Page 1

interbuss

RELEMBREM AS FOTOS DA GALERIA DO INTERBUSS

PORQUE TRANSPORTE É VIDA | ANO 8 | N° 372 | 03 DE DEZEMBRO DE 2017

TORINO S GANHA AS RUAS

Primeiras doze unidades adquiridas já foram montadas e entregues às empresas compradoras SITUAÇÃO DA ITAPEMIRIM FICA CADA VEZ PIOR


UMA REVISTA

PARA QUEM QUER

SABER TUDO SOBRE TRANSPORTE

NO BRASIL

E NO MUNDO. TODO DOMINGO,

UMA NOVA EDIÇÃO.

interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA

CONTEÚDO DE QUALIDADE COM RESPONSABILIDADE


PEÇAS PARA

BUSSCAR

ANUNCIE NA

INTERBUSS

CONFIRA NOSSAS PROMOÇÕES!

E FIQUE PERTO DO SEU PÚBLICO E DOS SEUS POTENCIAIS 170,00 TORNEIRA SANITARIO BUSSCAR

CLIENTES

ESPELHO RETROVISOR EXTERNO LE BUSSCAR MARTE MANUAL R$

1309,73

R$

PORTA DIANTEIRA PANTOGRAFICA LD BUSSCAR JUMBUSS 360 R$

7419,00

Linha completa de CONTACTE-NOS E FAÇA BOM NEGÓCIO peças de UM reposição Busscar. revista@portalinterbuss.com.br Confiram em nossa loja virtual. Compre pela internet! www.apolloonibus.com.br LANTERNA PISCA AMARELA BUSSCAR >01 R$

interbuss

37,23

RUA MÁRIO JUNQUEIRA DA SILVA, 1580 JARDIM EULINA - CAMPINAS/SP

PORQUE TRANSPORTE É VIDA

FONE: (19) 3395-1668 NEXTEL: 55*113*14504


NESTA EDIÇÃO A GRANDE MATÉRIA

Primeiros Torino S já estão

Foram adquiridas as primeiras doze unidades da versão mais sim SUMÁRIO

6 NOSSA OPINIÃO

12 PÔSTER

7 A IMAGEM MARCANTE

14 DEU NA IMP

9 A GRANDE MATÉRIA

16 REDE SOCIA

Rio de Janeiro não tem prefeito

A foto que marcou a semana no setor de transportes

Scania é premiada por programa de manutenção

10 ADAMO BAZANI

Situação da Viação Itapemirim fica crítica

Irizar New Century, por Di

As notas da imprensa espe

O seu espaço na InterBuss

18 O MELHOR D

As melhores fotos publica


ANO 8 | Nº 372 | DOMINGO, 3 DE DEZEMBRO DE 2017 | 1ª EDIÇÃO | CONCLUÍDA ÀS 11h06 (S) EDIÇÃO COM 24 PÁGINAS

nas ruas

mples do urbano

iego Almeida

PRENSA ecializada

AL s

DA INTERBUSS

adas no Portal InterBuss

08

O MELHOR DA INTERBUSS

Confiram seleção de fotos que já foram publicadas na Galeria

Melhores fotos da Galeria do InterBuss estão de volta

18

ADAMO BAZANI

Situação da Viação Itapemirim fica cada vez mais complicada

Sem ônibus para operar, linhas são assumidas por outras

10

DEU NA IMPRENSA

VLT fabricado pela Siemens vai circular por San Francisco

Cidade norte-americana vai receber as composições logo

14

REDE SOCIAL

Confira as melhores fotos que foram publicadas no Facebook

As melhores fotos da semana saem aqui na Interbuss!

16


EXPEDIENTE

Uma publicação da InterBuss Comunicação Ltda. DIRETORIA InterBuss Comunicação REVISÃO InterBuss Comunicação ARTE E DIAGRAMAÇÃO InterBuss Comunicação AGRADECIMENTOS DESTA EDIÇÃO Agradecemos à todos os colaboradores de todo o país pelas fotos enviadas esta semana para capa, matérias e pôster. SOBRE A REVISTA INTERBUSS A Revista InterBuss é uma publicação semanal do site Portal InterBuss com distribuição on-line livre para todo o mundo. Seu público-alvo são frotistas, empresários do setor de transportes, gerenciadores de trânsito e sistemas de transporte, poder público em geral e admiradores e entusiastas de ônibus de todo o Brasil e outros países. Todo o conteúdo da Revista InterBuss provenientes de fontes terceiras tem seu crédito dado sempre ao final de cada material. O material produzido pela nossa equipe é protegido pela lei de direitos autorais e sua reprodução é autorizada após um pedido feito por escrito, e enviado para o e-mail revista@ portalinterbuss.com.br. As fotos que ilustram todo o material da revista são de autoria própria e a reprodução também é autorizada apenas após um pedido formal via e-mail. As imagens de autoria terceira têm seu crédito disponibilizado na lateral da mesma e sua autorização de reprodução deve ser solicitada diretamente ao autor da foto, sem interferência da Revista InterBuss. A impressão da revista para fins particulares é previamente autorizada, sem necessidade de pedido. PARA ANUNCIAR Envie um e-mail para contato@portalinterbuss.com. br ou ligue para (19) 99483-2186 e converse com nosso setor de publicidade. Você poderá anunciar na Revista InterBuss, ou em qualquer um dos sites parceiros do grupo InterBuss, ou até em nosso site principal. Temos diversos planos e com certeza um deles se encaixa em seu orçamento. Consulte-nos! PARA ASSINAR Por enquanto, a Revista InterBuss está sendo disponibilizada livremente apenas pela internet, através do site www.revistainterbuss.com.br. Por esse motivo, não é possível fazer uma assinatura da mesma. Porém, você pode se inscrever para receber um alerta assim que a próxima edição sair. Basta enviar uma mensagem para revista@portalinterbuss.com.br e faremos o cadastro de seu e-mail ou telefone e você será avisado. CONTATO A Revista InterBuss é um espaço democrático onde todos têm voz ativa. Você pode enviar sua sugestão de pauta, ou até uma matéria completa, pode enviar também sua crítica, elogio, ou simplesmente conversar com qualquer pessoa de nossa equipe de colunistas ou de repórteres. Envie seu e-mail para revista@ portalinterbuss.com.br ou contato@portalinterbuss. com.br. Procuramos atender a todos o mais rápido possível. A EQUIPE INTERBUSS A equipe do Portal InterBuss existe desde 2000, desde quando o primeiro site foi ao ar. De lá pra cá, tivemos grandes conquistas e conseguimos contatos com os mais importantes setores do transporte nacional, sempre para trazer tudo para você em primeira mão com responsabilidade e qualidade. Por conta disso, algumas pessoas usam de má fé, tentando ter acesso a pessoas e lugares utilizando o nome do Portal InterBuss, falando que é de nossa equipe. Por conta disso, instruímos a todos que os integrantes oficiais do Portal e Revista InterBuss são devidamente identificados com um crachá oficial, que informa o nome completo do integrante, mais o seu cargo dentro do site e da revista. Qualquer pessoa que disser ser da nossa equipe e não estiver devidamente identificada, não tem autorização para falar em nosso nome, e não nos responsabilizamos por informações passadas ou autorização de entradas dadas a essas pessoas. Qualquer dúvida, por favor entre em contato pelo e-mail contato@portalinterbuss.com.br ou pelo telefone (19) 99483.2186, sete dias por semana, vinte e quatro horas por dia.

NOSSA OPINIÃO

Editorial

A cidade do Rio de Janeiro tem um prefeito? Na semana passada uma carta aberta dirigida ao prefeito do Rio de Janeiro, o pastor da Igreja Universal do Reino de Deus Marcelo Crivella, foi divulgada à imprensa e difundida pelas redes sociais. A carta alerta sobre a situação crítica do transporte coletivo urbano da capital fluminense e aponta eventuais culpados. Crivella está no poder há quase um ano e não fez absolutamente nada para resolver a crítica questão do transporte na cidade. A tarifa está em um nível bastante baixo (apesar de cara) e não é suficiente para suprir todos os custos do sistema, até porque a prefeitura não dá incentivos. Várias empresas já fecharam as portas e na semana passada quatro delas paralisaram as atividades por um dia em virtude do atraso no pagamento de salários. O décimo terceiro salário sequer tem previsão de ser pago. A inércia do pastor Crivella chega a ser irritante uma vez que ele vê passivamente tudo acontecer da pior forma possível e ainda tenta tirar proveito com discursos extremamente populistas. Ele teve a capacidade de discursar dizendo que a baixa da tarifa do transporte local foi por conta de uma atitude sua, o que não é verdade. A tarifa só baixou por causa de uma decisão judicial, até porque esse assunto da tarifa, que envolve também a renovação da frota e a instalação de ar condicionado em toda a frota está sub júdice há muito tempo. As empresas não cumpriram o contrato no que diz respeito à renovação de frota com a colocação de veículos climatizados em todas as linhas. O prazo era para ser cumprido antes da realização dos Jogos Olímpicos do ano passado, mas passou muito longe disso. Após a crise financeira que assola o setor e concomitantemente à crise de todo o país, as viações urbanas do Rio de Janeiro viram-se sem condições de cumprir com o que foi combinado. Para piorar a situação, a atual administração municipal fez mudanças que prejudicaram as empresas e ainda há a questão do impasse em relação à tarifa. Apesar de todos esses problemas com a incompetência da prefeitura do Rio de Janeiro, não podemos nos esquecer que por muitos anos as empresas operaram de qualquer jeito e lucraram muito com um serviço bastante ruim. As coisas começaram a mudar quando a tarifa foi unificada. Até então, cada empresa cobrava um valor diferente de tarifa por linha, sempre de acordo com a distância. Quem morava mais longe, tinha que pagar uma tarifa maior. Com a reorganização do transporte local isso acabou e foi implantada uma tarifa única, com compensação através de um caixa único, o que tirou muito dinheiro de empresas menores. As viações maiores conseguiram “segurar o rojão” e ainda estão operando, aparentemente com menos problemas que as outras. Aliado a isso não podemos nos esquecer dos esquemas do empresário Jacob Barata, que hoje está abocanhando as linhas de várias outras empresas menores pois apenas ele ainda tem alguma condição de operar de forma mais satisfatória, até porque ele não depende dessas linhas para sobreviver já que tem diversas linhas rodoviárias muito mais lucrativas. Em meio a tudo isso, o prefeito Crivella deveria deixar de ir cantar seus louvores na TV Bandeirantes, como faz esporadicamente, para assumir seu cargo e administrar a segunda maior cidade do país, que sofre tanto com a corrupção de políticos vindo de tantos anos, e melhorar a vida da população que o elegeu.


A IMAGEM MARCANTE

Jundiaí, SP

Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017

Um ônibus da Rápido Luxo Campinas quebrou no meio, no início da noite na Marginal do Rio Jundiaí. Por muita sorte que não havia passageiros no meio do articulado, na hora do acidente. O motorista do coletivo ligou para a empresa pedindo um guincho e que fosse enviado outro ônibus para atender os passageiros que voltavam para casa. A foto é de Edvanderson Luiz, e foi publicada no Jornal da Região.


A GRANDE MATÉRIA

Mercado

Primeiras unidades do Torino S já estão nas ruas

Da Marcopolo | assessoria As primeiras 12 unidades do ônibus urbano Marcopolo Torino S já estão em aplicação e rodam em algumas cidades brasileiras. Os veículos foram adquiridos pelo Grupo GA Brasil, uma das principais operadoras de transporte público do País, e incorporados à frota de empresas pertencentes ao grupo. Foram entregues seis ônibus para a Viação Umuarama (Umuarama-PR) e quatro para a Auto Lotação Princesa do Norte (Montes Claros-MG). Expresso Valônia (ItajubaMG) e Transporte Cisne (Itabira-MG), receberam um veículo cada. “Apresentamos o novo ônibus Torino S em maio e iniciamos a sua produção em setembro. O Grupo GA Brasil adquiriu o modelo por ter sido desenvolvido para garantir ainda mais eficiência operacional, manutenção simplificada e rápida, com os mesmos atributos de robustez e confiabili-

08 interbuss | 03.12.2017

dade comuns a todas as outras versões do Torino, gerando menos custos. O veículo oferece ainda qualidade, conforto, segurança e mais espaço para os passageiros e motorista” ressalta o diretor de operações comerciais e marketing da Marcopolo, Paulo Corso. O Marcopolo Torino S tem 11.250 mm de comprimento total, com 37 poltronas do modelo City Estofada. É equipado com duas portas de acesso, elevador hidráulico para total acessibilidade, itinerário eletrônico e preparação para internet sem fio (Wi-Fi). Externamente, o Torino S tem design limpo, com linhas leves, e novos conjuntos ópticos dianteiro e traseiro. Com lâmpadas totalmente em LED e desenho redondo, possibilitam máxima eficiência luminosa e são facilmente intercambiáveis, reduzindo tempo e custo de manutenção e reparo. Focado na rapidez dos serviços e

no custo de reparação, o Torino S tem saias laterais retas, aro de rodas em borracha e placa do veículo incorporada na tampa traseira (não mais no para-choque). O ônibus conta ainda com vidros laterais intercambiáveis de tamanho único, espelhos retrovisores mais modernos e eficientes, e tomadas de ar de teto de fácil acesso e manuseio para os usuários. Com mais de 50 anos de história, o Grupo GA Brasil formou-se da união de operadores dos segmentos urbano e rodoviário. Atualmente, é composto por mais de 10 empresas, com foco no transporte de passageiros e de cargas, concessionárias de veículos e nos serviços de encomendas expressas. Também se dedica às atividades de turismo e transporte aéreo de executivos. As empresas do grupo - Viação Umuarama, Auto Lotação Princesa do Norte, Expresso Valônia e Transporte Cisne destacam-se entre as maiores do segmento, com atuação em Minas Gerais e Paraná.


Premiação

Programa de manutenção da Scania é premiado

Estadão premiou a Scania por plano de manutenção revolucionário

Da Scania | assessoria No ano em que completa 60 anos de Brasil, a Scania conquistou mais um prêmio, desta vez do jornal O Estado de S. Paulo. Na semana passada, Fábio Souza, diretor de Serviços da Scania no Brasil, recebeu o troféu de Melhor Contrato de Manutenção, vencido pelo programa de Planos Flexíveis, lançado em outubro durante o 21º Salão Internacional do Transporte (Fenatran), realizado na capital paulista. O evento foi realizado na sede do Grupo Estado, em SP. O prêmio confirma a posição de destaque da marca Scania em 2017. “É uma grande satisfação receber este prêmio do Estadão. Lançamos o programa há apenas dois meses. O reconhecimento chancela esta revolução que estamos fazendo no mercado de serviços para veículos com-

erciais”, afirma Souza. “O Programa de Manutenção Scania com Planos Flexíveis é uma solução inédita para o setor, que promove um novo jeito de oferecer serviços. Novamente, estamos um passo à frente dos concorrentes proporcionando eficiência e rentabilidade ao transportador.” O Programa de Manutenção Scania com Planos Flexíveis é uma modalidade em que, por meio da conectividade, o veículo informa o momento ideal de parar para a manutenção. Nesse novo sistema, o pagamento passa a ser mais dinâmico, personalizado e por tempo indeterminado; e feito de acordo com a quilometragem rodada de cada veículo e tarifação por consumo de combustível (ou seja, quanto mais economizar diesel menos o cliente pagará). Com os Planos Flexíveis, a Scania consegue unir de forma perfeita sustentabilidade e rentabilidade, e ainda

reduzir em até 16% o custo de manutenção de cada unidade. Devido à relação de parceria e confiança da Scania com os clientes, esse plano deixa conhecido o custo da manutenção preventiva por toda a vida útil do veículo, tornando a vigência ilimitada. Na prática, o cliente terá a liberdade de permanecer com ele o quanto desejar, sem burocracias. Sobre a premiação O Prêmio “Os Melhores” do Jornal do Carro/Estradão é uma iniciativa de O Estado de S. Paulo. Lançado este ano, o portal específico de Transportes do jornal, o Estradão, passou a integrar a honraria já tradicional para automóveis por meio do Jornal do Carro. Em sua estreia, as categorias levaram em conta a votação da equipe de jornalistas do Estradão e de usuários do aplicativo de cargas TruckPad. 03.12.2017 |

interbuss 09


COLUNAS

NOSSO TRANSPORTE ADAMO BAZANI | adamobus@gmail.com

Viação Itapemirim: já faltam ônibus, investimentos foram realizados e dívidas trabalhistas aumentaram A Viação Itapemirim, que já foi uma das maiores empresas de ônibus da América Latina, sendo até chamada de Greyhound brasileira (em alusão à gigante norte-americana), agora tenta escapar de uma crise sem precedentes e, até mesmo, de seu final. Quem vive no dia a dia da empresa diz que todos os anúncios de reestruturação e crescimento pelo novo grupo controlador, pelo menos até agora não passaram de marketing. Muitos funcionários, entretanto, aguardam com esperança. “Não vi os ônibus novos que prometeram. Não recebo meu Vale-Alimentação há três meses. O pessoal da diretora sempre prometia que as coisas iam mudar. Agora estão quietos. Não podemos perder a fé, mas dá desamino, expor a vida nas estradas por uma empresa e sequer ter satisfação dela” – desabafou à reportagem do Diário do Transporte na manhã deste domingo, 26, um motorista em São Paulo. “De repente, quando cheguei à garagem, cadê o ônibus que eu trabalhava? Foi tomado de volta pela empresa que alugou. Aí vi que a situação que era grave, piorou”, disse outro motorista no dia, durante evento de exposição de ônibus antigos e novos, na capital paulista. Quando anunciou que assumiu o controle da Viação Itapemirim, a dupla de empresários Sidnei Piva de Jesus e Camila de Souza Valdívia, ao lado do também empresário Milton Rodrigues Junior, que veio do setor de transportes de cargas, prometeu uma série de investimentos. Em entrevista coletiva, no mês de abril, na cidade de Cachoeiro de Itapemirim, sede operacional da empresa, Sidnei, Camila e Milton falaram de compra de ônibus zero quilômetro, ainda para 2017, de entrada no setor aéreo e até de hotelaria. Em junho, a sócia e diretora administrativa e financeira do Grupo, Camila de Souza Valdívia, disse ao jornal Gazeta de Vitória, do Espírito Santo, que iria investir R$ 200 milhões até o fim do ano para a compra de 400 ônibus novos. Mas, até este dia 01º de dezembro de 2017, nenhum ônibus novo foi adquirido e, pior, funcionários denunciam cancelamentos de partidas por falta de veículos para operar. Também no domingo, a reportagem teve acesso a uma tabela que trazia os

10 interbuss | 03.12.2017

cancelamentos entre sexta, 24, e domingo, 26. O motivo, segundo os funcionários: a Itapemirim e Kaissara não têm mais ônibus suficientes para atender a todos os horários Em abril de 2017, o Diário do Transporte noticiou em primeira mão, que a Polícia Militar foi acionada após decisão judicial para cumprir reintegração de posse de ônibus usados pela Viação Itapemirim e Viação Kaissara, alugados pelo Grupo JSL (Júlio Simões). Em maio de 2016, a juíza Adriana Bertier Benedito, da 36ª Vara Cível – Foro Central Cível de São Paulo, determinou a reintegração de 170 ônibus alugados da JSL pela Kaissara. A Itapemirim/Kaissara, alegando não ser vantajoso o modelo de locação de ônibus, decidiu devolver os veículos que ainda não tinham sido reintegrados. Mensagens de leitores do Diário do Transporte alertavam para o esvaziamento da garagem da Itapemirim/Kaissara, da rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos, uma das maiores da empresa no País, nesta última terça-feira, 28. “Ontem dia 27/11/2017 passando pela rodovia presidente Dutra me deparei com veículos da JSL usados pela Itapemirim sendo recolhidos e hoje quando passei em frente à garagem da Itapemirim não tinha quase veículos” – diz trecho de mensagem de um dos leitores. Ônibus contratados de empresas para fazerem as linhas da Itapemirim/ Kaissara têm sido vistos em maior número e fora de época de grande demanda. É comum empresas contratarem ônibus de companhias de fretamento em feriados prolongados ou férias, quando habitualmente a procura por passagens rodoviárias aumenta. Nesta quarta-feira, 29, por exemplo, um leitor de Curitiba mostrou um ônibus a serviço da Viação Kaissara, pertencente à Arca Turismo, com partida prevista para às 15h e tendo como destino a cidade de São Paulo. Sobre a devolução dos ônibus que eram usados pela Itapemirim e Kaissara, alugados pelo Grupo JSL (Júlio Simões Logística), procurado, o Grupo JSL disse, por meio da assessoria de imprensa, que não ia se pronunciar sobre o assunto. Já a Viação Itapemirim, respondeu ao Diário do Transporte, alegando que a

devolução foi espontânea porque a forma de locação dos ônibus não estava sendo vantajosa economicamente e que está realizando a renovação da frota, mas não informou a quantidade de veículos. “O Grupo Itapemirim S/A, em recuperação judicial, informa que promoveu a devolução dos veículos arrendados à JSL S/A, cujo contrato firmado era extremamente oneroso e majorava ainda mais as dificuldades econômicas de uma empresa em processo recuperacional. Portanto, a medida espontânea e voluntária se procedeu de modo a atender as necessidades de preservação do Grupo. Em paralelo, registra que iniciou o processo de renovação da frota, a fim de efetivar a qualidade inerente à operação, gerando aumento da nossa receita”. MAIS DE 200 AÇÕES SÓ PELO SINDICATO DE CACHOEIRO O Diário do Transporte também recebeu uma série de reclamações de funcionários e ex-funcionários da Viação Itapemirim e Viação Kaissara sobre atrasos de pagamentos de benefícios, encargos trabalhistas e dos depósitos do FGTS. A reportagem então procurou o presidente do “Sindicato dos Motoristas, Ajudantes, Cobradores e Motoristas de Máquinas sobre Pneus do Sul do Estado do Espírito Santo”, Elias Brito Spoladore, que representa os trabalhadores da sede operacional da empresa, em Cachoeiro do Itapemirim. Spoladore confirmou a maior parte das informações passadas pelos funcionári-


não m

Lote de ônibus foi devolvido para o Grupo JSL. Partidas têm sido canceladas. Sindicato diz que há mais de 200 ações trabalhistas apenas por meio da entidade em Cachoeiro e que há atrasos no pagamento de direitos e vales

os à reportagem. “Os trabalhadores estão tendo problemas com o pagamento do adiantamento salarial, previsto na convenção coletiva, que deveria ser depositado todo dia 20 de cada mês. Há três meses, os trabalhadores não recebem o Vale-Alimentação e o plano de saúde foi suspenso pela companhia de ônibus” – relatou Spoladore. O presidente do sindicato também relatou ao Diário do Transporte que apenas por meio do departamento jurídico da entidade, referentes tão somente aos trabalhadores da sede de Cachoeiro do Itapemirim, são cerca de 200 ações contra a empresa, movidas por funcionários demitidos. Há ainda ações na região movidas por escritórios particulares, além de ações de funcionários e ex-funcionários por todo o País. “Os trabalhadores demitidos no período até fevereiro de 2016, portanto, antes do início da recuperação judicial, ainda não viram um centavo de tudo que têm direito. Somente aqui em nossa base, são 450 trabalhadores nesta situação. Não houve, inclusive, recolhimentos do FGTS” – denuncia. O líder sindical ainda disse ao Diário do Transporte que espera mais transparência do atual grupo controlador da Itapemirim/Kaissara. “Quando eu tento pedir uma explicação e um posicionamento para dar aos trabalhadores, a empresa manda falar com um tal de William, de São Paulo, que se diz representante da Itapemirim. Ele nos fala que sobre os atrasos do FGTS, a empresa tenta resolver um problema com

a Caixa Econômica Federal que impede a informação sobre os depósitos não realizados. A empresa só diz que busca aportes para sanar todos os problemas financeiros e resolver as pendência trabalhistas” – disse Spoladore que ouve dos funcionários mais antigos lamentações pela situação que vivem hoje, mas também pelo desgosto de ver a empresa que tanto gostavam estar na atual situação. “Os funcionários mais antigos amam a história da Itapemirim e lamentam mesmo. Dá para perceber isso no rosto deles, na forma de falar. Em épocas áureas, os mais antigos dizem que somente aqui em Cachoeiro, chegou a ter 8 mil funcionários. Além da empresa de ônibus, tinha a transportadora de cargas que era muito forte e a fábrica de ônibus, que fez os famosos Tribus, também era outro destaque” – finalizou o presidente do “Sindicato dos Motoristas, Ajudantes, Cobradores e Motoristas de Máquinas sobre Pneus do Sul do Estado do Espírito Santo”, Elias Brito Spoladore. Sobre a situação trabalhista, em nota, a Itapemirim diz que tem realizado os pagamentos das pendências. [O Grupo Itapemirim S/A,] … informa, também, que vem efetuando os pagamentos e liquidação de eventuais pendências existentes, em consonância com a Coordenação Nacional de Negociação Coletiva da CNTTT, Sindicados e demais colaboradores. Foi esclarecido aos representantes da Coordenação Nacional de Negociação Coletiva da CNTTT e Sindicatos. O Grupo Itapemirim está em recuperação judicial desde março de 2016. As

dívidas trabalhistas e com fornecedores são de R$ 336,49 milhões e, relativas a impostos, chegam a R$ 1 bilhão. Fazem parte da recuperação judicial a Viação Itapemirim S/A, Transportadora Itapemirim S/A, ITA – Itapemirim Transportes S/A, Imobiliária Branca Ltda, Cola Comercial e Distribuidora Ltda e Flexa S/A – Turismo Comércio e Indústria. A Viação Kaissara foi incluída posteriormente por ordem da Justiça. No mesmo dia da publicação da matéria (01º de dezembro de 2017), após já divulgar na íntegra o posicionamento solicitado à Itapemirim no dia 29 de novembro e, enviado pela assessoria de imprensa no dia 30, o Diário do Transporte foi procurado pela mesma assessoria, pedindo a divulgação de um comunicado. No documento, que traz os nomes de Sidnei Piva de Jesus e Camila Valdívia subscrevendo o texto, o Grupo Itapemirim se diz alvo de “conspiração”. O texto ainda diz que “algumas pessoas” têm divulgado “informações sigilosas e privilegiadas” por meio de acesso às “dependências das empresas em Recuperação Judicial”. O texto diz ainda que estas informações que classifica como sigilosas são divulgadas por estas pessoas para “jornais e meios de comunicação de pouca credibilidade que historicamente sempre atacaram o Grupo Itapemirim sem apuração da verdade dos fatos, em desatenção ao direito de resposta, publicam matérias e informativos deturpando a realidade dos fatos.”. O comunicado não cita quais seriam tais jornais e outros meios, mas faz uma acusação pública e grave: “A intenção de tais meios de comunicação, que valem-se inclusive de ligações obscuras com terceiros já conhecidos, é de apenas e tão somente denegrir a imagem da atual administração e frustrar os negócios do Grupo Itapemirim.” A Itapemirim diz que deve acionar judicialmente estas “algumas pessoas” que teriam divulgado as informações que considera sigilosas, mas, no texto, não relaciona o assunto a que possam ser referir tais informações. “A administração tem a esclarecer que está tomando as medidas cabíveis para que estas pessoas sejam impedidas judicialmente de prosseguir com tal conduta.” 03.12.2017 |

interbuss 11


interbuss

DIEGO ALMEIDA ARAĂšJO Irizar New Century Transnorte, em Belo Horizonte/MG


DEU NA IMPRENSA

Transpo Online

RESUMO DAS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA IMPRENSA ESPECIALIZADA

São Francisco (EUA) terá VLTs feitos pela Siemens

Do site | notícias O primeiro veículo leve sobre trilhos (VLT) da Siemens para a cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, já está sendo fabricado na fábrica de Sacramento, na Califórnia. No total, a empresa entregará 219 VLTs para a Agência Municipal de Transportes de São Francisco (SFMTA), o maior pedido da categoria já recebido pela Siemens no país norte-americano. “Realizamos um grande trabalho para garantir que esses veículos de última geração funcionem bem para a população da cidade por muitos anos”, disse o Diretor de Transportes da SFMTA, Ed Reiskin. “Este foi o maior contrato de veículos leves sobre trilhos já celebrado nos Estados Unidos. Por isso, estamos satisfeitos pelo fato de estarmos com este projeto adiantado”, completa. De acordo com Sabrina Soussan, CEO da divisão Mobility da Siemens, o projeto é essencial para todas as frentes “Este pedido é um marco importante não só para a Siemens e para a SFMTA, mas também para os mais de 700 mil passageiros que usam o sistema de transporte de São Francisco todos os dias. Os novos trens atenderão à demanda crescente do transporte em massa na metrópole em expansão.”

14 interbuss | 03.12.2017

O veículo leve sobre trilhos recémdesenvolvido pela Siemens baseia-se no modelo S200. Ele oferece eficiência energética graças a um sistema de acionamento leve que recupera a energia de frenagem e um de iluminação de LED que usa até 40%

menos eletricidade do que a iluminação de neon padrão. Os trens que serão fornecidos à SFMTA incluem recursos solicitados pela opinião pública, como nova configuração de assentos, novos esquemas de cores internas e novo design externo.


Transpo Online

Via elétrica de caminhões é testada na Califórnia

Do site | notícias

A Siemens e a South Coast Air Quality Management District (SCAQMD) estão fazendo uma demonstração do eHighway em um trecho de uma milha (1,6 km) e emissão zero, na cidade de Carson, na Califórnia, Estados Unidos, perto dos portos de Los Angeles e Long Beach. Três caminhões de carga operam ao longo do trecho da rodovia que usa a tecnologia da Siemens que eletrifica pistas de estradas selecionadas usando um sistema de catenária aérea. Este sistema fornece energia elétrica aos caminhões de forma semelhante aos modernos bondes em muitas ruas da cidade. O sistema também permite operar caminhões fora das seções eletrificadas da infraestrutura. Os caminhões de carga pesada são a principal fonte de emissões de poluição atmosférica no sul da Califórnia. O desenvolvimento de um sistema de movimentação de carga de emissão zero ou quase zero nos portos reduzirá as emissões de gases de efeito estufa, gases tóxicos e de poluição atmosférica nas comunidades próximas dos portos, que são umas das mais afetadas pela poluição do ar. “Este projeto nos ajudará a avaliar a viabilidade de um sistema de movimentação de carga de emissão zero usando cabos em catenária”, disse Wayne Nastri, diretor executivo da SCAQMD. “Esta demonstração pode levar à implementação de sistemas de eHighway que reduzirão a poluição, com benefícios para a saúde pública das pessoas que moram perto dos portos”. Todos os dias, os americanos dependem dos produtos e serviços transportados por caminhões. Esse meio de transporte deve dobrar as emissões de CO2 no mundo todo até 2050. A tecnologia Siemens eHighway tem a capacidade de dupla eficiência em comparação aos caminhões a diesel convencionais, reduz o consumo de energia pela metade e a poluição atmosférica local nas áreas próximas dos maiores portos da América. Um caminhão elétrico movido a bateria, um caminhão elétrico a gás natural e um caminhão híbrido a diesel estão operando em um sistema de catenária em um trecho de uma milha (1,6 km) nas pistas

norte e sul da South Alameda Street, desde a East Lomita Boulevard até o Canal Dominguez, em Carson. Esse sistema deve reduzir o consumo de combustível fóssil, os custos operacionais do caminhão, as emissões de gases causadores de poluição atmosférica, gases tóxicos e CO2 e ajudará a atender a demanda cada vez maior do transporte rodoviário de mercadorias. O objetivo deste projeto específico é mostrar como funciona o sistema eHighway na operação de caminhões em vias públicas nos Estados Unidos e elaborar mais aplicações para iniciativas de maior escala no futuro. O sistema de demonstração, semelhante aos sistemas de bondes, possui uma linha de contato aérea que fornece energia elétrica para os caminhões ao longo da via de percurso e um pantógrafo ativo localizado nos caminhões do sistema eHighway que transfere energia das linhas aéreas para os motores elétricos do caminhão. O pantógrafo pode se conectar e se desconectar automaticamente da linha de contato usando um sistema de sensor, enquanto os caminhões estão se movendo, conferindo a mesma flexibilidade que os caminhões a diesel convencionais, permitindo que os caminhões mudem de faixa ou passem outros veículos com facilidade, sem que fiquem fixos permanentemente aos sistemas aéreos, como o bonde. Para garantir a mesma flexibi-

lidade que os caminhões convencionais, os veículos da eHighway usam um sistema de acionamento elétrico híbrido, que pode ser alimentado por diesel, gás natural comprimido (GNC), bateria ou outras fontes de energia integradas, permitindo o deslocamento para fora das linhas de catenárias. Em junho de 2016, a Siemens lançou o primeiro sistema eHighway do mundo em estradas públicas na Suécia, que opera em um trecho de dois quilômetros da rodovia E16 a norte de Estocolmo até 2018. Dois veículos híbridos de biodiesel são usados neste projeto. Além disso, estão planejados três testes de campo da tecnologia eHighway em rodovias alemãs para iniciar a operação em 2019. O projeto de US$ 13,5 milhões na Califórnia é financiado por US$ 2,5 milhões da SCAQMD, US$ 4 milhões de um acordo com a China Shipping, US$ 3 milhões da California Energy Commission, US$ 2 milhões do Porto de Long Beach e US$ 2 milhões da LA Metro. A Siemens forneceu US$ 1,3 milhão em espécie. A SCAQMD forneceu outros US$ 2,1 milhões e a US EPA, US$ 500.000 para o contrato da TransPower. Em um contrato separado com a SCAQMD, os caminhões elétricos e híbridos a gás natural foram desenvolvidos pela TransPower, localizada em Escondido, e o híbrido a diesel foi desenvolvido pela subsidiária da Volvo, Mack Trucks. 03.12.2017 |

interbuss 15


REDE SOCIAL

AS MELHORES FOTOS DA SEMANA NO FACEBOOK

Edcarlos Rodrigues | CMA Dinossauro

Tôni Cristian | Irizar i6S

Caio César | Caio Apache Vip

Gean Brito | Marcopolo Paradiso GV 1150

Rava Ogawa | Marcopolo Paradiso G7 1200

Wesley Queiroz | Marcopolo Paradiso G7

16 interbuss | 03.12.2017


TĂ´ni Cristian | Comil Campione

Gean Brito | Comil Galleggiante

Rodrigo Gomes | Marcopolo Viale

Lucas Lima | Marcopolo Paradiso G7

Edcarlos Rodrigues | Comil Invictus 1200

Adailton J. Cruz | Marcopolo Paradiso G7 1800DD 03.12.2017 |

interbuss 17


O MELHOR DA INTERBUSS

UMA SELEÇÃO DAS MELHORES FOTOS PUBLICADAS NAS GALERIAS DO PORTA

Rodolfo Montani CMA Flecha Azul Scania K113CL | Cometa

Bruno Freitas Busscar Urbanuss Volvo B7R | Belo Horizonte

Pablo Ricardo M. Marcote Marcopolo Viaggio G4 Volvo B10M | Rutas Del Sol

Adamo Bazani Comil Svelto MBB OF-1418 | Januária

Armando Villela Marcopolo Torino MBB Of-1418 | Turi

Armando Villela Marcopolo Torino MBB Of-1418 | Turi

18 interbuss | 03.12.2017


S JÁ TAL INTERBUSS

Diego Leão Marcopolo Paradiso G6 1200 MBB O-500R | Manoel Rodrigues

Vagner Valani Marcopolo Paradiso GV 1150 Scania K113TL | Reunidas

Adamo Bazani Busscar Urbanuss Pluss MBB O-500U Trólebus | Metra

Adamo Bazani Busscar Urbanuss Pluss MBB O-500U Trólebus | Metra

Gabriel Dias Caio Apache Vip MBB OF-1722M | Piracicabana Santos

Dennis Hofstetter Busscar Urbanuss Pluss Volvo B12M | VB1

03.12.2017 |

interbuss 19


O MELHOR DA INTERBUSS

Diego Leão Marcopolo Torino GV MBB OF-1620 | VIPE

Rodrigo Padilha Rodrigues Busscar Inter Urbanuss Volvo B10M | Expresso de Prata

Diego Leão Marcopolo Paradiso G6 1200 MBB O-400RSE | Ultra

Diego Leão Marcopolo Viale MBB OF-1417 | Vila Galvão

Aislan Nascimento Busscar Urbanus MBB OF-1318 | São Raphael

Emerson Dorneles Marcopolo Viaggio G7 1050 MBB OF-1722M | Turis Silva

20 interbuss | 03.12.2017


Vagner Valani Marcopolo Paradiso GV 1150 Scania K113TL | Pluma

Wellington Everton Neobus Spectrum City MBB OF-1218 | E. O. Guarulhos

Tiago de Grande Caio Apache Vip MBB OF-1722 | ETT Carapicuíba

Tiago de Grande Caio Apache Vip MBB OF-1722 | ETT Carapicuíba

Sandro Alves Caio Apache Vip MBB OF-1418 | Ribeirão Pires

Sandro Alves Caio Apache Vip MBB OF-1418 | Ribeirão Pires 03.12.2017 |

interbuss 21


COLUNAS

VIAGENS & MEMÓRIA

MARISA VANESSA N. CRUZ | ideiaselembrancas@gmail.com

Um rápido resumo da cidade de Serra Negra O último dia 26 de novembro entrou para a história do hobby. Isso porque mais uma vez aconteceu uma exposição de ônibus na capital paulista. O 11º BusBrasil Fest, evento cujo local foi um dos cartões-postais da cidade, a Praça Charles Miller, de frente ao estádio do Pacaembu e localizado a alguns quilômetros do centro de São Paulo, atraiu milhares de entusiastas do transporte rodoviário de todo o país. Este evento foi idealizado pelo Portal do Ônibus, de Juverci de Melo, e teve o apoio de inúmeros parceiros como Defesa do Trólebus e Secretaria Municipal de Mobilidade e Transporte. Ao todo, foram cerca de 140 ônibus expostos, entre antigos e novos. O evento teve a participação de entidades como a SPTrans, assim como a maioria das viações participantes do sistema, e também empresas vinculadas à EMTU, como Benfica, Miracatiba, e ETT Carapicuíba, assim como as rodoviárias Garcia, 1001, Cometa, Planalto, entre outras, além de colecionadores de relíquias que expuseram seus ônibus. Este evento foi perfeito até para entusiastas que não conhecem o transporte público da capital paulista, pois cada viação levou ao menos um veículo de qualquer tamanho, levando ao público um resumo da frota do município. Há muito tempo eu não via uma exposição com muitos ônibus. Foi demais! E além dos ônibus expostos, não deixo de citar o reencontro entre inúmeros entusiastas, proporcionando uma grande confraternização.

22 interbuss | 03.12.2017


ANUNCIE NA

INTERBUSS E FIQUE PERTO DO SEU PÚBLICO E DOS SEUS POTENCIAIS

CLIENTES CONTACTE-NOS E FAÇA UM BOM NEGÓCIO

revista@portalinterbuss.com.br

interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA


NOVA INTERBUSS. NOVO CONTEÚDO

NOVA VISÃO TUDO NOVO TUDO POR VOCÊ interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA

Revista InterBuss | Edição 372 | 03.12.2017  

Edição com 24 páginas | Concluída no sábado (02) | Confira nesta edição matéria sobre as primeiras unidades entregues do Marcopolo Torino S....

Advertisement