Page 64

62 CULTURA

O livro de originais “Mediterrâneo”, de João Luís Barreto Guimarães, recebeu o Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa Portuense de gema, licenciado em Medicina pelo ICBAS, João Luís Barreto Guimarães recebeu, no passado dia 9 de setembro, em Faro, o Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa. O livro “Mediterrâneo”, composto de poemas originais, conquistou o júri de uma forma unânime, distinguindose das restantes obras em concurso pela temática que enfatiza o universo lírico e cultural europeu.

E

Cirurgião e Poeta

Texto Marta Araújo

João Luís Barreto Guimarães

specialista em Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética, a exercer no Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/ Espinho, João Luís Barreto Guimarães já vai na nona publicação de literatura poética. O primeiro livro, Há Violinos na Tribo, veio a público em 1989 e, desde essa altura, o dia a dia do médico é dividido entre a escrita e a medicina. O seu mais recente trabalho destacou-se entre as mais de cem obras apresentadas ao concurso de poesia nacional que se realiza, há já sete edições, no sul do país. O Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa, que toma

Nortemedico 72  
Nortemedico 72  
Advertisement