Page 1

interbuss

RELEMBREM AS FOTOS DA GALERIA DO INTERBUSS

PORQUE TRANSPORTE É VIDA | ANO 8 | N° 359 | 3 DE SETEMBRO DE 2017

COMO FOI A TRANSPÚBLICO 2017

Feira bienal de transporte público realizada em São Paulo foi uma oportunidade de retomar negócios EDITORIAL: O SUCESSO DA TRANSPÚBLICO 2017


UMA REVISTA

PARA QUEM QUER

SABER TUDO SOBRE TRANSPORTE

NO BRASIL

E NO MUNDO. TODO DOMINGO,

UMA NOVA EDIÇÃO.

interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA

CONTEÚDO DE QUALIDADE COM RESPONSABILIDADE


PEÇAS PARA

BUSSCAR CONFIRA NOSSAS PROMOÇÕES!

TORNEIRA SANITARIO BUSSCAR ESPELHO RETROVISOR EXTERNO LE BUSSCAR MARTE MANUAL R$

1309,73

LANTERNA PISCA AMARELA BUSSCAR >01 R$

37,23

R$

170,00

PORTA DIANTEIRA PANTOGRAFICA LD BUSSCAR JUMBUSS 360 R$

7419,00

Linha completa de peças de reposição Busscar. Confiram em nossa loja virtual. Compre pela internet! www.apolloonibus.com.br

RUA MÁRIO JUNQUEIRA DA SILVA, 1580 JARDIM EULINA - CAMPINAS/SP

FONE: (19) 3395-1668 NEXTEL: 55*113*14504


NESTA EDIÇÃO A GRANDE MATÉRIA

As novidades na Transpúbl

Montadoras e encarroçadoras apresentaram novidades na feira que a SUMÁRIO

6 NOSSA OPINIÃO

12 PÔSTER

7 A IMAGEM MARCANTE

14 DEU NA IMP

9 A GRANDE MATÉRIA

16 REDE SOCIA

11 ADAMO BAZANI

18 O MELHOR D

O sucesso da Feira Transpúblico 2017

A foto que marcou a semana no setor de transportes

Os destaques da Feira Transpúblico 2017

BRT de Salvador tem consórcio definido

Caio Vitória, por Diogo Am

As notas da imprensa espe

O seu espaço na InterBuss

As melhores fotos publica


ANO 8 | Nº 359 | DOMINGO, 03 DE SETEMBRO DE 2017 | 1ª EDIÇÃO | CONCLUÍDA ÀS 19h51 (5ª) EDIÇÃO COM 24 PÁGINAS

blico 2017

aconteceu em SP

morim

PRENSA ecializada

AL s

DA INTERBUSS

adas no Portal InterBuss

08

O MELHOR DA INTERBUSS

Confiram seleção de fotos que já foram publicadas na Galeria

Melhores fotos da Galeria do InterBuss estão de volta

18

ADAMO BAZANI

Definido o consórcio para o BRT da cidade de Salvador

Corredor terá pouco mais de dois quilômetros de extensão

11

DEU NA IMPRENSA

Consórcios de caminhões tem registro de crescimento em 17

Categoria dos veículos pesados fora os mais comprados

14

REDE SOCIAL

Confira as melhores fotos que foram publicadas no Facebook

As melhores fotos da semana saem aqui na Interbuss!

16


EXPEDIENTE

Uma publicação da InterBuss Comunicação Ltda. DIRETOR-PRESIDENTE / EDITOR-CHEFE Luciano de Angelo Roncolato JORNALISTA RESPONSÁVEL Luciano de Angelo Roncolato REVISÃO Luciano de Angelo Roncolato ARTE E DIAGRAMAÇÃO Luciano de Angelo Roncolato AGRADECIMENTOS DESTA EDIÇÃO Agradecemos à todos os colaboradores de todo o país pelas fotos enviadas esta semana para capa, matérias e pôster. SOBRE A REVISTA INTERBUSS A Revista InterBuss é uma publicação semanal do site Portal InterBuss com distribuição on-line livre para todo o mundo. Seu público-alvo são frotistas, empresários do setor de transportes, gerenciadores de trânsito e sistemas de transporte, poder público em geral e admiradores e entusiastas de ônibus de todo o Brasil e outros países. Todo o conteúdo da Revista InterBuss provenientes de fontes terceiras tem seu crédito dado sempre ao final de cada material. O material produzido pela nossa equipe é protegido pela lei de direitos autorais e sua reprodução é autorizada após um pedido feito por escrito, e enviado para o e-mail revista@ portalinterbuss.com.br. As fotos que ilustram todo o material da revista são de autoria própria e a reprodução também é autorizada apenas após um pedido formal via e-mail. As imagens de autoria terceira têm seu crédito disponibilizado na lateral da mesma e sua autorização de reprodução deve ser solicitada diretamente ao autor da foto, sem interferência da Revista InterBuss. A impressão da revista para fins particulares é previamente autorizada, sem necessidade de pedido. PARA ANUNCIAR Envie um e-mail para contato@portalinterbuss.com. br ou ligue para (19) 99483-2186 e converse com nosso setor de publicidade. Você poderá anunciar na Revista InterBuss, ou em qualquer um dos sites parceiros do grupo InterBuss, ou até em nosso site principal. Temos diversos planos e com certeza um deles se encaixa em seu orçamento. Consulte-nos! PARA ASSINAR Por enquanto, a Revista InterBuss está sendo disponibilizada livremente apenas pela internet, através do site www.revistainterbuss.com.br. Por esse motivo, não é possível fazer uma assinatura da mesma. Porém, você pode se inscrever para receber um alerta assim que a próxima edição sair. Basta enviar uma mensagem para revista@portalinterbuss.com.br e faremos o cadastro de seu e-mail ou telefone e você será avisado. CONTATO A Revista InterBuss é um espaço democrático onde todos têm voz ativa. Você pode enviar sua sugestão de pauta, ou até uma matéria completa, pode enviar também sua crítica, elogio, ou simplesmente conversar com qualquer pessoa de nossa equipe de colunistas ou de repórteres. Envie seu e-mail para revista@ portalinterbuss.com.br ou contato@portalinterbuss. com.br. Procuramos atender a todos o mais rápido possível. A EQUIPE INTERBUSS A equipe do Portal InterBuss existe desde 2000, desde quando o primeiro site foi ao ar. De lá pra cá, tivemos grandes conquistas e conseguimos contatos com os mais importantes setores do transporte nacional, sempre para trazer tudo para você em primeira mão com responsabilidade e qualidade. Por conta disso, algumas pessoas usam de má fé, tentando ter acesso a pessoas e lugares utilizando o nome do Portal InterBuss, falando que é de nossa equipe. Por conta disso, instruímos a todos que os integrantes oficiais do Portal e Revista InterBuss são devidamente identificados com um crachá oficial, que informa o nome completo do integrante, mais o seu cargo dentro do site e da revista. Qualquer pessoa que disser ser da nossa equipe e não estiver devidamente identificada, não tem autorização para falar em nosso nome, e não nos responsabilizamos por informações passadas ou autorização de entradas dadas a essas pessoas. Qualquer dúvida, por favor entre em contato pelo e-mail contato@portalinterbuss.com.br ou pelo telefone (19) 99483.2186, sete dias por semana, vinte e quatro horas por dia.

NOSSA OPINIÃO

Editorial

O sucesso da Feira Transpúblico 2017 A Feira Transpúblico, que acontece a cada dois anos na cidade de São Paulo intercalada com a Fetranspor do Rio de Janeiro, foi realizada na semana passada e surpreendeu. Com a crise econômica brasileira ainda em andamento e que atingiu em cheio o setor de transporte coletivo tanto rodoviário quanto urbano, esperava-se que a feira estivesse enfraquecida, com poucos ou nenhum lançamento e mais do mesmo, mas no fim aconteceu exatamente o contrário. As grandes encarroçadoras e montadoras brasileiras de ônibus estiveram fortemente presentes e levaram várias novidades para que o empresariado conhecesse e iniciasse o planejamento de possíveis futuras renovações de frota. O que mais chamou a atenção foi o setor de serviços, que também esteve presente em peso e levou várias novidades, sobretudo na área de monitoramento e telemetria. Com o advento da internet e dos smartphones, os aplicativos de transporte público estão cada vez mais em voga, tanto por iniciativa das próprias empresas transportadoras, tanto pelas prefeituras e governos em geral que estão fazendo ou pedindo às viações investimentos em informações para os usuários. Também foram apresentadas soluções em segurança para o motorista e para o passageiro, identificações visuais, peças em geral e várias outras novidades. Já entre as encarroçadoras e montadoras de chassis, que continuam registrando quedas acentuadas nas vendas desde o início da crise econômica, alguns lançamentos importantes foram apresentados, mas os grandes destaques ficaram para as soluções sustentáveis e acessíveis. Os veículos com piso rebaixado e elétricos foram de longe os maiores destaques. A chinesa BYD, que está presente no Brasil há pouco tempo, tenta infiltrar seus ônibus e micro-ônibus elétricos em várias cidades e parece que tem conseguido isso com uma maior facilidade desde que deixou de produzir também a carroceria. Com foco apenas na montagem dos chassis, dos grupos geradores e dos paineis fotovoltaicos, os valores ficaram mais atrativos e os empresários do setor de transportes ficaram mais animados. Na Transpúblico foram apresentados ônibus urbanos e micro-ônibus já com o chassi BYD. A cidade de Campinas, que é a sede da montadora no Brasil, já possui algumas unidades elétricas em circulação pela empresa Itajaí, e recentemente uma unidade encarroçada pela Caio Induscar, de Botucatu, está pronta para iniciar testes na cidade de São Paulo. Uma outra unidade, de microônibus encarroçada pela caxiense Marcopolo, foi encaminhada para a cidade de Santos, onde já está em circulação. Ambos os modelos foram expostos na feira e chamaram a atenção pela versatilidade e consumo de energia. No campo dos veículos a diesel os lançamentos ficaram por conta da Volvo, que levou o seu novo B8R urbano encarroçado pela Caio Induscar e da MAN Volksbus, que apresentou o 17 260 repaginado. Entre as carrocerias os veículos com quinze metros de comprimento, recém-lançados, foram os grandes destaques. Em resumo, a Transpúblico deste ano foi bastante positiva tanto para os expositores quanto para os potenciais clientes. Espera-se agora que haja um maior estímulo para que o setor de transporte público tenha uma boa retomada do crescimento.


A IMAGEM MARCANTE

Brasília, DF

Quarta-feira, 30 de Agosto de 2017

Um acidente entre um carro e um ônibus deixou 29 pessoas feridas na manhã de quarta-feira em Brasília, por volta das 8h da manhã e o atendimento foi realizado pelos bombeiros e pelo Samu. As vítimas foram encaminhadas para o Hospital de Base, Hospital Regional do Gama e Hospital Regional de Santa Maria. Entre os feridos, alguns ficaram com fraturas no rosto, na costela e nos dentes. As informações são do G1


A GRANDE MATÉRIA

Feira

Novidades e expectativa

Montadoras, encarroçadoras e prestadoras de serviços ignoram cr Da Redação | revista interbuss

As prestadoras de serviço para o setor de transporte público, montadoras de chassis e encarroçadoras desconsideraram a crise do setor e levaram novidades para

08 interbuss | 03.09.2017

a Feira Transpúblico 2017, que aconteceu na semana passada em São Paulo. A feira é realizada a cada dois anos e é um termômetro para o setor de transporte público brasileiro. Vejam as novidades que foram apresentadas.


as na TranspĂşblico 2017

rise e levam novidades para a feira que ocorreu semana passada

Ă€ esquerda, o biarticulado de motor dianteiro da Scania; No centro, os 15 metros da Volvo e da Scania. Acima, o B8R e abaixo o Neobus da Guerino

03.09.2017 |

interbuss 09


A GRANDE MATÉRIA

Acima, os micro-ônibus Volare com piso baixo e com motor elétrico da BYD, também na configuração de piso rebaixado. Ao lado, o Scania de 15 metros em homenagem ao fundador da Marcopolo, Paulo Bellini, e o interior do mesmo carro. 10 interbuss | 03.09.2017


COLUNAS

NOSSO TRANSPORTE ADAMO BAZANI | adamobus@gmail.com

Salvador finaliza licitação da 1ª fase do BRT e divulga consórcio vencedor

Com 2,9 km de extensão o corredor ligará a região do Parque da Cidade, no Itaigara, até a estação de integração com o metrô, na área do Iguatemi

Apresentado em audiência pública pelo secretário municipal de Transportes de Salvador, Fábio Motta, em abril passado, o BRT de Salvador finalmente concluiu a licitação do primeiro trecho. Com 2,9 km de extensão, o corredor ligará a região do Parque da Cidade, no Itaigara, até a estação de integração com o metrô, na área do Iguatemi. O vencedor do certame foi o consórcio BRT Salvador, formado pela Camargo Correa Infraestrutura S.A., Construções e Comércio Camargo Correa S. A. e Geométrica Engenharia de Projetos Ltda, conforme publicado na edição desta quartafeira (30) do Diário Oficial do Município. O consórcio fará a “execução de obras de infraestrutura em área urbana, para implantação do ‘trecho 1’ do empreendimento ‘Corredores de Transporte Público Integrado Lapa-Lip’, com elaboração de projetos básico e executivo de engenharia”. Segundo o Diário Oficial, após julgamento da Proposta Técnica e da Proposta de Preço, o consórcio BRT Salvador obteve Nota Final (NF) igual a 99,20. Ainda cabe recurso dos demais concorrentes, além de prazo para apresen-

tação das contrarrazões, seguido ainda da adjudicação e homologação. O resultado de todo esse processo será publicado no Diário Oficial do Município, e na sequência o contrato será assinado. O consórcio BRT de Salvador ofereceu o valor total de R$ 212.781.070,50 para execução da obra, montante que representa 40% de deságio em relação ao montante previsto. Os recursos serão obtidos através de financiamento junto à Caixa Econômica Federal. TRECHOS: A obra do BRT de Salvador foi dividida em três trechos: Trecho 1 – estendese do Loteamento Cidade Jardim (Parque da Cidade) até a estação de integração BRT/Metrô Iguatemi. Investimento para a primeira fase: R$ 408 milhões; Trecho 2 – com 5,5km de extensão segue da Estação da Lapa até o Loteamento Cidade Jardim (Parque da Cidade), com seis estações: Vasco da Gama, Ogunjá, HGE, Rio Vermelho, Pedrinhas e Cidade Jardim. Prevista a implantação dos viadutos na Avenida Garibaldi e elevados paralelos nas Pedrinhas e Cidade Jardim. Já aprovado

pelo Ministério das Cidades, projeto do trecho 2 totaliza R$ 412 milhões. Deste valor R$ 300 milhões virão do Orçamento Geral da União (OGU), e os restantes R$ 112 milhões do CPAC – Programa de Financiamento das Contrapartidas do Programa de Aceleração do Crescimento. Projeto de expansão – segue do Parque da Cidade à Pituba, nas imediações do Posto Namorados, com 1,8 km de extensão. Estações: Parque da Cidade e Itaigara, além do Terminal Pituba, que fará integração com outros modais. BATALHA DE LIMINARES: Em junho o processo de licitação do trecho 1 da obra BRT de Salvador foi suspenso por meio de uma decisão liminar do juiz Ruy Eduardo Almeida Britto, da 6ª Vara da Fazenda Pública de Salvador. O pedido de suspensão foi protocolado pela empreiteira OAS, uma das mais de 20 empresas que apresentaram propostas para o processo licitatório. A empresa entrou com mandado de segurança sob alegação de que a Comissão de Licitação não respondeu a um questionamento durante o processo de entrega das propostas. 03.09.2017 |

interbuss 11


interbuss

DIOGO AMORIM

Caio Vitรณria Expresso SBC, em Sรฃo Bernardo do Campo/SP


DEU NA IMPRENSA

Transpo Online

RESUMO DAS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA IMPRENSA ESPECIALIZADA

Número de consórcios de caminhões registra alta

Do site | notícias Recente levantamento realizado pela assessoria econômica da ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios) constatou que o número de consorciados que buscam aquisição de máquinas agrícolas e implementos agrícolas cresceu 16% em um ano, reforçando a importância do consórcio para os bons resultados obtidos pelo agronegócio brasileiro. O total de participantes ativos no setor de máquinas e implementos agrícolas, que está inserido no segmento do consórcio de veículos pesados, atingiu 94 mil em março de 2017. Há um ano, o mesmo levantamento realizado junto às administradoras associadas à ABAC, apontou que eram 81 mil consorciados, em comparação com os dados divulgados em agosto de 2014, quando foram contabilizados 62,9 mil participantes ativos, a expansão chega a quase 50%. Entre os consorciados que buscam

14 interbuss | 03.09.2017

aquisição de máquinas e implementos agrícolas, 63% são pessoas físicas e 37% são pessoas jurídicas. Em relação ao uso dos créditos, a pesquisa da ABAC constatou que 38% dos créditos foram utilizados para a aquisição de tratores de rodas e esteira, 32% para implementos agrícolas e rodoviários, outros 18% para colheitadeiras e 12% para adquirir cultivadores motorizados. Nova modalidade do segmento – Pensando nessa procura crescente por essa modalidade, que a Bidon Corretora de Seguros está investindo na comercialização de consórcios para veículos pesados através da parceria com a Bradesco Seguros. Nesse consórcio que promete ser a promessa de vendas em 2017, engloba caminhões, tratores, ônibus e qualquer implemento agrícola. Na contratação deste consórcio, o consumidor escolhe o bem que deseja adquirir apenas para determinar o valor da carta de crédito. Ao ser contemplado, pode escolher outra marca ou modelo, de acordo com a sua necessidade.

As formas de pagamento diferenciadas estão entre as principais vantagens para a utilização do consórcio na aquisição de máquinas e implementos agrícolas. O produtor rural ou empresário possui quatro opções: pagamentos normais, por safra (anual) ou por safra com adiantamentos (trimestral ou semestral) e meia parcela (com reforço trimestral ou semestral). Com essas vantagens, o consórcio de bens vinculados ao agronegócio vem ampliando sua importância dentro do segmento de veículos pesados. Sua participação no total de participantes neste segmento passou de 29,1%, em agosto de 2015, para 33,3% em fevereiro de 2017. O levantamento da assessoria econômica da ABAC identificou que os prazos do consórcio de máquinas agrícolas variaram entre 60 e 120 meses, com prazo médio de 114 meses. Os créditos variaram de R$ 11,2 mil a R$ 668,4 mil, com crédito médio de R$ 189,6 mil. A taxa de administração média fechou em 0,122% ao mês.


Transpo Online

Transgrãos fecha compra de 105 M.Benz Axor 6x2

Do site | notícias A Transgrãos, de Patos de Minas, M G, adquiriu 105 cavalos mecânicos Axor 2536 6×2, da Mercedes-Benz, para uso no transporte de milho em espiga. Com isso, a empresa passa a contar com cerca de 280 caminhões da marca na frota, o que significa 75% do total de veículos. De acordo com Elias Caixeta, presidente da Transgrãos, o Axor 2536 6×2 mostrou-se a melhor solução para o transporte de milho em espiga do campo para as unidades de beneficiamento, o chamado milho semente, que depois é utilizado no plantio. “Com este caminhão, podemos utilizar um semirreboque graneleiro de 13,60 metros de comprimento, o que nos dá uma excelente capacidade volumétrica de carga, que é o que precisamos”, afirma o cliente. “Assim, o Axor 2536 6×2 oferece ótimo custo/ benefício dentro do nosso modelo de operação de transporte de milho em espiga”. Com 26 anos de atuação no mercado, a Transgrãos tem como principal atividade o transporte de sementes de milho em espigas para beneficiamento, sementes

prontas para entrega ao produtor, cereais, insumos agrícolas. Impulsionada pelo crescimento do mercado e pela demanda de clientes por terceirização de serviços na agricultura, a empresa diversificou sua atuação disponibilizando diversos serviços, entre eles a colheita mecanizada de semente de milho em espiga e em grãos, o despendoamento mecânico, a secagem, a classificação de sementes e a armazenagem climatizada. “Essa compra de 105 caminhões Axor está atrelada a novos contratos e também a novas estratégias de ampliação na atividade de semente de milho”, informa Elias Caixeta. “Conforme a demanda do contrato, avaliamos que era necessário aumentar a nossa frota”. Além de seu estado de origem, a empresa atua no Mato Grosso, maior produtor de milho do Brasil, e também em Goiás, São Paulo, Paraná e Bahia. A venda de 105 caminhões Axor à Transgrãos envolveu o concessionário Prodoeste, com uma expressiva participação do Banco MercedesBenz no financiamento ao cliente. Produção de milho em alta no Brasil – Segundo o 11º levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento

(CONAB), publicado neste mês de agosto, a estimativa de produção de milho no Brasil supera 97 milhões de toneladas na safra 2016/2017. Isso representa mais de 30 milhões em relação à safra anterior, com 46% de crescimento. Com isso, o milho se mantém na posição de segundo produto agrícola mais importante do País, atrás apenas da soja, que deverá colher 114 milhões de toneladas. O levantamento da CONAB reafirma a previsão de novo recorde de produção de grãos no Brasil, com 238,2 milhões de toneladas na safra 2016/2017. O Centro-Oeste é o maior produtor de milho do Brasil, com previsão de 47,7 milhões de toneladas na safra 2016/2017 (crescimento de 68,9% em relação à safra anterior), seguido pelo Sul, com 27,5 milhões (+19,3%) e Sudeste, com 12,6 milhões (+28,8%). O transporte de milho, como o de grãos como um todo, é realizado essencialmente por caminhões no Brasil, interligando as regiões produtoras com as unidades de armazenagem e beneficiamento, bem como, com os portos por onde são escoadas as exportações agrícolas, como Paranaguá e Santos. 03.09.2017 |

interbuss 15


REDE SOCIAL

AS MELHORES FOTOS DA SEMANA NO FACEBOOK

Carlos Bernardes | Caio Apache Vip

Caio César | Caio Apache Vip

Fabricio Araujo | Marcopolo Torino

Joani Cecchin | Marcopolo Viaggio G6 1050

Alex de Souza | Mascarello Gran Midi

Alex de Souza | Neobus Spectrum

16 interbuss | 03.09.2017


André Luiz | Marcopolo Paradiso G7 1200

Vinicius Christófori | Marcopolo Torino GV

Luiz Eduardo | Neobs Spectrum Road 330

Luan Santos | Marcopolo Paradiso G6 1200

Luiz Guilherme | Busscar Vissta Buss

Caio César | Marcopolo Paradiso GV 1150 03.09.2017 |

interbuss 17


O MELHOR DA INTERBUSS

UMA SELEÇÃO DAS MELHORES FOTOS PUBLICADAS NAS GALERIAS DO PORTA

Tiago de Grande Caio Apache Vip MBB OF-1722M | Benfica BBTT

Giovani Alencar Comil Campione MBB OH-1628 | Rápido Sumaré

Sérgio Carvalho Comil Svelto Scania K270 | Consórcio Sorocaba

Anderson Ribeiro Marcopolo Paradiso G6 1200 MBB O-500RS | Caprioli

Graciliano Passos Marcopolo Torino Volvo B10M | Cidade Morena

Wellington Reis Marcopolo Torino MBB OF-1721 | Cidade Morena

18 interbuss | 03.09.2017


S JÁ TAL INTERBUSS

Victor Hugo Guedes Pereira Marcopolo Paradiso G7 1600 LD MBB O-500RSD | Brasil Sul

Tiago de Grande Irizar Century Volvo B10R | AVA

Jorge Ciqueira Marcopolo Paradiso G6 1200 Scania K310 | Breda Express

Glauber Santana Comil Piá MBB LO 814 | São João

Wellington Reis Marcopolo Torino MBB OF-1722M | Cidade Morena

Graciliano Passos Marcopolo Viaggio GV 1000 MBB O-400RSE | Lopes 03.09.2017 |

interbuss 19


O MELHOR DA INTERBUSS

Jorge Ciqueira Marcopolo Paradiso G7 1200 MBB O-500RS | Piracicabana

Janderson Miguel Marcopolo Viaggio G7 1050 MBB O-500R | Padovani

Graciliano Passos Marcopolo Paradiso GV1150 | Lopes e Filhos

Tiago de Grande Caio Apache Vip MBB OF-1418 | ETT CarapicuĂ­ba

Graciliano Passos Marcopolo Paradiso G6 1550LD MBB O-400RSD | V. C. Morais

Graciliano Passos Ciferal GLS Bus MBB OF-1620 | DL Tur

20 interbuss | 03.09.2017


Artur Velter Medeiros Marcopolo Paradiso G6 1800DD O-500RSD | Crucero del Norte

Giovani Alencar Caio Alpha MBB OF-1620 | Ouro Verde

Anderson Ribeiro de Paula Monobloco MBB O400RSL | Auto Viação Cambuí

Tiago de Grande Ciferal Dinossauro Scania BR116 | TCB

Tiago de Grande Busscar El Buss 320 MBB OF-1318 | Prefeitura de Leme

Janderson Miguel Caio Alpha MBB OF-1620 | Rurais 03.09.2017 |

interbuss 21


COLUNAS

VIAGENS & MEMÓRIA

NOVA INTERBUSS.

MARISA VANESSA N. CRUZ | ideiaselembrancas@gmail.com

Duas histórias de linhas mantidas pelos usuários de ônibus de São Paulo Com a força da população, passageiros estão apelando em redes sociais para fortalecer o movimento para não extinguir ou voltar aquela linha de ônibus que seus usuários o pegavam sempre. Um bom exemplo é a volta da linha 2175 (Jardim Guançã – Terminal D. Pedro II), da empresa Sambaíba. Até o cancelamento a linha ia até a Praça da Sé e tinha seu atendimento de derivação, a antiga 2175/31, renomeada anos atrás para 2204, e cancelada no início deste ano. Houve até audiência em uma subprefeitura da região, levando moradores prejudicados pelo cancelamento, e até um especialista em transporte que foi argumentar pela volta da linha, pressionando toda a direção da SPTrans e até da Sambaíba, incluindo inúmeros abaixo-assinados na Internet. E deu certo! A SPTrans admitiu falha no cancelamento e a volta ocorreu neste último sábado, dia 26. Observando a tabela de horários de sábado, a linha é operada por 3 carros no período da manhã, 4 no horário entre picos e 4 no horário da tarde.

NOVO CONTEÚDO

NOVA VISÃO TUDO NOVO

253F Outra linha que com a pressão dos usuários não foi quebrada em duas foi a 253F (Terminal São Mateus – Terminal A. E. Carvalho) atualmente da Vip A. E. Carvalho. Esta linha anteriormente ia até o bairro de Jardim Helena, em São Miguel Paulista, e com essa última alteração proposta, iria seccionar na estação de trem CPTM Dom Bosco, deixando de passar em São Mateus a partir de 19 de agosto. Graças à pressão dos moradores do bairro Gleba do Pêssego que a linha por pouco não foi modificada, pelo bairro estar carente de oferta de ônibus na região. O que a população deve fazer é pressionar bastante os órgãos de transporte público, como a SPTrans, para não serem prejudicados. Devem criar abaixo-assinados, protestar em redes sociais, e mostrar à SPTrans que a população tem força o bastante para que aquela linha não seja bastante prejudicada. Mas uma coisa que me chamou a atenção foi o cancelamento de inúmeras linhas de “bifurcação”, que terminam com “/41”. Por exemplo: na região da Avenida Cupecê, desde a década de 1960 a extinta Viação Canaã atendia a região da Vila Im-

TUDO POR VOCÊ interbuss

22 interbuss | 27.08.2017

pério, via Paulo Mangabeira Albernaz, e até semanas atrás a Mobibrasil fazia a linha 6358/41 em duas partidas do período da manhã com percurso somente de ida. Era bifurcação da 6358/10 Jardim Luso – Terminal Bandeira. A Vila Império – Terminal Bandeira existiu há mais de 50 anos e somente agora foi cancelada. E a minha opinião: deveria ter

mantido essas duas partidas do que cancelado, pois não iria fazer tanto mal às finanças da empresa impondo responsabilidade social no bairro, e a região da Vila Império dispõe no máximo ônibus midi para atender a população, mas pela demanda no horário de pico, duas partidas de ônibus ajudaria bastante os passageiros.

PORQUE TRANSPORTE É VIDA


ANUNCIE NA

INTERBUSS E FIQUE PERTO DO SEU PÚBLICO E DOS SEUS POTENCIAIS

CLIENTES CONTACTE-NOS E FAÇA UM BOM NEGÓCIO

revista@portalinterbuss.com.br

interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA


NOVA INTERBUSS. NOVO CONTEÚDO

NOVA VISÃO TUDO NOVO TUDO POR VOCÊ interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA

Revista InterBuss | Edição 359 | 03.09.2017  

Edição com 24 páginas | Concluída quinta-feira | Confira nesta edição a cobertura da feira Transpúblico, que aconteceu na semana passada em...