Page 1

Edição 26 | Março 2011

santos fc


A revista Santos FC, o programa oficial, é uma publicação da G8 Sports autorizada pelo Santos Futebol Clube.

Conselho Editorial: Diego Ragonha Fabio Aramaki Paulo Sanches Textos: Alexandre de Aquino MTB 53110 Gustavo Criscuolo MTB 54530 Soraia Marão Fotografias: José Teofilo Pereira Ricardo Saibun Logística Marcial Robles Edição de Arte: Artur Guimarães Duane Rios Contato Comercial: publicidade@g8sport.com.br Impressão: Gráfica Daleffi

A revista MATCH DAY SANTOS FC caminha ao lado do PEIXE. Sendo assim, a exemplo do mês anterior, preparamos um material mais do que especial para que você leitor possa saborear a edição de março da publicação. É verdade que o saldo de fevereiro foi negativo já que a equipe em seis partidas venceu apenas uma e convenhamos o adversário era o Linense, tínhamos a obrigação de ganhar. Falhamos tanto na estreia da Libertadores como no clássico diante do Corinthians. Agora é preciso corrigir isso e buscar melhorar na competição Estadual e principalmente no torneio Sul-Americano, o nosso grande objetivo neste primeiro semestre. No material que preparamos de história falamos um pouco sobre o nosso tradicional uniforme. Por que deixamos de ser Tricolores para virar Alvinegros e por que passamos da camisa listrada para a camisa branca? Tudo isso você pode conferir na matéria que fizemos para você torcedor conhecer os pequenos detalhes da nossa quase centenária caminhada. Aliás já estamos próximos dos 99 anos que acontece no dia 14 de abril. Falta só um mês para soprarmos as velinhas e cantarmos parabéns ao nosso Santástico. Na matéria de capa, colocamos o atacante Neymar que teve um início de temporada fabuloso no Sul-Americano sub20 disputado no Peru. Agora, o jogador pretende voltar os olhos para o Santástico e conquistar tudo nesse primeiro semestre. A intenção é fazer com que o jovem seja o primeiro melhor do mundo eleito pela FIFA jogando fora do continente europeu. Além disso, temos também o jornalista Milton Neves que revela na seção Torcedor do Mês como se tornou um apaixonado pelo PEIXE. Ainda trazemos o quiz que segue ainda mais desafiador do que na edição anterior. Vamos testar o seu conhecimento do clube? Então não deixe de conferir mais este ótimo material produzido pela G8 Sports e tenha uma boa leitura!

Tiragem: 20.000 exemplares

Críricas, dúvidas e sugestões: contato@g8sport.com.br

Otacílio Roberto de Souza. Editor Apaixonado

Siga-nos no Twitter:

Acesse também:

@matchdaysantos

www.revistasmatchday.com.br


história

Santos decide trocar suas cores Em março de 1913, o PEIXE deixou de ser tricolor para virar o Alvinegro Praiano

Março é um mês importante para a história e para o curso que tomou o SANTOS FC. Isso porque foi no dia 31 do ano de 1913 desse mesmo mês que o clube em sua terceira reunião, realizada na Rua São Leopoldo, no Centro Histórico de Santos, definia que o novo uniforme usado pela equipe seria composto por calção branco e camisa listrada de branco e preto. A proposta do novo uniforme partiu do então sócio Paulo Pelccio, que participava da reunião na sede social da Sociedade União dos Empregados no Comércio. Foram adotados o branco da paz e o preto da nobreza. O que muitos torcedores santistas não sabem é que em seus primeiros meses de vida, o nosso clube era um time tricolor, tendo como suas cores oficiais o branco, azul e frisos dourados. No entanto, por encontrar grandes dificuldades para confeccionar camisas e calções nessas cores naquela época, a troca realizada pelos dirigentes para o Alvinegro era uma questão de tempo. E sejamos francos. As cores foram uma ótima escolha e caem bem ao nosso estilo. Para quem acredita em superstições, o novo uniforme parece ter dado sorte, já que o PEIXE aplicou uma grande goleada sobre o São Vicente em partida amistosa logo em sua estreia. Com Fauvel; Arantes e Pereira; Geraule, Eurico e Esmeraldo; Raymundo Marques,

Urbano Caldeira, Nilo, Machado e Arnaldo Silveira, o clube dava vida ao seu novo design atropelando o seu rival do município vizinho pelo extenso placar de 5 a 0. Com as cores definidas, a camisa branca e os calções brancos (uniforme número dois da equipe) também ganharam força por uma questão de necessidade da época e assim se tornaram o uniforme número um posteriormente. O problema era que o preto quando muito lavado começava a desbotar. Dessa maneira, a inversão dos uniformes número um e número dois aconteceu para facilitar a vida da nossa equipe. Já com o curso definido de suas camisas e calções, os tempos modernos também trouxeram uma pequena modificação na forma de o nosso time jogar. Isso porque o uniforme listrado com o calção branco ganhou o preto e as meias também se tornaram pretas. Isso aconteceu porque a FIFA determinou que os times que se enfrentavam não podiam utilizar as mesmas cores de peça. Isso diferenciaria e facilitaria a visão de jogo do árbitro e dos próprios atletas. Dessa maneira o PEIXE chegou na formulação de seus tradicionais uniformes que são utilizados até hoje. É verdade que sofrem pequenas modificações no design, dependendo do fabricante esportivo, mas jamais perde a sua tradição.

Versão tricolor: Replica da camisa de 1912 e a original no detalhe.

santos fc

5


personagem

Um craque para reinar

no futebol mundial

Depois de Romário, Rivaldo, Ronaldos e Kaká, Neymar é a bola da vez pra ser o melhor brasileiro do mundo eleito pela FIFA

Neymar é um jogador que cada vez mais conquista fãs pelo mundo inteiro. Olheiros do futebol europeu em geral estiveram no Peru para acompanhar o Campeonato Sul-Americano sub-20 no início do ano e saíram de lá impressionados com o grande futebol apresentado pelo mais novo astro brasileiro.

sequer apareceu na lista dos três principais nomes do esporte nos anos seguintes. E para voltarmos a ter um representante nacional e quebrar essa sina, surge o atacante da Vila Belmiro que quer construir uma história de gente grande no Alvinegro Praiano.

Se antes Real Madrid (ESP) e Chelsea (ING) queriam contar com o futebol do jogador, agora muitos outros clubes querem ter em seu plantel o estilo de jogo moleque e irreverente do jovem atacante santista.

Garoto habilidoso, campeão Paulista e da Copa do Brasil no ano passado, Neymar só depende dele e de uma ajudinha da diretoria para que o acontecimento se torne realidade. Se apresentar um grande futebol na Copa Libertadores, então, entrará em cena a nossa competente diretoria. E todos no PEIXE, sem exceções, querem fazer com que o garoto seja o primeiro eleito o melhor do mundo atuando fora da Europa.

Mas, antes de dar esse gostinho aos clubes europeus, o menino de Mogi das Cruzes de apenas 19 anos quer fazer bonito por aqui. A meta de Neymar agora é fazer com que o Brasil volte a se posicionar, de novo, no topo do mundo, afinal, desde 2007 o futebol canarinho, considerado o melhor do planeta, não sabe o que é ter um jogador seu premiado pela FIFA. Realizado desde 1991, o prêmio agora recebe o nome de Bola de Ouro e é organizado junto com a revista France Football que possuía paralelamente o “Ballon d’or”. Considerando apenas os troféus distribuídos pela entidade máxima do futebol, o Brasil é o país com mais premiados até agora: oito. A última vez que alcançamos esta façanha vimos o meia Kaká, na época no Milan (ITA), erguer o troféu. Aliás, desde que ele venceu mais nenhum atleta brasileiro

6 santos

fc

Para isso, o nosso time irá contratar assessorias internacionais para divulgar os seus feitos no exterior. Vídeos, fotos, reportagens e ações de marketing fazem parte do plano para torná-lo ainda mais conhecido e visado no Velho Continente.


O Chelsea ainda o quer Os Blues investirão mais uma vez na contratação da jovem estrela brasileira, Neymar. No fim da temporada, uma oferta de 30 milhões de euros deve ser feita. 8 milhões a mais do que a última proposta feita no fim da temporada anterior. E não está descartado que outros times como Barcelona (ESP) e Real Madrid (ESP) entrem na briga.


personagem Na última premiação, o atacante já conseguiu ser lembrado, comprovando que mesmo que torça os olhos para o futebol latino, a entidade máxima do esporte não nos esquece. Na lista dos dez gols mais bonitos do ano, quase todos tinham origem nos torneios disputados no continente europeu. Somente dois tentos marcados no Mundial realizado na África do Sul e um feito no Mundial feminino sub-17 realizado no Japão é que entraram para essa galeria. Mas convenhamos, olha a diferença de visibilidade de um Mundial para um Campeonato Paulista. E mesmo assim, o atacante brasileiro conseguiu ser lembrado na relação que foi montada entre os dias 1/1/2010 até 15/10/2010. Agora é a hora de ele quebrar uma regra e ser também o primeiro jogador brasileiro eleito melhor do mundo fora do continente europeu. Alguém dúvida disso? Nós santistas não. VAMOS NEYMAR, VAI PRA CIMA DELES!

115

jogos com a camisa santista fez o atacante até o final de fevereiro

57

gols anotou o atacante no profissional do Alvinegro Praiano


Jogadores brasileiros que já conquistaram o prêmio da Fifa O primeiro brasileiro a conquistar o prêmio de Melhor do Ano concedido pela FIFA foi o atacante brasileiro Romário, em 1994, após o excelente Mundial que realizou nos Estados Unidos. Depois do mestre da grande área foi a vez de Ronaldo Fenômeno encantar o mundo pela primeira vez, em 1996. Depois, o craque da camisa número 9 ainda ganharia a taça mais duas vezes (1997 e 2002). Antes de Ronaldo erguer seu terceiro troféu, Rivaldo encantou o mundo com uma excelente temporada em 1999 e também desfrutou do prêmio. Depois disso Ronaldinho Gaúcho duas vezes (2004 e 2005) e Kaká em 2007 completaram a seleta lista de brasileiros que alcançaram o topo do mundo.

Maiores vencedores

Ronaldo – 3

Zidane – 3

Quem já ganhou o prêmio Ano Jogador País 2010 Lionel Messi Argentina 2009 Lionel Messi Argentina 2008 Cristiano Ronaldo Portugal 2007 Kaká Brasil 2006 Fabio Cannavaro Itália 2005 Ronaldinho Brasil 2004 Ronaldinho Brasil 2003 Zidane França 2002 Ronaldo Brasil 2001 Figo Portugal 2000 Zidane França 1999 Rivaldo Brasil 1998 Zidane França 1997 Ronaldo Brasil 1996 Ronaldo Brasil 1995 George Weah Libéria 1994 Romário Brasil 1993 Roberto Baggio Itália 1992 Marco Van Basten Holanda 1991 Lothar Matthaus Alemanha

Conquista por países Brasil – 8 França – 3 Argentina – 2 Itália – 2

Ronaldinho – 2

Lionel Messi – 2

Portugal – 2 Holanda – 1 Libéria – 1 Alemanha – 1

santos fc

9


elenco

Adriano

10 s a n t o s

fc

Adriano Bispo dos Santos Volante

Vinicius Simon Zagueiro 1,84m - 81 Kg - 17/11/1986 Estreia: 4/7/2010 Ferroviária 0 x 3 Santos

Pacaembu

1,71m - 69 Kg - 29/5/1987 Estreia: 11/11/2006 Santos 1 x 0 Paraná

Edu Dracena

Durval

Pacaembu

1,85m - 85 Kg - 11/7/1980 Estreia: 24/1/2010 Mogi Mirim 2 x 1 Santos

1,76m - 74 Kg - 20/5/1990 Estreia: Ainda não estreou pela equipe profissional

Pacaembu

1,87m - 85 Kg - 18/5/1981 Estreia: 12/11/2009 Santos Laguna 2 x 1 Santos

Arouca

Anderson Carvalho

Pacaembu

Pacaembu

1,72m - 70 Kg - 14/2/1986 Estreia: 3/9/2008 Santos 2 x 0 Vitória

Eduardo Luiz Abonízio de Souza Zagueiro

1,86m - 85 Kg - 12/4/1985 Estreia: 17/1/2010 Rio Branco 0 x 4 Santos

Vinicius Simon

Pacaembu

1,69m - 66 Kg - 6/7/1975 Estreia: 27/8/2000 Santos 2 x 3 Palmeiras

Bruno Rodrigo

Pacaembu

Pacaembu

Marcos Arouca da Silva Volante

Pacaembu

1,71m - 78 Kg - 27/2/1986 Estreia: Ainda não estreou pela equipe profissional

Bruno Rodrigo Fenelon Palomo Zagueiro

Bruno Henrique Fortunato Aguiar Zagueiro

1,86m - 86 Kg - 25/3/1986 Estreia: 17/1/2010 Rio Branco 0 x 4 Santos

Alex Sandro Lobo Silva Lateral-Esquerdo

Pará Marcos Rogério Ricci Lopes Lateral-Direito

Léo

Bruno Aguiar

Pacaembu

Rafael Cabral Barbosa Goleiro

Jonathan Leonardo Lourenço Bastos Lateral-Esquerdo

1,80m - 76 Kg - 26/1/1991 Estreia: 7/4/2010 Santos 4 x 2 Sertãozinho

Jonathan Cícero Moreira Lateral-Direito

Danilo Luiz da Silva Lateral-Direito

1,84m - 74 Kg - 15/7/1991 Estreia: 21/7/2010 Atlético-PR 2 x 0 Santos

Pacaembu

1,86m - 88 Kg - 20/5/1990 Estreia: 20/3/2010 Red Bull NY 3 x 1 Santos

Danilo

Pacaembu

Pacaembu

Alex Sandro

1,93m - 90 Kg - 10/1/1988 Estreia: 5/10/2006 Corinthians 0 x 3 Santos

Severino dos R. Durval da Silva Zagueiro

1,91m - 93 Kg - 17/11/1980 Estreia: Ainda não estreou pela equipe profissional

Pacaembu

Rafael

Anderson de Carvalho Santos Volante

Pacaembu

Felipe Felipe Garcia dos Prazeres Goleiro

Mário Lúcio Duarte Costa Goleiro

Aranha

Pacaembu

1,70m - 72 Kg - 11/8/1986 Estreia: 30/1/2010 Santos 2 x 0 Oeste


Siga-nos no Twitter:

Acesse também:

@matchdaysantos

www.revistasmatchday.com.br

Elivelton

Pacaembu

Alan Patrick Alan Patrick Lourenço Meia

Rodrigo Possebon Rodrigo Pereira Possebon Volante

Pacaembu

Elivelton José da Silva Volante

Charles Fernando Basílio da Silva Volante

Charles

Pacaembu

Elano

Felipe Anderson

PH Ganso

Robson

Pacaembu

Maikon Leite

Moisés

1,67m - 3/8/1988 Estreia: 9/7/2008 Santos 1 x 1 Grêmio

Moisés Ferreira Gomes Atacante

1,81m – 82 kg – 26/5/1987 Estreia: 2/5/2011 Santo André 1 x 1 Santos

Maikon Fernando Souza Leite Atacante

1,65m - 65 Kg - 30/6/1991 Estreia: Ainda não estreou pela equipe profissional

Pacaembu

Keirrison

Pacaembu 1,73m - 64 Kg - 15/5/1989 Estreia: 17/11/2010 Santos 0 x 1 Vasco

Pacaembu 1,83m - 77 Kg -3/12/1988 Estreia: 22/8/2010 Santos 2 x 0 Atlético-MG

* Também constam no elenco os goleiros André e Vladimir, o lateral Crystian e o atacante Dimba.

1,70m - 72 Kg - 10/11/1987 Estreia: 12/6/2008 Fluminense 1 x 1 Santos

Pacaembu

1,74m - 64 Kg - 5/2/1992 Estreia: 7/3/2009 Oeste 1 x 2 Santos

Zé Eduardo

Tiago Alves

1,81m - 70 kg - 12/1/1993 Estreia: 2/2/2011 Ponte Preta 2 x 2 Santos

Pacaembu

Neymar Neymar da Silva Santos Júnior Atacante

Pacaembu

1,82m - 75 Kg -12/10/1989 Estreia: 17/2/2008 Rio Preto 2 x 1 Santos

Diogo Diogo Luis Santo Atacante

Victor Hugo de Medeiros da Silva Meia

Victor Hugo

Pacaembu

José Eduardo Bischofe de Almeida Atacante

1,78m - 66 Kg -15/4/1993 Estreia: 17/11/2010 Santos 0 x 1 Vasco

Keirrison de Souza Carneiro Atacante

1,74m - 72 Kg - 14/6/1981 Estreia: 11/4/2001 Bahia 2 x 0 Santos

Pacaembu

Tiago Alves Sales Atacante

Pacaembu

Robson Michael Signorini Meia

1,78m - 69 Kg -13/5/1991 Estreia: 13/9/2009 Santos 1 x 0 Santo André

Paulo Henrique Chagas de Lima Meia

1,84m - 79 Kg - 13/2/1989 Estreia: 17/11/2010 Santos 0 x 1 Vasco

Felipe Anderson Pereira Gomes Meia

1,68m - 68Kg - 21/01/1992 Estreia: Ainda não estreou pela equipe profissional

Elano Blumer Meia

1,75m - 75 Kg - 14/2/1985 Estreia: Ainda não estreou pela equipe profissional

Pacaembu

1,79m - 83 Kg - 29/10/1987 Estreia: 27/1/2010 Santos 5 x 0 G. Prudente

santos fc

11


santos em fevereiro 2

2

campeonato paulista | 2 de fevereiro, 19h30 Ponte Preta x Santos

Depois de um janeiro arrasador, começamos fevereiro com o pé esquerdo. Em uma noite infeliz, definitivamente as coisas não deram certo em Campinas, no estádio Moisés Lucarelli, e demos sorte de arrancar um empate em 2 a 2 com a Ponte Preta. O que parecia ruim ficou ainda pior com o término da rodada. Caímos para a segunda posição na tabela de classificação. Cheio de desfalques, o Alvinegro Praiano sofreu para segurar o ímpeto ponte pretano. O primeiro

1

1

campeonato paulista | 5 de fevereiro, 19h30 Santo André x Santos

O resultado parece que já era um aviso de que o mês de fevereiro não seria muito bom para a equipe santista. Após empatar o primeiro jogo, nova igualdade no segundo embate do mês. Dessa vez diante do Santo André, no estádio do Pacaembu, ficamos no empate por 1 a 1 com o Ramalhão. O Alvinegro Praiano ainda perdeu a chance de assumir a ponta da tabela perdida na rodada anterior, afinal, o

2

0

gol aconteceu aos 23 minutos do primeiro tempo. Mancuso fez boa jogada, cruzou e Rômulo, de cabeça, anotou. O PEIXE empatou, aos 40, com Elano. Na etapa final, aos 12 minutos, Rômulo sofreu pênalti de Rafael que acabou expulso. Renatinho cobrou e ampliou para os donos da casa. Com um a menos em campo, ainda chegamos ao empate com Maikon Leite. O placar serviu como consolo após um péssimo futebol apresentado pelo time durante toda a partida.

Corinthians venceu o Palmeiras por 1 a 0 e nos deu essa possibilidade de reassumir a primeira posição. Marcelo Godri foi quem abriu o placar para o time do Grande ABC. O empate aconteceu ainda na primeira etapa. Rodrigo Possebon aproveitou cobrança de escanteio aos 40 minutos e, de cabeça, deixou tudo igual. O jogo seguiu com poucas chances para ambos e terminou com a igualdade no placar.

campeonato paulista | 11 de fevereiro, 21h Santos x Noroeste

A vitória diante do Noroeste por 2 a 0, a primeira do mês de fevereiro, marcou a reabertura da Vila Belmiro. Até então, o clube estava atuando no Pacaembu, na capital paulista, porque o gramado do nosso palco predileto estava em reformas. O jogo também marcou a volta de Zé Eduardo ao clube. E ele não decepcionou. Foi dos pés do atacante aos nove minutos da primeira etapa que o Santástico abriu o marcador. No segundo tempo, Ricardinho, pelo lado do Noroeste, e Elano, pelo lado do San-

tos, desperdiçaram a chance de empatar e ampliar o jogo, respectivamente ao perderem cobranças de penalidade máxima. Coube então, aos 25 minutos, a Felipe Anderson dar o golpe de misericórdia. O atleta arriscou um belo chute e deixou a sua marca, decretando os 2 a 0 no placar. O resultado colocou o clube na liderança provisória. No entanto, no dia seguinte o Palmeiras derrotou o Americana por 1 a 0 com gol de Kleber e retornou novamente a primeira colocação do Estadual.

Ponte Preta Bruno; Eduardo Arroz , Ferron, Leandro Silva e Uendel (Renan); Mancuso (Charles), Gil, Gerson e Válber ; Renatinho (Ricardinho) e Rômulo . Técnico: Gilson Kleina

Santos Rafael ; Bruno Aguiar (Felipe Anderson), Bruno Rodrigo, Durval e Pará; Anderson Carvalho (Vladimir), Rodrigo Possebon , Elano e Róbson; Maikon Leite e Keirrison (Tiago Alves). Técnico: Adilson Batista

Santo André Neneca; Iran, Anderson, Marcelo Godri e Romário; Alex Silva (Valmir), Magno, Sandoval e Aloísio (Juan Felipe); Nunes (Mario Jara ) e Rychely. Técnico: Pintado

Santos Vladimir; Pará, Bruno Rodrigo, Edu Dracena e Léo ; Adriano, Rodrigo Possebon, Robson (Crystian) e Felipe Anderson; Maikon Leite (Keirrison) e Diogo (Moisés). Técnico: Adilson Batista

Santos Rafael ; Pará, Edu Dracena , Durval e Léo; Arouca (Adriano), Possebon, Diogo (Robson) e Elano; Zé Eduardo e Keirrison (Felipe Anderson ). Técnico: Adilson Batista

Noroeste André Luis; Cris, Matheus e Hallison; Márcio Gabriel (Gustavo), Marcelinho , Júlio César (Aleilson), Ricardinho e Gleidson ; Giovani (Hernani) e Zé Carlos. Técnico: Lori Sandri


gol

gol contra

cartão amarelo

0 0

cartão vermelho

copa libertadores | 15 de fevereiro, 22h45 Deportivo Táchira (VEN) x Santos

O SANTOS chegou ao jogo mais importante do mês para encarar o Deportivo Táchira, da Venezuela, em território rival. O time contava com o retorno do atacante Neymar, que voltava à equipe santista com o status de melhor jogador do Sul-Americano sub-20 conquistado pela Seleção Brasileira dias antes no Peru. Com a bola rolando, no entanto, Neymar demonstrou cansaço (o jogador praticamente não teve férias, passou dezembro inteiro se preparando com o Brasil).

3

1

campeonato paulista | 20 de fevereiro, 16h Corinthians x Santos

Cinco dias depois de encarar o seu primeiro desafio na Libertadores, o PEIXE já estava frente a frente com o Corinthians para o seu segundo clássico no Campeonato Paulista. Irreconhecíveis em campo não conseguíamos trocar passes em velocidade e tão pouco envolver o nosso adversário. Fomos encurralados pelo oponente em nosso campo de defesa e não desenvolvemos um bom futebol. A conseqüência disso foi que aos 23 minutos do primeiro tempo, o Corinthians abriu

1

1

Não vimos os tradicionais dribles. Vimos sim erros de passes e apenas uma finalização. A verdade é que a equipe encontrou muitas dificuldades e o placar sem gols foi inevitável. O lance mais perigoso, no entanto, ocorreu aos 31 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento da esquerda, Neymar tentou tocar de letra e a bola bateu no zagueiro. Danilo aproveitou a sobra e chutou no canto esquerdo do goleiro, mas o gol que poderia ter sido o da vitória bateu na trave.

o placar com o lateral-esquerdo Fábio Santos em cobrança de falta. Mesmo não estando em um grande dia, chegamos ao empate com Elano, aos 41 minutos, após um belo chute de fora da área. Mas sem mudança de postura na etapa final, acabamos castigados com mais dois gols rivais. Aos 16 minutos, Fábio Santos, de novo, em cobrança de pênalti, ampliou. E aos 41, Liedson com categoria encobriu Rafael para selar a vitória adversária. Final: 3 a 1 para eles.

campeonato paulista | 26 de fevereiro, 18h30 Santos x São Bernardo

O jogo foi a gota d’água para falta de paciência com o mau futebol apresentado pela nossa equipe. O empate em 1 a 1 na Vila Belmiro diante do São Bernardo culminou na demissão do comandante do time Adilson Batista, que já sofria grande pressão dos torcedores santistas. Após um excelente começo de campeonato, o mês de fevereiro se mostrou traiçoeiro ao PEIXE. Foram seis jogos e apenas uma vitória. O clube ainda empatou quatro e perdeu uma para um de seus principais

rivais, o Corinthians. Sem conseguir apresentar um grande futebol, o clube abriu o marcador apenas no final do primeiro tempo. Neymar sofreu pênalti que Elano converteu aos 42 minutos. O tento parecia que acordaria o time para etapa final, mas não foi o que aconteceu. Atuando de maneira lenta, o Alvinegro Praiano sofreu o empate aos 23 minutos. Raul aproveitou passe de Junior Xuxa, driblou Rafael e tocou para o fundo das redes para deixar a crise instalada na Vila Belmiro.

Deportivo Táchira (VEN) Manuel Sanhouse; José Yégüez, Andrés Rouga, Walter Moreno e Gerzon Chacón; Diego Guerrero, Pedro Fernández , Jorge Casanova (Parra) e Sebastián Hernandéz (Yonathan Del Valle); Edgar Pérez Greco e Sergio Herrera. Técnico: Jorge Luiz Pinto

Santos Rafael; Danilo , Edu Dracena, Durval e Léo (Alex Sandro); Rodrigo Possebon , Arouca, Pará (Adriano) e Elano; Neymar e Diogo (Zé Eduardo). Técnico: Adilson Batista

Corinthians Julio Cesar; Alessandro, Wallace , Leandro Castán e Fábio Santos ; Ralf , Paulinho, Morais (Ramirez) e Jorge Henrique; Dentinho (Bruno César) e Liedson . Técnico: Tite

Santos Rafael; Danilo (Zé Eduardo), Edu Dracena , Durval e Léo; Arouca , Rodrigo Possebon (Adriano), Elano e Róbson (Maikon Leite); Neymar e Diogo. Técnico: Adilson Batista

Santos Rafael; Jonathan (Pará), Bruno Rodrigo, Durval e Léo ; Adriano, Danilo, Elano e Felipe Anderson (Alan Patrick); Neymar e Zé Eduardo (Maikon Leite) . Técnico: Adilson Batista

São Bernardo Marcelo Pitol ; Guto (Régis), Leandro Camilo , Amarildo e Reinaldo; Dirceu, Lucas , Willian Favoni (Raul ) e Junior Xuxa; Danielzinho e Elionar Bombinha (Zé Forte ). Técnico: Estevam Soares


agenda do mês jan

fev

mar

abr

mai

jun

jul

ago

set

out

nov

dez

2 de março de 2011 Copa Libertadores

Dados gerais no confronto

4 jogos 2 vitórias 2 empates

2/3 | Quarta-feira | 21h50 Santos x Cerro Porteño

1

1

Vila Belmiro

O técnico Adilson Batista se foi, mas o mau futebol ainda continua assombrando. Com um estilo de jogo ruim e cheio de problemas a corrigir, ficamos no empate em 1 a 1 com o Cerro Porteño, do Paraguai, na Vila Belmiro em jogo válido pela segunda rodada da Copa Libertadores. O embate marcou a reestréia do interino Marcelo Martelotte e o tento adversário serviu como castigo pra nós que vencíamos até o último minuto.

Matador: O argentino Roberto Nanni foi quem marcou o gol da equipe paraguaia na Vila Belmiro já nos acréscimos.

14 s a n t o s

fc

Dessa forma, o PEIXE começa o mês de março em uma situação um pouco delicada no grupo 5 da Libertadores. Ocupamos parcialmente a terceira colocação, com dois pontos. O líder é o Cerro, com quatro, enquanto os chilenos do Colo Colo tem três e assumem a vice-liderança. O lanterna é o Deportivo Táchira, da Venezuela,

que possui apenas um ponto ganho. Atuando com três atacantes (Neymar, Diogo e Zé Eduardo), o Alvinegro Praiano bem que tentou ser ofensivo, mas abriu o marcador somente aos 10 minutos do segundo tempo, após uma primeira etapa bem apagada. E a bela trama que culminou em pênalti sofrido por Zé Eduardo envolveu todo trio ofensivo. Elano cobrou bem e não desperdiçou a chance. Santos 1, Cerro 0. O embate seguiu amarrado e o castigo a nossa equipe aconteceu já nos acréscimos. Barreto dominou na área e foi derrubado por Edu Dracena. O árbitro viu penalidade máxima. O argentino Nanni cobrou no canto esquerdo e deixou tudo igual. Placar final: 1 a 1 na Vila Belmiro.


5 de março de 2011

Campeonato Paulista | 11ª rodada 5/3 | Sábado | 21h Oeste x Santos

Dados gerais no confronto

3 jogos 3 vitórias * Todos os jogos foram válidos pelo Paulistão

Amaros

>> O Santos venceu o último confronto contra o Oeste por 2 a 0, na Vila Belmiro

or:

Matad

ré nte And O ataca ls o g dos fez um a a por 2 da vitóri , te s e O o 0 sobre do, na a s s ano pa iro Vila Belm

No segundo confronto do mês de março, o PEIXE encara o Oeste, de Itápolis, em partida válida pela 11ª rodada do Paulistão, no dia 5. O Alvinegro Praiano vai até o Estádio Amaros, totalmente reformado para os jogos da Série A1. Além do gramado, o palco da partida recebeu novos alambrados e grades de proteção para maior segurança dos jogadores e conforto do público. A diretoria do time espera que tantos investimentos na estrutura surtam efeitos dentro de campo e que a equipe melhore ainda mais a sua colocação do ano passado, quando ficou na nona posição com 26 pontos e à frente de equipes tradicionais como, por exemplo, o Palmeiras, que ocupou apenas a 11ª posição. Este ano, o time trouxe o técnico Ademir Fonseca, Campeão Paulista em 2002, com o Ituano. Na estreia do torneio, vitória por 3 a 0 diante do São Caetano. Já no primeiro confronto contra uma equipe grande, derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, após jogo muito truncado. O time de Itápolis ainda traz ótimas recordações ao atacante Neymar. O jogador atuou seus primeiros minutos como profissional exatamente contra este time, na temporada 2009, também pela competição Estadual. Na ocasião, o boleiro estava como suplente e entrou aos 14 minutos do segundo tempo substituindo o colombiano Molina na vitória por 2 a 1 do PEIXE sobre a equipe do interior. E já no ano passado, o atacante marcou um dos gols da vitória por 2 a 0 do Santástico na Vila Belmiro.

santos fc

15


agenda do mês jan

fev

mar

abr

mai

jun

jul

ago

set

out

nov

dez

9 de março de 2011

Campeonato Paulista | 12ª rodada 9/3 | Quarta-feira | 21h50 Santos x Portuguesa

Vila Belmiro Última partida: 7/3/2010 Portuguesa 1 X 1 Santos Canindé

O SANTOS recebe a Portuguesa na Vila Belmiro, pela 12ª rodada do Campeonato Paulista, no dia 9. Este é o terceiro jogo do nosso time no mês de março. A medida que o Estadual se aproxima das rodadas finais, o Santástico busca cada vez mais melhorar o seu desempenho tentando confirmar sua classificação matemática para as quartas de final do torneio paulista. Só desta maneira pode focar tranquilamente na Libertadores.

Dados gerais no confronto

Tradicional confronto paulista, o jogo tem um saborzinho especial para o PEIXE, afinal, foi em 2006 diante dos rubro-verdes que a nossa equipe sagrou-se Campeã Paulista. Na ocasião, o torneio era disputado no sistema de pontos corridos. O Alvinegro Praiano chegou a 19ª e última rodada com 40 pontos, seguido por São Paulo com 39.

Campeonato Paulista

230 jogos 108 vitórias 58 empates 64 derrotas

154 jogos 69 vitórias 38 empates 47 derrotas

Já a Portuguesa vinha com 18 e precisava da vitória para fugir da zona do rebaixamento. Em campo, vencemos por 2 a 0 com um gol de Cleber Santana após cobrança de escanteio e outro contra, após cruzamento da esquerda do lateral-esquerdo Kleber. Despachamos a Lusa para a Série A2 e comemoramos mais um título Paulista.

12 de março de 2011

Campeonato Paulista | 13ª rodada 12/3 | Sábado | 18h30 Santos x Botafogo

Vila Belmiro

16 s a n t o s

fc

O SANTOS recebe o Botafogo na Vila Belmiro, pela 13ª rodada do Campeonato Paulista. A partida acontece no dia 12. Tradicional equipe do interior do Estado, o Fogão terminou o Estadual do ano passado na sétima colocação. A posição o gabaritou a participar da disputa pelo título do interior e o clube sagrou-se campeão. Nesta atual temporada, o Alvinegro Praiano é a terceira equipe grande a encarar o clube de Ribeirão Preto, que ainda não perdeu para as equipes tradicionais. É verdade que o clube demorou a engrenar. A primeira vitória aconteceu somente na sétima rodada e foi atuando diante do São Paulo, em casa. Comandado pelo técnico Roberto Fonseca, os mandantes venceram o rival da capital paulista por 2 a 1. O Tricolor do interior, também encarou o Palmeiras, na primeira rodada, e ficou no empate em 0 a 0. Agora é a vez do Santástico mostrar a sua força e acabar com esse retrospecto do seu oponente.

Dados gerais no confronto

86 jogos 51 vitórias 20 empates 15 derrotas

Campeonato Paulista

79 jogos 48 vitórias 19 empates 12 derrotas


16 de março de 2011 Copa Libertadores

16/3 | Quarta-feira | 19h30 Colo Colo x Santos

Monumental

A partida contra o Táchira igualou uma marca negativa. Assim como em 2008, este jogo foi a pior estreia ofensiva do clube, que não marcou gols. Confira todos os primeiros jogos do PEIXE na competição continental: 1962 - Deportivo Municipal 3 x 4 Santos 1963 - Santos 1 x 1 Botafogo 1964 - Santos 2 x 3 Independiente 1965 - Universidade do Chile 1 x 5 Santos 1984 - Flamengo 4 x 1 Santos 2003 - América de Cali 1 x 5 Santos 2004 - Jorge Wilsterman 2 x 3 Santos 2005 - Bolivar 4 x 3 Santos 2007 - Blooming 0 x 1 Santos 2008 - Cúcuta Deportivo 0 x 0 Santos 2011 - Deportivo Táchira 0 x 0 Santos

Dados gerais no confronto

14 jogos 9 vitórias 1 empates 4 derrotas * As equipes nunca se enfrentaram na Copa Libertadores Dia 16 é hora de desembarcar em Santiago, no Chile, e encarar o seu terceiro jogo na Libertadores. O adversário é o Colo-Colo, uma equipe tradicional no futebol mundial. Só para se ter uma pequena noção, os chilenos foram considerados em 2007 pela IFFHS (International Federation of Football History & Statistics, com sede na Alemanha), o 18° melhor clube do planeta. Campeão nacional 29 vezes e da Copa do Chile mais dez, o clube é certamente a principal força do futebol chileno. A tradição é tão grande que até o mito húngaro, Ferenc Puskas, treinou o clube em 1977. O treinador brasileiro Nelsinho Batista também teve uma passagem pelo time em 1999. De bobos, os chilenos não tem nada. Já foram campeões do torneio Sul-Americano em 1991 e costumam sempre revelar ótimos jogadores. O meia Valdivia, que hoje defende o Palmeiras, é um bom exemplo. Atualmente o clube é comandado pelo treinador argentino Diego Cagna. Uma de suas principais estrelas é o zagueiro uruguaio Andres Scotti, que participou como um dos titulares de sua seleção, na boa campanha na Copa do Mundo da África, na temporada passada, quando o Uruguai terminou em quarto lugar. Ao defensor será provavelmente incumbida a dura missão de marcar o jovem atacante Neymar. O duelo é interessante e vale a pena conferir. Espero que levemos a melhor.

santos fc

17


agenda do mês jan

fev

mar

abr

mai

jun

jul

ago

set

out

nov

dez

19 de março de 2011

Campeonato Paulista | 14ª rodada 19/3 | Sábado | 18h30 Bragantino x Santos

Na sexta partida do mês, o PEIXE encara no dia 19, o Bragantino, pela 14ª rodada do Paulistão. O jogo acontece em Bragança Paulista, no estádio Nabi Abi Chedid. O Braga aposta na força do conjunto (quase 90% do grupo é o mesmo que disputou a Série B do Brasileiro no ano passado) e em seu treinador Marcelo Veiga. O comandante do clube completou 300 jogos frente ao Bragantino na derrota contra o Mirassol por 2 a 1, em jogo válido pela sétima rodada do Paulistão. No seu histórico, o técnico contabiliza 120 vitórias, 80 empates e 103 derrotas*.

Nabi Abi Chedid Última partida: 18/2/2010 Santos 6 X 3 Bragantino Vila Belmiro

No ano passado, as equipes proporcionaram um belo espetáculo aos torcedores em uma partida com nove gols que terminou com a vitória do SANTOS por 6 a 3. Robinho e André foram os grandes destaques da partida com dois gols cada. Zé Eduardo e Wesley foram os outros boleiros santistas a deixarem a sua marca na partida.

Dados gerais no confronto

32 jogos 17 vitórias 9 empates 6 derrotas

Campeonato Paulista

23 jogos 13 vitórias 7 empates 3 derrotas

23 de março de 2011

Campeonato Paulista | 15ª rodada 23/3 | Quarta-feira | 19h30 Santos x Mogi Mirim

O mês de março realmente trará uma maratona de jogos ao Santástico. Em sua sétima partida, o clube recebe no dia 23 o Mogi Mirim na Vila Belmiro. O rival que tinha Rivaldo como presidente (ele se licenciou para poder jogar no São Paulo), claramente não tem muitas aspirações no Estadual. A luta do Sapão é para conseguir se manter na elite do futebol. Qualquer coisa além disso já pode ser considerado um milagre para a equipe comandada pelo técnico Antônio Carlos Zago, que substituiu em janeiro o comandante Roberval Davino, demitido na época pelo dirigente Rivaldo.

Vila Belmiro Última partida: 24/1/2010 Mogi Mirim 2 x 1 Santos Estádio Alfredo de Castilho

18 s a n t o s

fc

A partida também traz algumas boas recordações ao atacante Neymar que na época, apenas engatinhava em seus primeiros jogos como profissional rumo à explosão que sua carreira tomaria nos anos seguintes. Foi diante do Sapão na vitória por 3 a 0 na temporada 2009, que o jogador estreou como titular da equipe e fez ainda mais bonito ao anotar o seu primeiro gol. Na ocasião, a comemoração foi ao estilo Pelé (dando um soco no ar) para atender a um pedido de seu pai.

Dados gerais no confronto

32 jogos 16 vitórias 10 empates 6 derrotas

Campeonato Paulista

31 jogos 15 vitórias 10 empates 6 derrotas

* dados computados até o final de fevereiro


27 de março de 2011

Campeonato Paulista | 16ª rodada 27/3 | Domingo | 18h30 Ituano x Santos

Dr. Novelli Jr.

Craque:

is dos nove Ganso fez do na goleada s ta is gols sant ado do ano pass no Paulista

Dados gerais no confronto

20 jogos 12 vitórias 6 empates 2 derrotas Última partida: 21/3/2010 Santos 9 X 1 Ituano Pacaembu O oitavo e último jogo do mês de março acontece no dia 27. O adversário é o Ituano. Lembranças dessa partida? É impossível não recordar o chocolate que o PEIXE aplicou na equipe de Itu na temporada passada por 9 a 1, de virada. E olha que o time não contou com suas principais estrelas Robinho e Neymar. O clube de Itu é dirigido pelo ex-jogador de futebol Juninho Paulista. Mas se depender das estatísticas, o PEIXE não deve ter grandes dificuldades. Foram 20 jogos e apenas duas derrotas do nosso time. No mais foram 12 vitórias e ainda houveram mais seis empates. Para esta temporada, as coisas não parecem ter mudado e o Galo terá que novamente lutar contra o rebaixamento. O péssimo início de campeonato pode ser visto nos números. A equipe do interior paulista terminou o mês de janeiro com cinco jogos realizados no Estadual. Foram duas derrotas, dois empates e apenas uma vitória. O destaque da equipe é o meia Leandrinho, que apareceu para o futebol atuando pelo Noroeste. Ele também teve uma passagem pela Ponte Preta. No início do ano, o jogador jogou 130 minutos em três partidas. Percebeu que precisava melhorar o seu condicionamento físico e o fez. Agora 100%, ele está de volta e segue sendo a grande esperança do clube para melhorar o seu poder ofensivo.

santos fc

19


26/1 | Quarta-feira | 19h30

Linense x Santos

Santos x Mirassol

Grêmio Prudente x Santos

Santos x São Caetano

1

4

3

0

2

4

4ª rodada

23/1 | Domingo | 19h30

3ª rodada

19/1 | Quarta-feira | 19h30

2ª rodada

15/1 | Sábado | 19h30

3

3

Arena Barueri

30/1 | Domingo | 17h

2/2 | Quarta-feira | 19h30

5/2 | Sábado | 19h30

11/2 | Sábado | 21h

Santos x São Paulo

Ponte Preta x Santos

Santo André x Santos

Santos x Noroeste

2

0

2

2

1

1

8ª rodada

Eduardo José Farah

7ª rodada

Pacaembu

6ª rodada

Gilberto S. Lopes

2

0

Vila Belmiro

20/2 | Domingo | 16h

27/2 | Domingo | 18h30

5/3 | Sábado | 21h

9/3 | Quarta-feira | 21h50

Corinthians x Santos

3

1

Santos x São Bernardo

1

1

Oeste x Santos

12ª rodada

Bruno José Daniel

11ª rodada

Moisés Lucarelli

10ª rodada

Arena Barueri

Santos x Portuguesa

Vila Belmiro

12/3 | Sábado | 18h30

19/3 | Sábado | 18h30

23/3 | Quarta-feira | 19h30

27/3 | Domingo | 18h30

Santos x Botafogo

Bragantino x Santos

Santos x Mogi Mirim

Nabi Abi Chedid

Vila Belmiro

2/4 ou 4/4 | a definir

9/4 ou 10/4 | a definir

17/4 | Domingo | 16h

Santos x Palmeiras

Vila Belmiro

20 s a n t o s

fc

Americana x Santos

Décio Vitta

19ª rodada

Vila Belmiro

Santos x Paulista

16ª rodada

Amaros

15ª rodada

Vila Belmiro

14ª rodada

Pacaembu

18ª rodada

17ª rodada

13ª rodada

9ª rodada

5ª rodada

1ª rodada

campeonato paulista

Ituano x Santos

Dr. Novelli Jr.

Agenda de jogos do Santos na primeira fase do Campeonato Paulista de 2011. As oito melhores equipes classificam-se para a fase seguinte.

Vila Belmiro

Siga-nos no Twitter: @matchdaysantos

Leia online as edições da Santos FC: www.revistasmatchday.com.br


libertadores

Caracas

Once Caldas

León de Huánuco

Argentinos Juniors

Univ. Católica

Oriente Petrolero

Fluminense

Vélez Sarsfield

Grêmio

Nacional-URU

Unión Española

Colo Colo

Emelec

Cruzeiro

Godoy Cruz

Deportivo Táchira

Internacional

Estudiantes

LDU

Santos

Jorge Wilstermann

Guaraní (PAR)

Jaguares

Cerro Porteño

Deportes Tolima

Grupo 8

Univ. San Martín

Grupo 7

Grupo 5

San Luis

Grupo 4

América (MEX) Grupo 3

Junior Barranquilla Grupo 2

Libertad

Grupo 6

Grupo 1

grupos

Peñarol Deportivo Quito

Dep. Táchira x Santos

Santos x Cerro Porteño

0

0

1

1

16/3 | Quarta-feira | 19h30

3ª rodada

2/3 | Quarta-feira | 19h30

2ª rodada

15/2 | Terça-feira | 23h15

Colo Colo x Santos

Vila Belmiro

Monumental

6/4 | Quarta-feira | 21h45

13/4 | Quarta-feira | 19h30

20/4 | Quarta-feira | 19h30

Santos x Colo Colo

Cerro Porteño x Santos

Santos x Dep. Táchira

Vila Bemiro

Pablo Rojas

Acompanhe as notícias do Santos no site www.revistasmatchday.com.br

6ª rodada

Pueblo Nuevo

5ª rodada

4ª rodada

1ª rodada

jogos do santos

Vila Belmiro

santos fc

21


fatos do mês 3/3/1966

31/3/1913

Alvinegro Praiano O SANTOS torna-se Alvinegro e deixa de ser Tricolor substituindo as suas antigas cores branca, azul e dourada.

Estreia Na vitória sobre a Portuguesa por 2 a 1 em partida válida pelo Roberto Gomes Pedrosa, estreia o pontaesquerda Edu. No total foram 584 partidas e 183 gols com a camisa do Alvinegro Praiano.

6/3/1958

Teste para cardíacos Em uma partida cheio de viradas, o SANTOS vence o Palmeiras por 7 a 6 pelo torneio Rio-São Paulo, no Pacaembu. Pelé, Pagão, Dorval, Jair e Pepe (3) fizeram os gols santistas.

1/3/1922

Nascimento Nasce na cidade de Santos, Luiz Alonso Peres, o Lula, um dos maiores treinadores da história do SANTOS. Foram 958 partidas no comando, sendo 628 vitórias, 148 empates e apenas 182 derrotas. Em suas mãos o PEIXE conquistou oito Paulistões, cinco Taças Brasil, duas Taças Libertadores e dois Campeonatos Mundiais. Lula faleceu no dia 15/6/1972.

22 s a n t o s

fc

21/3/1954

Fora do país O SANTOS jogou sua primeira partida fora do Brasil e ficou no empate em 1 a 1 com os argentinos do Gymnasia e Esgrima. Del Vecchio anotou o gol do PEIXE que jogou com: Barbosinha; Hélvio e Feijó (Ivan); Cássio, Formiga e Zito; Del Vecchio, Valter, Álvaro, Vasconcelos (Hugo) e Tite.

Siga-nos no Twitter: @matchdaysantos

Leia online as edições da Santos FC: www.revistasmatchday.com.br


13/3/1933

Perda Falece Urbano Villela Caldeira Filho, ou apenas, Urbano Caldeira, o Gigante da Vila Belmiro, como era conhecido na história do Alvinegro Praiano. Ao lado de Modesto Roma, Urbano Caldeira é um dos patronos do clube santista, sua vida foi o SANTOS. O nome do estádio do PEIXE é uma homenagem ao dirigente.

Aniversariante do elenco Bruno Aguiar 25/3/1986


quiz

1- Quantas vezes o SANTOS foi campeão da Libertadores da América?

2- Quantos gols Pelé anotou contra o Corinthians?

a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) Nunca foi campeão

a) 29 b) 45 c) 39 d) 55 e) 49

3- Que zagueiro santista brigou com Diego Souza, na época jogador do Palmeiras, nas semifinais do Campeonato Paulista de 2009? a) Fabão b) Edu Dracena 4- Que goleiro mais vezes c) Domingos vestiu a camisa do SANTOS? d) André Luis a) Manga e) Adaílton b) Rodolfo Rodriguez c) Gilmar d) Fábio Costa e) Laércio

5- Em que ano o SANTOS foi fundado? a) 1912 b) 1913 c) 1910 d) 1915 e) 1911

Respostas da edição anterior: 1-A, 2-C, 3-B, 4-A, 5-C

Veja as respostas no site da Match Day ou na próxima edição da revista: www.revistasmatchday.com.br

Siga-nos no Twitter:

Acesse também:

@matchdaysantos

www.revistasmatchday.com.br


torcida

Junior (a dir.) comemora seu aniversário com um bolo do PEIXE

Jéssica Belentani cheia de estilo com a camisa do Santos

Milena Mendes improvisou na última Copa do Mundo e viu a Seleção Brasileira sem deixar o seu amor pelo Santos de lado

Quer colocar sua foto na Santos FC? envie-a com seu nome completo para contato@g8sport.com.br

santos fc

25


torcedor do mês

Virei santista depois de uma derrota do PEIXE Sempre fui católico, quando criança ia muito à igreja. Hoje já não vou tanto. O padre de Muzambinho, interior de Minas Gerais, sempre dizia que as crianças não podiam ser pagãs. Eu morria de medo de ser pagão e trazia aquilo comigo. Estava sempre na igreja.

Milton Neves: O santista ilustre de Muzambinho

O sacristão da igreja era santista. Ele sempre falava do Santos como o melhor time do mundo. Certa vez, quando eu tinha os meus oito anos, houve um jogo entre Santos e Palmeiras. Meus primos ouviam este jogo pelo rádio e estavam muito entusiasmados. Confesso que eu não dei muita atenção e fui para o fundo da horta na casa da minha tia. Lá tinham muitos pés de frutas e hortaliças. Voltei chupando umas jabuticabas. Vi meus primos cabisbaixos, tristes e perguntei: ‘O que aconteceu?’, ao que eles responderam: ‘O Santos perdeu!’ Aquilo me tocou e me emocionou de tal maneira que a partir daí passei a ser santista. Torciam para o Santos na minha cidade eu, o sacristão da igreja e meus dois primos. Como santista, vivi muitas emoções, mas um dos jogos que mais marcaram foi um contra o Comercial (SP), em 1965, lá em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. A partida acabou com a vitória por 1 a 0 do Santástico e o gol do triunfo foi anotado por Moisés.

26 s a n t o s

fc

Siga-nos no Twitter:

Acesse também:

@matchdaysantos

www.revistasmatchday.com.br


Matchday Santos Março 2011  

Edição de março de 2011 da revista Matchday do Santos Futebol Clube

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you