Page 1

Distribuição Gratuita

Ano I - N° 2 - Novembro 2013

BELEZA O assunto gira entre depilação, cabelos e sobrancelhas e mais!

INTERCÂMBIOS Experiência na bagagem...

CABEÇA DE MULHER Amigas de banheiro!

MEIO AMBIENTE O que fazer para ter uma cidade e um planeta melhores?

MODA E ESTILO As tendências da estação!

E MUITO MAIS NESTA EDIÇÃO!

Sabrina Donatti Bruno mãe e blogueira

TÁ NA MODA SER

BLOGUEIRA!

Conheça o universo virtual das Lulu’s!


Lilian Bertoglio

MODELOS: Sabrina e Maria Luísa Donatti Bruno FOTO: Roma CRIAÇÃO e DESIGN: Lilian Bertoglio

BELEZA

Administradora de Empresas Sócia na Rush Comunicação e na Creare Vídeo Produtora e Eventos.

O assunto gira entre depilação, cabelos e sobrancelhas e mais!

INTERCÂMBIOS Experiência na bagagem...

CABEÇA DE MULHER Amigas de banheiro!

MEIO AMBIENTE O que podemos fazer para ter uma cidade e um planeta melhores?

MODA E ESTILO Dress code e as tendências da estação!

E MUITO MAIS NESTA EDIÇÃO!

redacao@revistalulus.com.br Sabrina Donatti Bruno mãe e blogueira

TÁ NA MODA SER

BLOGUEIRA!

Conheça o universo virtual das Lulu’s!

«a realidade é aquilo que VOCÊ cria.»

S

imples e profunda, a frase dita pelo incrível Dynamo, o mágico do impossível, me parece a mais pura verdade. Dá para fazer (simmm!!), tudo o que se quiser nessa vida, desde que você acredite possível. O difícil da coisa é justamente isso, acreditar que pode. E é isso que faz toda a diferença. Foi por acreditar que poderíamos fazer algo legal e diferente, é que criamos e lançamos a Revista Lulu’s: uma publicação riograndina, mensal, voltada para o público feminino e que, ao mesmo tempo, pode valorizar os talentos e os profissionais de nossa cidade! Ficamos extremamente felizes com todo o feedback positivo que recebemos! Uhuuu! Conseguimos falar a língua das mulheres inteligentes, ligadas, conectadas e maravilhosas que pretendíamos alcançar! Temos muito a aprender e melhorar, mas foi dado o primeiro passo. Nos arriscamos e superamos os medos fazendo algo que não tínhamos ideia do resultado final. Sim, foi preciso ter coragem e, ainda agora precisamos, mas estamos satisfeitas, porque sabemos que quando você se arrisca, vence suas barreiras pessoais, também libera uma energia incrível e o Universo sempre agradece! Nesta segunda edição, vamos falar de Lulu’s que também colocam para fora suas ideias através de seus blogs e sobre meio ambiente que, apesar de parecer um papo meio chato, nos leva a descobrir que dá para fazer a diferença na preservação do planeta sem ter que se tornar ativista do Greenpeace, mas somente adotando alguns bons hábitos no dia a dia. Vale conferir! Na carona, a nossa reciclagem pessoal fica por conta das ideias e da inquietação que nos fazem pensar rápido, muito e, ainda, querer falar sobre tudo ao mesmo tempo! Resultado: uma grande mistura que envolve tomar um chá enquanto conhecemos Luluzinhas talentosas; falar sobre dress code e uma moda recheada de possibilidades; beleza (sempre!) para mantermos uma boa relação com o espelho; energia interior; investimentos; papo de mulher no banheiro e muitos outros assuntos legais! Uma boa e divertida leitura!

EDITORA: Lilian M Bertoglio REPÓRTER: Andrelise Santorum

07

capa

20

Redação

Distribuição Gratuita

Ano I - N° 2 - Novembro 2013

TÁ NA MODA SER BLOGUEIRA!

Conheça o universo virtual das Lulu’s!

BELEZA Depilação | Cabelos | Sobrancelhas.

12

COMPORTAMENTO - Crianças especiais.

14

INTERCÂMBIOS - Experiência na bagagem...

18 24

MODA E ESTILO Tendências da estação! MEIO AMBIENTE O que podemos fazer para ter uma cidade e um planeta melhores?

34 CHÁS - Tudo acaba num chá!

36

CABEÇA DE MULHER Amigas de banheiro.

SEMPRE AQUI: 04 CRÔNICA DA JÔ 05 HOME SWEET HOME: Dicas e tendências de arquitetura e decoração. 06 BOLINHAS x LULUS: O que eles e elas pensam! 10 KIDS & TEENS: Luluzinhas alentosas! 16 TUDO EM CIMA: Circuito Funcional | Alimentos Seca Barriga. 26 POR DENTRO DA LEI: Logística reversa. 27 MULHERES D+: Investimentos no mercado imobiliário. 28 SAÚDE: Suplementos ou alimentos? | Exames preventivos. 30 FICA@DICA: Viagens de Navio: um mar de opções! 31 BEM ESTAR | TUDO ZEN: Kundalini: a força que vem de você! 32 AMOR & SEXO: Curso de sedução! 35 COMER, BEBER E AMAR! Opções em gastronomia. 38 PETS FOFOS: Hidratação boa prá cachorro! 39 LEITORES DE LULU’S: Opinião, participação e sugestões. Endereços | Contato | Próxima Edição Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas por nossos colaboradores.

EDITORA DE MODA E MÍDIAS SOCIAIS: Natália Sauer PLANEJAMENTO E COMERCIAL: Bruna Ongaratto

PESQUISA E DESIGN: Cíntia Dietrich | Lilian M Bertoglio

FOTOS: Lilian M Bertoglio | Natália Sauer

PRODUÇÃO: Gilnei Ávila

COLABORADORES: Ana Carolina Silva Castilho, Ariane Wilde, Cristian Bertoglio, Bruno Lemos, Bruno Ongaratto, Enio Fernandes, Fernanda Costa Lopes, Fernanda Rocha, Isabella Neves de Moraes, Janice Almeida, Leda Martins, Lenita Torchelsen, Letícia Leite, Maria Eduarda Cunha Saliés, Mariana Braga, Paulo Renato F. Martins Filho, Rejane Tavares, Sabrina Donatti Bruno, Sabrina Ribes Zibetti, Sandra Ongaratto, Silulia Rodrigues e Raquel Paula Alvim.


Crônica

Joselma Noal Escritora e Professora de Língua Espanhola da FURG

Cr

a d a c i n ô

A difícil arte de elogiar

ulus’s 04

S

e realizamos um trabalho perfeito, se participamos de algum evento com brilhantismo, se preparamos um jantar caprichado, se escolhemos roupa, calçado e jóias adequadas à festa – o que esperamos? Claro, óbvio, um elogio! E, na maioria das vezes, o elogio não nos é dito. Impressionante como o ser humano desenvolve a capacidade crítica, mas não a capacidade elogiosa! Enxergamos qualquer pingo, qualquer gota de imperfeição. Nascemos para ser perfeitos, então temos a obrigação de sê-lo. E para que serviria mesmo o elogio? Elogio é tudo! Tente ir a uma festa sem ouvir um elogio sequer; por mais bela que nos sintamos, o elogio aumentaria alguns centímetros em nossos saltos, não é verdade, meninas? Sou elogiante, exercito, sempre que posso, a arte de elogiar. Para tanto, me esforço para observar todos os detalhes nos outros: corte ou cor do cabelo, roupa, decoração da casa, quilos a menos (naturalmente), etc. Sem falar nas situações mais significativas, como mudança de: cargo, emprego, cidade, casa, que merecem elogios pelo gesto de coragem e pela fé que nos lança ao eterno recomeço. Então vamos refletir o porquê será tão difícil elogiar. Será que ao prestigiar os outros nos sentiríamos diminuídos? E inveja explica? Ou será: “para que revelar o que é bom, basta dizer o que não o é” ? E o resto fica subentendido? O resto é justamente o que dá razão à vida e a torna especial! Relações amorosas felizes não ocorrem sem elogios, não se estabelecem, não se fortalecem e não perduram. Então por que alguns só elogiam no momento da conquista? Casais se afastam, após anos de vida em comum, às vezes, um pequeno elogio poderia ter modificado a história… Inúmeras pessoas realizam seu trabalho com dignidade e esmero, sem jamais ter ouvido um mísero elogio por parte de suas chefias. E assim tristemente se aposentam… Vale elogios à família também! É triste ver um adolescente aprovar no Vestibular, ganhar uma medalha em um campeonato esportivo, conseguir um dez suado em uma disciplina e nada ouvir. “Afinal é sua obrigação, não é?” – diriam os pais em sua incapacidade elogiosa que deve ser repensada com urgência!

O mesmo ocorre com os pais que também merecem elogios, até mesmo pelos pequenos gestos como aquela comida tão bem elaborada… O churrasco do papai e a lasanha da mamãe com um “que delícia” de seus filhos garante um prato ainda mais saboroso da próxima vez tão somente pela recordação do elogio. Afinal não queremos ser só bons naquilo que fazemos, queremos a aprovação social, os aplausos daqueles que queremos bem, precisamos de um estímulo para melhorar cada vez mais… E afinal que custa elogiar? Garanto que não dói, não é prejudicial à saúde, nem provoca cáries. Então, aos elogios… Muito prazer! E meu sincero elogio a vocês, queridas leitoras, por prestigiarem a revista Lulu’s!

Dica de Lulu’s: Joselma Noal é autora do livro de contos Aroma Hortelã, publicado em 2008, pela Editora Movimento de Porto Alegre. E-mail: joselmanoal@gmail.com


Home Sweet Home

Bruno Ongaratto Arquiteto e Urbanista Pós-graduado em MBA em gestão de Projetos Mestrando PROGRAU - UFPEL CAU A67.466-4

Como ser

Sustentável

É preciso abrir os olhos e enxergar o mundo ao nosso redor

A

sustentabilidade pode ser definida como a forma em que as ações que tomamos podem impactar no ambiente em que vivemos e o que deixaremos para as gerações futuras. Quando se escuta a palavra sustentabilidade ou sustentável, as pessoas tendem a associar diretamente com a sustentabilidade ambiental. Porém, o termo abrange outras características ligadas à economia, sociedade e cultura. Para termos uma ação sustentável é necessário que esta seja: economicamente viável; socialmente justa; respeitosa à diversidade cultural e ecologicamente correta. Nas construções, a sustentabilidade pode estar presente em todos os momentos, desde a concepção de um projeto, durante a construção e mantendo-se durante todo o uso das edificações.

AS FACES DA SUSTENTABILIDADE NAS CONSTRUÇÕES ECONÔMICA - é o retorno que o cliente pode obter com seu investimento inicial. CULTURAL - é bem presente em nossa cidade, onde há muitos exemplares de edificações e monumentos com valor histórico. Ser sustentável é, além de preservá-los íntegros, possibilitar que sejam mantidos em uso e o seu entorno urbano seja mantido. SOCIAL - como as novas edificações e seus moradores, em um contexto social já estabelecido, podem influenciar na rotina da rua ou bairro em que se fixem. AMBIENTAL - atividades de desenvolvimento humano e econômico onde recursos naturais podem ser usados de forma inteligente para que se mantenham no futuro.

O profissional arquiteto tem uma responsabilidade muito grande junto à sociedade. Ele deve fazer uma intermediação entre o que o cliente deseja e o que é socialmente aceito e menos impactante no contexto urbano. Quando se inicia um projeto com foco em atender as questões ambientais e atento às soluções possíveis para a nossa região (um rápido estudo sobre o terreno, ventos dominantes, insolação e costumes dos futuros moradores), o profissional tem subsídios para que o edifício atinja níveis adequados de confor to térmico para os usuários, minimizando a utilização de equipamentos de ar condicionado para aquecer ou refrigerar o ambiente. Durante o processo de construção de uma casa podemos fazer a escolha de materiais locais para reduzir, consideravelmente, a necessidade de transporte, o que evitaria a queima de combustíveis e propiciaria um desenvolvimento de empresas e indústrias regionais, gerando empregos e desenvolvimento. Um excelente exemplo disso são algumas construções que são vistas em nosso vizinho Uruguai. Em locais como La Paloma e Punta del Diablo podemos notar casas onde são utilizadas pedras, muito presentes naquela região, e revestimentos ou estruturas em madeira, artifício ainda pouco explorado do lado de cá da fronteira. São casas com arquitetura simples, porém os elementos e materiais aplicados proporcionam uma riqueza de formas e elementos. Devemos abrir a cabeça e enxergar o que está em volta. Técnicas utilizadas por nossos antepassados podem ser mais eficientes do que as importadas de países distantes com cultura e clima distintos ao nosso. Ao olharmos casarões antigos. em nossa região, veremos ambientes adaptados ao clima, mais do que em grande parte das construções recentes.


Polêmica

Bolinhas x Lulus

O que eles pensam. O que elas pensam.

Antigamente, homens e mulheres começavam a namorar muito jovens, noivavam, casavam, tinham filhos e esperavam, um dia, comemorar Bodas de Ouro enquanto se mantinham «felizes» até a morte de um deles. Hoje em dia, a coisa não funciona bem assim. Homens e mulheres preferem conhecer gente e ter uma maior experiência antes de escolher o(a) companheiro(a) que vai ficar «para sempre»!

Então, a pergunta é sobre o seguinte:

RELACIONAMENTOS ANTERIORES Faz diferença a quantidade de parceiros que seu amor «para sempre» já teve antes de você? Porquê?

ulus’s 06

Bruno Lemos, 30 anos, músico.

Colocando a hipocrisia de lado, faz diferença sim. Acredito que antes de embarcar em um relacionamento é válido bancar o detetive e desvendar o passado da pessoa pra saber o teor das escolhas que ela fez antes de te encontrar. É possível, sim, tirar muitas conclusões importantes com base nos relacionamentos passados de alguém. Dependendo do número (e da 'qualidade') de parceiros que a Fulana possuir no histórico... bem, daí pode ser a hora exata pra pular da barca.

De forma alguma faz diferença a quantidade de parceiros que meu «amor para sempre» teve antes de me conhecer, para mim o que importa é o hoje e o que vivemos no momento, se está comigo é porque sou importante em sua vida e não tenho porque cobrar algo das pessoas que se relacionou antes de mim, e o objetivo é fazer de tudo para que eu seja «para sempre» na vida dele, através do carinho, da atenção, romantismo, da reciprocidade, Irlene Mello da fidelidade e da consideração, coisas 49 anos, corretora de imóveis. fundamentais em uma relação a dois, porque só assim terei a certeza de que não existirão mais amores depois de mim, mas farei o possível para que eu seja única a partir do momento em que estiver ao lado dele e, se possível, por toda a vida.

Janice Almeida 37 anos, Bacharel em Letras e empresária.

Na minha opinião, tanto para o homem quanto para a mulher, é importante que a pessoa tenha tido outros relacionamentos. A mulher deve se sentir lisonjeada em saber que, entre tantas passadas, ela foi a escolhida para ser o "para sempre" de um , por sua vez, pode ficar bem mais tranquilo em saber que a sua escolhida já viveu o que tinha que ser vivido e não terá mais essa curiosidade durante o "para sempre" deles evitando, assim, o rompimento ou as relações extra conjugais.

Não faz diferença alguma, pois nossa vida é composta por ciclos e acredito que devemos vivenciar apenas àquele pelo qual estamos ligados, ou seja, o presente. O passado de cada um deve servir a si próprio de aprendizado para que as experiências daquele período não só contribuam para a boa e sadia convivência nas relações humanas do presente como também colaborem para a própria e alheia felicidade. De qualquer modo, sejam quais Patrique B. Bratz forem as diversas ou singulares relações 26 anos, segurança conjugais que o(a) parceiro(a) vivenciou antes do relacionamento atual, cada uma poderá e deverá contribuir para que este desenvolva-se de forma harmoniosa e feliz. Portanto, o que vale numa relação é a mente sã, o coração tranquilo e os pés no presente.

# prontofalei é muito legal ...

não dá para...

-Pedir para ele ajudar a você a escolher uma tatoo.

- Tatuar o rosto dele no seu tornozelo.

- Preparar produções legais para viajar a dois.

- Levar montes de malas só para passar o final de semana!

- Misturar estampas.

- Parecer uma colcha de retalhos.

- Deixar o namorado à vontade para fazer confidências à você.

- Xeretar o celular, os e-mails e o facebook dele para descobrir algum segredo.


Estética

Profa. Dra. Rejane Giacomelli Tavares

Pele lisinha é...

Biomédica, Farmacêutica-Bioquímica, Doutora em Bioquímica, Professora da UFPEL.

Qual é a melhor forma de fazer?

LUZ PULSADA x LASER Embora a LUZ PULSADA e o LASER sejam conhecidos como métodos “definitivos” para a eliminação do pelo, este termo não é correto! O ideal é definirmos estas técnicas como sendo duradouras e progressivas. Isso acontece porque ambas as técnicas de depilação reduzem em cerca de 80% dos fios, após um número de sessões que depende das particularidades fisiológicas e hormonais de cada pessoa (em média 8-10 sessões, porém não existe um número “mágico”). Após a finalização do tratamento é suficiente uma sessão de manutenção a cada seis meses ou um ano – dependendo do caso e da técnica utilizada – mas é necessário, porque novos pelos podem nascer. Porém, os fios nunca mais serão grossos como antes!

Essa eliminação do pelo é possível devido à utilização da emissão de calor em ambas as técnicas. Com o aquecimento, as células germinativas (folículo) são destruídas, impedindo o crescimento de novas hastes do fio. Neste ponto a LUZ PULSADA apresenta uma grande vantagem em relação ao laser, já que esta atinge a temperatura aproximada de 70 ºC, contra a temperatura em torno de 300 ºC atingida pelo LASER. Ou seja, a FOTODEPILAÇÃO com LUZ PULSADA, com a utilização de temperaturas bastante menores, diminui consideravelmente o risco de queimaduras e descolorações temporárias, o que acontece com frequência com o laser. A LUZ PULSADA também é muito bem tolerada pela maioria dos pacientes, sendo considerado um procedimento indolor. Ela atinge o bulbo do pelo, não ultrapassando muito esse limite e, por isso, os pacientes podem sentir uma leve fisgada, mas não dor propriamente dita. Já o laser atinge camadas mais profundas da pele, sendo muitas vezes necessária a aplicação de anestésicos locais antes do tratamento. Para ambos os tratamentos, a pele não pode estar bronzeada, o pelo não pode ter sido retirado pela raiz (com cera ou pinça) no último mês, não pode haver vermelhidão ou machucados. E não podemos esquecer da avaliação do fator custo, já que muitas

www.dpilbrasil.com.br Dpil RIO GRANDE

Dia D se sentir especial.

Fotodepilação | Fototerapia | Emulsão | Estética

Rua Major Carlos Pinto (CANALETE), nº 331A Tel.: 3204-4004

vezes este é decisivo na nossa escolha. O tratamento com laser apresenta custos bastante superiores àqueles praticados para os tratamentos com a LUZ PULSADA, por exemplo, já que a F OTO D E P I L A Ç Ã O p o s s u i p re ç o s bastante acessíveis, sendo comparáveis aos preços praticados para a depilação com cera tradicional. Após se decidir por um dos métodos duradouros de eliminação dos pelos, é necessário realizar a avaliação do seu tipo de pele antes de iniciar o tratamento. Depois, é só dar ADEUS aos indesejáveis pelos, mantendo sua pele lisinha o ano todo!

ulus’s 07

S

e você acha que o processo de depilação com cera ou lâmina são incômodos ou pouco práticos, provavelmente já deve ter avaliado a possibilidade de se submeter às técnicas de depilação com luz pulsada (FOTODEPILAÇÃO) ou depilação a laser. Os dois procedimentos têm aspectos parecidos, mas são diferentes, pois cada um usa um tipo diferente de luz para atingir a raiz do pelo e, é isso que determina a sua eficácia.


Beleza

PLÁSTICA DE FIOS E SELAGEM TÉRMICA = cabelo mais macio e brilhante! Vamos combinar que cabelo é uma preocupação à parte. Por mais que a gente use os produtos corretos, existem fatores externos que não podemos controlar. Para deixar seus cabelos sempre brilhantes e macios, hidratação e selagem dos fios é a dica!

PASSOS

ulus’s 08

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

01. O cabelo é avaliado pelo profissional; 02. O mesmo é lavado com shampoo adstringente, de limpeza profunda. 03. O cabelo é seco. 04. O profissional prepara o produto para a aplicação. 05. Aplica-se a plástica dos fios e a selagem térmica, mecha a mecha. 06. O cabelo é seco novamente. 07. O profissional separa o cabelo em mechas. 08. Com a chapinha especial Cadiveu, aquecida a 360°C, inicia-se o processo. 09. O fio é selado, aplicando-se dez vezes em cada mecha. 10. O processo é mantido até a finalização. 11. O cabelo é enxaguado. 12. Todos os fios são hidratados profundamente.


Beleza

de olho nas

Sobrancelhas

Lenita Torchelsen Micropigmentadora e designer de sobrancelhas

Quem não quer uma sobrancelha bem marcada? Fazemos parte da lista de mulheres que segue a tendência, valorizando o design das sobrancelhas, destacando a expressão e dando leveza ao olhar. A sobrancelha deve ser discreta, emoldurando os olhos sem chamar a atenção. Pode-se também corrigir falhas e valorizar o visual utilizando algumas opções:

HENNA: é uma boa opção para corrigir a moldura e dar volume, mas o tempo de durabilidade é curto; dependendo do tipo de pele e também dos cuidados, dura em torno de 3 a 15 dias.

disfarçar com lápis ou sombra. O ideal para quem não tem habilidade é simplesmente tirar o excesso, pois qualquer movimento errado pode deixar falhas evidentes e contornos mal-delineados que desarmonizam o rosto como um todo.

micropigmentação ALGUMAS DICAS PARA TER SOBRANCELHAS BONITAS:

henna

design Para conquistar um look de forma simples, devemos ter sempre à mão: sombra, pincel específico e lápis na cor semelhante aos fios. As cores mais recomendadas são marrom e cinza, não se deve nunca usar o preto, pois se for usada uma tonalidade muito escura, todo o visual será comprometido e a expressão ficará pesada. Para manter os fios assentados e ajudar na modelagem do desenho, recomendase usar gel para sobrancelhas ou um rímel transparente.

MICROPIGMENTAÇÃO: este é o m é t o d o m a i s p ro c u r a d o p e l a s mulheres que, por terem retirado os pelos repetidamente, estes pararam de nascer. Esse método consiste em valorizar, corrigir e modificar a simetria facial, corrigindo falhas, imperfeições e comprimento. Também é utilizado para contorno dos olhos e dos lábios. Atualmente, esse método é conhecido como maquiagem temporária e não mais definitiva, pois a durabilidade é em torno de dois anos. Com o passar do tempo a pigmentação é absorvida, sem deixar marcas. Deve-se salientar que um único pelo mal-retirado pode comprometer todo o visual da sobrancelha. Se isso acontecer, a solução é ter paciência para esperar crescer novamente ou

Elas devem estar mais próximas do natural, deixe-as apenas limpas e levemente desenhadas. Nunca afine as sobrancelhas para esconder as falhas, elas devem ser corrigidas com lápis ou sombra. O pelo deve ser extraído no sentido em que ele nasce, para não machucar a pele, nem arrebentar os fios. Estresse, dermatites e até coçar a pele na região das sobrancelhas podem gerar a queda dos fios. Ao primeiro sinal de irritação da área, procure ajuda médica. Não aplique cera nas sobrancelhas, pois a pele próxima dos olhos é muito fina e pode ficar flácida com facilidade. Os pelos das sobrancelhas não devem ser descoloridos, pois esse processo químico enfraquece os fios.

ESTÉTICA CORPORAL Pós operatório, drenagem linfática, estimulação russa, radiofrequência, vibrocell e cavitação.

ESTÉTICA FACIAL Peelings, radiofrequência, tingimento e design de sobrancelhas, micropigmentação, tingimento e permanente de cílios.

Rua Duque de Caxias, 308 - Centro - Fones: 3232.3146 | 8413.1063 | 9122.3199

ulus’s 09

A

sobrancelha influencia muito a aparência. É possível modificar um semblante cansado e triste apenas redesenhando os fios. Mas é inútil querer uma sobrancelha reta quando o seu formato natural é arqueado ou viceversa. As nossas sobrancelhas nem sempre são iguais, uma pode ser mais arqueada e a outra mais reta ou uma mais alta e outra mais baixa. O ideal é deixá-las o mais parecidas possível. Nem sempre se pode realçar o formato apenas com a maquiagem para obter um look perfeito. As falhas influenciam diretamente o desenho, devido à retirada com pinça, depilação ou uma falha natural do crescimento do pelo.


Compoertamento

Luluzinhas talentosas... Laura Nunes Campos, 11 anos, cursa o 6º ano do Ensino Fundamental no Colégio Liceu Salesianos Leão XIII.

L

aura é uma menina meiga, responsável e, com dedicação, consegue boas notas na escola. Adora andar de bicicleta e assistir filmes de suspense. Além disso, dança na Invernada Mirim do Centro Cultural Nativista Sentinela do Rio Grande, conduzindo e participando de várias oficinas e eventos que visam fortalecer a cultura gaúcha em nosso Município. Participando do concurso interno, onde conquistou o título de 1ª Prenda Mirim daquela Entidade, descobriu um talento no canto. Adora interpretar as músicas de Aninha Pires, Juliana Spanevello e Shana Muller. Para o futuro, pretende continuar cantando músicas tradicionalistas e aprimorando sua técnica.

ulus’s 10

Maria Eduarda Cunha Saliés, 7 anos, cursa o 2° ano do Ensino Fundamental na Escola Bom Jesus Joana D'Arc.

D

esde pequena, sempre muito ativa, Maria Eduarda foi apresentada e incentivada pelos pais ao mundo dos livros, lápis e papel. Começou a desenhar muito cedo e sempre foi elogiada pelas professoras por esse dom. Seus desenhos preferidos eram de bonecas e princesas e, como toda menina vaidosa que gosta de escolher suas próprias roupas, começou a desenhá-las. Foi assim que, um dia, ela decidiu o que quer ser quando crescer: estilista! Quando começou a ler e escrever aos 6 anos, passou também a criar seus próprios “livros e gibis”, os quais são ilustrados por ela mesma. Inventa histórias e personagens com muita criatividade. Assim, seus sonhos são passados para o papel. Acumulam-se folhas e folhas, cadernos e cadernos (que são todos guardados pela mãe coruja!). Além da paixão pelo desenho, pela leitura e por moda, Maria Eduarda, não para por aí: é excelente aluna, faz inglês e natação e, no ano que vem, pretende começar a tocar um instrumento e aprender francês.


Conheça essas meninas de atitude que já constróem o seu futuro! Atualmente, nossas crianças estão extremamente ativas. Além da escola e dos deveres e estudos propostos pela mesma, também desenvolvem outras habilidades e tem a agenda mais lotada que a nossa. Aulas de línguas estrangeiras, esportes, música ou de dança, aulas particulares, horas na internet, brincadeiras com os amigos e muitas outras atividades de lazer ou de estudo preenchem o seu dia. Assim, elas desenvolvem habilidades em várias áreas e, com isso, podem vir a ter maiores oportunidades ao longo da vida, pois estão mais preparadas para a convivência social e para aos desafios que virão.

D

esde pequena teve um gostinho especial pela leitura. Gostava de se imaginar vivendo as mais inusitadas situações, e ainda gosta! Aos dez anos começou a escrever uma história em uma simples agendinha. Páginas e mais páginas sobre sereias, mundos mágicos, bruxas malvadas e criaturas místicas. Não acreditou quando, depois de muitos meses escrevendo apenas por diversão, viu que havia escrito um livro completo! Resolveu publicá-lo e o resultado foi incrível. Agora, aos 14 anos, já publicou três livros: «O Segredo das Sereias: O Portal Mágico», «O Segredo das Sereias: O Grande Resgate» e «A Magia dos Quatro Elementos: Novos Poderes». Simplesmente não consegue parar de escrever, é uma de suas paixões!

Além de escrever e ler muito, desde os seis anos de idade faz aulas de inglês, pratica natação e faz aulas de piano. Ama cantar e sempre que a ocasião surge se apresenta cantando e tocando piano em recitais da escola de piano e do seu colégio, tendo vídeos postados no YouTube! É convidada para participar de «Horas do Conto», palestras e outras atividades em diversas escolas, feiras do livro e livrarias, onde já recebeu homenagens junto com outros escritores riograndinos. Tem muitas amigas e amigos e ama compartilhar com eles seus desenhos e notícias sobre os seus livros. Todos adoram! No fim deste ano estará publicando mais um livro, a continuação da c o l e ç ã o « A M a g i a d o s Q u a t ro Elementos» e está se empenhando bastante para que fique demais!

YouTube: http://www.youtube.com/watch?v=A9x-e0iBZjc e http://www.youtube.com/watch?v=BJf-42EJBqo Palavras de busca: 'Ariane she wolf cover' e 'ariane someone like you cover'. Blog: http://amagiados4elementos.blogspot.com.br/ e http://osegredodassereias.blogspot.com.br/ 2010

2011

2012

ulus’s 11

Ariane Wilde, 14 anos, cursa o 8º ano do Ensino Fundamental no Colégio Marista São Francisco


Educação

Sandra Rodrigues Ongaratto Pedagoga, Psicopedagoga Clínica e Institucional e Especialista em Educação Especial

SÍNDROME DE DOWN E DESENVOLVIMENTO DAS HABILIDADES DE AUTONOMIA NA PRÁTICA PSICOPEDAGÓGICA

ulus’s 12

O

portador da Síndrome de Down possui uma imagem compartilhada por estudiosos, escritores e profissionais da área de educação: a imagem que retrata um indivíduo afetuoso, dócil, gentil e bemhumorado. Além disso, são vistos como portadores de dons especiais, capazes de desenvolver talentos específicos. Esta imagem foi, com certeza, um dos argumentos da minha paixão pelos estudos em Educação Especial e pela pesquisa sobre a Síndrome de Down. Portadores da Síndrome de Down apresentam as idades cronológica e funcional diferenciadas, como também alterações nas funções da linguagem, percepção e esquema psicomotor, entre outras. Porém, os PSD têm possibilidades de desenvolver habilidades básicas, visando adquirirem capacidade de autonomia, exercitando assim a autoestima e tornando-se indivíduos capazes e ativos no contexto social em que vivem. Minha prática na educação especial me possibilitou refletir sobre a importância de solicitar do PSD o máximo de seu potencial, pois só dessa forma é possível favorecer o seu desenvolvimento. À medida que realizamos as atividades que trabalham a cooperação, organização, movimentos, compreensão, autonomia; à medida que motivamos o desenvolvimento de atividades motoras como: pular, saltar, correr, recortar, colar, picotar, subir ou descer, estamos aí também, colaborando para o desenvolvimento social, afetivo e cognitivo. Desenvolvimento de hábitos e atitudes permitem o deter de informações. Porém, essas atividades devem acontecer de forma estruturada e constante. À medida que nós, profissionais e a família, trabalhamos com o PSD, não nos é permitido pensar em suas “incapacidades” e sim, desenvolver ao máximo suas habilidades. A experiência me fez perceber que, de fato, tudo à nossa volta pode ser argumento do “aprender”. O “mundo externo” nos permite possibilidades máximas de aprendizagens quando estas são aproveitadas de forma estruturada e com objetivos bem claros. É muito importante a busca na elaboração de atividades intencionalmente planejadas que agreguem à bagagem de conhecimentos que o PSD traz consigo, ou seja, que estas busquem possibilitar o avanço do desenvolvimento, sempre permeadas pelo seu contexto de vida .

No que diz respeito ao desenvolvimento da autonomia, a intervenção psicopedagógica deve ser pautada impreterivelmente na experiência de vida, na rotina diária, ou seja, em todo e qualquer aspecto inserido e inerente à vida do PSD. Acredito na eficiência do trabalho tendo como objetivo explorar ao máximo as possibilidades de aprendizagem, porém dentro do contexto daquilo que realmente é importante e utilitário na vida desse indivíduo. Penso que a autonomia do PSD seja constituída por um caminho um pouco mais complexo. Talvez uma autonomia revestida de significações diferenciadas, mas que tem como propósito desenvolver a autoestima, a busca da igualdade, de valores entre as pessoas. Acredito mesmo que a educação especial só é coerente quando sua prática é um constante “vencer desafios” ou, pelo menos, “dispor-se a enfrentá-los”. Alinhavando meus estudos com a vivência no trabalho de intervenção psicopedagógica, sempre procurei pensar na importância de revermos alguns conceitos sobre o PSD. O quanto é necessário estarmos dispostos e abertos para percebê-lo não como um ser diferente, mas como um indivíduo capaz e possuidor de vontades, sentimentos e inquietudes. No entanto, considero que trabalhar com educação especial é um desafio constante para nós profissionais, enquanto nos instiga a questionar e a refletir sobre nossas atitudes diárias, nos conscientizando de que habilidade é somente uma parte do todo.


as vantagens e as desvantagens da

consulta virtual

A

cybercondria tem sido um mal à saúde mundial. Aos sinais de qualquer anomalia física ou mental, muitas pessoas não pensam duas vezes e consultam o Dr. Google. Por outro lado, a rede não é tão vilã assim. Antes de tudo, pondere alguns pontos, pois os riscos de seguir orientações leigas em comunidades em grupos virtuais são enormes. Se, antes de procurar um profissional especializado, quer fazer uma consulta na net para colher maiores informações? Então, antes disso, tire suas dúvidas e aprenda a utilizar essa ferramenta da melhor maneira diante de qualquer diagnóstico duvidoso.

Fontes confiáveis Até mesmo no Google as pessoas podem obter informações confiáveis. São as chamadas fontes de pesquisas tecnocientíficas. Para encontrá-las use as versões acadêmicas de sites, como o www.scholar.google.com.br.

Seus direitos Outra dica é usar a rede para buscar informações sobre direitos do paciente. Em posse desse conhecimento, você saberá se está sendo bem atendida e poderá buscar uma segunda opinião médica do seu quadro clínico. Procure fontes legais como o novo código de ética médica e use comunidades específicas para pedir ajuda de especialistas.

Relação médico-paciente Aproprie-se do conhecimento adquirido para questionar melhor os médicos em suas consultas reais. O acesso ao significado de termos técnicos e até de protocolos de atendimento podem melhorar a relação médico-paciente. Uma vez que o médico entende as dúvidas e angústias do paciente, poderá diagnosticá-lo melhor.

Consultas reais Lembre-se que NADA substitui uma consulta real, com profissionais habilitados, como: médicos, dentistas, nutricionistas ou outros profissionais que estudaram, se formaram e se especializaram em suas áreas. Somente estes profissionais credenciados estão aptos a fazer um diagnóstico preciso, prestando informações confiáveis, além de poder prescrever uma medicação correta para cada caso.


Cultura

INTERCÂMBIO

Uma bagagem recheada de experiências!

Uma das maneiras mais eficientes de ter uma mente globalizada e cabeça aberta é viver a experiência de um intercâmbio, principalmente para os jovens que ainda possuem tempo livre para investir alguns meses ou anos fora do país. Diversas agências de turismo e intercâmbio oferecem programas de High School, cursos de idiomas e trabalho. Todos eles possuem suas vantagens e ajudam o jovem a amadurecer e aprender a lidar com os mais diferentes tipos de pessoas e situações. Ao morar fora do seu país de origem, o jovem aprende a ter responsabilidade sobre as suas próprias atitudes, percebe quais são os seus limites, como se relacionar com pessoas completamente desconhecidas e que falam outro idioma – o que torna a experiência um desafio ainda maior. Além disso, o jovem descobre quais são, realmente, os seus interesses e passa a se conhecer melhor. A capacidade de adaptação em um lugar com hábitos, cultura e costumes diferentes é um diferencial visto pelos profissionais de RH que buscam talentos no mercado. Normalmente, o profissional que fez um intercâmbio é flexível e tem uma visão geral do mundo, não se limitando a pensamentos convencionais. Então, quem está disposto a fazer um intercâmbio, deve vivenciar uma completa imersão em outra cultura. Deve estar disposto a sair da sua zona de conforto e explorar novas experiências de vida, de cultura e de trabalho. Se isso for feito, os resultados profissionais a curto e longo prazo serão muito positivos.

F

Isabela Neves Moraes

azer intercâmbio sempre esteve dentro dos meu planos, já que todos meus irmãos fizeram o mesmo. Então, eu nem tive muito tempo de parar e pensar se eu realmente queria, eu só fui. E foi a melhor coisa que eu fiz! Passei 11 meses maravilhosos no Canadá, mas independente do lugar, o que me marcou foram as pessoas com quem convivi e como aprendi a me virar... Chegar em um lugar desconhecido, com pessoas desconhecidas, uma cultura diferente e ninguém que fale sequer a mesma língua que tu, nem sempre é fácil, mas é uma superação. A família que me acolheu, se tornou a minha segunda família, que foram demais para mim, construí um grande laço com eles e a prova disso é que já estão de passagens compradas para o Brasil. Ter essa relação boa com a host family foi super bom porque eu me senti em casa e à vontade para ser quem realmente eu sou. Mas, para isso acontecer, temos que ir de cabeça aberta, para encarar o que vier. Acredito que o ano do meu intercâmbio tenha sido um ano de descobertas. Eu tive a oportunidade de me conhecer melhor e isso me fez muito bem. Além de eu ter vivido inúmeras experiências únicas, que vão ficar marcadas para sempre, com pessoas que conheci lá e que, em pouco tempo, se tornaram tão importantes para mim. Senti muita falta de casa, mas faz parte e faz bem. Aprendi a dar mais valor ao que eu tenho e ao que meus pais me proporcionaram e continuam me proporcionando. Nesses 11 meses aprendi a respeitar todo e qualquer tipo de opinião, aprendi a não julgar sem antes conhecer, aprendi a não dar tanto valor ao que os outros pensam e, o mais importante, aprendi a ser mais humana, capaz de enxergar além do superficial. E isso não tem preço! É difícil descrever o que passei lá, mas com toda certeza eu afirmo de que foi incrível e não me arrependi de nada, por isso recomendo essa experiência que vai muito além de turismo.

Integração total: peruana, chilena, brasileira e italiana visitando a Holanda!


M

Mariana Braga

eu nome é Mariana, tenho 17 anos e fiz intercâmbio de um ano para Washington, DC, nos Estados Unidos. Palavras faltam na hora de tentar descrever o intercâmbio. A experiência de ficar um ano fora de casa, longe da família e dos amigos, fez com que eu amadurecesse em vários aspectos. Morar numa cidade grande foi muito bom pra mim, pois fiz muitos passeios e me tornei uma pessoa mais independente. Nem sempre é fácil adaptar-se com uma nova escola, nova família e novos amigos, mas não tive problemas nesse aspecto e a língua também não foi problema, pois já havia estudado inglês por 9 anos. Minha maior dificuldade foi a saudade de casa. Foi complicado ficar longe da minha família e dos meus amigos, mas minha família hospedeira sempre esteve ao meu lado e me ajudou muito quando eu precisei. Todos os momentos difíceis que qualquer intercambista passa no seu novo país, muitas vezes trazem muitos benefícios. Nós nos tornamos mais fortes. Digo, com certeza, de que foi uma das melhores experiências da minha vida e faria tudo de novo, se pudesse. Nenhum momento de dificuldade foi ruim o bastante para abafar tudo de bom que eu passei em DC. Valeu a pena cada segundo!

D

ecidir fazer um intercâmbio cultural não foi uma escolha difícil para mim, pois desde muito cedo sempre foi algo que quis fazer. A paixão pela língua francesa foi um dos critérios para a escolha do país e eu acabei indo para a região sul da Bélgica, conhecida como Valônia. A minha família hospedeira sempre foi muito acolhedora e me ajudou muito. A distância dos amigos e da família, a barreira linguística, o choque de culturas e o se sentir 'diferente' são as dificuldades que quase todo intercambista encontra pela frente, mas acaba que tudo vale a pena! Após alguns meses, me peguei falando francês fluentemente e participando como uma belga durante as aulas, e isso é muito recompensador. Apesar de ter ido para a Bélgica, acabei conhecendo um pouquinho de cada canto do mundo com os outros intercambistas: tinha desde amigos americanos até indonésios. Enfim, tenho certeza que apesar de algumas dificuldades, foi uma experiência incrível que me fez crescer muito. Hoje o que fica é a saudade!

Letícia Leite visitando Veneza, em uma das viagens durante o intercâmbio.


Fitness

Paulo Renato Ferreira Martins Filho Instrutor de Academia e Personal Trainer Especialista em Exercício Físico Aplicado e Reabilitação Cardíaca e Grupos Especiais - Universidade Gama Filho Especializando em Exercícios Aplicados a Doença e Lesões Músculo-esqueléticas - Universidade Gama Filho

Uma aula divertida onde você gasta muitas calorias! Conheça agora a nova febre das academias:

ulus’s 16

U

ma aula que imita movimentos do dia a dia e do esporte através de exercícios funcionais realizados em forma de circuito, aonde o gasto calórico é alto e o indivíduo trabalha sua resistência, equilíbrio, consciência corporal e força através do ritmo da música, desafiando o seu corpo e a sua mente. Cada estação pode ser realizada individualmente, em dupla ou grupos, sendo por tempo ou repetições. Tudo depende do material utilizado e da criatividade e conhecimento do professor. Inovadora e desafiadora, é uma aula diferente a cada dia, onde o grande intuito é não deixar ninguém parado. Homens, mulheres, jovens ou idosos podem fazer, desde que sejam respeitas as limitações de cada um, e é importante a orientação e o cuidado do profissional. No Circuito Funcional, os exercícios realizados exigem movimentos do corpo todo e as aulas duram em torno de 45 minutos. Com a promessa de resultados rápidos e satisfatórios, esta modalidade de exercício físico veio para ficar. Para começar, deixe a preguiça de lado, informe-se qual academia oferece e entre em forma para o verão!

Benefícios:

Circuito Funcional - Emagrecimento. - Definição muscular. - Melhora de condicionamento. - Aumento de força. - Equilíbrio muscular. - Desenvolvimento de consciência e controle corporal. - Melhora de postura.

HÁBITOS SAUDÁVEIS 1.

Comece o dia bebendo um copo de água, em temperatura ambiente, em jejum. A indicação é para combater a prisão de ventre e desintoxicar.

2. Evite comer rápido e beber muito líquido durante as refeições, do contrário, você favorece a fermentação dos alimentos. 3. Preserve o sono. Noites maldormidas aumentam o apetite e interferem na produção do hormônio cortisol, que em níveis elevados, faz o organismo estocar gordura. 4. Cuide da postura. Ombros abertos e coluna ereta fazem com que você pareça mais alta e magra. Procure manter o abdômen contraído para fortalecer a musculatura. 5. Durante as refeições prefira uma música suave. A televisão ligada ou o uso do celular distraem e, sem perceber, você consome quantidades maiores de alimento e acaba engolindo o alimento sem mastigar direito.


Nutrição

Aliado a exercícios físicos e a uma dieta balanceada, existem alguns alimentos que podem auxiliar na construção da badalada:

dica de Lulu’s

N

ão importa o que você faça que a barriguinha sem vergonha continua lá? Nada de desespero, essa teimosa tem solução! S a i ba q u e m u d a n ç a s simples de hábitos e na alimentação podem fazer toda a diferença na conquista de um abdômen reto e lisinho. Entre os maiores inimigos estão as comidas que fermentam e deixam você estufada, então consuma com cautela os carboidratos refinados

(açúcar e farinha branca), cerveja e bebidas gasosas. Alimentos como feijão, re p o l h o , c o u v e - fl o r o u outros grãos também podem causar inchaço, bem como o consumo de produtos com muito sódio, que fazem o corpo reter líquido em excesso. Por outro lado, consumir alimentos ricos em fibras e água, como frutas, folhas, legumes e cereais integrais, para estimular o bom funcionamento do intestino, é uma boa.

ulus’s 17

Barriga Negativa

ALIADOS NA ALIMENTAÇÃO SEMENTE DE CHIA - rica em proteína, a chia acelera o metabolismo e facilita a queima de gordura abdominal, pois concentra fibras solúveis e também diminui a fome. Use com iogurtes, sucos ou nas saladas. TEMPEROS - com ação termogênica, especiarias como: canela, gengibre, pimenta e mostarda elevam a temperatura do organismo, acelerando o metabolismo em até 20%. As pimentas contém capsaicina (que dá o sabor picante) e ajudam a controlar o desejo por doces. Use para realçar os sabores das carnes, refogados e molhos de salada. AZEITE EXTRA VIRGEM - reduz a inflamação das células facilitando a perda de peso. Também retarda a velocidade com que os carboidratos da refeição são digeridos, diminuindo a liberação da insulina, o que evita estoques de gordura. Use e abuse! PROBIÓTICOS - iogurtes e leites fermentados probióticos contribuem para o bom funcionamento do intestino. Prefira as versões desnatadas e sem açúcar. FRUTAS VERMELHAS - a antocianina (que dá cor a esses alimentos), tem função antioxidante que ajuda na queima da gordura abdominal. Consuma: morango, jabuticaba, uva, amora, açaí e framboesa. ABACATE - combate o aumento de células gordurosas entre os órgãos abdominais. Contém glutationa, substância que contribui para equilibrar os níveis de cortisol (hormônio do stress, que emperra a dieta). ÓLEO DE COCO - melhora o funcionamento da glândula tireóide, acelera o metabolismo e queima gordura. Suas substâncias antioxidantes e antiinflamatórias é que se encarregam de secar o abdômen. VINAGRE - o ácido acético é polivalente: evita picos de insulina no sangue e inibe o apetite. O vinagre de maçã ainda tem ação diurética e elimina toxinas. CHÁS VERDE E BRANCO - extraídos da planta Camellia Sinensis, são ricos em catequinas - polifenóis que aceleram o metabolismo e a queima de gordura. Ainda reduzem o açúcar no sangue e estimulam o intestino. Consuma de 3 a 5 xícaras por dia.

O cuidado com a pele é tão importante quanto a escolha do profissional.

Dermatologia Clínica, Cirúrgica e Cosmética

realizados por profissionais experientes e qualificados em suas áreas de atuação.

CLÍNICA DERMATOLÓGICA DRA. MARINA VALÉRIO Dra. Marina Valério (CREMERS 11700) possui título de médica especialista pela AMB e pela SBD.

Gen. Bacelar, 378 sala 302 | Tel/Fax: 53 3232.1933 | www.marinavalerio.dermatosbd.org.br | marinavalerio.dermato@gmail.com


Vera Oriente

Fotos: Natália Sauer | Modelo: Luiza Teixeira

Ateliê de Costura


Tendência

tá na moda

ser blogueira!

Confira agora que nem toda blogueira fala de moda, unhas e maquiagens. Também temos Lulus blogueiras que falam de assuntos do cotidano, como maternidade! Além do mundo virtual habita o mundo real, base de tudo. Nele, vivenciamos experiências únicas e maravilhosas que podem e devem ser divididas com outras pessoas que também passam pelas mesmas coisas. Pensando assim, nasceu o Blog Mamãe em Construção, de Sabrina Donatti Bruno, 29 anos, nascida e criada em Rio Grande, formada em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco e que, depois da gravidez, começou a trabalhar com personalização e criação de lembrancinhas e blog. É casada há 6 anos com Daniel Vieira Bruno e é mãe da Maria Luísa, de 1 ano e 5 meses.

ulus’s 20

D

esde que eu me conheço por gente eu sempre quis ser mãe, algumas vezes eu nem pensava em casar e tudo mais, mas eu sabia que queria ser mãe. Não sei se esse meu jeito era influenciado por ter sido criada apenas pela minha mãe e minha avó, mas o lado materno sempre aflorou em mim. A maternidade veio bem programada, meu marido até queria que tivéssemos sido pais antes, mas eu queria terminar a faculdade e começar a trabalhar. Mas a gente descobre na vida que algumas coisas conseguimos programar exatamente e outras são como Deus acha que será melhor pra gente. Eu já estava sem tomar o anticoncepcional desde fevereiro para poder emagrecer pra formatura, pois sempre incho tomando essa medicação. Minha formatura foi em julho e depois começamos a nos programar para começar as tentativas de um baby. Enquanto estava procurando um g i n e c o l o g i s t a / o b s te t r a pa r a m e consultar, descobri que estava grávida. Foi um susto ter acontecido tão rápido, pois sempre achei que fosse demorar um pouco, como acontece com a maioria.

Foto: Viviane Ricardo

Mas para mim, ao mesmo tempo que era a maior felicidade era a maior loucura, pois no final do ano estaríamos nos mudando para o Rio de Janeiro para ficar apenas um ano e teria que encontrar uma médica, maternidade e tudo mais em pouco tempo, pois em maio a pequena estaria chegando. Conseguimos fazer tudo e ela nasceu super saudável e linda no dia 12 de maio de 2012, véspera do dia das mães. Só que com a mudança pro Rio e eu já estando grávida, não consegui trabalhar e me tornei mãe exclusivamente, já era o plano anterior ter o bebê nesse ano, que eu chamava de vácuo para mim em quesito trabalho, pois como ficaríamos apenas um ano não teria como ter um vínculo empregatício. Mas, sempre tinha na minha cabeça que no ano seguinte retomaria meus estudos e começaria a trabalhar.

Quando chegamos em Cachoeira do Sul a Maria Luísa já estava com oito meses e logo começamos a procurar escolinha, pois nunca fui adepta a babá. Quando a Malu já estava com nove para dez meses começou na escola, ela se adaptou super bem, não tive problema com choros, manhas ou birras. Porém a saúde dela é que não se adaptou nem a escola e nem ao clima da cidade, todos os meses estávamos nós na pediatra com a Maria Luísa gripada, com tosse, com muita secreção. Em maio, antes do aniversário dela, precisou tomar pela primeira vez antibiótico e em julho ficou tão mal que a médica, ao receitar o antibiótico, receitou também que eu a retirasse da escola. Como eu ficava em casa estudando para concurso e fazendo meu trabalho de personalização de festas, optamos por deixar a Malu em casa. Teria auxílio da minha diarista durante 3 dias da semana cuidando um pouco da casa e cuidando um pouco da Malu enquanto eu precisasse sair, mas nos outros dias seria só comigo. Só que com essa opção minha vida profissional também teria que esperar e com isso surgiu o blog. O blog Mamãe em Construção nasceu dessa minha vontade doida de precisar estar ocupada e de contar um pouco o que acontece comigo tentando ajudar outras mamães. Pois, mesmo antes de engravidar eu já adorava falar de maternidade e passar o que eu descobria com as amigas para outras amigas e, depois que engravidei, aí o negócio só foi aumentando.


Tendência

it girls

blogueiras de atitude!

M

ais do que cores e estampas, o que parece estar invadindo o mundo da moda são as dicas das blogueiras. Criar um blog - e dar dicas sobre tudo - é a mais nova tendência aqui no Brasil e no mundo. Em Rio Grande e nas cidades vizinhas não poderia ser diferente! Por isso, vamos apresentar aqui algumas blogueiras que também podem ser chamadas It Girls, um termo usado para se referir a jovens meninas que criam visuais que acabam virando tendência. Mais do que isso, o legal mesmo é ser referência para muitas Lulu’s, divulgando várias coisas como: eventos, dicas e tendências de moda, maquiagem, cabelos, unhas e estilo de vida, dividindo experiências e muito mais! Conheça agora algumas blogueiras que A-D-O-R-A-M fazer parte desse grupo e que vão nos contar o que fazem para estarem sempre atualizadas e ligadas em tudo o que acontece ao seu redor!

P

ara Amanda, ser uma It Girl é saber muito sobre moda e ser ousada a ponto de brincar com os estilos sem perder a própria identidade. Utiliza o blog como uma ferramenta para mostrar aos outros que moda e arquitetura se completam e tem como inspiração para as suas postagens: sites de revistas de decoração e Casa Vogue. «Acredito que para um blog dar certo, primeiramente ele tem que falar de algum assunto específico e a blogueira também deve dominar os assuntos que aborda nas postagens.»

ulus’s 22

facebook: https://www.facebook.com/amanda.garibaldi.9 blog: http://amandagaribaldi.com/

O

blog foi criado para uma disciplina da faculdade e diante do numero de acessos, pareceu uma boa idéia continuar. Marina tem como foco dividir informações sobre moda e estilo no seu blog e, sempre que possível, articular moda e relações internacionais. “A it girl se sente confortável com o seu jeito de ser. É essencial ter informação sobre a moda e saber o que «cai bem» em você. Mas, com certeza, é uma atitude e vai muito além de se vestir conforme as tendências do momento.» facebook:https://www.facebook.com/marina.hammesdecarvalho blog: http://www.marinahdec.blogspot.com.br/

C

arine Martins é blogueira desde Junho de 2013. Para ela ser uma It Girl é despertar o interessa da leitora, mostrando que existe uma forma original e simples de agir, de pensar e, também, de se vestir. A dica que Carine dá para que um blog obtenha sucesso é ter humildade acima de tudo e diz, ainda, que o objetivo é estimular as pessoas para que se sintam mais alegres e com maior autoestima. «O que me estimulou foi querer fazer algo que expressasse o que eu sentia, falar de assuntos do universo feminino para as leitoras, passar para elas o quanto é bom fazer algo que gosta." facebook: https://www.facebook.com/carinegoularte Blog: virtuosacorderosa.blogspot.com


L

etícia é uma apaixonada por moda que resolveu compartilhar essa paixão através de um blog. Costumava acompanhar outros sites de moda até que, por incentivo das amigas, resolveu criar o seu próprio espaço para dar dicas. E deu certo! Faz um ano e meio que o blog está no ar e continua recebendo um grande numero de acessos. Letícia diz ainda que, em breve, pretende fechar parcerias com lojas e que o segredo para ter um blog de sucesso é ser natural e amável. «Acho que meu blog só "dá certo" porque não o faço por obrigação, faço porque gosto de verdade de moda e isso se torna um passatempo agradável e delicioso!" facebook: https://www.facebook.com/leticia.matozo blog:www.chadascincoporleticia.blogspot.com

T

anara, além de estudante de Jornalismo, divide o seu tempo entre a faculdade, a profissão de designer gráfico e a manutenção do seu blog. A inspiração para criar o diário online nasceu da vontade de ajudar as pessoas nas mais diversas situações. O resultado já completa dois anos de existência e, além de ser um hobby para Tanara, tornou-se um negócio financeiramente interessante. Afirma que um de seus métodos para que o blog se mantenha sempre acessado é responder a todos os recados e aos e-mails dos frequentadores da página, além de investir em parcerias e publicidade.

Facebook:https://www.facebook.com/TanaraHormain Blog: http://www.tatashhormain.com/

A

na começou no mundo da moda virtual lançando vídeos com dicas de maquiagem para outras meninas. A idéia deu certo e então veio a inspiração para criar um blog, onde as dicas seriam mais detalhadas através da escrita. Para Ana, um blog para ter sucesso precisa ser divertido e ter um diferencial. "Nunca pensei em ganhar dinheiro com o blog. É mais uma diversão mesmo, uma oportunidade de fazer novos amigos e ensinar o que eu sei para os outros. Claro que se vier dinheiro é bem vindo (risos)!" facebook: https://www.facebook.com/anaapaulacarrera blog:http://belezaderica.blogspot.com.br

B

rendha é tecnica em automação industrial e atualmente divide seu tempo entre duas faculdades, um projeto de inclusão digital e o blog. Juntamente com outra amiga, lançam idéias e opiniões sem pretensões. Acredita que é exatamente isso que faz com que o blog seja um sucesso: um espaço com total liberdade aonde o visitante encontra "dicas" e não "regras" sobre moda. «Não estou no blog para ditar regras. Apenas dou minhas opiniões podendo elas serem aceitas ou não. Junto com a Mari, a outra blogueira do Fora da Gaiola, busco deixar as ideias soltas, sem repressão, sem amarras ou grades." facebook: https://www.facebook.com/brendha.arrieche Blog:http://www.foradagaiola.com/

ulus’s 23

«Minha inspiração é minha amigona e maquiadora Jéssica Lopes mas, não pela função que ela exerce e sim pela forma como ela faz."


Reportagem

Andrelise Santorum Acadêmica de História Bacharelado na FURG, com atuação na área jornalística.

DO LIXO AO LUXO

H

ulus’s 24

á algum tempo, as discussões referentes ao meio ambiente – esse lugar que nós, brasileiros, amamos contemplar, mas morremos de preguiça de cuidar – vem ganhando destaque dentro da sociedade brasileira. Por isso, nada mais digno que nós, Lulu's, também abracemos o ambientalismo, já que agora além de uma causa nobre, ele virou também uma causa fashion. Para nos ensinar um pouco mais sobre o que é este tão falado “ser ecologicamente correto”, conversamos com Miriam Balestro Floriano, Secretária do Meio Ambiente na cidade de Rio Grande: “Uma pessoa ecologicamente equilibrada, é aquela que convive com o meio ambiente de uma maneira harmônica e integrada. A ideia de que o meio ambiente é intocável e o homem é um ser à parte, é superada até do ponto de vista da proteção. Ser ecologicamente correto é ter consciência da finitude dos recursos naturais e ajudar a preservar esses recursos para as gerações presentes e futuras, tendo consciência de coletividade e, mais do que isso, tendo um relacionamento com o meio ambiente e com as pessoas de uma maneira harmoniosa. O meio ambiente abarca todas as formas de vida, sendo o dever de preservação tanto do poder público quanto da coletividade em geral. O cuidado ambiental é uma responsabilidade compartilhada. Quando nós tivermos essa noção e fizermos a nossa parte, aí vamos nos relacionar com o ambiente de uma maneira equilibrada para, finalmente, sermos pessoas ecologicamente corretas”. declara Miriam.

O Desafio de Consumir Conscientemente Para que haja uma conscientização geral, com relação ao meio ambiente e considerando os enormes avanços na sociedade atual, a Secretária nos diz que falta revisar o modelo de desenvolvimento que está sendo seguido até o presente momento, visto que este não é um problema só do Brasil ou de Rio Grande, é um problema mundial urgente. “Com o modelo que foi praticado até agora, brevemente poderá acontecer um esgotamento de todos os recursos naturais que são finitos. Nós temos que rever o modelo de desenvolvimento justamente na questão do capital consumo. Precisamos passar para a etapa do consumo consciente e nos perguntarmos que mundo vamos deixar para os nossos filhos, se eles poderão ter

uma vida saudável no futuro ou até poder tomar um banho de mar.

Educação Ambiental Miriam ainda declara que não é apenas isso, fazendo um alerta para a importância da Educação Ambiental: «A educação ambiental passa pela educação escolar, e familiar. Este é o trabalho de conscientização! Eu quero que a geração de 2050 nos agradeça, pois até lá o mundo não aguenta esse modelo de desenvolvimento. É muito importante a compreensão de que os limites ambientais independem das fronteiras geográficas traçadas pelos países. O sistema ambiental mundial é único. Está tudo interligado, daí a grandiosidade da matéria ambiental. Esta é uma questão muito séria a ser enfrentada pela humanidade. O interesse individual de poucas pessoas físicas ou jurídicas não pode sobreporse ao interesse coletivo de preservação ambiental."

Esclarecendo Alguns Conceitos Talvez a origem da inconsciência das pessoas seja a falta de conhecimento. A partir disso, Miriam nos dá um maior esclarecimento sobre alguns conceitos: LIXO ORGÂNICO: “Aquele que rapidamente se degrada, mas ainda tem nutrientes como, por exemplo, as cascas de frutas e os resíduos de alimentos não contaminados. Algumas pessoas chamam de lixo sujo, mas não usaria essa denominação porque ele pode ser reaproveitado em compostagens ou adubos e não tem uma característica poluente.”


LIXO INORGÂNICO: “Aqui sim, podemos usar o conceito de lixo limpo. É importante a limpeza antes de descartar, ou seja, lavar antes de jogar fora. Uma caixa de leite, um pote de iogurte, por exemplo. Já uma fralda suja, o papel higiênico ou um guardanapo usado, não são lixo orgânico e nem inorgânico, são contaminados e não podem ser reciclados”.

compartilhada. Não adianta só um fazer a sua parte, a comunidade tem que se conscientizar que a cidade também é a nossa casa.” Miriam ainda comenta sobre os projetos do município para a resolução desses problemas, como: a implementação de disciplinas ambientais nas escolas; salas verdes do município; visitas guiadas nas unidades de conservação; incentivo ao ecoturismo; entre outros.

A Coleta Seletiva Foi criado em Rio Grande um programa para a implantação da coleta seletiva, chamado “RIO GRANDE MAIS: COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA”, Ela informa sobre a importância para o desenvolvimento sustentável da nossa cidade:

Miriam reforça a importância de reciclar adequadamente, cuidando também da questão da poluição ambiental: “A grande importância da reciclagem se dá devido ao aumento da produção de resíduos sólidos, o que preocupa muito as Nações Unidas. Isso tem origem no crescimento desordenado dos centros urbanos, fruto dos atuais padrões de consumo das cidades".

Miriam Balestro Floriano é membro do Ministério Público do Rio Grande do Sul, atualmente licenciada para a Secretaria de Município do Meio Ambiente do Rio Grande. Graduada em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos com Mestrado em Sociologia Jurídica y Instituciones Políticas pela Universidad de Zaragoza.

Os catadores de lixo “Eles têm uma função primordial no nosso município. O trabalho desenvolvido é a separação do lixo e a venda do lixo passível de reciclagem. Isso tem uma finalidade ambiental imensurável, além da própria finalidade social, pois é a fonte de renda dos catadores. Então, o papel deles na política nacional de resíduos sólidos é fundamental em relação ao cuidado com o nosso meio ambiente”, declara Miriam.

Um alerta para Rio Grande A Secretária do Meio Ambiente encerra esta matéria fazendo um alerta para a população de Rio Grande, com relação aos focos de lixo da cidade. Segundo ela, este é um dos principais desafios a serem enfrentados, pois quanto maior é a população, maior é a produção de lixo: “Nós temos um problema aqui em Rio Grande bem sério que relaciona-se aos focos de lixo na cidade. A Prefeitura limpa o local e, no outro dia, já está cheio de lixo de novo. Aqui entra a questão da responsabilidade

Papel

Plástico

Metal

Vidro

Papel, revistas, jornais e caixas em geral (sem metal na sua composição, como as caixas de leite ou pizza)

Produtos descartáveis, embalagens de plástico, sacos e garrafas pet.

Latas de alumínio, tampas de garrafas e materiais de aço em geral.

Garrafas, frascos de vidro e materiais de vidro, em geral.

Ainda há tempo Lulu's! Vamos ajudar fazendo a nossa parte, pois não existe nada mais luxuoso do que cuidar do mundo em que vivemos. Informe-se sobre a separação do lixo e sobre a reciclagem, bem como os horários em que o caminhão passa em sua rua. Comece a fazer a sua parte, separando o lixo, entregando-o adequadamente (não é legal separar o lixo e entregar o lixo limpo sem lavar antes) para as pessoas que vivem da atividade de reciclagem. Os catadores e separadores do lixo merecem o seu respeito!

ulus’s 25

“A partir de março de 2013 a Prefeitura Municipal instituiu um grupo de trabalho para tratar de questões referentes à coleta seletiva. O objetivo é implementarmos em Rio Grande à coleta seletiva, a partir de uma visão sistêmica, valorizando o trabalho dos catadores de lixo. A Política Nacional de Resíduos Sólidos possui como figura central os serviços prestados pelos catadores. A coleta seletiva deve ser permeada pela educação ambiental, no momento da separação até a destinação final deste tipo de resíduo. "


Legislação

POR DENTRO DA Enio Fernandes Júnior Advogado e Professor Universitário

lei

Você já ouviu falar em Logística Reversa?

ulus’s 26

S

e ainda não, é preciso conhecer do que se trata para uma mudança comportamental urgente e necessária. A questão dos resíduos pós-consumo guarda problemas muito maiores e mais preocupantes e que, muitas vezes, não nos damos conta. Em uma evolução histórica e social é possível dizer que vivemos em uma era pós-moderna o que nos traz elementos interessantes à compreensão dos problemas sócio-ambientais no mundo contemporâneo e, de maneira mais pontual, nos possibilita a discussão do quanto o processo educacional, lato sensu, nos fornece condições de moldar a práxis exatamente nesse interesse da proteção de um bem maior (meio ambiente) conduzindo, nesse agir, à uma postura de abstenção da agressão e, inevitável essa, ter-se presente reais condições mitigatórias e compensatórias dos danos ambientais. Uma análise de larga escala, é possível verificar que vários são os

fatores agressivos à preservação do meio ambiente, tais como poluição do ar, poluição hídrica e, ainda, aquilo que todos nós produzimos: resíduos sólidos. O lixões e aterros não dão mais conta desse acumulo de lixo produzido que cresce na proporção de 2% ao ano, na média, nos países com taxa de consumo médio. No Brasil, esse cenário não é muito diferente. Estamos inseridos numa construção de uma sociedade de consumo pós-moderna e, portanto, somos integrantes de um coletivo humano que gera elevados índices de produção de lixo doméstico ao ano e muito pouco reciclamos do que produzimos e, quando reciclamos, o custo dessa reciclagem torna, muitas vezes, a própria atividade de reciclagem impensável em termos econômicos. Basta ver o que se gera de lixo sólido ao consumir alimentos, por exemplo, em um fast-food ou ainda, ao descartar um simples remédio ou um celular que não nos serve mais. Uma televisão

de LED, tem uma vida útil em torno de 60.000 horas, o que aproximadamente, em uso normal, chega a 15 anos. Um notebook, por seu turno, tem uma vida útil de aproximadamente 5 anos. Se levarmos em consideração ainda a perda da tecnologia, em vista de que inovações fazem com que esses produtos tornem-se obsoletos, temos uma produção de lixo doméstico, reciclável, à toda evidência, que esgota nossa capacidade de acúmulo de lixo. Em razão disso há a logística reversa, através da qual os dejetos ou rejeitos podem ser recolhidos para, reaproveitados, voltar à servir de alguma forma. É isso que ocorre com o descarte das pilhas ou o lixo limpo que produzimos todos os dias para os quais precisamos ter a consciência justamente da importância de nosso papel nessa mitigação dos danos ambientais. Pense nisso, contribua decisivamente para um sistema de logística reversa efetiva. Separe o lixo que produz. O meio ambiente agradece. Nosso filhos e netos também.

Nós produzimos muito lixo. Destes, muitos são passíveis de reciclagem, porém alguns não. Ao contrário do que pensamos, muitas das coisas que descartamos e que se enquadram em «lixo limpo», não podem ser recicladas, como embalagens metalizadas de café e salgadinho, a caixinha do leite, a da pizza, espuma e isopor, louças e clipes, por exemplo. Confira quais itens podem ser ou não recicláveis no link: http://www.sindiconet.com.br/6857/Informese/ Coleta-Seletiva/Lista-de-materiais-reciclaveis-e-naoreciclaveis

Sinta a natureza e preserve o meio ambiente, utilize meios de transporte ecologicamente corretos. A ZERO CO2 trabalha pensando nisso, oferece a você uma linha completa de bicicletas elétricas e convencionais, além de skate, long, carve, patinete, triciclo, roller, patins e muito mais !

Av. Rio Grande, 401 loja 102 - Cassino - Rio Grande - RS Fone (53)3236.4444 / e-mail: comercial@zerocodois.com.br


Carreira

D

do próprio nariz!

A

s mulheres desbravaram caminhos numa área que, até há pouco tempo, era quase que exclusiva dos homens. Hoje, o comércio de imóveis faz sucesso nas mãos das mulheres, talvez em função da sua natureza mais sensível, perceptiva e observadora sempre atenta aos muitos detalhes. O comércio de imóveis não é uma venda simples, pois envolve patrimônio e a história de cada um. Sabemos que são as mulheres que escolhem, são elas que decidem qual a casa ou apartamento irão comprar e os homens, os seus companheiros, quase sempre são os coadjuvantes nesse processo. Geralmente as mulheres que atuam nessa área são mulheres empreendedoras, que exercem a sua profissão com alegria e entusiasmo e este é o grande diferencial. Aqui, como no resto do Brasil, há um grande número de trabalhadoras que também movimentam o mercado imobiliário e de investimentos. Em pesquisa realizada com investidoras de classe média alta, realizada neste ano pela consultoria paulista Quorum Brasil, foi analisado que as mulheres, quando buscam investir, apresentam o comportamento descrito ao lado.

O QUE ELAS QUEREM? IMÓVEIS em 2012 - 1 em cada 5 mulheres desejava um imóvel em 2013 - Essa proporção subiu para 1 em cada 3 investidoras.

POUPANÇA em 2012 - 2 em cada 3 mulheres queriam investir na caderneta em 2013 - Essa proporção caiu para 1 em cada 2 investidoras.

Qual a preferência do PRIMEIRO INVESTIMENTO? 63% em imóveis 34% em previdência privada 19% em ações O que buscam quando querem SEGURANÇA? 73% em poupança 46% em imóveis 21% em previdência privada Onde investem quando querem RENTABILIDADE? 54% em imóveis 37% em poupança 11% em previdência privada


Saúde

Sabrina Ribes Zibetti Nutricionista - CRN2 9991 Especialização em Nutrição Esportiva

Q

28

uerer um corpo perfeito e/ou saudável aumenta a procura por academias, atendimento nutricional e também às lojas de suplementação. Com o objetivo de atingir os padrões estéticos, as pessoas escolhem alternativas que, nem sempre, serão aliadas também na promoção de saúde. Ex.: as dietas radicais, de exclusão e o aumento do consumo de suplementação que, ás vezes, não traz um bom resultado. Indicações para obter resultados desejados em nutrição esportiva Uma dieta equilibrada em nutrientes, alimentos de qualidade e quantidades adequadas, fracionadas ao longo do dia e com atenção especial nas refeições pré e pós exercícios físicos. Os suplementos nutricionais podem ser aliados para complementar a deficiência de algum nutriente, potencializar uma mudança estética e, em alguns casos, melhorar o desempenho no exercício. Citamos:

Whey protein (soro do leite), caseína e albumina – proteicos que auxiliam na promoção e potencialização do ganho de massa muscular. Complementam a quantidade de proteína da dieta (vegetarianos) e, associados a outros alimentos, substituem refeições. Maltodextrina e dextrose – fonte de carboidrato utilizados antes, durante e após o treinamento.

Suplementos ou alimentos?

Hipercalóricos (mass) – com carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais, podem apresentar gorduras e fibras. Auxiliam nas dietas para o ganho de massa muscular, complementam as necessidades de nutrientes em dietas hipercalóricas. Opção prática para lanches fora de casa. Associam-se com leite, fruta, whey protein, linhaça ou chia e cereais como aveia ou quinua. Cafeína – é estimulante, nos deixa atentos, agitados, é diurética e, no caso dos esportes, parece aumentar o rendimento e uso de gorduras corporais como fonte de energia para o exercício. Atenção: no mercado são encontradas versões de suplementos q u e p o s s u e m e s t i m u l a n te s n ã o permitidos para o consumo, não seguros e que podem causar danos à saúde, como alguns termogênicos e pré-treinos. O uso de alguns suplementos pode piorar o quadro de pessoas com: diabetes, alterações na glicose sanguínea, refluxo, gastrite, úlcera gástrica, anemia, insônia, ansiedade, problemas renais, hipertensos, cardíacos. Os praticantes de exercícios físicos necessitam consumir suplementos?

Não, depende do objetivo, mas podem ser associado à dieta para complementar ou potencializador os resultados. Há resultado só com a alimentação tradicional e os exercícios regulares?

Sim, os profissionais de nutrição encontram estratégias nutricionais aliadas à rotina de exercícios para promover mudanças na composição corporal.

Refeição pré-treino Vitamina: leite, fruta, cereal (aveia, quinua, granola). Sanduíche de pão integral, uma proteína magra (queijo ricota, cottage, minas frescal light ou frango ou atum ou ovo cozido ou omelete) e vegetais. Shake suplemento whey protein, aveia, maltodextrina; Suco de fruta natural, pão integral, proteína magra; Batata doce e ovo (ovo inteiro ou claras cozidas); Iogurte, granola e fruta.

Refeição pós-treino Imediatamente após, shake de whey protein e dextroxe/maltodextrina e, m a i s t a rd e , u m a n o va re f e i ç ã o . Vitamina: leite, fruta e whey protein ou água, fruta e whey protein; Sanduíche com proteína magra; Arroz ou massa ou batata acompanhado de proteína magra (ex.: carne magra grelhada ou omelete); Receitas com whey protein, ovos e uma fonte de carboidrato. É importante ressaltar que a refeição pré ou pós treino pode ser composta pelos alimentos citados acima, mas as quantidades irão variar de acordo com o objetivo individual. Logo, seguir a mesma alimentação de um colega pode estar favorecendo ou prejudicando o seu resultado. O ideal é que cada


Ginecologista e Obstetra CRM 33583

O

s exames de rotina são fundamentais para prevenir, tratar e acompanhar de forma correta e eficaz, possíveis doenças que possam surgir durante a vida da mulher e consequentes transformações de seu corpo e metabolismo. É impor tante conhecer e entender o que é fisiológico e patológico, ficando atenta a essas mudanças em todas as idades.

Consulta Ginecológica É realizado um raciocínio clínico que junta o resultado de exames, queixas da paciente, hábitos de vida, relacionamentos, exame físico e outras doenças existentes.

Exames de rotina Mesmo não sentindo nada, exames devem ser feitos anualmente, após o início da vida sexual. Quando menina, é importante realizar ao menos uma avaliação clínica e acompanhamento dos sinais de puberdade, primeira menstruação, descobrimento das características físicas e sexuais. Através dos exames, pode-se obter a confirmação de alguma suspeita clínica ou o diagnóstico precoce de doenças que ainda não manifestaram sintomas.

Papanicolau Feito, pelo menos, a cada 2 anos, é um dos exames mais importantes para prevenção de câncer de colo do útero. No procedimento, células do colo do útero são coletadas e enviadas para análise, identificando se há lesões pré-

Sandra Saggiomo

saúde!

cancerígenas ou associadas à presença do vírus HPV. Este vírus tem transmissão sexual e está relacionado com o surgimento de câncer de colo uterino e verrugas genitais, sendo que, muitas vezes, a mulher não tem nenhum sintoma relacionado com sua presença.

Mamografia Deve ser realizada uma vez ao ano, a partir dos 40 anos, sendo que algumas mulheres devem fazer antes, a critério do seu médico. Ela deve complementar o autoexame das mamas que a mulher deve aprender a fazer, conhecendo seu corpo e suas alterações.

Ultrassom pélvico ou transvaginal Em alguns casos, é realizado para avaliação da bexiga, útero e ovários.

Densitometria Óssea Após a menopausa, avalia a perda de massa óssea para o diagnóstico ou prevenção da osteoporose.

Gravidez Antes de engravidar, é bom verificar se está tudo em ordem, realizar exames de pré-concepção, avaliar a saúde da mulher, detectar infecções, ser orientada sobre medicamentos em uso, possíveis problemas na gestação, enfim, tirar todas as dúvidas a respeito dessa decisão. Durante a gestação são feitos os exames de pré-natal, além dos de rotina. É importante realizar as consultas com periodicidade determinada pelo médico e não faltar a nenhum

Sandra

(53) 9967.8878 e 8409.3776 E-mail: sandrajoias@yahoo.com.br

Jóias 18k

exame. Todos eles são muito importantes para avaliar e cuidar dessa nova vida que está chegando e da saúde da mamãe.

Consultas Periódicas É importante conversar com seu ginecologista a respeito de outras patologias, uso de medicações, m é to d o s a n t i c o n c e p c i o n a i s e a necessidade de realizar exames de sangue visando uma avaliação de uma forma global, também . É muita coisa, não é? Existe espaço para o seu ginecologista em cada fase da sua vida. O corpo e a mente vão mudando e a mulher deve entender quais são essas mudanças e o que fazer para se sentir bem. Apesar dos avanços da medicina, optar por costumes saudáveis desde cedo é a forma mais simples de se proteger contra doenças. Lembre-se sempre: cuide do seu corpo e da sua mente, a prevenção sempre é o melhor remédio e não deixe sua saúde em último plano!

ulus’s 29

Saúde

A mulher e a sua

Raquel de Paula Alvim


Bem estar

no

stress

ulus’s 30

K

undalini é uma força que está presente em todos os seres e que dá vida ao universo. Dependendo da linhagem esotérica, o Kundalini pode se manifestar de forma espiritual ou física. Nos humanos essa força está localizada na coluna e é representada em forma de espiral, como uma serpente adormecida localizada na base da coluna. Despertar essa serpente resultaria em uma consciência a respeito do mundo e do universo muito mais abrangente do que a consciência que temos naturalmente. Fisicamente, a Kundalini é como um canal de entrada de energia. Dentre outros existentes em nosso corpo esse seria

Kundalini

o mais importante. Despertar a Kundalini sem uma preparação moral poderia fazer com que, ao invés de subir para o cérebro e resultar em uma força psíquica e espiritual maior, essa força poderia tomar a direção errada e se relacionar com os órgãos sexuais. O que acabaria por ressaltar as características mais humanas e desagradáveis como um orgulho anormal e satânico. Por se tratar de uma filosofia oriental não se encontram dados científicos, estatísticos ou psicológicos que expliquem, de forma mais concreta, os benefícios que exercícios de ativação de Chacras podem trazer para o nosso corpo. Por outro lado, é sabido que a cultura oriental vem, há muitos anos, nos ensinando técnicas bastante úteis de levar uma vida mais saudável, tanto física quanto mentalmente. Além disso, quem pratica os exercícios de ativação da Kundalini costuma relatar grandes melhorias no humor e nas atitudes perante as adversidades. O caminho da iluminação é longo e necessita de foco e dedicação. A tradição indiana indica meditações, visualizações, mantras, posturas de ioga, respiração, além de estudos a respeito do poder da Kundalini e de como manter essa energia sempre viva e ativa.

Conhecendo os Chacras Sahasrara

- O chacra da coroa tem a função de

nos colocar em contato com o supremo, a evolução e consciência humana.

Ajna - Conhecido como o terceiro olho, está ligado à intuição e a intelectualidade, perdão e compaixão que nos faz repudiar o ódio e o rancor.

Vishudda

- Tem relação com a criatividade e a

forma como você se comunica. Diplomacia e comunicação com o outro.

Anahata

- Chacra do coração. Rege emoções

como a solidariedade, empatia e responsabilidade.

Manipura

- Quando desenvolvido você

consegue transformar emoções negativas em positivas. Satisfação e felicidade.

Svadisthana - Sexualidade e força para vencer a vida. Criatividade e conhecimento.

Muladhara

- O chacra básico que faz você ter

os pés no chão. Inocência sem limitações e prejuízos.


NAVIO!

F

Fica@dica Fernanda Lopes, 50 anos, empresária , viajou com o marido e outros casais.

ernanda está sempre de malas prontas. Amante das viagens de navio, duas vezes por ano faz uma travessia e uma viagem à Costa Brasileira. Atravessar o Atlântico em um confortável cruzeiro rumo à Europa é uma grande experiência de viagem. Impossível não se encantar com a beleza e cultura de cada país, durante a travessia do oceano. A Europa é o continente mais fascinante e cheio de encantos do mundo. E a viagem, a bordo de um navio, é uma experiência inesquecível. Fernanda já fez sete viagens de navio. Quando embarcou no MSC Magnífica, navegou vários dias e cruzou a Linha do Equador. Conheceu Roma, Barcelona, Gênova, Marselha, Lisboa e a Costa da África.

Amou Lisboa, achou maravilhosa a Torre de Belém, as vielas e o chopp nos bares de rua que, com o frio, fica melhor quando tem uma lareira elétrica. Durante o dia gosta de curtir o sol e a piscina no navio, à noite, gosta das festas, onde fica até altas horas dançando e não sai antes do seu final. Nas viagens de navio nunca deita cedo e aproveita tudo mesmo que eles oferecem aos passageiros. Quando fechávamos esta edição, ela já estava em nova travessia pela Europa e, em fevereiro, pretende fazer a Costa Brasileira de novo. Para ela, não há nada melhor que viajar em um navio! Dica: «Para fazer boas compras nada melhor que Las Palmas, na África. Tem coisas lindas, de qualidade com ótimos preços!»

Silulia Schweig Rodrigues (Luli), 36 anos, Professora da Rede Estadual, viajou; com o marido Sergio Calheiros em Dezembro de 2011.

L

uli é uma pessoa de bem com a vida, dinâmica e agitada por natureza, do tipo que aproveita todo o tempo que tem à disposição para a realização de seus projetos. As 24 horas do dia são poucas para tanto gás! Então, nada mais justo que aproveitar esse mesmo tempo para desfrutar as maravilhas de nosso litoral, em uma viagem de férias. Foram dias na companhia do sol, do céu, do mar e do seu amor! Perfeito! Ela e o marido embarcaram no cruzeiro que levava a Fernando de Noronha. Foram 10 dias de viagem, onde também conheceram o Rio Grande do Norte e Pernambuco. O que mais gostou, foi da organização em geral do Cruzeiro e, em especial, dos pacotes de atividades oferecidos no interior do navio e das atividades diárias que envolviam toda a tripulação e os passageiros. Dica: «Realizar todas as atividades oferecidas dentro do Cruzeiro durante o período de percurso e comprar o máximo de roteiros externos enquanto o navio estiver atracado. Não pode deixar de visitar o Projeto Tamar e fazer o Batismo de Mergulho em Noronha. É simplesmente demais!»

ulus’s 31

Viagens

Uma viagem. Diferentes impressões. O mesmo meio de transporte:


HORA DO HUMOR

AMOR E SEXO

por que a depressão masculina é raridade?             

ulus’s 32

         

Não menstruam. Não engravidam. Os mecânicos não mentem pra eles. Nunca precisam procurar outro posto de gasolina para achar um banheiro limpo. Rugas são traços do caráter. Cabelos brancos são charme. Os sapatos não lhe machucam os pés. As conversas ao telefone duram apenas 30 segundos. Precisam apenas de uma mochila para férias de 5 dias. Se outro aparecer na mesma festa usando uma roupa igual, não há problema. E, se forem estranhos ficam amigos. Cera quente não chega nem perto. Ficam assistindo a tv com um amigo, em total silêncio, por muitas horas, sem ter que pensar “deve estar cansado de mim”. Se alguém se esquece de convidá-lo para alguma festa, ainda assim vai continuar sendo seu amigo. Sua roupa íntima custa no máximo 20 reais. Três pares de sapatos são mais que suficientes. São incapazes de perceber que a roupa está amassada. Seu corte de cabelo pode ser o mesmo durante anos, aliás, décadas. Meia dúzia de cervejas geladas e um jogo de futebol na tv são o suficientes para a extrema felicidade. Os shoppings não fazem falta pra eles. Podem deixar crescer o bigode. Se um amigo chamá-lo de gordo, careca e velho, isso não abala em nada a amizade deles. Aliás, é prova de grande amizade. São capazes de comprar presentes de Natal para 15 pessoas, no dia 24 de dezembro, em, no máximo, 25 minutos. Para um churrasco, precisam de muita cerveja, carne, sal grosso, uma faca, uma tábua e, no máximo, uma bermuda para limpar os dedos sujos de gordura depois de lambê-los. CREDOOOOOO!

Rita Lee Amor é um livro Sexo é esporte Sexo é escolha Amor é sorte... Amor é pensamento Teorema Amor é novela Sexo é cinema.. Sexo é imaginação Fantasia Amor é prosa Sexo é poesia... O amor nos torna Patéticos Sexo é uma selva De epiléticos... Amor é cristão Sexo é pagão Amor é latifúndio Sexo é invasão Amor é divino Sexo é animal Amor é bossa nova Sexo é carnaval Amor é para sempre Sexo também Sexo é do bom Amor é do bem... Amor sem sexo É amizade Sexo sem amor É vontade... Amor é um Sexo é dois Sexo antes Amor depois... Sexo vem dos outros E vai embora Amor vem de nós E demora... Amor é isso Sexo é aquilo E coisa e tal! E tal e coisa! Ai o amor! Hum! O sexo!


Amor & Sexo

Instrutora Leda Martins Personal Sex, Practitioner em ProgramaçãoNeurolinguística (PNL) e Professora de sexualidade/sensualidade.

CURSO DE

Sensualidade ...

D

e um modo geral, as mulheres contemporâneas têm atividades múltiplas, são sensíveis, inteligentes e capazes! Exercem várias funções ao mesmo tempo, com extrema competência. Porém, apesar disso, muitas mulheres ainda tem dificuldade quando se fala em sexo. Aceitam desafios, superam obstáculos, rompem barreiras, mas nem todas são felizes sexualmente! Infelizmente, ainda existe um preconceito muito grande. Mas, aos poucos, isso está mudando! Um exemplo claro é quando mãe e filha vão juntas para um curso de sensualidade... Antes de estarem na condição de mãe e filha, são MULHERES que acabam por vivenciar suas experiências de forma semelhante e no “final das contas” tem o mesmo objetivo que é a BUSCA DA FELICIDADE! Algumas mulheres anseiam tanto por um relacionamento que quando encontram tornam-se submissas. Acabam esquecendo que mais do que seios e bumbum fartos, homens gostam de mulheres com inteligência emocional. Quando a autoestima da mulher é incentivada, desmistificando a sensualidade sem vulgarizá-la, abre-se a oportunidade de vivências onde são abordados assuntos como o conhecer-se, amar e perdoar. Em um curso de sensualidade, o autoconhecimento, a energia sexual ativa e a universal são trabalhados. Ensina-se a fazer ou, simplesmente, aperfeiçoar o que já é feito; ensina-se danças como: stripease, chair dance, lape dance, dança da parede e poli sensual; as massagens tailandesa, tântrica, com vela quente, com colar de pérolas e com os pés; o pompoarismo, o sexo oral e o anal. É uma PARADA OBRIGATÓRIA para as mulheres repensarem o que realmente querem para suas vidas de um modo geral, mas também SEXUAL. Pensarem o que podem fazer para melhorar suas relações... Ás vezes, é necessário apenas que alguém mostre a direção e dê a famosa “sacudida”, para que aconteça uma mudança de paradigmas! Com o curso as mulheres descobrem que AMAR-SE é o mais importante de tudo! Passam a sentir-se poderosas e sedutoras. E, como consequência, tornam-se mulheres inesquecíveis que “marcam o seu território” na vida dos homens. Percebem que o sexo é muito importante, mas há gestos que não podem ser substituídos como: controlar o tom de voz, olhar nos olhos, beijar na boca, expressar sentimentos, manter o bom humor e esquecer o passado sem carregar os problemas para a cama! LEMBRE-SE: Você tem nas mãos o poder de fazer a diferença... Você é livre para fazer escolhas: Então, escolha ser FELIZ!!!! E, se o assunto é sexo: Hummmm que delícia!!!!


( comer, beber e... amar! )

HORÁRIO DE VERÃO De Segunda a Sábado das 15h às 23h

Petiscos no lanche, happy hour, festas e em todos os momentos! Faça a sua encomenda para as festas de Final de Ano. Não deixe para a última hora! O sucesso do seu evento começa aqui!

FRITOS NA HORA

Rio Grande DELIVERY: Dom Bosco, 228 - F.: (53) 3230.4758 | 8462.6116 Rio Grande CONGELADOS: Dom Bosco, 194 - F.: (53) 3201.2021 | 8422.8963 Cassino CONGELADOS: Rio de Janeiro esq. Av. Atlântica - F.: (53) 3236.5460 | 8432.8384 www.sofritarcongelados.com.br


Cotidiano

e tudo termina em um por Lilian Bertoglio

chá!

Sempre tem alguém que sabe de um chá que é tiro e queda para alguma coisa. Dotado das mais diversas características, trata dos sintomas e aquece a alma. Perfeito!

com aquecimento, o qual desativa a resposta enzimática. Com o chá preto isso é feito simultaneamente com o secamento.

Classificação dos chás, baseada em sua técnica de produção: * Chá verde - folha não oxidada nem murchada. * Chá amarelo - folha não oxidada nem murchada, mas amarelada. * Chá branco - folha murchada, mas não oxidada. * Chá preto - folha murchada, esmagada e totalmente oxidada. * Oolong - folha murchada e oxidada parcialmente. Se você não tem o hábito, saiba que vários deles podem dar um jeito em algumas situações! Informe-se sobre chás com efeito calmante, digestivo ou medicinais!

DICAS: - A água do chá deve ser fervida apenas uma vez antes de vertê-la logo na erva; - O verdadeiro apreciador não bebe chá com açúcar; - Proporção ideal para uma xícara = 250ml de água fervente para 2 colheres de sobremesa de chá; - Acrescentar leite ao chá, hábito dos portugueses, deve ser servido somente com chá escuro; - O tempo de infusão é de 1 minuto para o branco, 2 a 3 minutos para o chá verde e de 3 a 5 minutos para o chá negro. - Tomados em temperatura quente para resfriados e bronquite, mornos para insônia e para relaxar e, frios ou gelados para problemas estomacais ou diarréias. - O efeito é maior quando tomado em jejum ou minutos antes do sono. - Não deixe colheres dentro do líquido e nunca reaproveite um chá preparado, de um dia para o outro.

Chá de Gengibre Benefícios: melhora a circulação sanguínea, previne coágulos, tem ação antiinflamatória e antibiótica, antioxidante, estimulante e antidepressiva. Anima e dá disposição geral. Indicado para tratar enjôos, gripes, enxaqueca, gastrite e úlceras. Auxilia no emagrecimento, faz bem à saúde e à beleza. Bom proveito! Ingredientes 1 pedaço de +/- 5 cm de raiz gengibre; ¼ de limão; ½ litro de água; 1 pau de canela; 4 a 5 cravos-da-índia; 1 pitada de noz moscada. Modo de Preparo Faça um suco de gengibre e limão. Coloque o suco em uma panela (de inox) e acrescente a água, a canela e o cravo. Fer va em fogo brando. Acrescente a noz moscada.

ulus’s 35

A

ssim como o café, um tipo de chá pode ter diferentes blends, mediante mistura com frutas e o próprio terroir. Como o vinho, também pode ser harmonizado com alimentos, segundo a indicação de alguns sommeliers. Bem mais comum, é tomar um chá para aquecer a alma, auxiliar no tratamento de alguns males e também para refrescar no calor, em suas versões geladas. O chá é uma bebida com cafeína, uma infusão feita ao encharcar em água quente por alguns minutos as folhas secas do arbusto Camellia sinensis. Em adição, o chá pode conter outras ervas, temperos ou aromatizantes de frutas. A e x p re s s ã o " c h á d e e r va s " o u simplesmente "chá" é freqüentemente usada para qualquer infusão de ervas ou frutas. Os chás mais populares são os de alecrim, arnica, boldo, carqueja, camomila, catuaba, erva cidreira e doce, hortelã, jasmim, carqueja, menta, malva, e maracujá. Porém, o chamado "chá verdadeiro" é aquele proveniente da planta Camellia sinensis. A planta do chá provavelmente é originária do sudeste da Ásia. A origem histórica como erva medicinal utilizada para manter acordado não é clara. A China é considerada o berço da bebida do chá e seu uso está registrado desde, pelo menos, o ano 1.000 A.C. O chá verdadeiro é uma fonte natural do aminoácido teanina, metabólitos da cafeína e substâncias antioxidantes que protegem o organismo dos danos dos radicais livres. Chás praticamente não têm carboidratos, gorduras e proteínas. Os tipos são classificados de acordo com o processo pelo qual passam. As folhas da Camellia sinensis começam cedo a oxidar e murchar logo depois de colhidas. Progressivamente, a folha tornase escura porque a clorofila é quebrada e os taninos liberados. O próximo passo é parar o processo de oxidação em um determinado estágio


Cabeça de Mulher

Coisas que só nós, mulheres, entendemos...

amigas de banheiro! Por que as mulheres precisam ir sempre juntas ao banheiro? E, afinal o que tanto elas fazem lá dentro? por Lilian Bertoglio

nada de pedir coisas emprestadas às colegas, cada uma tem seu batom, gloss, pente, pó, lápis... Bolsa de mulher tem até mais que isso e ninguém gosta de emprestar suas coisas pessoais a quem não conhece. Exceções são abertas às amigas íntimas, mas não muito. Para finalizar, a roupa é ajeitada, o decote tem atenção especial e o ato de ficar de costas para o espelho e dar aquela olhadinha por cima do ombro para uma última conferência, é mais do que certo!

ulus’s 36

o que não falta é assunto!

o que rola no banheiro

B

anheiro de lugar público é um universo paralelo. Restaurantes, bares, festas, teatros, shows, academia, escola, faculdade ou qualquer outro local que você possa imaginar e lá estamos nós, as mulheres, indo em parceria ao toilette. Os homens, apesar de irem muito mais vezes ao WC do que nós, não são capazes de convidar os amigos e ficam só observando e se perguntando o que fazemos por lá...

por que vamos juntas ao banheiro? Sabe aquela amiga que está na festa e você ainda não encontrou? Há uma grande chance de achá-la no banheiro! Quando tem fila, ali começa a parceria. Algumas não dão assunto, mas geralmente o papo rola solto ali mesmo. Aparecem as deprimidas, que choram e são consoladas, as divertidas e animadas, as barraqueiras e as malucas, mas sempre alguém tem um palpite para dar. Entrando no banheiro a primeira coisa que qualquer mulher faz (qualquer uma mesmo!) é olhar-se no espelho! Isso a gente já sabia, mas eles não! E que raiva dá um banheiro sem espelho, e o incrível é que existe! A segunda coisa é arrumar o cabelo. As mais apuradas seguem direto para o vaso sanitário - Tem papel aí? Mas, não saem do banheiro sem dar aquela espiada no espelho e conferir se está tudo em ordem. - Nossa, meu cabelo tá um horror! O retoque do make requer um tempo a mais e fazemos isso pelo menos umas três vezes por noite. Nesse momento,

Além de uma companhia feminina que segure a porta, a bolsa ou que, simplesmente, dê conselhos em momentos de crise, nós queremos privacidade! Temos a liberdade de convidar as amigas e adoramos ter aquele tempo SO-ZI-NHAS para poder falar tudo o que quisermos sem ninguém interrompendo! Ali podemos colocar o papo em dia e falar sobre tudo, o banheiro funciona mais ou menos como um confessionário. Não importa o tipo de toilette, simples ou mais sofisticado, dois assuntos predominam: falar mal das outras mulheres e falar de homem. Sim, tem a sessão drama onde se fala do carinha que não veio, da piriguete que está dando em cima do seu companheiro, da roupa que a gente acha que não caiu bem, do cabelo, da pele, das unhas, do sapato que aperta. As solteiras são unânimes: conversam sobre como está a festa, contam quem está dando em cima, quem não tem chance, o que está rolando, qual a perspectiva até o final e depois, de quem está ficando com quem, quem se separou e já está livre na pista e outras muitas outras fofocas! Em geral, conversa de banheiro é sempre muito animada! Nesse entra e sai, muitas já se conhecem e são apresentadas umas às outras num ciclo sem fim de amizade enquanto se olham no espelho, retocam a maquiagem, ajeitam as madeixas ou o vestido. - Vamos tirar uma foto? Nas academias o assunto foca na beleza: cirurgia plástica, dieta, uso de suplementos, cuidados com a pele e o cabelo, as últimas novidades em cremes, os aparelhos que dão um bom resultado e as novas modalidades de malhação. Ali também entram em ação o secador e a chapinha. Falamos sobre o cara novo que entrou na academia, sobre o professor gato, a barriga negativa daquela fulaninha que se acha e por aí vai... Se não são com as amigas ou com as gurias que circulam pelos banheiros da vida, o assunto rola com a moça da manutenção, mas é certo que, com alguém, vamos falar alguma coisa (precisamos dessa comunicação) e nos divertir como se nos conhecêssemos há anos. Praticamente amigas de infância!


literatura

Foto: divulgação

Título: O que as Mulheres Conversam no Banheiro. Sobre: Após 3 anos de pesquisa em 200 banheiros femininos de Porto Alegre à Bahia, de hotéis 5 estrelas, a b oa te s d e s t r ip te a s e , a escritora lançou o livro em que reproduz conversas que observou e também faz uma análise do comportamento feminino. Autora: Rosangela Ojuara Editora: Novo Século

curiosidades O banheiro passou a existir no interior das residências no terceiro milênio antes de Cristo. Escavações arqueológicas mostram esses vestígios em cidades no oeste da atual Índia. Já no Ocidente, a história do toilette teve uma evolução diferente. Na Grécia do séc. 5 a.C., as residências não tinham banheiros e os gregos iam a banheiros públicos, que eram associados às casas de banho e, ali, eram promovidos debates, banquetes e encontros cívicos. Na Roma da era cristã, também era comum o uso de penicos. A expansão do Império Romano levou esse conceito de banheiro público a outras partes do mundo antigo. Mas, quando a grande potência se enfraqueceu, a partir do século V, o hábito caiu em desuso. Dentro das residências, os banheiros só começariam a se popularizar na Europa em 1668, quando o Comissariado de Polícia de Paris, França, emitiu um decreto determinando que todas as casas construídas a partir daquela data deveriam ter um dos cômodos mais importantes de todo lar: o banheiro! (Fonte: Revista Mundo estranho, mundoestranho.abril.com.br)

T

enho uma história incrível de amigas de banheiro. Certa vez vivi uma situação totalmente inusitada, mas boa em sua essência. Vou entregar: lá se vão uns bons dezoito anos, eu acho. Estava no início de uma festa e, quando chego ao banheiro, encontro duas jovens com problemas: uma estava na boa e cuidava da amiga que tinha se passado muito na bebida e já estava noutro mundo. Poderia ignorar, não era problema meu, mas achei que o certo seria ajudar. Peguei as meninas, coloquei no carro e fomos ao «Postinho» do Cassino para tentar uma glicose. Chegando lá, as enfermeiras acharam melhor chamar o Conselho Tutelar por ela ser menor de idade. - Bah! E agora? - falei - Não, deixa comigo, eu me responsabilizo. - disse para as atendentes contrariadas. Peguei as duas e saímos rapidamente de lá e sem a tal da glicose. - Tá, e então, que vamos fazer? - falou a sóbria. - Ela não pode chegar em casa assim, a mãe dela vai surtar! Nisso, ela teve uma brilhante ideia: - Vamos dar um banho nela que o porre passa! - Ai, ai, ai... Dar banho? Mas, onde? - indaguei incrédula. - Tipo, eu conheço uma amiga, que tem um quartinho fora da casa, ali tem chuveiro, toalha, não vai incomodar ninguém, tá resolvido. - me explicou a menina. - Como assim? E a dona da casa, tua amiga, ela deixa a gente usar o tal quartinho? E os pais dela? Se eles acordarem e a gente estiver lá? Ai, meu Deus! - Sem problemas, ela deixa sim, é minha parceira, não dá nada, tens que nos ajudar. À essa altura da madrugada eu já estava bem nervosa, pois tinha assumido uma bronca que não era minha, estava com uma menor que tinha bebido, uma outra maluca e agora eu iria invadir uma casa, para dar banho na pessoa. E eu nem a conhecia! Era só o que me faltava! Convencida de que não havia outro jeito, abrimos o portão, entramos no terreno e ajudei a levar a guria para o tal quartinho de banho. Não seria tão ruim se não me deparasse com dois cães da raça Rotweiller rosnando e me olhando com cara de poucos amigos. - Ai cacete! Vou virar o café da manhã dos bichos! - Não esquenta! - disse a outra - Eles são legais! - Hahaha! Rotweiller amiguinho, tá bom! Enfim, os anjos ajudam os bêbados e as pessoas que também ajudam os bêbados. Os cães só me encararam, cheiraram um pouco e me deixaram passar. A porta do quartinho estava destrancada. Entramos, a amiga deu um banho frio na menina, ela melhorou, fim de papo. Levei as duas para casa e fiquei aliviada por não ter sido presa por invasão de domicílio e, no final, por ter ajudado as gurias num momento complicado. O melhor veio depois quando, numa outra ocasião, encontrei a amiga do banheiro (a sóbria, é claro, porque a bêbada até hoje nem sabe quem eu sou!). Falamos sobre o assunto, ela agradeceu pela força, afinal quem mais faria isso? Nos identificamos, eu conhecia os pais dela, havíamos sido até vizinhas! Coincidências! No final, apesar da diferença de idade, ficamos amigas. Não somos íntimas, mas gosto muito dela. Isso mostra que no banheiro feminino às vezes criamos vínculos que, mais ou menos fortes, se perpetuam no tempo em forma de história, neste caso uma bem cômica. Só quem tem ou já fez uma amiga no banheiro, sabe que acontece de tudo por lá! P.S. Numa outra ocasião eu conto sobre a guria que entrou num portal e desapareceu...kkkkk


Mundo Animal

Esteticista Animal

Hidratação boa prá cachorro!

A

ulus’s 38

Pets fofos!

Carolina Castillo

hidratação tem como principal função a de combater efeitos maléficos causados à pelagem, fazendo com que melhore a textura do fio, repondo a água perdida que se deve, principalmente, a fatores externos como: vento, sol, poluição e outros. Os benefícios são praticamente os mesmos com relação aos nossos cabelos, ou seja, proporciona brilho, maciez, suavidade, fica mais fácil pentear e, em alguns casos, há redução de volume. Com a hidratação, não só o pêlo é protegido, a pele também fica protegida, evita coceiras e irritações, pois o produto forma uma camada protetora no pêlo e na pele, mas vale lembrar que o que conta mesmo é a qualidade do produto utilizado, por isso, é sempre bom procurar saber sobre o produto usado no animal. Os cães de pelagem longa necessitam de hidratação porque, assim como os nossos cabelos, o pêlo perde queratina e aminoácidos, fazendo com que a pelagem fique sem brilho, áspera e quebradiça. O aconselhável é que esses cães façam hidratação no mínimo 1 vez ao mês, pois nesses casos é que a técnica fica mais evidente. Já os cães de pelagem curta, ao contrário do que se imagina, necessitam de hidratação com mais frequência porque perdem mais água na estrutura dos fios por serem mais curtos e estarem mais expostos. Hoje, existem vários tipos de opções para hidratação animal, como por exemplo: - Hidratação de chocolate: com extrato de cacau que realinha toda a pelagem, para pêlos danificados que precisam de resultados imediatos; - Hidratação de argan: rica em ômega 3 e 9 e vitamina E, hidrata e reestrutura a pele e a pelagem, proporcionando mais elasticidade; - Hidratação tropical: tratamento com extratos naturais que proporciona efeito liso extremo imediato, reduz o frizz e o volume excessivo; - Cauterização: repõe a queratina perdida, agindo diretamente na fibra do fio;

- Vinhoterapia: tratamento que higieniza, revitaliza e perfuma a pelagem. .

procedimento Após molhar o cão, aplique um shampoo neutralizador de adores, enxágue; aplique um shampoo de sua preferência. Logo após o enxágue, aplique um condicionador; depois da retirada do condicionador, espalhe bem a hidratação escolhida de acordo com a pelagem do animal, massageando bem. Aguarde o tempo indicado na embalagem, pois cada hidratação exige um tempo de espera para melhores resultados; após o procedimento, enxágue bem para a retirada total do produto. Logo em seguida, seque bem. Alguns produtos oferecem fluidos finalizadores para complementar o tratamento, então, nesses casos, aplique o fluido com a pelagem já seca.

Banho, Tosa e Pet Shop Atendimento Veterinário, Laboratório de Análises Clínicas, Raio-X, Cirurgia e Internação. Major Carlos Pinto, 245 - Tel.: 53 3204.9100 - caneveterinaria@hotmail.com


Interatividade

opinião

free

O que falar dos nossos leitores? Que são simplesmente demais! Confira o que rolou depois do lançamento da revista. Mande suas sugestões, faça suas críticas, elogie, participe! Nossa revista é feita para você e para todas as outras Lulu’s da turma! Nosso e-mail: contato@revistalulus.com.br

Curta nossa fanpage e faça parte do grupo Revista Lulu’s no

Tel.: (53) 3035.6225


Espaço Afrodite - Beleza & Estética oferece os melhores tratamentos e cuidados para seu cabelo, ,manicure pedicure e depilação.

Também possui um Centro Estético, com tratamentos de massagem, plataforma, drenagem e limpeza de pele.

beleza & estética Av. Silva Paes,445 - Rio Grande,RS - (53) 3231.9546

patricia.afrodite

Revista Lulus - 2ª Edição  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you