Page 1

No II • ABRIL/2013

Parazão o futebol unindo os condomínios Belém

Um projeto para agora e para o futuro

SEGURANÇA

O compromisso protegendo os moradores

MÚSICA

O som de Gaby Amarantos nossa | para o mundo

abril/2013   1


2    nossa |  abril/2013


www.pa.gov.br

nossa |  abril/2013    3


Carosleitores

Christiane Araújo  crisa_santos@hotmail.com

Esta edição da revista Nossa!, con-

to como este. E nos estimula a ser uma

firma a importância da informação mo-

ferramenta desta comunicação neces-

dificando nossa vida. Fica claro que os

sária dentro do espaço urbano.

condomínios valorizam novas formas de comunicação entre moradores para tornar o espaço

Nesta edição reunimos um pouco

funcional com mais

do mix de informações sugeridos por

qualidade de vida. E é nisso que temos

nossos leitores e colaboradores para

pensado em cada passo do processo de

contribuir no fortalecimento desta

planejamento destas páginas que che-

rede de comunicação. A cidade, nos-

gam até você.

sa casa maior; a segurança, saúde, regras de

convivência, a importân-

A reação dos leitores com a 1º edi-

cia da coleta e reciclagem de lixo nos

ção da revista Nossa! superaram nos-

condomínios e várias dicas de lazer

sas expectativas. Os moradores dos

você vai encontrar nestas páginas.

mais diferentes bairros de Belém nos

Tudo com um único direcionamento:

enviaram sugestões de assuntos en-

levar informação e conhecimento aos

volvendo os interesses nas diversas

diversos condomínios e colaborar com

áreas condominiais, o que resultou na

a qualidade de vida no espaço onde

qualidade do conteúdo abordado nes-

escolhemos para morar.

ta edição. Isso mostra que o mercado editorial da cidade esperava um produ-

4    nossa |  abril/2013

Uma boa leitura!!!


nossa |  abril/2013    5


Índice

8

Parazão

20

Previdência

Academia Machida

38

Projeto Cuida Belém

12

Dengue

15

Reciclagem

16

Segurança

24

Água

26

Saúde

28

Vidros

34

Gastronomia

41

Comportamento

40

Bicho de estimação

51

Lavandeira

54

Decoração

58

Seções Fox Receita o chef Tecnologia Concurso público

Gaby Amarantos

44

Humor

48 53 60 62 64

No II • ABRIL/2013 • Razão Social: Araújo e Pontes Comunicação e Marketing Ltda Editora Reivente Comunicação e Marketing CNPJ 10.536.256.0001-71 • Travessa 9 de Janeiro, 2143b • Belém - Pará DIRETORES Mauro Pontes / Christiane Araújo

FOTOGRAFIAS Bianca Viegas

EDITORA Ivana Oliveira (DRT 170 AM)

EDITORAÇÃO ELETRÔNICA Augusto H. Silva

REPORTAGENS E PRODUÇÃO Rita Câmara (DRT 02255 PA

IMPRESSÃO Gráfica Santa Marta

FALE CONOSCO rn_comercial2013@hotmail.com crisa_santos@hotmail.com 91 3225-6017 / 8896-0555 / 8023-5876


A cada ano, o Banco da Amazônia acelera mais o movimento de transformação da região e os números são impressionantes: R$43 bilhões aplicados no desenvolvimento sustentável da região, sendo R$30 bilhões nos últimos 5 anos. Isto significa mais renda a milhares de famílias com os 584 mil empregos gerados, mais aquecimento no mercado com os R$25 bilhões de estímulo à produção e mais desenvolvimento com o incremento de R$13 bilhões no PIB. Tudo isso só em 2012. E assim, realizando um sonho de cada vez, o Banco cresce junto com a Amazônia e seu povo.

nossa |  abril/2013    7


Capa

Parazão

festa das torcidas Todos mostrando a força das paixões do campeonato. E os adversários também se encontram na vizinhança

N

ão tem um esporte que o brasileiro se identifique mais do que o futebol. Considerado

uma paixão nacional, leva todos os anos milhões de torcedores aos estádios. No Pará, não é diferente. Não há quem não se encante pelo espetáculo produzido pelas torcidas dos dois maiores clubes paraenses, Remo e Paysandu. Em uma final de campeonato, os torcedores transformam o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, no palco de uma festa que já chegou a ser destaque em noticiários nacionais.

8    nossa |  abril/2013


Os confrontos que lotam os estádios no Pará também mobilizam as torcidas dentro de casa e nos condomínios

os dias. As estudantes têm a mesma idade e vários gostos em comum, com exceção, do time de futebol. Analú torce pelo Paysandu e diz que a torcida por times diferentes não é um problema. “Respeitamos o time uma da outra, mas quando o time dela perde, FOTO: CRISTINO MARTINS / AG. PARÁ

ela tem que me aturar. Tem sempre as brincadeiras, mas não passa disso. A paz é importante em qualquer situação e no futebol então, primordial. O que tem que prevalecer é o futebol paraense. Devemos lembrar que somos rivais e não inimigas”, conta Analú. E é também a torcida por times diferentes, a única coisa que separa a jornalista Lilian Guedes e o editor de imagens, Bruno Sarraf, que namoram há um ano e três meses. A maior dificuldade do casal é ir junto ao estádio. “Ele não aceita de jeito nenhum me acompanhar na torciQue o paraense é apaixonado por

E quem pensa que só homem é

da do Paysandu, nem eu aceito ir à

futebol ninguém duvida, mas o analista

que entende de futebol, se engana. A

torcida do Remo, mas essa rivalida-

de sistemas, João Pinho, faz questão

universitária Luma Baía, de 19 anos, é

de nunca foi motivo de briga entre a

de demonstrar isso. “Eu Sempre acom-

prova disso. Apesar de morar há três

gente. Assistimos aos jogos de REx-

panho os jogos do Remo. Esse ano

anos em São Luís, no Maranhão, onde

PA juntos pela TV mesmo”, comenta.

só não fui a dois jogos, por causa de

cursa Lincenciatura em História, ela diz

O jornalista Edson Matoso, que

compromissos de família”, conta. João

que não perde um jogo do time do co-

trabalha com jornalismo esportivo há

revela também que não desgruda do

ração. Apaixonada pelo Remo assiste

43 anos diz que enfrenta um dilema

time até em compromissos de traba-

aos jogos do clube pelo Portal Cultura.

quando dois filhos, um de 13 anos,

lho fora do Estado. Exemplo disso, foi

E é pela internet que a jovem mantém

e outro de 11 anos, querem assistir

a viagem que ele fez às Cataratas do

contato com as amigas que ficaram

aos jogos do REXPA no Mangueirão.

Iguaçu e na mala, não volta para casa,

em Belém. Uma delas é a estudante

“O meu filho de 13 anos torce para o

não poderia faltar uma fotografia com

Analú Moreira. As duas se conhecem

Remo e o de 11 anos, para o Paysan-

a camisa do time do coração.

há oito anos e se falam quase todos

du. Um não quer ficar na torcida do nossa |  abril/2013    9


Capa A rivalidade Remo e Paysandu no futebol é a mais forte e mobiliza a cidade. Torcedores se divertem na divisão que se estabelece a cada confronto. deles perde eu também vou lá provocar eles, mas é tudo brincadeira”, diz. Seu Izaque é um exemplo a ser seguido. Apesar de torcer para o Remo, FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

ele vira Paysandu quando o assunto é futebol paraense “ Eu valorizo tudo que vem do nosso Estado. Eu sou remista, mas acima de tudo paraense. Quando o Paysandu joga contra um clube de outro estado, a minha torcida é para ele. Todos deveriam pensar assim”, afirma. PARAZÃO NA CULTURA outro com medo de serem xingados

nivência entre pessoas que torcem

Os apaixonados por futebol que

ou agredidos. Uma ideia para acabar

por times diferentes, sejam elas da

não conseguem acompanhar os jogos

com esse problema seria a criação de

mesma família ou não. “Isso mantém

nos estádios não têm do que reclamar.

espaços mistos nos estádios, onde os

uma relação saudável. Pode até haver

Há quatro anos, as emissoras Cultura

pais e filhos, namorados e amigos tor-

aquela brincadeira, mas sem ofensas

transmitem o Campeonato Paraense.

cedores de times diferentes pudessem

ou xingamentos”, conta.

Além da TV Cultura, que é a única

ficar juntos sem correr o risco de serem agredidos”, diz.

E é assim na família do feirante

emissora de TV que detém os direitos

Izaque Oliveira, 64, que durante os jo-

de transmissão do Parazão e o sinal

Ainda de acordo com Matoso, an-

gos do REXPA, é minoria na casa dele.

atinge 111 municípios, as partidas

tigamente não se via confrontos entre

O filho, Marcelo Oliveira, e os cinco ne-

também são transmitidas ao vivo pela

torcedores do Remo e Paysandu como

tos, Leonardo, 15 anos, Luis Davi,12

Rádio Cultura. Na web os torcedores

tem hoje. “Antes não tinha essa confu-

anos, Marcelo, de 8 anos, Júlia, de 8

tem opção de acompanhar as parti-

são. Todo mundo convivia de maneira

anos e até a pequena Maria Cecília, de

das pelo Portal Cultura, que garante

pacífica. Mas, essas pessoas que par-

apenas 3 meses, torcem pelo Paysan-

acesso aos torcedores até mesmo no

ticipam disso não são torcedores, são

du. Izaque diz que leva na esportiva as

exterior com o apoio da Empresa de

vândalos. Torcedor vai para o estádio

brincadeiras. “A minha família é muito

Processamento de Dados do Estado

para ver o evento, o espetáculo, a fes-

unida. A rivalidade só acontece mesmo

do Pará, Prodepa.

ta. Torcedor de verdade vai ao estádio

quando o assunto é futebol. Quando o

Mas quem pensa que levar cada

para ajudar o time, independente dele

meu time perde os meus netos correm

lance do jogo até a casa do telespecta-

estar ganhando ou perdendo”, afirma.

aqui pra minha casa para me provocar.

dor é uma tarefa fácil, se engana. “São

A psicóloga Sabrina Costa, diz que

Eles fazem a maior festa. Jogam ban-

mais de 40 jogos por ano, uma logís-

itens como respeito e compreensão

deira do Paysandu em cima de mim,

tica enorme. Em um clássico como o

são indispensáveis para uma boa co-

mas eu não brigo. Mas, quando o time

RExPA, por exemplo, movimentamos

10    nossa |  abril/2013


Uma paixão em que as torcidas se dividem dentro de casa também. é assim com o feirante Izaque Oliveira (à esq.) e o jornalista Edson Matoso (acima).

também recebem qualificação. “Em janeiro fizemos oficinas sobre conteúdo e técnica já para garantir mais qualidade nas transmissões esportivas. Profissionais que antes só atuavam em rádios estão reconhecendo a TV como um grande veículo para o futebol paraense, eles estão ganhanmais de 100 profissionais. Fora isso,

para cidades da Região Metropolitana

do mais experiência com as nossas

as equipes estão constantemente via-

de Belém agora é digital. Poucas TVs

transmissões”, conta a presidente.

jando já que o campeonato também

públicas do Brasil fazem isso. O Go-

Adelaide também adianta algu-

acontece em outras cidades do Pará,

verno do Estado além de patrocinar o

mas novidades para os telespecta-

como Santarém, Cametá, Marabá e

campeonato ainda investe na cobertu-

dores da Rede Cultura. “Esse ano,

Salinas. Mas, o saldo é positivo. Patro-

ra e transmissões dos jogos”, ressalta

teremos o Troféu Meio de Campo

cinadores, parceiros, telespectadores,

a presidente da Cultura Rede de Co-

para premiar os melhores do cam-

ouvintes e internautas estão satisfei-

municação, Adelaide Oliveira.

peonato, votação on line e momento

tos. O retorno deles têm sido ótimo.

As melhorias não abragem só os

de celebrar com a equipe depois de

Recebemos ligações e tweets dos qua-

equipamentos. Para levar uma infor-

cinco meses de transmissões. Hoje,

tro cantos do Estado e do mundo todo

mação de qualidade, os profissionais

a TV Cultura do Pará é também a TV

também. Hoje, o sinal da TV Cultura

envolvidos nas coberturas dos jogos

do esporte e do futebol”, finaliza. nossa |  abril/2013    11


Entrevista

Belém

novos desafios Arrumar uma cidade inteira planejando ações futuras. É a proposta do “Cuida Belém, Cuide Também”

A

revista Nossa fez uma entre-

o mandato. O planejamento foi

vista com o Secretário Munici-

elaborado de acordo com o plano

pal de Saneamento de Belém,

de governo que atende as premis-

Luiz Otávio Pereira, que fez um balanço

sas da campanha política, rela-

dos 100 dias da operação “Cuida Be-

cionadas aos três “S” prioritários:

lém, Cuide Também”, uma ação emer-

saúde, segurança e saneamento.

gencial de limpeza urbana e drenagens

A proposta foi dar um choque de

dos canais de Belém, iniciada no dia 02

gestão, com ênfase na coleta de

de janeiro. Inicialmente, a operação

lixo urbano e limpeza dos canais.

percorreu os bairros da Terra Firme,

Como foi feita a escolha dos

Guamá, Marco, Pedreira, Jurunas e o

bairros onde a operação foi

distrito de Icoaraci. Segundo o secre-

realizada?

tário, a ação é um preparativo para a

Com o apoio dos colegas da

retomada das grandes obras de sanea-

Universidade

mento da cidade.

e da Secretaria de Saneamen-

Como foi elaborada a operação

to, realizamos um levantamento

“Cuida Belém, Cuide Também”?

dos pontos mais problemáticos

Federal

do

Pará

A operação já estava prevista

onde a população despeja todo

há algum tempo, bem antes do

o tipo de lixo, desde o colchão

prefeito Zenaldo Coutinho assumir

velho até carcaça de animais, e

12    nossa |  abril/2013


As pessoas estão jogando menos lixo na rua, mas isso não se muda do dia para a noite

também, as áreas que registram

caráter emergencial, mas já vem

alagamentos. Uma das áreas be-

trazendo melhorias significativas

neficiadas foi a bacia do Tucun-

para a população. As ações mais

duba, na área da travessa Vileta,

importantes foram a regulariza-

onde atualmente há uma melho-

ção da coleta de lixo domiciliar

ria significativa. Quando chove,

e a retirada de entulhos. Isso só

as águas não invadem mais a

foi possível porque reprograma-

casas. Outros pontos trabalha-

mos os roteiros e o planejamento,

dos foram a Avenida Perimetral,

que antes estavam abandonados.

avenida João Paulo II e avenida

Conseguimos resgatar a confiabi-

Perimetral. Conseguimos levar a

lidade da população em relação à

operação para mais de 50% das

administração pública. Um exem-

áreas metropolitanas da cidade,

plo é que devido à regularização

inclusive no Distrito de Icoaraci e

do calendário de coleta de lixo,

no bairro do Guamá.

os moradores estão conseguindo

Qual foi a meta da Operação “Cui-

colocar o lixo uma hora antes de

da Belém, Cuide Também”?

o carro coletor passar. Isso acon-

A meta da operação foi res-

tece tanto nos bairros do centro,

gatar melhores condições de sa-

quanto nas áreas de periferia. De

neamento e ambientais para a

janeiro a março, recolhemos mais

cidade de Belém. O projeto tem

de 270 mil toneladas de resíduos. nossa |  abril/2013    13


Entrevista Três mil profissionais e 250 máquinas trabalhando diariamente no projeto realizou ações de conscientização através de distribuição de panfletos educativos e reuniões com os líderes dos centros comunitários para que as pessoas não despejem entulho nos canais. Isso nos deu uma experiência, esse trabalho é um embrião para as próximas mudanças. Nós tivemos um bom resultado. As pessoas estão jogando menos lixo, no entanto, a nossa cultura não se muda do dia para a noite. Esse tipo de mensagem precisa ser massificada e há a necessidade de investir na educação ambiental. Em breve vamos lançar uma campanha educativa em todos os meios de comunicação. Quanto foi investido nesse

muito tempo. Por isso, há a necessi-

O projeto irá se estender por ou-

projeto?

dade de investir em ações definitivas

tros bairros de Belém?

Investimos R$ 30 milhões, dos

como a educação ambiental intensiva

O projeto tem como prazo fi-

quais R$ 20 milhões são parte dos re-

e reciclagem.

nal o dia 10 de abril, porém, va-

cursos do município e R$ 10 milhões

Houve um trabalho ambiental du-

mos fazer um rescaldo em áre-

são oriundos do Governo do Estado.

rante o período do “Cuida Belém,

as mais necessitadas, como por

O investimento possibilitou a mobili-

Cuide Também”?

exemplo, o distrito de Icoaraci e

zação de três mil profissionais e 250

Sim. Houve um trabalho de-

o bairro do Guamá. A coleta de

máquinas que trabalharam diariamen-

sempenhado pela equipe do Nú-

lixo e o roteiro de retirada de en-

te, o que representa um grande con-

cleo de Educação Ambiental da

tulhos também serão intensifica-

tingente que não podemos manter por

Secretaria de Saneamento, que

dos em toda a cidade.

14    nossa |  abril/2013


Ameaça constante A chuva, que é uma marca da cidade, só aumenta o perigo

S

egundo dados da Fundação

dos e drenos de escoamento. A dona de casa, Angela da Silva, mora em um condomínio no distrito de Icoaraci. Ela adora flores, mas sabe que qualquer descuido pode ser uma chance do mosquito se reproduzir. “Eu já tive dengue e fiquei muito mal. Não conseguia nem fazer as atividades básicas como lavar roupa e limpar a casa, por isso, sei a importância de deixar a dengue longe da minha casa. Sempre estou de olho nos meus vasos de plantas. Troquei a água por areia grossa no prato”, conta. No período de chuvas o risco de

intestino, choque e morte.

se contrair a dengue aumenta. Se-

Nacional de Saúde, FUNASA,

A proliferação do mosquito da

gundo dados da Secretaria de Estado

pelo menos 90% dos focos da

dengue é rápida. Em apenas 45 dias

de Saúde Pública do Pará (Sespa),

dengue estão nas residências, incluin-

de vida, um único mosquito pode

desde o início do ano até o último

do prédios. E condomínios são locais

contaminar até 300 pessoas. A prin-

dia 18 de março, foram confirma-

ideais para a proliferação da doença,

cipal medida para evitar a dengue é

dos 1.358 casos de dengue no Esta-

devido a grande concentração de pes-

não permitir o nascimento do mos-

do. Belém ficou em quinto lugar no

soas e vários espaços onde o mosqui-

quito. Para isso, é preciso eliminar

ranking, com 94 casos confirmados.

to que transmite a doença, o Aedes

os lugares onde eles se reproduzem.

Durante esse período, quatro pes-

Aegypti, pode se reproduzir.

A regra básica é não deixar a água,

soas morreram em todo o Pará em

Febre intensa com duração de até

principalmente limpa, parada em

conseqüência da doença.

7 dias, dores fortes nos olhos, na ca-

qualquer tipo de recipiente. É pre-

O advogado, Renato Sousa, que é

beça e em toda a musculatura são

ciso manter caixas d’água, tanques

síndico de um condomínio no bairro

alguns dos sintomas da dengue. As

e cisternas, devidamente fechados

do Marco ressalta que para acabar

formas mais graves da doença são as

e não deixar água parada em locais

com o mosquito da dengue é preciso

hemorrágicas, que podem ocasionar

como: garrafas, vasos de plantas ou

cooperação de todos. “É preciso um

sangramento pelas gengivas, pele e

flores, latas, pneus, calhas de telha-

trabalho em conjunto dos moradores, síndicos e funcionários. Se eu fizer a minha parte e meu vizinho não, o mosquito vai nascer e pode infectar tanto pessoas da minha família como da família dele. Então, é preciso que um morador cobre do outro a importância do combate a essa doença. Só com a ajuda de todos podemos acabar com a dengue”, afirma. Para combater o mosquito Aedes Aegypti é preciso o envolvimento de todos no condomínio. O cuidado de um é para todos. nossa |  abril/2013    15


Plamax

reciclagem Um trabalho que ajuda a preservação do meio ambiente com a reciclagem de 600 toneladas de resíduos plásticos por mês

S

egundo uma pesquisa do Ins-

na Região Norte do país é a Plamax,

tituto de Pesquisa Ecônomica

que atua há 12 anos no mercado e é

Aplicada (Ipea), encomendada

pioneira no norte e nordeste por rea-

pelo Ministério do Meio Ambiente, o

lizar a transformação completa deste

Brasil perde por ano em torno de R$ 8

tipo de material, com o recolhimento,

bilhões por não reciclar os resíduos que

reciclagem e fabricação de novos pro-

são encaminhados aos quase três mil

dutos plásticos. Com uma visão ino-

lixões e aterros espalhados em todo o

vadora, a empresa também fabrica os

país. Isso acontece, porque apesar do

próprios contêineres, realiza a coleta

setor da reciclagem movimentar cerca

de entulhos e o tratamento de resídu-

de R$ 12 bilhões por ano, esse tipo de

os hospitalares.

serviço só está presente em apenas 8% das cidades brasileiras.

Para garantir a eficiência no processo de reciclagem, especialmente o

Uma empresa que tem se destaca-

plástico, a Plamax conta com complexo

do na coleta e tratamento de resíduos

instalado em uma área de oito hecta-

16    nossa |  abril/2013


nossa |  abril/2013    17


Trabalhamos também com a coleta seletiva em 12 Escolas Públicas do entorno da empresa

18    nossa |  abril/2013

res, localizada no bairro do Aurá, no

parceria interessante e que pretende-

município de Ananindeua, onde funcio-

mos ampliar cada vez mais”, afirma.

nam nove galpões, destinados para a

“Trabalhamos também com a coleta

separação dos resíduos, as máquinas

seletiva em 12 Escolas Públicas do en-

responsáveis pelo reprocessamento do

torno da empresa. Além de recolher o

material, a fábrica de contêineres e o

lixo, conscientizamos a comunidade

escritório da empresa. O serviço é exe-

escolar sobre a importância da reci-

cutado por 180 funcionários e também

clagem do lixo para a preservação da

conta com a parceria de 15 cooperati-

natureza”, explica Marcos.

vas de catadores de lixo, responsáveis

Mensalmente a empresa recicla

pela triagem do material. “O plástico é

mais de 600 toneladas de resíduos

o minério puro”, afirma o presidente do

plásticos, grande parte destes ma-

Grupo Plamax, Marcos Castro.

teriais são provenientes de grandes

A empresa também atende os

clientes como as Prefeituras de São

condomínios localizados na Região

Miguel, Marituba e Altamira e empre-

Metropolitana de Belém, entre eles, o

sas como a Infraero, Agropalma e o

Green Ville, Jardim Espanha e o Cida-

projeto da Hidroelétrica de Belo Mon-

de Jardim. “Fazemos a coleta de resí-

te. Os plásticos que antes iriam para

duos orgânicos e realizamos palestras

o lixo, como as garrafas Pet, embala-

sobre coleta seletiva, com o apoio de

gens e restos de cadeiras plásticas, vi-

caminhões higienizados e profissionais

ram matéria-prima graças a um trata-

qualificados, conforme o agendamen-

mento especial, desenvolvido há três

to programado pelo cliente. É uma

anos pela Plamax em parceria com o


Governo do Estado, Vale e Banco do Produtor. “O processo funciona no esquema de “logística reversa”, ou seja, a cadeia de produção é cíclica, com isso o plástico é recolhido, transformado em um novo produto e no final retorna novamente para a nossa empresa. É um círculo completo, desde o transporte até o produto final, com o valor agregado”, explica o empresário. O processo de industrialização do resíduo inclui a coleta, triagem, lavagem, trituração e a reciclagem. “Em um turno de 24 horas conseguimos fabricar cinco mil baldes e 15 mil garrafas plás-

Da reciclagem resultam mais de

ticas. Até o fim do ano vamos ampliar

30 tipos diferentes de produtos

a variedade para mais de 30 tipos de

como baldes e garrafas plásticas.

produtos”, exemplifica o empresário. nossa |  abril/2013    19


Previdência em pauta

Conhecer as leis e fiscalizar os órgãos são as chaves para garantir acesso aos benefícios previdenciários 20    nossa |  abril/2013


M

iguel Karton é advogado e

extrato do FGTS, fiscalizando se a

sócio proprietário do escritó-

empresa também está recolhendo

rio Miguel Karton Advocacia,

adequadamente o Fundo de Garan-

Consultoria, Cobranças e Imóveis,

tia do Tempo de Serviço. A consulta

empresa em que atua há mais de 12

é feita em uma Agência da Caixa

anos no mercado, especialmente nas

Econômica através do cartão cida-

áreas do Direito do Consumidor, Pre-

dão. Isso ajuda muito a reduzir a

videnciário, Trabalhista, Civil e Fami-

margem de prejuízos ocasionados

liar. Especialista em Direito Previden-

ao trabalhador.

ciário, Miguel explica para os leitores da Revista Nossa quais são os direi-

As pessoas que já contribuem há

tos dos beneficiários e alerta sobre a

muito tempo enfrentam proble-

importância de fiscalização do funcio-

mas devido ao falta de acompa-

namento dos órgãos previdenciários.

nhamento destas informações?

O benefício que gera grande parte dos processos é a aposentadoria.

Sim, os trabalhadores mais antigos, em regra, não têm essas informações esclarecidas. Podemos

De que forma o segurado do INSS pode acessar as informações sobre os recolhimentos feitos pelos empregadores? O

trabalhador

poderá

ter

acesso às informações sobre os recolhimentos à Previdência Social através do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

É necessário fazer um levantamento de toda a vida profissional do trabalhador

Neste banco de dados é possível

realizar

um

levantamento

de toda a vida do trabalhador e

exemplificar com o caso do meu

acompanhar, mensalmente, se o

cliente, Martinho Costa, de 63

empregador está recolhendo as

anos, trabalhador da construção

contribuições. Para retirar o extra-

civil, contribuinte por mais de três

to “CNIS”, o segurado deverá se

décadas, mês a mês, inclusive em

dirigir a qualquer das agências da

carnê avulso, e que para sua su-

providência social em que é filiado

presa, teve seu pedido de aposen-

e apresentar seus dados pesso-

tadoria indeferido perante o INSS,

ais. O trabalhador também poderá

porque constava somente 17 anos

buscar mais detalhes sobre o ex-

de contribuição na Autarquia, o

trato previdenciário no site (www.

que representa uma diferença

previdencia.gov.br).

absurda, subtraindo deste traba-

É também possível fazer esta fis-

lhador, as contribuições de mais

calização com o FGTS?

de 18 anos de trabalho árduo. De

Sim, assim como o acompa-

acordo com as regras do direito

nhamento da contribuição à Previ-

previdenciário, não há a possibili-

dência, é aconselhado ao trabalha-

dade para que ele possa se apo-

dor que verifique mensalmente o

sentar. Para solucionar o problema nossa |  abril/2013    21


é necessário fazer com que o INSS

rio para o trabalhador com pro-

reconheça todos os vínculos em-

blemas para se aposentar devido

No caso das pessoas que se

pregatícios. Uma das causas desta

à falha nos recolhimentos da Pre-

aposentaram, mas que desejam

falha é a inadimplência dos em-

vidência Social?

revisar a Renda Mensal Inicial

pregadores junto a Previdência.

a ser adotado?

Nesta situação temos que rea-

(RMI) de acordo com suas con-

lizar uma contagem de tempo, re-

tribuições durante o período de

Neste caso se as empresas onde o

tificação, justificação e inclusão de

trabalho, é necessário também

Martinho trabalhou há vinte anos

períodos trabalhados. Em um pri-

efetuar o levantamento de todo o

e que não pagaram para o INSS,

meiro momento preciso conversar

histórico de contribuição da vida

o trabalhador será penalizado por

com o cliente para saber todas as

profissional.

este tipo de erro?

informações para dar continuida-

Não, o INSS é obrigado a reco-

de ao procedimento. É necessário

Um dos problemas enfrentados

nhecer estes vínculos mesmo quan-

fazer um levantamento de toda a

pelos

do se trata de empresas que não

vida profissional do trabalhador.

que contribuem durante toda a

Qual é o procedimento necessá-

brasileiros,

vida profissional, é a queda livre

existam mais. Esse é um grande diferencial do trabalho que eu faço.

trabalhadores

E o trabalhador que está aposen-

da renda. Isso é muito recorrente?

tado e recebe o benefício com o

Sim, para explicar como fun-

cálculo errado, qual é o processo

ciona podemos exemplificar o

TIPOS MAIS COMUNS DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS CRITÉRIOS

TIPOS DE APOSENTADORIA

MULHERES

HOMENS

Aposentadoria por idade

60 anos

65 anos

_

_

Aposentadoria por tempo de contribuição integral

Aposentadoria por tempo de contribuição proporcional

Aposentadoria Especial por tempo de contribuição

Auxílio - Acompanhante

22    nossa |  abril/2013

53 anos

53 anos

_

REQUISITOS

OBSERVAÇÕES ESPECIAIS

180 contribuições a partir da Lei 8213/91.

Comprovação de trinta e cinco (35) anos de contribuição (420 contribuições).

48 anos

Trinta (30) anos de contribuição, mais adicional de 40% sobre o tempo que faltava, em 16/12/1998 para completar 30 anos de contribuição (360 contribuições).

48 anos

Trinta (30) anos de contribuição, mais adicional de 40% sobre o tempo que faltava, em 16/12/1998 para completar 30 anos de contribuição (360 contribuições).

_

Segurado aposentado por invalidez deve comprovar que a enfermidade que o acomete necessita de acompanhamento constante

Comprovar o período de labor em condições especiais, especificamente através do Perfil Profissiográfico Previdenciário.


Por exemplo, em janeiro de 2012, o índice de reajuste do salário mínimo foi de 14,13% enquanto o salário base da previdência foi 6,08%

joso. Antes do pedido judicial para obter a desaposentação, devem ser realizados cálculos que verificarão se a nova aposentadoria será mais favorável ao segurado, incorporando as novas contribuições. Na legislação atual, o salá-

caso de outro cliente nosso, Aníbal

rio-de-benefício consiste na média

Pantoja, maquinista de embarca-

Qual a explicação para essa queda

aritmética simples dos maiores sa-

ções, que obteve uma aposenta-

na renda?

lários-de-contribuição

correspon-

doria especial aos 48 anos, no ano

Um dos fatores que contribui

dentes a oitenta por cento de todo

de 1999. Nesta época a Renda

para a diminuição do salário dos

o período contributivo, multiplicada

Mensal Inicial era de R$ 863,70, o

aposentados e pensionistas é o re-

pelo fator previdenciário calculado

que de acordo com os cálculos, re-

ajuste. Por exemplo, em janeiro do

de acordo com cada tipo de benefí-

presentava 6,35 salários. Após 13

ano de 2012, o índice de reajuste do

cio (Lei 8.213/91, artigo 29, I).

anos ele passou a receber 3,21 sa-

salário mínimo foi de 14,13% en-

lários, o que resultou uma redução

quanto o salário base da previdência

Quais são os documentos neces-

significativa na renda, no valor de

foi de apenas 6,08%. Com o tempo,

sários para dar entrada ao proces-

R$ 2.176,00. Como consequência

se nada for feito, a tendência é de

so de desaposentação?

disso ele precisa realizar emprés-

que os segurados recebam apenas

timos

um salário.

consignados,

totalizando

um desconto de R$ 640 por mês.

Para preparação dos cálculos são necessários os seguintes documentos:Carta de Concessão e Memória

Para manter o padrão de consu-

Há a possibilidade de ampliar o be-

de Cálculos da atual aposentadoria;

mo, ele precisa trabalhar para

nefício quando segurado é aposen-

CNIS - Cadastro Nacional de Informa-

complementar a renda. Por isso,

tado e ainda continua contribuindo

ções Sociais; relação dos salários de

a minha luta pelos aposentados e

para a Previdência? Como funcio-

contribuição; extrato de pagamento

pensionistas é muito grande para

na a ação de desaposentação?

do atual benefício nos últimos 03 me-

que eles permaneçam ao longo do

O segurado renuncia a primeira

ses; e, cópia da CTPS, onde constam

tempo com o benefício que traba-

aposentadoria, para, em seguida,

anotações sobre o contrato de traba-

lham para merecer.

receber um benefício mais vanta-

lho posterior à aposentadoria. nossa |  abril/2013    23


Segurança

nos condomínios A responsabilidade é minha, é sua, é de todos

C

om o aumento da criminalidade nas grandes ci-

locais precisam de atenção redobrada. Uma dica é que

dades, manter um condomínio seguro já não é

os moradores observem o movimento da rua antes de

mais uma tarefa fácil. Os famosos “arrastões”

entrar ou sair do condomínio. Qualquer descuido, por

tornam-se cada dia mais comuns. Seguranças armados

mínimo que seja, pode colocar em risco a segurança de

e equipamentos de última geração já não são suficientes

todos. E esse é um dos cuidados tomados pelo univer-

para intimidar as ações de quadrilhas, que estão cada

sitário Victor Miranda, de 19 anos. “Sempre quando eu

vez mais ousadas.

chego em casa, principalmente durante a madrugada,

Moradores de condomínios devem estar conscien-

alguma movimentação estranha não entro porque já

teiro ou da empresa contratada. A responsabilidade é

vi muitos casos em que o bandido aborda o morador

de todos. Moradores, síndicos e funcionários devem

e entra junto com ele no condomínio. E já estando

colaborar para manter os bandidos longe dos muros

dentro é mais fácil entrar nas casas”, diz.

dos condomínios. Isso só é possível todos adotarem

Por isso, é importante a colocação de um

medidas preventivas de segurança. Essas medidas

olho mágico na porta. “Se o bandido bater

devem ser definidas durante assembléias do condo-

na porta de um apartamento e o morador

mínio e colocadas no mural de avisos e locais de bas-

acionar a portaria ou a polícia, ele desiste

tante movimento como, por exemplo, elevadores. A

da ação”, afirma o gestor em segurança,

segurança deve ser tema constante de debates entre

Plínio Costa. Para o gestor, outro local

moradores.

que exige bastante cuidado é a portaria.

Segundo especialistas em segurança, cerca de 90%

24

olho para a rua com bastante atenção e quando vejo

tes que a segurança não é só responsabilidade do por-

“O agente de portaria de um condomínio

de todos os roubos à condomínios tem início na área de

deve ser bem treinado. Esse é o lugar onde

entrada ou saída de pedestres e veículos. Por isso, esses

ocorrem mais erros. Os assaltantes usam de

 nossa | abril/2013


O gestor em segurança deixou mais dicas para sua casa ficar mais segura 

NÃO AUTORIZE a entrada de pessoas estranhas ao seu apartamento ou casa.

 Ao estacionar seu veículo na garagem, deixe-o trancado, sem pacotes e objetos à vista e com o

ALARME LIGADO.

 Deixe as PORTAS DA RESIDÊNCIA TRANCADAS, mesmo que esteja em casa.  Contrate domésticas, babás ou motoristas

SOMENTE COM REFERÊNCIAS.

NUNCA DEIXE AS CHAVES na fechadura. Isso pode dificultar a ação de arrombadores.

 Não deixe CÓPIAS DAS CHAVES na portaria ou com empregados do condomínio.  Se perder alguma chave, TROQUE A FECHADURA imediatamente. 

NÃO EXPONHA SUAS ROTINAS na internet como, por exemplo, o horário que vai para a academia. Não sabemos quem está do outro lado da tela.

SEJA DISCRETO em relação a grandes valores guardados em seu apartamento.

todas as artimanhas para entrar, desde se passando por conhecidos dos moradores, como funcionários de concessionárias de energia”, ressalta. Moradores também devem estar sempre atentos aos próprios vizinhos e à qualquer movimentação suspeita acionar a polícia. Ainda de acordo com Plínio, os itens de trabalho indispensáveis para o responsável pela portaria de um condomínio são o interfone, o telefone e o rádio. Com esses objetos, o porteiro pode acionar desde os síndicos até a polícia. Segundo especialistas em segurança, os bandidos abusam da criatividade para cometer os assaltos. Os mais comuns são de entregador de pizza, funcionário dos Correios, da concessionária de energia e até de agente de saúde. Em cidades que ficam no litoral, por exemplo, já houve casos de bandidos que entraram apenas de sunga e mochila se passando por moradores. Outro disfarce são homens bem vestidos, de terno e gravata. Por isso, é importante aplicar as regras de segurança, independente da aparência. nossa | abril/2013   25


Bemestar

André Luis Fernandes  andreluis-fernandes@hotmail.com

Acgua Live filtros de água

A As vantagens de uma água de qualidade em casa

26

 nossa | abril/2013

juda no processo de emagre-

próprias para o consumo, não poden-

cimento, mantém pele, unhas

do ser consideradas águas minerais.

e cabelos bonitos, evita incha-

A Portaria nº 2.914, de 12 de

ço, retenção de líquidos, mau-humor

dezembro de 2011, do Ministério da

e até problemas nos rins. Esses são

Saúde recomenda que o pH (poten-

alguns dos benefícios que o consumo

cial hidrogeniônico) da água própria

regular de água faz ao organismo. Mé-

para consumo seja mantido na fai-

dicos afirmam que o consumo diário

xa de 6,0 a 9,5, o que significa que

de pelo menos dois litros desse líqui-

ela é alcalina. Nenhuma das marcas

do mantém o corpo livre de doenças.

analisadas na pesquisa ficou dentro

Mas, mais importante do que o consu-

deste padrão. O pH das amostras fi-

mo diário de água, é saber a qualidade

cou entre 3 e 4,5, o que caracteriza

do produto que estamos ingerindo.

águas ácidas, portanto, impróprias

Uma pesquisa feita pela enge-

para consumo.

nheira agrônoma Érika Rodrigues,

A pesquisa foi realizada com

para obtenção do título de especialis-

águas à venda nos supermercados,

ta em Gestão Ambiental pela Univer-

porque as empresas não permitiram

sidade Federal do Pará, e divulgada

a coleta em suas fontes. As marcas

em março deste ano, deixou muita

analisadas e os resultaram foram

gente preocupada. De acordo com o

os seguintes: Belágua, 3; Top Line,

estudo, a população de Belém está

3,75; Mar Doce, 3,80; Nossa água,

consumindo águas minerais com al-

3,89; Terra Alta, 4,14 e Indaiá, 4,52.

tos níveis de acidez e, portanto, im-

De acordo com o geólogo e pes-


quisador Milton Mata, orientador do

porte de vitaminas e minerais no

Lair Ribeiro:

trabalho de Érika Rodrigues, águas

corpo, que resulta em mais saúde e

Palestrante

com pH abaixo de 6,5, considerado

melhor aparência.

internacional,

ácidas podem até causar problemas

Uma alternativa para garantir que

autor e médico

de saúde. “Essa água, sendo consu-

a água servida à mesa seja de boa

cardiologista

mida durante dez, vinte anos, pode

qualidade é a utilização de filtros ou

causar problemas gástricos, como

purificadores de água. Eles são rápi-

gastrites, úlceras e câncer de estô-

dos, práticos e eficientes. Existe uma

mago, doença cuja incidência coloca

grande variedade desses produtos no

o Pará na segunda posição em todo

mercado, mas o recomendado por

o país”, afirma.

profissionais é certificar que o produ-

Segundo especialistas, como o

to escolhido tenha o selo do Inmetro.

corpo humano é composto 70 % por

O cardiologista e nutrólogo, Lair

água, quanto mais água ácida você

Ribeiro, afirma que se você muda

bebe, mais ácido fica o seu organismo

sua ecologia corporal, as doenças vão

e com isso, mais dificuldade nossas

embora. “É impossível uma doença

células terão em absorver os nutrien-

ficar em um corpo ecologicamente

tes dos alimentos que consumimos.

saudável. É impossível”, diz.

Isso já é diferente quando as células estão em um ambiente alcalino. Ocor-

André Luis Fernandes, Diretor-Master

re o aumento da hidratação celular, o

andreluis-fernandes@hotmail.com

processo de desintoxicação, o fluxo

    (91) 3222-3193 / 9369-6033

sanguíneo se ativa e acelera o trans-

8874-5504 / 8255-1982

nossa |  abril/2013    27


Saúde

Dra. Gleicy Pires CRM 6795-PA  gleicyraquel@gmail.com

sultados passaram a ser melhores e com menos riscos. “Uma dessas tec-

Tatuagem, quer tirar?

nologias é o laser Q-switched, específico para tratar pigmentações na pele. Apesar da sua principal indicação é a remoção de tatuagens, ele também pode ser usado em outras pigmentações como em alguns sinais, olheiras muito pigmentadas, manchas de sol, nevo de Ota e outras pigmentações persistentes. Atualmente, ele vem sendo usado como uma arma a mais

O procedimento é muito mais doloroso e demorado

desenho. Eu já pensei em cobrir várias

para o tratamento do melasma, que é

vezes, mas, por ela ter um tamanho ra-

um distúrbio pigmentar da pele carac-

zoável, não sei o que fazer. Não penso

terizada por manchas escuras”, afirma

em apagar porque o processo é muito

A dermatologista explica que a

longo e dolorido”, afirma o jovem.

energia do laser que passa através da

João não está sozinho. Estudos

pele é absorvida pelo pigmento que se

ma tatuagem pode ter diver-

apontam que cerca de 30% das pes-

fragmenta, não prejudicando outras

sos significados: desejo de ser

soas que sofreram de arrependimento

estruturas ao redor da área tratada.

U

diferente, vontade de estar na

pós-tattoo foram aquelas que decidi-

“Desta forma, o colágeno adjacente

moda ou simplesmente, um sinal de

ram fazê-las em um momento de im-

permanece intacto, minimizando o po-

que um dia o impulso falou mais alto. E

pulso. Esse ranking só não é maior

tencial para cicatriz. O pigmento frag-

foi exatamente isso que aconteceu com

do que as pessoas que tatuaram no-

mentado em partes menores passa a

o universitário João Moraes, de 24 anos.

mes de ex-namorados.. Nesse caso,

ser eliminado pelas células de defesa

Hoje, o estudante de jornalismo tem

a chance de arrependimento é de

da pele, então o clareamento após a

oito espalhadas pelo corpo e já está pla-

100%. Famosas como Viviane Araújo

sessão é observado ao longo de 30 a

nejando a nona. Apesar disso, o jovem

e Kelly Key já recorreram ao uso do la-

40 dias. O número de sessões é variá-

confessa que já se arrependeu de ter

ser para apagar os desenhos feitos em

vel, mas logo após a primeira sessão já

feita uma das tatuagens. “Não pensei

homenagem aos ex-companheiros.

é possível observar resposta satisfató-

na hora de escolher o tatuador. Mora-

Segundo a dermatologista Glei-

ria.”, diz. Gleicy alerta que é uma ten-

va em Florianópolis, em Santa Catarina,

cy Pires, que é diretora técnica da

dência mundial o uso de equipamentos

e estava andando no centro da cidade

Enchanté Estética e Bem Estar, anti-

de laser nos consultórios médicos, mas

quando passei em frente a um estúdio

gamente as tatuagens eram removi-

é preciso ter cuidado. “Sempre vale a

de tatuagem. Como estava com grana

das por técnicas cirúrgicas deixando

pena ressaltar que esses equipamen-

e a idéia na cabeça, entrei e fiz. Depois

muitas cicatrizes. Hoje, com o apare-

tos devem ser operados pelo médico

de um tempo comecei a achar falhas no

cimento da tecnologia a laser, os re-

ou sobre a supervisão dele”, orienta.

28    nossa |  abril/2013


nossa |  abril/2013    29


CristalvilleResidence fique por dentro A prestação de contas do ano de 2012 foi aprovada por todos os participantes da Assembléia Geral Ordinária realizada no último dia 31 de janeiro. E também foi aprovada durante a AGO, por

campanhas doação de potes para a santa casa Médicos recomendam somente

unanimidade, a nova taxa condominial que não sofria reajuste há

o aleitamento materno durante os

dois anos. O novo valor entrou em vigor no mês de março, assim

seis primeiros meses de vida. Mas,

como a aprovação da taxa para custear os maiores eventos do

muitas mães não produzem leite

condomínio. Lembre-se que se a taxa condominial for paga a cada

suficiente para alimentar amamen-

dia 05, o condômino tem direito a 10 % de desconto. Aproveite!

tar seus bebês e dependem da do-

As reclamações sobre a circulação de animais na área

ação de mães que têm excesso de

condominial voltaram a ser motivos de desgaste entre os

leite. Em solidariedade, o Cristalville

moradores. Para manter a convivência tranqüila entre os

está arrecadando potes com tampa

condôminos procure obedecer as normas do condomínio,

plástica, como os de café solúvel

deixando seus animais de estimação dentro de sua propriedade.

ou de maionese, que serão doados ao banco de leite da Santa Casa de

esporte A prática de esportes é fundamental para a manutenção da saúde e bem estar do ser humano. Para a criança, a prática de exercícios é um fator fundamental, desde que contribua de forma positiva para o desenvolvimento do corpo e

Misericórdia. Ajuda você também deixando potes limpos na administração do condomínio.

combate ao mosquito da dengue

da mente. É muito importante que o esporte não seja imposto para a criança

A temporada de chuvas conti-

como obrigação ou por imposição dos pais e sim, como diversão. A criança tem

nua e com ela, aumenta a preocu-

que gostar daquilo que está fazendo. Os esportes coletivos, como o futebol,

pação com o mosquito da dengue.

são os mais recomendados pelos especialistas, porque trocam experiências e

Para deixar essa doença longe do

ajudam as crianças a manter melhor relacionamento social. No Cristalville, o fu-

Cristalville é preciso a colaboração

tebol é um dos esportes desenvolvidos entre as crianças do condomínio. Mães,

de todos. Deve ser redobrados os

preparem-se! Em breve será realizado o torneio de volêi. Organize seu time.

cuidados com as piscinas, vasos de plantas, garrafas, pequenos lagos e calhas. Nada de água parada que possa servir de criadouro para o mosquito da dengue. Proteja sua família dessa doença. A dengue mata.

30    nossa |  abril/2013


carnaval 2013 Diversão, brincadeira e alegria marcaram o tradicional baile de carnaval, realizado último dia 23 de março, no Condomínio Cristalville. A festa reuniu muitos condôminos que caíram na folia ao som da bandinha de fanfarra. Os pequeninos esbanjaram criatividade nas fantasias. Tinha desde criança vestida com fantasias de personagens da novela Carrossel, do SBT, até com fantasia de piloto de fórmula 1.

próximos eventos 11/05

Comemoração Dia das Mães

22/06 Festa Junina.

prestigie o toc-toc Depois de enfrentar uma semana de trabalho os condôminos do Cristalville podem desfrutar de uma ótima

Dia Internacional da Mulher

opção para se divertir na sexta-feira à noite. O restaurante Toc-Toc

Para homenagear as mulheres, comemorado

oferece momentos

no dia 8 de março, o condomínio Cristalville

de descontração e

realizou uma programação especial para as

conta com o serviço

condôminas, que contou com apresentação

de qualidade, tudo ao

de jump e dança infantil. O cantor Sergio Leite

alcance dos moradores.

cantou e dedicou várias canções para elas. nossa |  abril/2013    31


nossa |  abril/2013    33


Abrindo

os espaços Cada vez mais usado, o vidro agora valoriza também espaços internos

Se no passado só os nobres podiam ter, hoje em dia, o vidro está presente em todos lares, independente da classe social. Eles podem ser encontrados em uma infinidade

O

de tipos e lugares. Estão nas facha-

vidro começou a ser utilizado

ou cobertura também passou a ser lar-

das de prédios, nas janelas, portas,

como elemento de arquitetu-

gamente utilizado como elemento de

paredes e em objetos de decoração.

ra no século XIX nas janelas

divisão de espaços internos, o que traz

O tipo mais procurado é o tempe-

de nobres, mas foi no século passado

uma sensação de amplitude e muitas

rado, chamado de vidro de seguran-

que se tornou tendência e uma so-

vezes caracteriza um estilo de arquite-

ça, por ser cinco vezes mais resisten-

lução quando o objetivo é integrar a

tura minimalista, já que a quantidade

te que o vidro comum. Ele geralmente

área interna à externa.

de móveis fica limitado quando os es-

é utilizado em portas, janelas, box e

paços são divididos por vidro”, conta a

divisórias de paredes. Outros tipos

arquiteta Imara de Oliveira.

como o aramado, canelado, jatea-

“O vidro além de ser utilizado como vedação externa seja como paredes

34    nossa |  abril/2013


do, bisotado e laminado também são

em contato com os livros preciso de

Integrando áreas

bastante utilizados.

um ambiente claro e com o vidro isso

interna e externa,

São inúmeras as vantagens da

é possível por mais tempo. Além dis-

o uso do vidro

utilização do vidro: promovem a

so, por ser neutro o vidro combina com

se expande nas

iluminação natural por mais tempo,

qualquer decoração e deixa o ambiente

construções atuais

flexibilidade e integração dos espa-

mais elegante”, afirma.

ços internos a externos, bloqueiam

A arquiteta orienta que alguns

a incidência de raios solares deixan-

pontos devem ser levados em con-

do o espaço mais agradável, além

sideração na hora de se optar pelo

de dar mais sofisticação e elegância

vidro em regiões quentes e com

veis danos matérias como desgaste

ao ambiente.

alta incidência solar como a nossa.

de equipamentos causados pela in-

Para a pedagoga Lídia Solano, o que

“A má utilização pode levar ao des-

cidência solar. “O consumidor deve

mais foi levado em consideração na

conforto térmico, elevado gasto de

procurar um profissional que vai in-

hora de optar por uma janela de vidro

energia, devido ao alto uso de con-

dicar o tipo de vidro mais adequado

foi a iluminação. “Como estou sempre

dicionadores de ar, além de possí-

para o ambiente”, afirma. nossa |  abril/2013    35


O SISTEMA IHOL IDIOMAS disponibiliza cursos para pessoas com necessidades de fluência mais rápida e dinâmica com o curso completo, que em outras instituições de ensino são diluídas entre 36 a 60 meses. No SISTEMA IHOL IDIOMAS o aluno terá dois formatos de aulas com prazos de términos distintos, um direcionado para o término em 18 meses denominado de CURSO IHOL EXECUTIVO, com 04 horas aula por semana, sendo distribuídas em duas aulas no decorrer da semana em dias pré-estabelecidos ou somente aos sábados. Com metodologia influenciada pelo American Language Institute e material didático produzido pela SGEL para o espanhol, Hachette para o francês e Macmillan para o idioma inglês. O SISTEMA IHOL IDIOMAS é parceiro da melhor escola de idiomas para estrangeiros no mundo, além de ser parceiro das melhores editoras de material didático. Nossa grade curricular engloba aulas de música, TV e seriados, gramática e texto, testes e exames, unidades vinculadas ao material didático e as free classes, onde o aluno poderá escolher qual tema tratar, também podendo ser utilizadas como reposições de aulas. A instituição localiza-se na Travessa dos Pariquis, Nº1981, entre Rua Serzedelo Correa e Travessa Padre Eutiquio.

CURSO VIP: INGLÊS, FRANCÊS E ESPANHOL (12 MESES): Curso VIP será distribuído da seguinte forma:   8(oito) horas aula semanais, serão distribuídas em quatro vezes no decorrer da semana, de segunda a quinta-feira, tendo as sextasfeiras para realização de reposições de aulas ou revisão de aulas marcadas previamente com o professor;

  As avaliações serão quinzenais, visando o melhor e maior aproveitamento e aprendizado do aluno;

  Aulas dinâmicas voltadas principalmente para a conversação, mas sempre agregada da gramatica correta.


CURSO EXECUTIVO INGLÊS E FRANCÊS (18 MESES)

ESPANHOL

(15 MESES)

Formato Indicado e projetado para jovens e adultos. Proporciona o domínio das diversas habilidades linguísticas: conversação e expressão oral, compreensão auditiva e de textos, vocabulário, gramática, e escrita. Formato dinâmico, com didadita em formato natural de aprendizado, enfatizando as estratégias de conversação e com o objetivo de fazer você falar o novo idima naturalmente. Curso EXECUTIVO será distribuído da seguinte forma:   4 (quatro) horas aula semanais, podendo ser distribuídas em duas vezes no decorrer da semana em dias pré-estabelecidos ou somente aos sábados(4horas de aula initerruptos);

CURSO EXCLUSIVO: INGLÊS, ESPANHOL E FRANCÊS (50 HORAS OU 25 HORAS):   Se você tem uma agenda apertada, onde parece que nunca sobra tempo para aprender idiomas, este é o curso certo para você. Seguindo o mesmo programa dos cursos VIP E EXECUTIVO (inglês, espanhol ou francês)

  As avaliações serão quinzenais, visando o melhor e maior aproveitamento e aprendizado do aluno;   Aulas dinâmicas voltadas prin-

e tendo como objetivo proporcionar o domínio das diversas habilidades

cipalmente para a conversa-

lingüísticas: Gramática, Vocabulário, Escrita, Compreensão Auditiva e de

ção, mas sempre agregada da

Textos e Conversação, o curso EXCLUSIVE possui a vantagem da total

gramatica correta.

flexibilidade de horário, isto é, nós vamos nos encaixar na sua agenda. Super EXCLUSIVA, não é verdade?

  Venha aprender o novo idioma na Ihol Idiomas, por que afinal, um ano passa voando, não é mesmo?


MMA

coisa só de homem. Famosas como Carolina Dieckmann, Sabrina Sato e

um novo público Academia Machida abre espaço para a paixão das mulheres pela Mixed Marcial Arts

N

Fernanda Souza já se renderam às lutas. Uma das modalidades, o MMA, virou febre em todo o país depois do sucesso dos lutadores brasileiros. Aqui em Belém, o responsável pela popularização desse tipo de luta foi o lutador Lyoto Machida. O MMA ou Mixed Martial Arts é hoje uma das modalidades preferidas pelos frequentadores da Academia Machida que tem no nome a tradição de Lyoto,

os últimos anos, a procura por

chamado a atenção é que os tatames

um dos grandes lutadores do circuito

um corpo perfeito tem lotado

das academias estão cada vez mais

internacional. O baiano radicado no

as academias de todo o Brasil.

femininos. A popularização de artes

Pará que aos 34 anos tem um currículo

Opções não faltam pra quem procura

marciais como boxe, muay thai e MMA

de vitórias nos tatames tornou-se uma

um corpo sarado. Musculação, aeróbi-

tem atraído cada vez mais o público

referência no assunto e deixa claro que

ca, artes marciais e danças são as ati-

feminino. Entrar em forma à base de

o MMA está longe de ser um esporte

vidades mais comuns. Mas, o que tem

socos e pontapés agora já não é mais

violento. “Ele é um mix de todas as lu-

38    nossa |  abril/2013


Elas não tem medo de enfrentar os tatames nas diversas modalidades propostas pelo MMA e atividades de condicionamento físico.

e participou da primeira corrida de rua.

São vários os benefícios dessa prá-

“Fiquei admirada com meu condiciona-

tica, de aumento da segurança até a

mento físico. A capoeira, o muay-thai

tão sonhada definição dos músculos.

e a musculação me ajudaram a chegar

Em 1 hora de aula, por exemplo, dá

ao fim da prova. Meu próximo desafio

para gastar até 1.400 calorias. O es-

agora serão as aulas de MMA e sei que

porte é uma ótima opção para quem

vou me dar bem”, enfatiza a estudante

tas marciais, então é possível trabalhar

quer emagrecer uns quilinhos e toni-

de 18 anos.

a filosofia e a educação aprendidos no

ficar os músculos. As lutas trabalham

Yasmin faz parte de um grupo que

karatê. Aqui ensinamos que todo o tra-

também a parte de concentração, dis-

tem muitos adeptos na Machida. E é

balho desenvolvido no tatame tem que

ciplina, agilidade, coordenação moto-

Lyoto que ensina alguns golpes aos

seguir uma filosofia de respeito com o

ra, alongamento, noções de defesa

alunos quando está em Belém. “Sem-

próximo”, enfatiza o lutador.

pessoal e equilíbrio. A sensação de

pre que estou na cidade não deixo de

Na Academia Machida inaugu-

segurança somada ao corpo definido

vir um dia aqui na academia. Faço

rada há menos de um ano no bairro

são os fatores que mais contribuem

meu treino e depois subo para dar

da Pedreira, além do MMA, também

para elevar a autoestima daquelas

umas aulas. Nós tornamos um pólo

são oferecidos musculação, capoei-

que praticam algum tipo de luta.

de treinamento em MMA e condicio-

ra, spinning e modalidades aeróbicas

Frequentadora da Machida, a jor-

namento físico, muito bem equipa-

e também um mix de artes marciais

nalista Thais Corrêa apostou nas ar-

do e com os melhores treinadores”,

como karatê, judô, jiu-jitsu, aikidô,

tes marciais e capoeira para manter a

pontua o Dragão, como é conhecido

muay thai e boxe, para crianças, jo-

saúde em dia e lógico, definir o corpo.

o lutador nos octógonos. E quando o

vens, adultos, homens e mulheres. O

“Esqueço tudo e consigo relaxar quan-

assunto é mulher no tatame ele não

espaço com três andares, que possui

do entro no tatame para uma aula de

pensa duas vezes. “Elas ainda vão do-

estacionamento próprio, localizado na

capoeira. Todo o estresse vai embora e

minar o mundo! Elas não têm medo

Avenida Pedro Miranda, é destinada à

ainda encerro com uma aula de yoga”,

de enfrentar as dificuldades da vida,

prática de exercícios e cuidados com

afirma Thais. A estudante Yasmim Pes-

por isso que se saem tão bem nos es-

a saúde, por meio das artes marciais

soa treina na academia há três meses

portes”, afirma o lutador. nossa |  abril/2013    39


prédio. “Devemos ser elegantes ao falar, para não transformar a reunião em ofensas pessoais e bagunça. Em geral, a maioria das assembleias é palco de disputa para ver quem grita mais, agressões ao síndico, aos demais condôminos. Quando se fala em reunião para manterem a serenidade, as pessoas se ofendem e passam a agredir ainda mais. O certo é ir para a reunião desarmada, se você acha que não tem estrutura para comparecer, mesmo que para reclamar alguma coisa, é melhor

Reunião devo ir? Faltar e discordar somente depois, não adianta

D

não ir”, orienta. De acordo com a psicóloga Ana Cunha, que mora em um condomínio localizado na avenida Augusto Montenegro, as pessoas só aparecem em grande números nas reuniões do condomínio dela quando o assunto a ser discutido envolve dinheiro ou problemas individuais. “ O que falta nos moradores é bom senso. As

aquele condômino que não participa,

pessoas estão cada vez mais egoís-

está passando uma procuração em

tas. Elas têm que parar de pensar só

branco para qualquer decisão”, alerta

nelas e aprender a pensar um pouco

o advogado e presidente do Sindicato

mais no coletivo”, diz.

dos Condomínios no Estado do Pará, Nazareno Nogueira.

Atrair o interesse dos moradores não é uma tarefa fácil. Para Nazareno No-

oenças repentinas e compro-

O vendedor José Antônio Rodrigues

gueira, os condomínios só mudam de

missos de última hora. Des-

mora há cinco anos no Residencial Pi-

nome e endereço, mas os problemas são

culpas não faltam quando o

nheiro, no bairro Ponta Grossa, em Ico-

os mesmos. Ele dá algumas dicas para

assunto é reunião de condomínio. E

araci. Ele conta que quando se mudou

que os síndicos aumentem a participa-

o baixo número de comparecimento

para o condomínio chegou a participar

ção dos moradores nas reuniões. “Teve

de moradores às reuniões é apenas

de reuniões, mas agora não participa

um síndico que colocou na convocação

um dos problemas enfrentados pelos

por causa dos constantes desentendi-

uma taxa muito exorbitante, pois queria

síndicos na hora de promover uma as-

mentos entre os moradores. “Colocava-

a presença maciça, a reunião lotou para

sembléia.

se em pauta um determinado proble-

protestar, e ele obteve êxito. Outra dica

Mas o que muita gente não sabe

ma, discutia e não andavam as coisas

seria transformar assembléia de condo-

é que a lei é clara para aqueles que

por lá. Não via melhora nenhuma. Só

mínio em uma reunião social, servindo

fogem das reuniões. “Mesmo que haja

blá-blá-blá”, diz.

uns salgadinhos, sucos, bebidas ou sor-

um número reduzido de pessoas, as

Para Nazareno, deve haver uma sen-

tear um eletroeletrônico ou eletrodo-

decisões valem e são obrigatórias para

sibilidade de todos os participantes que

méstico entre os presentes. Enfim vale a

os que não comparecerem. Ou seja,

a assembleia é um momento ímpar no

criatividade de cada um”, afirma.

40    nossa |  abril/2013


Gastronomia “Existem vinhos italianos e franceses para todos os gostos e momentos”. Fábio Sicilla

Vinhos

do mundo Quando pensamos em vinhos, imaginamos logo os exemplares franceses e italianos. Dois países tradicionais da produção de vinhos brancos e tintos. Na França, Borgonha se destaca. A região é das

cos feitos com a chardonnay. A Itália possui pelo menos vinte

mais incríveis da Europa, tem uma beleza singular

regiões vinícolas incríveis e entre elas destacam-se: o

além de trazer a tradição da vinicultura, da gastro-

Piemonte, região de bons espumantes e de vinhos ro-

nomia e ainda uma arquitetura medieval. E deste ve-

bustos entre os quais se destaca o grande Barolo, deno-

lho mundo, na Borgonha encontramos os exemplares

minado o vinho dos reis e o rei dos vinhos.

fabulosos de: Chablis, Côte d ‘Or, Côte Chalonnaise,

Tem a Toscana, o Jardim da Itália, com o seu po-

Côte de Nuits, o Mâconnais e Beaujolais. Os vinhos

pular Chianti e os grandes Brunello de Montalcino,

bordaleses – tanto os tintos quanto os brancos – são

o Sassicaia e o Tignanello, três colocados entre os

de corte ou mescla, nos quais entram várias uvas; os

melhores vinhos do mundo.

da Borgonha são mono-varietais.

Enfim, existem vinhos italianos e franceses para

Antes mesmo da França ser o que é hoje, a Borgonha

todos os gostos e momentos. Uma vez dentro dessa

era um rico Ducado já bastante conhecido por ter voca-

enorme constelação de vinhos, pode-se, com paciência

ção vinícola. A Pinot Noir é a principal uva desta região e

e atenção, descobrir os favoritos.

garante tintos intensos, com raça e excepcional nobreza. A região também traz o equilíbrio dos grandes bran-

Na dúvida os quase 700 rótulos da Don Vino podem ajudar na escolha para o momento ideal. nossa |  abril/2013    41


Gastronomia

Angela Sicillia   famigliasicilia.com.br • fabiosicilia@gmail.com

balho duro e uma equipe afinada. Em Belém os restaurantes estão empenhados em fazer da refeição fora de casa um momento especial. Uma tarefa difícil se levarmos em consideração que em 2012 a inflação acumulada medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 5,8%. Ou seja, comer fora de casa ficou 22,5% mais caro em um ano. O valor médio da refeição fora do lar chegou a R$ 27,40 no ano passado no País. Na pesquisa anterior, com dados de 2011, a média encontrada foi de R$ 22,37, segundo a Pesquisa Refeição Assert Preço Médio 2013. Para se manter sempre em lugar de destaque e driblar as agruras desse mercado, os irmãos Sicília há 24 anos juntam a experiência da família com a inovação tecnológica para garantir um diferencial. Nos últimos dois anos os investimentos na cozinha foram estruturais e funcionais. Com uma gastronomia ítalo-brasileira os irmãos se dividem entre a cozinha e a adega. Com formação internacional Fábio Sicilia teve oportunidade freqüentar

Os desafios de comer bem fora de casa

as melhores escolas de Gastronomia como a Cordon Bleu, na França e o Italian Culinary Institute for Foreigners (ICIF), na Itália, onde se formou Chef Master. Na prática levou para a gastronomia do restaurante Famiglia

Restaurantes de Belém apostam na qualidade dos produtos e no atendimento personalizado para ter sucesso 42    nossa |  abril/2013

Comer bem e com aquele tempe-

Sicília a mistura que deu certo: Itália

ro ideal fora de casa não é tão sim-

e Brasil. Hoje passou para a irmã An-

ples assim. A comida precisa estar na

gela Sicília o controle do fogão e se

temperatura ideal. O preço deve ser

dedica ao frio da adega. Nesse mix

justo. O tempero na medida. A jun-

o Famiglia Sicília reúne a saborosa

ção destes fatores garante uma expe-

gastronomia italiana, com a aromá-

riência única e capaz de tirar o cliente

tica amazônica e ainda harmoniza

de casa muitas outras vezes. Para se

com uma carta de vinhos de quase

chegar neste resultado é preciso tra-

700 rótulos do velho ao novo mundo.


Gastronomia

Angela Sicillia   famigliasicilia.com.br • fabiosicilia@gmail.com

A cozinha ítalo-amazônica encanta o Brasil Itália e Amazônia em perfeita

cia com os chefs do Pará. O vento

nhoque de pupunha, panna cotta de

união de sabores. Pode parecer es-

é o mais importantes da Amazônia.

castanha. Nem os pratos mais tradi-

tranho para muita gente, mas Ân-

Realizado em Belém, foi idealizado

cionais escapam da vertente criativa

gela Sicilia propõe e executa esta

pelo respeitado chef paraense Paulo

desta chef paraense que fez a mani-

ideia com muita maestria. Algo só

Martins (Restaurante Lá Em Casa) e

çoba receber embalagem tipicamente

possível para quem tem vivência e

em abril comemorou sua 11ª edição.

italiana. Assim ela criou o Raviolli de

conhecimento nas duas culturas.

É durante o festival que a cidade

maniçoba, além disso, também criou

Por isso, só uma autêntica chef com

de Belém abre as portas para receber

o bolinho italiano de arroz rechea-

um pé na Itália e outro na Amazô-

os mais renomados chefs nacionais e

do com pato e jambu e o raviolli de

nia para harmonizar as duas cozi-

internacionais, que vêm interagir com

phissalys (fruta também chamada de

nhas com segurança, sem nenhum

chefs locais, além de beber da fonte

camapú e fácil de ser encontrada na

medo de errar. E este delicioso êxi-

de uma das mais peculiares cozinhas

região). Todos já devidamente incor-

to tem feito Ângela despontar entre

de nosso planeta.

porados ao cardápio do restaurante e

os chefs locais.

Em mais de duas décadas o Fa-

que já tem a preferência de muitos

E sobre em Ver-o-Peso da cozi-

miglia Sicília buscou fazer o coração

clientes. Este é só o início de uma jor-

nha paraense a edição 2013 trouxe a

italiano se apaixonar pelo paraense,

nada saborosa.

Belém chefs de vários Estados. Entre

com receitas elaboradas para aproxi-

E para dar água na boca uma das

as estrelas a chef Roberta Sudbrack

mar as duas cozinhas, como: picccola

receitas de Angela Sicília e a harmoniza-

que nos bastidores trocou experiên-

Giulia de cupuaçu, pescada no tucupi,

ção do sommelier Fábio Sicília.

Pícola Júlia (Petit Gateau com doce de cupuaçu) Ingredientes 200g de chocolate meio amargo 2 colheres (sopa) de manteiga

2 ovos

50g de açúcar

2 gemas

2 colheres (sopa) de farinha de trigo

50g doce de cupuaçu

Modo de preparo Derreta a manteiga e o chocolate em banho-maria Bata os ovos e as gemas de ovo com açúcar na batedeira até ficar bem claro. Junte o chocolate derretido e a farinha de trigo, misturando com uma espátula. Unte as forminhas de empadinha com farinha de trigo e coloque a massa - sem preencher toda a forma. No centro coloque uma colher

cheia do doce de cupuaçu. Pré-aqueça o forno e leve para assar de 5 à 7 minutos (dependendo do forno) até os bolinhos crescerem, mas ficarem com o meio molinho, assim quando cortamos sai aquela calda de chocolate quentinha e o doce de cupuaçu. Deve-se desenformar quente, diretamente no prato, acompanhado com sorvete tapioca.

Dica Para quem quiser congelar, basta colocar a forminha cheia, coberta com filme plástico, no freezer e quando for servir deixar o bolinho voltar a temperatura ambiente antes de colocar no forno.

nossa |  abril/2013    43


Do Jurunas

para o mundo D

ona de uma voz inconfundível e um figurino único, a rainha do Tecnobrega, Gaby Amaran-

tos, arrasta multidões por onde passa. A intérprete dos sucessos “Hoje eu tô solteira”, “Ex mai Love” e “Xirley”, deu uma pausa na agenda de compromissos para um bate papo com a Revista Nossa. Gaby, sempre bem-humorada, falou do início da carreira, da difícil tarefa de conciliar os shows com o papel de mãe e do mais recente trabalho: o DVD Gaby - live in Jurunas, lançado no último dia 23 de março.

44

 nossa | abril/2013


fotos : Walda Marques

nossa |  abril/2013    45


Nascida Gabriela Amaral dos San-

do Tecnobrega diz que foi influenciada

tos, Gaby conta que desde criança já

por cantoras como Clara Nunes, Ella

se apresentava nas rodas de samba

Fitzgerald e Billie Holiday e também

da família, mas foi aos 15 anos que

pelos cantores bregas Francis Dalva e

começou a cantar. “Eu comecei can-

Reginaldo Rossi, mas deixa claro que a

tando em uma igreja do bairro do

sua maior influência está no bairro do

Jurunas, a Paróquia de Santa Tere-

Jurunas, onde, segundo ela, toca tudo

zinha do menino Jesus, mas profis-

ao mesmo tempo.

sionalmente foi um pouquinho mais

Em 2002, Gaby Amarantos en-

tarde, aos 18 anos, quando tive per-

trou para a banda Tecno Show, onde

missão para cantar nos bares em Be-

permaneceu até 2009. E foi também

lém. Comecei cantando clássicos da

no ano de 2009 que ela engravidou

MPB, mas depois fui cantar em banda

do seu único filho, Davi. Hoje, conci-

de axé, banda de bailes, tudo que se

liar a agenda lotada de compromis-

possa imaginar”, conta.

sos com a maternidade não é uma

O que muita gente não sabe é que

tarefa fácil para a cantora.

“Davi

O público delira com o

antes da fama, Gaby foi coreógrafa de

hoje está com quatro anos e eu não

sucesso da Musa que leva o

quadrilha, fez cursos de teatro e che-

tenho babá. É uma tarefa difícil con-

Jurunas para todo o Brasil

gou a fazer pequenas apresentações

ciliar, mas isso se torna mais tran-

na comunidade onde mora. A rainha

qüilo porque conto com a ajuda da

46    nossa |  abril/2013


minha família. Como moramos todos

son Motta e Hermano Vianna.

juntos, cada um ajuda da maneira

O mais novo trabalho da can-

que pode. Sempre tem alguém cui-

tora, o DVD Gaby- live in Jurunas,

dando dele. Quando não é meu pai,

foi lançado no dia 23 de março em

é minha mãe ou meus irmãos. Ele

frente à casa dela no bairro do Juru-

nunca está sozinho. A minha família

nas. O show, que contou com a co-

está sempre me ajudando”, afirma.

laboração de vizinhos da artista, foi

Em 2011, Gaby foi eleita uma das

gravado em 2011, com direção de

100 pessoas mais influentes. O seu

Priscilla Brasil e Vicent Moon. “Esse

primeiro álbum solo “Treme”, foi lan-

DVD mostra uma Gaby que as pes-

çado ano passado. O disco foi dirigido

soas não conheciam”, revela.

por Carlos Eduardo Miranda e produ-

Gaby agradece todo o carinho re-

zido por Féliz Robatto tem composi-

cebido dos fãs. “Tenho muito orgulho

ções da própria Gaby. E foi também

dos meus fãs. Eles entendem que eu

em 2012, que uma das músicas da

sou uma artista diferente, que eu vim

cantora, a “Ex mai Love”, foi escolhi-

pra fazer a diferença. Tem muita gente

da como tema da novela “Cheias de

que gosta do meu trabalho. Valorizo as

Charme” da Rede Globo. Hoje, Gaby

minhas origens e não sigo os padrões

é considerada referência, sendo elo-

que a sociedade impõe. Por isso, mui-

giada por críticos musicais como Nel-

ta gente se identifica comigo”, conta.

Valorizo minhas origens e não sigo padrões que a sociedade impõe

nossa |  abril/2013    47


Vídeoleiturasom Marcos Eluan  foxvideo@gmail.com

AS AVENTURAS DE PI DVD, BLU-RAY, BLU-RAY 3D e LIVRO Filme vencedor de 4 Oscar (Diretor, Fotografia, Efeitos Visuais e Trilha Sonora), com fotografia e enredo arrebatadores. Leia também o livro que deu origem ao roteiro.

A HORA MAIS ESCURA DVD E BLU-RAY

AMOR O drama austríaco

Bastidores da

Amor mostra a

operação que

história do casal

levou à captura

de aposentados

e morte de

Georges (Jean-

Osama Bin Laden,

Louis Trintignant)

com excelentes

e Anne

interpretações e

(Emmanuelle

ótimo roteiro.

Riva, que são professores de música erudita. Eles têm uma filha que possui a mesma profissão e que vive com a família

ARGO

48

em um país estrangeiro. Certo dia, Anne sofre um derrame e fica

Ganhador do prêmio de melhor filme no Oscar 2013, Argo é dirigido e

com um lado do corpo paralisado

protagonizado por Ben Affleck. A história é baseada em fatos reais e se

e o amor que une o casal é posto

passa em 1979, durante uma crise política no Irã, quando militantes

à prova. Amor ganhou a Palma de

iranianos surpreendem a embaixada dos EUA em Teerã, fazendo 52 reféns

Ouro no Festival de Cannes 2012

americanos. Mas, seis americanos conseguem escapar e encontrar refúgio

e recebeu quatro indicações ao

na casa do embaixador canadense. Sabendo

Oscar 2013, levando o prêmio de

que é apenas uma questão de tempo até

melhor filme estrangeiro. Direção:

os seis serem encontrados e provavelmente

Michael Haneke. Elenco: Jean-

mortos, Tony Mendez (Ben Affleck), um

Louis Trintignant, Emmanuelle

especialista em fugas da CIA, sugere um

Riva, Isabelle Huppert, Alexandre

plano arriscado. Para a missão, Mendez e um

Tharaud,William Shimell, Ramón

maquiador de Hollywood criam um falso filme

Agirre, Rita Blanco,Carole Franck,

para tentar tirá-los do país com segurança.

Dinara Drukarova, Laurent

Direção : Ben Affleck. Elenco: Ben Affleck,

Capelluto, Jean-Michel Monroc,

John Goodman, Bryan Cranston, Michael Parks.

Suzanne Schmidt, Damien Jouillero,

Ano: 2012. Gênero: Drama

Walid Afkir. Gênero: Drama.

 nossa | abril/2013


GAME OF THRONES SÉRIE, SEGUNDA TEMPORADA - DVD Segunda temporada, com 10 episódios, da épica série da HBO, uma história de duplicidade e traição, nobreza e honra, conquista e triunfo.

ANUNCIO FOX.pdf 1 10/04/2013 10:42:57

O ponto de encontro da primeira à sétima

arte.

Locação e venda de Blu-Rays, DVDs e Games.

C

Livros, Revistas e Papelaria

M

Y

CM

MY

CY

CMY

Acessórios, Bijouterias, Bolsas e Presentes

K

Café, Conveniência e Loja Infantil

Dr. Moraes, 584 (entre Cons. e Mundurucus) Doca, 1088 - Híper Líder Duque, 167 - Galeria do Formosa

a FOX na sua casa

foxvideo.com.br

nossa | abril/2013   49


Vídeoleiturasom Recanto GAL COSTA - AO VIVO – DVD Com direção de Caetano Veloso, Incluindo canções do último álbum e grandes sucessos de sua carreira, Recanto - Ao Vivo foi eleito o melhor show do ano pelo Prêmio Multishow.

A QUESTÃO FINKLER

HOWARD JACOBSON

Vencedor do Man Booker Prize, este romance extraordinário mostra um dos melhores escritores contemporâneos em toda a sua genialidade.

COLEÇÃO TÓ TEIXEIRA Salomão Habib - 2 LIVROS, 1 DVD, 3 CDs Tó Teixeira, músico paraense, nascido em 1893, compositor de valsas, chorinhos e carimbós construiu, com sua música, a história viva e permanente de uma Belém cheia de ternura e delicadeza. Através de um projeto inédito, o

MENSALÃO

Merval Pereira Coletânea dos artigos que o autor publicou sobre o julgamento do mensalão em O Globo. O livro procura oferecer uma clara compreensão do episódio.

violonista Salomão Habib traz ao público uma pesquisa de 24 anos, revitalizando a obra do mestre Tó e dividindo-a em três CDs; um DVD concerto/documentário com imagens inéditas do compositor e belíssimas locações, além de um livro de partituras e um livro sobre a história do violão no Pará.

UM ENCONTRO Milan Kundera

A nova coleção de ensaios do autor de A Insustentável Leveza do Ser é, acima de tudo, uma defesa apaixonada da arte.

50    nossa |  abril/2013


É muito comum e mais prático esquecer dos deveres e lembrar sempre dos direitos Estado do Pará, Nazareno Nogueira, é preciso conscientizar os moradores que as regras devem ser respeitadas. “É muito comum e mais prático esquecer dos deveres e lembrar sempre dos direitos”, diz. O universitário Felipe Soares, de 19 anos, que mora em um condomínio localizado na avenida Augusto Montenegro, em Belém, e cria dois animais de estimação, afirma que nun-

Bicho

de estimação Não basta querer, tem que cuidar para evitar confusão

ca teve problema com os vizinhos. “Quando você tem um animal de estimação precisa se dedicar totalmente à ele. É como se fosse uma criança. Precisa de comida, banho e atenção. Se a pessoa não está preparada para dedicar um pouco do seu tempo ao animal é melhor nem tentar”, revela. Para que a vida em condomínio seja tranqüila, os moradores devem fazer sua parte, respeitando os direitos do vizinhos. Não é porque você cria animais que seus vizinhos são obrigados a conviver com barulhos frequentes. Se você tem ou pensa em criar animais de estimação é melhor ficar de olho nas dicas.

D

e acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, pelo menos 60% dos lares brasileiros têm algum animal de estimação.

Possuir um cão, gato ou qualquer outro animal é um direito amparado pelo artigo 5º da Constituição Federal. Mas, apesar desse número está cada vez maior, a criação de animais de estimação é uma das maiores dores de cabeça pra quem vive em condomínio. Cães circulando em áreas coletivas, latidos frequentes durante a madrugada e dejetos deixados em lugares impróprios são responsáveis por pelo menos 15% dos conflitos entre os moradores. Segundo o presidente do Sindicato dos Condomínios do DICAS   Cachorros só devem andar com coleira e guia pelo condomínio.   A entrada, saída e circulação deve ser feita somente pelos locais permitidos.   Lugar de passeio é na rua ou praças do bairro, não no jardim, playground ou na garagem do condomínio.   Se for viajar ou ficar muito tempo fora de casa não deixe o animal trancado no apartamento.   Escolher o animal que vai morar em um apartamento exige, antes de tudo, bom senso. Por isso, evite animais grandes e/ou muito barulhentos.

nossa |  abril/2013    51


O Parrilla é a casa de show mais completa de Belém, com 300 lugares sentados para eventos, equipado com palco, som, telões e iluminação de última geração.

De segunda a domingo o maravilhoso rodízio de carnes nobres com opção a quilo e um delicioso buffet de saladas. FESTAS SERTANEJAS: DE 4º A SÁBADO A PARTIR DAS 19:30HS APROVEITE TAMBÉM O DELICIOSO HAPPY HOUR COM BUFFET DE FRIOS E QUENTES E CHOPP À VONTADE.

Aguardem a mais nova casa de show de Belém.

JP 522

Bar e Restaurante

52    nossa |  abril/2013


Receitadochef Marclj  parrilla@gmail.com

a h n a Pic illa r r a P

MODO DE PREPARO: O corte da Picanha Parrilla foi criado no ano de 2007 para a inauguração do Parrilla Belém. O corte é o centro da Picanha podendo ser argentina, uruguaia ou nacional. Retire os nervos laterais da picanha e depois tire o centro da picanha com aproximadamente 500g. Em seguida, corte novamente a peça do centro para as laterais sem ir até o fim da mesma, assim possibilita transformá-la em um medalhão de picanha com a gordura em volta da mesma, o que proporcionará um sabor especial ao corte, deixando-a mais suculenta. Assar em grelha, primeiramente selar a peça com fogo e depois salgar a gosto com sal grosso. Servir ao ponto, com molho chimichurri e cebola grelhada.

nossa | abril/2013   53


Praticidade ganha mercado

A oferta de serviços substitui a contratação de domésticas depois da ampliação das obrigações dos empregadores 54

 nossa | abril/2013


O

aumento no custo da con-

esse número não chega aos 4% dos

As lavanderias esperam

tratação de uma empregada

brasileiros.

um aumento médio de 8% na procura pelo serviço

doméstica e a participação

Empresários desse setor estão

cada vez maior da mulher no mer-

otimistas. É que com a regulamen-

cado de trabalho são os principais

tação da PEC dos empregados do-

fatores que elevam a procura por

mésticos no início do mês de abril,

empresas especializadas em servi-

que aumentou o número de benefí-

ços domésticos, como as do setor de

cios para esses trabalhadores, mui-

dons e tapetes. Por isso, achei mais

lavanderia. Hoje em dia, lavar roupa

tas famílias tiveram que abrir mão

prático levar as roupas uma vez por

fora de casa tem se tornado cada

das empregadas domésticas. Esse

semana na lavanderia”, diz.

vez mais comum no Brasil.

foi o caso da aposentada Cecília

E foi a praticidade que também

De acordo com dados da Associa-

Sousa, de 66 anos, moradora de um

levou a microempresária, Leda San-

ção Nacional de Empresas de Lavan-

condomínio no bairro da Cremação.

tos, optar por esse tipo de serviço.

deria, a expectativa é que o número

“Ficou muito difícil manter uma em-

“Durante a semana ocupo meu tem-

de pessoas que procuram esse ser-

pregada doméstica aqui em casa.

po com trabalho, academia e filhos.

viço tenha um crescimento de pelo

Agora eu faço os serviços domésti-

Antes, tirava o final de semana para

menos 8% esse ano. Em países da

cos mais leves, como o preparo da

fazer uma limpeza geral na casa, la-

Europa, América do Norte e Ásia o

comida e a limpeza da casa, mas la-

var e passar roupa. Agora, eu ocupo

mercado de lavanderia atende pelo

var a roupa fica muito complicado,

meu tempo livre para o lazer com a

menos 70% da população. No Brasil,

principalmente quando são os edre-

minha família”, comenta. nossa |  abril/2013    55


8333-1500 / 81026789


nossa |  abril/2013    57


Decoração

Roberta Tuma  tuma.arquiteta@gmail.com

Qual é

o seu estilo? Nos detalhes do acabamento, sua casa revela muito sobre você Cada pessoa tem um jeito único de se vestir, falar e andar. Mas, não tem

Há quem diga que a primeira impressão é a que fica. Então, a porta é um item de extrema importância na decoração de uma casa. A Barsa Center tem uma linha de portas de madeira maciça. São peças de fabricação própria, únicas no mercado, design diferenciado e que podem ser encontradas em diversos modelos. Uma ótima opção pra quem procura um produto de qualidade.

58    nossa |  abril/2013

e da importada e exclusiva Green Mosaic, de louças e revestimentos.

nada que reflita mais o estilo de uma

Além dos itens de decoração, a

pessoa do que a decoração da casa

empresa ainda oferece materiais de

onde ela vive. E decorar uma casa não

estância como tijolo, cimento, areia,

é uma tarefa fácil. Por isso, a dica des-

telhas e madeira. Um amplo mix de

sa edição vem da Barsa Center, uma

produtos de material de construção

empresa inaugurada em janeiro desse

que vai do cimento até o acabamen-

ano, em Ananindeua, na Região Me-

to. A loja é climatizada com estacio-

tropolitana de Belém, que tem o que

namento próprio para os clientes e a

há de mais moderno no segmento de

entrega das mercadorias é gratuita

material de construção. A loja é repre-

para consumidores de Belém, Ana-

sentante das marcas Esquadrias Barsa

nindeua e Marituba. E se a escolha da cor ou revestimento das paredes já foi feito, o próximo passo é a definição da cerâmica que vai ser utilizada no piso. Uma opção é o Porcellanato da Portinari, que tem elegância, durabilidade, superioridade estética, design avançado e resistência incomparável.


Louças Monobloco: Lançamento com exclusividade nas lojas Barsa Center com preço diferenciado

A linha Green Mosaic trabalha com tamanhos diferenciados que variam entre 50x50 até 80x80. Os principais produtos são: porcelanato polido, Cristal Stone e as pastilhas, onde o maior diferencial são as cores com mais de 40 itens entre os lisos e os miscelânios.

Outro produto encontrado na Barsa são as louças monobloco, lançamento exclusivo e com preço diferenciado.

E pra quem ficou em dúvida ao se deparar com uma cartela de cores pra escolher o tom da parede do quarto, sala ou da cozinha, a empresa tem mais de 30 colaboradores que estão qualificados para o atendimento aos clientes com as marcas de tintas Coral e Verbras.

Um produto que tem bastante aceitação no mercado são as luminárias com design diversificado atendendo a todos os gostos. nossa |  abril/2013    59


Tecnologia

Iphone 5S Um dos lançamentos mais aguardados do mundo da tecnologia para este ano, o Iphone 5S, deve chegar em julho ao Brasl. O novo smartphone da Apple ainda não teve nenhuma

característica

confirmada

pela

empresa, mas segundo rumores, o aparelho terá uma terceira opção de cor, além dos tradicionais branco e preto. Vamos aguardar!

Windows Phone 8 Segundo sites internacionais especializados em tecnologia, a

Microsoft

planeja

lançar

até o final desse ano, uma atualização para o Windows Phone 8 que vai tornar o sistema compatível com aparelhos com telas Full HD. Se a informação for confimada, os próximos smartphones lançados com o sistema poderão ter telas de mais de 5 polegadas.

60    nossa |  abril/2013


Carro de corrida elétrico Já pensou em ter um veículo que você possa montar em casa? É isso que pretende um projeto desenvolvido pela Universidade de Birmingham, na Inglaterra, e pela Westfield, uma preparadora de carros de competição. O iRacer, como foi batuzado, pode ser o primeiro veículo de corrida elétrico a que pessoas comuns tenham acesso. O projeto permite que um kit seja adquirido pelo consumidor para montá-lo em casa. O preço estimado é de R$ 40 mil.

PlayStation 4 Para os amantes de videogame, 2013 deve ser um ano promissor. A Sony anunciou em fevereiro, o PlayStation 4. Segundo a empresa, o console de nova geração começará a ser vendido no final do ano. O novo controle DualShock 4 tem novo design e área sensível ao toque. O destaque do PlayStation 4 são os gráficos com qualidade superior aos do PS3. Os efeitos de luz e de fumaça são mais reais. Parece que se está vendo um filme de animação computadorizada do que um game propriamente dito.

TV com comando de voz A Panasonic, em parceria com a

disso, a tecnologia Dragon TV text-

Nuance, anunciou no dia 21 de março,

to-speech faz com que a televisão

que as novas Smart TVs da linha

fale as opções ou conteúdos que

Viera utilizarão a plataforma Dragon

aparecem na tela, permitindo maior

TV para oferecer reconhecimento de

interatividade com o usuário. A nova

voz. Os novos televisores permitem

linha de Smart TVs da Panasonic

que o usuário realize operações por

será lançada gradualmente durante

comando de voz, com a opção de

a Primavera do hemisfério Norte,

acessar aplicativos, pesquisar na

Outono aqui no Brasil. Os preços e

web e até controlar o volume. Além

modelos ainda não foram divulgados. nossa |  abril/2013    61


Concursopúblico

Alex Viégas  alexviegas10@hotmail.com

Onde nascem os sonhos Estudar para um concurso público é um exercício duro, semelhante a um atleta que sonha um dia participar e quem sabe, ganhar uma medalha olímpica

É

um caminho permeado de dúvidas, medo, cansaço, desânimo e sacrifício. Não existe qualquer comprovan-

te de que aquilo tudo vai dar certo. Ninguém vem ao estudante ou ao atleta com um certificado de garantia de que todo aquele esforço será recompensado com um nome no diário oficial dos aprovados ou uma medalha de bronze pelo menos. Nada, não existem garantias. Será? A resposta para esta pergunta é filosófica, chega a beira de atingir a dúvida mor de nossa humanidade, o que estamos fazendo aqui? Para que viemos ao mundo? Todos os dias alteramos o curso de nossas vidas, para melhor ou pior. Ainda

62

 nossa | abril/2013


que fiquemos o dia inteiro deitados na cama,

é uma vitória, embora ainda não seja a aprovação.

relutando em acordar ou pisar o chão do quarto,

Mas a motivação está lá para alimentar a alma, não

algum resultado já estamos produzindo em nossas

se deixar iludir pelo cansaço ou até mesmo pela

vidas, e acredito nesse caso, que o resultado é um

evolução. Temos que ser semelhantes a cavalos

passo para trás.

em uma pista de corrida, a meta é a chegada, só

O medo de perder nos retira a vontade de

paro depois que ultrapassar aquela linha, o mundo

ganhar, como dizem muitos atletas vencedores.

pode cair aqui do meu lado, não interessa, quero

O mesmo se aplica nos concursos ou em qualquer

a linha de chegada, vou vencer, vou chegar lá. E

meta que tracemos em nossas vidas.

quem está ao meu lado, a motivação.

É claro que é difícil, se fosse fácil não teria

Faz parte dos meus primeiros pensamentos

tanto valor. Mas a vitória não está somente na

quando acordo, almoço com ela, vou para os

chegada. Todos os dias vencemos etapas que se

estudos com ela, ela é o alimento da minha

apresentam no caminho. Diria até que o mais

mente, uma motivação abrasadora, quanto mais

gostoso é a caminhada, saber que estamos

forte melhor, quanto mais minha, melhor.

evoluindo, perceber que é possível crescer,

É possível que muitos atletas caiam ou desistam

constatar que o futuro depende, e muito, dos

no meio do caminho, não somos de ferro, existem

nossos esforços hoje.

fatores imprevisíveis e avassaladores em nossas

E o que sustenta esta mente na longa jornada?

vidas, é possível, mas na maioria dos casos o motivo

Vários

caminhada,

está lá, bem guardado na mente do competidor, a

tanto para impulsionar quanto para frear nosso

motivação diminuiu, se desfez. E quando a raiz dos

ânimo. Mas neste texto destaco a motivação, a

nossos pensamentos deixa de trabalhar, o resto

pura e cristalina motivação. Talvez um dos mais

todo cai como um castelo de baralho.

fatores

influenciam

a

democráticos sentimentos, porque ele tem que ser

A quem deseja estudar para um concurso

seu, não pode ser do seu amigo ou dos seus pais,

público, seja ele qual for, inclusive vestibulares,

ou de qualquer pessoa que lhe quer bem.

ressalto um dos primeiros amigos que devemos

A motivação é algo totalmente pessoal, fruto das experiências que nós vivemos, lemos ou por algum motivo sabemos da existência.

cultivar: a motivação. Prepare-se para uma guerra em que o principal inimigo a ser combatido não é o colega que disputa

Quanto mais sincero for este sentimento, quanto mais honestamente ele nos pertencer, este

a mesma vaga, mas sua mente e as limitações que você impõe ao seu desempenho.

será o motor que impulsionará nossos passos nos

Seja amigo do trabalho duro. Encare com bons

caminhos mais difíceis. Quando o cansaço apitar,

olhos os sacrifícios de lazer e descanso. Aprenda

o desânimo gritar ou os obstáculos crescerem, lá

a dizer não aos sugadores de tempo e energia.

estará como um trator esmigalhando o inimigo, a

Mantenha-se atento a tudo que tente desviar seu

nossa motivação

objetivo. Lembre-se do cavalo de corrida. Você é

Na longa jornada dos estudos, nossa casca vai

engrossando,

sentimos

a

evolução

o corredor, o competidor, não existe obstáculo que

do

o faça parar. Alguns até podem tornar a jornada

conhecimento, percebemos que somos estudantes

mais demorada, não tem problema, você está

melhores do que quando começamos, e isso tudo já

aqui para isso, lutar. Lutar até vencer.

nossa |  abril/2013    63


Humor

J. Bosco   jotabest1961@gmail.com

64    nossa |  abril/2013


nossa |  abril/2013    65


Líder absoluta de mercado na região Norte, há 34 anos. www.lotusonline.com.br

nossa |  abril/2013    67


68    nossa |  abril/2013

Revista Nossa Edição 02  

Notícias e seviços dos condomínios filiados à Lotus.