Page 6

EXPEDIENTE

Uma publicação da InterBuss Comunicação Ltda. DIRETOR-PRESIDENTE / EDITOR-CHEFE Luciano de Angelo Roncolato JORNALISTA RESPONSÁVEL Luciano de Angelo Roncolato REVISÃO Luciano de Angelo Roncolato ARTE E DIAGRAMAÇÃO Luciano de Angelo Roncolato AGRADECIMENTOS DESTA EDIÇÃO Agradecemos à todos os colaboradores de todo o país pelas fotos enviadas esta semana para capa, matérias e pôster. SOBRE A REVISTA INTERBUSS A Revista InterBuss é uma publicação semanal do site Portal InterBuss com distribuição on-line livre para todo o mundo. Seu público-alvo são frotistas, empresários do setor de transportes, gerenciadores de trânsito e sistemas de transporte, poder público em geral e admiradores e entusiastas de ônibus de todo o Brasil e outros países. Todo o conteúdo da Revista InterBuss provenientes de fontes terceiras tem seu crédito dado sempre ao final de cada material. O material produzido pela nossa equipe é protegido pela lei de direitos autorais e sua reprodução é autorizada após um pedido feito por escrito, e enviado para o e-mail revista@ portalinterbuss.com.br. As fotos que ilustram todo o material da revista são de autoria própria e a reprodução também é autorizada apenas após um pedido formal via e-mail. As imagens de autoria terceira têm seu crédito disponibilizado na lateral da mesma e sua autorização de reprodução deve ser solicitada diretamente ao autor da foto, sem interferência da Revista InterBuss. A impressão da revista para fins particulares é previamente autorizada, sem necessidade de pedido. PARA ANUNCIAR Envie um e-mail para contato@portalinterbuss.com. br ou ligue para (19) 99483-2186 e converse com nosso setor de publicidade. Você poderá anunciar na Revista InterBuss, ou em qualquer um dos sites parceiros do grupo InterBuss, ou até em nosso site principal. Temos diversos planos e com certeza um deles se encaixa em seu orçamento. Consulte-nos! PARA ASSINAR Por enquanto, a Revista InterBuss está sendo disponibilizada livremente apenas pela internet, através do site www.revistainterbuss.com.br. Por esse motivo, não é possível fazer uma assinatura da mesma. Porém, você pode se inscrever para receber um alerta assim que a próxima edição sair. Basta enviar uma mensagem para revista@portalinterbuss.com.br e faremos o cadastro de seu e-mail ou telefone e você será avisado. CONTATO A Revista InterBuss é um espaço democrático onde todos têm voz ativa. Você pode enviar sua sugestão de pauta, ou até uma matéria completa, pode enviar também sua crítica, elogio, ou simplesmente conversar com qualquer pessoa de nossa equipe de colunistas ou de repórteres. Envie seu e-mail para revista@ portalinterbuss.com.br ou contato@portalinterbuss. com.br. Procuramos atender a todos o mais rápido possível. A EQUIPE INTERBUSS A equipe do Portal InterBuss existe desde 2000, desde quando o primeiro site foi ao ar. De lá pra cá, tivemos grandes conquistas e conseguimos contatos com os mais importantes setores do transporte nacional, sempre para trazer tudo para você em primeira mão com responsabilidade e qualidade. Por conta disso, algumas pessoas usam de má fé, tentando ter acesso a pessoas e lugares utilizando o nome do Portal InterBuss, falando que é de nossa equipe. Por conta disso, instruímos a todos que os integrantes oficiais do Portal e Revista InterBuss são devidamente identificados com um crachá oficial, que informa o nome completo do integrante, mais o seu cargo dentro do site e da revista. Qualquer pessoa que disser ser da nossa equipe e não estiver devidamente identificada, não tem autorização para falar em nosso nome, e não nos responsabilizamos por informações passadas ou autorização de entradas dadas a essas pessoas. Qualquer dúvida, por favor entre em contato pelo e-mail contato@portalinterbuss.com.br ou pelo telefone (19) 99483.2186, sete dias por semana, vinte e quatro horas por dia.

NOSSA OPINIÃO

Editorial

O curioso caso do transporte na cidade de Itapetininga/SP A cidade de Itapetininga, localizada no interior de São Paulo, vive um momento no mínimo curioso no seu setor de transporte coletivo urbano por ônibus. Na semana passada a prefeitura municipal local anunciou a substituição da empresa de ônibus que opera por lá. Até agora, o transporte é realizado pela Empresa de Transportes Rosa, que ganhou o processo licitatório há alguns anos, e iniciou sua operação com uma frota totalmente nova, substituindo a Viação Nossa Senhora Aparecida, pequena empresa local que tinha uma frota relativamente antiga, e que estava fazendo a compra de alguns ônibus mais novos. A chegada da Rosa na cidade foi uma grande sensação, pois houve muita pompa na época já que se tratava de novidade nas ruas. No início tudo funcionou perfeitamente, com os ônibus novos circulando na maior normalidade possível, os horários sendo cumpridos, mas isso não durou muito tempo. Com o passar do tempo a Rosa foi apresentando um quadro de insolvência financeira. Os veículos mais novos foram retirados das ruas e remanejados para outras operações da empresa, e apenas parte foi reposta por ônibus mais antigos. Os horários já não eram mais cumpridos à risca e o atraso nos salários dos funcionários culminavam em sucessivas greves. A paciência da população foi se esgotando até que a prefeitura fez uma audiência pública para discutir os problemas no setor de transporte. A empresa Rosa se pronunciou e prometeu melhorias, o que não aconteceu desde então. Os problemas foram se acumulando e nenhuma solução a curto prazo estava em vista. Apesar de todos esses problemas, a saída da empresa Rosa da cidade acabou pegando todos de surpresa pois como se tratava de algo já licitado, dentro da lei, mesmo se houvesse uma declaração de desistência das linhas ou até a contratação de uma empresa em caráter emergencial, mas a prefeitura simplesmente anunciou que uma nova empresa vai operar as linhas da Rosa, e quem é ela? A Nossa Senhora Aparecida! Em um histórico recente não nos lembramos de um fato como esse nas histórias dos sistemas de transporte coletivo municipal no Brasil. Geralmente as empresas que não agradam o poder público são retiradas de circulação por intermédio de licitações (em sua grande maioria fajutas e viciadas), cassações de contratos e chamamentos emergenciais através de cartas-convite enviadas para empresas que são do agrado do prefeito ou de algum secretário. Agora, uma antiga empresa voltar a operar em uma cidade, particulamente nunca foi visto. Inclusive se alguém souber de alguma história similar à esta, por favor, deixe seu recado em nossa página no Facebook para que possamos fazer a retratação neste mesmo espaço. A Rosa já enfrenta uma crise financeira há algum tempo e parece que suas operações estão enfrentando dificuldades por todo canto. Para focar em operações mais rentáveis, a empresa está abrindo mão de outras que dão prejuízo, como a de Itapetininga, que tem uma forte concorrência com os táxis (os taxistas fazem preços mais baratos para viagens em grupo), inclusive foi esse o motivo que levou a Nossa Senhora Aparecida a deixar a cidade. Vamos ver o desfecho desse curioso caso.

Revista InterBuss | Edição 357 | 20.08.2017  

Edição com 24 páginas | Concluída sexta, 18/08 | Confira nesta edição matéria sobre a compra de novas Sprinter pelo governo federal para o S...

Revista InterBuss | Edição 357 | 20.08.2017  

Edição com 24 páginas | Concluída sexta, 18/08 | Confira nesta edição matéria sobre a compra de novas Sprinter pelo governo federal para o S...

Advertisement