__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Moda

Macramê ANO XXIV - 2021 - Edição 209 - R$ 15,00 - www. revistafacil.net

Cinema

Carro & Cia

McLaren Artura

Lucicreide Vai Pra Marte

Artigo

30 dias para o fim do mundo

Cirurgia Cardíaca sem abertura do tórax já é realizada em Pernambuco FÁCIL | Lazer e Negócios NE

1


A Casa do Transformador Empresa especializada na Fabricação, Manutenção, Locação de Transformadores e AutoTransformadores a Seco, Transformadores e Auto-Transformadores a Óleo Mineral e Vegetal, Transformadores Monofásicos e Transformadores Trifásicos de Baixa, Média e Alta Tensão e Geradores para as mais diversas aplicações.

Locação de Transformadores Para oferecer as melhores soluções para sua empresa A Casa do Transformador está sempre pronta atender no mercado de Locação de Transformadores de alta, média e baixa tensão de 5KVA até 10MVA.

Atendimento

(11) 94148 3694 (11) 99980 1491

2

Avenida das Lélias, 1020— Sítio São José, Várzea Paulista – SP

FÁCI L | Lazer e Negócios NE


Expediente Presidente Fernando La Greca Diretora Negócios Nilza Guerra Diretora de Produção Ana Dias Editor Turismo Luiz Felipe Moura Colaboradores de Fotos Vinícius Lubambo Evaldo Parreira Ivaldo Régis Colaboradores Ana Paula Silva Carla Aymar Gilson B. Feitosa Horácio Abiahy Yluska Regina Quesado de Almeida Jaymar chedid Jefferson Victor José Artur Paes Vieira de Melo Leandro Ricardo Maria Nadir Severo Roberta Monteiro Silvio Romero Rogério Almeida Colaborador São Paulo Renato Cury Fone: 11 2864.1636 Comercial Tel. 55 81 991061150 comercial@revistafacil.net Assinaturas Tel. 55 81 991061150 Ceará Sucursal Fortaleza Diretor Mario Pinho Rua Coronel Manuel Albano, 900, torre V, Sl. 405 Maraponga - Fortaleza - CE (11) 96031 2011 OI/SP Brasília Linkey Representações e Publicidades Ltda. (61) 3202-4710/ 61 9 8289-1188 linda@linkey.com.br São Paulo Maria Marquezini (11) 98288-1919 / 2718-9802 mmarquezini@linkey.com.br

Saúde

04

Carro & Cia

12

Cinema

18

Mundo

22

Sumário Capa / saúde

04

Coluna Gilson Feitosa

08

Moda

10

Tecnologia

18

Carro & Cia

20

Coluna Cinema & TV

26

Mundo

30

Coluna Rogério Almeida

36

Artigo Marcos D Paula

38

A Revista Fácil Nordeste Lazer e Negócios é publicada pela Origami Soluções em Mídia Opinião dos colunistas não reflete necessariamente a opinião da Revista. Proibida a reprodução total ou parcial de matérias ou fotos sem a autorização da Revista.

Edição 209 - Ano XXIV / 2021 Circulação: Março 2021

www.revistafacil.net /FacilRevista

/RevistaFacilNE

/RevistaFacil FÁCIL | Lazer e Negócios NE 3


Saúde

Por – Marcela Machado Fotos: Divulgação

Ilustração mostrando vias de implante da TAVI

Técnica que possibilita cirurgia cardíaca sem abertura do tórax já é realizada em Pernambuco 4

FÁCI L | Lazer e Negócios NE


diminui-se otrauma cirúrgico, ou seja, uma recuperação mais rápida e com menor número de complicações”, explica o médico. Considerado como alternativa de tratamento para a estenose aórtica grave calcificada, patologia que pode apresentar taxa de mortalidade de até 50% em 1 ano, o TAVI, ainda de acordo com o Dr. Alexandre Magno, por permitir que uma nova válvula seja colocada no lugar da doente sem a necessidade de realizarar a cirurgia convencional é uma opção segura para esses pacientes de alto risco cirúrgico e idosos acima de 75 anos com risco considerado intermediário.

O

s avanços tecnológicos e científicos se tornaram aliados essenciais para diversas áreas da medicina. Na cardiologia não é diferente. Com a evolução das técnicas e dos dispositivos, cirurgias de peito aberto, hoje no Estado de Pernambuco, podem ser substituídas por métodos muito menos invasivos. Indicado para pacientes idosos ou de risco cirúrgico proibitivo, o Implante Transcateter de Válvula Aórtica tem demonstrado um resultado significante em termos de segurança e eficácia. Segundo o cirurgião cardiovascular Alexandre Magno, a técnica permite implantar válvulas cardíacas por meio de cateter, o que causa menos efeitos colaterais e melhor custo-benefício para a saúde. “A cirurgia é realizada por punções (furinhos), através da virilha, auxiliado com uso de máquina de hemodinâmica e ecocardiografia. Dessa forma, evitamos a abertura do peito do paciente e o uso de circulação extracorpórea. Assim,

Além de evitar o desconforto que a abertura do tórax provoca, o Implante Transcateter de Válvula Aórtica (TAVI), é capaz de reduzir o tempo de internação

“O coração é um órgão capaz de aumentar a sua própria força de contratura e manter o bombeamento do sangue adequado, porém ele enfraquece com o passar do tempo, causando uma série de sinais e sintomas” afirma, o cirurgião cardiovascular, acrescentando que a doença impede a abertura correta da válvula aórtica e dificulta a saída do sangue para todo o corpo. Diagnosticado com estenose aórtica severa, o aposentado Lourenço Ramos, 84 anos, foi submetido à TAVI e recebeu alta após quatro dias do implante, pouco tempo depois já estava apto para retornar às suas atividades normalmente. “A recuperação foi muito rápida. Estou me sentindo ótimo. É como se eu não tivesse feito uma cirurgia. Saí do hospital caminhando e hoje não sinto mais aquele cansaço de FÁCIL | Lazer e Negócios NE 5


antes. Minha vida voltou ao normal”, comemora Lourival lembrando a importância de uma equipe dedicada e competente nos momentos delicados, como esse. O primeiro implante de TAVI no mundo foi realizado há dezenove anos (2002) e a partir de 2008, o procedimento passou a ser introduzido no Brasil. Em Pernambuco, o cirurgião cardiovascular, Alexandre Magno, foi um dos pioneiros quando passou a utilizar o Implante Transcateter de Válvula Aórtica nos pacientes com as devidas indicações, desde 2012. Apesar de já estar sendo usado na rede privada, o TAVI ainda não é disponibilizado para a rede pública. O Dr. Alexandre Magno realiza este tipo de cirurgia no Hospital PROCAPE da UPE, mas explica que é necessário padronizá-lo para o Sistema Único de Saúde (SUS), com a definição de protocolos para liberação junto ao Governo do Estado. “Através de Resolução Normativa, publicada em fevereiro de 2021, a ANS incluiu o Implante Transcateter de Válvula Aórtica no seu rol de procedimentos, assegurando assim o uso sem os questionamentos das operadoras de saúde. Por vezes, se fizeram necessárias medidas judiciais para garantir a realização da cirurgia”, ressalta Magno.

Tavi x Cirurgia convencional Além de evitar o desconforto que a abertura do tórax provoca, o Implante Transcateter de Válvula Aórtica (TAVI), é capaz de reduzir o tempo de internação. E, por ser um procedimento menos invasivo, o paciente fica num período mais curto na UTI, em média 24 horas. A recuperação, passa para 15 dias. Já na cirurgia convencional leva cerca de dois meses. Como o implante é realizado no setor de cateterismo ou numbloco cirúrgico sob sedação ou com anestesia geral, também se diminui o risco operatório e o incômodo no pós-operatório em 90%. Comparando-se os desfechos clínicos obtidos com o  TAVI  em uma população de pacientes com alto risco, estudos apontaram índices de mortalidade, após 30 dias, de 3,4% após TAVI e de 6.5% após a cirurgia. 6

FÁCI L | Lazer e Negócios NE

Cirurgião cardiovascular, Alexandre Magno


FÁCIL | Lazer e Negócios NE 7


Coluna Gilson B. Feitosa Empreendedor, Gestor Comercial e Consultor Organizacional Instagram: @gilsonbfeitosa

30 dias para o fim do mundo!!!

E

um momento crítico onde se multiplicam, de um lado, análises negacionistas, do outro, as apocalípticas, fortemente influenciadas por posicionamentos políticos antagônicos e polarizados, por opiniões baseadas em supostas verdades científicas que alguém ouviu dizer ali ou aqui, onde ganharam campo as especulações e achismos. Nos está faltando lucidez! Em pouquíssimos momentos da história, o mundo empresarial foi tão afetado por uma externalidade, como por essa pandemia. Há pouco mais de um ano atrás, quem seria capaz de imaginar a probabilidade de ocorrência e os impactos devastadores do Covid-19? É! Tem coisas que realmente são impossíveis de se prever. No âmbito empresarial, poucas são empresas que têm a cultura de analisar os riscos inerentes a sua atividade e seus desdobramentos. Infelizmente, algumas não terão a oportunidade de fazê-lo. Sucumbiram a pandemia e fecharam suas portas. Para as que sobreviveram, chegou a hora de identifica -los e criar um plano de respostas adequadas. A Consultoria Deloitte em seu estudo: Os Cinco Pilares dos Riscos Empresariais, destaca os riscos operacionais, financeiros, regulatórios, estratégicos e cibernéticos como base para uma boa gestão de riscos. Se sua empresa, é uma micro, pequena ou de médio porte. É provável que ainda não existam uma rotina de análise (identificação e catalogação de riscos), além de um

8

FÁCI L | Lazer e Negócios NE

plano de ação e um responsável por sua execução. Se você está capitaneando esse processo, sugiro que você inicie seu planejamento pelos seguintes aspectos básicos: 1. Riscos atrelados ao time de colaboradores Um dos aspectos avaliado é o nível de dependência da empresa em relação a atuação profissional dos seus colaboradores. Quais e quantos funcionários que se saíssem de maneira imprevista da empresa afetariam significativamente a atividade? Existem potenciais substitutos? Quanto tempo precisaria para normalizar o desempenho da empresa ao substituir esses funcionários? Existe um mapa de competências necessárias para o desenvolvimento do negócio? 2. Riscos Operacionais. Essa categoria de riscos está atrelada aos processos produtivos. Os principais aspectos considerados na análise de riscos são: os fluxos de produção, estoques, armazenagem e logística. Além, da estrutura de máquinas, equipamentos, adequação e segurança do ambiente de trabalho. Identifique o estado de suas máquinas, equipamentos, se há possibilidade de substituição ou manutenção em curto prazo. Se o seu ambiente promove riscos ocupacionais e de segurança no trabalho. 3. Riscos Financeiros A sobrevivência de qualquer empresa passa por uma adequada gestão financeira. Principalmente nas operações de gestão de capital e liquidez. Dois riscos ganham destaque na análise: o nível de endividamento


e a liquidez do fluxo de caixa. Esses dois fatores estão diretamente relacionados e um fluxo de caixa com baixa disponibilidade de recursos afeta a capacidade da empresa de honrar seus compromissos e tende a aumentar o endividamento. Procure identificar: qual o percentual mínimo de reservas necessárias para manter a empresa funcionando bem. Analise qual

a participação de recebimentos com prazos maiores que 30 dias (cartões de crédito ou duplicatas), além de estudar os custos adicionais para antecipação de recebíveis. Essas são medidas básicas, por onde é possível começar o monitoramento e a gestão de riscos. Se você não sabe por onde começar. Utilize a matriz abaixo para priorizar suas ações.

A Matriz de Risco X Impacto. Existem três probabilidades de ocorrência: Baixa, média e alta. Não outra dimensão, existem três níveis de impacto: insignificante, moderado e catastrófico (altíssimo). Após catalogar os riscos, analise esses dois elementos. E priorize suas ações conforme tabela abaixo: Riscos Risco 01 Risco 02 Risco 03 Risco 04 Risco 05 Risco 06 Risco 07 Risco 08 Risco 09

Probabilidade de ocorrência Alta Alta Alta Média Média Média Baixa Baixa Baixa

Agora é só definir um responsável pelo monitoramento dos riscos e evoluir o modelo de gestão da sua empresa. Bom planejamento! Se você deseja saber mais sobre esse assunto ou outros temas relacionados à Gestão, sigame no Instagram: @gilsonbfeitosa e vamos bater um papo sobre o assunto. Impacto Altíssimo Moderado Insignificante Altíssimo Moderado Insignificante Altíssimo Moderado Insignificante

Prioridade de gestão Prioridade máxima Prioridade alta Prioridade intermediária Prioridade alta Prioridade intermediária Prioridade baixa Prioridade intermediária Prioridade baixa Prioridade baixa

FÁCIL | Lazer e Negócios NE 9


Moda Por Silvio Romero - Fotos: Divulgação / e-mail: silvioromero@revistafacil.net

A Moda do

Macramê

V

ocê já ouviu falar de macramê? O nome vem do árabe “makrama” que significa “guardanapo” ou “toalha”. Talvez soe estranho, mas provavelmente você já suspirou com o charme de algumas peças feitas com essa técnica. Uma das técnicas de tecelagem manual mais antigas do mundo, o macramê está de volta e com força total! O macramê é uma técnica de tecer fios com os dedos, a partir da formação de cruzamentos e fechamentos por nó. Surgida na cultura árabe, conquistou a Península Ibérica e chegou ao Brasil por meio dela, tornando-se uma das manualidades mais conhecidas. A técnica é particularmente amada por dar este efeito de tranças, redes e fios compridos. Essa técnica de tecelagem antiga pode ser aprendida facilmente, e com um pouquinho de dedicação, claro, ela consiste em fios trançados e atados por nós. Atualmente, ganhou notoriedade com itens decorativos e até peças de roupas com um toque mais contemporâneo e ousados. As peças mais famosas na decoração hoje em dia são os painéis e suportes de vasos, mas também podemos variar com sousplats, mantas, toalhas, chaveiros e muito mais. A técnica também permite criar peças de estilo e vestuá-

10 FÁCI L | Lazer e Negócios NE


FÁCIL | Lazer e Negócios NE 11


rio, como saias, vestidos, tops, bolsas e cintos. Tem que deixar a criatividade fluir.” O artesanato é totalmente manual, não precisando de ferramentas para sua execução. Para fazer Macramê a melhor indicação são os cordões de algodão, podem ser trançados, lisos, finos ou grossos. Além deles também podem ser utilizados barbantes em várias espessuras, fios de poliéster, fios de polipropileno (Fio Náutico). Outros fios como os de algodão ou lãs, são indicadas para fazer franjas e detalhes de acabamentos. A arte manual pode ser terapêutica pois a concentração exigida na confecção de um nó faz com que os pensamentos aleatórios se desviem e aos poucos a pessoa vai se desestressando. No final, a pessoa ainda sente uma grande satisfação por ter feito algo com as próprias mãos. 12 FÁCI L | Lazer e Negócios NE


FÁCIL | Lazer e Negócios NE 13


14 FÁCI L | Lazer e Negócios NE


FÁCIL | Lazer e Negócios NE 15


O macramê é um artesanato que voltou a ser destaque por conta dos painéis que trazem o estilo boho para qualquer ambiente. Porém, se mostrou uma técnica versátil ao se transformar em bolsas e vestuários, inclusive ganhou espaço nas passarelas internacionais. O macramê vem sendo bastante indicado pelos decoradores e arquitetos em seus espaços , espelhados em grandes eventos. A criatividade das grandes artesãs mundo afora é que vai ditar as próximas tendências dessa arte com as mãos. 16 FÁCI L | Lazer e Negócios NE


FÁCIL | Lazer e Negócios NE 17


Tecnologia

Por – Letícia Jaques / Fotos: Divulgação

Pandemia aquece mercado de provedores regionais em Pernambuco Segundo a Abrint, o aumento do acesso à Internet nas velocidades acima de 34 Mbps cresceu aproximadamente 20% entre os pequenos provedores

C

om a chegada da pandemia do novo Coronavírus e as orientações passadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para um isolamento social como forma de ajudar a diminuir a propagação da Covid-19, cresceu entre os brasileiros a necessidade por uma internet mais rápida, seja para o estudo, lazer ou trabalho. Empresas passaram a implementar o sistema home office em suas rotinas, a fim de manter seus funcionários em atividade, mas sem expor a saúde de seus trabalhadores. Escolas, universidades e faculdades seguiram a mesma linha, cancelando as aulas presenciais e

18 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

optando pelo estudo através da internet. Comércios e empreendedores sentiram a necessidade de se reinventar neste período e investiram na criação de lojas online e aplicativos de compra. Com esta nova situação, houve um grande salto no número de pessoas que acessam a internet de suas casas, beneficiando o mercado de provedores regionais, que passaram a ser os mais procurados por apresentarem preços mais acessíveis, serviços com menos intercorrências pelo número de acessos mais restritos e um atendimento ao cliente mais personalizado. Segundo a Associação Brasileira de Provedores de Internet e Teleco-

municações (Abrint) o aumento do acesso à Internet nas velocidades acima de 34 Mbps cresceu aproximadamente 20% entre os pequenos provedores. O home office virou uma realidade para o administrador de empresas Carlos Pinto. Atuando na área comercial de uma empresa de tecnologia para transporte, ele passou a  utilizar a internet em casa para executar seu trabalho. Carlos abandonou os serviços de uma grande operadora para aderir a um provedor de pequeno porte, buscando um serviço de melhor qualidade. “Trabalhar em sistema home office me fez precisar ainda mais de uma


boa internet em casa, porém a minha caía bastante, impossibilitando meu trabalho. Um serviço que pagamos mais caro, mas que não funciona direito. Decidi aderir à internet de um provedor menor. Tenho tido menos dor de cabeça e sempre que preciso de qualquer suporte consigo contato pelo WhatsApp e tenho meu problema resolvido”, disse. A demanda dos provedores regionais cresceu 47% de forma geral, segundo a Abrint, enquanto as grandes operadoras cresceram 18% neste mesmo período. Diferente do que normalmente acontece com as grandes empresas de telecomunicações, os provedores regionais ainda se destacam pela disponibilidade de levar seus serviços para locais de difícil acesso, como as áreas rurais. O empresário Marcos Lins da Acesso Telecomunicações, que disponibiliza internet de fibra ótica e rádio digital para os municípios de Ipojuca, Cabo de Santo Agostinho, Recife, Rio Formoso, Ribeirão e cidades do litoral sul do estado, constatou os bons resultados para a sua empresa. “Tivemos um crescimento significativo na média no mercado e redução no número de cancelamentos”. 

Marcos Lins, empresário da Acesso Telecomunicações - Foto Divulgação

A Acesso Telecomunicações já está no mercado de provedores há 18 anos, seu diferencial é o bom atendimento ao cliente e um sistema de rede mais amplo oferecido pelo Back Bone (cinturão digital), dando mais segurança àqueles que contratam seus serviços. Além da internet, a empresa ainda disponibiliza aos clientes rede móvel, aplicativo de filmes, programa antivírus e proteção familiar de equipamentos.  Segundo o empresário, a alta procura pelo seu trabalho ainda contribuiu para o aumento na oferta de empregos na região, com a equipe crescendo em 20% com a ampliação do  telemarketing. “Estamos tendo bons resultados para a nossa empresa, mas também estamos contribuindo com a oferta de empregos para moradores de Ipojuca. Nós investimos nos nossos funcionários, com cursos, treinamento, além do cuidado pessoal. Fico feliz em oferecer não só um bom serviço, mas também oportunidades neste momento tão difícil”, afirmou.

Carlos Pintos, administrador de empresas - Foto Divulgação

FÁCIL | Lazer e Negócios NE 19


Carro & Cia Por Mario Pinho - Fotos: divulgação / e-mail: mariopinho@revistafacil.net

McLaren Artura: supercarro totalmente novo, híbrido de alto desempenho de última geração

20 FÁCI L | Lazer e Negócios NE


FÁCIL | Lazer e Negócios NE 21


- Novo Artura integra a linha Supercars da McLaren ao lado do 720S e é o primeiro supercarro híbrido de alto desempenho (HPH, High-Performance Hybrid) de produção em série da marca - A essência de mais de meio século da expertise e experiência da McLaren em engenharia de carros de corrida e pista - Combina desempenho emocionante, dinâmica de pilotagem e envolvimento com capacidade de propulsão elétrica - Primeiro modelo a ser construído na nova arquitetura leve de carbono McLaren (MCLA, Carbon Lightweight Architecture), exclusivamente otimizado para motores HPH e construído no centro de tecnologia de compósitos (MCTC, McLaren Composites Technology Center), na região de Sheffield - Carroceria leve com alumínio superformado e fibra de carbono tem proporções perfeitas de supercarro; filosofia de design “forma segue a função” dá aparência pura e functional “embalada” - Relação peso-potência líder de classe de 487 HP/tonelada ou 2 kg/HP* (com peso seco mais leve de 1.394 kg*) - Engenharia de baixo peso torna o Artura o carro mais leve em sua classe, com peso total (DIN) de apenas 1.498 kg* - Trem de força compreende um novo motor V6 biturbo a gasolina de 3 litros com um motor elétrico e bateria com alta densidade energética, produzindo potências combinadas de 680 HP e 720 Nm de torque - 585 HP de potência - aproximando-se de 200 HP por litro e 585 Nm de torque do novo V6 - Motor elétrico de 95 HP oferece torque instantâneo de até 255 Nm, garantindo a resposta do acelerador mais nítida de um supercarro da McLaren e aceleração feroz: 0-100 km/h em 3,0 segundos*; 0-200 km/h em 8,3 segundos*; e 0-300 km/h em 21,5 segundos* - Bateria de 7,4 kWh permite 30 km* de autonomia apenas elétrica - Garantia do veículo de 5 anos, garantia da bateria de 6 anos e garantia da carroceria de 10 anos - Nova transmissão leve de 8 velocidades integra o primeiro diferencial eletrônico da McLaren - Novo conceito de suspensão traseira, direção eletro-hidráulica aprimorada - Controle de amortecimento proativo aumenta a agilidade, estabilidade e desempenho dinâmico - Pneus Pirelli P ZERO CORSA de próxima geração com a inovadora tecnologia Pirelli Cyber Tire oferecem níveis de aderência comparáveis aos pneus P ZERO Trofeo R do 600LT - Interior totalmente novo com todos os controles principais acessíveis sem necessidade de tirar as mãos no volante; novo sistema de infoentretenimento com tela de toque HD de 8 polegadas permite a configuração de sistemas avançados de assistência ao motorista (ADAS); suporte de espelhamento de smartphone para Apple CarPlay® e Android AutoTM - Arquitetura elétrica inovadora permite atualizações OverThe-Air (OTA) e upgrades futuros - Já disponível para encomenda na McLaren São Paulo; preço será definido por ocasião do lançamento no mercado brasileiro 22 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

O

novo McLaren Artura marca o início de um novo capítulo para a empresa pioneira de supercarros de luxo e uma nova era em tecnologia e desempenho de supercarros. Ele se junta aos modelos 720S, 720S Spider e 765LT na linha Supercars da McLaren (composta também pelas linhas GT, na qual se enquadra o McLaren GT, e Ultimate, na qual se posicionam o Elva, o Speedtail e o McLaren Senna). O primeiro supercarro híbrido de alto desempenho de produção em série da McLaren concentra mais de meio século de experiência e conhecimento em corridas e carros de rua da empresa em um supercarro de próxima geração, que combina tecnologia inovadora com a dedicação da McLaren ao puro envolvimento do piloto. Apoiado pela filosofia da McLaren de engenharia superleve, o novo Artura é a essência de todos os atributos inerentes a um McLaren − design diferenciado, desempenho incomparável, excelência dinâmica e inovação de engenharia− com a eletrificação agora trazendo os benefícios adicionais de uma resposta ainda mais rápida ao acelerador, emissões


mais baixas e capacidade de operar no modo elétrico puro para viagens livres de emissões de até 30 quilômetros*. Totalmente novo, feito a partir do zero, o Artura presenteou os engenheiros e designers da McLaren com novas oportunidades para inovar, a principal delas sendo como preservar a filosofia de engenharia superleve da McLaren ao adicionar elementos do trem de força híbrido, incluindo o motor elétrico e a bateria. Um programa exigente de redução de peso, abrangendo todas as áreas do Artura desde a plataforma do chassi - esta é a estreia da nova arquitetura leve de carbono (MCLA, McLaren Carbon Lightweight Architecture) – até o trem de força HPH compacto e o peso do cabeamento usado na parte elétrica (onde uma redução de 10% foi alcançada) resultou no Artura tendo um peso seco mais leve de 1.395 kg*. O peso total dos componentes híbridos é de apenas 130,1 kg (que inclui uma bateria de 87,9 kg e um motor elétrico de 15,4 kg), resultando em um peso DIN de 1.498 kg* - no mesmo nível de supercarros comparáveis mas sem motorizações híbridas – dando ao Artura a vantagem de ser extremamente leve. FÁCIL | Lazer e Negócios NE 23


“Cada gota da experiência e conhecimento da McLaren foi derramada no Artura. Nosso novo híbrido de alto desempenho (HPD) oferece todo o desempenho, envolvimento do piloto e excelência dinâmica pelos quais a McLaren é conhecida, com o benefício adicional da capacidade de propulsão elétrica. A introdução do Artura é um momento marcante - para a McLaren, para nossos clientes que irão apreciar e desfrutar deste carro em todos os níveis emocionais e racionais, e para o mundo dos supercarros.” Mike Flewitt, CEO, McLaren Automotive Para assistir os vídeos da McLaren São Paulo, acesse: www.instagram.com/explore/tags/mclarentv/ Ou confira as últimas novidades em imagens em: www.instagram.com/mclarenbrasil Site oficial: www.mclarensaopaulo.com.br Assessoria de Imprensa: LetraNova Comunicação

24 FÁCI L | Lazer e Negócios NE


FÁCIL | Lazer e Negócios NE 25


Coluna Cinema & TV Por Jefferson Victor - Fotos: Divulgação - Colaboração: Espaço Z e-mail: jeffersonvictor@revistafacil.net

“Lucicreide Vai Pra Marte”, comédia estrelada por Fabiana Karla chega às telas de cinema do Brasil O diretor pernambucano Rodrigo César e a atriz revelam curiosidades sobre o longa que teve cenas gravadas na NASA.

A

irreverente Lucicreide, personagem do humorístico Zorra Total (TV Globo), está de volta e agora nas telonas. “Lucicreide Vai Pra Marte” é a nova comédia da Downtown Filmes, que está em cartaz nos cinemas do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Recife e todo o nordeste do país. Protagonizado e 26 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

produzido por Fabiana Karla, dirigido por Rodrigo César, o longa é o primeiro filme solo da atriz e comediante global. A história traz Lucicreide (Fabiana Karla), que ver sua casa virar um inferno depois da chegada de sua sogra que, despejada, resolve morar por lá. Abandonada pelo marido e sem conseguir liderar seu lar diante dos seus

cinco filhos, ela só tem o desejo de ir embora para bem longe. Sem entender a dimensão de uma viagem espacial, Lucicreide aceita participar de uma missão que levará o primeiro grupo de humanos ao planeta vermelho e é inscrita pelo filho de seus patrões, Tavinho (GianLucca Mauad). Ele lembra que seu pai estava selecionando uma pessoa para integrar um treinamento que levaria um brasileiro ou brasileira


para Marte. Acreditando que vai deixar seus filhos felizes, Lucicreide parte para o treinamento em Cabo Canaveral, nos Estados Unidos. Lucicreide também tem de enfrentar Luana, uma vilã bem atrapalhada vivida por Adriana Birolli, e a comandante Lee, interpretada por Lucy Ramos, que não vai muito com a cara da faxineira. O elenco ainda é composto por Cacau Hygino (Padre João), Ceronha Pontes (Rosa), Bianca Joy (Débora), Renato Chocair (Arnaldo) e Isio Ghelman (Watson). O primeiro astronauta brasileiro, Marcos Pontes (que atualmente é ministro da Ciência e Tecnologia) faz uma participação na obra, assim como o influenciador digital Carlinhos Maia. Na TV, Lucicreide estreou no Zorra Total (Globo) em 2004 - foi mais de uma década de sucesso na atração. “Ela é meu pé de coelho”, diz Fabiana Karla. Agora, três décadas depois do primeiro reconhecimento na escola, a atriz leva à pernambucana arretada aos cinemas. E com viagem marcada para um lugar bem distante. Bastante entusiasmada com o filme, Fabiana revela que a idéia desde o início era fazer algo inusitado, divertido e fantasioso no primeiro longa da personagem. “Quando o Rodrigo (diretor) trouxe a ideia de levar a Lucicreide para o cinema, eu abracei na hora. Não deixo passar o cavalo selado. Acredito no trabalho, não acredito em sorte. E disse que queria fazer uma fantasia, diferente do que a gente já fez no cinema brasileiro. Queria filmar como se fosse a Lua. E ele veio com a ideia da missão em Marte. Contamos com um grupo muito especial na sala de roteiro: Dadá Coelho era o nosso olhar feminino. Teve o Cadu Pereiva. E o Chico Amorim, que conheço desde que nasci porque é meu primo e hoje escreve para o Multishow o programa do Tom Cavalcante. O Tom Nogueira (produtor) participou também desse processo”. Parte do filme foi rodado na instalação da agência espacial americana. É a primeira produção desde o filme Armaggedon (1998) a rodar no local. Além de muitos efeitos especiais, o filme conta com sequências rodadas em um avião que simula gravidade zero. A aeronave partiu de Las Vegas e fez

No jardim dos foguetes

Da direita para a esquerda, Rodrigo César diretor do filme, Fabiana Karla e o astronatura Marcos Pontes

acrobacias sobre o deserto de Nevada. Embora fosse possível filmar essas cenas em um simulador, Fabiana Karla fez questão de gravar no avião. “Se não, como teria essa história para contar e levar o público junto?”, indaga. Para dar realismo a essa trama criativa e muito divertida, o diretor pernambucano Rodrigo César revela que investiram em um ano de negociações para conseguir rodar dentro da NASA. “Um ano antes de filmar, falei com meu sócio Tom Nogueira que eu precisava ir lá (NASA) para entender os espaços que teríamos para filmar. Quando cheguei lá, o Marcos Pontes estava e eu fui conversar com ele. Passei o dia como astronauta, tirando fotos e já fazendo pesquisa de locação. Ali fui

abastecido de informações para ajudar na construção do roteiro. Em seguida, convidamos o Marcos Pontes para nos ajudar na mediação com a NASA. Quando se faz esse tipo de coisa, é preciso ter alguém para te avalizar. Ele foi essa pessoa. O processo levou um ano até conseguirmos a autorização. A verdade é que eles não tinham noção do que é uma produção cinematográfica. O último filme rodado na NASA havia sido Armageddon, de 1998. Ninguém daquela época estava lá para explicar”, conta Rodrigo. Com toda sua produção em solo internacional, Fabiana Karla, que também é produtora do filme, conta que ficou emocionada em ter o longa sendo rodado na NASA. “Lembro que quando eu entrei no set, vi as espaçonaves, FÁCIL | Lazer e Negócios NE 27


Elenco mirim, filhos de Fabiana Karla no filme

nas ladeiras de Olinda. Eu quis levar Fabiana e as crianças no set antes da filmagem. Aproveitamos e tiramos uma foto deles caracterizados no terraço. As crianças estão ao redor dela, uns agarrados na grade, outros brincando, você vê que ali já tinha se formado uma dinâmica familiar. Esse movimento orgânico é muito importante. Aquele dia com as crianças correndo pela casa parecia um almoço de família”, revela Rodrigo. Inclusive, Rodrigo César é pernambucano e conta como foi construir a história da personagem e dirigir o filme em sua terra. “A Lucicreide é a junção de várias mulheres, a vizinha, a tia, e um pouco da própria Fabi. A gente conversou muito, ela contou suas lembranças de infância, e tivemos times de arte e figurino muito bom e conectados. Eu cresci num subúrbio bastante humilde em Olinda e cruzei com a Lucicreide a minha vida inteira. Precisávamos dessa verdade que só a locação é capaz de dar. O subúrbio não tem espaço para construir, tem muito muro com muro, ela está lavando o prato aqui e ouvindo a música da vizinha fofoqueira que está tocaiando o movimento da rua”.

entendi que estava filmando dentro da NASA, comecei a ficar sem fôlego. Quando o cara disse “Lucicreide go to Mars, take one”, surtei. Eu pensei “tô com lencinho na cabeça e macacão da NASA”. Era responsabilidade misturada com emoção. A gente passou um ano negociando para chegar naquele lugar”, revela. Além da produção internacional, “Lucicreide Vai Pra Marte” teve boa parte de suas cenas rodadas em Pernambuco. A produção contou com diversos artistas locais e participações especiais, como Jeison Wallace, mais conhecido 28 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

Para Fabiana Karla, “Lucicreide Vai Pra Marte” se torna o seu primeiro trabalho como produtora. A artista revela que além de atuar, tentou levar a sua nova função a sério. “Nosso set foi um dos melhores que Caminhada Zero G eu tive na vida. Pela primeira vez, eu era também produtora. Então a gente abriu um champanhe para comemorar, que pelo seu personagem Cinderella. Já os bom, que ótimo, “mas olha a roupa”. pequeninos que participam do longa, Não quis ser uma produtora de enfeitem de influencer famoso à estreantes, te. Entendi que se eu quisesse divergir, como Isaac do Vine e as pernambucaprecisava de argumento. Então estudei. nas Maria Eduarda e Marina Maia, que Eu sou muito grata a todo mundo que interpretam os filhos da Lucicreide. fez parte desse filme. Eu adoro o nome O longa contou com crianças de várias da sonda Perseverance (que pousou em partes do nordeste no elenco, que ain- Marte no dia 18/02/2021), porque foi o da tiveram um processo de interação que a gente teve que ter para fazer esse com Fabiana Karla antes das filmagens. filme, perseverança”, conclui. “Trouxemos crianças da Bahia, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte. A comédia é uma produção da AllSSe deu certo, é mérito da Fabi, porque creens Films, coprodução Fox Filmes, ela é muito maternal. Contribuiu tam- Telecine e Globo Filmes, e distribuição bém o fato de o set ser uma casa real da Downtown Filmes e Paris Filmes.


Rapidinhas Pré estréia de “Lucicreide Vai Pra Marte” no Rio de Janeiro

Emily Osment e Gregg Sulkin estrelarão nova série de comédia da Netflix Os atores Emily Osment e Gregg Sulkin irão estrelar a nova série de comédia da Netflix, que ainda não teve título divulgado. As informações são do Deadline. Ambos atores começaram suas carreiras na Disney, integrando o elenco das séries clássicas ‘Hannah Montana‘ e ‘Os Feiticeiros de Waverly Place‘, respectivamente. Ambientada em Los Angeles, a trama irá girar em torno de uma jovem esnobe, educada na Ivy League, chamada Chelsea (Osment), que fica sem opções e tem que ir morar com sua irmã Claire… e alguns amigos dela. Um desses amigos é Grant (Sulkin), um personal trainer frequentemente descamisado que teve um passado romântico com a irmã de Chelsea. Pamela Fryman (‘Dois Homens e Meio’) será responsável ela direção.

‘Mortal Kombat’: Diretor revela que o longa será extremamente brutal’ Em entrevista ao Games Radar, o diretor Simon McQuoid prometeu que a nova adaptação de ‘Mortal Kombat‘ para os cinemas será “extremamente brutal”, e, ao julgar pelo trailer lançado recentemente, parece que ele está certo. “Será extremamente brutal. Nós gastamos muito tempo conversando sobre a violência e como ficariam os visuais, mas queríamos fazer de um jeito inteligente. Nós queríamos que significasse alguma coisa e que os espectadores se importassem. Quando precisamos levar ao limite, nós fizemos isso, ninguém tentou desviar disso.” Ele completa, “Há uma cena que eu assisti e me fez pular de felicidade. Parecia que todo dia era Natal na sala de edição. Eu mal posso esperar para que vocês possam conferir.” O filme chega aos cinemas brasileiros no dia 15 de abril. Nos EUA, o longa será lançado simultaneamente nos cinemas e na HBO Max um dia depois, em 16 de abril.

E ainda sobre “Lucicreide Vai Pra Marte”, na noite do último dia 02/03, Fabiana Karla e Adriana Birolli estiveram na pré estréia do filme, no Cinemark do shopping Downtown, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Além das atrizes, também estiveram presentes os atores mirins João Neto, Guiguiba, Maria Eduarda, Marina Maia e Isaac do Vine, filhos de Fabiana Karla no filme, Gianlucca Mauad, também ator mirim, e Rodrigo César, diretor do longa-metragem. Vale salientar, que o encontro ocorreu dentro das normas de segurança contra a covid-19 e cada um com o seu devido afastamento.

Space Jam: Um Novo Legado ganha primeira imagem com LeBron James e os Looney Tunes

Space Jam: Um Novo Legado, sequência ao filme de 1996, teve sua primeira imagem divulgadam pela Entertainment Weekly, com LeBron James - e, claro, os Looney Tunes - também estampando a capa da publicação. Além de James, o Space Jam: Um Novo Legado contará também com Anthony Davis, Damian Lillard, Klay Thompson e as jogadoras da WNBA Diana Taurasi, Nneka Ogwimike e Chiney Ogwumike. A atriz Sonequa Martin-Green viverá a esposa de LeBron no longa.

Space Jam: Um Novo Legado chegará aos cinemas 25 anos após o longa estrelado por Michael Jordan. No novo filme, os Looney Tunes enfrentarão uma nova ameaça nas quadras, desta vez com a ajuda de LeBron James, considerado um dos melhores jogadores de basquete da atualidade.

FÁCIL | Lazer e Negócios NE 29


Mundo

Texto e fotos : AFT Comunicação Integrada

8 castelos imperdíveis para conhecer no Alentejo Maior região portuguesa é repleta de construções históricas icônicas

30 FÁCI L | Lazer e Negócios NE


O

Alentejo, maior região de Portugal, é famoso por seus vinhos, por suas belas paisagens naturais, que incluem campos verdejantes e extensos vinhedos, e por seus vilarejos encantadores, que mais parecem saídos de contos de fadas. Além disso, por todo o território alentejano é possível encontrar construções cheias de histórias para contar. Há igrejas antigas, conventos centenários, castelos medievais e muito mais. São tantos, que o viajante pode fazer um roteiro totalmente focado em conhecer este patrimônio, que guarda não apenas a história deste país, mas um pouco da sua cultura e do que faz desta região a mais autêntica de Portugal. Por isso, listamos nesta matéria oito castelos imperdíveis na região. Confira!

FÁCIL | Lazer e Negócios NE 31


Arraiolos Este é um dos poucos castelos no mundo com uma arquitetura circular e, por isso, vale muito a pena conhecer. Situado a apenas 20 minutos de Évora, principal destino alentejano, fica no topo do Monte de São Pedro, rodeado por uma muralha em forma de elipse. Além de visitar o castelo, é possível apreciar uma bela visão de 360º dos campos alentejanos.

Beja Localizado mais ao sul da região, seu destaque é a torre que conta 32 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

com 40 metros de altura. Mais que o tamanho e a imponência, no entanto, essa parte do castelo tem também uma beleza ímpar. O viajante pode subir seus 200 degraus para conferir uma vista de tirar o fôlego. A torre é composta por três salas, que contam com elementos de inspiração muçulmana, romana medieval e manuelina.

Elvas Este castelo é considerado Patrimônio Mundial da UNESCO juntamente às demais construções históricas de Elvas. Ele é um dos melhores exemplares da arquite-

tura militar portuguesa. A própria cidade foi desenvolvida como uma verdadeira fortaleza, devido à sua proximidade com a Espanha. Além do castelo, os turistas podem explorar diversos fortes e fortins da cidade.

Estremoz Atualmente, no Castelo de Estremoz, funciona uma pousada. Mas ainda é possível conhecê-lo. Seu destaque é a espetacular Torre das Três Coroas, com 27 metros de altura e feita de mármore branco. Ao lado do castelo fica uma estátua em homenagem à Rainha Santa


Isabel, conhecida pelo milagre de haver transformado moedas em rosas no século 14.

no ponto mais alto da Serra de São Mamede, a 843 metros de altitude, esbanjando uma vista e tanto. Do topo de sua torre, em um dia claro, Evoramonte é possível ver até mesmo a Espanha! Ele também impressiona por Para quem gosta de construções diferentes, o Castelo de Evoramon- seu excelente estado de conservação e extensas muralhas. te é perfeito. Formado por quatro torreões arredondados, ele conta Monsaraz com três pisos nobres no estilo do Renascimento Italiano, e suas Este é um dos típicos vilarejos salas monumentais têm abóbadas cheios de charme do Alentejo e seu góticas impressionantes. castelo tornou-se um ponto turísti-

Marvão

A poucos quilômetros de Castelo de Vide, o Castelo de Marvão fica

co bastante popular na região. Isso porque, ao subir na construção, o visitante pode ver o grandioso Alqueva, que nada mais é que o

maior lago artificial da Europa. Ao pôr do sol, a paisagem fica ainda mais impressionante.

Montemor-o-Novo Esta vila conta com um fascinante castelo que foi construído sobre as ruínas de uma fortificação muçulmana. Embora seu estado atual não se compare à sua antiga glória, sua importância histórica permanece: ele sobreviveu ao terremoto de 1755 e às invasões francesas, além de ser palco dos últimos preparativos para a travessia marítima de Vasco da Gama para a Índia. FÁCIL | Lazer e Negócios NE 33


Sobre o Alentejo Considerado o destino mais genuíno de Portugal, o Alentejo é a maior região do país. Privilegiando um lifestyle tranquilo em que a experiência de viver bem dá o tom, conta com belas praias intocadas e cidades repletas de atrações ímpares, como castelos e monumentos históricos. Detentor de cinco títulos da UNESCO e diversos outros prêmios e reconhecimentos internacionais no setor do turismo, o Alentejo oferece opções para todos os tipos de viajantes, sejam famílias, casais em lua de mel ou aventureiros. A promoção turística internacional do Alentejo é co-financiada pelo Alentejo 2020, Portugal 2020 e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). Para mais informações, visite  www.turismodoalentejo.com.br.

34 FÁCI L | Lazer e Negócios NE


FÁCIL | Lazer e Negócios NE 35


Coluna Rogério Almeida e-mails:: rogerio.almeida@revistafacil.net / rogerioalmeidaturismo@yahoo.com.br Ana Paula, gerente de A&B do Villagio Littoral Hotel

Villagio Restaurante chega ao Littoral Hotel de João Pessoa O Villagio Restaurante, grupo sob a direção da empresária Camila Arruda, especializada em gastronomia hoteleira, chegou a João Pessoa (PB). Desde o dia 1 de julho, a hotelaria paraibana conta com o melhor no atendimento dos serviços de A&B (Alimentos e Bebidas), café da manhã, almoço e jantar e realização de eventos corporativos. Os pratos com sabores inesquecíveis são especialmente preparados pelo chef Willams Rafael e o atendimento pelos garçons Carlos, Evaldo, Joana e Vanessa. Com capacidade para 80 pessoas, “estamos atendendo no máximo 60, com distanciamento social e realizamos além dos serviços de café, almoço e jantar, e 24 h de room service”, quem afirma é a gerente de A&B, Ana Paula

Pratos especiais do Villagio no Littoral Hotel

No almoço e jantar, as opções são diversas: desde uma salada caprese (tomate, queijo ricota, molho pesto e mix de folhas) ao preço de R$27,00 , ao especial filé mignon por R$ 52,00. Todas as sextas-feiras, a cena se torna ainda mais agradável com acompanhamento de voz e violão. O Villagio Restaurante possui três unidades: o Villagio do Luzeiros Recife, o do Costa Mar em Piedade (Jaboatão dos Guararapes) e o do Littoral Hotel, em João Pessoa. Restaurante Villagio Littoral Hotel de João Pessoa Av. Cabo Branco, 2172, Cabo Branco, João Pessoa, Paraíba, 58045-010 Chef Willams Rafael

Pousadas de Fernando de Noronha lançam site 36 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

(Fotos: Rogério Almeida)

A Associação das Pousadas de Fernando de Noronha lançam site para reservas de hospedagem que permite fazer reservas, diretamente, em uma das suas 25 pousadas associadas. No futuro, o site também será um portal para as melhores dicas do arquipélago mais procurado do Brasil.


Priscilla Félix e Aline Faria do SERHS e Ângela Braga, subgerente de promoção nacional da Emprotur- Empresa Potiguar de Promoção Turistica do RN (Foto: Divulgaçao)

Equipe MICE SERHS de São Paulo, Fabiana Soares, Aline Faria, Priscilla Félix (Foto: Divulgaçao)

SEHRS Natal participa do LACTE 16 O SERHS Natal Grand hotel & Resort participou do segundo dia do LACTE 16, que aconteceu no Club Med Lake Paradise. A equipe MICE de São Paulo do SERHS marcou presença, representada por Aline Faria, gerente MICE e as gerentes de contas, Fabiana Soares e Priscilla Félix. Neste ano o evento foi em formato hibrido e multihub.

Grupo Marriott chega ao Recife com o Porto de Galinhas Resort & Spa O Grupo Marriott, o maior do mundo na hotelaria, com quase 8 mil hoteis, escolheu o Porto de Galinhas Resort para o primeiro All Inclusive da marca Westin da America do sul. Tudo começa a partir de setembro. A rede possui 13 hoteis no Brasil, com alguma marcas conhecidas como Sheraton, Marriott e Renaissance, mas esse vai ser o primeiro Westin. A rede Westin é a lider mundial a mais de 10 anos em hotelaria focada no bem estar dos hospedes. Tudo feito sob medida para a marca. “O Porto de Galinhas Resort & Spa All Inclusive premium, terá um padrão internacional, mas com a hospitalidade, sotaque e temperos regionais do nordeste brasileiro, “afirmou a diretora do hotel, Ana Malheiros.”

Ana Malheiros, diretora do hotel

Westin Porto de Galinhas Resort & Spa (Foto: Rogério Almeida)

Willian França, Secretário Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, Wilson Freitas, Coordenador de Eventos Institucionais e Patrocínio do MTUR. Presentes também José Maurilo, Gerente de Feiras e Eventos da Embratur e o André Trajano, Secretário de Turismo e Cultura de Jaboatão dos Guararapes-PE. (Foto: BTM)

Ministério do Turismo O Ministério do Turismo e Embratur confirmam participação na BTM 2021. O Ministério do Turismo do Brasil confirmou participação na Brazil Travel Market - BTM 2021, que se realiza nos dias 22 e 23 de outubro deste ano em Fortaleza (CE). O CEO da BTM, Breno Mesquita, apresentou as novidades para a equipe do Ministério, e que contou também com as presenças de José Maurilo, Gerente de Feiras e Eventos da Embratur e o André Trajano, Secretário de Turismo e Cultura de Jaboatão dos Guararapes-PE. (Foto: BTM). Na visita a Embratur, o CEO da BTM, Breno Mesquita garantiu o apoio da diretoria da entidade, que vai estar também presente em Fortaleza durante o evento. Breno Mesquita, e o Secretário de Turismo e Cultura de Jaboatão dos Guararapes, André Trajano, Diretor Presidente da Embratur, Carlos Brito, Diretor de Marketing, Silvio Nascimento, Diretor de Gestão Corporativa, Edson Queiroz, e o Gerente de Feiras e Eventos, Sr. José Maurilo.

FÁCIL | Lazer e Negócios NE 37


Artigo Marcos D Paula Psicanalista - Apresenta o programa Falando de Gente na webradio Baruk FM

Que ano...

U

ma turbulência generalizada e, por muitas vezes, com perda de rumo e de prumo. Chegamos a duvidar, desacreditar, debochar e até mesmo esnobar da situação. Como se os fatos pudessem ser relativizados e jogados pra debaixo de um tapete já repleto de manchas, furos e pelotas, por isso mesmo tantos tropeções, tombos e escorregões pessoais, coletivos; inclusive de pseudos governantes.

Podemos reconhecer, se quisermos, uma sociedade que já vinha adoecendo e se empobrecendo principalmente a partir de suas relações humanas e “numa lógica de mercado e de consumo” que já não se sustentava, produzindo uma crescente e fictícia falsa zona de conforto para algumas pessoas, fazendo com que o distanciamento e o isolamento já viesse acontecendo, “coisificando” cada vez mais a vida. Constatar essas questões pode ser doloroso e incômodo, talvez por isso muita gente insiste em manter a alienação, o caos interior que já transbordou há tempos e com ele a fuga alucinada de si mesmo, buscando a todo custo prazeres superficiais e enganosos, pois caso contrário, na maioria das vezes, a implosão interior seria mais cruel e avassaladora do que já é.

Um bom exemplo deste “descompasso civilizatório” é a lógica dos sistemas politicos-econômicos, organizações sofisticadas, inclusive laboratórios farmacêuticos com tecnologias de ponta contando com cérebros privilegiados e um lindo discurso de responsabilidade social, gerando empregos e promovendo o “desenvolvimento social”. Toda essa imagem, dos laboratórios farmacêuticos em especial, poderia ser ainda mais valorizada se num momento tão especial como ao que estamos vivendo, todas essas “competentes indústrias” tivessem se unido na busca de uma única e eficaz vacina, pois os esforços estariam todos muito bem concentrados, favorecendo bons resultados no curto prazo, confiáveis e seguros. Mas infelizmente nada disso ocorre, pois as disputas por sucesso empresarial são, na maioria das vezes, mais importantes do que a vida de qualquer pessoa, mesmo que em “tempos modernos” e diante de uma crise sanitária seríssima. Sim, caro leitor ou leitora, sou um sonhador, uma pessoa que precisa acreditar na boa essência do ser humano para (sobre)viver.

38 FÁCI L | Lazer e Negócios NE


FÁCIL | Lazer e Negócios NE 39


40 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

Profile for Revista Fácil

Revista Fácil - Edição 209  

Advertisement
Advertisement