Page 44

TECNOLOGIA

Figura 7A: Análise de rugas – Quebra rugas com região de transição pequena

Figura 7B: Análise de rugas – Quebra rugas com região de transição grande

As consequências desse modo de falha vão além de prejudicar o aspecto visual do produto, como também interfere na montagem de subconjuntos ou mesmo danificar a superfície da ferramenta, dependendo da intensidade (Figura 8B).

compressão (Azul) e espessamento (roxo), regiões com alta probabilidade de surgimento de rugas, mas não significa que irá ocorrer, para isso existem outras ferramentas que auxiliam a detecção desse modo falha. Para a análise especifica de rugas , onde os valores existe o wrinkles da curvatura máxima das rugas são armazenados durante todo o processo de conformação, sendo a aplicação dessa ferramenta fundamental para analise qualidade da superfície. Mesmo que durante o processo as rugas formadas sejam desfeitas, é possível que dependendo da intensidade, fiquem memorias na chapa, caracterizando um defeito na superfície.

Figura 9A: Análise Wrinkles, rugas formadas durante conformação.

Figura 8A: Diagrama de Limite de Conformação.

Figura 9B: Análise Wrinkles, regiões após rugas serem desfeitas.

O Wrinkles é uma ferramenta que analisa o comportamento da chapa do processo como um todo, mas caso seja necessário verificar a formação de rugas em um instante determinado existe uma outra ferramenta, current wrinkles que utiliza a mesma fórmula do wrinkles.

geradas serão armazenados, e o que difere uma da outra é o fato de que em todo início de operação a variável será zerada, levando apenas em consideração os efeitos gerados naquele estágio.

Figura 11A: Potencial wrinkles, rugas formadas até o final do repuxo.

Figura 11B: Potencial wrinkles, condição entrada na operação de corte.

Um outro tipo de análise que é possível avaliar as rugas que ocorrem no instante da conformação e depois desaparecem durante o processo é o Unbending Strain, que, além dessa aplicação possui outras duas que são análise corrida de raio e de deslocamento de linha característica de dobra. O objetivo deste artigo foi mostrar como é possível verificar a origem do problema, analisá-lo e corrigi-lo apenas com a simulação, otimizando o tempo e garantindo a qualidade do produto. Nas próximas edições serão tragas novas informações sobre simulação.

Figura 8B: Alta intensidade de rugas.

Até o momento, foram analisados os elementos que influenciam na formação de rugas, a partir desse ponto será abordado os diferentes tipos de ferramentas que o software testado disponibiliza para avaliação desse critério. As imagens anteriores ilustram a aplicação do software de simulação para conformação de chapas metálicas utili, onde é zando análise de formability possível verificar as regiões que sofreram

44

//

Wesley Aparecido da Silva - Engenheiro de aplicação da Autoform e atua no suporte aos clientes, possui mais de 9 anos de experiência em estampagem

Figura 10A: Current wrinkles, momento formação das rugas.

Figura 10B: Current wrinkles, no fechamento final.

É possível também fazer a verificação da formação das rugas por operação, utilizando a ferramenta Pontecial wrinkles , de modo similar ao wrinkles os valores da curvatura máxima das rugas

REVISTAFERRAMENTAL.COM.BR // MAR / ABR 2019

tendo realizado funções nas áreas de Estamparia, Qualidade, Engenharia de processos e ferramentaria. +55 11 4121 1644 / wesley.aparecido@autoform.com.br

Profile for Revista Ferramental

Revista Ferramental Edição 82  

Com sede em Joinville e distribuição em todo território nacional, além de países como Alemanha, França e Estados Unidos, a revista Ferrament...

Revista Ferramental Edição 82  

Com sede em Joinville e distribuição em todo território nacional, além de países como Alemanha, França e Estados Unidos, a revista Ferrament...

Advertisement