Page 35

TECNOLOGIA

máquina desempenha e os tipos de rebolos utilizados, objetivando auxiliar na identificação do rebolo certo para a respectiva aplicação. As principais máquinas são: retificadoras; afiadoras ou moto esmeril; esmerilhadeiras; pêndulo e; chicote. RETIFICADORAS

As retificadoras são máquinas-ferramenta utilizadas para dar acabamento fino e exatidão às dimensões das peças. A retificação é um processo de usinagem por abrasão, ou seja, quando alguma pessoa retifica uma peça, ela está corrigindo irregularidades em sua superfície. Existem basicamente três tipos, conforme mostra a figura 1: Retífica Plana: Esse tipo de máquina retifica todos os tipos de superfícies planas: paralelas, perpendiculares ou inclinadas. Durante a usinagem na retificadora plana, a mesa pode se deslocar em um movimento retilíneo da direita para a esquerda ou vice-versa (mais conhecido como retífica plana de mesa vai e vem). Ou ainda, a mesa pode ser rotativa chamada de retífica plana de mesa giratória. Os rebolos utilizados nesses dois tipos de retífica acima são os rebolos anéis, copos ou segmentos abrasivos. Para complementar, ainda temos a retífica plana tangencial de eixo horizontal em que são utilizados rebolos abrasivos tipo reto (RT), com rebaixo de um lado (UL), ou com rebaixo dos dois lados (DL).

Retífica Cilíndrica Universal: É utilizada na retificação de todas as superfícies cilíndricas, externas ou internas de peças. Um dos tipos destes equipamentos é a retificadora cilíndricas entre pontas, que são utilizadas para peças de grande comprimento, ou peças com rebaixos. Os rebolos utilizados nesses tipos de retíficas são os rebolos retos (RT), com rebaixo de um lado (UL), ou com rebaixo dos dois lados (DL).

ESMERILHADEIRAS

Retífica Centerless (Retífica Cilíndrica sem centros): São muito utilizadas na produção em série. A principal diferença desse equipamento é que a peça de trabalho é conduzida por um rebolo de arraste, que ocupa a posição oposta ao rebolo de corte. O rebolo de arraste serve para movimentar e avançar a peça de trabalho, além de controlar a rotação. Os rebolos comumente empregados nessa retífica também são os rebolos retos (RT), com rebaixo de um lado (UL), ou com rebaixo dos dois lados (DL).

A esmerilhadeira ou rebarbadora é uma máquina manual. Seu manuseio deve ser realizado com as duas mãos e com a presença obrigatória dos equipamentos de proteção individual (EPI’s). É utilizada para dar acabamento ou desbastar peças de aço, alumínio e ferro, bem como estruturas metálicas. Serve também para realizar reformas de latarias em geral. A esmerilhadeira possui um rebolo que gira em alta velocidade e faz o trabalho de esmerilhar o objeto de uso. O formato mais comum é o tipo copo reto (CR) ou copo cônico (CC). A figura 3 apresenta dois tipos convencionais de esmirilhadeiras.

(a)

(b)

(c)

Figura 1- Tipos de retificadoras: (a) plana tangencial; (b) cilíndrica universal; (c) centerless [2]

AFIADORAS UNIVERSAIS OU MOTO ESMERIL

As afiadoras universais ou moto esmeril são máquinas industriais que servem para dar forma e perfilar arestas de corte das ferramentas que foram desgastadas e perderam seu poder de corte com o tempo. No caso das afiadoras (figura 2), os principais tipos de rebolos utilizados são retos (RT), pires (PI), copo (CR), prato (PR) ou chanfrado (CH). Já no moto esmeril de pedestal ou bancada utilizam-se rebolos retos (RT).

(a)

(b)

Figura 3- Tipos de esmirilhadeira: (a) de bancada; (b) portátil [3]

MAR / ABR 2019 // REVISTAFERRAMENTAL.COM.BR //

35

Profile for Revista Ferramental

Revista Ferramental Edição 82  

Com sede em Joinville e distribuição em todo território nacional, além de países como Alemanha, França e Estados Unidos, a revista Ferrament...

Revista Ferramental Edição 82  

Com sede em Joinville e distribuição em todo território nacional, além de países como Alemanha, França e Estados Unidos, a revista Ferrament...

Advertisement