Page 1

interbuss

RELEMBREM AS FOTOS DA GALERIA DO INTERBUSS

PORQUE TRANSPORTE É VIDA | ANO 8 | N° 389 | 15 DE ABRIL DE 2018

IDEIA BOA OU ELEITOREIRA?

Prefeita de Paris propõe transporte grátis para melhorar mobilidade; Oposição diz que é eleitoreiro BR DISTRIBUIDORA ASSUME POSTOS DO CARREFOUR


UMA REVISTA

PARA QUEM QUER

SABER TUDO SOBRE TRANSPORTE

NO BRASIL

E NO MUNDO. TODO DOMINGO,

UMA NOVA EDIÇÃO.

interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA

CONTEÚDO DE QUALIDADE COM RESPONSABILIDADE


PEÇAS PARA

BUSSCAR

ANUNCIE NA

INTERBUSS

CONFIRA NOSSAS PROMOÇÕES!

E FIQUE PERTO DO SEU PÚBLICO E DOS SEUS POTENCIAIS 170,00 TORNEIRA SANITARIO BUSSCAR

CLIENTES

ESPELHO RETROVISOR EXTERNO LE BUSSCAR MARTE MANUAL R$

1309,73

R$

PORTA DIANTEIRA PANTOGRAFICA LD BUSSCAR JUMBUSS 360 R$

7419,00

Linha completa de CONTACTE-NOS E FAÇA BOM NEGÓCIO peças de UM reposição Busscar. revista@portalinterbuss.com.br Confiram em nossa loja virtual. Compre pela internet! www.apolloonibus.com.br LANTERNA PISCA AMARELA BUSSCAR >01 R$

interbuss

37,23

RUA MÁRIO JUNQUEIRA DA SILVA, 1580 JARDIM EULINA - CAMPINAS/SP

PORQUE TRANSPORTE É VIDA

FONE: (19) 3395-1668 NEXTEL: 55*113*14504


NESTA EDIÇÃO A GRANDE MATÉRIA

Prefeita propõe gratuidade

Segundo ela, objetivo seria reduzir poluição e melhorar deslocamento SUMÁRIO

6 NOSSA OPINIÃO

12 PÔSTER

7 A IMAGEM MARCANTE

14 DEU NA IMP

8 A GRANDE MATÉRIA

16 REDE SOCIA

O curioso caso do escolar de Vinhedo

A foto que marcou a semana no setor de transportes

Postos do Carrefour passam a ser BR Distribuidora

10 ADAMO BAZANI

O cartão de débito no transporte público

Caio Apache Vip, por Adri

As notas da imprensa espe

O seu espaço na InterBuss

18 O MELHOR D

As melhores fotos publica


ANO 8 | Nº 389 | DOMINGO, 15 DE ABRIL DE 2018 | 1ª EDIÇÃO | CONCLUÍDA ÀS 07h56 (5ª) EDIÇÃO COM 24 PÁGINAS

em Paris

os dos munícipes

iano Minervino

PRENSA ecializada

AL s

DA INTERBUSS

adas no Portal InterBuss

09

O MELHOR DA INTERBUSS

Confiram seleção de fotos que já foram publicadas na Galeria

Melhores fotos da Galeria do InterBuss estão de volta

18

A GRANDE MATÉRIA

BR Distribuidora assume postos de combustíveis do Carrefour

São vinte unidades que também inclui postos do Atacadão

08

DEU NA IMPRENSA

Mercedes-Benz reforma sua fábrica de São Bernardo

Unidade teve expressivo ganho de eficiência operacional

15

REDE SOCIAL

Confira as melhores fotos que foram publicadas no Facebook

As melhores fotos da semana saem aqui na Interbuss!

16


EXPEDIENTE

Uma publicação da InterBuss Comunicação Ltda. DIRETORIA InterBuss Comunicação REVISÃO InterBuss Comunicação ARTE E DIAGRAMAÇÃO InterBuss Comunicação AGRADECIMENTOS DESTA EDIÇÃO Agradecemos à todos os colaboradores de todo o país pelas fotos enviadas esta semana para capa, matérias e pôster. SOBRE A REVISTA INTERBUSS A Revista InterBuss é uma publicação semanal do site Portal InterBuss com distribuição on-line livre para todo o mundo. Seu público-alvo são frotistas, empresários do setor de transportes, gerenciadores de trânsito e sistemas de transporte, poder público em geral e admiradores e entusiastas de ônibus de todo o Brasil e outros países. Todo o conteúdo da Revista InterBuss provenientes de fontes terceiras tem seu crédito dado sempre ao final de cada material. O material produzido pela nossa equipe é protegido pela lei de direitos autorais e sua reprodução é autorizada após um pedido feito por escrito, e enviado para o e-mail revista@ portalinterbuss.com.br. As fotos que ilustram todo o material da revista são de autoria própria e a reprodução também é autorizada apenas após um pedido formal via e-mail. As imagens de autoria terceira têm seu crédito disponibilizado na lateral da mesma e sua autorização de reprodução deve ser solicitada diretamente ao autor da foto, sem interferência da Revista InterBuss. A impressão da revista para fins particulares é previamente autorizada, sem necessidade de pedido. PARA ANUNCIAR Envie um e-mail para contato@portalinterbuss.com. br ou ligue para (19) 99483-2186 e converse com nosso setor de publicidade. Você poderá anunciar na Revista InterBuss, ou em qualquer um dos sites parceiros do grupo InterBuss, ou até em nosso site principal. Temos diversos planos e com certeza um deles se encaixa em seu orçamento. Consulte-nos! PARA ASSINAR Por enquanto, a Revista InterBuss está sendo disponibilizada livremente apenas pela internet, através do site www.revistainterbuss.com.br. Por esse motivo, não é possível fazer uma assinatura da mesma. Porém, você pode se inscrever para receber um alerta assim que a próxima edição sair. Basta enviar uma mensagem para revista@portalinterbuss.com.br e faremos o cadastro de seu e-mail ou telefone e você será avisado. CONTATO A Revista InterBuss é um espaço democrático onde todos têm voz ativa. Você pode enviar sua sugestão de pauta, ou até uma matéria completa, pode enviar também sua crítica, elogio, ou simplesmente conversar com qualquer pessoa de nossa equipe de colunistas ou de repórteres. Envie seu e-mail para revista@ portalinterbuss.com.br ou contato@portalinterbuss. com.br. Procuramos atender a todos o mais rápido possível. A EQUIPE INTERBUSS A equipe do Portal InterBuss existe desde 2000, desde quando o primeiro site foi ao ar. De lá pra cá, tivemos grandes conquistas e conseguimos contatos com os mais importantes setores do transporte nacional, sempre para trazer tudo para você em primeira mão com responsabilidade e qualidade. Por conta disso, algumas pessoas usam de má fé, tentando ter acesso a pessoas e lugares utilizando o nome do Portal InterBuss, falando que é de nossa equipe. Por conta disso, instruímos a todos que os integrantes oficiais do Portal e Revista InterBuss são devidamente identificados com um crachá oficial, que informa o nome completo do integrante, mais o seu cargo dentro do site e da revista. Qualquer pessoa que disser ser da nossa equipe e não estiver devidamente identificada, não tem autorização para falar em nosso nome, e não nos responsabilizamos por informações passadas ou autorização de entradas dadas a essas pessoas. Qualquer dúvida, por favor entre em contato pelo e-mail contato@portalinterbuss.com.br ou pelo telefone (19) 99483.2186, sete dias por semana, vinte e quatro horas por dia.

NOSSA OPINIÃO

Editorial

O caso do transporte escolar de Vinhedo/SP A prefeitura da cidade de Vinhedo, localizada na Região Metropolitana de Campinas, anunciou há alguns dias que a atual operadora do sistema de transporte escolar da localidade, a Viação Santa Cecília (ou simplesmente Sancetur, a mesma da “rede” SOU), comunicou que não tem mais interesse em operar o serviço. De acordo com a imprensa local, os veículos da empresa estariam muito velhos e o serviço não estava sendo feito de acordo com as normas de segurança. Realmente a Sancetur fez a compra de veículos muito velhos para operar o escolar de Vinhedo, porém curiosamente ainda sim eram ônibus mais novos dos que ainda circulam em cidades maiores como Campinas, por exemplo, que tem uma frota urbana bastante velha e coletivo que circula com mais de 13 anos de uso, tudo obviamente com a conivência da omissa prefeitura local. Mas deixando a questão campineira de lado, já que nada vai ser resolvido a curto prazo ainda mais com um processo licitatório fajuto que está sendo montado pela prefeitura, a questão que envolve a cidade de Vinhedo tem dois gumes: a prefeitura não solicitou o rompimento do contrato, mesmo com a enxurrada de reclamações que povoou a imprensa local nos últimos dias. Será que essas notícias não foram plantadas por alguém que estaria interessada na retirada da empresa do serviço? Ou a municipalidade foi omissa em fazer vistas grossas ao clamor dos pais dos alunos que são transportados? Será que os pais realmente reclamaram excessivamente como foi mostrado na imprensa? Como é sabido, a imprensa da região de Campinas é bastante precária. O maior jornal da região, o Correio Popular da cidade de Campinas, está enfrentando uma greve que já dura mais de um mês por falta de pagamento de salário. A publicação ainda está indo para as bancas e para a casa dos assinantes graças a parte dos jornalistas que continuam trabalhando e a estagiários (muito ruins). Nessa altura do campeonato, qualquer coisa que chega para eles é publicado, sem ser devidamente checado. Agora, se tudo o que foi dito realmente for verdade, a prefeitura deveria ser responsabilizada por omissão ao permitir que a qualidade do serviço prestado tivesse caído. Por outro lado, a Sancetur tomou uma atitude que muita empresa mequetrefe deveria também tomar: largar o serviço quando o mesmo dá prejuízo. Muitos contratos vigentes no setor de transporte público são alvo de reclamação das empresas operadoras, pois segundo elas há déficits constantes. Oras, se há prejuízo operacional, por que a empresa não larga o serviço? Todo mundo reclama mas ninguém quer entregar o contrato de volta para o poder público. Esses contratos firmados com as prefeituras, principalmente para o transporte urbano, geralmente são feitos com cláusulas fajutas que prejudicam apenas a população: se a prefeitura rompe o contrato com a empresa operadora, tem que pagar multa, mas se o rompimento for da empresa, ela não tem que pagar nada para a municipalidade, no máximo deve operar por mais algum tempo até a escolha da nova empresa. Em Campinas essa situação é recorrente há muitos anos, com as empresas operando no “prejuízo” há décadas e mesmo assim ainda participam de licitações para continuar circulando “no prejuízo”. Com a falta de transparência na política de tarifas, a população paga um absurdo por um serviço de péssima qualidade. Que outras façam como a Sancetur: não deu para operar, largue para que outra entre no lugar e faça o serviço adequadamente.


A IMAGEM MARCANTE

Salvador, BA

Domingo, 8 de Abril de 2018

O ônibus que levava o Bahia para o clássico Ba-Vi no Barradão, foi atacado por pedradas na chegada ao estádio. Apesar da presença da polícia, os torcedores não se intimidaram e continuaram atacando com latas e pedras. A PM utilizou bombas de efeito moral para dispersar a público. Nenhum jogador ficou ferido, mas os estilhaços chegaram a cair em cima do técnico Guto Ferreira e de alguns jogadores. Com informações do Correio da Bahia.


A GRANDE MATÉRIA

Combustíveis

BR Distribuidora assume 20 postos do Carrefour

Da BR Distribuidora | assessoria A Petrobras Distribuidora já começou a implantar sua marca em vinte postos de serviço localizados em hipermercados e lojas de autosserviço do Grupo Carrefour, em oito estados. No fim de 2017, a BR venceu uma licitação da gigante do varejo para embandeiramento e fornecimento de combustíveis, com duração de três anos e volume estimado de até 2,3 bilhões de litros. Os postos, que contam com as marcas Carrefour ou Atacadão, também terão seus registros atualizados na Agência Nacional do Petróleo (ANP) para reiniciar as operações.

08 interbuss | 15.04.2018

Segundo o diretor da Rede de Postos da BR, Marcelo Fernandes Bragança, as unidades que serão embandeiradas até maio ficam em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraíba, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Rio Grande do Norte e Paraná. “Tenho certeza de que esse relacionamento vai crescer e gerar bons frutos nos próximos anos. A parceria com o Carrefour está completamente aderente à nossa estratégia de expansão da rede de postos”, afirma Bragança. “A parceria com a Petrobras Distribuidora diversifica a operação de postos do Grupo Carrefour e reforça o nosso compromisso em oferecer aos milhões

de clientes que atendemos mensalmente combustível de alta qualidade”, ressalta Christophe Villechanoux, diretor de Postos de Combustível do Grupo Carrefour. BR – A Petrobras Distribuidora é líder no mercado brasileiro de distribuição de combustíveis e lubrificantes, com mais de 8.000 postos de serviço com sua bandeira, atuando também com as franquias de conveniência BR Mania e Lubrax+. No mercado B2B, seu portifólio inclui aproximadamente 14.000 grandes clientes, em segmentos como aviação, asfaltos, transporte, produtos químicos, supply house e energia.


Mobilidade Urbana

Prefeita de Paris propõe transporte público grátis Com lentidão de outras propostas, prefeita lança novas ideias Da RFI | notícias Em dificuldades por causa da lentidão na oferta do novo Vélib’, o popular serviço de bicicletas da capital francesa, ou ainda por causa da proposta de transformação das marginais do Rio Sena em áreas restritas a pedestres, contestada por vários setores, a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, tenta recuperar o controle sobre os transportes lançando a discussão sobre a gratuidade. “Nós estamos criando [uma nova proposta], e é claro que isso inclui assumir riscos. Devemos ir com tato”, afirmou nesta terça-feira (20) a prefeita Anne Hidalgo, na abertura do Conselho de Paris, acrescentando que “se nós não pedirmos atos hoje, nunca mais falaremos sobre isso amanhã”. Hidalgo fez as declarações durante a discussão do plano de biodiversidade da capital francesa. Mas ela também se referia às propostas lançadas no início desta semana sobre a questão dos transportes. A prefeita havia anunciado um futuro “estudo sobre transporte público gratuito” para os parisienses, associando vereadores e especialistas. A “questão do transporte gratuito é uma das chaves da mobilidade urbana onde o lugar do carro poluente não é mais central”, disse ela ao diário econômico Les Echos. Financiamento Esse modelo de negócios é viável? Como encontrar outras fontes de financiamento? Poderia uma taxa de congestionamento pagar pelo transporte gratuito urbano? “Estas são algumas das perguntas a serem respondidas até o final do ano”, disse Hidalgo à rádio France Bleu. “Estou aberto a todas as novas idéias, de onde elas vierem”, disse a opositora Valérie Pécresse, presidente de Os Republicanos (direita) da região de Ilê-de-France (Grande Paris) e chefe dos transportes regionais à Radio Classique, mas “não deve haver um euro a menos de receita para o transporte na região”, avisou, alertando que a prefeita não poderia “tomar decisões sozinha”. A prefeita de Paris anunciou ter

“negociado” com donos de estacionamento uma taxa preferencial de € 75 por mês (contra € 140 em média) para os motoristas que entram em Paris e depois estacionam o carro, utilizando a seguir o transporte público. Ela também proporá à votação do Conselho, o reembolso, já anunciado em janeiro, do cartão Navigo (o equivale ao Transporte Único, no Brasil) para idosos e adultos com deficiência. A oposição não perdoou o lançamento do debate sobre a gratuidade do transporte público. A prefeita, do Partido Socialista, foi criticada por deputados do República Em Marcha, partido no poder federal, como um “anúncio eleitoreiro”. Os deputados de Os Republicanos falaram em “irresponsabilidade” e “demagogia”. Antipoluição: Alemanha e o transporte público gratuito Para tentar reduzir o nível de poluição, a Alemanha propôs à Comissão Europeia em fevereiro deste ano um teste com transportes públicos gratuitos em cinco cidades-chave alemãs como Bonn, Essen e Reutlingen. A ideia é diminuir o número de

carros circulando nos perímetros urbanos, segundo declaração conjunta dos ministros alemães do Meio Ambiente, Transportes e Finanças, dirigida ao comissário europeu Karmenu Vella. Se o teste nas cinco cidades-piloto obtiver resultados positivos, a medida deve ser imediatamente ampliada para outras cidades da Alemanha que ultrapassam o limite de poluição estabelecido pelas normas europeias. A Federação de transportes alemã (VDV), no entanto, pede um reembolso de € 12 bilhões, caso isso aconteça e avalia que o sistema atual não tem capacidade para atender a demanda, caso o transporte se torne gratuito. Segundo o jornal francês Les Echos, a prioridade da chanceler alemã Angela Merkel seria evitar a proibição de circulação de veículos a diesel nos grandes centros urbanos, por causa da poluição. No entanto, empresas como Volkswagen, Daimler ou BMW não cooperam e se recusam a investir em soluções técnicas que poderiam reduzir em 90% a poluição de seus carros, afirmando que a medida teria um custo adicional de € 1,3 mil por veículo. 15.04.2018 |

interbuss 09


COLUNAS

NOSSO TRANSPORTE ADAMO BAZANI | adamobus@gmail.com

OPINIÃO: O cartão de débito no pagamento do transporte público No dia 16 de março deste ano, o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, vetou o projeto de lei 478 aprovado na Assembleia Legislativa do Estado (Alerj) que previa a possibilidade do pagamento de tarifas de transportes públicos com cartão de débito. A justificativa apresentada se ampara no argumento de que o projeto dispõe sobre meios de pagamento, interferindo, assim, na competência privativa da União de legislar sobre a questão de Direito Civil. Por outro lado, no dia 22 do mesmo mês, o governo do Distrito Federal anunciou que pretende iniciar em abril testes para aceitar cartão de débito no pagamento das passagens. A flexibilização dos meios de pagamento do transporte público é um movimento observado em nível mundial; no entanto, devido à arquitetura institucional brasileira, discute-se a possibilidade da sua implementação de forma efetiva. O sistema de utilização de cartão de débito, semelhante ao utilizado em Londres, consiste no pagamento da passagem apenas aproximando o cartão do validador e sem necessidade de inserção de senha (contactless payment). Outras tecnologias de pagamento também estão sendo desenvolvidas, como o sistema criado pela empresa israelense HopOn que permite a validação do bilhete à distância através de ondas ultrassônicas enviadas pelo celular do viajante. Além destes sistemas e do convencional smartcard, pode-se citar o leitor de QR Code e o NFC (near field communication), que permite que dois dispositivos (celular e validador) se comuniquem quando estão próximos. Vários são os benefícios que a flexibilidade de pagamento pode oferecer ao transporte público. Para os usuários, representa uma opção adicional de pagamento, o que proporciona maior conforto e diminui custos de transação, potencialmente aumentando a demanda pelo serviço. Para os operadores, além do potencial aumento da demanda, a utilização dests método de pagamento permite maior controle do caixa e diminui os custos de transação associados à necessidade de papel-moeda. Além dos ganhos diretos para usuários e operadores, listados anteriormente, outros benefícios podem ser de-

10 interbuss | 15.04.2018

stacados. Nesse momento em que se discute segurança pública no estado do Rio de Janeiro, a diminuição de circulação de dinheiro nos ônibus pode gerar redução na quantidade de assaltos. Ademais, sob o ponto de vista do planejamento, a utilização do cartão de débito para pagamento das tarifas pode fornecer informações valiosas para o desenvolvimento de políticas públicas de transporte urbano. Para o órgão gestor, reduzir a proporção de transações em dinheiro pode contribuir bastante para a fiscalização e transparência financeira do negócio. Apesar dos ganhos indiretos destacados para todo o sistema – segurança pública, planejamento do sistema e transparência -, o operador apenas investirá em novas tecnologias de pagamento, ou qualquer outra melhoria, se entender que vai obter ganho econômico. A regulação tarifária do setor estabelece que as empresas apenas podem repassar os custos de implementação de novos sistemas, caso estes estejam estabelecidos em contrato ou sob permissão do órgão gestão do transporte. Como os potenciais ganhos para o sistema são provavelmente maio-

res do que o ganho percebido pelo operador, a teoria econômica da regulação sugere que o órgão gestor deve autorizar o repasse para a tarifa de parte dos custos de investimento. Assim, esse repasse deve ser suficiente para gerar incentivo para que o operador realize o investimento, mas menor do que o total dos benefícios indiretos gerados para o sistema. A medida que previa a melhoria na tecnologia de pagamento, se implantada de forma tecnicamente correta, pode apresentar avanço relevante para o transporte coletivo do Estado do Rio de Janeiro. Entretanto, sob a ótica da regulação, o veto do governador Pezão foi acertado na medida em que deliberar sobre investimentos em melhorias em serviço público concedido não deveria ser atribuição do Poder Legislativo, mas sim do órgão gestor de transportes. Edmilson Varejão Neto – Doutorando em Economia pela EPGE/FGV Gregório Costa Luz de Souza Lima – Mestrando em Engenharia de Transportes pela COPPE/UFRJ e Pesquisador do FGV CERI.


Edital para transporte coletivo de Porto Velho deve sair no fim de maio

O edital para o transporte coletivo de Porto Velho está previsto para ser publicado no fim de maio de 2018. O município iniciou o processo licitatório para contratação de empresas em março deste ano. Atualmente, o consórcio SIM opera no município com contrato emergencial de dois anos. A previsão foi informada pelo secretário Carlos Henrique da Costa, da Semtran (Secretaria Municipal de

Trânsito, Mobilidade e Transportes), ao G1. O secretário informou também que será divulgada uma pesquisa de opinião, que funcionará como um simulador de tarifa, para que a população escolha quanto pretende pagar pela passagem e que melhorias desejam. A pesquisa será divulgada no site da Semtran e o resultado será apresentado em audiência pública prevista para o dia 3 de maio, no Teatro Ban-

zeiros, no centro histórico de Porto Velho. Segundo previsão da Prefeitura, o novo sistema de transporte público vai começar a atender a população a partir de dezembro de 2018, quando a licitação já terá terminado. “O Consórcio SIM também poderá participar, desde que se ajuste às especificidades do processo licitatório”, disse Carlos Henrique, ao G1. 15.04.2018 |

interbuss 11


interbuss

ADRIANO MINERVINO Caio Apache Vip Vila Real, em Rio de Janeiro/RJ


DEU NA IMPRENSA

Transpo Online

RESUMO DAS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA IMPRENSA ESPECIALIZADA

Transpo Online

Exportações de Mercede Volksbus mais e eficiênc que dobraram neste ano

Do site | notícias

Do site | notícias Foi confirmado o embarque acumulado de 956 Volksbus aos tradicionais mercados da montadora na América Latina e África. O volume, negociado nos três primeiros meses do ano, é mais do que o dobro do total registrado no mesmo período de 2017, quando foram exportados 455 ônibus. Destaque para os chassis Volksbus 17.230 OD e 17.260 OD, os mais vendidos.

14 interbuss | 15.04.2018

“Trinta por cento dos embarques de produtos Volkswagen ao exterior são chassis de ônibus produzidos na fábrica de Resende”, informou Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America. Ao todo, a montadora contabilizou 2.885 embarques, somando-se caminhões e ônibus, para mais de 30 países. Trata-se do melhor primeiro trimestre de sua história, com alta de 20% sobre o volume registrado em 2008, até então o mais alto.

A Mercedes-Benz investiu R$ 500 milhões em sua nova linha de montagem de caminhões na fábrica de São Bernardo do Campo (SP), de acordo com o conceito de Indústria 4.0 no Brasil, incluindo tecnologia digital, a hiperconectividade, dados na nuvem e a Internet das Coisas. Agora, os colaboradores estão no comando das tecnologias, obtendo altos padrões de qualidade e produtividade, além da maior flexibilidade para atendimento às demandas dos clientes. A construção do novo prédio demandou três anos e contempla a montagem de caminhões e a logística de peças. “Depois de anunciar os R$ 500 milhões na fábrica, chegou a hora de entregarmos essa linha para nossos colaboradores e também para os nossos clientes, que contarão com produtos fabricados com a mais alta tecnologia. Aliás, as tecnologias inovadoras da indústria 4.0 serão expandidas a todos os nossos processos produtivos, como às linhas de agregados (motores, câmbios e eixos) e à fabricação de chassis de ônibus em São Bernardo do Campo, como também à planta de Juiz de Fora, em Minas Gerais, onde produzimos cabinas e os caminhões Actros”, informou Philipp Schiemer, presi-


es-Benz melhora produção cia em sua fábrica de SBC

dente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina. Segundo o executivo, a nova linha de montagem de caminhões é 15% mais eficiente em termos de produção do que a anterior. “Além disso, alcançaremos 20% de ganho de eficiência logística, graças a exemplos como a redução de armazéns de peças de 53 para 6, ao aumento do percentual de entrega de peças diretas na linha de 20% para 45%, e à redução do armazenamento de componentes de 10 dias para no máximo 3 dias”, analisou Schiemer. A linha de montagem conta com equipamentos, ferramentas e tecnologias de última geração, totalmente conectados, permitindo que dados sejam disponibilizados em tempo real para diversas áreas da fábrica. Por exemplo, um App permite acompanhar 100% da produção da nova linha de caminhões pelo celular, incluindo uma interface com a planta de Juiz de Fora e com diversas áreas de São Bernardo do Campo. A montadora informa que todas as fábricas de caminhões do Grupo Daimler estarão conectadas através da tecnologia. “Todos os dados gerados pelo aplicativo e por equipamentos como as apertadeiras eletrônicas e os AGVs (Automatic Guided Vehicle ou Veículos Guiados Automaticamente), estão sendo armazenados

na nuvem com a inteligência do Big Data. Através desses dados, utilizando de recursos Analytics, podemos monitorar a qualidade de todos os nossos produtos, detectar qualquer falha e até casar as informações de Vendas com nossos sistemas de produção para flexibilizar cada vez mais nosso mix de produtos”, explica Carlos Santiago, vicepresidente de Operações da Mercedes-Benz do Brasil. Entre os diferenciais tecnológicos dessa nova linha de montagem de caminhões incluem-se: Mais de 60 AGVs, mais de 100 apertadeiras eletrônicas, mais de 40 monitores de TV que dispensam papeis na orientação aos montadores em cada estação de trabalho, modernas impressoras 3D e, em breve, óculos de realidade aumentada. Na logística de peças, destacamse novas empilhadeiras com câmeras que orientam toda a movimentação e sensores luminosos nas prateleiras de estoque que monitoram a entrada e a saída de materiais. Layout da planta O conceito “One roof assembly” assegura que todos os modelos de caminhões podem ser produzidos no mesmo prédio, com a flexibilidade de ordem de montagem de qualquer modelo, do leve ao pesado. Já o conceito “Fishbone” resulta em estoque

e supermercado de peças, pré-montagem e montagem final totalmente integrados, otimizando e agilizando o processo de produção de caminhões. A unificação e verticalização dos almoxarifados possibilita a centralização do recebimento, distribuição e devolução de embalagens vazias. Isso traz ganhos de produtividade e eficiência, com redução de custos de logística e transporte dentro da fábrica. Os mais de 50 antigos armazéns logísticos serão concentrados em 6 Hubs Logísticos, totalmente integrados à linha de montagem. Cada um deles próximo a um centro de produção. Mercado de trabalho A Mercedes-Benz está contratando mais 330 colaboradores horistas diretos para suas fábricas de veículos comerciais no Brasil, sendo 250 para áreas de produção na planta de São Bernardo do Campo e 80 para a unidade de Juiz de Fora. “Nossa Empresa começa o primeiro semestre de 2018 com a contratação de 522 pessoas para a planta de São Bernardo do Campo, além de 160 novos colaboradores para a fábrica de Juiz de Fora, em Minas Gerais. São cerca de 700 novas contratações para as duas plantas desde janeiro a partir da reação do mercado de veículos comerciais”, finalizou Schiemer. 15.04.2018 |

interbuss 15


REDE SOCIAL

AS MELHORES FOTOS DA SEMANA NO FACEBOOK

Ailton Florêncio | Marcopolo Viale BRT

Danilo Vitorino | Busscar Vissta Buss HI

Thiago M Souza | Marcopolo Viaggio GV1000

16 interbuss | 15.04.2018

Raphael Malacarne | Marcopolo Torino

Willian Schimitt | Marcopolo Viale

Ailton Florêncio | Marcopolo Torino


Igor França | Caio Apache Vip Luan Peixoto | Busscar Jum Buss 380

Wallace Barcellos | Marcopolo Paradiso G6 1800DD

SĂŠrgio Carvalho | Caio Apache Vip

Charleston Carvalho | Marcopolo Paradiso G7 1800DD

Manuel Felipe | Marcopolo Paradiso G6 1200 15.04.2018 |

interbuss 17


O MELHOR DA INTERBUSS

UMA SELEÇÃO DAS MELHORES FOTOS PUBLICADAS NAS GALERIAS DO PORTA

Diego Almeida Araujo Marcopolo Torino Volksbus 17 230 | Viação Antonina

Diego Almeida Araujo Marcopolo Torino Volksbus 17 230 | Viação Antonina

Wesley Araujo Neobus Mega MBB OF-1418 | Gire Transportes

Wesley Araujo Neobus Mega MBB OF-1418 | Gire Transportes

José Augusto Gama Busscar Urbanuss Pluss Scania L94 | Infraero

José Antonio Gama Busscar Vissta Buss MBB O-371RSD | Viação Itapemirim

18 interbuss | 15.04.2018


S JÁ TAL INTERBUSS

Márcio Douglas R. Venino Neobus BRS Scania K230 | Translitorânea

Matheus Novacki Neobus Mega BRT Volvo B12R | Curitiba

Wesley Araujo Neobus Mega MBB OF-1722M | Gire Transportes

Wesley Araujo Neobus Mega MBB OF-1722M | Gire Transportes

Mike Cardoso Marcopolo Paradiso G6 1800DD | Diamond Bus

Emerson Kbbssa Busscar Mini Micruss | Avanza Corriere

15.04.2018 |

interbuss 19


O MELHOR DA INTERBUSS

Cássio Moutinho Marcopolo Torino MBB OF-1418 | Expresso Maringá SJC

Adriano Minervino Marcopolo Paradiso G7 1200 MBB O-500RSD | UTIL

Bruno Freitas Caio Amélia MBB OF-1113 | Derson Turismo

Bruno Freitas Caio Apache S22 MBB OF-1722 | Belo Horizonte

Alexandre M. Sanches Marcopolo Viaggio GV 900 MBB OF-1620 | Reunidas Transportes

Alexandre M. Sanches Marcopolo Viaggio GV 900 MBB OF-1620 | Reunidas Transportes

20 interbuss | 15.04.2018


Cássio Moutinho Marcopolo Torino Volvo B58 Trólebus | Metra

Gabriel Dias Marcopolo Paradiso G6 1350 Volvo B12R | Nacional Expresso

Caio Henrique Marcopolo Paradiso G7 1200 MBB O-500RS | Real Expresso

Giovani Alencar Busscar Urbanuss Pluss MBB OF-1418 | VB Transportes

Anderson Ribeiro Marcopolo Paradiso G7 1200 MBB O-500RS | Viação Cometa

Anderson Ribeiro Marcopolo Paradiso G6 1200 Volvo B10R | Itamarati 15.04.2018 |

interbuss 21


COLUNAS

VIAGENS & MEMÓRIA

NOVA INTERBUSS.

MARISA VANESSA N. CRUZ | ideiaselembrancas@gmail.com

Como é o transporte urbano no Aeroporto de Guarulhos No último dia 31 de março, visitei a nova linha de trem, a 13-Jade, que irá até próximo ao Aeroporto de Guarulhos. Eu digo próximo, porém na nova estação é necessário embarcar em um ônibus gratuito do aeroporto até o Terminal 1. A linha estava em operação assistida, funcionando este mês aos sábados e domingos, das 10 às 15 horas. Porém vamos focar nas linhas de ônibus entre os terminais do Aeroporto, e a metropolitana que parte de lá.

Linhas gratuitas do GRU Airport A GRU Airport fornece transporte gratuito entre os terminais 1, 2 e 3, 24 horas por dia. Além disso, no primeiro dia de operações da linha 13 uma linha extra estava funcionando entre a estação de trem e a linha 1, no mesmo horário da estação, das 10 às 15 horas aos sábados e domingos para este mês de abril.

NOVO CONTEÚDO

Linha urbana do Airport Bus Service Para quem desembarca de avião ao Aeroporto de Guarulhos, os ônibus urbanos com ar-condicionado da linha 257, que vão até a estação Tatuapé do Metrô, e identificados como “Airport Bus Service”, ainda são uma excelente opção direta para São Paulo, a partir do embarque nos terminais 3 (ponto inicial), 2 e 1. A tarifa custa R$ 6,15. A vantagem é que esta linha para em todos os terminais, não precisando pegar um ou dois ônibus gratuitos até a estação de trem e caminhar até a plataforma. Por outro lado, com o serviço regular previsto para junho, mesmo assim não acredito que irá perder grande parte dos passageiros da linha 257, pela distância da estação de trem até o terminal 1, e também não acredito pela suposta extinção da linha por ter simplesmente um trem passando ali perto. As linhas executivas para o Aeroporto de Congonhas, Tietê/Barra Funda, Praça da República, entre outras, custam atualmente R$ 50. Além das metropolitanas, passam também algumas linhas municipais, como S172 (Shopping Internacional – executivo), 331 (Terminal Cecap), 436 (Jardim Santa Mena) e 488 (Circular Aeroporto)

NOVA VISÃO TUDO NOVO TUDO POR VOCÊ interbuss

22 interbuss | 08.04.2018

PORQUE TRANSPORTE É VIDA


ANUNCIE NA

INTERBUSS E FIQUE PERTO DO SEU PÚBLICO E DOS SEUS POTENCIAIS

CLIENTES CONTACTE-NOS E FAÇA UM BOM NEGÓCIO

revista@portalinterbuss.com.br

interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA


NOVA INTERBUSS. NOVO CONTEÚDO

NOVA VISÃO TUDO NOVO TUDO POR VOCÊ interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA

Revista InterBuss | Edição 389 | 15.04.2018  

Edição com 24 páginas | Concluída na quinta (15) | Confira nesta edição matéria sobre a proposta da prefeitura de Paris de conceder gratuida...

Revista InterBuss | Edição 389 | 15.04.2018  

Edição com 24 páginas | Concluída na quinta (15) | Confira nesta edição matéria sobre a proposta da prefeitura de Paris de conceder gratuida...

Advertisement