Page 1

Sport Club Edição 24 - Setembro de 2010

Corinthians

Paulista

Corinthians Vs. Goiás

Pacaembu - 4 de Setembro de 2010 - 18h30

Campeonato Brasileiro


Envie um SMS com a palavra TORCEDOR para o número 474 e não perca um lance. Acompanhe em tempo real os jogos do Timão e tenha todas as informações dos confrontos na sua mão!

Alerta de GOL

Cartões

Finalizações

Histórico das partidas

Posicionamento

Notícias

História do Clube

e muito mais!

* Custo por mensagem R$ 0,10 + impostos. Máximo de R$ 3,00 + impostos por semana.

www.chipdotimao.com.br


editorial Caros corinthianos, temos mais uma apresentação para mostrar a nossa força como mandante, no Pacaembu, que, por enquanto, continua sendo nossa casa, até que nosso estádio, que em breve começará a ser construído, fique pronto. O novo palco do CORINTHIANS é a realização de um velho sonho da diretoria e de toda a Fiel Torcida, já que sempre fomos citados como uma nação sem casa. Mas só fala isso quem não sabe nada sobre o TIMÃO, e este campeonato é uma bela prova, pois, em todas as partidas como anfitriões, conquistamos os três pontos.

EXPEDIENTE A MATCH DAY, Programa Oficial, é uma publicação da G8 Sports autorizada pelo Sport Club CORINTHIANS Paulista.

Soluções em Comunicação

Conselho Editorial: Diego Ragonha Fábio Aramaki Paulo Sanches Textos: Alexandre de Aquino MTB 53110 Gustavo Criscuolo MTB 54530 Fotografias: Teófilo Pereira

Logística Anderson Marques Edição de Arte: Artur Guimarães Duane Rios Contatos Comerciais: publicidade@g8sport.com.br Impressão: Gráfica Daleffi

E, nesta última rodada do primeiro turno, não pode ser diferente. A partida é diante do Goiás, que está brigando pelas últimas posições da tabela. Temos um duelo a menos que a maioria dos nossos concorrentes porque o confronto que valeria pela 18ª rodada, diante do Vasco, foi adiado para que pudéssemos fazer uma festa de arromba na comemoração do nosso centenário. Nesta edição da MATCH DAY CORINTHIANS, o zagueiro Paulo André é o grande destaque. O defesor chegou para compor o nosso grupo e sempre nos dá segurança quando é chamado. O jogador, que foi contratado em meados de 2009, já renovou seu vínculo e firmou acordo até julho de 2012. Deve assumir a condição de titular no próximo ano, caso nosso capitão William confirme a aposentadoria. Na sessão de resgate histórico, relembramos a vitória sobre o Goiás na Copa do Brasil de 2008, nas oitavas de final. Perdemos a primeira partida fora de casa por 3 a 1, mas com o apoio da Fiel conseguimos reverter, fizemos 4 a 0 no lotado Morumbi, e calamos o presidente do clube esmeraldino, que desdenhou do TIMÃO antes do duelo da volta. Vamos CORINTHIANS, a torcida quer mais um triunfo para manter o embalo no campeonato e seguir na briga pelo título. É uma ótima oportunidade para continuarmos as comemorações do centenário e também para celebrar o nosso estádio que está prestes a sair do papel. Tenha uma boa leitura.

Tiragem: 10.000 exemplares

www.revistasmatchday.com.br

Críticas, dúvidas e sugestões: contato@g8sport.com.br

José Geraldo da Silva

Editor SOFREDOR FANÁTICO


torcida

Sente no lugar marcado previsto no ingresso

Canto por ti Laia, laia, laiala Laia, laia, laiala Só da timãão E, e, e, E, e, e, E, e, Joga prA vencer.

Quando a família corinthiana está em festa, a experiência no estádio se torna memorável. O jogador se inflama, o time todo se empolga e a chance de vitória é maior. Faça sua parte: Compre seu ingresso de forma antecipada nos postos de venda ou pela internet; Leve troco, caso vá adquirir a entrada nas bilheterias da Pacaembu; Respeite a fila e mantenha a ordem; Cante apenas em prol do time ou de seu ídolo. Evite provocações; Esqueça os rojões e sinalizadores. Eles podem provocar acidentes; Sente no lugar marcado previsto no ingresso; Se consumir alimentos, busque uma lixeira para dispensar papéis e plásticos; Quando usar o banheiro, colabore para a higiene do local.

corinthians

5


história

o it e p s e r e õ p im O Ã TIM e trucida o Goiás

Brasil ssifica-se na Copa do S goleia em casa e cla IAN TH RIN CO ia, iân jogo em Go Após perder primeiro O começo de 2008 foi um período em que o CORINTHIANS precisava realizar boas campanhas. O clube havia passado por uma enorme renovação após ser rebaixado para a Série B do Brasileiro, e os novos jogadores tinham que mostrar qualidade para o principal projeto do ano: o retorno à Primeira Divisão. A Copa do Brasil pintou então como uma chance de o TIMÃO provar que o grupo tinha nível dos grandes conjuntos da elite da bola. Após passar pelo Barras do Piauí e pelo Fortaleza nas duas primeiras fases, o CORINTHIANS enfrentou o Goiás, que disputava a divisão principal do Nacional, pelas oitavas de finais. No encontro de ida, os goianos jogaram em casa, e venceram por 3 a 1, sem muitas dificuldades. Além disso, um dirigente do esmeraldino aproveitou para alfinetar o alvinegro, citando inclusive a nova camisa de cor roxa. Ironizou o TIMÃO, disse que após o encontro em São Paulo iria chupar uva. Isso serviu como motivação extra aos nossos jogadores.

6 corinthians

Era uma quarta-feira à noite, dia 30 de abril. O Morumbi estava abarrotado, com mais de 50 mil pessoas em um cenário de decisão. Em um ritmo impressionante, o CORINTHIANS fez 4 a 0 ainda no primeiro tempo. Diogo Rincón marcou os dois primeiros, Herrera fez o terceiro, e André Santos fechou o placar com um golaço, aos 30 minutos do primeiro tempo. Na segunda etapa foi só administrar e esperar o apito final. Inerte, o Goiás não chegou a ameaçar a nossa meta. Foram 45 minutos de euforia nas arquibancadas, com a Fiel Torcida apenas esperando o término da apresentação para comemorar a classificação. Ao término da brilhante jornada corinthiana, Felipe foi contundente na resposta às provocações do dirigente goiano, que afirmou que chuparia uva: o goleiro pegou um cacho das verdes e as chupou ali mesmo, no gramado, e, com a resposta na ponta da língua, disse que esse foi sim o jogo da uva, mas da uva verde, que é muito mais doce.


pacaembu Acesso

´

Acesso

Fiel

Fechado

Fechado

Mapa do Estádio Dados do Pacaembu Nome oficial:

Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho

Capacidade atual: 40.199 pessoas

Inauguração:

27 de abril de 1940

Curiosidades:

1° Jogo: 28 de abril de 1940 Palestra 6 x 2 Coritiba

CORINTHIANS 4 X 2 Atlético-MG

Obs.: Um dia após a finalização das obras do estádio, o mesmo foi inaugurado com uma rodada dupla. Numa época em que a rivalidade não era tão exacerbada


personagem

Um ótimo

a g a z a n o t u substit ado com frequência Paulo André tem jog

Paulo André começou a sua jornada no CORINTHIANS em julho de 2009, primeiramente com um contrato de empréstimo até agosto de 2010. Veio para compor o grupo, pois a defesa titular já tinha dois zagueiros cativos: Chicão e William. O zagueiro começou sua carreira profissional no Águas de Lindóia. Em 2003, transferiu-se para o Guarani, que foi onde ganhou mais destaque. Passou dois anos no clube campineiro, até chegar ao Atlético-PR em 2005, onde foi titular. Em junho de 2006, após se destacar no Paraná, foi negociado com o Le Mans, da França, onde firmou um contrato de quatro anos e meio. Após um desmanche no time francês, Paulo André foi contratado pelo TIMÃO. Na sua apresentação, ele demonstrou muito respeito aos colegas de posição. “Eles têm feito ótimos jogos e preciso respeitar isso. Ninguém gosta de ficar no banco, mas respeito a hierarquia e vou trabalhar nos treinos para ganhar uma vaga no time”, disse o jogador logo em sua chegada.

8 corinthians

e não decepciona a

torcida do TIMÃO

Devidos às lesões dos companheiros, o defensor participou de muitas partidas no decorrer da temporada, sempre com segurança. Seu contrato de empréstimo terminaria no dia 20 de agosto, mas a diretoria se apressou, e, no início de julho, anunciou um acordo com o clube francês e com o zagueiro e prorrogou seu contrato até julho de 2012. “Não poderia estar mais feliz por acertar minha renovação. O CORINTHIANS é uma grande marca no futebol mundial, com uma torcida à altura da história de glória do clube. É ótimo poder dar continuidade em um trabalho bem realizado como o que estamos fazendo” afirmou o defensor logo após acertar a permanência. Dedicado, o atleta tem a esperança de assumir a condição de titular no próximo ano, já que o capitão William afirmou no início de 2010 que este seria seu último ano no futebol. Bom para a Fiel Torcida, já que temos um ótimo substituto.


O zagueiro que foi tenista Paulo André nasceu em Campinas, no interior de São Paulo. Durante a infância e adolescência, o atual jogador praticou tênis, além do futebol. E também não fazia feio. O zagueiro chegou a ser o terceiro do ranking paulista quando tinha entre 12 e 14 anos e treinou com nomes como Flávio Saretta e Ricardo Mello, destaques do esporte no Brasil. Mas a falta de incentivo financeiro o levou ao futebol. “Comecei vendo meu pai jogando e me encantei. Passava os finais de semana dividido entre o tênis e o futsal. Tudo mudou em uma pelada que disputei pelo time da AABB, quando um olheiro gostou do meu futebol”, recorda. O atleta foi então parar nas divisões de base do São Paulo, após um teste, onde permaneceu por quatro anos. “A partir daquela época tive que desistir do tênis, por falta de dinheiro. Mas ainda jogo nos dias de folga, para tirar o estresse”, finaliza o corinthiano.

corinthians

9


nota na partida

Bobadilla

D. Fernandes

Julio César

Legenda:

titular

10

elenco

34 - Goleiro

29 - Goleiro

1 - Goleiro

Aldo A. Bobadilla Ávalos 20/4/1976 - 1,92 m

Danilo Fernandes Batista 3/4/1988 - 1,89 m

Julio César de Sousa Santos 27/10/1984 - 1,84 m

Rafael Santos

André Vinícius

Chicão

Sport Club Corinthians Paulista Fundação: 1 de setembro de 1910 Mascote: Mosqueteiro

Hino Oficial

22 - Goleiro

*Zagueiro

3 - Zagueiro

Rafael de Carvalho Santos 14/3/1989 - 1,91 m

André Vinícius L. de Oliveira 30/7/1991 - 1,89 m

Anderson S. Cardoso 3/6/1981 - 1,80 m

Leandro Castán

Paulo André

Thiago Heleno

Salve o Corinthians, O campeão dos campeões, Eternamente Dentro dos nossos corações. Salve o Corinthians De tradição e glórias mil; Tu és o orgulho

14 - Zagueiro

13 - Zagueiro

33 - Zagueiro

Leandro Castan da Silva 5/11/1986 - 1,84 m

Paulo André Cren Benini 20/8/1983 - 1,88 m

Thiago Heleno H. Ferreira 17/9/1988 - 1.83 m

William

Alessandro

Dodô

4 - Zagueiro

2 - Lateral-direito

16 - Lateral-esquerdo

William M. de Oliveira 24/8/1976 - 1,89 m

Alessandro Mori Nunes 10/1/1979 - 1,79 m

José Rodolfo Pires Ribeiro 6/2/1992 - 1,77 m

Dos esportistas do Brasil. Teu passado é uma bandeira, Teu presente, uma lição Figuras entre os primeiros Do nosso esporte bretão. Corinthians grande, Sempre Altaneiro És do Brasil O clube mais brasileiro.

10 c o r i n t h i a n s


Roberto Carlos

Edu Gaspar

Jucilei

Moacir

Paulinho

6 - Lateral-esquerdo

17 - Volante

8 - Volante

28 - Volante

15 - Volante

Roberto Carlos da Silva 10/4/1973 - 1,68 m

Eduardo Cesar D. Gaspar 16/5/1978 - 1,89 m

Jucilei da Silva 6/4/1988 - 1,85 m

Moacir Costa da Silva 14/2/1986 - 1.84 m

José Paulo Bezzera Júnior 25/7/88 - 1,75 m

Ralf

Boquita

Bruno César

Danilo

Defederico

5 - Volante

18 - Meia

10 - Meia

11 - Meia

20 - Meia

Ralf de Souza Teles 9/6/1984 - 1,80 m

Rafael Aparecido Silva 7/4/1990 - 1,79 m

Bruno César Zanaki 3/11/1988 - 1,77 m

Danilo Gabriel de Andrade 11/6/1979 - 1,86 m

Matias Adrian Defederico 23/8/1989 - 1,69 m

Elias

Tcheco

William Morais

Dentinho

Iarley

7 - Meia

25 - Meia

27 - Meia

31 - Atacante

21 - Atacante

Elias Mendes Trindade 16/5/1985 - 1,73 m

Anderson Simas Luciano 11/4/1976 - 1,80 m

William Francis de O. Morais 1/3/1991 - 1,88 m

Bruno Ferreira Bonfim 19/1/1989 - 1,75 m

Pedro Iarley Lima Dantas 28/3/1974 - 1,70 m

Jorge Henrique

Ronaldo

Souza

Taubaté

Adilson Batista

23 - Atacante

9 - Atacante

19 - Atacante

*Atacante

Técnico

Jorge Henrique de Souza 23/4/1982 - 1,69 m

Ronaldo Luís N. de Lima 22/9/1976 - 1,83 m

Rodrigo de Souza Cardoso 4/3/1982 - 1,83 m

Paulo Sérgio R. Theodoro 15/9/1991 - 1,79 m

Adilson Dias Batista 16/3/1968

* A numeração das camisas destes atletas ainda não foram divulgadas


adversário Goiás Esporte Clube Técnico: Jorginho

Goleiros

Zagueiros

Fábio Harlei Pedro Henrique Rodrigo Calaça

Augusto Ernando Marcão Rafael Toloi Valmir Lucas

Laterais

Meias Bernardo Hugo Romerito Vitor Flora

Volantes

Douglas Jadilson Júnior Wellington Saci Wendel

Amaral Carlos Alberto Jonílson Rithelly Túlio Wellington Monteiro

Atacantes Diogo Galvão Everton Santos Felipe Johnathan Marcus Vinícius Otacílio Neto Pedrão Rafael Moura

Dados gerais no confronto CORINTHIANS x Goiás

14

vitórias

12 c o r i n t h i a n s

41 jogos

15

empates

12

Campeonato Brasileiro 37 jogos 11 vitórias 15 empates derrotas

58

11 derrotas 47 gols pró 41 gols contra gols pró

45

gols contra


próximo jogo

Atlético (PR) x Corinthians 8 de setembro - Arena da Baixada - 22h Dados gerais no confronto CORINTHIANS x Atlético PR

16

vitórias

12

43 jogos empates

15

Campeonato Brasileiro 28 jogos 10 vitórias 8 empates derrotas

65

10 derrotas 39 gols pró 45 gols contra gols pró

66

gols contra

corinthians

13


campeonato brasileiro

Primeiro Turno 1ª Rodada

2ª Rodada

9/5 - Domingo - 16h Corinthians x Atlético-PR PLACAR

2

1

Pacaembu

5ª Rodada

3ª Rodada

4ª Rodada

16/5 - Domingo - 16h Grêmio x Corinthians

23/5 - Domingo - 16h Corinthians x Fluminense

PLACAR

PLACAR

1

2

1

Olímpico

0

Pacaembu

6ª Rodada

7ª Rodada

26/5 - Quarta-Feira - 21h50 Grêmio Prudente x Corinthians PLACAR

2

2

Eduardo José Farah

8ª Rodada

30/5 - Domingo - 16h Corinthians x Santos

3/6 - Quinta-Feira - 21h Corinthians x Internacional

6/6 - Domingo - 16h Botafogo x Corinthians

14/7 - Quarta-Feira - 21h50 Ceará x Corinthians

PLACAR

PLACAR

PLACAR

PLACAR

4

2

2

2

0

2

0

0

1909

Pacaembu

9ª Rodada

Pacaembu

10ª Rodada

João Havelange

11ª Rodada

Castelão

12ª Rodada

18/7 - Domingo - 16h Corinthians x Atlético-MG

21/7 - Quarta-Feira - 21h50 Atlético-GO x Corinthians

25/7 - Domingo - 18h30 Corinthians x Guarani

1/8 - Domingo - 16h Palmeiras x Corinthians

PLACAR

PLACAR

PLACAR

PLACAR

1

0

Pacaembu

13ª Rodada

3

1

Serra Dourada

14ª Rodada

3

1

Pacaembu

15ª Rodada

1

1

Pacaembu

16ª Rodada

8/8 - Domingo -16h Corinthians x Flamengo

15/8 - Domingo - 16h Avaí x Corinthians

22/8 - Domingo - 18h30 Corinthians x São Paulo

25/8 - Quarta-Feira - 22h Cruzeiro x Corinthians

PLACAR

PLACAR

PLACAR

PLACAR

1

0

Pacaembu

17ª Rodada

3

2

Ressacada

18ª Rodada

3

0

Pacaembu

13/10 - Quarta-Feira - 22h* Vasco x Corinthians

4/9 - Sábado -18h30 Corinthians x Goiás

PLACAR

PLACAR

PLACAR

São Januário

Pacaembu

2

1

* Alterado pela CBF

14 c o r i n t h i a n s

0

João Havelange

19ª Rodada

29/8 - Domingo - 16h Corinthians x Vitória

Pacaembu

1

Será consagrado campeão o time que somar mais pontos ao final do campeonato. Os quatro primeiros colocados garantem vaga na Libertadores e os quatro últimos jogam a sére B em 2011.


Segundo Turno 20ª Rodada

21ª Rodada

22ª Rodada

23ª Rodada

8/9 - Quarta-Feira - 22h Atlético-PR x Corinthians

11/9 - Sábado - 18h30 Corinthians x Grêmio

15/9 - Quarta-Feira - 22h Fluminense x Corinthians

18/9 - Sábado - 18h30 Corinthians x Grêmio Prudente

PLACAR

PLACAR

PLACAR

PLACAR

Arena da Baixada

Pacaembu

A Definir

Pacaembu

24ª Rodada

25ª Rodada

26ª Rodada

27ª Rodada

22/9 - Quarta-Feira - 22h Santos x Corinthians

26/9 - Domingo - 16h Internacional x Corinthians

29/9 - Quarta-Feira - 22h Corinthians x Botafogo

2/10 - Sábado - 16h Corinthians x Ceará

PLACAR

PLACAR

PLACAR

PLACAR

Beira-Rio

Pacaembu

Pacaembu

1909

Vila Belmiro

28ª Rodada

29ª Rodada

30ª Rodada

31ª Rodada

6/10 - Quarta-Feira - 21h50 Atlético-MG x Corinthians

10/10 - Domingo - 16h Corinthians x Atlético-GO

17/10 - Domingo Guarani x Corinthians

24/10 - Domingo Corinthians x Palmeiras

PLACAR

PLACAR

PLACAR

PLACAR

Arena do Jacaré

Pacaembu

Brinco de Ouro

Pacaembu

32ª Rodada

33ª Rodada

34ª Rodada

35ª Rodada

31/10 - Domingo -16h Flamengo x Corinthians

3/11 - Quarta-Feira Corinthians x Avaí

7/11 - Domingo São Paulo x Corinthians

14/11 -Domingo Corinthians x Cruzeiro

PLACAR

PLACAR

PLACAR

PLACAR

A Definir

Pacaembu

Morumbi

Pacaembu

36ª Rodada

37ª Rodada

38ª Rodada

21/11 - Domingo Vitória x Corinthians

28/11 - Domingo Corinthians x Vasco

5/12 - Domingo Goiás x Corinthians

PLACAR

PLACAR

PLACAR

Pacaembu

Pacaembu

Serra Dourada

Os jogos a partir da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro ainda não tiveram horários definidos. As datas destas partidas ainda podem ser alteradas pela CBF.

corinthians

15


colorir

Colorir o desenho abaixo.

Ilustrações Rafael Sanches – BB Editora

Olá, amiguinho! Use seu lápis de cor para pintar


torcedor Fala, Corneta

O CORINTHIANS bem em casa O CORINTHIANS sempre foi muito importante na minha vida. Desde a infância sou fanático pelo time. Vou ao estádio há muito tempo,e foram vários os momentos emocionantes que vivenciei. Afinal, já são cem anos de história do clube. Um dos momentos marcantes foi o título do Paulistão de 1977, que nos tirou de uma fila de quase 23 anos. Um gol chorado, um alívio na torcida, foi uma festa nunca antes vista. Outro momento que me marcou foi a queda para a Série B do Brasileirão em 2007. O ano seguinte foi um exemplo do amor da torcida pelo clube, emocionante o apoio. Foi uma mostra que não são os títulos que fazem do CORINTHIANS o maior time do Brasil, e sim a torcida, que está junto tanto nos momentos felizes e não abandona nos momentos de tristeza. Esta foto tirei na partida diante do Vitória, quando vencemos por 2 a 1. Foi a primeira vez que meu sobrinho Eduardo esteve no estádio, ele adorou e é mais um apaixonado pelo TIMÃO. Wanderley Pietoso Participe, mande também a sua opinião sobre o CORINTHIANS para o e-mail: falacorneta@g8sport.com.br

No estádio Nas áreas nobres do estádio, crianças, adultos e idosos se divertem com a revista MATCH DAY

Mande a sua foto para: falacorneta@g8sport.com.br


Chega de violência O futebol é o grande entretenimento do brasileiro. O projeto de lei antiviolência está em pauta no Senado para justamente tirar os brigões dos estádios. Ele será posto em vigor pelo Governo Federal nesse primeiro semestre. Portanto, avalie bem se vale à pena promover a baderna, atirar algo no campo ou até mesmo invadí-lo.

Torcedor Estatudo do a ardo torcedor que Ar t. 30. É direito or tivas seja mpetições desp bitragem das co ente remuparcial, previam independente, im pressões. nerada e isenta de árbiA remuneração do Parágrafo único. onsabilidaiares será de resp tro e de seus auxil despor to administração do de da entidade de esportivo. zadora do evento ou da liga organi

Trégua, juizão Se você pudesse estar no gramado, qual função escolheria? Certamente não seria a de juiz ou bandeirinha. Além das profissões formais, as pessoas nesses “cargos” se dedicam a legitimar o resultado do jogo. Se você vai reclamar, faça dentro dos limites da desportividade, e com conhecimento da regra do jogo.

Realidade

cam po Um a equ ipe en tra no ore s ad jog ve no com ap en as sa des da rti pa a cia ini e do ma ne ira . No dec orr er gam e che s eta atl is do o, jog te. en alm atu am no rm Se os atletas tiverem sido na súmula, previamente relacionados . nte lme poderão atuar norma

Mito

Toda vez que a bo árbitro será marcado la bater no bola ao chão no exato local onde ocorreu o desvio na autoridad e máxima em campo. Incorreto. Se a bola desviar no árbitro, a partida deve correr normalmente, afinal, o juiz é um ele mento neutro em campo. Caso ela des vie e entre no gol, o tento será validado.


TENHA ACESSO A

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS DO TIMÃO

NOTÍCIAS DIÁRIAS, ESTATÍSTICAS DE JOGOS, ALERTAS DE GOLS E

MUITO MAIS!

NAS

0

,9 9 1 R$

APE

ACESSE

WWW.CHIPDOTIMAO.COM.BR PARA MAIS INFORMAÇÕES

Corinthians x Goiás  

Edição 24 Campeonato Brasileiro 2010 04/09/2010

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you