Page 1


Sumário

>>>>>>

Editorial........................................................................4 FEMPI em Foco.............................................................5 Entrevista.......................................................................6 Exper News.................................................................10 Matéria de Capa...........................................................12

06

Seguro..........................................................................18 Liderança.....................................................................20 Motivação....................................................................22 Empreendedorismo........................................................23 Direito..........................................................................24 Theatro e Outras Cousas.................................................25 Legislação.........................................................................26

18 12


Editorial

>>>>>>

Foto Divulgação

Gestão por Confiança é tendência no Mundo Corporativo possível confiar no amanhã, no mercado, nos projetos, nos governos? A maioria das pessoas acha que não. Mas o professor José Maria Gasalla, Doutor em Ciências Econômicas e Empresariais pela Universidade Autônoma de Madrid (UAM), certificado em estudos avançados no doutorado de Psicologia Social da Universidade Complutense de Madrid, Professor na Universidade Autônoma de Madrid e Avaliador do Processo de Certificação de Coachs Profissionais e Executivos da Associação Espanhola de Coaching (AECOP), afirma que sim. Vivemos em um mundo competitivo, repleto de

Nesta edição o professor Gasalla sustenta que a Di-

tensões, no qual tudo muda rapidamente e ninguém sabe o

reção por Confiança, é a nova tendência da Gestão Corporati-

que nos reserva o futuro.

va. E aproveita para lançar com exclusividade seu novo livro

Para 73% dos brasileiros, 2011 será melhor que o

em parceria com Leila Navarro “Confiança – O diferencial

ano que passou, superando com folga a média global, de

do líder” Constituiu-se em obra diferenciada no segmento da

42%. No grupo dos oito países mais otimistas do mundo,

chamada literatura corporativa. Alia saberes racionais e in-

encabeçados pela Nigéria, não figura nenhum país desenvol-

tuitivos, num arranjo de texto que conjuga narrativa ficcional

vido. São eles: Nigéria (83%), Brasil (73%), Vietnã (73%),

e conteúdo analítico.

China (67%), Gana (64%), Argentina (60%) e Bangladesh

Nossos colunistas Ivan Melo, Leila Navarro, An-

(60%). No Brasil, o otimismo de 73% apontado em relação a

derson Alves, Nicolai Cursino, Waleska Firmino, Dr. Epami-

2011 é o mais alto da série histórica, mantendo o mesmo pa-

nondas Nogueira e Luís Eduardo trazem muitas novidades

tamar de 2009 (71%). Em 30 anos, o indicador do otimismo

em seus artigos.

brasileiro praticamente dobrou: em 1980 os otimistas eram

Boa leitura e um ótimo 2011.

38%, em 1990 eram 49%, em 1997 eram 59% e, neste ano, 73%.

Márcio Júnior Nesse contexto, é possível confiar nos outros? É

Publisher

Expediente Publisher: Márcio Junior MTB 59904-SP, Editor: Cláudio Santos, Editoração Eletrônica: Offmktweb, Redação: Estela Lobo MTB 43658-SP, Assessoria Jurídica: Marcelo Inocêncio, Tiragem: 5.000 exemplares, Impressão: Gráfica MTO, Publicidade: 11 2819-4457 ou 11 9472-8104 / publicidade@revistaexper.com.br, Foto Capa: Leadership Worthington A revista é distribuída em indústrias, universidades, entidades de classe, centros comerciais, shoppings e bancas do Alto Tietê. A revista não se responsabiliza pelo conteúdo dos anúncios e as opiniões emitidas em artigos assinados são de responsabilidade dos autores.

4 - Revista Exper


FEMPI em Foco

>>>>>>

José Longo retorna à presidência “Agradeço aos companheiros que conduziram o trabalho da entidade enquanto estive afastado”

Na edição de novembro publicamos a posse interina do vice-presidente Carlos Lapique, em função do afastamento médico do amigo e presidente José Longo. A FEMPI – Frente Empresarial PróItaquaquecetuba é uma entidade empresarial, formada e administrada por empresários, destinada a gerir e organizar suas demandas quanto ao

desenvolvimento

tecnológico,

econômico e social na cidade de Itaquaquecetuba. que o presidente está recuperado e disposto a dar prosseguimento aos projetos. José Longo conta quais são as expectativas para este ano com

Foto Divulgação

A novidade para 2011 é

relação à entidade e com relação à

companheiros

que

atenderam

permitirão que nossas solicitações

cidade de Itaquaquecetuba.

nosso chamado para a formação

e ideias sejam melhor ouvidas pelo

“Ao retornar a presidência

de “conselhos” de cada região da

poder

da FEMPI quero de público agradecer

cidade, a fim de propugnarmos as

com a passagem do Rodo Anel, terá

aos valorosos companheiros que a

melhorias que se fazem necessária.

uma maior preocupação do Estado

conduziram no período que estive

Aos profissionais que desejam somar

para com o Rio Tietê, com a sua

afastado, menção especial ao vice-

suas experiências aos “grupos”, a

grande densidade populacional, e por

presidente Carlos Lapique o qual,

exemplo do já tradicional “Grupo de

certo correrão recursos que melhor

apesar das responsabilidades de suas

RH”, permitam-se disseminar seus

se adequarão às necessidades da

respeitáveis empresas, dedicou seu

conhecimentos entre os empresários e

coletividade.

talento e criatividade como presidente

seus colaboradores.

público.

Desta

Itaquaquecetuba,

forma

teremos

As condições do país são

condição de traduzirmos o quanto

favoráveis, e nos permite antevermos

poderemos fazer em prol de nossa

nos

um futuro brilhante e auspicioso. Com

cidade e como isto nos trará benefícios

o

certeza a união e a fala em uníssono

materiais e espirituais”, salienta José

apoio e colaboração de todos os

de todas as entidades representativas,

Longo.

da entidade. A FEMPI terá sempre uma dívida de gratidão. No resta,

tempo

esperamos

que

contar

com

Revista Exper - 5


Entrevista

>>>>>>

Marina Della Vedova Revista Exper - Quais os desafios pal

da de

Secretaria

Educação

para

Munici2011?

Marina Della Vedova - Hoje a Educação enfrenta muitos desafios e o

Trabalhou como educadora, atuou junto à Secretaria de Promoção Social e atualmente ocupa a Secretaria de Educação do Município de Itaquaquecetuba. Formada em Psicologia e Pedagogia com Pós Graduação em Psicopedagogia e Gestão Escolar.

principal é a demanda. Recebemos

la, isto é, escolas onde há respeito en-

Marina Della Vedova - Temos vá-

alunos de 7 municípios e começa-

tre os alunos, o índice melhora cerca

rios projetos. A

mos 2011 com 3.600 alunos novos.

de 40%. O que está sendo feito em Ita-

Ambiental Nelson Barreto da Silva,

A creche comunitária atendia, em

quaquecetuba quanto a esse aspecto?

a EMA é considerado pela Mapfre

2010, 904 alunos e passou para

Marina Della Vedova - O Programa

Seguros um dos 50 melhores do país,

2011 com 1.063 atendimentos, uma

de Formação Continuada de Profis-

já para a União Nacional dos Diri-

diferença de 159 alunos a mais. Po-

sionais, Proformacon, nasceu com o

gentes Municipais de Educação, Un-

demos comparar essa diferença com

objetivo de proporcionar melhorias

dime, ele está entre os 80 melhores.

a criação de três creches, com 50

na educação municipal, através da

Essa colocação é muito importan-

alunos cada, sem despesas com lo-

oferta de cursos, oficinas, palestras

te para um projeto novo que busca

cação, água, luz, terreno, entre ou-

e workshops a docentes, coordena-

ações de sensibilização, informação e

tros. A creche municipal passou de

dores pedagógicos, gestores edu-

formação em prol do meio ambiente.

1.570 alunos atendidos em 2010 para

cacionais e demais funcionários do

Outro projeto de destaque é a “Prata

1.996 alunos, uma diferença de 426.

quadro da Secretaria Municipal de

da Casa”, funciona mais ou menos as-

A Educação Infantil também obteve

Educação; concebido a partir do

sim: A escola que apresentar o melhor

um aumento, passou de 6.188 para

envolvimento da equipe de espe-

projeto é premiada. Este ano também

8.199 uma diferença de 2.011 alu-

cialistas da Secretaria e orientação

vamos premiar a escola que apre-

nos atendidos. O ensino fundamen-

do Ministério da Educação - MEC.

sentar o maior número de projetos. Criamos nossa mascote o “Edu-

tal passou de 23.677 para 24.677 uma diferença de 1.000 alunos. Revista Exper - As duas pesquisas (1998 e 2008) feitas pelo LLECE/ UNESCO (Laboratório Latinoamericano de Evaluacion de Calidad de la Ecudacion), em 16 países latino-americanos, inclusive o Brasil apurou que a principal variável na aprendizagem do aluno é o clima emocional da esco-

6 - Revista Exper

Escola Municipal

Revista Exper - Existe algum pro-

cadinho”,

jeto que se destaca na sua gestão?

e criada por um aluno da rede.

que

foi

desenvolvida


Revista Exper - 7


Entrevista

>>>>>>

Um projeto que nos orgulha e envaidece é o “Mestre Cuca” e o “Mestre Cuquinha”, onde ensinamos sobre o reaproveitamento alimentar, noções de alimentação e culinária. As crianças aprendem brincando. Temos projetos na área de sustentabilidade. Em um único mês, conseguimos economizar mais de 56 mil reais nas contas de água de apenas 13 escolas. Com essa economia compramos para as escolas, data show, impressora multifuncional e material

Ser reconhecida por um trabalho é

conseguisse trazer o grupo de funcio-

para reparos e pequenas reformas.

gratificante, mostra que estamos no

nários da pasta da Educação para os

O fator principal do sucesso destes

caminho certo. E por falar em con-

projetos, fazendo-os entender que o

projetos e de tantos outros que es-

quista, em breve estaremos na nova

atendimento ao cidadão que procura

tão em prática, é o envolvimento e

sede da Secretaria Municipal de

a secretaria ou até mesmo uma U.E,

o comprometimento de nossa equi-

Educação, no centro da cidade pró-

precisa ser ouvido e merece atenção.

pe. Agradeço de coração a partici-

ximo à Biblioteca, e com uma área

Valorizo os funcionários,

pação e a garra de cada um deles.

de quase 3.000 metros quadrados.

transformo cada um deles em gestores e não me deixo influenciar pelo

Revista Exper - Qual é o segre-

prestígio do cargo. Hoje estou na

ternet, descobrimos que a Secretaria

do ou o diferencial da Marina?

Secretaria, amanhã posso não estar,

Municipal de Educação foi premiada.

Marina Della Vedova - Inovação. O

preciso fazer o meu melhor a cada dia

Qual a importância desta conquista?

sistema municipal de educação de

e não deixar nada para depois. Gos-

Marina Della Vedova - O Institu-

Itaquaquecetuba é composto de 81

to tanto do que faço, que para mim

to Tiradentes realiza pesquisa de

Unidades Escolares, entre elas, cre-

não é um trabalho é uma realização

opinião pública, com base em me-

ches, escolas de educação infantil e

profissional. Tem muita coisa para

todologia científica e dessa forma

de educação fundamental. Valorizar

ser feita e graças a Deus temos ideias

indica os nomes. Em 2010 fomos

o pessoal da rede, fez com que eu

e

agraciados com a medalha Imperador Dom Pedro II . Essa medalha foi criada pelos membros da executiva do Instituto para homenagear prefeitos, secretários, assessores e parlamentares municipais de destaque, através da resolução 0521/2009.

8 - Revista Exper

Fotos Fátima Cosmo

Revista Exper - Em pesquisa na in-

principalmente

muita

energia.


Revista Exper - 9


Exper News

>>>>>>

Mudanças na presidência do Santander

Palestra sobre educação ambiental

Fábio Barbosa deixou o pos-

o executivo irá conduzir as decisões

to de diretor-presidente do Santander

estratégicas da instituição. Barbosa e

no Brasil. O executivo, que também

o novo presidente no Brasil, Portela,

preside a Federação Brasileira de

vêm trabalhando juntos há mais de

A Associação Comercial de

Bancos (Febraban), foi indicado para

três anos, com o objetivo de garantir o

Mogi das Cruzes (ACMC) realiza

presidir o conselho administrativo da

sucesso dos negócios do banco espa-

no dia 24 de fevereiro a palestra

instituição bancária.

nhol no mercado brasileiro.

Educação Ambiental, que tem como

O escolhido para assumir

O ano de 2010 foi estratégi-

objetivo explicar a profissionais

a presidência no Brasil é o espanhol

co para a conclusão de integração do

ligados ao comércio, à indústria

Marcial Portela, que já tinha a missão

Santander com o Banco Real. Ao lon-

e ao setor de serviços como eles

de acompanhar, da Espanha, todos os

go de todos os anos foram realizadas

podem colaborar com a preservação

negócios da operação brasileira, a de

diversas ações e campanhas publicitá-

do meio ambiente. A palestra terá

maior potencial de crescimento global

rias para comunicar ao público a pre-

início as 19 horas no auditório na

do Grupo Santander.

valência da bandeira Santander sob o

rua Barão de Jaceguai, 674, pela

Real.

técnica em Meio Ambiente e Gestão

No conselho administrativo,

Ambiental Daniela de Prá. A palestra

Secom estrutura seu novo organograma

é gratuita. Inscrição pelos telefones

A nova ministra chefe da

Yole Mendonça, fica com Roberto

Secretaria de Comunicação Social da

Messias, que respondia pela direção

Presidência da República (Secom),

de mídia da Secom. Já na secretaria

Helena Chagas, definiu alguns nomes

de gestão, controle e normas será

da equipe que irá comandar a área no

mantido José Vicentine.

Governo Dilma Rousseff. A principal

Para a vaga de Messias

mudança, foi Yole Mendonça como

no cargo de diretor de mídia foi

nova secretária-executiva da Secom.

promovido Fabrício Costa. A direção

O comando da secretaria de

continua com Silvia Sardinha.

pelo e-mail cursos@acmc.com.br. O participante deve levar um quilo de arroz e um pacote de macarrão, que serão doados a uma entidade carente de Mogi das Cruzes.

Consultoria em Informática Mike Consultoria e Assistência

Imagem Marcello Casal Jr./ABr

comunicação integrada, até então com

das áreas de internet e eventos

(11) 4728-4324 e 4728-4327 ou

em Informática e Elétrica. Mais de 20 anos de experiência em Redes Wireless, Hi-Fi, cabo, suporte técnico, formatação, instalação de sistema operacional e acesso remoto. Manutenção elétrica residencial. Entre em contato pelo email: mikesystem@bol.com.br ou pelo telefone: 11- 6723.9144.

10 - Revista Exper


Mogi Shopping realiza Campanha de Conscientização está sendo divulgada em displays de

sinalização de solo.

está

cancelas do estacionamento e também

de

através de adesivos nos terminais

atenção de setores representativos

seus

emissores de tickets da Engepark,

na cidade, como a Coordenadoria da

clientes para que idosos e deficientes

empresa que administra o setor no

Pessoa com Deficiência e Mobilidade

tenham respeitado seu direito às

Mogi Shopping.

Reduzida (COPEDE), departamento

vagas especiais de estacionamento.

O estacionamento do Mogi

da Secretaria de Assistência Social

O direito, tanto para deficientes

Shopping possui 45 vagas destinadas

da Prefeitura de Mogi das Cruzes.

como para idosos, é garantido por lei

aos idosos e 18 aos deficientes. “Se

A coordenadora Valeriana da Silva

federal, que destina 5% das vagas aos

houvesse o respeito, com certeza

Alves,

idosos e 2% aos deficientes.

não

Edmar. Além

Por Maricy Guimarães

O

Mogi

Shopping

realizando

uma

campanha

conscientização

junto

aos

Desenvolvida pela agência

teríamos

A iniciativa já chamou a

que

é

deficiente

física,

reclamações”,

diz

parabenizou o Mogi Shopping pela

da

da

campanha:

veiculação

“É

muito

importante

DMV Comunicações, a campanha

campanha, entre as medidas tomadas

as empresas tomarem esse tipo de

permanecerá até março no Shopping,

pela Engepark estão a fiscalização

iniciativa, essencial para a integração

com possibilidade de prorrogação. Ela

em horários de pico e a melhoria da

e respeito com os deficientes físicos”.

Hypermarcas líder do setor farmacêutico

A Hypermarcas conseguiu

Como líder do segmento far-

Mulher assume cargo na PepsiCo

alcançar a liderança do mercado far-

macêutico brasileiro, a Hypermarcas

macêutico do País. Com a aquisição

terá, além das marcas Coristina e Pola-

do laboratório Mantecorp, a compa-

ramine, outros medicamentos sob seu

história da Pepsico do Brasil terá

nhia superou a Aché. A aquisição da

guarda-chuva, como o Doril, Engov,

uma mulher no cargo de presidente

Mantecorp é a sexta feita pela Hyper-

Gelol (do laboratório DM) e Rinoso-

da sua Divisão de Bebidas no Brasil.

marcas. A compra do laboratório, foi

ro e Lisador (da Farnasa). Já a entra-

negociada pelo montante de R$ 2,5

da na categoria de dermocosméticos

na companhia há dez anos e está

bilhões, sendo que uma parte da quan-

(que responde por 16% do negócio da

assumindo

tia será paga em dinheiro e o restante

Mantecorp, dona das marcas Epsiol e

ocupado por Paulo Campbell, por

em ações. A negociação entre as duas

Epidrat) foi especialmente comemo-

sua vez alçado a Chief Financial

empresas vem acontecendo há cerca

rada pelo presidente da Hypermarcas.

Officer (CFO), para bebidas em

de um ano.

Fonte Folha de São Paulo.

toda a América do Sul.

Pela

primeira

vez

na

Andrea Alvares trabalha o

cargo

até

então

Revista Exper - 11


Matéria de Capa

>>>>>>

Gestão por Confiança, a nova tendência do Mundo Corporativo

Por José Maria Gasalla

U

m

modelo

gestão

integração, a fluidez e a flexibilidade

competitivo de primeira grandeza,

baseado

em todos os níveis da empresa, o que

na medida em que proporciona

na confiança surge em

contribui para o desempenho superior

aprendizagem contínua, inovação e

e o êxito competitivo.

diminuição dos custos com supervisão

empresarial

de

resposta aos desafios do mundo moderno, no qual a complexidade do

Como

diz

professor

da

Southern

e controles.

cenário organizacional e o nível de

Warren

incerteza crescem a cada dia. De fato,

California University, “a confiança

entre os pensadores que se dedicam

é o lubrificante que torna possível o

às questões corporativas, a confiança

funcionamento das organizações”.

da

vem sendo valorizada e reconhecida

Podemos considerá-la um precioso

desenvolvimento

como um mecanismo que torna as

bem da empresa, um ativo potencial

começarem a revolucionar o mundo

relações humanas mais abertas e

intangível que integra seu capital

corporativo, os modelos de gestão

cooperativas; com isso, aumentam a

social, e também um diferencial

baseavam-se em supervisão direta

12 - Revista Exper

Bennis,

o

CONFIANÇA OU CONTROLE Antes economia

da e

globalização o

acelerado tecnológico


e controle. Eram desenhados de tal

modelos é criar condições para maior

modo que a estrutura hierárquica

participação, iniciativa, compromisso

completamente o controle – visto

exercesse

e

dos

que todo sistema, para funcionar

funcionamento do sistema, o que

indivíduos, o que implica a existência

bem, exige algum tipo de mecanismo

deixava implícita a falta de confiança

de um clima de confiança em todos os

regulador, mas de questionar sua fonte

em relação às pessoas.

níveis da empresa.

e os meios pelos quais é aplicado.

Afinal,

vigilância

Hoje,

a

sobre

economia

o

sem

autorresponsabilidade

O que a comparação entre

Não se trata de eliminar

estamos

conscientes

dos

fronteiras, a corrida tecnológica,

o modelo com foco na estrutura e o

custos que o controle representa para

a inclusão do conhecimento como

modelo com foco nas pessoas sugere

a organização e de como poderiam

recurso organizacional e as pressões

é que quanto maior o controle,

ser reduzidos com um certo nível de

por

menor a confiança e vice-versa.

confiança?

Em termos organizacionais, essa

nas

relação tem grande importância,

deixar claro que, ao falar em

empresas. Um número crescente vem-

pois dá ao fenômeno da confiança

confiança, não nos referimos à

se desenvolvendo, nos últimos anos,

uma dimensão econômica. Significa

aceitação incondicional das decisões

modelos de gestão com foco não

que quando obtemos um alto grau

superiores por parte dos funcionários,

mais nas estruturas, mas nas pessoas

de confiança na empresa, podemos

que é o que vemos em algumas

– como Gestão por Competências,

diminuir os mecanismos de controle

empresas. Confiança, tal como a

Direção por Valores e Gestão da

e, conseqüentemente, os custos para

entendemos, é um sentimento gerado

Diversidade.

mantê-los.

quando a verdade é dita e promessas

e

ganho

de

eficiência

profundas

competitividade

estão

provocando

transformações

O

objetivo

desses

Neste ponto é importante

Revista Exper - 13


são cumpridas. É bem verdade que, quando se aceita uma promessa, devese assumir que ela pode ou não se concretizar; logo, a confiança implica um certo risco e traz consigo alguma incerteza, pressupondo uma entrega voluntária e consciente do grau de vulnerabilidade que se está disposto a assumir. Não é algo, portanto, que surge de forma natural e espontânea, mas nasce do desejo de conhecer e compreender o outro para saber se é digno de confiança. Tampouco é algo que se possa pedir nem exigir, mas que se inspira.

Sabemos que a realidade do

GESTÃO POR CONFIANÇA

mundo atual parece conspirar contra

a confiança. O ambiente altamente

da organização? Como criá-la nas relações interpessoais? Como geri-la? Como

competitivo e dinâmico em que atuam

evitar que ela se perca? Como transmiti-la dentro e fora da organização? Essas são

as empresas gera incerteza e aumenta

questões que inquietam os gestores, e, para equacioná-las estamos trabalhando em

a percepção dos riscos dos negócios.

um modelo que chamamos de Direção por Confiança (DPC).

Muitos se perguntam até que ponto é

possível confiar em um mundo no qual

variáveis independentes, um individual e outro organizacional. No plano individual,

predomina a desconfiança. Mas apesar

o conjunto das qualidades competência, clareza, compromisso, cumprimento (das

desse panorama um tanto desolador,

promessas), consistência e coerência cria uma propensão a confiar, que leva à

estamos convencidos de que hoje,

credibilidade. Na medida em que as ações do indivíduo produzem resultados que

mais do que nunca, a confiança é

atendam às expectativas, estabelece-se a confiança. Já no plano organizacional, cria-

necessária para o desenvolvimento

se uma propensão a confiar a partir da atuação dos agentes individuais e os fatores

das organizações. Como fenômeno

organizacionais, que são cultura, estratégia, políticas e processos. Na dinâmica da

emocional, ela predispõe as pessoas

DPC, é importante considerar a natureza sutil da confiança interpessoal, que leva

a se integrarem umas às outras e se

um tempo considerável para se consolidar e, uma vez quebrada, dificilmente pode

abrirem para trocas, sem medo de

ser recuperada. Também não basta construi-la: é preciso mantê-la, pois é avaliada e

perder a propriedade de experiências,

medida a todo momento.

conhecimentos

e

competências.

Mas como conseguir um bom nível de confiança nos diferentes estratos

Como se pode observar na representação gráfica, ele inclui dois grupos de

Ainda que possa parecer desafiadora ou trabalhosa, a idéia de criar laços

Fomenta a transferência do saber e abre

de confiança entre as pessoas se mostra como uma aposta que vale a pena ser feita.

espaços de luz e inter-relacionamento

Compromisso e confiança se constituem, hoje, como elementos fundamentais das

no sistema, colaborando com o fluir

organizações dinâmicas e fluídas que mantém uma harmonia interna e obtém uma

da organização.

sustentabilidade rentável.

14 - Revista Exper


Confiança e trabalho em equipe

O

trabalho

em

equipe

é

nos outros, há maior disposição em

critérios muito pessoais e subjetivos,

reconhecido

como

um

cooperar, compartilhar conhecimentos

desenvolvidos ao longo da vida,

poderoso

instrumento

e comprometer-se com os resultados

que as levam a decidir confiar ou

para o ganho de performance das

almejados. Não é à toa que as

não. Some-se a isso o fato de que o

organizações.

disso,

mais avançadas teorias de gestão

ambiente empresarial é competitivo,

ultimamente, muito se tem falado

consideram a confiança um elemento-

refletindo a realidade do mercado de

sobre

equipes

chave capaz de proporcionar a

trabalho e do próprio mundo em que

produtivas. como tornar mais fluída a

integração, a fluidez e a flexibilidade

vivemos, e constatamos o quanto a

comunicação entre as pessoas, como

de que as empresas precisam para

questão é complexa.

favorecer a integração no ambiente de

sobreviver no mundo globalizado.

trabalho e etc. Pouco se fala, porém,

Se não parece difícil assimilar

de fomentar a confiança entre os

de um aspecto fundamental para a

a ideia de que confiança é fundamental

membros de uma equipe provoca

eficiência das equipes: a confiança.

para o trabalho em equipe, o mesmo já

a inevitável pergunta: como fazer

Bennis,

não se pode dizer sobre pôr essa ideia

para que as pessoas confiem mais

“A integridade é a base da confiança,

em prática. Confiar implica colocar-

umas nas outras? É certo que a

a qual não é tanto um ingrediente da

se em situação de vulnerabilidade

disposição em confiar varia de uma

liderança quanto um produto dela. É

perante aquele em quem se confia,

para outra, mas poderíamos dizer

a única qualidade que não pode ser

acreditando em suas boas intenções

que todas são propensas a isso desde

adquirida, mas deve ser conquistada.

e que ele fará a coisa certa. Por uma

que reconheçam no outro certos

É concebida por colaboradores e

questão de economia emocional e

comportamentos que o qualificam

adeptos, e sem ela o líder não existe”.

autopreservação, as pessoas não saem

como um indivíduo confiável. Trata-

os

confiando abertamente em todos que

se, portanto, de valorizar e estimular

membros de uma equipe confiam uns

cruzam seu caminho; longe disso, têm

a adoção desses comportamentos, que

Por

como

conta

formar

Segundo

Realmente,

Warren

quando

Por todas as razões, a ideia

são: COMPETÊNCIA talentos

Um conjunto de habilidades, e

características

que

permitem à pessoa ter influência em determinado campo de atuação. TRANSPARÊNCIA

A atitude de dizer a verdade

e colocar sinceramente as expectativas que se têm em relação ao outro. Em relacionamentos pautados pela

Revista Exper - 15


Matéria de Capa transparência,

as

>>>>>>

intenções

são

claras, não se oculta as informações

mostra o quanto é dificil para as

pessoas e dificultam o surgimento

pessoas serem coerentes.

de comportamentos baseados em

e a comunicação flui bem nos dois sentidos,

transmitindo

confiança. CUMPLICIDADE

mensagens

concretas.

A

confiança

predispõe

Trata-se de criar algo em

as pessoas a abrir-se para ouvir e

comum com o outro, uma relação

compreender o outro, o que lhes

de parceria e lealdade na qual os

permite criar canais de comunicação,

Trata-se de realizar o que se

objetivos e motivos estão implícitos.

avaliar

prometeu ou comprometeu a fazer.

A cumplicidade gera o sentimento de

assumir uma postura que favorece

Quando a pessoa em quem se deposita

que todos estão no mesmo barco.

relacionamentos baseados no ganha-

CUMPRIMENTO DE METAS

suas

capacidades

e

confiança sabe qual é a expectativa do

Acreditamos que uma das

ganha. É por meio dessas atitudes que

outro a seu respeito, ambos podem

chaves para fomentar a confiança nas

se consolida a cooperação, sustentada

manter um diálogo a partir do qual o

equipes de trabalho está em visualizá-

na crença de que ninguém atinge um

cumprimento da meta é facilitado.

la, antes de mais nada, como um fator

objetivo sozinho – e, sim, que todos

de caráter intrapessoal que repercute

os membros da equipe o atingem

CONSISTÊNCIA

nos relacionamentos interpessoais.

juntos. Constituem-se assim equipes

É a característica da pessoa

Há que se considerar também o fator

caracterizadas pela coesão e pela

atitudes

alinhadas

cultura organizacional, que pode ou

fluidez dos processos internos, o que

condutas

não favorecer o desenvolvimento

sem dúvida tem um impacto sobre seus

passadas. Consistência opõe-se a

da confiança entre os membros de

resultados – não só os relacionados

imprevisibilidade, que é um sério

uma empresa. Culturas que utilizam

ao trabalho, como produtividade

empecilho à confiança.

mecanismos de controle externo

e rendimento, mas também os de

para manter padrões de conduta

caráter psicossocial, como motivação,

são uma ameaça à autonomia das

bem-estar e satisfação.

cujas com

um

estão

histórico

de

No aspecto profissional, uma pessoa comprometida atua com auto responsabilidade, seriedade e emprenho em atingir os resultados esperados. No aspecto pessoal, demonstra interesse e preocupação pelos outros, inspirandoos a confiar nela. COERÊNCIA Coerente é a pessoa que faz aquilo que prega, que considera bom para os outros o que considera bom para si mesma. Trata-se do fator mais crítico para a confiança, já que a prática

16 - Revista Exper

Fotos Divulgação

COMPROMETIMENTO


Confiança: O diferencial do líder

E

m décadas de estudo e

a resistência dos colaboradores e

observação

a desconfiança de fornecedores e

do

cenário

empresarial, Leila Navarro

clientes.

e José Maria Gasalla coletaram

farto

companhias

suspense marcam a narrativa, uma

familiares, importantes referências

grande parábola moderna que diverte

no cenário produtivo de países como

e ensina, sem recorrer aos clichês e

Brasil e Espanha. Esse conhecimento

lugares-comuns que marcam as obras

extensivo rendeu um romance que

do gênero. Os capítulos ficcionais

trata do complexo e fascinante

são, portanto, objeto de uma leitura

processo de sucessão numa corporação

crítica de Leila Navarro e de José

latina, atuante em vários segmentos.

Maria Gasalla. Cada trecho, aliás,

Fundada por um imigrante inventivo

focaliza uma das dimensões da teoria

e perseverante, a Órion é uma holding

da Gestão por Confiança (GpC),

poderosa, com unidades industriais

desenvolvida pelo professor espanhol.

que fabricam desde brinquedos até

cabos elétricos.

analíticos contemplam os seguintes

Doutor em Ciências Econômicas

Em 2.008, logo após a

elementos da teoria: autoconfiança,

e Empresariais pela Universidade

quebra do Banco Lehman Brothers, o

consciência, clareza, cumprimento,

Autônoma

herdeiro-gestor do império dos Martín

coerência, consistência, coragem e

certificado em estudos avançados

Vasquez assiste à debandada de

comprometimento.

no doutorado de Psicologia Social

alguns clientes estratégicos, encontra

na

da Universidade Complutense de

dificuldades na captação de créditos

sequência de cada capítulo, resumem

Madrid, Diretor do Programa Direção

e, em resposta, planeja implementar

as principais ideias expostas e,

Estratégica de Pessoas e Negócios,

uma política de corte de despesas na

didaticamente, sugerem a adoção

do ESADE - (Escola de Negócios) -

corporação.

de

na

Madrid, Perito na Agência Nacional

Em meio à tormenta, o

constituição de empresas dinâmicas,

de Avaliação Científica e Acadêmica

experiente CEO sofre um grave

competitivas, lucrativas, sustentáveis

(ANECA), Professor na Universidade

acidente

e socialmente responsáveis.

Autônoma de Madrid e Avaliador

Dessa forma, seu filho é obrigado a

A obra diverte, seduz, mas

do Processo de Certificação de

assumir a liderança da empresa. Mais

não deixa de lado a densa construção

Coachs Profissionais e Executivos da

interessado em alpinismo do que em

teórica necessária à formação de

Associação Espanhola de Coaching

administração, o jovem experimenta

profissionais competentes, inovadores

(AECOP). Para saber mais sobre o

um doloroso rito de passagem,

e aptos a colaborar na construção da

livro acesse www.gasalla.com.br ou

enfrentando a pressão da família,

nova ordem no universo corporativo.

www.gasalla.com

material

e

sobre

submerge

no

coma.

Mistério,

aventura

e

Os módulos narrativos e

Quadros

condutas

explicativos,

transformadoras

José

Maria

de

Gasalla

Madrid

é

(UAM),

Revista Exper - 17


Seguro

>>>>>>

Mercado segurador investe em benefícios corporativos Anderson Alves Gerente da Sucursal Mogi das Cruzes da Porto Seguro

A

lém de produtos voltados para as diversas neces-

meio das empresas, o que evita a busca de crédito junto a

sidades de clientes Pessoa Física, o mercado se-

fontes pouco seguras.

gurador investe em soluções variadas para o meio

Para garantir as conquistas obtidas durante os anos

corporativo, sobretudo benefícios. Afinal, muitas empresas

de trabalho ou projetos futuros, os planos de previdência pri-

já percebem que cuidar de seus profissionais é fator de suma

vada são um meio concreto para ajudar o profissional a se

importância para que continuem motivados e se mantenham

planejar. Por meio desses e de outros benefícios, as empresas

no mais alto nível de desempenho e produtividade.

transmitem confiabilidade e melhoram sua imagem perante

Assim, as corporações que oferecem, junto com rança a seus colaboradores, têm mais condições de crescer e ampliar negócios. As áreas de Recursos Humanos podem garantir essas vantagens por meio de parcerias com seguradoras, que contam com ampla gama de seguros, previdência, linhas de crédito para empresas e funcionários, enfim, alternativas que atendem às necessidades do dia a dia e futuras. No portfólio dos produtos voltados à Saúde, por exemplo, há opções de seguros com ampla variedade de coberturas (ambulatorial, hospitalar, obstetrícia) e programas que visam o bem-estar, com atividades para gestantes, reeducação alimentar, tratamento de obesidade e diabetes, entre outras assistências. Para as necessidades “do bolso”, existem produtos que viabilizam empréstimos para funcionários por

18 - Revista Exper

Foto Divulgação

uma boa remuneração, benefícios que proporcionem segu-

os colaboradores, que também se sentem mais valorizados.


Revista Exper - 19


Liderança

>>>>>>

Keep Walking Nicolai Cursino Consultor, treinador, palestran-

“Às vezes quando você dá um passo para a frente, tem a impressão de que está recuando”

te e sócio-diretor da Ilumi-

Lao Tse, Tao , 2000 a.c

natta Brasil Desenvolvimento Humano.

E

m quais momentos de sua vida, você duvidou de si

Há momentos onde você tem vontade de desistir, de se entre-

mesmo?

gar. Continue andando do mesmo jeito.

Eu já duvidei de mim tantas vezes, que nem consigo

O plano que você traçou para si mesmo nesta vida

me lembrar exatamente quando isso aconteceu de maneira

é muito maior do que você pode se lembrar. Sim, você co-

mais forte. Escuridão em minha vida, sempre teve a ver com

locou desafios. Sim, você tem uma grande chance de repetir

cobrança. Com uma cobrança exagerada de si mesmo. Até

as mesmas coisas do passado, e não chegar a lugar nenhum.

hoje, todos os momentos em que mergulho na névoa, como

Sim, sempre haverá escuridão. Sim, sempre haverá momen-

que caminhando no frio e nas brumas sem ver onde, nem

tos de dúvida.

com quem, nem porque, todos eles têm a ver com a exigência

Jesus Cristo teve por diversas vezes, e foi preciso

de conseguir algo, a exigência em “ser perfeito’’, a exigência

o silêncio do deserto e a ajuda de seu pai para se recupe-

em ser algo que não sou eu.

rar. Buda titubeou antes de abandonar o palácio de riqueza

Muitos de meus alunos, de meus clientes de coa-

de seus pais. Quantas vezes Chico Xavier pensou em falar

ching, acham muito curiosa e até intrigante a ideia de saber

menos, para viver uma vida mais tranquila? Beethoven de-

que eu também tenho meus momentos de escuridão. Mo-

pois ter ficado surdo, desacreditado e falho, se entregou por

mentos de descrença. Momentos de desânimo e falta de for-

muitas vezes à melancolia e à amargura, antes de ao final

ça. Sim, eu também tenho. Todos nós temos. A sabedoria está

da vida compor, mesmo com silêncio nos ouvidos, sua mais

em aceitar e conviver com isso.

maravilhosa sinfonia.

Há momentos onde as coisas não andam em sua

Tenho certeza de que você já esteve em algum mo-

vida. Continue andando do mesmo jeito. Há momentos onde

mento à beira de se entregar. No seu trabalho, na sua profis-

você está perdido, sem ter a menor ideia de para onde ir.

são. Em um relacionamento ou mesmo na conquista de um

Continue andando do mesmo jeito. Há momentos onde você

sonho. Sim, eu tenho certeza. Continue andando do mesmo

se sente sozinho e distante de tudo e de todos. Continue an-

jeito. Quando você continua andando, uma hora a ajuda apa-

dando do mesmo jeito. Há momentos onde você tem vontade

rece. E o lugar onde você está indo é muito mais lindo do que

de se jogar ao chão e chorar, e ficar ali por muito tempo, sem

o que você pode imaginar. Mas você nunca vai saber, a não

se mexer um centímetro. Continue andando do mesmo jeito.

ser que chegue lá. Continue andando, sempre. Keep walking.

20 - Revista Exper


Revista Exper - 21


Motivação

>>>>>>

Confiança: fator decisivo para as organizações Leila Navarro

Conferencista, Especialista

Comportamental. Autora de 13 livros, ganhou por duas vezes o Prêmio de “Palestrante do Ano” (2005 e 2009).

Vivemos em um mundo competitivo, repleto de tensões, no qual tudo muda rapidamente e ninguém sabe o que nos reserva o futuro. Nesse contexto, a maioria das pessoas considera impossível confiar uma nas outras, no amanhã, no mercado, nos projetos ou no governo

Q

uando comecei a tratar de forma mais específi-

A confiança é fator decisivo no desempenho de

ca o tema confiança, muita gente ficou surpresa

profissionais e organizações no mundo globalizado. Falta de

acreditando que esse era um tema sério, complexo

confiança compromete o sucesso de qualquer pessoa ou em-

e polêmico demais para ser discutido por uma profissional

presa. No âmbito pessoal, retrai e isola as pessoas, impedin-

reconhecida como irreverente e expert em automotivação,

do que experimentem e arrisquem, restringe sua expansão.

felicidade e sucesso.

Segundo o cientista político, Francis Fukuyama, “confiança

A grande dificuldade para algumas pessoas é entender que o alicerce para os temas que eu desenvolvo é jus-

é um componente do capital social que chega a ser mais importante que o capital financeiro da empresa”.

tamente a confiança. Afinal, quais são os atributos que nos

No mundo corporativo vem se tornando uma ne-

remete a uma pessoa automotivada, feliz e bem-sucedida?

cessidade emergente a implantação da Gestão por Confiança

Autoconhecimento, o reconhecimento de seus próprios ta-

(GpC). Criado pelo professor José María Gasalla esse mode-

lentos e a utilização deles para realizar seus sonhos e cumprir

lo de gestão visa à criação de relações de confiança entre as

o seu propósito de vida, são apenas alguns deles, certo? Isso

pessoas nas empresas, com benefícios para a produtividade,

seria possível se ela não confiasse em si mesma.

a inovação, a competitividade e a sustentabilidade da organi-

Surge, então, um panorama contraditório. Enquanto

zação.

a desconfiança nos aconselha a ficar nos limites do conheci-

Ele é sustentado pelas atitudes, competência, trans-

do, a evitar riscos e a nos fechar para os outros, o mundo de

parência, compromisso, cumprimento, consistência, coerên-

hoje – especialmente no que diz respeito à carreira profis-

cia e cumplicidade, que surgem em resposta aos desafios do

sional – requer abertura para o desconhecido, coragem para

mundo moderno. Ante esse cenário, confiar é o oposto daqui-

arriscar e integração com as pessoas. O perfil de profissional

lo que o senso comum nos aconselha a fazer – é nadar con-

que as empresas desejam contratar inclui iniciativa, flexibi-

tra a corrente. E, por incrível pareça, é justamente nadando

lidade, bom relacionamento e capacidade empreendedora.

contra a corrente que chegamos mais rápido e com menos

Essas características são de pessoas confiantes ou descon-

esforço aos nossos objetivos.

fiadas? Por outro lado, as empresas em geral também não confiam nem inspiram confiança.

22 - Revista Exper

Em um mundo onde reina a desconfiança, quem confia se diferencia!


Empreendedorismo

>>>>>>

O poder de um paradigma Ivan Melo MBA Executivo – Gestão Empresarial Estratégica. Mestre em Semiótica, Tecnologia da Informação e Educação. Autor do Livro: Empreendedorismo para a Sala de Aula

S

egundo o Dicionário de Língua Portuguesa Houaiss,

Por exemplo, em 1981 a forma de construir com-

o termo paradigma significa modelo, padrão.

putadores foi modificada para sempre pela decisão tomada

A nossa vida diária é ditada por muitos paradigmas

pela IBM de abrir para todos a arquitetura do seu novo mi-

que começam dentro de nossa própria casa, passando pela

crocomputador, o PC. Esta decisão foi inédita: antes disto,

nossa vida social e chega à profissional. Em um dos seus

a construção de todos os computadores havia sido mantida

artigos Jonh Gardner disse: “A maioria das organizações do-

como sigilo proprietário do fabricante, e havia um número

entes desenvolveu uma cegueira funcional em relação aos

elevado de modelos diferentes. Depois, a arquitetura do PC

próprios defeitos. Elas não sofrem por não resolver seus pro-

foi adotado por outros fabricantes, que passaram a fabricar

blemas, mas porque não enxergam seus problemas.

os clones, concorrendo contra a própria IBM. Não somente

Einstein disse: “Os principais problemas com que nos depa-

esta arquitetura eliminou outras da categoria de microcom-

ramos não podem ser resolvidos no mesmo nível de pensa-

putadores, como passou a substituir as categorias anteriores

mento que tínhamos quando os criamos. O que essas afirma-

de minicomputadores e mainframes, durante os vinte anos

ções ressaltam?

subseqüentes. Em suma, a arquitetura PC se tornou um pa-

Uma das coisas mais profundas que se pode concluir é que se deseja fazer pequenas mudanças, trabalhe nas

drão para a indústria de computadores. Esta iniciativa da IBM foi uma mudança de paradigma

práticas, nos comportamentos e atitudes. Se deseja fazer

Por vezes, nossos paradigmas ou percepções estão

aprimoramentos significativos, quânticos, trabalhe nos para-

distorcidos e precisam ser mudados. Por isso, não se deve

digmas. Um significado simplista para o termo paradigma

julgar as coisas, os métodos, e até mesmo, as pessoas sem

é o que foi dado acima pelo Dicionário Houaiss, entretanto,

antes conhecer a história completa.

o conceito do termo paradigma é muito mais profundo se

Por fim, construir diferenciais hoje significa que-

analisarmos a sua origem. A palavra paradigma deriva da pa-

brar barreiras, destruir zona de conforto, expor novas ideias,

lavra grega paradeigma, originalmente um termo científico,

criar novas diretrizes dentro da organização, inovar. Signi-

hoje usado na linguagem comum para significar uma percep-

fica deixar as velhas táticas e técnicas e construir uma nova

ção, uma premissa, uma teoria, um marco de referência ou

forma de agir e se comportar, ou seja, é reformular, sempre,

uma lente através da qual vemos o mundo.

os velhos paradigmas.

Revista Exper - 23


Direito

>>>>>>

Conta conjunta e cheque sem fundo Dr.

Epaminondas

Nogueira

Mogi das Cruzes - Av. Narciso Yague Guimarães, 664, Centro Cívico – Tel: (11) 4799-1510 São Paulo – Barra Funda Rua do Bosque, 1589 – Ed. Capitolium, Bl. II, Conj. 1207 - Tel: (11) 3392-3229

A

s vantagens do contrato de abertura de conta cor-

Seu nome não poderá ser levado SERASA e nem

rente conjunta são consideráveis, especialmente,

ao SPC, sob pena de se praticar contra este titular ato ilícito

quando os titulares são pessoas idosas ou quando

civil a ensejar a reparação dos danos emergentes, que maté-

um dos titulares costuma viajar ou se ausentar com frequ-

rias, quer morais. Nesse sentido o STJ julgando o Recurso

ência. Nem sempre os titulares zelam pelos bons frutos de

Especial 981.081 do Rio Grande do Sul na 3ª T, por votação

contrato. Um saca sem avisar o outro e se confundem mais

unânime decidiu:

do que no manejo de contas individuais.

“Celebrado Contrato de Abertura de Conta-Cor-

Avançam até mesmo no limite do cheque especial

rente Conjunta, no qual uma das cotitulares da conta emitiu

e do crédito em geral, emitem autorizações de débitos em

cheque sem provisão de fundos, é indevida a inscrição do

conta sem mais cuidados de modo que em algum momento

nome daquele que não emitiu o cheque em cadastro de pro-

começam a cair na conta conjunta cheques sem a devida,

teção ao crédito. Nos termos do art.51 da lei nº 7.357./1985,

necessária e indispensável provisão de fundos.

“todos os obrigados respondem solidariamente para com o

O contrato de conta corrente conjunta, obviamen-

portador do cheque”

te, terá que ser rescindindo pelo banco e a conta entrará em

Tais obrigados, de acordo com o art. 47, incisos I e

liquidação. Relativamente, ao cheque sem fundo o seu emi-

II, da mesma lei, são os emitentes, endossantes e seus avalis-

tente e os eventuais endossantes e avalistas responderão, so-

tas. Com efeito, a lei nº 7.357/1985 não prevê a responsabili-

lidariamente, pelo pagamento.

dade do cotitular da conta – corrente pelos cheques emitidos

Endossante é quem passa adiante o cheque, que o

pelo outro correntista, sendo incabível a sua extensão, pois,

recebe e põe em circulação, e avalista é quem dá a ele garan-

“a solidariedade não se presume; resulta da lei ou da vontade

tia, como se fora fiador.

das partes’’- art.265do CC/2002. Destarte, a cotitularidade

- E outro titular, o que sucede com ele?

da conta corrente limita-se ao exercício de direitos referen-

- Além do encerramento da conta e da perda da sua

tes aos créditos nelas existentes e às respectivas movimenta-

credibilidade, ou seja, de passar a ter o nome sujo no banco,

ções. A responsabilidade pela emissão de cheques sem provi-

nada mais o atingirá. As penalidades que incidem sobre os

são de fundos é exclusiva daquele que apôs a sua assinatura

emitentes de cheques sem fundo não o alcançarão.

no título.

24 - Revista Exper


Theatro e outras Cousas

>>>>>>

Fé cega, Faca amolada Waleska Firmino Atriz, cenógrafa, diretora de teatro e sócia-fundadora da Cia Radiophônica de Theatro, é pós-graduada em Marketing pela ESPM. Estudou Cenografia na Escola de Comunicações e Arte da USP

Agora não espero mais aquela madrugada

A

tionamentos formam uma rede tão intrincada que, às vezes, é

Vai ser, vai ser, vai ter de ser, vai ser faca amolada

difícil separar conceitos. O lançar-se exige não só confiança, em

O brilho cego de paixão e fé, faca amolada

si e no outro, mas também fé, uma autoestima bem consolidada,

Deixar a sua luz brilhar e ser muito tranquilo

criatividade, e tantos requisitos que acreditamos serem impor-

Deixar o seu amor crescer e ser muito tranquilo

tantes para alcançarmos o bem último: a felicidade. A confiança

Brilhar, brilhar, acontecer, brilhar faca amolada

tem esse componente de fé, mas há de ser uma fé consciente.

Irmão, irmã, irmã, irmão de fé faca amolada

Não podemos cair na confiança infantil, cândida, ingênua.

gora não pergunto mais pra onde vai a estrada

As angústias humanas, nossas dúvidas, nossos ques-

Plantar o trigo e refazer o pão de cada dia

O contraponto poético da belíssima canção de Mil-

Beber o vinho e renascer na luz de todo dia

ton Nascimento e Ronaldo Bastos também tem essa leitura

A fé, a fé, paixão e fé, a fé, faca amolada

subjetiva. O sacrifício pela faca amolada, o rasgar-se com fé

O chão, o chão, o sal da terra, o chão, faca amolada

pode trazer à luz o que se escondia nas entranhas. Confiar

Deixar a sua luz brilhar no pão de todo dia

com paixão e fé, mas com humildade, sem cair na armadilha

Deixar o seu amor crescer na luz de cada dia

de se acreditar o sal da terra.

Vai ser, vai ser, vai ter de ser, vai ser muito tranqüilo.

Cabe aqui, mais uma vez, a defesa da arte como fer-

Quando jovem, no Rio de Janeiro, lá pelos idos de

ramenta para trabalhar o que temos de mais forte e mais frágil.

‘70, eu praticava um “esporte natureba”, que hoje é considera-

Receber, ou lançar a si próprio um desafio criativo, traz no fi-

do “radical”: escalava montanhas. Eu, que tinha e tenho pavor

nal a deliciosa sensação de confiança quando percebemos: “eu

de altura! Presa a uma corda, todo o meu peso ficava confiado

não acreditava que conseguiria, e que o resultado seria tão bom!

ao equipamento, mosquetões de alumínio e aos braços do par-

Fazer arte é revelar as entranhas; é aceitar o desafio de se fazer

ceiro de escalada. Confiar era imprescindível, e olhar a cidade

conhecer, a si e aos outros. Nas artes coletivas, como no teatro e

do alto era o prêmio pela superação. Também há muitos anos,

na dança, a confiança no parceiro é tão importante quanto a au-

subir no palco e enfrentar a plateia exigiu uma dose de auto-

toconfiança. Sempre é tempo. Agora não pergunto mais pra onde

confiança inimaginável para alguém que sempre foi a adoles-

vai a estrada porque, seja qual for o caminho, tenho confiança em

cente mais tímida da escola. Superação e recompensa.

minha capacidade de andar.

Revista Exper - 25


Legislação

>>>>>>

Finalmente a Lei de Arbitragem tem atenção do Judiciário Luis Eduardo Advogado desde 1980, atuando nas áreas empresarial e tributária, presidiu a OAB SUZANO de 1998 a 2000, é Diretor Jurídico e Diretor Executivo da Câmara de Mediação e Arbitragem da ACE de Suzano

A Lei de Arbitragem no Brasil já tem cerca de 14

Importante ressaltar que a lei faculta a criação das

anos de existência e é pouco utilizada, por desconhecimento

Câmaras de Mediação e Arbitragem, que são entidades pri-

e principalmente pela cultura do nosso povo cultuar o litígio.

vadas, mas que, se bem administradas, têm o respaldo legal

A intenção da lei é introduzir os meios extrajudiciais de so-

para que suas decisões impliquem em respeito incondicional

lução de conflitos, de forma que, com rapidez, segurança, e

ao que ficou decidido, pois quem delas se valer, elege quem

sigilo, as partes busquem solucionar as divergências através

decide, e depois não tem direito de reclamar da decisão, o

da prática do consenso,

que não ocorre no Judiciário, pois por este meio, a decisão é

Somos fruto da colonização ibérica, onde sempre

imposta. Não se escolhe quem decide.

se incentivou o litígio para resolver os conflitos, e mais que

O exemplo fácil de se gravar da eficiência dos

isso, confiar na autoridade pública constituída para resolvê-

meios extrajudiciais de solução de conflitos é que se tem

lo.

visto no programa Fantástico, da Rede Globo, no quadro O O Judiciário brasileiro está abarrotado. Nossa justi-

CONCILIADOR, onde o que se visa é, através e um conci-

ça infelizmente trata cada um de nós como simples estatísti-

liador, levar as partes, através de uma metodologia ordenada,

ca.

a chegarem por si só a solução de seus conflitos e de suas A adoção da prática, da negociação, conciliação,

divergências.

mediação e arbitragem como meios de solução de conflitos

Somente com o tempo, e principalmente com o

ganha incentivo ímpar com a resolução recente do Conselho

apoio da sociedade organizada é que se chegará a conclusão

Nacional de Justiça, que impõe ao Judiciário Nacional, a ne-

de que perdeu-se muito tempo em não se aderir à prática da

cessidade de adoção de práticas de conciliação, até porque é

arbitragem, que sem dúvida, a médio prazo, será a solução

a forma de todos poderem ser ouvidos e de resolverem seus

para a solução de conflitos em nosso país, a exemplo do que

problemas com rapidez.

já ocorre em outras nações do mundo.

26 - Revista Exper


Revista Exper - 27


28 - Revista Exper

Revista Exper  

Edição Número 05

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you