Page 23

Uma nova rotina

C

om a descoberta da doença no ano passado, Amaral teve que mudar radicalmente sua rotina na Irlanda. Foi necessário parar de estudar e abandonar o emprego de garçom que tinha em um restaurante. “Precisei me adaptar a essa nova realidade muito rápido e, por orientação médica, passei a cuidar exclusivamente da minha saúde”, conta. Por ter que deixar o emprego, Amaral ficou sem ter nenhuma fonte de renda e passou a contar com a ajuda de amigos para continuar o tratamento em Dublin. “Estou morando de favor na casa de uma amiga que, além de me dar moradia, me ajuda com alimentação e todo suporte que preciso”, revela. Além disso, o jovem descobriu durante o tratamento que o seguro saúde que ele possui não cobre nenhum tipo de tratamento de câncer e doenças pré-existentes. “Quando fui informado pelos médicos dessa cláusula contratual no meu seguro saúde fiquei sem saber o que fazer. Foi então que eles me disseram que isso não impediria que eu continuas-

se o tratamento, já que o pagamento pelos serviços não precisava ser feito agora, podendo ser realizado quando eu tiver condições de arcar com as despesas”, explica. Apesar de ainda não precisar pagar pelo tratamento, uma coisa ele não pode deixar para pagar depois: os medicamentos. Em decorrência do tratamento pelo qual está sendo submetido, o brasileiro tem que comprar vários remédios todo mês. “Tenho um gasto mensal em torno de 400 euros com medicamentos que não posso deixar de tomar. A compra desses remédios é minha maior dificuldade, já que não posso trabalhar e minha família no Brasil não tem condições de me enviar essa quantia”, conta. Para conseguir comprar os medicamentos necessários, Amaral conta com a ajuda de amigos e pessoas que ele nem conhece. “Meus amigos têm me ajudado muito, principalmente com a compra dos remédios que eu preciso. Além disso, tenho recebido a ajuda de amigos dos meus amigos, pessoas que eu nem conhecia”, diz o jovem.

Família e futuro

A

lém da questão financeira, outra dificuldade enfrentada pelo brasileiro está sendo ter que suportar a distância da família nessa fase difícil. “É muito complicado ter que passar por tudo isso sem ter a minha família por perto. Apesar de conversar com eles diariamente pela internet, a saudade é muito grande, mas sei que eles estão junto comigo nessa batalha e que vou conseguir me recuperar e voltar a ter

uma vida normal em breve”, diz o jovem. A previsão é que ainda este ano Amaral possa ter uma vida normal novamente, embora mesmo com o fim do tratamento ele ainda vai ter acompanhamento médico de perto pelos próximos cinco anos. “Estou ansioso para retomar minha vida e otimista quanto ao futuro. Tenho certeza que o pior eu já superei ”, finaliza.

Como você pode ajudar Quem tiver interesse em ajudá-lo pode entrar em contato diretamente com ele pelo e-mail educaler@ig.com.br ou pelo telefone (353) 087-1706-860.

www.revistanewsbrazil.com

Câncer no intestino Este tipo de câncer é um dos mais frequentes e, na maioria dos casos, está associado ao sedentarismo, obesidade, tabagismo, predisposição genética, dieta rica em carnes vermelhas, e possivelmente, uma dieta pobre em fibras. Aproximadamente 655 mil pessoas por ano morrem por causa deste tipo de câncer, sendo a terceira forma de câncer mais comum e a segunda maior causa de morte no mundo ocidental. Sintomas • Mudanças no hábito intestinal (diarreia ou prisão de ventre); • Presença de sangue nas fezes; • Vontade frequente de ir ao banheiro; • Sangramento anal; • Dor ou desconforto abdominal (gases e/ou cólicas); • Perda de peso sem razão aparente; • Cansaço, fraqueza e anemia. Prevenção • Faça uma dieta balanceada; • Mantenha um peso saudável; • Faça exercícios; - Aprenda sobre a história médica da sua família; • Fale com seu médico sobre os seus antecedentes médicos; • Não fume; • Procure um médico se você apresenta qualquer sintoma que leve a suspeitar de câncer de intestino. Em estágios avançados pode causar diarreia, prisão de ventre, cólicas na barriga, sangue nas fezes e perda de peso. Fontes: Associação Brasileira de Prevenção do Câncer de Intestino e Instituto Nacional de Câncer.

23

NewsBrasil - Junho/2013  

Edição de junho da revista NewsBrazil. www.revistanewsbrazil.com

NewsBrasil - Junho/2013  

Edição de junho da revista NewsBrazil. www.revistanewsbrazil.com

Advertisement