Page 1


Editorial

Página 2 >>>>>>

Feliz metade do ano

O primeiro semestre se foi. E

comemorativa desta instituição de ensi-

agora é necessário enfrentar a outra meta-

no, que se dedica de maneira brilhante, a

de. Enfrentar todos os riscos, encarar com

educar e capacitar alunos para o mercado

coragem os grandes desafios. Descobrir,

de trabalho. E já que o assunto é Senai de

aprender, conhecer. Enfim, desejo a vo-

Mogi das Cruzes, o entrevistado desta edi-

cês que o resto de 2015, tenha resultados

ção é Itamar Rodrigues, que atuou como

extraordinários. Que você possa estar na

Docente de Práticas Profissionais, Coor-

metade do caminho para realizar seus lin-

denador Pedagógico, em 2007 foi promo-

dos sonhos.

vido ao cargo de Diretor atuando nas Esco-

Recebemos uma dezena de elo-

las Senai de Bragança Paulista, Campinas

gios do comércio poaense, pela segunda

e atualmente do Senai “Nami Jafet”.

edição do jornal, com o tema Educação

Corporativa, e pela página da ACIP - As-

afirma que a realidade virtual vai transfor-

sociação Comercial e Industrial de Poá. A

mar o jeito de jogar, entreter e comunicar.

repercussão foi muito positiva. A direção

do jornal e da entidade deixa registrado

sa que oferece soluções para manutenção,

seu agradecimento pelo carinho e recepti-

reparos e operações (MRO).

vidade.

A Oculus, fabricante do Rift,

Apresentamos a Reparol, empre-

Boa leitura.

Em homenagem aos 70 anos do

Adrieli Nunes,

Senai Nami Jafet, trouxemos uma edição

Editora Exper News

Expediente Publisher: Márcio Junior MTB 59904-SP, Editora: Adrieli Nunes, Diagramação: Editora Off, Colunistas: André Lemos Publicidade: 11 2819-4457, Tiragem: 10 mil exemplares, Foto Capa: Arquivo Pessoal, E-mail: exper@expernews.com.br, Distribuição: Gratuita A Exper News é distribuída nas Indústrias, Comércios, Associações Comerciais, Universidades, Escolas e Centros Empresariais do Alto Tietê e Vale do Paraíba. A Exper News não se responsabiliza pelo conteúdo dos anúncios e as opiniões emitidas em artigos assinados são de responsabilidade dos autores.


Informe ACIP

Página 3 >>>>>>

Sucesso hoje e sempre

Foto: Adilson Santos

Fala presidente devemos rever nossa posição e equacio-

Nós da ACIP gostaríamos de

brilhantes conquistas e grandes realiza-

nar nossos custos e ações para esta rea-

deixar registrado o nosso cumprimento

ções. Aproveitamos para informar que a

lidade.

a senhora Gislene Barreto, nova Presi-

Rede Feminina de Combate ao Câncer

Empresários e empresas orga-

dente da Rede Feminina de Combate

de Poá não oferece apoio apenas as mu-

nizados, unidos através de uma entidade

ao Câncer de Poá, e a sua equipe pela

lheres, seu trabalho estende-se as crian-

se tornam mais fortes, mais competiti-

posse. Que esta gestão seja regada de

ças e homens. Parabéns!

vos, ganham representatividade e conFrancisco Quintino, presidente ACIP

Estamos vivendo um momento

seguem resultados melhores. “Unir-se é um bom começo,

Novidade no Código Civil

manter a união é um progresso e traba-

O novo Código de Processo Civil

do devedor de títulos extrajudiciais (como

traz mecanismos para cobrança e recupe-

cheques e certidões de dívida ativa) ou da

ração de valores devidos. Entes públicos,

sentença em cadastro de inadimplentes.

empresas e pessoas físicas podem após

Essa determinação dará aos credores par-

sentença, levar os devedores a protesto ou

ticulares e também aos Estados que não

do cada vez mais seu comprometimento

inscrevê-los em cadastros de inadimplen-

adotam o protesto de certidão da dívida

com a excelência de ensino.

tes. Os credores também terão que seguir

ativa a possibilidade de utilizar um meca-

colas Reward Idiomas, professor de in-

nova lista de bens para penhora, que dará

nismo parecido.

glês há mais de 30 anos, formado em

prioridade aos títulos da dívida pública. A

Hoje, alguns Estados, como São

Letras, com pós-graduação e mestrado

partir de março de 2016, quando entra em

Paulo e Rio de Janeiro, seguem regula-

em TESOL (Teaching English to Spe-

vigor a nova legislação, as decisões judi-

mentação local e adotam o protesto de

akers of Other Languages) pela Univer-

ciais transitadas em julgado (quando não

dívidas tributárias em cartório.

sidade Brigham Young – EUA. Durante

cabe mais recurso) poderão ser levadas a

Outra novidade é a possibilidade

todo seu mestrado, atuou também como

protesto depois de vencido o prazo para

de arbitramento de honorários no caso de

professor de inglês desta renomada Uni-

pagamento. “Essa possibilidade acompa-

não cumprimento de sentença em prazo

versidade.

nha a jurisprudência atual”, disse Paulo

determinado e a nova lista de bens para

Takao Takamura, advogado e consultor

penhora. Já a lista com a ordem de bens

jurídico.

que devem ser penhorados traz uma se-

muito difícil em nossa Economia, onde

lhar em conjunto é a vitória.”

Destaque Empresarial Carlos Eduardo dos Santos, Fundador é presidente da Rede de Es-

Assim, tem intensificado os treinamentos ao corpo docente, a fim de incorporar todo o conhecimento recebi-

Além do protesto, o credor po-

do em favor de seus alunos, solidifican-

derá solicitar ao juiz a inclusão do nome

melhança com a Lei das Execuções Fiscais.


Entrevista

Página 4 >>>>>>

Itamar Rodrigues Atuou como Docente de Práticas Profissionais, Coordenador Pedagógico, em 2007 foi promovido ao cargo de Diretor atuando nas Escolas SENAI de Bragança Paulista, Campinas e atualmente Mogi das Cruzes.

profissional que possam satisfazer as ne-

alizados pelo SENAI-SP na área da edu-

cessidades diagnosticadas através das in-

cação, tornaram-se uma grande marca.

formações fornecidas pelas empresas.

Na área tecnológica, podemos destacar a

O SENAI passa sempre por constante

modernização de todas as Unidades Esco-

modernização, resultante de crescentes

lares, a construção de inúmeras Escolas

investimentos recebidos sejam em máqui-

Móveis e a modernização e acreditação

Exper News - Para que nossos leitores o

Exper News - Quais os recursos que o

nas e equipamentos, como em recursos

de seus laboratórios de prestação de ser-

conheçam melhor, fale um pouco de sua

SENAI utiliza para manter-se atrativa e

humanos para qualificar e atender às de-

viços. Na área de recursos humanos po-

trajetória profissional?

despertar a participação dos colaborado-

mandas da evolução do mercado.

demos destacar o amplo investimento na

Itamar Rodrigues - Comecei minha vida

res das indústrias?

profissional como aluno do SENAI apren-

Itamar Rodrigues - O SENAI está sempre

Exper News - A educação no Brasil vem

os docentes por meio de Programa Pró-

diz pela empresa Estamparia Caravelas

ampliando e diversificando suas formas

passando por uma reestruturação, o que

Educador. Na área educacional podemos

S.A. na ocupação Torneiro Ferramenteiro.

de atendimento às indústrias e à comuni-

o SENAI vem fazendo para aprimorar e

destacar a modernização dos cursos de

Trabalhei lá por 7 anos, atingindo o car-

dade, desenvolvendo, além de seus cursos

inovar na educação?

aprendizagem industrial, a adequação da

go de Torneiro Ferramenteiro Pleno. Em

regulares, outros programas de educação

Itamar Rodrigues - Os investimentos re-

oferta de seus cursos técnicos ao catálogo

1986, iniciei minha carreira no SENAI como Docente de Práticas Profissionais e permaneci como docente por 11 anos. No ano de 1997, fui promovido ao cargo de Coordenador Pedagógico na Escola SENAI de Jacareí e retornei em 2003 para a Escola SENAI de Mogi das Cruzes. Em 2007, fui promovido ao cargo de Diretor de Escola atuando nas Escolas SENAI de Bragança Paulista, Campinas e, desde de 2011, em Mogi das Cruzes. Exper News - Qual a importância do SENAI na vida profissional de um aluno? Itamar Rodrigues - Para os nossos jovens, o SENAI é a principal porta de entrada para o mercado de trabalho, principalmente para aqueles que pretendem construir suas carreiras profissionais nas indústrias do nosso país. No SENAI, o aluno “aprende fazendo”, pois, a todo instante, ele põe em prática um forte conjunto de habilidades e competências para o desenvolvimento de uma tarefa ou para a solução de uma situação problema. Isto tudo, com rigoroso cuidado com as regras de segurança e com interminável apreço pelo trabalho bem feito.

atualização técnica e pedagógica de todos


vez menos manipulação e mais interação

currículo do ensino médio é fechado, com

abstrata e cognitiva. Essas novas compe-

muitas disciplinas obrigatórias e sem ne-

tências seguramente exigirão alternativas

nhuma flexibilidade. Como não há um

técnico pedagógicas por parte das institui-

currículo que defina o que todos devem

ções de ensino.

ensinar a cada ano letivo, os alunos têm dificuldades para absorver o conhecimen-

Exper News - Quais características que

to. O sistema de ensino brasileiro tem sé-

a educação brasileira tem que diferencia

rios problemas estruturais, pois além da

de outros países?

infraestrutura precária, com salas de aula

Itamar Rodrigues - A educação brasi-

antiquadas, curta jornada escolar, altos

leira passou por grandes transformações

índices de evasão, há também déficit de

nas últimas décadas, que tiveram como

professores.

resultado uma ampliação significativa do

mos da educação brasileira?

tação de vários cursos superiores de tec-

Itamar Rodrigues - Sim, não podemos

nologia.

perder de vista que a classe empresarial tem muita força e capacidade de mudar os

Exper News - O SENAI tem uma pro-

rumos do nosso país, inclusive os rumos

gramação e cursos muito elogiados no

da educação brasileira. Os empresários da

aspecto empresarial, o que podemos es-

indústria têm plena consciência de que o

perar para os próximos meses?

“novo trabalhador” precisa ser o gerencia-

Itamar Rodrigues - Atualmente a escola

dor de seu próprio trabalho. A esse novo

oferece o Curso de Aprendizagem Indus-

perfil, se aplicam hierárquicas menos rí-

trial nas qualificações de Mecânico de

gidas e verticalizadas. Isto só é possível,

Usinagem, Ferramenteiro de Corte Dobra

por meio de uma educação profissional

e Repuxo, Eletricista de Manutenção, Au-

estruturada com base em competências e

xiliar Administrativo e Operador de Pro-

fortemente alicerçada por uma “educação

cessos Siderúrgicos. O SENAI de Mogi

geral” de qualidade. Isto é um caminho

oferece ainda mais de 40 cursos de For-

sem volta, e para isso os Estados deverão

mação Inicial e Continuada nas áreas de

urgentemente repensar os currículos do

Gestão, Tecnologia da Informação, Edu-

ensino médio e flexibilizá-los para as de-

cação, Metalmecânica, Logística, Eletro-

mandas regionais e para os planos de car-

eletrônica, Automação, Instrumentação,

reira dos nossos jovens. Só assim teremos

Construção Civil, Transporte, Metalurgia

futuros trabalhadores com capacidade de

e Segurança do Trabalho, além dos cursos

expressar os problemas ocorridos em seus

técnicos em Eletroeletrônica e Fabricação

processos produtivos, liderar equipes, re-

Mecânica.

lacionar-se com a gerência e com outros setores da produção, resolver problemas

Exper News - Os empresários da indús-

técnicos e administrativos etc. Além dis-

tria devem ficar confiantes sobre os ru-

so, os processos produtivos exigem cada

Exper News - Qual o maior desafio para

No entanto, estas transformações não têm

2015?

sido suficientes para colocar o país num

Itamar Rodrigues - Em 2015, o maior

nível educacional necessário para propor-

desafio para o SENAI e para as grandes

cionar a todos os cidadãos a oportunidade

empresas será a adaptação às incerte-

de participar de forma efetiva das novas

zas do momento. Contudo, eis a grande

modalidades de produção e trabalho. Na

oportunidade para reavaliarmos nossos

Europa e nos Estados Unidos as escolas

modelos de gestão e buscarmos cada vez

possuem modelos flexíveis de ensino. Já

mais a otimização de nossos processos

as escolas asiáticas adotam modelos mais

produtivos e administrativos. Tudo isso,

rigorosos, mas não menos eficientes. Nes-

sem perder de vista a missão de atender

sas escolas é muito comum o uso inten-

prioritariamente as demandas da indústria

sivo de tecnologia de ponta e a presença

regional e contribuir para a elevação da

de alunos bem preparados. No Brasil o

sua competitividade. Fotos: Arquivo Pessoal

de cursos técnicos do MEC e a implan-

número de pessoas com acesso às escolas.


Inovação

Página 6 >>>>>>

Saiba que...

A realidade virtual está chegando

O

As tecnologias confirmam par-

ticipação dentro das escolas. A cada dia

s óculos Rift estará disponível

Vale lembrar que, só porque ele

do real. Por exemplo, com o Crystal Cove

surgem ferramentas que agregam benefí-

no começo de 2016. O Rift,

funciona com games, não quer dizer que

é possível mover a cabeça e manter os

cios para unidades de ensino, professores,

óculos de realidade virtual,

todos os games funcionem com ele: é pre-

olhos fixados em um ponto sem que este

alunos e família. Pensando nisso, especia-

feito para gamers, desenvolvedores e

ciso que eles sejam adaptados para haver

perca a definição.

listas em TI desenvolveram o aplicativo

curiosos ao redor do mundo, e que já foi

compatibilidade. Mas, se tratando da em-

Também houve redução da latên-

Diário Sincronizado ON&OFF, que ajuda

utilizado em muitas ações publicitárias,

presa responsável pelo PlayStation, deve

cia de 60 ms para 30 ms, mas o objetivo da

o trabalho de professores e avisa aos pais

começará a ser vendido para o público no

haver uma boa biblioteca logo de cara.

equipe é chegar entre 16ms e 20ms.

o controle de frequência dos filhos.

começo do ano que vem.

As novidades sobre os hardwares

virtual, o Oculus Rift apresentou um pro-

deve chegar tão cedo já que se trata de um

e softwares usados no produto serão di-

tótipo novo na CES. Chamado de Crytal

protótipo. Mas é bom ver que o desenvol-

to se tem falado sobre o potencial da tec-

vulgadas mais para frente, segundo a em-

Cove, ele tem resolução de 1080p, display

vimento está cada vez mais próxima da

nologia para aprimorar a aprendizagem.

presa. A Oculus, fabricante do Rift, afirma

OLED e melhorias na percepção de movi-

versão final.

Com a adição de ferramentas digitais à

que a realidade virtual vai transformar o

mento, tornando tudo ainda mais próximo

Falando em óculos de realidade

O Crystal Cove, no entanto, não Ao longo dos últimos anos, mui-

educação tradicional, GoConqr, platafor-

jeito de jogar, entreter e comunicar. As

ma de educação on-line gratuita, é uma

pré-vendas dos óculos virtual Rift come-

evidência dessa tendência crescente.

çarão ainda este ano e a previsão do início das vendas, efetivamente, é para o primei-

ro trimestre de 2016.

Escola Politécnica da USP comprovou que

Assim como seu modelo ante-

a corrente contínua é a alternativa econo-

rior, o HMZ-T3Q simula uma tela de 750

micamente mais viável para a transmissão

polegadas. Mas tem o diferencial de iden-

de energia elétrica a longas distâncias. Os

tificar os movimentos da cabeça e mostrar

dados mostraram que a corrente contínua

imagens correspondentes a isso, se tornan-

é mais vantajosa do que a corrente alterna-

do mais que um “home theater de cabeça”.

da em distâncias acima de 1.500 km.

Estudo feito por engenheiros da


Exper News

Página 7 >>>>>>

Redes sociais ultrapassam site de SAC

Lâmpada da Philips interage com clientes

Os consumidores consideran mais fácil o contato com a empresa nesses canais

A empresa usa tecnologia integrada e envia informações aos consumidores da rede Fotos: Divulgação

Os clientes do Carrefour na pequena cidade de Lille, norte da França, poderão interagir com lâmpadas de LED da Philips expostas nos corredores da rede de supermercados. A fabricante de lâmpadas holandesa e o Carrefour fecharam uma parceria para testar as chamadas lâmpadas inteligentes. O equipamento poderá transmitir dados para smartphones usando pulsos de luz não visíveis a olho nu, mas registrados pelos celulares.

poderá enviar informações sobre os produtos e promoções. Em comunicado, a Philips ressaltou que seu sistema não lê informa-

Segundo a pesquisa “Hábitos e

e E. O uso de redes sociais como canal

Comportamentos dos Usuários de Redes

de atendimento é maior na classe C, com

Sociais no Brasil”, realizada pela E.life,

47,1% dos consumidores utilizando o ser-

o contato dos clientes via redes sociais al-

viço, à frente das classes B (46,4%) e A

cançou 39,4%, enquanto pelo site atingiu

(45,8%). Depois da facilidade do contato,

31,1%. No entanto, telefone ainda foi o

apontada por 24% dos entrevistados como

canal mais utilizado pelos consumidores

principal razão para procura da empresa

para entrar em contato com os serviços de

nas redes sociais, 20% declararam que a

Há 20 anos no mercado, a Escola

exercer suas funções com respeito aos

atendimento das empresas, com 71,9%.

motivação foi não conseguir resolver por

Técnica Mogiana é referência no ensino. A

valores éticos e sociais e cujo perfil seja

Em segundo lugar, com 51,5%, aparece-

outros meios de serviço de atendimento

escola oferece cursos técnicos, profissio-

criativo, inovador e crítico, com senso de

ram os e-mails.

ao cliente, como telefone, site e e-mail.

nalizantes e de especialização. Em busca

responsabilidade, para o desenvolvimento

Um dos principais usos da lâm-

ções dos smartphones e que as informa-

pada será o promocional. Com o consen-

ções de localização são utilizadas apenas

timento do cliente, que deverá instalar

para oferecer serviços, o cliente pode

um aplicativo em seu mobile, a lâmpada

desativar o serviço a qualquer momento.

A ETM está de casa nova

Os consumidores com idade en-

A pesquisa foi realizada no pe-

sempre do melhor para seus alunos, a ETM

efetivo e eficaz de sua competência na área

tre 20 e 39 anos utilizaram foi o grupo que

ríodo de setembro a dezembro de 2014,

está em novo endereço: na Rua Major Síl-

de sua habilitação.

mais utilizou as páginas das empresas nas

por meio de questionários online, e res-

vio de Miranda, 110, Centro de Mogi das

redes sociais (47,5%), seguido pelos jo-

pondidos por 1.059 usuários, que podiam

Cruzes.

vens de até 19 anos (25,2%). O contato

apontar a ordem de preferência dos canais

por telefone é maior entre as classes D

de atendimento ao consumidor.

Maiores informações no site www.escolatecniamogiana.com.br ou pelo

A ETM forma técnico capaz de

telefone 11.4747-7782.


Matéria Capa

Página 8 >>>>>>

SENAI “Nami Jafet”

70anos qualificando mão de obra para a indústria SENAI

surgiu

em

Foto: Divulgação

A

Escola

Mogi das Cruzes através de um convênio com a Fundação

religiosa “Ana de Moura”.

Essa Fundação tinha como ob-

jetivo oferecer formação profissional às crianças carentes da cidade. Como a Fundação não tinha condições de oferecer os cursos, seus diretores recorreram ao SENAI-SP, e propuseram uma parceria onde a Fundação disponibilizaria o prédio situado na Rua Senador Dantas, nº 326 e o SENAI proporcionaria a formação daquelas crianças. Assim, em 09 de maio de 1945, foram iniciados oficialmente os trabalhos com uma oficina de tornearia, uma de ajustagem. Sua criação foi fruto de um trabalho conjunto, implementado, para qualificar mão de obra para

Escola SENAI NAMI JAFET, na Rua Otto Unger com a Rua Candido Alvarenga, década de 60

a indústria. esportes e outras dependências de apoio e

Construção Civil, Transporte , metalurgia

adicionais com diferentes linguagens de

trículas variava entre sessenta e setenta

manutenção.

e Segurança do Trabalho

programação, Máquinas de Eletro-erosão

alunos e os cursos disponíveis eram Tor-

A Unidade vem ampliando e di-

(a fio e por penetração), Máquina Injetora

neiro Mecânico, Ajustador Mecânico e

atual denominação de Escola SENAI

versificando suas formas de atendimento

para Moldes Plásticos a CNC, Máquina de

Marceneiro, além de um Curso Vocacio-

“Nami Jafet”, em homenagem ao empre-

às indústrias e à comunidade, desenvolven-

Controle Dimensional Programável e Tor-

nal destinado a jovens de 12 a 14 anos

sário proprietário da Mineração Geral do

do, além de seus cursos regulares, outros

nos especiais (Tormax-30) mais apropria-

(até 1953) com o objetivo de auxiliá-los

Brasil Ltda, posteriormente Companhia

programas de educação profissional que

dos para aprendizagem.

na escolha profissional, o qual foi incor-

Siderúrgica de Mogi das Cruzes S/A -

possam satisfazer as necessidades diagnos-

porado mais tarde pelo sistema de ensino

COSIM, que contribuiu para a instalação

ticadas através das informações fornecidas

ção Industrial com equipamentos de últi-

da rede oficial do Estado.

da Escola SENAI, na região.

pelas empresas.

ma geração foi instalado para atender as

Com esse foco, o número de ma-

demandas da região e outros laboratórios,

Nessa época, a média de ma-

A unidade permaneceu nesse

A Escola recebeu em 1964 sua

Atualmente a escola oferece o

Um laboratório de Instrumenta-

local até 1962, quando suas instalações

Curso de Aprendizagem Industrial nas

trículas foi aumentando ano a ano, os horá-

em especial de Hidráulica, Pneumática e

foram transferidas para o novo prédio,

qualificações de Mecânico de Usinagem,

rios tiveram que ser otimizados para aten-

Metrologia, foram modernizados.

construído em terreno próprio cedido

Ferramenteiro de Corte Dobra e Repu-

der toda essa demanda.

pela Prefeitura, localizado na Rua Otto

xo, Eletricista de Manutenção, Auxiliar

Unger nº 390, em uma área de 8.544 m²,

Administrativo e Operador de Processos

constante modernização, resultante de

sendo 4.423m² de área construída.

Siderúrgicos. Oferece ainda 40 cursos de

crescentes investimentos recebidos sejam

Nela foram instaladas as ofi-

Formação Inicial e Continuada nas áre-

em máquinas e equipamentos, como em re-

cinas, salas de aula, além dos setores

as de Gestão, Tecnologia da Informação,

cursos humanos para qualificar e atender às

administrativos, enfermaria, biblioteca,

Educação, Metalmecânica, Logística, Ele-

demandas da evolução do mercado. Foram

atende 30% das empresas da região, com-

pavilhão social, cantina, copa, quadra de

troeletrônica, Automação, Instrumentação,

recebidas Máquinas de Usinagem a CNC

preendendo as cidades de Mogi das Cruzes,

O SENAI

Nos últimos dez anos a Unidade formou em média 6.200 alunos por ano

passa sempre por

Hoje o Senai de Mogi das Cruzes


Biritiba Mirim e Salesópolis.

atraindo com sua logística, empreendedo-

danças em seus processos os quais influen-

carar as novas tecnologias. Temos de nos

Mogi das Cruzes é um dos pólos

res dispostos a investir e gerar empregos no

ciam nos perfis profissionais demandados

preparar para o futuro da indústria. E a

mais importantes do Brasil no desenvolvi-

município, havendo desta forma uma preo-

pelo mercado de trabalho. Cada vez mais

formação profissional depende de uma for-

mento de tecnologias, produção industrial

cupação na busca de mão de obra qualifica-

técnicos que atuam na área mecânica en-

mação básica de qualidade. Pensando nis-

e prestação de serviços, sendo o principal

da em diversos níveis.

contram maior complexidade nos equipa-

so, no Sesi que mantém escolas de ensino

núcleo empresarial da Grande São Paulo,

mentos utilizados O maior desafio é en-

básico, esta instalando o regime de tempo

O setor produtivo passa por mu-

integral, proporcionando à criança o contato com a ciência e a tecnologia. Isso a partir dos seis anos. Para formar o trabalhador do futuro uma boa base é essencial. Podemos fazer a diferença dentro de nossa casa, com os recursos que dispomos.

Há uma preocupação do setor

industrial na busca de mão de obra qualificada em diversos níveis, face aos resultados de expansão do mercado. Mais uma vez a Escola SENAI “Nami Jafet”, se antecipa às necessidades do parque fabril na região, preparando mão de obra especializada. Esse profissional deve estar habilitado a participar do planejamento, controle dos processos e aplicar técnicas de otimização durante os processos de acordo com normas técnicas, ambientais, de qualidade, de saúde e segurança do Escola SENAI NAMI JAFET, na Rua Otto Unger com a Rua Candido Alvarenga, 2015

trabalho.

Curiosidades e façanhas sobre a estada de Prof. Milton Gava como Diretor No meu primeiro dia como diretor, em 15 de outubro de 1978, aconteceu

Entrei em contato a empresa Dresser e consegui uma retro escavadeira e um guin-

um fato que para mim foi inusitado. Ao chegar à escola pela manhã, me apresentei

daste enorme, que para entrar na escola o muro precisou ser derrubado. Escavamos

e fiz uma reunião rápida. Terminada a reunião, solicitei ao Secretário da Escola,

as três árvores até o final das raízes, mais ou menos 2 metros de profundidade. Reti-

senhor Vilson, que fizesse uma ligação para a Administração Central do SENAI para

ramos as árvores com o guindaste, saímos pela rua de traz. Demos a volta no quar-

que eu pudesse falar com o professor Edmur, Diretor de Educação. Meia hora depois

teirão e plantamos as três árvores, que acredito que estejam vivas até hoje. O Diário

ele entrou na minha sala meio constrangido e me disse que a ligação solicitada ao

de Mogi das Cruzes fotografou o transporte das árvores e publicou uma reportagem.

“Centro Telefônico” somente seria possível às 18h30min. Fiquei surpreso porque

na cidade de São Paulo já havia sido implantado o sistema DDD e em Mogi das

Escola SENAI de Suzano. Havia uma forte pressão das empresas da região para que

Cruzes não.

o SENAI construísse uma unidade naquele município. O diretor Regional, Dr. Paulo

Outro fato marcante na minha gestão: fiz questão de introduzir na área

Ernesto Tolle, não concordava com a ideia porque a Escola de Mogi das Cruzes

de Elétrica da Escola, o Curso de Comandos Elétricos, que eu já havia implantado

abrigava todos os aprendizes e ainda tinha muitos alunos desempregados. “Comprei

na Escola SENAI de Santo André. Como não havia espaço, consegui autorização

a briga”. Visitei as empresas da região e em 2 anos coloquei 100% de alunos empre-

para ampliar a escola e construir um novo bloco. O espaço disponível era o jardim

gados e levei ao Diretor Regional uma lista de empresas que precisavam matricular

que existia após o bloco da administração escolar. A Diretoria de Obras consultou a

aprendizes e em Mogi das Cruzes não tínhamos mais vagas. Consegui o terreno e

prefeitura sobre a viabilidade da ampliação, mas inicialmente foi negada porque no

tive a oportunidade de acompanhar a construção da escola em Suzano, do início ao

jardim haviam 3 árvores Pau Ferro, com cerca de 10 a 15 metros de altura. Não tive

fim, e por dois anos acumulei a direção das duas unidades. Fui o primeiro Diretor da

dúvidas, fui falar com o Prefeito e disse a ele que eu mudaria as árvores para o outro

Escola SENAI de Suzano.

jardim da escola. O Prefeito me disse: “se você conseguir mudar as três árvores eu

aprovo a ampliação”.

no SENAI e com certeza dedicarei um grande capítulo a região do Alto Tietê.

Mais um fato, dentre tantos, que lembro foi a “briga” para a construção da

Há muitas boas lembranças. Talvez eu escreva um livro dos meus 46 anos


MatĂŠria Capa

PĂĄgina 10 >>>>>>

Homenagem de ex-diretores:


Fotos: Divulgação

Show de Cores

Página 11 >>>>>>

NS Brazil traz para região soluções em revestimentos

V

amos falar a verdade, quem é

presa possui uma área fabril de 6.000m²

que não gosta de uma casa bem

e atende a nível nacional, com represen-

arrumada? Um apartamento

tantes e revendas espalhadas por todo o

funcional, com pisoa e paredes nas cores

Brasil.

certas. Todo mundo. Mas isso não é tarefa

fácil, principalmente quando se trata de

Tietê tem um representante exclusivo para

deixar o lugar com a “cara do dono”. E

oferecer revestimentos de pisos e paredes

é aí que entra a NS Brazil, uma indústria

resinados e monolíticos (sem juntas) para

química especializada em revestimentos

áreas industriais, residenciais e corporati-

de alto desempenho (RAD). Hoje a em-

vas. Soluções especiais para edificações

A grande novidade que o Alto

como: vernizes de proteção, tinta térmica

nidade de satisfação, realização e garan-

para telhados, verniz antipichação, arga-

tindo sua perpetuação através do retorno

massas especiais, sistema de tratamento

justo e adequado de seus investimentos.

de juntas, sistemas de rodapé, tintas es-

peciais, sistema de impermeabilização,

de um dia de trabalho, chegar em uma

endurecedor de superfície, acelerador de

casa, onde a pessoa possa se sentir acolhi-

concreto úmido, selantes e produtos para

da. Muita gente já entende que não basta

tratamento e manutenção de superfícies.

mobiliar. A classe média, os casais mais

jovens, todos querem mais personalidade.

E não venha dizer que decoração

Nada é mais justo do que, no fim

é coisa para quem tem dinheiro e mora

As próximas gerações também

em mansão. Segundo arquitetos e decora-

vão querer, por isso o mercado tende a

dores, para cada bolso existe uma ideia,

melhorar.

por isso a NS Brazil desenvolve, produz

e comercializa produtos diferenciados de

sonho do cliente dentro da sua realidade

pisos e revestimentos, com alta tecnologia

financeira”, diz Danilo Araújo, represen-

e qualidade assegurada, criando oportu-

tante da NS Brazil no Alto Tietê.

O que a gente faz é viabilizar o


Qualificação

M.R.O.

Reparol é a solução

Página 12 >>>>>>

Saeduc sempre inovando

E

mpresa formada por gestores com larga experiência no mercado de Engenharia de Seguran-

ça do Trabalho e Medicina Ocupacional, além de atuar no segmento Educacional nas áreas de Exatas, Biológicas e Humanas disponibiliza uma unidade móvel para realização de Exames Complementares, Audiometria, Espirometria, Eletrocardio-

grama, Eletroencefalograma e Coleta de esde sua fundação em agosto

de e confiabilidade.

de 1984, a Reparol tem como

princípio oferecer ao merca-

po para realização de exames periódicos

do do Alto Tietê as melhores soluções

completos diretamente na empresa, ge-

para manutenção, reparos e operações

rando economia e rapidez com qualidade

(M.R.O.), com especialidade aos consu-

e garantia” afirmou a diretora adminis-

e são de última geração, que dão maior

midores do setor industrial.

trativa Lúcia Pinheiro. A SAEDUC dis-

confiabilidade aos resultados dos exames.

Iniciando suas atividades com

ponibiliza uma equipe de profissionais

Operam em redes de energia fixa ou mó-

os segmentos de fixadores, acionamentos

habilitados, médicos, enfermeiros, fono-

vel e estão calibrados por empresas rastre-

e rolamentos, expandiu com o passar do

audiólogos para a operacionalização dos

adas pela Rede Brasileira de Calibração.

tempo sua linha de comercialização e atu-

equipamentos contidos na Unidade Mó-

almente oferece uma rica variedade com

vel.

disponibilidade e exames que a unidade

mais de 40.000 produtos em abrasivos,

ferramentas, mangueiras, químicos, lubri-

para funcionamento em Unidades Móveis

“O objetivo é otimizar o tem-

Os equipamentos são específicos

Fotos: Divulgação

D

Exames Laboratoriais com rastreabilida-

Para saber detalhes sobre custo,

móvel oferece, ligue no 11 4738-2455 ou pelo e-mail: contato@saeduc.com.

ficantes, equipamentos de proteção individual, solda, dentre outras.

Por conhecer a necessidade de

seus clientes, a Reparol aprimorou sua distribuição na região, com o claro propósito de contribuir para diminuição do tempo de máquina parada: os pilares para

ANIVERSÁRIO SENAI NAMI JAFET | 70 ANOS

NOSSA FELICITAÇÃO PARA QUEM, ASSIM COMO NÓS, TRABALHA PARA A INDÚSTRIA NÃO PARAR.

atingir este objetivo são manter um amplo estoque com mais de 1.500m² para abastecimento de duas lojas, uma equipe de vendas sempre atualizada e treinada nos

CONSULTE A REPAROL E MANTENHA SUA PRODUÇÃO FUNCIONANDO ALÉM DOS MELHORES PRODUTOS, NA REPAROL VOCÊ TAMBÉM ENCONTRA:

melhores fabricantes e um sistema logístico preparado para atender urgências por meio de motocicletas.

Além disso, conta com um ser-

viço de consultoria técnica que visita o

30 anos de experiência em MRO

Amplo estoque com mais de 1.500m2

Sistema logístico preparado para atender urgências

Mínimo de burocracia e o máximo de eficiência

Equipe sempre atualizada e treinada nos melhores fabricantes

Consultoria técnica para soluções pontuais

cliente em sua planta para identificação de produtos que possam resolver o problema instalado, sempre desenvolvendo alternativas que resultem na melhora de sua relação custo-benefício.

MATRIZ ITAQUAQUECETUBA 11 4648.6544 FILIAL MOGI DAS CRUZES 11 4648.7222 WWW.REPAROL.COM.BR

Jornal Exper News  
Jornal Exper News  

Edição Número 03

Advertisement