Page 26

CASE DE NEGÓCIOS

De olho no mercado de fusões

O

Potencial catarinense atrai interesse do grupo gaúcho Hanoff

Grupo Hanoff,

manter o crescimento após a mudança.

de Porto Ale-

Segundo Monique, a maioria das

gre, quer in-

transações mediadas pela Hanoff em em-

tensificar os negócios em

presas de médio e grande porte teve como

Santa Catarina. Com know

foco a saúde, prestação de serviços e TI.

how na área de fusão, aquisição

As empresas de micro e pequeno porte são

e venda de empresas há 30 anos, a

mais visadas no varejo e setor alimentício.

rede atua na prospecção, mediação e

Mas, independente da área de atua-

fechamento das transações e a intenção

ção ou tamanho da empresa, alguns aspec-

é disponibilizar aos empresários do Estado a

tos devem ser respeitados antes de ingres-

carteira de negócios à venda e o banco de

sar em uma empreitada dessa natureza,

investimentos da companhia.

caso contrário, o negócio pode se tornar

De acordo com a diretora da Hanoff

inviável. “O empresário precisa definir o

Consultoria e Negócios, Monique

preço da empresa com base em valores

Martins Hanoff, o mercado de

de mercado, e não com critérios emocio-

compra e venda de em-

nais. O tempo de dedicação à empresa não

presas movimen-

conta, mas, sim, seu valor real nos dias de

ta

cifras

hoje”, explica.

bilionárias e

O consultor e sócio da Nível 10

envolve

Consultoria, Moacyr França Filho, desta-

companhias

ca outro aspecto importante nessas tran-

conhecidas como Totvs, Petrobras e

sações. “Ao optar por vender, os sócios

Cooper. Nos primeiros oito meses de 2013

devem ter solidez na decisão, a qual deve

foram registrados 525 negócios dessa na-

ser tomada após a devida ponderação

tureza no Brasil, sendo 57% com investi-

sobre as possibilidades de interesse pelo

dores nacionais. “Santa Catarina é um Es-

ramo da empresa. É preciso, também,

tado potencial, especialmente o Vale do

analisar a capacidade de crescimento”,

Itajaí, motivo pelo qual estamos amplian-

avisa. Segundo Moacyr, o produto que

do nossas prospecções nesta área do

será fruto do negócio deve ser capaz de

país”, observa.

prosperar, o que só pode ser verificado

Parceira do grupo na região, a Nível

com transparência.

10 Consultoria Empresarial é responsável

26

|

pela etapa de valuation (avaliação), assim

ONDE ENCONTRAR

como pela preparação das empresas an-

www.hanoffconsultoria.com.br/

tes e depois da transação, como forma de

www.nivel10consultoria.com.br/

Novembro/Dezembro - 2013

32ª Edição - Revista O Empresário  

32ª Edição - Novembro/Dezembro 2013 - Revista O Empresário

32ª Edição - Revista O Empresário  

32ª Edição - Novembro/Dezembro 2013 - Revista O Empresário

Advertisement