Page 10

EXPRESSAS

trabalhistas na unidade. Em assembleia realizada no meio da tarde da quinta-feira, 7, cerca de 4 mil trabalhadores dos dois turnos aprovaram por maioria uma lista de 10 propostas da empresa, que segundo comunicado do sindicato local vão garantir investimentos de R$ 5 bilhões para viabilizar um novo projeto na unidade – a nova geração da picape S10 e um SUV derivado, de acordo com alguns fornecedores. Também em comunicado oficial, a empresa confirmou que “as negociações com o sindicato e funcionários da fábrica da General Motors em São José dos Campos foram encerradas com sucesso”. Sem confirmar o investimento na unidade informado pelo sindicato, a nota apenas afirma que “este é mais um passo para a concretização do plano de viabilidade da GM (no País)” e acrescenta que “as tratativas com os fornecedores, governo e outros interessados continuam de forma diligente”. A GM conseguiu importante vitória na fábrica em que mantém as relações trabalhistas mais conturbadas desde o início desta década. Em 2013 foi negociado com trabalhadores e governos municipal e estadual um projeto de novo investimento em São José, que acabou engavetado e a unidade ficou de fora do atual programa de R$ 13 bilhões no período 2015-2019, que contemplou as plantas de São Caetano e Gravataí. A lista de propostas da GM inicialmente colocada sobre a mesa de negociações tinha 28 itens, que ao longo das últimas duas semanas caíram para 10. A empresa reduziu o número de exigências, desistiu de aumentar a jornada de 40 para 44 horas semanais e adotar a terceirização irrestrita na fábrica, por exemplo. Em contrapartida, os trabalhadores aceitaram parte dos cortes para tentar afastar os temores de possível fechamento da planta, diante da reestruturação global que a companhia vem colocando em prática há alguns anos. Entre as propostas aprovadas pelos trabalhadores de São José, estão a redu-

10

//

ção de rejustes salariais pela inflação até 2020 com pagamento de abonos fixos, desconto no bônus de participação nos resultados este ano (será de R$ 7,5 mil) e fixação do valor em 2020 e 2021 (R$ 12.694 por ano corrigidos pela inflação do INPC), rebaixamento do piso de R$ 2,3 mil para R$ 1,7 mil em novas contratações até agosto deste ano e R$ 1,8 mil depois disso (inicialmente a GM queria reduzir a R$ 1,6 mil), além de acordo de flexibilidade com adoção de jornadas de 12 horas, turnos de terça a sábado, terceiro turno em seis dias da semana, trabalho aos domingos. “O Sindicato é contra qualquer medida que prejudique os trabalhadores, mas respeitamos a decisão da assembleia, que é soberana. Agora vamos nos manter firmes na cobrança para que a GM cumpra o acordo e traga o investimento de R$ 5 bilhões para a fábrica local. Também vamos lutar pela manutenção dos postos de trabalho e estabilidade no emprego”, afirmou em comunicado Renato Almeida, vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos. Fonte: Automotive Business

4

WEG INAUGURA CENTRO DE INOVAÇÃO EM JARAGUÁ DO SUL

Este será o local prioritário para o relacionamento da companhia com startups e entidades voltadas à inovação. Com um histórico recorrente de investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação, em janeiro a WEG deu mais um importante passo na consolidação de sua estratégia de desenvolver continuamente novas tecnologias, inaugurando o Centro de Inovação Aberta IoT WEG, localizado em Jaraguá do Sul, no Centro de Inovação NOVALE impulsionadora de negócios. Neste espaço, além de serem desenvolvidos dispositivos para monitoramento de máquinas, assim como software e aplicativos voltados para a indústria 4.0, o local será ideal para o relacionamento da WEG com startups.

REVISTAFERRAMENTAL.COM.BR // MAR / ABR 2019

Em 2019, um dos focos da equipe de pesquisadores é o aperfeiçoamento e desenvolvimento de novas funcionalidades do sistema de monitoramento de máquinas elétricas, o WEG Motor Scan, e do Portal IoT WEG. “Estar fisicamente nesse local é formidável. Favorece a cooperação mútua entre a WEG e as demais empresas instaladas no Centro de Inovação NOVALE, bem como possibilita estarmos mais conectados a entidades externas que estejam vinculadas à inovação. Este será o nosso local prioritário para nos relacionarmos com startups e entidades voltadas à inovação“, explica Sebastião Nau, gerente de Pesquisa e Inovação Tecnológica. Ele comenta ainda que a empresa entende a importância desse movimento e de estar cada vez mais próxima de agentes propulsores de tecnologia e inovação. “Percebemos a necessidade de acelerar nossas iniciativas voltadas à inovação aberta, desenvolvendo tecnologias com nossos parceiros externos, principalmente as startups, com o intuito de estarmos sempre colocando no mercado o que há de mais novo”, finaliza. Além do Centro de Inovação Aberta IoT WEG, o prédio do Centro de Inovação de Jaraguá do Sul - NOVALE receberá centros de P&D de outras empresas, inúmeras startups, aceleradoras, empresas de base tecnológica e inovadores interessados em encontrar um local propício para desenvolver seus projetos tecnológicos. Fonte: WEG

Mantenha-se atualizado com as últimas notícias do setor. Utilize o QR Code ou acesse: revistaferramental.com.br/ noticias

Profile for Revista Ferramental

Revista Ferramental Edição 82  

Com sede em Joinville e distribuição em todo território nacional, além de países como Alemanha, França e Estados Unidos, a revista Ferrament...

Revista Ferramental Edição 82  

Com sede em Joinville e distribuição em todo território nacional, além de países como Alemanha, França e Estados Unidos, a revista Ferrament...

Advertisement