Page 109

francisco franck A personalidade marcante do arquiteto gaúcho está evidente no projeto que desenvolveu para seu próprio apartamento, em Porto Alegre. Contemporaneidade, elementos clássicos e cores vibrantes compõem a atmosfera por KELLYN BONIATTI fotos Glauco arnt/especial

Em um espaço sofisticado, nos altos do bairro Menino Deus, em Porto Alegre (RS), o arquiteto Francisco Franck recebeu a Living para um bate-papo descontraído. A vista incrível para o Guaíba, o Parque Marinha do Brasil e o Centro da capital embelezam ainda mais o charmoso lar do profissional. Formado pela Uniritter há 17 anos, mas atuante no segmento da arquitetura há pelo menos duas décadas, apesar de jovem, Francisco soma experiências e trabalhos superimportantes ao longo da carreira. Após concluir o curso de Arquitetura, buscou qualificações, como a especialização em Arquitetura de Interiores pela mesma instituição e o mestrado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). “Desde a infância, sempre desenhei. Dividia minha cria-

tividade em desenvolver modelos de roupas e em projetar plantas baixas, as quais eram inspiradas por projetos de casas e apartamentos publicados nos classificados dos jornais”, lembra. No passar dos anos, desde que precisou optar pela carreira de arquiteto ou estilista, a vontade por desenhar casas, apartamentos e criar ambientes nos quais seus futuros clientes pudessem encontrar aconchego e felicidade falou mais alto. Nos projetos que assina, os traços contemporâneos são evidentes. “Gosto de lidar com linhas retas e ambientes limpos, porém com destaque para um estilo mais clássico. Mesclar o moderno com peças de design de vanguarda ou clássicos sofisticados, dando origem a ambientes despojados, porém com classe, me fascina”, explica.

LIVING | ABRIL 2015

109

Profile for Revista Living

Revista Living - Edição nº45 - Abril de 2015  

Pés, para que os quero, se tenho asas para voar?

Revista Living - Edição nº45 - Abril de 2015  

Pés, para que os quero, se tenho asas para voar?

Advertisement