Issuu on Google+

ANO VII - 36 - JANEIRO - FEVEREIRO DE 2013

A RESVISTA DO EMPRESÁRIO DO SETOR FUNERÁRIO

FECHAMENTO AUTORIZADO. PODE SER ABERTO PELA ECT.

CEMITOUR

CEMITÉRIO MAIS POP DO MUNDO

ESPECIAL

4 TIPOS DE VENDEDORES QUE SUA EMPRESA NÃO PRECISA

FIQUE SABENDO HOTEL PARA MORTOS

GOBBO

A MÃO SECA PARTE III

30DICAS PARA REVOLUCIONAR SEU NEGÓCIO


EDITORIAL |

Administrar é um processo de reinventar de tempos em tempos. O cliente muda, as vendas aumentam (ou caem), novos concorrentes entram no jogo. E se você continuar na sua zona de conforto e permitir que sua empresa viva de passado, estará fadado ao fracasso, o que não significa necessariamente a falência, mas pode ser também a paralisia nas vendas, a desmotivação dos funcionários, uma marca desconhecida ou a falta de credibilidade em seus produtos ou serviços. Contudo para revolucionar seu negócio, temos na matéria de capa uma seleção de dicas para melhorar as finanças, a gestão e o clima da sua empresa. Fique sabendo do hotel Japonês para os mortos. No país existe um tempo de espera de pelo menos quatro dias para um crematório. No cemitour, temos o cemitério mais pop do mundo e no Decole o leitor irá conhecer um verdadeiro paraíso natural:- Arraial do Cabo! No local oferecem em um mesmo lugar o contato com a natureza, a prática de esportes e uma badalada vida noturna, conheça e aproveite! Na essência do sabor, temos uma receita perfeita para receber os amigos e fique por dentro, pois a SUSEP aprova os primeiros players para o microsseguro. E finalizando com as Milistórias do. Gobbo! Boa leitura!

nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

Roberto Márcio Diretor.

3


EXPEDIENTE Diretor geral ROBERTO MÁRCIO DE CARVALHO

12

Direção de Marketing ROSA CARVALHO Administração Financeira SABRINA COSTA

Atendimento ao Assinante A revista In Memorian é uma publicação da Arte-Final Comunicação em parceria com o SINDINEF. Valor da assinatura mensal - R$15,00

Inmemorian www.revistainmemorian.blogspot.com twitter: inmemorian inmemorian.revista@gmail.com tel. (31)3241 6069

Sindinef Av. Augusto de Lima, 479 sala 604 Bairro: Centro | CEP.: 30190-000 Belo Horizonte | MG | Tel.: (31)3273.8502 (31)3273.8503 www.sindinef.com.br

Arte Final Comunicação R. Dr. Plínio de Moraes, 464 Loja 13 I Cidade Nova | CEP.: 31170-170 Belo Horizonte | MG Telefax: (31)3241.6069 art@artfinal.com.br | www.artfinal.com.br

cemitour


cemitour

10 ESSÊNCIA DO sabor

14 DECOLE

18 CAPA

24 VALE ASSISTIR


CLIPPING | ANIVERSARIANTES | M.A.R.Ç.O 1

Roberto Santana

Funerária Santa Clara

3

Maria de Fátima

Funerária Paz Eterna

4

Maria Luiza Bastos M. Nunes

Paz Em Vida Ltda

5

José Gomes de Souza Santos

Socorro Assistencial do Luto

6

Vivianne Brasil

Metropax

7

Elson Antônio de Melo

Organização Funerária Renascer Ltda ME

7

Antônio de Melo

Org. Funerária Renascer Ltda

9

Alexis da Rocha Guedes

Funeraria Pax de Minas Gerais

9

José Pedro Santos

Serviço Funerário Bom Pastor

9

Ramiro Rodrigues

Conselho Central de Araguari SVP

9

José Pedro Santos

Serviço Funerário Bom Pastor

11

Danilo Sidnei Bellan

Pickup & Cia

12

Marcelo Dayrell

Funerária Curvelana

12

Marcos Picinato

Organização Social de Luto Paranaense

12

Rodrigo José Bazeth Schittini

Funerária Schittini

13

Dilermando Modesto Teixeira

Leal Modesto Ltda ME

19

Sr. Zanela

Serviços Funerários Vale do Aço

20

Zoila Alvarenga

Funerária Santa Terezinha

20 Zoila Funerária Santa Terezinha 21 JONATHAN 21/3 Emirtra 22

Marcelo Tcacenco

Funeart Artigos Funerários

25

Edwardes Cezar

Funerária e Pax Santo Agostinho

25

Inês Aparecida Soares

Funerária Laturf Ltda

29

Humberto

Empresa Funerária Santa Cruz

30

Noraney de Coelho

Funerária Belo Oriente

nº 36 | A no VII | ja n I fev 2013

A.B.R.I.L

6

1

Carlos Otávio

Funerária São Luiz Ltda

1

JOVENTINO

Emirtra

9

Veriato Ribeiro da Silva

Casa Lima de Pompas Fúnebres

15

Júlio Maria Borges

João Paulo Alves

15

Cláudio Machado

Interpax Serviços Funerários Ltda

15

Sidnei Belan

Pickup & Cia

15

Cláudio Machado

Inter Pax

16

Maria Luiza Bastos

Paz Em Vida

17

BRITTO

19

Agostinho Lopes

Pax Santo Agostinho

21

Ricardo rodrigues Alves

Pirêmide Administração e Acessoria LTDA

22

Valdecir Machado da Silveira

Paz Universal Servilços Póstumos LTDA

23

Carlos Eduardo dos Santos

Gilzimar Alves de Souza

23

Eva Jaqueline Gontijo

(Ribeirão das Neves / MG)

24

Juliano

Organização Familiar Santa Rita

25

Michel Simioni

Ana Maria Flores e Velas

26

Cleber

Funerária Divinópolis

30

Sr. Euclides

Euclides de Oliveira Fernandes ME

Emirtra


7

nยบ 35 | A no Vi | nov I dez 2012


CLIPPING | FIQUE SABENDO |

Hotel para mortos Conheça o exótico hotel japonês

Agora, no Japão, os mortos podem ir para um hotel

Os japoneses aparentemente tendem a fazer alarde

antes de ir para o cemitério. Se você já está achando isso

com funerais, comprando as melhores flores, caixões

estranho, vai se impressionar ainda mais sabendo que

e serviços de memorial. Por isso, parece que Hisayoshi

realmente existe um hotel muito luxuoso destinado

Teramura encontrou uma ótima oportunidade de

apenas para cadáveres. Lá, os conhecidos do morto

negócio na área da morte.

podem entrar e esperar até a hora da cremação com

Os cadáveres armazenados no hotel são colocados

todo o conforto.

em caixões refrigerados que custam até 12 mil ienes (aproximadamente 280 reais). Eles ficam lá até que haja uma vaga disponível em um dos sobrecarregados crematórios da cidade. Aparentemente, a entrada neste negócio não é tão difícil, pois não existem qualificações ou licenças obrigatórias. Um escritório e um telefone podem ser o suficiente para começar. Teramura tem planos para expandir. Ele quer construir seu segundo hotel, que será ainda maior, capaz de armazenar até 40 corpos. Seus vizinhos, no entanto, nem ao menos devem suspeitar que eles dormem

nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

O hotel, chamado de Lastel, é dirigido por Hisayoshi Teramura e parece com qualquer outro edifício visto de fora. Tanto que não é incomum que jovens achem que é um hotel normal e peçam alojamento. Mas o hotel está longe de ser um lugar para amantes ou viajantes cansados. Ele é destinado apenas para quem já fez sua saída definitiva deste mundo. O Japão necessita de locais como esse hotel, pois existe um tempo de espera de pelo menos quatro dias para um crematório. Com um total de 1,2 milhões de 8

todas as noites ao lado de dezenas de cadáveres.

mortes no país em 2010, a taxa de mortalidade anual é de 0,95%, enquanto a média global é de apenas 0,84%.

Fonte: hypescience.com


CURIOSIDADE |

Gato italiano

Deixa “prendas” no túmulo do dono

De uma aldeia italiana chega-nos a história de um gato inconsolável que, após a morte do seu dono, há cerca de um ano, tem visitado o túmulo do homem quase diariamente, levando-lhe pequenas recordações.

O gato Toldo, um rafeiro de pelo cinzento e branco

O comportamento do gato Toldo comove os habitantes

com 3 anos de idade, seguiu mesmo o cortejo fúnebre

da pequena vila. A viúva do falecido, Ada Iozzelli, disse

de Iozzelli, quando o dono faleceu no ano passado.

à agência France Press que o gato deixa no túmulo do

Depois disso, continuou a visitar o cemitério, um

antigo dono pequenas recordações como “ramos ou

comportamento normalmente associado aos cães.

folhas de árvores”. “Leva-lhe várias coisas”, acrescenta.

“Ele adorava o meu marido. Era incrível!”recorda a viúva,

A viúva explica que, por vezes, o gato a acompanha

citada pela AFP. Ada acrescentou que, com a chegada

na visita ao cemitério da aldeia de Montagnana, mas

do Inverno, Toldo mostrou sintomas de bronquite pelo

muitas vezes vai sozinho. “Já toda a aldeia o conhece!”,

que tem dormido ao seu lado e reduzido as viagens

comenta.

até ao cemitério.


ESSÊNCIA DO SABOR |

Frango aocurrycomcastanhas A receita perfeita para receber os amigos O curry de frango foi a receita escolhida por Isadora

¾ xícara de castanhas de caju

Becker, do ‘Gastronomismo’. Ela relembra o tempo

½ maço de coentro fresco

em que ainda nem era cozinheira profissional, mas já preparava deliciosas receitas para receber os amigos em casa. O prato é uma ótima opção para grandes grupos, pela praticidade e poucos ingredientes. O curry é uma mistura de temperos que foi descoberta na Índia, na época da colonização inglesa.

nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

Misturar o curry em pó, sal e suco de limão até formar uma pasta. Deixar o frango, cortado em cubos, marinar nessa mistura por, pelo menos, 15 minutos. Picar a pimenta

A coloração amarela e o aroma excepcional são fruto

dedo de moça, com sementes - se preferir pratos mais

da associação de várias ervas aromáticas e temperos

apimentados - ou sem sementes - se preferir um sabor

como:

mais suave. Cortar a cebola em fatias grossas.

pimenta,

coentro,

cominho,

gengibre,

cardamomo, canela, noz-moscada e curcuma.

10

Modo de preparo

Em um wok ou panela bem quente, adicionar o óleo e refogar a cebola com a pimenta por 5 minutos. Adicionar

RENDIMENTO: 4 porções (12 cogumelos)

o frango e refogar por mais 8 minutos, mexendo de vez em quando. Adicionar o leite de coco e deixar cozinhar

Ingredientes

por mais 10 minutos. Antes de servir, adicionar castanhas

2 peitos de frango inteiros, sem pele e sem osso

de caju picadas e coentro fresco. Servir acompanhado do

2 colheres de sopa de curry em pó

arroz basmati ou de jasmim.

½ colher de chá de sal

Recheie os cogumelos com uma colherzinha de chá e

Suco de 1 limão

leve ao forno para aquecer bem. Sirva quente, entre os

1 pimenta dedo-de-moça

convidados.

1 cebola grande 3 colheres de sopa de óleo de girassol 400 ml de leite de coco

FONTE: Gastronomismo


CEMITOUR | PARIS

cemit ério Por Cíntia Cristina da Silva

pop

O Père Lachaise, em Paris, carrega a reputação de ser o cemitério mais famoso do mundo. A fama é merecida. Enterradas entre as mais de 70 mil sepulturas estão personalidades como o roqueiro Jim Morrison (1943-1971), os escritores Molière (16221673), Honoré de Balzac (1799-1850) e Oscar Wilde (1854-1900), o músico Frédéric Chopin (1810-1849) nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

e o espírita Allan Kardec (1804-1869). Inaugurado em maio de 1804, o cemitério recebeu esse nome em homenagem a um padre, Père François de La Chaise, que foi confessor do rei francês Luís 14 no final do século 17. A princípio, ele não empolgou muito os parisienses e certamente ninguém apostaria na época que aquele local tão distante do centro da cidade iria se tornar o cemitério mais pop do mundo. As coisas mudaram quando túmulos de celebridades começaram a ser transferi12

dos para o Père Lachaise. Os escritores Molière e La Fontaine (1621-1695) foram alguns dos primeiros

do

mais mundo


“inquilinos” famosos a chegar. A “importação” de defuntos renomados deu tão certo que o lugar se transformou num dos principais pontos turísticos de Paris. Hoje, mais de 2 milhões de visitantes passam pelo cemitério todos os anos. Como ele é imenso - possui uma área equivalente a mais de 50 campos de futebol - e há tanta gente famosa enterrada ali, guias organizam passeios temáticos: é possível visitar só as sepulturas de mestres da literatura ou só a de mestres da música, por exemplo. O curioso é que a popularidade que o Père Lachaise tanto procurou hoje rende alguns problemas. A administração do cemitério já tentou transferir de lá um dos túmulos mais visitados, o de Jim Morrison - local de concentração de fãs, no mínimo, barulhentos. Mas, como esse túmulo foi arrendado para sempre, enquanto existir o Père Lachaise, Jim Morrison descansará por lá. Não exatamente em paz. Fonte: Do R7, com Domingo Espetacular


DECOLE | ARRAIAL DO CABO

Quem

visita

Arraial do Cabo

nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

pela primeira vez , volta sempre...

14

Imagine estar no extremo sudeste do Brasil. Imagine

litoral norte do estado do Rio de Janeiro – Arraial do

uma praia tão “grande” que não acaba, uma “prainha”

Cabo é conhecida também como a “Capital do Mer-

e outra praia “dos anjos”... Uma praia “brava” e outra

gulho” ou o “Caribe Fluminense”. Arraial do Cabo con-

“do forno”. Águas marinhas límpidas e que apresen-

segue oferecer em um mesmo lugar, o contato com a

tam uma incrível variação de três tons de azul que en-

natureza, a prática de esportes e uma badalada vida

cantam os olhos dos visitantes em uma cidade que

noturna. Com altas temperaturas durante todo o ano,

atesta sinais de vida humana há pelo menos 6.000

Arraial do Cabo é o lugar ideal para programar férias

anos. E ainda submergir em uma das três áreas recon-

mesmo no período de baixa estação.

hecidas no país (junto com Abrolhos e Fernando de

A infra-estrutura turística aguarda os visitantes com

Noronha) como de excelência para o mergulho.

pousadas, hotéis, restaurantes, bares e operadoras

Ou melhor, pare de imaginar. Venha para Arraial do

de passeios. São diversas opções de pousadas para

Cabo, um paraíso turístico apenas 163 km da cidade

todos os gostos e bolsos. Pode-se apreciar pratos típi-

de Rio de Janeiro, um verdadeiro paraíso natural

cos com frutos do mar e peixes em restaurantes es-

e histórico. E um atrativo a parte, é conviver com o

pecializados. Para os mergulhadores, Arraial do Cabo

povo de Arraial. Cerca de 60% de sua população vive

possui uma rica e exuberante fauna marinha, além

da pesca, e o turismo é tratado com o maior respeito

de total suporte com embarcações e equipamentos.

pela população do município.

Praias de areias brancas e águas transparentes aguar-

Localizada na Região dos Lagos, entre Búzios, Cabo

dam todos os visitantes.

Frio, Araruama, Saquarema e São Pedro da Aldeia –

Praias: são diversas praias paradisíacas com caracter-


restingas a pé ou de bicicleta.

Praia dos Anjos, Praia Grande, Prainha, Praia Brava,

Seus 35 km de praias são ideais para as manhãs e tar-

Prainhas, Praia do Diabo, Praia do sudeste, entre out-

des maravilhosas com a família à beira do mar. Ideal

ras. Passeios de barco podem ser programados para

para banhos, prática de mergulho e esportes náuticos

chegar às praias de acesso mais difícil. Outras, como a

em geral. Seu mar de cor indecifrável, oferece lajes e

Praia Brava e Praia dos Anjos, podem ser visitadas de

ilhas com condições ideais para a pesca e mergulho

carro. Na Praia dos Anjos está situado o cais de Arraial

autônomo, com enorme variedade de peixes, e uma

do Cabo. Os destinos mais comuns, além das praias,

flora aquática belíssima.

são ilhas, grutas e pontos de mergulho como lajes e

A riqueza da fauna e flora marinha da região é expli-

corais. Outra opção é o aluguel de caiaques.

cada pela Ressurgência. Este é o nome de um incrível

Pontal do Atalaia: um dos pontos turísticos da cidade.

fenômeno natural que consiste no afloramento das

Está localizado a 2 km do centro de Arraial do Cabo,

águas das correntes frias muito profundas que vêm

sendo possível chegar de carro ou mesmo a pé ou

da Antártida, riquíssima em nutrientes que integra a

bicicleta. Neste ponto é possível visualizar praias, il-

cadeia alimentar dos animais microscópicos que, que

has, a restinga de Massambaba, e até a Lagoa de Ara-

por sua vez, alimentam outros animais maiores e as-

ruama.

sim por diante. Este verdadeiro milagre da vida sub-

Dunas: passeio e aluguel de bugre é outra atividade

aquática, só acontece em 5 lugares do mundo, um

disponível em Arraial do Cabo.

deles é Arraial do Cabo.

Mata Atlântica: passeios e caminhadas pela mata,

Fonte: uol.com.br

nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

ísticas diversas. As mais famosas são: Praia do Forno,

15


FIQUE POR DENTRO |

SuSeP aprova os primeiros players para o microsseguro

Portarias da autarquia autorizam pelo menos sete grupos para negócios Os primeiros players de microsseguro começaram a receber autorização da Susep. Nesta sextafeira, por meio de portarias publicadas no Diário Oficial da União, a Mafpre Seguros Gerais foi autorizada a operar microsseguros de danos e de pessoas em todo o território nacional. Também receberam autorização para as mesmas modalidades a Companhia de Seguros Aliança do Brasil e a Mapfre Affinity Seguradora.[3] Já a Vida Seguradora S.A e a Mapfre Vida S.A estão autorizadas a captar microsseguros de pessoas nacionalmente. Por sua vez, a Aliança do Brasil Seguros S.A está habilitada a operar microsseguros de danos e de pessoas em todo o território nacional, assim como a Panamericana de Seguros S.A.

nº 28 | Ano 4 | j ul I ag o 2011 nº 33 | Ano VI | j un I ju l 2012

Fonte: http://www.segs.com.br

16 16


as, Defensor do Segurado, Assistência 24 Hor Indenização Garantida em 5 Dias Úteis.

itens Nenhum outro seguro tem tantos

de série.

Seguro MAPFRE AutoMais

É diferente porque é feito por motoristas como você. Por isso, ele é totalmente flexível e oferece as melhores condições de franquias e coberturas. Com ele, você conta com Indenização Garantida em 5 Dias Úteis, Defensor do Segurado, Assistência 24 Horas e condições exclusivas para o setor funerário. Resumindo: quando o seguro é feito por pessoas que se preocupam com você, não tem como não gostar.

(14) 3815-4057 ou (14) 3814-8007

A seguradora diferente.


CAPA |

nºnº 3436 | Ano | A no VIVII | a go | j an I set I fev 2012 2013

30

18 18

dicas para

Revolucionar seu negócio em 1 mês Confira uma seleção de dicas para melhorar as finanças, a gestão e o clima da sua empresa.


CAPA |

um problema ou uma reclamação. Invista em um atendimento pós-venda impecável para que o consumidor insatisfeito se transforme em um fã da

Sua pequena empresa está pronta para 2013? Os

sua marca.

empreendedores podem aproveitar esta época do

6. Atue dentro da lei

ano para melhorar a gestão e também os resultados

Contrato social, CNPJ, alvará de funcionamento, nota

do negócio. Confira a seguir uma seleção de 30 dicas

fiscal e inscrição na Secretaria Estadual da Fazenda.

para colocar em prática aos poucos durante um mês

Estas autorizações, além de outras específicas, são

e revolucionar a sua empresa.

essenciais para que o negócio atue dentro das

O começo do ano é um bom momento para quem ainda não definiu as metas e objetivos. Além disso, tenha indicadores e métricas para acompanhar como está a evolução do negócio. Isso pode ser feito esporadicamente através do crescimento da receita, a produtividade dos funcionários ou a lucratividade. 2. Tenha um analista de redes sociais Não há mais volta. As empresas precisam estar nas redes sociais e participar ativamente. O ideal é ter um funcionário focado nesta tarefa. Procure um analista de redes sociais que seja criativo, organizado e cordial. 3. Corte custos Reveja os custos da sua empresa e, se a conta não estiver batendo, pode ser a hora de cortar alguns gastos. Uma dica é verificar com atenção os custos variáveis e fixos. Veja também em que está sendo gasto mais dinheiro do que deveria. 4. Planeje novos lançamentos Inovar e diversificar o portfólio da empresa pode ser a saída para melhorar o resultado neste ano. A dica é planejar tudo para evitar falhas e ir melhorando o produto conforme tiver retorno e opinião dos próprios clientes. 5. Capriche no pós-venda Não adianta tratar o cliente muito bem na hora da venda e deixá-lo de lado quando ele voltar com

normas legais. Informe-se com seu advogado e tenha estes documentos em dia. 7. Calcule sua margem de lucro Conhecer os custos envolvidos na produção de um item e qual pode ser sua margem de lucro é essencial para conseguir resultados melhores. Na hora de fazer a conta, tente incluir a parcela de custos fixos operacionais que o preço de vendas deve cobrir. 8. Use o marketing a seu favor Ter um procedimento padrão para momentos de crise é uma forma de usar o marketing a favor do seu negócio. Assuma o erro, planeje uma estratégia e esteja sempre disponível para falar com os clientes. 9. Aprenda a lidar com conflitos É função do empreendedor e chefe mediar conflitos dentro da empresa. Para isso, aprenda a ouvir os dois lados, tenha uma postura racional e incentive o diálogo entre os colaboradores. 10. Retenha talentos Ser uma empresa pequena não é motivo para não ter talentos. Hoje, muitos talentos são atraídos pela ideia de participar de perto das decisões da companhia. Além disso, ofereça a chance da pessoa aprender no cotidiano do negócio.

nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

1. Crie metas

11. Evite erros Muitas vezes sem um profissional especializado em marketing, as pequenas empresas cometem erros básicos em suas estratégias de comunicação. Uma

19


nº 28 | Ano 4 | j ul I ag o 2011 nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

CAPA |

19 20

forma de evitar isto é acompanhar e monitorar o

no mercado e desenvolver um canal de comunicação

comportamento do consumidor, suas preferências,

constante com os consumidores.

necessidades, critérios de compra e uso de produtos.

18. Escolha a melhor equipe

12. Leve as reclamações a sério

O momento de entrevistar e selecionar um novo

Entender o que está motivando a reclamação pode

funcionário pode ser difícil para quem não estiver

ser uma fonte de inovação para o seu negócio. Por

preparado. Uma boa tática é usar técnicas mais

isso, escute o consumidor e tente encontrar uma

modernas de seleção, como simulações e jogos

solução que possa ser aplicada a outros casos.

online.

13. Tenha um plano de marketing

19. Organize seu tempo

Reúna sua equipe e comunique a todos o seu plano de

Manter a agenda bem organizada ajuda a ganhar

marketing. Este documento deve incluir uma análise

tempo no dia a dia da empresa. A dica para os

do ambiente de negócios, as ações de marketing, o

empreendedores é centralizar os compromissos no

planejamento em si e como será feito o controle das

mesmo lugar, na smartphone ou em uma agenda,

metas.

e não ficar distribuindo pedaços de papel por todo

14. Negocie mais

lado.

Saber negociar melhor pode ser a chave para

20. Escolha o melhor regime tributário

aumentar as vendas. Entre as várias técnicas de

Se a sua empresa estiver enquadrada no regime

negociação, vale observar qual é o motivador de

tributário errado, pode estar pagando mais impostos

compras. Faça perguntas que te ajudem a perceber

do que deveria. Por isso, cheque com seu contador

os motivos que levam o cliente até você.

se o enquadramento no Simples Nacional, Lucro Real

15. Acerte os impostos

ou Lucro Presumido está adequado para o negócio.

Estar em dia com o pagamento de tributos e impostos

21. Reconheça sua equipe

é essencial para pequenas empresas. Converse com

Reconhecer o mérito dos colaboradores da sua

seu contador e programe-se para quitar dívidas deste

empresa pode motivá-los e, muitas vezes, não custa

tipo, se for o caso

nada. Uma forma de fazer isso é conhecendo as

16. Proteja sua empresa

características individuais de cada um e desenvolver

Se você criou um novo produto, é imprescindível

uma relação menos fria e numérica.

fazer o registro da patente. Este é um processo que

22. Use bem as redes sociais

pode ser demorado, mas é a única forma de proteger

O uso das redes sociais fica melhor com três tipos de

sua criação. O registro deve ser pedido ao Instituto

ferramentas: as de agendamento de conteúdo, de

Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

análise de interação e de monitoramento do que é

17. Tenha um programa de fidelidade

dito sobre sua marca na rede. Aprenda a usá-las e a

Clientes fiéis devem ser bem conservados. Uma saída

falar mais de perto com os consumidores.

é criar um programa de fidelidade. Para isso, é preciso

23. Tenha um salário

ter um bom produto, trabalhar a imagem do negócio

A falta de organização com a retirada de dinheiro


CAPA |

27. Calcule a lucratividade Para calcular a lucratividade, use os dados financeiros

da empresa pode causar um rombo nas contas. Por

da empresa, que costumam estar no Demonstrativo

isso, os sócios podem escolher a forma como querem

de Resultados do Exercício (D.R.E.). Os valores de

calcular seu salário: retirada por atividade, pró-labore

vendas ou faturamento e de gastos (custos ou

e distribuição de lucros.

despesas) ajudam a chegar neste valor.

24. Pense no longo prazo

28. Controle as dívidas

De vez em quando, é importante deixar o dia a dia de

Faça um levantamento das dívidas do seu negócio e

lado e dar atenção aos planos do seu negócio para

procure reduzir o peso delas no orçamento. Quando

o futuro. Uma dica é calcular o retorno do negócio a

precisar de dinheiro, prefira financiamentos de longo

longo prazo. Para chegar a este valor, leve em conta

prazo a empréstimos de curto prazo com altas taxas.

os investimentos atualmente realizados, a taxa de

29. Leia mais

crescimento do lucro esperado e a taxa de retorno

Aproveite as horas vagas para ler mais. Isso ajuda a

utilizada para o cálculo.

trazer inspirações, motivação e novas ideias para sua

25. Prepare-se para pedir empréstimo

empresa.

Ir ao banco e pedir empréstimo costuma ser uma ação

30. Meça seus resultados

usual dos empreendedores. Para evitar problemas, é

Tenha indicadores que ajudem a mostrar se a empresa

importante fazer as contas, atentar o prazo e fugir

está no caminho certo. Isso pode ser feito através da

das vendas casadas com outros produtos financeiros.

margem de lucro, do nível de endividamento, do

26. Construa uma marca

retorno sobre o investimento e até mesmo do giro

Invista para que sua marca seja conhecida no mercado.

de funcionários.

Uma característica importante é escolher um nome fácil de lembrar. Além disso, não escolha uma marca BONS NEGÓCIOS EM 2013!

nº 35 | A no Vi | nov I d ez 2012 nº 28 | Ano 4 | j ul I ag o 2011

muito parecida com a dos seus concorrentes.

21 21


ESPECIAL |

4 tipos de vendedores que sua empresa não precisa Há muito tempo deixou de ser verdade a teoria de

Alguns perfis de vendedores deixaram de ser acei-

que vendedor bom é aquele que convence o cliente

tos há tempos. Geralmente, essas pessoas adotam

pela conversa fiada.

posturas que possuem efeito contrário e afastam os

Existem diversos fatores que contribuem para que

compradores.

nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

um profissional feche um contrato, como capacidade

22

investigativa, uma boa argumentação, credibilidade,

1. O que fala muito

rapidez no atendimento, serviço ou produto de qual-

Saber falar bem é sempre importante, mas isso não

idade que atenda as necessidades dos clientes e uma

é garantia de negócio fechado. Aliás, provavelmente

equipe de vendas preparada para os diferentes obs-

essa atitude terá um efeito contrário, pois o vendedor

táculos que podem surgir durante uma negociação.

que fala demais se torna cansativo e o comprador fica

Isso não significa que existam receitas de vendas

com a sensação de que está perdendo tempo ouvin-

prontas, porém é possível ressaltar algumas carac-

do conversa.

terísticas essenciais. O mercado está muito mais exi-

Busque caminhos para realizar uma venda consul-

gente e o cliente não se ilude com argumentos rasos

tiva, isto é, antes de falar sobre as diversas funções

e padrões. Ou seja, não basta dizer que seu produto

de um produto, pergunte e ouça o cliente. Quando

é melhor que o da concorrência, é preciso dizer quais

o profissional entende a necessidade do comprador,

são os benefícios daquilo que se está propondo.

fica mais fácil de apresentar uma solução para ajudálo a resolver os problemas.


2. O folheto falante

inconveniente. Persistir para fechar uma venda é bem

Infelizmente, ainda existem vendedores despre-

diferente, precisa-se entender qual o perfil de todos

parados que focam o portfólio de produtos e ficam

envolvidos na negociação, mapear os influenciad-

tentando adivinhar quais as possíveis necessidades dos clientes. Aquele que aborda o cliente e fala mais do que pergunta pensando apenas na venda final

ores e o processo de compra. Não ultrapasse os limites de um comprador e saiba enxergar qual é a hora de parar, evitando uma situação incômoda.

certamente terá uma carreira curta e perderá muitas oportunidades 3. O rei dos clichês Frases prontas não soam bem. A confiança é a base de todo bom relacionamento, e os clientes percebem quando o vendedor está abusando dos clichês. Evite um roteiro engessado, busque argumentos que at-

4. O insistente Geralmente, o vendedor que insiste demais para fechar um negócio fica conhecido também por ser

Carlos Cruz é vendedor profissional, treinador de vendas e diretor do Instituto Brasileiro de Vendas (IBVendas)Envie suas dúvidas com a palavra vendas no assunto da mensagem para examecanalpme@abril.com.br Fonte: exame.com

nº 35 | A no Vi | nov I d ez 2012

enderão às necessidades de cada um.

23


VALE ASSISTIR | PÉ NA COVA Depois de retratar o universo de uma família em um condomínio de classe média carioca em “Toma Lá, Dá Cá”, e o clima da redação de uma revista de celebridades em “A Vida Alheia”, Miguel Falabella mirou seu olhar para o peculiar modo de vida de um grupo de moradores do Irajá, subúrbio do Rio. “É um grupo de pessoas excêntricas ao limite, que beiram o absurdo e sobrevivem da morte. Todos juntos são a grande tônica do seriado. O povo sabe que eu gosto do avesso. A minha estética é essa. O seriado é cruel, ácido, crítico e apocalíptico”, acrescentou Miguel. A vizinhança ainda é formada pelos irmãos Tamanco, estreia de Mart’nália na televisão, e Marcão (Maurício Xavier). Tamanco namora Odete e causa a ira de Ruço já Marcão, à noite, se traveste de Markassa. “No Brasil, a morte tem uma pegada muito mórbida e imaginei que seria banal fazer comédia com o tema”, finalizou Falabella.

BOA LEITURA |

nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

KNOW-HOW – As 8 Competências Que Separam Os Que Fazem Dos Que Não Fazem, Ram Charan

24

Este livro, inovador e extremamente prático, identifica as oito competências que os líderes devem ter e expande a capacidade de seus leitores de alcançarem um bom desempenho, em benefício não apenas de suas carreiras, mas também de suas empresas e da economia. As idéias de Charan fornecem a base para fazer o certo e tomar sempre decisões corretas, ajudando a desenvolver a rara habilidade de fazer excelentes avaliações. Este livro trata do que você deve fazer e ser para liderar sua empresa no que promete ser o ambiente de negócios mais difícil das últimas décadas. Ele posiciona a liderança empresarial sobre um alicerce de lucros e perdas, aproveitamento de capital, distribuição de recursos, produtividade e satisfação do cliente, porém sem perder de vista o fato de que líderes são seres humanos. .


25

nยบ 35 | A no Vi | nov I d ez 2012


INFORME | SINDINEF

ASSUNTO: CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

PREZADOS DIRETORES FUNERÁRIOS, APRESENTAMOS A SEGUIR A PAUTA DE REINVINDICAÇÕES SALARIAIS APRESENTADA PELO SINEF - SINDICATO DOS EMPREGADOS EM FUNERÁRIAS, CEMITÉRIOS E CONGÊNERES DO ESTADO DE MINAS GERAIS PARA FORMATAÇÃO DA CONVENÇÃO COLETIVA 2013/2014. RESSALTAMOS QUE OS PEDIDOS ABAIXO ESTÃO SENDO ANALISADOS PELOS DIRETORES FUNERÁRIOS NAS REUNIÕES REALIZADAS PARA TRATAR DO ASSUNTO. SOLICITAMOS A PRESENÇA E PARTICIPAÇÃO DE TODAS AS EMPRESAS FUNERÁRIAS NAS REUNIÕES PARA TOMADA DE DECISÃO POR SE TRATAR DE UM TEMA QUE ABRANGE A TODAS AS EMPRESAS, SEM EXTINÇÃO. ATENCIOSAMENTE JOSÉ AFONSO DO REAL PRESIDENTE DO SINDINEF

26

O SINDICATO DOS EMPREGADOS EM FUNERÁRIAS, CEMITÉRIOS E CONGÊNERES DO ESTADO DE MINAS GERAIS, VEM MUI RESPEITOSAMENTE APRESENTAR-LHES NOSSA PAUTA DE REIVINDICAÇÕES PARA NEGOCIAÇÃO SALARIAL 2013. APÓS REUNIÃO DA DIRETORIA OCORRIDA NO DIA 26/02/2013, FICOU DECIDIDO MANUTENÇÃO DOS SEGUINTES ÌTENS: 1) 03 UNIFORMES GRATUITOS POR ANO DE TRABALHO 2) ADICIONAL NOTURNO COM PERCENTUAL DE 50% CONTADOS A PARTIR DAS 20:00 ATÉ AS 06:00HS DO FINAL DA JORNADA. 3) HORAS EXTRAS TRABALHADAS APÓS A JORNADA NORMAL DE TRABALHO COM ACRÉSCIMO DE 100% 4) OBRIGATORIEDADE DE LANCHES DIARIOS PARA FUNCIONÁRIOS COMPOSTO DE PÃO COM MANTEIGA E CAFÉ COM LEITE 5) ACIDENTE DE TRABALHO - TRANSPORTE - Os empregadores se obrigam a garantir o transporte gratuito, imediatamente após a ocorrência do acidente do trabalho com o empregado, até o local de efetivação do atendi-

mento médico, bem como do transporte, quando da alta médica, até a sua residência, se a situação clínica do empregado impedir sua normal locomoção, ficando, ainda, as empresas obrigadas a assistir o empregado acidentado ou doente com todas as despesas, tais como, tratamento médico, medicamentos, etc por conta da empresa. 6) ASSISTÊNCIA JURÍDICA - Os empregadores prestarão assistência jurídica aos seus empregados, quando os mesmos no exercício de suas funções e em defesa dos legítimos interesses e direitos da empresa, incidirem na prática de atos que os levem a responder ação penal. 7) AÇÃO DE CUMPRIMENTO - Os empregadores reconhecem legitimidade ao SINEF, solidários ou independentes, para ajuizar ação de cumprimento perante a justiça do trabalho, no caso de transgressão das cláusulas desta Convenção Coletiva de Trabalho e demais normas trabalhistas, independente da outorga de mandato dos empregados substituídos e/ou da relação nominal dos mesmos. Em caso da empresa não ser condenada ao pagamento de honorários assistenciais, o sindicato poderá cobrar do empregado o percentual de até 10% (dez por cento) do valor da causa. 8) GREVE GERAL TRANSPORTE COLETIVO - Em caso de impedimento do empregado de comparecer ao trabalho por motivo de greve geral comprovado no transporte coletivo o mesmo terá o seu dia abonado pela empresa. 9) TICKET REFEIÇÃO - As empresas fornecerão, no primeiro dia útil de cada mês e gratuitamente, a seus empregados, 25 (vinte e cinco) tickets refeição, no valor integral de R$ 15,00 (quinze reais) cada. FORNECIMENTO DE CESTA BÁSICA As Empresas concederão aos Empregados uma cesta básica por mês, com no mínimo 35 kg (trinta e cinco kilogramas), distribuídos conforme lista de produtos discriminados abaixo: • • • • • • • •

10 Kg de arroz tipo 1 10 Kg açúcar 04 Kg de feijão tipo 1 04 latas de óleo de soja 01 Kg de farinha de mandioca 01 Kg de farinha de milho 01 Kg de farinha de trigo c/fermento 01 Kg. de Café


01 Kg de macarrão espaguete 01 Kg de sal 01 Kg de fubá 01 PT leite em pó 400 Grs. 02 latas de Extrato de tomate 370 Grs. 01 Goiabada 400 Grs. 02 PT de Biscoito Cream Cracker 200 Grs. 02 PT de Biscoito Maizena 200 Grs. 01 PT de Bombril 03 Sabonetes 90 Grs. 02 Cremes dental 90 Grs. 05 Tabletes de sabão 02 Detergente 01 Cx. Sabão Pó Grs.

PARÁGRAFO PRIMEIRO: Não terão direito a Cesta Básica os Empregados que se enquadre em qualquer uma das seguintes alternativas:

a) Recebam Auxílio Alimentação, Ticket Alimentação ou refeição; b) Não demonstrem assiduidade integral, entendendo-se esta a do Empregado que não houver faltado ao Serviço nenhuma vez durante o mês, ressalvado apenas as ausências justificadas por motivos de acidentes do trabalho, doenças ou outros. c) Fica esclarecido para todos os efeitos legais que o benefício estendido aos casos de afastamentos pelo INSS terão direito ao recebimento da cesta básica por apenas um período de 04 meses. d) Conforme especificado na Cláusula 20ª, “outros” mencionados, refere-se à necessidade do Empregado assistir filhos ou Cônjuges ao acompanhamento médico, desde que comprovado por atestado ou declaração médica, caso contrário perderá o benefício. e) Do prazo para a entrega da cesta básica, estipula-se que todo 5º(quinto) dia útil, esta deverá ser entregue ao Empregado que se fizer jus ao benefício, uma vez que este se refere ao mês em curso. PARÁGRAFO SEGUNDO: Os Empregados que já recebam benefícios superiores ao previsto no “caput’” desta Cláusula por mais de 02 (dois anos) consecutivos não poderão sofrer redução sobre o benefício já adquirido. PARÁGRAFO TERCEIRO: Fica estabelecido o direito trabalhista no “Caput” desta Cláusula, à todos os Trabalhadores da Categoria, independente do valor do Salário Percebido.

10) CORREÇÃO SALARIAL - Os salários dos empregados das empresas em funerárias cemitérios e congêneres do estado de Minas Gerais, serão reajustados em 1 de março de 2013 (data-base da categoria profissional), mediante a aplicação de 100% (cem por cento) da variação acumulada do INPC (IBGE) verificada no período de 01/03/2012 a 28/02/2013, aplicados sobre os salários do mês de fevereiro de 2013. 11) AUMENTO SALARIAL E PRODUTIVIDADE - Os salários, após a correção prevista na cláusula anterior, terão um acréscimo de mais 10% (dez por cento) a título de aumento real de salário acrescido de 10% (dez por cento) de produtividade. OBS: RESUMO FINAL DESTA CLÁUSULA: CORREÇÃO SALARIAL GERAL DE 17% SOBRE OS SALÁRIOS DO MÊS DE FEVEREIRO 2013, VÁLIDOS PARA SALÁRIOS DIFERENCIADOS DOS PISOS ESTABELECIDOS. 12) CRIAÇÃO DE PISOS PARA FUNÇÕES ADMINISTRATIVAS: R$ 1.339,03 (mil trezentos e trinta e nove e sete reais e três centavos) por mês, para os empregados que exercem a função de assistente de escritório, recepcionista, atendente, operadora de caixa, auxiliar de escritório e demais empregados que exerça a função administrativa nas dependências da empresa. R$ 1.850,00(hum mil, oitocentos e cinquenta reais) por mês para empregados do Depto Financeiro, Assistente de Pessoal e Rh. 13) Os dias trabalhados em domingos e feriados na Escala de 12x36 são considerados como extras e deverão ser adicionado um percentual de 50%(cinqüenta por cento). 14) O Valor para a Contribuição Associativa (Mensalidade de sócios) refere-se ao valor de R$ 13,00 descontados mensalmente no contracheque responsabilizando o empregador ao repasse mensal na Conta Corrente da Entidade Profissional através de guias próprias da entidade. 15) RETENÇÃO DA CTPS - Será devida ao empregado a indenização correspondente a 1 (um) dia de salário por dia de atraso, pela retenção de sua Carteira Profissional após o prazo de 48 (quarenta e oito) horas. NA CERTEZA DO SUCESSO EM NOSSAS NEGOCIAÇÕES, DESDA JÁ AGRADECEMOS E AGUARDAMOS UM BREVE ENCONTRO PARA PROSSEGUIRMOS NOSSA JORNADA.

WNDECI GERALDO R.PEREIRA PRESIDENTE

nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

• • • • • • • • • • • • • •

27


HUMORTO | Briga política

Dívida de Sangue

Um burro morreu bem em frente duma Igreja e,

Não se sabe como, mas um turco conseguiu pegar

como uma semana depois, o corpo ainda estava lá, o

dinheiro emprestado de um Judeu. Acontece que o

padre resolveu reclamar com o Prefeito.

Turco nunca pagava nenhuma de suas dívidas e o

- Prefeito, tem um burro morto na frente da Igreja há

judeu nunca deixava de receber o que lhe deviam.

quase uma semana!

O tempo passa, o turco enrolando e o Judeu atrás

E o Prefeito, grande adversário político do padre,

dele. Até que um dia eles se cruzaram no bar de um

alfinetou:

português e começaram uma discussão. O turco

- Mas Padre, não é o senhor que tem a obrigação de

encurralado não encontrou outra saída, pegou um

cuidar dos mortos?

revólver encostou na própria cabeça e disse: - Eu posso ir para o inferno, mas não pago esta

- Sim, sou eu! - respondeu o padre, com serenidade. -

dívida!

Mas também é minha obrigação

E puxou o gatilho, caindo morto no

avisar os parentes!

chão. O judeu não quis deixar por menos,

Rodeado

de

pegou o revólver do chão, encostou

Dinheiro

na sua cabeça e disse:

Sexta-feira à tarde, dois funcionários de um importante banco ficam presos

- Eu vou receber esta dívida, nem que

no cofre. Ao perceberem o ocorrido,

seja no inferno! E puxou o gatilho, caindo morto no chão.

um deles entra em pânico: - Meu Deus! E agora? Essa porta

O português, que observava tudo, pegou o

é

revólver do chão, encostou na sua cabeça

nº 36 | A no VII | j an I fev 2013

automática, só abre nos dias úteis!

28

Imediatamente o outro, um pouco mais calmo, saca

e

disse:

a sua calculadora financeira e depois de muitas

- Pois eu não perco esta briga por nada

multiplicações e divisões chega à seguinte conclusão: - Tenho duas notícias pra te dar! - Fala, fala! Fala, logo!

A Suicida

- De acordo com a média de consumo de oxigênio

Aquela velhinha vivia sozinha, coitadinha, sem

de um ser humano, se permanecermos a maior parte

saúde, sem dinheiro, sem amigos... um dia resolveu

do tempo em repouso, o ar vai dar exatamente até

acabar com a própria vida e ligou para o seu médico

segunda-feira às três e quinze da tarde!

para saber qual era a posição exata do coração.

- Ufa! Graças a Deus! Qual a outra notícia?

- Dois dedos abaixo do seio esquerdo.

- Segunda-feira é feriado!

No dia seguinte ela se tornou manchete de jornal: “Mulher idosa tenta o suicídio com um tiro no joelho”.


A melhor empresa de planos de assistência familiar de Minas Gerais!

PREVENIR ASSISTENCIAL

O PLANO IDEAL PARA VOCÊ, SUA FAMÍLIA E SUA EMPRESA.

nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

Planos funerários que cabem no seu bolso, a partir de R$23,80. Agora com uma grande novidade: Plano Diamante o único com jazigo perpétuo!

AMOR POR VOCÊ

29


O tempo passou, a vida voltou quase ao normal na

MILISTÓRIAS | GOBBO

Fazenda Pau Dalho. Quase. Albertinho ensimesmou-se e alguns meses depois, falou com o pai: — Num agüento mais viver aqui. Vou-me embora, caçar outro rumo na vida. E partiu. Sinhá Carolina, que nem era muito devota ou chegada às coisas da igreja, pediu ao marido que construísse uma capelinha no local da tragédia. Pedido que o capitão atendeu prontamente, pois assim pensava pagar a culpa que sentia. A capela erguida, a imagem de Jesus Crucifixado foi colocada na parede do fundo, sobre o altar. Padre Jeremias benzeu a capela e celebrou a primeira missa. Apenas a mãe subia à ermida, todas as semanas, nas tardes de domingo, para rezar pelo filho. E, quem sabe?, reforçar a esconjuração...

Mais tempo foi acrescentado à lenda. Sinhá Carolina adoeceu e o médico desenganou. Ela pediu: — Quero ver meu Albertinho antes de morrer.

nº 36 | A no VII | j a n I fev 2013

As diligências do Capitão levaram à pista do filho

30

sumido há mais de cinquenta anos. Estava pelas

A

bandas de Goiás, metido no negócio de criação de gado. Um mensageiro foi enviado e, na volta, trouxe

MÃO SECA PARTE

III

o filho desgarrado da família. O encontro com a família revestiu-se da alegria ao ver o ente querido de volta. Sinhá Carolina, que guardava o leito, abraçou e foi abraçada pelo filho. Passou-lhe as mãos pelo rosto, cabelos, descendo pelos ombros, braços, mãos e até às ponta dos dedos. Demorava-se em cada ruga da face, pela calva da cabeça, na papada do pescoço. Ao chegar às mãos, com a amorosidade de quem segura pela primeira ou


pela ultima vez as mãos da pessoa amada, os olhos

estavam ao seu lado. Parecia que procurava alguma

fixos nos olhos do filho, observou:

coisa, com o deslizar ansioso dos dedos.

— Suas mãos estão tão magras...

Alberto sentou-se ao seu lado. Além da tristeza

Alberto (agora já não lhe caia bem o apelido da

causada pela situação da mãe, preocupava-lhe o fato

meninice) olhou para as próprias mãos. Estavam

de que sua mão direita estava cada dia mais ressecada.

magras, sim. Ressecadas. E não havia notado que

Os movimentos dos dedos estavam ficando difíceis

uma tonalidade escura tomava conta dos dedos e

e dolorosos. De nada valiam os ungüentos e outros

das costas das mãos.

remédios caseiros preparado pela velha Severina, já

Coisas da idade... pensou, sem nada comentar.

na casa dos noventa anos.

Sinhá Carolina definhava rapidamente. Na ânsia

A mãe fez, novamente, o ritual de passar as mãos sobre

de conservar-se entre os vivos, e talvez prevendo

ele. Cabeça, face, pescoço, braços, mãos... Ao chegar

a chegada daquela que não ousava dizer o nome,

à mão direita, parou: apalpou demoradamente a mão

acariciava o marido, os filhos e até as pessoas amigas

e disse, numa voz que, apesar de fraca, mostrava uma

que se sentavam ao seu lado. E ao acariciar Alberto,

surpresa dolorosa e impregnada de horror:

sempre observava:

— Meu filho... a sua mão... a sua mão ESTÁ SECA!

— Suas mãos estão tão magras... tão ressecadas...

As mãos da velha senhora se afrouxaram e a cabeça

Alberto não se incomodava, mas notava com certa

tombou de lado. Os olhos, com a expressão de horror

surpresa para as mãos magras, quase esqueléticas.

pelo conhecimento de algo dolorosamente horrível,

Especialmente a mão direita, cuja pele, escurecida

fixaram-se no rosto de Alberto. Mas já não viam nada

em poucos dias, parecia pequena para os dedos:

mais.

esticava-se sobre os ossos, cada vez mais salientes. A saúde da mãe piorou.A respiração tornou-se arfante, uma rouquidão quase a impedia de falar. Os olhos fixos no teto, pouco enxergavam. Mas as mãos... passavam por todas as pessoas que

FIM



edição 36