Page 1

Ano 02 Ed. 04 Jul / Ago 2011

De na

Olho maquiagem POR DENTRO DOS

PRAZOS DE VALIDADE

A

Mulher e seus Direitos Nテグ OS DEIXE DE LADO

ENTREVISTA COM O CANTOR, COMPOSITOR E VJ DA MTV

China UM PAPAI MULTIFACETADO

n o r r e p u D a s i Mona L

a lin da per nam buc ana arr eta da pos a par a as len tes da laf em me


02 REVISTA


expediente

editorial Se há algo que gosto muito de fazer é me comunicar – tá aí a minha profissão para me confirmar. Gosto de gente, de conhecer pessoas novas e sempre foi assim, desde a infância. E a LaFemme vem sendo

DIRETORA DE REDAÇÃO, EDIÇÃO E REPORTAGEM

Ana Beliza Diniz

fundamental na arte de fazer networking (pense numa palavrinha que me agrada).

redacao.revistalafemme@gmail.com @aninhabeliza

A cada publicação temos oportunidade

DIRETORA DE ARTE, PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO

de estar em contato com profissionais das

Carolina Paes Barretto Santos

mais diversas áreas e aprender um pouco

@paesbarretto

do universo particular deles. É fantástico.

arte.revistalafemme@gmail.com

É muito trabalho, muita pesquisa, muitas

FOTÓGRAFO

Bruno Campos

noites em claro, porém, o prazer é em

81 9909.2386 - bcampos.souza@hotmail.com

demasia. Resultado: mais uma edição nas

www.flickr.com/bruno_foto

ruas. Mais uma vitória para a nossa guerreira

@camposbruno_

COLUNISTAS Aldo Vilela - Jornalista, radialista e apresentador de TV Cinthya Leite - Jornalista e editora do blog casasaudavel.com.br Dani Oliveira - Consultora de moda e editora do blog

equipe, colaboradores e parceiros. Aqui, externo a minha gratidão por confiarem em nossa capacidade. Agora, fiquem à vontade para curtir as matérias, elas foram feitas com

eunaosoumodelo.com

Elton di Assis - Jornalista

muito carinho para você, leitora LaFemme!

COLABORADORES Guiggo, Patrícia Félix e Viviane Cruz.

Beijos.

PARA ANUNCIAR comercial.revistalafemme@gmail.com 81 9152-6686 / 9702-4290

www.revistalafemme.com

@revista_lafemme

dação

Diretora de Re

03 REVISTA

Nos siga e fique por dentro das novidades.


Garanta a sua pontos de distribuição da revista

Mona Lisa Duperron Especial

12

BAIRRO NOVO - Olinda Minds Idiomas Rua Professor José Cândido Pessoa, nº 849 - Fone: 3429.7851

Restaurante Capitania Rua Eduardo de Morais, nº 25

Vó Paulina Av. Presidente Getúlio Vargas, nº 679, Galeria Alameda do Sol - Loja 15 Fone: 3429.1536

casa caiada - olinda Propés Podologia Av. José Augusto Moreira, 1469, Fonte: 3432.7999

JARDIM ATLÂNTICO - Olinda Restaurante e Pizzaria Atlântico Av. Fagundes Varela, nº 111/121 Fone: 2101.1161

AFLITOS - Recife Pura Luxúria Lingerie Av. Santos Dumont, nº 490, loja 03 Fone: 3241.4057

derby - Recife Maria Bonita Rua Jornalista Paulo Bittencourt, 133

04 REVISTA

Fone: 3221.3710

Foto BRUNO CAMPOS | Beleza GUIGGO CAVALCANTI

Fone: 3429.8970


sumário Eu não sou modelo

por Dani Oliveira

06

A Roupa certa pra você.

saúde s.a. ARTIGO

07

De olho na validade da sua maquiagem.

08

Pés saudáveis fazem parte de uma vida saudável.

por Viviane B. Cruz

10

A mulher e seus direitos.

Casa Saudável

por Cinthya Leite

11

Leve a sério: Fibromialgia não é histerismo.

ENSAIO FOTOGRÁFICO

Loja Vó Paulina

14

Moda primavera-verão.

Entrevista

com o pernambucano e VJ da MTV CHINA

16

Um papai multifacetado.

olho no olho

espaço gastrô

por Aldo Vilela

Restaurante Capitania Forneria e Mar

20

22

A história de Olinda através do bom gosto.

Rédeas tomadas.

entre dígitos

por Elton di Assis

Estratégia de divulgação através de redes sociais.

educando 24

Curso de curta duração.

Em 1 min 24

Notinhas rápidas e interessantes. 05 REVISTA

23


EU NÃO SOU MODELO

M

uitas pessoas me perguntam qual a combinação certa para determinada peça de roupa. Sempre me perguntam qual a melhor peça para valorizar o seu tipo físico. Eu, infelizmente, não posso ser tão objetiva. Quanto mais estudo, mais percebo que o melhor mesmo é experimentar, é tentar coisas novas. Por mais que tenhamos meios de avaliar um corpo, não podemos afirmar se a roupa vai servir “como uma luva” ou não.

www.eunaosoumodelo.com

a

Roupa

certa PARA

Se olhar no espelho constantemente também é outra verdade. Quem melhor deve conhecer seu corpo é você mesma. Olhe de forma clínica, como se estivesse olhando para outra pessoa. A partir daí você pode valorizar e esconder os pontos que para você são importantes. Mantenha-se atualizada e informada. Só vá comprar algo com objetivo e com paciência. Uma compra errada pode, além de fazer você perder dinheiro, fazer horrores pela sua silhueta. Observe seu guarda-roupa, tente montar alguns looks. Rapidamente você irá perceber o que falta. Às vezes compramos por impulso e as peças simplesmente não encaixam ou tem seu uso limitado.

06 REVISTA

Se tudo isso ainda deixar você na dúvida do que deve comprar, não compre. Refaça todos os passos novamente e aí sim, saia para comprar. Lembre-se: a idade avança, o comprimento da saia aumenta; nem sempre preto emagrece; um bom corte vale mais do que mil plásticas. Fica a dica!

você

não acredite quando afirmam nas revistas que você pod e usar tudo, não p ode

Algumas verdades são absolutas e elas sempre deverão ser levadas em consideração quando saímos para comprar roupas. A máxima é: não acredite quando afirmam nas revistas que você pode usar tudo, não pode! E não é uma questão de tolher a liberdade, mas simplesmente de bom senso. Um erro fatal que as gordinhas cometem é usar roupas justas ou largas demais. Nem um, nem outro. O melhor, na verdade em todos os casos, é usar roupas ajustadas.

Dani Oliveira - @eunaosoumodelo

!


Olho maquiagem

SAÚDE S.A.

De

na validade da sua

O grande perigo é que o produto vira foco de proliferação de bactérias ou fungos e, portanto, podem causar sérios problemas nas usuárias. “Fora do prazo, a maquiagem pode apresentar alterações na textura, na pigmentação e no odor. Se a data estiver vencida e o cosmético não aparentar essas alterações sensoriais, mesmo assim, considere-o impróprio para uso”, alerta a farmacêutica, Iara Pinto. Ela atenta também para os produtos de má qualidade porque eles podem ser responsáveis por irritações oculares. Os sintomas são coceira, sensação de

queimação, ardor e vermelhidão na conjuntiva. “Em determinados casos, podem ocorrer conjuntivite e blefarite, que são inflamação e infecção localizadas nos olhos. Essas doenças, se não forem diagnosticadas ou tratadas, podem causar sérios danos à visão”, explica Iara Pinto. Maquiagens de má qualidade também podem causar manchas, devido ao estímulo posterior que a irritação do produto causa na pele.

Como armazenar?

Para manter a sua make em estado ideal para uso, o correto é guardá-la sempre em locais frescos e escuros, seguindo sempre as orientações do fabricante. De preferência, use caixas transparentes ou coloque tudo em gavetas. De acordo com a farmacêutica, é bom evitar guardála dentro do banheiro. “A mudança de temperatura constante, pouca ventilação e muita umidade criam o ambiente perfeito para a disseminação de bactérias e

De olho nos prazos! Rímel: 3 a 6 meses, em média.

Bases, cremes hidratantes e demaquilantes: 6 a 8 meses.

fungos”. É necessário também lavar os pincéis de maquiagem com água e sabão neutro a cada 15 dias.

Cuide da saúde de sua pele e aprenda a removê-la corretamente

Para as maquiagens mais pesadas, como delineador e máscaras para os cílios, indicado é usar um bom demaquilante. Use algodão ou gaze para espalhar o produto. Sombra, blush e lápis de sobrancelhas são considerados produtos leves. Nesse caso, basta usar uma emulsão (loção ou leite) de limpeza, como indicação, à base de ureia, esse tipo de produto também ajuda a hidratar a pele. É importante aplicar uma loção tonificante para equilibrar o pH da pele. Para quem tem até 35 anos, é indicado o uso de um bom creme hidratante. Acima dessa idade, a pele já pede um creme nutritivo.

Pós, pancake, sombras, blush, gloss e batons: 1 ano.

Lápis para contorno de olhos, boca e delineadores: 1 ano e 6 meses

07 REVISTA

Já parou para pensar que você pode ter vários itens de maquiagem vencidos? Ainda não? Então a hora de fazer uma faxina na sua necessáire é agora! Pois é, meninas, a data de validade no rótulo do cosmético indica se já passou da hora de jogá-lo no lixo, sem dó nem piedade. Por mais que dê um aperto no coração descartar aquele blush lindo e caríssimo, utilizar maquiagem vencida é um verdadeiro atentado à saúde.


SAÚDE S.A.

Pés saudáveis

Fazem parte de uma vida saudável

Os pés são a base de sustentação do nosso corpo, trabalham o dia inteiro durante toda a nossa vida. E, ainda assim, não damos a atenção que eles merecem. Para compensar o desgaste natural dos pés, é fundamental mudar alguns hábitos e adotar medidas simples e que podem evitar complicações futuras. Ter um pé bonito e saudável, requer mais cuidados do que apenas ir à manicure uma vez por semana. De acordo com a podóloga, Edna Vieira, da Propés, um dos cuidados essenciais começa no tipo calçado. “É necessário usar sapato adequado, principalmente os largos na frente. Se forem sandálias, usar as que possuem plataforma na parte frontal, que é para não machucar os pés, porque eles têm muita sensibilidade, e todo o tipo de aperto na região causa atrito, faltando circulação no local e machucando os pés, até formar os calos e unhas encravadas.” Para as assíduas em sapato alto, é bom ficarem atentas. Se o calçado aperta as laterais, irá causar a exos-

08 REVISTA

O corte das unhas Corte as unhas no máximo a cada quinze dias, de preferência após o banho. Também pode simplesmente apará-las com uma lixa. Não se deve cortar as unhas demais e nem deixá-las muito compridas. O fato de estarem muito compridas contribui para a acumulação de resíduos e sujeira. Se as cortar muito, pode correr o risco de encravar uma unha.

Esmaltes

tose falangeal, ou seja, o joanete. Acontece quando as juntas se dilatam e o líquido sinovial, encontrado entre as articulações, começa a jorrar para o lado de fora, por causa da pressão feita naquele local pelo sapato, e começa a calcificar na lateral do pé. “Isso tudo acontece, além da queda do metatarso, que é a parte do dorso (peito) dos pés, formando calosidades no local, além de calos em cima dos dedos e até nos joanetes,” afirma Edna. Diversos são os problemas aos quais as pessoas recorrem a um podólogo: unha encravada, rachaduras nos calcanhares, calosidades em diversas áreas dos pés, etc. Do mais simples ao mais complexo problema, a nossa podóloga já tratou. “Em mais de 30 anos de profissão, posso dizer que já vi de tudo em termos de problemas nos pés”, conta. Confira as dicas que Edna Vieira e a LaFemme prepararam para as nossas leitoras.

A contraindicação do uso do esmalte, segundo Edna Vieira, é se as unhas estiverem com fungos. Neste caso, o esmalte é terminantemente proibido, pois abafa a unha e eles se proliferam em lugares quentes e abafados. Também deixar o pé muito úmido contribui para este mal aparecer. Existem vários tipos de fungos,

entre eles, o mais comum é o que vai fechando a unha para dentro do dedo, deixando-a em formato “telha”, encravando e infeccionando.

O pé diabético

A maior atenção é na hora de cortar as unhas mantendo-as bem aparadas de forma reta e, de preferência, não retirando cutícula. Por isso, é sempre bom fazer a limpeza em um podólogo, que é


O grande vilão São os sapatos inadequados. Para Edna, os tênis principalmente, pois geralmente as pessoas compram do mesmo tamanho dos pés, e é aconselhável comprar sempre um número a mais para que as unhas possam ter um certo espaço, pois quando o tênis é lavado, ele encolhe e começa a apertar os pés. Esse tipo de calçado com amortecedores de baixa qualidade também são grandes inimigos, porque provoca

Podologia x Manicure e Pedicure O tratamento que um podólogo realiza é diferente de uma visita à manicure e pedicure porque, como o próprio nome diz, o podólogo trata a unha, trata do pé. É feito um tratamento para a saúde e o bem-estar dos pés, tirando tudo o que está incomodando. Já o trabalho das manicures/ pedicures é apenas estético. Sendo assim, havendo qualquer tipo de problema, o correto é procurar um especialista.

Dica final

SAÚDE S.A.

mais atrito no pisar, fazendo com que a pessoa empurre mais o pé para frente do calçado, machucando a unha, e na maioria das vezes, formando calos de sangue e soltando a unha da matriz, sendo necessário removê-las em alguns casos ou esperar que elas caiam por si mesmas.

Pessoas que possuem os problemas citados nesta matéria, devem procurar um podólogo e fazer o tratamento com frequência, mensalmente ou, no máximo, de dois em dois meses. E mesmo quem não tem problema algum, é importante frequentar um profissional para prevenir esses tipos de problemas e manter o bem-estar dos pés. O acompanhamento é importante por tudo: pela higiene, pela técnica, pela massagem que é dada, ativando a circulação, enfim, pela saúde dos pés.

Serviço: Propés Podologia

Av. José Augusto Moreira, 1469 Casa Caiada - Olinda/PE Fonte: (81) 3432-7999

09 REVISTA

o lugar mais indicado, que possui material esterilizado e todas as técnicas e cuidados necessários para os pés dos diabéticos. Geralmente, essas pessoas apresentam manchas escuras nos pés ou nos tornozelos, devido à má circulação naquela área. Por isso, todo cuidado é pouco ao tratar dos pés de quem possui diabetes.


ARTIGO

O legislador brasileiro, prevendo tais situações, instituiu regras para, de uma forma ou de outra, amenizar o impacto que acontecem na vida de muitas mulheres e de suas famílias. As vítimas de agressões já estão sendo amparadas pela Lei 11.340, chamada de Lei Maria da Penha. Esta Lei alterou a legislação brasileira e possibilitou que os agressores de mulheres sejam presos em flagrante ou tenham sua prisão preventiva

A

Mulehseuser

Direitos A grande maioria de nós, mulheres, temos o sonho de constituirmos família e de vivermos “felizes para sempre”. Porém, muitas vezes este sonho vira um enorme pesadelo, dando lugar a brigas, agressões e situações sobre as quais não sabemos como agir. POR VIVIANE B. CRUZ

REVISTA 10 10 REVISTA

Advogada

decretada. Prevê medidas como a saída do agressor do domicílio e a proibição de aproximar-se da mulher agredida. Outro aspecto importante é a agilidade adquirida no processo de divórcio, o que antes demorava meses e meses, agora pode ser resolvido no mesmo dia, em cartório, desde que ambas as partes estejam de acordo e não possuam filhos menores. Também não se faz mais necessário um período de separação para que seja homologado o divórcio. No tocante às prestações de alimentos aos filhos, o que antes era tido como vergonhoso, hoje é cada vez maior o número de mulheres que reivindicam a pensão de pais e avós, obtendo êxito em 95% dos casos. E mais, o não adimplemento dos alimentos é causa de prisão civil, uma realidade cada vez maior nos dias atuais. É importante frisar que a maioria de tais procedimentos judiciais correm em segredo de justiça, ou seja, o nome das partes envolvidas não são reveladas, desta forma não é qualquer pessoa que poderá ter acesso ao processo, só as partes e seus advogados. Como advogada, lido todos os dias com as relações de litígios que surgem no seio das famílias, e as mulheres muitas vezes, por vergonha ou medo, acabam deixando de lado os seus direitos e até os dos seus filhos, o que é uma pena, pois adiar pode tornar maior um problema ou uma situação, que facilmente poderia ser resolvida.


Fibromialgia

CASA SAUDÁVEL

LEVE A SÉRIO:

não é histerismo Cinthya Leite - jornalista e editora do blog

Casa Saudável (www.casasaudavel.com.br)

Queridas, vamos conversar sobre um assunto que encuca muito o universo feminino e chega a acometer quase 5 milhões de pessoas no Brasil - a maioria deste número realmente é de mulheres. Caracterizada

por uma dor generalizada, a fibromialgia merece cada vez mais atenção da sociedade e dos próprios médicos.

Lamentavelmente, há quem acredite que a fibromialgia nada mais é do que um chilique. Que feio, né?!? Acho isso tão desrespeitoso com quem convive com um problema tão sério e crônico... A enfermidade existe e foi mote de uma ampla pesquisa encomendada pela farmacêutica Pfizer ao Instituto Harris Interactive - empresa especializada em pesquisa de mercado e reconhecida pela metodologia em saúde. O estudo, intitulado de “Fibromialgia: além da dor”, foi divulgado em maio deste ano. Participaram da investigação 300 pacientes e 604 médicos no Brasil, no México e na Venezuela. Entre vários achados do levantamento, eis o principal: a fibromialgia é sinônimo de uma dor (moderada a intensa e praticamente sentida todos os dias) que compromete todo o corpo. A pesquisa também mostrou que 70% dos portadores de fibromialgia brasileiros não fazem ideia do que é a doença até o dia em que

recebem o diagnóstico – que, segundo essa mesma pesquisa, demora cerca de 4,7 anos no País. Ou seja, esse é o tempo médio que uma pessoa pode levar para saber que tem a doença. Antes de conhecer o motivo de tantos incômodos, o paciente faz uma peregrinação por mais de sete médicos, de especialidades distintas. O reumatologista, diga-se de passagem, é o profissional mais indicado para lidar com esses indivíduos. Vale explicar que, em quem tem a enfermidade, a sensibilidade a qualquer incômodo é bastante aumentada. Estudos já confirmaram que o sexo feminino é mais propenso a desenvolver a fibromialgia. Sabe-se que até 90% dos casos são relatados por mulheres. E mais: a dor generalizada não é o único sintoma dos portadores. Aproximadamente 90% deles têm também problemas de sono e cansaço intenso, além de alterações do humor, como sinais depressivos e ansiedade.

Um tratamento medicamentoso certeiro pode oferecer uma leva imensa de benefícios. E se, misturado a isso, o paciente der adeus ao sedentarismo e começar a fazer exercícios com acompanhamento de um profissional de educação física, é possível mandar para bem longe uma dor que tanto tortura.

11 REVISTA

É por tudo que a doença pode prejudicar a qualidade de vida. E quanto mais se demora para o diagnóstico e o tratamento adequado, maiores serão os prejuízos. Portanto, acreditem: os sintomas trazidos pela fibromialgia podem ser combatidos com uma orientação médica cautelosa.


E

la é linda dos pés à cabeça. Tem um sorriso contagiante e desfila simpatia por onde passa. Ela é Mona Lisa Duperron, uma pernambucana arretada que tem muito orgulho de suas raízes. Sua carreira na televisão começou cedo, aos 9 anos. “Daquele dia tive certeza de que queria viver pra sempre aquele mundo mágico”, recorda. Aos 19, trabalhou como assistente de palco em um programa de auditório. Daí, ela não parou mais e os convites apareceram aos montes. Entre os programas que ela fez parte foram o: Sabor da Gente, Interativo e o Pernambuco em Alta - o primeiro de Pernambuco a ser produzido e exibido em alta definição. Mas essa moça é multifuncional. “Em paralelo a tudo isso, consegui também continuar na publicidade. Em Pernambuco, sou garota-propaganda do supermercado Extrabom há 5 anos. E, no início de julho comecei também a fazer parte da família Pernambuco dá Sorte”, conta. Ah, fora que ela faz publicidade em todo Norte-Nordeste. Haja fôlego! Atualmente, a jornalista é repórter da Band. “Fiz o Band Folia que é o projeto de carnaval da Rede Bandeirantes e tive o prazer de mostrar para o Brasil a beleza do nosso carnaval. Foi um grande sonho realizado”. Em junho, ela viajou até o Amazonas para apresentar o festival de Parintins, onde passou felizes 15 dias. “Um lugar que, reconheceria como meu destino mais próximo de Deus, em 27 anos”.

Mona Lisa Dupe

12 REVISTA

Foto BRUNO CAMPOS Beleza GUIGGO CAVALCANTI

E o segredo de beleza da Mona Lisa? “Nunca fiz nada! Passei 26 anos da minha vida nem ai para o corpo. Mas este ano entrei na academia, comecei a cuidar um pouco mais de mim, muito mais pela questão de saúde”, confessa. Quando questionada sobre os planos para o futuro, Mona é bem direta. “De verdade, não planejo muito o futuro. Nem sei se ele existe. Afinal, essa palavra lembra algo tão distante, né? Então, o que planejo é uma vida cheia de saúde para, que, a qualquer tempo, eu possa mudar e, se preciso, começar tudo mais uma vez.” No editorial de moda da LaFemme desta edição, é ela que abrilhantará nossas páginas. É só conferir!


ESPECIAL

No trabalho, eu prezo muito p ela espontaneida de. Não tento ser nenhum personagem. Sou eu e pon to. Como pessoa, sou e xtremamente perfeccionista , como boa capricornian a

13 REVISTA

erron


14 REVISTA

Vestido longo floral R$ 160,00

Vestido R$ 120,00


Moda primavera

verão com Mona Lisa Duperron

Macaquito estampado R$ 150,00

Serviço: VÓ PAULINA

Av. Presidente Getúlio Vargas, nº 679, Galeria Alameda do Sol - Loja 15 Fone: 3429.1536

15 REVISTA

Vestido de alcinha R$ 95,00

Foto BRUNO CAMPOS Beleza GUIGGO CAVALCANTI


ENTREVISTA

Um

i a p a p

. multifacetado

É o que podemos dizer dele que também é cantor, compositor e, desde março deste ano, é apresentador. Aos 31 anos e um novo desafio no currículo, China está morando em São Paulo sozinho e, em breve, a família - a esposa e os filhos Matheus (13) e Tom (7) – irão para a “terra da garoa” também. A nova fase profissional faz mostrar quanto talento esse moço tem. Integrando a nova safra de VJs da MTV, a sua graça e simpatia já ganharam o Brasil e o “menino das Olinda” agora ganhou o mundo. Em entrevista via e-mail à LaFemme, China fala da infância em Olinda, dos ensinamentos aos filhos, do novo disco e da carreira.

Os discos de China:Gravou um CD com Sheik Tosado em 1999. Na

carreira solo foram 2: Um só (2003), Simulacro (2007), o 3° é o Moto Contínuo que já está no forno (previsto para ser lançado

16 REVISTA

agora em agosto). Ele é o frontman do projeto Del Rey - que faz releitura das canções de Roberto Carlos - em parceria com os integrantes do Mombojó que iniciou em 2004 e segue até hoje.


China

Made in

Olinda “

Não importa o que você vai fazer quando crescer, seja músico, medico, advogado, não importa, desde que faça com muito amor e acredite que você consegue. Eu crio meus filhos para o mundo e acho que essa é a melhor lição que posso passar para eles

17 REVISTA

FOTO: Divulgação


ENTREVISTA

REVISTA LAFEMME - VOCÊ CONTOU NO SEU TEXTO “MENINO DAS OLINDA” QUE SEMPRE QUANDO VEM À OLINDA, BATE AQUELA NOSTALGIA. O QUE TE VEM À MENTE QUANDO FALAMOS NA SUA CIDADE NATAL?

V lgação MT Foto: Divu

CHINA - Vem a liberdade de andar pelas ruas sem me preocupar com nada. Das peladas na praia, na praça e das festas de São João que tinham na Rua Almeida Belo. LF - E QUAIS MAIORES LEMBRANÇAS DA SUA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA NAS RUAS DE BAIRRO NOVO VOCÊ CONTA AOS SEUS FILHOS?

CHINA - Conto pra eles que eu andava de bicicleta livremente por todas as ruas, inclusive, ensinei Matheus (o mais velho) a andar de bicicleta no mesmo lugar que eu aprendi a andar, do lado do Colégio Imaculado, em Bairro Novo. Também ensinei meus filhos a jogar botão. E eu lembro que vivia com meu time (que tenho até hoje) pra cima e pra baixo, indo de casa em casa para jogar uma partida. Lembro que saía de casa depois do almoço e só voltava na hora do jantar. Circulava por todos os bairros. Era uma liberdade incrível a Olinda da minha época.

18 REVISTA

aes Nov ika K o: Fot


CHINA - Faço tudo com amor! Desde subir no palco para cantar, até sentar no chão com os meninos para jogar botão. E acho que a diferença é que sou o pai deles e estou perto todas as horas. O China artista só aparece nos shows. LF - QUE TIPO DE VALORES VOCÊ CONSIDERA PRIMORDIAIS SEREM PASSADOS AOS SEUS FILHOS?

CHINA - Eu os incentivo a lutarem pelo que eles querem. Cheguei onde cheguei porque acreditei muito em mim e no meu talento e tento mostrar que eles podem ser o que quiserem na vida, mas tem que ter muito amor e confiança no que se faz. E claro, respeito e educação nunca são demais, né? Falo pra eles o que minha mãe me disse uma vez: “Não importa o que você vai fazer quando crescer, seja músico, médico, advogado, não importa, desde que faça com muito amor e acredite que você consegue”. Eu crio meus filhos para o mundo e acho que essa é a melhor lição que posso passar para eles. LF - O QUE A PATERNIDADE MUDOU NA SUA VIDA?

CHINA - Fiquei mais centrado, mais responsável e minha vida só melhorou depois que virei pai. Adoro ser pai, se eu pudesse tinha muitos filhos. LF - A CANÇÃO ANTIHERÓI VOCÊ FEZ PARA OS SEUS FILHOS. O QUE VOCÊ PRETENDEU PASSAR PARA ELES AO ESCREVÊ-LA?

CHINA - Na verdade o que eu quero dizer a eles nesta música é que agradeço muito a chegada desses caras na minha vida. Usei a canção para dizer o quanto eu os amo. LF - CONTA UM POUCO DA SUA NOVA FASE PROFISSIONAL COMO VJ DA MTV?

CHINA - Tô adorando minha vida profissional. Foi uma virada grande o que aconteceu comigo. Nunca imaginei que seria VJ, mas estou adorando esse novo trabalho, afinal de contas, adoro e vivo de música.

LF - E O SEU NOVO DISCO, O MOTO CONTÍNUO ESTÁ BEM PERTINHO DE SAIR. CONTA PRA GENTE ESSA NOVIDADE.

CHINA - Pois é, em agosto eu lanço o disco e tô bem afim de rodar o Brasil fazendo os shows desse novo trabalho.

LF - QUANDO É QUE NÓS TEREMOS A OPORTUNIDADE DE TE VER CANTANDO EM TERRAS PERNAMBUCANAS?

CHINA - Ainda não tenho uma data fechada, mas espero que logo em breve, pois estou morrendo de saudade. LF - POR FIM, EXISTE ALGUM GRANDE SONHO SEU QUE AINDA NÃO SE REALIZOU? QUAL?

CHINA - Essa é difícil! Estou sempre sonhando com algo, mas quero muito terminar o livro que eu tô fazendo pra Matheus e Tom. Acho que o sonho mais próximo na minha cabeça é esse.

19 REVISTA

LF - QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO CHINA ARTISTA E O CHINA PAI? QUAL A MAIOR DIFERENÇA ENTRE ELES?


ESPAÇO GASTRÔ

A história de Olinda através do

Bom Gosto

Peixe Dieppoise

O

20 REVISTA

linda, eis a inspiração do Capitania Forneria e Mar. A história da cidadepatrimônio é apresentada através da aconchegante ambientação, composta por fotos antigas, relembra outras épocas da nossa Marim dos Caetés. O menu também não fica de fora da homenagem: os nomes fazem referências aos blocos, agremiações e locais históricos.

Inaugurado em 03 de junho de 2008, o restaurante veio com a missão de trazer um diferencial para a orla de Olinda. Suas charmosas varandas com vista para o mar são um convite para os olhos. E a cozinha mediterrânea com adaptações nordestinas, criada por um dos sócios e chef, Jeff Colas, é o ponto forte da casa e encanta aos que experimentam as delícias. “Essa mistura de ingredientes de culturas diferentes conferem aos nossos pratos um sabor particular”, explica Jeff. Para completar o trio de sucesso do empreendimento estão os gastrônomos Ada Siqueira e Rafael Elihimas. “A nossa receita de sucesso é simples: levar aos nossos clientes pratos da alta gastronomia, atendimento de qualidade, localização privilegiada e o melhor: um precinho bastante camarada”, conta a gastrônoma.

Pizzas

Vista da varanda superior


Apesar do ambiente sofisticado, o Capitania tem um preço bastante acessível. O filé mignon pode ser degustado a partir de R$ 26, as pizzas são a partir de R$ 19, e os irrestíveis paninis (massa fina em formato de mini-baguete com recheios diversos) ficam em torno de R$ 20. Sem esquecer o rodízio de pizza, às quinta e domingos, por R$ 15,90. Bacalhau Nau Capitânia

As sobremesas são delícias à parte. Vamos uma por uma: o bolo de rolo com sorvete de cajá e calda de goiaba; sorvete com biscoito artesanal do Monte e calda caseira; petit gateau (feito na hora). Essas são apenas algumas das exclusividades doces da casa. Música de qualidade também entra no repertório. Às sextas e sábados, a partir das 18h, tem MPB ao vivo para animar o fim de semana. E o Capitania está sempre inovando. Desde abril deste ano, a casa lançou o serviço de delivery, ou seja, gente, você pode pedir em casa tudo o que está no cardápio. “A ideia é levar mais conforto e comodidade aos nossos clientes”, comenta Rafael Elihimas. A equipe da LaFemme super recomenda!

Piaba de Ouro

Av. Marcos Freire, 25, Bairro Novo – Olinda/PE - Fone: 3429.8970 www.restaurantecapitania.com.br Horários de funcionamento: De terça à quinta, a partir das 17h e de sexta à domingo, a partir das 11h.

21 REVISTA

Serviço: Capitania Forneria e Mar


OLHO NO OLHO

RédeasTOMADAS Recentemente, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) publicou artigo fazendo críticas ao comportamento da oposição e dizendo que seu partido deveria direcionar seu esforço para conquistar as “novas classes médias”, pois o povão estaria “cooptado” irresistivelmente pelo PT de Lula. Depois veio a convenção nacional do partido explicitando as dificuldades de composição interna de seus principais caciques. Com seis meses no governo, a equipe ministerial de Dilma Rousseff passou pelo seu primeiro “test drive”. Duas das principais figuras do núcleo central do governo, Antonio Palocci e Luiz Sérgio deixaram os ministérios da Casa Civil e das Relações Institucionais, respectivamente, pressionados pelos principais partidos aliados. Ambos foram substituídos por duas escolhas pessoais da presidente: a senadora Gleisi Hoffmann e a ex-senadora Ideli Salvatti. Muitos analistas afirmam que agora Dilma tomou as rédeas do governo e pode então seguir ditando seu ritmo de governar o país. Por aqui João da Costa, o prefeito do Recife, segue em pleno trabalho para tentar a reeleição. Em Olinda, Renildo segue na mesma trilha, querendo ficar mais quatro anos. Que venha 2012!!

22 REVISTA

Até a próxima edição!

Aldo Vilela - Jornalista, radialista, professor e apresentador de TV

No início do atual governo, a aposta

da oposição era a de que Dilma faria um governo que seria um mero continuísmo, carente do impressionante carisma exibido pelo seu antecessor. A presidente teve um início de governo por demais tranquilo. Nos primeiros cem dias ela atingiu uma avaliação positiva igual à de Lula em igual período de seu segundo governo.


ENTRE DÍGITOS

Investir tempo e pouco dinheiro

numa estratégia de divulgação através de

I

pode ser negócio.

sso mesmo que está no título. É tempo desta coluna falar um pouquinho de empreendimentos que funcionam há muito tempo (obrigado!) via web. Com o advento das mídias sociais o mundo caiu de cabeça na proposta de viver part-time imerso na constante troca de informações. Mas, como transformar esse novo cenário numa base para negócios? Primeiramente, depende do seu negócio, da sua proposta (que, cá entre nós, não precisa ser inovadora) e do seu público. Vou colocar um ponto aqui nesta parte do público para poder falar mais pra frente sobre isso – aguardem! Pois bem. Música, design, consultoria, serviços, tudo pode ser considerado um negócio, um empreendimento. O boom das mídias sociais trouxe claramente um benefício imenso ao universo fonográfico. Muitos músicos hoje em dia conseguem uma grana extra com shows apenas por divulgar suas músicas e suas performances em meios digitais. Sem falar nos designers que podem expor seus portfólios e conseguir aquele freela que faltava para completar o mês. Consultores que expõe seus serviços e casos solucionados bem como há quem disponibilize serviços específicos para o usuário que precisa e nunca soube onde encontrar. Tenho acompanhado mais de perto o caso da fabricante de brigadeiros (e olindense arretada) Donna Fontelles. Um empreendimento que surgiu aos tropeços, com a publicitária Paulla Fontelles dividindo a fabricação de doces com seu emprego formal. Um pequeno passo, porém uma grande aposta, que

Paulla deu foi investir tempo para divulgar seu produto (muito delicioso, por sinal!) no Facebook. A estratégia dela foi simples: divulgou fotos bem produzidas e deliciosas na página pessoal e tagueou vários amigos nas fotos. Todos os marcados eram escolhidos a dedo. Pois, cada imagem redirecionada para um mural específico representava mais pessoas vendo os quitutes Fontelles. De tag em tag, de post em post, a Donna Fontelles movimentou a rede social para as delícias que ela vendia. Hoje (com menos de 4 meses depois), Paulla largou o emprego para focar seus esforços unicamente neste empreendimento que está bombando com a ajuda da web. Agora de volta ao público. O caso supracitado acertou quando apostou no Facebook, pois já tinha certeza que o público-prioritário dele passava por ali. E aí é que está o ponto a ser analisado com mais cautela. Antes de investir (não dinheiro, mas) esforços numa rede social, tenha a certeza de quem é seu público e se ele está realmente ali na rede escolhida. Ao passo que uma rede social pode causar um boom na sua marca, a mesma rede pode agravar o fracasso da sua estratégia. Pensem muito bem. Para não faltar aquela divulgaçãozinha nas delícias brigadeirozas que a Donna Fontelles fabrica, procurem pela empresa na busca do Facebook ou pelo site www.wix.com/donnafontelles/brigadeiros que todo material usado para divulgação-web está (juro!) de lamber os dedos. 23 REVISTA

Elton di Assis - Jornalista elton.diassis@gmail.com

redes sociais


EDUCANDO

Cursos de curta duração:

reciclando o seu currículo Estar bem preparado para competir em um mercado disputado é, com certeza, a melhor opção para conseguir se destacar e ter o sucesso desejado. A busca contínua pelo conhecimento garante mais experiência, atualização profissional, amplia o networking (rede de relacionamentos) e, consequentemente, o retorno financeiro. Porém, há um fator que caminha de encontro com esses anseios: o tempo! Os cursos superiores de curta duração existem exatamente para essas pessoas que têm pressa, mas não têm muito tempo disponível para se dedicar aos estudos (em especial as mulheres que, além de trabalhar fora, ainda cuidam dos filhos, da casa, do marido etc.).

REVISTA 24 REVISTA

Instituições de ensino como a Facottur é uma das poucas faculdades reconhecida pelo MEC na Região Metropolitana do Recife que oferece esse tipo de curso com qualidade e credibilidade. Localizada na beira mar de Olinda, a faculdade dispõe atualmente de 5 cursos de curta duração: Turismo (3 anos), Marketing, Recursos Humanos , Logística e


Os cursos de curta duração existem para as pessoas que têm pressa, mas não têm muito tempo disponível

Para quem desejar obter o tão desejado “canudo”, Gouveia adianta: O curso de nível superior de curta duração é o caminho mais rápido para alcançar a tão cobiçada vaga no mercado de trabalho. Outra novidade oferecida pela IES são os cursos de pós-graduação. São eles: Perícia Forense, Gestão de Pessoas e Competência e Gestão Estratégica em Segurança de Grandes Eventos – O último em parceria com o Instituto Capacitar. Saiba um pouco mais sobre cada curso através do www.facottur.org. ou 3429.0772. São diversas as opções que você tem para reciclar o seu currículo, basta querer!

Luciano Gouveia, diretor comercial da FACOTTUR.

Serviço: Facottur

Av. Getulio Vargas, 1360. Bairro Novo, Olinda - PE, 53030-010 (81)3429.0772 / 3493.2956

25 REVISTA

Processos Gerenciais (2 anos). “O objetivo dos cursos é trazer novidades e gerar networking para as pessoas interessadas em se atualizar em temas específicos. Pela reciclagem de conceitos e atualização de informações, esses cursos podem contribuir com a formação para o mercado de trabalho”, explica o diretor comercial da instituição, Luciano Gouveia.


EM 1 MIN

O muito querido dr. Carlos Bayma lançou recentemente o Blog do Dr. Bayma (www.drbayma. com) que é pra lá de interessante. Em parceira com Joseane Duque, psicóloga e advogada, Christiane Huggins e Flávia Cruz (jornalistas), ele desenvolveu o projeto que adentra em todas as áreas da saúde e da medicina. Alguns profissionais e conhecedores da arte de diagnosticar e curar escreverão periodicamente para o blog. #super_ indicamos.

Você já conhece os perfeitos-irresistíveis-deliciosos doces da Donna Fontelles? Pois se ainda não conhece, dá uma espiadinha no blog http://www. wix.com/donnafontelles/brigadeiros e enlouqueça! Lá tem todas as informações.

26 REVISTA

Que tal passar um dia inteiro de graça no Summerville? Basta indicar três amigos para fazer o vestibular da Facottur. Se eles efetivarem a matrícula, você ganha um Day Use nesse maravilhoso resort, em Muro Alto. Perfeito, né? Mais informações no 3429.0772.

O gestor em comunicação e profissional com mais de 10 anos de mercado, Saulo Veríssimo lança um projeto com o objetivo de oferecer oportunidades de qualificação e desenvolvimento. A Verissimo Treinamento e Desenvolvimento oferece consultoria em educação empresarial, treinamentos e cursos que vão de encontro à necessidade do mercado com propostas alinhadas em parceria com sua empresa e preço justo. Tá chegando aí o Cabine Fashion! O evento que acontecerá no dia 7 de agosto, das 10h às 20h30, vai reunir várias marcas bacanas (feminino e masculino) durante todo o dia. Além disso, várias atrações: sorteios, desfiles, cupcakes e muito mais. O bafon é uma parceira da Prima Santa e Do Balacobaco e será realizado na casa de festas Donna Festa (Rua Doutor José Maria, 1060 – Tamarineira). Vai perder?


27 REVISTA


28 REVISTA

4 Edição  

Revista LaFemme

Advertisement