Issuu on Google+

Rubens Barrichello: na crista da onda A beleza diversa de Caraguatatuba

Tabatinga

#01

revista


Tabatinga

A beleza diversa de Caraguatatuba

revista

Rubens Barrichello: na crista da onda

#01


revista

Tabatinga

Rubens Barrichello: na crista da onda A beleza diversa de Caraguatatuba

#01


praia Martin de sá

Lam, sit quatur EHE niMinis rerchiL ipid quo CiaM DoloRupTas DoloR suntiae pLatem REpERuM la ipiEniEnDi autatis ma simpe as MinTEM quia comnis aut fugias inCiis ExplaBoR MagniHiC te ex exerum eum niMagnis inTiuR,

20 06

HoRizonTE

MaR aBERTo

inci doLuptibusa veL EnTo EaTuR Maio volupTaTE

JornaLista responsáveL MáRCio paDula CaRilE (MTB 30.164) editora luana gaRCia (MTB 43.879)

14

no azul

reportagem RafaEl aRgEMon arte e diagramação DaniEla fogaça salvaDoR E paulo salvaDoR

30

aConTECE

foto de capa sERgio sHiBuya – pRaia Da TaBaTinga diretora comerciaL angEla CasTilHo

36

onDa

redação: avEniDa pavão, 955, Cj. 85, MoEMa, são paulo, sp – CEp 04516.012. TElEfonE: 55 11 5044.2557. infoRMaRTaBaTinga@fonTpREss.CoM.BR impressão iBEp gRáfiCa

#01

44

ConCHa

É pRoiBiDa sua REpRoDução ToTal ou paRCial, sEM auToRização poR EsCRiTo Do EDiToR. a HoT sHop gRoup não sE REsponsaBiliza pElo ConTEúDo Dos anúnCios E MEnsagEns puBliCiTáRias inClusos nEsTa EDição.


editoriaL Caro leitor, É com imensa alegria que apresentamos o primeiro fruto de longa e frutífera parceria da HoT sHop gRoup com o Condomínio Costa verde Tabatinga: a revista informar Tabatinga, canal de comunicação diferenciado e completo, que assume o desafio de retratar com delicadeza, elegância e particularidade o rico cotidiano do Costa verde Tabatinga, símbolo de tradição e excelência no segmento imobiliário internacional. para a estruturação do projeto editorial, fomos ouvir histórias daqueles que vivenciam de perto a rotina pulsante do empreendimento. lançamos um olhar atento e singular a paisagens que, por absoluto privilégio, enchem nossos olhos à beira-mar, ou até mesmo ao longo de um breve passeio pelas alamedas e jardins do condomínio. nas próximas páginas, retratos e testemunhos da alegria e beleza de viver e se conviver em plena harmonia com a natureza. o nosso verdadeiro pedaço de paraíso pelo qual lutamos e trabalhamos muito para preservar. as palavras de Rubens Barrichelo, em entrevista especial na abertura desta edição, traduzem muito bem o vigor, otimismo e espírito de renovação que motivam, ou servem de combustível, à nossa equipe. valores estes que procuramos imprimir em cada página da informar Tabatinga. Este primeiro número é um símbolo do nosso empenho e comprometimento em criar e dar asas à uma publicação diferenciada, com a cara e identidade dos proprietários do Costa verde Tabatinga, seus familiares, amigos e funcionários. no esforço de aprimorar cada vez mais o nosso trabalho, suas críticas e sugestões são fundamentais. Comente sobre a revista. Espalhe a notícia. a informar Tabatinga é sua. um forte abraço, dagoberto tenaglia hot shop group


praia Martin de sรก

Tabatinga

revista

20

#01

HoRizonTE

06

MaR aBERTo

14

no azul

30

aConTECE

36

onDa

44

ConCHa


Lam, sit quatur EHE niMinis rerchiL ipid quo CiaM DoloRupTas DoloR suntiae pLatem REpERuM la ipiEniEnDi

editoriaL

autatis ma simpe as MinTEM quia

Caro leitor,

comnis aut fugias inCiis ExplaBoR MagniHiC te ex exerum eum niMagnis inTiuR, inci doLuptibusa veL EnTo EaTuR Maio volupTaTE

JornaLista responsáveL MáRCio paDula CaRilE (MTB 30.164) editora luana gaRCia (MTB 43.879) reportagem RafaEl aRgEMon arte e diagramação DaniEla fogaça salvaDoR E paulo salvaDoR foto de capa sERgio sHiBuya – pRaia Da TaBaTinga diretora comerciaL angEla CasTilHo redação: avEniDa pavão, 955, Cj. 85, MoEMa, são paulo, sp – CEp 04516.012. TElEfonE: 55 11 5044.2557. infoRMaRTaBaTinga@fonTpREss.CoM.BR impressão iBEp gRáfiCa É pRoiBiDa sua REpRoDução ToTal ou paRCial, sEM auToRização poR EsCRiTo Do EDiToR. a HoT sHop gRoup não sE REsponsaBiliza pElo ConTEúDo Dos anúnCios E MEnsagEns puBliCiTáRias inClusos nEsTa EDição.

É com imensa alegria que apresentamos o primeiro fruto de longa e frutífera parceria da HoT sHop gRoup com o Condomínio Costa verde Tabatinga: a revista informar Tabatinga, canal de comunicação diferenciado e completo, que assume o desafio de retratar com delicadeza, elegância e particularidade o rico cotidiano do Costa verde Tabatinga, símbolo de tradição e excelência no segmento imobiliário internacional. para a estruturação do projeto editorial, fomos ouvir histórias daqueles que vivenciam de perto a rotina pulsante do empreendimento. lançamos um olhar atento e singular a paisagens que, por absoluto privilégio, enchem nossos olhos à beira-mar, ou até mesmo ao longo de um breve passeio pelas alamedas e jardins do condomínio. nas próximas páginas, retratos e testemunhos da alegria e beleza de viver e se conviver em plena harmonia com a natureza. o nosso verdadeiro pedaço de paraíso pelo qual lutamos e trabalhamos muito para preservar. as palavras de Rubens Barrichelo, em entrevista especial na abertura desta edição, traduzem muito bem o vigor, otimismo e espírito de renovação que motivam, ou servem de combustível, à nossa equipe. valores estes que procuramos imprimir em cada página da informar Tabatinga. Este primeiro número é um símbolo do nosso empenho e comprometimento em criar e dar asas à uma publicação diferenciada, com a cara e identidade dos proprietários do Costa verde Tabatinga, seus familiares, amigos e funcionários. no esforço de aprimorar cada vez mais o nosso trabalho, suas críticas e sugestões são fundamentais. Comente sobre a revista. Espalhe a notícia. a informar Tabatinga é sua. um forte abraço, dagoberto tenaglia hot shop group


6|

Fotos: Sergio Shibuya


|7

suCesso

modelo de

CondomĂ­nio Costa Verde tabatinga


basta caminhar pelas alamedas e jardins do Condomínio Costa Verde tabatinga, em Caraguatatuba, estância balneária do litoral norte de São paulo, e a atmosfera de romantismo e elegância idealizada por seus fundadores, há mais de três décadas, salta aos olhos. a arquitetura singular das residências e construções das áreas comuns, modernizadas com o passar dos anos, coexiste em plena harmonia com a mata atlântica preservada da região. O mar, com seus diferentes tons de azul e verde, completa a paleta de cores do cenário. uma verdadeira pintura que aguça os sentidos de seus privilegiados observadores. O cuidado e empenho daqueles que, com o passar dos anos, somam esforços à frente da administração dos di-

8|

ferentes setores do empreendimento possibilitaram que estes mantivessem o mesmo frescor e padrão de excelência da época de abertura dos primeiros lotes. muito se avançou desde a aprovação do Costa Verde tabatinga pela prefeitura de Caraguatatuba, em janeiro de 1977. hoje, o condomínio é auto-sustentável e responde integralmente pelas tecnologias de captação e reserva de água – semelhante à adotada pela Sabesp –, coleta e tratamento de esgoto, iluminação e pavimentação, só para citar alguns exemplos. Como resultado: além da localização ímpar de suas residências, em uma das mais belas praias do litoral norte paulista, os proprietários,


O COSta Verde tabatinga FOi prOjetadO para FaVOreCer a qualidade de Vida e a perFeita integraçãO dO hOmem COm a natureza.

História renovada

mesmo da época de sua inauguração. Vale destacar, porém, o advento de várias melhorias, principalmente no que diz respeito aos equipamentos – todos eles com tecnologia de ponta.

seus familiares e amigos contam com uma infraestrutura completa, considerada modelo nacional – e internacional – no hall de empreendimentos exclusivos à beira mar. O Costa Verde tabatinga foi projetado para favorecer a qualidade de vida e a perfeita integração do homem com a natureza. das residências às áreas comuns, tudo funciona de forma a promover o lazer, a prática de esportes e a alegria do convívio em família e com amigos. O espaço original de lazer do condomínio, composto por piscinas e quadras poliesportivas, continua o

além do rigoroso sistema de segurança patrimonial 24 horas, o empreendimento dispõe de quiosques, churrasqueiras e deck de madeira para uso de condôminos e convidados; ampla área de estacionamento para visitantes; piscinas com vista privilegiada para a praia da tabatinga; pista de skate; quadras de tênis, squash, vôlei, basquete, futebol, além de salas de jogos e ginástica. Outra novidade incorporada há alguns anos foi o bondinho exclusivo para acesso à praia privativa – uma atração à parte.

a princípio comandada pela tabatinga lagoa empreendimentos imobiliários, de propriedade de um grupo de empresários italianos (saiba mais em matéria sobre a Costa Amalfitana, na Itália, mais adiante), a estrutura administrativa do Costa Verde tabatinga foi lapidada com o tempo. hoje, os próprios condôminos, nomeados pelos proprietários, estão à frente do empreendimento. para garantir que todas as áreas do funcionem perfeitamente, e em plena sintonia, criou-se uma estrutura específica de gerenciamento, subdividida em 11 subsetores, ou subcondomínios, cada um deles a cargo de um determinado responsável. São eles: Condomínio residencial praça 1 Condomínio residencial praça ii (ii a e ii b) Setor Colinas (gaivotas) residenciais a, b, C, d1, d2 Condomínio Setor lotes Confira lista completa dos setores e seus respectivos representantes na página seguinte. ›

|9


Contatos – estrutura administratiVa Costa Verde tabatinga rePresentante

setor a

marCO aurÉliO de OliVeira e-mail: eng.marcoaurelio@ig.com.br engmarcoaurelio@bol.com.br rePresentante

setor b

antOniO jOSÉ pedrOSa baStOS pinheirO e-mail: pinheirotab@uol.com.br rePresentante

setor C

renatO mOzart bOniFÁCiO e-mail: renatomozart@terra.com.br rePresentante

setor d-1

eVandrO luCianO OrSi e-mail: evandro.orsi@tmbevo.com.br rePresentante

setor d-2

VitOriO lenzi e-mail: vitorio.lenzi@uol.com.br rePresentante

setor PraÇa 1

mÁriO margY e-mail: mariomargy@lencospresidente.com.br administracao@lencospresidente.com.br rePresentante

setor PraÇa ii-a

setor PraÇa ii-b

FlaViO lemOS bellibOni e-mail: belliboni@pinheironeto.com.br/ www.pinheironeto.com.br rePresentante

hYginO SilVa juniOr e-mail: hygino@dellabitare.com.br rePresentante

setor Colina

eliana Kraus e-mail: hansgkraus@terra.com.br rePresentante

setor lotes

paulO Semelman e-mail: valium@hydra.com.br

engenHeiro CCVt-luiZ Carlos 10 |

e-mail: engenhariaccvt@uol.com.br


Foto: bruno Carile

soPro dos deuses

Costa amalfitana, ao sul da itália, teria servido de inspiração aos fundadores do empreendimento

12 |

reza a lenda que, mesmo envoltos em paisagens estonteantes, as divindades gregas mantinham um local secreto, todo especial, para desfrutar de merecidas férias: a rota da Costa amalfitana, no sul da itália. afinal, deuses também precisam descansar. mas eles foram extremamente generosos em seu legado. hoje, milhares de turistas percorrem os penhascos verdes enfeitados de pequenas casas coloridas em estilo bizantino. não é a toa que os povoados – são treze, no total – da Costa amalfitana foram nomeados pela unesco, em 1997, patrimônio da humanidade. O mar, por sua vez, em diferentes tons

de azul e esmeralda, embala romances. descrições à parte, a foto da Costa amalfitana que selecionamos para esta página não remete a um outro local? apaixonados pelos lindos cenários que encantam visitantes de todo o mundo, os fundadores italianos do Condomínio Costa Verde tabatinga inspiraram-se nesse pedaço de paraíso para definir as linhas de arquitetura do empreendimento. isso, aliado ao primor e cuidado para com a preservação das características originais do condomínio até os dias de hoje, o tornam uma das mais belas e singulares paisagens do litoral norte paulista. «


Os genia is Robe rto e Er “Se aca asmo já so num diziam: a curva e do meu 3000, fi u me le mundo, nalmen mbro eu piso corrijo te, em grande mais fu num se 1993, c d ia da e g n u d ndo, nã o, rar...”. hega o streia n tinta eq Este tre o posso a F1 – uipe Jo cho da pavas da na exr d m a em Kya n, na Á úsica “A Estrada lami, n frica do s Curde San com mu o d Sul, ia n tos” ex ho larg 14 de m ita clar ou em pressa arço. R eza a v nino” c 1 u 4 id biº c a de um orrida p e não c onsider omplet or prob ado um “melotos br o le u d a m o a penas o s maior as mec asileiro ânicos. es pi“batism s de tod Era o” daqu os os te um dos m ele que pilotos pos. Ele nas mais vit seria ceu pa oriosos ra acele da F1. nasceu D r a e lá pa r um c para ac ra cá, arro, elerar Já com são 17 na Fórm e mais seis an anos na importa ula 1. os, gan kart do maior n t e comp h r o o u s avô. Te d o o etição d p m r imeiro undo. A ve de c deixá-lo e caro lg n q u v u n e em ma s recor ncer o p correr, is dispu des, co mas iss ai a difícil: mo t o não f – o u j os resu á são 2 grandes oi muit ltados a 88 –, e prêmio de cara o parecer a a s c im . Nas t er pressio am logo rês prim nante m teza de atingir três pó no ano eiras c dios. A a rca de orridas, que ve partir d 300 GP nou seu m, qua aí, o pa mundia ’s grande ndo dis i l s p e ela Willi aliado. torp utará o ams, su pe. Já a sexta passou Nesse equipela Jo Ferrari, momen r d a H n, Stew t onda e o, Rub Barrich art, Brawn G ens Go ello, ou P. nçalves apenas os bras Rubinho Rubinho ileiros , como já ven e o mu mente ceu 11 ndo ca Brasil, o cham r corrida fi in a c h m a atrás osa, iniciou pela ár s (no son Fitt soment dua e a a camin ip e de E a f h u ldi, Nels ada nilada levou a merSenna) estrada on Piqu ser pilo e foi v et e Ay que o to de F rton ic órmula e-camp duas ve 1. eão mu zes. Em Depois n d 2010, v ial de dois de tem ai em sonhos: poradas kart, busca ganhar – sua “c vitorios Campeo em Inte asa” – e as no nato Fórmula rlagos ser Cam de Fórm Sulame Ford, C peão M r u ic la a n 1 ampeon o, de Fórm . u E ndial s t a você Ru remos t ato Eu ula Op binho! orcendo ropeu el, Fór e Cam por m ula 3 In peonato glesa Europeu N a entre de Fór vista a mula seguir, pouco d conheç a vida d a um este br asileiro .›

E u p i s o ma 14 |

is fund o


1

| 15


resinte o t i mos mu cho cada, te oA . o t n m ta e re spíri de e tacada e E eu m la 1. z a P . u RB: que, de órm ação enov nos na F r te fan a e a s c a o e um s m n pre esse Com o golsem dos mbé iT): , o a ( t e t t a m tivo spor ting lida vei e ao peti Taba gundo e o moda m r o a ada c g e m i m l s r é o c o é u hocê se inf 6. do ão : Vo ue n im é um m o do á adota em 201 T q i d a n u la m er ois o, e? em i liara er c ue s o Ri golf fique malqu rizado p tivo até rtista. fe, q mpica n u u Q E lí oto RB: peti espo s Oli RB): de o rte m ou com ania de llo ( cipar da mas, o e p h s s c e i M , ti e mas rta. Barr lfe par édio te d or o ens bby, ho de ca men que or m nto mai a d c a Rub do do g g fi i e in ano m jo lvim ea spec jogu sonj . Sou u m envo ra e pera do o g a as iu ie es ndo píad er, tere é mu fala 1. o qu ? : d 0 s . T u 1 i o e 0 t p t r s? ova na se e2 ula espo peo artiórm lliam o ano d , uma n do o P i m f . a m W s c e co e na od fase o la ador inte ou d vem nha visã a nova que icip natos am . Acho fet i stou m r m M e a is e adi B: lub to Éu eo áp o R n C p J o . p e ã f a : m l l s r T , m o i ca o es o al mp lado ia pr ulo G m m nsacion epar Sim, to a o U l e . RB: o São Pa mos um r um pr uep mu se pe , d te ue eq equi onal é uipe moho e q n e o cipo te, pois a 1. Req uraco p pas i a c s b ul m an emo ndo um e é um grande ress da Fórm a em um sa. É be ão. a u z q i m l e a o i s h c h e aç re , ac rent r a bolin ocê pre lassific ada, c v onal prepar a i c e e c o d u l co ra q a volta em na a ho to b um juda a no n m e o oc e lh golf recid so i a em o qu iT: n la 1? u fórm

16 |


e ção d ondi crec a s não eu. A i, ma wn me d imporr a r r e is a Bra na F i ma . tivos tição que Brawn fo a Ferrari a n e a i p n m v i u m v no co liga e o a os os que me lho, mos o qu ) t u d i a g o i d r t r o ínha la e e t d o u t u q k i o c n u s u e nã tante órm da e , com m ro. O Fra , o qu vo na f e r ono u p a d e a ( c m n o i e t t ms ma om eo peti zia a e or se udo sobr o isso, c er. Ele : fa tão com ? gost T i o qu ez p d i t v n u v s t l lico a o e a o b o d a u m n ú r d a i t g g a p i a e r t i e ir l d rg pen ent um discu será e sim. O mos rep er la a o que udo, me sit 0 ito c lma, 1 a u a i u 0 u e r c r t fi m e r 1. 2 redito q pode tá aí pa com mas pode ando do. M o em Ac que es ssad u trabalh mes, s vamos ainda ce meiro : e o s o B r h a h e R r t c m o to in Ma pri ser e a o e est imo. uito rta. mas ode do an disso 9. até s so o máx é m r impo título p vencer, e m to nam 0 b a a 0 s a i d g 2 s e m o u a é o o. em par sar e desejo o sai – ach ue ch ressi r tud ente os” q e se imp ção. de uand e uma r ma erta n q o u m i i c a n u a a c t é e o r a m n v de s “m pens gos, ame semp 10? moti er? mos iT: o terla você ria nov e de 20 e ula 1 idade e tere n rr i e m o u r c e o u ó q t em acho o de loc i q sd af ano e : e e a a n o u T i v e v h i r d t Q c Mas o g n s a r ? a . e a e ? u l p , á o i s , l s i d a e i r im ã n 7 t r e a 1 e u ar en oa rra com em essa motivaç o de m ferr cheg iT: p ão ganh nhar as com í da Fe r novam dae t v e u e n c e v uso s a q e i s g é ond chan ando sa il ganha não me pre t onhecim e agora ca obse nso em eta m m e e u c u S c e a í Q e q f P qu e, di m a Nun ess RB: RB: RB: rros prov ve u ais tard uito vor. com ios. i a o l a t c ó s m f a ó s o r s a e , d com m eu re uia qu sso seri ano, itos pód uco a m ade, emp de g dição. I r um o . s d e l s p o i m i s r u d e o a m u b nh um dep ssa con para em m e hu por t ra? uito e so e tudo a carrei dades, o m egria u. › ecer s qu s l m d o s a i a a m m v r u l e e g t u u alto onsino rea de s ida t dific que 010 me f na v o melho me e ma p nte iT: 2 res anos dos têm r a i o t a f r p a o r p o ej to ma meu meja is im melh ho que de u ue vem s . naro ê i ma 1 c i c q o r A n f a e o l : e xp RB re o an órmu rawn ri? de e o, de semp ero que na F isto vai : a B na ferra uestão T lh r i e mas p b t s q tra a petia os ie e ou ee t n m d v i e a a u t a d v t e e s i r n o o com Po sit mp r qu uita vo uestã ros mais Sim. q ro co elho r : m a a B m r c R a o um m nho ive c por a te ero ter u ais. T cia, m Aind p r s a E a dit ar. r. ca d acre cont os ve ábri f m a a v d vo, são ia pres m i isite do. V lhanal a a u m Q s iT: ? tusia tá traba liaams s o en l Willi uei muit equipe e rank Wi F q i a . F o e : t RB da, roje ca to vo p fábri to no no ui do m

| 17


ns elho para os jove iT: Qual seu cons ando no kart? que estão começ gana, garra e lem RB: Sempre muita de é na Fórmula 1 brar que a carreira s boas, mas tamisa muito sucesso e co is noites mal dorm bém envolve muita r be Sa r muito duro. das. É preciso da o Nã para virar bom. que o ruim está lá ndo. Tive algumas ma passe o dia recla na época da morte dificuldades, como volta por cima. do Senna, e dei a chegando, e seus iT: a idade está Com isso, pode filhos crescendo. deles seguirem os surgir o interesse ererem pisar funseus passos e qu cê de fórmula 1. Vo do em um carro rá da i, plo de seu pa também, a exem força para eles? is experiência que RB: Tenho muito ma , ntido. Mesmo assim meu pai nesse se is ma é u. Acho que ele sempre me apoio filhos, pois, com us difícil para os me i. comparados ao pa certeza, eles serão da ain por enquanto Vamos com calma, para correr. diu nenhum deles pe

009 RB sports buya (1 e 2) e ©2 fotos: sergio shi

cia igos com residên iT: Você tem am ga tin ba sta Verde Ta no Condomínio Co o lá. o s finais de an e já passou algun ? to en empreendim que mais gosta no da , ga da Tabatin RB: Gosto muito e a tranquilidade z pa a praia privada, is as. Mas o que ma das ruas arborizad a um r da batinga é gosto mesmo na Ta . to en im lo empreend volta correndo pe lo pe o, ej tros e alm São quatro quilôme ano, dar cinco volde al menos todo fin quilômetros. « tas e completar 20

Rubens e esposa, silvana Barrichello

18 | 2


Como manda a tradição, o Setor Praça 1 do Condomínio Costa Verde Tabatinga prepara uma queima de fogos especial na orla da praia para celebrar a chegada de 2010. Para mais informações, contate por e-mail o representante Mário Margy: mariomargy@lencospresidente.com.br administracao@lencospresidente.com.br Participe!


20 |

fotos: gianni d’angelo/PmC


Caraguá de todoS Praias dignas de Pôsteres, muito esPorte e oPções diversas de lazer. essa é Caraguatatuba, Paraíso Próximo à CaPital Paulista e aPreCiado Por todas as faixas etárias.

Clique noturno da praia Martin de Sá

| 21


longe para o ir muito is c re p é o Nã retratadas paisagens e d r ta u fr s de cias de via s de agên o g lo , tá a a b c tu em guata visita Cara m e u Q m . te s , n ge o Paulo orte de Sã ano litoral N pricho da n a a. Num c z e rt e c e a s s es de ilha m ombinação c a , a sta z re tu tros de co 0 quilôme 7 e ad C is a m m coloca raias que p a is h a n e m s e d lidades e as loca tr n l e ra á o u lit g ra do queridas – belas – e paulista.

smo em ple opções, me s ia ra p r Com tantas contra possível en sa no verão é guém preci in n em que ho n zi vi tranqüilas, ol do no guarda-s mta o ficar colado rn inve espaço. O u cé m por falta de co ciais, a dias espe s o a d n ri bém reserv o, e b mais amen s re o lh e azul e sol as m o surfe com amantes d no. › ondas do a

22 |

Capela localizada no centro de Caraguatatuba


O nome da cidade é uma herança dos índios, seus antigos habitantes. A tribo tupinambá povoava essas terras na época do descobrimento do Brasil, e tinha seu núcleo situado na aldeia de Iperoig (Ypiru-yg: rio das perobas) – região conhecida hoje como Ubatuba. Hábeis canoeiros e nadadores, esses índios se deslocavam por vários quilômetros

24 |

até as embarcações portuguesas para negociar o pau-brasil. Seu território se estendia da serra de Boiçucanga até Cabo Frio, no Rio de Janeiro. A Vila de Santo Antônio de Caraguatatuba, por sua vez, surgiu com a colonização (Caraguatatuba: enseada de altos e baixos). Junto com os “novos descobridores”, estradas foram abertas e impulsionaram o turismo como principal atividade econômica da cidade.


Quem visita Caraguá desfruta de opções diversas de lazer, como passeios de escuna até a ilha do Tamanduá. A gastronomia é outro ponto forte, com restaurantes especializados em frutos do mar. A sobremesa é garantida pelo sorvete artesanal, também considerado uma das atrações da cidade. Diversão à beira mar Quem vai com a família pode relaxar: há muitas praias com enseadas calmas e sem ondas, diversão garantida para a criançada. É só escolher a preferida – e olha que são muitas. Entre as mais procuradas, figuram as praias de Martin de Sá (pelos jovens), Cocanha (com maior presença de famílias) e de Tabatinga. Além do litoral

composto por 16 praias, Caraguá oferece opções no chamado “turismo ecológico”, com atividades esportivas em meio à natureza privilegiada da região. Nas praias de Caraguá, a estação mais quente do ano é bastante agitada. Nas areias da Martin de Sá, os esportes mais praticados são o futvolei, o voleibol e o frescobol. Nas praias Grande, Indaiá e Palmeiras, futebol e vôlei. Já as praias do Indaiá, Capricórnio e Massaguaçu são as preferidas para pescarias. A praia de Tabatinga é considerada ideal para os apreciadores de jet-ski,

esqui-aquático, windsurf e parasail. A Ilha do Tamanduá e o ilhote da Cocanha são indicadas para o mergulho. O surfe é praticado nas praias Martim de Sá e Brava. As praias Grande e Indaiá também oferecem excelentes condições para velejar. Para andar de caiaque, vale conferir as praias do Camaroeiro, Cocanha e a Mococa. ›

| 25


26 |


s u Pa

a r a P a

o

é f a C fotos: sergio shibuya

sde o e d . ra Palav rado a o d C e o d d e ti rte. ante r sen o g o n e h l h l a C e aCon litor , no m , o l e d a t r n s u ambie rtiCulare é nat o o é d t u s Pa o, a é, t a C f i z a n e C l â e a b rg ia as osfer oeo g m d e t a l a t i n no e Priv reme u C q n i , i , l a menu ilo b t s e em

| 27


riquezaS da gaStronoMia loCal De estilo clean, despojado e natural, o Atmosfera Café é uma ótima pedida para se curtir a natureza ímpar do litoral norte paulista, tomando aquele cafezinho indispensável até mesmo em um dia quente de verão. Aliás, quem acha que café não se ajusta ao clima quente do verão ainda não provou o cappuccino gelado da casa, com calda de chocolate e chantilly. Imperdível.

mirante Da orla Com decoração rústica e caprichada, Izaura Villela, proprietária do restaurante e responsável pelas saborosas opções do cardápio, recebe a clientela. O restaurante é especializado em frutos do mar. Vale experimentar a feijoada com linguiça de peixe com camarão, farofa de casca de camarão, torresmo de peixe e feijão-branco, para três pessoas. Além da comida, destaque também para a coleção de LP´s da casa. São mais de 800 músicas dos anos 70. Rodovia Caraguá-Ubatuba, 3797 – passando a pedreira Massaguaçu, no final da Serrinha. Telefone: (12) 3884.1180. Abre de terça a domingo, das 12h às 23h. Estacionamento grátis.

Mas as atrações do cardápio do Atmosfera Café vão além da bebida preferida dos brasileiros – que, no caso do Atmosfera, vem direto da Fazenda São Pedro, situada em Pardinho, interior de São Paulo. A casa – toda decorada em estilo Bali e cercada por árvores frutíferas e cinquentenárias, palmeiras e uma enorme diversidade de bromélias e orquídeas – também oferece uma boa variedade de saladas, lanches, quiches, chás, bolos e sobremesas, todos preparados com ingredientes orgânicos.

ostra e ouriço Estabelecimento tradicional na região, tem as ostras frescas como carro-chefe. A iguaria é cultivada numa fazenda do litoral sul, e chega à mesa para ser saboreada com um toque de limão. Rua Prudêncio Baeta, 21 – Pontal de Santa Marina. Telefone: (12) 3887.1500. Aberto diariamente, das 12h às 23h (exceto às segundas-feiras).

Márcio Castro, gerente do Atmosfera Café destaca dois pontos altos do

serviço: Atmosfera Café Avenida Leovegildo Dias Vieira (Itaguá), 378 Ubatuba, São Paulo telefone.: (12) 3832.2515

das mesas, aprecie a vista privilegiada da praia de itaguá

28 |

menu: “’Conchilio’, uma massa recheada de queijo, molho de tomate, azeite e manjericão, e um prato mais leve, o ‘Tangará’ – sanduíche que tem como recheio fundo de alcachofra, parmesão ralado e azeite extra-virgem”.

à avenida da Praia do Itaguá. A decoração interior é outra atração à parte: está sempre mudando, seja com velas em frente às vidraças, ou grandes painéis com fotos da natureza, dividindo os ambientes.

A arquitetura da cafeteria é muito bem planejada: elementos de madeira e vidro compõem grandes janelas que favorecem a vista do mar, logo em frente

A frente da cafeteria consiste em um amplo deck de madeira, com mesas e guarda-sóis de frente para o mar. Nos fundos, situa-se um lindo jardim planejado e outro deque. Uma ótima opção é chegar ao local pelo mar, o que torna o passeio ainda mais encantador. Sua embarcação pode ser ancorada na marina do Tamaio Iate Clube, bem próxima ao Atmosfera Café. «


Fotos: Sergio Shibuya (1, 2 e 3) e AndrĂŠ Campos/AC Performance

ivRevezamento da tabatinga 1

30 |


2

No primeiro sábado de outubro, o Condomínio Costa Verde Tabatinga foi palco da quarta edição da Corrida de Revezamento da Tabatinga. O evento reuniu mais de 100 participantes, entre atletas profissionais e amadores. A prova somou 12 quilômetros no total. Como cada equipe era composta por dois ou três participantes, cada

um deles percorreu cerca de quatro quilômetros durante a competição – o que corresponde a uma volta completa por dentro do empreendimento. “Sagraram-se vencedoras as equipes que obtiveram o menor tempo na soma das três voltas”, explica o professor e especialista André Campos, da AC Performance, técnico da equipe Drogaria São Paulo. “O tempo ajudou os com-

petidores. O sol permaneceu entre nuvens e o clima, ameno” completa. Ao final da competição, um churrasco de confraternização reuniu todos os participantes na área comum do Costa Verde Tabatinga. Confira alguns cliques nas próximas páginas, e acompanhe na tabela as dez equipes com os melhores tempos. ›

| 31


3

32 |


| 33


ClassifiCação

atleta

equipe

Amaro, Van e Edison

Antílope Azul

Renan e Ernesto

Equipe Academia

Valdemir, Cleofas e Fabio

Drogaria São Paulo

Cesar, Amauri e Joaquim

Antílope Verde

Daniel, Roberto e Wilson

Saco da Ribeira

Victor, Gilberto e Mario

Marcha Lenta Baladeiros

Marcos e Peter

Equipe Pinheiros

Carlos, Roselly e André

Drogaria São Paulo

Jair, Luiz e Edison

Antílope Branca

10º

Sergio, Sergio e Airton

Antílope Laranja

Revéillon bRilhante Como manda a tradição, o Setor Praça 1 do Condomínio Costa Verde Tabatinga prepara uma queima de fogos especial na orla da praia para celebrar a chegada de 2010. Para mais informações, contate por e-mail o representante Mário Margy: mariomargy@lencospresidente.com.br administracao@lencospresidente.com.br

34 |

Participe!


Fotos: Luiz Vicente Tammaro de Oliveira

Jogada de estilo Os amantes do tênis celebraram, no início de novembro, a realização de um novo torneio específico para o esporte nas dependências do Condomínio Costa Verde Tabatinga. Apesar do sol forte, o “1º Open de Tênis CCVT 2009” obteve participação expressiva por parte dos condôminos e convidados. Os campeões e vice-campeões das quatro categorias (Masculino A e B, Feminina e Duplas) receberam troféus, e um jantar encerrou a competição com chave de ouro. Veja os resultados.

masculino b Campeão: Guga Costa vice: Fabio Daniele masculino a Final agendada para o dia 18 de novembro (posterior ao fechamento desta edição): Isaias e Luiz Vicente Tammaro

feminina Campeã: Alcione A. Martins vice: Daniela Tambelli duplas Campeões: Ademir de Sousa Martins / Fabricio Tambelli vice: José Roberto Tammaro / Luiz Vicente Tammaro «

| 35


36 |

Ela pEnsa po


or você

fotos: vizago/divulgação

A AdministrAção de umA residênciA exige muito plAnejAmento e orgAnizAção dA pArte dos proprietários e colAborAdores. Hoje, porém, já é possível ver tudo funcionAndo do seu jeito, mesmo A quilômetros de distânciA, sem precisAr ApertAr um botão sequer. fAçA dA tecnologiA suA principAl AliAdA. ›

| 37


tudo ao mesmo tempo agora. essa é a máxima que guia o cotidiano do homem moderno, também na organização e manutenção da rotina familiar. pois saiba que, hoje, a sua casa já é capaz de “pensar sozinha”, realizando muitas tarefas por você. os serviços de uma boa empresa especializada em automação em residências compreendem a instalação de sistemas interligados, que prevêem as necessidades dos clientes e executam atividades rotineiras, como regar os jardins ou realizar a limpeza da piscina em dias e horários pré-programados, por exemplo, de forma independente. “trata-se de um segmento que obteve avanços importantes nos últimos anos. em conjunto com a família, nossos técnicos programam uma ampla gama de ações em sistemas interligados e autônomos. A partir daí, vários setores da casa passam a funcionar sozinhos, muitas vezes sem a necessidade de se apertar um botão sequer”, explica rui m. freitas, sóciodiretor da vizago, empresa brasileira especializada em automação e sonorização. A interface com o consumidor também foi melhorada. no caso da vizago, o dispositivo central funciona com tecnologia tipo touchscreen, e é de fácil compreensão. no momento de se assistir um filme em família, por exemplo, basta clicar em “sala de vídeo”, ou efetuar um comando de voz. A tv led surge no

proprietário pode monitorar sua residência pela Internet

ambiente, as cortinas se fecham e a luz e o volume do televisor são regulados da forma ideal. “A automação está aí para ajudar, e não para complicar. A nossa proposta é oferecer muita simplicidade no acesso, e complexidade do outro lado da parede”, diz marcelo A. ribeiro, sócio de rui na vizago. com o aprimoramento de dispositivos sem fio, as empresas de automação oferecem soluções para casas prontas ou ainda em fase de construção. no entanto, sistemas elétricos muito antigos podem limitar o alcance dos projetos. “trabalhamos de forma muito próxima com os proprietários, arquitetos, paisagistas e funcionários. realizamos um amplo estudo do local e do cotidiano de nossos clientes. costumamos dizer que não trabalhamos com produto, e sim, com soluções”, afirma marcelo ribeiro.

A central de automação residencial, conhecida por iHc (veja ilustração mais adiante), é mantida em contato permanente com a empresa responsável pela manutenção dos sistemas. pela internet ou celular, os proprietários têm a opção de monitorar tudo o que acontece em suas residências, em tempo real. um recurso bastante procurado é o controle de acesso biométrico por leitura de impressão digital. ele funciona como dispositivo de segurança, liberando a entrada, mas também aciona luzes e outros sistemas simultaneamente. Ainda na área de segurança, há sensores de vazamentos e eventuais inundações – dispositivos muitos úteis, sobretudo em casas de veraneio. “na ocorrência de um vazamento de gás, por exemplo, o sistema comunica automaticamente o fato ao proprietário ou funcionário via e-mail ou sms”, informa ruy freitas.

Além da praticidade e conforto, o investimento em uma casa automática envolve ganhos significativos em segurança e sustentabilidade. isso sem contar a franca valorização dos projetos arquitetônicos e de paisagismo. “é possível automatizar nichos em cozinhas gourmet, ou aplicar luzes de diferentes intensidades em jardins ou obras de arte, por exemplo. As alternativas que oferecemos a arquitetos e decoradores são infinitas”, acrescenta marcelo ribeiro. A economia que a automação garante ao consumidor final é outro elemento que pesa bastante a favor. “A tecnologia é muito mais acessível hoje em dia. e, por conta da economia geral que representa, o investimento é rapidamente recuperado”, conclui ruy freitas.

38 |

Dispositivo central funciona com tecnologia tipo touchscreen


| 39


a casa IntElIgEntE

1 Central de automação residencial IHC Integra equipamentos e sistemas dentro de uma residência, proporcionando, dentre outras vantagens, segurança, conforto e economia. Há diversos sistemas que podem ser integrados. Por exemplo: iluminação, alarme, controle de acesso, climatização, áudio & vídeo, entre outros. Todos os produtos, além de funcionarem de forma autônoma, podem ser integrados ao IHC. Veja alguns exemplos: 2 Detector de Gás Natural Além de emitir um alarme sonoro e visual, pode cortar o fornecimento de gás e avisar sobre o vazamento. 3 Detector de fumaça Avisa a central, que pode piscar luzes pela casa ou ligar para um telefone, avisando sobre a fumaça. 4 Detector de inundação Assim como os outros detectores, pode ser ligado ao IHC. 5 Placa solar O IHC pode controlar os sistemas de aquecimento de água, acionando-os apenas quando houver necessidade, ou com programações horárias. 6 Módulo de potência para motores O pico de corrente gerado na partida de um motor, como de uma hidromassagem, pode ser maior do que suporta um interruptor ou a central de automação. O módulo de potência é que fecha o contato, preservando os equipamentos.

Fonte: Vizago (www.vizago.com.br)

40 |

13 Telefone e Internet O sistema permite o controle a distância, ou o recebimento de informações do sistema por telefone ou Internet. 7 Pulsador Os pulsadores substituem o interruptor onde há automação. Além de ligar ou desligar a iluminação, pode-se concentrar diversas funções, como acionar uma cena, ativar um alarme ou ligar equipamentos. 8 Pulsador bipolar paralelo Usado para comandar cortinas, persianas, telões, toldos, etc. 9 Tomada comandada A alimentação de uma tomada pode ser interrompida a qualquer momento pela central, evitando acidentes com crianças ou comandando equipamentos ligados a ela. 10 Placa-suporte para áreas úmidas Permite que o morador comande a casa toda até de dentro da sauna. 11 Minicâmera Observa a casa com discrição e pode ser ligada a um sistema de Circuito Fechado de Televisão (CFTV). Com isso, o usuário vê as imagens pela Internet mesmo quando está trabalhando. 12 Comando de voz Sistema que, integrado ao IHC, permite ao usuário ligar a luz, acionar o ar-condicionado e até desligar a casa toda apenas mencionado a função.

14 Controle remoto O controle remoto do IHC possui nove botões e mais de 16 funções. 15 Dimmer A iluminação da casa pode ser acionada com a intensidade desejada pelo usuário. 16 Interruptor automático por presença Pode ter várias funções diferentes ao longo do dia, por exemplo, servindo para iluminação no início da noite e para alarme na madrugada. 17 Interruptor por cartão Corta ou libera o fornecimento de energia para determinado ambiente. 18 Piscina O acionamento de limpeza da piscina pode acontecer de forma automática, em datas e horários pré-programados. 19 Biometria Um controle de acesso biométrico por leitura de impressão digital ligado ao IHC pode, além de liberar entrada, acionar luzes e outros sistemas simultaneamente. 20 Irrigação O sistema de irrigação automática tem seu funcionamento otimizado quando ligado ao IHC, pois só é acionado quando realmente há necessidade.


como manda a tradição, o setor praça 1 do condomínio costa verde tabatinga prepara uma queima de fogos especial na orla da praia para celebrar a chegada de 2010. para mais informações, contate por e-mail o representante mário margy: mariomargy@lencospresidente.com.br administracao@lencospresidente.com.br participe!


Tecnologia que encanTa A Fast shop ApresentA o que há de melhor – e mAis moderno – em informáticA e eletroeletrônicos, com condições especiAis pArA os leitores dA revistA “informAr tAbAtingA”. desfrute!

42 |


publiediTorial


prazer

em receber

44 |


| 45


Integração com a natureza e ambIentes claros, espaçosos e confortáveIs. segundo a arquIteta e paIsagIsta selma tammaro, taIs característIcas permeIam os novos projetos em condomínIos praIanos de alto padrão.

Novas tendências em arquitetura e decoração já alcançaram a beira da praia, antigo “foco de resistência” no que diz respeito à modernidade. Casas baixas, em estilo “bangalô”, escuras e compartimentadas não fazem mais a cabeça dos felizes proprietários de residências no litoral paulistano. Os novos projetos em condomínios de alto padrão valorizam a interatividade dos proprietários com a natureza,

46 |


seus familiares e amigos. “A composição de ambientes sociais espaçosos e integrados é um elemento marcante em propriedades à beira-mar”, afirma a arquiteta e designer de Interiores Selma Tammaro. No Costa Verde Tabatinga, essa tendência começou a tomar corpo quando a área de construção das residências de frente para o mar foi ampliada de 280 m² para 600 m². “Isso conferiu mais liber-

dade aos arquitetos, possibilitando que eles agregassem elementos modernos como aproveitamento de luz natural, interatividade com a natureza local e integração de espaços”, conta Selma. Uma das novidades incorporadas à estrutura das casas é o chamado “espaço gourmet”. “Antes relegada aos funcionários, a cozinha tornou-se um espaço convidativo, pronto para receber e devidamente unido à sala de jantar.” ›

| 47


Nesse ambiente, eletrodomésticos de última geração congregam utilidade e beleza, e funcionam como elementos decorativos. A mesa, por sua vez, é servida por muitas cadeiras, demonstrando que há sempre lugar para mais convidados. “Em muitos projetos, a cozinha aparece integrada à ala social. Sendo assim, a decoração desses dois espaços devem estar em total sintonia.”

48 |

Praticidade e sofisticação Em residências como as do Costa Verde Tabatinga, cada detalhe é pensado e estudado minuciosamente, de forma a atender clientes exclusivos e extremamente exigentes. “Aprecio grandes janelas de vidro e pés direitos altos”,

afirma Selma Tammaro. A iluminação e ventilação naturais também são valorizadas nas propriedades modernas. A cor é outro elemento importante, tanto na área externa como no interior. “As casas geralmente são comercializadas já decoradas, e a cor predominante na decoração acaba influenciando na cor da casa. Dessa forma, garantimos harmonia entre os ambientes”, complementa. ›


Nos projetos para casas de praia, Selma destaca ainda a importância da escolha de materiais de revestimento adequados. Eles devem ser práticos e, ao mesmo tempo, elegantes e sofisticados para tornar a residência ainda mais charmosa. “Normalmente, opto por revestimentos de pisos e paredes em mármores, porcelanatos, pastilhas e cerâmicas.”

As peças selecionadas devem atender aos seguintes aspectos: praticidade, beleza, segurança e facilidade de reposição, uma vez que as residências à beira-mar demandam manutenções frequentes por conta da ação da maresia. “O alumínio é muito utilizado em razão de sua leveza e resistência”, afirma a arquiteta. Móveis e tecidos, por sua vez, possuem critérios próprios. “Prefiro as fibras naturais para áreas internas e as sintéticas para a área externa.” «

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

50 |



#1