Page 1


Editorial Caro Leitor! A revista Mercado de Águas está completando 17 anos em circulação nessa edição, motivo de muita alegria e realização para toda a equipe. A cada ano sentimos o quanto evoluímos, desde o lançamento daquela pequena revista (e não estou falando apenas do número de páginas), que na ocasião era 16! Fomos incansáveis na busca de informações e oportunidades, lançamento de sessões, especiais e fornecedores, sempre mantendo o nosso compromisso de oferecer o melhor aos leitores e anunciantes. Acompanhamos a evolução da tecnologia, sendo uma das primeiras publicações a disponibilizar todo o conteúdo on-line, e a criar um canal para a publicação de vídeos e notícias, possibilitando que a nossa revista chegasse a um número muito maior de leitores e trouxesse ainda mais retorno aos parceiros anunciantes. Hoje, sabemos de todas as dificuldades que um setor com tantas exigências legais, como o de água mineral enfrenta, principalmente se comparado a outros gigantes do setor de bebidas, mas inclusive estes, já reconhecem a importância de agregar uma marca de água mineral a sua linha de produtos, motivados pelas mudanças de hábito dos consumidores, e a preferência por bebidas mais saudáveis. É com a sensação de dever cumprido que concluímos mais essa edição! Boa leitura e ótimos negócios!

Cláudia Queiroz Diretora


Sumário Sumário Sustentabilidade - Empresa de Mato Grosso lança garrafa ecologicamente correta

6 Legislação - Garrafão azul somente para água mineral

8 Fonte - Água mineral em Uberaba

10 Destaque - Água mineral de Gravatal é eleita a

terceira melhor do mundo

12 Prêmio ADVB/SC - Indústria de água mineral é

destaque em prêmio catarinense

14 Distribuição - Aleam derruba Lei que autorizava

distribuidoras a engarrafar água mineral

16 Solidariedade - Água da Pedra e IMAMA lançam

Outubro Rosa

18 www.revistamercadodeaguas.com.br

5


Sustentabilidade

Por Cláudia Queiroz

Empresa de Mato Grosso lança garrafa ecologicamente correta A Puríssima ECO possui 35% a menos de plástico, o que vai diminuir o descarte de mais de 110 toneladas do produto em um ano.

A

empresa de água mineral Purís-

ambiente, a empresa investiu em uma

sima está lançando uma garrafa

tecnologia chamada “super lightweight

ecologicamente correta, com 35% a menos

bottle”, utilizada para desenvolver gar-

de plástico. A Puríssima ECO, disponível

rafas com uma gramatura menor que as

em embalagem de 497 ml, tem 9,7 gramas

normais.

de plástico, contra 14,9 gramas da versão

A implantação da embalagem exigiu

anterior. Essa redução de matéria-prima

várias adequações na linha de produção,

vai diminuir o descarte de mais de 110

além do desenho da embalagem, desen-

toneladas de plástico, em um ano.

volvido especificamente para o tipo de

Com o objetivo de contribuir para a redução do descarte de plástico no meio 6

www.revistamercadodeaguas.com.br

preforma a ser utilizada. Desde o início das atividades a Purís-


sima investe em inovação e tecnologias

A água mineral Puríssima pode ser

sustentáveis, e desta vez, conseguiu reunir

encontrada nas versões retornáveis de

as duas iniciativas em um só produto, tra-

10 e 20 litros, descartáveis de 6 litros,

zendo para o Brasil uma tecnologia muito

1,5 litro, 500 ml, 500 ml (Sport), 497 ml,

utilizada em países da Europa e EUA.

500 ml Especial Mulher, 350 ml Gour-

Além de inovação e tecnologia, a em-

met, além de copos de 200 e 300 ml.

presa se destaca por investir em ações

As versões 500 ml e Gourmet, também,

sociais e ambientais, como a inclusão do

com gás.

Sistema Braile nas garrafas desde 2011,

A marca Puríssima existe desde 1999,

e uma visita semanal, na qual recebe

sendo a primeira e única empresa de

turmas de até 30 pessoas para conhecer

Água Mineral no Mato Grosso certificada

o parque industrial, sem nenhum custo,

pela Iso 9001 e pela NSF. Sua fonte está

com o objetivo de ensinar a importância

localizada no Município de Dom Aquino

da preservação do meio ambiente para

(172 Km de Cuiabá, capital de MT) em

a Água Mineral. Ao final de cada visita

uma grande área de proteção ambiental,

planta-se uma árvore como contribuição

para manter a qualidade e a pureza de

ao meio ambiente.

sua água. www.revistamercadodeaguas.com.br

Clique e veja o conteúdo extra deste anúncio

7


Legislação

Fonte: saojoaquimonline.com.br

Garrafão azul somente para água mineral Mudança na Lei alterou forma de envasamento de águas adicionadas de sais no Pará, para facilitar a identificação do produto e não induzir o consumidor ao erro

C

Um decreto publicado em agosto

de água adicionada de sais no Estado,

pelo governo do Estado do Pará fez

tornando obrigatória a utilização de va-

alterações na Lei 8.461, de janeiro de 2017,

silhames de cor vermelha, para ajudar o

que estabelece regras para o envase de água.

consumidor na identificação do tipo de

A mudança determinou um padrão para

A justificativa da Divisão de Controle da

Divulgação

identificação das embalagens retornáveis

água que está comprando.

8

www.revistamercadodeaguas.com.br


Qualidade dos Alimentos do Departamento

o custo de produção, não podendo ser

de Vigilância Sanitária da Sespa, é que

vendida com o mesmo valor de uma água

existe uma confusão entre os garrafões

potável.

causando prejuízos ao consumidor, o qual

A nova lei determina que as empresas

paga pela água mineral, que é mais cara,

só podem envasar água em garrafões

mas recebe a água adicionada de sais que,

próprios, ou seja, um fornecedor não pode

mesmo sendo própria para o consumo, é

utilizar a mesma embalagem retornável de

um produto mais barato.

outro para envasar o seu produto.

A principal diferença que deve ser

Além disso, as águas adicionadas po-

ressaltada, é que a água mineral é obtida

derão ser comercializadas em garrafões de

de fontes naturais ou extraída de águas

volumetria livre, com exceção dos de 10 e

subterrâneas, e esse tipo de água pos-

20 litros, que passam a ser exclusividade

sui, naturalmente, sais minerais em sua

das águas minerais.

composição. Para que seja considerada

Em relação às cores das embalagens,

mineral não pode receber sais minerais

apenas os garrafões de água mineral

artificialmente, e ainda passa por vários

poderão ser azuis, devendo as águas

testes realizados pela ANVISA e outros

adicionadas de sais serem envasadas em

órgãos de fiscalização, o que aumenta

garrafões da cor vermelha. www.revistamercadodeaguas.com.br

9


Fonte

Fonte: Ambev

Água mineral em Uberaba Com um investimento de R$ 3 milhões, a indústria entrará em funcionamento em novembro, com a produção inicial de 1.200 galões por dia

A

cidade de Uberaba (MG) em breve

área da Fazenda Agronelli, às margens da

terá uma indústria de água mineral.

BR-050, e o grupo já possui autorização do

Foi o que o empresário Marco Túlio Paolinelli

Departamento Nacional de Produção Mineral

anunciou ao prefeito da Cidade, Paulo Piau,

(DNPM) para captar 9 mil litros de água/hora,

durante uma reunião, em 28/07.

16h por dia, atingindo a produção de 144 mil

Com um investimento de aproximada-

litros/dia.

mente R$ 3 milhões, a nova fábrica estará

Pensando em garantir uma produção

em funcionamento a partir de novembro,

sustentável, os empresários investiram em

gerando 30 empregos diretos e 150 indiretos,

um sistema de captação da água com o uso

motivo de comemoração, principalmente por

da energia solar e o produto será comercia-

ser um grupo genuinamente uberabense.

lizado em embalagens PET, que podem ser destinadas à reciclagem. Divulgação

As obras estão em andamento, numa

10 www.revistamercadodeaguas.com.br


Destaque

Por Indianara Jacomini – Assessora de Comunicação

Divulgação

Água mineral de Gravatal é eleita a terceira melhor do mundo Reconhecida como a segunda melhor água termal do mundo pelas propriedades terapêuticas, a água mineral da fonte termal da cidade de Gravatal, em Santa Catarina, ganhou mais um título internacional: a terceira melhor água mineral do mundo

O

título foi concedido, no dia 22 de

Para o secretário de Turismo do

setembro, durante a Termatalia

município, Fabrício Medeiros, o prêmio

– Feira Internacional de Turismo Termal,

é uma vitória para a empresa e para a

Saúde e Bem-Estar, realizado em Ourense,

cidade. “É um produto nosso e, com esta

na Espanha. A marca Água Mineral Gravatal

premiação, nossa água termal passa a

concorreu com outras 126 marcas de todo

figurar no rol mundial entre as melhores

o mundo.

que existem”, comemora.

O primeiro e segundo lugar ficou

A Te r m a t a l i a é a m a i o r f e i r a

para as marcas Águas de Cabreiroá, da

internacional de negócios de turismo

Espanha, e Carvalhelhos, de Portugal,

termal, saúde e bem-estar. Em sua 17ª

respectivamente. O júri internacional foi

edição, o evento reuniu 260 expositores,

formado por profissionais da Espanha,

40 operadoras de turismo e mais de 25

Portugal, França e Costa Rica.

países representados.

12 www.revistamercadodeaguas.com.br


Água boa para beber e para relaxar Além da ótima qualidade para consumo, a água mineral também abastece a rede hoteleira de Termas do Gravatal. No Hotel Internacional Gravatal, por exemplo, ela é utilizada nas

entre outros. Um banho de 15 minutos

piscinas, banheiras, duchas e até mesmo

nas piscinas ou banheiras do hotel e já é

nos chuveiros e torneiras dos quartos.

possível sentir seus efeitos.

Captada na fonte a uma temperatura

Por oferecer atividades de lazer e

média de 37°, a água termomineral

bem-estar para o corpo e a mente, a

possui ação incrivelmente relaxante e é

região de Termas do Gravatal tornou-se

indicada no tratamento auxiliar de diversas

referência nacional em turismo de bem-

doenças como estresse, reumatismo,

estar, atraindo milhares de visitantes todos

asma, bronquite, úlcera, hipertensão,

os anos. www.revistamercadodeaguas.com.br 13


Prêmio ADVB/SC

Fonte: Economia SC

Indústria de água mineral é destaque em prêmio catarinense Preocupada em conscientizar o consumidor a conferir os rótulos das águas industrializadas, a empresa investiu na campanha “Leve para a sua vida”. O objetivo foi reforçar que “água não é tudo igual” e há diferenças na composição do produto, que alteram questões de leveza e saudabilidade

A

tuando no mercado catarinense

campanha “Leve para a sua vida”. O ob-

desde 2002, a Água Mineral Santa

jetivo foi reforçar que “água não é tudo

Rita ganhou destaque no estado após se

igual” e há diferenças na composição do

propor a responder o principal questiona-

produto, que alteram questões de leveza e

mento dos consumidores: água não é tudo

saudabilidade. O impacto das informações

igual? O Prêmio Top de Marketing e Vendas

nutricionais na dieta do consumidor cha-

2017 da ADVB/SC selecionou os destaques

ma a atenção, por exemplo, ao se compa-

em seis categorias que serão homenagea-

rar os valores de sódio de diversas águas

das em evento no próximo mês.

minerais do mercado brasileiro. Algumas

Preocupada em conscientizar o con-

chegam a ter mais de 100mg/L, a Água

sumidor a conferir os rótulos das águas

Mineral Santa Rita tem apenas 2,74mg/L.

industrializadas, a empresa investiu na

A pergunta, que norteou ações de ma-

14 www.revistamercadodeaguas.com.br


rketing e a preocupação com a qualidade

As ações refletiram em sustentabilida-

da água, gerou impacto na produção.

de, uma das bandeiras da empresa que

Somente nos últimos dois anos, o cres-

possui 18% da produção elétrica a partir

cimento registrado ultrapassou 140% na

de painéis fotovoltaicos. Além disso, para

industrialização de garrafas. “Focamos

garantir a qualidade do envase, as embala-

em oferecer um produto diferenciado, de

gens são produzidas no próprio complexo,

extrema qualidade e que por isso chame

localizado na Grande Florianópolis, evitan-

a atenção do consumidor. A premiação

do o transporte de garrafas vazias.

do Top de Marketing e Vendas 2017 é um

O reconhecimento dessas ações foi

reflexo de todo esse trabalho que estamos

anunciado pela indicação no Prêmio Top

desenvolvendo”, destaca Tarciano Oliveira,

de Marketing e Vendas 2017, da ADVB/

diretor da Água Mineral Santa Rita.

SC, no qual a Água Mineral Santa Rita

Os resultados motivaram mais inova-

aparece entre as três vencedoras do setor

ções. A empresa foi pioneira na idealização

indústria. A premiação reconhece o traba-

da produção de garrafões de 10 litros,

lho das empresas que inovam, crescem e

atendendo a necessidade do mercado

tornam-se referência nas áreas em que

que procurava por uma opção de maior

atuam. O evento de entrega do prêmio está

volume que cinco litros, mas mais prática

agendado para o dia 22 de novembro, no

no manejo que a embalagem de 20 litros.

Lira Tênis Clube, em Florianópolis.

www.revistamercadodeaguas.com.br 15


Distribuição

Fonte: Assessoria de Imprensa

Divulgação

Aleam derruba Lei que autorizava distribuidoras a engarrafar água mineral

A

Assembleia Legislativa do

encher os garrafões de água mineral e, em

Amazonas (Aleam) manteve,

nenhuma hipótese as distribuidoras de

n a q u a r t a - fe i r a ( 1 2 ) , u m v e t o d o

bebidas – ou outros produtos – poderão

Poder Executivo à lei que autorizava

envasar a água.

distribuidoras de produtos a envasar

“Quando o consumidor compra a água

garrafões de água de 10 e 20 litros. Os

envasada na fábrica, ele tem a garantia

deputados seguiram voto do deputado

daquela fábrica por esse produto. Mas

Josué Neto (PSD) que acredita que a

existem pessoas que pegam garrafões

permissão pode ocasionar “a venda

enchem de água e comercializam uma

de água de origem duvidosa” e causar

água que o consumidor não tem como

prejuízos à saúde da população. Com isso,

saber a procedência. Então esse envase

apenas as fábricas estão autorizadas a

pelas fábricas garante à população a

16 www.revistamercadodeaguas.com.br


Foto: Alberto César Araújo/Aleam Deputado Josué Neto (PSD)

segurança da origem dessa água”, explicou o deputado Josué Neto.

O MPF no Amazonas chegou a firmar um acordo com o Sindicato de Indústria

Os deputados Vicente Lopes (PMDB),

de Bebidas em Geral para regularizar o

Augus to Ferraz (DE M ) , B elar m ino

sistema de embalagem retornável dos

Lins (PROS) e Sinésio Campos (PT)

garrafões de água mineral de 10 e 20 litros.

apresentaram opinião semelhante.

Nos termos do acordo, os garrafões com

“Entendo que o fabricante tem o direito

a logomarca da fábrica não podem ser

de zelar pelo seu produto assim como a

envasados por outra empresa a não ser

população tem o direito de ter um produto

a de origem.

de qualidade”, afirmou Ferraz.

A lei, de autoria do deputado Orlando

O envase irregular de garrafões vem

Cidade (Podemos), foi aprovada em

sendo combatido pelo Ministério Público

maio na Aleam, com o objetivo de

Federal (MPF) que em fiscalizações

disciplinar o envase de garrafões de 10 e

em outros Estados, como o Pará,

20 litros por distribuidoras, e combater o

flagrou irregularidades como: empresas

envasilhamento clandestino. O problema,

envasando garrafões com água da torneira;

segundo Sinésio Campos, é que a

falsificação de lacre; e até a presença de

regulamentação pode propagar a prática

corantes proibidos na água.

e dificultar a fiscalização.

www.revistamercadodeaguas.com.br 17


Solidariedade

Expediente

Fonte: Fruki

Divulgação

Água da Pedra e IMAMA lançam Outubro Rosa Diretoria Cláudia Queiroz claudia@revistamercadodeaguas.com.br Sérgio Henrique sergio@revistamercadodeaguas.com.br Jornalista Responsável Edna Simão - MTB 27073 redacao@revistamercadodeaguas.com.br Publicidade publicidade@revistamercadodeaguas.com.br (11) 2918-2280 Projeto Gráfico, Revisão, Criação de Anúncios e Diagramação Ativa Comunicação & Design www.ativacriacao.com.br Assinatura assinatura@revistamercadodeaguas.com.br

A

Água da Pedra e o Instituto da Mama do Rio Grande do Sul (IMAMA) promovem

na próxima quinta-feira, 28, o lançamento da campanha Outubro Rosa 2017. O evento acontece no restaurante Puppi Baggio, em Porto Alegre, a partir das 19h. A noite ainda será de estreia para o novo modelo de garrafinha da Água da Pedra, que passa a circular com tampa e rótulo em tons de rosa, cor que simboliza a luta contra o câncer de mama. A cantora gaúcha Nalanda também será uma das atrações do encontro. A parceria para alertar e mobilizar a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce da doença acontece pelo terceiro ano consecutivo. Durante todo o mês de outubro, serão realizadas diversas ações para estimular a participação da população, empresas e entidades da Capital.

18 www.revistamercadodeaguas.com.br

A revista é uma publicação da Ativa Comunicação & Design, com periodicidade trimestral e circulação nacional. Disponível nas versões, impressa e virtual, é dirigida à engarrafadoras de água e bebidas, distribuidoras, fornecedores de embalagens, máquinas, equipamentos, aço inox, aromas e essências, acessórios para distribuidoras, veículos utilitários, laboratórios de análises, prestadores de serviço em informática, geologia e consultoria, estâncias hidrominerais, e demais profissionais e empresas ligados ao setor de água mineral. O conteúdo dos anúncios, artigos e informes publicados é de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião da Editora.


Clique e veja o conteúdo extra deste anúncio


Revista Mercado de Águas Edição 69  

Publicação dirigida ao setor de água mineral e bebidas.

Revista Mercado de Águas Edição 69  

Publicação dirigida ao setor de água mineral e bebidas.

Advertisement