Issuu on Google+

14

sexo escrito

> para ler ouvindo: a música Sex On Fire, da banda Kings Of Leon

VOLÚPIAS URBANAS > com Jaque Cardoso escreva para leitor@revistahead.com.br e nos diga o que você quer ler aqui _o tema será discutido e palpitado pela equipe de redação

Eu e minha esposa não temos tempo para cama, usamos ela para dormir. Mas procuramos adaptar o prazer à vida louca que levamos. Quase sempre o sexo acontece em lugares mais inusitados. É o que podemos fazer." frase do leitor Thiago, casado há 12 anos - ele e a mulher trabalham e estudam

A falta de tempo é uma das desculpas mais usadas pelos casais que deixaram o sexo em terceiro plano na vida moderna. Mas eis que, com criatividade, surgem novas maneiras de fazer as pazes com o prazer. A famosa rapidinha em locais de fácil acesso para ambos é uma boa saída para voltar a "brincar" com mais frequência. Antigamente, era comum ver casais procurando formas de apimentar a relação fora da cama. Hoje em dia, entretanto, esta prática se tornou uma necessidade para os casamentos que sofrem com a rotina mais agitada dos anos 2000. E entre os lugares mais utilizados para as aventuras, o carro vence em disparada de todos os outros locais pesquisados. Não há nada de novo em transar no carro, mas a grande novidade é a freqüência com que isto é feito. A prática está tão em alta que já foi criado um manual para dar aquele empurrãozinho, embora grande parte da população já saiba como "se virar" dentro do automóvel. O fato é que o manual foi inspirado em algumas posições do Kama Sutra (livro Hindu com diversas posições sexuais, criado no século IV catalogando o comportamento sexual da nobreza) e adaptado aos tempos modernos, casais passam boa parte do tempo se locomovendo para algum lugar. Você pode encontrar o manual on line (e ilustrado) facilmente com alguns minutos de busca no Google. Basta dar uma garimpada. Intitulados como CAR-MASUTRA, estas dicas prometem ajudar os casais a explorar o máximo do prazer em um tempo mínimo. Praticantes do CAR-MASUTRA afirmam que mesmo

quando conseguem tempo suficiente para longas preliminares no conforto da cama, optam ainda pela prática dentro do carro, ou em qualquer outro local. Será que no geral, resolvemos assumir nossos fetiches e trazelos sem medo para a relação? Se para algumas pessoas os tempos modernos trouxeram uma pedra no campo sexual, para outros trouxe grandes novidades. Portanto não arrume mais desculpas para deixar este assunto de lado: arrume um lugar, isto sim. Só não esqueçam, gurizada medonha: mulheres precisam mais de estímulos que os homens. Logo, as preliminares são necessárias, mesmo que nas rapidinhas, em locais inusitados, apertados e desconfortáveis. Caprichem nas preliminares e bom CAR-MASUTRA para os adeptos experientes e quem mais experimentar!

O Artigo 233 do código penal Brasileiro mostra que praticar ato sexual ou obsceno em lugar público é crime sujeito a detenção e multa. Não dê bobeira e pratique com cautela!

Av. Leandro de Almeida, 524 - Centro Butiá/RS

TELE ENTREGA

3652-1169

www.revistahead.com.br / comente, exagere, participe


14 volúpias urbanas