Page 56

BEBIDAS

Cerveja artesanal paixão e técnica

E

las vieram com a família real para o Brasil em 1808 e ficaram. Estamos falando das cervejas que hoje assumem um papel de qualidade e importância, tanto para quem consome quanto para quem fabrica. As inúmeras marcas de cervejas populares agradam, mas são as artesanais que estão com a corda toda. Foi apenas em 1993 que fábricas de cervejas artesanais surgiram em nosso país em um número mais significativo, como por exemplo, A Dado Bier em Porto Alegre, a Krug Bier em Belo Horizonte (1995) e a Amazon Beer em Belém (2000). Hoje é possível encontrar uma grande variedade de rótulos e estilos de cerveja em empórios, restaurantes, bares e supermercados. Há apenas cinco anos essa realidade era bem diferente.

Mas afinal, o que é cerveja artesanal? As opiniões variam, mas é inegável que seja aquela produzida em menor escala, com gosto único e exclusivo, ligada a elementos que caracterizam a produção e a qualidade. O terno artesanal refere-se ao que é produzido manualmente e quem conhece uma fábrica de cerveja sabe que os processos são automatizados. Existem as micro cervejarias, as grandes cervejarias e aquelas produzidas em casa, por paixão, que ficam pra consumo próprio ou de amigos apreciadores. Elementos Existem quatro ingredientes básicos para se fabricar cerveja: água, malte, lúpulo e as leveduras, além das panelas e equipamentos especiais, claro. O malte, ingrediente muito importante para a qualidade da cerveja, é fabricado no Brasil na forma Pilsen. As grandes maltarias que transformam o cereal em malte estão na Europa e nos Estados Unidos. O lúpulo não é produzido, ainda, no Brasil, embora haja pesquisas e inicios bem tímidos dessa cultura. O Brasil é o terceiro maior fabricante de cerveja do mundo e importa muita matéria-prima para produzir 14 bilhões de litros anuais. Segundo dados do Siscomex, portal do Governo Federal, em 2016 foram 800.000 toneladas de malte e mais de 1.700 toneladas de cones de lúpulo frescos, tri-

turados e extratos.Já as leveduras, que até pouco tempo atrás eram somente importadas, hoje podem ser encontradas no Brasil. O que o nosso país oferece são os adjuntos: frutas, flores e madeiras, que colaboram para a criatividade dos brasileiros. Cerveja entre amigos Bom, não é tão fácil assim produzir a cerveja artesanal no Brasil. Mas seguindo a premissa de que tudo que é mais difícil é melhor foi que o técnico em analítica, Lucas Soares Bento e seu amigo, Eduardo, dono de uma empresa de contabilidade, dividiram os custos para os equipamentos e materiais e deram vazão ao hobby. “Eu tenho a receita de uma cerveja Weiss que é à base de trigo. Eduardo tem de uma bohemia. Começamos em outubro do ano passado e alternamos as receitas. A cada produção fabricamos 20 litros e queremos ampliar aos poucos para 40 litros, depois 60, pois é preciso investir em mais equipamentos”. Os amigos cervejeiros moram em Itabela, na Bahia.

Revista Mercado Rural  
Revista Mercado Rural  

Edição de Março de 2017

Advertisement