Page 6

Arte e Cultura

Página 6 >>>>>>

Fotos: Divulgação

Seccomandi transmite alegria por meio de suas obras

P

Derli Melo, que elogiaram seu trabalho e

Já expôs suas obras em São Pau-

o aconselharam no aperfeiçoamento das

lo e Litoral Paulista e têm seus trabalhos

técnicas. “No começo foi muito difícil,

ilustrando o programa do apresentador

deixei obras nas lojas em consignação, e

Otávio Mesquita e com as atrizes Luana

aos poucos, as portas foram se abrindo,

Piovani e Monique Evans, entre outros,

pois responsáveis pela produção do SBT

é um dos principais artistas plásticos da

e da Bandeirantes, desejam levar seu tra-

cidade de Mogi das Cruzes.

balho para compor cenários”, comenta

Seccomandi. Antes de retratar os temas

colas e hospitais do Município e arredores

do cotidiano, o artista tem o costume de

de Mogi, para estampar seus trabalhos em

rascunhar em folhas de caderno. “No dia

muros e ambientes fechados, busca com

Muito procurado também por es-

aulo Seccomandi é um artista

Por seu pai acreditar que dese-

a dia eu vou criando, olho para a superfí-

seu estilo figurativo, enaltecer ainda mais

plástico mogiano que há 17 anos

nhar não era uma profissão, decidiu cur-

cie e tento enxergar o que cabe ali”, fala.

os espaços por onde passa e fazer com que

colore as ruas, hospitais, escolas,

sar zootecnia em Jabuticabal. Secomandi

As obras do artista podem ser encontradas

as pessoas que passem ou vivem naqueles

clubes, residências e locais públicos da

decidido a investir na arte, foi estudar

em diversos pontos da cidade, como es-

ambientes, possam se identificar com seu

cidade com suas pinturas características.

na escola do Victor Wuo, pois sabia de-

tabelecimentos comerciais, restaurantes e

trabalho.

Artista plástico consagrado, sua inspira-

senhar mas não conhecia as técnicas.

no Parque Botyra, no Centro Cívico.

ção para desenhar veio com sua mãe aos 5

Trabalhou em uma rádio e no Diário de

“Depois que comecei a pintar

animais, flores, pessoas, manequins, ca-

anos de idade, “era uma forma de manter

Mogi como ilustrador. Em meados do ano

painéis pelas ruas meu trabalho ficou bem

deiras personalizadas e outros, o que mais

as crianças quietas e sobre controle, e eu

2000, começou a pintar porque até então

mais exposto. É diferente de uma mostra,

se sobressai, são suas ideias e o modo de

fui o que mais se identificou com dese-

só desenhava. e apresentou seus trabalhos

mas tem visibilidade”, argumenta Secco-

vê-las e aplicá-las. Todos os trabalhos do

nhos”, relembra o artista.

ao Nerival Rodrigues, Maurício Chaer e

mandi.

estúdio estão à venda.

Em seu estúdio, com quadros de

Paulo Ramos dotado de Persistência e Disciplina

P

aulo gostava de desenhar, copiava

frente a praça e começaram a ministrar

suas xilogravuras, litografias e meios-tons

que o artista construiu em vida, e natural-

as revistas em quadrinhos dos ir-

aulas de pintura. Começou a fazer aula

(mezzotints), que tendem a representar

mente seu trabalho começou a criar uma

mãos e a televisão teve uma gran-

de pintura, teve acesso a história da arte,

construções impossíveis, preenchimento

identidade que faz parte de seus trabalhos.

de referência na juventude do artista. Por

e nessa época frequentava barzinhos da

regular do plano, explorações do infinito

“Nunca me desfiz de meus rascunhos,

perder seus pais precocemente, foi morar

moda e uma amiga disse que acabara de

e as metamorfoses - padrões geométricos

sempre que algo não fluia eu guardada

com uma tia, e sua rotina era da escola

abrir uma escola de arte na cidade. Não

entrecruzados que se transformam gradu-

para depois terminar, hoje tenho muitos

para casa, desta forma os desenhos ani-

hesitou e foi conhecer a escola do gran-

almente para formas completamente di-

esboços que estão sendo reproduzidos nas

mados, filmes e seriados estavam sempre

de artista Victor Wuo, e logo começou a

ferentes. Ele também era conhecido pela

telas”, salienta o artista. Para complemen-

presentes no seu dia a dia.

fazer seus primeiros esboços, depois de

execução de transformações geométricas

tar seu orçamento decidiu prestar concur-

A primeira peça de teatro que

dois anos já auxiliava Victor Wuo nos

(isometrias) nas suas obras. Pesquisou a

so para ministrar aula, E hoje divide seu

assistiu foi da sua professora, Clarice Jor-

seus projetos particulares de retratos,

fundo o estilo de Escher, analisou obra

precioso tempo hora na educação hora na

ge, espetáculo utilizado para reinaugurar

publicidade, projetos arquitetônicos e de

por obra, esboços, linhas geométricas

arte.

o Teatro Vasquez. Durante estes festivais

perspectivas.

de teatro, ganhou premiações, foi eleito

segundo melhor ator de Mogi das Cruzes,

no litoral e retornou para Mogi das Cru-

mesma época que conheceu Nerival Ro-

zes. Foi procurar seu professor e amigo

drigues através de um amigo em comum

Victor Wuo, onde começou a trabalhar

chamado Cláudio Assis. Morador da Rua

em uma dezena de projetos, decidiu estu-

Navajas, sempre frequentou a praça do

dar arte, e na Universidade teve acesso ao

Shangai, onde conheceu Senhor Paulo e

material de Maurits Cornelis Escher, um

Dona Norma, que alugaram uma casa em

artista gráfico holandês conhecido pelas

Trabalhou na área de hotelaria

Jornal Exper News  

Edição Número 08

Jornal Exper News  

Edição Número 08

Advertisement