Issuu on Google+

Sport Club Edição 20 - Julho de 2010

Corinthians

Paulista

Corinthians Vs. Guarani

Pacaembu - 25 de Julho de 2010 - 18h30

Campeonato Brasileiro


editorial Caros corinthianos, hoje temos um duro confronto diante do Guarani. Apesar de ter feito uma campanha fraca nos torneios que disputou no início deste ano, o adversário começou o Brasileirão muito além do esperado. O elenco do Bugre foi reformulado para encararar a sua volta ao Nacional. A equipe conta com alguns jogadores experientes, com passagens por grandes clubes, que merecem toda a atenção dos nossos jogadores. Por outro lado, estaremos em casa e temos totais condições de manter um pequeno tabu. Nosso TIMÃO não perde para o rival desde 2001, já são dez partidas de invencibilidade.

EXPEDIENTE A MATCH DAY, Programa Oficial, é uma publicação da G8 Sports autorizada pelo Sport Club CORINTHIANS Paulista.

Soluções em Comunicação

Conselho Editorial: Diego Ragonha Fábio Aramaki Paulo Sanches Textos: Alexandre de Aquino MTB 53110 Gustavo Criscuolo MTB 54530 Fotografias: Teófilo Pereira Logística Anderson Marques

Pesquisa de Fotos Raphael Arruda Edição de Arte: Artur Guimarães Duane Rios Contatos Comerciais: publicidade@g8sport.com.br Impressão: Gráfica Daleffi Tiragem: 10.000 exemplares

Lembramos nesta edição de uma vitória histórica do CORINTHIANS sobre o Guarani. Na final do Paulistão de 1988, ganhamos o título e surgiu um grande ídolo alvinegro, o centroavante Viola, que foi a estrela da conquista ao marcar o gol da vitória em sua primeira partida como titular. O atacante fez explodir de alegria a Fiel torcida no Brinco de Ouro da Princesa. Destacamos também um grande jogador que surgiu nas categorias de base. O goleiro Júlio César, que ganhou o posto de titular e vem se destacando na equipe após o afastamento de Felipe. O goleiro espera agora ter uma boa sequência de jogos para mostrar sua capacidade de defender a nossa meta. Júlio faz parte do elenco profissional desde 2005. Foi promovido após ajudar na conquista do bicampeonato na Copa São Paulo de Juniores como titular. Apesar da chegada do experiente paraguaio Bobadilla, ele promete não dar brecha e brigar pela posição. Com as suas últimas atuações, o jovem goleiro mostou talento que o credencia a assumir de vez a camisa 1. A torcida confia em você Júlio César. Tenha uma boa leitura!

José Geraldo da Silva

Editor SOFREDOR FANÁTICO

Críticas, dúvidas e sugestões: contato@g8sport.com.br


Canto por ti

torcida

OOOOOOOOOOOO Corinthians!!! Corinthians minha vida!!! Corinthians minha história!!! Corinthians Meu amor!!!(4x)

Quando a família corinthiana está em festa, a experiência no estádio se torna memorável. O jogador se inflama, o time todo se empolga e a chance de vitória é maior. Faça sua parte: Compre seu ingresso de forma antecipada nos postos de venda ou pela internet; Leve troco, caso vá adquirir a entrada nas bilheterias da Pacaembu; Respeite a fila e mantenha a ordem; Cante apenas em prol do time ou de seu ídolo. Evite provocações; Esqueça os rojões e sinalizadores. Eles podem provocar acidentes; Sente no lugar marcado previsto no ingresso; Se consumir alimentos, busque uma lixeira para dispensar papéis e plásticos; Quando usar o banheiro, colabore para a higiene do local. corinthians

5


história

Surge um ídolo no TIMÃO s

rma ulista de 1988 transfo Gol na decisão do Pa

Dia 31 de julho de 1988 foi marcante para o CORINTHIANS. Desde 1983 que não ganhávamos um título, o último havia sido o Paulistão da Democracia Corinthiana. Numa partida emocionante no Brinco de Ouro da Princesa, estádio do Guarani de Campinas, o TIMÃO entrou no campo do inimigo precisando derrubá-lo para conseguir levantar o troféu. Até chegar à decisão, o caminho foi duríssimo. Na segunda fase, o CORINTHIANS passou por um grupo que tinha Palmeiras, Santos e São Paulo. Ficamos em primeiro, mas, na final, o Guarani tinha a vantagem de jogar por resultados iguais por ter feito a melhor campanha. No primeiro jogo, 1 a 1 no Morumbi. O lateral direito Edson marcou para o Timão e o nosso futuro ídolo Neto fez um golaço para o Guarani em uma bicicleta do meio fora da área. No duelo de volta, o CORINTHIANS precisava de uma vitória, ao menos na prorrogação. A decisão foi como esperada. Durante o tempo normal, 0 a 0, em um jogo truncado, com o TIMÃO

6 corinthians

nquista do título

Viola em herói da co

mais preocupado em se defender do que em buscar o gol. A pressão do bugre foi suportada com êxito e a disputa foi para a prorrogação. No tempo extra, tínhamos a missão de ir pra cima, pois o empate dava o título ao Guarani. E logo aos 5 minutos, o zagueiro Marcelo arrancou para o ataque e tocou a bola para Wilson Mano. O volante tentou o chute para o gol, mas a bola saiu torta, quase como um cruzamento. Foi então que Viola, que fazia sua primeira partida como dono da camisa 9, entrou rápido, e, com um carrinho, anotou o tento que deu o título ao CORINTHIANS. Festa da Fiel em Campinas. O TIMÃO voltava a conquistar um título e ali surgia um novo ídolo para a torcida. Viola, que era o único negro da equipe em campo naquela noite, fez o gol que garantiu a taça em um ano especial. Em 1988 foi comemorado o Centenário da Abolição dos Escravos no Brasil e o CORINTHIANS mostrou que é realmente predestinado a levantar taças em anos de centenários.


pacaembu

Mapa do

Estádio

Dados do Pacaembu Nome oficial:

Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho

Capacidade atual: 40.199 pessoas

Inauguração:

27 de abril de 1940

Curiosidades:

1° Jogo: 28 de abril de 1940 Palestra 6 x 2 Coritiba

CORINTHIANS 4 X 2 Atlético-MG

Obs.: Um dia após a finalização das obras do estádio, o mesmo foi inaugurado com uma rodada dupla. Numa época em que a rivalidade não era tão exacerbada


personagem

8 corinthians


A vez de

Júlio César no da posição

ita que pode ser o do

acred s categorias de base Goleiro que surgiu na

Júlio César de Souza Santos, ou somente Júlio César, surgiu nas categorias de base do CORINTHIANS e ganhou destaque quando foi titular no bicampeonato da Copa São Paulo de Juniores em 2004 e 2005. O goleiro experimentou a chance de vestir pela primeira vez a camisa do time profissional em 22 de maio de 2005, com apenas 20 anos, quando o TIMÃO venceu o Figueirense por 2 a 1. Ele fez parte do elenco que conquistou o Brasileirão daquele ano. Nos dois anos seguintes, o arqueiro não participou de partidas oficiais. A chegada de novos goleiros o deixou longe da camisa 1. Uma nova chance aconteceu em 2008, após uma lesão de Felipe. Atuou em duas partidas do Paulistão, mas voltou ao banco. Após a final da Copa do Brasil, o titular foi afastado e Júlio participou de alguns jogos da Série B, sempre muito bem. Felipe reassumiu o posto, mas o reserva, sempre que chamado, agradou. Neste ano, durante a paralisação por causa da Copa do Mundo, o titular Felipe afirmou que pretendia deixar a equipe e foi afastado pela diretoria. Foi

a chance que Júlio César queria. Assumiu a meta do TIMÃO e foi um dos destaques da equipe. “Estou há 10 anos no CORINTHIANS esperando minha oportunidade. Fico feliz de estar correspondendo à altura. Agora pode ser a minha vez, estou fazendo um trabalho limpo e honesto”, afirmou Júlio, que vem ganhando a confiança da equipe e também da comissão técnica. O clube trouxe o experiente paraguaio Aldo Bobadilla, que disputou a Copa do Mundo por seu país. O jogador está aprimorando a forma física e, em duas semanas poderá brigar pelo posto de goleiro titular. Mas o prata da casa tem dado segurança ao sistema defensivo e, se continuar assim, vai criar um impasse na cabeça do comandante Mano Menezes. “O Bobadilla chegou para disputar a vaga. É mais um concorrente, assim como o Rafael Santos e o Danilo. Respeito todos os meus companheiros e concorrentes, mas é a hora de mostrar o que eu sei fazer”, finaliza Júlio César, confiante no seu trabalho.

corinthians

9


nota na partida

Felipe

Julio César

Rafael Santos

Legenda:

titular ou reserva

10

elenco

Goleiro

Goleiro

Goleiro

Luis Felipe V. dos Santos 22/2/1984 - 1,90 m

Julio César de Souza Santos 27/10/1984 - 1,84 m

Rafael de Carvalho Santos 14/3/1989 - 1,89 m

Bobadilla

William

Paulo André

Sport Club Corinthians Paulista Fundação: 1 de setembro de 1910 Mascote: Mosqueteiro

Hino Oficial

Goleiro

Zagueiro

Zagueiro

Aldo Antonio Bobadilla Ávalos 20/4/1976 - 1,92 m

William M. de Oliveira 24/8/1976 - 1,91 m

Paulo André Cren Benini 20/8/1983 - 1,88 m

Leandro Castan

Renato

Chicão

Salve o Corinthians, O campeão dos campeões, Eternamente Dentro dos nossos corações. Salve o Corinthians De tradição e glórias mil; Tu és o orgulho

Zagueiro

Zagueiro

Zagueiro

Leandro Castan da Silva 5/11/1986 - 1,84 m

Renato de Araújo C. Júnior 4/5/90 - 1.85 m

Anderson S. Cardoso 3/6/1981 - 1,82 m

André Vinicius

Moacir

Alessandro

Dos esportistas do Brasil. Teu passado é uma bandeira, Teu presente, uma lição Figuras entre os primeiros Do nosso esporte bretão. Corinthians grande, Sempre Altaneiro És do Brasil O clube mais brasileiro.

10 c o r i n t h i a n s

Zagueiro

Lateral-direito

Lateral-direito

André Vinicius L. de Oliveira 30/7/1991 - 1,89 m

Moacir Costa da Silva 14/2/86 - 1.84 m

Alessandro Mori Nunes 10/1/1979 - 1,78 m


Dodô

Roberto Carlos

Edu Gaspar

Elias

Jucilei

Lateral-esquerdo

Lateral-esquerdo

Volante e Meia

Volante e Meia

Volante

José Rodolfo Pires Ribeiro 6/2/1992 - 1,77 m

Roberto Carlos da Silva 10/4/1973 - 1,68 m

Eduardo Cesar D. Gaspar 16/5/1978 - 1,89 m

Elias Mendes Trindade 16/5/1985 - 1,72 m

Jucilei da Silva 6/4/1988 - 1,85 m

Paulinho

Ralf

Tcheco

William Morais

Danilo

Volante

Volante

Meia

Meia

Meia

José Paulo Bezzera Júnior 25/7/88 - 1,75 m

Ralf de Souza Teles 9/6/1984 - 1,82 m

Anderson Simas Luciano 11/4/1976 - 1,80 m

William Francis de O. Morais 1/3/1991 - 1,88 m

Danilo Gabriel de Andrade 11/6/1979 - 1,86 m

Bruno César

Boquita

Defederico

Souza

Taubaté

Meia

Meia

Meia e Atacante

Atacante

Atacante

Bruno César Zanaki 3/11/1988 - 1,77 m

Rafael Aparecido Silva 7/4/1990 - 1,79 m

Matias Adrian Defederico 23/8/1989 - 1,71 m

Rodrigo de Souza Cardoso 4/3/1982 - 1,83 m

Paulo Sérgio R. Theodoro 15/9/1991 - 1,79 m

Iarley

Ronaldo

Jorge Henrique

Dentinho

Mano Menezes

Atacante

Atacante

Atacante

Atacante

Técnico

Pedro Iarley Lima Dantas 28/3/1974 - 1,70 m

Ronaldo Luis N. de Lima 22/9/1976 - 1,83m

Jorge Henrique de Souza 23/4/1982 - 1,69m

Bruno Ferreira Bonfim 19/1/1989 - 1,76 m

Luis Antônio V. de Menezes 11/6/1962

*Também consta no elenco o goleiro Danilo Fernandes.


adversário

r e u q i n a r a u G manter o ritmo

o além do esperado ício de campeonat

Bugre tem in

O Guarani foi uma das gratas surpresas na largada deste Brasileirão. Na volta à elite, o clube se armou para ficar longe da zona da degola e fez pontos importantes, como na vitória sobre o Vasco em São Januário e os empates com São Paulo e Cruzeiro, grandes favoritos ao título. É um alento para o torcedor bugrino, já que o início do ano não foi dos mais animadores. Disputou a segunda divisão do Campeonato Paulista e ficou próximo de cair para a Série A-3. Na Copa do Brasil, caiu diante do Santos nas oitavas de final, tendo perdido a partida de ida, na Vila Belmiro, por um humilhante 8 a 1. Depois disso, a diretoria teve de reformular o elenco para que o Campeonato Brasileiro não se tornasse uma tragédia. Vagner Mancini assumiu o comando do time e indicou muitos jogadores com passagens por grandes clubes para dar mais qualidade e experiência à equipe. Para a zaga, chegou Fabão, com passagens por Santos e São Paulo, entre outros clubes. Os volantes Renan, que surgiu no Tricolor paulista, e Baiano, que começou sua carreira no Peixe, são os homens responsáveis para comandar o meio campo bugrino. No ataque, um dos principais jogadores é o ágil Mazola, que está no clube emprestado, e Ricardo Xavier (foto). Um bom sinal para o Bugre é que a parada por causa da Copa do Mundo não trouxe perdas para o grupo. E o elenco ainda foi reforçado com um dos destaques do Brasileirão da temporada passada em sua posição, o lateral direito Apodi, que jogou pelo Vitória, chegou para assumir a camisa 2.

12 c o r i n t h i a n s

e tenta seguir com

a boa campanha


plantel do adversário Guarani Futebol Clube Técnico: Vagner Mancini

Goleiros Léo Douglas Juliano Emerson

Laterais

Meio Campistas

Fabiano Fabinho Marcio Careca Apodi Da Silva Rodrigo Heffner

Paulinho Rodrigo César Ronaldo Vitor Rossini Renan Paulo Roberto Maycon Baiano Mário Lúcio Preto Moreno Diogo

Zagueiros Guilherme Mattis Fabão Ailson Aislan Rodrigão Heverton

Atacantes Fabinho Ricardo Xavier Mazola

Dados gerais no confronto CORINTHIANS x Guarani

76

vitórias

157 jogos

44

empates

37

Campeonato Brasileiro 27 jogos 13 vitórias 7 empates

derrotas

267

7 derrotas 33 gols pró 25 gols contra gols pró

176

gols contra

corinthians

13


colorir

Colorir Olá, amiguinho! Use seu lápis de cor para pintar

o desenho abaixo.

Ilustrações Rafael Sanches – BB Editora


Acabueoeuufaço?

pós-jogo

o jogo...

e agora o q r para casa, Se você não pretende volta então

preste bem atenção.

A revista Matchday sugere

um lugar onde você poderá

desfrutar de b o n s

momentos.


prรณximos jogos

Palmeiras x Corinthians 1 de agosto - Pacaembu - 16h

Dados gerais no confronto CORINTHIANS x Palmeiras

113

vitรณrias

16 c o r i n t h i a n s

333 jogos

100

empates

120

Campeonato Brasileiro 35 jogos 10 vitรณrias 13 empates derrotas

445

12 derrotas 33 gols prรณ 46 gols contra gols prรณ

488

gols contra


campeonato brasileiro

Primeiro Turno 1ª Rodada

2ª Rodada

3ª Rodada

4ª Rodada

9/5 - Domingo - 16h Corinthians x Atlético-PR

16/5 - Domingo - 16h Grêmio x Corinthians

23/5 - Domingo - 16h Corinthians x Fluminense

26/5 - Quarta-Feira - 21h50 Grêmio Prudente x Corinthians

PLACAR

PLACAR

PLACAR

PLACAR

2

1

1

Pacaembu

5ª Rodada

1

Olímpico

2

7ª Rodada

3/6 - Quinta-Feira - 21h Corinthians x Internacional

PLACAR

PLACAR

2

0

Pacaembu

6ª Rodada

30/5 - Domingo - 16h Corinthians x Santos

4

2

2

Eduardo José Farah

8ª Rodada

6/6 - Domingo - 16h Botafogo x Corinthians PLACAR

2

0

2

2

14/7 - Quarta-Feira - 21h50 Ceará x Corinthians PLACAR

0

0

1909

Pacaembu

9ª Rodada

Pacaembu

10ª Rodada*

João Havelange

11ª Rodada

Castelão

12ª Rodada

18/7 - Domingo - 16h Corinthians x Atlético-MG

21/7 - Quarta-Feira - 21h50 Atlético-GO x Corinthians

25/7 - Domingo - 18h30 Corinthians x Guarani

1/8 - Domingo - 16h Palmeiras x Corinthians

PLACAR

PLACAR

PLACAR

PLACAR

Serra Dourada

Pacaembu

Pacaembu

1

0

Pacaembu

13ª Rodada

14ª Rodada

15ª Rodada

16ª Rodada

8/8 - Domingo -16h Corinthians x Flamengo

15/8 - Domingo - 16h Avaí x Corinthians

22/8 - Domingo - 18h30 Corinthians x São Paulo

25/8 - Quarta-Feira - 21h50 Cruzeiro x Corinthians

PLACAR

PLACAR

PLACAR

PLACAR

Pacaembu

Ressacada

Pacaembu

Mineirão

17ª Rodada

18ª Rodada

19ª Rodada

29/8 - Domingo - 16h Corinthians x Vitória

1/9 - Quarta-Feira - 21h50 Vasco x Corinthians

4/9 - Sábado -18h30 Corinthians x Goiás

PLACAR

PLACAR

PLACAR

Pacaembu

A definir

Pacaembu

Jogos do primeiro turno do Campeonato Brasileiro 2010. Será consagrado campeão o time que possuir o maior número de pontos no final do torneio em dezembro de 2010

* Jogos realizados depois do fechamento da revista

corinthians

17


torcedor Fala, Corneta

Corinthiano desde pequeno Tenho hoje 25 anos e sou apaixonado pelo CORINTHIANS desde que me conheço por gente. Sempre que posso, eu vou ao estádio acompanhar a equipe. Nunca deixo de apoiar nosso time, estou sempre do lado do TIMÃO. Temos tudo para conquistar o Brasileirão deste ano, nosso time é forte, temos uma base que está junta já faz um bom tempo e um técnico que conhece muito bem os jogadores e tem a experiência de quase três anos no comando. Não acho que a torcida vá ficar contente com apenas uma classificação para a Libertadores do ano que vem, precisamos conquistar um título neste ano, que é tão importante na nossa história. Vamos partir para mais uma vitória e pensar sempre em chegar à ponta da tabela. Rafael da Cruz Caetano Participe, mande também a sua opinião sobre o CORINTHIANS para o e-mail: falacorneta@g8sport.com.br

Torcedores Fanáticos

Mande a sua foto para: falacorneta@g8sport.com.br


Chega de violência O futebol é o grande entretenimento do brasileiro. O projeto de lei antiviolência está em pauta no Senado para justamente tirar os brigões dos estádios. Ele será posto em vigor pelo Governo Federal nesse primeiro semestre. Portanto, avalie bem se vale à pena promover a baderna, atirar algo no campo ou até mesmo invadí-lo.

Torcedor Estatudo do de torceão ao transporte Art. 26. Em relaç rado ao gu se as s esportivos, fica dores para evento torcedor partícipe: nsporte seguro e organizado; I - o acesso a tra cias toção das providên II - a ampla divulga so ao local da partida, ao aces madas em relação blico ou privado; e pú rte seja em transpo s do estádio ção das imediaçõe mo suas za ni ga or a III co m be , da utada a parti ar, sempre em que será disp liz bi via a o od m , de ao evento, entradas e saídas do pi rá e esso seguro saída. na que possível, o ac , rte meios de transpo na entrada, e aos

Trégua, juizão Se você pudesse estar no gramado, qual função escolheria? Certamente não seria a de juiz ou bandeirinha. Além das profissões formais, as pessoas nesses “cargos” se dedicam a legitimar o resultado do jogo. Se você vai reclamar, faça dentro dos limites da desportividade, e com conhecimento da regra do jogo.

Realidade um O jog ad or qu e ag rid e lso . pu ex ser ve tor ced or de der a Exato. Se algum atleta per re ado ect exp um cabeça com alg que tivo mo er lqu qua por agredi-lo po de cam o xar dei erá dev ele , seja máxima jogo expulso pela autoridade . da partida

Mito

Não existe vantag em quando um companheiro de um jogador segue na jogada e, por exemplo, chuta a bola para fora. Err ad o. Ex ist e sim . A lei da va nta ge m nã o im pli ca no qu e irá ac on tec er na seq üê nc ia da jog ad a. O co rre to ne sse ca so ser á o árb itr o ma rca r tir o de me ta.



Corinthians x Guarani