongos 280g para cães e gatos

2,00 10,006 ou

leve

R$

R$

por

unidade

• NA COMPRA DE QUALQUER ACESSÓRIO PARA CÃES E GATOS Desconto não cumulativo para outras campanhas. O desconto para o 2º saco é válido apenas para compra no mesmo dia, e de produto com a mesma marca e especificações que o 1º saco. Promoção válida para pagamento a vista em dinheiro, até o dia 10/07/2014.

16 • 3630•0053 • 16 • 98156•8143 • 16 • 99227•8994 Rua Jorge Lobato, 806 • Vila Tibério • Rib. Preto • SP

Marcelo Mastrangelo

LOCAÇÃO DE TOALHAS HIGIENIZADAS PARA BANHO, TOSA E CLÍNICAS

3HW6KRSĆ%DQKRH7RVD

Gostaríamos de agradecer a todos os clientes que tem acreditado em nossa parceria, e prestigiado nosso trabalho. Obrigado!

(16) 3624•6238 www.drypetrp.com.br • drypet@live.com

... muitos outros igualmente importantes. http://www.drypetrp.com.br/guia-pet


Guia de serviços Alphadog Petshop Petshop • Banho e Tosa • Curso Banho e Tosa (16) 3446-5450 • (16) 3446-2078 Rua Espirito Santo, 459 • Sumarezinho www.facebook.com/alphadog.petshop.9

Armazem dos Bichos Petshop • Estética Animal • Atend. Veterinário (16) 3966-2727 • (16) 98861-8536 Rua Amapá, 32 • Sumarezinho www.facebook.com/armazemdosbichosrp

Traga este anúncio e ganhe 10% de desconto em produtos. Confira condições na loja

Bebe de Mamãe Pet Shop Petshop • Banho e Tosa • Clínica Vet. • Taxi Dog (16) 3443-8743 • (16) 3237-8743 Rua Campos Sales, 650 • Centro www.bebedemamae.com.br contato@bebedemamae.com.br

Bilu Bilu Petshop Petshop • Banho e Tosa (16) 3446-4024 • (16) 99207-6905 Traga este anúncio e ganhe 10% de desconto no Banho e Tosa

Rua Paranapanema, 206 • Sumarezinho www.facebook.com/samara.mendes.549

Boulevard Fashion Dog Petshop • Banho e Tosa (16) 3913-4145 • (16) 3632-0878 Rua Lafaiete, 1809 • Vila Seixas www.fashiondogrp.com.br boulevardfashiondog@hotmail.com

B

U T IQ U

E

O

5 A nos

Boutique do Bicho Petshop • Estética Animal • Curso Banho e Tosa (16) 3979-1361 • (16) 3442-1361 Rua Patrocínio, 1919 • Campos Elíseos www.boutiquedobicho.com.br periclescoelho@hotmail.com

Clube das Patinhas Petshop • Banho e Tosa • Clínica Veterinária Hotel • Estúdio Fotográfico (16) 3421-5030 • (16) 3421-5033 Av. Sen. César Vergueiro, 860 • Jardim São Luiz www.facebook.com/clubeaspatinhasrp patricia@seupetnanet.com.br

Delibo Petshop • Banho e Tosa (16) 3630-0053 • 98156-8143 • 99227-8994

3HW6KRSĆ%DQKRH7RVD

12

petpop

Rua Jorge Lobato, 806 • Vila Tibério delibo.m@hotmail.com


Guia de serviços Fofinho's Petshop • Banho e Tosa • Clínica Veterinária (16) 3235-9950 • (16) 3235-9954 Av. Independência, 724 • Centro www.fofinhospet.com.br fofinhos@fofinhos.com.br

Clínica Veterinária

Clínica Veterinária Jardim Paulista Banho e Tosa • Clínica Veterinária • Homeopatia (16) 3627-7864 • (16) 3021-2766

Rua Arnaldo Vitaliano, 211 • Jardim Palma Travassos Facebook: Clínica Veterinária Jardim Paulista cvjpaulista@bol.com.br

Marisa Petshop Petshop • Banho e Tosa (16) 3636-2122 • (16) 98817-1205

marisapetshop banho e tosa

Rua Henrique Dumont, 671 • Jardim Paulista Facebook: Marisa Severino severinomarisa@gmail.com

Lilikão Pet Shop Petshop • Banho e Tosa (16) 3446-3109 • (16) 99390-0706

Av. Ermelina Corrado, 80 • Parque Bandeirantes facebook: Lilikão Banho & Tosa adriana.s_lu@hotmail.com

Mr. Dog e Cia Clínica Veterinária Especializada (16) 3916-4400 • (16) 3913-4069

Rua Dr. Paulo Barra, 656 • Jardim Irajá www.mrdogdermato.com.br alessandrapaschoal@ig.com.br

Pett Botânico Petshop • Banho e Tosa • Clínica Veterinária (16) 3441-5166 Rua Magid Antonio Calil, 135 • Jardim Botânico www.pettbotanico.com.br contato@pettbotanico.com.br

Anúncie no Guia de Serviços da Revista Petpop Contato: (16) 9.8180-0650 • revistapetpop@gmail.com

O conforto que seu bichinho merece coleção 2014 www. kipdog.com.br


Pet book, casamentos, aniversário infantil, 15 anos, acompanhamento mensal do bebê e gestantes.

16 • 3021.9646 16 • 99208.5294 Rua Argeu Fuliotto, 95 Ribeirania • Ribeirão Preto • SP www.wildmendonca.com.br www.facebook.com/wildmendonca


Petpop do Mês Olá. Meu nome é Gucci e sou um Spitz Italiano de 5 meses de idade e por isso minha mãe sempre me chama de bebêzinho. Como ainda sou mocinho, adoro brincar com meus pais, e de me esconder para roubar comida, principalmente se for cenoura e paçoca. Não gosto quando não me deixam dormir na cama de meus pais, e também quando eles me acordam, fico super mau humorado. Pra ficar com esses pelos lindos assim eu tomo banho e tenho as pontas dos pelos aparadas.

Fotos: Melissa Bosi

Amo meus pais e irmãozinhos porque eles me dão muito carinho e eles me amam porque eu trouxe muita mais alegria para a casa.

Victor, Gucci e Décio Neto.

petpop 15


offset e digital A parceria que você precisava para fazer de seu negócio um caso de sucesso

digital

• impressão digital 31x44 cm • mini banner 297x1200 cm • cartazes • convites de casamento • lembrancinhas • apostilas • cardápios • adesivos papel • santinhos • encadernações (capa dura, plástica ou papel, espiral e wire-o)

promoção especial

• arte final não inclusa • prazo a combinar

Cartão de visita • 8,5 x 4,5cm • couchê 300g • impressão F/V • verniz F/V • laminação fosca F/V • canto arredondado • quantidade: 1.000 unidades

R$ 150,00

Revista Petpop - Edição 08 - Junho 2014  

A Revista PetPop Ribeirão é uma publicação de distribuição gratuita com 3.000 exemplares voltada para todos aqueles que tem animais de estim...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you