Page 62

DICAS DA AGROSID

Diarreia neonatal O que é e como trabalhar com ela?

A

diarreia neonatal é a primeira doença que pode acometer os bovinos. Isto ocorre na primeira semana de vida e se estende por semanas. Em geral, no primeiro mês de vida identificamos como os principais agentes de diarreia neonatal, tanto vírus (Rotavírus e Coronavírus), bactérias (E. Coli e Salmonella), quanto protozoários (Cripitosporidium e Emeira). Esta enfermidade tem sido apontada como a mais importante doença de bovinos jovens. A incidência de diarreia e a ocorrência de morte devido a ela são variáveis dependendo do sistema de criação, do (s) agente(s) e a capacidade de resposta do organismo. A síndrome da diarreia neonatal ocorre como resultado das interações entre o bezerro, o meio ambiente, a nutrição e os agentes infecciosos. A diarreia pode também ter origem não infecciosa, nestes casos, as falhas de manejo alimentar e de higiene são as principais causas. A aplicação de medidas sanitárias, de manejo e de alimentação adequados, sobretudo nos

60

MARÇO 2017

primeiros dias de vida, pode reduzir significativamente a mortalidade e os gastos com tratamento de enfermidades em bezerros. Um fator que tem poder de elevar a ocorrência de diarreia neonatal é aglomeração de muitos animais no mesmo espaço ao mesmo tempo, sem um vazio sanitário prévio. Além disso, temos que lembrar que a Criptosporidiose, doença causada pelo Cryptosporidium parvum, é altamente prevalente no mundo e no Brasil e, também é uma zoonose. Há diversos relatos de trabalhadores contaminados e apresentando os mesmo sintomas que os bezerros. Logo, o

seu controle é de fundamental importância para a saúde pública. Com base nestes fatos apresentados fica evidente a necessidade da utilização de ferramentas que auxiliem na prevenção e diminuição dos casos de diarreia neonatal. Uma das principais ferramentas que existe hoje no mercado é a vacinação de vacas gestantes no terço final de gestação. Este princípio irá auxiliar na indução de produção de anticorpos contra alguns agentes causadores de diarreia neonatal nestas fêmeas. Pensando em vacinação, deve-se salientar que nem todas as vacinas são iguais. Logo, começamos a verificar uma das diferenças existentes nas vacinas comerciais. Há vacinas que possuem apenas um dos agentes. Porém, existem outras, como a Rotavec® Corona, que possuem três dos agentes (Rotavírus, Coronavírus e E. Coli K99).

Revista Mercado Rural  

Edição de Março de 2017

Revista Mercado Rural  

Edição de Março de 2017

Advertisement