Issuu on Google+

Tabatinga casa bem iluminada

as dicas para a melhor pizza feita em casa

mar azul turquesa

Os encantos de Cancun, Playa Del Carmen e Cozumel

que venha o frio! Delícias da estação mais charmosa do ano

revista

de nápoles para o mundo

informar

Por que vale investir em LEDs e Super-LEDs

#16 2012


Por Patricia Anastassiadis


Fotos: edison Garcia

SĂŁo Paulo Jardim AmĂŠrica - T.: 3894 7000 D&D Shopping - T.: 5105 7760 rio de janeiro Casashopping - T.: 3325 7667

a r t e f a c t o b c . c o m . b r


56 Tabatinga revista

informar

mar aberto

#16

No Azul

Jovens em casa, com conforto e liberdade Com mais de trinta anos de experiência, a arquiteta Selma Tammaro assina o “Loft no Campo” da Casa Cor SP 2012

08

Horizonte

16

Saúde

28

Meio ambiente

34

contatos

costa amalfitana: a pérola italiana

Viagem

tudo azul por aqui

Horizonte

cozinhas com status de sala de estar

boas compras

40

delícias de inverno

62

corpo em forma e com os pés na areia!

de nápoles para o mundo

na concha

48

muito bem iluminada

68

alternativa natural

74

serviÇo


publisher PrIsCIlA s. t. de olIveIrA novAes

EDITORIAL

para anunciar teleFone: 55 11 7862.6982 e-mAIl: PrIsCIlA@revIstAInFormAr.Com.br financeiro teleFone: 55 12 3884.2004 e-mAIl: FInAnCeIro@revIstAInFormAr.Com.br endereÇo rodovIA sP-55, 2500 – setor PrAçA 1 CondomínIo CostA verde tAbAtIngA lojA Cl02 tAbAtIngA – CArAguAtAtubA (sP) – CeP: 11679-900 www.revistainformar.com.br

o fontpress comunicaÇÃo AvenIdA PAvão, 955, Cj. 85, moemA são PAulo (sP) – CeP: 04516-012 teleFone: 55 11 5044.2557 e-mAIl: FontPress@FontPress.Com.br diretoria luAnA gArCIA e márCIo PAdulA CArIle Jornalista responsável márCIo PAdulA CArIle (mtb 30.164) editora-chefe luAnA gArCIA (mtb 43.879) direÇÃo de arte WAgner FerreIrA reportaGem áureA Fortes, luAnA gArCIA e márCIo PAdulA CArIle colaboradores AngelA CAstIlho e mIChele rodrIgues foto de capa © IstoCkPhoto.Com/druvo impressÃo IbeP gráFICA

É ProIbIdA suA reProdução totAl ou PArCIAl sem AutorIzAção, Por esCrIto, dA FontPress ComunICAção. A PublIsher e os edItores dA revIstA não se resPonsAbIlIzAm Pelo Conteúdo dos AnúnCIos e mensAgens PublICItárIAs InClusos nestA edIção. É ProIbIdA A vendA dA revIstA, que É de dIstrIbuIção grAtuItA.

QUE VENHa O VErãO? O inverno chegou. E com ele praias desertas, água gelada, muito lugar na areia, barracas fechadas, vendedores de picolés escondidos. E isso é ruim? Depende do ponto de vista. Para alguns, a praia perde seu encanto na estação mais fria do ano; para outros, é uma oportunidade para conhecer um local que está sempre lotado, andar pela areia da praia sem desviar de crianças correndo e bolinhas de frescobol ao léu, ou mesmo sentar olhando para o mar e apreciar a imensidão azul. E como o inverno passa, assim como o outono, a primavera e o verão, esta edição traz algumas matérias voltadas para o frio: como o “Boas Compras”, em que indicamos cafeteiras, chás, máquina para fazer pães quentinhos; assim como uma reportagem dedicada ao calorzão: frescobol, para manter a forma, fortalecer os músculos e outras benesses ao corpo e mente. Para os viajantes, as opções são: Costa Amalfitana, na Itália (lugar que inspirou a construção do Costa Verde Tabatinga), onde o êxtase a cada momento é natural, pois é provável que tenhamos lugares iguais a este, mas, mais bonito impossível; e Cancun, no México, com praias paradisíacas, baladas fantasticamente intermináveis e boas compras. Na seção “Horizonte”, a pizza, sempre ela, que saiu de Nápoles, sul da Itália para ganhar o mundo, impregnando o seu sabor único em grandes capitais, assim como em pequenas cidades, sempre com aquele odor de lenha queimando... quem não gosta, bom sujeito não é! Para finalizar, matérias especiais para o lar. Iluminação, com as ecléticas lâmpadas de LED; cozinhas, que agora ganharam status de local mais charmoso e aconchegante da casa; uma entrevista com a arquiteta Selma Tammaro, que idealizou um loft no campo para os jovens na Casa Cor 2012 de São Paulo; e a opção de aquecimento com a energia solar. Um grande abraço, priscila s. t. de oliveira novaes


8|

Costa Amalfitana: a pĂŠrola italiana

mar aberto


É difícil imaginar que a Costa Amalfitana, no sul da Itália, trecho de 60 quilômetros de litoral da região da Campânia, entre Sorrento e Salerno, não é criação do Divino. O mar azul turquesa e seus morros esculpidos de cidades e plantações de limão amalfitano – só para citar o fundamental – entorpecem o olhar Por Angela Castilho

Servido de uma estrada costeira, na verdade uma ruela estreitíssima que, em boa parte margeia o precipício, entre uma vista vertiginosa e outra também, encontram-se magníficas cidades históricas como Amalfi, na parte baixa, banhada pelo Tirreno; Ravello, no alto da montanha, de vista deslumbrante para o mar; a mágica Positano, um lindo vilarejo que ‘escorrega’ pela encosta até a praia; além da pitoresca Sorrento e sua vista para a baía de Nápoles. Porém, antes de chegar à Costa Amalfitana propriamente dita, nossa saída é de Salerno, e o passeio começa em Vietri sul Mare, outra cidadezinha histórica que vive basicamente da indústria da cerâmica, e que teve seu início no Renascimento e desde então é a marca da cidade.

|9


Em Vietri tudo acontece nas praças Matteotti e al Tramonto. No verão, a criançada se diverte no final do dia, depois de muita praia, e os adultos se encontram para escolherem um restaurante ou bar, passear pelo centrinho e dar uma olhada no artesanto de cerâmica, ou ainda apreciarem o pôr-do-sol. Vale conferir também a Igreja de san giovanni Battista e sua cúpula de cerâmica. QuAttro terre: AmAlFI, rAvello, PosItAno e sorrento

mar aberto

Seguindo para a Costa, a primeira parada é Amalfi, localizada na parte baixa, banhada pelo mar Tirreno. Lá vale curtir toda a efevercência do lugar – principalmente no verão – e passear pelas ruelas apreciando o artesanto local, que também é forte em cerâmica, e, claro os limões amalfitanos (nunca diga para um amalfitano que o limão plantado ali é siciliano, pode ser um problemão); e o limoncello, o licor doce produzido com a casca do limão, álcool

e calda de açúcar, que se espalhou pelo mundo. As praias de Amalfi lotam no verão e são consideradas as mais belas da Itália, todas com muitos bares, restaurantes, hotéis e muita alegria. É sempre interessante ver como os italianos e turistas dos mais variados países do mundo curtem os pequenos espaços de areia. O que não falta é gente bonita. Para finalizar a estadia em Amalfi, não se deve deixar a cidade antes de conhecer a Cattedrale di Sant’andrea, uma obra prima de estilo árabe. No alto do penhasco, seguindo pela estrada, encontra-se ravello, 400 metros acima do nível do mar.

ali, pouco importa o restaurante em que você irá comer ou o hotel em que irá repousar, o que interessa é que se tenha vista para o mar. Não tenha dúvida, será algo inesquecível, uma paisagem fascinante que em poucos lugares no mundo é tão bonita. Para se hospedar com classe e sofisticação, o lugar é o hotel rufolo (www.hotelrufolo.it), construído em 1270 pelo homem mais rico de ravello, Nicola rufolo. Os jardins são maravilhosos, e a vista é avassaladora. É no hotel, que todo ano, no verão europeu, acontece o ravello Festival, evento musical e de artes mundialmente reconhecido e que, no ano que vem, completa 60 anos.

detalhes da beleza da Costa Amalfitana e o contraste das cores do verde do limão amalfitano com a pimenta calabresa

10 |


Foi nos jardins do hotel que o compositor alemão richard Wagner teve inspiração para compor algumas de suas óperas. em ravello, o carro fica do lado de fora – toda a cidade, depois do túnel de entrada, é para se curtir a pé. Por suas ruelas e becos o visitante se deslumbrará com tamanha riqueza de detalhes, seja das casas, praças, lojas, gelaterias (não deixem de tomar o sorvete de ravello), hotéis, restaurantes, bares, igreja... tudo é admirável e belo neste vilarejo, que abriga apenas três mil ‘abençoados’ moradores. Descendo ao nível do mar novamente, encontra-se Positano. É difícil descrever esta cidade. Parece

| 11


O agitado comércio de Amalfi

mar aberto

uma grande construção única e, andando pelas ruelas, vamos observando as casas e o comércio. Descendo toda a encosta, chegamos em uma pequena e sedutora praia, disputadíssima no verão, com seus bares, restaurantes e lojas. Para finalizar nosso giro pela Costa Amalfitana, a cidade que encanta pelo seu muro de pedra é Sorrento – já na Baía de Nápoles. a chegada de barco, ou traghetto como dizem os italianos, vai propiciar ao turista desembarcar no píer e seguir o caminho que leva a cidade alta, a pé, por uma estradinha, e depois em uma escadaria que ‘corta’ a grande muralha de pedra que divide a cidade. algo inesquecível! Para quem gosta de um passeio

limÃo siciliano (amalfitano) o limão siciliano, chamado de amalfitano, na Costa Amalfitana, nasce em árvores que podem atingir até quatro metros de altura, com ramos curtos, muitos espinhos e flores brancas. os frutos têm suco ácido, aromático, de cor amarelo-clara; a casca, também muito aromática, é verde-clara ou amarela quando o fruto amadurece. Originário da Índia ou da Malásia, o limão foi introduzido na assíria e de lá para a Grécia e roma. Depois se espalhou pelo norte da áfrica e europa. hoje é amplamente cultivado no norte da áfrica, Itália e espanha. na Itália, são famosos os licores e as granitas produzidos com o limão.

12 |


mais cultural, a pedida é o Museu Correale, o Duomo e o Claustro de san Francesco. Para os mais consumistas, fazer compras ao longo de suas estreitas ruazinhas é uma dádiva. O comércio de rua é interessantíssimo e com preços convidativos, pode-se encontrar de tudo. Como em toda a Costa Amalfitana, a vista do alto das rochas é espetacular, mas em Sorrento temos de ‘brinde’ uma longa e aprazível visão da baía de Nápoles e a ilha de Capri.

mar aberto

Boa viagem!

dicas  A maioria dos roteiros de viagem hospeda os turistas em nápoles, mas a cidade de salerno fica bem mais próxima da Costa Amalfitana e tem bons lugares para hospedagem e alimentação.  Fazer a Costa Amalfitana de carro é um tanto quanto perigoso. demora um tempo para descobrir como guiar com segurança em ruas e estradas tão estreitas. além disso, o italiano do sul é reconhecido por sua falta de paciência no trânsito.  Os barcos ou traghetto saem de meia em meia hora dos píers de Salerno. a viagem também é maravilhosa e, para quem não gosta de dirigir, é a melhor pedida.  É nesta região que apreciamos a verdadeira pizza napolitana. aqui vai uma dica: fuja de Nápoles e siga para a Pizzeria Pummarola ‘Ncoppa (end.: lungorame Colombo Cristoforo, 341, salerno – tel.: 089.339305).  Para não fotografar só o óbvio, fique atento às barracas de pimentas, lindas com suas cores que vão do amarelo, passando pelo vermelho e chegando no verde; e às barracas de limão amalfitano, com o tom único de amarelo.

14 |


Tudo azul viagem

mel, no mÉXICo, oFereCem CAnCun, PlAYA del CArmen e Cozu um roteIro eClÉtICo, IdeAl PArA quem PreCIsA relAXAr; FAzer ótImAs ComPrAs e Cu rtIr bAlAdInhAs InesqueCíve Is

1

16 |


por aqui Visitar o México é muito mais do que estar diante de um cenário incrivelmente paradisíaco no litoral caribenho. O país preserva a tradição espanhola, mantém as marcas

Por áureA Fortes

da genialidade de Frida kahlo e de Diego river, e dá acesso a novas experiências junto a uma cultura alegre e cordial. só experimentando para comprovar. Os roteiros levam

Baía do Espírito Santo, em Playa del Carmen. Ao fundo, o playacar palace | 17


2

viagem

a passeios que atendem diferentes interesses. O inconfundível azul-turquesa do mar de Cancun, Playa del Carmen e Cozumel é apenas o começo. Também existem outros atrativos, como as pirâmides maias, os cantores populares, os famosos mariachis e até mesmo a apimentada gastronomia. Nem todos sabem, mas a cidade de Cancun, na Península de Yucatán, foi estruturada há pouco mais de 40 anos. Até a década de 1970, o país não desfrutava do melhor do litoral caribenho. Toda a orla era desabitada, até que surgiu a bem-sucedida

ideia empresarial de organizar um centro turístico a partir de uma ilha estreita e alongada. Se nesse período Cancun tinha apenas plantações de coco, hoje são muito bem aproveitados os 22 quilômetros de mar azul-turquesa, com areia delicadamente fina. o turismo, com muita badalação, é o foco de Cancun. Luxuosos resorts atendem os turistas que descobriram esses recantos e curtem a calmaria ou os agitos. Os programas de relaxamento desses centros hoteleiros promovem vida de rei e resgate total de energias. Tem até massagem na

praia. Outros atrativos são os banhos de vapor, as aulas de ginástica e terapias de meditação. E, se preservar o meio ambiente é a preocupação do turismo consciente, Cancun inovou ao criar o Museu Subaquático de arte que, como o nome diz, fica submerso. A experiência é, no mínimo, inusitada: permite que o visitante nade, literalmente, entre obras de arte. Barcos com chão de vidro também ajudam a apreciar os itens expostos. a alternativa minimiza a ação dos mergulhos, que podem acabar prejudicando os recifes de corais.

3

Voce sabia? O nome Cancun vem da civilização maia, em que khan khun quer dizer “pote, ou ninho de cobras”. só por curiosidade, outra versão, até menos aceita, é a de que o nome significa “lugar da serpente dourada” porque, ao amanhecer, a praia aparenta uma forma de serpente dourada por conta do reflexo do sol.

18 |


4

lAzer em FAmílIA

viagem

Playa del Carmen tem um charme totalmente seu. a praia central é apreciável e quase toda ocupada por embarcações, o que não facilita a vida dos banhistas. Mas o paraíso está mais adiante: a cinco quilômetros, encontra-se o mar mais calmo,

20 |

transparente e até com clubes de praia. Em outros trechos, o serviço de bordo é restrito aos hóspedes dos hotéis. o centro é bem diversificado. atende diversos gostos, e tem desde albergues até hotéis-design. Ali só não são encontrados os poderosos resorts. O ambiente é mais tranquilo, e a praia praticamente sem on-


das agrada as crianças. Há diversidade de restaurantes – do mexicano ao italiano, francês, argentino, libanês, tailandês, árabe, entre outros. umA IlhA, InFInItAs AtrAções Coube ao oceanógrafo jacques Cousteau revelar ao mundo os

Hotel Fiesta Americana Condesa, em Cancun

templos À arquitetura e astronomia Quem se atenta à história lembra-se que o calendário usado ainda hoje no Ocidente foi uma invenção da civilização maia no México. as ruínas de Chichén Itza, uma das sete maravilhas do mundo, marcam a passagem dos maias pela região. a emoção é intensa ao pisar no solo arqueológico que funcionou como centro político e econômico da civilização. Contudo, para percorrer o trajeto é preciso ter tempo. Chichén Itza fica no interior da península, a mais de três horas de carro em estrada ou por passeio organizado. Tulum é famoso pela conservação de templos e palácios muito antigos, construídos entre os séculos 11 e 15, e tem construções como o observatório el Caracol, a pirâmide El Castillo de kukulkan e o Templo de los Guerreros. El Castillo é conhecida por ter uma posição astronômica perfeita, com escadarias voltadas aos pontos cardeais e com 365 degraus, um para cada dia do ano. já em Cobá, o destaque é a pirâmide Nohoch Mul, a mais alta da Península de Yucatan.


corais preservados da ilha de San Miguel de Cozumel, a 60 quilômetros de Cancun e mais conhecida apenas por Cozumel. Depois da preciosa divulgação, por volta da década de 70, a ilha tornou-se uma das mais procuradas pelos mergulhadores por ter mais de 500 espécies diferentes de peixes e 65 espécies de corais. Parece muito, mas ainda é possível mais: nadar ao lado de golfinhos, se necessário com a orientação de guias. Em Cozumel está a segunda maior barreira de corais do mundo, sendo superada apenas pela australiana. a visão é sensacional em qualquer mergulho, seja com snorkel ou a 30 metros de profundidade.

viagem

6

na terra da tequila e dos burritos

5

você já pode até ter experimentado, mas legítimos mesmo só os burritos, tacos, quesadillas, panuchos e gorditas do México. Como o tempero é original, vale a pena atentar à dose de chilli habanero. Os novatos neste paladar tipicamente caribenho devem saber que milho, feijão e muita pimenta formam a base dos pratos. O chocolate também costuma ser utilizado em combinações exóticas. a tequila é uma bebida produzida a partir de uma planta chamada agave, cultivada em uma região demarcada pela lei mexicana, no estado de jalisco. o ritual para ingerir a bebida já é conhecido: a sequência manda colocar sal na borda do copo, beber rapidamente e chupar um pedaço de limão.

22 |


points

shoppinGs

baladas e bares

Plaza la Isla, Avenida boulevard kukulcan, km 12,5, com ruas ao ar livre.

Cocobongo, km 9,5 – famosa pelos shows.

kukulcán Plaza, km 13.

daddy´o. – km 9,5, no shopping Forum by the sea.

Playa del Carmem Bares na Calle 12, entre a Quinta avenida e a praia – tem boates ao ar livre e até uma filial da Coco bongo, na Calle 12, esquina com a 10.a avenida.

Forum by the sea, km 9,5, com cinemas, clube daddy´o, hard rock Café e Carlos n’Charlie.

señor Frog’s, km 9,5.

Cancun - Cancun golf Club, na Pokta-Pok, Avenida boulevard kukulcan, km 7,5, tel.: +52 (998) 883.1230.

Flamingo mall, km 11,5. Tem boas redes de restaurantes, dentre elas outback, bubba gump Shrimp, Margaritaville e Sanborn’s.

Cozumel a Quinta avenida tem lojinhas e pequenas boutiques de roupas e acessórios.

Plaza Caracol, km 8,5; bom para souvenirs e artesanato.

Carlos´n Charlies, km 9,5, Forum by the sea. hard rock Café, km 9,5, Forum by the sea. Planet hollywood, km 12,5, Plaza la Isla.

hotéis rede Palace resorts www.palaceresorts.com Le Blanc Spa resort – somente para adultos, com relaxamento, terapias e tratamentos em luxuoso SPa. avenida Boulevart kukulcan, km 10, Cancun. tel.: 52-998-881-4740 Playacar Palace – para a família. Fraccionamiento Playacar, Bahia del Espiritu Santo, esquina com abraira de arriva – Playa del Carmen. tel.: 52-984-8734960 Cozumel Palace – para a família. rafael E. Melgar, km 1.5, Cozumel. tel.: 52998-891-3600

| 23


viagem

no Parque Chankanaab, no Parque Nacional Marinho de arrecifes, também é possível mergulhar e nadar com golfinhos, conferir leões marinhos e passear por um jardim botânico. já no Farol Celarain, a oportunidade é de admirar a flora e fauna silvestre, com aves, peixes, crocodilos, iguanas; além de conhecer o museu de navegação e a bela praia. san gervasio é o sitio arqueológico mais importante de Cozumel, e o museu da Ilha conta com quatro salas que abordam a geografia, os arrecifes, o período pré-hispânico

vá as compras Dedicar um tempo para percorrer o centro de Cancun pode ser uma experiência interessante e pitoresca. a recomendação é da empresária Debora Tyba, da MD agência de Viagens e Turismo em São Paulo. Segundo ela, na avenida Tulum, em Cancun, o comércio é intenso, e lojas dividem espaço com bares e restaurantes. Ela lembra também que Cancun é porto livre de impostos e, portanto, um ótimo lugar para a compra de joias, principalmente em prata e coral negro. “As lojas sofisticadas e as grifes famosas também marcam seu território. os eletrônicos têm preços atrativos e, para quem gosta de se aventurar no mundo da gastronomia, há uma diversidade de pimentas e tequila”, recomenda. Produtos típicos do México, como sombreros, ponchos, redes coloridas, tapeçaria, artigos em couro, artesanato em cerâmica e máscaras maias são facilmente encontrados. As lojas funcionam, em geral, das 9h às 21h. Algumas fecham às 14 horas para a típica siesta, e reabrem às 16h. Pode parecer bizarro, mas a dica é pechinchar, porque assim como em outros países, a prática é um costume. De acordo com Débora Tyba, uma recomendação importante é, em qualquer situação, pedir a nota-fiscal para estar preparado caso a alfândega no Brasil questione acerca do procedimento das compras. 7

Pôr do sol em Cancun 24 |


8

viagem

e o moderno. Para os aventureiros, existem muitas outras opções de passeios de catamarã para a barreira de corais, bem como mergulhos com cilindro de oxigênio.

informaÇÕes Úteis - méXico idioma: espanhol moeda: peso mexicano visto: vIsto: eletrônico, aceito por algumas companhias aéreas; vale por 30 dias no méxico. Informações no hyperlink “http://www.consulmex.sre.gob.mx/saopaulo”www.consulmex.sre. gob.mx/saopaulo temperatura: varia entre 20ºC e 30ºC com chuvas frequentes de agosto a outubro. www.cancun.tur.br consulado Geral do brasil no méXico Paseo de las Palmas no. 215, oficina 405, Colonia lomas de Chapultepec tel.: +52 (55) 4160.3953 embaiXada brasileira no méXico lope de Armendáriz, 130, Colonia lomas virreyes tel.: +52 (55) 5201.4531 http://mexico.itamaraty.gov.br Fotos: 1, 2, 3, 4, 6, 7, 8 - divulgação; e 5 – s. duquet

26 |

a alternativa mais comum para chegar a Cozumel é de ferry-boat que parte de Playa del Carmen e leva cerca de 35 minutos para completar o trajeto.


De Nápoles para o mundo horizonte

Por Márcio Padula Carile

Foi no século XIX, na Itália, mais precisamente em Nápoles, que a pizza que conhecemos hoje ‘acertou’ seu formato e ingredientes. Antes era apenas a massa assada em forno a lenha, depois incorporou-se o tomate, para chegarmos nos ingredientes e forma que todos apreciamos. É logo depois da Segunda Guerra Mundial que há o boom da pizza, ela conquista a Itália e o mundo. Mas há registros de pizzas sendo feitas em Nápoles, no século XVI. Em peque-

nos fornos, muitas vezes instalados nas casas dos pizzaiolos. As pizzas eram feitas e depois vendidas por ambulantes pelas ruas e becos da cidade, onde eram, evidentemente, os alimentos preferidos de todos. Das casas para as pizzarias e vice-versa A pizza começou sendo feita nas casas e virou um ícone gastronômico: massa, molho de tomate e queijo se transformaram em paixão

SERVIÇO Pizzaria São Paulo End: Rua Dr. Esteves da Silva, 26, Centro, Ubatuba (SP) Tel.: (12) 3832.7457

* Fonte para introdução da matéria: Livro “Bráz – Pizza Tradicional”, de Saul Galvão

28 |


1

| 29


de todos. O forno a lenha, essencial para a redonda sair com o gostinho peculiar e único, era algo comum no passado, mas com as mudanças da vida moderna ficou um tanto quanto esquecido – difícil de se imaginar em casas e apartamentos de grandes cidades. Era algo mais restrito à casa de campo ou de praia. Todavia, com o surgimento e a popularização das cozinhas gourmet, o forno a lenha voltou a ser peça obrigatória. Aí vem a pergunta: como nós, simples mortais, trabalhamos com estes fornos? a tarefa não é complicada, umas aulinhas com especialistas e podemos fazer pizzas bem parecidas com as que comemos em centenas de pizzarias espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. A PAlAvrA do esPeCIAlIstA horizonte

Para dar algumas dicas básicas para uma boa pizza, conversamos com Fábio Chiapppetta, proprietário da Pizzaria São Paulo, localizada em Ubatuba – que acompanha todos os processos da pizza, da escolha dos ingredientes até a chegada à mesa do cliente. Quem gosta de uma boa pizza sabe que hoje é difícil, no Brasil, comer uma redonda melhor que a pizza da São Paulo. a primeira boa dica diz respeito à pizza no forno e sua temperatura: como saber se estamos em 400, 450 graus? É simples: “fundamentalmente, a pizza tem que sair do forno em três minutos, de preferência dois minutos, depois disso ela fica pesada”, explica Fábio. Sobre a massa, é preparada sempre um dia antes, para poder descansar. E aí vai mais um toque: como a pizzaria localiza-se no litoral, sempre com variações bruscas de clima, é preciso trocar sempre a marca da farinha e a quantidade. “adequamos às épocas do ano”, fala Fábio.

30 |

Os produtos utilizados em todo o processo também são essenciais. “Usamos de fabricantes específicos, minha mozzarella é de um

2

produtor muito bom, mas continuamente experimento outras para ver se há melhores.” Para quem entra na Pizzaria São


Paulo, o primeiro impacto é se espantar, no bom sentido, pela quantidade de azeites do mundo todo (espanha, Itália, grécia Portugal,

pizza marGherita massa: 60 g de fermento biológico fresco; 50 ml de azeite extravirgem; 2 colheres de sopa de sal; 650 ml de água mineral, temperatura ambiente; 1,25 kg de farinha. modo de fazer: Misture o fermento fresco com o açúcar, até formar um creme, e reserve por 20 minutos. Em outro recipiente, misture todos os ingredientes secos, adicione o azeite e a água e, por fim, o fermento creme formado pelo fermento e o açúcar. Misture tudo e coloque em uma superfície plana, forrada com um pouco de farinha, e sove a massa até ela desgrudar da mão, por cerca de 15 minutos. Deixe a massa descansar por duas horas, depois separe esta massa em cinco bolinhas e deixe-a descansando por mais 20 minutos, no mínimo. molho de tomate: 1 ½ kg de tomates bem maduros; 1 dente de alho bem picado; 3 colheres de sopa de azeite extravirgem; Sal e manjericão fresco. montaGem: Corte os tomates ao meio e retire as sementes; pique-os e coloque-os no liquidificador, mas no ponto de ficarem ainda com pedacinhos, isto é, nunca deixe o molho liquidificado. Acrescente o azeite, 300g de mozzarella, folhas de manjericão picadas e, por fim, o sal.

| 31


etc.). Com certeza é um dos diferenciais da pizzaria, são mais de 40 marcas. Fábio explica que sempre tem indicação de um amigo, aviso das importadoras quando chega um novo azeite. Buscando sempre um produto peculiar e de excelência, isto também vale para o azeite ou olio como dizem os italianos. Podemos afirmar sem medo de queimar a língua (e nem a massa), que a Pizzaria São Paulo é uma das melhores pizzas do litoral paulistano ou melhor de São Paulo. “Oferecemos o melhor que tem no mercado com um preço acessível, não estamos preocupado em vender mais e sim em fazer o melhor”, finaliza Fábio. reCeItA dA mAIs gostosA PIzzA InVENTaDa horizonte

Sabemos que gosto não se discute, que é pessoal e intransferível, mas não há que não cobice pelo menos um pedaço da famosa pizza Margherita. Confira a receita e o passo a passo no quadro da pág. 31. 3

4

o que usar além de alguns instrumentos culinários que temos em nossa cozinha, como cortador de pizza, rolo, etc., precisaremos de alguns instrumentos especiais, tais como:  Pá redonda de madeira – ela será utilizada para montar a pizza e levá-la ao forno.  Pá de metal – será utilizada para virar a pizza dentro do forno e depois retirá-la.  Uma ou mais fôrmas de pizza para acondicionar e servir as pizzas prontas e até mesmo guardar as que sobrarem para comer no dia seguinte, logo pela manhã (não precisa nem dizer como fica bom).

Fotos: 1 - ©istockphoto.com/lotus head; 2 - mattopizza.com; 3 - ©istockphoto.com/Arinas 74; e 4 - ©istockphoto.com/kslyesmith

32 |


Cozinhas

com status de

Por Luana Garcia Fotos: Chema Llanos

na concha

estar

sala de

34 |

as cozinhas gourmet consistem em uma importante tendência seguida por arquitetos e marcas de renome – como a elettromec, que assina os modelos e acessórios exibidos nesta reportagem – no segmento de mobiliário: o proprietário que gosta de cozinhar e receber os amigos pede que se crie um ambiente aconchegante na cozinha, que muitas vezes

assume um papel quase que de sala de estar. Muitas cozinhas de alto padrão hoje têm home-theater, equipamento de som ambiente, entre outros itens de primeira linha. Um lugar agradável, onde se pode comer e beber com os amigos reunidos em torno de uma mesa. eles saboreiam pratos sofisticados e conversam – entre goles uma bebida


Projeto de cozinha gourmet assinado pelas arquitetas Sofia Smaletz e sua sócia, Silvia Brawerman

perfeitamente harmonizada com o prato principal –, enquanto que, ao fundo, se ouve um CD agradável ou o som de um show transmitido na TV de LCD. Seria uma noite especial em um restaurante? Em um bistrô charmoso? Não, essa é a descrição de um jantar na casa de um consumidor satisfeito com a sua cozinha gourmet. Mas o que leva uma cozinha a ser chamada de gourmet? O que não pode faltar nela? Comece com um bom fogão, com chamas fortes para preparos rápidos e baixas para cozimentos longos. Também um forno que mantenha a temperatura interna sem grandes alterações e tenha queimadores superiores, muito bons para pratos gratinados. Uma coifa grande e eficiente, bancadas em inox em altura adequada, conjunto de facas mantidas sempre bem afiadas também figuram entre os itens mais citados por arquitetos.

As fotos que ilustram esta reportagem são de projetos assinados pela arquiteta Heimar Miloco, com produtos Elettromec.

| 35


na concha

Uma geladeira com compartimentos para refrigerados e congelados separados e, de preferência, com dispenser de gelo e água, também são importantes. Mas a grande atração de uma cozinha gourmet fica por conta da disposição da bancada e da mesa com cadeiras confortáveis para abrigar os convidados. Afinal, a idéia é receber na cozinha. “Esse tipo de projeto é direcionado àqueles que apreciam a boa

culinária e gostam de receber os amigos e a família para conversar, enquanto bebem um bom vinho. Hoje, as pessoas estão curtindo mais a sua casa. recebemos pedidos, por exemplo, de home-theater para quem gosta de assistir a esportes com os amigos enquanto cozinha, ou de som ambiente para que fique uma

36 |


Ka, Fiesta e Focus já com crédito facilitado, juros menores, redução do IPI e descontos adicionais da Ford.

IPI Reduzido

FORD ECONORTE, NÓS TEMOS O FORD IDEAL PARA VOCÊ. Venha conhecer toda a linha Ford, taxas e condições especiais. NEW FIESTA

ECOSPORT FORD FOCUS

FORD FUSION

Cinto de segurança salva vidas.

econorteford.com.br

Veículos

Rodovia Caraguá - São Sebastião - Tel.: (12) 3885-4545


música agradável de fundo em ocasiões especiais”, explica a arquiteta sofia smaletz. lugAr de homem É nA CozInhA

na concha

O conceito de cozinha gourmet cresce na proporção do interesse dos homens por este tipo de ambiente. as revistas masculinas já perceberam isso há tempos. “Homem que quer fazer bonito tem de saber cozinhar!”, aconselham alguns artigos. “a ida do homem à cozinha colabora para a disseminação dessa tendência”, atesta o arquiteto Antônio Ferreira júnior. a TV a cabo também trouxe consigo vários programas gastronômicos de estilos diversos em sua programação, bem diferentes da fórmula ‘dicas para dona de casa’, que ainda

38 |


tem espaço na grade matutina dos canais abertos. E foi nessa nova realidade que a cozinha se livrou do velho estigma de ‘área de trabalho de avós e mães’ para um espaço sofisticado, no qual amigos e familiares podem interagir e curtir mais do que simples refeições. “Executei um projeto para um advogado casado e com filho que me pediu que incluísse uma churrasqueira elétrica e grelhadeira. Como acontecia antigamente, as pessoas estão recebendo mais as famílias e os amigos na cozinha. Hoje, a tecnologia voltada às cozinhas é totalmente diferente de uns anos atrás. as grandes marcas estão trazendo modernidade a esses espaços, com o desenvolvimento de equipamentos sofisticados”, completa Antônio.

VIVe LA DIFFÉreNCe Os projetos de cozinhas gourmet são individualizados. É claro que, conforme descrito no início da matéria, há certos itens obrigatórios para que o espaço possa ser caracterizado como tal. “Pensamos sempre em projetar ambientes em que as pessoas se sintam confortáveis. recebemos pedidos específicos de nossos clientes, tais como nichos independentes para acessórios, utensílios e temperos; uma boa coifa, moderna, com tratamento térmico, tem de fazer parte do conjunto”, afirma sofia smaletz. A arquiteta especifica outros itens que não podem ficar de fora: fogão de contato, com superfície de vidro temperado e boa distribuição de intensidade das chamas; panelas com tripla camada de ferro, que distribuem melhor a temperatura e agregam qualidade aos pratos que estão sendo preparados; e adegas climatizadas para armazenamento de vinhos de qualidade.

| 39


Delícias de inverno Por Áurea Fortes

boas compras

Sopeiras, rechauds e aparelhos de fondue são apenas alguns dos utensílios indispensáveis para quem deseja revelar seu lado gourmet nos dias e noites frios de inverno. Os caldos e sopas, saudáveis e apetitosos, vão bem com pães fresquinhos. Para fechar uma agradável reunião com amigos em um espaço gourmet muito pessoal, a dica é brincar de barista e caprichar no cafezinho, oferecendo o sabor na xícara perfeita, com a melhor porcelana. a estação mais chique do ano merece ser curtida com o melhor da gastronomia e da beleza em peças em inox, vidro e porcelana. Tudo regado a um clima intimista e de muito bom humor.

Bem acompanhado Um chá quentinho cai bem em qualquer hora do dia. Este kit vem com quatro unidades de Chá London Fruit & Herb diversos, uma xícara e um pires de porcelana vermelha, duas unidades de geleias Wilkin e Sons tiptree, de 28 gramas, 200 gramas de damasco seco Santa Luzia, 200 gramas de uvas passas Santa Luzia e duas unidades de biscoitos Walkers Purê Butter Shortbread de 150 gramas. santa luzia Alameda lorena, 1.471, são Paulo tel.: (11) 3897.5000 www.santaluzia.com.br

40 |


Tradição em cerâmica a Linha Saint German traz peças tradicionais necessárias para qualquer jantar especial. porcelana schmidt www.porcelanaschmidt.com.br

Da Itália a cafeteira italiana Bialetti é usada para o preparo de seis doses. Feita em alumínio com cabo e detalhe de tampa em baquelite, pode ser utilizada em qualquer fonte de calor no preparo de café ou chá. toK stoK www.tokstok.com.br; sAC 0800.7010161

| 41


Café profissional Basta selecionar a quantidade indicada (ou desejada) de água e pronto, a Dolce Gusto Genio prepara o café automaticamente. A pressão vai a 15 bAr, similar à utilizada em cafeterias profissionais. o sistema thermoblock, por sua vez, garante a temperatura ideal da bebida. nescafé dolce Gusto Genio (arno) sAC 0800.119933 www.arno.com.br

boas compras

Aquecimento elétrico Com capacidade total de 1,7 litro, a chaleira elétrica sem fio ajuda no preparo de chás, sopas, entre outras delicias que mantém o frio bem longe. a praticidade do novo modelo fica por conta da jarra portátil, que se desconecta da base elétrica, facilitando o manuseio. chaleira arno collection sAC 0800.19933 www.arno.com.br

Saúde à mesa É possível preparar receitas deliciosas de pão sem glúten. Para ajudar na criatividade dos consumidores, a Arno uno vem acompanhada de um livro de receitas diferenciadas. Fácil, simples, com pão fresquinho a toda hora. arno uno sAC 0800.119933 www.arno.com.br

42 |


estilopropaganda

O ambiente ideal para você apreciar todos os requintes da culinária francesa.

Restaurante localizado na pousada Port Louis, assinado pelo renomado Chef Patrick Ferry. Pratos exclusivos preparados com ingredientes cuidadosamente selecionados por quem entende de gastronomia. Venha saborear o que há de melhor em Tabatinga.

Av. Eurico Gaspar Dutra n.º 100 Praia da Tabatinga - Caraguatatuba - SP 12 3884 6010 - www.portlouis.com.br


Suporte decorativo Este suporte para garrafas em aço inox traz como diferencial o acabamento em alto brilho e detalhes em listras foscas. O produto é projetado para acomodar uma garrafa de vinho, mas pode ser usado também como peça decorativa. tramontina www.tramontina.com.br

boas compras

Calor uniforme Totalmente feita em aço inox, a peça não solta resíduos nos alimentos. O fundo triplo distribui o calor uniformemente, e proporciona um cozimento mais rápido, com economia de energia. além de funcionar como rechaud, pode ser utilizada como panela – basta retirá-la do suporte. tramontina www.tramontina.com.br

Requinte à mesa Com 12 peças, esse jogo para fondue possui panela em ceraflame, que conserva o calor por longo tempo e é resistente à chama. Os garfos que acompanham o conjunto são em aço inox, com cabos em aBS, e diferenciam-se por apresentar letras formando a palavra fondue. tramontina www.tramontina.com.br

44 |


Formato prático O livro traz boas e saudáveis opções de sopas clássicas, dentre elas o minestrone e a famosa canja, bem como receitas mais exóticas – da Sopa Antilhana de ervas ao Velouté de Fez. são mais de 60 receitas com base em legumes, peixes, frutos do mar e carnes. sopas Formato prático www.larousse.com.br

Mimo O aparelho de fondue Lhome vem com 12 peças e vai muito bem com noites regadas a vinho. etna www.etna.com.br

Ninguém resiste Da clássica sopa de tomate e cogumelos ao gazpacho, basta seguir as instruções para criar uma gama de variações deliciosas a serem servidas como entrada ou refeição. O formato original torna muito mais fácil a leitura das receitas enquanto você cozinha. sopas Coleção 100% Prazer www.larousse.com.br

Fotos: divulgação

| 45


horizonte

muito bem

48 |


iluminada duráveIs, eConômICAs e versáteIs. desCubrA Porque As lâmPAdAs led vÊm gAnhAndo esPAço nos Projetos lumInotÉCnICos de resIdÊnCIAs Por Luana Garcia

Usadas principalmente como luz de indicação em máquinas e equipamentos na década de 60, as lâmpadas LED evoluíram e se popularizaram, e hoje iluminam prédios comerciais e residências. O aumento da procura por parte dos consumidores vem derrubando os preços desta tecnologia, mas o investimento nela ainda é alto, quando comparado ao das lâmpadas comuns. O baixo consumo, a alta durabilidade e o resultado estético que ela proporciona são, porém, importantes diferenciais, que devem ser levados em conta pelo proprietário na hora de construir ou reformar. “Sem a iluminação adequada, um projeto arquitetônico e de decoração perde em torno de 50% de seu objetivo final. Além disso, por serem extremamente econômicos e duráveis, os LEDs, mesmo com um investimento maior, têm um tempo de retorno bem curto. Uma lâmpada super-led, por exemplo, dura 50 mil horas, enquanto que, uma lâmpada

convencional, entre duas e quatro mil horas”, destaca o light designer e proprietário da unilight Iluminação, Fábio novaes. Especialista no desenvolvimento de projetos luminotécnicos para residências e estabelecimentos comerciais no litoral norte de São Paulo, Fábio explica que, hoje, a tecnologia é bem mais acessível do que há dois anos. “Há várias marcas de LED e Super-LED no mercado, e inúmeras opções de aplicação, o que acaba diminuindo os preços. Conseguimos, inclusive, estruturar todo o projeto luminotécnico de uma residência com Super-LED. É possível também mesclar o Super-LED com o convencional, em áreas que não necessitam de tanta iluminação, por exemplo, reduzindo o orçamento.” O LED se aplica muito bem em residências, inclusive nas de veraneio, onde a alta durabilidade dos equipamentos é ainda mais valorizada pelos proprietários. “Ele

uniliGht iluminaÇÃo tel.: (12) 3883.9765 0800.7736026 - ramal 4405 www.unilight.com.br aG four tel.: (11) 4894.8008 www.agfour.com.br

| 49


horizonte

quer chegar e ver tudo funcionando perfeitamente, sem ter que se preocupar com nada. Também há o fator de segurança: muitos mantêm as luzes acesas por longos períodos para caracterizar a casa como ocupada”, diz o proprietário da unilight Iluminação. Mas as vantagens não param por aí. “Hoje podemos substituir tranquilamente lâmpadas halógenas, que consomem 50W, por leds, que geram, com apenas 5W, o mesmo

50 |

fluxo luminoso – ou até maior. Além disso, se comparadas com as incandescentes e halógenas, as lâmpadas LED não emitem calor em forma de radiação (infravermelho), fenômeno que, além de incomodar o usuário com o aquecimento, pode, por exemplo, danificar pinturas em obras de arte, cores de roupa, objetos em vitrines, etc.”, afirma solange menezes mendonça Falcão, gerente da Ag Four lâmpadas eficientes – fabricante de lâmpadas LED e Super-LED.


Breve nova loja de presentes no Serramar Parque Shopping

Decoração, iluminação, obras de arte e muito bom gosto. Rua Santa Branca, 443 - Sumaré - Caraguatatuba - SP t. 12 3884 2568 emporioarteluz@terra.com.br


Solange destaca ainda que os LEDs não operam com metais pesados, como as lâmpadas fluorescentes e de alta pressão, o que anula o risco de contaminação em caso de danos no produto. SUPEr-LED

horizonte

Dentro da evolução da tecnologia, surgiu a categoria popularmente conhecida como Super-LED, que enquadra o tipo de LED conhecido tecnicamente como SMD (sigla em inglês para Surface Mounted Devi-

52 |

ce). “Trata-se de um tipo de componente com um fluxo luminoso muito superior ao do modelo anterior, chegando mais próximo das lâmpadas tradicionais, porém com consumo de energia muito baixo”, explica a gerente da Ag Four. “o led convencional tem efeito decorativo, e uma potência bem menor que o Super-LED. Se você iluminar um local com uma lâmpada convencional de 50W, por exemplo, e substituir por uma de LED, haverá uma perda na iluminação em torno de 30%. já a super-led é mais potente, e não apresenta ne-

nhuma perda em relação à lâmpada convencional. só que ela apresenta um custo bem mais elevado que a led convencional”, acrescenta Fábio Novaes. E o futuro promete. “Com o desenvolvimento tecnológico, recentemente temos no mercado o ingresso dos LEDs conhecidos como COB (Chip on Board), tecnologia que estamos trazendo para o Brasil na maioria de nossos produtos. Este é um tipo de LED que não necessita ser soldado a uma placa de circuito impresso, pois já é produzido na própria placa e,


| 53


horizonte

devido à sua configuração, consegue alcançar um fluxo luminoso incrível. já é possível, inclusive, ter uma luminária de rua aplicada em um poste, utilizando apenas dois LEDs. algo impensável antigamente”, diz Solange Menezes. “O LED é, em suma, uma tecnologia de ponta, que representa o que há de melhor em iluminação. E assim se manterá por, no mínimo, cinco anos. Há também o apelo ambiental: ela conta com o selo green building e não produz CFC e, por isso, não causa prejuízos ao entorno. Por tudo isso, deve ser considerada como alternativa pelos consumidores”, conclui Fábio novaes.

cuidados na manutenÇÃo - verifique a operação ideal da rede elétrica para não danificar a lâmpada LED ou Super-LED com picos de tensão ou sobrecargas. - No litoral, atente para o material das luminárias em que as lâmpadas serão instaladas, sobretudo em áreas externas – neste caso, opte por luminárias blindadas. - Escolha produtos com o isolamento adequado de suas partes eletrônicas. No caso do corpo da lâmpada, apenas metais baseados em ferro sofrem com a corrosão causada pela maresia.

(Fotos: divulgação/unilight Iluminação)

54 |


no azul

Jovens em casa, com conforto e liberdade

56 |


Com mais de trinta anos de experiência nacional e internacional, a arquiteta Selma Tammaro assina o “Loft no Campo” da Casa Cor São Paulo 2012, espaço idealizado para a chamada geração “canguru” – jovens que buscam sua independência, mas não abrem mão do conforto e segurança da casa dos pais. O que ilustra a faceta versátil desta profissional, famosa por planejar e construir verdadeiros refúgios à beira-mar – muitos deles no Costa Verde Tabatinga (CCVT). Em entrevista à Informar Tabatinga, Selma dá detalhes desta sua segunda participação no tradicional evento de arquitetura paulistano, e comenta sobre a relação de cumplicidade que mantém com o CCVT.

| 57


serviÇo no azul

tammaro arquitetura www.tammaroarquitetura.com.br tel.: (12) 3884.2004 casa cor sÃo paulo 2012 www.casacor.com.br/saopaulo/

Informar Tabatinga (IT): Quantas participações você já teve na Casa Cor São Paulo? selma tammaro (ST): Foram duas participações em Casa Cor, 2011 e 2012, e uma em Casa trio, em 2010. IT: Como é para você fazer parte deste evento? st: Sempre é trabalhoso, mas é um evento importante e também um grande desafio – acho que essa é a melhor parte. IT: Fale um pouco sobre a escolha do seu tema para a Casa Cor 2012 – “Loft no Campo”. Foi uma opção sua ou uma sugestão dos organizadores da mostra? st: Uma opção minha, embora meu espaço estivesse dentro do conjunto “Casa de Campo”. IT: Em que você se inspirou para a criação deste espaço? st: a inspiração veio de uma necessidade de abrigar individualmente a geração denominada “canguru”, sem que os jovens precisassem desalojar os pais da residência princi-

58 |

pal, e nem que os pais precisassem interferir no mundo deles. a todo instante imaginei que, dessa forma, a família continuaria mantendo seus vínculos, seus amigos e, ao mesmo tempo, compartilharia espaços com as mesmas bases de formação, porém com diferentes formas de viver. IT: Quais as principais características e diferenciais do projeto? st: Este é um projeto onde a integração de todos os ambientes está clara, eles estão sutilmente divididos. Há apenas um lugar privativo com porta, o banheiro. IT: Que detalhes pode destacar como sendo “os seus preferidos”? Aqueles que seriam uma espécie de “marca registrada” sua? st: acredito que este projeto é virgem, ele ainda não recebeu um “carimbo”, ou uma marca registrada minha. Gosto muito do piso de madeira de demolição, da mesa de jantar em laca branca, dos sofás em linho branco, da bicicleta – que dá um toque sofisticado ao ambiente –, além do teto com as tesouras aparentes.


Neco Pinturas Pinturas de Alto Padrão. tel. 3884 2147 / nextel: 96*94199

Experiência, qualidade e confiança.

neco.pintor@terra.com.br


no azul

tos e entrevistas, já que a “menina dos olhos” é o espaço que a gente cria para a mostra. O tempo de montagem é o de menos, mas ele gira em torno de, aproximadamente, 55 dias. É a “toque de caixa”, dependendo da metragem e da complexidade do projeto. IT: Você mantém residência no Condomínio Costa Verde Tabatinga, em Caraguatatuba, e tem vários clientes lá. Particularmente prefere a vida na praia ou no campo? st: Eu adoro praia, sol e mar, e confesso que, de uns anos prá cá, tenho aproveitado muito pouco. Não desmereço a vida no campo, mas por um ou dois dias! (risos) IT: Fale um pouco sobre a sua preparação para o evento. O projeto demora quanto tempo para ficar pronto – entre concepção e montagem? Como são os dias que antecedem a abertura da Casa Cor São Paulo? st: a Casa Cor, embora seja o evento mais importante da américa Latina, não tira totalmente o foco da nossa principal função, que são as obras e os clientes. Existe, porém, todo um ritual que temos de seguir diante dessa preparação toda. Passamos pela produção de diversas fo-

IT: Qual a sua relação com o Costa Verde Tabatinga? Você vai para lá com frequência? st: Desde que coloquei meus pés pela primeira vez no chão e no visual da Tabatinga, foi amor à primeira vista, e nunca mais esquecí. Minha relação com o condomínio é de cumplicidade. IT: O que mais gosta de fazer quando está por lá? st: adoro curtir a praia, ver o pôr-do-sol e entrar no mar, quando possível.

Fotos: Selma Tammaro (Rodrigo Zorzi) e demais (Inés Antich)

60 |


piscina&ciamod.pdf 1 29/06/2011 10:04:11

Tratamento - Aquecimento - Pressurização Caraguatatuba Av. Rio Branco, 249 - Saída para São José tel: 12 3883 7587

São Sebastião Av. Guarda Mor Lobo Viana, 230 - Centro tel: 12 3892 2793

loja virtual: w w w . p i s c i n a i c i a . c o m . b r


Corpo em forma e com os pes na areia!

saúde

PrAtICAr FresCobol AjudA A Perder CAlorIAs, FortAleCe os músCulos e melhorA A CIrCulAção CArdíACA. modAlIdAde É sImPles e vAlorIzA o lúdICo no esPorte Por Áurea Fortes

62 |


1

Bastante praticado nas areias de todo o litoral brasileiro, o frescobol trabalha os aspectos biológicos e fisiológicos que fazem bem a todo corpo em exercício. Praticar esporte é sempre bom, e ponto final. mas o importante é buscar alguma atividade que também dê prazer e alegria, como no caso desse famoso jogo que demanda apenas duas raquetes de madeira e uma bolinha de borracha. O frescobol, um dos muitos jogos com raquete e com intensa movimentação, trabalha sobretudo os membros inferiores, glúteos, músculos e articulações, sendo elas o punho, cotovelo e ombro. Também mobiliza o membro superior dominante – que auxilia nos movimentos dos braços –, composto pela musculatura do pescoço, tórax, abdome e costas. Totalmente envolvido com a moda-

lidade, Daniel Careca, presidente da AFresP (Associação de Frescobol de são Paulo) e pós-graduado em educação Física, defende que é muito importante ter cuidado com o corpo na transição entre o estado de repouso e o momento da prática do exercício físico. “É necessário mexer com grupos musculares e com articulações, de modo a prepará-las para entrar em movimento”, afirma. durante o jogo ocorrem perdas de calorias, fortalecimento muscular localizado, aumento das capacidades de circulação sanguínea e cardiorespiratória. essa preparação é, portanto, bem-vinda, e faz bem para a mente e o corpo. a característica mais marcante do frescobol é a parceria. “Não há rivalidade entre os jogadores. Não há e nunca houve, seria uma descaracterização do

| 63


jogo. Pode sim, em uma competição, haver disputa entre as diferentes duplas para se alcançar a melhor posição no ranking”, explica Daniel Careca. Talvez essa peculiaridade tão positiva esteja ligada diretamente ao fato do surgimento da prática ter ocorrido no Brasil. Embora existam diversas versões, a mais aceita é a da criação por volta de 1945, no rio de janeiro. Praia, areia, sol, mar, alegria, disposição e corpos em movimento. assim é o frescobol.

serviÇo

endem o número de bolas que caem no chão, a quantidade de ataques – identificados como passes com aceleração –, a potência deles, a qualidade dos contra-ataques e os salvamentos executados com sucesso. O salvamento consiste em não deixar cair uma bola que estava prestes a ir ao chão. Normalmente, as competições são divididas nas

AFresP (Associação de Frescobol de são Paulo) www.afrespfrescobol.org.br

tÉCnICA

2

saúde

O esporte é composto por passes, ataques, defesas, salvamentos e contra-ataques. Os critérios de avaliação de uma partida compre-

3

64 |


Fotos: 1 - lauralovesFitness; 2 - wiltonbradley.com; 3 - truegypsysoul.wordpress.com; e 4 - www.sacsas.com

saúde

4

categorias masculina, parceria de dois homens, e mista, parceria de um homem e uma mulher. o traje segue a mesma lógica de outras modalidades. Deve ser o mais confortável e, tecnicamente, indicado para a prática. Os frescobolistas usualmente vestem sungas, calções, camisetas regatas e bonés. a construção das raquetes de frescobol utiliza dois materiais: madeira e fibra de vidro. estes são, portanto, entendidos como os melhores para a prática. as bolas, porém, vêm de outro jogo, o racquetball, muito praticado nos Estados Unidos. a modalidade criada no Brasil tem dois órgãos que representam seus associados, e servem como regulamentadores do frescobol em suas regiões. A AFresP, em são Paulo e a AsFret, Associação de Frescobol de tambaú, de joão Pessoa, na Paraíba. Segundo Daniel Careca, as demais entidades são inoperantes ou não-legais.

66 |

atrativos da prática  Ideal para um momento de lazer na praia;  Pode ser praticada por homens e mulheres de qualquer idade;  Não necessita de uma quadra demarcada;  Precisa de apenas duas pessoas;  Equipamentos de baixo custo;  jogo sem vencedor e perdedor;  a partida não tem um tempo pré-determinado.


Edson Obara arquiteto paisagista trabalha com projeto, execução e assessoria em arquitetura paisagística. No mercado há dez anos, sempre objetivando superar as expectativas do cotidiano, respondendo as mais diversas necessidades de seus clientes, onde se é permitido sonhar, atrever e acima de tudo, realizar. Desenvolve o projeto e executa a obra, visando sempre otimizar o custo ao beneficio. Também trabalha com manutenção de condomínios e vendas de plantas ornamentais. Em arquitetura paisagística Edson Obara oferece o projeto mais adequado ao seu espaço sempre respeitando a identidade de cada cliente

CT HIGIENIZAÇÃO Náutica e Residencial Alexandre tel: 12 9736 0278 / 7817 0494 Id. 126*47652 cthigienizacao@hotmail.com

sofás - carpetes - colchões


1

v i t a a n r te

meio ambiente

al

68 |


natural já é possível afirmar que o uso de fontes alternativas de energia tenha deixado de ser simplesmente uma opção, pois a cada dia a escassez de recursos naturais e as constantes alterações climáticas mostram a relevância e a urgência de uma nova relação do homem para com a natureza. entre as diversas fontes naturais cuja eficácia está mais que comprovada, a energia solar desponta como uma das mais poderosas. Em uma casa, por exemplo, a utilização de tal recurso em substituição à tradicional eletricidade fornecida pelas companhias, além de ambientalmente correta, ainda reduz os danos ao ambiente e oferece economia ao bolso do consumidor. Normalmente os sistemas de aquecimento solar são constituídos de um coletor, responsável pela captação de energia posteriormente transformada em calor, e um boiler, que nada mais é que um reservatório no qual a água aquecida é armazenada.

2

3

4

5

| 69


de acordo com joão jannini, da jannini & sagarra Arquitetura, o ideal é que o sistema de aquecimento solar seja detalhado já no projeto de arquitetura e de instalações desde o início da construção de uma residência, porque sua instalação envolve ambos os aspectos em uma obra. “No primeiro caso, é preciso reservar espaço para o boiler e para as placas do coletor. já no segundo, é necessário prever o sistema de apoio

meio ambiente

6

70 |

ao solar, que pode ser a gás ou elétrico”, diz. sIstemA duPlo A empresa de jannini utiliza o sistema duplo com frequência. O sistema duplo consiste na instalação de dois aquecedores, sendo um maior destinado aos banheiros do imóvel e o outro, menor, à cozinha e churrasqueira. “Se a piscina for aquecida,

teremos um sistema exclusivo para ela”, afirma. o valor para o sistema da piscina pode variar de acordo com a área em questão. Entre as vantagens desse sistema, está o fato de que os aquecedores solares podem abastecer qualquer ponto de consumo de água quente numa habitação, como torneiras, duchas, piscinas e spas. Embora seja mais prático pensá-lo na planta, é perfeitamente


Reservatório térmico

coletores solares

para entender melhor o aquecimento solar Aquecedor solar - Equipamento utilizado para aquecer a água por meio do calor do sol e armazenar para uso posterior. Composto por coletores solares (placas) e reservatório térmico (boiler); Vantagens do aquecimento solar - É ecologicamente correto e proporciona economia de energia, não apresentando riscos aos consumidores; Onde usar - Onde houver necessidade de água quente, como residências, hotéis, motéis, indústrias, piscinas, hospitais e vestiários; Energia elétrica x energia solar - É possível utilizar a energia solar para gerar energia elétrica, mas requer tecnologia diferente; Temperatura da água – Dependerá da região, da tecnologia empregada, tipo de aplicação, época do ano, condições climatológicas e características relacionadas à instalação; Quantidade de coletores – Determinam a velocidade de aquecimento - quanto mais, melhor. a diferença pode ser sentida em dias nos quais a incidência solar estiver limitada por formações de nuvens intensas, ou em dias frios e com vento; Aquecimento em dias de chuva - Quando a insolação não for suficiente para aquecer a água, o processo terá auxílio de um sistema auxiliar elétrico; Água aquecida durante a noite - o reservatório térmico tem capacidade de conservar a água aquecida. Com o passar das horas, porém, a temperatura cai, mas as perdas não chegam a prejudicar o funcionamento do sistema; Sistema de aquecimento alternativo a gás – É possível utilizálo em vez de usar o sistema elétrico auxiliar que faz parte do aquecedor solar.

(Fonte: soletrol)

| 71


7

possível incorporá-lo durante uma reforma, desde que haja uma rede de distribuição de água quente. “Do contrário, é preciso implementá-la antes”, aponta. “Sem dúvida, é mais fácil prever a instalação nessa fase do projeto.” De acordo com o arquiteto, os materiais usados são basicamente tubos e conexões apropriados, como quaisquer outros utilizados em sistemas de aquecimento elétrico ou a gás. no fim das contas, a diferença será percebida na economia de dois fatores: recursos energéticos e, claro, dinheiro. Fotos: 1 - www.scienceandenergy.com; 2 - thegreenwombat.com; 3 - njtoday.net/2009/04/30/nj-business-flips-the-switch-on-17-mwrooftop-solar-panel-system; 4 - www.fonondss.com/press_solar_panel_processing; 5 - monotonedemo.wordpress.com/2008/04/23/solarpanels; 6 - birdseyes; e 7 - soletrol

meio ambiente

como funciona o aquecedor solar Um sistema básico de aquecimento de água por energia solar é composto de coletores (placas) e reservatório térmico (boiler). as placas são responsáveis pela absorção da radiação solar. O calor do sol, captado por elas, é transferido para a água que circula no interior de suas tubulações de cobre. o reservatório térmico, também conhecido por boiler, é um recipiente para armazenamento da água aquecida. São cilindros de cobre, inox ou polipropileno, isolados termicamente com poliuretano expandido sem CFC, que não agride a camada de ozônio. Dessa forma, a água é conservada aquecida para consumo posterior. a caixa de água fria alimenta o reservatório térmico do aquecedor solar, mantendo-o sempre cheio. Em sistemas convencionais, a água circula entre os coletores e o reservatório térmico por um sistema natural chamado

72 |

termossifão. Nele, a água dos coletores fica mais quente e, portanto, menos densa que a do reservatório. Assim a água fria “empurra” a quente, gerando a

circulação, que também pode ser feita por meio de motobombas em um processo chamado de circulação forçada ou bombeado.

Boiler (reservatório térmico de água quente

coletor solar

Caixa D’Água da residência

água quente água fria Sistema auxiliar elétrico (para dias em que o sol não aqueça a água plenamente) (Fonte: soletrol)


contatos

estruturA AdmInIstrAtIvA

74 |

escritório contábil lemes / delcilane Setor Lotes endereço r. do golfe A, 693 - tabatinga Caraguatatuba/sP – Cep: 11679-900 telefones (12) 3884-2554 ramal: 3245 E-mail selotes@terra.com.br representante Paulo Semelman (diretoriaccvt@terra.com)

escritório contábil lemes / delcilane Setor D-2 endereço r. do golfe A, 693, tabatinga Caraguatatuba/sP - Cep: 11679-900 telefones (11) 3884-3611 E-mail contato@costaverdeconsultoria.com.br representante Vitorio Lenzi

andrade & aGuilera adm. ass. Jurídica e empresarial Setor a endereço Av. Afonso brás, 473, cj. 14 - v. nova Conceição são Paulo/sP - Cep: 04511-011 telefones (11) 6256-7386 / (11) 9467-0505 e-mail prians@hotmail.com representante Marco aurélio de Oliveira

José carlos crisotomo furtado Setor Praça 1 Endereço r. Central, 20 - Tabatinga Caraguatatuba/sP telefones (12) 3884-1912 E-mail admsetorpraca1@uol.com.br representante Mário Margy

umuarama imóveis Setor B endereço r. estados unidos, 1880 - jd. América são Paulo/sP - Cep: 01427-002 telefones (11) 3083-1088 / Fax: (11) 3064-3779 E-mail umuarama@umuaramaimoveis.com.br representante Conrado Borges

hp administraÇÃo predial setor Praça II-A endereço r. santa Cruz, 436 Campinas/sP - Cep: 13024-100 telefones (19) 3254-2533 E-mail hp.adm.predial@terra.com.br representante Nils ryden

umuarama imóveis Setor C endereço r. estados unidos, 1880 - jd. América são Paulo/sP - Cep: 01427-002 telefones (11) 3083-1088 / Fax: (11) 3064-3779 E-mail umuarama@umuaramaimoveis.com.br representante renato Mozart Bonifácio

sam luz adm. de bens e condomínios setor Praça II-b endereço r. Caramuru, 383 - saúde são Paulo/sP - Cep: 04138-001 telefones (11) 5594-2004 E-mail samluz@uol.com.br representante hygino silva junior

roberto cotrim Setor D-1 Endereço av. atlântica, 200 - Tabatinga Caraguatatuba/sP telefones (12) 3884-3533 / (12) 3884-3943 E-mail setord1@hotmail.com representante samuel Feldberg

escritório contábil lemes / delcilane Setor Colina endereço r. do golfe A, 693, tabatinga Caraguatatuba/sP - Cep: 11679-900 telefones (11) 3884-3611 / 2370 E-mail contato@costaverdeconsultoria.com.br representante Nelson Campestrin Teixeira


Foto: Marcelo Paez

SÃO PAULO – Al. Gabriel Monteiro da Silva, 820 - tel. 11 3062-5052 D&D Shopping - tel. 11 5506-5248 Shopping Lar Center - tel. 11 2252-2903 RIO DE JANEIRO – CasaShopping - tel. 21 2108-8244 OUtLEt SP – Rua Joaquim Antunes, 747 - tel. 11 4362-5244

www.bREtON.COM.bR


Informar+Tabatinga_ED16