Page 80

Foto: Fátima Villar

A

paixão pela moda e pela fotografia corre nas veias de Fátima Villar. Há dois anos, este gosto especial a impulsionou, a abrir seu próprio estúdio fotográfico, um dos mais equipados da região. Ela já foi sócia de um estúdio fotográfico em Jales, onde cuidava das produções de moda, que, ao seu ver, é 50% do trabalho fotográfico quando o assunto é book, e, também, atuou em uma confecção de moda/festa na cidade de Santo Anastácio. Hoje, à frente do seu próprio estúdio, Fátima procura trabalhar com total integração com sua equipe e, principalmente, com o cliente. “Um olhar é único, uma vez perdido, não voltará mais, e se é para eternizar o momento daquela cliente, preciso estar em total sintonia com ela”. Para a fotógrafa, sem o apoio do marido, da família e do Marquinhos, seu fiel escudeiro, e sem sua dedicação e amor naquilo que realiza, jamais teria conseguido bons resultados. “Se tivesse que fazer tudo de novo, faria da mesma forma. Tudo o que faço é muito bem pensado, se algo dá errado naquele momento, com certeza eu estava tentando acertar. Ainda tenho muito a aprender, ser empreendedor de uma empresa, ou até mesmo de uma ideia, é algo que precisa manutenção eterna”. De acordo com Fátima, o melhor mesmo é a sensação de que foi útil, que fez um trabalho com dedicação, respeito, harmonia, como por exemplo, mostrar a uma mulher como ela é linda, sensual, bem humorada, e como ela pode perceber isso através de um ensaio fotográfico. Um frase que ela carrega consigo é: “Se não for pra fazer com amor , melhor não fazer”. 80 | REVISTA INTERATIVA | SETEMBRO 2011

66º Edição Revista Interativa (Set/2011)  
66º Edição Revista Interativa (Set/2011)  

66º Edição Revista Interativa (Set/2011)

Advertisement